Page 29

lugares em que colocamos, tínhamos clientes com dívidas há seis meses, que são consideradas incobráveis. Mas observamos o pagamento do déficit”, disse. O pagamento das dívidas mostrou que a estratégia estava certa e que os investimentos acabavam se pagando. Educandos foi o primeiro bairro a receber a iniciativa. A Bemol, por meio de parceiros, instalou 99 hotspots e passou 10 quilômetros de rede de fibra ótica. Depois, a varejista expandiu o projeto para o centro da cidade de Manaus, colocando 28 km de rede de fibra ótica e 350 hotspots. Questionado se isso fez com as pessoas buscassem uma categoria mais alta do cartão, Arruda disse que sim e explicou que a migração de categoria se dá com o maior uso nas compras. “Conforme a pessoa vai fazendo as compras, vai migrando de categoria; tivemos situação de pessoas terem consumo maior nas lojas para terem mais tempo de acesso.” Expansão Em 2017, os acessos chegaram a 20 milhões e a Bemol já conseguia rentabilizar a rede. Diante do resultado, colocou em prática um projeto arrojado. Escolheu a cidade de Autazes para ser o piloto de um projeto de levar internet para fomentar o comércio

Confira a trajetória dos 30 anos do “.br” narrada em vídeo animado em http://youtu.be/cGeKlwVbCNk fins lucrativos e Forças Armadas. A partir da expansão da internet comercial no País, em fins de 1994, o “.br” cresceu rapidamente: de 851 domínios registrados em janeiro de 1996, alcançava mais de 7.500 nomes no mês de dezembro daquele mesmo ano.

eletrônico. “Nesta cidade, não temos loja, mas queríamos potencializar as vendas. Fazíamos duas ou três vendas por mês para lá, pelo e-commerce, mas a logística para chegar é difícil”, contou Arruda. Para se chegar a Autazes desde Manaus, leva-se uma hora de balsa, mais duas horas de carro e mais uma hora de balsa. A Bemol instalou Wi-Fi na praça e anunciou que o caminhão com as mercadorias adquiridas online faria entregas regulares na cidade. “Em 15 dias, colocamos a internet Wi-Fi e começamos a ter um acesso bom. Em 20 dias, tínhamos 2 mil logins únicos e, destes, 500 pessoas não eram clientes. Quando a pessoa se loga na rede, consultamos SPC e Serasa e emitimos cartão”, explicou. Em abril, a Bemol completou um mês de operação neste sistema e contabilizou 120 pedidos, totalizando R$ 75 mil de faturamento. É um salto de três para 120 pedidos por mês, obtendo um faturamento bem acima dos R$ 30 mil estimados pela empresa quando pensou o projeto. Agora, a Bemol estuda fazer a mesma implantação em mais 30 cidades até dezembro deste ano. “O objetivo é crescer no Amazonas, depois para Rondônia e avançar para Roraima. O modelo tem um custo pequeno diante do potencial de faturamento”, apontou Arruda.

O processo passou a ser automatizado, e a marca de 1 milhão de domínios foi atingida em 2006, dez anos depois. Os 4 milhões de nomes registrados colocam o domínio brasileiro entre os maiores do mundo. Dentre os cerca de 300 domínios de país existentes, o “.br” é o 7º mais popular. Em sua evolução, o “.br” manteve suas características específicas, como a preservação da semântica das categorias de nomes. Assim, com a criação de novos subdomínios, passou a ter mais de 120 opções. Há categorias para interesses específicos (como “ong.br”, “art.br”, “eco.br”), para profissionais liberais (como “bio.br”, “adm.br”, “mus.br”, “med.br”, “eng.br”), que identificam cidades (por exemplo, “rio.br”, “manaus.br”, “cuiaba.br”, “floripa.br”, “foz.br”), entre outras. No Brasil, 92% das empresas que possuem website usam o domínio “.br”, de acordo com a pesquisa TIC Empresas 2017, do CGI.br. abranet.org.br abril / maio / junho 2019

29

Profile for Convergencia Digital

Revista Abranet . 27  

A Convenção Abranet 2019 debateu economia, política e gestão. Cerca de cem empresas de internet e de tecnologia puderam ter uma visão mais c...

Revista Abranet . 27  

A Convenção Abranet 2019 debateu economia, política e gestão. Cerca de cem empresas de internet e de tecnologia puderam ter uma visão mais c...