Page 1

Castelo - Ouro Preto - Pampulha

maio / junho - 2010 - Belo Horizonte/MG - 9 a edição - Ano II - Distribuição Gratuita | www.conexaonoticias.com.br

Saulo Laranjeira “A experiência de trocar emoções com o público me preenche, é algo apaixonante e inesquecível”. Página 3

Redes Sociais

Profissionais de marketing estão cada vez mais conscientes que estratégias de marketing nas redes sociais devem fazer parte do planejamento estratégico.

Doença Celíaca

Página 4

A Doença Celíaca, que é a intolerância permanente ao glúten é de difícil diagnóstico e acomete principalmente as crianças, mas pode se manifestar na fase adulta. Página 11

Tom Paixão ARQUIVO PESSOAL

O polêmico jornalista fala de mídia, do jornalismo e de política. Acompanhe!

Página 2

Verticalização na Pampulha

A polêmica foi proposta através da emenda ao Projeto de Lei 808/2009 do vereador Léo Burguês de Castro do PSDB. Página 6

Eles estão entre nós

Os psicopatas correspondem a 4% da população brasileira. Eles podem ser agradáveis, charmosos e se fazerem de vítimas.

Página 11


2 CONEXÃO NOTÍCIAS

EDITORIAL

Faltam poucos dias para o início da Copa do Mundo e mesmo aqueles não tão apaixonados pelo futebol acabam se envolvendo no espírito da festa. Não resta a menor dúvida que é um grande evento e que mobiliza toda a nação em torno de um único objetivo, mas não posso deixar de falar que a cada Copa percebo o quanto o povo brasileiro sofre mais durante os jogos. Talvez porque há muito tempo que a Seleção Brasileira não consegue reunir atletas de garra, daqueles que jogam colocando o patriotismo em busca da vitória. Vejo que a Seleção Brasileira deixou de ser uma representação que impunha respeito no gramado igual aquelas de décadas atrás que realmente fez história e, diga-se de passagem, que essa seleção não tinha salários milionários, eles tinham o time no peito e a bola no pé. Bons tempos! Mas, se o Brasil está na Copa do Mundo vamos torcer pela conquista do Hexa, porque torcedor com dor de cotovelo demora muito mais para entrar no ritmo que torcedor feliz. Precisamos que a Copa acabe logo para voltarmos às atenções para as eleições presidenciais que, como a Seleção Brasileira, não tem candidatos com garra e patriotismo comprometidos com o povo brasileiro, mas se temos que participar da festa precisamos escolher com responsabilidade qual “deles” fará o povo brasileiro sofrer menos durante a sua gestão. Na seleção do Dunga você não pode escolher os jogadores, nas eleições presidenciais você pode pelo menos na “final” escolher um deles.

EXPEDIENTE

Cida Gregori - RG 1512 MG Editora Responsável / Relações Públicas / Jornalista Erika Oliveira Jornalista / Revisora Márcio Wander Diagramação Eliane Lopes Criação Cida Gregori Fotografia

Gráfica Sempre Editora LTDA Tiragem:15000 exemplares

Redação / Comercial: Av. dos Engenheiros, 300, sala 06 - Castelo Belo Horizonte - MG - CEP: 30.840-300 Telefax: (31) 3418-1222 Celular: (31) 8477-6743 contato@conexaonoticias.com.br www.conexaonoticias.com.br www.twitter.com/conexaonoticias

O Conexão Notícias é um produto da agência de comunicação Gregori e Araújo Webdesign Ltda. DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião do jornal.

“De todos os direitos de uma mulher, o maior é ser mãe.”

O jornal Conexão Notícias parabeniza a todas as mães pelo seu dia!

“Jornalismo é polêmica. O resto é loja de R$1,99”

MAIO / JUNHO/ 2010

ARQUIVO PESSOAL

C

onhecido por seu estilo polêmico, Antônio Luiz Paixão, o “Tom Paixão”, de 56 anos, sendo 30 dedicados ao jornalismo, já passou pela Rádio Capital, Rádio 98, Atalaia e Rádio Globo. Foi repórter do extinto Cidade Alerta, da Rede Record, Aqui Agora, do SBT e mais recentemente do Programa Minas Urgente, da Band Minas. Hoje, fora da mídia, é chefe do Departamento III de Parques Municipais e nem por isso deixa de soltar suas alfinetadas sobre jornalismo, política, televisão e muito mais. Confira!

Conexão: Tom Paixão, você se considera polêmico? Tom Paixão: Não. Eu acho que as outras pessoas é que são frouxas demais.

Conexão: Você já pensou em mudar de estilo ou deixar de vez a televisão? Tom Paixão: Não. Nem uma coisa nem outra. O estilo é o homem, eu sou assim. Eu gosto de falar a linguagem que eu converso nos botecos. Conexão: Você já foi processado? Tom Paixão: Não. Sempre fiz meu jornalismo com o Código Penal e Civil na mão.

Conexão: O que você gosta de assistir na televisão aberta? E o que não gosta? Tom Paixão: Gosto do Jornal Nacional e do Datena. Não sou fã do CQC. Me incomoda um pouco aquela coisa de chegar e deixar o cara sem calça, por mais bandido que eu seja. Mas, a matéria sobre a prefeitura de Barueri, é perfeita.

Conexão: E o Programa Minas Urgente, da Band Minas, do qual você fez parte? Tom Paixão: Eu acho que o Minas Urgente está faltando repórter. Falta eu e mais um monte de cara bom que está ai. É preciso ter matérias que não fique só naquela: “Polícia prende quadrilha de traficante”. Não! “Governo precisa mostrar à população qual a importância do Centro Administrativo”. “Moradores de não sei onde reclamam que o Centro Administrativo acaba com a qualidade de vida”. Essas são as matérias. São as pautas que estão aí gritando pra todo mundo e ninguém põe no ar.

Conexão: Você é a favor do diploma de jornalista? Tom Paixão: Não especificamente o de jornalista, por que você sabe muito bem que a faculdade não ensina a gente a ser jornalista. Eu sou a favor de que haja o período de jornalista, mas que a pessoa tenha um curso universitário preferencialmente na área de humanas. Acredito que psicólogos, sociólogos e advogados podem ser bons jornalistas.

Conexão: O que você diria para os ingressantes no curso de jornalismo? Tom Paixão: Sai fora enquanto é tempo!

Conexão: Ano eleitoral. Ano de Copa do Mundo. Até que ponto você acredita que o evento interfere na decisão das pessoas ou interfere em uma análise mais profunda? Tom Paixão: A minha alegria e toda noite acendo uma vela é pra que continue alegre e feliz o senhor Bill Gates, por que a internet é um grande barato. Eu não acredito que os brasileiros não têm informação nenhuma, mas o evento Copa do Mundo é um grande pacote arregimentador de votos. Esse dinheiro podia ser aplicado em N coisas melhores, as faculdades estão uma porcaria, o ensino público é uma porcaria, o atendimento médico é uma porcaria. Então, em quê um evento dessa grandeza, afeta o Sebastião Avelino, que mora há 60 km de Montes Claros, num lotezinho no meio do mato, que todos os dias anda 20 km até um “córregozinho” com 70 anos, pra buscar água dentro de 10 garrafas pet, penduradas do lado direito e esquerdo? Agora, quantos Sebastiões Avelinos existem no Brasil? Esse tipo de evento vai enriquecer uma meia dúzia de jornal, donos de rede de televisão, fabricante de camisa, hotel, garota de programa...

Conexão: O que você pensa sobre jornal de bairro, como o Conexão !otícias? Tom Paixão: É a internet na porta da casa de cada um. Todo dono de jornal é um desbravador, todo jornalista de bairro é um desbravador. Jornal de bairro é a solução contra a mesmice, ele não deve se preocupar com o que Barack Obama está fazendo sobre saúde, ele deve ser ater a coisas da região, a políticos que trabalham na região, pessoas da região. Se eu tivesse dinheiro, faria um jornal de bairro, porque é a solução da lavoura. Conexão: Algum recado para as pessoas que te acompanham? Tom Paixão: Tem aquela frase de Millôr Fernandes: Jornalismo é oposição o resto é armazém de secos e molhados e eu adaptei para: Jornalismo é polêmica. O resto é loja de R$1,99”. CONFIRA A ENTREVISTA COMPLETA NO SITE WWW.CONEXAONOTICIAS.COM.BR


A profundidade e o encanto na arte de ser simples S

CONEXÃO NOTÍCIAS 3

MAIO / JUNHO / 2010

ucesso de público e crítica, seja cantando, declamando ou representando, Saulo Laranjeira, transporta para a arte toda sua versatilidade de emocionar e fazer rir. Os muitos Saulos, por onde passa, encantam as mais diversas platéias com seu jeito único de traduzir o que é ser brasileiro. Nascido em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, Saulo Pinto Muniz já viveu no Rio de Janeiro, em São Paulo, mas é daqui que não sai. “As imensas montanhas de pedras em volta da pequena Pedra Azul e a exuberância da natureza era o palco para as minhas brincadeiras de infância, os brinquedos lúdicos nos envolviam numa magia que enfeitava a nossa alma”, diz. Há 15 anos no humorístico A Praça é ossa é destaque com seus vários personagens: Zé Roberto (O bicho grilo), o Roqueiro Quelé Metaleiro e atualmente com o personagem João Plenário (o deputado). Em seu programa Arrumação, apresentado pela Rede Minas, representa também outros tipos hilários como: o sambista malandro Juriti, o poeta João Macambira, o boêmio Sabiá, o repentista Zeza, a benzedeira Veia Messina e o vaqueiro Zé da Silva. Saulo tem história. Já percorreu um longo caminho cheio de aventuras, trabalho, profissionalismo e dedicação fomentando cultura pelo país. Se destaca em shows, eventos e projetos na televisão, rádio, teatro, cinema, documentários, vídeos institucionais e comerciais, espaços culturais, turnês nacionais e internacionais, seminários e congressos. Atualmente diverte seu público com o show Assunta Brasil espetáculo em que interpreta grandes clássicos da música popular brasileira e também com sua Caravana Arrumação, onde leva arte e cultura a diversas cidades mineiras. Amante do cinema, do budismo, do teatro e das caminhadas, o artista procura absorver os encantos da arte a todo momento, mas se declara apaixonado pelo teatro: “A experiência de trocar emoções com o público me preenche, é algo apaixonante e inesquecível”. Apareceu aos olhos do Brasil no extinto programa Som Brasil, da Rede Globo. Anos depois criou o Arrumação, um programa todinho para ele e para as coisas que ele já havia garimpado no Brasil inteiro, um programa que ainda diverte e encanta o coração de todos os mineiros. Em Belo Horizonte fundou o espaço cultural “Arrumação” um bar e café que tem no cardápio bate-papo e muita cultura. E vai além fronteiras, já fez shows em ova Iorque, Boston, ova Jersey, Washington e Filadélfia nos Estados Unidos e no Paraguai.

O sucesso no humor vem de referências como Chaplin, Jerry Lews, Chico Anísio e Wood Allen, mas as criações têm que ser sempre um agente crítico e que leve a reflexões sobre a sociedade, mesmo engraçado. “Utilizo a emoção, a reflexão e o humor como fio condutor, pra mim é uma experiência que harmoniza a essência da minha vida pessoal e profissional”, se emociona. Um exemplo é o João Plenário que manda um recado já visando às próximas eleições: “Vote em mim, vou resolver todos os problemas do Brasil. O importante é você votar em mim, eu sou a solução”, esnoba. Já Laranjeira, manda outro: “Devemos estar atentos aos escolhermos os nossos representantes políticos. Tendo sensibilidade, intuição e conhecimento na hora de dar o nosso voto”, enfatiza. Saulo é assim, multimídia, verdadeiro “showman” uma invenção, uma realidade. A experiência e a maturidade acumuladas em sua trajetória da vida terminam por contribuir para seu sucesso profissional. “A perseverança, dedicação, determinação e a honestidade ao enfrentar desafios são fundamentais para o alcance do conhecimento”, finaliza.

DIVULGAÇÃO

RAPIDI!HAS

 Ser mineiro: É gostar de prosear. É saber abraçar e acolher o outro com afeto e carinho. É ser desconfiado, porém com o coração sempre aberto.  Humor: Um estado de espírito, alegre, inquieto e crítico.  Uma música: Travessia (Milton Nascimento).  Um cantor: Milton Nascimento.  Um personagem: Carlitos (Chaplin).  Uma mania: Ler revistas semanais no avião.  Uma frase: “O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”. (João Guimarães Rosa).  Time do coração: Cruzeiro.  Um sonho: A paz mundial – igualdade e justiça entre os homens.

P ERSO!AGE!S

Deputado João Plenário - Uma sátira ao político demagogo. Desleixado e mulherengo, João Plenário inventa uma linguagem, o politiquês, em que falar, quando dá pra se compreender o que diz, não quer dizer realizar.  Véia Messina - Benzedeira sábia. Roceira alegre e divertida. Uma mulher que acredita na força da natureza e que encanta o Brasil com suas rezas, crenças e histórias.  Zé da Silva - Velho vaqueiro, defensor da natureza e filósofo do tempo. Um homem simples que dentro da sua visão, busca falar a todos das coisas que fogem ao homem moderno.  Geraldinho - Uma alusão ao lendário Geraldinho. Verdadeiro caipira brasileiro que narra sua vida em causos e histórias, recheados de malícia e perspicácia.  João Macambira - O canto forte do sertão, a voz que não se cala. Um poeta cantador, que a verdade declara.  Zé Roberto - Jovem vegetariano, esteriótipo do bicho grilo, hippie que curte o efeito das ervas, as viagens astrais e os encantos da natureza.  Juriti - Sambista. Malandro escolado no Morro, Juriti é um galanteador que traz a malandragem na ponta do pé e a elegância de conquistar as pessoas.  Kelé - Rebelde sem causa. Roqueiro do interior, obcecado por música estrangeira e pelo mundo heavy metal. Ingênuo, Kelé acredita que a sua verdade é negar sua realidade, sua língua e seu país.  Zeza - Nordestino autêntico, poeta repentista, cantador de coco, curandeiro e mascate ambulante. Frequentador de rodoviárias, botequins e praças públicas.  Sabiá - Uma encarnação do ébrio sentimental que na bebida afoga suas mágoas. Homem que vive das lembranças dos áureos tempos de boemia. 


Web 2.0, sua empresa ainda está fora deste mundo? 4 CONEXÃO NOTÍCIAS

Os usuários de internet no Brasil, segundo pesquisa, são hoje 1 em cada três brasileiros, a estimativa é que 50 milhões são usuários de mídias sociais. O grande atrativo delas é que são espaços públicos, gratuitos e onde estão milhões de consumidores. Segundo estudo do Ibope/netRatings as ações nas chamadas Web 2.0 podem impactar 500 vezes mais do que em sites institucionais, anunciando produtos e serviços, estreitando relacionamento com clientes, interagindo e até mesmo ser divulgado de forma espontânea. E você, já faz parte deste mundo? O termo Web 2.0 é utilizado para descrever a segunda geração da World Wide Web – tendência que reforça o conceito de troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais. A ideia é que o ambiente on-line se torne mais dinâmico e que os usuários colaborem para a organização de conteúdo. As redes sociais são organizações de pessoas e são vários os sites que oferecem serviços para que as pessoas se reúnam e formem redes sociais em torno de interesses específicos ou não. São exemplos, o Orkut, Facebook, last.fm e o mais popular ultimamente, Twitter, só para citar algumas redes. As organizações estão interessadas em usar as técnicas de Web 2.0 em duas áreas, principalmente: dentro da organização, para aprimorar a eficiência e a produtividade e da organização para os clientes, para aprimorar a receita e a satisfação do cliente.

REDES SOCIAIS

De acordo com o professor e consultor em marketing, design centrado no usuário e produção de mídias digitais, Caio César Giannini Oliveira, as empresas podem tirar muito proveito de sites de redes sociais: “Um exemplo bem imediato é o de poder acompanhar o que as pessoas falam sobre ela nas redes”, diz. Segundo ele pode ser muito interessante para um restaurante saber que, por exemplo, pessoas que almoçam no estabelecimento diariamente formaram uma comunidade no Orkut para falar de suas experiências lá. “Outra coisa interessante que pode acontecer é a empresa poder estabelecer um contato com seus consumidores através destas redes”, cita o consultor. Profissionais de marketing estão cada vez mais conscientes que estratégias de marketing nas redes sociais devem fazer parte do planejamento estratégico. Mas o consultor ressalta que para obter sucesso é necessário ouvir o que o público fala na rede e responder para construir um diálogo. “As empresas que se engajam em diálogos têm mais chances de serem admiradas e de reverterem situações onde há insatisfação de consumidores”, ressalta Caio César. As empresas devem ficar atentas às redes que seus públicos frequentam e para isso, é preciso fazer um acompanhamento em todas e, após identificar qual (ou quais) rede (s), participar. O consultor e design destaca que a internet é um espaço de comunicação, não um

PRINCIPAIS OBJETIVOS CORPORATIVOS NO USO DE REDES SOCIAIS

01. Gerar propaganda boca-a-boca

38%

03. Aumentar a presença do produto/marca

30%

02. Aumentar a lealdade dos consumidores 04. Trazer ideias externas para a empresa

05. Melhorar a qualidade do atendimento ao cliente 06. Aumentar as vendas

07. Melhorar a eficácia das relações públicas 08. Melhorar a relação com parceiros 09. Inovar os modelos de negócio

10. Reduzir gastos com suporte ao cliente

34% 29%

23%

22%

20% 19% 17%

16%

Fonte: Information Week

meio onde a empresa vai descarregar mensagens para os seus públicos. “Este espaço deve ser usado para construir comunicação de forma efetiva, isso implica em ouvir e responder, não apenas falar como é feito na mídia de massa”, conclui. . QUEM JÁ ESTÁ CO!ECTADO A Vale acaba de lançar seu perfil nos principais sites de relacionamento. Em cinco dias, já teve mais de 1.000 visitas no Facebook, 700 amigos no Orkut, 170 seguidores no Twitter e 85 conexões no LinkedIn. Até o BNDS aderiu ao Twitter, em uma semana já tem 248 seguidores. Pensando estrategicamente, a Cemig – Companhia Energética de Minas Gerais, também já utiliza as técnicas de Web 2.0 no ambiente interno, para aprimorar a eficiência e produtividade e para uma comunicação mais eficaz e direta entre a empresa e seus colaboradores e entre os colaboradores. E no ambiente, externo, relacionamento com clientes, comunicação com diversos públicos, gerenciamento de crises e avaliação do interesse dos consumidores. Segundo Ana Paula Morais, jornalista, a Cemig está no Facebook, Flickr e no Twitter, além de ter um blog e um canal no Youtube. “Isso nos dá a possibilidade de receber perguntas e comentários de vários públicos, com a possibilidade de respondê-los diretamente”, explica. A jornalista diz que o público seguidor é formado por clientes, órgãos públicos e entidades e formadores de opinião. “Os perfis são muito variados, o que possibilita alcançar públicos diversificados e que não são alcançados pelas mídias convencionais, isso representa um ganho muito interessante para a nossa comunicação bidirecional”, ressalta. Por meio do recebimento opiniões, reclamações e sugestões, a estratégia de co-

MAIO / JUNHO / 2010

municação da Cemig é traçada, divulgando conteúdo que esclareça a atuação, tanto na prestação de serviço, quanto em ações de sustentabilidade.

POLÍTICA !O TWITTER Atualmente, no Brasil, a febre é o twitter, microlog para troca de mensagens rápidas que vem ganhando espaço entre celebridades, políticos e anônimos. Segundo dados divulgados pela empresa responsável pelo twitter, o microblog tem diariamente 50 milhões de mensagens (tweets). Cerca de 20% delas fazem referência a produtos ou marcas. O que comprova a potencialidade da ferramenta para o marketing e divulgação. Entre as redes sociais é o de maior aceitação entre os políticos brasileiros. Segundo levantamento da Secretaria de Comunicação da Câmara Federal, dos 513 deputados federais 263 estão presentes no twitter. Entre janeiro e março, José Serra, candidato do PSDB foi o mais citado com 27.043 comentários. Dilma Rousseff (PT) foi citada 22.134, Marina Silva (PV), teve 12.793 menções e Ciro Gomes (PSB) 8.358. No período monitorado até agora Serra foi o que mais subiu ao lado de Dilma, enquanto Marina oscilou. O twitter vem sendo o grande aliado de Serra. Ele possui cerca de 180 mil seguidores e faz em média cinco postagens por dia no microlog. Dilma apenas recentemente inaugurou um canal oficial com os internautas e para ganhar terreno neste ambiente contratou gente de peso, a Blue State, que deu verdadeiro show durante a eleição de Obama.


CONEXÃO NOTÍCIAS 5

MAIO / JUNHO / 2010

ão ao despejo de entulho clandestino

Geriatria: O cão idoso Carolina Barros*

Sérgio Fernando*

Com o fechamento, em janeiro desse ano, do aterro sanitário da BR– 040, no bairro Califórnia, região noroeste da capital, diversos bota-foras estão sendo utilizados irregularmente na capital e, infelizmente, a região da Pampulha tem sido alvo constante desse problema. Oficialmente, o descarte do nosso entulho da construção civil está sendo feito em Sabará, na região metropolitana. Com o aumento da distância para depósito desse material, o preço do serviço aumentou consideravelmente, segundo informações de empresários do setor de caçambas que participaram de audiência pública realizada em fevereiro por nosso requerimento. A Pampulha é uma região onde a construção civil é emergente, fazendo com que os resíduos desta sejam acumulados em grandes volumes. O número de reclamações dos moradores, em relação ao mesmo período do ano passado, praticamente dobrou. A comunidade sofre com os transtornos causados pelo despejo do entulho em lotes e vias públicas, o que provoca a disseminação da sujeira, aumentando as possibilidades de foco de doenças e epidemias. Não podemos deixar que o descaso tome conta da Pampulha. Ela é um patrimônio de todos nós. Esse é um problema que merece toda nossa atenção, debate e atitudes que evitem mais transtornos para a comunidade. Como morador da região, estamos acompanhando de perto esse caso, a fim de solucionar esses problemas. *Vereador (PHS), Presidente da Comissão de Legislação e Justiça da Câmara Municipal Gabinete externo: Rua Frei Leopoldo, 39 - sala 14 - Bairro Ouro Preto Tel.: 2531-1330 / www.sergiofernando.com

Os anos passam muito rápido para os cães. Levando-se em conta que eles vivem em média 12-15 anos, podemos dizer que eles começam a envelhecer aos 7-8 anos. Existem animais que podem viver mais, chegando a 18-20 anos; o que determina são fatores genéticos e o tratamento que eles recebem quando começam a envelhecer. O proprietário deve ficar atento às doenças que podem acontecer a partir desta fase, para que possam ser tomadas as devidas precauções e tratamentos e, assim, prolongar o tempo e a qualidade de vida de seu animal.  Calcificações nas vértebras da coluna (“Bico de Papagaio”), artrose e hérnia de disco: Os primeiros sinais são quando ele começa a mancar e ter dificuldade de pular ou subir em locais altos (como no sofá). Ele sentirá dor na região da coluna quando palpado e este quadro pode evoluir para incoordenação dos membros, incontinência urinária e fecal. O desgaste das articulações (artrose) também é comum nesta idade. O cão sente dores ao executar movimentos simples. O diagnóstico destas patologias é feito com raio-X simples, tomografia e/ou mielografia. Depois o veterinário indicará qual o melhor tratamento.

 Doenças do coração: Muitos cães idosos desenvolvem problemas nas válvulas do coração. É importante que nesta fase ele vá ao veterinário pelo menos uma vez ao ano porque muitas vezes a cardiopatia não apresenta sinais clínicos, e ele precisará ser medicado no início da doença. Os sintomas mais comuns são: cansaço além do normal durante os passeios, tosses que perecem engasgos após exercícios, ofegação e língua arroxeada após situação de excitação.  Catarata: O animal vai perdendo a visão gradativamente, uma vez que seu cristalino (lente interna do olho) vai ficando opaco e sob a luz percebe-se que os olhos estão esbranquiçados. Com o passar do tempo o animal passa a não enxergar. Diagnosticada precocemente ela pode ser tratada para que evolua de forma mais branda. Em casos de cegueira já é recomendado o tratamento cirúrgico.

 Insuficiência renal crônica: É quando o rim perde a capacidade de reter o que é bom (como vitaminas) e de eliminar o que é ruim (toxinas), e isso pode levá-lo à morte. Os sinais são ingestão exagerada de água, urina em grandes quantidades, perda de apetite, vômitos e anemia. Diagnosticada a tempo ele pode ter uma sobrevida com mudança alimentar e complementos vitamínicos, hemodiálise ou transplante renal.  Piometra: É uma infecção uterina que acomete muitas cadelas idosas; o útero se enche de secreção purulenta e o animal se intoxica pela absorção deste pus pelo organismo. Os sinais são perda de apetite, vômitos, aumento súbito de volume no abdômen, corrimento vaginal intenso e apatia. A cadela deve ser levada imediatamente ao veterinário. Preconiza-se a castração dela enquanto jovem para evitar este problema na fase adulta. DIVULGAÇÃO

 Tumores: Todo nódulo que aparece no cão, idoso ou não, deve ser avaliado pelo veterinário. Lembrando que nem todo tumor é câncer, um exemplo na velhice é o tumor de mama em cadelas (que em sua maioria é benigna), mas a indicação é a remoção cirúrgica e é necessária a biópsia pós-cirúrgica. O diagnóstico precoce pode salvar a vida do animal.

 Diabetes: Cães idosos e/ou obesos estão muito predispostos. Eles se tornam magros apesar de comerem muito, bebem muita água e urinam muito. Muitas vezes aparece catarata (associada à doença). O tratamento é com insulina na maioria dos casos.

 Perda dos dentes: O que faz o animal perder os dentes é o acúmulo de tártaro. Quando feita a limpeza de tártaro tardiamente, muitos dentes já podem estar perdidos. O melhor a fazer é prevenir com rações adequadas e visitar periodicamente o veterinário.

 Importância da alimentação: A partir de 7 anos é importante que o animal passe a comer ração sênior, porque nela estão equilibrados todos ingredientes para essa nova fase de vida. Isso possibilitará a prevenção de muitas das doenças citadas acima, proporcionando consequentemente, melhor qualidade de vida ao animal. *Médica Veterinária - CRMV - MG 8657


Verticalização Principais dicas assombra a Pampulha para o consumidor 6 CONEXÃO NOTÍCIAS

A ameaça de verticalização da Pampulha, imposta por um projeto em tramitação na Câmara Municipal de Belo Horizonte tem assombrado os moradores de um dos mais importantes cartões-postais da capital e cria divergências entre vereadores. A proposta de construir prédios no entorno do complexo, que abriga arte e beleza históricas, usa o pretexto da Copa do Mundo de 2014 para permitir empreendimentos com, no mínimo, 500 apartamentos multifamiliares para abrigar turistas. A polêmica foi proposta pelo vereador Léo Burguês de Castro (PSDB), como emenda ao Projeto de Lei 808/2009 – que trata de investimentos para o Mundial de futebol em BH, uma das 12 cidades-sede para a competição – e será alvo de calorosas discussões na Frente Parlamentar em Defesa da Lagoa e Contra a Verticalização da Pampulha. A proposta autoriza a implantação de edifícios com no mínimo 500 unidades habitacionais, em terrenos de pelo menos 60 mil metros quadrados contínuos, situados em via arterial ou de ligação regional. Esses empreendimentos ainda precisam estar situados dentro de um diâmetro de 10 mil metros, a partir do ponto central do gramado do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão). Isso equivale a cerca de 50 quarteirões, levando-se em conta que cada quadra tem, em média, 100 metros de comprimento. Associações de moradores da região CIDA GREDORI

prometem passeatas e manifestações públicas para alertar autoridades e a população contra um projeto que, segundo eles, põe em risco a preservação ambiental e cultural da Pampulha.

DIVERGÊ!CIAS A Frente Parlamentar em Defesa da Lagoa e Contra a Verticalização da Pampulha foi criada em 2008 e por iniciativa do vereador Hugo Thomé (PMN), que demonstrou preocupação com a proposta e prometeu acompanhar de perto a tramitação: “Vamos nos reunir depois da apresentação de todas as emendas ao projeto e estamos atentos a essa movimentação. Queremos proteger a região da Pampulha, a maior área verde e não verticalizada de BH, e estamos ao lado dos interesses da comunidade”, afirmou Hugo. Já o líder do governo municipal na Câmara, vereador Paulo Lamac (PT), garante que os moradores podem ficar tranquilos, pois a prefeitura não vai apoiar o projeto. “De forma alguma a Pampulha caminha para a verticalização. Trata-se de uma Área de Diretrizes Especiais (ADEs) e o município não cogita alterar essa lei”. Em nota de esclarecimento, no www.leoburgues.com.br, o vereador Léo Burguês de Castro se diz contra a verticalização da Pampulha. Como coordenador da Frente Parlamentar BH na Copa de 2014, o vereador apresentou a Emenda 7 ao Projeto de Lei 808/2009, de autoria do executivo, que incentiva o setor hoteleiro para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, no Município de Belo Horizonte. Nesta proposta o vereador defende a ampliação da oferta de leitos na capital para atender a demanda de turistas da Copa do Mundo. Mas para que os empreendimentos sejam aprovados, eles devem atender a uma série de exigências previstas na emenda. Veja as condições para a implantação de hotéis, aparthotéis, bem como empreendimentos multifamiliares no www.conexaonoticias.com.br

MAIO / JUNHO / 2010

Gabriella de Castro Vieira* Todos os consumidores já passaram por alguma situação em que se sentiram lesados por alguma empresa. Antes de qualquer compra, é recomendável saber dos seus direitos como consumidor. Confira algumas dicas para se defender nestas situações: 

O consumidor tem garantido por lei 30 dias para reclamar de bens não duráveis, como alimentos, e 90 dias no caso de bens duráveis, para defeitos aparentes.

 As lojas têm 30 dias para trocar ou efetuar o conserto. Depois desse prazo,

o consumidor pode pedir o dinheiro de volta ou a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso ou ainda, o abatimento proporcional do preço. A opção por uma das três alternativas é do consumidor. No caso de compras pela internet, o consumidor também pode solicitar a troca do produto de acordo com as mesmas condições.



Se um produto causar algum dano, o cliente tem até cinco anos para entrar com uma ação na justiça, reclamando danos morais e materiais. Conte a partir da data da aquisição e guarde sempre a nota fiscal de compra.

 Uma empresa é obrigada a manter o valor e as condições de venda quando

anunciadas em qualquer tipo de divulgação. Mas, vale lembrar que, para comprar a mercadoria, é preciso apresentar a propaganda.





Sempre que efetuar uma compra, peça nota fiscal dos produtos ou serviços e se informe a respeito da garantia e locais de assistência técnica. Fornecedor não pode criar condições abusivas para a troca de mercadoria. Como impor dia e hora para a troca.

 Seguro

de perda ou roubo embutido no cartão deve ter autorização prévia do consumidor.



Os estabelecimentos comerciais são obrigados a fixar os preços dos produtos de forma clara, precisa e ostensiva.

É importante ressaltar que a informação é a maior arma do consumidor. A primeira providência é conhecer quais são os seus direitos; e bem informado é possível resolver as questões sem o auxílio de terceiros. Mais dicas: www.conexaonoticias.com.br. *Advogada do MDC/MG (Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais)


MAIO / JUNHO / 2010

CONEXÃO NOTÍCIAS 7

Fisioterapia

Jaqueline Deura da Silveira Teixeira*

A Fisioterapia é o campo de atuação profissional na área da saúde que se responsabiliza, principalmente, pela prevenção e tratamento das disfunções do movimento humano. O objetivo da fisioterapia é intervir no movimento corporal humano e, por meio do próprio movimento e outros recursos físicos, diminuir as disfunções e desconfortos ocorrentes ou impedir o aparecimento destes. O perfil do profissional inclui forte sensibilidade social e sólido conhecimento teórico e prático das disfunções mais recorrentes de interesse da fisioterapia, portanto, com abordagem generalista. O profissional deverá apoiar-se em seguro conhecimento das ciências básicas, das possibilidades de prevenir o aparecimento de anormalidades, reconhecer a disfunção, diagnosticar, tratar e manter a saúde. As áreas de atuação são em traumato-ortopédica funcional (músculo-esquelético), geriatria, pediatria, reumatologia, preventiva, cardiorrespiratória (pneumo-funcional), neurologia (neuro-funcional), angiologia, dermato-funcional (estética), queimados, acupuntura, hidroterapia, ginecologia e obstetrícia e pilates. A Fisioterapia Clínica pode ser praticada nos seus próprios consultórios, nos ambulatórios, nos hospitais gerais, nos centros de recuperação bio-psicossocial, nos programas institucionais de saúde pública, nas ações básicas de saúde, na fisioterapia do trabalho, na fisioterapia esportiva, no magistério superior, na indústria de equipamentos profissionais, na vigilância sanitária, nas auditorias técnico-profissionais e nas perícias judiciais. As disciplinas das ciências biológicas e da saúde constituem a base do currículo. Biologia, anatomia, fisiologia, patologia e histologia, principalmente no primeiro dos quatro anos de curso. Você estuda saúde pública, recursos terapêuticos manuais, neurologia, ortopedia e traumatologia. A partir do segundo ano, aumenta a carga de aulas práticas, nas quais se aprendem técnicas de tratamento, como a massoterapia (massagem), termo terapia (aplicação de calor ou frio) ou hidroterapia (por meio da água). O estágio é obrigatório no último ano e, normalmente, feito em clínicas das próprias faculdades ou em hospitais conveniados. * Aluna do 6º período na Universidade Fumec MAIS INFORMÇÕES NO SITE WWW.CONEXAONOTICIAS.COM.BR


8 CONEXÃO NOTÍCIAS

SHOWS

MAIO / JUNHO / 2010

Festa Havaiana 2010

23 Mai 10 - 14 às 19 - Arena Chevrolet Hall Shows com: Bonde da Stronda, MC Fox & MC Mãe, TioTed, Dudu Surita, Emilinho Surita, DJ Gabiru (Pânico Na TV), O Fã (Pânico na TV), Makelele Prateado (Pânico Na TV). Informações: (31) 3209.8989 (31) 8833.4964

Jogo dos 7 erros

SEGURA!ÇA !ACIO!AL

Data prevista de estreia: 07 de maio de 2010 O governo brasileiro lidera um grupo de países da América Latina na tentativa de combate aos cartéis de drogas. Em resposta, no entanto, os traficantes iniciam uma série de ataques às cidades brasileiras e aos recursos naturais dessas localidades. E o primeiro alvo é a Floresta Amazônica. Ficha técnica Diretor: Roberto Carminati Elenco: Ângela Vieira, Milton Gonçalves, Gracindo Júnior, Thiago Lacerda, Ailton Graça... Gênero: Ação 





MAMO!AS PARA SEMPRE, O DOC

Data prevista de estreia: 11 de junho de 2010 Após longa pesquisa, foi compilado um vasto arquivo de imagens, incluindo cenas do começo, bastidores e gravações dos próprios Mamonas em suas turnês e apresentações. Ficha técnica: Diretor: Cláudio Kahns Elenco: Documentário Duração: 90 min

1 - Confete rosa à esquerda. 2 - Sentido em que o formando anda 3 - Colarinho da formanda 4 - Pulso da mulher 5 - Botões camisa do homem 6 - Formanda ao fundo 7 - Confete à direita

Piadas

um comício daquela pequena cidade, dizia o prefeito: - Queridos cidadãos e cidadãs, durante todo o meu mandato, coloquei a minha honestidade acima de qualquer interesse político. Vocês podem ter certeza que neste bolso - e batia no bolso do paletó com uma das mãos - nunca entrou dinheiro do povo. este instante alguém grita: - Paletó novo, hein?    Lula queria um selo com sua foto para marcar o seu primeiro semestre de governo. Ele exigiu um selo de altíssima qualidade. Os selos são criados, impressos e vendidos. Lula fica radiante! Mas em poucos dias ele fica furioso ao ouvir reclamações de que o selo não adere aos envelopes. O presidente convoca os responsáveis e ordena que investiguem o assunto. Eles pesquisam as agências dos Correios de todo o país e relatam o problema a Lula. O relatório diz: ‘ão há nada de errado com a qualidade dos selos. O problema é que o povo está cuspindo do lado errado.

ETIQUETA CO!TEMPORÂ!EA

Roupa de madrinha

Passa o tempo e o maior problema das famílias envolvidas num casamento continua a ser a roupa das madrinhas, da mãe e das irmãs: longos ou curtos? É obrigatório o uso de chapéu? Que cores ficam bem? A verdade é que não existem regras nem nada é obrigatório – tudo deve ser resolvido de comum acordo entre a noiva e a turma do altar. Vale o que for combinado entre elas: se preferem vestidos longos ou curtos e se querem ou não estar de chapéu. Quanto às cores, tirando o preto e o branco, todas são permitidas. As fortes, como os vermelhos, os verde-esmeralda, ou as cores claras, como os verde-água, os rosados... Questão de gosto, unicamente. A dúvida que se repete é: pode ou não pode ir de preto ao altar? Não é o que se espera. Para os ocidentais, desde a antiguidade, o preto era uma cor ligada ao luto e, portanto, às lembranças tristes que não deveriam estar presentes num momento alegre e cheio de esperança de vida como um casamento. Por isso, as testemunhas nunca usavam preto. Quem se casa no novo milênio, está revivendo esse antigo ritual e seguindo suas tradições. Essa é a razão histórica da interdição do preto no altar. Fonte: Alô, Chiks! a linha com Glória Kalil


MAIO / JUNHO / 2010

EDUCAÇÃO E LAZER

Aquário de água doce é considerado um dos maiores do Brasil

As belezas do “Velho Chico” já podem ser vistas na Fundação Zoo-Botânica por meio de um dos maiores aquários temáticos do Brasil. A nova atração, do Jardim Zoológico da capital, promete valorizar e atrair ainda mais visitantes e turistas para a região da Pampulha. O Aquário da Prefeitura – Bacia do Rio São Francisco possui três mil metros quadrados e é o primeiro do Brasil a retratar a ictiofauna - conjunto de peixes da bacia do Rio São Com capacidade para 450 mil litros de água, representando um Francisco. Apresenta 1.200 pei- “braço” do Velho Chico, onde o visitante poderá conhecer uma cenoxes de 40 espécies, distribuídos grafia que apresenta tanto a sua “margem”, quanto o “fundo” do rio em 22 recintos com mais de 1 milhão de litros de água. Entre as espéPrefeitura, e possui parceria com o Micies, que podem ser conhecidas no local, nistério do Meio Ambiente. estão: os surubins, dourados, curimatãs, matrinxãs, pirambeba, piau-três-pintas, AQUÁRIO DE BELO HORIZO!TE mandis, cascudos, a piaba-do-rabo ver Onde: Jardim Zoológico do Parque Ecomelho, piranhas e curimbas. lógico da Pampulha: Avenida Otacílio A meta do novo aquário é oferecer Negrão de Lima, 8.000 – Pampulha. oportunidade de estudos de biologia, pro Quando: de terça a quinta para grupos mover a conservação da vida aquática do agendados e de sexta a domingo para rio São Francisco por meio de exibições o público das 8h30 às 16h. dos ecossistemas e suas interpretações,  Quanto: R$ 5 Terça-feira: entrada graalém de representar mais uma opção de tuita, de quarta a sábado: R$ 2 e dolazer, turismo e cultura para os belo-horimingos e feriados: R$ 4 (grátis todo zontinos. primeiro sábado de cada mês; para O espaço também possui um auditócrianças até 7 anos ou menores de rio, jardins, laboratório, lagoa marginal, 1,30m; acima de 64 anos e membros da lanchonete e uma loja. Sociedade de Amigos da Zoo-Botânica) A obra que começou em 2006 custou  Informações: (31) 3277-7100 e cerca de R$5,5 milhões, de acordo com a (31) 3277-8489 DIVULGAÇÃO

O clima de rodeio já agita Minas Gerais

CONEXÃO NOTÍCIAS 9

O rodeio já faz parte da cultura brasileira. Acontece principalmente nas cidades do interior e atrai a cada ano um grande número de visitantes. Tanto para ver os peões que desafiam touros em montarias de risco, como os shows de artistas em destaque. A Divinaexpô já faz parte do circuito de rodeios há 40 anos e Carmo de Minas em sua, apenas quinta edição já vem ganhando seu destaque. Divinópolis é famosa por sediar vários eventos de prestígio para o público mineiro, por exemplo, a festa da Cerveja, mas a Divinaexpô é de longe o melhor evento e um dos 28/05 – Luan Santana mais bem estruturados de todo o circuito de ro- 29/05 – Eduardo Costa e Sorriso Maroto deios, no Brasil. Sua in30/05 – Maria Cecília e Rodolfo fraestrutura de segurança e qualidade contempla 31/05 – Jorge e Mateus tanto o público, quanto 01/06 – Leonardo expositores, artistas e patrocinadores. Além de possuir um parque de diversão completo e uma praça de alimentação para todos os gostos. Investimentos estão sendo feitos na infraestrutura do parque de exposições e no Rancho do Peãozinho, local apontado hoje como preferido por várias famílias que frequentam o evento. Segundo o presidente do Sindicato Rural e presidente da Festa do Peão, Irajá Nogueira, este ano a festa que acontecerá nos dias 28 de maio a 01 de junho, celebrará 40 anos do evento e afirma que é uma grande responsabilidade a cada ano fazer uma festa melhor. Este ano são esperadas mais de 300 mil pessoas com muita gente bonita de todo o país, destaque para os shows de Luan Santana e Maria Cecília e Rodolfo. Na região sul mineira, destaque para a linda cidade de Carmo de Minas, encravada próximo à Serra da Mantiqueira, com aproximadamente 14 mil habitantes, que com seu jeito simples de interior ganhou destaque com a realização de evento e descobriu nele um grande investimento, além do destaque na produção de café já conhecida em todo o país. Este ano a grande atração do rodeio que acontece nos dias 17 a 20 de junho, além das montarias é o show também de Luan Santana. Prestigie as cidades que fazem parte do circuito de rodeios de Minas. Para conhecer o calendário 2010, acesse www.conexaonoticias.com.br.

DIVI!AEXPÔ 2010

FIQUE POR DE!TRO

Parque Ecológico da Pampulha promove concurso fotográfico

Cadeirinha obrigatória a partir de 9 de junho

Como parte das comemorações do sexto aniversário do Parque Ecológico Francisco Lins do Rêgo, mais conhecido como Parque Ecológico da Pampulha, a Fundação Zoo-Botânica promove, entre outras atividades, o concurso fotográfico “Um olhar sobre o Parque”, que tem como objetivo premiar as três melhores fotos que ilustrem as belezas e curiosidades do local. As inscrições deverão ser feitas entre 23 de abril e 11 de maio de 2010. O concurso é aberto ao público e as fotos devem ter o formato de 15x21cm, sendo enviadas juntamente com o formulário de inscrição devidamente preenchido e com uma cópia digital (CD), em alta resolução. Cada fotógrafo poderá participar com até três fotografias. As vinte melhores fotos serão selecionadas e expostas a partir do dia 21 de maio em frente ao Centro de Apoio, no interior do Parque Ecológico, onde serão submetidas à escolha do público visitante. As três melhores serão ampliadas e expostas, e os vencedores receberão como prêmio: 1º Lugar: Jantar com acompanhante no Restaurante Paladino; 2º Lugar: Par de ingressos para a Expedição Coruja; 3º Lugar: Cinco convites para visita ao Aquário da Prefeitura – Bacia do Rio São Francisco. Mais informações pelos telefones: 3277-7439 e 3277-7854. DIVULGAÇÃO

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a Resolução 277 que regulamenta o transporte de crianças de até 10 anos de idade em veículos. Segundo a norma, crianças de até sete anos e meio deverão ser transportadas obrigatoriamente no banco traseiro e em dispositivos de retenção, acima dessa idade deverão utilizar o cinto de segurança do veículo. O condutor que for flagrado sem um dos equipamentos de segurança será penalizado com multa de R$ 191,54, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e a retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada. Veja as regras para o transporte de crianças: www.conexaonoticias.com.br.

Denúncia on-line

Os eleitores mineiros ganharam um canal para denunciar propaganda irregular e fora do período autorizado pela justiça praticada por cabos eleitorais e candidatos às eleições deste ano, marcadas para outubro. Está funcionando no site do Tribunal Regional Eleitoral de MG (www.tre-mg.jus.br) o “Denúncia on-line”. Oficialmente as propagandas são permitidas apenas a partir de 6 de julho. O sistema permite que todo o desenrolar do processo seja acompanhado pela internet. Todos recebem um número para acompanhar o procedimento via site e saber se a denúncia foi aceita ou não e quais providências foram tomadas. A identificação é obrigatória somente para evitar trotes, brincadeiras e denúncias falsas.

Jiló é a atração da 11ª edição do Comida di Buteco

Começou o Festival Comida di Buteco, o maior evento gastronômico de Belo Horizonte que vai até o dia 9 de maio. São 41 bares em competição pelo melhor tiragosto da capital, que tem como principal ingrediente o jiló. A famosa Saideira do Comida di Buteco acontece nos dias 15 e 16 de maio, no Centro Esportivo Universitário (CEU) e com a participação de Mart’nália, Zeca Baleiro e Roberta Sá. Informações: www.conexaonoticias.com.br.


Aprovado novo código de posturas 10 CONEXÃO NOTÍCIAS

Legislação prevê uma cidade mais limpa

Tornar a cidade mais organizada e limpa. Esse é o objetivo do novo Código de Posturas de Belo Horizonte, publicado no Diário Oficial do Município. Com a atualização, a expectativa do município é que sejam retirados 85% dos outdoors já instalados. Leia as principais mudanças: OCUPAÇÃO DE CALÇADAS E VIAS A Lei prevê que, em relação a mesas e cadeiras em passeios e ruas, os estabelecimentos têm permissão para colocar tablado removível em via pública local, na área de estacionamento de veículos. Será necessário providenciar também uma demarcação física da área a ser ocupada em calçadas com barreira removível, preferencialmente por floreiras ou vasos. A ocupação será autorizada em passeios com largura de dois metros ou mais, desde que garantida passagem livre de pedestres com um metro de largura.

FLA!ELI!HAS E AMBULA!TES Fica proibida a atuação de flanelinhas na cidade. Os lavadores de carros já cadastrados na Prefeitura poderão manter sua atividade e poderão ser licenciados novos lavadores de carros. Os interessados podem se licenciar nas regionais, assim se a pessoa identificada cometer algum ato falho pode ser punido e ter sua licença cassada.

RESTRIÇÕES AOS E!GE!HOS DE PUBLICIDADE De acordo com o novo Código, não será permitida a instalação de engenhos de publicidade em terrenos e lotes vagos na região compreendida dentro da avenida do Contorno, nas Áreas de Diretrizes Especiais (ADEs) Pampulha, Santa Tereza, Mangabeiras, Santa Lúcia, Belvedere, São Bento e Cidade Jardim, além de Áreas de Proteção Ambiental. As peças também não poderão ser colocadas sobre marquises, em gradis ou

em qualquer elemento translúcido utilizado para vedação, sobre coberturas de nenhum tipo, no afastamento frontal do lote em obras e no afastamento frontal mínimo do lote edificado localizado nas vias de ligação regional e arterial. A multa para quem não segue as normas varia de R$ 50 a R$ 10 mil. A legislação não considera engenho de publicidade as placas obrigatórias em obras, de sinalização, denominação de prédios, elemento decorativo ou revestimento de fachada diferenciado, mensagens de eventos culturais exibidos na própria edificação do museu, teatro ou cinema, logomarcas veiculadas em equipamentos nos postos de combustíveis, indicação de empresas de segurança, bandeiras dos cartões de crédito e peças expostas no interior ou em vitrines nos estabelecimentos comerciais, além de anúncio de venda ou aluguel de imóvel. Fonte: Diário Oficial do Município

MAIO / JUNHO / 2010

FIQUE LIGADO

Bienal do Livro de Minas 2010

A segunda edição da Bienal do Livro de Minas acontece nos dias 14 a 23 de maio, no Expominas. Essa edição vai homenagear o autor Rosário Fusco pelo centenário de seu nascimento e o grupo de escritores modernistas de Cataguases. Já confirmaram presença Zuenir Ventura, Mauro Ventura, Rubem Alves, Luís Gifoni e Christiane Tassis. As escolas públicas e privadas já podem garantir a participação através do www.bienaldolivrominas.com.br. As visitas à Bienal do Livro de Minas serão realizadas nos dias 14, 17, 18, 19, 20 e 21 de maio, das 9 às 17 horas. O projeto é dedicado a estudantes do ensino fundamental com idades entre sete e 14 anos. O evento é promovido pela Câmara Mineira do Livro, em parceria com a Fagga Eventos, que também responde pelas bienais do Rio de Janeiro e de São Paulo.


Doença Celíaca tem tratamento e controle: informe-se

CONEXÃO NOTÍCIAS 11

MAIO / JUNHO / 2010

Em um exame de rotina, Heloísa Seabra, 45 anos, vendedora, descobriu ser portadora de uma doença muito pouco conhecida, a Doença Celíaca, mas que acomete, segundo estudos realizados no Brasil com doadores de sangue, 1 a cada 681 nascidos. De acordo com o Protocolo Clínico de Diretrizes da Doença Celíaca, até recentemente ela foi considerada rara nas populações, mas estudos recentes sugerem que sua prevalência é muito maior do que as estimativas anteriores, possivelmente afetando 1% de populações estudadas, tendo incidência maior entre as crianças. Mas, Heloísa não está sozinha, muitos são os brasileiros na fase adulta que podem ter a doença, mas não sabem. A Doença Celíaca é a intolerância permanente ao glúten – proteína encontrada no trigo, aveia, centeio, cevada – e todos derivados desses produtos. O malte é um deles, derivado da cevada, muito utilizado em bebidas destiladas, achocolatados etc. Alguns medicamentos podem ter a presença do glúten na formulação e também, produtos de higiene e beleza como shampoo, creme e sabonete. Quando em contato com a mucosa do intestino delgado do paciente, o glúten desencadeia um processo inflamatório nesta região, alterando a mucosa intestinal e levando a má absorção dos alimentos. Segundo Ângela Pereira de Abreu Diniz, presidente da Acelbra-MG (Asso-

CARTA DE LEITORES

Parabéns equipe do Conexão Notícias! Está muito interessante o site. Faço votos de que se transforme em um grande portal da região. Sônia Pessoa 

Adorei o novo Conexão Notícias. Efigênia Vilani Confira você também: www.conexaonoticias.com.br

O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade.

Feliz Dia dos amorados

ciação dos Celíacos do Brasil - Seção Minas Gerais), alguns sintomas são sugestivos e devem ser pesquisados: diarréia crônica, distenção abdominal, irritabilidade, emagrecimento, alteração na pele, baixa estatura, atraso puberal, fraqueza, infertilidade, constipação intestinal, anemia refratária ao tratamento, aborto de repetição, desnutrição; porém há casos em que os sintomas não estão presentes, o que dificulta o diagnóstico. Heloísa teve como sintoma uma forte anemia e muitos foram os exames até que se descobriu a doença. “É muito difícil o diagnóstico, todo mundo acha que é igual a diabetes”, diz. De acordo com o site da Fenacelbra (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil) há um grupo de pessoas que tem maiores chances de ter a doença celíaca, elas são as portadores do diabetes tipo 1, doenças da tireóide, síndrome de Turner e Willians (doença genética que afeta apenas as meninas, e é caracterizada pela ausência total ou parcial de um dos dois cromossomos X), ou pessoas que tenham algum caso de doença celíaca na família e foi o que aconteceu na família dela, o irmão fez o exame e constatou que também é portador. O diagnóstico é feito, segundo a presidente da AcelbraMG, através de exames laboratoriais e, somente após a biópsia do intestino delgado é que existe a confirmação da Doença Celíaca.

DIVULGAÇÃO

Ângela Pereira de Abreu Diniz, presidente da Acelbra/MG

DIFICULDADES E!FRE!TADAS Se os sintomas não são definidos, as dificuldades sim. A vendedora Heloísa, hoje desempregada, se exclui da vida social, o que acarreta prejuízos na vida emocional, profissional e cognitiva, e sofre para adquirir produtos sem glúten. “Além de serem caros, muitos não vêm com informação precisa no rótulo, isso inibe a gente de comer qualquer coisa”. Fazer a dieta sem glúten, aparentemente pode parecer fácil, mas na prática é outra. A maioria dos alimentos industrializados contém glúten. A vendedora ressalta que já comeu produtos, que indicavam não ter glúten, e passou mal. ACELBRA-MG A Associação dos Celíacos de Minas tem como objetivo congregar os portadores de Doença Celíaca e seus familiares em um movimento de esclarecimento

sobre a doença: orientação, cuidados, adequação da alimentação, busca por alternativas alimentares e alimentos permitidos aos celíacos: “A divulgação sobre a doença Celíaca é fundamental também para os profissionais da saúde e educação, religiosos, empresários dos ramos da hotelaria e alimentação, farmácias e supermercadistas”, ressalta a presidente. Hoje, são aproximadamente 500 celíacos associados, mas de acordo com a presidente da entidade, o número pode ser superior, especialmente pela falta de informação e de diagnóstico adequado. “O caminho é informar a todos que a Doença Celíaca tem tratamento e controle e, quando não tratada, adequadamente, pode acarretar uma série de problemas na saúde da pessoa. Hoje a maior luta da entidade é fazer valer as leis vigentes de rotulagem e também a questão dos exames para detecção da doença celíaca, nos estados e municípios, garantidos no Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Doença Celíaca, publicado no Diário Oficial da União em 18 de setembro de 2009. A Acelbra-MG conta também com suporte psicológico nas modalidades de psicoterapia e plantão psicológico. O trabalho consiste em oferecer uma escuta acolhedora e respeitosa à pessoa e tudo o que ela vivencia no momento. ACELBRA-MG Associação dos Celíacos do Brasil – Seção Minas Gerais 031-3421-9762 www.acelbramg.com.br acelbramg@hotmail.com

Eles estão entre nós

Médica fala sobre a psicopatia, o transtorno de personalidade mais perigoso Nem chegamos ao meio do ano de 2010 e vários foram os crimes que indignaram os brasileiros. Se destacando pela frieza e coragem dos assassinos, os casos de Luziânia, São Paulo e Contagem, Minas Gerais, revelam um triste dado: os portadores de transtorno de personalidade antissocial, conhecidos popularmente como psicopatas, correspondem a 4% da população brasileira. Desses, cerca de 1% é grave e 3% têm o transtorno mais leve e moderado. Mas como saber se estamos diante de um? Os autores dos casos citados são exemplos do grau mais elevado do transtorno de personalidade, a Psicopatia. De acordo com a médica e psicanalista Soraya Hissa de Carvalho, 50 anos, esse transtorno se caracteriza pela total ausência de sentimento de culpa, arrependimento ou remorso pelo que faz de errado. “Os indivíduos que sofrem dessa doença são frios, calculistas, mentirosos egocêntricos, megalômanos, parasitas, manipuladores, impulsivos, irresponsáveis, muitos são violentos e só visam o interesse próprio”, relata. Mas eles também podem ser agradáveis, charmosos e se fazerem de vítimas. “A maioria

DIVULGAÇÃO

Soraya Hissa de Carvalho, médica e psicanalista

nunca vai chegar ao extremo de cometer um assassinato e se passa por uma pessoa comum. Eles frequentam os cinemas, as escolas, os bares e estão inseridos na sociedade”, alerta a especialista. Psiquiatras afirmam que o psicopata nasce com uma predisposição genética, para a manifestação desse comportamento de insensibilidade afetiva, sendo manifes-

tada ao longo da vida. A médica explica que há três níveis da doença: o leve, que aplica os famosos golpes 171 (estelionato ou fraude) e atinge uma pessoa; o moderado, que aplica o mesmo golpe, porém em uma esfera social mais alta e acaba lesando milhares de pessoas; e o grave, que seria o famoso serial killer, o assassino em série, para quem não basta matar, é preciso haver requinte de crueldade. Esse último tipo, porém, é mais raro. “A maioria não mata, mas é capaz, porém, de sugar emocional e até financeiramente quem cai na conversa deles”, ressalta. A especialista completa que não há, ainda, a possibilidade de cura para esse tipo de transtorno, uma vez que os portadores não vêem nenhum problema em suas ações e não apresentam constrangimentos morais ou sofrimentos emocionais, como depressão, ansiedade, culpas e baixa autoestima, mas alerta para sempre desconfiar de desconhecidos que elogiam demais, presenteiam e de repente tudo acaba. “Não permita que eles se aproximem demais nem dos filhos, pois tem pavio curto e qualquer coisa ficam agressivos”, conclui.


Copa do Mundo

12 CONEXÃO NOTÍCIAS

Governo autoriza licitação da segunda etapa de modernização do Mineirão

O Governo de Minas, por intermédio do Departamento de Obras Públicas do Estado de Minas Gerais (Deop-MG) publicou no Diário Oficial Minas Gerais o edital de licitação para a segunda etapa das obras de modernização do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão. O custo estimado da obra completa é de R$ 607,8 milhões, sendo R$ 370,3 milhões previstos para serem executados dentro do estádio e R$ 237,5 milhões no entorno, com o estacionamento, a esplanada e as passarelas. Na segunda fase, que prevê o rebaixamento do gramado em 3,5 metros e demolições internas, será licitada dia 26 de maio, ao custo de R$ 3 milhões, com recursos estaduais. O edital já está disponível no site do Deop: www.deop.mg.gov.br. O cronograma de modernização do Mineirão aprovado pela FIFA está dividido em três etapas. A primeira fase, iniciada no dia 25 de janeiro deste ano e em andamento, prevê o reforço estrutural do estádio, segundo Maurício Campos Reis.

DIVULGAÇÃO

Nesta etapa, estão sendo investidos R$ 8,2 milhões. Na terceira etapa, acontecerão as demais intervenções como a construção de uma esplanada com 70 mil metros quadrados, novas bilheterias, melhorias do acesso e construção de acesso exclusivo para imprensa e clubes, além de novos espaços comerciais. Para elaborar o edital de licitação da terceira etapa, será aberta uma consulta pública com duração de 30 dias. Quem quiser se manifestar deve acessar: www.estadopararesultados.mg. gov.br. As intervenções e obras estarão totalmente concluídas até dezembro de 2012.

BOCA DO POVO PERGU!TA

Já vi essa mesma reclamação nessa coluna e até hoje nada foi feito. Passo frequentemente na Av. Altamiro Avelino Soares e é uma vergonha o que uma está fazendo no local. São materiais que dificultam o fluxo de pedestres no local e caminhões Betoneiras que ocupam metade da pista de rolamento. Alguma coisa precisa ser feita com urgência, eles sabem que nada é feito e abusam. Oswaldo Santos DIVULGAÇÃO

RESPOSTA

Até o fechamento desta edição a empresa envolvida não havia se pronunciado.

PERGU!TA

Impressionante. Todo o final de semana é a mesma coisa. Na Av. Tancredo Neves, os clientes dos bares e restaurantes, ali instalados, estão estacionando nos dois lados da avenida, dificultando o trânsito local. Isso não é proibido? Daniela Fonseca

RESPOSTA

Zoológico de Belo Horizonte atinge categoria mais alta de classificação do Ibama

MAIO / JUNHO / 2010

Em relação à reclamação da leitora Daniela Fonseca, a BHTRANS informa que a Unidade Integrada de Trânsito vai fiscalizar a avenida Tancredo Neves a fim de coibir as infrações de trânsito cometidas pelos clientes dos bares e restaurantes. Também será estudada uma ação no local para proporcionar mais fluidez no tráfego e segurança aos motoristas e pedestres que circulam na região. Para registrar as sugestões sobre o trânsito e transporte coletivo da capital, os leitores devem entrar em contato com a Central de Relacionamento Telefônico da Prefeitura, 156, ou acessar o portal www.bhtrans.pbh.gov.br. Assessoria de Comunicação e Marketing da BHTRANS.

DIVULGAÇÃO

Macaco Prego Peito Amarelo

Cadastrado no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), o Jardim Zoológico da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZBBH) foi promovido pelo Ibama para a categoria “A” na classificação dos jardins zoológicos públicos. A promoção para a categoria mais alta da classificação significa que o zoo, que já possuía o Certificado de Regularidade, concedido às instituições que atendem a todas as exigências quanto às instalações, medidas higiênico-sanitárias e segurança definidos pelo órgão federal, atingiu os padrões mais elevados em sua atividade, referentes à qualidade técnica, infraestrutura e relevância em pesquisa científica e conservação da fauna. Para o diretor do Jardim Zoológico, Carlyle Mendes Coelho, a mudança de categoria é resultado de todo o trabalho desenvolvido pela equipe da Zoo-Botânica e dos constantes apoio e investimentos na área de meio ambiente: “A promoção do Jardim Zoológico para a categoria “A” no

ano em que comemoramos seu cinquentenário é um belo reconhecimento do esforço e da competência de nossa equipe e da capacidade da FZB-BH em renovar-se constantemente, servindo cada vez melhor ao público e trabalhando pela conservação da natureza”, justifica. Já para, o presidente da Fundação Zoo-Botânica, Evandro Xavier, nas últimas décadas houve uma mudança na concepção dos jardins zoológicos, que passaram a buscar o respeito e o bem estar dos animais a partir do desenvolvimento de técnicas e pesquisas de promoção da conservação, aliadas ao turismo e ao entretenimento. “O mérito desta importante conquista, vinda de um órgão nacional responsável por fiscalizar a vida dos animais em cativeiro, se deve aos esforços de todos os nossos servidores e colaboradores”, comemora. Ressaltando-se que todas as determinações feitas pelo Ibama são vistoriadas e comprovadas por meio de documentação e de relatórios periódicos.

9ª Edição  

9 www.conexaonoticias.com.br

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you