Page 1

Informativo da Faculdade Ideal • www.faculdadeideal.com.br

mai 2012

Não basta pensar: tem que apostar

Inovador, dinâmico, ousado: eis algumas características atribuídas ao jovem empreendedor. Porém, elas de nada valem se a pessoa não estiver disposta a correr os riscos e mergulhar de cabeça num mercado onde – reza a lenda – quem dita as regras é a experiência. Os jovens têm encarado esse desafio e mostrado que, quando o assunto é empreendedorismo, apostar faz a diferença. ∆∆ Páginas 4 e 5


Os profissionais que o mercado quer Pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro identificou quais profissionais serão mais requisitados pelas empresas brasileiras nos próximos anos e revelou que estas profissões têm ligação com engenharia, automação e informática. No Pará, o cenário indica que a formação técnica deve ser privilegiada na hora da contratação pelo setor mineral, um dos maiores empregadores do Estado. “Apesar das demandas para contratação de

nível superior, nosso maior número de vagas – e com menor número de candidatos inscritos – é para profissionais da área técnica”, informa Fernanda Pussente, gerente de Recrutamento e Seleção da Vale. Ela acrescenta, ainda, que profissionais de Manutenção, Planejamento e Operação de Mina e Usina são os que encontrarão mais oportunidades dentro da empresa. Soma-se a essas áreas técnicas a Engenharia, cujos profissionais também serão alvo

de grande interesse por parte da Vale nos próximos anos. Esta tendência em privilegiar a formação técnica não é verificada apenas na Vale. A psicóloga Adriana Ribeiro, que trabalha há dois anos com recrutamento e seleção para o setor da mineração, diz que outras empresas têm requisitado os mesmos profissionais. “Quem quiser garantir um emprego no longo prazo, deve investir em Engenharia. No curto prazo, o jovem deve priorizar os cursos técnicos”, orienta.

CONECTE!

Segundo a Rede de Desenvolvimento de Fornecedores do Pará (Redes), ligada ao Sistema Fiepa, o Pará vai receber 130 bilhões de reais em investimentos nos próximos quatro anos, sendo que 53% desse montante vão para a região de Carajás, que concentra boa parte dos projetos de mineração. Esse volume total de investimentos vai gerar cerca de 160 mil empregos em todo o Pará.

2

• Informativo da Faculdade Ideal | @faculdadeideal | FaculdadeIdeal • Diretor geral: Profo João Messias dos S. Filho • Vice-diretor: Profo Antonio Carlos T. de Moraes • Diretor financeiro: Profo Manoel Leite Carneiro • Diretor executivo: Nelson Beckman Nery • Diretora acadêmica: Profa Melissa Moraes • Diretor de marketing: Manoel Leite Junior • Coordenador de marketing: Helder dos Anjos • Imagens: Bruno Carachesti Travessa Tupinambás, 461 • Batista Campos - Belém-PA. CEP 66.033-815 • (91) 3323-6000 Ajude a fazer o Conecte!. Mande sugestões, opiniões e dicas para conecte@grupoideal.com.br * Os conteúdos das seções “Eu indico” e “Opinião” são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da instituição.

Produção:

Distribuição/comercialização


expressas

35 anos de educação O Grupo Educacional Ideal comemorou 35 anos no último dia 20 de abril. A festa reuniu colaboradores e parceiros na sede campestre da Assembleia Paraense. O secretário especial de estado de Promoção Social, Nilson Pinto, parabenizou a atuação do grupo pelas mais de três décadas de atividades. A cantora Aíla, antiga aluna Ideal, fez o show de abertura do evento, que teve ainda a apresentação da campanha publicitária de 35 anos, desenvolvida pela agência Galvão. Os convidados também assistiram ao teaser de “Certeza”, projeto vencedor do Edital Ideal de Curta-Metragem.

Congresso das Certificadas Alunos e professores do curso de Administração da Faci participaram, no final de março, do 10 Congresso de Instituições Certificadas FGV, realizado em Florianópolis (SC). A delegação, formada por 18 alunos e três professores, foi destaque no evento com a apresentação dos artigos de Amarildo Ferreira e Daniela Rodrigues, alunos da Faci. O grupo também ganhou livros após conquistar o título de maior delegação do congresso.

eu indico

Como a maioria dos alunos entra em pânico quando tem que elaborar um projeto de pesquisa, o livro “Quem tem medo de Monografia?”, de Wilges Bruscato, visa a orientar o acadêmico. Com o objetivo de desmistificar a produção científica, a obra aborda, em linguagem agradável, os detalhes que envolvem os trabalhos científicos, especialmente a monografia, percorrendo todas as etapas de elaboração. Lucidéa Santos, professora da Faci

CONECTE!

Lucena Produtora

Cinema

“Certeza”, filme de Pedro Tobias, vencedor do edital Ideal de Curta-Metragem, terá uma sessão especial de pré-estreia para convidados no dia 17 de maio. O evento será realizado às 19h, no Cinema Olympia. Além de homenagear o centenário do Olympia, o Grupo Ideal fará um bate-papo com a equipe de produção do filme após a exibição. Informações sobre o curta em certezaofilme.com.br e facebook. com/CertezaOFilme

3


Matéria de capa

4

Foi-se o tempo em que dinheiro era suficiente para a abertura de uma empresa. Atualmente, o capital financeiro é apenas mais um elemento dessa operação, que deve ser somado à sabedoria e, principalmente, à determinação, qualidades resumidas numa única palavra: empreendedorismo. A vontade de arriscar pode valer mais que o capital financeiro. E alguns jovens já perceberam isso: são os empreendedores de hoje. Para a universitária Ana Luiza Rocha, o jovem empreendedor sabe identificar as oportunidades e está disposto a encarar as novidades. “Pega um serviço que já existe e o oferece no mercado com algum diferencial”, afirma a estudante de publicidade e propaganda. Ela tem conhecimento de causa: aos 20 anos, já é dona da S3A Fotografia, junto com Suelen Geber, 27 anos, e Anderson Rocha, 26. Todos já trabalhavam com fotografia quando, em agosto de 2011, fundaram a empresa. Ana conta que a S3A trouxe este ano para Belém o NewBorn, ensaio que se dedica às caras e às bocas de nenéns com até 15 dias de

eu indico Luiz Braga

CONECTE!

Empreendedorismo jovem vida. Foi a inovação oferecida pela empresa ao mercado paraense de fotografia social. Os vinte e poucos anos dos sócios nunca representaram problemas na hora de fechar negócios, mesmo porque são sempre compensados pela postura, mescla de profissionalismo e simpatia. “Sorriso no rosto, sempre. Nada de cara emburrada”, acrescenta a fotógrafa. Ana, Suelen e Anderson estão na média de idade dos quase 70 empresários entre 21 e 30 anos associados ao Conselho de Jovens Empresários (Conjove), da Associação Comercial do Pará (ACP). São 23% dos cerca de 200 empresários de até 40 anos que integram a entidade. É o jovem empresariado paraense, que compensa o pouco de dinheiro com muita inovação, ousadia e diálogo. “O networking será um fator importante para o jovem empresário tocar o próprio negócio”, afirma Daniel Gouvêa, diretor de Tecnologia do Conjove. O designer gráfico Thyago Maia, de 30 anos, enfrentou a pressão da família quando, aos 26, largou o emprego para investir na Talento Design, Bob Menezes

“Pina”, documentário de Win Wenders. O filme me marcou tanto que duas das minhas novas composições foram inspiradas nele. A fotografia é incrível. Fiquei apaixonada pelo fato de ele criar cenários fantásticos em ambientes aparentemente limitados, além de falar sobre uma artista incomparável como Pina Bausch, que serve de inspiração para os artistas de qualquer área. Recomendo no superlativo. Lia Sophia, cantora e compositora


empresa especializada em design gráfico, web design e marketing. As dificuldades no percurso não foram suficientes para fazê-lo desistir. “No início de tudo, parei algumas vezes para avaliar se estava fazendo a coisa certa”, relata o empresário, que hoje diz ter paixão pelo trabalho. Das vitórias em concursos de criação até a Talento Design, foi necessário um investimento pessoal. “Empreender é dedicar tempo e esforço para a criação de algo diferente, com valor de mercado”. Empreendedorismo tem muito de assumir os riscos, mas não se resume apenas a apostar as fichas na própria empresa. “As organizações estão buscando jovens com esse perfil, capazes de redesenhar conceitos, culturas e processos”, diz Oswaldo Júnior, professor da Faculdade Ideal.

Thyago Maia largou o emprego para abrir a própria empresa

e no brasil...

Daniel Gouvêa, diretor do Conjove aos 19 anos

A Faculdade Ideal promove, entre os dias 22 e 24 de maio, a VIII Semana do Empreendedor, com o objetivo de estimular o desenvolvimento do espírito empreendedor no aluno. Palestra de Fernando Dolabela (autor do livro Oficina do Empreendedor) e do criador do software Make Money abre o evento, coordenado pela Empresa Jr e realizado no Auditório Central e Ginásio de Esportes da Faci. Informações no (91) 3323-6018/8883-9505 e www.faculdadeideal.com.br Gilberto Wiesenhütter e Oswaldo Júnior, professores da Faci

eu indico

“Snapic - música pra ver”, livro dos jornalistas Victor Balde e Arthur Soares, ambos de Aracajú. Fruto do trabalho de conclusão de curso deles em 2011, a obra mostra os detalhes dos bastidores e dos palcos da cena musical sergipana. Fabricio Rocha, apresentador e produtor da Rádio Cultura

CONECTE!

Mais da metade dos empreendedores brasileiros ainda não chegou aos 35 anos de idade: 56,9% têm entre 18 e 34 anos, apontou o Global Entrepreneurship Monitor em 2010

5


agende-se

fique ligado

CONECTE!

Como vai o seu português?

6

Há quem se preocupe em turbinar o currículo aperfeiçoando o conhecimento num segundo idioma ou aprofundar os conhecimentos em informática. Porém, muitos esquecem o aprimoramento num requisito que, de tão básico, nem consta das exigências expressas das empresas: a língua portuguesa. Seguir as regras da nossa língua durante uma entrevista de emprego, tanto na fala quanto na escrita, também faz a diferença. Segundo a psicóloga Aline Barros, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o problema pode surgir bem antes da entrevista: no currículo. Trabalhando há cinco anos com seleção de candidatos para vagas de emprego e estágio, ela conta já ter recebido currículos onde a palavra “profissional” estava grafada com “C”. “Muitos can-

didatos escrevem errado o nome da própria faculdade”, relata. Estas avaliações normalmente envolvem uma redação, onde os erros podem se tornar mais evidentes. Aline lembra que o português é ferramenta de trabalho para qualquer profissão: o engenheiro precisa dele para redigir laudos tanto quanto o advogado para elaborar petições. Gerente de RH do Grupo Ideal, Daniella Alberio reitera que os jovens devem dispensar para o português a mesma atenção com que se dedicam aos cursos e qualificações extracurriculares. Manter-se atualizado, diz a gerente, pode ser uma boa ferramenta. “O hábito da leitura somado à atualização em relação a tudo que se passa no mundo pode ser uma boa estratégia de se aperfeiçoar em nossa língua”, afirma.

Seminário O curso de Pedagogia da Faci realiza, em 31 de maio, o V Seminário “A importância do brincar”, a partir das 19h, no auditório central do Grupo Ideal. Inscrições a R$ 10. Informações: 3323-6027/ 3323-6000 / suweber@grupoideal. com.br/arlete.fernandes@grupoideal.com.br.

Quadrinhos O I Festival Internacional de Quadrinhos do Norte será realizado no Parque Shopping Belém (Avenida Augusto Montenegro, 4300) entre os dias 24 e 27 de maio. Informações pelos telefones 8133-1235 / 9157-7758.

Concurso A prefeitura de Castanhal inscreve até o dia 25 de maio para concurso público que visa a preencher 1.635 vagas distribuídas entre os níveis fundamental, médio e superior. Salários de até R$ 2.189,94. Edital e inscrições em www.fadesp.org.br.

Curta Concurso de Interprogramas de Animação inscreve projeto de curtas animados até 23 de maio. Edital em www. portalcultura.com.br e www.iap.pa.gov.br.


opinião

Mas o que é

a RIO+20? e lhe oferece oportunidade para desenvolver-se intelectual, moral, social e espiritualmente (...)”. Após 20 anos, a reunião das Nações Unidas aconteceu pela primeira vez no Rio de Janeiro. A ECO 92, como ficou conhecida, consolidou o conceito de desenvolvimento sustentável e contribuiu para a mais ampla conscientização de que os danos ao meio ambiente eram majoritariamente de responsabilidade dos países desenvolvidos. Reconheceu-se, ainda, a necessidade de os países em desenvolvimento receberem apoio financeiro e tecnológico para avançarem na direção do desenvolvimento sustentável. Naquele momento, a posição dos países em desenvolvimento tornou-se mais bem estruturada e o ambiente político internacional favoreceu a aceitação pelos países desenvolvidos de princípios como o das responsabilidades comuns, mas diferenciadas. Dez anos mais tarde, a África do Sul sediou o que ficou conhecido como Cúpula da Terra de Johanesburgo ou Rio + 10. Para alguns, o grande êxito dessa reunião

Marilena Loureiro da Silva, professora da UFPA e coordenadora do Grupo de Estudos em Educação, Cultura e Meio Ambiente (GEAM) A primeira conferência global voltada para o meio ambiente foi a Estocolmo 72, realizada há quarenta anos na Suécia. É um marco histórico e político internacional.

foi a ênfase que se conseguiu dar a temas de desenvolvimento social, tais como a erradicação da pobreza, o acesso à água, aos serviços de saneamento e à saúde. Acordou-se também fortalecer a contribuição do desenvolvimento industrial à erradicação da pobreza, de maneira compatível com a proteção do meio ambiente. Nesse contexto de socioambientalismo, se situa a Rio+20, que o Brasil abriga no próximo mês.

CONECTE!

Muito falada nos últimos meses, a Rio+20 é a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (UNCSD), que acontece na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 13 e 22 de junho deste ano. O evento marca o 200 aniversário da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (UNCED), que ocorreu no Rio de Janeiro em 1992, e o 100 aniversário da Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (WSSD), ocorrida em Johanesburgo em 2002. Nessa conferência, líderes mundiais, representantes do setor privado, ONGs e outros grupos se reunirão para determinar como é possível reduzir a pobreza, promover a justiça social e a proteção do meio ambiente do planeta. A primeira conferência global voltada para o meio ambiente foi a Estocolmo 72, realizada há quarenta anos na Suécia. É um marco histórico e político internacional. Uma das questões levantadas em Estocolmo foi que “o homem é ao mesmo tempo obra e construtor do meio ambiente que o cerca, o qual lhe dá sustento material

7


em foco

Alberto Guerreiro, Felipe Guerreiro

Izabela Silveira

e Hoglam Fontany

e Jessica Arraes

o Maia erio Sampaio e Rodrig Bruno Rodrigues, Rog

Ariene Santos e Misael Lima

Roberta Massias, Suelen Almeida, Clicia Quaresma e

Tainá Cunha e Camila

Talita Maues

Alves da Rosa

Que tal ter sua foto e de sua turma publicada na seção “Em Foco”? Mande suas fotos para conecte@grupoideal.com.br e faça parte da Conecte! Moara Cristo, Iasmim

Silva e Allan Monteiro

Conecte! maio 2012  

Revista da Faculdade Ideal

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you