Page 13

Revísâo da literatura

cargas e o modelo para ordenar o treino em períodos e ciclos, de acordo com as características peculiares do calendário desportivo das competições. Seguindo esta ordem de ideias, Garganta (1991) menciona que planear ou planificar, significa descrever e organizar à priori, as condições de treino, os objectivos a atingir, os meios e métodos a aplicar, as fases que, de um ponto de vista teórico, são as mais importantes da época desportiva. Por outro lado, de acordo com o mesmo autor, a periodização é um aspecto particular do planeamento que diz respeito, fundamentalmente, aos aspectos relacionados com a dinâmica das cargas de treino e com a consequente dinâmica da adaptação do organismo às mesmas, tendo em conta os períodos da época em que nos encontramos (Garganta, 1991). Esta ideia é partilhada por Campos Granell & Ramón Cervera (2001) ao mencionarem que a periodização do treino representa o sistema através do qual se constrói um modelo de desenvolvimento estruturado em ciclos, para os quais se procura que as cargas aplicadas favoreçam os mecanismos que provocam adaptação. Para Frey (2000) a periodização á a sucessão temporal de objectivos e conteúdos de treino. De uma forma sintética, Campos Granell & Ramón Cervera (2001) afirmam que os avanços verificados no planeamento do treino converteram este sector estratégico do desporto num dos elementos essenciais de desenvolvimento, que em grande medida tem contribuído para a melhoria dos resultados desportivos. A planificação do treino permite que a preparação do desportista seja orientada de acordo com uma estratégia de construção progressiva no tempo, procurando o maior desenvolvimento possível da forma desportiva. Garganta (1991) alerta para o facto da crescente complexidade da estrutura do jogo exigir que os jogadores tenham cada vez mais maior capacidade de concentração, determinação, disciplina, rigor, inteligência e um alto potencial físico, psíquico e táctico técnico. Simultaneamente, essa situação, exige do treinador elevada capacidade de liderança, planeamento e organização de um trabalho sólido e racional, baseado no conhecimento dos princípios e leis do treino. Todo o treinador que tenciona levar a efeito, com êxito, um determinado trabalho, sente a necessidade de elaborar um projecto, um roteiro. Em competição, quando as forças estão igualadas, a vitória é alcançada por aqueles que utilizam planos previamente preparados. Deve saber-se avaliar a situação de jogo, seleccionar rapidamente a solução mais adequada e aplicá-la sem demora (Naglak, 1978, citado por Sampedro, 1999). Pensamos que tudo o que atrás foi referido diz bem da imprescindibilidade de um processo de treino bem delineado, no qual terão que ser considerados um manancial 7

Vitor Frade  

fslafja;lfkjaslkfjs fsafaf

Advertisement