Issuu on Google+

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

O Jor nal da Comunidade Brasileira

comunidadenews.com Eleições municipais

Nº 303 - de 20 a 26 de outrubro de 2009

pag. 25

Brasileiros votam para mudar Danbury

Justiça coloca Dr. Monteiro em liberdade Página 26

Gary Goncalves, à esquerda, é o preferido dos brasileiros na disputa contra o atual prefeito, Mark Boughton.

Caso Sheila dos Santos

pag. 29

Corte acusa formalmente brasileiro de matar dançarina

Antônio Marcos Ferreira continua detido pelo assassinato da dançarina Sheila dos Santos

Free/Grátis

Acusado de abuso sexual de três menores, médico brasileiro já se encontra em liberdade

A

Dr. Hamilton Monteiro responde em liberdade às acusações de abuso sexual de menores.

Buffet: $7.99 all you can eat! Buffet com churrasco: $9.99 Promoção: Marmita por $7.00

justiça liberou sob fiança o médico brasileiro Hamilton Monteiro (foto) no último dia 25 de setembro. Ele foi preso no dia 18 de setembro sob a acusação de abuso sexual de três menores. A notícia pegou de surpresa a comunidade brasileira. Muitas mulheres foram pacientes do Dr. Monteiro e não acreditam nas acusações. Muitas disseram que ele sempre foi profissional e que, graças a ele, foram capazes de ter seus filhos saudáveis. Depois de trabalhar por vários anos na região de Danbury, Dr. Monteiro se mudou com a família para a Flórida, onde passou a trabalhar na clínica Global OBGYN, na cidade de Pembroke.

Banana Brasil Restaurant 91 Main Street - Danbury, CT

(203) 748-5656


Página 2|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Comunidade News


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 3


Página 4|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Comunidade News


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 5

Tempo

Jazz dos anos 60 em Nova Iorque

Terça Quarta Quinta

De 22 a 24 de outubro, às 8pm, o Rose Theater do Jazz at Lincoln Center ( JALC) em Nova Iorque, traz os grupos Art Blakey and the Jazz Messengers, Cannonball Adderley e Horace Silver, com o melhor da Soul Music e Jazz dos anos 60. O baterista e diretor musical Kenny Washington participa como convidado especial nos dias 22 e 24. No dia 23 é a vez do saxofonista e diretor musical Wess Anderson. Ingressos a $30, $50, $75, $95 e $120. Informações adicionais pelo www.jalc. org ou pelo telefone (212) 258-9800. O JALC fica no 33 W 60th Street.

Consulado Itinerante em Long Branch O Consulado Itinerante estará em Long Branch, New Jersey, no dia 29 de outubro, para atender mais uma vez à comunidade brasileira. Os formulários podem ser adquiridos com antecedência na Alto Astral Service, 550 Broadway, telefone (732) 222-0482 e na Jaqueline’s Time Travel, 279 Broadway, telefone (732) 229-3006. O local do itinerante de Long Branch é a Holy Trinity School, 408 Prospect Street (estacionamento pela Willow Avenue).

Espetáculo “4 x 4” de Deborah Colker em Nova Iorque

A Companhia de Dança Deborah Colker se apresenta de 22 a 25 de outubro no New York City Center com o espetáculo “4 x 4”. Nele, a aclamada coreógrafa Deborah Colker interage com o universo das artes plásticas, mais especificamente com obras dos artistas Cildo Meireles, do grupo Chelpa Ferrro, de Victor Arruda e de Gringo Cardia. De 23 a 24, a apresentação é às 8pm, e no dia 25, às 3pm. Ingressos a $25, $45 e $60. Informações pelo website www.nycitycenter.org ou pelo telefone (212) 581-1212. O endereço do New York City Center é 130 West 55th Street (entre 6ª e 7ª Avenidas).

* Temperatura ºFahrenheight

em

Sexta

45° - 62°

46° - 64° 42° - 62° 46° - 55°

Sábado Domingo Segunda

Fonte:

46° - 60°

40° - 53°

Dólar

41° - 53°

* Cotação para venda do dia 19 de setembro de 2009

US$ Paralelo.............. R$ 1,820 US$ Turismo............... R$ 1,620 US$ Comercial ......... R$ 1,710

“Halloween das Estrelas”

Acontece na quarta-feira (28), a partir das 8pm, no Café Belô em Everett, Massachusetts, o retorno do projeto “Luz, Câmera e Ação”. Para celebrar a volta do projeto cinematográfico, nada melhor do que a festa “Halloween das Estrelas”. O projeto é uma parceria do O Favorito.com patrocínio do Café Belô. No evento serão filmadas cenas do filme “I.D.”, do qual participa a Miss Brasil Massachusetts 2009. Os ingressos para a festa custam $10. A melhor fantasia será premiada. Informações com o Grupo Ponto de Partida-USA pelos telefones (857) 249-2143, (781) 420-4710 ou (617) 334-4344. O endereço do Café Belô é 158 School Street.

Clínica de Imigração em MA Na sexta-feira (23), das 2pm às 4pm, no Grupo Mulher Brasileira (GMB) em Allston, Massachusetts, acontece a Clínica de Imigração. A advogada Jill McCain, do escritório Imigration Advocates, fala português e atende assuntos de imigração e outros assuntos relacionados ao tema. O evento é uma parceria do GMB e MAPS e acontece todas as sextas-feiras. É preciso marcar horário pelo telefone (617) 787-0557 – Ramal 15. O GMB fica no 569 Cambridge Street.

Índice Local........05, 10, 20, 21, 22, 24 Local.....................25, 26, 29 e 30 Brasil............................................ 8 Celebridades............................15 Social . .............................. 32, 33 Cultura . ..................16, 18 e 21 Imigração . ................................ 9 Classificados ....................... 36 Religião ................................... 12 Esportes ...................................35

Seu jornal 24 horas por dia

www.comunidadenews.com

A maior fonte de notícias da comunidade brasileira nos Estados Unidos

Leia o jornal Comunidade News a qualquer hora do dia ou da noite


Comunidade News

Página 6 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Editorial

CHARGE

Aconteceu aqui

H

á mais de uma década que não vejo televisão brasileira. Preferi assim pois não vejo qualidade na programação. Pior, os programas de notícia conseguem a proeza de desinformar o telespectador. No último final de semana, a violência no Rio de Janeiro foi a notícia que mais se assistiu, ouviu e se leu no país. Até no exterior a guerra dos

N

a semana passada recebi email de um leitor que dizia: “Oi China, eu, minha esposa e filhos, estamos deixando de vez os Estados Unidos, já estávamos com planos de regressar às nossas origens em 2010, mas a pequena mostra de neve já em outubro acelerou nosso plano. Ouvi dizer que logo depois das eleições para prefeito em Danbury, as coisas para o imigrante vão ficar mais rígidas, e nós decidimos deixar o prefeito com seus policias e a imigração administrarem um futuro cemitério que se chamará Main St”. Então decidi conversar com ele a respeito do seu email e, ao perguntar sua origem no Brasil, me respondeu que é carioca. Então fiz outra pergunta: - mas você é de onde no Rio? Disse mora perto da favela que foi manchete no último final de semana, que teve mortes de vários policias, jovens inocentes e até queda de helicóptero, bombarde-

traficantes ganhou as páginas dos jornais. A imagem que estes conflitos internos mostram ao mundo é de longe benéfica, principalmente com a vitória do Rio na disputa pela Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016. Os brasileiros, que a cada dia buscam um motivo a mais para justificar a sua decisão de nunca voltar, agradecem. A partir de fatos como este, traçam-se comparativos com a maravilha que é viver em um país de primeiro mundo, como os Estados Unidos. Mas será que vivemos num país isento de injustiças? Penso que não. As proporções podem até ser diferentes, mas estamos longe de chamar este país de exemplo para o resto do mundo.

Ironicamente, a crítica ao fato do Rio de janeiro ter competido e vencido a cidade de Chicago na disputa pela sede dos jogos de 2016, se mostra outra contradição. Chicago é uma das cidades mais violentas dos EUA. Mês passado, o jovem Derrion Albert, de apenas 16 anos, foi morto a pauladas por uma gang de adolescentes. Ele fazia parte do “Honor Holl” da sua escola. Somente este ano 32 estudantes de escolas públicas da cidade foram assassinados. Enquanto se critica a desigualdade social no Brasil, o The New York Times publica uma matéria onde expõe a história de Sheri West, avô de seis netos, que passou de ativista comunitária em favor dos sem-teto para ela própria

uma vítima da falta de moradia. Após perder a casa para o banco, Sheri West morou de favor com amigos por um ano, depois de ser obrigada a dormir dentro do próprio carro por algumas noites. Isso bem aqui, no país mais rico do mundo. E ela não é nenhuma exceção. Milhares de norte-americanos estão vivendo em abrigos, muitos por razões semelhantes. Infelizmente todos são vítimas de um sistema capitalista que não tem compaixão de ninguém. Um abraço, Breno da Mata Editor/Diretor

Entre a cruz e a espada! ado por traficantes. As cenas de guerra do Rio deste fim de semana, foram manchetes dos maiores jornais do mundo. É exatamente para onde este cidadão está levando sua família, fugindo das pressões de um prefeito que não conhece as dificuldades reais do mundo que vive. Nos Estados Unidos este pai terá dificuldades em encontrar trabalho no inverno que se aproxima, já que sua esposa só está trabalhando três dias na semana. Mesmo com todas as dificuldades, seus dois filhos vão todos os dias à escola com toda segurança, e têm café da manhã e almoço, atendimento médico, psicológico e a prática de algum esporte. Tudo praticamente de graça. No Rio de Janeiro este pai de família será um cidadão brasileiro carioca, mas o que é mesmo ser um cidadão brasileiro no Rio de Janeiro? Ops! Depende de onde este cidadão vai morar, não é mesmo? Se morar em área rica, ele

poderá ter um carro lindo na garagem, um relógio caríssimo na gaveta ou no cofre, um passeio tranqüilo dentro do seu condomínio, e uma janela de frente para o mar atrapalhada por algumas grandes de proteção. Já um cidadão da periferia, vai ter direito à contaminação da dengue, barulho de sirene policial, bombeiro ou ambulância. Balas perdidas vindo dos quatro cantos da favela, a proteção dos traficantes, e rezar para não serem confundidos como bandidos pela polícia carioca. Mas esses problemas serão facilmente esquecidos... Basta ir assistir um dos clássicos cariocas no maracanã no domingo, um FlaFlu por exemplo. O Brasil está muito bem neste momento, mas ainda está muito longe de ser um país, que dá aos seus cidadãos brasileiros, o direito que só existe nas páginas da Constituição Brasileira, escritas por políticos que até pensam em melhorar a

Você, Repórter

Tem algum vídeo interessante? Publique na TV-CN

segurança no Brasil... Mas eles são protegidos pela ‘impunidade’ parlamentar, inventada pelos próprios. É como se um cozinheiro preparasse um prato bem apimentado e servisse a todos, menos a ele e seus familiares. Este é o meu Brasil, se você concorda ou discorda da minha opinião, por favor, pode me chamar pelo (203) 449-8818, Lúcio Souza (China). Obrigado pela atenção e até a próxima. Lúcio Souza (China) Diretor

A partir de agora, você poderá publicar os seu vídeo na TV do Comunidade News. Mande um e-mail para cntv@ comunidadenews.com e o seu vídeo poderá fazer parte da nossa TV. Mais informações, ligue para a redação (203) 449 - 8818 ou mande um e-mail para: sugestao@comunidadenews.com

Faça parte do jornal que já é parte de você

Aviso: o editorial reflete a opinião pessoal de quem o assina, e não necessariamente a posição do jornal Comunidade News

Comunidade News

Redação: 155 Main Street, Suite 202 Danbury, CT 06810 Fone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 Website: www.comunidadenews.com Email: info@comunidadenews.com

Diretor/Editor Chefe: Breno da Mata brenodamata@comunidadenews.com Diretor de Marketing: Lúcio Souza luciosouza@comunidadenews.com Repórter: Angela Schreiber angela@comunidadenews.com Correspondente no Brasil: Ana Carolina da Mata Revisão: José Sarmento Agência de Notícias: FolhaPress

All editorials are intended to reflect the position of the publishers and not of any individual editorial writer. Signed columns, on the other hand, reflect the opinions of the author and not necessarily those of the publishers. The advertiser and/or the advertising agency is responsible for all content and will assume responsibility resulting from the publication of said advertisement in Comunidade News.

Comunidade News é publicado semanalmente todas as terças-feiras pela Comunidade News LLC. Todos os direitos reservados. Nenhum material poderá ser reproduzido em parte ou na totalidade sem a autorização por escrito da direção do jornal.

Sugestão de pauta: pauta@comunidadenews.com


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 7

Opinião

Cartas Endereço: 155 Main Street #202 Danbury, CT 06810

Telefone: (203) 748-0123 Fax: (203) 748-0143 E-mail: cartas@comunidadenews.com

Representantes dos imigrantes, Sou brasileiro, gaúcho, filho de imigrantes, e já fui imigrante no Chile, em Portugal, na Itália, na Holanda e na Alemanha. Tenho hoje 41 anos, comecei com 21 e já comi o pão que o diabo amassou nas obras, hotéis e restaurantes do mundo. Quem diz que não precisamos de representação política c/ legitimidade no Brasil e conhecimento de causa no exterior vai viver como os palestinos em gaza e curdos na Turquia.

a oportunidade e já ir se preparando o máximo possível para pagamento das taxas, que com certeza virão para os ilegais. Não há outra opção, temos que fazer exatamente o que o Governo Americano deseja. Obtenha seu documento e saia atrás do prejuizo, vale a pena. Eu consegui meu greencard através da Emenda 245 I, gastei bastante mas valeu a pena ficar livre, boa sorte a todos e fiquem informados, pois quando algo acontece não é dado muito tempo para juntar os papéis.

Cesar Cespedes Via comunidadenews.com

Dirceu Bizelli Via comunidadenews.com

Fabiana V. De Souza Via comunidadenews.com

Discriminação, Não temos direito de ter drive license, não podemos sair daqui, a não ser que não desejemos retornar. É realmente uma escravidão. Vejam o meu caso, que não é diferente de milhões: não vejo meus pais e irmãos há 6 anos, meu marido outro dia me disse que não podia comer no serviço porque se precisasse ir ao banheiro não podia, pois estava trabalhando do lado de fora e não podia usar o banheiro da casa. Não é desumano trabalhar o dia todo só tomando água?

Reforma imigratória, Acho que o momento é de aproveitar

Lucia B. Silva Via comunidadenews.com

Morte de brasileira, Meus sentimentos, não conheço a moça mas minha irmã é amiga da família. Que Deus console o coração desta familia!! Sei que o coração destes pais está com uma dor muito grande, mas sabemos que nesses momentos as palavras não são suficientes, mas Jesus Cristo é o nosso socorro na hora da angústia!

Leia todos os comentários no website www.comunidadenews.com Todas as cartas devem conter nome completo, endereço e telefone para fins de verificação. O Comunidade News reserva-se o direito de publicar as cartas na íntegra, ou em partes, de acordo com a disposição de espaço.

Comunidade News Connecticut - New York - New Jersey

Nº 302 - de 13 a 19 de outrubro de 2009

O Jornal da Comunidade Brasileira

comunidadenews.com

Polícia prende brasileiro acusado de matar dançarina

Free/Grátis

Procurada

pag. 26

EUA pede ao Brasil que entregue acusada de crime.

Exatamente uma semana após o assassinato da dançarina Sheila dos Santos, foi preso o principal suspeito de ter cometido o crime. Antônio Marcos Ferreira, 26, estava prestes a fugir quando as autoridades o encontraram. Segundo a polícia, ele foi detido com o passaporte e outros pertences. Página 29

Cláudia Hoerig fugiu para o Brasil em 2007 depois de matar a tiros o marido Karl Hoerig.

Dia da Bruxas

pag. 25

Entidade alerta para os perigos dos excessos no Halloween Levando a palavra

pag. 23

Ex-Raimundos faz apresentações em igrejas nos EUA

Sheila foi encontrada morta na porta de seu apartamento. O corpo tinha 33 perfurações de faca. O principal suspeito, o também brasileiro Antônio Marcos Ferreira, foi detido na última sexta-feira.

Banana Brasil Market

Banana Brasil Restaurant Buffet: $7.99 all you can eat! Buffet com churrasco: $9.99 Promoção: Marmita por $7.00 91 Main Street - Danbury, CT (203) 748-5656

Rodolfo Abrantes deixou a banda Raimundos para se dedicar ao movimento evangélico

Confira nossa promoção da semana Sob nova Direção

Café Pilão: $3.99 Arroz Prato Fino 5kg: $6.99 Carvão para churrasco 8kg: $9.99 Agora com toda a linha O Boticário 87 Main Street - Danbury, CT (203) 778-1700

“Bacana que o Rodolfo está fazendo este trabalho bonito de ir nas igrejas e dar o seu testemunho de vida. Espero que muitos o sigam. ” Valéria Martins Via comunidadenews.com

U

Obituário

ma querida amiga é fanática pela leitura de Obituários. Ela vê uma singela beleza naqueles resumos de existência, além de uma interessante paridade social: ao lado de um General, empresário ou professora emérita, pode estar uma costureira, um estudante, o fanático torcedor de um time da terceira divisão cuja especialidade era assar churrasco. Isso me fez pensar no caso de a seção de Obituário habitar outras partes do jornal, quem sabe rendendo bons textos. Economia & Negócios, por exemplo: Depois de uma vida inteira dedicada à comunicação entre pessoas em diversas localidades, faleceu recentemente Telefonia Residencial Analógica, filha de Ligação por Telefonistas e neta do revolucionário Telégrafo ‒ este que, durante sua vida, chegou a sofrer uma séria intervenção ortográfica, tendo extirpado seu ph. DDD, como era conhecida, faleceu em virtude de um severo abalo tecnológico, que vitimou boa parte de sua família: a Ficha de Orelhão, o Telefone de Disco, a impertinente Linha Cruzada e DDI, sua irmã gêmea, esposa de Satélite de Comunicação. No Brasil, esteve casada com o Governo durante grande parte de sua vida, divorciando-se depois de um processo de privatização (para alguns, nem tão amigável). Partiu sem deixar herdeiros diretos vivos. Seu legado foi transferido aos sobrinhos, filhos de DDI e Satélite: Telefonia Digital e Telefone Celular. A comunidade jamais esquecerá a importância de DDD na aproximação entre vizinhos e amigos, na criação de serviços de tele-entrega e no auxílio à Defesa Civil ‒ sempre voluntariosa ao chamar o Corpo de Bombeiros, a Polícia e ambulâncias. Pode-se dizer que as redações de jornal, as agências de propaganda, os escritórios contábeis e de advocacia, os cartórios, escolas e mesmo as residências jamais serão iguais depois da partida de

Máquina de Escrever. Seus movimentos coordenados ‒ de grande engenhosidade mecânica ‒ e ruídos característicos acompanharam as mentes mais brilhantes da humanidade por muitos e muitos anos, registrando todas as idéias e documentos por elas produzidos. Gradativamente aposentada e vendo crescer a importância de Máquina Elétrica (com o prático Corretor Automático a seu lado), mantinha-se útil em repartições desatualizadas por todo lado. Porém, Máquina de Escrever foi atropelada pelo Editor de Texto que, junto com a Impressora de Dados, pilotavam um PC (Computador Pessoal) em altíssima velocidade. Com seu passamento, ficaram órfãos as Fitas de Tinta (Bicolor e Preta), o Curso de Datilografia, o Mimeógrafo e o cooperativo Papel Carbono. Ainda é possível encontrá-los por aí, mas sem o mesmo ânimo. Contrariando o que faria supor sua pouca idade e encantamento, faleceu obscura e tragicamente Disquete de 5”1/4. Seu irmão mais novo, 3”1/2, está na UTI, sem esperanças de recuperação, enquanto Disco ZIP, o caçula, morreu logo depois de nascer. Foram todos vitimados por uma febre conhecida como obsolescência precoce aguda, doença desenvolvida por carências na capacidade de armazenamento, gerando pouca esperança tecnológica no longo prazo. Visto como símbolo de uma época, a aparência de Disquete 5”1/4 chegou a ser sinônimo de modernidade nos anos 80 (auge de sua utilização). Seus herdeiros convivem com a ameaça constante da mesma febre, que parece ser um mal genético na família Informática. Isso poderia explicar tamanha fertilidade criativa e a pressa com que se renovam, criando filhotes a cada semana: frágeis, um deles há de sobreviver para perpetuar o legado.


Comunidade News

Página 8 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Brasil Parnamirim - RN

Campo Mourão - PR

Garçom espanhol é preso com cocaína em mala no RN Foram encontrados pacotes que somavam cerca de 5 kg de droga Ele foi flagrado durante passagem pelo raio x

Incêndio destrói mercado em cidade paranaense Comerciantes de Campo Mourão tiveram a mercadoria destruída Segundo os bombeiros, não houve feridos

Um garçom espanhol, de 51 anos, foi detido no aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim (RN), por suspeita de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Federal, ele tentava embarcar para Madri com cerca de cinco quilos de cocaína escondidos no forro e laterais de uma mala. A polícia informa que desconfiou do estrangeiro ao notar “algo estranho” na bagagem, durante o raio x. Ao abrir a mala, os agentes sentiram forte cheiro de cola. Eles rasgaram o forro e encontraram a droga, que estava em quatro pacotes plásticos envoltos em fita adesiva. Por fora, havia cola de sapateiro e pó de café. A suspeita é que houve uma tentativa de dificultar a revista feita por cães farejadores. No interrogatório, o suspeito teria dito que aceitou a proposta de transportar a bagagem porque estava desempregado e passava por dificuldades financeiras. Desde o começo do ano, 17 suspeitos de tráfico de drogas foram detidos no aeroporto. Desse total, 15 eram estrangeiros, de acordo com a PF.

Cacoal - RO

Cães farejadores ajudam a encontrar droga em ônibus em Rondônia Droga estava em caixa que parecia ser máquina de moer carne Foram apreendidos 18 quilos de cocaína

A polícia encontrou 18 quilos de cocaína no domingo (18), durante fiscalização em um ônibus, em Cacoal (RO). Um homem foi preso, suspeito de ser o responsável pela droga. Segundo a polícia, o

coletivo fazia o trajeto Porto Velho-Vilhena (RO). Cães farejadores ajudaram a encontrar o entorpecente, que estava em uma caixa de aço, semelhante a uma máquina de moer carne.

Um incêndio destruiu o Mercado de Campo Mourão (PR), na madrugada desta segunda-feira (19). Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve feridos. O fogo teria começado por volta de 22h30, no domingo (18), mas só foi controlado durante a madrugada. Cerca de 60 comer-

ciantes tiveram a mercadoria destruída. O local abrigava estabelecimentos comerciais diversos, como lojas de roupas, armarinhos e açougues. Segundo os bombeiros, peritos vão analisar o local para tentar identificar as causas do fogo. A perícia acredita que um curto-circuito pode ter iniciado as chamas.

São Sebastião do Maranhão - MG

São Sebastião do Maranhão: prefeito assassinado recebeu ameaças Cerca de 60 policiais participam da operação A polícia ainda não tem pistas dos dois assassinos do prefeito de São Sebastião do Maranhão, no Vale do Rio Doce, Gildeci Gomes Sampaio, de 40 anos. Equipes das polícias Civil e Militar de Governador Valadares, Peçanha, Santa Maria do Suaçuí e Belo Horizonte chegaram na quarta-feira à cidade para atuar nas investigações. O chefe da Delegacia de Homicídios da capital, Vagner Pinto, vai comandar as apurações. Cerca de 60 policiais participam da operação. Um irmão do prefeito informou ontem à polícia que Gildeci Gomes vinha recebendo ameaças de inimigos políticos. O prefeito foi morto por volta das 21hs de terça-feira (13) em casa. Segundo a polícia, dois homens chegaram à residência numa moto. Enquanto um ficou do lado de fora dando cobertura, o outro entrou armado e disparou várias vezes contra Gildeci. No momento do crime ele estava na cozinha conversando com um amigo, o comerciante Ademar de Oliveira Leal, de 30 anos, que também foi baleado. Os dois morreram no local. A mulher da vítima, Jussara Perdigão de Carvalho, estava no banheiro e saiu assustada ao ouvir os tiros. Ela caminhou até a cozinha e encontrou os dois corpos. Os tiros acertaram o pescoço, a testa e as costas do prefeito. Ademar de Oliveira foi atingido no abdômen e também

nas costas. O corpo foi velado na manhã de ontem na casa dos pais, em São Sebastião do Maranhão, e depois seguiu para a cidade vizinha de Água Boa, onde vive a família da mulher dele. O sepultamento ocorreu no cemitério municipal, no Bairro Vila dos Operários. O vice-prefeito Pedro Pio da Fonseca (PDT) vai assumir o cargo. A posse deve ocorrer segunda-feira(19). O assassinato do prefeito parou a cidade, que tem cerca de 12 mil habitantes. Em sinal de luto, os prédios públicos e o comércio ficaram fechados. A prefeitura decretou luto oficial de três dias. Gildeci Gomes foi eleito no ano passado, pelo PTB, com 3.978 votos. Ele também era dono de uma frota de ônibus.


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 9

Imigração

Congressistas apresentam proposta de reforma imigratória Democratas e imigrantes pedem urgente uma reforma imigratória

M

Da redação

ilhares de pessoas do país inteiro foram a Washington D.C. pedir uma reforma imigratória. O evento finalizou do lado de fora do Capitólio, com a participação do Deputado Democrata Luis Gutierrez, o qual planeja esboçar a lei de imigração, nos próximos meses. As mais de 3.000 pessoas foram à capital americana para lembrar o presidente Barack Obama da promessa. Durante a corrida à Casa Branca, o então candidato democrata declarou, mais de uma vez, que a reforma imigratória era uma prioridade do governo dele. Compareceram ao evento imigrantes, famílias de imigrantes e religiosos. O encontro era uma vigília para dividir as já tão conhecidas histórias: processos de deportação, separação de famílias e outras questões pessoais sem solução, simplesmente por conta de um sistema imigratório totalmente quebrado. No final, Luis Gutierrez, presidente da Força Tarefa de Imigração dos Congressistas Hispânicos, destacou os pontos que considera mais importantes a ser incluídos

numa eventual reforma imigratória. Simples palavras que podem mudar “Simplesmente não podemos esperar mais por uma lei que mantenha nossas famílias juntas, proteja nossos trabalhadores e permita um caminho para a legalização àqueles que a conquistaram. É hora de termos um plano que funcione para enviálo ao Congresso, o qual reconheça a vasta contribuição dos imigrantes a este país e que honre o Sonho Americano. Estou preparando este plano, e vou apresentá-lo num futuro próximo”, disse o político. As palavras de Gutierrez fazem coro às dos ativistas e defensores da imigração. O encontro foi patrocinado pela campanha da organização Reform Immigration FOR America. Além do apoio incondicional de Gutierrez (Illinois), participaram o Senador Robert Menendez (New Jersey), Deputada e Presidente da Ala Congressional Hispânica, Nydia Velazquez (Nova York), Deputado e Presidente da Ala Americana Asiática Pacífica, Mike Honda (Califórnia) e Deputada e Membro da Ala Congressional Negra, Yvette Clarke (Nova York). Todos os políticos são do partido democrata.

Cerca de 3 mil pessoas compareceram em Washington, D.C. para exigir que o presidente Obama cumpra a promessa de campanha.

Republicana da Carolina do Norte propõe revelar status imigratório no censo A contagem dos imigrantes indocumentados, segundo Virginia Foxx, resultaria em melhor distribuição das cadeiras no congresso

O

Republicana Virginia Foxx quer mudar os formulários do Census para contar o número de imigrantes indocumentados no país.

Da redação

maior temor dos imigrantes indocumentados é de que o status imigratório seja revelado através da contagem do censo. É exatamente esta a sugestão da Deputada Virginia Foxx. A republicana alega que saber o status imigratório é melhor para a distribuição das cadeiras no congresso. Foxx, que é do Condado de Watauga e representa o Quinto Distrito da Carolina do Norte no congresso, está se valendo da lei Fairness in Representation Act (H.R. 3797), a qual poderia exigir ao censo americano a contagem de imigrantes indocumentados vivendo atualmente nos Estados Unidos. Segundo a deputada, a lei serviria para corrigir uma situação que está prejudicando a representação política no governo. Ainda conforme ela, isto acabaria com as distorções que ocorrem na distribuição de cadeiras no Congresso Americano, também conhecido como Câmara dos Representantes. Foxx alega que estas ‘distorções’ são causadas pelas grandes populações de imigrantes indocumentados em certas áreas.

Distribuição justa A contagem dos imigrantes indocumentados pelos Census determinaria a representação destas áreas no congresso. Segundo Foxx, a omissão destes dados prejudicaria diretamente alguns estados americanos. Eles receberiam menos representação que deveriam no congresso, por conta do alto número de imigrantes indocumentados em outros estados, ainda conforme a deputada. “Contar os imigrantes indocumentados de nosso país de forma precisa é uma questão de equidade e justiça, para os cidadãos americanos e os que estão legalmente nos Estados Unidos. Esta lei é uma proposta de senso comum ao Census para perguntar sobre o status, no mesmo formulário que já pergunta a raça, idade e sexo”, disse ela, por meio de uma declaração escrita. Na opinião de Foxx, o censo, o qual ocorre de 10 em 10 anos, representa um importante papel no processo democrático e legislativo do governo americano. De acordo com ela, a contagem precisa como proposta por ela significa que o voto de todos conta de forma igual, e é de igual importância para os próximos anos.


Comunidade News

Página 10 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Eleições 2010

Itamaraty quer incentivar voto de brasileiros no exterior O

Governo conta com mídia comunitária brasileira para atingir meta

Ministério das Relações Exteriores quer incentivar a participação de brasileiros que vivem no exterior nas próximas eleições. Para o pleito de 2010, a ideia é aumentar em pelo menos 5% o número de eleitores, cerca de 135 mil pessoas de um total de 3 milhões de brasileiros emigrantes. De acordo com a Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior, vinculada ao Itamaraty, mesmo ilegais, os brasileiros que vivem em outros países, desde que em situação regular com a Justiça Eleitoral brasileira, poderão procurar o consulado mais próximo do seu domicílio para votar nas eleições para presidente da República em 2010. “Temos uma parceria com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para aumentar o número de eleitores brasileiros no exterior. As estimativas mais atuais são muito baixas”, avaliou a representante da subsecretaria, a diplomata Adriana Telles Ribeiro, durante a 2ª Conferência das Comunidades Brasileiras no Exterior, ocorrida no Rio nesta quinta-feira. O jornalista Paulo de Souza, do site Nossa Gente, distribuído na Flórida, está interessado na iniciativa. Morando nos Estados Unidos há 10 anos, diz que manter os laços de cidadania com o Brasil é uma forma de “valorizar o País”.

Embaixador Oto Agripino espera aumentar em 5% o número de votantes no exterior.

Para sensibilizar os imigrantes quanto à importância da participação nas eleições, a estratégia do Itamaraty é usar os veículos de comunicação feitos por brasileiros no exterior como o site para o qual Paulo de Souza colabora. Para chegar até esses meios, o ministério fez um mapeamento, divulgado hoje. “Temos rádios de garimpo no Suriname, jornais publicados nos Estados Unidos e sites no Japão”, citou a diplomata. Além disso, Adriana Telles disse que o governo discute formas para enfrentar os problemas que dificultam o voto pelos brasileiros residentes no exterior, como “o distanciamento dos imigrantes com a realidade brasileira”, o acesso aos consulados (localizados em poucas cidades) e o medo de alguns deles de ter a situação, quando irregular, denunciada às autoridades locais. “Erroneamente, as pessoas associam o consulado à autoridade local. Jamais um consulado brasileiro denuncia ou serve aos interesses do país no qual o brasileiro está. Por isso, há necessidade de fazermos uma campanha de esclarecimento”, afirmou ela. A diplomata também informou que está em estudo a possibilidade de os brasileiros que vivem no exterior votarem por meio do correio ou da internet. Fonte: Agência Brasil


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 11


Comunidade News

Página 12 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Reflexão

Compromisso verdadeiro

N

osso mais urgente compromisso é com a nossa harmonia interior – paz de espírito. A única forma que temos para auxiliar alguém, de modo efetivo e apropriado, é mantermos equilíbrio no ato da ajuda, ou seja, estabilidade mental, emocional e espiritual. A crença inadequada chamada “amor salvacionista” e o impulso desmedido de querer resolver desesperadamente os problemas alheios são o início da nossa perda de equilíbrio. Antes de auxiliar os outros, precisamos primeiro aprender a tomar conta de nós. Estamos com o coração e a mente sobrecarregados e somos ineficazes para prestar uma real assistência. Sem serenidade de alma, somos míopes espirituais: “Ora, se um cego conduz outro cego, ambos acabarão caindo num buraco”. A cegueira íntima não nos permite ver com clareza os limites da verdadeira ajuda. Muitas vezes, invadimos a individualidade alheia, impedindo que as criaturas façam suas próprias escolhas, esquecidos de que a decisão delas diante das dificuldades é proporcional ao seu grau de compreensão.

Ninguém deve escolher ou decidir por ninguém. Por desconhecermos o caminho de aprendizado que Deus reservou para cada um, é que subestimamos a capacidade dos outros de solucionar as suas dificuldades. Devemos respeitar a alteridade – que faz parte da diversidade natural da condição humana – não apenas em nós, mas neles também. Nas práticas do bem comum, o mais importante não é curar, e sim ensinar o doente a conviver com a enfermidade até a sua autocura. Convém repetir: nosso verdadeiro compromisso é com nossa serenidade íntima. A partir dela, será possível ver tudo com nitidez e realizar com moderação. A paz de espírito nos leva à virtude de “permanecer na medida exata”, proporcionando-nos uma coletânea de idéias e pensamentos que nos facilitam encontrar soluções harmoniosas para os conflitos interiores e, por conseqüência, para os exteriores.

ALUGA-SE ACF Properties tem ótimas opções para você. COMERCIAL

RESIDENCIAL

(203) 739-0019

Texto do livro “Um Modo de Entender”, de Francisco do Espírito Santo Neto/Hammed.

Centro Comercial Brasileiro de Danbury EMPRESS PROFISSIONAL CENTER

Veja quem já está aqui!

Oferecemos diversos

Comunidade News

tipos de imóveis:

O Jornal da Comunidade Brasileira nos EUA

Apartamentos Duplex com garagem Apartamentos com suite

391 Coleman Street, Bridgeport, CTendereço Breve em novo Reuniões públicas às sextas-feiras às 20h

Escritório da Barbara Leite

Skill Faith

Escola de teologia

Assembléia de Deus

Apartamentos de 1, 2 e 3 quartos

7 New Street - Suite 3 - Danbury, CT - Fone: (203) 739-0019 155 Main Street - Danbury, CT


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 13


Página 14|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Comunidade News


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 15

Se precisar colocar a mão numa faxina, não tenho frescura. Faço muito bem.

Camila Pitanga, atriz, sobre a faxineira que interpreta na novela “Cama de Gato”, ao jornal “O Dia”.

Gente

Atriz Lindsay Lohan é convocada para se apresentar à Justiça

O modelo Jesus Luz; amigo do brasileiro disse que ele ganha mesada da cantora Madonna. A atriz Lindsay Lohan em Nova York. A atriz Lindsay Lohan deverá se apresentar à Justiça na sexta-feira depois de a imprensa ter revelado que ela teria violado os termos de um programa de educação sobre álcool imposto em 2007 por dirigir alcoolizada. Lohan, de 23 anos, corre o risco de ser presa se for confirmado que ela desrespeitou a liberdade condicional e outras ordens impostas como parte de sua sentença. Um juiz da Corte Superior de Beverly Hills pediu que a atriz comparecesse pes-

soalmente ao local na sexta-feira, disseram fontes do tribunal. O site de celebridades TMZ disse que as autoridades responsáveis pelo programa de educação expressaram à Justiça preocupação em relação a Lohan. Em agosto de 2007, a atriz foi condenada a completar o programa de educação de 18 meses, a passar 24 horas na prisão e a realizar 10 dias de serviço comunitário durante os 36 meses de liberdade condicional por dirigir alcoolizada, perigosamente e sob a influência de cocaína.

Juntos novamente

Jesus Luz ganha mesada de Madonna, diz revista

O modelo brasileiro Jesus Luz, atual namorado de Madonna, recebe uma mesada da cantora no valor de US$ 10 mil (cerca de R$ 17 mil), informa uma reportagem que estará na edição da revista “In Touch” que chega às bancas no próximo dia 26. “Madonna dá a ele cerca de US$ 10 mil por mês para cobrir suas despesas, incluindo conta de celular, seguro e os gastos com cartão de crédito”, disse um

amigo do modelo à revista. O amigo ainda afirmou que, antes de conhecer a cantora e se mudar para Nova York, o modelo “vivia de pagamento em pagamento e, como a maioria das pessoas, tinha contas para quitar”. Na semana passada, o tabloide britânico “The Sun” noticiou que a cantora iria comprar um apartamento para o modelo brasileiro. Segundo o jornal, o valor estimado do imóvel era de cerca de R$ 4 milhões.

Sou magra demais, diz atriz Kristen Stewart

Jennifer Aniston e John Mayer estão juntos novamente. É isso o que afirma a revista norte-americana “Us Weekly”, considerada por lá uma das fontes mais confiáveis quando o assunto são celebridades hollywoodianas. * Segundo a publicação, os dois reataram pela enésima vez porque a atriz simplesmente não resiste ao charme do músico, cuja fama entre as mulheres é de um expert na arte de seduzir. * Mas os amigos de Jennifer estão preocupados. Eles acham que existe a possibilidade de o cantor estar usando o namoro apenas para atrair o interesse da mídia. Seja como for, parece que Jennifer ainda não cansou de alimentar paixões do passado...

Membro fundador da

ABI-Inter

Associação Brasileira de Imprensa Internacional

A atriz Kristen Stewart, que interpreta Bella Swan na saga “Crepúsculo”, é capa da edição de novembro da revista norteamericana “Allure”. Em entrevista, ela comentou sobre seu corpo. “Não me exercito. Sou magra com gordura. Mas me incomoda ser tão magra. Você deveria ver meu irmão, ele é, tipo, pele e osso. Nós dois nascemos assim,

muito magros”, disse a atriz de 19 anos. Ela disse ainda que seu bumbum não é grande coisa. “Por causa de uma cena do filme todos comentaram que eu tinha um traseiro legal. Mas, sério, tenho uma bunda reta. Não sei do que as pessoas estão falando.” O próximo filme da série, “Crepúsculo Lua Nova”, estreia em 20 de novembro.


Comunidade News

Página 16 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Cultura

Música, pintura e escultura compõem cenário de “Tributo a Villa-Lobos” Artistas plásticos celebram músico brasileiro em exposição na ONU Por: Angela Schreiber

M

ais uma vez a sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova Iorque é palco de uma importante exposição brasileira. “Tributo a Villa-Lobos” mostra trabalhos de 22 artistas brasileiros, numa justa homenagem a um dos mais expressivos nomes da música de todos os tempos. A exibição vai de 26 de outubro a 6 de novembro. A abertura oficial no dia 30 de outubro, das 6pm às 9pm, traz os músicos Caroline Braga, Lívia Sandoval, Daniel Duarte e Dênis Hurtado como convidados especiais. O coquetel só vai acrescentar mais brasilidade ao evento. Curada por Alcinda Saphira, Renê Nascimento e Antônio Oliveira, a exposição traz ainda obras das portuguesas Cila Santos e Isabel Amaro, e de artistas descendentes de 7 etnias indígenas. As obras são de artistas de New Jersey, Nova Iorque e Boston, Massachusetts, e até mesmo de artistas que moram no Brasil. De acordo com Alcinda, o tema Villa-Lobos, aliado ao incentivo do Departamento de Língua Portuguesa da ONU, torna o evento ainda mais brasileiro. O músico homenageado era um visionário, dotado de extrema criatividade e representa muito para a cultura brasileira. Dia 17 de novembro é o cinquentenário de morte de Villa-Lobos. É um verdadeiro orgulho para os artistas participar do evento. Heitor Villa-Lobos se inspirou em sons da Floresta Amazônica e dos índios para compor as obras. Com “Africanas” (1914),

Quadro de Ferjo em homenagem a Villa-Lobos. descobriu uma linguagem própria, a qual se firmou quando compôs “Amazonas e Uirapuru” (1917). Autor das famosas “Bachianas Brasileiras” (1930-1945), viajou ao Norte e Nordeste brasileiros. O interior do país que tanto amava influenciou “Miudinho”, “Cair da Tarde”, “Xangô” e “Quadrilha”.

Cor e música para o maestro O trem produzido por D. Finotto faz alusão ao “Trenzinho Caipira” do Maestro Villa-Lobos. Ed Ribeiro preferiu uma Yemanjá estilizada, e Ferjo usou de muitas cores e perspectivas, acompanhadas de um belo piano. Também não faltaram instrumentos musicais nas obras de Luciano

Lima e Alexandre Emmanuel. Para Ricardo Nascimento, nada melhor do que bordados com simples casas. As notas musicais de Shizue dançam num mar vermelho. Participam ainda Artur Moreira, Flory Menezes, Arlete Costa, Arnaldo Garcez, Astride Rosa, Júnia d’Affonseca, Deborah Costa, Maria Antônia, Sandra Romano, Lúcia Tolentino, Íris Alvarez, Laila Guimarães, Czanotti, Ce Granito e Cássia Maia. Os artistas indígenas, que trouxeram machetaria e acrílico sobre tela são Duhigo, Dhiani, Pa’saro, Sanipa, Too Xac Wa, Yupury, Tchanpan, Kawena e Iwiri-Ki. Todos eles são membros do Instituto Dirson Costa de Arte e Cultura Amazônicas (IDC), batizado com o nome de um ex-aluno de Villa-Lobos. Todos os artistas sem exceção ficaram muito entusiasmados em participar do evento. De acordo com Alcinda, alguns deles passaram dois meses em função da exposição. A curadora acredita que este trabalho possa ajudar a expandir muito mais a já positiva imagem de Villa-Lobos no mundo. Para participar da recepção de abertura é preciso confirmar presença através do e-mail alcindas@aol.com. A entrada para a abertura oficial só sera permitida das 6pm às 7pm. A visitação é de segunda a sexta-feira, das 9am às 5pm. Por ser uma área de acesso restrito da ONU, é preciso também confirmar presença através do mesmo endereço de e-mail. “Tributo a Villa-Lobos” estará no Secretariat South Lobby da ONU, 46th Street com a 1ª Avenida.

Ana Paula Pavão é formada em Letras, com especialização em português e inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Cinéfila, Ana Paula mora em NY, onde leciona ESL.

Cine News By: AnaPaula Pavão email: cnewscine@hotmail.com O primeiro fica por conta de PARANORUm pouco mais assustador é a estréia THE HOUSE OF THE DEVIL, MAL ACTIVITY, filme filme exibido no Tribeca Film Festival deste ano, agora exibido para o públido geral. A históque tem dado o que falar ria é da estudante Samantha ( Jocelin Donahue) que para ganhar um pouco mais de dinheiro desde o início de sua exibipara o aluguel, liga para um anúncio de emprego para babás, mas ao chegar na estranha casa ção nos cinemas em 25 de da família Ulman Samantha descobre que não há criança alguma para cuidar. Para que os setembro. Seguindo um Ulman possam sair celebrar o Eclipse Lunar, o trabalho de Samantha é esperar pelo pior... estilo mais independente O filme se passa nos anos 80 e tem boas referências de filmes “cult” da época como THE (como Blair Witch), o casal ROOST e THE TRIGGER, escolha do diretor Ti West. Katie Featherson e Micah 30 de outubro nos cinemas! Sloat instala câmeras de Agora quem conhece o cineasta dinamarquês Lars von Trier (criador da vídeo e equipamento de série Riget - Kingdom Hospital e filmes célebres como Dogville) se preparem som na nova casa para a para a mais recente produção do diretor. THE ANTICHRIST é a mais polêqual se mudaram, em San mica produção do ano, segundo os críticos mundo afora. E não é pra menos. Diego, CA. Suspeita de O filme mistura drama, thriller psicológico e terror na medida certa, porém, que vem sido assombrada desde pequena, Katie para o público certo. Nem todos vão entender, ou apreciar. The Antichrist sente que deve descobrir o mal espírito que a aborda um casal, apenas denominados por Ele (Willem Dafoe) e Ela (Charlotte persegue. Com a ajuda do namorado, eles acabam Gainsbourg) que acidentalmente perderam um filho ainda bebê. A partir do provocando quem não deviam! Dirigido por Oren Peli e distribuido pela Paramount. Se você ainda acidente o filme divide-se em quatro capítulos: Grief, Pain, Dispair and The Three Beggars, acompanhando a depressão, os sentimentos humanos mais obscuros e selvagens do casal. Estréia 23 de outubro. Comentaremos! não conferiu, corra pra bilheteria!


Comunidade News

Ediテァテ」o 303|20 a 26 de outubro de 2009|Pテ。gina 17

NESTE Sテ。ADO


Comunidade News

Página 18 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Orquestra

Orquestra Sinfônica de São Paulo faz turnê pelos EUA A regência está a cargo do americano Kazem Abdullah

A

Da redação

Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP) se apresentou na sexta-feira (16) no Worcester Music Festival em Worcester, Massachusetts, celebrando o 150° aniversário do evento. Na turnê pelos Estados Unidos, iniciado no último dia 9, a orquestra está sendo regida pelo maestro americano Kazem Abdullah, 30. Em Worcester, a OSESP apresentou “O Garatuja”, de Alberto Nepomuceno, “Bachianas Brasileiras n.4”, de Heitor Villa-Lobos, “O Mandarim Maravilhoso, Op.19, Suite”, de Béla Bartók e Veni, veni, Emmanuel! – Concerto para Percussão”, de James Macmillan. A turnê nos EUA é toda regida pelo Maestro Abdullah e conta ainda com a percussionista Evelyn Glennie. É a primeira vez o jovem Maestro Abdullah rege a orquestra brasileira. O fato da OSESP ser uma das melhores do mundo,

aliado à presença de Villa-Lobos no programa, deixa Abdullah bastante honrado e feliz. Para o maestro, tão jovem e já regendo a OSESP, esta é uma grande oportunidade de mostrar à platéia americana a música de grandes compositores brasileiros. Abdullah disse que músicos como Villa-Lobos, Nepomuceno, e Camargo Guarnieri fazem parte da história da música brasileira. Abdullah esteve no Brasil há 3 semanas, para ensaiar com a OSESP e fazer alguns concertos. Adorou a experiência e espera reger outras orquestras por lá. “O Brasil é um país maravilhoso, tem uma cultura rica”, disse ele. Segundo ele, a única diferença entre reger no Brasil e nos Estados Unidos foi a língua portuguesa. O maestro não cansou de elogiar a OSESP, considerada por ele muito receptiva e harmoniosa. Cultura brasileira em evidência O primeiro concerto da OSESP

Divulgação

O maestro Kazem Abdullah rege a Orquestra Sinfônica. foi realizado em 1954. A orques- turnês nacionais e realização de tra foi dirigida nos primeiros anos concursos. A temporada 2009 pelo maestro Souza Lima e pelo tem como regente principal o italiano Bruno Roccella, mais tar- francês Yan Pascal Tortelier. de substituídos por Eleazar de Kazem Abdullah iniciou os esCarvalho. Durante 24 anos à fren- tudos musicais aos 10 anos de te da OSESP, o maestro manteve idade e se graduou em 2000, temporadas regulares da orques- pelo Conservatório de Música tra no Teatro Cultura Artística, de Cincinatti. O jovem está sen-

do considerado um dos maestros mais assistidos na cena musical clássica americana. Já regeu a Filarmônica da Cidade do México e as Sinfônicas de Oregon e Indianápolis. Na opinião do maestro americano, a cultura brasileira está cada vez mais em evidência nos Estados Unidos. Quando ouviu falar da capoeira, arte marcial afro-brasileira, ficou completamente fascinado. Considera o Brasil um país emergente, que está cada vez mais nas manchetes mundiais. Depois de Worcester, a OSESP se apresentou em Troy, Nova York, e em Amherst, em Massachusetts. Os dias 20 e 21 de outubro estão reservados para as cidades de Annapolis e North Bethesda, respectivamente, no estado de Maryland. Dia 23 de outubro a apresentação será em University Park, Pensilvânia, e a turnê americana encerra em New Brunswick, New Jersey, no dia 24 de outubro.

Preço único! Sandalinhas: $12.99 Sapatos: $19.99 Venha conferir a opções de bolsas, carteiras e óculos

35 White Street - Danbury, CT 06810 Fone: (203) 743-3955 Segunda Terca a Quarta Fechado 9:30 as 7pm

Quinta a Sabado 9:30 as 8pm

Domingo 9:30 as 1pm


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 19

Comunidade Católica Brasileira de Danbury

A

Igreja de São Pedro 104 Main Street Centro Pastoral Pastor Fr. Gregg Mecca Assistente para brasileiros Padre Pedro Diniz 61 Liberty Street Danbury, CT Tel.: (203) 730-9071 Tel/Fax: (203) 791- 9910 Missas aos sábados e domingos às 7:30pm

TERÇO E SEUS MISTÉRIOS

oração do Santo Rosário surgiu aproximadamente no ano 800 à sombra dos mosteiros, como “Saltério” dos leigos. Dado que os monges rezavam os salmos (150), os leigos, que em sua maioria não sabiam ler, aprenderam a rezar 150 Pai-Nossos. Com o passar do tempo, se formaram outros três saltérios com 150 Ave Marias, 150 louvores em honra a Jesus e 150 louvores em honra a Maria. Segundo uma tradição a Igreja católica recebeu o Rosário em sua forma atual em 1206 quando a Virgem teria aparecido a Santo Domingo e o entregou como uma arma poderosa para a conversão dos hereges e outros pecadores daquele tempo. Desde então sua devoção se propagou rapidamente em todo o mundo com incríveis e milagrosos resultados No ano 1365 fez-se uma combinação dos quatro saltérios, dividindo as 150 Ave Marias em 15 deze-

nas e colocando um Pai nosso no início de cada uma delas. Em 1500 ficou estabelecido, para cada dezena a meditação de um episódio da vida de Jesus ou Maria, e assim surgiu o Rosário de quinze mistérios. A palavra Rosário significa ‘Coroa de Rosas’. É uma antiga devoção católica que a Virgem Maria revelou que cada vez que se reza uma Ave Maria lhe é entregue uma rosa e por cada Rosário completo lhe é entregue uma coroa de rosas. A rosa é a rainha das flores, sendo assim o Rosário de todas as devoções é, portanto, tido como sendo a mais importante. A meditação de cada mistério acha sua base na Sagrada Escritura: é opcional a leitura do trecho que narra o que será contemplado, ou a divisão de um ou mais trechos em dez pedaços, de forma que seja lido parte a parte antes de cada Ave-Maria.

Mistérios Gozosos (segundas e sábados)

O tema é a concepção, nascimento e infância de Jesus Cristo. Esses mistérios são: - a “A Virgem Maria foi saudada pelo anjo e lhe foi anunciado que havia de conceber e dar à luz Cristo, nosso Redentor (Lc 1,26-39); - a Visitação de Maria a sua prima, Isabel; - o Nascimento do Filho de Deus; - a Apresentação do Menino Jesus no Templo ou a Purificação de Maria; - e, por fim, a Perda e o reencontro do Menino-Deus no Templo.

Mistérios Luminosos (quintas-feiras) São aqueles acrescentados há pouco tempo pelo Papa João Paulo II e abordam a vida do Filho de Deus, seus milagres, pregações e feitos importantes: - seu Batismo no rio Jordão (Lc 2,41-50); - Auto-revelação nas Bodas de Caná (Jo 2,1-12); - o Anúncio do Reino de Deus e convite à conversão (Mc 1,15; Lc 7,47-48 e Jo 20,22-23); - a Transfiguração (Lc9,35); - e a Instituição da Eucaristia (Jo 13,1).

Mistérios Dolorosos (terças e sextas-feiras) Neles medita-se a Paixão e Morte do Senhor, da mesma forma divididas em cinco mistérios: - a Agonia do Senhor no Horto das Oliveiras; - a Flagelação de Jesus; - a Coroação de espinhos; - Jesus carregando a Cruz até o Calvário; - e a Crucificação e morte do Senhor.

Mistérios Gloriosos (quartas-feiras e domingos)

- a Ressurreição triunfante do Senhor; - a gloriosa Ascensão do Senhor aos céus; - a Vinda do Espírito Santo (ver Pentecostes); - a Assunção da Virgem Maria aos céus; - e a Coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Céus e da Terra. Forma de rezar o Santo Rosário de Nossa Senhora.


Comunidade News

Página 20|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Cultura

Literatura feminina brasileira é tema de palestra na Universidade de Miami A escritora Joyce Cavalccante quer propagar novos talentos

Joyce Cavalccante participa do primeiro congresso de escritoras brasileiras na Flórida.

A

Da redação

escritora Joyce Cavalccante, presidente e fundadora da Rede de Escritoras Brasileiras (REBRA), esteve na Universidade de Miami, Flórida, no domingo (19), dando palestra com o tema “A História da Literatura Feminina no Brasil”. A brasileira ressaltou que as escritoras brasileiras estão, mais do que nunca, ganhando o devido reconhecimento. Antes do evento, Joyce participou do Primeiro Congresso de Escritoras Brasileiras em Nova Iorque. Na opinião dela, este acontecimento é um grande marco, pois divide a literatura feminina brasileira em antes e depois do congresso. A palestra em Miami, segundo a escritora, deu a oportunidade de mostrar a riqueza da literatura brasileira. “Passível de agradar em qualquer parte do mundo”, disse ela, acrescentando que as escritoras brasileiras são capazes de mudar toda uma sociedade e contribuir para o seu engrandecimento. Quanto ao reconhecimento das escritoras, Joyce acredita que agora elas estão ganhando o espaço merecido. Segundo ela, as autoras brasileiras sempre tiveram o espaço muito suprimido. Joyce acredita também que o público se surpreendeu com a densidade e riqueza de nossa literatura feminina, e considera oportuno que uma escritora brasileira aponte a qualidade da obra da mulher brasileira no exterior. “Sou agente propagador desta idéia”. Joyce fundou a REBRA em 1999, com o

objetivo de corrigir injustiças sofridas pelas escritoras brasileiras e pela mulher brasileira em geral. A organização trabalha em parceria com a Women’s World Organization for Rights, sediada nos EUA, e com a Red de Escritoras Lationamericanas (RELAT), da qual Joyce é diretora. A REBRA também tem por missão mostrar novos valores e dar oportunidades para as escritoras brasileiras. Segundo Joyce, nunca faltará espaço no website oficial da organização, www.rebra.org, para apresentar novos talentos. Obra ironiza ‘era Collor’ Ainda na Universidade de Miami, Joyce falou sobre a mais recente obra dela, ainda em desenvolvimento. “Deus é Brasileiro Mas Mora em Miami” traz personagens que moram fora do Brasil e satiriza a fuga de políticos, corruptos e criminosos de colarinho branco para Miami. “Qualquer um do terceiro mundo que queira fugir de coisas ilegais, vai para Miami”. Segundo ela, o leitor é capaz de rir só ao ler o título. A obra foi inspirada no ‘furacão Collor’, presidente brasileiro que sofreu um impeachment por conta dos crimes de corrupção cometidos durante o mandato dele. É possível que muitos brasileiros vão se identificar com a primeira frase do livro. “Minha pátria é o calabouço da minha alma”. Na opinião da escritora brasileira, a literatura brasileira atingiu o auge nos Estados Unidos, onde cada vez mais são divulgados grandes obras e autores brasileiros.


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 21

Homenagem

Cantora brasileira homenageia Dorival Caymmi “Kenia Celebrates Dorival Caymmi” é apresentado por Kenia

N

Da redação

o dia 27 de outubro, às 8pm, no Cabaret at Theater Square em Pittsburgh, Pensilvânia, a cantora brasileira Kenia traz a Bahia para os Estados Unidos. Em “Kenia Celebrates Dorival Caymmi” a artista homenageia aquele que cantou e encantou a Bahia de Todos os Santos. Uma das promotoras do show é a “Global Beats”, entidade fundada por Carla Andréa Leininger, com o objetivo de divulgar não só a música brasileira mas também outros ritmos. Kenia sobe ao palco acompanhada de Airto Moreira (percussão), Fernando Merlino (piano), Leo Traversa (baixo) e Eric Susoeff (violão). Carioca da gema, a simpática Kenia está animada com a performance, e pretende transformar a homenagem a Dorival Caymmi em CD, a ser lançado na mesma época do carnaval brasileiro. Segundo ela, 95% das músicas do show são em português. Em todas as apresentações, Kenia fala um pouco sobre os compositores que interpreta. A homenagem a Dorival Caymmi não será diferente. Caymmi nasceu em Salvador e cantou como ninguém a Bahia querida. Compôs várias músicas e influenciou os também baianos Caetano Veloso e Gilberto Gil. Nas letras, falava com especial carinho dos

Kenia coloca um pouco da Bahia nos EUA através da homenagem a Dorival Caymmi. pescadores e da classe trabalhadora. Depois de lutar por 9 anos contra um câncer renal, Dorival Caymmi perdeu a batalha e faleceu, em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos de idade. Em qualquer show, Kenia faz questão de mostrar o orgulho em ser brasileira. “Fico até emocionada quando falo”, confidenciou. Segundo ela, nosso povo e nosso país são muito bons, apesar de alguns aspectos

negativos. À medida que o tempo passa, a artista, que está nos EUA há 29 anos, disse que fica cada vez mais brasileira. Estilo único conquista americanos Com uma voz marcante, Kenia interpreta tanto a Bossa Nova quanto o jazz de forma impecável. Já dividiu o palco em festivais com James Taylor, Justo Almario e Jonathan Butler. Compôs e cantou na trilha

sonora do documentário “The Devil’s Toothpick”, filme que fala sobre o candomblé. O mais recente CD, “Simply Kenia”, traz “Anjo da Velha Guarda” e “Nação”, esta última de João Bosco e Aldir Blanc. O álbum foi produzido pela cantora, em parceria com César Camargo Mariano. Kenia sente bastante receptividade por parte do público americano. “Acham a nossa língua tão charmosa”. Os 6 CDs já lançados trazem músicas em inglês e em português. Segundo ela, 80% das músicas de “Simply Kenia” são em português. Para “Project: Ivan Lins”, onde homenageia o músico, traduziu algumas letras para o português. A cantora é bastante conhecida na Pensilvânia, mas avisou que gostaria de se apresentar em Connecticut e Nova Iorque, para expandir os horizontes. “Kenia Celebrates Dorival Caymmi” tem ainda o apoio de Pittsburgh Cultural Trust e da Latin American Cultural Union, com uma verba da Multicultural Arts Initiative. A recepção VIP será às 7h15pm e é uma oportunidade para o público conhecer os artistas de perto. O evento terá muita comida baiana e caipirinha. Tickets e informações pelo www.pgharts.org ou pelo (412) 456-6666. A carreira completa de Kenia pode ser conhecida pelo www.kenialive.com. Contatos para shows através do staff@kenialive.com.

Palestra em Massachusetts aborda violência doméstica Segundo Martha Vasconcellos, da MAPS, brasileiras e brasileiros são vítimas de violência doméstica

O

Da redação

terceiro workshop da Série Saúde da Mulher, do Grupo Mulher Brasileira (GMB) em Allston, Massachusetts, acontece na quarta-feira (21), às 6h30pm. O tema é “Relacionamento e Conflitos Familiares: como lido com isto?”, e a palestrante é Martha Vasconcellos, Supervisora do Programa de Violência Doméstica da MAPS. A palestra faz parte do mês da conscientização sobre a violência doméstica. O GMB recebe de 3 a 4 ligações telefônicas por mês sobre relatos de violência doméstica. As agressões geralmente são praticadas pelo namorado, companheiro ou marido. A presidente e co-fundadora do GMB, Heloisa Galvão, considera o número alto. Martha já atendeu, em um só dia, 12 ligações de brasileiras e brasileiros. Ela explicou que a violência doméstica não é só a física. “Emocional, financeira, verbal”, disse. De janeiro a setembro último, foram 401 denúncias. Segundo ela, 98% dos atendi-

mentos dela são de imigrantes brasileiros. Em alguns casos, agressor e vítima são brasileiros, mas há também hispânicos, americanos e romenos. Martha disse que já atendeu vítimas africanas, indianas e árabes. A brasileira presenciou casos de mulheres com costelas, braços e dentes quebrados. “Com o rosto machucado, toda hora”. A supervisora disse que o abusador, na maioria dos casos, está sob a influência do álcool e de drogas. Disse que a vítima silencia, talvez por vergonha. Martha esclareceu que as imigrantes indocumentadas não devem ter medo de denunciar. “Quando você chama a polícia por causa de violência doméstica, o que está em risco é a sua vida. A polícia não vai chegar na sua casa para saber se você tem documentos ou não”. O mesmo ocorre na corte, quando alguém solicita uma ordem de restrição (restraining order). “O juiz não quer saber se você tem documentos, quer saber se sua vida está em perigo”. Recomendações - Martha disse que

ainda existe muita falta de informação. “E o parceiro alega que a pessoa vai perder os filhos se der queixa na polícia, será deportada e perderá as crianças. Não é assim”. Com a palestra, ela tem esperança de alertar e ajudar as pessoas. Segundo Martha, é preciso ter um plano de segurança para escapar de situações em que a discussão ‘esquenta’, por exemplo. “Alguma janela que você possa pular ou outra saída”. Outra sugestão é pedir para um vizinho chamar a polícia, caso ele ouça barulho. O abusador toma o telefone da vítima, em muitos casos. Ela recomenda também ter uma mala pronta para ficar alguns dias fora, enquanto a situação não se resolve. Ficar na casa de amigos ou parentes não é uma boa opção, pois eles também podem correr perigo. “O mais certo é ficar no abrigo”. Em certos casos, segundo Martha, é bom sair para ‘refrescar a cabeça’. Um fato citado por Martha ilustra bem a ousadia de um abusador. “Olha, minha filha, não se incomode. Com qualquer $50 eu compro um revólver. Compro primei-

ro a passagem para o Brasil e depois o revólver. Mato você e viajo no mesmo dia. Quando encontrarem você, já estou no Brasil há muito tempo”, disse ele para a vítima. Por isso, ela não recomenda que a vítima leve alguém junto, caso seja chamada pelo abusador para conversar. “A gente não sabe que arma a pessoa tem”. A melhor opção, conforme Martha, é conversar em um lugar onde há outras pessoas. “Um restaurante, um lugar que seja público”. Ela também não aconselha conversas dentro do carro do abusador, enquanto a vítima não se sentir segura. No ano de 2008, Martha atendeu a 481 casos de violência. No ano de 2007, o estado de Massachusetts registrou o pior índice em 15 anos: 55 mulheres mortas. Até setembro do ano passado, foram 24 mortes. Vinte e seis por cento das 186 vítimas fatais entre os anos de 1997 e 2006 eram imigrantes. A palestra é aberta à comunidade. Informações pelo telefone (617) 787-0557. O endereço do GMB é 569 Cambridge Street.


Página 22 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Comunidade News

MA

Pesquisa mostra diferenças entre dominicanos e brasileiros de MA U

Segundo o estudo, metade dos brasileiros entrevistados não paga impostos e não tem seguro saúde

m estudo realizado com brasileiros e dominicanos do estado de Massachusetts mostrou algumas disparidades entre as duas comunidades imigrantes. O levantamento constatou que a maioria dos brasileiros não paga impostos e está ilegalmente no país. Segundo o jornal The Boston Globe, o estudo foi financiado pelo Instituto Nacional de Saúde, Universidade de Massachusetts em Boston e pela Fundação Blue Cross Blue Shield de Massachusetts. Foram entrevistados mais de 600 imigrantes dos condados de Suffolk, Essex, Middlesex, Plymouth e Norfolk em Massachusetts, e dos condados de Rockingham e Strafford, no sul de New Hampshire. As entrevistas, feitas por outros imigrantes, continham questões como o estado civil e o uso da internet. O projeto, comandado pelo professor Enrico Marcelli, da Universidade de San Diego, teve ainda a participação da Universidade de Harvard e os grupos comunitários Centro do Imigrante Brasileiro (CIB) e o Centro Dominicano de Desenvolvimento. Uma das descobertas mais controversas

do estudo é que 71% dos brasileiros entre- executiva da organização MIRA. A partir vistados são indocumentados, em compa- do estudo, opositores da imigração ilegal ração com somente 8% dos dominicanos. questionam dar residência legal aos indoAinda segundo a pesquisa, grande parte cumentados. dos filhos de brasileiros e dominicanos esAs estatísticas encontradas sobre as dutão em situação regular no país. as nacionalidades diferem bastante. EnPara muitos brasileiros, o fato de muitos quanto os brasileiros chegaram na década estarem indocumende 90, portanto detados no país pode pois da anistia de mascarar que a maio- Uma das descobertas mais con- 1986, os primeiros ria não tem seguro troversas do estudo é que 71% dominicanos vieram saúde ou ganha bai- dos brasileiros entrevistados para os EUA na déxos salários. “Nossa são indocumentados, em com- cada de 60, depois preocupação é que paração com somente 8% dos do assassinato do diesta não seja a mais dominicanos. tador Rafael Trujillo. importante descoEstima-se que 64.000 berta do estudo”, disse um líder brasileiro imigrantes brasileiros e dominicanos vivam que criticou o estudo e por isso preferiu na região pesquisada. O número, segundo não se identificar. Para outros, porém, as o professor Marcelli, pode ser maior do revelações podem apressar a tão sonhada que o estimado pelo censo. legalização para os brasileiros. Tanto brasileiros quanto dominicanos disseram que vieram ao país para trabaLegalização lhar e trouxeram bons resultados para as “Se estes números forem verdadeiros, cidades, tais como lojas brasileiras no cenisto mostra uma necessidade urgente pa- tro de Framingham e a predominância de ra a reforma da imigração e para legali- dominicanos em Lawrence. A cidade está zar as pessoas”, disse Eva Millona, diretora apostando em William Lantigua como o

primeiro prefeito latino. A pesquisa mostra ainda que 8% dos dominicanos faz uso de benefícios, número que fica em 1% entre os brasileiros. Em compensação, somente a metade dos brasileiros entrevistados pagam impostos, enquanto entre os dominicanos o número atinge 80%. Ainda segundo o estudo, os brasileiros ganham mais de $29,000 ao ano, e os dominicanos ganham em média $25,500. A maioria dos entrevistados não fala bem o inglês. Os adultos brasileiros sofrem de 7,3% de estresse e os dominicanos, 4,1%. Os números são altos quando comparados aos 2,9% da população adulta nacional. Sessenta por cento dos brasileiros não tem seguro saúde. Entre os dominicanos, o número alcança 20%. A diretora do Centro Dominicano de Desenvolvimento, Magalis Troncoso, disse que o relatório vai ajudar a comunidade dominicana a se organizar melhor e a ter os recursos necessários. “Não acho que você possa se organizar se não sabe da real situação e das necessidades da comunidade”, disse ela.


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 23

Ajuda

Campanha em Mount Vernon beneficia hospitais de Poços de Caldas Por: Angela Schreiber

O

Civic Center de Mount Vernon, Nova York, abraçou uma causa em prol de pessoas necessitadas em Poços de Caldas (MG). Uma intensa campanha resultou em doações de equipamentos hospitalares para hospitais e creches da cidade. A idéia surgiu há cerca de quatro anos, durante uma conversa entre a voluntária do Civic Center, Jeanete Santos, e o advogado Marcílio Chagas Leite, de Poços de Caldas. Quando ele falou da necessidade de equipamentos hospitalares para creches, asilos e hospitais, Jeanete arregaçou as mangas e começou uma grande campanha. Marcílio voltou para o Brasil, mas continuou em contato com a voluntária. Com a visita do oncologista brasileiro Marcos ao Mount Vernon Hospital, Jeanete sentiu que era chegada a hora. Conversou

com a diretora do hospital e pediu à prefeitura de Poços de Caldas que enviassem uma carta. O resultado veio em forma de cadeiras de rodas, andadores e camas hospitalares, todos usados mas em excelentes condições de uso. As doações são um verdadeiro alívio para o Dr. Marcos. Muito preocupado com os pacientes, citou o caso de um menino que tem câncer. Hospitalizada há 4 anos, a criança só pode ir para casa se tiver uma máquina, da qual depende para sobreviver. O movimento cresceu, e Jeanete obteve também doações da United Way, organização que trabalha pelo bem-estar de comunidades necessitadas nos Estados Unidos e em outros países. Graças à boa vontade de Mary Anne Luna, da United Way, a brasileira conseguiu donativos vindos de hospitais do Bronx, em Nova York.

Ricardo Barbosa, presidente do Centro Cívico. Luta que vale a pena Mesmo com tantas doações, Jeanete ainda está preocupada com as mulheres que realizam mamografia em Poços de Cal-

das. Segundo ela, a cidade possui somente máquinas manuais para o exame tão necessário. A intenção do Civic Center é expandir a campanha para outros

locais do Brasil. A maioria das doações está guardada nos próprios hospitais doadores, mas o proprietário de um restaurante em Mount Vernon estuda a possibilidade de guardar o material no estabelecimento dele. Entre os beneficiados de Poços de Caldas está a Santa Casa de Misericórdia. Jeanete fica bastante feliz com os frutos colhidos pelo Civic Center. “Mesmo com a crise, muitos ainda tem no coração caridade para ajudar outro país. Sinal que ainda tem muita gente boa por aí”, disse. Para ela, são esforços que estão dando mais do que certo. Qualquer pessoa residente em outro estado, e que esteja disposta a contribuir com a causa, pode contatar o Civic Center através do telefone (914) 667-5399. O endereço do Civic Center é 43 Gramatan Avenue, 3° andar, Sala 5.


Comunidade News

Página 24 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Ajuda

Campanha em Bridgeport busca doadores de medula óssea Campanha busca doador para Nicholas Lucas, de apenas 11 anos de idade, que está com leucemia

A

Da redação

Fundação Icla da Silva, que realiza campanhas pela doação de medula óssea, está engajada em mais uma importante campanha comunitária. Será no dia 1° de novembro, das 10am às 3pm, no Vasco da Gama Cultural & Civic Center em Bridgeport, Connecticut, em prol do menino Nicholas Lucas, 11, que está com leucemia. Foi um primo do garoto que tomou a iniciativa de contatar a fundação. Americano filho de portugueses, Nicholas vai necessitar de uma medula óssea para continuar vivendo. Segundo Fernanda Quintas, Especialista em Recrutamento da Icla da Silva, campanhas como a de Bridgeport beneficiam não somente o paciente em questão, mas também pessoas em qualquer parte do mundo, que necessitem de um transplante. Ainda conforme ela, a consciência do brasileiro em se tornar um doador de medula óssea está crescendo. Mesmo quando as campanhas são feitas na comunidade portuguesa, segundo Fernanda, os brasileiros se unem, abraçando a causa. “As comunidades estão unidas para ajudar pelo bem”, enfatizou ela. Para tornar o movimento mais forte, brasileiros tem trabalhado como representantes da Icla da Silva. São voluntários como Marcos Palmeira, em Danbury, e Solange Paizante, em Newark (NJ). Ser um doador de medula óssea é muito simples. Basta preencher um formulário com os dados pessoais e coletar as células de DNA, com um cotonete, no lado interno da bochecha. Fica tudo armazenado no banco de dados da fun-

A

Reprodução

dação. Quando o doador for compatível, é chamado para realizar exames para verificar as condições de saúde dele. A doação pode ocorrer de forma similar à doação de sangue, ou pela retirada das células mães do sangue, através do osso da bacia ilíaca. Em ambos os casos, o doador pode ir para casa no mesmo dia. É preciso estar muito consciente do ato de doação, pois as células debilitadas do receptor são mortas com uma forte quimioterapia. Impedido de produzir novas células, o paciente pode morrer, caso o doador desista do transplante. Solidariedade com informação Na opinião de Fernanda, falta muito pouco para que a consciência do povo brasileiro cresça, em relação à doação da medula óssea. “São pessoas boas e solidárias, só precisam das informações corretas”. Quem se torna doador também deve manter o compromisso em atualizar os dados. “Quando encontramos um doador compatível, o contato é imediato”. Até mesmo quem volta para o Brasil deve contatar a Icla da Silva, nestes casos. A fundação tem funcionários que falam português, espanhol e inglês. Para os brasileiros, Fernanda deixa uma mensagem. “Vocês podem realmente salvar a vida de alguém, não tem nada mais importante e gratificante. A vida é muito valiosa, a gente nunca sabe o dia de amanhã”. O endereço do Vasco da Gama Cultural & Civic Center é 355 James Street. Mais informações sobre a Icla da Silva podem ser obtidas através do website oficial www.icla.org, dos telefones (212) 593-1807, (888) 638-2870 ou do e-mail info@icla.org.

Os voluntários Marco Palmeira e Fernanda Quintas durante campanha de coleta de doadores de medula óssea.

TV Brasil terá canal internacional voltado para imigrantes brasileiros

presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Tereza Cruvinel durante evento no Itamaraty, no Rio, anunciou a criação de um canal internacional da TV Brasil, voltado para os emigrantes brasileiros que, atualmente, somam cerca de 3 milhões de pessoas, segundo o governo. A África deve ser o primeiro continente a receber as transmissões, em 2010. “Será um canal com programação ajustada aos horários deles [do país onde a programação será exibida] e com conteúdos mais direcionados para o público no exterior”, afirmou Tereza, durante a 2ª Conferência das Comunidades Brasileiras no Exterior. De acordo com a presidente, a ideia é que a TV Brasil Internacional funcione em TVs a cabo ou por assinatura, com início previsto para o próximo ano. Na grade, programas exibidos no Brasil, com adaptação de horário, além de outros conteúdos preparados para os emigrantes, inclusive com a colaboração deles. “Esse público é tão brasileiro como nós que estamos aqui. Assim, da mesma maneira que os brasileiros têm canais de comunicação com a EBC, queremos criar algo co-

mo um e-mail para que possam mandar pautas, vídeos e sugestões”, explicou. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, acredita que, por meio de uma televisão pública brasilei-

ra no exterior, o governo possa ampliar o diálogo com os emigrantes, favorecendo a divulgação de serviços consulares, campanhas como o incentivo à participação nas eleições e a educação, com cursos a distância, por exemplo. Morador de Orlando, no Estados Unidos, o jornalista brasileiro Paulo Corrêa comemora a iniciativa e defende a exibição da culinária brasileira na TV, variedades regionais do país e da cultura “como um todo”. “Não dá para ficar refém das televisões comerciais brasileiras aqui”, afirmou. “Queremos que nossas crianças conheçam mais diversidade do Brasil, do povo brasileiro e não apenas a imagem exibida nas novelas”, criticou. A presidente da EBC afirmou que, por uma questão logística relacionada à disponibilidade de satélite, a África deve ser o primeiro continente a receber o canal internacional da TV Brasil. Mas, segundo ela, alcançar a América também está nos planos. Para isso, ela cobrou apoio do Congresso Nacional e do Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: Isabela Vieira/Agência Brasil


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 25

Eleições municipais

Brasileiros buscam melhoria em Danbury através do voto O preferido de quem tem ou não cidadania americana é Gary Goncalves

C

Por: Angela Schreiber

om a proximidade das eleições municipais em Danbury, Connecticut, brasileiros com cidadania americana se preparam para escolher aquele que comandará a cidade pelos próximos dois anos. Mesmo quem não vota em Danbury, ou que ainda não tem cidadania, está dando apoio ao candidato democrata Gary Goncalves. O mandato para prefeito é de dois anos. O republicano Mark Boughton, atual prefeito, está cumprindo o quarto mandato e é candidato a reeleição. Uma das grandes diferenças entre ele e o candidato democrata é na questão imigração. Enquanto Boughton propôs e conseguiu a aprovação da 287g, parceria entre a polícia e a imigração, Goncalves quer acabar com as discriminações na comunidade local. Alguns brasileiros com cidadania americana tem consciência da mudança que um voto pode promover. Como Paulo Cazitta, que vota desde que adquiriu a cidadania, há cerca de 10 anos. “Se eu não votar, não posso reclamar”, disse, acrescentando que ainda não escolheu o candidato. O maior desejo dele é uma mudança na lei de imigração. “Mas isto é com o governo federal”. Insatisfeito com a administração atual, por conta principalmente da implantação da 287g, Cazitta tem sede de mudança. Espera que o próximo prefeito influencie, de forma positiva, os governantes estaduais e federais, com especial atenção aos imigrantes. Com a cidadania recém adquirida em janeiro último, Kelly Alves já se registrou para votar. Eleitora consciente, acredita que o voto dela ajude muito a comunidade local, onde ouve comerciantes se queixando e vê os imigrantes com medo de dirigir. Ela e a família inteira votarão em Gary

também vota em Brookfield, o que não a impediu em nada de desencadear uma verdadeira campanha em prol do democrata Goncalves. “Acho que ele pode ajudar a comunidade”. Com panfletos espalhados pela seguradora, Rita pensa, assim como Cátia, em mudar o registro para Danbury. Tanto o democrata Gary Goncalves quanto ativistas e advogados de imigração acreditam que Mark Boughton está tentando, através da 287g, alcançar ambições políticas. Desde que anunciou as intenções em ter a parceria, um verdadeiro clima de terror invadiu a cidade, com muitos imigrantes deixando a cidade e até mesmo voltando para os países de origem. Nesta leva foram muitos brasileiros.

Enquanto o candidato democrata Gary Goncalves, à esquerda, procura integração com os imigrantes na cidade, Mark Boughton, atual prefeito, incentivou a aprovação da parceria da polícia local com a Imigração. Brasileiros acham que o momento de mudar é agora. Goncalves. “Espero que ele ajude não só na questão imigração, mas também na saúde”, disse. Kelly espera que o novo governo pare com as batidas. Disse que a cidade, há nove anos, era um local tranquilo para se viver e lidar com a polícia. “Quero votar para ajudar as pessoas, temos o dever de ajudar e mudar”. Consciência e vontade de mudar Mesmo sem cidadania, Nilton Coelho, proprietário do Restaurante Banana Brasil, está falando com americanos e brasileiros

para apoiarem Gary Goncalves. “Se eu fosse cidadão, com certeza votaria nele”, disse Niltinho, que procura fazer a parte dele através da campanha ‘boca a boca’. “Peço a Deus que ele seja bom”. A dona da Mirante Agency, Cátia da Silva, vota em Brookfield, mas quer tentar transferir o registro para Danbury. Ainda sem candidato definido, a comerciante incentiva os brasileiros com cidadania a votarem, pois pensa em toda a comunidade. “Tenho muita vontade que um democrata ganhe para mudar este sentimento antiimigrante”, disse. Rita Ferrari, proprietária da Allstate,

A brasileira Kelly Alves irá votar nas próximas eleições em Gary Goncalves, assim como todos da sua família.

Perdeu alguma edição do Comunidade News? Não tem problema. Acesse

www.comunidadenews.com 24 horas por dia, na tela do seu computador


Comunidade News

Página 26 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Caso Dr. Monteiro

Justiça libera médico acusado de abusar de três meninas na Flórida Hamilton Monteiro esteve preso sem direito à fiança

O

Da redação

médico brasileiro acusado de molestar sexualmente três meninas em Plantation, Flórida, foi solto no dia 25 de setembro. Hamilton Monteiro, 42, foi preso no dia 18 de setembro sob acusação de abuso sexual em três crianças. Segundo informações obtidas na Corte do Condado de Broward, ainda não existe nova audiência marcada. A soltura do ginecologista e obstetra foi confirmada pela corte, a qual não confirmou se o médico pagou fiança. Não há uma data agendada para nova aparição de Hamilton Monteiro perante um juiz, ainda conforme a corte. O médico, que atendeu várias brasileiras na clínica Women’s Health Associates em Danbury, Connecticut, estava preso sem direito à fiança. As supostas vítimas, que tinham de 9 a 11 anos à época do crime, procuraram a polícia somente dois anos depois do fato. Os abusos teriam acontecido dentro de um apartamento na cidade de Plantation, Flórida, estado onde Monteiro mora e trabalha. O boletim de ocorrência dá conta de

que uma das garotas foi presa no banheiro e forçada a fazer sexo oral no médico. Ele também teria assistido a menina tomar banho, de acordo com a denúncia. A queixa crime diz também que Monteiro teria ameaçado a criança, caso ela contasse o fato a alguém. Outra suposta vítima disse que foi tocada de forma inapropriada pelo homem. A outra garota, que tinha 9 anos de idade à época, contou à polícia que foi forçada por ele a assistir cenas pornográficas. Há cerca de dois anos o médico deixava Danbury com destino à Flórida. Segundo uma ex-paciente, Monteiro queria dar mais qualidade de vida para os filhos, razão da mudança. A mulher disse que ele é excelente profissional, e custa a acreditar que as acusações sejam verdadeiras. Ex-pacientes e colegas de trabalho estão incrédulas Outra ex-paciente disse que descobriu a diabetes graças ao médico. Na clínica em Danbury, ninguém quis dar informações a respeito da conduta profissional de Monteiro. A prisão dele chocou as enfermeiras da Global OBGYN, em Pembroke Pines, onde ele atuava até o mo-

Bem conceituado na comunidade brasileira, a prisão do Dr. Hamilton Monteiro é vista com desconfiança mento da prisão. Darlene Mejias chegou a dizer que muitas pacientes se transferiram de outro consultório, só para ter o atendimento do Dr. Monteiro. “É um dos melhores do nosso grupo”, disse ela. Janet Garcia, outra enfermeira, elogiou

o profissional. “É um ótimo médico, e é bom tanto conosco quanto com os outros funcionários. Não parece o tipo de pessoa que faria isso”, disse ela, ao saber das acusações. Na OBGYN, os funcionários pensavam que o ginecologista havia tirado alguns dias de férias. A enfermeira Janet disse que costumava entrar na sala de consultas com Monteiro e as pacientes. O médico brasileiro estudou na Universidade de Miami e em outras escolas de medicina, consideradas as melhores dos Estados Unidos. O advogado de defesa do médico chamou as acusações de falsas, e disse que não existem evidências físicas. “É tudo baseado em declarações”, disse. Ainda conforme o advogado, o Dr. Hamilton sabia das acusações e ele se entregou à polícia. A defesa do médico declarou ainda que lutaria para que o Juiz John Hurley, responsável pela primeira audiência, estipulasse uma fiança. Até o fechamento da edição, o Comunidade News não conseguiu contato com o Dr. Hamilton Monteiro. O nome do advogado dele ainda é desconhecido. Os dois números de telefone em nome do médico possuem uma gravação, indicando que não estão recebendo ligações.

Empresário é processado por pagar trabalhadores baseado em raça Entre os prejudicados por Michael Mahoney há brasileiros

O

Da redação

Procurador-Geral do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, entrou na quinta-feira (15) com uma ação na Suprema Corte de Manhattan contra seis companhias de construção. Elas são acusadas de pagar menores salários aos imigrantes latinos e afro-americanos. Há brasileiros entre os lesados. Segundo reportagem do Daily News, os trabalhadores imigrantes foram lesados em cerca de $4 milhões. As seis empresas pertencem a Michael Mahoney, o mesmo homem que no ano passado foi acusado de fornecer cartões falsos de treinamento em segurança do trabalho. São elas as empresas: EMC of New York Inc., FSC Construction LLC, FSC General Construction LLC, BMC Construction Contractors Corp., Eastlake Industries Inc. e Rigid Concrete Construction Corp. “Trabalhei para a EMC sete dias na semana, 60 a 70 horas semanais durante um ano e meio, e recebi somente $15 a hora, e

nunca a hora extra, enquanto os irlandeses ganhavam $25. Cometeram uma grande injustiça para mim e para os outros”, disse o carpinteiro brasileiro Martin Sosa, através de intérprete. Ainda de acordo com o Procurador, os afro-americanos recebiam $18 a hora. No geral, alguns trabalhadores foram lesados em $600 mensais. De acordo com Cuomo, desde o ano de 2002 que as empresas de Mahoney vem lesando os empregados espalhados, no mínimo, em 10 locais de construção. Isto inclui hotéis e edifícios residenciais em Manhattan e no Brooklyn. Um trabalhador brasileiro recebeu de Mahoney a quantia de $6,500, há dois meses, para encerrar um caso civil na Corte Federal de Manhattan. No processo, o empresário era acusado de participar de um esquema de contratação de imigrantes indocumentados. Ainda segundo o processo, Mahoney teria empregado 10 ou mais trabalhadores indocumentados, desde o ano de 2004, sabendo que os imi-

Reprodução Daily News

Trabalhadores negros e hispânicos ganhavam salários mais baixos para o mesmo trabalho. grantes não tinham documentos legais para trabalhar no país. Segurança sem treinamento Um carpinteiro imigrante, que trabalhava para o empresário numa construção localizada no W 31st Street, declarou que recebeu um certificado federal, indi-

cando treinamento em segurança do trabalho. Embora possua o cartão, o homem alega que nunca recebeu o treinamento. Em outra construção de Mahoney foram encontrados outros cartões falsos da Administração de Saúde e Segurança Ocupacional (OSHA, em inglês). Todos os documentos

continham a mesma data e assinaturas. Segundo os portadores dos cartões, foi o irmão de Michael, Timmy Mahoney, quem entregou os documentos a eles. A cidade de Nova Iorque exige o documento para os trabalhadores em construções altas. Os irmãos Mahoney negaram envolvimento com os certificados falsos. O advogado de Michael, George Santangelo, não quis fazer comentários sobre as acusações contra o cliente. De acordo com o investigador sindical Andre Puerta, as companhias de Mahoney vem sendo examinadas pelo Conselho Distrital de Carpinteiros há quatro anos. Ainda segundo Puerta, é muito comum companhias não sindicalizadas pagarem os salários baseado na raça, como no caso das acusações feitas a Mahoney. Trabalhadores do Sindicato dos Carpinteiros realizaram um piquete em vários locais de construção de Mahoney, para protestar contra a contratação de trabalhadores não sindicalizados.


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 27


Comunidade News

Página 28|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Amazon Insurance Faça um orçamento sem compromisso e veja o quanto você poderá economizar no seu seguro. AUTO - BARCO - MOTO - COMERCIAL LIABILITY - WORKS COMPESANTION

Fale com Linda da Silva Owner/manager Notária Pública

Trabalhamos com as melhores companhias de seguro, entre elas a Progessive.

53 Liberty Street - Danbury, CT 06810

Phone: (203) 790-8077


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 29

Caso Sheila

Acusado de assassinar dançarina brasileira comparece à corte A investigação encontrou provas suficientes para incriminar o mineiro Antônio Marcos Ferreira. Defesa disse que vai provar inocência

O

Reprodução Metro West Daily News

Da redação

brasileiro Antônio Marcos Ferreira, 38, principal suspeito do assassinato da dançarina Sheila Santos, 26, compareceu à corte de Malden, Massachusetts, na manhã da última terça-feira. Acompanhado do advogado John Hayes, o acusado está preso sem direito à fiança. Segundo o site wickedlocal.com, a audiência foi comandada pelo Juiz Matthew J. Nestor. Antônio Marcos foi acusado de assassinato em primeiro grau. Ele não mostrou o rosto durante a sessão de acusação formal. O réu foi preso na sexta-feira (9), em Charlestown. Dentro do carro foram encontrados o passaporte e pertences pessoais. Para a Promotora Assistente Adrienne Lynch, o acusado se preparava para deixar o país. O advogado de defesa de Antônio contestou e entrou com um pedido de apelação para o cliente. Segundo Hayes, o brasileiro carregava o passaporte como forma de identificação. Hayes disse ainda que a profissão de Sheila era um ímã que atraía pessoas perigosas. A irmã da vítima, Ana Paula dos Santos, compareceu à audiência e mantém as esperanças na justiça. “Já tem muitos indícios que provam que ele foi o assassino da minha irmã”, disse ela, que ainda custa a acreditar no que Antônio foi capaz. “Estou assustada com a frieza dele, uma pessoa com a qual eu convivi e que parecia ser confiável”. Ainda segundo Ana Paula, o ex-namorado de Sheila era atencioso e preocupado

Nilma Newton desabafa em frente à Corte onde o principal acusado do crime teve sua primeira audiência. com elas. “Mas depois de um crime desses, eu sei que era tudo falsidade. Ele sempre mandava presentes, mandava mensagens carinhosas e agora comete um crime desses”. Sheila foi encontrada com múltiplos ferimentos de faca, às 4h32am da sextafeira (2), no prédio do 154 Main Street em Everett, onde morava. Ela chegou do trabalho no Club Alex’s em Stoughton horas antes do corpo ser achado. A dançarina suspeitava que estava sendo segui-

da e já tinha decidido trocar de moradia e de emprego. Defesa contesta provas Um dia antes do crime, ela teria recebido diversas ligações de Antônio. A investigação encontrou evidências não só no telefone, mas também nas câmeras de segurança do prédio onde Sheila morava e em amostras de DNA. Havia sangue de Sheila nos tênis de Antônio. Segundo o Promotor Gerry Leone, o motivo do cri-

me foi a rejeição da brasileira. O casal havia namorado por um ano, e como Sheila não queria reatar a relação, acabou sendo morta pelo ex-namorado. A defesa de Antônio alegou que a polícia pegou ‘o homem errado’. O sangue encontrado não serviria de prova cabal, segundo Hayes. “Eles tiveram um longo relacionamento. Não é surpresa que possa haver sangue dela nas roupas dele”. Do lado de fora da corte, a amiga de Sheila, Nilma Newton, se emocionou ao falar do crime. Na opinião do Sargento Paul Hamilton, da Polícia de Everett, existem provas mais do que suficientes para incriminar o mineiro Antônio. Segundo Adrienne Lynch, um carro marca Nissan Murano cinza, semelhante ao veículo do acusado, foi visto na direção do prédio onde a vítima morava. Segundo uma testemunha, um homem foi visto correndo aproximadamente à 1h44am, próximo ao edifício onde aconteceu o crime. O Sargento Hamilton não vê o fato como algo que prejudique a relação da polícia com a comunidade brasileira. “A polícia sempre enxergou os brasileiros como um povo trabalhador, que preza a instituição da família, sempre ligados a Deus e que só contribuem para o nosso país”. Ele disse ainda que não é preciso ter medo de denunciar crimes semelhantes. “Estamos aqui justamente para ajudá-los no que for preciso”. A próxima audiência de Antônio Marcos Ferreira está marcada para o dia 19 de novembro.


Comunidade News

Página 30 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Campanha

Igreja lota contêiner com ajuda a carentes de Cabo Verde Dezenas de caixas do “Projeto África”, da Igreja Assembléia de Deus de Danbury, embarcam em novembro

N

Por: Angela Schreiber

o sábado (17), membros da Igreja Assembléia de Deus de Danbury, Connecticut, se mobilizaram para carregar o contêiner com os donativos para o Projeto África. Dezenas de caixas vão suprir as necessidades de comunidades carentes da Ilha de Cabo Verde. Muito antes do contêiner chegar, por volta das 5h30pm, os fiéis estavam a postos. Mesmo debaixo de muito frio, homens, mulheres e crianças acompanharam de perto o carregamento do contêiner, o qual segue para Cabo Verde no dia 5 de novembro. Segundo o Pastor Silvani da Silva, líder da igreja, 48 caixas contém roupas, sendo que 20 delas são roupas para crianças. Somente de arroz foi arrecadada uma tonelada, segundo o pastor. Quarenta caixas estão lotadas de outros alimentos como feijão, macarrão, sal, óleo e temperos. A campanha superou as expectativas, segundo o pastor, que se surpreendeu com a resposta da comunidade. Nem ele nem os fiéis tinham idéia da dimensão que o projeto, iniciado em junho último, tomaria. “Nas últimas semanas, cheguei a pedir para não trazerem mais roupas, porque não caberia”, disse ele. A população carente de Cabo Verde também será suprida com 16 bicicletas de adulto, 5 carrinhos de bebê e 4 cadeiras de roda. O Pastor Silvani destacou a credibilidade dada à campanha, fato marcante para a igreja. “Entenderam que o pouco que fazemos toca vidas num país carente”. A resposta ao clamor dos necessitados é uma verdadeira recompensa para os fiéis. “Para nós é uma satisfação e uma alegria”.

Foto: CN

O trabalho social é para todos os necessitados, independente de religião. “Vestir quem está nu, alimentar quem tem fome”, disse o pastor, repetindo os preceitos bíblicos. Mesmo sem poder ir até o local, a comunidade está realizada com o auxílio. “De certa forma estarão lá”. Crise econômica não impede solidariedade O Projeto África acontece em meio a uma das mais turbulentas crises econômicas dos Estados Unidos, a qual atingiu em cheio muitos brasileiros. Mesmo assim, cada um contribuiu com o pouco que tem. “É dando que se recebe, é semeando que se colhe”. O gesto de solidariedade mostra, na opinião do Pastor Silvani, que a vinda dos brasileiros ao país não é só para realizar certos sonhos. “Mas também para abençoar outras pessoas. É preciso se desprender destas coisas materiais”. Há cinco anos à frente da Assembléia de Deus, o Pastor Silvani se prepara para mais um marcante desafio. Desta vez, o alvo são comunidades da Bolívia, totalmente carentes de igrejas evangélicas. Nos 9 dias em que esteve no país, o líder religioso constatou a necessidade de missionários. “Cidades com até 12.000 habitantes não tem uma igreja evangélica”. A carência espiritual daquele povo emocionou o pastor, ressaltando que existe, no mundo inteiro, um vasto campo onde se pode semear e colher a palavra de Jesus. A doação de todos os que se envolveram no Projeto África traz implícita a mensagem de Deus. “Quanto mais se agradece, mais se ganha dele”.

Fiéis da igreja ajudam no carregamento das caixas no contêiner que seguirá para a África no próximo mês.

Grupo denuncia fantasia de Halloween que ridicularizaria imigrantes nos EUA Traje de ‘imigrante alien’ tem máscara, roupa de presidiário e green card. Empresa que postou anúncio online afirma que se tratou de um engano.

U

Matéria de jornal mostra a foto do traje do ‘illegal alien’.

m grupo de ativistas pró-direitos dos imigrantes do sul da Califórnia criticou uma loja que está vendendo uma fantasia de Halloween que considera ser ofensiva para os imigrantes. A fantasia, que aparece no site da Target’s, é composta de uma máscara de alienígena com um green card e uma roupa alaranjada de prisioneiro, com a inscrição ‘illegal allien’ (alienígena ilegal) escrita na frente. Nos EUA, o termo “alien” é às vezes usado pejorativamente para se referir

aos imigrantes ilegais. Joshua Thomas, porta-voz da Target, disse que a empresa está removendo o anúncio de seu site, depois de ter recebido várias reclamações. Ele disse que a loja nunca teve intenção de vender o produto, mas o incluiu entre suas ofertas “por engano”. Angelica Salas, diretora da Coalizão para os Direitos de Imigrantes de Los Angeles, disse que o traje era “de mau gosto e ignorante dos estigmas sociais e dos atuais debates sobre a reforma imigratória”.


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 31


Comunidade News

Página 32|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Tempo Real

By: Arilda Costa

europeanart33@hotmail.com

N

Bridgeport e Fairfield

Espelho...

inguém pode estragar o seu dia, a menos que você permita. O colunista Sydney Harris acompanhava um amigo à banca de jornal. O amigo cumprimentou o jornaleiro amavelmente, mas, como retorno, recebeu o jornal que foi atirado em sua direção. O amigo de Sydney sorriu atenciosamente e desejou ao jornaleiro um bom final de semana. Quando os dois amigos desciam pela rua, o colunista perguntou: - Ele sempre te trata com tanta grosseria? - Sim, infelizmente é sempre assim. - E você é sempre tão atencioso e amável com ele? - Sim, sou.

- Por que você é tão educado, já que ele é tão rude com você? - Porque não quero que ele decida como eu devo agir. Nós somos nossos “próprios donos”. Não devemos nos curvar diante de qualquer vento que sopra, nem estar à mercê do mal humor, da mesquinharia, da impaciência e da raiva dos outros. Não são os ambientes que nos transformam e sim nós que transformamos os ambientes. “Os tristes acham que o vento geme. Os alegres e cheios de espírito afirmam que ele canta”. O mundo é como um espelho, devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a vida faz toda a diferença!

Vaguinho do Cavaco. Ele sabe o que faz.

Olha a gracinha da Emily. Super brasileirinha.

Celinne é a aniversariante da semana.

Ana Luisa e Fernandinha curtindo o resto do verão.

Isabella, bonequinha linda.

Chris, uma da belas da nossa comunidade.


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 33

Social

Parabéns para Pamela de Danbury, à esquerda. Ela está comemorando mais um aninho este mês.

Parabéns a dona Nova, pelo seu aniversário de 70 anos de vida. Na foto ela com seu filho o nosso amigo Daniel Dantas.

Outubro também é aniversário da nossa amiga Helen, proprietaria da Hellen Seguros, na foto com o seu marido. Parabéns amigos!

Claudio Vieira é proprietário do Salão Noble de Port Chester, NY, há 9 anos na comunidade, ele está precisando de profissionais (914) 934 - 5036

Paula com o seu poppy.

Serginho Quevedo com o seu Cia. do Humor “Os Malas”.

Jeferson da padaminas em Mount Verno, NY, sempre feliz no trabalho conquistando a comunidade.


Comunidade News

Página 34 |20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Esotérico

^

d

Descubra a energia das cores C

Lua em Escorpião adiciona um tom dramático á vida afetiva. Você sensível demais ao que seus parceiros dizem e fazem, tende a distorcer comentários e críticas. Contudo, é bom levar em conta alguns toques de seus queridos! Sinta-os e procure criar a paz ai. Expanda limites.

oje e amanhã dias de cuidar de si, aproveitando trânsito da Lua por seu signo para desintoxicar organismo, limpar a pele e o fígado, desobrigar-se de pesos emocionais e de lavar a alma. A pressão externa é grande, mas quem buscou essas brigas foi você. Peça um tempo.

e

om qual cor devo pintar minha sala? E o meu quarto? E o quarto do meu filho? Afinal, a pergunta é: qual a melhor cor para cada ambiente da casa? A resposta vai depender do seu objetivo: decorar ou energizar. Não se define uma cor sem antes analisar o projeto da residência. Para decorar e energizar, é necessário fazer um estudo detalhado e personalizado. Abaixo segue um roteiro simplificado com o efeito das cores em determinados ambientes - tanto pela ótica do feng shui quanto da decoração. Para que assim, seu lar fique bonito e com boas vibrações.

`

f

Branco Feng Shui: é uma cor neutra e muito usada em qualquer ambiente. Ela representa o elemento metal. Cuidado com excesso, pois passa uma sensação de infinito, frieza, vazio, esterilidade e hostilidade Decoração: traz a sensação de claridade, paz, calma, tranquilidade e limpeza. Mas também de frieza, tristeza e solidão. O branco é muito usado para dar amplitude em ambientes pequenos e apertados.

g

Preto Feng Shui: representa o elemento água. Deve-se ter cuidado na sua aplicação, pois pode passar a sensação de angústia, opressão e depressão. Lembrar luto, perdas e tristeza. Decoração: cuidado com o uso desta cor. Ela pode chocar e agradar, dependendo do uso. Pode ser poderosa ou depressiva. Pode ser chique ou brega. Mais indicada para fazer contrastes, principalmente com o branco.

S

emana começa bem para você, que tem agora poucos dias para finalizar os ajustamentos de rotina. Saturno vai se despedindo de Virgem, por isso é bom checar os detalhes diários, e quem sabe ainda rever alguma decisão de longo prazo que afete seu trabalho ou saúde. Sorte!

A

T

_

rata-se agora de dar o arremate final em alguma pendência familiar, imobiliária - por exemplo acertar documentos devidos. Saturno vai se despedindo de Virgem nos próximos dias e portanto é bom você não deixar pendurado nenhum problema do passado nessa área.

L

a

ua em Escorpião, Mercúrio em Libra, Júpiter rápido e firme em Aquário: sentir o que não se vê e ainda é futuro, dialogar com seu passado e expandir seus sonhos. Ao mesmo tempo, checar correspondência, verificar informações, ter conversa séria com um irmão: urgências!

S

b

e em casa o clima anda pesado e você sente que querem te controlar, no mundo lá fora as perspectivas são melhores. A não ser por causa de certa distorção de ótica em relação a alguém querido, tudo vai melhor. Rivalidades em rota de colisão - reveja suas táticas já.

V

c

ocê já vai começar a sentir certo alívio e mais vivacidade, sua coluna vertebral e seus ossos agradecem a despedida de Saturno de seu signo. Muitos meses se passaram! Agora, é preciso firmar um estilo, considerar uma imagem mais apropriada. Experiência, segurança, certezas.

C

uidado com setor financeiro hoje - que seus gastos não sejam balizados por uma conduta impressionável e instável. Atenha-se a seu orçamento e de bom grado ajude alguém que precisa. Um assunto de negócios e dinheiro terá de ser enfrentado com ainda mais leveza.

H

I

ntrospecção é melhor do que autorrecriminação! Que tal aproveitar o embalo astral de hoje par praticar a difícil arte de se desapegar e de se deixar levar por sentimentos e afetos na vida amorosa? Melhor do que se sentir traído, ferido e esquecido por quem nunca lhe quis bem.

P

repare-se para Saturno em Libra, dentro de 9 dias: seja afável! Entre na vibração astral de hoje fazendo um pouco mais de charme, enquanto mantém sob controle suas emoções. Teste até onde vai o impacto que causa em alguém desejado. Use a cabeça e a elegância para isso.

E

h

squemas complicados não darão certo no trabalho. Maquinações, emboscadas e jogos mentais servem de enredo para livros policiais e não para tratar com o chefe. Sobretudo porque você tem de apontar erros de um jeito sensato, simples e fácil de compreender.

D

i

evotamento, desdobramento em prol de quem ama, e também uma boa dose de controle chegam no pacote astral para colorir o emocional de todos e cada um. Você pode se virar melhor nesse contexto pois conhece a fundo os universos humanos. Surpreenda e encante!

Verde Feng Shui: representa o elemento madeira. Acalma as pessoas agitadas e angustiadas. Significa esperança e satisfação. Pode ser usada nos banheiros para elevar a energia deste local. Decoração: traz alegria e vida. O verde escuro se destaca no ambiente. O verde claro é mais sóbrio e aconchegante. Lilás/Violeta Feng Shui: tonalidade ligada à espiritualidade. Boa para meditar e tranquilizar. Acalma o coração, a mente e os nervos. Mas, em excesso, pode trazer depressão e ansiedade. Decoração: se for uma cor monocromática, pode cansar. Evite ter locais com a predominância desta tonalidade. Laranja Feng Shui: cor do intelecto e da mente. Estimula os sentidos, a criatividade e a comunicação. Ótima para sala de visitas, de jantar e cozinha. Em excesso, pode provocar conversas demais, brincadeiras e aumento do apetite. Decoração: lembra sabores agradáveis e nos remete à infância, a brincadeiras e aos doces. É muito usada em cozinhas, pois abre e estimula o apetite. Na sala de jantar, pode ser aplicada em uma só parede, em tons bem suaves (cor pêssego).

Por: Franco Guizzetti Vermelho Feng Shui: símbolo do elemento fogo. Estimula as áreas de relacionamento afetivo, sucesso, autoestima, fama e prosperidade. No quarto do casal, ativa a sexualidade. Na sala ou cozinha, estimula o apetite e a fala. Em excesso, provoca brigas, confusões e explosões de humor. Decoração: cuidado na hora de aplicar esta cor nos ambientes. Ela é muito energética e vibrante, pode provocar excitação e nervosismo. Em pequenas doses, traz aos ambientes um ar de glamour e até exotismo. Em demasia, pode ser vulgar. Azul Feng Shui: acalma as pessoas quando aplicada em um ambiente. Mas o excesso de azul pode provocar sono e tristezas. Está associada ao elemento água. Decoração: pode ser aplicada em grandes áreas sem tornar-se cansativa. Mesmo assim, aconselha-se combinar com outras cores para evitar a monotonia. Tons escuros transmitem autoridade e poder.

Amarelo Feng Shui: a cor da luz. Estimula o intelecto, estudos, comunicação e abre o apetite. Ilumina ambientes escuros. Em excesso, provoca muita conversa, pensamentos acelerados e preocupações Decoração: é muito usada para esquentar e iluminar áreas escuras e frias. Em pisos, provoca sensação de avanço. Rosa Feng Shui: é usada para ativar o setor do amor. Ótima cor para quarto do casal e o quarto de meninas. Decoração: resgata a ideia de delicadeza, paz e amor. Em tons claros traz serenidade e romance. Tons escuros remetem a fortes paixões. Bege/Creme Feng Shui: está ligada ao elemento terra. Passa a imagem de segurança, estabilidade e serenidade. Clareia os ambientes. Decoração: cores neutras e que são muito usadas para substituir o branco. Carregam referências de aconchego, elegância e estabilidade. Acalmam e estimulam as ideias. Marrom/Terracota Feng Shui: cores ligadas ao elemento terra. Assim com o bege e creme, transmitem segurança, estabilidade e serenidade. Tons muito fortes podem deixar os ambientes pequenos e sufocantes. Decoração: os tons claros ampliam os ambientes e remetem à natureza. Tons escuros passam ideia de força e se destacam no ambiente. Dourado/Prata Feng Shui: cores associada ao elemento Metal. O Dourado é considerado quente e remete à riqueza. O Prata pode ser considerado uma cor fria e remete ao sucesso. Decoração: requinte, glamour e riqueza. Ajuda a criar uma imagem de poder e bom gosto. Mas é preciso ter cuidado, é preciso usar essas cores com destreza.


Comunidade News

Edição 302|20 a 26 de outubro de 2009|Página 35

Esporte

Mesmo com vantagem, Diego Souza admite medo de perder o título nacional Time não conseguiu somar pontos nas últimas rodadas e meia palmeirense afirma sentir receio: ‘De repente, pode fugir da nossa mão’ A oito rodadas do fim do Brasileirão, o Palmeiras segue na liderança, com quatro pontos de vantagem sobre o Atlético-MG (54 a 50). Uma situação que poderia ser considerada tranqüila não fosse a queda de rendimento que a equipe vem apresentando. A ponto de o meia Diego Souza admitir estar com medo de perder o título nacional. Dos últimos nove pontos que disputou, o Verdão conquistou apenas um. Foram derrotas para Flamengo (2 a 0), Náutico (3 a 0) e empate com o Avaí (2 a 2). Para sorte dos alviverdes, seus principais concorrentes também andaram tropeçando e, por isso, a equipe conseguiu se manter na ponta. - Eu tenho medo. Agora, não é medo de adversário, não. É da nossa situação. O receio é que, de repente, (o título) possa fugir da nossa mão - afirma Diego. Se ao menos tivesse feito a lição de casa,

vencendo os dois últimos jogos que disputou no Palestra, o Verdão teria hoje nove pontos de vantagem sobre o Galo. Com tal vantagem, a oito jogos do fim, o título já estaria muito próximo. Agora, avisa Diego, a disputa está aberta. - Nossa vantagem é boa. Qual time não gostaria de chegar a esse momento da disputa com quatro pontos à frente? Mas as dificuldades vão aumentar, pois acredito que ainda há times na briga - enumera o meia palmeirense. Ainda assim, apesar de todo o receio, Diego conclui dizendo que ainda considera o Palmeiras o principal candidato ao título, exatamente pela vantagem conquistada. - Nossa probabilidade de vencer é maior por causa desses quatro pontos. Isso nos dá uma certa tranquilidade. Mas temos de voltar a somar para pressionar os concorrentes.

Diego Souza está em alerta e pede reabilitação imediata.

Galo

Na reta final, jogadores avisam: ‘o Galo voltou’ Vitória sobre concorrente direto renova as esperanças atleticanas na briga pelo título, faltando oito rodadas para o término do Brasileiro

O Campeonato Brasileiro entra em sua fase decisiva e o Atlético promete entrar forte na disputa pelo título. A confiança do time foi renovada na vitória de sábado à noite, no Morumbi, por 1 a 0, sobre o São Paulo, adversário direto na briga pelas primeiras posições. Os jogadores ressaltaram que o Galo recuperou o equilíbrio e o espírito competitivo apresentados principalmente no primeiro turno, quando liderou por oito rodadas. “A gente sabia que o São Paulo seria um jogo-chave, com um grande clube, que está há vários anos brigando pelo título. Mas a gente soube aproveitar. Voltamos a ser o Atlético competitivo”, ressaltou o volante Márcio Araújo. As derrotas para Botafogo e Cruzeiro não desanimam o time. Pelo contrário, os jogadores se reuniram e decretaram: “Fala-

Flamengo

Pet conversa com Caio antes do programa.

mos que a gente tinha que voltar a ser aquele Atlético que estava ganhando no começo da competição”, disse o volante Jonílson. Com a mira voltada para o título, a tarefa atleticana continua. O São Paulo foi apenas mais uma batalha, mas que valeu a vice-liderança. O Galo soma 50 pontos, diminuindo para quatro a distância para o líder Palmeiras, que neste domingo foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0, no Palestra Itália. No sábado que vem, o Atlético encara o Vitória da Bahia no Mineirão. Nova vitória é fundamental para seguir forte na briga: “Sabemos da nossa responsabilidade de jogar em casa. E já convocamos nosso torcedor. A equipe vai precisar, pois será um jogo muito difícil”, disse o volante Correa, um dos destaques do time e que estará suspenso contra os baianos.

Tido como prodígio no início da carreira, Button supera fase ruim e fatura o título

Inglês dá volta por cima após anos de penúria e bate o brasileiro Rubens Barrichello na disputa pelo Mundial.

Ao fim de 2008, qualquer um que apostasse em Jenson Button para o título mundial do ano seguinte seria taxado de louco. O inglês, tido como prodígio no início da carreira na Fórmula 1, acabava de passar pelos dois piores anos de sua carreira com o péssimo carro da Honda. Para piorar, a equipe japonesa, no início de dezembro, tinha anunciado sua saída da categoria, após as temporadas vexaminosas. O início de 2009 marcou um recomeço para o inglês. Ross Brawn, ex-diretor-técnico da Ferrari e antigo chefe da Honda, comprou o espólio da equipe japonesa. Com orçamento curto, propôs uma redução drástica para o salário de Jenson Button, com uma compensação por cada ponto conquistado. A proposta foi prontamente aceita pelo inglês, que iniciou sua trajetória rumo ao título deste ano com seis vitórias nos sete primeiros GPs.

Taekwondo

Natália Falavigna conquista o bronze no Mundial de taekwondo em Copenhague Brasileira repete o resultado das Olimpíadas de Pequim, em 2008.

Márcio Araújo: confiança no time.

Pet, sobre expectativa que tinha no Fla: ‘Acho que estou fazendo um pouco mais’ Passes precisos, gols decisivos, organização do time em campo... Petkovic assumiu ao lado de Adriano a liderança do Flamengo nesta arrancada no Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, o meia foi um dos convidados do programa “Arena SporTV” e disse que as atuações que vem tendo estão acima até mesmo de suas expectativas. - Minha proposta era ajudar. Jogar um minuto, às vezes nem jogar. Queria retribuir o carinho que a torcida me dava. Acho que estou fazendo um pouco mais - disse o jogador. Uma das explicações para o bom desem-

F1

penho pode estar no condicionamento físico que Pet está. Antes de acertar com o Flamengo, ele vinha aprimorando a forma com corridas na areia, jogos de tênis e beach tênis. Mas hoje em dia reconhece a importância da preparação física nos clubes. - Eu sempre fui questionador. Se soubessem me explicar, aí me ganhava. Os profissionais do Flamengo, já na época que eu estava saindo do clube na primeira passagem, conseguiram me convencer sobre importância do preparo físico. E os demais clubes, Vasco, Fluminense, se aproveitaram disso. Hoje em dia questiono menos, pois sei como são as coisas.

Bronze nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, a brasileira Natália Falavigna repetiu a dose no Campeonato Mundial da Dinamarca, neste domingo, na categoria pesado (mais de 73kg). É a primeira medalha brasileira em esportes olímpicos desde que o Rio de Janeiro ganhou o direito de sediar os Jogos de 2016 – e justamente em Copenhague, palco do anúncio. Natália foi até a semifinal do campeonato e perdeu para a espanhola Rosana Álamo, que acabou ficando com a medalha de ouro. A prata ficou com Rui Liu, da China, e o outro bronze foi de Seol Jo, da Coreia do Sul. Para chegar ao pódio, a brasileira venceu três vezes em Copenhague. Passou pela croata Ivana Zagar, pela canadense Daria Peregoudova e por Fang Tsui, de Taiwan.


Comunidade News

Página 36|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Classificados serviços PRECISAS DE DINHEIRO? Compro ouro em qualquer estado ou condição, ou que já não utilize. Cash na hora. Se não usas as tuas jóias, vende-as. Serviço a domicílio. Fazemos empréstimos a juros. Telefone: (914) 565-3229. COSTURA PROFISSIONAL. Alterações, reparos e roupas sob medida. Vendas de roupas. Telefone (203) 947-8393.

VENDE-SE VENDE-SE carro Acura, ano 1991, cor azul, com 161.000 milhas. Mecânica em ótimo estado. Valor: $1,500. Tratar pelo telefone (203) 366-2742.

aluga-se ALUGA-SE apartamento de 2 quartos em Danbury, Connecticut. Localizado em condomínio com piscina e amplo estacionamento, o imóvel é recém reformado e tem piso de madeira, sala, cozinha, banheiro e deck. Valor: $1,200 + utilidades. Tratar pelo telefone (203) 240-9680. ALUGA-SE apartamento de um quarto em Danbury, CT. Imóvel localizado no 7A Woodside Avenue, tem sala, cozinha e banheiro. Valor: $800 + utilidades. Contatar Carlos ou Loui pelo telefone (203) 470-5205. ALUGA-SE apartamento de um quarto em Danbury, CT. Imóvel com sala, cozinha, banheiro e deck. Valor: $720. Tratar pelo telefone (203) 417-8879.

aluga-se ALUGA-SE apartamento de dois quartos em Danbury, Connecticut. Imóvel localizado em condomínio com piscina e quadra de tênis, tem um banheiro e meio, piso de madeira e garagem. Valor: $1,400 + utilidades. Interessados ligar para Gabriela no telefone (203) 300-9229. ALUGA-SE apartamentos em Connecticut. Imóvel de dois quartos em Brookfield. Localizado no centro, tem pequena sala, cozinha e banheiro. Valor: $1,100 (eletricidade incluída). Apartamento de dois quartos em Bethel, com sala de estar, sala de jantar, cozinha e um banheiro e meio. Amplo estacionamento. Valor: $1,300. Tratar pelo telefone (203) 733-0588 ou (203) 790-4495.

HELP WANTED Car wash attendant for Danbury (CT) area. Must speak English. Social Security number required. Salary: $10/hour. Please contact (203) 431-7698.

ALUGA-SE apartamento de dois quartos em Danbury, Connecticut. Imóvel localizado em condomínio com piscina e quadra de tênis, tem um banheiro e meio, piso de madeira e garagem. Valor: $1,300 + utilidades. Interessados ligar para Gabriela no telefone (203) 300-9229. ALUGA-SE apartamento de dois quartos em Danbury, Connecticut. Imóvel com sala, cozinha, banheiro e deck. Valor: $1,100. Tratar pelo telefone (203) 417-8879.

Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.

ALUGA-SE APARTAMENTO EM DANBURY (CT):

Dois apartamentos de dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Totalmente renovados. Aquecimento a gás super econômico em localização central de Danbury. Estacionamento para dois carros. Valores: 900 + um mês de depósito e $820 + um mês de depósito.

Cheque o website www.MarinaBlue.listingbook.com para estes ou outros imóveis para vender ou alugar. Interessados ligar para MarinaBlue Realty, falar com Júlio Canto ou Marie Torres no telefone (203) 648-4607 ou (203) 982-4748. Checar o crédito e referências é necessário para aplicações. “Equal housing opportunity”.

HELP WANTED

Car wash attendant for Danbury (CT) area. Must speak English. Social Security number required. Salary: $10/hour. Please contact (203) 431-7698. Classificados do Comunidade News. a melhor maneira de vender, comprar ou anunciar seus serviços. (203) 748-0123.

VENDE-SE Vende-se cinco lotes na Br-259, entre Sardoá e Santa Efigênia, na região de Governador Valadares (MG). Cada lote mede 10m x 20m (200 metros quadrados). Valor: R$ 12.500 cada. Vende-se uma área de 800 metros quadrados com uma casa de 15m x 8m, semi acabada, na mesma localidade. A área do terreno é de 20m x 40m. Valor: R$32.000. Aceita-se oferta. Tratar com Wânia pelo telefone (914) 396-6520.


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 37


Comunidade News

Página 38|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Adquira um computador novo por apenas $29.99* por semana! e melhore o seu crédito ao mesmo tempo!

Crédito ruim, sem crédito? Não importa! Não verificamos o seu crédito, então você não será recusado.

Se você pode fazer um pagamento semanal de apenas U$29.99* por 12 meses, então você já está pré-aprovado para um computador novo da DellTM ou HPTM. Garantido.

Aplique agora e receba:

Sistema de GPS para carro Tocador MP3 grátis Impressora grátis com alguns modelos Ligue hoje e tenha o computador de seu sonho melhorando seu crédito ao mesmo tempo

Ligue hoje mesmo!


Comunidade News

Edição 303|20 a 26 de outubro de 2009|Página 39


Página 40|20 a 26 de outubro de 2009| Edição 303

Comunidade News


Comunidade News #303