Page 1


O caderno INTEGRAÇÃO NORTE é suplemento do Jornal Comunidade em Ação Ltda. Tel.: 3435-2036 - R.João Dornas Filho, 61E - B. Tupi

Diretor de Jornalismo: Marcos Silva Diretora Administrativa: Cynthia Moreira E-mail: redacao@comunidadeemacao.com.br

CUIDADO COM O CIÚME E A INVEJA

Coluna do Altivo

Ciúme e inveja são em geral sentimentos guiados por uma grande insegurança em relação a si mesmo. Estão relacionados também à falta de amor próprio, disfarçado por um excesso de cuidado consigo mesmo. É como se pudéssemos dizer que quem se dá muita importância não se dá valor. Essa pessoa necessita todo o tempo reafirmar a importância que tem para os outros porque no fundo não acredita no valor que possui.

*Tatiana Oliveira Moreira

PSICOLOGIA Esses tipos de sentimentos estão presentes nas relações de trabalho, amizade, amorosas e nas demais relações sociais existentes. O ciúme excessivo diz de um medo exacerbado de perder algo ou alguém. O ciumento (a) se considera dono de uma pessoa ou de algo. No caso de uma relação de amor não confia no parceiro e acredita que qualquer situação será suficiente para enfraquecer o amor existente entre os dois. As manifestações do ciúme podem ser de diversas maneiras, desde mais brandas às mais agressivas. Quando as manifestações são constantes e até mesmo violentas pode tratar-se de uma situação patológica, na qual a pessoa necessitará de ajuda profissional Algumas vezes a pessoa tem ciúme não somente nas relações amorosas, mas também nas relações de amizades, familiares, no trabalho, dentre outras. O ciumento (a) sofre muito com a sua dúvida constante se é amado ou não, mas também faz outros sofrerem com sua desconfiança e

Setembro - 2009

2

Expediente:

tatianapsibh@yahoo.com.br

*Psicóloga Av. Waldomiro Lobo, 801- Guarani Tels. 3433-6357 / 9184-5431 demanda constante de amor e atenção. Nas novelas e filmes, a inveja sempre é retratada e ilustram bem como uma pessoa invejosa, pode perder muito tempo se preocupando com a vida do outro ao invés de se preocupar com a própria. O invejoso quer o que é o do outro e não faz nada para conseguir seus próprios objetivos, deseja o que não é seu. Nesse sentimento também há uma demonstração de como um indivíduo ao não valorizar o que tem ou o que é, pode viver tendo inveja e perder muito tempo sem conseguir conquistar seus próprios objetivos. Em alguns momentos da vida esses sentimentos podem aparecer. A preocupação surge quando esses sentimentos persistem ou são tão constantes que prejudicam as relações sociais de uma pessoa. Nesse caso é importante procurar ajuda profissional, porque pode ser referente a conflitos graves relacionados à auto-estima e ao amor próprio de uma pessoa.

O povo está a mercê da sorte e sem resposta Altivo Alves* Não tenho como atender a população, por este motivo apelo através desta simples coluna. O povo da região dos bairros Floramar e Guarani, espera muito do secretário regional e cobra mais ação dos vereadores que nos períodos eleitorais disputam os votos da população. Com apreensão, os que tem filhos que estudando na Escola Municipal Hilda Rabelo, considera tímidos os semáforos próximo da Av. Saramenha com Cristiano Machado, uma vez quem precisa atravessar a Av.Cristiano Machado, o tempo do semáforo é pouco e existe o fluxo de veículo entrando via Saramenha Cristiano Machado e Cristiano Machado Saramenha. Motivo justo da cobrança de uma passarela no local. Além do mas, quando em vez algum motorista apressado, desconhece a cor do sinal e passa direto. Ainda não aconteceu nada de grave, nem por isso o prefeito precisa esperar acontecer para antecipar a segurança das crianças. Também considero correto ter que ficar fazendo abaixo assinado, para vereador encaminhar a prefeito, pois, o prefeito tem que ter no mínimo bom senso e aceitar as ponderações via ofício em favor da sociedade.

Visite o blog na Internet: colunadoaltivobh.blogspot.com * Academico de direito, líder comunitário e poeta, Contato: 3436-2963 - colunadoaltivo@hotmail.com

Para anunciar ligue:

3435-2036 9626-6253


Setembro - 2009

3

Matéria de Capa Reportagem: Marcos Silva Foto: Marcos Silva / JCA

Medicamentos a preço popular proporciona qualidade de vida

Implantado em 2004 programa Farmácia Popular do Brasil foi criado para ampliar o acesso aos medicamentos essenciais. Por meio das unidades próprias, esses produtos são dispensados a preço de custo ao cidadão. No elenco da Farmácia Popular constam 107 itens para as doenças mais comuns na população brasileira, dentre eles analgésicos, anti-hipertensivos, medicamentos para diabetes, colesterol, gastrite entre outros.

Para Paulo Carneiro o governo deveria incluir outros medicamentos na lista da “Aqui Tem Farmácia Popular” principalmente os remédios destinados as pessoas da terceira idade

Hoje no país já são 515 farmácias, em 405 municípios, que fazem uma média de 950 mil atendimentos por mês. Chegar a 613 unidades neste ano é a meta do programa Farmácia Popular do Brasil. A prioridade é atender aos 958 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que compõem o programa Territórios da Cidadania. Todas são implantadas por meio de uma parceria do Ministério da Saúde e da Fiocruz com Estados e Municípios e instituições filantrópicas. Outra modalidade do programa é o “Aqui Tem Farmácia Popular” criado em 2006. São farmácias da rede privada que só trabalha com 13 medicamentos - anti-hipertensivos, antidiabéticos e contraceptivos. Nesse caso os medicamentos são fornecidos por laboratórios privados. Criada em 2006, esta modalidade também chamada de co-pagamento, oferece medicamentos subsidiados em até 90% pelo Governo Federal, sendo que o cidadão paga até 10% do valor de referência. Segundo o site do Ministério da Saúde são 6 450 mil unidades no país e com objetivo neste ano de chegar a 12 mil farmácias credenciadas. Atualmente a média de 1,6 milhão são atendidas pelo programa. Segundo Paulo Carneiro, dono da Drogaria DMJ no bairro São Bernado, os medicamentos são oferecidos a preços bem abaixo dos praticados pelas redes privadas, o desconto chega a 90%. Os medicamentos com preço reduzido, tem proporcionado melhor qualidade de vida aos usuários. Ele conta que há muitos anos a frente da farmácia, inúmeras vezes viu pessoas carentes ou por estar com pouco dinheiro comprar só uma parte dos medicamentos receitados pelos médicos. “A implantação do programa mudou isto, pois agora as pessoas têm condições de fazer o uso dos medicamentos de acordo com a prescrição dos médicos. Isso tem proporcionado qualidade de vida e de forma indireta um aumento de renda para população, porque sobra mais dinheiro no orçamento familiar, principalmente para os aposentados que podem investir na alimentação de mais qualidade e com isso diminui as doenças”, diz Paulo. A dona de casa Maria Aparecida da Silva, moradora do bairro Tupi, confirma o que diz Paulo. Ela conta que antes do programa da Farmácia Popular ao receber a pensão do falecido marido, tinha que fazer as contas para pagar as despesas da casa e com que sobrava comprava os medicamentos anti-hipertensivos e do coração. “Eu sempre ficava devendo na farmácia, pois o dinheiro não dava e nem sempre encontrava os medicamentos nos centro de saúde na dosagem que o médico receitava”, conta a dona de casa. Rindo, ela diz que agora não fica devendo a farmácia e com a sobra no orçamento ela pode comprar mais no sacolão e no açougue, “ainda dá para comprar um baton ou esmalte”finaliza. Para comprar medicamentos por meio do programa é necessário apresentar RG ou carteira de motorista com foto e CPF, além da receita com indicação médica. A foto é importante para impedir a compra por terceiros. A partir de agora, também foi reduzido o prazo de validade da receita de 180 dias para 120 dias. Nas receitas médicas deverão constar o número do registro do médico no Conselho Regional de Medicina, além da assinatura e endereço do consultório. O documento também determina a redução dos valores de referência nos medicamentos para diabetes e hipertensão. A redução no preço vai adequar os valores pagos pelo ministério em relação aos preços praticados pelo mercado. A venda dos remédios deve acontecer no estabelecimento e as farmácias não estão autorizadas a fazer cadastro nem a enviar medicamentos para as residências dos consumidores. Também não está autorizada a entrega gratuita dos remédios. Para Paulo esta medida foi importante para que o governo faça um controle e combater aqueles donos de farmácia estavam abusando e ganhando muito dinheiro com programa.


Setembro - 2009

4 esportes

Matéria de Capa

Reportagem: Marcos Silva Foto da capa e desta página: Marcos Silva / JCA

esportes@comunidadeemacao.com.br

Futebol e solidariedade

Fotos:Marcos Silva /JCA

Após os jogos as duas equipes confraternizaram depois distribuição dos material esportivo, muito dos jogadores mostraram habilidades

P

ela terceira vez, a equipe do Tupinense recebeu em seu campo um grupo de jogadores que vieram ao Brasil para um intercâmbio de futebol. Desta vez os jogadores, que vieram dos Estados Unidos, foram divididos em dois grupos. A primeira equipe formada por jogadores da Universidade do Colorado “Colorado College”. O time universitário veio com 18 jogadores sub 20 e mais sete do sub 15 do Manhattan Soccer Club, eles e ficaram hospedados na Toca da Raposa I do Cruzeiro. Os visitantes passaram por treinamentos com os jogadores das categorias de base e técnicos do clube celeste. Dentro da programação do intercâmbio, os jogadores das duas categorias fizeram dois jogos contra o Tupinense. O primeiro foi o sub 15 que teve o time completado por jogadores do Cruzeiro e um japonês que também faz treinamento na Toca. Nesta partida o Tupinense venceu por 6 X 0 não encontrou resistência ao enfrentar um time mesclado. As maiores dificuldades dos americanos podem ser creditadas por não estarem acostumados a jogar em campo de terra e a falta de entrosamento entre eles. Mais alguns deles destacam pela habilidade, um beque que é filho de italianos e o japonês que em um lance dominou uma bola e driblou quatro jogadores do Tupinense e chutou forte para o gol exigindo do goleiro brasileiro.

O segundo jogo contra o Colorado College foi mais equilibrado. O time de universitários mostrou mais entrosamento e a condição física supriu a falta de habilidade com futebol. O Tupinense venceu por 2 X 0.

Novo encontro

Um novo encontro foi no dia 29 de agosto. Desta vez o Tupinense recebeu os jogadores do Manhattan SC categoria sub 12 anos, MSC Cruzeiro e o grupo sub13 de jogadores que já estiveram no Brasil no ano passado e sub13 o MSC Barcelona. A expectativa por parte dos americanos era grande. Para o garoto do sub 12 equipe do MSC Barcelona, Thomas Gatanis, foi a experiência de jogar o futebol no ambiente dos meninos brasileiros. Para o pai do Thomas, Doug Gatanis, era a de estar na comunidade pela primeira vez para conhecer como um garoto carente sonha e faz a transição para um jogador profissional. Thomas que veio pela primeira vez ao Brazil falou como foi jogar contra os brasileiros: “Acho interessante e difícil porque não estamos acostumados com o time de terreno (Campo de terra), por serem bons de bola”.


Solidariedade

O presidente do Brazilian Touch Tours, Wilson Egidio, tem uma preocupação com o social quando traz os americanos ao Brasil. Para isso tem uma parceria com o “Projeto Favela” que arrecada fundos e doações em realização de eventos que antecede ao ano da viajem. Wilson destaca a importância do esporte, principalmente o futebol, para o brasileiro. Ele jogou no Vila Nova e no Santos como jogador profissional e no futebol de várzea. Disputou Copa Arizona e campeonato do DFA/FMF e resume tudo em uma frase: “O futebol me ofereceu a chance de conhecer o mundo e pessoas que talvez não tivesse a chance de conhecer e faria tudo de novo se tivesse a chance.” Nesta primeira viagem deste ano ao Brasil, o grupo trouxe material esportivo e fez a doação de 30 cestas básicas que foram distribuídos entre as crianças do projeto social que existe no campo do Tupinense. Para o presidente do Tupinense, Dilson Veloso, este gesto tem uma importância social, porque muitas das crianças que estão na beira do campo e frequenta as escolinhas do Tupinense são de famílias de poucos recursos.

esportes@comunidadeemacao.com.br Foto:Marcos Silva / JCA

Os atletas americanos mostraram disposição durante o jogo, o time teve o reforço de um japonês que faz intercâmbio na Toca, ele surprendeu com bom futebol

Setembro - 2009

5 esportes


Setembro - 2009

6

PASSA TEMPO Piadas

Sexo pela 1ª vez !

A garota vai à primeira festa de sua vida e, com medo dos avanços dos rapazes,pede conselho à mãe: -O que faço, mamãe, se os garotos insistirem... - Se os rapazes começarem a insistir muito, minha filha, pergunta que nome eles vão dar à criança. Isso vai fazer com que eles desistam. Assim foi. No meio de uma dança um catarinense diz: - Vamos para o jardim atrás da piscina, mina? Ela vai, mas quando o moço quer avançar ela pergunta: - Que nome vamos dar à criança? O carinha olha-a com surpresa, diz que esqueceu a carteira no bar e sai de fininho. Uma hora mais tarde repete-se a cena com um paraense. Igualzinho, quando ela pergunta qual será o nome do filho, ele fica de pés frios e vai-se embora. Em seguida chega um gaúcho como quem não quer nada e lhe da um beijo, ela pergunta que nome vamos dar à criança, o gaúcho também sai de fininho... Mais tarde chega um Mineiro, vai com ela para o jardim, começa com beijinho aqui, beijinho ali, apalpa-lhe os seios e ela pergunta: - Que nome vamos dar à criança? Ele continua e abre o vestido dela. - Que nome vamos dar à criança? - Que nooome vaaamos dar à criança? Ele tira o vestido dela e a sua calcinha. - Que noooome... ahhh. vaaaaaaaamos daaar... ahhhh... à criança? Ahhhhhh.... Ahhhhhhhhhhhh... - Queeee noooooome vaaaaaaamos..... não pára...... daaaaaaaar... vai....vai..... vaiiiiii...... àaaaaaaaaaaah criaaaaaaaança???? Depois de acabarem, ela pergunta mais uma vez: - E agora, qual vai ser o nome do nosso filho? E o Mineiro, triunfante, tira devagar o preservativo, levanta para o alto, dá um nó firme e diz: -Se ele conseguir sair daqui vai se chamar Magaiver !!!!

Desenho de Fografia Felipy Soares

Fotos antigas, atuais e montagens

8488-5822 / 3418-8006


programcao@comunidadeemacao.com.br

Torta de chocolate

BH Humor

Setembro - 2009

7

Programação de Eventos & Culinária

Foto:Marcos Silva / JCA

A Casa do Baile receber os melhores chargistas e cartunistas do Brasil e exterior. É o 1º BH Humor – Salão Internacional do Humor Gráfico de Belo Horizonte. Com entrada gratuita, o evento apresenta, até o dia 18 de outubro, exposições de cartuns e caricaturas, bate-papos, exibições de vídeo e um concurso com premiações em dinheiro. O 1º BH Humor é realizado pela Cartuminas (Cartunistas Mineiros Associados). A Casa do Baile fica na avenida Otacílio Negrão de Lima, 875, Pampulha. Mais informações: www.bhhumor.com

Banda My Fried & Cia. A Banda My Friend & Cia (foto) atua no cenário musical desde de 2000 e já passou por várias transformações desde mudança de nome, ritmos e integrantes. Atualmente o estilo da banda é o forró-coutry e tem como vocalista o Beto Cheiro Bom A banda já gravou dois albuns, o primeiro intitulado “Lua” gravado em Dezembro de 2004 e o segundo intitulado “Forronejo” gravado em Janeiro de 2007 e está preparando o seu terceiro Album intitulado “Cheiro de Jasmim”, com lançamento previsto para Dezembro de 2009. Contato para shows: (31) 8767-6322 Foto:Divulgação

Uma deliciosa torta de chocolate e fácil de preparar. A base é o biscoito champanhe. Ela deve ser feita um dia antes de ser servida. Ingredientes para o creme: 1 – litro de leite 1 – colher de margarina ou manteiga 1 – colher de farinha de trigo 4 – gemas de ovos Modo de preparo: misture tudo e leve ao fogo mexendo bastante quando ferver até virar um creme. Deixe esfriar e separe. Ingredientes para a base: 1 – pacote de biscoito champanhe 1 – vidro de achocolatado em pó 1 – caixa de creme de leite 4 – claras batidas em neve Modo de preparo: para montar a torta, misture um pouco de leite com achocolatado para molhar os biscoitos. Distribua em uma travessa de vidro (tipo marinex) o creme até cobrir o fundo. Coloque os biscoitos umedecidos com a mistura de leite e chocolate de tal forma que eles ficam cobertos com o creme. Leve a geladeira. No dia seguinte bata as claras em ponto de neve misturada com o creme de leite. Cubra a torta. Para decorar polvilhe com chocolate ralado ou pequena quantidade de biscoito ou bombom de chocolate tipo weffer. Volte com a torta finalizada para geladeira e deixe até na hora de servir.


Resenha de Boteco Marcos Silva

Em Brasilía a Pizzaria Planalto está funcionando a todo vapor ney vapor,, o Sar Sarney bateu o pé e não saiu da presidência do Senado e continua cantando...

Playboy – A revista em sua edição

de 34 anos no Brasil, trouxe as fotos da ex.BBB Priscila Pires em poses sensuais. Tem um comerciante aqui da Região Norte está passando por uma duvida cruel, ele não sabe se usa a mão esquerda ou a direita no momento de folhear a revista para olhar as fotos.

Promoção – O atleticano Edmilson

Carneiro (da Drogalina) está fazendo uma promoção na farmácia. Todo cruzeirense que apresentar a carteira de “Estudiantes” só paga meia para medir a pressão arterial. A promoção vale até o final do Campeonato Brasileiro.

Oportunidade única – Existem

duas vagas disponível na torcida do América. Os interessados devem apresentar atestado de bons antecedentes, comprovante e curriculo. Detalhe, cruzeirense está dispensado de apresentar o histórico de torcedor, avisa o Marcelo Fonteboa na regional Norte.

Careca - O Chicão do Bar da Cida

está manifestando apoio ao Paulinho do Cia. do Sanduíche do Floramar. Segundo conta Chicão, o Paulinho está sofrendo de Crinipelles Perniciosa, conhecida popularmente de Vassourade-Bruxa, doença que ataca os pés de cacau dando aparência de vassoura velha. Ele, Paulinho, ficou assim depois que veio da Bahia.

Frase de boteco: “Eu bebo pra ficar ruim, se fosse pra ficar bom eu bebia remédio”

É fácil chegar aos bares deste Circuito, difícil é a saidera

Texto: Marcos Silva Desenho: Felipy Soares / 2009*

*Desenho mão livre

Setembro - 2009

8

Circuito dos BARES

INTEGRACAO NORTE  

Suplemento do Jornal Comunidade em Ação - Edição 127-Setembro/2009

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you