Page 1

Capa Ed71_COMUNIDADE ATIVA 21/03/2013 18:45 Page 1

Edição Especial Mangabeiras Tiragem:

15 mil exemplares Em caráter experimental, o Comunidade Ativa circula com tiragem ampliada de 10 mil para 15 mil exemplares e inclui nesta edição os bairros Mangabeiras e Comiteco em sua área de distribuição, que permanece atendendo ao Anchieta, Cruzeiro, Sion e Carmo, como tradicionalmente faz, há 12 anos.

pág. 9

Bruno Sebastião

Ano 12 - número 71 - Belo Horizonte, março de 2013

mais inscrições você tiver, maiores serão as . suas chances de ganhar

Major Câmara: novo

página 5.

comando na 127ª Cia.

O que estão falando sobre o futuro do Hilton Rocha pág. 6

Curso de natação gratuito para todas as idades

pág. 6

Bruno Sebastião

Com agulhas, linhas e tecidos, voluntárias garantem amparo digno a idosas pág. 3

Créditos, a partir de baixo: Carlos Alberto Rocha, Ana Clara Maciel, HQ Pictures, Carlos Alberto Rocha

Tarde Cultural festeja a nova pág.10 diretoria da Amoran

pág. 7

Suplementação alimentar com segurança exige atenção profissional

Bruno Sebastião

Arquivo Mariza Lima

pág. 8

Tutti Maravilha, no Anchieta, pág. 2 com a cara de BH

Programação da Semana Santa na São Mateus


pagina2 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 16:54 Page 1

2 Tutti Maravilha, a cara de BH Entrevista

DESCONTRAÍDO, CARISMÁTICO E DEDICADO, ELE É SUCESSO no rádio e nas ruas da cidade. Nem todo mundo sabe quem é Aílton José Machado. Mas, todo mundo conhece Tutti Maravilha, o cara que cativou o público mineiro reproduzindo nas ondas do rádio o melhor da música brasileira. Tutti recebeu a equipe do Comunidade Ativa na sede da Rádio Inconfidência onde, há 25 anos, comanda o programa Bazar Maravilha, e falou um pouco sobre trabalho, família, casamento, religião, rádio e, claro, música. Nesta conversa, ele mostra porque recebeu de sua amiga Rita Lee o título de “A cara de Belo Horizonte”. C.A. - Como é a sua relação com o Anchieta? Você gosta do bairro? Tutti - Eu já morei em mil lugares do mundo, em São Paulo, no Rio de Janeiro. Em Belo Horizonte, já morei no Barro Preto, Santo Antônio, Sion e agora moro no Anchieta e adoro. O bairro é bom demais. É um lugar que mantém um clima interiorano e tradicionalista. É claro que eu vejo nisto vantagens e desvantagens, pois tudo tem dois lados. Não tem jeito. A dualidade existe. Tem o lado do interior que eu gosto muito, que é andar pelo bairro e encontrar aquele amigo que mora no quarteirão de baixo e jogar uma conversa fora. Antigamente, o pessoal colocava até cadeiras nas ruas pra ficar conversando. Mas, hoje, o mundo é outro. Nem sempre as pessoas têm essa delicadeza de manter o contato com o vizinho, como em outros tempos. Por outro lado, a desvantagem desse tradicionalismo é quando fica careta, quando o tradicional cai pro purista. Eu gosto da mistura de opiniões. Quando permanece apenas o tradi-

cionalismo na maneira de agir eu tenho preguiça. C.A. Falando em tradicionalismo, nos vem ao pensamento a tradicional família mineira. O que você pensa da família tradicional? Tutti - É tempo de rediscutir o termo família, pois percebo que, hoje, o núcleo familiar já é mais aberto. Eu me lembro de um caso antigo. Quando eu era menino, um tio meu se separou e a minha avó o proibiu de entrar na casa dela, porque ele havia se desquitado. Hoje, o pessoal abriu a cabeça um pouco mais, mas ainda há um caminho a ser percorrido. A cada dia há um leão para se matar. Sou de uma geração em que os casais eram obrigados a ficarem casados para manter a história da tradição familiar mas, muitas vezes, eram infelizes. Hoje, se acabou o amor, tchau tchau. O mundo hoje é assim: todo mundo quer uma posição mais confortável e agradável. As regras estão aos poucos sendo revistas. C.A. - Além da estrutura familiar, o que mais falta ser atualizado? Tutti - Eu acho que a Igreja

também precisa se renovar, respeitando as tradições. Acredito que é o momento de fazer o novo de novo. As proibições que a Igreja impõe não condizem mais com o mundo atual. Hoje em dia, cada um faz o que quer, e isso é aceito, desde que não incomode o outro. C.A. - Falando de música. Você gosta das novas bandas mineiras? A nova música mineira tem qualidade ou não? Tutti - Eu adoro as novas bandas mineiras. Elas são o meu material de trabalho. Eu trabalhei com os medalhões da MPB, mas recebo os novos porque meu objetivo é divulgar a boa música brasileira. Eu adoro ver esse povo novo surgindo aí, como Pedro Moraes, Kadu Vianna, Mariana Nunes, Renegado. Em Belo Horizonte, todo dia, em cada esquina nasce um músico. Nós estamos aqui conversando e tá nascendo um músico na cidade. Eu tenho o prazer de ter lançado muita gente. Eu lancei Pato Fu, fiz a primeira entrevista do Uakti. Eu comemoro quando chega um disquinho

Bruno Sebastião

por Ana Clara Maciel

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

novo aqui pra mim. Minha curiosidade bate instantaneamente. C.A. - E as músicas de gerações passadas, como ficam nessa história? Tutti - Não é fácil abrir a cabeça de um consumidor de música. Às vezes a pessoa já vem com uma carga de preconceitos e tradições e por este motivo, pode ser que ela não se abra para ouvir uma música nova. Eu até sugiro que meus ouvintes busquem novas bandas. É claro que Gilberto Gil, Maria Bethânia, Chico Buarque são maravilhosos. Mas devemos dar espaço também para conhecer os novos artistas e, aí sim, julgar se gosta ou não de determinada novidade. C.A. - Você acredita na história de que o rádio vai se extinguir? Tutti - Dizem que o rádio poderia morrer devido a essa explosão da Internet, mas essa história não me convence não. Pelo contrário. A Internet pra mim é um complemento do rádio. Enquanto existir música e existir pessoas que querem um amigo, um companheiro, o rádio vai existir.

Conheça a misteriosa Turquia e desfrute das exuberantes Ilhas Gregas!

C.A. - Há tantos anos no ar, pra você, qual é a receita do sucesso? Tutti - Eu tenho ideia de que trabalho com diamantes, que são a música e a cultura brasileira. É claro que eu tenho que saber lapidar esses diamantes, ter a percepção de saber o que é bom e o que não é. Mas a música brasileira já é maravilhosa e isso pra mim é meio caminho andado para o sucesso. A Bebel Gilberto falou que eu faço um show por dia. Sei que não é fácil se renovar sempre. Mas é necessário para se manter no ar. C.A. - Como é o carinho do público? Você gosta quando é reconhecido? Tutti - O rádio é um trabalho muito solitário. Eu fico dentro do estúdio sozinho e do outro lado o produtor ou o técnico. A gente sabe que atinge várias pessoas, mas às vezes não tem ideia disso. A proporção desse alcance é difícil de imaginar. Então, quando eu vou pra rua e alguém me aborda é uma sensação maravilhosa e recompensadora. Eu, graças a Deus, faço o que amo e ainda sou pago pra isso. É um prazer inenarrável.


pagina3 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 16:28 Page 1

Sênior

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

COMO NUMA PEQUENA INDÚSTRIA, A ATIVIDADE É INTENSA E BEM COORDENADA. EXISTE O setor dos panos de prato, o dos jogos de banho, um que se dedica à produção de kits de cozinha, outro das toalhas de lavabo e um destinado a riscar os desenhos que serão bordados nas peças. A mão-de-obra é doada por 45 voluntárias da Associação Cristã Feminina de Belo Horizonte (ACF-BH) que, todas as semanas, se reúnem em duas equipes, às terças e às quintasfeiras, nas casas de duas das fundadoras da entidade. Além de dedicarem este tempo semanal, muitas voluntárias ainda levam boa parte do trabalho para casa, a fim de darem conta do grande volume de serviço que, no final de um ano, terá consumido cerca de R$10 mil em linhas, tecidos e aviamentos. Todo este material será transformado em aproximadamente 1.000 panos de prato, 30 jogos de banho, 35 jogos de cama, 100 toalhas de lavabo, 150 kits de cozinha, 15 toalhas de mesa, além de outros produtos, que serão vendidos em um bazar anual, cujo resultado será destinado ao Recanto Feliz São Francisco de Assis, no bairro Betânia.

Arquivo Mariza Lima

De acordo com a presidente festas que promovemos em um ambiente saudável, com da ACF-BH, Mariza Lima, o datas especiais, como Páscoa, uma boa conversa”, conta Recanto Feliz é uma InstituNatal e Festa Junina”, ela diz. Lucíola. Além de participar da ição de Longa Permanência Mariza salienta que o costura, a voluntária também para Idosos (ILPI), que foi custeio da ILPI é feito com reprocura dar atenção direta às fundado em 1981 pela própria cursos obtidos por doações, internas do Recanto Feliz. Associação, com o intuito de por contribuições da PBH e, “Elas são muito carentes. Pra abrigar exclusielas, um carinho vamente muvale mais que um lheres. Hoje, a presente. Uma coninstituição manversa é como uma tém 24 internas, bala, dada a uma com idades entre criança”, ela diz. A 63 e 96 anos, que voluntária conta que lá recebem todos sente grande satisos cuidados. fação com as visitas “Nós temos 17 que faz à ILPI. funcionárias, “Não é uma ambientre cuidadoras ente triste. Pelo concom nível téctrário, chega a ser nico, psicóloga, divertido. A gente enfermeira, e faz brincadeiras, A presidente da ACF-BH, Mariza Lima, pensa em profissionais de ajuda a marcar um serviços gerais, ampliar o número de associadas, com voluntárias que bingo, participa de como cozinhei- queiram trabalhar diretamente com as idosas jogos. É muito gosras, faxineiras etc.”, diz a em boa parte, pelo resultado toso”. presidente do bazar que a ACF-BH reaCuidados Segundo Mariza, as interliza todos os anos. De fato, quem visita o ReSatisfação nas recebem sete refeições canto Feliz percebe que o diárias, medicamentos, atenUma das 45 responsáveis nome da instituição está de dimento médico e odonpela produção do estoque acordo com o lugar. Cercada tológico e cuidados com a anual do bazar é Lucíola pelas atenções das funhigiene. “Além disso, elas Meira Silva, que há 20 anos se cionárias, as internas apresenparticipam de atividades dededica à “costura”, que é tam o semblante de quem vive como se referem aos grupos sob os bons cuidados de uma senvolvidas pelo grupo Vida de trabalho as voluntárias da equipe dedicada. Ativa, coordenado pela Prefeitura Municipal de Belo ACF-BH. “É uma atividade Este é o caso de Maria do Horizonte (PBH), de grupos muito agradável. Na costura a Carmo Pecorari, de 83 anos, de orações, de atividades de gente produz para o bazar e seis deles vividos no Recanto. música e dança, proporpassa algumas horas na comCom os olhos azuis bastante cionadas por voluntários, e de panhia de boas pessoas, em vivos, Maria do Carmo conta

Carlos Alberto Rocha

Tecendo a solidariedade

Campanha de fraldas

No último dia 13, o Comunidade Ativa e a Amoran fizeram a entrega de 266 fraldas geriátricas ao Recanto Feliz São Francisco de Assis, que foram adquiridas com o dinheiro arrecadado com a venda de lacres e de latas de alumínio colecionados por moradores da região do Anchieta. A doação foi recebida pelas funcionárias e pelas internas da instituição. Quem quiser doar fraldas para o Recanto (geriátricas, tamanhos M e G), pode fazer a entrega na Amoran, que repassará à instituição. Para agendamento de visitas e outros assuntos, fale com Lúcia ou Elisa, pelo telefone 31 3383 1280.

que recebe toda a atenção das funcionárias. “Elas são muito esforçadas”, diz a descendente de italianos que se orgulha de ainda fazer trabalhos manuais. “Faço toalhas para vender”, ela conta, com um sorriso no rosto. Outra que elogia os cuidados que recebe é Marilene de Abreu, de 69 anos, há 14 anos na instituição (sim, ela chegou lá aos 55 anos). “Aqui é muito bom”, resume Marilene.

Necessidades

Porém, não é nada fácil manter a boa qualidade de vida das internas. Segundo Lúcia Helena de Paula, a técnica responsável pela área de enfermagem da instituição, como os critérios de higiene adotados, tanto com as instalações, quanto com as próprias internas, são bastante rigorosos, é grande o volume de produtos de limpeza que são consumidos. “Nós fazemos a troca diária dos 24 leitos. Consumimos bastante cloro, sabão em pó, como também luvas, gazes e esparadrapo”, explica Lúcia. A

enfermeira diz ainda que todas as idosas fazem uso de fraldas geriátricas, o que coloca o consumo diário em alta. “Normalmente, quando não temos nenhuma necessidade extra provocada por alguma disfunção em uma delas, consumimos em média cerca de 4 mil fraldas por mês. Fora isso, ainda temos que adquirir alguns medicamentos bastante caros, para atender a alguns casos específicos”, diz Lúcia. Mas, as necessidades das idosas não param por aí. De acordo com a psicóloga do Recanto Feliz, Elisa Negrão de Lima, elas também precisam do carinho e da atenção que podem ser oferecidos por visitantes, sobretudo nos finais de semana, quando a instituição fica mais vazia. “Isso é fundamental para elas, que merecem todo o respeito. Elas precisam do acolhimento das pessoas e nós podemos fazer isso pensando em nosso futuro. Um dia, podemos chegar à situação em que elas estão”, diz Elisa.

Farmácia de Manipulação 15 anos www.lenzafarm.com.br

3

Fórmulas médicas e odontológicas

3 2 8 7 - 7 7 2 2

Rua Montes Claros, 620 A n c h i e t a


pagina4_ComunidadeAtiva 21/03/2013 13:38 Page 1

PARA SER UMA UNIVERSIDADE COMPLETA É PRECISO TER HISTÓRIA.

t(SBEVBĂŽĂ?P .FTUSBEP F%PVUPSBEPFNVNĂžOJDPMVHBS t$VSTPTEF&TQFDJBMJ[BĂŽĂ?P .#" F1Ă˜T.#" t$VSTPTEFHSBEVBĂŽĂ?PUFDOPMĂ˜HJDB t"MJBOĂŽBBDBEĂ?NJDBDPNB"QQMF t&OUSFBTEVBTNFMIPSFTVOJWFSTJEBEFT EF.JOBT(FSBJT 36'3BOLJOH 6OJWFSTJUĂˆSJP'PMIB 

Desde 1965, data de sua fundação, a Universidade FUMEC vem trabalhando para se tornar uma das melhores instituiçþes de ensino do país. Uma história construída com muita dedicação e empenho, com investimentos constantes em infraestrutura, corpo docente, novos cursos de graduação, mestrados e doutorados. Tudo para que você tenha uma universidade completa. Cada vez mais.

CURSOS DE GRADUAĂ‡ĂƒO: t"ENJOJTUSBĂŽĂ?P t"SRVJUFUVSBF6SCBOJTNP t#JPNFEJDJOB t$JĂ?ODJBEB$PNQVUBĂŽĂ?P t$JĂ?ODJBT"FSPOĂˆVUJDBT t$JĂ?ODJBT$POUĂˆCFJT t%FTJHOEF*OUFSJPSFT t%FTJHOEF.PEB t%FTJHOEF1SPEVUP t%FTJHO(SĂˆGJDP tDireito t&EVDBĂŽĂ?P'Ă“TJDB BEJTUÉODJB

t&OHFOIBSJB"NCJFOUBM t&OHFOIBSJB#JPFOFSHĂ?UJDB t&OHFOIBSJB#JPNĂ?EJDB t&OHFOIBSJB$JWJM t&OHFOIBSJBEF1SPEVĂŽĂ?P$JWJM t&OHFOIBSJBEF5FMFDPNVOJDBĂŽĂœFT t&TUĂ?UJDB t+PSOBMJTNP t/FHĂ˜DJPT*OUFSOBDJPOBJT t1FEBHPHJB t1TJDPMPHJB t1VCMJDJEBEFF1SPQBHBOEB

^^^M\TLJIY


pagina5 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 18:37 Page 1

Da redação

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

Editorial

Promoção: PORTEIRO PARCEIRO

Sorteio de um mini tablet Se você trabalha na portaria ou na limpeza MP 5 player e conservação de condomínios você pode

Direito à opinião

Carlos Alberto Rocha

Em 1758, o filósofo francês Claude-Adrien Helvétius, foi condenado em Carta Apostólica do papa Clemente XIII por manifestar pensamentos que eram considerados contrários aos da Igreja e, por isso, um de seus livros acabou sendo queimado em praça pública, por ordem do parlamento francês. Muita gente acredita que, em apoio a Helvétius, um de seus contemporâneos mais famosos, o também filósofo Voltaire, tenha declarado: “Eu desaprovo o que você diz. Contudo, defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”. Sabese que, de fato, a tal frase que resume a posição do iluminista sobre a condenação de Helvétius foi escrita pela inglesa Evelyn Beatrice Hall, no livro Ten friends of Voltaire, publicado em 1906. Com pensamento coincidente ao expresso por Hall, ao adotar o jornalismo cívico

como princípio editorial, o Comunidade Ativa considera fundamental a apreciação sobre as mais variadas opiniões. Afinal, compreendemos o óbvio: toda coletividade é formada por indivíduos que, muitas vezes, pensam de maneiras diferentes mas que têm todos, sempre, direitos iguais de manifestarem a própria forma de pensar. É portanto que, insistentemente, convidamos nossos leitores a apresentarem suas opiniões ao jornal. Fazemos isso com a convicção de que toda voz que faz uso da racionalidade e da argumentação ponderada merece ser ouvida, mesmo que não alcance a concordância da maioria.

5

ganhar um mini tablet MP5 Player com tela de 4,3”, que reproduz músicas, vídeos, e-books, jogos e fotografias. Para participar, basta você garantir que o Comunidade Ativa chegue às mãos dos condôminos do edifício onde você trabalha e pedir a eles que inscrevam seu nome no sorteio, que será realizado no dia 13 de julho. Quanto mais inscrições você tiver mais chances você tem de ganhar! As inscrições devem ser feitas por e-mail para sorteios@amoran.net , contendo o seu nome, o nome e o endereço do condomínio e o nome e o número do apartamento ou sala do condômino que fizer a sua inscrição. Entregue o Comunidade Ativa e boa sorte!!

Regulamento: 1. Esta promoção destina-se aos funcionários diretos e terceirizados que prestam serviço de portaria, limpeza e conservação em condomínios na área de distribuição do Comunidade Ativa. 2. Para participar, o funcionário deve ser inscrito por um ou mais moradores do condomínio onde trabalha. 3. As inscrições devem conter o nome do funcionário, o nome e o endereço do condomínio, o nome e o número do apartametno ou sala do condômino. 4. A cada edição do Comunidade Ativa que contiver a divulgação desta promoção cada condômino poderá fazer a inscrição de um funcionário. 5. Será válida apenas uma inscrição por apartamento ou sala identificada no e-mail a cada edição do Comunidade Ativa. 6. Os envios dos e-mails vinculados a cada edição poderão ser feitos entre a data do recebimento da edição e a data da véspera da distribuição da edição seguinte. 6. O sorteio será realizado no dia 13 de julho, às 20h, na sede da Amoran.

Carlos Alberto é jornalista, editor do Comunidade Ativa

Consultoria jurídica gratuita que forem enviadas para comunidadeativa@amoran.net. Os atendimentos acontecem às segundas-feiras, de 14h às 17h. Para agendamentos, ligue para a Amoran, (31) 2555 5399, ou envie e-mail para juridico@amoran.net.

EXPEDIENTE

OS ADVOGADOS FILIPI Dahi Curi e Heraldo De Pinho Tavares Junior, da Curi e Pinha Tavares Sociedade de Advogados estão prestando consultoria gratuita na Amoran, orientando as pessoas sobre questões trabalhistas, cíveis, de direito do consumidor e de outras áreas do Direito. Eles também responderão às dúvidas dos leitores

24

GONTIJO

Instalações de fechaduras, troca de segredos. Atendimento 24 horas. Consertos e instalações de: Interfones, Portões Eletrônicos, Alarmes e Controles remotos. Rua Montes Claros, 930 Anchieta - BH

3227-6239 9953-6239

www.chaveirogontijo.com.br

Associação dos Moradores do Bairro Anchieta

Diretoria Executiva (2013-2015) Presidente: Paulo Omar do N. Pereira Vice-Presidente: Ronaldo Silva Kfuri 1º Secretário : Valdir Cardoso 2ª Secretária: Regina Lopes Ratton 1º Tesoureiro: Saulo Lages Jardim 2ª Tesoureira: Ieda Rodrigues

COMUNIDADE

Publicação da Associação dos Moradores do Bairro Anchieta (Amoran) Rua Itapema, 162 - Anchieta - BH - MG - CEP 30310 490 - fone: (31) 2555-5399

Editor: Carlos Alberto Rocha Reportagens, redação e diagramação: Carlos Alberto Rocha e Ana Clara Maciel E-mail: comunidadeativa@amoran.net Tiragem: 15 mil exemplares Para anunciar ligue: (31) 8591 8885 Email: anunciosca@amoran.net

Anunciando no Comunidade Ativa você fortalece o veículo que está a serviço dos moradores e das pessoas que trabalham nos bairros da regiãodo Anchieta.

Esta edição foi distribuída gratuitamente, de porta em porta, nos bairros Anchieta, Cruzeiro, Carmo, Sion, Mangabeiras e Comiteco. Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do jornal.


pagina6 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 18:33 Page 1

6 Pelos bairros

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

As opiniões sobre o novo hospital no Mangabeiras

Saiba o que pensam moradores, os donos do imóvel e o MP sobre o futuro do antigo Hilton Rocha Bruno Sebastião

Sou a favor Mauro Santos Ferreira, morador da Rua Professor Sálvio Nunes, também no Mangabeiras, manifestou satisfação com o projeto que, ao contrário de comprometer as qualidades do bairro, possibilitaria a recuperação do edifício que se degradou ao longo do tempo. “Somos um país ainda pobre e não podeHOJE ABANDONADO, EM FUTURO PRÓXIMO O IMÓVEL DO ANTImos desperdiçar recurgo Hilton Rocha (foto), no Mangabeiras, receberá um novo hospital, sos escassos, principalque poderá atender às especialidades da oncologia, da cardiologia e mente quando se trata da oftalmologia - tema tratado na edição 70, do Comunidade Ativa. daqueles relacionados Sobre o assunto, leitores enviaram suas opiniões à redação do jornal, com a saúde”, ele diz, que seguem resumidas abaixo. Saiba também o que dizem os proprina mensagem ao C.A.. O etários do imóvel e o Ministério Público de Minas Gerais. leitor acredita que, por Sou contra Horizonte, um monumento faser espaço privilegiado, que buloso, um guia para o pasAs opiniões contrárias ao pertence a todos, moradores e sado de nosso mundo”, diz o projeto manifestam preocupanão moradores, o Mangabeição com os impactos que o leitor, que desaprova o projeto ras merece ser preservado e arquitetônico do hospital. Ele novo hospital poderia causar que a instalação do novo hossalienta que a Serra do Curral sobre a região. Elas podem ser pital contribuiria para isto. resumidas pelo que diz sobre é tombada (como Patrimônio “Espero que o projeto se cono assunto o e-mail enviado ao Cultural de Belo Horizonte) e cretize, pois não me incluo que sofreu bastante com a entre aqueles que julgam C.A. pelo leitor Marcos José mineração. Marcos defende a Soares, morador da Rua João morar num condomínio fedemolição do edifício, temenCamilo de Oliveira Torres, no chado ou, pior, em um gueto”, do que o novo hospital auMangabeiras. diz Mauro. Fala o empreendedor Em sua mensagem, Marcos mente o tráfego de veículos na região, atraia a violência e lembra que o imóvel do Segundo o médico oncolovendedores ambulantes, além Hilton Rocha está dentro do gista Amândio Soares, diretor Parque da Serra do Curral, em de transformar as casas da vida Oncomed BH, que é prozinhança “em clínicas de área de preservação ambienprietária do imóvel e respontal. “A Serra do Curral é um fundo de quintal e outros pesável pela implantação do legado da natureza para Belo quenos negócios”. novo hospital, em conformi-

Semana Santa na Paróquia de São Mateus Domigo de Ramos, 24 de março 8h e 10h - Missa 18h - Benção dos Ramos, procissão e missa Segunda-feira, 25 de março 20h - Terço dos homens Terça-feira, 26 de março 15h às 17h e 20h às 21h - Confissão individual Quarta-feira, 27 de março 20h - Celebração Comunitária da Penitência Quinta-feira, 28 de março 9h - Celebração da Unidade e Benção dos Santos Óleos no Mineirinho 20h - Celebração da Ceia Eucarística, Lava-Pés, Transladação do Santíssimo Sacramento para o Salão Dom João e Vigília Eucarística Sexta-feira (Paixão do Senhor), 29 de março 9h às 15h - Vigília Eucarística no Salão Dom João 15h - Solene Ação Litúrgica da Paixão do Senhor 19h - Celebração Litúrgica/Procissão do Enterro Sábado Santo, 30 de março 20h - Celebração da Vigília Pascal: Benção do Fogo Novo; Círio Pascal, Canto do exulted; Benção

da Água Batismal; Renovação das Promessas do Batismo, Celebração Eucarística e Procissão da Ressurreição Domingo de Páscoa, 31 de março 8h, 10h e 18h - Missa

A Ressureição de Cristo, 1570 (detalhe) Paolo Veronese (1528 - 1588) Dresden, Alemanha

Curso de Crisma na São Mateus

Começou, no último dia 20, o Curso de Crisma na São Mateus, mas os interessados ainda podem se inscrever. As reuniões são às quartasfeiras, às 20h, no Salão Dom João da Paróquia. Mais informações com os coordenadores do curso - Natan (31 9825 3178) e Nicolas (31 9785 7962 - ou na secretaria da Igreja (31 3223 6344).

dade com a legislação municipal, as instalações atuais poderiam receber uma unidade hospitalar imediatamente, apenas passando por reformas menores do que as projetadas. Contudo, o diretor afirma que, além de ampliar a utilidade do imóvel e ofertar mais leitos hospitalares a Belo Horizonte, que vive um problema neste segmento, o projeto busca melhorar a qualidade ambiental da região. “As modificações propostas farão a correção de uma série de cicatrizes provocadas pela construção antiga, sem trazer qualquer impacto negativo para o meio ambiente ou transtorno para a população”, diz o médico. Soares explica que as novas instalações serão destinadas às especialidades da oftalmologia, da cardiologia e da oncologia, e não a um hospital geral que, de acordo com o ele, atrai grande fluxo de pessoas e pode causar maior impacto no trânsito da região onde é instalado. “Vamos criar um centro de referência em oncologia, atendendo a toda a legislação vigente. Do ponto de vista legal, do ponto de vista do meio ambiente e do ponto de vista das necessidades na área de saúde, o nosso projeto pode ser combatido, mas jamais pode ser

questionado”, diz Soares. Posição do MP Atendendo à denúncia de irregularidades na instalação do novo hospital apresentada ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP) pela Associação dos Moradores do Bairro Mangabeiras e pela União das Associações de Bairros da Zona Sul, após consulta aos órgãos competentes sobre o assunto, a promotora de justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural Lílian Marotta indeferiu o pedido de inquérito civil e determinou que o procedimento fosse arquivado. A decisão considerou a aprovação do projeto pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural de Belo Horizonte (CDPC-BH) e o parecer favorável do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que considerou adequadas as intervenções que incluem a necessidade de redução do impacto paisagístico do imóvel sobre a Serra do Curral. Sobre esta decisão, o C.A. buscou ouvir as opiniões da Associação dos Moradores do Bairro Mangabeiras e da União das Associações de Bairros da Zona Sul, que não se manifestaram sobre o assunto até o fechamento desta edição.


pagina7 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 18:23 Page 1

Saúde & Esporte

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

Natação gratuita no Corpo de Bombeiros HÁ QUEM ACREDITE que praticar natação é privilégio de quem tem como pagar por uma escola ou é sócio de algum clube. Porém, existe a opção gratuita do curso oferecido pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). De acordo com o sargento Mattos, que dá aulas de natação há 26 anos, o objetivo do curso é diminuir o índice de afogamentos, promover maior integração entre a comunidade e a corporação e difundir a natação como esporte. Segundo o sargento, muitos alunos procuram o curso pela

qualidade das aulas. “Como não visamos lucro, as aulas são intensas e objetivas e o aluno aprende rápido. Pela excelência do curso, aqui vem gente de todas as classes sociais. Inclusive, temos notícias de alguns ex-alunos que se destacaram no meio do esporte”, conta ele. Mattos afirma que outra vantagem é o ensino da disciplina. “O aluno passa a conviver no meio militar e aprende que, para a corporação, a disciplina é muito importante, assim como os bons valores de conduta, o respeito e o limite”, explica o sargento.

7

Ana Clara Maciel

Para Solange Aires da Silva, mãe do aluno Sânzio Aires de Oliveira, de nove anos, uma das vantagens da natação é promover a perda de peso. “O Sânzio engordou muito. Fiquei preocupada e o inscrevi na natação, em dezembro do ano passado. Desta data para cá, ele já perdeu seis quilos”, ela diz. Sílvia ressalta que o fi- Disciplina e condicionamento físico são alguns dos valores lho adora o curso e não gosta oferecidos pelo curso de natação gratuito do Corpo de Bombeiros de se atrasar. “Ele fica ligado Militares de Minas Gerais (CBMMG) no horário e cuida para que anças, adolescentes, adultos e crawl e encontrar os amigos”, eu não o atrase”. diz ele. idosos e é oferecido nos 1°, Sânzio explica porque gosta 2° e 3° Batalhões. O 1º BataO curso do Corpo de tanto da natação. “É muito diBombeiros dura de um a cinco lhão fica na Rua Piauí, 1815, vertido. Gosto de ir para nadar Cruzeiro, fone (31)3289 8073. meses, com vagas para cri-


pagina8 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 17:30 Page 1

8

Sabor

Suplementação segura

por Ana Clara Maciel

Especialistas indicam uso correto de suplementos alimentares

PĂ“ DE PROTEĂ?NA, CAP“A alimentação ĂŠ sempre a eu sempre friso para as misula de fibras e pastilha de viprimeira opção. SĂł vou suplenhas leitoras e amigas que me taminas. Parece atĂŠ a alimenmentar se for necessĂĄrio para pedem conselhos que a alitação do futuro. Mas, nĂŁo ĂŠ. o paciente, se ele nĂŁo der mentação diĂĄria nĂŁo deve ser SĂŁo os suplementos alimentaconta de comer uma determisubstituĂ­da. O mais imporres, que estĂŁo fazendo a nada quantidadeâ€? diz o tante ĂŠ manter-se saudĂĄvelâ€?, cabeça de quem busca uma amĂŠdico. Greco explica que aldiz a blogueira. limentação cada vez mais guns pacientes, especialmente Dani confessa que presaudĂĄvel e balanceada. Eles atletas, tĂŞm um gasto calĂłrico feriria nĂŁo ter que tomar suprometem suprir deficiĂŞncias muito alto e nĂŁo tĂŞm plemento e administrar a nutritivas por meio da incondiçþes de ingerir toda a demanda do organismo apegestĂŁo de nutrientes em forma perda energĂŠtica nas refeiçþes nas com alimentos naturais. concentrada. Mas, serĂĄ que ĂŠ diĂĄrias. “Por exemplo, ĂŠ inPorĂŠm, foi por recomendação Arquivo Dani Sabino realmente necessĂĄria a da nutriciointerferĂŞncia dos suplenista que Dani mentos para o bom funcomeçou a cionamento do nosso usar um suorganismo? plemento que De acordo com a nutem como batricionista Marcela Mase a proteĂ­na. yumi Queiroz TaniA profissional guchi, os suplementos percebeu que, alimentares sĂŁo indicaem função da dos para pessoas que intensidade nĂŁo conseguem suprir dos treinos da com a alimentação reblogueira, ela gular alguma quantiestava perdade de nutrientes nedendo mais cessĂĄria para se alcanmassa muscuçar determinado objelar do que o tivo, seja ele estĂŠtico, aceitĂĄvel e inseja por necessidade do dicou o supleorganismo. Marcela exmento. plica que cada supleÉ impormento tem uma atuação tante ressaltar especĂ­fica, mas um que tanto o mesmo suplemento poendocrinolode ser indicado para gista Rodrigo funçþes diferentes. Apaixonada por atividades fĂ­sicas, a blogueira Dani Greco, quanto “Posso indicar suple- Sabino nĂŁo dispensa a suplementação alimentar, que a nutricionista mento de proteĂ­na tanto segue com orientação de nutricionista Marcela Tapara pacientes que teniguchi renham uma doença de degeviĂĄvel que um paciente coma forçam a necessidade de neração do nutriente como 20 claras de ovos por dia. acompanhamento profissional tambĂŠm para atletas que deseNesta circunstância ele deve para quem deseja fazer uso de jam aumentar a massa muscuadicionar suplementos em sua suplementos alimentares. Palarâ€?, diz a nutricionista. Ela dietaâ€?, diz. ra Greco, o ideal ĂŠ que a pesexplica que a dieta alimentar Esse ĂŠ o caso da estudante soa consulte tanto um balanceada ĂŠ fundamental e Dani Sabino, que gosta tanto endocrinologista quanto um nĂŁo deve ser substituĂ­da. “A de atividades fĂ­sicas que pronutricionista. “O principal ĂŠ maioria dos suplementos nĂŁo ter em mente que nĂŁo se deve, duz o blog run2live ĂŠ tĂŁo bem absorvida pelo orem hipĂłtese alguma, se suple(run2live.com.br) sobre esganismo quanto sĂŁo os nutriportes, corrida e alimentação mentar sem orientaçþes proentes do alimento naturalâ€?, equilibrada. Dani conta que fissionaisâ€?, diz o mĂŠdico. explica Marcela. pratica muitas atividades fĂ­siPor sua vez, Marcela atenta Segundo o endocrinolocas diariamente o que torna o para o fato de que os suplegista e especialista em mediseu metabolismo acelerado. mentos alimentares podem cina esportiva Rodrigo Mus“HĂĄ dias em que corro 25 causar efeitos colaterais, solini Greco, o suplemento aquilĂ´metros. Quando termino quando mal administrados. limentar, como o nome jĂĄ diz, o treino, percebo que preciso “O paciente pode ter distem como função suplementar repor a perda energĂŠtica de alfunção hormonal, intoxia dieta do indivĂ­duo e nĂŁo guma forma. É aĂ­ que entra o cação, sobrecarga de fĂ­gado, substituir o alimento natural. suplemento de proteĂ­na. Mas, rins e coraçãoâ€?, explica.

SuprĂŞme

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

Wae proteico de banana com canela e cobertura de framboesa

Dani Sabino

A blogueira Dani Sabino ensina a fazer um wae saboroso e nutritivo. “Zero açúcar, zero carboidrato, gordura boa, muito nutritivo e cheio de proteĂ­na. Quem nĂŁo usa suplemento de proteĂ­na pode fazer tambĂŠmâ€?, explica ela.

Ingredientes: 4 claras de ovos ž de uma banana amassada (o restante vai na cobertura) 1 colher de sopa de whey protein 1 colher de sopa de farinha de linhaça 1 colher de chå de essência de baunilha 1 sachê de adoçante 1 colher de chå de canela Bater tudo e colocar na forma. Para cobertura use framboesa, iogurte lact free e um pouco d´ågua. Misture e deposite em cima do wae e pronto.

)  

   * 

        (        #         

 $   %  &         '''  

          

    ! "   

         !" #  !$"%!  &' !'$" #  !%%!       

Rua Grão Mogol, 896 / Sion Informaçþes Infor maçþes maç e deliver delivery y 31 3227-1204



            

     

   

MĂşsica ao vivo

5ª e 6ª das 19h às 22h såbado de 18h às 21h INFORMAÇÕES E RESERVAS

31

2531-4300

Plaza Anchieta

Francisco Deslandes, 900 2Âş Piso

Promoção

Cerveja BavĂĄria Premium 600 ml

Peça 3 pague 2

Oferta vĂĄlida de segunda Ă quarta-feira atĂŠ o final de abril


pagina9 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 17:40 Page 1

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

Policiamento comunitário é a diretriz da PM

Segurança

Comunidade Ativa entrevista o novo comandante da 127ª Cia

C.A. - Qual orientação será adotada pelo seu comando? Major Câmara - Hoje, a política da PMMG se prende ao policiamento comunitário. A nossa filosofia é interagir com a comunidade, melhorando o que já foi realizado. C.A. - Há a preocupação de que a 127ª seja transferida para a Vila Cafezal, com a conse- Major Câmara: novo comando na 127ª quente desativação horário, caso o policial tenha dos postos policiais dos bairque sair para atender a algum ros. Existe esta possibilidade? chamado. Neste situação, nós Major Câmara - A Vila temos na Rua Trifana a sede Cafezal vai receber uma insda Companhia, que pode atentalação policial. Contudo, a der às necessidades de registro comandante do policiamento de ocorrências. (A 127ª Cia. da capital, coronel Cláudia fica na Rua Trifana, 839, Araújo, disse que não Serra, fone 3223-7393). podemos tirar o que hoje C.A. - E se a pessoa precisar existe de positivo. A proposta registrar uma ocorrência na que ela levou à Secretaria de madrugada? Estado de Defesa Social Major Câmara - Uma ocorrên(Seds) é que seja feita a instacia na madrugada é algo mais lação dessa unidade na Vila urgente. Provavelmente, será Cafezal, sem que sejam denecessário que a polícia vá até sativados os postos existentes. o local da ocorrência. Diante C.A. - Também há um quesdesta necessidade, a pessoa tionamento sobre o horário deve acionar o 190. de funcionamento do posto C.A. - As bicicletas vão voltar do Anchieta. a atuar no patrulhamento? Major Câmara - O posto fica Major Câmara - As bicicletas aberto de 7h às 23h. Eventualjá estão voltando a circular. mente, pode ser fechado neste

EM E-MAIL ENVIADO AO Comunidade Ativa, o leitor Marcos José Soares, morador da Rua João Camilo de Oliveira, no Mangabeiras, conta que, após um arrombamento seguido de roubo em uma casa

segurança. Questionado sobre o episódio, o comandante da 127ª Cia., major Câmara, responsável pelo policiamento na região, informou que demoras como estas não significam que a PM não esteja atuando para que os bandidos sejam capturados. Segundo o major, logo que a PM recebe a informação sobre uma ocorrência como a relatada, é emitido um alerta para todas as unidades que estejam na região, que iniciam prontamente as buscas pelos bandidos. Câmara argumenta que, com os marginais em fuga, é muito mais proveitoso patrulhar o entorno, do que se dirigir ao local de onde eles fugiram.

Carlos Alberto Rocha

FIXAR O EFETIVO, FAzendo com que os policiais interajam com a população e conheçam as rotinas das pessoas que vivem em um determinado bairro. Ao mesmo tempo, buscar fazer com que estes policiais se tornem conhecidos da população. Este é o princípio básico do policiamento comunitário, que a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) vem implantando no estado desde 2010. Segundo o major Roberto Inácio Mendes Câmara, esta será a diretriz para o trabalho que ele realizará no comando da 127ª Cia., que assumiu em fevereiro passado. Aos 47 anos, 25 deles na PMMG, Câmara vê como um novo desafio comandar a 127ª, que é responsável pelo policiamento dos bairros Anchieta, Carmo, Comiteco, Cruzeiro, Mangabeiras, Serra e Sion, além das vilas Cafezal e Acaba Mundo. A ideia de Câmara é implantar melhorias no trabalho que vem sendo realizado pela sua companhia na região. “A gente não pode chegar querendo provocar mudanças. A ideia é melhorar o que já foi feito”, diz o major. Veja a seguir o que mais o major disse na entrevista dada ao Comunidade Ativa.

Morador reclama sobre demora da PM em atender chamado Reprodução

de sua vizinhança, houve demora de cerca de uma hora, até que uma viatura da Polícia Miliar (PM) chegasse ao local da ocorrência - a ação dos marginais, vista na foto acima, foi registrada por câmeras de

9

CHEIRO DE BOM GOSTO

E muito mais... Retire em uma de nossas lojas um ‘mimo’ para você!

O Boticário Shopping Plaza Anchieta

Rua Franscisco anscisco Deslandes, 900, lj 265 / Anchieta

3284 -0891

O Boticário Sion

Av. Uruguai , 229, lj 02 / Sion

3227 - 1089


pagina10 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 17:44 Page 1

10

Amoran

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

Tarde Cultural Amoran comemora nova diretoria

No último dia 2, a nova diretoria da Amoran se encontrou com os moradores e empresários da região do Anchieta durante a tradicional Tarde Cultural Amoran (1). Ladeado pela conselheira Carmita de Sousa, pelo presidente Paulo Omar Pereira (esquerda) e pela secretária Regina Ratton (direita), o deputado estadual Fred Costa prestigiou o evento (2), no qual os convidados puderam se confraternizar (3 e 4), ao som do saxofonista e tesoureiro da Amoran Saulo Jardim (5). Na foto seguinte (6) a jornalista Ana Clara Maciel, do Comunidade Ativa (esquerda), e a conselheira Aurísia Pereira. Fotos: Bruno Sebastião e Ana Clara Maciel

1

3

A EDUCAÇÃO EM BH ESTÁ VIVENDO A MAIOR R TRANSFORMAÇÃO DA SUA HISTÓRIA.

2

4

6

5

REJANE CRISTINA COSTA E SUA FILHA SOPHIA, ALUNA DA UMEI  SANTA AMÉLIA

COM AS UMEIS, A EDUCAÇÃO INFANTIL DE ALTO NÍVEL ESTÁ CHEGANDO A QUEM MAIS PRECISA. JÁ SÃO 67 UNIDADES FUNCIONANDO E MAIS 30 EM ANDAMENTO, ONDE CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS RECEBEM CARINHO E ATENÇÃO DE PROFESSORES QUALIFICADOS.

A PREFEITURA AMPLIOU O REPASSE DE VERBAS PARA AS 193 CRECHES CONVENIADAS, PARA QUE ELAS POSSAM ALCANÇAR O MESMO PADRÃO DE QUALIDADE DAS UMEIS.

Não para de trabalhar por você.

www.pbh.gov.br


pagina11 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 18:06 Page 1

Amoran

Pique total

Enfim, estamos concluindo o primeiro trimestre de nossa missão à frente da Amoran. Após o período de relativo marasmo que, no princípio do ano, toma conta de todas as atividades em nosso país, finalmente estamos encontrando as oportunidades para, efetivamente, iniciarmos nossa empreitada no sentido de buscarmos melhor qualidade de vida para as pessoas que moram e trabalham em nossa região. E estamos fazendo isso com toda a dedicação.

Paulo Omar Pereira

Aliás, por boa coincidência, chegamos a este ponto no mesmo momento em que novos comandos assumem os órgãos de interesse direto da população que representamos. Na Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), temos como nova comandante do policiamento da capital a coronel Cláudia Araújo. No 22º Batalhão e na 127ª Cia., que respondem pela segurança em nossa região, estão os novos comandantes coronel Alfredo e major Câmara, respectivamente. Ao mesmo tempo, a Secretaria de Administração Municipal Regional CentroSul (Centro-Sul), da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (PBH), passa a ser comandada pelo novo secretário Ricardo Ângelo. Sem qualquer perda de tempo, já estamos nos articulando com a PMMG para apresentarmos a pauta de

reivindicações da população, no que diz respeito ao horário de funcionamento dos postos policiais da região e às estratégias de policiamento nos bairros atendidos pela 127ª. Fazemos isso na expectativa de que os novos interlocutores, além de manterem a habitual atenção que a PMMG sempre dedica à nossa causa, também busquem atender ao máximo às demandas que a eles estão sendo apresentadas. À Centro-Sul, como primeira medida, apresentaremos um relatório fotográfico das árvores que estão em situação que ofereçam risco à população ou que estejam bloqueando a iluminação pública, desejando soluções rápidas e eficientes. Agora, imagine: se você se unir ao nosso esforço, quanto maior será a nossa força? Paulo é presidente da Amoran

Erramos (edição nº70, fevereiro de 2013) Página 5: O escritório de advocacia é “Curi & Pinho Tavares Advogados Associados” e não “Cunha & Pinho Tavares Advogados Associados”). Página 11: O vice-presidente da Amoran é “Ronaldo Silva Kfuri” e não “Paulo Silva Kfuri”. Página 11: O primeiro secretário da Amoran é “Valdir Cardoso” e não “Waldir Cardoso”.

11

Levantamento das árvores Carlos Alberto Rocha

Comunidade Ativa - Ano 12 - Número 71 Belo Horizonte, março de 2013

A AMORAN INICIOU O levantamento fotográfico das árvores da região do Anchieta que possam oferecer algum risco à população ou cujas copas estejam interferindo na iluminação pública. O trabalho está sendo realizado pelo fotógrafo Bruno Sebastião, que tem atuado em parceria com a Associação, por intermédio do jornal Comunidade Ativa. De acordo com o presidente da Amoran, Paulo Omar

Pereira, o objetivo é apresentar à Secretaria Regional Centro-Sul os quadros que exigem atenção. “Entendemos que o papel de fiscalização é do poder público. Mas, como cidadãos, podemos colaborar, e é o que vamos fazer. Numa primeira etapa, estamos levantando os problemas nas ruas que servem aos itinerários dos ônibus, buscando maior segurança para os usuários. Porém, se alguém quiser nos ajudar enviando relatos acompanhados se fotografias de árvores em situação de risco em outros locais, a esse levantamento pode se tornar ainda mais eficiente”, diz Paulo. Quem quiser participar desta ação pode enviar as fotografias para o e-mail comunidadeativa@amoran.net.


pagina12 - Ed71_ComunidadeAtiva 21/03/2013 09:04 Page 1

Flávio Carsalade e Quattromani Arquitetura

MAIS VIDA NA SERRA

oncomedbh

Luiz Adelmo Lodi Neto - Diretor Técnico CRM-MG 16564/RQE 7207

MAIS ESPERANÇA O Hospital Oncomed será um centro oncológico de excelência no tratamento, diagnóstico e prevenção, que vai colocar Belo Horizonte como referência nacional no combate ao câncer. O novo hospital chega para somar esforços diante de um quadro de crescimento da doença e representa um alento para as famílias que poderão contar com o padrão do atendimento Oncomed, com mais conforto, mais leitos e equipamentos de ponta para os mais variados tratamentos e diagnósticos num só lugar. Tudo para que o paciente fique sempre perto de seus familiares. A Oncomed acredita que esses fatores, somados à tranquilidade do local e ao contato com o verde, formam condições ideias para processo de cura.

MAIS OPORTUNIDADES O Hospital Oncomed abre a oportunidade de novos empregos diretos e indiretos. É a chance para profissionais de saúde desenvolverem suas carreiras num centro de referência nacional em oncologia. Além da geração de novos negócios numa rede de serviços correlata.

MAIS VERDE O projeto de instalação do Hospital Oncomed irá utilizar a estrutura do atual edifício e o integrará com o seu entorno, o parque da Serra do Curral. Serão usados materiais que dialogam com o paredão da serra, além de jardins suspensos e terraços verdes com plantio de espécies nativas. O Hospital será implementado de acordo com as normas de certificação LEED para o uso sustentável de recursos energéticos e tratamento de resíduos. Promoverá a requalificação e preservação de todo sopé da serra, incluindo toda a extensão da avenida em frente.

A Oncomed esclarece que respeita todas as diretrizes e condicionantes impostas pela área, bem como cumprirá com todas as medidas compensatórias para a região, e que não há qualquer irregularidade no projeto. Os documentos que comprovam essa condição estão no site

EXCELÊNCIA CONTRA O CÂNCER w w w.h o s p i t a l o n c o m e d .c o m .b r

Jornal Comunidade Ativa Edição 71 - Março de 2013  

Publicação da Associação dos Moradores do Bairro Anchieta - Amoran

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you