__MAIN_TEXT__

Page 1

Polo São Gabriel/RS - Edição especial / 2017

Biblioteca resiste ao mundo digital

Antigo hábito de frequentar bibliotecas e ter ficha de leitura se mantém no interior TEXTO E FOTO: LUCIANA DALL’ONDER

Em um mundo altamente tecnológico e digital alguns costumes antigos acabaram perdendo espaço. Smartphones, tablets, laptops e outras ferramentas portáteis surgiram para poupar-nos tempo e agilizar as coisas em uma rotina que, cada vez mais, exige respostas em tempo real. Ainda assim, em cidades do interior, mesmo com todo o acesso digital, alguns hábitos não se perderam e, pelo contrário, são ainda muito valorizados. Um forte exemplo disto mostra-se imponente e altivo numa construção do século XVIII na esquina da Praça Fernando Abbott em São Gabriel, no interior do RS. A Biblioteca Pública Municipal, com seu acervo de dezessete mil livros, resiste bravamente ao advento virtual do século XXI.

Tradição oriental na terra Horta orgânica se destaca na cidade LUCIANA DALL’ONDER

Em meio a um mar verde, que de longe já encanta pelo capricho, um velho chapéu de palha some e reaparece, movendo-se lentamente entre as folhas de pés de couve. O chapéu protege do sol o rosto do agricultor Toshiji Iwai. Ela passa horas na horta planejada em seu pátio, em São Gabriel, retirando cada mato que possa atrapalhar o crescimento da plantação. As mãos sujas de terra fazem em dias o que uma pulverização de agrotóxicos faria em poucas horas. Iwai cultiva seu pedacinho terra sozinho e produz muitos dos produtos que são consumidos na mesa dos gabrielenses. O agricultor japones, mora em SG há 50 anos e ainda fala português com

Localizada em um sobrado tombado pelo patrimônio histórico, o prédio, que abrigou Dom Pedro II, hoje dá guarida para livros e amantes da leitura que buscam o local, em sua maioria, para fazer fichas de leitura e poder levar alguns exemplares para casa.. Maria de Lurdes, aposentada de 54 anos é uma frequentadora assídua da Biblioteca: “Gosto de vir aqui. Nada desta tecnologia atual se compara ao charme de uma biblioteca”, diz ela enquanto escolhe seu próximo romance. Além do vasto acervo, exposto nas inúmeras estantes dispostas e duas salas grande do antigo sobrado, o local

abriga hoje um local para exposições de arte, contações de história, saraus de música e outras apresentações. São a arte e a cultura pulsando em local histórico da cidade. Segundo Elisabete Carrara, funcionária da Biblioteca há 6 anos, o hábito da leitura em livros físicos não morrerá: “A tecnologia é bem vinda, porém a força de ter um livro nas mãos, a sensação de cada virar de páginas, o cheiro, as emoções que esse “punhado” de folhas e histórias nos trazem, resistirá eternamente”, diz ela, com palavras quase poéticas após um suspiro esperançoso.

Acervo de 17 mil livros da Biblioteca Pública Municipal de São Gabriel é bastante valorizado pelos moradores

Foto: Luciana Dall’Onder

dificuldade. A calma e simpatia disfarçam bem os 80 anos de vida. O homem de fala mansa revela com simplicidade que não precisa de muito para ser feliz: “Meu filho queria que eu morasse num apartamento, mas eu não consigo viver trancado. Gosto de acordar antes do sol e ouvir os pássaros. Sou como eles: livre e feliz”, diz Iwai. Do pedaço de terra saem produtos que abastecem mercados da cidade, e terminam o ciclo no prato dos clientes. O agricultor ainda comercializa as hortaliças numa feira de produtores. A saúde da lavoura é resultado de décadas de trabalho e técnicas tradicionais passadas de geração em geração, e que seu Iwai preserva. Para garantir alta produtividade sem uso de agrotóxicos, ele combina culturas ancestrais que se complementam, usa espécies que afugentam pragas e produz o próprio adubo. Tradição oriental que resiste ao tempo e valoriza a cultura, a terra e o homem que escolheu São Gabriel para aplicar sua sabedoria japonesa na agricultura e sobre a vida.

Seu Iwai preserva a antiga cultura da agricultura oriental e produz hortaliças de qualidade, sem o uso de agrotóxicos

Profile for ComunicArte

Jornal comunicarte luciana 96  

Jornal comunicarte luciana 96  

Advertisement