Issuu on Google+

UFABC Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC - Novembro de 2012.

N.20

Por um mundo melhor: sustentabilidade, ciência e tecnologia se unem em evento na UFABC

Oportunidades: Feira de estágio na Universidade

"Muito Além do Nosso Eu": UFABC recebe palestra de Miguel Nicolelis

Na Direção Oposta: Brasil se torna destino acadêmico de estudantes do mundo todo

Para Todos: 2.500 estudantes conhecem atividades da UFABC


Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Sustentabilidade e ciência e tecnologia se encontram na UFABC

Na esteira das discussões levantadas pela conferência Rio +20, a edição da Semana de Ciência & Tecnologia deste ano teve a economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza como temáticas principais. Um conjunto de ações e eventos em todo o Brasil dá forma à semana, que ocorre anualmente. O objetivo das iniciativas é “estimular atividades de difusão e de apropriação social de conhecimentos científicos”, segundo o site da semana. Na UFABC, os temas da semana ganharam visibilidade no formato de iniciativas como a Feira de Ciências, a exposição Sementes da Esperança e a Oficina de Educação Ambiental. Na feira, alunos do oitavo e nono ano do Ensino Fundamental e estudantes do Ensino Médio apresentaram o resultado de suas pesquisas nas áreas de Física, Química e Biologia. O melhor trabalho proporcionou aos autores uma bolsa de iniciação científica júnior, além da vaga garantida na FEBRACE 2013, tradicional Feira Brasileira de Ciências e Tecnologia da Poli-USP. “O foco da feira é mesmo iniciar os estudantes no fazer científico. O cunho investigativo dos trabalhos é excelente”, avaliou o professor Marco Antonio Bueno Filho, membro do grupo organizador da feira. A estratégia funcionou para Carlos Alberto da Silva Junior, de 16 anos. Aluno de ensino médio e da escola técnica Júlio de Mesquita, Junior, que já pensava em estudar na UFABC, aprovou a estrutura da Universidade que agora conhece por dentro. “Fizemos parte de nossa pesquisa aqui na UFABC, por não ter acesso ao material do trabalho em outro lugar”, contou.

Educação ambiental Difundindo a ideia de desenvolvimento econômico combinado à preservação do meio ambiente, a exposição Sementes da Esperança e a Oficina de Educação Ambiental incentivaram o público a participar do evento na UFABC. Na exposição, painéis revindicavam modos de produção de riquezas sustentáveis. A oficina propunha que os visitantes passassem por uma experiência tátil. De olhos vendados e descalços, deveriam trilhar um caminho em que teriam contato com o processo de dilapidação das riquezas naturais. Apalpariam diferentes espécies de plantas até chegar ao lixo produzido pelo avanço tecnológico. De modos diferentes, ambas iniciativas tangenciaram a necessidade de o ser humano desatar o nó em que o progresso material vem necessariamente acompanhado de destruição das riquezas naturais. Uma reivindicação necessária atualmente.


Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Feira de estágios da UFABC aproxima alunos e empresas

Foto: Mariana Lopes

Alunos da UFABC e de outras instituições de ensino da região conheceram melhor grandes empresas e oportunidades de estágio na primeira Feira de Estágios da UFABC, realizada nos dias 3 e 4 de outubro, no Câmpus Santo André. A UFABC Jr. esteve presente na feira divulgando suas atividades e realizando contatos com as empresas participantes. Durante o evento, mais de três mil vagas de estágio foram oferecidas por empresas e entidades como Ambev, General Electric, Air Liquide, Dow, PricewaterhouseCoopers, Fundap, Citibank, Tegma, Serasa, AIESEC, CIEE e Top Oportunidades. A empresa Mitsubishi apresentou seu programa de estágio durante a feira. Para o professor Evandir Megliorini, coordenador do Comitê de Estágios, e a técnica administrativa Maria Estela Conceição de Oliveira de Souza – organizadores do evento –, a feira superou as expectativas em relação ao número de visitantes e atingiu o objetivo de apresentar as tendências do mercado de trabalho. “A Feira de Estágios aproxima a universidade e as empresas, que passam a conhecer o potencial de nossos alunos. Também contribui na aproximação entre os alunos e o futuro empregador, abrindo possibilidades de carreira”, afirmou o professor. É o caso da estudante da UFABC, Bianca Nonis, que participou do evento e se inscreveu para vagas de estágio. “Consegui manter contato direto com boas empresas e conheci melhor o trabalho de cada uma delas. Também vi de perto como posso ter mais experiência profissional”, disse. Para os expositores, o evento conseguiu divulgar as atividades da Universidade e o perfil dos discentes da UFABC, que visitaram estandes e lotaram as palestras apresentadas por profissionais das empresas participantes. O interesse e a participação dos estudantes chamaram a atenção da representante da Dow,

Juliana Brota. “Os alunos são curiosos para conhecer a empresa e demonstram muita vontade de trabalhar”, disse. Nos dois dias de evento, ela cadastrou cerca de 500 alunos interessados nas oportunidades de estágio. A opinião de Juliana foi compartilhada por outros expositores, como Michele Simplício, do Citibank. “Os alunos me surpreenderam bastante e a feira também, principalmente por ser a primeira edição”, disse. Ela afirmou que seu estande teve 50% a mais de visitantes do que em outras feiras de estágios. Já Edileuza Rodrigues, gerente de Recursos Humanos da Air Liquide, além de se surpreender com a participação dos alunos, encontrou na UFABC futuros profissionais. “O curso de Engenharia Biomédica é essencial para nossa empresa. Com ele, temos uma grande oportunidade para encontrar estagiários e estabelecer parcerias com a Universidade”, declarou. Ícaro Pupo, que estuda na UFABC, aprovou a organização do evento e já aguarda a próxima edição da Feira de Estágios. “Os expositores são muito bons e espero que, no ano que vem, o espaço seja ainda mais aproveitado e tenha mais estandes”, afirmou.

Foto: Mariana Lopes


Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Alunos de ensino médio da região do ABC e de Santos visitam a UFABC na Semana da Ciência e Tecnologia Cerca de dois mil e quinhentos estudantes de Ensino Médio conheceram de perto as atividades e o ambiente acadêmico da Universidade durante a terceira edição do “UFABC Para Todos”, realizado nos dias 18 e 19 de outubro durante a Semana da Ciência e Tecnologia. O evento levou ao câmpus de Santo André alunos de 23 escolas da rede pública e cinco escolas privadas de ensino do ABC. Além destas instituições da região, a Universidade também recebeu visita de alunos da cidade de Santos, do litoral paulista. Realizado durante horário de aula, o “UFABC Para Todos” permitiu a interação entre visitantes e a comunidade acadêmica. “Os alunos viram as atividades realizadas na Universidade e também alguns dos cursos oferecidos. O estande de robótica e da engenharia aeroespacial foram os que mais chamaram a atenção deles”, afirmou a técnica administrativa Glória Maria Merola de Oliveira, da Pró-reitoria de Extensão, setor responsável pela realização do evento. Além da atuação dos servidores da PROEX, que participaram ativamente durante os dois dias, o evento contou com a colaboração de servidores de outras áreas como ProGrad, ProAp, entre outras, bem como estudantes da UFABC, que apresentavam aos visitantes o projeto pedagógico, os cursos oferecidos e realizavam experiências em laboratórios. Mas o “UFABC Para Todos” não se limitou a questões acadêmicas e também mostrou para os alunos como a Universidade pode se tornar um ambiente para aprender e ter novas experiências de vida. Exemplo disso foi a apresentação de dança realizada durante o evento, que levou visitantes, discentes e servidores a dançar forró no piso vermelho. Durante a visitação, os alunos de ensino médio também tiveram oportunidade de visitar a exposição “Sementes da Esperança”, a “Experiência Rio+20” entre diversas palestras e atividades ministradas por ex-alunos, alunos, professores e servidores TA’s da instituição. O projeto “Batuclagem nas Escolas” também foi sucesso entre os visitantes.

“MUITO ALÉM DO NOSSO EU”

IEEE traz Miguel Nicolelis para palestra em São Bernardo O ramo estudantil do IEEE da UFABC, em parceria com a Universidade, promoverá no início de dezembro uma palestra com Miguel Nicolelis, pesquisador brasileiro, considerado pela revista “Scientific American”, um dos 20 maiores cientistas do mundo no começo da década passada. Diretor do Laboratório de Neuroengenharia da Universidade de Duke nos Estados Unidos, ele produziu mais de 200 estudos sobre os mecanismos cerebrais e a possibilidade de que cérebro e robôs possam trabalhar juntos. O tema da apresentação do neurocientista será “Muito Além do Nosso Eu” em que ele explica como a conexão entre cérebro e máquina está prestes a se tornar realidade. A palestra acontece em 3 de dezembro, das 14 às 17 horas, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe) – Av. Dom Jaime de Barros Câmara, 201, Bairro Planalto, em São Bernardo. No dia da palestra, os organizadores promoverão a coleta de um 1 Kg de alimento não perecível para doação a bancos de alimentos da região.


A nova rota acadêmica

Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Antes apenas destino eventual de férias, Brasil começa a ser visto como lugar para estudar Eles raramente passam despercebidos. Seja pelo tom da pele, sotaque ou hábitos, os estudantes estrangeiros são facilmente identificáveis na sala de aula de qualquer universidade brasileira. Acostumado a ver seus estudantes buscando aprimoramento profissional no exterior, o Brasil passa agora também a se tornar destino acadêmico de alunos do mundo todo. Os alunos vindos de fora se dividem basicamente em dois grupos. O primeiro, além da vida acadêmica, está em busca de novas experiências em um país considerado exótico na Europa e Estados Unidos. Muitos deles decidem estudar em instituições que confirmam os melhores estereótipos associados ao Brasil e por isso fixam residência em cidades à beira-mar, em regiões onde o calor está no clima e na receptividade local, como no caso do Nordeste. Outros, oriundos de regiões menos desenvolvidas, vêm em busca da formação acadêmica que não teriam em seus países. Alba Trujilo deixou a Colômbia há dois anos para se matricular no mestrado em Física da UFABC. Aqui a sua área de atuação permite o vislumbre de melhores perspectivas profissionais e acadêmicas. “Na Colômbia, teria como opção apenas dar aulas. No Brasil, tenho um campo maior para atuar em pesquisa”, explica a

estudante, que quer continuar desenvolvendo trabalhos em computação quântica ao final do mestrado. Satisfeita com o nível de ensino da Universidade, ela pretende também cursar o doutorado na UFABC. O bom momento da economia brasileira aliado à expansão do ensino superior no país também serve de atrativo para os estudantes vindos da América do Sul como Alba. O desafio agora é manter o boom econômico ao mesmo tempo em que a reputação acadêmica das instituições nacionais se consolida a ponto de o país figurar como opção para estudantes que vão do turista incidental ao aluno caxias.

Plenárias dos bacharelados interdisciplinares contam com representação discente As vagas para discentes nas plenárias dos bacharelados em Ciência e Tecnologia e em Ciências e Humanidades foram preenchidas com os alunos que se inscreveram para participar do processo eletivo. Como o número de candidatos não superou o de vagas e não houve ocorrência de qualquer recurso, houve a homologação dos nomes com inscrição deferida. As plenárias fazem parte das estruturas organizativas dos cursos de graduação e têm como atribuições: propor diretrizes gerais do Projeto Pedagógico, atualizar matriz curricular, analisar a programação anual das disciplinas e eleger o coordenador, o vice-coordenador e os membros que comporão as coordenações de curso. Esses colegiados são formados pelos docentes credenciados no respectivo curso e têm 20% das vagas reservadas para estudantes e 10% para técnicos administrativos.

Representação discente nas plenárias

BC&T

Anderson de França Queiroz, Bruna da Silva Magno, Gabriel Camargo de Carvalho, Ivaldo Pessoa de Araujo Rodrigo Thiago Passos Silva, Thiago Godoy de Oliveira e Tiago Lopes Santos

BC&H

Jefferson Cardoso da Silva, Alexandre Henrique Luppe de Matos, Bárbara Crisia Silva Mattos, Renan Costa Viana, Ronaldo Galdino, Beatriz Soares Benedito, Ana Flávia Souza Aguiar, Lucas Dorado de Lima, Jessica Tavares Cerqueira, Bruna Ferraz Braga, Leonardo Dworachek Asencio e Elber Pergentino Almeida


Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Encontro discute legado da Copa do Mundo 2ª edição do Simpósio de Pesquisa do Grande ABC volta a reunir professores, alunos e pesquisadores

Resultado da articulação entre as universidades da região, o Simpósio de Pesquisa do Grande ABC chega à segunda edição utilizando como sede o Centro de Formação dos Profissionais da Educação - Cenforpe, em São Bernardo do Campo. O evento é organizado pelas universidades Metodista, Fundação Santo André, Universidade Federal do ABC, FEI, Instituto Mauá, USCS e Faculdade de Medicina do ABC. Além de reunir trabalhos das instituições de ensino superior da região que se dedicam à pesquisa, o simpósio é também um espaço para o intercâmbio acadêmico entre professores, estudantes e pesquisadores. Representantes de agências de fomento e empresas também estarão presentes. Participante da edição do ano passado com um trabalho sobre o mercado internacional de carbono, a aluna do BC&H Bárbara Crisia volta neste ano com um pôster que trata da política nacional sobre mudanças no clima. “Os trabalhos dialogam um com o outro, mas o último estava mais focado na área de economia. Esse aborda políticas públicas”, explica Bárbara. Segundo ela, abrir portas para a reunião de estudantes e pesquisadores profissionais não é o único mérito do evento. “Com o simpósio, nossos trabalhos não ficam na gaveta. Apresentamos para um número maior de pessoas e nossos trabalhos não são vistos apenas pelos professores”, afirmou. As palavras de Bárbara valem não só para alunos como ela, mas também para professores e pesquisadores de toda a região. Vale a pena aguardar o resultado.

Os impactos que a Copa do Mundo no Brasil terá em setores como transporte, moradia, infraestrutura, lazer, educação e segurança serão debatidos no encontro “Copa do Mundo 2014: Impactos e Legado”. A proposta é avaliar como um megaevento como esse, realizado com elevados investimentos, pode trazer benefícios prolongados e priorizar uma maior qualidade de vida para os cidadãos. Professores de instituições de ensino superior de todas as regiões do Brasil participarão desse encontro que acontece em 3 de dezembro, às 15 horas, no Bloco Alfa do Câmpus São Bernardo. Esse encontro faz parte da sequência de discussões promovidas pelo programa de debates “DESIGUALDADE REGIONAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS”. Outras informações: desigualdaderegionalufabc. wordpress.com


Comunicare Alunos • Informativo Interno da Fundação Universidade Federal do ABC • Novembro de 2012 Nº 20 • Envie suas sugestões para comunicacao@ufabc.edu.br

Encontro integra alunos de Iniciação Científica da região do ABC De 27 a 30 de novembro, a UFABC sediará a segunda edição do Encontro de Iniciação Científica, que reúne o 5º Simpósio de Iniciação Científica da UFABC e o 7º Congresso de Iniciação Científica da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). O evento contará também com a participação de alunos selecionados de outras cinco instituições de ensino superior da região do ABC (Centro Universitário Fundação Santo André, Centro Universitário da FEI, Universidade Metodista de São Paulo, Faculdade de Medicina do ABC). Diferentemente do ano passado, tanto a USCS como as instituições convidadas terão os trabalhos de seus alunos inseridos nos seis eixos propostos pela UFABC: Comunicação e Informação, Representação e Simulação, Energia, Estrutura da Matéria, Humanidades e Processos de Transformação. Haverá premiação para os alunos da UFABC que alcançarem os primeiros e segundos lugares em cada eixo. A abertura e o encerramento acontecerão, respectivamente, nos dias 27 e 30, às 16 horas, no Auditório 111-0 do Bloco A do Câmpus Santo André. As apresentações dos pôsteres serão no piso térreo de 27 a 29/11 das 16h30 às 18h30. Outras informações: propes.ufabc.edu.br ou ic.ufabc.edu.br

Transporte de refeições garante serviço de RU em São Bernardo

Alunos elegem representantes em Conselho do CECS Cinco chapas disputam duas vagas para discentes da graduação no Conselho do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS) em eleições entre seus pares, marcadas para 6 de novembro. Não houve inscritos para as vagas destinadas a alunos de pósgraduação. Esse colegiado é o órgão deliberativo do Centro para os assuntos de administração, ensino, pesquisa e extensão, integrado pelo respectivo diretor e vice-diretor, coordenadores de cursos, representantes docentes, discentes e dos técnicos administrativos. Mais informações em

Os serviços do Restaurante Universitário no Câmpus São Bernardo funcionam de segunda à sexta-feira das 11h00 às 14h00 e das 17h30 às 19h30. Com o prosseguimento das obras nas dependências da cozinha industrial, as refeições são preparadas no Câmpus Santo André e levadas até o Bloco Gama para atender os alunos e servidores de São Bernardo. Esse sistema está em funcionamento desde 1º de outubro, quando os cerca de mil alunos da UFABC que frequentam o novo câmpus passaram a contar com o RU.

cecs.ufabc.edu.br EXPEDIENTE Produção: Assessoria de Comunicação e Imprensa • comunicacao@ufabc.edu.br Edição, Redação e Revisão: Alessandra de Castilho • Denilson R de Oliveira - MTb: 54421 • Maria Eunice R do Nascimento • Vanessa do Carmo Editoração: Edna A Watanabe • Isabel B L.Franca • Leandro F Lima • Sandra F Santos


Comunicare Alunos 20