Page 1

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

BOLETIM INTERNO

8º DEPPC em Governador Valadares


A

presentamos nesta edição um novo formato de Boletim Interno cheio de novidades e procurando mos-

trar com responsabilidade todo o trabalho da Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares e região. Buscamos uma maior integração em todas as áreas, cons-

EDITORIAL

tante formação e reciclagem do efetivo. O boletim vem apresentar o trabalho desenvolvido de repressão qualificada ao crime em todos os 58 Municípios pertecentes a cisrcunscrição do 8º Departamento. A questão da violência esbarra em vários fatores, mas a Polícia Civil diuturnamente trabalha no sentido de diminuir a impunidade assim desistimulando a criminalidade em nossa região.

Dr. Fábio de Sousa Henrique

Delegado-Chefe do Departamento de Polícia Civil em Governador Valadares

2

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


SUMÁRIO 04 POLÍCIA CIVIL AUTUA EM FLAGRANTE SUSPEITA DE HOMICÍDIO EM QUATITUBA 05 POLÍCIA CIVIL INTEGRA COMITÊ DE GESTÃO DE CRISE EM GOVERNADOR VALADARES 06 POLÍCIA CIVIL PARTICIPA DE DESMOBILIZAÇÃO DE CAMINHONEIROS E REFORÇA A FISCALIZAÇÃO CONTRA A PRÁTICA DE PREÇOS ABUSIVOS

13 POLÍCIA CIVIL EM FREI INOCÊNCIO APREENDE ARMA DE FOGO E PRENDE SUSPEITO 14 PCMG EM GOVERNADOR VALADARES REALIZA APLICAÇÃO DE PROVAS FINAIS DO 1º CURSO DE CHEFIA E APERFEIÇOAMENTO POLICIAL/2018 15 IML 16 AGENDA POSITIVA

DENUNCIE Polícia Civil

197

DISQUE DENÚNCIA

181

17 PERMUTAS 18 DATAS COMEMORATIVAS

08 POLÍCIA CIVIL INDICIA SUSPEITOS POR HOMICÍ- 19 DIO EM ANIVERSARIANTES GOVERNADOR VALADARES 12 POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM POR USO DE DOCUMENTO FALSO

8º DEPARTAMENTO DE POLÍCIA CIVIL

DISQUE DENÚNCIA pessoas desaparecidas

0800-2828-197 EXPEDIENTE

EM GOVERNADOR VALADARES Endereço: Av. Minas Gerais, 2100 - 3º andar Maria Eugênia | Governador Valadares - MG CEP: 35057-760 Telefone: (33) 3213-3617/3618 E-mail: comunicacaopoliciacivil@gmail.com Facebook: Ascom Departamento Pcmg - gv Horário de Funcionamento: segunda a sexta das 08h às 18h

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

Coordenação: Dr. Fábio de Sousa Henrique Edição: Ana Maria Bretas/ Jussara Meirely Martins Diagramação: Ana Maria Bretas Revisão: Jussara Meirely Martins Imagens: ASCOM Todo material é produzido com base nas informações repassadas pelas Delegacias Regionais e Regionadas pertencentes ao 8º DEPPC

3


POLÍCIA CIVIL AUTUA EM FLAGRANTE SUSPEITA DE HOMICÍDIO EM QUATITUBA

N

esta terça-feira (29) a Polícia Civil de Minas Gerais em Resplendor ratificou a prisão em flagrante de L. C. R., 29 anos suspeita da autoria do homicídio de seu ex-companheiro Clemilson de Souza Ferreira, 17 anos em Quatituba, distrito de Itueta. A suspeita L. C. R. deslocou de Itueta para Quatituba, rumo a residência de Clemilson, após as 3h30min onde teria iniciado uma discussão com a mãe da vítima, em seguida com a atual sogra e por fim com Clemilson no qual teria desferido dois golpes com arma branca contra as costas da vitima que progrediu ao óbito no hospital local. A suspeita evadiu do local sendo localizada na residência de uma amiga em Itueta. Durante a coleta das provas testemunhais a Delegada Titular em Resplendor Dra. Dulcilaine Alcântara confirmou a veracidade dos fatos e em interrogatório a confissão da suspeita. L. C. R. foi autuada em flagrante delito e encaminhada ao presídio de Resplendor onde permanecerá à disposição da Justiça.

Divulgação: PCMG

4

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


POLÍCIA CIVIL INTEGRA COMITÊ DE GESTÃO DE CRISE EM GOVERNADOR VALADARES Informamos que a Chefia da Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares integra o comitê de gestão de crise em face ao cenário desencadeado pelo movimento dos caminhoneiros. Na tarde desta terça-feira (29) durante reunião do Sistema de Controle Operações decidiu de forma conjunta com os demais membros os 9 postos que receberam combustíveis em Governador Valadares. BR116 Posto Planalto II Região Avenida JK Posto Avenida Posto Belo Vale

Região Bairro Altinópolis Posto Século XXI Região Bairro Vila Isa Posto São Raimundo Região Centro

Posto Shopping Posto Marechal Posto da Ilha Região Grã Duquesa Posto Grã Duquesa

Conforme deliberação em reunião o combustível dos referidos postos prioriza o abastecimento de viaturas, ambulâncias seguindo com o abastecimento ao restante da população após garantir os serviços básicos de segurança pública, urgência e emergência. A Polícia Civil em Governador Valadares neste momento procura garantir suas atividades como polícia judiciária uma vez que se trabalha com prazos legítimos e improrrogáveis além dos serviços de remoção de corpos e perícia criminal. “Neste período a Polícia Civil está com atenção redobrada aos preços que os postos de combustível estarão praticando a fim de evitar preços abusivos o que configura crime contra a economia popular com pena de 2 a 10 anos de reclusão ”, finaliza Dr. Fábio de Sousa Henrique chefe do Departamento de Polícia Civil em Governador Valadares. Participaram da reunião do SCO, a Polícia Civil de Minas Gerais representada pelo Delegado-Chefe do Departamento Fábio de Sousa Henrique e pelo Delegado Gean Vitor Fanti além de representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público e proprietários de Postos e Distribuidora de Combustíveis da cidade.

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

5


POLÍCIA CIVIL PARTICIPA DE DESMOBILIZAÇÃO DE CAMINHONEIROS E REFORÇA A FISCALIZAÇÃO CONTRA A PRÁTICA DE PREÇOS ABUSIVOS

O

Sistema de Controle de Operações que compõe o comitê de gestão de crise em Governador Valadares, em reunião na manhã desta quarta-feira (30), tomou ciência de que alguns caminhoneiros estavam sendo coagidos a permanecerem mobilizados nos pontos próximos a Governador Valadares. Mediante tal informação, foi montada uma comissão composta pela Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público que se deslocou até os pontos de mobilização a fim de esclarecer junto às lideranças do movimento a cerca do crime que supostamente estaria sendo praticado. O Delegado Chefe do 8º Departamento de Polícia Civil, Dr. Fabio de Sousa Henrique, designou um equipe composta por Delegados e Investigadores, inclusive membros da Agência de Inteligência do Departamento, que juntamente com os representantes das demais instituições integrantes do SCO esclareceram e conseguiram sensibilizar os motoristas da necessidade e de ser voluntario seguir viagem e àqueles que desejassem seguir viagem, o comitê de gestão de crise iria garantir a escolta até Teófilo Otoni (BR-116) e até Ipatinga (BR-381), com o compromisso de difundir nesses municípios o êxito da ação do Comitê, de forma a dar fluxo ao

6

retorno dos caminhoneiros que aderirem essa desmobilização. Com a intervenção do SCO a maioria dos caminhoneiros presentes, cerca de 800, se manifestou com interesse em seguir viagem e que estes deixariam os pontos onde estão parados até o próximo sábado. Dr. Fábio Henrique salienta que “com a desmobilização dos caminhoneiros em nossa região acreditamos que até o início da semana que vem já seja reestabelecida a ordem no município e a Polícia Civil em Governador Valadares está com efetivo de prontidão para garantir o quanto antes essa normalização”. Após o êxito da desmobilização junto aos manifestantes, a pauta da reunião do SCO na parte da tarde foi com relação à fiscalização dos preços a serem praticados por empresários do ramo de água mineral, gás de cozinha e do combustível. No intuito de inibir a prática de preços abusivos dos referidos produtos, foi montada uma força tarefa composta pela Polícia Civil, Ministério Público e Prefeitura Municipal de Governador Valadares por meio do PROCON a fim de fiscalizar os preços praticados no mercado nesse período pós-crise.

Civil estava atento a possíveis abusos de preços e a incorrência em crime contra a economia popular por aqueles que o praticarem. “A Agência de Inteligência do Departamento de Governador Valadares juntamente com a Delegacia Regional em Governador Valadares através da Delegacia de Defesa do Consumidor, estará com atenção redobrada e trabalhando na fiscalização dos preços praticados durante esse período. Pedimos a colaboração de todos, ligue e denuncie. Não tolere o abuso econômico por meio da majoração dos preços nesse momento de crise. Quem pratica crime contra a economia popular está sujeito a uma pena de 2 a 10 anos de reclusão”, finaliza Dr. Fábio de Sousa Henrique, Delegado-Chefe do Departamento de Polícia Civil em Governador Valadares e membro do Sistema de Controle de Operações.

O Delegado-Chefe Fábio Henrique durante coletiva realizada na tarde de ontem (29) já havia exposto que o efetivo da Polícia

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


Divulgação: PCMG Divulgação: PCMG

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

7


POLÍCIA CIVIL INDICIA SUSPEITOS POR HOMICÍDIO EM GOVERNADOR VALADARES

N

esta terça-feira (05) a Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares através da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas – DHPP esclareceu o desaparecimento de Edimilson Alves Fernandes, 43 anos apresentando quatro suspeitos do homicídio, a vítima teria sido dada como desaparecida no dia 2 de março do ano corrente nesta urbe. Segundo Delegado Dr. Luciano Cunha de Lima em coletiva à imprensa as investigações acerca do desaparecimento foram de aproximadamente 80 dias para esclarecimento do homicídio. No curso das investigações a Autoridade Policial representou pelo mandado de prisão temporária em desfavor de Theophilo Gonçalves da Cunha Neto, 22 anos; Uildo Alves Rodrigues, 43 anos, conhecido como “Branco”; Rossini Alves Dias, 38 anos suspeitos da prática do homicídio sendo estas convertidas em prisão preventiva posteriormente. Informações contidas no bojo do inquérito policial corroboraram para representação da prisão preventiva em desfavor de Larissa Modesto da Silva, 26 anos, esposa de Theophilo, sendo esta expedida pela Justiça e cumprida na data de ontem segundafeira (4). Divulgação: PCMG

O DESAPARECIMENTO No sábado (3) de março deste ano corrente a cônjuge V. C. F., 37 anos de Edimilson Alves Fernandes, 43 anos compareceu a Delegacia de Polícia Civil nesta urbe relatando que seu marido estava desaparecido desde a noite anterior. De acordo com V. C. F., seu esposo recebeu uma ligação telefônica por volta de 21:10h de um

8

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


homem solicitando a entrega de um gás de cozinha do seu estabelecimento comercial, a vítima teria falado que seria uma entrega rápida, nas proximidades do estabelecimento, contudo, não teria retornado. Ainda segundo a esposa Edimilson teria se deslocado em uma motocicleta cargo na cor branca, trajando camisa na cor nude e bermuda colorida. A partir do registro da ocorrência a Polícia Civil iniciou as investigações a fim de localizar o desaparecido. Passado o interstício de 72 horas, a Polícia Civil mudou o curso das investigações trabalhando a hipótese de homicídio. O CURSO DAS INVESTIGAÇÕES Após 80 dias intensas investigações a DHPP concluiu através de elementos preponderantes de que o caso não se tratava de desaparecimento, mas sim, do crime de homicídio. As investigações contaram com o apoio da Agência de informações e Inteligência do Departamento de Polícia em Governador Valadares que procedeu analise de todos os dados coletados durante a investigação com Autorização Judicial podendo definir que houve o envolvimento de uma ou mais pessoas durante a ação criminosa, como o (s) suspeitos tiveram acesso a vítima e que não se tratava de desaparecimento. De acordo com Delegado Dr. Luciano Cunha, Edimilson foi vítima de uma emboscada quando recebeu um telefonema para ser retirado de casa e, poucos minutos após deixar sua residência, ninguém mais conseguiu contatá-lo ou teve notícias do seu paradeiro. Por meio de diligências a Polícia Civil tomou conhecimento que a vítima teria sido atraída e executada por dois irmãos Uildo e Rossini, ex-agentes penitenciários, no interior de um galpão situado no bairro Nova Vila Bretas, localizado na parte de trás da residência de Theophilo, sendo este um dos suspeitos da prática do crime. Segundo levantamento da Agência de Inteligência a última localização de Edimilson na noite do seu desaparecimento foi na frente deste galpão, situado a trezentos metros da residência da vítima, motivo pelo qual afirmou a sua esposa que a entrega seria rápida. Ainda segundo as levantamentos a ligação telefônica realizada para atrair a vítima de encontro aos seus algozes foi originada do aparelho celular da suspeita Larissa. Em depoimento Uildo alegou que na hora do desaparecimento de Edimilson, ele teria pegado o carro emprestado com um vizinho E. F. S. J., 30 anos, para levar sua filha ao médico, teria passado em uma farmácia comprado uma medicação e ido ao Hospital que estaria superlotado, não aguardando atendimento, teria ido para sua residência dormir. Fato este que teria sido contradito pela sua esposa, que disse que estava em casa com suas filhas, quando no horário referido por Uildo, recebeu uma ligação do vizinho procurando por seu esposo, pois ele estaria com o carro do mesmo.

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

9


E. F. S. J., em oitiva afirmou que emprestou o carro para Uildo para levar sua filha ao médico e que o devolveria em meia hora, contudo, devido a demora entrou em contato com a esposa de “Branco” que o informou que seu esposo não estava em casa e que nenhuma de suas filhas estaria precisando de atendimento médico, desconhecendo o paradeiro dele. Ainda segundo ele, seu carro foi devolvido por Rossini, irmão de “Branco”, em condições adversas, após quatro horas, com os bancos molhados, com exceção do carona, galhos agarrados e arranhões indicando que o mesmo possivelmente teria transitado em estrada de terra e com mato. Em testemunho, Rossini alegou que das 20h as 23:30h estava no “monte” orando com um pastor, mas segundo este último, as orações só iniciam após as 22h, desmentindo a versão do suspeito. O pastor afirmou que sempre pegava Rossini em sua residência e que por diversas vezes, ao retornarem das orações a pedido deste o deixava na residência de Theophilo para conversarem. Pelos elementos de informações constantes nos autos foi possível perceber o efetivo envolvimento de Rossini na prática criminosa sendo que o mesmo esteve no “monte” orando entre 22:00 às 23:00 horas, contundo, não o impediu de efetivamente participar do homicídio de Edimilson, considerando que este foi possivelmente capturado às 21:22h, quando acaba a sincronização de seu aparelho de telefone celular, sendo o automóvel, muito provavelmente utilizado para “desova” do corpo, por isso sua devolução só foi feita E. F. S. J. após à 01:00h. A Perícia Criminal realizou teste com luminol no veículo possivelmente usado pelos algozes, contudo, não foi encontrado vestígios de sangue no mesmo, isso porque possivelmente a vítima tenha sido morta por asfixia, por enforcamento, afim de não causar alarde. As investigações continuaram no intuito de localizar vestígios que levassem aos restos mortais e a motocicleta da vítima. A MOTOCICLETA No dia 25 de abril (quarta-feira), a Polícia Civil recebeu informações através do irmão de Edimilson, que a moto estaria na lagoa de uma propriedade rural, nas proximidades da BR 116. De pronto atendimento, uma equipe da PC se deslocou com apoio do Corpo de Bombeiro, localizando e recuperando a motocicleta que foi encontrada por um pescador. Segundo Autoridade Policial a propriedade rural é difícil acesso, sendo a porteira trancada e que de acordo com o vaqueiro que trabalha no local, há uns 60 dias, teria sido furtado o cadeado da propriedade. A Perícia Criminal foi acionada coletando provas técnicas no local, a motocicleta estava incendiada, ainda assim, sendo possível reconhecer a placa de identificação que seria a mesma da motocicleta que Edimilson usava no dia do desaparecimento. A moto foi encaminhada ao Pátio credenciado pelo DETRAN/MG (Departamento Estadual de Trânsito).

10

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


AS PRISÕES DOS SUSPEITOS No dia 2 de maio (quarta-feira), a Polícia Civil por meio da DHPP realizou diligências para cumprir mandados de prisão em desfavor dos suspeitos Theophilo, que foi preso em sua residência no bairro Nova Vila Bretas. E também cumpriu mandado de prisão e de busca e apreensão em desfavor de Uildo, preso em estabelecimento comercial no bairro Nossa Senhora de Lourdes onde trabalhava como segurança onde foram apreendidos dois aparelhos de celulares. O suspeito, Rossini, sabendo do mandado de prisão em seu desfavor se apresentou no dia 22 de maio (terça-feira) na Delegacia de Polícia Civil, sendo cumprido seu mandado. No dia 04 de junho (segunda-feira), Larissa, tinha em seu desfavor mandado de prisão preventiva e se apresentou na Delegacia de Polícia Civil. Os suspeitos já são conhecidos do meio policial sendo que Uildo responde por processo na comarca de Peçanha devido o indiciamento por tentativa de homicídio duplamente qualificado; Rossini foi preso e condenado, a mais de 05 anos, por comércio ilegal de arma de fogo, tendo deixado o presídio no início de novembro de 2017; Theophilo, apesar de não possuir condenação é suspeito no envolvimento de crime de roubo majorado praticado em um Posto de Combustível no bairro Vila Isa, nesta urbe o qual contou com o envolvimento de sua esposa Larissa na prática delituosa assim como no crime em que ceifou a vida de Edimilson. Divulgação: PCMG

Os investigados foram presos e encaminhados para o presídio local onde permanecerão à disposição da Justiça. “Os suspeitos foram indiciados por crime de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e crime de dano qualificado por uso de substância inflamável contra o veículo do Sr. Edimilson” finaliza o Delegado Luciano Cunha.

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

11


POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM POR USO DE DOCUMENTO FALSO

A

Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares na manhã desta quinta-feira (07) prendeu um homem de 30 anos na Unidade de Atendimento Integrado (UAI), nesta urbe. Segundo os investigadores A. L. S., 30 anos, estava na UAI tentando confeccionar o Passaporte para o seu filho e apresentou durante seu atendimento uma carteira nacional de habilitação (CNH) a qual apresentava características de falsificação. Ao consultarem no sistema foi constatado que a documentação não estava registrada e que o número do Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH) inexistia. Face às averiguações o suspeito foi conduzido à presença da Autoridade Policial de Plantão Dr. Gean Vitor Fanti. Perante o Delegado, A. L. S. relatou que pagou a importância de R$ 1.200 pelo documento e que por meio de um anúncio na Internet tomou conhecimento de como adquirir e que através de uma ligação fez o pedido do mesmo e após uma semana a pessoa o entregou a CNH na em uma garagem de uma empresa de ônibus. O suspeito não soube precisar o nome da pessoa que lhe vendeu o documento e nem ao menos suas características físicas apenas enfatizou que conseguiu o contato via internet. O suspeito foi encaminhado ao presídio local onde permanecerá à disposição da Justiça.

12

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


POLÍCIA CIVIL EM FREI INOCÊNCIO APREENDE ARMA DE FOGO E PRENDE SUSPEITO Na tarde de quinta-feira (07), a Polícia Civil de Minas Gerais em Frei Inocêncio cumpriu mandado de busca e apreensão em desfavor de D. R. S., 20 anos. Investigadores de Frei Inocêncio com apoio da equipe da Regional de Governador Valadares realizou diligência na referida cidade para o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência de D. R. S.. Durante as buscas no imóvel foram apreendidos 1 garrucha calibre 32 municiada, um simulacro de arma de fogo de madeira similar a uma garrucha, pinos vazios utilizados para depositar cocaína, aparelho celular bem como outros materiais supostamente utilizados para “dolar” a droga ilícita. Mediante os materiais localizados durante as buscas o suspeito D. R. S. foi preso e encaminhado à Delegacia de Plantão em Governador Valadares na qual o Delegado de Plantão ratificou o flagrante. A operação realizada teve o objetivo de coibir o tráfico de drogas no local, visto que, o suspeito seja capturado e submetido às determinações legais, encerrando as movimentações de substâncias ilícitas naquela urbe. O suspeito foi encaminhado ao presídio de Governador Valadares onde permanecerá à disposição da justiça.

Divulgação: Comando Geral

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

13


PCMG EM GOVERNADOR VALADARES REALIZA APLICAÇÃO DE PROVAS FINAIS DO 1º CURSO DE CHEFIA E APERFEIÇOAMENTO POLICIAL/2018

N

este sábado (9), a Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares através da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais - ACADEPOL realizou aplicação das provas finais do 1º Curso de Chefia e Aperfeiçoamento Policial de 2018, nesta urbe. O Curso acontece duas vezes ao ano e é pré-requisito para promoção aos níveis superiores de cada carreira da Polícia Civil. A prova foi ministrada de 14 às 17h, na Unidade de Atendimento Integrado - UAI, pelos fiscais Letícia Domingos Sena e Stenio Ferreira Flávio Garcia, servidores da ACADEPOL. No total participaram 15 Policiais Civis da PCMG, entre Delegado, Escrivão e Investigador de Polícia. Todo o processo de aplicação das provas foi acompanhado pelo Investigador Antonio Marcos Avelar de Sena, o qual relatou que transcorreu dentro da normalidade.

Divulgação: PCMG

14

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


IML - GOV. VALADARES

HORÁRIOS DE ATENDIMENTOS DO ESTÁGIO DE PSICOLOGIA JURÍDICA NO IML TURNO

2ª FEIRA

MANHÃ

Luana e Mayara

TARDE

Michele

3ª FEIRA

Michele

4ª FEIRA

5ª FEIRA

6ª FEIRA

SÁBADO

Heide e Iara

Marcela e Thaís

Thaís

Mayara ou Heide e Iara

Ana Paula e Denifer

*As estagárias estão sob a supervisão da UNIVALE por meio do professor Roberto Jório

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

15


AGENDA POSITIVA

Documentos Emitidos (Maio/2018)

1ª DPRC Gov. Valadares

2ª DRPC Guanhães

Total

Carteira de Identidade

3.907

1.112

5.019

Carteiras de Habilitação (CNH)

2.746

253

2.999

540

57

597

2.257

460

2.717

Reprovados

Cidades Atendidas

Índice de Aprovação

1.272

Gov. Valadares Itabirinha Conselheiro Pena Aimorés Guanhães Engenheiro Caldas

37%

Licenciamento de Veículos (CRLV)

Registro de Veículos (CRV)

CIRETRAN Banca de Exame de Prática Veicular

Período

25/03 a 25/04

Total de Aprovados Candidatos

2.031

759

*A atualização da Agenda Positiva ocorrerá após o 5º dia útil do mês

16

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


PERMUTAS

Escrivães

Delegado

Cargos

Lotação Atual

Lotação Pretendida

Virginópolis

Gov. Valadares/ 1ª DRPC

Tarumirim

Gov. Valadares

Peçanha

Gov. Valadares

Santa Maria do Suaçui

Gov. Valadares

Peçanha

Gov. Valadares

Daniel Alves de Almeida

Virginópolis

Gov. Valadares

Diego Covre Nascimento

Santa Maria do Suaçui

Gov. Valadares

Virginópolis

Gov. Valadares

Guanhâes

Gov. Valadares

Santa Maria do Suaçui

Belo Horizonte

Litsa Bárbara Corrêa

Peçanha

Gov. Valadares

Roberta Maria Rodrigues do Nascimento

Peçanha

RMBH/Santana do Riacho/ Conceição do Mato Dentro

Gov. Valadares

Ipatinga

Servidor Allan de Souza Ferreira Mattos

Guilherme Machado Neto Mateus Gonçalves da Silva Gomes Blenda Carla Dias de Assis

Investigadores

Carlos Felipe Moreira Braga

Gabriela Fernandes de Souza Prates Jeferson Carlos Pereira Terra

Médico Legista

Júlio César Tadeu Pedrosa

Samuel Mendonça Mendes de Souza

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

17


01 - Dia da Imprensa

03 - Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil 05 - Dia da Ecologia

DATAS COMEMORATIVAS

05 - Dia Mundial do Meio Ambiente 05 - Dia Nacional da Reciclagem 08 - Dia Mundial dos Oceanos 09 - Dia da Imunização 10 - Dia da Artilharia

11 - Dia da Marinha Brasileira 12 - Dia dos Namorados

12 - Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil 13 - Dia de Santo Antônio

14 - Dia Mundial do Doador de Sangue

17 - Dia do Funcionário Público Aposentado 19 - Dia do Cinema Brasileiro 20 - Dia do Vigilante

20 - Dia do Refugiado 21 - Início do Inverno 24 - Dia de São João

25 - Dia do Imigrante

26 - Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas

26 - Dia Internacional de Apoio às Vítimas de Tortura

30 - Dia do Caminhoneiro 18

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018


ANIVERSARIANTES DO MÊS Rosa Angélica Vilela 02/06 Beliny Magalhães Leão 05/06 Alessandro Caetano Moraes 06/06 Mariléia Colen Dutra de Almeida

06/06

Karislayne Gonçalves Ferreira 09/06 Cristiano Márcio Borges de Sá

10/06

Fransilmar K. B. Espíndola 10/06 Thiago Camata Zon 10/06 Rildo Soares 12/06 Lamark Lucio Apolinario 15/06 Carlos Henrique de Oliveira 16/06 Márcio Geraldo do Reverte 16/06 Reinaldo Gonçalves Ferreira 17/06 Artur Aquino Brandão 20/06 Diego Covre Nascimento 24/06 Luiz Carkis de Oliveira Simões

24/06

Marcio Henrique Silva 2 26/06 Juliana Flávia Borges Fiuza 29/06 Júlio César Tadeu Pedrosa 29/06 Evandro Toscano Szablak 30/06

EDIÇÃO 48 - 11 de Junho de 2018

19


“NA POLÍCIA NÃO HÁ LUGAR PARA OS FRACOS, ACOMODADOS E COVARDES. NELA SÓ DEVERÃO PERMANECER OS FORTES E VALENTES”.

Dr. Luiz Soares da Rocha

Boletim interno 48 11 de junho externo  

Nessa publicação são apresentadas as ações do 8º Departamento de Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares que é composto por 58...

Boletim interno 48 11 de junho externo  

Nessa publicação são apresentadas as ações do 8º Departamento de Polícia Civil de Minas Gerais em Governador Valadares que é composto por 58...

Advertisement