Page 1

DINISINA Revista da Escola Secundária de D. Dinis

Canguru Matemático

Título do bloco secundário

Edição Escolar - Setembro de 2011 | Número Dois


Editorial Para os funcionários as expetativas de um ano tranquilo e de consolidação das relações de No início de um novo ano letivo, estamos todos amizade, apoio e orientação dos alunos, com em momento de renovação de expectativas. uma renovada disponibilidade. Para os professores, o desafio do trabalho com Para nós fica a certeza do empenho, dedicação novos alunos e o reencontro de outros; e motivação de todo o corpo docente e não docente para que o processo de ensino/ Para os novos alunos, uma nova Escola, novos aprendizagem se traduza no sucesso que todos espaços, novos amigos, novos professores, novos esperamos. funcionários, novas regras; para os “veteranos” o prazer do reencontro de colegas, amigos, funcio- O bom desempenho escolar só é possível com nários, professores e novas matérias. muito trabalho dos alunos, o apoio dos seus Para os pais e encarregados de educação, a convicção, e também alguns receios, sobre o natural bom desempenho dos seus educandos e a respetiva reação a um novo ano e/ou a uma nova Escola. A fase de crescimento e de desenvolvimento da maturidade dos seus educandos estará ao rubro!

professores e o acompanhamento atento e interventivo dos pais e encarregados de educação. Um Bom Ano escolar! O Diretor

Escritores na D. Dinis Este ano lectivo os alunos da Escola Secundária D. Dinis tiveram o privilégio de contactar com três escritoras. Em Outubro, no âmbito das comemorações do centenário da República, recebemos a escritora Margarida Fonseca Santos, autora de Histórias da República, que os alunos do ensino básico tanto apreciaram. Em Fevereiro, integrado na Semana da Língua Materna, visitou-nos Maria Tereza Maia Gonzalez, autora de A Lua de Joana, um dos romances mais requisitados pelas nossas adolescentes. Em Junho teve lugar um encontro com a poetisa Margarida Morgado, autora de Água Pródiga, que a todos encantou.

tor, ouvir as suas histórias, satisfazer a curiosidade sobre a sua profissão foi seguramente, para os alunos que participaram, uma das experiências mais enriquecedoras deste ano escolar. Filomena Silva

Conversar com um escriPágina 2

DINISINA


Comunidade de Leitores - 25 de Maio - 19.00h - CREAM Decorreu mais uma sessão da Comunidade de Leitores, a terceira, com o objectivo de promover o prazer de ler, estimular o debate, a reflexão e a partilha de experiências tendo como base o texto literário. Enquanto espaço de aprendizagem informal, a Comunidade de Leitores pode considerar-se fundamental na medida em que permite o contacto dos formandos dos Cursos Efa com a Literatura, através da análise e discussão de textos de autores nacionais e estrangeiros. Assim, esta terceira sessão da Comunidade de Leitores analisou e debateu o conto “O Tesouro” de Eça de Queirós tendo recebido a colaboração activa dos participantes, formandos e formadores dos Cursos Efa da Escola Secundária D. Dinis, nomeadamente das turmas Efa A -1 e A-2 e Efa B. Como forma de dinamização da sessão, foram propostos vários temas para debate, nomeadamente: a) Temáticas abordadas no conto; b) Caracterização das personagens; c) Actualidade do tema; d) Simbologia do número 3; e) Indícios encontrados; g) Atribuição de outro título ao conto. As actividades foram dinamizadas pelas formadoras de CLC, Dr.ª Lurdes Rosa e Dr.ª Carmo Machado, tendo estas criado um ambiente propício à análise de Volume 1, Edição 2

texto literário através de jogos pedagógicos e outras actividades lúdicas. Houve também a eleição do melhor título para o conto tendo o premiado recebido um pequeno baú com uma chave dentro tendo em conta o enredo do próprio conto.. A sessão terminou, como tem vindo a ser habitual, com chá acompanhado de bolo de chocolate que todos saborearam com prazer. No convívio que se seguiu à actividade, os formandos manifestaram o seu agrado perante este tipo de iniciativa, propondo a realização de mais sessões da Comunidade de Leitores.

MUITO BOM Avaliação global da acção: 50% BOM / 50% MUITO BOM Nota: Utilizou-se a escala de 1 (Fraco) a 5 (Muito Bom) Assim, prevê-se a realização mensal de várias actividades da Comunidade de Leitores ao longo do próximo ano lectivo, procurando incentivar o prazer da leitura nos formandos do Curso Nocturno da nossa escola, mantendo-se assim a parceria com o CNO (Centro de Novas Oportunidades) e a BE--CRE da Escola Secundária de Cacilhas-Tejo. Maria do Carmo Machado

AVALIAÇÃO DA ACTIVIDADE Com base na ficha de avaliação entregue aos 28 participantes desta sessão de Comunidade de Leitores, os resultados obtidos foram os seguintes: Grau de Consecução dos objectivos : 50% BOM / 50% MUITO BOM Adequação da metodologia aos participantes: 35% bom / 65% MUITO BOM Pertinência deste tipo de iniciativa: 36% BOM / 64% MUITO BOM Adequação da duração da acção: 20% BOM / 80% MUITO BOM Adequação da gestão dos recursos: 35% BOM / 65%

Texto em debate: Eça de Queirós —O Tesouro

Página 3


Encontro com Margarida Morgado No dia 2 de Junho realizou-se no CREAM um encontro com a poetisa Margarida Morgado.

tuído pelos alunos do ensino secundário nomeadamente as Turmas 10º C1 e 11ºE e 11ºA2. Filomena Silva

Acompanharam a poetisa um grupo de quatro performers da companhia Imprevisto Contacto que conseguiram, de uma forma surpreendente, interagir com o público estimulando a criatividade e a expressão corporal. A dimensão lírica das palavras ganhou assim novas significâncias emocionais e pessoais. A riqueza desta experiência foi evidente no debate reflexivo realizado no final. Esta foi mais uma actividade de parceria entre o grupo de docência 300 e a Biblioteca Escolar e destinava-se a um público consti-

Janus “Desde que ousei aprender o teu nome a máscara que te pus caiu em estilhaços…”

Uma lição de poesia Dia 2 de Junho, 14h20. Juntámonos à porta da Biblioteca para um encontro com a poetisa Margarida Morgado. Não sabíamos o que se iria passar. Pensávamos que a escritora iria falar da sua vida, da sua experiência profissional... Mas afinal veio acompanhada por cinco jovens actores de um grupo chamado “Colectivo Imprevisto” que nos deslumbraram com o modo como interpretaram vários dos seus poemas. Expressão corporal, vocalizações empolgantes, dança, música... e a interacção com o público, que foi muito divertida e emocionanPágina 4

foi muito divertida e emocionante! Viajámos no mundo da poesia de forma completamente diferente, original e dinâmica. Raquel, Mónica, Andresa e Catarina (10ºC1)

DINISINA


Dia Mundial da Poesia No dia 21 de Março celebrou-se o DIA MUNDIAL DA POESIA. Duas alunas 10ºH2 com talento para o desenho aceitaram o desafio e desenharam o MURAL DA POESIA em papel de cenário. Posteriormente este “mural” foi preenchido com dezenas de poemas alusivos ao tema “a magia das palavras e da poesia” de diversos autores portugueses, seleccionados pelos alunos do 9ºA, e esteve exposto no átrio do pavilhão central durante duas semanas. Ainda no dia 21 de Março, entre

as 11h40 e as 13h00, decorreu a seguinte actividade: três alunos do 9ºA (Inês Cardoso, Joana e Francisco), acompanhados pela professora de Português, com as camisolas enfeitadas com quadrados de tecido onde se lia DIA MUNDIAL DA POESIA e munidos de cestinhos coloridos cheios de poemas, foram de sala em sala, pedindo autorização aos professores para interromper por cinco minutos as aulas, informando sobre o dia que se comemorava, dizendo o poema de Fernando Pessoa “O Poeta É Um Fingidor” e distribuindo poemas (os que estavam expostos no mural) a quem os quisesse receber. Foram também ao bufete, à secretaria, à cozinha, à biblioteca e à direcção. Foram recebidos com agrado e simpatia por todos.

A escola respirou poesia nesse dia! A docente, Filomena Maria Quadrado Silva

“O poeta é um fingidor Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente.”

Fernando Pessoa

Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância A turma 12º A1, do Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância, apresentou na 5ª feira, no Auditório da Escola, a peça de teatro musical infantil "Sofia e o Abecedário". Os professores de Expressão Plástica e de Expressão Corporal, Dramática e Musical congratulam-se pelo desempenho das alunas, que comprova os resultados da interdisciplinaridade e que o ensino profissional pode ser um ensino de qualidade Manuela Carrondo Volume 1, Edição 2

A Turma 12º A1 agradece a presença de todos no seu espectáculo.

Página 5


Fomos ao Teatro

Fomos (um grupo de professores da ESDD) no dia 17 de Junho ao Teatro Nacional D. Maria II, assistir à estreia em Lisboa da peça “Belonging”, numa iniciativa do Grupo de Português. Movimentando-se entre o lírico e o grotesco, o real e o fantástico, utilizando criaturas do imaginário das nossas lendas, contos de fadas e mitos urbanos

para explorar os nossos mais pró fundos medos e desejos, as personagens deram vida a temas intemporais como a perda, o abandono, o rapto, os medos das crianças e o terror dos adultos. Foi um espectáculo irreverente, provocador, comovente e divertido. No final aceitámos o convite da organização para um chá no Salão Nobre e no terraço, o que foi muito agradável. Antes de regressarmos a casa ainda subimos a Avenida da Liberdade até ao Marquês e testemunhámos, muito animados, a “invasão da cidade pelo campo”, pois estavam a decorrer os preparativos para o mega pic-nic do dia seguinte! Foi muito divertido! Filomena Silva

Sessão Dinâmica de Contos o dia 13 de Janeiro de 2011, 5ª feira, entre as 10h00 e as 11h30, durante as aulas de Área de Projecto e Estudo Acompanhado, a nossa turma (9ºA) participou, acompanhada pela professora Filomena Silva, juntamente com outras turmas, numa Sessão Dinâmica de Contos que teve lugar na Biblioteca, organizada pelo CREAM e dinamizada pelo professor Bruno Baptista.

que há múltiplas formas de ler, de ouvir e de interpretar, e ajudou-nos a “abrir” a nossa imaginação para o mundo de fantasia que se seguiria. Contou várias histórias de forma dinâmica, dramatizando-as, recorrendo a diferentes técnicas narrativas e adereços, solicitando frequentemente a nossa participação e retirando de cada uma delas uma mensagem construtiva.

O professor deu início à actividade accionando uma caixinha de música para captar a nossa atenção e preparar os nossos ouvidos para o que viria a seguir. Então, recorrendo a livros com características muito especiais (pareciam mágicos!) levou-nos a perceber

Durante toda a sessão os alunos mantiveram-se atentos e participativos, correspondendo de forma positiva aos estímulos e às solicitações do professor. Consideramos que esta actividade foi muito útil por diversos motivos: os alunos que acham os livros

Página 6

aborrecidos perceberam que não se deve julgá-los apenas pela capa, que podem ser experiências divertidas e enriquecedoras; contribuiu para o desenvolvimento da nossa capacidade de interpretar diferentes mensagens; ajudou-nos a pensar sobre as coisas de uma forma mais profunda; estimulou a nossa imaginação e a criatividade; foi divertido e inesperado. Gostaríamos de repetir a experiência ou de participar em actividades semelhantes. Os alunos da turma 9ºA DINISINA


Dinisiando 2011 EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS DOS ALUNOS 30 de Maio a 3 de Junho no Hall do Auditório Dinisiando 2011 um espaço de trocas de experiências e mostra de trabalhos realizados pelos nossos alunos. De 30 de Maio a 3 de Junho no Hall do Auditório, alunos e professores expõem e demonstram o que ao longo do ano desenvolveram em Área de Projecto, Clubes e Projectos Escolares,.... No dia 1 de Junho, no auditório, apresentação dos projectos anuais das turmas do 12º ano dos cursos Científico-

Humanísticos, na presença de Encarregados de Educação. A exposição Dinisiando é aberta à comunidade com especial destaque para os Encarregados de Educação. O projecto Dinisiando – Encontros Pedagógicos no D. Dinis foi iniciado em 2003 e durante vários anos contou com o apoio do Instituto de Inovação Educacional. Mª DA LUZ CASTRO

Banco Alimentar contra a Fome 2011

A escola Secundária D. Dinis já desenvolve o trabalho de voluntariado há mais de dez anos tendo colaborado SEMPRE em todas as campanhas. Volume 1, Edição 2

Aproxima-se o dia 28 de Maio e as professoras coordenadoras Ana Gabriela Freire e Isabel Serrano mais uma vez elaboraram a lista de participação pelo sistema "boca a boca", dado que o voluntariado exige uma responsabilidade acrescida. A equipa da Escola estará a funcionar ininterruptamente, no Pingo Doce da Bela Vista, entre as 9 da manhã e as 11 da noite.

Os turnos são de duas horas, e quantos mais puderem ajudar, melhor! Há uma lista no PBX junto da funcionária Sandra. Inscrevam-se! Ana Gabriela Freire

Página 7


Canguru Matemático Escola Secundária D. Dinis ficou classificada, entre 3363, no 84° lugar no concurso internacional do Canguru Matemático O Canguru Matemático Sem Fronteiras é um concurso internacional, cujo objectivo é estimular e motivar o maior número possível de alunos para a matemática. No concurso os alunos realizam uma prova de escolha múltipla em simultâneo em diversos países, recebendo os melhores posicionados um prémio. A prova possui problemas que exigem conhecimentos gerais e raciocínio lógico. A sua função é mostrar aos alunos o prazer da conquista pessoal, que se pode receber ao resolver problemas mate-

máticos. O concurso é para todos os alunos e não existe selecção prévia. O conceito nasceu na Austrália, origem do nome Canguru, nos anos 80 e foi largamente adoptada por diversos países europeus, que criaram em conjunto o Can-

nos. Hoje, o concurso conta com a participação de 42 países, sendo a primeira de Portugal em 2005. Na edição de 2011 a nossa escola foi representada por 19 alunos na categoria Júnior, sendo os 3 primeiros colocados: 1. Zhou Hao 10ºE 2. Júlio Silva 10ºC2 e Zhou Xue 10ºE 3. Inês Sofia Duarte 10ºC2 A nível nacional, entre os cem primeiros colocados, a escola ficou representada pelo aluno

guru Matemático Sem Fronteiras, recebendo a participação, na sua primeira edição, de 120 000 alu-

do 10º ano de Economia, Zhou Hao, que ficou na octogésima quarta posição.

Ana Paula Salgado

Torneio de Robótica 2011 À semelhança dos últimos anos, no dia 4 de Junho de 2011, pelas 10:00 nas instalações do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (antigo edifício da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação) realizou-se o Torneio de Robótica Interescolar. O evento é resultado da parceria entre o Departamento de Informática da FCUL e o Centro de Competência em Tecnologias e Inovação do IEUL.

12I e obteve um brilhante 3º lugar com o mesmo número de pontos que o 2º na Prova de Obstáculos. Ana Paula Salgado

“O conhecimento faz a diferença!”

O Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos participou nesta iniciativa, através da turma Página 8

DINISINA


Ex-Astronauta e Professor Larry Young veio à Escola Programa Nacional Ciência Viva.

tista e ex-astronauta Larry Young

Desde 1997 que na Escola Secun-

e mostraram bem, através das

dária D. Dinis se desenvolvem

questões que apresentaram no

projectos apoiados pelos concur-

debate, o interesse que a ciência

sos Ciência Viva para o Ensino

aeroespacial lhes suscita e os

experimental das ciências. Com

sonhos que alimenta…

a recente reabilitação do edifício e do equipamento escolar foram

Mª da Luz Castro

criadas condições para que outro tipo de acções tenham sido desde então realizadas em parceria. A proximidade geográfica das No dia 7 de Fevereiro último a

duas instituições, ambas situadas

Escola Secundária D. Dinis rece-

na zona oriental de Lisboa, faz o

beu a visita do ex-astronauta

resto. O elevado interesse na

Larry Young, Professor do MIT

melhoria da educação científica

(Massachusetts Institute of Tech-

dos jovens continua a ser o mais

nology) que proferiu uma pales-

importante elo de ligação.

tra, Going to Mars with Artificial Gravity, destinada aos alunos da Escola do ensino secundário de ciências e tecnologia e professores. O convite formulado à Escola Secundária D. Dinis para a organização deste evento decorreu no âmbito de uma parceria de longa data entre a Escola e o

Volume 1, Edição 2

No âmbito da iniciativa Professores do MIT vão à Escola, que a Ciência Viva tem desenvolvido desde 2006 em colaboração com o programa MIT-Portugal, a Escola Secundária D. Dinis aceitou o convite e acarinhou a iniciativa. Os alunos prepararam-se para ouvir o cien-

Página 9


A Propósito da visita a Bruxelas Entre os dias 5 e 7 de Maio de 2011, alguns alunos do Projecto Clube Europeu e do Quadro de Excelência da Escola deslocaramse a Bruxelas, numa viagem oferecida pela eurodeputada Dr.ª Edite Estrela e acompanhados por duas professoras: Rosário César e Teresa Moura. Após o regresso, os alunos seleccionaram fotografias e fizeram três PowerPoints, cada um correspondendo a um dia que estiveram na Bélgica. Convocámos os Encarregados de Educação dos 8 alunos e realizámos uma sessão de convívio e partilha.A Margarida Faustino, O Tiago Dias e a Débora Sequeira fizeram as apresentações. Neste encontro o nosso Director, professoras, alunos e Encarregados de Educação dirigiram a palavra. Transcreve-se o testemunho que a D. Madalena Henriques fez chegar à professora Rosário César: “Registo com muita gratidão e alegria a iniciativa de contemplarem os alunos desta escola com uma viagem a Bruxelas com respectiva visita ao Parlamento Europeu e encontro com Eurodeputada. Como mãe, sempre incentivo os meus filhos a darem o seu melhor, a esforçarem-se e agirem em excelência independentemente de qualquer tipo de reconhecimento ou recompensa. Apenas porque creio que as capacidades e talentos que possuímos são dádivas que devemos usar e, tanto Página 10

quanto possível, colocá-las ao serviço do próximo. A minha convicção é de que, tanto os alunos como os seus Encarregados de Educação, foram, sem terem sequer consciência de ser merecedores, premiados de duas formas distintas: uma mais material no sentido da viagem, entrada no Parlamento, passeios, Hotel e Restaurantes de luxo; outra ainda mais edificante porque, fruto desta iniciativa, os alunos alargaram os seus conhecimentos, aprofundaram os seus relacionamentos, enriqueceram as suas experiências. Reconheço ainda que, esta

e exprime o que me vai na alma: Professores e Direcção da Escola Agradecemos o vosso amor, sabedoria, lágrimas, criatividade e perspicácia, dentro e fora da sala de aula. O mundo pode não vos aplaudir, mas o conhecimento mais lúcido da ciência tem de reconhecer que vocês são os profissionais mais importantes da sociedade. Professores, muito obrigado. Vocês são os mestres da vida.

Bem Hajam por esta iniciativa extremamente motivadora.”

Madalena Henriques foi também uma forma da Direcção da Escola e Professores Acompanhantes nos dizerem que confiam em nós, responsabilizando-se por viajar com alunos, alguns deles menores de idade. Acredito que é melhor dar que receber e posso testemunhar que a Escola foi extremamente generosa com os Encarregados de Educação que, ainda que tendo ficado em cuidado com os seus educandos, sentem gratidão por toda esta experiência positiva que enriqueceu a todos .Termino com uma frase de um livro que li recentemente DINISINA


Os Eurodeputados vêm à escola A Escola secundária D. Dinis tem vindo a desenvolver, no âmbito do Projecto do Clube Europeu, um conjunto actividades no sentido de promover a educação para a cidadania. Estas actividades visam tornar os nossos jovens mais participativos na construção de uma sociedade e de uma Europa mais justa, unida na sua diversidade.

Este desafio aos nossos Eurodeputados excedeu todas as expectativas, não só pela adesão dos mesmos, com também pelo entusiasmo que se instalou na nossa comunidade escolar. No ano lectivo 2009/2010 tivemos junto de nós a Dr.ª Edite Estrela, a Dr.ª Graça Carvalho, o Dr. João Ferreira e o Dr. Vital Moreira. No decorrer do ano lectivo 2010/2011 recebemos na nossa escola mais quatro Eurodeputados: o Dr. Correia de Campos, a Dr.ª Regina Bastos, o Dr. Miguel Portas e a Dr.ª Ana Gomes.

Foram colocadas várias questões…

É de salientar que os debates realizados, no auditório com aproximadamente 200 elementos da comunidade escolar, corDada a falta de “sensibilidade” dos nossos jovens relativamente aos problemas europeus e sua importância num futuro mais próximo convidámos, no ano lectivo de 2009/2010, os 22 Eurodeputados nacionais, em início de novo ciclo, e das várias sensibilidades políticas, para se deslocarem à nossa escola a fim de participarem em encontros com a comunidade escolar.

Facilmente se estabeleceu o convívio…

reram de uma forma muito dinâmica, em que a assembleia colocou questões, por vezes bastante pertinentes. Esta forma de estar dos alunos tem sido o reflexo da sensibilização dos mesmos para a importância do

Durante os “preparativos”…

diálogo e participação nas possíveis soluções para problemas presentemente graves para a Europa e muito particularmente para Portugal. Volume 1, Edição 2

Página 11


A Propósito da Semana da Europa Europeu o tema aglutinador “O Parlamento Europeu no Centro do Combate em Defesa dos Valores Europeus”. Surgiram vários subtemas sobre a intervenção da UE: -Na Justiça, Liberdade, Segurança; -Perante a Ditadura; -Na Luta Contra a Pena de Morte; -Na defesa dos direitos das mulheres; -Contra a Fome e a Pobreza no Mundo; -Na defesa dos Direitos à Informação; -Na ajuda Humanitária Perante as Catástrofes Naturais; Entre outros…..

Foi muito gratificante a realização destes trabalhos, pois foi através dos mesmos que se procurou informação, incentivou o gosto pela descoberta e prazer pelo conhecimento, promoveu uma cidadania consciente, responsável e sustentável e, entre outros, valorizou-se o contributo das novas tecnologias de informação e de comunicação. Durante a Semana da Europa, alguns alunos deslocaram-se, em tempo de aula, à exposição

e tentaram, através da observação dos cartazes, responder a uma série de questões que lhes

foram colocadas. Na aula seguinte os temas expostos foram fonte de debate. Rosário César

Alunos da D. Dinis ganham baptismo de voo sobre o Tejo Um grupo de 24 alunos da Escola Secundária D. Dinis sobrevoaram o rio Tejo naquele que foi o seu Baptismo de Voo, no passado dia 28 de Maio. Após um concurso lançado pela Junta de Freguesia de Marvila aos seus alunos, a propósito do logotipo para o seu órgão consultivo para a educação, Conselho Educativo de Marvila (CEM), dois alunos da Escola Secundária D. Dinis sagraram-se vencedores e como prémio para a turma terão o seu Baptismo de Voo, na pista do ANTÓNIO MALTEZ do Campo de Voo do Alqueidão Azambuja, junto ao rio Tejo. “Prioridade para o sonho” foi o lema do dia 28 de Maio onde se pretendeu não só proporcioPágina 12

nar esta primeira experiência aeronáutica aos alunos como também proporcionar o contacto mais próximo com este mundo, de maneira a sensibilizar todos para a importância do aproveitamento escolar, que lhes pode trazer a possibilidade de realizar “sonhos mais altos”. O dia foi preenchido, a ASOL – Associação Solidária Oriental de Lisboa, a APS – Associação Portugal Spotters e a Junta Freguesia Marvila, promotores deste acontecimento, elaboraram um programa que vai permitir a todos as mais diferentes experiências, aprendizagens e conhecimentos. Jornal de Marvila DINISINA


Visita de estudo ao Museu Geológico No dia 25 de Fevereiro de 2011 as turmas do 10º Ano E e H1 realizaram uma visita de estudo ao Museu Geológico. Partimos com certa antecedência, pois fomos de metropolitano e, posteriormente, tivemos que nos deslocara pé. Assim sendo, chegámos meia hora mais cedo relativamente ao plano inicial. É claro que os nossos jovens aproveitaram para descansar, pois tinham acelerado muito o passo na caminhada, julgando que estavam atrasados. Alegres e bem dispostos aproveitaram para “brincar” e conviver com colegas da “outra” turma. O museu geológico de Lisboa foi constituído em 1857, quando foi criada a Comissão Geológica, a partir de exemplares recolhidos pelos pioneiros da Geologia portuguesa. A Comissão ficou instalada no edifício do antigo Convento de Jesus, na Rua da Academia das Ciências no 2º andar. A idade faz com que o edifício seja hoje designado por “Museu dos Museus” por ser o espaço museológico que há mais tempo se mantém intacto no país. O museu geológico é uma referência nacional: alberga colecções extraordinárias de Paleontologia, Estratigrafia, Arqueologia e Mineralogia. Ao longo de toda a visita guiada os alunos tiveram a oportunidade de desenvolver a curiosidade e a capacidade de observação que foi apoiada pelo preenchimento de uma ficha de trabalho, tipo guião, e que foi distribuída Volume 1, Edição 2

quando se deu por iniciada a visita.

Lourinhã, Peniche, Caldas da Rainha.

Com o objectivo de se promover uma aprendizagem contextualizada e integrada, foi passado um vídeo sobre a origem e evolução do nosso planeta. Como resultado, os alunos ficaram muito sensibilizados para a necessidade de preservar e valorizar o património que o museu expõe dos últimos cem milhões de anos de Lisboa. Foram observadas algumas peças únicas, devidamente identificadas explicadas pelo guia do museu, o que ajudou a preencher a ficha de trabalho, nomeadamente: 1-“ESPELHO de FALHA A fricção provocada pelo deslocamento ao longo de uma falha no seio da massa de pirite das antigas minas de S. Domingos deu origem a esta superfície polida. 2-“BACIA de OMOSAUROS LENNIER Observam-se os ossos da bacia deste Dinossáurio herbívoro. Esta espécie viveu há cerca de 150 milhões de anos na zona da

3“Crânio do crocodilo” É um exemplar excepcionalmente bem conservado que viveu há cerca de 12 milhões de anos, na actual zona da Chelas e que, naquela altura, era uma vasta zona alagada onde viviam, também, Mastodontes muitos dos animais antepassados dos que hoje se encontram na África tropical húmida, cujos fósseis se encontram expostos na mesma sala. O seu comprimento total devia rondar os 8 a 9 m, o que lhe conferia as dimensões de um super crocodilo! Para além da observação de colecções paleontológicas tevese a oportunidade de vislumbrar invulgares belezas mineralógicas. O interesse manifestado pelos nossos alunos excedeu as expectativas. Já tinham todos saído e a Margarida Faustino ainda ficou a tirar dúvidas com o guia para acabar de preencher a sua ficha de trabalho! Parabéns aos alunos do 10 E e H1 (cerca de 45 ) pelos momentos vividos durante as três horas de visita. Todos “souberam estar” num museu com peças à escala geológica. Rosário César Página 13


Uma Escola em Movimento A ESDDINIS mostrou, mais uma vez, a sua criatividade e dinamismo, procurando oferecer um ensino de qualidade a quem a frequenta. Das muitas actividades realizadas, destaque para o DINISIANDO 2011, na sua quarta edição, um espaço transversal de trocas de experiências e mostra de trabalhos realizados pelos alunos da nossa escola no final do ano lectivo. De 30 de Maio a 16 de Junho no Hall do Auditório, alunos e professores expuseram alguns dos materiais que ao longo do ano desenvolveram em Área de Projecto, Clubes e Projectos Escolares (Clube de Desporto, Clube Europeu, Clube de Informática e Multimédia, Clube da Matemática e Jogos de Estratégia, Comenius, Science Across Europe, Núcleo de Ciências, Oficinas de Ciência Viva, Programa de Educação para a Saúde) bem como trabalhos que realizaram em casa, muitos deles com a colaboração das famílias. O 12.º Ano dos Cursos Científico-Humanísticos fez a apresentação dos seus projectos anuais de simulação de empresas no Auditório da escola, dia 1 de Junho, na presença de Encarregados de Educação e de Professores. Importa realçar o carácter inovador e empreendedor revelado pelos alunos nestas simulações. Este espírito inovador esteve também fortemente representado através da participação dos nossos alunos no TORNEIO DE ROBÓTICA INTERESCO-

Página 14

LAS. À semelhança dos últimos anos, este torneio decorreu no dia 4 de Junho de 2011, pelas 10:00 nas instalações do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, resultado da parceria entre o Departamento de Informática da FCUL e o Centro de Competência em Tecnologias e Inovação do IEUL. O Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos participou nesta iniciativa, através da turma 12I e obteve um brilhante 3º lugar com o mesmo número de pontos que o 2º na Prova de Obstáculos. A mostrar a dinâmica presente na ESDDINIS, realizou-se na primeira semana de Maio (2-6) a actividade Semana da Informática – Multimédia, durante a qual decorreram diversos Workshops sobre temas diversos e estiveram expostos trabalhos de alunos. Para além desta actividade, vários alunos participaram no Concurso para a CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO do Conselho Educativo de Marvila, tendo a turma do aluno vencedor – o 10.º M – ganho um baptismo de voo em ultra-leve no campo de voo da Quinta do Alqueidão, na Azambuja. A Escola D. Dinis tem-se destacado pela sua vertente de Voluntariado e de Apoio nas mais variadas vertentes, sendo já tradição a nossa participação na Campanha do BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME. Nesse sentido, mais uma vez 60 voluntários incluindo alunos, formandos, professores, formadores e

funcionários participaram nesta iniciativa no Supermercado da Bela Vista, no sábado dia 28 de Maio. O resultado da campanha no nosso super foi de 3655 Kg no sábado. No Domingo foram recolhidos 2200 kg, num total de 5855 kg. Outra prova do grande dinamismo e carácter inovador da ESDD foi o sucesso da primeira iniciativa ESCOLA ABERTA, levada a cabo no passado dia 12 de Maio, em que recebemos a visita de turmas do 9º ano das Escolas Marvila, Damião de Góis e Olivais. Graças ao forte envolvimento das equipas de recepção e acompanhamento e aos apoios e disponibilidade demonstrados por professores, alunos e funcionários, este dia foi um êxito! No âmbito do Clube Europeu, 8 alunos da nossa escola, acompanhados por duas docentes, tiveram o privilégio de visitar Bruxelas e o Parlamento Europeu, graças ao seu esforço e dedicação. Este “prémio” deveuse não só ao empenhamento destes alunos, que se destacaram pelo seu trabalho, como também à vontade e disponibilidade da eurodeputada Edite Estrela que proporcionou este enriquecimento cultural. Para além de todas estas iniciativas, destaque para o espírito empreendedor do Curso Nocturno desta Escola, com forte tradição há décadas, levando a cabo actividades de parceria com outras escolas que permitiram Visitas de Estudo de grande interesse. Assim, nos meses de Maio

DINISINA


e Junho, formandos das turmas EFA A1, EFA A2, EFA B e formadores da nossa escola e do Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Cacilhas Tejo fizeram uma visita guiada a Sintra – Quinta da Regaleira e Parque de Monserrate e ao Museu do Oriente. Estas visitas constituíram mais uma iniciativa decorrente do protocolo de cooperação celebrado entre as duas instituições. De salientar também, ao abrigo do mesmo protocolo, a realização de várias SESSÕES DA COMUNIDADE DE LEITORES, cujo objectivo consiste em promover o prazer da leitura nos formandos do Curso Nocturno, estimulando o debate, a reflexão e a partilha de experiências sobre o texto literário. A Poesia andou à solta na nossa escola no passado dia 2 de Junho, tendo alunos e professores recebido no Centro de Recursos a Poetisa Margarida Morgado para uma verdadeira lição de poesia. Acompanhada por cinco jovens actores do grupo “Colectivo Imprevisto” que através da expressão corporal, de vocalizações empolgantes, de dança e de música, deram vida às

Volume 1, Edição 2

palavras, proporcionaram a todos uma original viagem ao mundo da poesia. Para além da Literatura, o Teatro tem tido sempre forte tradição na nossa escola e a prová-la, temos a PEÇA DE TEATRO "Sofia e o Abecedário" apresentada a 16/06/2011 no nosso moderno auditório, com duas sessões. A primeira sessão teve lugar às 10.30 horas e foi destinada às crianças do Centro de Promoção Social da Prodac, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A segunda sessão teve lugar às 18.00 horas e foi aberta à Comunidade Educativa, nomeadamente aos Encarregados de Educação e entidades com as quais a Escola tem parcerias ou protocolos, tendo ainda contado com a presença de uma representante do Ministério da Educação. A peça foi interpretada pelas alunas da turma 12º A1, do Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância, no âmbito de um projecto interdisciplinar das disciplinas de Expressão Corporal, Dramática e Musical e de Expressão Plástica. O sucesso desta peça comprova os resul-

tados da interdisciplinaridade mostrando a qualidade do Ensino Profissional na ESDD. A culminar mais um ano lectivo, decorreu no passado dia 22 de Junho a NOITE EFA. Neste evento que reúne, como vem sendo hábito, formandos e formadores, são apresentadas à Comunidade Escolar as Actividades Integradoras das diferentes turmas. Para provar que a nossa escola se integra totalmente no espírito da cidade que a acolhe, o ano terminou com a tradicional SARDINHADA de confraternização, a celebrar um pouco as Festas de Lisboa. Mª do Carmo Machado

Página 15


DINISINA

Nesta edição:

Ficha técnica: Dinisina, Setembro de 2011 – Nº 2

Índice

Editorial Escritores na D. Dinis

2

Comunidade de Leitores

3

Direcção: José António de Sousa Design e paginação: Elsa Figueiredo Coordenação: Mª da Luz Encarnação

Encontro com Margarida Morgado Uma lição de poesia

4

Dia Mundial da Poesia Curso Profissional de Técnico de AE

5

Rua Manuel Teixeira Gomes, 1950-186 Lisboa. Tel: 218 310 190 Fax: 218 590 769

Fomos ao Teatro Sessão dinâmica de Contos

6

E-mail: info@esecddinis.pt Site: http://www.esecddinis.pt

Dinisiando 2011 Banco Alimentar contra a Fome

Escola Secundária D. Dinis

7 8

Canguru Matemático Torneio de Robótica

Ex-Astronauta e Professor Larry Young 9 veio à Escola A Propósito da Visita a Bruxelas

10

Os Eurodeputados vêm à escola

11

A Propósito da Semana da Europa

12

Baptismo de voo de alunos da D.Dinis

Liga Meo - vencedores infantis e iniciados

Visita de Estudo ao Museu Geológico

13

Uma Escola em Movimento

14-15

Sarau de Ginástica na Escola de D. Dinis Decorreu no passado dia 8 de Junho, pelas 21.30h, no Gimnodesportivo da Escola Secundária de D. Dinis , um Sarau de Ginástica rítmica com a participação de várias classes masculinas e femininas. Classe de Representação do Ginásio Clube Português, a Especial Rapazes é uma classe direccionada para uma faixa etária dos 10 aos 17 anos. Desenvolve aptidões gímnicas a diferentes níveis, como mini-trampolim, mesa alemã, solo e pista insuflá-

vel. Os ginastas actuaram ao som de bandas conhecidas como os MUSE e os 30 Seconds to Mars,

interpretando esquemas originais que despertaram grande entusiasmo na assistência. E.F.

Lê e Divulga!

Dinisina  

Ano letivo 2010/2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you