Page 1

MEALHADA

Distribuição Gratuita

FESTAME 2015

BOLETIM MUNICIPAL abril-junho n.º 56 2015

© Diogo Marques

P3

Destaque

Mata do Buçaco

P6

Reuniões de Câmara

P7>8

Notícias


FICHA TÉCNICA EDIÇÃO | PROPRIEDADE Câmara Municipal da Mealhada Largo do Jardim 3050-337 Mealhada telf: 231 200980 comunicacao@cm-mealhada.pt DESIGN GRÁFICO Câmara Municipal da Mealhada IMPRESSÃO FIG-fotocomposição e indústrias gráficas, sa TIRAGEM 2000 exemplares

EXECUTIVO MUNICIPAL 2013/2017

CALENDÁRIO JULHO>SETEMBRO 2015 PROGRAMA DE ANIMAÇÃO DE VERÃO julho a setembro 2015 Luso

COMEMORAÇÕES DO 205º ANIVERSÁRIO DA BATALHA DO BUÇACO setembro 2015

LUSO ZEN 24 a 26 de julho 2015 Luso

CAMPEONATO EUROPEU DE HÓQUEI EM PATINS - SUB 17 setembro de 2015 Pavilhão Municipal do Luso

Rui Marqueiro (presidente) PS

Profissão: Economista Residência: Antes (Mealhada) Guilherme Duarte (vice-presidente) PS

Profissão: Professor Residência: Pampilhosa (Mealhada) Arminda Oliveira Martins PS

Profissão: Engenheira Civil Residência: Antes (Mealhada) José Carlos Calhoa PS

Profissão: Técnico Oficial de Contas Residência: Mealhada Gonçalo Vigário Louzada Coligação PSD/CDS - PP/MPT/PPM “Juntos pelo concelho da Mealhada”

Profissão: Gestor Residência: Mealhada

João Seabra Pereira

PERIODICIDADE Trimestral

Coligação PSD/CDS - PP/MPT/PPM “Juntos pelo concelho da Mealhada”

Profissão: Engenheiro Técnico Residência: Luso (Mealhada)

DEPÓSITO LEGAL 165657/01

Marlene Lopes

EDIÇÃO n.º 56 SÉRIE II

Profissão: Professora Residência: Pampilhosa (Mealhada)

2

MEALHADA Boletim Municipal

Coligação PSD/CDS - PP/MPT/PPM “Juntos pelo concelho da Mealhada”


MATA DO BUÇACO CÂMARA ASSEGURA VERBAS PARA A RECUPERAÇÃO DA MATA DO BUÇACO A Câmara Municipal da Mealhada e a Fundação Mata do Buçaco (FMB) querem aproveitar os fundos europeus do Portugal2020 para a recuperação e restauro do património edificado da Mata Nacional do Buçaco, tendo em vista uma futura candidatura a Património Mundial da UNESCO. A FMB vai avançar, para já, com uma candidatura para a recuperação do Convento de Santa Cruz e da Via Sacra, no âmbito dos Investimentos Territoriais Integrado (ITI) do Programa Operacional do Centro (Centro 2020), sendo que a totalidade dos projetos (14 elementos que necessitam de intervenção) prevê um investimento que ascende a 9 milhões de euros. A Câmara Municipal da Mealhada garante a viabilidade da candidatura, ao assumir os encargos com a componente nacional dos projetos que venham a ser cofinanciados, numa percentagem de 15% do investimento. A primeira candidatura a avançar será para recuperação do Convento de Santa Cruz e da Via Sacra, projetos com um investimento previsto de 2,2 milhões de euros e 1,7 milhões de euros respetivamente. A candidatura será apresentada no âmbito dos ITI do Centro 2020, com enquadramento no Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (PO SEUR). Contudo, o programa operacional obriga a entidade promotora a assumir os encargos com a componente nacional do projeto, numa percentagem de 15% do valor global. Uma posição assumida pela Câmara Municipal da Mealhada, que entende ter chegado o momento para se iniciar a recuperação do património edificado da Mata Nacional do Buçaco. “O Estado tem-se distanciado das suas responsabilidades e é a Câmara Municipal da Mealhada que tem assumido esse papel”, avançou o presidente do Conselho de Administração da FMB, António Gravato, na conferência de imprensa de dia 16 de junho. “Temos 14 elementos que precisam de ser intervencionados, numa verba total que ascende os 9 milhões de euros. Agora, vamos avançar com a candidatura para a recuperação do Convento e da Via Sacra, que são as intervenções prioritária”, afirmou António Gravato. A candidatura já está prevista no Pacto Territorial para a Região Centro, existindo mesmo duas dotações, uma de 600 mil euros para o Convento de Santa Cruz e outra de 200 mil euros para a Via Sacra, valores esses que poderão ser aumentados ao longo da execução do Portugal 2020. Uma oportunidade única para a Câmara Municipal e a FMB unirem esforços no sentido de recuperarem o património edificado da mata (Convento de Santa Cruz, Via Sacra e as suas Ermidas) e darem, assim, um passo importante para a obtenção da classificação de Património Mundial da UNESCO pela Mata Nacional do Buçaco. “Tomámos uma deliberação, a de comparticipar todos os projetos comunitários que a FMB venha a candidatar. A Câmara Municipal responsabiliza-se pela componente nacional dessas candidaturas, numa percentagem de 15% do investimento”, afirmou o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, na conferência de imprensa, justificando: “É nossa intenção conseguir a classificação de Património Mundial da UNESCO. É uma candidatura extremamente difícil, mas será de todo impossível se não colocarmos a mata nas melhores condições. A mata tem uma importância local, regional e nacional. É um desígnio de todos conseguir esta classificação e julgo que será transversal a todas as forças políticas”. A Mata Nacional do Buçaco já se encontra na lista nominativa da UNESCO, recordou António Gravato, salientando que isso “é um passo importante para a apresentação da candidatura”. Todavia, a candidatura a Património Mundial da UNESCO só poderá ser apresentada a partir de 2017, uma vez que, explicou também o presidente da FMB, Portugal faz parte do Comité do Património Mundial da UNESCO. António Gravato adiantou ainda que no próximo mês de julho “vai ser criada uma comissão, que integrará as diversas entidades que estão presentes no Conselho Consultivo da FMB e pessoas de diversas especialidades”, e que estará também pronto o Plano de Gestão Florestal, um documento importante para as candidaturas.

MEALHADA Boletim Municipal

3


TERMAS DO LUSO

CÂMARA DA MEALHADA VAI COMPARTICIPAR TRATAMENTOS NAS TERMAS DE LUSO A Câmara Municipal da Mealhada deliberou, por unanimidade, na reunião do Executivo Municipal de dia 1 de junho, a aprovação de uma medida de incentivo ao termalismo terapêutico e à revitalização da vila de Luso enquanto destino de referência no Termalismo e Turismo de Saúde e Bem-estar. A autarquia vai comparticipar os tratamentos termais, em cerca de 90 euros (referentes à consulta médica e taxa de inscrição termal), de todos os utentes das Termas de Luso que tenham essa necessidade justificada através de prescrição médica e por um período mínimo e ininterrupto de uma semana. Esta iniciativa da Câmara Municipal vem reforçar a aposta na dinamização da estância termal do Luso enquanto destino turístico de saúde e bem-estar e, sobretudo, promove o desenvolvimento económico desta vila, que se encontra ancorada, precisamente, nas suas termas.

A alteração nas características dos utilizadores das termas, que tem sido sentida de há uma década para cá, obrigou as estâncias termais a reinventarem-se. No Luso, não foi diferente. A MALO CLINIC TERMAS LUSO, que nasceu da parceria entre a MALO CLINIC e a Sociedade da Água de Luso, surgiu com o objetivo de reabilitar as termas, efetuou um avultado investimento na requalificação do balneário – que passou a ter condições de excelente qualidade quer a nível nacional, quer internacional – e apostou em relançar a marca Termas de Luso neste mercado competitivo. Todavia, a crise económica, a perda de poder de compra por parte da franja de população que mais recorre a este produto (população sénior e reformados), bem como a eliminação da comparticipação dos tratamentos termais pelo Serviço Nacional de Saúde em 2011, deixaram o setor termal numa situação delicada, com a diminuição expressiva de aquistas. Apesar dos investimentos realizados pela MALO CLINIC TERMAS LUSO, o termalismo terapêutico não conseguiu ainda alcançar a dinâmica do passado e isso tem-se refletido no desenvolvimento económico e social da vila de Luso. Tendo em conta essa situação e sabendo que as Termas de Luso são a âncora do desenvolvimento económico da vila – funcionando o produto termalismo como um pólo dinamizador da atividade económica local, à volta da qual se agregam e desenvolvem atividades complementares, como

4

MEALHADA Boletim Municipal

alojamento e restauração, entre outras – a Câmara Municipal da Mealhada decidiu intervir. “Decidimos que a Câmara Municipal vai substituir o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e vai comparticipar os programas termais de todos os utentes que tenham prescrição e necessitem de uma semana ou mais de tratamentos”, adiantou o presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, lembrando que ficam de fora deste apoio todos os utentes que usufruam de subsistemas de saúde, que já garantem essa comparticipação. “Os clientes das Termas de Luso são vitais para o desenvolvimento económico da vila. Eles são também os clientes dos hotéis, dos restaurantes, dos cafés, das lojas etc.”, argumentou ainda o autarca, sublinhando que “a partir de hoje, existe esta comparticipação”. A Câmara Municipal vai passar a comparticipar os tratamentos termais no segmento terapêutico, de prevenção e reabilitação – de todos os utentes que reúnam os seguintes requisitos: necessitem desses tratamentos durante um período mínimo e ininterrupto de uma semana e provem essa necessidade com uma prescrição médica. A comparticipação rondará, em média, os 90 euros por pessoa, o que corresponde à consulta médica e à taxa de inscrição termal. Ficou ainda estipulado que o montante máximo a despender pela Câmara Municipal da Mealhada com esta medida será de 63 mil euros/ano.


LEITÃO À MESA E FESTAME

FESTAME LEVOU MILHARES DE PESSOAS À MEALHADA

LEITÃO À MESA FOI UM SUCESSO

Foi um êxito a primeira edição da FESTAME, que decorreu de 9 a 14 de junho, na zona desportiva da Mealhada. A feira contou com milhares de visitantes e o recinto lotou praticamente todas as noites, mesmo quando a chuva teimou em estar presente. “Penso que conseguimos os 100 mil visitantes durante os seis dias, como queríamos. Mesmo no sábado, sob chuva intensa, ninguém arredou pé. Era uma enchente para ver Richie Campbell”, afirmou o vereador José Calhoa, responsável pela organização. Uma edição que fica marcada pelo novo nome do evento, pela diminuição do número de dias, pelo reforço da gastronomia, pelo fortalecimento dos novos setores da agricultura, pecuária e empresarial, pela boa organização e, sobretudo, pela aposta num cartaz de grande qualidade, com nomes como BOSS AC, D.A.M.A, Kika, Rita Guerra e Richie Campbell.

Também a iniciativa Leitão à Mesa, que decorreu de 16 a 31 de maio em 11 restaurantes do concelho, foi um sucesso. O evento cumpriu os seus objetivos, conseguindo uma forte promoção do produto leitão e contribuindo para um aumento da atividade económica do setor. “O balanço é muito positivo. Achei mesmo que melhorou face ao ano anterior ”, afirmou Carla Carvalheira, do restaurante O Castiço. “Acho que é uma ótima iniciativa, uma muito boa aposta. Tivemos muita adesão, de pelo menos mais meio milhar de clientes”, sublinhou, por sua vez, Sandra Alves, do restaurante Pic Nic. “As pessoas já começam a conhecer a iniciativa e vêm pelo evento”, disse ainda Ivete Carrinho, do Celso dos Leitões. O evento foi promovido pela Câmara Municipal e pela Associação Maravilhas da Mealhada.

Câmara Municipal de Mealhada DESPACHO n.º 22/2015 Considerando que:  De acordo com o disposto no n.º 6 do artigo 42.º da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, o presidente da câmara municipal pode delegar a prática de actos de administração ordinária nos membros do seu gabinete de apoio;  São actos de administração ordinária ou de gestão corrente os que preparam ou executam actos definitivos, bem como os actos definitivos nos quais exista vinculação de pressupostos e elementos, e os actos com áreas de discricionariedade, mas que não corporizem inovação ou alteração na conduta administrativa anterior (Prof. Rebelo de Sousa, in Lições de Direito Administrativo, pp. 240 e segs.); Ao abrigo do disposto na supra mencionada na norma e considerando o disposto no artigo 47.º do Código do Procedimento Administrativo, DELEGO, na minha Chefe de Gabinete, Susana Maria Castro Cabral, a competência para: a) Autorizar a realização e o pagamento de despesas em cumprimento de contratos de adesão cuja celebração tenha sido autorizada e com cabimento no orçamento em vigor, até ao limite de 1.500,00€ (alínea a) do n.º 3 do artigo 38.º da Lei n.º 75/2013; b) Autorizar o pagamento das despesas realizadas, até ao limite supra mencionado (alínea h) do n.º 1 do art.º 35 conjugado com o artigo 38.º n.º 1 da Lei n.º 75/2013).

O presente Despacho não revoga o Despacho n.º 11/2013, no qual foram delegadas as mencionadas competências na Chefe da Divisão Financeira, Carla Cristina Pires Amaro, pelo que os poderes ora delegados só serão exercidos nas faltas e impedimentos da mencionada dirigente. O presente despacho entra imediatamente em vigor, e deve ser publicitado no Boletim Municipal e na página electrónica da Câmara Municipal da Mealhada, em conformidade com o disposto no n.º 2 do artigo 47.º do Código do Procedimento Administrativo. Mealhada, 28 de Abril de 2015 O Presidente da Câmara,

Rui Manuel Leal Marqueiro

MEALHADA Boletim Municipal

5


MUNICÍPIO DA MEALHADA

Com esta rúbrica, a autarquia pretende dar a conhecer aos leitores os principais assuntos abordados e as decisões mais importantes que acontecem nas reuniões do Executivo Municipal e nas sessões da Assembleia Municipal.

REUNIÕES DE CÂMARA

SESSÕES DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL

30 DE MARÇO DE 2015

10 DE ABRIL DE 2015

MERCADO MUNICIPAL DA MEALHADA APRESENTADO AO EXECUTIVO A vereadora da Câmara Municipal com o pelouro das Obras Públicas, Arminda Martins, fez uma apresentação sumária do projeto do futuro edifício do Mercado Municipal da Mealhada.

A Assembleia Municipal da Mealhada reuniu em sessão ordinária no passado dia 10 de abril e tomou as seguintes deliberações.

CÂMARA QUER SENSIBILIZAR OS MUNÍCIPES PARA A ADESÃO À FATURA ELETRÓNICA O vereador com o pelouro do Ambiente, José Calhoa, informou que a Câmara Municipal pretende “sensibilizar os munícipes para a adesão à fatura eletrónica em detrimento da receção do documento via-postal”. “Desta forma, asseguramos a qualidade do meio ambiente e a sustentabilidade do ecossistema”, referiu.

13 DE ABRIL DE 2015 CHARCA DE SANTA CRISTINA VAI PODER SER UTILIZADA NO COMBATE A INCÊNDIOS O vereador José Calhoa informou o Executivo sobre o acordo alcançado entre a Câmara Municipal e da EDP, relativamente à alteração do traçado da linha elétrica na Charca de Santa Cristina. O reposicionamento do traçado da linha tem como objetivo permitir um melhor aproveitamento daquela infraestrutura e utilização daquele ponto de água pelos meios aéreos no abastecimento para combate a incêndios.

20 DE ABRIL DE 2015 CÂMARA RENOVA PROTOCOLO COM A RODOVIÁRIA DA BEIRA LITORAL A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar o protocolo com a Rodoviária da Beira Litoral SA, para o transporte público de crianças do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Profissional, durante o ano letivo de 2015/2016 O protocolo foi revisto pela autarquia, que passou a impor um conjunto de regras específicas e de penalidades pelo incumprimento das obrigações assumidas, mantendo inalterado o preço estabelecido no anterior protocolo. O objetivo passa por melhorar o serviço prestado à população em geral e, principalmente, à população escolar. CÂMARA APOIO FINANCEIRAMENTE AMPLIAÇÃO DO CEMITÉRIO DO CARQUEIJO A Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, aprovar a proposta de apoio financeiro à Junta de Freguesia de Casal Comba, no valor de 30 mil euros, com vista à ampliação do cemitério do Carqueijo.

6

MEALHADA Boletim Municipal

A próxima reunião ordinária da Assembleia Municipal da Mealhada está agendada para terça-feira, dia 30 de junho, às 20h30, na sede da Junta de Freguesia de Casal Comba.


NOTÍCIAS DOIS MILHARES COMEMORARAM O DIA NACIONAL DOS MOINHOS NA MEALHADA A Câmara Municipal da Mealhada dinamizou, pelo segundo ano consecutivo, um programa de atividades gratuitas e diversas, dirigidas a todas as idades, para assinalar o Dia Nacional dos Moinhos, que se comemorou a 7 de abril. O programa decorreu nos dias 7, 11 e 12 de abril nos moinhos da freguesia da Vacariça e contou com perto de dois mil visitantes, que tiveram a oportunidade de conhecer ou relembrar o funcionamento dos moinhos de água de Santa Cristina e do Lograssol e de participarem nas atividades que decorreram ao longo dos três dias. PROJETO “OLHOS SOLIDÁRIOS” JÁ ESTÁ EM VIGOR NA MEALHADA O concelho da Mealhada tem em vigor um projeto de cariz social, que visa ajudar a colmatar as necessidades de saúde visual dos munícipes mais carenciados. O projeto chama-se “Olhos Solidários” e consiste na recolha, junto da comunidade, de armações de óculos já usadas, que serão depois selecionadas, higienizadas e reparadas, para serem reaproveitadas por quem mais precisa. As armações podem ser entregues no edifício da Câmara Municipal, do Setor de Ação Social da autarquia, na Biblioteca Municipal, na Loja Social e outros espaços municipais, na Cafetaria do Parque, no Centro de Saúde da Mealhada, nas Juntas de Freguesia do concelho e nas óticas aderentes, mais concretamente a AliÓpticas, a Retina e a Ergovisão. Colabore! A sua ajuda vai fazer toda a diferença! NOVO PLANO DIRETOR MUNICIPAL DA MEALHADA JÁ ESTÁ EM VIGOR A primeira revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) da Mealhada já saiu em Diário da República, encontrando-se oficialmente em vigor. Catorze anos depois do processo ter início, foi então possível obter o consenso alargado das diversas entidades que integraram a Comissão Técnica de Acompanhamento da Revisão do PDM e ver o documento aprovado em reunião do Executivo Municipal e da Assembleia Municipal, esta última realizada no dia 10 de abril. Recorde-se que o processo de revisão do PDM iniciado em 2001 tornou-se bastante moroso e complexo, por força de um conjunto de alterações das leis que regem a atividade de ordenamento do território. FELICIDADE NO SEIO ESCOLAR DEBATIDA NO 6º ENCONTRO COM A EDUCAÇÃO “Ser feliz na escola” foi o tema que esteve em debate na sexta edição do Encontro com a Educação, que se realizou no dia 18 de abril, no Cineteatro Municipal Messias e contou com mais de centena e meia de participantes. Um fórum composto por um conceituado painel de oradores, composto pelo presidente do Conselho Nacional de Educação, David Justino, pela docente da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Manuela Grazina, o diretor geral dos Estabelecimentos Escolares, José Alberto Duarte, entre outros. GUSTAVO VELOSO VENCEU 2ª VOLTA À BAIRRADA EM BICICLETA A 2ª Volta à Bairrada em bicicleta realizou-se nos dias 25 e 26 de abril e terminou com a vitória do ciclista espanhol Gustavo Veloso, da equipa W52-Quinta da Lixa, que venceu com uma vantagem de apenas 2 segundos para o segundo classificado. Gustavo Veloso foi o mais rápido no contrarrelógio individual de sábado na Pampilhosa, e apesar de não ter ganho a etapa de domingo – prova conquistada pelo compatriota da equipa EFAPEL, Alejandro Marque – conquistou o primeiro lugar do pódio, conseguindo o melhor tempo da classificação geral. A 2ª Volta à Bairrada em bicicleta contou com a participação de 117 corredores de equipas nacionais e estrangeiras e foi organizada pela Associação de Ciclismo de Aveiro, Federação Portuguesa de Ciclismo e Câmara Municipal da Mealhada. MEALHADA E 4 MARAVILHAS MARCARAM PRESENÇA NA FEIRA IBÉRICA DE TURISMO O Município da Mealhada e a marca gastronómica 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada marcaram presença na segunda edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), que decorreu de 30 de abril a 3 de maio, na Guarda. A Câmara Municipal da Mealhada esteve presente com um stand e um espaço de gastronomia, gerido pelo restaurante “O Castiço”. O objetivo da presença foi o de promover as potencialidades turísticas do concelho e a marca gastronómica municipal – mais concretamente o Leitão da Bairrada, a água do Luso, o vinho dos produtores do concelho e o típico pão da Mealhada – num certame que congrega o melhor da oferta turística de Portugal e Espanha.

MEALHADA Boletim Municipal

7


NOTÍCIAS

MEALHADA DECORA ÁRVORES DO JARDIM PARA ASSINALAR O DIA INTERNACIONAL DA FAMÍLIA As árvores do Jardim Municipal da Mealhada ganharam uma nova roupagem desde o dia 15 de maio, a propósito das celebrações do Dia Internacional da Família. Os funcionários da Câmara Municipal, de diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho e da Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos realizaram trabalhos manuais para embelezar as árvores deste jardim, como forma de assinalar a efeméride, e todos se juntaram neste espaço central da cidade durante a tarde, para um momento de partilha e convívio. Uma iniciativa da Câmara Municipal, no âmbito da Rede Social da Mealhada, que pretendeu “chamar à atenção da população para a importância da família enquanto núcleo vital da sociedade”. As comemorações do Dia Internacional da Família contaram ainda com um workshop sobre “Parentalidade Positiva”, dinamizado pela associação Encontros de Ser, que decorreu durante a manhã na Biblioteca Municipal da Mealhada. CENTENAS DE CRIANÇAS COMEMORARAM O SEU DIA NO PARQUE DA CIDADE O Dia Mundial da Criança foi celebrado durante dois dias no concelho da Mealhada. A festa começou no domingo, dia 31 de maio, e levou centenas de crianças e familiares ao Parque da Cidade. As crianças deliciaram-se com a piscina de espuma, os passeios de charrete, as pinturas faciais, a modelagem de balões, os insufláveis, os jogos tradicionais, os ateliers de música, de ambiente e culinária, a dança e a capoeira e com as atividades dinamizadas pelos bombeiros do concelho e pelo Hospital da Misericórdia da Mealhada. Já na manhã de dia 1 de junho, o Parque da Cidade voltou a acolher várias centenas de crianças das escolas e das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho. BENFICA CONQUISTOU A TAÇA DE PORTUGAL EM HÓQUEI PATINS FEMININO O Pavilhão Municipal de Luso recebeu, no fim de semana de 13 e 14 de junho, a Final Four da Taça de Portugal de Hóquei em Patins Seniores Feminino. A grande vencedora foi a equipa do Sport Lisboa e Benfica que se superiorizou às rivais, batendo na final a Associação Académica de Coimbra por 5-2 e arrecadando assim, pelo segundo ano consecutivo, a Taça de Portugal da modalidade.

LUSO RECEBE FESTIVAL ZEN DE 24 A 26 DE JULHO A vila termal do Luso vai voltar a receber, nos próximos dias 24, 25 e 26 de julho, a 4ª edição do Festival Luso Zen. O Luso Zen é um festival inteiramente dedicado ao conceito Zen, que proporciona, durante três dias, uma grande diversidade de workshops de dança, práticas de meditação ativa e passiva, massagem, relaxamento, atividades de expressão artística, caminhada na natureza, palestras sobre saúde e bem-estar, alimentação vegetariana, naturismo e ecologia. Estas atividades serão dinamizadas por monitores nacionais e estrangeiros.

8

MEALHADA Boletim Municipal

Profile for Comunicação CMM

Boletim Municipal Mealhada n.º 56 abr>jun'15  

Boletim Municipal do Município da Mealhada n.º 56 abril'15 a junho'15

Boletim Municipal Mealhada n.º 56 abr>jun'15  

Boletim Municipal do Município da Mealhada n.º 56 abril'15 a junho'15

Advertisement