Issuu on Google+

01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação Decreto regulamenta apresentação de artistas de rua na cidade Texto assinado pelo prefeito Fernando Haddad regulamenta Lei 15.776/2013

O prefeito Fernando Haddad assinou na sexta-feira (23) o decreto que regulamenta a lei 15.776/2013, sancionada em junho do ano passado, que garante a liberdade para a apresentação de artistas de rua na cidade. O texto, que será publicado no Diário Oficial da Cidade, estabelece os horários e locais permitidos para as apresentações, os equipamentos que podem ser utilizados, as obrigações dos artistas e como será feita a fiscalização. O novo texto, que foi construído nos últimos dois meses com os representantes dos artistas de rua, substitui o Decreto 54.948 de 20 de março deste ano, feito para coibir comerciantes ilegais que se utilizavam da lei para vender produtos de contrabando como se fossem artesões. De acordo com o prefeito, assim como já foi feito, a regulamentação da lei passará por melhorias constantes para garantir a liberdade de expressão dos artistas e a ocupação legal do espaço público. “Acabamos de regulamentar a questão da comida de rua e dos parklets, que são as praças em vagas de estacionamento e de Zona Azul. Tudo isso vai na mesma direção que é um ambiente mais saudável em São Paulo, menos estressante, mais prazeroso, que estimule o convívio e as pessoas possam se sentir mais seguras nas ruas e nas calçadas de São Paulo”, afirmou o prefeito Fernando Haddad. De acordo com o novo decreto, os artistas poderão se apresentar em ruas e parques da cidade, desde que obedecido alguns critérios. Eles não poderão ficar em frente as guias rebaixadas, a portões de acesso, prédios, repartições públicas, residências, farmácias e hotéis. Também não poderão obstruir acesso a hidrantes e válvulas de incêndio ou tampas de bueiros, por exemplo. Também deverão respeitar algumas distâncias mínimas. Por exemplo, devem ficar a cinco metros de pontos de ônibus e de táxis, entradas e saídas de estações de metrô e trem, rodoviárias e aeroportos, além de hospitais e prontosocorros e portões de estabelecimentos de ensino. Eles devem ficar a 20 metros das ruas onde têm feiras de arte, artesanato e antiguidades. E, quando a atividade provoque qualquer tipo de emissão de som, devem ficar a 50 metros de hospitais, pronto-socorros e casas de saúde. Para conferir o decreto na íntegra acesse o site da Prefeitura. www.prefeitura.sp.gov.br


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação Subprefeitura Aricanduva promove a terceira edição do evento Canteiro não é lixeira no Dia do Meio Ambiente Além de celebrar a data, o objetivo é conscientizar à população a não jogar lixo nas ruas

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Subprefeitura Aricanduva/ Formosa/ Carrão, através de sua Supervisão de Cultura, realizará nesta quinta-feira, dia 5 de junho, entre as 10h e 15h no Centro Educacional Esportivo Vicente Ítalo Feola (Clube da Vila Manchester), a 3ª edição do evento “Canteiro não é Lixeira”. A iniciativa visa conscientizar a população a não jogar lixo em canteiros, calçadas, ruas e terrenos baldios e terá como parceiros o CADES (Conselho do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) da Subprefeitura Aricanduva, a Secretaria Municipal de Saúde, a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (Núcleo Parque do Carmo), a Guarda Civil Metropolitana Ambiental e a ONG (Organização Não Governamental) Brasil SGI. Toda população está convidada a participar do evento que contará com tendas da Zoonoses e da GCM Ambiental; oficinas de hortas verticais, jardins em garrafa e reaproveitamento de materiais recicláveis; e distribuição de mudas de plantas e árvores. Serviço Evento: Canteiro não é Lixeira, 3ª edição Local: CEE Vicente Ítalo Feola (Clube da Vila Manchester) Endereço: Praça Haroldo Daltro, s/n Data: 05/06/2014 Horário: Das 10h às 15h


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014 Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação

Aniversariantes de 02 à 10 de Junho

02/06 – Valquiria Gomes Lança – Sugesp

03/06– Gisele de Matos Damásio Silva – Sugesp

04/06 – Elenilda Correia Luz Fernandes – Sugesp

09/06 – Ana Maria do Nascimento Silva – EXP

10/06 –Sônia Regina Scartezini – Sup. Fisc.

Edição N° 14


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação Circuito São Paulo de Cultura leva atrações musicais a diversos palcos da cidade Confira a programação de 5 a 8 de Junho

Transpiração 24 horas ao dia. O ritmo incansável da capital paulista toma conta de todas as esferas do urbano e a cultura é um dos meios de vazão dessa expressão contínua de criatividade. Pensando em um modelo de programação cultural capaz de integrar todas as regiões da cidade e suas linguagens, A Secretaria Municipal de Cultura da início ao projeto Circuito São Paulo de Cultura, que pretende levar, ao longo de 2014, mais de mil atrações gratuitas, entre música, dança, teatro, circo e atividades infantis, para mais de 240 espaços. Serviço: Circuito São Paulo de Cultura 2014. Diversos espaços. De 5 a 8 de junho.Grátis (retirar ingresso, um por pessoa, a partir de uma hora antes. Programação do Teatro Zanoni Ferrite Royce Do Cavaco - Dia 05 ás 20h Em sua apresentação, Rossi canta sucessos lançados por ele, faz homenagens a outros compositores e intérpretes e relembra sambas-enredo que defendeu em diversas escolas de samba em mais de 30 anos de carreira. No show, o sambista, que atualmente é o puxador de samba da X-9 Paulistana, é acompanhado por quatro percussionistas, dois cavaquinistas e um violonista. SNJ - Dia 06 ás 20h Formado em 1996, SNJ (Somos Nós a Justiça) fez shows com artistas e grupos, como RZO e Posse Mente Zulu. Em 1998, gravou o primeiro single, “SNJ - a sigla”. A partir de então, lançou os álbuns “Se tu lutas, tu conquistas” (2001), “O show deve continuar” (2003), “SNJ - DVD e CD” (2004) e “A esperança é o alimento da alma” (2004). Rodrigo Campos* - Dia 08 às 19h. Artista Revelação do 24° Prêmio da Música Brasileira, o instrumentista e compositor lançou, em 2009, o disco “São Matheus não é um lugar assim tão longe”. Em 2012, com seu segundo disco “Bahia fantástica”, lança entre outras, a canção “Sou de Salvador”, com repercussão internacional na entrar na coletânea “Daora!” da Inglaterra.


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação

Conheça o projeto Saúde no Esporte

O “Saúde no Esporte” é uma iniciativa das Secretarias Municipais de Saúde e de Esportes, Lazer e Recreação que tem como objetivo aliar cuidados com a saúde às práticas esportivas. O convênio estabelecido entre as duas secretarias é regulamentado pelo termo n° 60, de 22 de julho de 2008. Atualmente o programa possui três pontos de atuação: • Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP); • Quiosque da Saúde no Parque Ibirapuera; • Saúde no Esporte – Clubes Esportivos Municipais No Centro Olímpico, há uma equipe multiprofissional que avalia, orienta, acompanha e trata atletas em treinamento. Cidadãos referenciados das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) que demandam orientações específicas também são tratados no local. Já no Parque do Ibirapuera, profissionais da saúde interagem com usuários do local no momento de suas atividades físicas, dando dicas e estimulando-os a ter uma vida mais saudável. Inicialmente, mais de 45 mil usuários cadastrados nos clubes esportivos municipais recebem orientações médicas, nutricionais, fisioterápicas, e odontológicas. O principal objetivo é oferecer avaliação e orientação aos usuários como parte importante na promoção e prevenção à saúde da população de todos os segmentos sociais nas diversas faixas etárias. Ao todo, dez equipes contendo dez profissionais de cada área da saúde (enfermagem, fisiologia do esporte, fisioterapia, nutrição, psicologia, odontologia, dentre outros) percorrem semanalmente as unidades, nas diversas regiões da capital. De acordo com o Coordenador Geral do Programa da Saúde no Esporte, Carlos Roberto Vazzoler, a idéia é prestar um serviço de orientação aos usuários dos clubes municipais. Serviço: Torneio Intergráfico Datas: 10, 18 e 25 de maio de 2014 Horário: das 8h às 14h Local: Parque Esportivo dos Trabalhadores Endereço: Rua Canuto de Abreu, s/n°, Tatuapé


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Direitos Humanos completa o seu primeiro aniversário

Há um ano era oficializada, por meio de Lei Municipal nº 15.764, a criação da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) na Prefeitura de São Paulo, após o Decreto Municipal nº 53.685, de 1° de janeiro de 2013, que unificou as atribuições da antiga Secretaria Municipal de Participação e Parceria (SMPP), da Comissão Municipal de Direitos Humanos (CMDH) e do secretário especial de Direitos Humanos (SEDH) e as transferiu para a nova pasta. As coordenadorias de políticas para mulheres e igualdade racial, que estavam sob responsabilidade da SMPP, foram transformadas, pelo mesmo decreto, em secretarias autônomas. Também foram instituídas novas coordenações da SMDHC, que não existiam antes, como a Coordenação de Políticas para População em Situação de Rua, Educação em Direitos Humanos, de Direito à Memória e a Verdade, de Políticas para Migrantes, de Políticas para Crianças e Adolescentes e da Política Social. Missão A SMDHC tem como objetivo aprimorar a articulação e a gestão transversal das políticas e direitos humanos e participação social na Prefeitura de São Paulo, considerando a ocupação do espaço público pela cidadania para o fortalecimento do sentimento de pertencimento à cidade, a partir de dois eixos principais: - Afirmação de direitos, incluindo a desconstrução da cultura de violência e violações, com o fortalecimento da cultura de direitos humanos, e a articulação de políticas para a garantia desses direitos do município. - Participação social como método de gestão, com a utilização de mecanismos tradicionais, como conferências e audiências públicas, e formas inovadoras, como diálogos sociais e as novas mídias.


01 a 10 de junho

| JORNAL MURAL | 2014

Edição N° 14

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão Assessoria de Comunicação Evento-teste para a Copa foi bem-sucedido, diz vice-prefeita Planos operacionais foram testados no jogo entre Corinthians e Figueirense

A vice-prefeita Nádia Campeão avaliou como “positiva” a realização do primeiro evento-teste de São Paulo para a Copa do Mundo. No domingo (18/05) a FIFA, o COL ( Comitê Organizador Local da Copa), a Prefeitura e o Governo Estadual aproveitaram o confronto entre Corinthians e Figueirense, pelo Brasileirão, para testar os planos operacionais. Foi a primeira partida oficial na Arena Corinthians, em Itaquera, onde ocorrerão a cerimônia e o jogo de abertura do Mundial-2014. Outras cinco partidas do torneio estão previstas no estádio Paulistano. “Adotamos agora parte das operações que vamos usar durante o Mundial”, declarou a vice-prefeita, que também é coordenadora da SPCOPA (Comitê Especial para a Copa do Mundo). “A Prefeitura se concentrou em áreas como mobilidade, saúde e limpeza pública. De modo geral, foi um evento-teste bemsucedido”. Segundo Nádia, a prioridade dos governos estadual e municipal era avaliar o planejamento geral de mobilidade. Nos dias anteriores à partida, o Poder Público orientou os espectadores a irem à Arena Corinthians pelo transporte sobre trilhos, via Linha 3 – Vermelha do Metrô ou Linha 11- Coral da CPTM. “A torcida acatou nosso pedido e chegou rapidamente ao estádio, seja por Metrô, seja por trem. Com isso, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) conseguiu isolar a área e controlar o acesso de veículos sem transtornos maiores”, concluiu a vice-prefeita. Assessoria de Comunicação da SPCOPA


Jornal Mural - edição 14