Page 362

342  |  Iatrogenias, Manifestações Oculares de Doenças Sistêmicas e ...

Figs. 2 (A e B)  A. Papiloma conjuntival. B. Após o tratamento com excisão cirúrgica associada à crioterapia.

Coristomas Dermoides e lipodermoides – podem permanecer por toda a vida sem causar nenhuma alteração local e trazer consequências; quando se opta pelo tratamento, este é cirúrgico. São muitas vezes extensos e aderidos a planos profundos ou à conjuntiva, o que torna sua completa excisão difícil.

Tumores linfoides Podem ser tanto benignos quanto malignos, e muitas vezes estão associados a lesões sistêmicas. Seu tratamento mais frequentemente é feito com a radioterapia.

Sarcoma de Kaposi Tumor vascular que teve alta frequência com a AIDS, e, com o advento do HAART, sua frequência caiu. Na maioria das vezes não é preciso ser removido cirurgicamente, pois tem involução espontânea.

LESÕES PIGMENTADAS DA CONJUNTIVA Melanose racial A observação é indicada, já que está ligada à raça e, por esse motivo, não tem potencial maligno.

Melanose oculodérmica Nevo de Ota, melanose congênita ocular: não há tratamento, pois é congênita e sem predisposição maligna.

Iatrogenias  
Iatrogenias