Issuu on Google+

Palestra TV Rio Sul

Começam os preparativos da Semana da Moda 2011 em Barra Mansa. Com o sucesso da edição anterior, a expectativa é ainda maior para este ano.

Obras no centro da cidade estão previstas para começarem ainda neste semestre.

Para comemorar o aniversário da CDL, emissora promoverá palestra gratuita para o associado.

pág. 11

Pátio de Manobras

pág. 03

pág. 12

Semana da Moda 2011

www.cdlbm.com.br

Março / 2011

Ano XIV - Nº174

foto: Milton

CDL de Barra Mansa celebra seu 48º aniversário no dia 25 de março com comemorações que acontecerão durante este mês. pág. 06

Transforme o lixo tecnológico da sua loja em cultura com o novo programa da CDL Jovem. pág. 04


2

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Palavra da

Presidente

Dilma garante a criação do Ministério das MPEs Sugerido por Lula, no fim de seu governo, o Ministério das Micro e Pequenas Empresas será criado por Dilma, possivelmente neste mês. Uma vitória de todo o movimento lojista.

O novo ministério surge devido a importância das pequenas empresas na economia do país e a notória falta de incentivo e de regulamentações específicas para desburocratizar o trabalho no setor.

olim

aR Julian

Para comemorar!

Neste mês de março, a CDL completa seus 48 anos de história. E, de fato, são muitas histórias, muitas representações que por aqui passaram e plantaram suas sementinhas que geraram enormes frutos em prol de nossa classe lojista. É muito tempo

A presidente Dilma Rousseff anunciou, no mês passado, a criação do Ministério das Micro e Pequenas Empresas, as MPEs. Esta era uma antiga reivindicação da frente parlamentar que defende os interesses do pequeno empresário em Brasília e uma vitória de todo o movimento lojista. A ideia era antiga e foi engavetada por Lula devido à crise econômica de 2008. A CNDL defendeu intensamente uma política mais incisiva no cuidado ao

de representação na cidade e, a cada diretoria que por aqui passa a CDL recebe, como presente, a força, o progresso, o aprendizado e as vitórias. É uma satisfação comemorar mais um aniversário desta entidade que luta incansavelmente dia a dia com o pensamento firme no melhor para o empresariado e para a nossa cidade. Em meio

pequeno empresário, em Brasília. Agora o fortalecimento da economia desenha um novo cenário para o setor. Dilma convidou o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) para assumir o novo ministério. Valadares já recusou uma vez, mas a presidente insiste em seu nome. Se aceitar, a implantação começará em março. Segundo o Presidente da Câmara em Brasília, Marco Maia, uma das metas iniciais será buscar métodos para sistematização

a essa comemoração, enaltecemos as mulheres que trabalham em prol dessa luta do comércio. E também àquelas que se destacam em diversos setores e nos fazem acreditar nessa força. Nesta edição, agradecemos aos nossos associados, parceiros, diretores, funcionários e a todas as mulheres que ajudam a fortalecer ainda a mais a nossa CDL

Simplificação dos tributos terá impacto direto no bolso do lojista e do consumidor. Foto: Jornal Meio Norte.

E x p e d i e n t e

de Barra Mansa!

DIRETORIA EXECUTIVA

- Comercial

Heraldo Vianna Nogueira

Coordenador de Responsabilidade

Redação

Presidente

Ricardo F. de Castro

Conselho Consultivo

Social

Thaís de Mattos

Juliana Lanes Rolim

- Divulgação e Políticas Públicas

Alberto Aldet

André Oliveira da Silva

André Oliveira

Vice-Presidentes

Vivaldo Moreira Ramos

Antônio Feris Filho

Christiane Mohalem Corrêa

Jornalista Responsável

Alício José V. de Camargo

- Eventos

Almir Esteves Corrêa

Coordenador de Mobilização

Thaís de Mattos

Xisto Vieira Neto

Maria Zélia dos Santos

Rilmo Vieira de Souza

Beatriz de Paula Viveiros

MTb 22776

Diretores:

- Propaganda e Promoções

Samir Jorge Arbex

Luiz Carlos Ribeiro Macedo

Revisão deTexto

- Tesoureiros

Thaís de M.O. Coelho

Magno Andrade

Coordenador de Capacitação

Mª Letícia de M. Coelho

José Romário M. Rocha

- Jurídico

Jair Francisco Gomes

Renato Teixeira Figueiredo

Editoração eletrônica

Maria Tereza Mohalem

Almir Esteves Corrêa

Luis Antônio Nogueira Feris

Leander Golfetto Lopes

Communix

- Secretários

- CDL Jovem

Coordenadora de Comunicação

Tel: (24) 3324.0684

Francisco Ramundo

Márcio Melo Viveiros

Flora Suarez P. Menezes

Conselho Fiscal

DIRETORIA CDL JOVEM

Coordenador de Sustentabilidade

- Patrimônio

Rilmo Vieira de Souza

Presidente

Wallace Rennan Gomes

Impressão

Maria das Graças F. Marcelino

Jair Francisco Gomes

Carolina P. dos Santos Ferreira

Iago Victor Silva Pereira

Gráfica Ano Bom

- Produtos e Serviços

Márcio D. da Silva

Coordenador Financeiro

José Márcio da Silva

Suplentes do Conselho

Rafael Roxo de Souza

- Informática e Telecomunicações

Magno Andrade

Coordenadora Jurídica

Gerente Executiva

Agnaldo S. Raymundo

Paulo Roberto de Castro

Hellen Cristina Oliveira Lima

Aucenir Torres (24) 3325.8152

Renata Machado de Abreu

1.700 exemplares

Foto: Jornal O Estado de São Paulo.

e simplificação dos impostos em todo o país, seguindo aliás, uma tendência mundial no setor. O novo ministério precisa desenvolver novos mecanismos que permitam um número, cada vez maior, de pessoas sair da informalidade e instituírem suas empresas formalmente.

O maior empregador do país. Dentre os 2 milhões e meio de empregos formais criados em 2010, 72% foram gerados nas micro e pequenas empresas. Na realidade, é surpreendente que só nos últimos anos o governo tenha se dedicado mais ao setor. Apesar de grande em número, as MPEs respondem por apenas 20% do PIB do Brasil. Isso se deve, em grande parte, à falta de investimento, capacitação e políticas econômicas voltadas para este perfil de empresa. Assim, será muito proveitoso um órgão, no governo, responsável por tais tarefas, o que certamente vai ampliar muito o potencial dos pequenos.

Contato CDL Barra Mansa Rua Rotary Club, 26 Ano Bom - Barra Mansa CEP: 27323-290 Tel.: (24)3325-8150 cdlbm@cdlbm.com.br


3

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Pátio de Manobras: as obras chegam ao centro da cidade PMBM divulga os primeiros passos das obras no centro, para que os empresários e população se preparem para os transtornos inevitáveis. No último mês, a Prefeitura Municipal reuniu-se com várias classes empresariais para informar à população sobre o cronograma de obras do pátio de manobras que, agora, chega ao centro da cidade. O objetivo é preparar a população para, neste período, minimizar o impacto negativo das obras no cotidiano do município. Desde o projeto inicial de remoção do pátio de manobras, em Barra Mansa, a CDL tem acompanhado o projeto de perto, visando, da melhor forma possível, proteger a classe lojista. Uma entrevista com o secretário de Planejamento Urbano de Barra Mansa, José Marcos Rodrigues Filho, o Zito, detalha ao lojista algumas intervenções que já deverão iniciar em abril.

O planejamento reduz o impacto das obras. Inicialmente, será finalizado o viaduto sobre a linha férrea no bairro Saudade, que se encontra em fase de lançamento das vigas de sustentação. Paralelamente serão iniciadas as obras do viaduto no bairro Barbará. O tráfego entre Volta Redonda e Barra Mansa terá uma nova alternativa, já que o motorista poderá optar por atravessar a linha antes do fórum e seguir beirando o rio até o centro, pela rua Argemiro de Paula Coutinho. Nessas áreas, o tráfego será intensificado e, com isso, ficará mais leve o trânsito de veículos nas vias do centro. Terminadas essas duas obras, será criado um corredor de tráfego da Barbará até Saudade. Assim,o motorista poderá percorrer de uma região a outra da cidade sem precisar cruzar a linha pelas passagens de nível.

Instalações da Sain Gobain

Com o viaduto no bairro Barbará, os veículos da via Sérgio Braga podeão cruzar a linha férrea logo na entrada da cidade, saindo em frente ao fórum, na Av. Argemiro de Paula Coutinho. As obras começam em maio.

Um ponto que preocupa muito os comerciantes é a travessia da Rua Duque de Caxias, ao lado da Estação das Artes (a antiga estação de trem). Neste caso, Zito afirma que o desenho e a execução da obra estão sendo reavaliados. Mas, em planos gerais, o programa ocorre da seguinte forma: Após a abertura de novas alternativas de tráfego com os viadutos, a passagem será fechada a veículos e pedestres. Será construída uma passarela provisória para as pessoas neste local. A passarela antiga, ao lado da estação, será demolida para permitir a realocação dos trilhos do trem. Com a conclusão dessa etapa, que deverá ocorrer em 90 dias, será construída uma passarela subterrânea para pedestres. Há também a possibilidade da construção de uma passagem para veículos sob os trilhos, mas isto ainda está sob avaliação técnica. A travessia da linha pró-

xima à Praça da Liberdade, e a ponte Ataulfo Pinto dos Reis (a ponte dos arcos) serão as últimas a serem fechadas. Será construída uma passarela para pedestres, e então, a passagem de nível será fechada definitivamente. Zito destaca a preocupação com o bem-estar da população: “O planejamento visa evitar transtornos ou intervenções capitais nos meses de novembro e dezembro, face ao movimento do comércio local e ao natural fluxo de veículos e pessoas. Para cada modalidade de intervenção teremos uma estratégia para minimizar os efeitos na população e no trânsito.” Contudo agora é o momento de o lojista se preparar, pois haverá redução significativa no movimento do comércio nas áreas afetadas. Sendo assim, é prudente não comprometer o fluxo de caixa com financiamentos altos ou gastos excessivos nesse período. O ideal é reduzir os custos ou mesmo aproveitar o momento para dar férias aos funcionários.

Um novo desenho para o centro da cidade.

Bocaininha

Bairro Saudade

No bairro Saudade, as obras de mais um viaduto já estão em andamento. Ele vai ajudar a diminuir o fluxo de veículos nas travessias do centro durante as obras.

A remoção do pátio de manobras vai redesenhar o centro da cidade. É importante que todos os lojistas avaliem com cuidado esta questão, pois áreas hoje quase desertas se tornarão, em breve, fortes corredores de tráfego. Outras áreas terão seu fluxo de pessoas reduzido. Com isso, muitas lojas terão que se adaptar ou mesmo mudar de localização ao longo dos anos. Avaliando a questão com calma, o empresário pode se antecipar ao problema e ampliar bastante os benefícios de sua empresa.

Dia a dia da

Presidente 2/02 – Reunião de Marketing 3/02 – Reunião de Diretoria 5/02 – Solenidade de Posse CDL de Três Rios 9/02 – Reunião Comissão Semana da Moda – Reunião Planejamento orçamentário da CDL 10/02–Reunião comissão Convenção Nacional –Reunião de Diretoria 15/02–Reunião de pauta do Café da Manhã 16/02–Encontro com expositores da Semana da Moda 17/02–Café com Ideias na Aciap de Barra Mansa – Solenidade de Posse da diretoria da CDL de Volta Redonda 22/02–Reunião Semana da Moda –Reunião Departamento Comercial –Reunião Comissão para análise do produto Planeje-se 23/02–Reunião de pauta do jornal –Audiência Pública no Palácio Barão de Guapi 24/02–Reunião com Secretário Municipal Desenv. Econ. Barra Mansa 24/02–Reunião de diretoria 25/02–Expediente na CDL 28/02–Reunião Projeto de Natal

CDL 2011

Diretores Secretários Francisco Ramundo Sócio proprietário da Dijore Distribuidora, atua na diretoria da CDL Barra Mansa há 8 anos e, nos últimos 2 anos, participa da pasta de secretário da entidade.

isco Fraanmcundo R Flora Suarez Pombo Menezes Proprietária da Doce Festa ingressa neste primeiro ano como diretora da CDL, iniciando seus trabalhos em prol da entidade na pasta de diretora secretária.

Flora

Suare

z


4

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Computador velho na loja? Reciclaí! Programa da CDL Jovem, em parceria com o COOPROTIC, transforma o lixo tecnológico das lojas em capacitação e inclusão digital para jovens da cidade. Um monitor novo, uma impressora a laser, uma CPU mais potente, tudo isso é sempre bem-vindo na loja. Mas isso gerava um grande inconveniente: o acúmulo de equipamento velho de informática pelos cantos da loja. ‘Gerava’, pois agora a CDL jovem lançou o programa Reciclaí, para reciclagem de equipamento de informática. Esses equipamentos contêm elementos tóxicos e nocivos ao meio ambiente, por isso eles não podem

são retiradas e com elas montam-se computadores, impressoras e outros componentes. Com esses computadores, o CDI monta salas de aula de informática em regiões carentes da cidade onde jovens da região fazem cursos gratuitos de Windows, Word, Excel, entre outros. A unidade de Barra Mansa é destaque no Comitê. Segundo o último levantamento da ONG, o CDI Barra Mansa tem o maior número de alunos

grama Reciclaí da CDL Jovem, todo o material de informática doado, tido por alguns como ‘lixo tecnológico’, será convertido em peças novas, auxiliando, assim, o CDI a atingir sua meta para este ano que é a de ter mais 60 alunos formados inseridos no mercado de trabalho. As oficinas do programa também prestam serviços variados como: manutenção de computadores e impressoras, desenvolvimento de websites, desenvolvimento de projetos para segurança de rede, além de softwares comerciais. Qualquer empresa pode procurar o comitê para contratar seus serviços.

As oficinas do CDI já formaram mais de 4 mil jovens em Barra Mansa. ser jogados no lixo convencional. A partir de agora, não só os lojistas mas também qualquer pessoa pode deixar na sede da CDL seu lixo tecnológico. Com o programa Reciclaí, a CDL Jovem encaminha este material ao CDI – Comitê de Democratização da Informática, que cuida do encaminhamento deste material. O CDI é uma organização nãogovernamental fundada em 1995, no Rio de Janeiro, com filiais em várias cidades do país e do mundo. Lá, o material doado tem dois destinos. O material muito deteriorado ou obsoleto é desmontado e seus componentes são novamente encaminhados à indústria para reciclagem e produção de novas peças. Já as peças em melhor estado

formados dentre todas as suas unidades no mundo. São 4 mil jovens, adultos e idosos capacitados, 200 a mais do que a cidade que ficou com o segundo lugar. Existem escolas do CDI em bairros como Boa Sorte, Bocaininha, Coringa e Bom Bastor. Esta última é a maior delas, com cursos avançados como Montagem e Manutenção de Micros, Montagem de Rede de Computadores e Web Design. Serão abertas, neste ano, turmas para ‘Programação em Java’, curso que só é disponibilizado na filial de Barra Mansa. Com o pro-

Uma equipe do Cooprotic participou do último café da manhã da CDL, quando foi lançado o programa e assinado o convênio entre as duas instituições. O Coordenador de Tecnologia, Raoni de Sousa destaca a importância do trabalho na cidade: “O projeto já existe e faz diferença na vida das pessoas dessas comunidades. Todos os cursos são gratuitos para eles, com profissionais de ponta como instrutores. É um trabalho da comunidade

para a comunidade e que precisa do apoio de toda a sociedade para continuar dando certo.” No sábado, dia 19 de março, acontece uma ação de divulgação do Reciclaí junto com a CDL Jovem e o Cooprotic no centro de Barra Mansa. As atividades acontecem na Semana Nacional da Inclusão Digital e visam conscientizar o público sobre a responsabilidade ambiental e social de cada indivíduo na sociedade. As doações de equipamentos ao Reciclaí podem ser feitas na sede da CDL de Barra Mansa. Qualquer material é aceito, mesmo que seja quebrado ou sem funcionar. Para obter mais informações sobre o CDI em Barra Mansa basta ligar para (24) 3323-0834.

O que era considerado lixo tecnológico é reciclado, montando novas salas para cursos de informática.

Lojista, prepare-se para mais uma data comemorativa do calendário comercial:

Páscoa 2011!


5

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Seja bem vindo, você é de casa! A cada mês o trabalho da CDL torna-se mais abrangente graças a força de cada empresário que faz parte do nosso movimento. A partir de agora, estas empresas também fazem parte desta vitória.

Novos Associados Alberto Papelaria

Gabriela e Alberto Papelaria e Armarinho Ltda

HPM Peças e Motores HPM Peças e Motores Ltda ME

Caminhos do Brasil Agência de Viagens e Turismo F.K. Viagens e Turismo Ltda

Cartório do 3º Ofício

Serviço Notorial e Registral do 3º Ofício

Brenda Modas e Presentes

Tonicelli e Ivonete Comércio de Roupas Ltda

Cooprotic

Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Tecnologia da Informação e Comunicação

Papiro

TAG de Sá Atelier Gráfico ME

Mercado da Praça

Admir Mercado da Vila Independência Ltda ME

MFD Imóveis

MFD Serviços de Agenciamento Ltda ME

Cinco Emes

Transportes Cinco Emes Ltda

Kanazawa Mercearia Norico Mercearia Ltda ME

Injeções Barra Mansa

BM 2007 Bombas Injetoras Ltda ME

Danielle Moda Feminina Danielle Cardoso Viana

Coluna Jurídica

Vidros transparentes em lojas e vitrines

É necessário identicar vidros transparentes em estabelecimentos comerciais. Uma medida de segurança para o cliente e o lojista. Em vigor, a Lei Estadual nº 5.469/09 (PTRJ), de autoria do Deputado Rodrigo Neves, estabelece a obrigatoriedade de se apor tarjas de identificação nos vidros transparentes de estabelecimentos comerciais, na rede hoteleira, em edifícios residenciais e centros empresariais. A Lei, dotada de 4 (quatro) artigos, tem por escopo prevenir acidentes, como colisão em placas de vidros translúcidos. As tarjas ou sinais deverão demonstrar a existência do obstáculo,

devendo ser dotadas de comprimento e largura suficientes. A obrigatoriedade estendese às portarias de edifícios, às divisórias e vitrines de estabelecimentos. Características como cores e altura poderão ser livremente convencionadas pelos estabelecimentos. Rodrigo Amorim Camargo Ronaldo Souza Barbosa & Advogados Associados

Por dentro da CDL Jovem

Hellen

Lima

Coordenadoria Jurídica Hellen Lima é a Coordenadora Jurídica na nova formação da CDL Jovem de Barra Mansa. Este é o departamento que verifica as questões de cada programa desenvolvido pela instituição. Zela para que o direito do associado seja sempre preservado e para que toda a CDL Jovem tenha segurança e tranquilidade no seu trabalho, certa de seguir conforme as normas legais vigentes.


6

Informativo do Comércio de Barra Mansa

CDL Barra Mansa completa 48 anos de história. Tradição, credibilidade e luta pela classe lojista. Em todos esses anos de fundação, a entidade comemora também a participação e a atuação, cada vez maior das mulheres na CDL.

No dia 25 de março, a Câmara de Dirigentes Lojistas da CDL completa 48 anos de trabalho e união, representando a classe lojista – a maior geradora de empregos do município. São quase cinco décadas participando de vários momentos da história da cidade, mostrando-se representativa nas questões econômicas, políticas e sociais. Ao longo desses anos, a CDL trabalhou incansavelmente para desenvolver o comércio local que já se destaca pela diversidade e característica de comércio de rua, atraindo consumidores de muitas outras cidades. São 48 anos acompanhando o progresso de muitos estabelecimentos, a chegada de novos empreendedores, a luta por melhores condições de negócios para os lojistas e a união junto à

classe, pois é somente com essa atitude que as conquistas são adquiridas, trazendo benefícios em todos os sentidos. Atualmente, a CDL comemora mais um aniversário com a satisfação do aumento, a cada mês, do número de associados. Comemora a alegria de completar mais um ano, tendo a transparência e a credibilidade sob os olhos da população e dos lojistas, e também a alegria de contar com parceiros e uma diretoria disposta a buscar o crescimento deste setor, na cidade, com projetos fortes e ações que realmente possam gerar resultados. A CDL tem a certeza de que muito ainda está por ser feito.

Cada ano de aniversário destaca-se um momento significativo para a entidade. E, em 2011, aos 48 anos, o momento é de integração, de união e de luta; juntos para a melhoria de todos. A CDL foi e sempre será a casa e a voz do lojista. Esta é a bandeira que sempre será levantada e abraçada!

“Agradecemos a cada empre-

sário que acredita no trabalho que a CDL desenvolve e confia no respaldo que ela oferece ao seu estabelecimento. Os 48 anos de CDL são para serem comemorados por todos nós”, ressalta Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL Barra Mansa.


7

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Mês de aniversário da CDL e de comemoração para o Dia Internacional da Mulher Pela primeira vez na história da entidade, duas mulheres assumem o comando da presidência da CDL Executiva e CDL Jovem Barra Mansa. “Apesar de todos os medos, escolho a ousadia”, essa frase é de Lya Luft e demonstra, segundo a presidente Juliana Lanes Rolim, a sensibilidade da mulher e a ousadia em querer algo mais, em acreditar no melhor sempre, tendo uma visão positiva para todos os obstáculos que lhes são apresentados. A CDL Executiva e CDL Jovem, nunca antes em suas histórias, contaram com a presença de tantas mulheres

em suas diretorias. E agora, duas delas assumem, paralelamente, a presidência dessas diretorias. Ao todo são 11 mulheres, todas empresárias, atuando em ambos os grupos. Praticamente 70% da equipe de funcionários da entidade é formada por mulheres. Vale ressaltar que dos 13 funcionários contratados, 9 são mulheres. Nada a favor ou contra. A realidade é que as mulheres, de fato, têm alcançado cada vez mais espaço nos núcleos

de decisão e rompido, definitivamente, o ranço histórico e machista que lhes roubava o direito de participarem dos processos de desenvolvimento da sociedade. As mulheres são reconhecidas em diversos setores como melhores gestoras, mediadoras, empresárias, conciliando, com habilidades singulares, as tarefas de profissional-mulher-mãe com a de agentes de transformações sociais, econômicas e políticas, além de cuidadoras de lares,

de filhos, de flores, de jardins... Com este pensamento, a CDL homenageia todas as mulheres que fazem parte de sua história: associadas, diretoras, funcionárias, esposas. E ressalta: ‘O mundo pertence a todos, homens e mulheres. Todos fazem as suas diferenças e suas histórias. Todos precisam de mudanças, de atitudes e de... mais flores em suas vidas!’


8

Informativo do Comércio de Barra Mansa

No celular e com muita educação Pequenas regras de etiqueta fazem toda a diferença no uso do celular. Fique por dentro de algumas delas. Hoje o celular é parte da vida de cada um nas cidades, talvez a ferramenta de comunicação mais importante desde a virada do século. Mas o seu uso seguiu indiscriminado ao longo dos anos. Todos aprenderam com as mães a receber as pessoas, pedir licença para entrar na sala, bater na porta, usar o ‘por favor’ e ‘obrigado’. Mas o celular nunca fez parte dessas lições em casa, mesmo porque ele não existia quando os adultos de hoje eram crianças. Sendo assim, pequenas regras de educação e cortesia podem facilitar muito o uso do aparelho. Seguem aqui algumas questões que devem ser levadas em consideração: 1. Ligou? Pergunte se a pessoa está disponível: Nunca se sabe onde a outra pessoa estará ao atender um celular. Ela pode não estar disponível naquele momento. Sendo assim, pergunte antes se ela pode falar com você. Se não, você retorna após alguns minutos; 2. Ninguém precisa participar da sua conversa: quando uma pessoa está em locais barulhentos ou com um sinal ruim, é comum que aumente o tom de voz. É desagradável quando alguém começa a gritar ao telefone,

profissionais para ocasiões profissionais;

todo o momento com chamadas ao celular;

3. Cuidados com os toques de celular muito altos ou estridentes: quem nunca se assustou com o toque do ‘Hallo moto’ no último volume durante uma reunião, que atire a primeira pedra. Use o ‘vibra-call’ nas ocasiões em que o silêncio é importante;

5. Não é urgente? Use o torpedo: A mensagem SMS é uma alternativa educada e eficaz, pois a pessoa pode ter desligado o celular por um momento e, ao retornar, receberá imediatamente seu recado. E claro, é educado também responder ao recado quando receber um;

7. Desligue o celular quando for necessário: Obedeça aos pedidos de desligamento de celular em aviões, cinemas e hospitais. Desligue também quando não puder atender por questões particulares;

4. Se não tiver intimidade com a pessoa chamada, evite ligações durante o almoço ou fora do horário comercial: Muitos usam o celular como ferramenta profissional, mas isso não faz dele um ‘Call Center’ 24 horas por dia. Seja educado. Guarde os assuntos

6. Cuidado ao atender o telefone: Se for atender ao celular e estiver conversando com outra pessoa, peça licença e seja rápido. Se não for urgente, silencie o telefone, encerre a conversa e depois retorne a ligação. É ruim ter a conversa interrompida a

anunciando seus assuntos particulares. Se não conseguir falar naquele momento, tente mais tarde;

8. Nunca aperte o botão de rejeitar a ligação quando alguém chama por você: A impressão que fica é: ‘Ele desligou na minha cara’ ou ‘Não quer me atender’. Se não puder atender reduza o volume do seu celular e, assim que puder, retorne a chamada e esclareça a situação.

Comissões são formadas para discutir sobre a metragem que as construções devem ter de distância das margens do Rio Paraíba. A Secretaria do Patrimônio da União decidiu, em 2010, aplicar a legislação que determina como sendo de propriedade da União todas as áreas localizadas a até 15 metros da margem dos corpos d’água (rio, lagoas etc.). Por causa dessa decisão todos os imóveis localizados nessa faixa terão de recolher para os cofres federais, anualmente, 5% do valor venal do imóvel. A decisão afeta a milhares de proprietários nas cidades do Centro-Sul Fluminense, que cresceram no entorno do rio Paraíba do Sul. Com a cobrança, um proprietário que possui um IPTU de R$ 200 terá de recolher R$10 aos cofres do governo federal. O maior problema não está no recolhimento, mas no fato de que, segundo a Secretaria do Patrimônio da União, os proprietários de imóveis localizados na faixa de 15 metros da margem do rio deixarão de ser proprietários e passarão a ser ocupantes de terras da União. A Secretaria do Patrimônio da União iniciou o processo de mapeamento dos imóveis para a co-

foto: divulgação

brança da taxa pelo município de Volta Redonda, onde há estudos para definir quais imóveis serão taxados. Não há previsão de quando a cobrança será estendida para os demais municípios no curso do rio, mas o processo terá andamento. Enquanto isso, empresários, moradores das áreas ribeirinhas e entidades se mobilizam e montam

comissões para reverter tais decisões. No dia 23 de fevereiro, uma audiência pública foi realizada na Câmara Municipal em Barra Mansa, na qual moradores das áreas ribeirinhas das cidades de Barra Mansa e Volta Redonda definiram que não será formada uma, mas duas comissões para discutir sobre a me-

tragem que as construções devem ter de distância das margens do Rio Paraíba. A primeira comissão tentaria resolver o problema em Brasília e a segunda buscaria apoio com o Governo do Estado. Moradores das áreas ribeirinhas tanto de Barra Mansa quanto de Volta Redonda receberam notificações do Ministério Público Federal para a realização de recadastramento das casas. A audiência contou com a presença da classe empresarial representada pela presidente da CDL Câmara de Dirigentes Lojistas Barra Mansa, Juliana Lanes Rolim, do presidente da FCDL RJ, Jair Francisco Gomes, o grupo da Arisul, a deputada estadual Inês Pandeló (PT), o vice-presidente da Aciap-BM e outras entidades. O movimento formado na região busca diminuir o limite da margem do rio para 15 metros e, para isso, pede a presença de representantes da SPU nas inúmeras audiências públicas que tem feito, sempre sem sucesso.


9

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Vantagens em ser um associado CDL Você realmente sabe o que a CDL Barra Mansa pode fazer por você? Medicina do Trabalho: SEMART

Descontos especiais ao associado.

Software para o Varejo: SAV

Descontos especiais para associados CDL.

Saúde e Odontologia: UNIMED

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

UNIODONTO

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

Lazer: SESI

30% - SESI Clube; 10% - Escola SESI e Consultas Médicas e Odontológicas.

Serviços Bancários SICOOB

Pacote Exclusivo de Benefícios ao Associado.

Seguro e Previdência Porto Seguro

Condições especiais para associados da CDL e seus funcionários.

Educação: UBM

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

CIEE

Progr. de Estágio, acompanhamento in loco e descontos especiais.

CNA

40% desconto para associados e seus colaboradores.

Capacitação: IDE

Primeira Mensalidade Gratuita ao Associado.

Segurança na aprovação de crédito: Consulta de Cheque: Consulta na base local e nacional dos cheques sem fundo, extraviados e roubados, alertas de extravio ou roubo de documentos e confirma o endereço do cliente pelo número do telefone fornecido.

Consulta OK: Verifica o endereço do cliente segundo o número de telefone fornecido por ele.

SEBRAE

Palestras Gratuitas.

MICROLINS

Programa inteligente de seleção de pessoal gratuitamente. E 40% de desconto em cursos.

Verifica a situação do cliente nas bases local e nacional do Serviço de Proteção ao Crédito, além das últimas consultas realizadas em nome do cliente.

Lig-Crédito: Pesquisa pessoas físicas e jurídicas no SPC Nacional e Serasa, ações, protestos, pendências financeiras, CCF do Banco Central, consultas anteriores e registros em Barra Mansa.

Programas da CDL ao associado: Festas e eventos: Locação do salão de festas e eventos da CDL com desconto exclusivo de 30% ao associado CDL.

SENAC

Desconto de 20% - Programas de Qualificação Profissional.

SPC Nacional:

Campanhas de Marketing: Campanhas gratuitas ou com preços extremamente reduzidos para promoção de vendas da loja.

Treinamento: Cessão do salão de treinamentos da CDL com equipamento audiovisual e ar climatizado.

Telefones da CDL: Atendimento Recepção - 3325-8150 Fax - 3325-8160 Consultas Cadastrais URA - Atendimento Automático - 3325-8181 Call Center - 3325-8166

Administração Contas a Pagar - 3325-8154 Contas a Receber e Suporte de Sistema de SPC - 3325-8155 Setor Comercial - 3325-8158 e 3325-8168 Gerência - 3325-8152


10

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Espaço Aciap

Espaço

Sicomércio

ACIAP BM participa de entraves para o desenvolvimento econômico do sul do Estado A ACIAP Barra Mansa esteve presente no encontro promovido pela Representação Regional da Firjan no Sul Fluminense, em Resende. O evento reuniu empresários da região e representantes de associações comerciais e Câmaras de Dirigentes Lojistas para debate sobre os entraves para o desenvolvimento econômico do sul do estado. Durante o encontro, o especialista em Infraestrutura e Investimentos do Sistema Firjan, Riley Rodrigues de Oliveira, fez uma apresentação sobre as constantes interrupções do tráfego na Serra das Araras e os consequentes prejuízos à região Sul Fluminense. “Somos a segunda região mais rica do Estado e, para continuar a crescer, precisamos discutir alternativas viárias para desafogar o tráfego da Via Dutra. Precisamos de infraestrutura logística forte para aprovei-

tar a localização privilegiada que nossa região possui”, pontuou José Francisco Medeiros, presidente da ACIAP BM, que foi acompanhado no evento pelo diretor Manoel Duarte. As notificações do Ministério Público às empresas e às residências situadas às margens do Rio Paraíba do Sul e afluentes também foram abordadas. O gerente Jurídico Empresarial-Tributário do Sistema Firjan, Gustavo Kelly, fez uma avaliação. “Queremos chegar a um consenso com o Ministério Público Federal para resolver essa situação. A popula��ão e os empresários estão temerosos quanto ao futuro de seus imóveis. Isso também atrapalha a vinda de novas empresas para a região”, destacou José Francisco Uma nova reunião será agendada para março para a continuação do debate e definição das ações.

Diretor executivo do Saae explica reajuste da água no Sicomércio O diretor executivo do Saae de Barra Mansa, Renine Cesar de Oliveira, esteve no dia 22 de fevereiro no Sicomércio de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro falando sobre o reajuste de 19% nas contas de água, ocorrido no mês de fevereiro. O objetivo do sindicato foi esclarecer o porquê do aumento para seus associados. De acordo com o diretor executivo do Saae, vários foram os motivos que impulsionaram o aumento de 19%, entre eles o refinanciamento ocorrido no ano de 2000, da Estação de Tratamento de Água; o pagamento de precatórios aos funcionários que sofreram perdas em seus vencimentos, entre os anos de 1998 e 2000; os investimentos em ampliação e implantação de sistemas de abastecimento de água e de esgotos. – Não se pode administrar

uma empresa prestadora de serviços públicos em saneamento que não tenha condições de promover a manutenção dos sistemas, e tampouco, realizar investimentos que objetivam promover a melhoria das condições de saúde, conforto e habitabilidade dos cidadãos, através dos serviços de saneamento, há de se considerar a sustentabilidade dos serviços prestados – destacou Renine. Ele explicou que a maioria dos clientes do Saae, tanto residências como comércio, consumem dentre 0 a 10 mil litros de água por mês. No caso do comércio o valor de R$ 19,60 por 10.000 litros de água, por mês, passou para R$ 23,40 com o reajuste de 19%. Já nas residências, antes era de R$ 12,10 por 10.000 litros de água por mês e agora passou para R$ 14,44. por Chrystine Mello

por Flávia Resende

CDL Barra Mansa parabeniza os consumidores pelo 15 de março! Data comemorativa desperta o lojista para o estilo de consumo nos dias de hoje e destaca: a maioria dos consumidores usam internet para pesquisar preços. A internet é capaz de fornecer diversas informações aos usuários. Como não poderia deixar de ser, os consumidores fazem uso dessa ferramenta para a pesquisa de produtos, lojas, preços, novidades, entre outros. De acordo com estudos, 81% dos consumidores brasileiros utilizam a internet para pesquisar preços. Já 74% fazem pesquisa de imagens de modelos e opções de produtos. A ferramenta também é utilizada para pesquisa de detalhes de desempenho e dimensões de produtos (68%), locais de compra (67%) e lançamentos (64%). Para a realização da pesquisa, foram entrevistadas 2.440 pessoas, por meio da internet, em janeiro de 2011.

Interação Os consumidores também estão buscando interagir com as empresas. Segundo o levantamento, 92% acessaram o site de uma empresa nos últimos seis meses e 53% tornaram-se membros de uma comunidade virtual de empresa ou fan Page, no último semestre. De acordo com o estudo, 42% dos consumidores gostariam de

participar diretamente de pesquisas no site do fabricante da marca. Já 41% gostariam de usar internet para agendar visitas aos revendedores. Tirar dúvidas no site do fabricante, por meio de contato direto com as pessoas responsáveis (40%), fazer compra do produto diretamente no site do fabricante da marca (38%) e fazer compra do produto no site do revendedor (37%) são outros desejos mencionados.

Ainda segundo o levantamento, ações ligadas ao relacionamento de consumidores com empresas pela internet indicam uma tendência para o engajamento futuro entre os dois. Conforme o estudo, 28% dos consumidores pensariam duas vezes antes de publicar fotos, usando o produto ou serviço, mas, ainda assim, fariam isso. O mesmo acontece com 25%, que criaria um perfil pessoal em comunidades virtuais dedicadas exclu-

sivamente ao debate sobre produtos ou serviços. Além disso, 22% dos consumidores brasileiros pensariam duas vezes, mas fariam parte de rede social do fabricante da marca. Outros 21% postariam comentários sobre sua experiência no uso de produtos ou serviço. O estudo concluiu que o internauta brasileiro está disposto a dialogar com as empresas e quer ser ouvido e participante nas decisões relacionadas a produtos e serviços que utiliza por meio de redes sociais e outras formas de atendimento on-line. Informações como essas ajudam os empresários, de diferentes setores, a se posicionarem frente às vendas on-line ou mesmo na colocação de suas empresas nessa mídia que cresce a cada dia independentemente da cidade onde está localizada. A informação de um produto via internet, a marca de sua empresa em alguma mídia on-line é, sem dúvida, uma importante e valiosa ferramenta para estar ainda mais próximo ao consumidor. É a vitrine da sua loja vista por milhares de consumidores em potencial. Podem apostar e trabalhar para isso!

Dados: Infomoney


11

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Homenagem à Casa Glória pelos seus 70 anos.

Bola da Vez “Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo” (José Saramago)

A diretoria da CDL Barra Mansa homenageia a empresa Casa Glória pelos seus 70 anos de história no comércio da cidade. É sempre um reconhecimento e uma valorização para o desenvolvimento de Barra Mansa ter empresas como essas que representam a história e a tradição do comércio varejista.

Café da CDL Na quarta-feira, dia 30 de março, durante o café da manhã, a CDL comemorará seus 48 anos de fundação, às 7h30. Venha participar desse evento!

Homenagem aos 106 anos de Rotary Internacional feita aos representantes da entidade durante o café da CDL.

Palestra TV Rio Sul

Presidente da FCDL RJ, do Sicomércio BM e diretores da CDL Barra Mansa prestigiam a posse de Cesar Abrantes, novo presidente da CDL VR.

A presidente da CDL Jovem de Barra Mansa, Carolina Ferreira e a diretora de marketing da CDL, Thaís Mattos, prestigiam Ellen Reis, nova presidente CDL Jovem VR.

Carolina Ferreira (CDL Jovem) e Alicio Camargo (CDL BM) assinam o contrato de parceria com Raoni de Souza (presidente Cooprotic) para projeto Recicla Aí.

Representantes do Sicoob Credirochas – Cooperativa de Crédito – participam do café da CDL.

No mês de comemoração do aniversário da CDL Barra Mansa, a TV Rio Sul está preparando uma palestra direcionada ao empresário desta cidade como parte do circuito econômico promovido pela emissora. Com o tema “Prepare-se para o mercado 2011”, a palestra será promovida na sede da CDL, no dia 21 de março, às 20h, com entrada gratuita para o associado.

ANÚNCIO GRÁFICA ANO BOM


12

Informativo do Comércio de Barra Mansa

13ª Flumisul e 2ª Semana da Moda prometem novos negócios para 2011 CDL se prepara para a organização de mais uma Semana da Moda na cidade. A 1ª edição da Flumisul - Feira Internacional de Negócios do Sul Fluminense – aconteceu em 1999 nas dependências do Ilha Clube, em Barra Mansa, onde também foram realizadas outras duas edições do evento. Essas duas primeiras edições foram promovidas pela Prefeitura Municipal de Barra Mansa com o auxílio de uma empresa de organização contratada para esta finalidade. Mas foi na 3ª edição que algumas alterações começaram a ser feitas. A Flumisul passou a ser promovida pela ACIAP e, no ano seguinte, a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Barra Mansa – passou a ser a nova promotora do evento, permanecendo até hoje. Em todas essas edições, chegando agora, em 2011, a 13ª, a Flumisul já demonstrou superar expectativas. Vários negócios são fechados duran-

te e depois da Feira e esse número cidade, os organizadores da Flumiaumenta a cada edição, mas, além sul buscam incrementar o evento a cada ano. disso, as empresas que parEm 2010, a CDL promoveu a 1ª ticipam fazem Semana da Moda contando com a net working, participação dão mais credide 10 empre...vamos também bilidade às suas sas do setor marcas e ficam ampliar a Semana da de vestuário, mais próximas do e Moda oferecendo opor- calçados público alvo. acessórios. Nas últimas tunidades a empresários Foi uma semana inteira edições, o público visitante chegou a de outras cidades mostra- de desfiles, uma média de 80 rem seus potenciais neste di v ulg a n d o as tendências mil em todos os da coleção dias da Feira. setor. primavera Juliana Rolin O sucesso da verão. O reSemana da Moda, sultado foi mais uma vez em positivo, geran2011 com novidades! do negócios e projeções aos empreVisando atrair novos investidosários participantes. E é apostando res e gerar mais negócios para a nessa ideia, a fim de fixar o evento

Sua empresa na Semana da Moda! O empresário interessado em participar, poderá entrar em contato com a sede da CDL Barra Mansa, pelo telefone: 24. 3325 8150 ou pelo email: cdlbm@cdlbm.com.br

no calendário comercial da cidade, que a CDL mais uma vez organiza a 2ª Semana da Moda, trazendo como novidade a ampliação no número de participantes, incluindo o setor de confecções. “Como a Flumisul é internacional e abrange empresas de todo o sul fluminense, vamos também ampliar a Semana da Moda oferecendo oportunidades a empresários de outras cidades mostrarem seus potenciais neste setor. Acreditamos que, dessa forma, promoveremos mais negócios e valorizaremos um evento tão importante.”, explica Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL. Nas próximas edições, o “O Lojista” trará mais detalhes sobre o evento.


O Lojista