Issuu on Google+

Renegociação de uma dívida

Buscando benefícios e soluções para o comércio dos bairros, a CDL BM inicia a temporada 2011 da Caravana nos Bairros.

Presidentes e representantes de CDLs da região se unem para firmar ações conjuntas para o fortalecimento do movimento.

Na coluna jurídica, acompanhe um breve esclarecimento sobre as dúvidas mais comuns.

Junho / 2011

pág. 05

Fortalecimento do setor

pág. 02

pág. 07

Caravana CDL nos Bairros

www.cdlbm.com.br

Ano XIV - Nº177

Prêmios inéditos e promoção especial de lançamento! Pacotes promocionais, prêmios, mídia impressa, rádio, TV e muito mais! Conheça os detalhes da campanha que vai esquentar o Natal 2011. Matéria especial na página 4.

Reta final para a 2ª Edição da Semana da Moda Lojistas se preparam para apresentar seus produtos nas passarelas e nos estandes da Feira. O ritmo já toma conta do dia a dia das lojas que participarão e, agora, resta aguardar pelas novidades!

pág. 12


2

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Fortalecendo o Movimento Lojista.

Palavra da

Presidente

olim

aR Julian

A força do movimento lojista O movimento lojista tem muito a comemorar, de fato. E a CDL Barra Mansa, integrada fortemente a esse princípio, continua trabalhando e participando dessas conquistas que abrangem decisões não só municipais e regionais, mas também nacionais.

E x p e d i e n t e

Os motivos são muitos e que você, leitor e associado, poderá acompanhar nesta edição de O Lojista. Entre eles, a mobilização das CDLs para discutir o Plano de Aplicativo Fiscal na Alerj. Uma atitude de união dos representes de CDL, na luta para melhores condições de trabalho e negócios dos empresários. Assim como os encontros e parcerias firmadas com CDLs da região para o fortalecimentos das entidades e dos produtos e serviços que oferecem, há também diversos projetos, eventos e realizações que acontecem em nossa cidade e que devemos estar engajados a eles e lutando para que o comércio se mantenha forte e unido.

CDLs da região unem-se para formar um bloco único nas decisões que envolvem produtos e serviços das entidades. No dia 24 de maio, a CDL de Barra Mansa recebeu presidentes e representantes das CDLs de Resende, Volta Redonda e Três Rios para o início de uma grande parceria sobre diferentes assuntos importantes e imediatos sobre negociações e convênios com outros Bancos de Dados Nacional a fim de enriquecer as ferramentas para os negócios dos associados. A reunião, bastante produtiva, ajudará as gestões das CDLs parceiras a se tornarem mais fáceis e produtivas. As CDLs de todo o Brasil estão pesquisando essas negociações de bases de SPC e este processo gera muita cautela e estudos, pois os representantes dessas entidades deverão tomar decisões que certamente surtirão efeitos para os próximos anos, visando sempre benefícios que atentam da melhor maneira

possível a segurança nas vendas e nos negócios dos associados cedelistas. Buscando justamente um estudo maior sobre este processo, a CDL de Barra Mansa esteve presente em seminários do setor, realizados em Brasília e no Rio de Janeiro, para conhecer novas propostas de empresas que trabalham com bases de dados. Presidentes e diretores de outras CDLs da região Sul Fluminense também participaram de alguns encontros, visando formar um pensamento comum a fim de que as propostas escolhidas sejam mais bem aplicadas para o dia a dia dessas CDLs. Esta reunião foi mobilizada e, juntos, puderam decidir diferentes questões. Cada representante de CDL colocou o ponto de vista da entidade

DIRETORIA EXECUTIVA

- Comercial

Alberto Aldet

André Oliveira da Silva

André Oliveira

Presidente

Ricardo F. de Castro

Antônio Feris Filho

Christiane Mohalem Corrêa

Jornalista Responsável

Juliana Lanes Rolim

- Divulgação e Políticas Públicas

Almir Esteves Corrêa

Coordenador de Mobilização

Thaís de Mattos

Vice-Presidentes

Vivaldo Moreira Ramos

Rilmo Vieira de Souza

Beatriz de Paula Viveiros

MTb 22776

Alício José V. de Camargo

- Eventos

Samir Jorge Arbex

Luiz Carlos Ribeiro Macedo

Revisão deTexto

Xisto Vieira Neto

Maria Zélia dos Santos

Magno Andrade

Coordenador de Capacitação

Mª Letícia de M. Coelho

Diretores:

- Propaganda e Promoções

Jair Francisco Gomes

Renato Teixeira Figueiredo

Editoração eletrônica

- Tesoureiros

Thaís de M.O. Coelho

Luis Antônio Nogueira Feris

Leander Golfetto Lopes

Communix

José Romário M. Rocha

- Jurídico

Coordenadora de Comunicação

Tel: (24) 3324.0684

Maria Tereza Mohalem

Almir Esteves Corrêa

Renata Machado de Abreu

- Secretários

Conselho Fiscal

DIRETORIA CDL JOVEM

Coordenador de Sustentabilidade

Francisco Ramundo

Rilmo Vieira de Souza

Presidente

Wallace Rennan Gomes

Impressão

Flora Suarez P. Menezes

Jair Francisco Gomes

Carolina P. dos Santos Ferreira

Priscilla Oliveira Lima

Gráfica Ano Bom

- Patrimônio

Márcio D. da Silva

Coordenador Financeiro

Maria das Graças F. Marcelino

Suplentes do Conselho

Rafael Roxo de Souza

- Produtos e Serviços

Magno Andrade

Coordenadora Jurídica

Gerente Executiva

José Márcio da Silva

Paulo Roberto de Castro

Hellen Cristina Oliveira Lima

Aucenir Torres (24) 3325.8152

- Informática e Telecomunicações

Heraldo Vianna Nogueira

Coordenador de Responsabilidade

Redação

Agnaldo S. Raymundo

Conselho Consultivo

Social

Thaís de Mattos

1.700 exemplares

frente aos produtos e serviços e o sistema de gestão financeira que os envolvem. Após avaliações e num pensamento comum, as entidades definiram suas decisões que seguirão o pensamento da Câmara de Dirigentes Lojistas. “A maior necessidade das CDLs é melhorar constantemente seus serviços, oferecendo benefícios aos associados e produtos de proteção ao crédito. Quando as CDLs se unem, a força do movimento fica ainda maior, e o poder de negociação para decisões que influenciam esses produtos e serviços fica mais fácil”, acredita Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL Barra Mansa. O mesmo assunto também foi pautado em reunião que aconteceu na CDL de Resende com os presidentes e representantes de CDLs Jovens da região.

Contato CDL Barra Mansa Rua Rotary Club, 26 Ano Bom - Barra Mansa CEP: 27323-290 Tel.: (24)3325-8150 cdlbm@cdlbm.com.br


3

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Aprovado em Brasília o Cadastro Positivo: o SPC do bem

Aprovação na Câmara e no Senado da MP que cria o Cadastro Positivo é comemorada como uma vitória do movimento lojista no país. Foi finalmente aprovada no Congresso Nacional, a criação do Cadastro Positivo. Agora o lojista poderá saber mais sobre os bons clientes. Uma luta antiga dos lojistas e uma vitória da frente da CNDL em Brasília. Assim como ocorre com o cadastro de maus pagadores, os bons clientes poderão agora ser incluídos em bancos de dados para consulta durante a aprovação de crédito. No entanto, somente após uma autorização prévia do cliente. Dessa forma, ao consultar o SPC, o lojista poderá receber, além do “nada consta”, uma informação do tipo: “Este cliente nunca atrasou seus pagamentos em toda a vida”. A MP ainda deve ser sancionada pela Presidente Dilma, mas as expectativas são boas. O sistema poderá abranger dados como pagamentos de contas de água e luz, parcelas de crediário, cartões de crédito etc. Uma vez que ele pague tudo em dia, seu registro positivo poderá ser visualizado pelo lojista podendo, assim, reduzir juros ou isentar de taxas ou até oferecer promoções exclusivas na concessão de crédito.

O mais importante de tudo é que, agora, o lojista poderá saber de fato quem é bom pagador e com isso trabalhar mais intensamente para torná-lo cativo da loja. Segundo o Presidente da CNDL, Roque Pellizzaro, no México, uma legislação semelhante reduziu em cerca de 30% o custo do crédito

no país. Um outro ponto positivo do cadastro é que os clientes passam a ter um estímulo extra para pagar suas contas em dia, pois caso atrase algum delas poderá perder os benefícios se for retirado do novo cadastro.

Questões importantes sobre o Cadastro Positivo: O cadastro terá informações de pessoas físicas e jurídicas. O cliente não sai do cadastro caso atrase uma conta, mas é registrado o atraso. As informações só serão exibidas no cadastro com a autorização do cliente e ele pode também cancelar seu cadastro a qualquer momento. Quando for realizada a consulta, o gestor do cadastro terá que apresentar todas as informações contidas. Não poderá apresentar “só as coisas boas”, garan-

tindo a fidelidade do serviço com a situação real do cliente. O cadastro poderá conter informações sobre o cliente de até 15 anos anteriores. O cliente poderá saber em quais bancos de dados constará o seu registro e quem pesquisou pelo nome dele. Também é proibido o armazenamento de informações fora do caráter de avaliação de crédito. Temas como consições de saúde, consições civis, étnicas ou religiosas são também proibidos.

É criada a frente parlamentar de defesa das micro e pequenas empresas no Rio de Janeiro Alerj aprova a criação da frente que visa defender, junto ao Governo do Estado, o fortalecimento das empresas de pequeno porte. soluções que facilitam o trabalho do pequeno empreendedor, promovendo assim o crescimento econômico em todo o estado. Estes deputados são as pessoas que têm, de fato, poder de negociação para tomar medidas concretas no Governo diante destas questões.

Agora as micro e pequenas empresas tem representação oficial na assembleia legistaltiva do estado. Foi criada na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) a Frente Parlamentar em Defesa das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro, em um projeto de autoria dos deputados estaduais Paulo Melo (PMDB), Roberto Henriques (PR), André Corrêa (PPS) e Luiz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB). A frente é de caráter suprapartidário, ou seja, deputados estaduais de qualquer

partido podem se juntar à frente em defesa do pequeno empresário. Na prática, a frente é um grupo de legisladores que centraliza as questões ligadas aos pequenos empresários, defendendo seu fortalecimento e intermediando em favor do grupo junto às outras instituições governamentais do estado. É um grupo dedicado a receber solicitações, reclamações, sugestões e

A notícia chega em um momento muito oportuno, especialmente pela apreensão do pequeno empresário quanto às mudanças no sistema eletrônico de emissão de notas fiscais. O PAF – Programa de Aplicativo Fiscal é um sistema padrão informatizado de recolhimento de ICMS no Estado e tem apresentado muitos problemas desde o início de sua implantação. Em março de 2010 houve um adiamento no prazo de utilização obrigatória do sistema em muitas pequenas empresas. As novas regras para viabilização da emissão eletrônica das notas fiscais ainda está em debate na assembleia do estado e, em março deste ano, uma comissão da Federação de Diretores Lojistas do Estado Rio de Janeiro esteve com o presidente da Alerj, Jorge Picciane, pedindo providências quanto à melhoria do sistema.

Diretor de Informática e Telecomunicações Agnaldo Sebastião Raymundo, proprietário do Supermercado Estrela, foi presidente da CDL Jovem, por dois mandatos. Após o término atuou ainda como diretor do grupo e, este ano, inicia sua colaboração na diretoria executiva contribuindo com suas experiências e ideias, atuando também em pastas de produtos e serviços que envolvem a entidade.

Agna

ldo

Dia a dia da

Presidente 02/05 - Reunião da Semana da Moda 05/05 - Expediente CDL 05/05 - Reunião da diretoria 10/05 - Café da Manhã na Aciap de Volta Redonda 11/05 - Lançamento das obras do Hospital do Câncer em BM 12/05 - Reunião com presidente da ALERJ no Rio de Janeiro 12/05 - Reunião de diretoria 16/05 - Lançamento da Implantação de Centro de Distribuição da Droga Raia em Barra Mansa 18/05 - Reunião no CDL do Rio de Janeiro 19/05 - Reunião com vice-presidentes e tesoureiros – análise orçamentária 19/06 - Reunião de diretoria 24/06 - Reunião com presidentes de CDL’s da região 25/06 - Participação no Fashion Business no Rio de Janeiro 26/06 - Reunião de pauta do jornal O Lojista 26/06 - Reunião com vice-presidentes e tesoureiros – análise orçamentária 26/06 - Reunião de diretoria 27/06 - Reunião na Prefeitura sobre projeto de decoração do Natal 31/05 - Evento no Sindicato Rural - Homenagem ao pres. da Coop. Agropecuária de Barra Mansa.


4

Informativo do Comércio de Barra Mansa

CDL lança o Natal dos Sonhos 2011

O associado tem a oportunidade de adquirir a campanha desde já, garantindo desconto especial e parcelamento diferenciado no pacote. Foi lançada neste mês, a maior campanha promocional de marketing coletivo da CDL de Barra Mansa, o Natal dos Sonhos. Uma campanha com mais de R$ 100 mil em investimento da qual o associado pode participar adquirindo o pacote promocional de campanha de apenas 0,3% deste valor. A campanha deste ano foi lançada com certa antecedência para facilitar ao lojista, no prazo de pagamento e na redução do custo

com o pacote promocional de lançamento. Mas a inovação alcança também os prêmios. Dessa vez, serão sorteadas 10 TVs de LCD, um carro 0 km e 3 pacotes de viagens com acompanhante em um cruzeiro. Além dos cartazes e material impresso que o associado recebe na loja, a campanha prevê também um amplo plano de mídia com anúncio em rádio, busdoors e TV. Veja o quadro da mídia proposta e que será veiculada a partir do final de novembro, com sorteio dos prêmios e logo depois do Natal em um grande evento no centro da cidade, como acontece todos os anos. Esta é uma das

maiores oportunidades que a CDL oferece aos seus associados e por isso trabalha com afinco nesta iniciativa. Afinal, seria impossível para a maioria dos lojistas desenvolver uma campanha deste porte sozinhos. O pacote de participação na campanha é voltado ao pequeno lojista, dentro de sua realidade financeira. Assim ele tem acesso a todos os privilégios e vantagens de uma campanha de grande porte, sem prejudicar o orçamento da empresa. Para os associados que adquirirem o pacote até 30 de julho, o custo é dividido em 1 entrada de R$ 65 e mais 5 parcelas de R$ 63. Além do material para decorar a loja, o associado recebe

Promoção Especial de Lançamento! 1 Entrada de R$ 65,00 mais 5 parcelas de R$ 63,00.

O associado recebe em sua empresa: > > > > >

cartazetes para decorar a loja; sinalizações de vitrine; cupons para sorteio dos prêmios. móbiles e urnas personalizadas selos de participação Mídia de apoio utilizada na campanha: > chamadas em rádio; > chamadas na TV; > outdoors; > busdoors;

Acima, o modelo do cartaz com a programação visual da campanha.

mil cupons para distribuir aos seus clientes.

A sua loja pode ainda mais! Uma dica interessante é elaborar campanhas internas específicas para a sua loja, promovendo a venda de produtos com uma margem de lucro um pouco mais dilatada ou ainda adquirindo brindes extras que podem ser distribuídos junto com os cupons. Ao longo do ano a CDL publicará aqui em O Lojista, matérias especiais sobre como aproveitar melhor as campanhas promocionais em sua loja.


5

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Coluna Jurídica Nesta edição, a O Lojista traz um artigo que foi publicado inicialmente no informativo da CDL de Vitória - ES, sobre renegociação de dívidas. O texto foi considerado tão interessante pela equipe de pauta de Barra Mansa, que decidimos publicar na íntegra e parabenizar a CDL da capital capixaba pelo trabalho.

Renegociação de uma dívida já registrada no SPC. “Se o consumidor negociou uma dívida, mas continua devendo, eu devo manter o nome dele registrado no SPC? Essa dúvida é bastante comum entre os lojistas e os prestadores de serviços. A explicação é a seguinte: quando ocorre uma renegociação ou acordo, o lojista deve elaborar um contrato, que será assinado pelo consumidor devedor. Esse documento passará a valer para aquela nova dívida. Dessa forma, caso exista registro incluído no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), o mesmo deve ser cancelado pelo credor. Ou seja, a partir de um acordo/renegociação, o consumidor sai da condição de inadimplente e entra na condição de adimplente (aquele que tem as prestações em dia). E, neste caso, somente deverá ser incluído em novo registro

Bem vindo a este time. Com você nossa nós somos mais fortes. A cada mês o trabalho da CDL torna-se mais abrangente graças à força de cada empresário que faz parte do nosso movimento. A partir de agora, estas empresas também fazem parte desta vitória.

Novos Associados Estrellas Phone

Estrellas Phone Serviços em Telefonia Ltda

Emaús Livros e Encadernação

M R Andrade Gonçalves ME

Santa Clara Cosméticos F. A Vidal Cosméticos ME

Telmo Contabilidade

Ultranet BM

Ultranet BM Ltda ME

no SPC se não pagar a parcela conforme esse novo contrato que firmou com o lojista. O dispositivo legal que rege a espécie é o artigo 360 do Código Civil Brasileiro, que estabelece que há novação quando o devedor contrai, com o credor ,nova dívida para extinguir e substituir a anterior. Exatamente porque, ao fazer a renegociação da dívida, na prática, surge uma nova dívida extinguindose a anterior. Por lógica, como a dívida antiga não mais existe, não há como manter o seu registro no SPC. Dessa forma, será temerário manter o registro após a renovação da dívida, ensejando ações judiciais”. Nilson dos Santos Gáudio Advogado da CDL de Vitória.

Dia do Meio Ambiente em Barra Mansa A CDL Jovem participou desta ação no dia 3/6 na Praça da Matriz, com um estande do Projeto Recicla Aí e aproveitou a oportunidade para recolher alguns materiais de informática para reaproveitamento e utilização em cursos.

Loja do Ar Condicionado Loja do Ar Condicionado Com. e Serv. Ltda ME

Por dentro da CDL Jovem

Maria Victória Raquel da Silva Aguiar

Márcia Neves Rocha Márcia Neves Rocha Souza

T A da Costa Contabilidade

Joana Reis Buffet

Joana P. Reis Calderaro Eventos

Wallace Rennan

Coordenadoria de Sustentabilidade Wallace Rennan é o coordenador de sustentabilidade da CDL Jovem. É o departamento que avalia os custos de cada ação e cuida para que a manutenção financeira e operacional de cada setor sejam mantidas. Outra característica desta coordenadoria e a de zelar pelo bom uso da verba alocada à CDL Jovem.


6

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Onde está o dinheiro? Agora mais gente encontra respostas para esta questão. Com 93% de aprovação pelos alunos, o PROCAPE celebra a conclusão da terceira turma em seu programa de planejamento orçamentário para a micro e pequena empresa. Foi realizada entre 23 e 27 de março a terceira edição do “Onde está o dinheiro?” O programa de planejamento orçamentário do PROCAPE para a micro e pequena empresa. E a julgar pela empolgação da turma, cada vez mais pessoas vão descobrir a resposta para uma das perguntas mais importantes e, porque não dizer, enigmáticas da pequena empresa. O curso foi baseado na prática do comércio e prestadores de serviço em Barra Mansa, levando em conta o perfil de público, nível de instrução dos colaboradores e comportamento dos clientes na realidade local. Assim preenche com segurança as necessidades dos alunos. André Oliveira, instrutor do curso, destaca a importância desta adequação: “É muito comum estudarmos administração financeira baseada nas teorias de mestres do marketing dos Estados Unidos e da Europa. Mais comum ainda é ver todas essas teorias desmoronarem ao se depararem com o grau precário de capacitação profissional que o comércio enfrenta, em que um operador do financeiro não consegue interpretar uma simples instrução de pagamento descrita em uma boleta.” Com regras de organização do escritório e desenvolvimento de métodos de registro, o lojista tem, a cada momento, dados que indicam de onde vem e para onde vai o dinheiro da empresa. O perfil do funcionário do financeiro, mapeamento das recei-

tas de despesas, monitoramento diário das contas, análise do balanço e estabelecimento de metas são alguns dos temas abordados. “A CDL está muito satisfeita com o desempenho desta turma em especial. O curso trouxe à sala de aula um perfil diferenciado de aluno, com maior interesse e experiências muito ricas. Outro ponto gratificante foi constatar empresas que trouxeram vários funcionários e outras em que veio a família inteira fazer o curso”, explica Carolina Ferreira, presidente da CDL Jovem de Barra Mansa. O PROCAPE é gerenciado pela CDL Jovem de Barra Mansa. Temas e datas dos próximos cursos do PROCAPE serão anunciados em breve.

Denise Almeida Gerente–Financeira Denise –Almeida Gerente daPorcolin. Porcolin. Financeira da

“É um curso com linguagem simples, conteúdo atualizado e de grande utilidade no dia a dia do pequeno e médio empresário.”

O conteúdo é debatido em sala de aula com os alunos, divididos em grupos de acordo com o seu ramo de negócio. Para tomar conhecimento, fique atento ao site da CDL de Barra Mansa.

Palavra do aluno:

Maximiliano Nagib – proprietário do Supermercado Mohema, veio com toda a família.

“Em tempos tão corridos, é fundamental que tenhamos a oportunidade de aprender e nos integrar com pessoas diferentes ao nosso cotidiano. Foi proporcionado a nós um convívio formidável com pessoas diversas.”

Ricardo Linhares, à esquerda, com toda a equipe do Universo Natural e do Papel:

“Parabéns à CDL por nos proporcionar este curso que desperta a mente para fatos que antes passavam despercebidos. Agora tenho como saber para onde vai o meu dinheiro.”


7

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Caravana CDL dos bairros: temporada 2011! CDL Barra Mansa inicia a temporada 2011 do projeto com os comerciantes do bairro Vila Nova. Buscando benefícios e soluções para os comércios dos bairros, a CDL de Barra Mansa dá andamento no projeto Caravana nos Bairros que este ano completa sua

terceira edição. “Hoje, objetivo de maior aproximação já está fortalecido e ganha corpo com a maior atuação dos lojistas que estão ainda mais animados pela busca de trabalho e melhorias para seus negócios”, explica Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL Barra Mansa. No dia 2 de junho, a CDL iniciou seu projeto Caravana CDL nos bairros 2011, pela Vila Nova. O evento aconteceu no Salão Paroquial da Igreja Santa Cruz e contou com a presença de representantes de 14 empresas. A comissão de diretores da CDL formatou o evento, listando algumas ações importantes para mobilizar as vendas e junto aos empresários discutiram algumas alternativas. O Secretário de Desenvolvimento Econômico de Barra Mansa, Luis Antônio Feris, também esteve presente e se colocou à disposi-

ção para alguns esclarecimentos, reforçando que a prefeitura estará presente na Caravana levando melhorias para as ruas desses centros comerciais. O primeiro encontro foi muito proveitoso e os empresários já se animaram em realizar promoções conjuntas como um primeiro passo. A CDL, como em todas as caravanas, ao final da ação, após um mês, oferece uma palestra gratuita com o assunto de interesse deles. “”Vários temas propostos são importantes, mas o mais importante e ver ações que busquem o prestígio do bairro e esta união ajudará nisso” (Daniel – proprietário da Moda Mania). “Já saímos desse encontro com uma comissão formada e pronta para trabalhar, isso é um bom começo! Não adianta a gente só ouvir, é preciso agir. O primeiro passo já foi dado pela CDL, ago-

ra depende da gente” (Sebastião Dias – proprietário da Drogaria Farmabelle). Listagem das lojas da Vila Nova presentes na Caravana 2011 - Ótica Modelo - Pingo de Gente - Macodag Materiais de Construção - Lúdio Sportes - Drogaria Farmabelle - Tety Modas - Iza Modas - Supermercado Vitória - Um toque a mais - Moda Mania - Empório Del Bacco - Bia Baby - Casas Luan - Maria Victória


8

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Uma conquista para a saúde e uma preparação para a cidade.

CDLs discutem Plano de Aplicação Fiscal – PAF – na Alerj.

Iniciam as obras de construção do Cacon - Hospital do Câncer localizado na Santa Casa de Barra Mansa.

Na ocasião foi publicado no Diário Oficial a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Pequena e Micro Empresa.

No dia 11 de maio, representantes do Governo Municipal, de associações de moradores de Barra Mansa, jornalistas e presidentes de entidades comerciais, entre eles Juliana Lanes Rolim (CDL Barra Mansa), acompanharam o início das obras de construção do Cacon - Hospital do Câncer. Uma grande conquista na área da saúde, não só para o município, mas para toda a região. O hospital será referência no atendimento gratuito aos pacientes com câncer que não mais precisarão se deslocar para fazer o tratamento. De acordo com o prefeito José Renato, a obra pode ser considerada uma das maiores conquistas da saúde de Barra Mansa. “É importante ressaltarmos que, com essa obra, nossos pacientes vão deixar de passar pela situação desgastante e muitas vezes constrangedora de sair daqui da cidade e de outras cidades da região, dentro de uma van, para se dirigirem ao Rio e São Paulo e voltarem cansados, depois de um tratamento que não é fácil. Além de tentar garantir mais qualidade de vida aos pacientes, queremos tranquilizar os familiares e dizer que os seus entes queridos poderão receber o tratamento perto de casa”, destacou, ressaltando que a conquista se deve a várias parcerias como com a Câmara de Vereadores, governos Estadual e Federal e entidades de Barra Mansa. O Centro de Alta Complexida-

de em Oncologia (Cacon) virá suprir uma das maiores demandas do município no que se refere à saúde. Segundo o Secretário de Saúde, Wilton Néri, neoplasias (tumores) são a segunda maior causa de mortalidade no município. O Cacon funcionará anexo à Santa Casa, em uma área de 2,8 mil metros quadrados. “Possuir uma estrutura de apoio, no caso a Santa Casa, era uma das exigências do Ministério da Saúde, por isso, o local foi escolhido. Nós já passamos pela licitação e o contrato com a empresa já foi assinado. Agora só aguardamos a liberação da verba, da primeira parcela”, explicou, acrescentando que as obras deverão ser realizadas em 18 meses e custarão cerca de R$ 4 milhões. A estrutura contará com enfermaria com 20 leitos, Centro de Tratamento Intensivo com capacidade para oito pacientes, setor de radio e quimioterapia. O centro cirúrgico a ser utilizado será o já existente na Santa Casa. “Além do grande ganho para a Saúde da região, a implantação do Hospital do Câncer trará outros benefícios para Barra Mansa, como o incentivo à economia, pois a cidade receberá pessoas de outras localidades, o que movimentará o comércio em diferentes setores”, acredita Juliana Rolim, destacando a valorização de ações como estas e a preparação que toda a cidade deverá ter para receber um projeto deste porte.

A questão do Programa de Aplicativo Fiscal (PAF) que ameaça as micro e pequenas empresas do estado será levada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) Paulo Mello e pelo líder do governo naquela Casa, deputado André Correa, diretamente ao governador Sérgio Cabral. Foi o que ficou decidido na audiência concedida aos lojistas no dia 12, na Alerj no gabinete da Presidência pelo deputado Paulo Melo. A ação foi provocada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos com o apoio da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio de Janeiro e outras CDLs, entre elas a CDL de Barra Mansa. A audiência discutiu o novo programa de emissão de notas fiscais que o governo do Estado quer implantar e que pode decretar a morte das micro e pequenas empresas. Um documento elaborado pela CDL de Campos mostra que as micro e pequenas empresas não terão condições de comprar esses equipamentos, fazer sua manutenção e capacitar pessoas para sua operação. “Estamos discutindo esse tema há muito tempo. É um problema muito grave e agora esperamos contar com a sensibilidade dos deputados do nosso Estado. Não só a Federação, mas todas as CDLs do estado estão mobilizadas contra esse sistema. Estamos provando que os micro e pequenos empresários não vão suportar e que não se trata de nenhum artifício fiscal, pois o atual sistema de emissão de todas as notas fiscais fecha o cerco em torno da sonegação- disse a presidente da CDL de Campos, Maria Luíza Schulz.

“O presidente da Alerj sabe que as micro e pequenas empresas não terão condições de implantar esse sistema que é extremamente burocrático e caro. Ficamos satisfeitos com a ação naquele dia. O movimento lojista precisa mostrar essa força e buscar ações como estas, afinal somos o setor que mais gera emprego e renda no Brasil. Atitudes como estas influenciam todo o contexto social e econômico do país”, acredita Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL de Barra Mansa. A CDL de Campos enviará mais detalhes ao presidente da Alerj com mais subsídios técnicos sobre os estragos que o PAF provocará na economia fluminense. Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro cria Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas. Naquele mesmo dia, em reunião na Alerj, foi publicado, no Diário Oficial, a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Pequena e Micro Empresa, uma indicação do próprio presidente da Casa. O presidente da FCDL RJ, Jair Gomes, elogiou a decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) de criar a Frente Parlamentar em Defesa das Micro e Pequenas Empresas do Estado. Segundo ele, as entidades representativas do movimento lojista irão colaborar com a Frente fornecendo subsídios para os trabalhos. Veja mais informações sobre este assunto em matéria completa publicada na página 3 do O Lojista.


9

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Vantagens em ser um associado CDL Você realmente sabe o que a CDL Barra Mansa pode fazer por você? Medicina do Trabalho: SEMART

Descontos especiais ao associado.

Software para o Varejo: SAV

Descontos especiais para associados CDL.

Saúde e Odontologia: UNIMED

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

UNIODONTO

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

Lazer: SESI

30% - SESI Clube; 10% - Escola SESI e Consultas Médicas e Odontológicas.

Serviços Bancários SICOOB

Pacote Exclusivo de Benefícios ao Associado.

Seguro e Previdência Porto Seguro

Condições especiais para associados da CDL e seus funcionários.

Educação: UBM

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

CIEE

Progr. de Estágio, acompanhamento in loco e descontos especiais.

CNA

40% desconto para associados e seus colaboradores.

Capacitação: IDE

Primeira Mensalidade Gratuita ao Associado.

Segurança na aprovação de crédito: Consulta de Cheque: Consulta na base local e nacional dos cheques sem fundo, extraviados e roubados, alertas de extravio ou roubo de documentos e confirma o endereço do cliente pelo número do telefone fornecido.

Consulta OK: Verifica o endereço do cliente segundo o número de telefone fornecido por ele.

SEBRAE

Palestras Gratuitas.

MICROLINS

Programa inteligente de seleção de pessoal gratuitamente. E 40% de desconto em cursos.

Verifica a situação do cliente nas bases local e nacional do Serviço de Proteção ao Crédito, além das últimas consultas realizadas em nome do cliente.

Lig-Crédito: Pesquisa pessoas físicas e jurídicas no SPC Nacional e Serasa, ações, protestos, pendências financeiras, CCF do Banco Central, consultas anteriores e registros em Barra Mansa.

Programas da CDL ao associado: Festas e eventos: Locação do salão de festas e eventos da CDL com desconto exclusivo de 30% ao associado CDL.

SENAC

Desconto de 20% - Programas de Qualificação Profissional.

SPC Nacional:

Campanhas de Marketing: Campanhas gratuitas ou com preços extremamente reduzidos para promoção de vendas da loja.

Treinamento: Cessão do salão de treinamentos da CDL com equipamento audiovisual e ar climatizado.

Telefones da CDL: Atendimento Recepção - 3325-8150 Fax - 3325-8160 Consultas Cadastrais URA - Atendimento Automático - 3325-8181 Call Center - 3325-8166

Administração Contas a Pagar - 3325-8154 Contas a Receber e Suporte de Sistema de SPC - 3325-8155 Setor Comercial - 3325-8158 e 3325-8168 Gerência - 3325-8152 Linhas Emergenciais - 8119-0974 / 8119-0875 / 8119-0881


10

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Assalto ao caixa eletrônico: Nota manchada não tem mais valor Devido aos assaltos aos caixas eletrônicos, as notas manchadas não poderão mais ser aceitas no mercado. Até cédulas manchadas na máquina de lavar poderão causar problemas. Após um curto período sem saber exatamente como proceder quanto às cédulas manchadas em roubos de caixas eletrônicos, o Banco Central e o CMN – Conselho Monetário Nacional determinam: Estas notas perderam seu valor e deverão ser entregues ao Banco sem direito a ressarcimento, como no caso de notas falsas. Não poderão ser trocadas por cédulas novas. A medida visa desestimular este tipo de roubo, mas termina por punir seriamente o usuário. Com isso, faz-se necessário um cuidado redobrado ao receber notas de Real, pois até mesmo pequenas manchas em cédulas deixadas no bolso da calça durante a lavagem, por exemplo, poderão causar problemas. Uma vez que recebe uma cédula manchada, ela deverá ser encaminhada a uma agência bancária qualquer. Em seguida o Banco Central fará uma análise da natureza da mancha. Se for causada por dispositivos antifurto dos caixas eletrônicos, será retida e os dados do portador serão utilizados nas investigações policiais sobre o caso. Se constatado que se trata de uma mancha ocasional gerada por outros

meios, a nota será devolvida ao portador. Sendo assim, agora é necessário olhar com cuidado nota a nota ao receber pagamentos, pois algumas delas são completamente manchadas durante os roubos, mas outras possuem apenas leves nuances de tinta rosa nas bordas. Outra situação delicada é o saque em caixas eletrônicos. Por mais paradoxal que possa parecer, é o cliente que deve tomar certos cuidados em se proteger, caso o Banco não os tenha tomado. Ao receber notas manchadas, o cliente deve imprimir um extrato e procurar o gerente da agência. Se o Banco estiver fora do horário de funcionamento, deve-se então registrar um boletim de ocorrência e procurar a agência em seguida. Vale lembrar que este procedimento explícito da análise das notas no local acarreta outros riscos ainda mais graves como os assaltos em saída de Banco, pois é comum ladrões ficarem à espreita dos usuários durante os saques em caixas eletrônicos. Sendo assim, o usuário deve analisar as cédulas, mas discretamente. Se for o caso,

É preciso atenção, pois algumas cédulas estão completamente tingidas, mas muitas tem apenas leve nuances de rosa nas pontas, mais difícieis de perceber. Uma reunião com toda a equipe entre na parte protegida pela porta de segurança do Banco ou, para evitar da loja se faz necessária nesse momaiores problemas, prefira realizar mento, especialmente com as operasaques de maior porte diretamente doras de caixa e do financeiro, para nos caixas convencionais, e analise as orientar a equipe sobre tais riscos. notas recebidas na frente do operador de caixa.

Espaço Aciap

Espaço

Sicomércio

Encontro com Prefeito e Secretários.

Sicomércio de BM leva empresários ao Senac Rio Fashion Business. O Sicomércio de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro levou um grupo formado, com cerca de 40 empresários, no dia 25 de maio, para visitar a 18ª edição do Senac Rio Fashion Business, na Marina da Glória, Rio de Janeiro. Além de conhecer o evento, considerado a maior bolsa de negócios de moda da América Latina, o objetivo da visita foi o de fazer negócios e também conhecer as tendências da próxima estação. – Essa visita proporcionou aos associados do Sindicato a oportunidade de se preparar para atender melhor ao consumidor da região e ampliar o leque de marcas oferecidas nas lojas – destacou a diretora do Sicomércio, Maria das Graças Marcelino, a Gracinha. Proprietária de uma loja de vestuário em Quatis, Ana Carla Ferraz se disse satisfeita com as compras que realizou. Ela, que havia participado das edi-

ções em 2010, comentou que, este ano, a variedade de peças encontradas no evento foi bem maior. “Esse tipo de evento é muito bom para os lojistas, pois nos oferece a oportunidade de conhecer muitas fábricas do nosso estado, além de incentivar a economia da nossa região”, acrescentou. A 18ª edição do Senac Rio Fashion Business Verão 2011/2012 contou com a participação de 310 expositores, 250 grifes e 17 desfiles exclusivos, além de eventos culturais, workshops e palestras. Três empresas associadas ao Sicomércio de Barra Mansa, Quatis e Rio Claro participaram do Fashion Business as quais foram: Amparo Brasil e Paula Ardo Bijoux – Núcleo Criativo de Barra Mansa, Barra do Piraí e Valença, e a Tamanduá Kids – Núcleo Criativo Kids. por Chrystine Mello

Em pauta, projetos e ações para o desenvolvimento de Barra Mansa. A nova diretoria da ACIAP Barra Mansa reuniu-se com o Prefeito José Renato Bruno para debater as demandas da entidade relacionadas ao desenvolvimento econômico do município. Os Secretários de Fazenda, Carlos Magno, e de Desenvolvimento Econômico, Luís Antônio Nogueira Feris, também participaram do encontro. O principal assunto discutido foi o projeto de desenvolvimento da Região Leste. Lançado no ano passado pela ACIAP BM, em parceria com o Sebrae/RJ, o projeto ganhou o apoio da prefeitura. “Estamos promovendo ações de capacitação de empresários e empreendedores individuais que atuam nos bairros da região”, ressaltou Carla Caravieri, presidente da ACIAP BM. Já foram realizadas oficinas de associativismo, além de atendimentos para legalização de empreendedores. “Também estamos trabalhando junto aos agentes de saúde e estudantes para coleta de informações que irão permitir traçar novas ações para a localidade”, explicou Carla. Além do projeto da Região Leste,

as obras de remoção do pátio de manobras também foram assunto da reunião. O prefeito repassou informações atualizadas sobre o andamento da obra e confirmou que a passagem subterrânea da rua Duque de Caxias será liberada também para o tráfego de veículos. “Inicialmente, o projeto previa que a passagem fosse usada somente por pedestres. Mas conseguimos, junto ao governo do Estado, recursos para modificar o projeto original e incluir o trânsito de veículos no local”, garantiu José Renato. No final da reunião, a presidente da ACIAP BM agradeceu ao prefeito pela recepção, destacando que a Casa é parceira do poder público. “Essa parceria nos permite apoiar ações da prefeitura quando entendemos que elas são positivas para toda a cidade. Mas também nos permite criticar quando acreditamos que Barra Mansa possa ser prejudicada. Espero, no meu mandato, manter a parceria com a prefeitura e trabalhar em conjunto para o desenvolvimento do nosso município”, finalizou Carla. por Flávia Resende


11

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Destaque Você ainda pode participar do projeto Recicla Aí desenvolvido pela CDL Jovem de Barra Mansa! Qualquer material de informática inutilizado pode ser doado na sede da CDL BM. Muitas escolas municipais da cidade já foram beneficiadas com a doação de computadores e equipamentos reformados. Ajude você também a fortalecer esse projeto em prol do meio ambiente e da inclusão digital.

Bola da Vez

No dia 29 de junho, última quarta-feira do mês, esperamos por você para o tradicional café da manhã da CDL. Às 7h30 pontualmente na sede da entidade.

“Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam. (Henry Ford)

CDL Jovem presente na doação para Campanha de Doação da Medula Óssea que aconteceu nos dias 27 e 28 de maio no Colégio Verbo Divino.

Empresários de Barra Mansa marcando presença no Fashion Business pela viagem organizada pelo Sicomércio.

Café da Manhã

A nova Miss Barra Mansa, Mayara Matos recebeu a coroa e a faixa do prefeito da cidade em evento realizado na CDL BM.

Durante uma semana diversas lojas de Barra Mansa ajudaram na divulgação da Campanha de Doação da Medula Óssea vestindo a camisa do projeto. Parabéns a todas as empresas que participaram e acreditaram nesta ação!

ANÚNCIO GRÁFICA ANO BOM


12

Informativo do Comércio de Barra Mansa

2ª Semana da Moda e 13ª Flumisul na reta final dos preparativos! Lojistas se preparam para apresentar seus produtos nas passarelas e nos estandes da Feira. Agora sim, está chegando a hora para a realização de dois grandes eventos que acontecem paralelamente em Barra Mansa: Flumisul – a maior Feira Internacional de Negócios do Sul do Estado e – Semana da Moda – que reúne lojas e confecções para mostrar as tendências da moda para a região. Em sua segunda edição, a Semana da Moda está em ritmo frenético de definições. As empresas já confirmadas para participar do evento, que ano passado foi um sucesso, começam a buscar referências da moda e a se organizar para o que vai na passarela nos cinco dias de feira. Muitos lojistas da Semana da Moda, estiveram presentes do Fashion Business, no Rio de Janeiro para saber o que virá de tendência para a próxima coleção primaveraverão. “Queremos fazer com que o comércio seja beneficiado com o aquecimento nas vendas, com novidades que atraiam o consumidor e que seja um evento de lazer para a todos que curtem moda. Esse é o objetivo deste projeto”, explica Maria Graças Fernandes, presidente da comissão da Semana da Moda,

organizada pela CDL de Barra Mansa. A preparação já toma conta do dia a dia das lojas as quais participarão. Agora, resta aguardar as novidades! Saiba como sua marca pode estar presente na Semana da Moda: Departamento Comercial da CDL: 24. 3325 8168. Apresentação das lojas participantes da 2ª Semana da Moda: • Elci Noivas • Ateliê da Folia • Gracinha Modas • Hering • Marrom Dore • Mazel • MMartan • Nerilda • Ótica Modelo • Out Side • Terno Club Participação do Pólo de Confecções de Moda do Sul Fluminense / Sebrae.

Patrocinadores: Lojas Mariza, Salada Mixta, Transporte Generoso e Sebrae. Apoio: Embeleze 13ª Flumisul - Feira Internacional de Negócios do Sul Fluminense Este ano os Correios fecharam um dos patrocínios e estará presente na Área Nobre da Feira. Outra novidade é a inserção da Haztec,

uma empresa com expertise em Soluções Integradas de Sustentabilidade e Gestão Ambiental para Organizações como co-apoiadora do evento. Mais de 80% dos estandes da Flumisul já foram vendidos e o escritório continua trabalhando a todo vapor para tornar essa edição um verdadeiro sucesso na geração de negócios. Reservas: 24 3324-2641 e 3323-3782.


O Lojista - Junho 2011