Issuu on Google+

8ª Integração Lojista Evento, promovido pela FCDL RJ, aconteceu em Mangaratiba e reuniu cerca de 250 pessoas do setor empresarial. pág. 04

Junho / 2010

www.cdlbm.com.br

Ano XIII - Nº165

Vem aí a 1ª Semana da Moda em Barra Mansa. O evento acontecerá durante a Flumisul 2010, no mês de julho, no Parque da Cidade. A CDL BM está como responsável pela organização do projeto que promete alavancar os negócios deste setor na cidade.

Copa de 2010 com olho em 2014 O comércio e o país se vestem de verde e amarelo para a copa da África, mas o que fica no ar é aquela sensação de que o melhor ainda está por vir. pág. 12

Empresários na luta contra a Substituição Tributária.

pág 08

Rumo a Florianópolis na 51ª Convenção Nacional.

pág. 02

Classe C possui 25% do poder de compra do país.

pág. 03

págs. 06 e 07


2

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Barra Mansa mais uma vez marcará presença na Convenção Nacional

Palavra da

Presidente

olim

aR Julian

Estamos na luta!

E x p e d i e n t e

Nessa edição, destacamos não só ações mas atuações de nossa CDL frente aos direitos e benefícios que buscamos para a melhoria do nosso setor. Como todos sabem e vivenciam, é grande a nossa luta diante de tantas taxas e impostos. É grande a nossa carga e com isso a batalha para a sobrevivência do comércio. E é com um prazer enorme que divulgamos que nós, da CDL, estamos juntos com as entidades estadual e nacional, que representam o nosso movimento, buscando benefícios e efeitos junto aos representantes políticos. Estamos engajados nesse propósito e vamos lutar até o fim! Nesta edição você acompanhará algumas dessas atuações e ações em que estamos envolvidos para promover o nosso comércio na cidade, fortalecendo a união lojista e o progresso deste setor que tanto gera empregos, que tanto contribui para o desenvolvimento em geral. Lojistas, precisamos de sua participação junto a nós, porque quanto mais unidos, mais fortes ficamos!

Com um grupo formado por 80 pessoas, a CDL de Barra Mansa chegará à 51ª Convenção Nacional de 2010, em Florianópolis, com uma das maiores caravanas já representadas. O evento acontecerá entre os dias 26 e 29 de setembro, com uma programação intensa voltada aos empresários e especificamente para o setor lojista. Paralelo ao mundo dos negócios e conhecimentos, os participantes da delegação da CDL Barra Mansa curtirão momentos de lazer, com a companhia de amigos e familiares no Costão do Santinho Resort. A programação completa da 51ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, bem como a localização e informações gerais sobre o evento, estão disponíveis no site da CNDL: www.cndl.org.br

Associado, esteja atualizado no cadastro da CDL! A Câmara de Dirigentes Lojistas de Barra Mansa divulga que é sempre muito importante que o associado esteja atendo ao passar, à CDL, qualquer alteração que houver sobre os dados de sua empresa. Dessa forma, comunique qualquer mudança de: telefone, endereço e email. Se houver também alteração no contrato social da empresa, é importante que seja enviada uma cópia deste documento à entidade.Tais informações são necessárias para a atualização constante do cadastro de sua empresa na CDL Barra Mansa. Quaisquer dúvidas, entre em contato pelo telefone: (24) 3325 8150

DIRETORIA EXECUTIVA

Maria Zélia dos Santos

Almir Esteves Corrêa

Eventos

Gerente Executiva

Presidente

Maria Tereza Mohalem

Rilmo Vieira de Souza

Renato Teixeira Figueiredo

Aucenir Torres (24) 3325.8152

Juliana Lanes Rolim

Propaganda e Promoções

Samir Jorge Arbex

Leandra Toledo

Vice-Presidentes

Thaís de M.O. Coelho

Magno Andrade

Propaganda e Promoções

Redação

Reginaldo dos S.Ferreira

Márcio D. da Silva

Jair Francisco Gomes

André Oliveira da Silva

Thaís de Mattos

Xisto Vieira Neto

Diretor Jurídico

Luis Antônio Nogueira Feris

Assuntos Jurídicos e Econômicos André Oliveira

Secretários

Almir Esteves Corrêa

Francisco Ramundo

Conselho Fiscal

DIRETORIA CDL JOVEM

Assuntos Públicos e Sociais

Jornalista Responsável

Maria das Graças F. Marcelino

Antônio Feris Filho

Presidente

Beatriz de Paula Viveiros

Thaís de Mattos

Tesoureiros

Ronaldo Maia S. Ferreira

Márcio Melo Viveiros

Pâmela Gleice Pereira Guerard

MTb 22776

Alício José V. de Camargo

Magno Andrade

Vice-presidente

Avanços Tecnológicos

Revisão deTexto

José Romário M. Rocha

Suplentes do Conselho

Renata Machado de Abreu

Eduardo Mohalem Corrêa

Mª Letícia de M. Coelho

Patrimônio

Manoel Teodoro dos Santos

Carolina Paula S. Ferreira

Fernando Serra de Mello

Editoração eletrônica

Paulo Roberto de Castro

Alberto Aldet

Tesoureiro

Sucessão Familiar

Communix

Gleidson Kelman B. Gomes

Bruno Marini

Wallace Rennan Gomes

Luiz Carlos Ribeiro Macedo

Tel: (24) 3324.0684

Produtos e Serviços

Conselho Consultivo

Secretária

Produtos e Serviços

José Márcio da Silva

Walter Silva Ferrão

Christiane Mohalem Corrêa

Leonardo dos Santos

Paulo Antônio Aiex

Alberto Aldet

Planejamento e Expansão

Gráfica Ano Bom

Eventos

Antônio Feris Filho

Agnaldo Sebastião Raymundo

1.700 exemplares

Viviane Mattos Ferreira

Impressão

Contato CDL Barra Mansa Rua Rotary Club, 26 Ano Bom - Barra Mansa CEP: 27323-290 Tel.: (24)3325-8150 cdlbm@cdlbm.com.br


3

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Se algum dia fui pobre, eu não me lembro! Com mais de 25% do poder de compra do país, a Classe C muda as estratégias de marketing das grandes e pequenas empresas.

Dia a dia da

Presidente 06/05 – Reunião Semana da

Moda – Processo seletivo de

funcionário – Reunião da

A redução das Classes D e E e o aumento da Classe C indicam a melhoria na qualidade de vida do brasileiro. Porém, a redução das Classes A e B também acentuam a concentração de renda.

Desde 2008 um fenômeno interessante tem sido observado na economia do país. Segundo a análise de dados de vários institutos de pesquisa, incluindo o IBGE, mais de 20 milhões de brasileiros saíram da pobreza e entraram para a classe C, gerando uma grande expansão no consumo. Fora as boas perspectivas para o crescimento do país, esta transformação trouxe, como consequência, a mudança de hábitos de consumo de boa parte da população. Na prática, o brasileiro deixa de lado alguns hábitos chamados de “coisas de pobre” e se permite até a alguns luxos, mesmo que seja uma vez por semana. O lojista que estiver de olho nestas mudanças também pode sair ganhando.

de alimentação natural, itens como ração humana, linhaça entre outros também entraram no cardápio, mas ainda têm o preço salgado.

O primeiro setor a sentir o impacto é o da alimentação. Aumentou o consumo de itens congelados e mais refinados. Uma lasanha congelada no domingo não pesa mais no bolso como antes. Pipocas de microondas, iogurtes e biscoitos recheados também entraram no programa. Opta-se também por melhor qualidade nos produtos da cesta básica como o arroz tipo 1 e açúcar refinado. Aliado à onda

Roupas, calçados e acessórios também sofreram seus impactos. Artigos “na moda” têm agora mais peso. Principalmente os de marcas sofisticadas e não importa se são “made in China”. Mas produtos baratos demais e pouco duráveis têm sido deixados de lado cada vez com mais frequência.

Outro ponto forte é o dos eletrodomésticos e eletrônicos. O fogão ou televisão dos sonhos agora vira realidade. Junto com eles, vem a estante nova para a TV e todos os aparatos de mais conforto para a família. A TV de LCD já ocupa a maioria das prateleiras. Com o amadurecimento do consumidor, há também a renovação dos aparelhos domésticos por uma nova geração, mais eficiente e econômica: refrigeradores com freezeres menores e conjugados, lâmpadas e chuveiros agora são analisados pelo cliente com estes critérios.

Na hora do pagamento, o hábito também mudou. As prestações ainda persistem, mas jun-

to com elas vêm os pagamentos com cheques ou cartões. O cliente também exige mais rapidez ao fechar a compra. Coisas da informatização. Aliás, a informática e a popularização da Internet criaram um nicho que não existia antes. Na era do Orkut, Twitter e Messenger, pequenos grupos similares às tribos urbanas ganham força e são disseminados rapidamente por jovens e adolescentes de todo o país quase que instantaneamente. Quem ganha com isso são os setores de papelaria, vestuário e até cabeleireiros. “O cabelo fora da moda, é mico.” Em resumo, a qualidade do produto tem pesado muito mais na decisão de compra, e esta é a principal diferença. Este novo cliente avalia melhor o benefício antes da compra e não hesita em pagar um pouco mais por um produto melhor ou por um pequeno luxo. Este é o novo perfil que se desenha da classe média. Juntos aos hábitos antigos, como a viagem de família para a praia nas férias, juntam-se outros novos, de um novo grupo vindo da classe D. Um grupo que, se algum dia foi pobre, sinceramente, agora, faz questão de se esquecer.

comissão Convenção

Nacional – Reunião de reforma

do estatuto – Reunião da diretoria

10/05 – Encontro na Aciap

(Obras de retirada

do pátio de

manobras)

11/05 – Café da Manhã na

Aciap VR

13/05 – Reunião da

comissão de reforma

do estatuto – Reunião da diretoria

20/05 – Reunião da diretoria 25/05 – Viagem a Brasília

encontro Deputado

Sandro Mabel

26/05 – Viagem a Brasília

encontro Deputado

Sandro Mabel

29/05 – 8ª Integração Lojista

em Mangaratiba

31/05 – Reunião decoração

de Natal


4

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Uma grande família representada na 8ª Integração Lojista O evento reuniu cerca de 250 pessoas do setor empresarial de diversas cidades do Estado do Rio de Janeiro.

Com o objetivo principal de integrar e atualizar empresários de diferentes setores do Estado do Rio de Janeiro, a Integração Lojista das CDLs vem crescendo a cada ano. Promovida pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio, a 8ª edição do evento foi realizada em Mangaratiba, no Hotel Porto Real Resort, e recebeu cerca de 250 pessoas, nos dias 29 e 30 de maio. Representantes de muitas CDLs, empresários, lojistas, prestadores de serviço e seus familiares curtiram momentos de integração, descontração e informações importantes para o crescimento dos seus negócios. As palestras ministradas no salão de convenções do hotel aconteceram no sábado, dia 29, e à noite o local foi adaptado para servir um delicioso jantar ao som de música ao vivo e distribuição de brindes. “Nosso propósito é o mesmo: justificar a integração entre os lojistas. Le-

var a eles informações e buscar a socialização”, explicou o anfitrião do evento, Jair Francisco Gomes, presidente da FCDL RJ, durante a abertura da Integração Lojista. O evento contou com a presença do presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Jr. “É um prazer muito grande estar aqui e poder usufruir dessa maravilha que é Angra dos Reis. Esse é um evento muito importante porque demonstra o modelo que queremos que as entidades lojistas tenham, afinal somos frutos das nossas origens. Isso aqui é uma imagem de companheirismo, profissionalismo e que transformo em prazer”. Roque ainda ressaltou que a entidade representa serviço, relacionamento e uma grande família. A união no movimento lojista, segundo o presidente da CNDL é o grande diferencial de tantas outras organizações. Afinal, são mais de 1 milhão de pontos de vendas interligados pelos SPCs e tais representações. “Esta é mais uma prova de como o movimento lojista está se fortalecendo. Isso se deve aos trabalhos incansáveis dos presidentes de todas as entidades representativas do nosso setor em âmbito municipal, estadual e nacional, explicou Valter Ornellas, presidente da CDL de Angra dos Reis. Houve a seguinte programação: apresentação do Presidente do CIEE, Dr Arnaldo Nískier que falou sobre o programa de estágios, apresentação do Sr. Marcos Martins sobre o programa ‘Planeje-se’, sistema baseado na Web que utiliza ferramentas de gestão para tomadas de decisões em micro e pequenas empresas, apresentação do Sr. Hudon Oliveira Jader, da BIG Cheque, destacando a tranquilidade nas vendas com cheque; apresentação de Gustavo Braga, da ECF/ Impressora Fiscal / INW Store que falou sobre ‘o processo de implantação da Impressora Fiscal’, palestra do Dr. Roberto Henrique dos Reis – Juiz de Direito que citou diversas situações sobre a Relação de Consumo, destacando espécies de consumidores e fornecedores. O evento foi encerrado com a palestra do professor Pachecão “A arte de realizar sonhos” que de uma forma descontraída e motivadora, explanou a importância de acreditar nos sonhos, trabalhar por eles e buscar, a todo o instante o diferencial para sua empresa, para sua vida.


5

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Novos Associados • Branca Vidros e Molduras - Gerben Comércio de Vidros Ltda Me • E xpresso Veramar - Expresso Veramar Ltda. • I mpermeabilização e Tintas Sul Fluminense Impermeabilização e Tintas Sul Fluminense Ltda. • S hopping da Construção B.Mansa - J M Material de Construção Barra Mansa Ltda. • Intensibarra - Intensibarra -

O novo promotor de vendas da CDL quanto aos produtos e serviços da CDL; Treinamento do uso do sistema de SPC da CDL realizado diretamente na empresa do associado; Venda de anúncios no jornal O Lojista.

A CDL de Barra Mansa tem agora um novo promotor de vendas, Thiego Philipe. Não só responsável pela aquisição de novos associados pela instituição, Thiego será também o canal pessoal mais próximo entre a CDL e seu público. O promotor de vendas faz visitas periódicas aos associados levando informações importantes e também trazendo conteúdo sugerido para melhorias nos serviços prestados ao lojista. Além disso, o associado pode contar com Thiego para: Fazer visitas de esclarecimento e orientação ao associado

Apesar de todo o trabalho de divulgação da CDL junto a seus associados a respeito de toda a gama de produtos e serviços que a instituição disponibiliza, alguns gratuitamente, é grande ainda o desconhecimento do lojista sobre tudo que a CDL oferece a ele. Um dos maiores objetivos da CDL atualmente é diminuir estas distâncias proporcionando um relacionamento muito mais estreito e aberto com seus associados. Para agendar uma visita basta procurar o departamento comercial da CDL pelo telefone (24) 3325-8168 ou falar diretamente com Thiego pelo celular número (24) 9299-6411

Centro de Tratamento Intensivo de B. Mansa • D uduca Modas - Roberta Oliveira de Almeida • B it Company - Brumiki Cursos de Informática Ltda Me • E spaço da Moda - Nelza M. de Souza Com. Roupas Me. • N ill Modas - N. Carboni da Silva Me. • R ose & Cia - Rosemere de Souza

Coluna Coluna Jurídica Jurídica O registro eletrônico de ponto e a utilização do respectivo sistema. Encontra-se em vigor a Portaria nº 1.510, de 21 de agosto de 2009, do Ministério do Trabalho e do Emprego, que disciplina o registro eletrônico de ponto e a utilização do respectivo sistema. O Sistema de Registro Eletrônico de Ponto, também conhecido pela sigla SREP, é um conjunto de equipamentos e programas informatizados utilizado como meio de marcação de ponto, ou seja, dos horários de entrada e saída dos trabalhadores das empresas. A Portaria, que contém 31 (trinta e um) artigos, trata exclusivamente do controle eletrônico de jornada de trabalho daqueles trabalhadores regidos pelo regime da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho. O uso do registro eletrônico do ponto será obrigatório a partir de 22.08.2010, quando a Portaria fará um ano de vigência, para os estabelecimentos com mais de dez trabalhadores, na forma da legislação trabalhista. O sistema em referência é constituído por um Registrador Eletrônico de Ponto – REP, que registra a jornada de trabalho e tem capacidade para emitir documentos fiscais e realizar controle de natureza fiscal, voltados à entrada e saída de empregados nos locais de trabalho, possuindo um meio de armazenamento permanente dos dados que não podem ser apagados ou alterados. Tal equipamento, dentre outras funcionalidades, emitirá um comprovante do ponto marcado ao trabalhador. A íntegra da Portaria poderá ser visualizada no sítio do MTE – Ministério do Trabalho e do Emprego, no endereço www.mte.gov.br, na parte relacionada à legislação. Rodrigo Amorim Camargo Assessoria Jurídica da CDL BM


6

Informativo do Comércio de Barra Mansa

A moda está em destaque no p

CDL promove a 1ª Semana da Moda na O mês de julho promete trazer o glamour da moda para Barra Mansa. Depois de muito planejamento e organização, a CDL Barra Mansa realizará, durante a 12ª edição da Flumisul, a 1ª Semana da Moda na cidade, no Parque da Cidade entre os dias 27 e 31 de julho. Assim como acontece em alguns eventos de negócios, nas capitais do Brasil, a Semana da Moda será promovida paralelamente a um importante evento comercial da cidade que recebe, ao todo, cerca de 80 mil visitantes. Dez empresas do setor varejista de Barra Mansa participação deste evento que contará com um staff de profissionais da moda da região, composto por 12 modelos e 3 produtores que darão total suporte ao projeto, trazendo profissionalismo e inovação em todos os desfiles. Em uma área reservada den-

tro da Flumisul, com capacidade para receber 100 espectadores, um pórtico personalizado e uma linda passarela receberão nos dias 28, 29, 30 e 31 de julho algumas das tendências de moda. Além dos desfiles, todas as lojas mostrarão seus produtos em mini estandes instalados ao lado do local do desfile, durante todo o horário de funcionamento da Flumisul. Empresas participantes da 1ª Semana da Moda: • Elci Noivas e Noivos • Gracinha Modas • H.o.r.u.s • Mazel • Ótica Modelo • Pandhora • Rio Club • Saparetto • Traje • Tribo


Informativo do Comércio de Barra Mansa

7

próximo mês, durante a Flumisul. Participe deste evento!

a Flumisul 2010. Um evento que promete trazer o glamour e a tendência de Barra Mansa. Este é um projeto idealizado há anos pelos comerciantes de Barra Mansa e que, agora, em 2010 será, de fato, concretizado. “O objetivo é mostrar a tendência de mercado, destacando a coleção primavera-verão, mostrando a qualidade e a diversificação que Barra Mansa possui no setor varejista. A Semana da Moda promete alavancar a economia deste segmento, não só na cidade, mas em toda a região”, acredita Juliana Lanes Rolim, presidente da CDL Barra Mansa. A entrada do desfile é gratuita e aberta a empresários, comerciantes e sociedade em geral. Os convites serão distribuídos no estande da CDL na Flumisul: • Datas: 28, 29 e 30 de julho (quarta,quinta e sexta feiras ) • Horários: 19h, 20h e 21h

Sábado, 31 de julho – encerramento da 1ª Semana da Moda, com a participação de todas as lojas.

Parceiros Aciap Barra Mansa, Prefeitura Municipal de Barra Mansa, Sicomércio, Sindicato dos Hotéis de Barra Mansa.

Moda Modelo destaque na 1ª Semana da do Huck no Josi Beckari (participante do Caldeirão quadro Bababoom )

Modelo d estaque n a 1ª Sema Larissa Am na da Mod itti - Miss a Volta Redo nda

Veja, na página 12, a foto de alguns modelos do evento que participaram do Café da CDL.


8

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Índice médio de 92,3% de aprovação pelo associado Primeira edição do curso “Onde está o Dinheiro? - Planejamento Orçamentário para Pequenas Empresas”, oferecido gratuitamente pelo PROCAPE destacou-se pela objetividade no tratamento dos problemas cotidianos da loja. Entre os dias 14 e 18 de junho será realizada a segunda edição do curso ‘ Onde está o Dinheiro? - Planejamento Orçamentário para Pequenas Empresas’, oferecido gratuitamente pela CDL Jovem por meio do PROCAPE – Programa de Capacitação Permanente – da CDL de Barra Mansa. A turma já está completa desde a abertura das inscrições, no mês passado, e já há uma lista de espera de lojistas para participar das próximas turmas, ainda sem data definida. A procura se justifica. Em sua primeira edição, realizada em maio, o curso atingiu um índice de satisfação de 92,3% entre os associados que participaram do programa. O principal ponto positivo destacado foi a adequação dos sistemas de controle financeiro às condições diversas de pequenas empresas. Este foi, aliás, um dos principais objetivos da CDL Jovem ao formatar o curso: adequar aos recursos disponíveis, nas pequenas lojas, as técnicas de marketing e finanças úteis às grandes empresas. “Foi bacana, pois recebemos informações de um profissional do nosso dia a dia de trabalho; uma excelente oportunidade para nossas empresas” destaca Luciano de Paula, da Espaço Bike, no bairro Boa Sorte. O programa oferece ao associado uma planilha de controle financeiro, além de técnicas para tornar esse controle efetivo e útil

ao tomar decisões administrativas na pequena empresa.Helen Lima, da HP Lima Distribuidora, também gostou do programa: “Nós aprendemos várias técnicas e vou aplicá-las em minha empresa certamente. Foram discutidos diferentes tópicos sobre vendas e acredito que cada setor do varejo tenha conseguido absorver tudo muito bem, para seu melhoramento”. Helen sugeriu, no final do curso que, cerca de 30 dias após o curso, fosse realizada uma nova reunião entre todos os participantes, para que pudesse debater sobre as experiências de cada um na aplicação do programa em suas empresas. A sugestão foi aprovada pela organização do curso. Rafael Roxo, da Chok Eletric, comentou sobre a utilidade do programa, até mesmo para aprimorar sistemas de gestão já existentes em algumas empresas: “Minha empresa já tem uma ferramenta de controle financeiro, mas com este curso vou conseguir aplicar alguns itens que vão incremen-

tar meu sistema e, consequentemente, melhorar ainda mais meu dia a dia de venda.” O crescimento profissional dos participantes também foi um ponto importante, como afirma Fernanda Oliveira, da Nanda Modas: “Já estou implantando esse curso e as planilhas, em minha loja e fiquei muito entusiasmada ao constatar que isso me ajudará a alavancar meus negócios, tanto na área financeira quanto na pessoal. Foi ótimo!” Com as sugestões e comentários dos alunos, a CDL já prepara melhorias para a segunda edição do curso. As aulas acontecem sempre à noite, começando na segunda e terminando na sexta-feira. O formato tem agradado, pois é rápido e permite a

participação tanto de lojistas como de funcionários das empresas. O PROCAPE pretende trazer ainda novos temas a serem abordados neste ano. Além disso, a presidente da CDL, Juliana Rolim, pretende realizar os cursos nos bairros da cidade: “É difícil para o associado, no bairro, fechar a loja e chegar a tempo para assistir ao curso no centro. Assim podemos atender a um perfil mais abrangente de público”. Aqueles que quiserem sugerir novos temas ou ainda pedir sua inclusão nas listas de espera dos cursos do PROCAPE podem procurar a CDL pelo telefone (24) 3325-8150. A CDL enviará a todos os associados circulares informando sobre as próximas edições dos cursos.

Aciap Volta Redonda realiza Café Empresarial

A luta contra a Substituição Tributária

Um dos objetivos é divulgar novidades do mercado.

Empresários estiveram em Brasília em defesa das micro e pequenas empresas.

O evento “Café Empresarial” acontece mensalmente com o objetivo de propiciar mais integração e divulgar, à classe empresarial do município, as novidades do mercado. No dia 11 de maio, a UnimedVR apresentou aos participantes a marca do futuro hospital que ocupará uma área de 11 mil m2 gerando 750 empregos diretos.

Outro tema abordado no Café Empresarial foi o“Controle Digital – Você está preparado?”, o presidente da Associação Comercial de Volta Redonda, Osmar Fernandes de Souza, falou da importância de o empresário se manter atualizado, em um mundo no qual a tecnologia está cada vez mais presente. Mais uma vez, Osmar destacou o grande número de impostos pago pelos empresários. “A classe empresarial vive uma verdadeira maratona pela sobrevivência, pois tem de pagar inúmeros impostos. Precisamos estar integrados a associações representativas para construirmos um país melhor para os nossos filhos”, comentou. Sempre procurando assuntos que levem os empresários a novos conhecimentos e aprendizados, este é mais um evento importante do setor lojista na região e a CDL Barra Mansa procura sempre estar presente, prestigiando tal ação.

No dia 26 de maio, empresários e representantes de entidades do movimento lojista estiveram presentes em uma reunião junto ao Deputado Federal Sandro Mabel. O assunto pautado foi o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, aprovado em 2006. A comissão de empresários questionou as instituições do comércio que se encontram sob carga excessiva de impostos, o que dificulta a sobrevivência perante as grandes empresas, fazendo com que o Supersimples fosse praticamente invalidado, diante a tantos encargos impostos pelo governo federal. O deputado Sandro Mabel, propôs-se a apresentar alguma solução para o caso. Estiveram presentes, em Brasília, Jair Francisco Gomes, Presi-

dente da Federação de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro e o VicePresidente Marcelo, Juliana Lanes Rolim, Presidente da CDL de Barra Mansa e outros representantes de CDLs.

“São atitudes como estas que mostram que devemos estar unidos e lutar pelos direitos de nossa classe, relatando dificuldades, insatisfações e buscando soluções”, explica Juliana Lanes Rolim.


9

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Vantagens em ser um associado CDL Você realmente sabe o que a CDL Barra Mansa pode fazer por você? Medicina do Trabalho: SEMART

Descontos especiais ao associado.

Software para o Varejo: SAV

Descontos especiais para associados CDL.

Educação: UBM

Descontos de 40% nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

CIEE

Progr. de Estágio, acompanhamento in loco e descontos especiais.

CNA Saúde e Odontologia: UNIMED

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

UNIODONTO

Descontos especiais nas mensalidades ao associado e a seus colaboradores.

Lazer: SESI

30% - SESI Clube; 10% - Escola SESI e Consultas Médicas e Odontológicas.

Serviços Bancários SICOOB

Pacote Exclusivo de Benefícios ao Associado.

40% desconto para associados e seus colaboradores.

Segurança na aprovação de crédito: Consulta de Cheque: Consulta na base local e nacional dos cheques sem fundo, extraviados e roubados, alertas de extravio ou roubo de documentos e confirma o endereço do cliente pelo número do telefone fornecido.

Consulta OK: Verifica o endereço do cliente segundo o número de telefone fornecido por ele.

Capacitação: IDE

Primeira Mensalidade Gratuita ao Associado.

SENAC

Desconto de 20% - Programas de Qualificação Profissional.

SEBRAE

Palestras Gratuitas.

Seguro e Previdência Porto Seguro

Condições especiais para associados da CDL e seus funcionários.

SPC Nacional: Verifica a situação do cliente nas bases local e nacional do Serviço de Proteção ao Crédito, além das últimas consultas realizadas em nome do cliente.

Lig-Crédito: Pesquisa pessoas físicas e jurídicas no SPC Nacional e Serasa, ações, protestos, pendências financeiras, CCF do Banco Central, consultas anteriores e registros em Barra Mansa.

Programas da CDL ao associado: Festas e eventos: Locação do salão de festas e eventos da CDL com desconto exclusivo de 30% ao associado CDL.

Campanhas de Marketing: Campanhas gratuitas ou com preços extremamente reduzidos para promoção de vendas da loja.

Treinamento: Cessão do salão de treinamentos da CDL com equipamento audiovisual e ar climatizado.

Os convênios e benefícios vão além do associado e atendem também a seus colaboradores. A CDL, por meio do Departamento Comercial, está aberta a novos convênios e parcerias em benefício do associado. Tel.: 3325-8168 | email: comercial@cdlbm.com.br

VOCÊ SABIA QUE O SICOOB TEM TUDO QUE UM BANCO TEM? MENOS OS JUROS ALTOS, CLARO! VENHA PARA O SICOOB E VIVA CHEIO DE VANTAGENS.

Av. Joaquim Leite, 279, loja 5, Centro, Barra Mansa/RJ Tel.: (24) 3323-8328 - www.sicoobes.com.br flumicred@sicoobes.com.br

Acesse o site da CDL:

www.cdlbm.com.br

e fique por dentro das novidades da Entidade e do setor lojista.


10

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Espaço Espaço --

Aciap

ACIAP BM debate obra de remoção do pátio de manobras Atenta para as implicações que as obras de remoção do pátio de manobras trarão para o município, a diretoria da ACIAP Barra Mansa convidou o secretário municipal de Planejamento, José Marcos Rodrigues Filho, o Zito, para dar esclarecimentos sobre o cronograma e as interferências na cidade. Durante reunião da diretoria, realizada em maio e aberta aos associados, o secretário deu detalhes sobre a obra e respondeu perguntas feitas pelos presentes. Além dos diretores da entidade, participaram da reunião representantes da CDL, Sicomércio, Sindicato de Bares e Restaurantes e Metalsu e Associação de Moradores do Centro. “Lutamos 76 anos para que a remoção do pátio de manobras virasse realidade. Agora, o trabalho da ACIAP será de acompanhar a obra e cobrar para que seu cronograma seja cumprido”, afirmou José Francisco Medeiros, presidente da entidade, na abertura da reunião. Segundo Zito, a primeira fase das obras vai começar em Anísio Brás. Na localidade serão instaladas as linhas para manobras de composições e construídos galpões para sediar as oficinas de manutenção dos trens. Logo depois, os pontos que sofrerão intervenção serão os bairros Barbará e Saudade, que vão ganhar novos viadutos. “Queremos deixar bem claro para a população que os incômodos trazidos pela obra serão passageiros, mas os resultados que ela trará para a cidade são enormes e de longo prazo”, destacou o secretário. Por Flávia Resende

Espaço

Sicomércio SICOMÉRCIO-BM realizou palestra sobre Programa de Aplicativo Fiscal Cerca de noventa comerciantes e comerciários participaram, no dia 18 de maio, da palestra sobre o “PAF – Programa de Aplicativo Fiscal/ ECF – Emissor de Cupom Fiscal”, realizada no auditório do SICOMÉRCIO-BM. Proferida pelo tributarista Paulo Mello, a palestra faz parte do projeto Bem Vindo, Empresário realizado pela Fecomércio-RJ (Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro) em parceria com a OAB (ordem dos Advogados do Brasil). O objetivo do projeto é disseminar informações de interesse dos empresários, neste caso, o PAF, que é um software destinado a enviar comandos de funcionamento ao equipamento emissor de cupom fiscal (ECF). O prazo para os contribuintes usuários do ECF autorizados ao uso até 31 de outubro de 2009 providenciarem a substituição do sistema em uso pelo Programa Aplicativo Fiscal (PAF-ECF) é até o dia 30 de junho de 2010, para as empresas com faturamento anual, verificado no ano de 2009, superior a 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais) e, 30 de outubro de 2010, para os demais contribuintes. Paulo Mello alerta os empresários, mesmo os que ainda podem substituir o programa até o mês de outubro, para não deixarem para a última hora. “Esse é um processo irreversível, a administração tributária do Rio de Janeiro está numa linha de modernização e dificilmente vai ter retrocesso. O empresário precisa se adequar para não ter prejuízos”, frisou, destacando que, deixar para a última hora, pode acarretar aumento do preço, devido a grande demanda. Por Chrystine Mello

Dicas para o uso do e-mail: Não existe um livro de regras para o uso do e-mail nas empresas, mas a experiência traz algumas dicas que podem evitar alguns problemas ou, simplesmente, facilitar a vida de quem está do outro lado. Seguem aqui algumas delas:

•Seja breve: É comum chegar ao trabalho e haver 10 ou 20 e-mails a serem lidos logo cedo. Por isso, seja breve no texto. Seja educado, mas vá direto ao assunto. Isso facilita a vida de quem lê. •Assunto: No campo de assuntos do e-mail, evite termos genéricos como: Oi!, Eu! Como vai? Ou mesmo termos que se aplicam a qualquer e-mail como: Memorando, Recibo, Relatório etc. O ideal é dispor de poucas palavras que identifiquem o conteúdo do e-mail sem a necessidade de abrilo. Por exemplo: “Memorando – novos clientes”, “Relatório – finanças de abril”, ou “Recibo – Autorização de despesas de maio/10”. •Anexos: Evite anexar arquivos grandes. Eles podem congestionar as redes e a Internet no escritório do destinatário. Se for indispensável o envio de muitos arquivos pesados procure separar em um ou mais e-mails, sempre identificando no assunto. Exemplo: “Fotos do evento de 13/5/10: 1 de 3”, “2 de 3” e “3 de 3”. Assim o destinatário pode ter certeza de que recebeu todos os e-mails com os anexos. •Anexos II: Cuidado ao encaminhar correntes, mensagens e apresentações de PowerPoint. Muita gente não tem tempo para elas e as apaga antes de lê-las. Mande somente as que você realmente considera relevantes e apenas para pessoas íntimas. Assim, o leitor valorizará suas mensagens.

•Letras maiúsculas: Cuidado com elas. Evite escrever palavras ou frases inteiras em maiúsculas. Parece que você está GRITANDO!!! •Parágrafo: Textos longos formam um bloco compacto de palavras, difícil de ler e de se orientar por eles. Embora seja incomum, é bom usar sempre o parágrafo para começar um novo tema ou tópico. Se você tiver preguiça de digitar 5 vezes o espaço, pule uma linha a cada novo assunto. O leitor tem acesso muito mais fácil a cada informação. •Pessoal e profissional: procure ter 2 endereços distintos para e-mails profissionais e pessoais. É muito desagradável abrir sua caixa postal na frente do chefe e ter que ficar “driblando” mensagens com piadinhas ou até com conteúdo sexual. •Organização: Procure organizar sua caixa postal em “pastas”. Desloque os novos e-mails para suas referidas pastas assim que as ler. Assim, fica fácil procurá-los mais tarde, se necessário. Você pode também criar uma pasta específica chamada “Pendências”. Deixe lá todos os e-mails que ainda precisam de resposta ou encaminhamento. •Assinatura: Procure habilitar as assinaturas automáticas em seus e-mails. É cortês e útil ter sempre abaixo do texto o seu nome, cargo, empresa e um telefone de contato profissional, residencial ou celular.


11

Informativo do Comércio de Barra Mansa

Novo convênio Durante o café da manhã da CDL do mês de maio, rea-

Bola da Vez “ Só os homens normais que não sabem que tudo é possível” (David Rousset)

lizado no dia 26, a CDL Barra

Café da Manhã No dia 30 de junho será realizado mais um café da manhã da CDL. Esperamos por você às 7h30!

Mansa firmou seu mais novo convênio, agora com a empre-

O empresário e diretor da CDL BM, Alício Camargo junto com sua filha Júlia no café da CDL.

sa Porto Seguro – Vida e Previdência, que oferece descontos especiais aos lojistas e a seus funcionários, Para obter detalhes sobre o convênio,entre em contato com o departamento comercial da CDL pelo número 24. 3325 8168.

Diretores da CDL BM divulgando a 1ª Semana da Moda.

Diretores da CDL Executiva e CDL Jovem de Barra Mansa marcando presença na 8ª Integração Lojista.

Alguns dos modelos que representarão as lojas participantes da 1ª Semana de Moda 2010.

ANÚNCIO GRÁFICA ANO BOM


12

Informativo do Comércio de Barra Mansa

As vendas ficam verde e amarelo! Mesmo custando a chegar, o clima verde e amarelo já aparece nas ruas e no comércio. Muitos, já de olho na copa 2014.

Lojistas e moradores de várias regiões da cidade se mobilizaram para decorar as ruas. Acima, a rua Barão de Guapi,no centro da cidade.

A cada quatro anos é a mesma coisa: o país parando uma vez por semana para assistir aos jogos e torcer pela seleção. Mas, desta vez, há algo diferente no ar. É que daqui a quatro anos a copa será no Brasil. A copa da África traz, claro, a expectativa do hexa-campeonato para o país mas, bem lá no fundo, o que há mesmo é uma sensação entusiasmante de que o melhor ainda está por vir. A fórmula do futebol é simples: uma TV, de preferência grande, som, bebida, comida e espaço para o público. Do resto o futebol cuida. Motivação, euforia, procura do consumidor pelos

produtos, isso tudo já vem com o pacote da Copa do Mundo. O lojista não precisa gastar dinheiro com campanhas de motivação, ela já existe. A questão maior é saber como aproveitar esta motivação. “Como transformar isso em lucro para a loja?” Neste ponto, a criatividade e ousadia fazem a diferença. Uma coisa é vestir a equipe de vendas de verde e amarelo – isto é bacana. Outra, é convidar seu cliente a se vestir com você: isto é marketing. Uma oficina mecânica, ou um lava-a-jato pode não ter nada a ver com o futebol, mas se todos os seus clientes saírem de

lá com uma bandeirinha do Brasil de presente, daquelas para serem afixadas na janela ou para fora do carro, ela é parte da Copa. Se no suporte da bandeirinha houver a logomarca da oficina, ela se torna, então, parte da comemoração do cliente. Talvez esteja aí a diferença entre participar da vida do cliente ou, simplesmente, vender. Todas as lojas vendem verde e amarelo, mas só a loja de roupas que conhece o estilo do seu cliente pode vender o verde e o amarelo que ele procura. Só o corretor de seguros que se envolve com seu cliente é capaz de oferecer a ele o brinde que ele sempre quis e nem sabia. Só o fornecedor que conhece seu cliente é capaz de chamá-lo e a sua família para participarem das comemorações dos jogos com ele. Só o lojista realmente perspicaz pode envolver sua empresa na motivação da Copa de uma forma que isso realmente gere frutos a curto e médio prazo. A próxima Copa é no Brasil. A final provavelmente será disputada no Maracanã. Em termos de motivação, pode-se dizer que a “capital do mundo” estará a cerca de 130 km de distância de Barra Mansa, pouco mais de uma hora

e meia de carro. O que será que o lojista pode fazer para envolver sua empresa nessa motivação toda? Ou será que ele simplesmente vai deixar que a Copa passe e que seja posta à venda?

Lojistas de um trecho da Av. Joaquim Leite foram os primeiros a criar o clima de copa.


O Lojista (Ano XIII - Nº165 - Junho/2010)