Page 1

Em Viagem Bagagem de mão

Ma che bella pasta! Os amantes de massa não precisam de ir a Itália experimentar a Garofalo. A marca, produzida há mais de duzentos anos na cidade de Gragnano, está em força em Portugal e com muitas novidades. Desde 1789 que a Garofalo se tornou o maior produtor de massas da cidade de Gragnano (Nápoles). O segredo deste sucesso e longevidade deve-se à experiência acumulada ao longo dos séculos. No início feita à mão por artesãos, a receita foi passando de geração em geração e, atualmente, a tradição mantém-se. Apesar da inovação dos produtos e do recurso a novas tecnologias, continua a ser produzida em fábricas certificadas. A marca disponível em países como França, Reino Unido, Canadá, EUA, Alemanha, Suíça, entre muitos outros nos quais se inclui Portugal, oferece uma série de novidades para os apreciadores da verdadeira pasta. E também já chegaram até nós os gressinos, inventados em Turim, de azeite ou azeitona, e o esparguete sem glúten com quinoa. Se tiver falta de ideias para elaborar pratos, a marca disponibiliza, sem custos, uma aplicação para iPhone com uma série de receitas sugeridas por gourmands. Saiba mais em pastagarofalo.it. Patrícia Cabral CIDADE DA MASSA

Gragnano ficou imortalizada pela pena de escritores e poetas como a cidade da massa. Esta designação deve-se ao facto de ter sido reconstruída (na primeira metade do século xix) na direção do vento, permitindo a fácil secagem da massa – determinante para a qualidade final do produto. Este processo com quinhentos anos era executado por artesãos que acompanhavam e monitorizavam as várias etapas de produção das massas.

APOSTA NO CINEMA

Desde o contrato com a Cinecittà Holding – Instituto Luce, que tinha como missão apoiar cineastas em início de carreira, à parceria com uma universidade italiana para a realização de um mestrado na área do cinema, muitas têm sido as iniciativas levadas a cabo. Como forma de promover as massas e demonstrar a paixão pela sétima arte, produziram com a Fox a curta-metragem L’Alchimia del Gusto, que revelou ser um sucesso e conduziu à realização de uma nova longa-metragem, Questione di Gusti, que conta no elenco com Pappi Corsicato, Ennio Fantastichini, Iaia Forte, entre outros.

HISTÓRIA FAMILIAR

No início de 1900, após a construção de uma segunda fábrica, os irmãos Garofalo decidiram dividir a empresa que já somava dois séculos de existência e criar novas sucursais para um mais rápido crescimento a nível internacional. No início dos anos 1920, as massas já estavam amplamente difundidas, sendo consumidas com regularidade dentro e fora de Itália. Considerado um produto de grande qualidade, era recomendado com frequência em livros de cozinha e revistas. Reza a história que a governanta da família, de origem somali, investiu todas as suas poupanças para enviar uma remessa da dita pasta para o continente africano.

Ma che bella pasta!  

Volta ao Mundo | Setembro 2013