Page 1

Jornal do Litoral Informação a serviço do Litoral Norte

/jornaldolitoralnorte

Ano 2 - 03 a 09 de dezembro de 2018 - N°081

R$ 2,00

Ilhabela deposita mais de R$ 55 mi em primeiro aporte de seu Fundo Soberano Na quinta-feira, 29 de novembro, o Fundo Soberano de Ilhabela foi consolidado com um primeiro aporte de R$ 55.011.757,78. Distribuído em

dois bancos públicos (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal), aptos a receber pelo Tribunal de Conta da União (TCU), cada instituição recebeu

durante o 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, abrigado no auditório da Prefeitura, um cheque de R$ 27.505.878,89. O anún-

cio foi feito na abertura do 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, realizado pela segunda vez em Ilhabela. Página 3

Teimoso é eleito o futuro presidente da Câmara de São Sebastião Em sessão realizada exclusivamente para eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de São Sebastião, na noite desta segunda-feira (3), o vereador Teimoso (PSB) foi eleito com 11 dos 12 votos dos vereadores, e será o próximo presidente da Câmara para o biênio 2019/2020. Além de Teimoso, foram eleitos para os cargos de vice-presidente Daniel Simões (PP), primeiro secretário Reis (PSB), e segundo secretário Pedro Renato (PSDB). .Página 3

Caraguatatuba

Câmara de São Sebastião inaugura prédio desapropriado para nova sede administrativa - Página 4

Aguilar Júnior entrega nova UBS do Bairro Jetuba Página 3 Ubatuba é sede de evento Internacional de Astronáutica Ubatuba sedia, de 03 a 07 de dezembro, o 3rd IAA-LACW terceira edição do Congresso da Academia Internacional de Astronáutica (IAA), realizado no Teatro Municipal. A iniciativa irá manter o foco em tópicos relacionados às tecnologias de pequenos satélites, promovendo um fórum entre cientistas e engenheiros, a fim de discutir suas conquistas e descobertas sobre tecnologia de ponta. Considerando o aumento ao interesse ao CubeSat e em outros pequenos satélites em atividade, e o sucesso recente das iniciativas da América Latina, a Academia Internacional de Astronáutica organizou um workshop com participantes da indústria e estudantes, que terão oportunidade para compartilhar seu conhecimento profissional e expandir sua rede de contatos na área Página 5

Vice-cônsules da China participam da abertura oficial da Exposição Internacional do Bambu Ilhabela Com a presença dos vice-cônsules do Consulado da China no Brasil, a Exposição Internacional do Bambu Ilhabela foi oficialmente aberta na noite de quinta-feira (29/11), em meio ao cenário montado nos jardins da Fazenda Engenho D’Água. Foram trazidas da Ilha da Vitória, 1000 peças de bambu que deram vida às 64 barracas expositoras, no portal de entrada e toda fachada da Fazenda. Página 8

Ilhabela Última edição do Ilhabela Sunset 2018 acontecerá neste final de semana

São Sebastião

ACESS promove café da manhã empresarial para divulgar balanço e metas para 2019

Página 6

Márcio Tenório é aclamado presidente do Consórcio Intermunicipal Turístico do Litoral Norte: O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, foi aclamado na manhã de terça-feira (27/11), presidente do Consórcio Intermunicipal Turístico Circuito Litoral Norte de São Paulo, ao ser escolhido como presidente do Conselho Administrativo do órgão. A escolha ocorreu durante reunião na Secretaria de Turismo de Caraguatatuba para formalizar o órgão e, consequentemente, suas ações para fortalecer e transformar o turismo da região em uma potência nacional. Página 5

EXP12082017-O

Página 7


03 a 09 de dezembro de 2018

2

OPINIÃO BASTIDORES Eleição Um fato inusitado, mas previsível, ocorreu na noite desta segunda-feira (3) na Câmara de São Sebastião, durante a eleição da Mesa Diretora que administrará o legislativo local no biênio 2019/2020. Com o empate em 6 a 6 para o cargo de primeiro secretário, disputado pelos vereadores Ernaninho e Reis, o desempate foi feito por sorteio, tendo o vereador Reis como vencedor. O fato gerou muitos comentários entre os presentes à sessão, e também entre os vereadores, como um assunto a ser discutido no futuro e, se necessário, modificado do Regimento Interno da Casa, que prevê duas votações e em caso de continuidade de empate, ser decidido por sorteio. Eleição II A candidatura do vereador Daniel Simões para o cargo de vice-presidente, sendo lançado pelo primeiro que votava por ordem definida em sorteio, vereador Reis, deixou perplexos os membros do G5, pois havia a especulação de que o vereador Maurício teria sido o “ungido” para ocupar o cargo em reunião realizada no Gabinete do prefeito Felipe Augusto, antes da sessão. Com os votos de Reis e Diogo em Daniel, e de Gleivison e Pixoxó em Neto, o vereador Ernaninho fez conta e entendeu que, para que o cargo não fosse ocupado por vereador membro da base do prefeito, seu voto deveria ser em Daniel, e mesmo dividindo os votos do G5 que foram pegos de surpresa, Daniel acabou sendo eleito com sete votos, ficando Neto com três e Maurício com dois. Revolta Esta coluna recebeu a informação que entre os vereadores da base aliada do prefeito Felipe Augusto, houve discussão e cobrança logo após a sessão, principalmente em função da eleição do vice-presidente. Reis, Diogo e Reinaldinho teriam sido cobrados por Maurício que tinha convicção de sua eleição para o cargo, e se sentiu traído pelos colegas da base. Como seu partido é explicitamente oposição à atual administração, Maurício teria dito aos colegas que logo após o recesso parlamentar, em fevereiro próximo, deverá se licenciar do cargo, que, com certeza, deverá ser ocupado por suplente que integrará o bloco de oposição ao atual prefeito. Troca de lugares Os lugares dos vereadores deverão ficar bem definidos no próximo ano, com oposição de um lado e situação de outro. Já na sessão desta segunda-feira, durante a eleição da nova Mesa Diretora, já deu para notar a mudança. Ernaninho mudou de lugar com Maurício e, com as descidas de Neto e Pixoxó no próximo ano e subida de Teimoso e Daniel, ficarão do mesmo lado os membros do G5 e do outro lado os membros da situação. Isso se o vereador Maurício não se licenciar, pois se isso ocorrer... Fundo Soberano O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, foi muito elogiado durante o 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, realizado pelo segundo ano consecutivo no arquipélago, e que contou com a presença dos municípios que recebem royalties de petróleo, da Petrobrás. Ilhabela recebe anualmente R$ 650 milhões de royalties, e pretende poupar R$ 2 bilhões em 10 anos, para investimentos nas gerações futuras. Fundo Soberano II Como prova de que pretende cumprir seu compromisso relativo ao assunto, o Fundo Soberano de Ilhabela foi consolidado com um primeiro aporte de R$ 55.011.757,78, na quinta-feira (29/11). Os palestrantes convidados para o seminário, Luís Carlos Mendonça de Barros, ex-ministro das Comunicações e o ex-diretor do Banco Central, Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do BNDES, rasgaram elogios à iniciativa da atual administração do arquipélago. Leia mais sobre o assunto em matéria da página 3.

Artigo

Cuidado com dezembro * Fernando Gabeira

Agora é juntar os cacos, abastecer o motor econômico do Rio com o petróleo que restou, e subir de novo a montanha. O indulto de Temer e Pezão na cadeia são dois temas já batidos nesta manhã de segunda (3). Vejo um elo entre esses dois fatos, próximo de uma teoria conspiratória, mas não há razão para ocultá-lo. Tanto Temer quanto Pezão já trabalham de alguma forma com a ideia de uma passagem pela cadeia. É como se ja estivessem pensando numa próxima eleição, xerife da cela, quem sabe. Temer sabe muito bem que incluir corruptos no seu indulto de Natal vai abrir um abismo maior ainda entre ele e a sociedade, que condenou pelo voto as velhas práticas da política brasileira. Mas, por outro lado, vai aumentar seu crédito junto aos presos, não só os que participavam da aliança no governo, mas também os do seu próprio partido: ex-ministros e parceiros. Pezão declarou que tinha saudades de Sérgio Cabral e gostaria de abraçá-lo na cadeia. Disse também que gostaria de encontrar Lula. Nunca se sabe para onde vão te levar após a prisão. Não é correta, se essa ideia for verdadeira, a tese de que os políticos brasileiros não veem um palmo diante do nariz. Quando houver tempo, poderemos até investigar os reflexos da passagem de tantos dirigentes pelas cadeias que alguns até ignoravam como funcionam. Por enquanto, ainda temos que lidar com os seus rastros em liberdade. O indulto é um deles. É possível indultar pre-

sos por corrupção? A maioria dos ministros disse sim, afirmando que não há restrições a esse crime. Tratam de um presidente abstrato. Temer é investigado, duas vezes a Câmara lhe forneceu uma blindagem. Ele vai libertar presos da Lava-Jato, a mesma operação que desmantelou toda a quadrilha da qual é um dos principais remanescentes em liberdade. Nessas circunstâncias, só resta o protesto nas ruas. Mas, ainda assim, o tema nos colhe num mês ingrato para protestos. Há 50 anos, o regime militar lançou o AI-5, endurecendo sua política e realizando a censura nos jornais com a presença de seus agentes no interior das redações. O aniversário de meio século do AI-5 será no dia 13. Uma das lembranças mais nítidas que tenho do período foi, precisamente, a dificuldade de protestar. Não nos prendiam por isso, mas era um período de Natal: o “blim blão” dos sinos, o farfalhar de papéis enrolando presentes, o panetone em promoção. Ninguém queria saber de AI-5. Ainda bem que dezembro de 68 está longe, tanto o país quanto o Natal devem ter mudado nesse período. De qualquer forma, cuidado com dezembro. Mais próximo de minha memória está a aventura de ter feito política no Rio de Janeiro e tentar, de alguma, forma derrubar a máfia bilionária que acabou arruinando o estado. Em 2010, por exemplo, Cabral já gastava fortuna com robôs na internet. Chegamos a reunir documentos para oferecer à imprensa. Os robôs não falavam inglês, mas tinham um forte sotaque, escreviam frases grosseiramente traduzidas.

Ninguém se interessou. O tema era muito abstrato naquela época. Era o mesmo que falar do rombo na camada de ozônio: ninguém o notava a olho nu. Apesar de tudo, não restou ressentimento. Sobretudo no caso de Pezão. Em muitos desastres, o encontrei trabalhando. Sérgio Cabral não visitava os locais de tragédia. Como jornalista, entretanto, não pude deixar de comentar um tema, naquela época do escândalo dos guardanapos. O apartamento de Pezão tinha sido assaltado no Leblon e, segundo a notícia, foram levadas muitas joias. Soou estranho para mim que um homem aparentemente simples tivesse muitas joias em casa. O tempo passou, eles foram sendo presos aos poucos, hoje quase todo o governo está na cadeia, inclusive sua base parlamentar. O Rio quebrou, foi preciso uma intervenção federal na segurança pública, o estado elegeu um homem desconhe-

cido do grande público até as vésperas da eleição. Às vezes tento esquecer todo esse período sinistro. Os principais atores estão presos. Isso conforta parcialmente a opinião pública. Mas o legado ainda vai nos assombrar durante muitos anos. Foi uma calamidade que passou em nossas vidas e algumas consciências se deixaram levar. Agora é juntar os cacos, abastecer o motor econômico do Rio com o petróleo que restou, e subir de novo a montanha. Pra cima, é preciso fôlego. Pezão entrou, outros serão soltos por Temer, que um dia será preso também. Não é um caminho linear. Murilo Mendes tem um verso em que diz: “Ainda não estamos habituados com o mundo/ Nascer é muito comprido.” No caso do Brasil, então, o parto é muito prolongado. *Fernando Gabeira é jornalista e exdeputado federal pelo Rio de Janeiro

Divulgação/PMI

Foto da semana

Expediente Jornal do Litoral Grupo Kalein de Comunicação JORNAL DO LITORAL EIRELI - ME

Consórcio Intermunicipal

CNPJ: 27.559.071/0001-85

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, foi aclamado na manhã de terça-feira (27/11), presidente do Consórcio Intermunicipal Turístico Circuito Litoral Norte de São Paulo, ao ser escolhido como presidente do Conselho Administrativo do órgão. A escolha ocorreu durante reunião na Secretaria de Turismo de Caraguatatuba para formalizar o órgão e, consequentemente, suas ações para fortalecer e transformar o turismo da região em uma potência nacional.

Av Prestes Maia, 719 Centro CEP: 11660-400 Fone: (12) 98182-5853 Diretor Executivo: Sebastião Rodrigues Neto E-mail: diretoria@jornaldolitoral.net Editor: Sebastiao Rodrigues Neto MTE 1223/MS Reportagens: Marcello Veríssimo

Consórcio Intermunicipal II

E-mail: editor@jornaldolitoral.net Projeto Gráfico: Lucas Rodrigues

A iniciativa pode vir a ser modelo para outras áreas, a exemplo da Cultura, Educação e Saúde, visto a sua relevância para o desenvolvimento regional, uma vez que, formalizado, o Conselho tem condições legais para constituir o seu CNPJ e, com isso, viabilizar convênios com a União e/ou Estado. Durante a reunião, todos os secretários foram unânimes ao afirmarem que o Conselho já vinha atuando informalmente levando os nomes das cidades do Litoral Norte em eventos nacionais e internacionais. Leia mais sobre o assunto na página 5.

E-mail: midia@jornaldolitoral.net

Papai Noel: A magia do Natal tomou conta de Ilhabela neste final de semana com a programação do “Natal da Alegria”, que percorreu diversos bairros com o Papai Noel personagens do “Mundo de Kaboo”. O Natal, para muitos, é um momento em família, de solidariedade, perdão e união. “Vimos neste final de semana em cada festa muita alegria, muita diversão. A data do Natal não pode ser passada em branco e sabemos que muitas famílias não têm acesso aos presentes ou a uma ceia farta, e levar o “Natal da Alegria” para elas é o carinho que temos pela nossa gente”, declarou o prefeito Márcio Tenório, que acompanhou o “bom velhinho”. Os pais e as crianças aprovaram mais uma vez a descentralização das festividades. “Com uma comemoração em cada bairro não há filas grandes para as crianças comerem ou usarem os brinquedos. Minha filha se divertiu e interagiu muito com o Papai Noel e com o outro personagem”, disse Luiz Fernando Gonçalves.

Impressão: Gráfica Atlântica Tiragem: 5 mil exemplares Comercial: comercial@jornaldolitoral.net

"A redação não se responsabiliza por artigos assinados ou de origem definida"


03 a 09 de dezembro de 2018

3

POLÍTICA Investimento: Fundo Soberano consolidado em 29 de novembro reservará R$ 2 bilhões em 10 anos

Ilhabela deposita mais de R$ 55 milhões em primeiro aporte de seu Fundo Soberano

Da redação

Na quinta-feira, 29 de novembro, o Fundo Soberano de Ilhabela foi consolidado com um primeiro aporte de R$ 55.011.757,78. Distribuído em dois bancos públicos (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal), aptos a receber pelo Tribunal de Conta da União (TCU), cada instituição recebeu durante o 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, abrigado no auditório da Prefeitura, um cheque de R$ 27.505.878,89. O anúncio foi feito na abertura do 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, realizado pela segunda vez em Ilhabela. A compensação financeira proveniente dos postos de extração de Sapinhoá e Lapa terá anualmente e em porcentagens crescentes parte dos recursos dos royalties destinada a essa espécie de poupança às futuras gerações da Ilha. “Sabemos que a exploração do petróleo é finita e temos a responsabilidade e a obrigação de aplicar da melhor maneira esse recurso tão precioso. Nós economizaremos em dez anos um total de R$ 2 bilhões para a cidade. É um dia histórico para assegurar qualidade na saúde e na educação dos anos futuros. Ilhabela será porta-voz nessa iniciativa inovadora, porque esses recursos pertencem à nossa população”, disse o prefeito Márcio Tenório. Ilhabela recebe R$ 650 milhões de royalties anualmente. Os recursos representam 75% do orçamento do arquipélago. Durante este ano de 2018 a Prefeitura, a Câmara Municipal e a população discutiram e aprimoraram, puxando para cima o índice de repasse proposto inicialmente.

Iniciativa do Fundo Soberano é exaltada em debates do segundo dia do Seminário Ronald Kraag

A participação popular faz parte dessa iniciativa inovadora. Nos próximos meses também serão criados os Conselhos Administrativo e Fiscal (Confiro – Conselho Municipal de acompanhamento das aplicações dos royalties), tendo sua composição formada de maneira paritária, com membros do governo e da sociedade civil organizada. “A gente precisa ter a trans-

parência da aplicação desses recursos”, afirma o secretário de gestão financeira, Tiago Corrêa, que também detalha os planos de reserva para o Fundo: “no primeiro ano guardaremos por volta de 8% do que recebemos com os royalties, sendo 12% no segundo ano, 16% no terceiro ano, 20% no quarto e 25% no quinto ano”. O 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável

Teimoso é eleito o futuro presidente da Câmara de São Sebastião Da redação

Em sessão realizada exclusivamente para eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de São Sebastião, na noite desta segunda-feira (3), o vereador Teimoso (PSB) foi eleito com 11 dos 12 votos dos vereadores, e será o próximo presidente da Câmara para o biênio 2019/2020. Além de Teimoso, foram eleitos para os cargos de: vice-presidente Daniel Simões (PP), primeiro secretário Reis (PSB), e segundo secretário Pedro Renato (PSDB). O JDL já tinha antecipado no início do mês de novembro que Teimoso só não seria eleito presidente se não quisesse, e foi o que disseram a maioria dos vereadores que votaram. Ao final da sessão, em entrevista rápida à imprensa, Teimoso falou de como pretende administrar a Casa e da relação com o executivo. “Transparência, tem que realmente transparecer e o povo ficar sabendo de todos os atos dos vereadores em projetos de leis e requerimentos, e mostrar a todo o povo sebastianense o que os vereadores fazem nesta Casa. Transparência total”. Sobre a relação com o executivo, Teimoso disse que irá fortalecer e defender os vereadores e que não é oposição ao prefeito Felipe Augusto (PSDB). “Eu me candidatei a presidente desta casa, e não me candidatei a ser oposição ao prefeito, porque eu me elegi com Felipe Augusto. Dedicação ao prefeito e lealdade extrema aos vereadores desta Casa. Vamos trabalhar em conjunto, em parceria, a cidade precisa é disso, uma

Vereador Teimoso fala com a imprensa logo após sua eleição

Câmara unida com o executivo”, concluiu. A eleição A sessão foi rápida e os novos membros eleitos sem polêmica, com maioria dos votos. A exceção ficou por conta da escolha do primeiro secretário, disputado pelos vereadores Reis e Ernaninho. As duas votações regimentais terminaram empatadas com 6 votos para cada candidato, e a definição veio através de sorteio, vencido pelo vereador Reis. Outro ponto polêmico na eleição foi para o cargo de vice-presidente. Primeiro a votar no sorteio, o vereador Reis votou em Daniel Simões, o que causou estranheza em grande

parte dos vereadores, principalmente do considerado G5, a qual Daniel faz parte, pois sua candidatura dividiu os votos dos outros membros. O vereador Maurício votou em si próprio, e os vereadores Pixoxó, Gleivison e Neto votaram em Neto para o cargo. Os demais vereadores escolheram Daniel para o cargo, e o elegeram. O vereador Ernaninho, membro do G5, antes de votar, fez contas e deixou claro que votaria em Daniel Simões para que o cargo não ficasse com membro da base aliada do prefeito, e por entender que tinha condições de vencer os outros concorrentes. A nova Mesa Diretora toma posse no início do mês de janeiro de 2019

dos Royalties teve sequência na sexta-feira (30), com palestras de representante da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que abordou regras de distribuição de royalties, além de Luís Carlos Mendonça de Barros, ex-ministro das Comunicações e ex-diretor do Banco Central, Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do BNDES.

No segundo dia do 2º Seminário Nacional sobre Aplicação Responsável dos Royalties, o público presente no auditório da Prefeitura de Ilhabela assistiu, na sexta-feira (30/11), a palestras de abordagem econômica no panorama brasileiro, tanto em retrospectiva quanto em análise do cenário atual. O ex-ministro das Comunicações e ex-diretor do Banco Central, Luís Carlos Mendonça de Barros, e o ex-presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, apresentaram seus pontos de atenção, especialmente ao que se pode dizer respeito à reserva de dinheiro por parte do governo. O debate específico sobre a garantia de recursos para o futuro foi impulsionado pela criação do Fundo Soberano, que recebeu na quinta-feira (29/11) seu primeiro aporte, no valor de R$ 55.011.757,78. “Ilhabela a partir desse momento histórico será porta-voz para outros Estados. Nós somos o terceiro município no país em arrecadação de royalties do petróleo. Nós tivemos que tomar uma coragem administrativa e política para que a gente possa garantir investimentos

futuros”, comunicou o prefeito de Ilhabela Márcio Tenório. Luís Carlos Mendonça de Barros considerou exemplar a importância do Fundo: “o brasileiro não poupa, o brasileiro gasta. A gente tem essa característica de ser um país que não tem poupança. Isso caracteriza uma sociedade que não investe muito”. Paulo Rabello de Castro complementou: “O Brasil está vendo a partir de Ilhabela, que tem uma turma mais jovem, que tem a capacidade de tomar a iniciativa e não esperar que venham decisões de Brasília. É importante manter esta poupança que permitirá Ilhabela dar um salto extraordinário de investimentos, porque poupança é sempre igual a investimento”. O evento contou ainda em seu encerramento com explicações técnicas também de Roney Afonso Poyares, coordenador de royalties da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) por parte da Superintendência de Participações Governamentais e também com a participação do prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto.

Aguilar Júnior entrega nova UBS do Bairro Jetuba Cláudio Gomes/PMC

Da redação

O prefeito Aguilar Júnior entregou na última sexta-feira (30/11), a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Jetuba, localizada na Região Norte na cidade. A UBS leva o nome da Enfermeira Santina Carvalho do Prado. Com 485 m² de construção, o local conta com seis consultórios médicos, dois consultórios odontológicos, sala de vacina, sala de curativo, sala de coleta e inalação, playground, vagas de estacionamento e banheiros. A cerimônia de inauguração teve a presença do prefeito, secretários e vereadores municipais; do deputado eleito Altair Moraes e de familiares da homenageada. Aguilar Júnior destacou, entre os presentes, a importância do trabalho da homenageada no município e em toda região e falou das obras que ainda vêm sendo feitas na região Norte. “Mês passado, nós entregamos aqui uma creche; temos obras na escola, desafios da drenagem; revitalização da Rodovia SP-55. Sabemos que esta região sofre muito na alta temporada e aos finais de semana com o acesso. Então, estamos melhorando alguns pontos, tais como a iluminação da Serrinha, a construção da ponte. Fico ainda mais contente, porque, em menos de dois anos, esta é a terceira UBS que nós entregamos na cidade; fizemos a inauguração, no aniversário da cidade deste ano, do atendimento 24h na UBS Massaguaçu também”, destacou. O prefeito informou ainda que outras novas UBSs também estão por vir. “Teremos ainda uma UBS no Rio do Ouro; outra UBS no Gaivotas e uma UBS no Golfinho, que, se Deus quiser, entregaremos nos próximos meses. Quero também destacar o nosso esforço em melhorar a vida do servidor. Oficializamos agora o Vale Refeição

e estamos cheios de alegria para entregar sempre mais a população e gerar mais qualidade de vida ao servidor público municipal. Este é só o começo. Entregaremos e faremos muito mais”, ressaltou. O investimento na obra é superior aos R$ 702 mil. O secretário da Saúde, Amauri Toledo, ressaltou a importância do envolvimento de todas as secretarias ligadas ao projeto e funcionários. “Muito obrigada, prefeito Aguilar Junior, porque agora a equipe do Jetuba terá um lugar adequado e humanizado para trabalhar. Hoje é um dia de festa, pois recebemos mais um instrumento de melhoria da qualidade na saúde de Caraguatatuba”, avaliou. A UBS Jetuba atenderá cerca de 3,5 mil pessoas com uma equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF) composta pelos seguintes profissionais: médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal, farmacêutico e técnico de farmácia, além de auxiliares administrativos. A unidade funcionará na Rua Gabriel Fagundes da Rosa, 295, no bairro Jetuba. Homenageada A UBS Jetuba leva o nome da enfermeira Santina Carvalho do Prado, nascida em 02 de agosto de

1939 em Caraguatatuba, Santina é mãe de quatro filhos, Adriana, Marcelo, Jorge e Pedro; avó de oito netos e bisavô de um bisneto. A filha Adriana conta que a mãe, primeira enfermeira do Hospital das Clínicas de São Sebastião, exerceu sua profissão boa parte de sua carreira em Caraguatatuba, onde sempre lutou pela qualidade saúde municipal. Na cidade, passou por vários setores e marcou sua história na Saúde Mental, Fisioterapia, no administrativo da Saúde municipal e no antigo Centro de Saúde da Região Central, onde serviu a maior parte de sua jornada. Santina veio a falecer em 2010, aos 71 anos, após cirurgia cardíaca, depois de uma brilhante história na Saúde não só municipal, mas também no âmbito estadual, onde passou por cidades como Cruzeiro, Taubaté e Lorena, como professora universitária na Unisal. A sua principal luta era sempre a favor dos mais necessitados. Sua filha Adriana conta que ela era a “enfermeira do amor”, pois nunca deixou de lutar a favor da técnica que deve ser eficaz não somente aos abastados. “Amor ao próximo”, é a frase que define a enfermeira Santina Carvalho do Prado, afirma a filha Adriana.


03 a 09 de dezembro de 2018

4

POLÍTICA Polêmica: Padrasto da proprietária critica o ato e presidente da Câmara diz que tudo está judicialmente legal

Câmara de São Sebastião inaugura prédio desapropriado para nova sede administrativa Divulgação/CMSS

Marcello Veríssimo Da Redação

Polêmica e suposta irregularidade rondam a desapropriação do novo prédio adquirido pela Câmara Municipal de São Sebastião, na rua Capitão Luiz Soares, região central do município, onde funcionam os nove departamentos que integram a estrutura administrativa do Poder Legislativo. O imóvel, locado pelo Legislativo em fevereiro do ano passado com aluguel de R$ 20 mil mensais, ocupa uma área de aproximadamente 450 metros quadrados e vinha sendo utilizado pela Câmara. A Justiça concedeu, no dia 28 de novembro, imissão na posse ao município confirmando a desapropriação do imóvel. Na semana passada, após o anúncio da aquisição do novo prédio na quinta-feira (29/11), o padrasto de Amanda Cristina, atual proprietária do imóvel, Carlos Oliveira, concedeu entrevista para o blog Pimenta na Política, do jornalista Adelson Pimenta, que se espalhou nas redes sociais. “O prédio da Câmara Municipal tem um “q” familiar. Foi deixado pelo pai dela [Amanda] um valor para que ela fizesse desse valor o seu sonho, ele já falecido, e ela agora como arquiteta, projetou esse prédio para que fosse o sonho dela, o projeto de vida dela. Para que ela pudesse continuar com os estudos, praticamente uma herança”, disse Oliveira, que afirmou ainda que a família foi notificada pelos jornais “que o prédio seria desapropriado”. “Acredito que isso exista, que existam leis, regras, que o prefeito tem autonomia para fazer a desapropriação. Mas o que mais choca a gente não é isso. Acompanhei a inauguração desse prédio, indignado, mas tive coragem de vir, pois recebi um convite como todas as pessoas e vi uma palestra bonita, coordenada pelo presidente da Câmara, que foi um excelente administrador por ter devolvido dinheiro para a prefeitura como ele está dizendo mas que, moralmente, para construir o sonho de seus sucessores, ele teve que destruir o sonho da minha enteada”, completou Oliveira no vídeo, que ainda está disponível no Facebook e já possui mais de 3 mil visualizações. Ele ainda explicou na entrevista que o sonho da enteada era ter seu escritório de arquitetura na parte superior do imóvel. “Mas esse sonho foi tirado. O sonho foi tomado. O sonho foi roubado. É um absur-

do. Não estou dizendo que foi roubado nada e sim o sonho, de coração”. “Nós temos um contrato de locação que teria de durar durante toda essa gestão. Esse contrato foi rompido para não ser mais pago o aluguel, que imaginávamos que no final desse contrato devolveriam para nós esse aluguel”, disse o padrasto, que ainda acreditava em uma possível renovação futura do contrato. “Nós discordamos completamente [com o valor de R$ 2, 7 milhões depositados em juízo pela Câmara], já entramos com uma ação e pedimos uma maior atuação do Ministério Público nisso”. Ao ser procurado pela reportagem do JDL, no último sábado (1º), Carlos Oliveira disse que foi orientado por seus advogados para não falar mais sobre o caso e que concedeu as declarações ao blogueiro em uma espécie de “ataque de fúria”. “Foi algo com ímpeto. Meu sistema nervoso estava a flor da pele naquele momento, não sabia que ia tomar essa proporção que tomou”, disse ele, por telefone. A reportagem do JDL consultou o processo de desapropriação, que está na 2ª Vara Cível do município, no site do Tribunal de Justiça de São Paulo. Pelo processo, não há ações incidentais, incidentes, recursos ou execuções vinculadas ao processo. A reportagem também não conseguiu localizar os advogados da família de Carlos Oliveira para comentar o assunto. Presidente diz que desapropriação foi judicialmente legal O presidente da Câmara Municipal, vereador Reinaldinho Moreira (PSDB), disse que

Divulgação/CMSS

Amanda Cristina Nunes de Freitas. “A Câmara cumpriu todas as legalidades. Podem dizer o que quiser menos que não sabiam”, disse Reinaldinho. Basicamente, o processo de desapropriação judicial é composto por três etapas, após o decreto de desapropriação da prefeitura: o juiz nomeia o perito, que avalia o imóvel para a venda juntamente com outros imóveis que também estão para serem vendidos na região e o interessado, no caso a Câmara, deposita o valor estabelecido. Em sua totalidade, a Câmara pagou R$ 2,7 milhões pela posse do imóvel, comprovada pelo mandado de imissão na posse, expedido no dia 28 de novembro último. Homenageado

Vereador Reinaldinho

o direito de aquisição da posse do prédio pelo Poder Legislativo foi judicialmente legal. Segundo ele, quando o imóvel foi locado com aluguel ao custo de R$ 20 mil por mês, estava vazio, mas quando surgiu a possibilidade de a Câmara obter a posse do imóvel e não pagar mais aluguel optaram pela posse. “Quando fui eleito disse que faria bom uso do dinheiro público”, afirmou o parlamentar, que disse ainda respeitar a emoção da família, “mas tem que agir com a razão”. “O interesse público está acima do interesse particular”, completou Reinaldinho. A aquisição de um prédio próprio da Câmara é uma reinvindicação antiga da comunidade de São Sebastião que, muitas vezes, se manifesta inconformada com os gastos exorbitantes com alugueis e reformas destes prédios. Para o vereador, a “polêmica” que circula pelas redes sociais é mais sentimental do que racional. De acordo com ele, o processo foi iniciado como manda a lei. O decreto de desapropriação, ao qual a reportagem do JDL obteve acesso, é de 22 de setembro de 2017. Nele, o prefeito Felipe Augusto (PSDB) declara o imóvel de utilidade pública e cita a proprietária

Sobre outra polêmica ventilada em páginas na internet, que apontam a escolha do nome do avô do vereador Reinaldinho para o prédio administrativo, ele disse: “Quis escolher algum vereador que tivesse uma história ilibada e honrada na cidade, e tivesse uma boa lembrança para a nossa gestão, que tivemos a coragem de fazer”. A escolha do nome de Leobaldo Alves Moreira, caiçara, avô do vereador Reinaldinho, que além de vereador também foi presidente da Câmara, foi feita por meio de um projeto de lei, enviado ao plenário e aprovado pelos demais vereadores. “Como a sala da Câmara tem o nome de Zino Militão, como a tribuna tem o nome do professor Machado Rosa e por aí vai. Ser meu avô é só um detalhe. Ele era um homem íntegro e reconhecido por toda a classe política e histórica da cidade”, completou Reinaldinho, que ainda defendeu: “O mais engraçado que o sonho de décadas da Câmara ter um prédio próprio e parar de pagar aluguel, está em segundo plano. Uma mentira e uma polêmica criada por blogs e oposição da cidade, está tendo mais atenção da mídia do que o ato histórico da Câmara ter um prédio próprio, com 90% composto por servidores municipais, funcionando de forma legal sem nenhum processo e sendo reconhecido pelos órgãos de fiscalização”. A reportagem do JDL também questionou a Prefeitura de São Sebastião sobre o processo de desapropriação do imóvel, mas sua assessoria de imprensa não respondeu aos questionamentos até o fechamento desta matéria.

LOA de 769,6 milhões de Caraguatatuba para 2019 é aprovada em 2ª votação Da redação

O projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019 foi aprovado em 2º turno na terça-feira (28/11), na Câmara de Caraguatatuba, no Centro. O projeto da LOA, que estima receita e fixa as despesas do município para o exercício de 2019, prevê o orçamento de R$ 769. 670.649,00. A proposta foi aprovada em 1ª votação no dia 13 de novembro. A receita prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano que vem era de R$ 664,2 milhões, mas com o ajuste na projeção de aumento da arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), royalties e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), subiu para R$ 769,6 milhões, um incremento de R$ 105,4 milhões no orçamento de 2019. O projeto estipula a suplementação de 25% da receita estimada. Dentro das destinações obri-

gatórias, a Educação terá R$ 197,3 milhões, a Saúde ficará com R$ 148,8 milhões e o Legislativo com R$ 17,8 milhões. Audiências A Prefeitura de Caraguatatuba promoveu três audiências públicas descentralizadas sobre orçamento de 2019 nos dias 1º, 3 e 8 de outubro, nos bairros do Travessão (Sul), Massaguaçu (Norte) e Centro. A Câmara Municipal também recebeu duas audiências públicas sobre a proposta nos dias 9 e 12 de novembro. As audiências sobre a Lei Orçamentária Anual atendem as exigências do Art. 165 da Constituição Federal, Artigo 48 da Lei Complementar 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal), Lei 4.320/1964 (Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços) e Lei Orgânica Municipal (Artigos 3º das disposições transitórias, 49 e 63).

Previsão orçamentária de Caraguatatuba para 2019


03 a 09 de dezembro de 2018

5

GERAL Márcio Tenório é aclamado presidente do Consórcio Intermunicipal Turístico do Litoral Norte de São Paulo

Escolha ocorreu em momento histórico da criação do consórcio, aguardada há anos Da redação

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, foi aclamado na manhã de terça-feira (27/11), presidente do Consórcio Intermunicipal Turístico Circuito Litoral Norte de São Paulo, ao ser escolhido como presidente do Conselho Administrativo do órgão. A escolha ocorreu durante reunião na Secretaria de Turismo de Caraguatatuba para formalizar o órgão e, consequentemente, suas ações para fortalecer e transformar o turismo da região em uma potência nacional. A iniciativa pode vir a ser modelo para outras áreas, a exemplo da Cultura, Educação e Saúde, visto a sua relevância para o desenvolvimento regional, uma vez que, formalizado, o Conselho tem condições legais para constituir o seu CNPJ e, com isso, viabilizar convênios com a União e/ou Estado. Durante a reunião, todos os secretários foram unânimes ao afirmarem que o Conselho já vinha atuando informalmente levando os nomes das cidades do Litoral Norte em eventos nacionais e internacionais. Com esse importante passo, Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba terão as condições necessárias para alavancarem o turismo e o potencializar ainda mais, visto que o Litoral Norte continuará a ser divulgado como destino único, seguindo, assim, as

diretrizes do Ministério do Turismo. Ou seja, que os municípios se integrem aos trabalhos de divulgação dos atrativos da região. Ricardo Fazzini, secretário do Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, lembrou que em 2017 foi assinado o protocolo de intenção de criação do Consórcio. “Os prefeitos sempre trabalharam o Consórcio de forma informal e na gestão passada, essa ideia da criação ficou meio esquecida, porém voltou à tona com os atuais administradores e hoje se fecha o primeiro ciclo com as escolhas dos representantes de cada Conselho”, comentou. Aclamados Márcio Tenório foi escolhido presidente do Conselho Administrativo ao lado de Felipe Augusto (vice-presidente), e Délcio Sato (secretário). Para o Conselho Consultivo foram escolhidos os secretários de Turismo Luiz Bischof (Ubatuba), Chistian Bota (Caraguatatuba) e Adriana Augusto Baldo Venhadozzi (São Sebastião). Já o Conselho Fiscal ficou composto pelo prefeito José Aguilar Júnior (Caraguatatuba), pelo secretário de Turismo Ricardo Fazzini (Ilhabela), e mais quatro secretários de Finanças das quatro cidades que compreendem o Litoral Norte. Após eleito, o presidente agradeceu a todos pela confiança de-

positada afirmando ser uma honra participar de um ato histórico para a região. “A iniciativa fortalecerá o turismo no Litoral Norte e o alavancará como uma potência nacional. Reitero que vamos encarar mais esse grande desafio com muito trabalho, uma vez que o turismo é o grande gerador de emprego e renda em nossa região. Hoje é um dia histórico para o Litoral Norte, que criou o seu consórcio, um trabalho desenvolvido há décadas pelos secretários de Turismo e prefeitos”, declarou Tenório.

Além dos prefeitos Márcio Tenório (Ilhabela), Felipe Augusto (São Sebastião), José Aguilar Júnior (Caraguá) e Délcio Sato (Ubatuba), participaram da reunião os secretários ilhéus, Ricardo Fazzini (Desenvolvimento Econômico e do Turismo) e Tiago Correa (Gestão Financeira); além do secretário adjunto da Fazenda de Caraguatatuba, Nelson Hayashida; Jurídico de São Sebastião, Luiz Felipe da Silva Lobato e a secretária de Turismo de São Sebastião, Adriana Augusto Baldo.

Ubatuba é sede de evento Internacional de Astronáutica Da redação

Ubatuba sedia, de 03 a 07 de dezembro, o 3rd IAA-LACW terceira edição do Congresso da Academia Internacional de Astronáutica (IAA), realizado no Teatro Municipal. A iniciativa irá manter o foco em tópicos relacionados às tecnologias de pequenos satélites, promovendo um fórum entre cientistas e engenheiros, a fim de discutir suas conquistas e descobertas sobre tecnologia de ponta. Considerando o aumento ao interesse ao CubeSat e em outros pequenos satélites em atividade, e o sucesso recente das iniciativas da América Latina, a Academia Internacional de Astronáutica organizou um workshop com participantes da indústria e estudantes, que terão oportunidade para compartilhar seu conhecimento profissional e expandir sua rede de contatos na área. Segundo o coordenador do projeto UbatubaSat, da Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves, professor Cândido de Moura, a Academia Internacional de Astronáutica é uma sociedade científica cujo primeiro presidente foi Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua. “O congresso está recebendo cientistas de todo o mundo, vindo de países como Rússia, Ucrânia, Estados Unidos e Inglaterra, além de países da América Latina, como a Argentina. Eles vieram para cá como uma forma de reconhecimento da IAA perante o trabalho desenvolvido pelos nossos alunos”, explicou Moura. Na programação, haverá abordagem sobre novidades

técnicas e visões gerais de tutorial sobre o CubeSat e tópicos relacionados a pequenos satélites, mas não limitados a eles, discutindo temas como missões e aplicações inovadoras do CubeSat, desenvolvimento do espaço, sensoriamento remoto e observação da Terra, soluções inovadoras para subsistemas universitários de satélite, CubeSats - futuras cargas úteis e experimentos, dentre outros. De acordo com Moura, simultaneamente ao Congresso, também acontece uma exposição do trabalho com uma réplica do satélite lançado em 2017 pelos estudantes do UbatubaSat – aberta ao público das 9h às 11h e das 15h às 17h O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, comemorou a escolha da cidade como sede desta importante iniciativa. “Estamos muito felizes porque nosso desejo é que Ubatuba se consolidasse não só como destino turístico, mas como palco de grandes eventos. É exatamente isso que está acontecendo. Este ano, já recebemos o Conexidades e, agora, ampliamos nossas fronteiras para o mundo”, afirmou. Palestrantes convidados: Anna Guerman, Centro de Mecânica Aeroespacial de Ciência e Tecnologia da Universidade Beira Interior, em Portugal; Benjamin Malphrus, diretor do Centro de Ciência do Espaço da Universidade Estadual de Morehead, nos Estados Unidos e Mikhail Ovchinnikov, chefe do departamento do Instituto Keldysh de Matemática Aplicada da Rússia.


03 a 09 de dezembro de 2018

6

GERAL ACESS promove café da manhã empresarial para divulgar balanço e metas para 2019 Alexandre Platcheck

Marcello Veríssimo

Alexandre Platcheck

Da Redação

A diretoria da ACESS (Associação Comercial e Empresarial de São Sebastião) promoveu, na sexta-feira (30/11), em sua sede na região central do município, um café da manhã aos seus associados e jornalistas com o objetivo de divulgar um balanço dos seis primeiros meses de gestão e principais metas para 2019. O evento foi capitaneado pelo atual presidente da entidade Olivo Ramirez Balut, acompanhado do vice-presidente Jorge Mário Tanaka de Carvalho, o Guga, e do diretor de prospecção Ralf Rest. A ACESS já atua há mais de 35 anos na cidade sendo a principal entidade representativa do setor, contribuindo e buscando alternativas que levem ao desenvolvimento de São Sebastião como um todo, indo muito além, segundo a própria ACESS, do seu papel básico de atividades de consultas para a concessão de crédito ao cliente, seja pessoa física ou jurídica. Em suas palavras, o vice-presidente Jorge Mário Tanaka de Carvalho agradeceu a presença dos empresários e disse que a nova diretoria quando assumiu a associação comercial não sabia o que tinha pela frente. “Há pouco mais de seis meses estamos fazendo um trabalho, basicamente, de recuperação da associação buscando sempre a credibilidade e um novo norte, que não vinha sendo feito, é realmente de fomentar o comércio e melhorar as situações comerciais do município”, disse Jorge. “O gran-

Entidade quer fomentar economia local em 2019

de desafio que hoje temos, que essa nova diretoria está pensando, é porque que vou me associar a associação comercial? Quando assumimos percebemos que a associação comercial, ao longo dos anos, perdeu seus atrativos. De certa forma, deixou de fomentar o comércio e não tinha mais atrativos”, ele completou. Para Jorge, o grande desafio que a atual diretoria da ACESS tem pela frente, no próximo ano, “é como nós vamos fazer para a associação comercial deixar de ser um custo e passar a ser um investimento para o comerciante local”. “A mensalidade irá ser paga, mas deixará de ser um custo, sendo investimento mostrando ao co-

merciante que ele terá retorno”, disse o vice-presidente da entidade. Uma das alternativas pensadas, ainda segundo ele, foi buscar parcerias para a entidade com postos de gasolina, farmácias, escolas. “A mensalidade hoje já é pequena perto do retorno que o associado tem. Esse trabalho ainda não foi divulgado, mas já é real. Precisamos muito do apoio e da confiança de vocês que ninguém vai usar a associação comercial para se promover, nós queremos promover o comércio de São Sebastião. Estamos saindo de uma grande crise econômica, espero que estejamos saindo dessa crise, e a associação mudou sua cara e agora vai mudar

o seu jeito de agir”. Presidente Logo depois quem discursou foi o presidente da entidade Olivo. “Nosso objetivo com esse café da manhã é agradecer aqueles que me ajudaram nesses seis meses estar como estamos hoje. É reconhecimento, uma coisa bonita, para compartilhar com vocês, disse Olivo, que durante suas palavras relembrou suas principais ações realizadas desde que assumiu no mês de maio, entre elas, o jantar dançante no Hotel Porto Grande, reforma do prédio da sede e a criação da nova identidade da ACESS como já foi divulgado em reportagem no

JDL. “O jantar com patrocinadores, que 100% patrocinaram o evento em que conseguimos mostrar para esses patrocinadores que é possível fazer um evento com qualidade fomentando emprego para garçons, fotógrafos, buffet em uma terça-feira a custo zero para a associação comercial”. Na ocasião, foi lançado o que Olivo chama do “joinha de São Sebastião”. Trata-se de uma identidade visual para que o consumidor final olhe nas lojas do comércio local “e que naquele estabelecimento ele vê vantagem de comprar no atendimento, no preço e na qualidade”. “Ao longo de 2019, vamos colocar ele na praça de maneira efetiva”. De acordo com Olivo, São Sebastião é uma cidade que possui potencial econômico, apesar da crise que afeta o país. “Vamos aproveitar esse potencial. Fazer uma conscientização que o mercado está muito dinâmico e se nós não acompanharmos essa evolução, vamos

ficar de fora”. “Nós negociamos e eliminamos também todas as pendências que tinham na associação comercial. Um trabalho de toda a diretoria em que decidimos começar do zero e sanar todas as pendências, um mérito dos diretores e de todos que nos ajudaram nessa empreitada”, ele destacou. “O que for para o bem do comerciante podem contar conosco”. O presidente também agradeceu aos parceiros da ACESS que se uniram à entidade desde que a nova diretoria foi empossada, como o Rotary Club, o Sebrae, a Sicredi, a Fatec e o Procon que no próximo dia 15 de dezembro, das 9h às 17h, no Observatório Ambiental, na Rua da Praia, realiza um mutirão para conciliação de dívidas. “Essa parceria entre Procon, prefeitura e associação comercial está colocando banco e lojas para negociar suas dívidas com desconto. Vale a pena. E para nós é muito importante que esse consumidor que está negativado volte para o mercado”.

Prazo para negociação de débitos com a 1º Mutirão de Empregos do PAT de Caraguá atende mais de 1,4 mil pessoas Prefeitura de Ubatuba termina dia 21 Da redação

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) da Prefeitura de Caraguatatuba promoveu o 1º Mutirão de Empregos na terça-feira (27/11), no Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi), no Jardim Jaqueira. Ao longo do dia, 1.409 pessoas passaram por entrevistas de emprego ou entregaram currículos para 250 vagas temporárias em 28 empresas. A iniciativa serviu para atender a demanda de empregos gerada na alta temporada de verão no município nas áreas de hotelaria, gastronomia e comércio. Também foram oferecidas vagas permanentes no setor de serviços. Ao chegar ao local, os candidatos eram agrupados de acordo com os bairros onde moravam, em regiões sul, norte e central. Das 28 empresas presentes no 1º Mutirão de Empregos, 16 entrevistaram quem procurava trabalho no momento da ação e 12 receberam currículos dos interessados nas vagas. Ao todo, as 16 firmas que estiveram no Ciapi ouviram 690 candidatos. Desse montante, seis empresas permaneceram no local durante o dia inteiro e 10 se alternaram entre os períodos da manhã e da tarde. Durante o evento, foram entregues 719 currículos,

Claudio Gomes/PMC

entre 9h e 17h. As empresas participantes entrevistaram ou recolheram currículos de candidatos às vagas temporárias de garçom, cumim, agente de saneamento ambiental (ajudante), ajudante de cozinha, ajudante de limpeza, auxiliar administrativo, auxiliar financeiro, auxiliar estoque (experiência com mecânica), auxiliar de almoxarifado, ajudante carga e descarga, balconista, cozinheiro, cozinheira (para trabalhar em São Sebastião), padeiro, confeiteiro, pizzaiolo, esfirreiro, recepcionista, camareira, porteiro, controlador de acesso, professor de inglês, motorista, instalador de antenas de TV a cabo e vendedor promotor de vendas e vendedor (interno e externo). O morador Wanderley Prado Caldeira se candidatou às funções de motorista, ajudante de caminhão e porteiro. “Gostei da inicia-

tiva, a Prefeitura de Caraguatatuba poderia fazer um 2º Mutirão de Empregos com empresas de outros ramos no próximo ano”, sugeriu. A responsável pelo Posto de Atendimento ao Trabalhador de Caraguatatuba, Cláudia Rios, disse que a ação deu mais visibilidade à entidade em relação ao empresariado do município. “Novas empresas se interessaram em anunciar vagas no PAT. As contrações nas empresas que participaram do 1º Mutirão de Empregos começam em dezembro”, ressalta. Entrega de currículo O PAT de Caraguatatuba continua recebendo os currículos dos candidatos interessados em ocupar das vagas de auxiliar de estoque (com experiência em mecânica), balconista de padaria, balconista de frios, confeiteiro, cozinheiro, esfiheiro, instalador de antenas de TV a cabo (CNH Categoria B e conhecimentos em informática), padeiro, pizzaiolo, recepcionista de hotel (masculino) e vendedor (com experiência em mecânica). O PAT de Caraguatatuba está localizado na Rua Taubaté, 520, bairro Sumaré. O posto funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone (12) 3882-5211.

Da redação

Termina dia 21 de dezembro o prazo para pessoas físicas ou jurídicas parcelarem seus débitos, tributários e não tributários, inscritos em dívida ativa com a Prefeitura de Ubatuba. A iniciativa é denominada Programa de Recuperação Fiscal (Refis), promovida pela secretaria da Fazenda para promover a regularização cadastral e a recuperação de créditos tributários do município. Os contribuintes que aderirem ao Refis podem ter redução de até 100% do valor de juros e multas para pagamento de sua dívida em até três (3) vezes ou de 90% em até cinco (5) vezes. A adesão ao programa pode ser feita pelo Portal de Serviços da Prefeitura de Ubatuba ou pessoalmente, junto ao Fácil – Setor de Atendimento ao Cidadão, que funciona das 9h às 16h na rua Dona Maria Alves, 865 – Centro ou junto ao Espaço Cidadão, na regional Sul – rua Oscar Rossin, 10 – Maranduba. Para efetuá-la, é necessário apresentar os seguintes documentos: carteira de identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou outro documento expedido por ór-

gãos ou entidade de classe; cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); comprovante atualizado de endereço. No portal de serviços (http:// servicos.ubatuba.sp.gov.br/ > Pesquisa de débito), basta esco-

lher o tipo de débito (Imobilária / Mobiliária / Outras), inserir o número da inscrição municipal e seguir as demais orientações de tela. Mais informações podem ser obtidas também pelo telefone: (12) 3834-1012.


03 a 09 de dezembro de 2018

7

GERAL

Última edição do Ilhabela Sunset 2018 acontecerá na próxima semana Da redação

A última edição do Festival Ilhabela Sunset, deste ano, traz grandes atrações durante o pôr do sol do final de semana de 7 a 9 de dezembro. O evento é uma realização da Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo. No primeiro dia (7), o cantor Silva vai embalar o entardecer na Vila. O artista, que passeia entre os ritmos alternativo e MPB, tem um dueto com a cantora Anitta na música “Fica Tudo Bem”. Já no sábado (8), a atual sensação Zeeba é a principal atração do dia. O cantor e compositor, ficou mundialmente conhecido pela parceria com o DJ Alok nos hits “Never Let Me Go” e “Ocean” e agora apresenta sua nova música “Young Again”. No domingo (9), quem encerra o evento é a cantora, compositora e instrumentista Fernanda Abreu, dona de um estilo pop irreverente. Esta é a quarta edição do ano do Ilhabela Sunset, idealizado em 2017 com o objetivo de

oferecer uma experiência lúdica ao pôr do sol. Nas anteriores, o festival conquistou público e fez sucesso, trazendo grandes nomes da música nacional,

como RMP, Chimarruts e Dinho Ouropreto, entre outros. “A ideia inicial do Sunset, ou seja, proporcionar uma boa opção de lazer em um horário mais cedo

que o usual, para que o público possa movimentar o comércio no Centro Histórico, tem funcionado por todas as edições. A expectativa é continuar com

este sucesso no último festival de 2018”, dissse o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini. O evento acontece na Praça

das Bandeiras, sempre a partir das 16h. Além das atrações principais, o evento conta com DJs e bandas locais. As apresentações têm entrada gratuita.

Casinha do Papai Noel fica aberta de Estilista de Ubatuba ganha competição terça a domingo em Caraguatatuba Internacional de Moda Inclusiva Da redação

Da redação

O Natal chegou em Caraguatatuba no último domingo (2) com a abertura da Casinha do Papai Noel e o acender da iluminação de uma grande Árvore de Natal feita de garrafa PET e decoração natalina da Praça Dr. Cândido Mota e MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba. Até o dia 23 ele e seus ajudantes ficarão na Casinha à noite, de terça a domingo – confira horários abaixo – para atender os visitantes, receber os pedidos e tirar muitas fotos. Uma festa foi realizada para a chegada do bom velhinho e seus ajudantes com direito a tobogã, piscina de bolinha, refrigerante, sorvete e algodão doce. As crianças também de divertiram ao usar fantasias disponibilizadas pelo Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba. A abertura do Natal contou com a benção especial do Padre Beto, pároco da Igreja Matriz de Santo Antônio que destacou o

fato da árvore estar no chão, mas a estrela iluminada apontada para o céu. “Mostra que estamos nesse mundo, mas pertencemos a Deus”. Silmara Mattiazzo, presidente da Fundacc – Fundação Educacional e Cultura de Caraguatatuba, aproveitou a oportunidade para agradecer toda sua equipe e a parceria com o Fundo e a Prefeitura para que a abertura fosse um sucesso. “Meu agradecimento a todos que colaboraram para que essa grandiosidade estivesse aqui. Foi um trabalho feito por uma coletividade. Quando tocamos em algo deixamos nossas digitais, quando envolvemos com pessoas, deixamos a nossa identidade. Bom é ser feliz, mas melhor ainda é fazer os ouros felizes”. Samara Aguilar, presidente do Fundo Social de Solidariedade, também destacou a importância da sua equipe que passou meses produzindo a Árvore de Natal de 6 metros de altura que está bri-

lhando na praça. “Quero agradecer a cada um de vocês por todo amor que colocaram em cada peça. A todas as secretarias e ao Padre Beto que cedeu a casa de Deus para fazer essa árvore de pedacinho em pedacinho. Às crianças que arrecadaram as garrafas e nos ajudaram para que a árvore pudesse ser acesa. Aproveitem os próximos dias, tragam a família mais vezes e que o espírito de Natal esteja no coração de cada um nesta época e durante todo o ano” O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, destacou a importância e a alegria de se comemorar o Natal, mas que temos de viver o verdadeiro espírito natalino que é o nascimento de Jesus. “É um período de reflexão, do que foi nosso ano e semear amor. Que o acender dessa luz seja mais que um simples iluminar, que a gente consiga transmitir o amor a cada um de vocês e que Jesus, verdadeiramente, nasça em cada coração”.

A estilista Sarah Dergham, do bairro da Maranduba, venceu a etapa internacional do Concurso de Moda Inclusiva realizado na última quinta-feira (29/11), na cidade de São Paulo. A vaga foi conquistada após vencer o 10º Concurso de Moda Inclusiva, promovido pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, com apoio da secretaria de Cidadania e Desenvolvimento Social e de diversas organizações da sociedade civil de Ubatuba, realizado no município em julho de 2018. A iniciativa busca soluções de vestuário que facilitam a vestimenta e a independência da pessoa com deficiência. A estilista explicou que a ideia look de vestido de casamento para mulheres com nanismo surgiu a partir do seu trabalho cotidiano, focado em vestidos de festa e, por gostar muito desse ramo, decidiu arriscar. “Criei uma proposta e fiz

um croqui para apresentar na seletiva, realizada no Teatro Municipal de Ubatuba. Dessa maneira, fui diretamente aprovada para a seletiva internacional”, relembrou Sarah. Na etapa internacional, Sarah concorreu com pessoas de todo o mundo e cada estilista teve que confeccionar sua peça para a competição “Foi um vestido todo

adaptado, com várias maneiras de ser utilizado. Tive o apoio de uma modelo do bairro de Massaguaçu que se disponibilizou a me acompanhar. A peça é inteira com velcro, o que permite a regulagem do tamanho da manga e o comprimento. Acabei ganhando. Jamais pude imaginar que, entre tantos competidores, acabei sendo a campeã”, comemorou.


03 a 09 de dezembro de 2018

8

GERAL Exposição: A presença dos representantes do consulado geral da República Popular da China na cidade é positiva, e visa uma futura parceria, através de intercâmbio

Vice-cônsules da China participam da abertura oficial da Exposição Internacional do Bambu Ilhabela Da redação

Com a presença dos vice-cônsules do Consulado da China no Brasil, a Exposição Internacional do Bambu Ilhabela foi oficialmente aberta na noite de quinta-feira (29/11), em meio ao cenário montado nos jardins da Fazenda Engenho D’Água. Foram trazidas da Ilha da Vitória, 1000 peças de bambu que deram vida às 64 barracas expositoras, no portal de entrada e toda fachada da Fazenda. Realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria do Desenvolvimento e Inclusão Social, e promovido pela Nunes Bambu, o evento – que tem como principal objetivo divulgar o arquipélago de um jeito simples e natural –, conta com a participação de alguns dos maiores bambuzeiros da atualidade, do Brasil e do mundo, com representantes da Colômbia, Argentina, Equador e Guatemala. No palco estavam presentes para a cerimônia, o prefeito Márcio Tenório; a vice-prefeita, Maria das Graças, a Gracinha; o vice-cônsul adjunto do Consulado da China no Brasil, Shi Leike, a vereadora presidente da Câmara, Nanci Peres de Araújo Zanato; as secretárias Nilce Signorini (Desenvolvimento e Inclusão Social), Juliana Louro (Planejamento e Gestão Estratégica), o empresário do ramo do bambu, professor João Aparecido Nunes e a coordenadora executiva da Unesp (Universidade Estadual

Paulista) – Campus de Itapeva, professora doutora Juliana Cortêz Barbosa. A comitiva chinesa, composta pelos vice-cônsules, Shi Leike; Li Chang; Wang Tianjiao e a vice representante geral da Associação de Promoção Comercial da China, veio para ilha participar da abertura da exposição, em resposta ao convite feito pela vice-prefeita, Gracinha, e pela secretária Nilce, após visita ao consulado chinês, na capital paulista. Na ocasião, foi entregue aos cônsules, Termo de Intenção de Acordo de Cooperação Brasil/China, relacionados aos temas, água, pesca, saneamento, energia solar e eólica. “A presença dos representantes do consulado, na cidade é positiva, e visa um estreitamento nas relações, para uma futura parceria, através de intercâmbio. Tudo indica que em breve a cônsul geral, Chen Peijie, venha para Ilhabela para visita ao prefeito Márcio Tenório”, disse Nilce. Frutos João Nunes, agradeceu a oportunidade de apresentar a simplicidade do bambu. “Nosso trabalho pode trazer muitos frutos às comunidades; a base da nossa intenção é atender e aproveitar ao máximo esse material que tem em abundância aqui na ilha, e que pode ser transformado em recursos para a comunidade”, observou o empresário. Já Nilce, contou que sua his-

Ronald Kraag

por objetivo apresentar o bambu como uma das alternativas para as questões ambientais, sociais e econômicas. “Cumprimos aqui, mais um programa do nosso governo, que é a sustentabilidade econômica. E tenho certeza que o objetivo será atingido com muito êxito”, finalizou. Bambu

Exposição atrai olhares de moradores e turistas

tória com o bambu começou na Ilha da Vitória, quando via o mesmo brotando nas casas das pessoas, e dizia que um dia iria usá-lo e transformá-lo em recursos. “Passei a pesquisar sobre o assunto e conheci o doutor Antônio Ludovico Beraldo, que me indicou o João Nunes. Foi quando iniciamos nossa caminhada; logo depois encontramos a professora Juliana, que veio para cá com outro mundo, para pesquisar e desenvolver o broto do bambu”, comentou, acrescentando ser grata ao prefeito por ter acreditado no projeto tornando-o uma realidade. O vice-cônsul agradeceu o

convite e confessou sua surpresa ao chegar à cidade e ver que além de uma ilha com belíssimas paisagens, há muitas obras em andamento. “Isso significa que o governo está aperfeiçoando a infraestrutura”, observou. “Acompanhei O seminário do Fundo Soberano dos Royalties, um ato pioneiro, que demonstra visão estratégica, pois sabemos ser o petróleo uma riqueza, porém, finita. Tenho que reconhecer ser isso, boa governança”, concluiu. Shi Leike ficou encantado com a farinha do bambu e mencionou que a China realiza, agora em 2018, a primeira feira de importação e considerou a possibilidade de um

dia importar a farinha do bambu de Ilhabela. Por fim, mencionou que trará seus colegas do consulado e sua chefe, para conhecer o produto e estudar uma parceria. Márcio Tenório parabenizou a secretária Nilce pela coragem, pois o projeto gerou muitas dúvidas: “Apostei, acreditei e estou muito feliz. Hoje, através da cultura do artesanato do bambu, o projeto de inclusão produtiva vem, com certeza, incentivar a nossa população, gerando emprego e renda, como uma alternativa de subsistência para essas comunidades”. Para o prefeito, é uma grande honra participar do evento que traz arte para a cidade e tem

O bambu é a madeira do futuro, uma resposta inovadora à construção civil, arquitetura, design e importante sequestrador de carbono. A maior plantação no arquipélago encontra-se na Ilha da Vitória desde a década de 1930, comunidade tradicional situada ao norte do arquipélago. A planta alastrou-se e hoje conta com 40 mil metros quadrados da espécie “Phyllostachys aurea”. De 2014 para cá, através da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, a comunidade vitoriana tem recebido orientações do professor João Nunes sobre o correto manejo e transformação do bambu em uma das alternativas de subsistência, nos períodos de defeso. A iniciativa já surtiu resultados com as comunidades, a exemplo da geração de emprego e renda. Na colheita deste ano, que acontece entre os meses de setembro e novembro, a comunidade da Ilha da Vitória realizou testes com o broto do bambu como forma de alimentação, para que futuramente venha a ser comercializado também.

Jornal do Litoral Edição 080 - ok  
Jornal do Litoral Edição 080 - ok  
Advertisement