Issuu on Google+

COLLEGIUM SAPIENS, ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO - JUNHO DE 2013

Uma nova Era Glacial? Em um estudo na aula de Geografia, os alunos discutem e nos respondem à seguinte pergunta: A terra passará por outra Era Glacial? pg. 6

Dica cultural As indicações de leitura ficaram por conta dos alunos Gabriel Galego e Laura Buzatto.  pg. 4

Espaço das Letras Você sabe qual é a receita para o Amor? E para a Felicidade? Vejam as dicas! pg.8

Rápidas! Collegium Sapiens inicia 2013 de cara nova. Alunos dão exemplo de solidariedade. Por Vinícius Marioto pg.6

Caro leitor, Os alunos do 8º Ano têm orgulho de apresentar a 1ª edição de seu jornal. Um jornal dinâmico e interativo, que tem por objetivo apresentar os trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre, dar dicas de l e i t u r a , fi l m e s , alimentação, falar um pouco de esportes; e

t amb ém, é claro, notícias quentinhas do COLLEGIUM SAPIENS e recadinhos especiais. Vale a pena ler e prestigiar este trabalho que foi tão carinhosamente elaborado para vocês.

CIÊNCIA E SAÚDE

DE OLHO NA SAÚDE

ESPORTES

Por que é importante termos uma alimentação saudável? A pediatra Dra. Patrícia Canedo, especialista em gastroenterologia infantil, esclarece algumas de nossas dúvidas sobre a alimentação das crianças. pg.3

Ao observar as orientações para uma alimentação mais saudável, as alunas Larissa e Alice nos mostram uma receita simples e deliciosa. pg.3

D e s c u br a a h i s t ór i a d a C o p a d a s Confederações com os alunos Felipe Pederro, Maria Silvia, Flávio, João Victor Ciciliano e Matheus. pg. 7


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 2

Extra! Extra! O empenho dos alunos foi excelente! Nas aulas de Língua Portuguesa, ao desenvolverem textos de campanhas publicitárias, eles não deixaram por menos e capricharam na propaganda de seu jornal, ressaltando também a importância da leitura e da vacinação. Veja:


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 3

E a sua alimentação, como está? Por que é importante termos uma alimentação saudável? A pediatra Dra. Patrícia Canedo, especialista em gastroenterologia infantil, esclarece algumas de nossas dúvidas sobre a alimentação das crianças. •••

O que você pensa sobre a obesidade infantil? A obesidade infantil tem aumentado bastante nos últimos anos, principalmente por conta do sedentarismo das crianças (em relação aos vícios em eletrônicos) e mudança no padrão de vida dos pais (a maioria das mães trabalha fora).

De olho na saúde! Ao observar as orientações para uma alimentação mais saudável, as alunas Larissa e Alice, sempre de olho na saúde, nos mostram uma receita simples e deliciosa. É um smoothie, que é uma bebida feita de frutas e iogurte. Típica dos EUA, contém apenas 119 calorias e pode ser feita com várias combinações de iogurte de frutas com as próprias frutas, como por exemplo, iogurte de frutas vermelhas com morango, iogurte de pêssego com maracujá, etc.

Porque uma alimentação saudável ajuda no desenvolvimento infantil? Porque uma alimentação saudável vai fornecer os nutrientes adequados para o crescimento e o desenvolvimento neurológico. Uma alimentação balanceada também ajuda a evitar a desnutrição e a obesidade. Quais são as orientações básicas para evitar a obesidade infantil? Recomendações para evitar a obesidade infantil: 1º) Promover a ingestão de alimentos em quantidade e qualidade adequadas ao crescimento e ao desenvolvimento. 2º) Variar na alimentação, incluindo todos os grupos alimentares. 3º) Consumir de modo diário e variado 6 ou mais porções de frutas ou vegetais, garantindo o fornecimento adequado de fibras, vitaminas e minerais. 4º) Estimular o consumo de carboidratos complexos, encontrados nos cereais integrais, 5 ou mais porções diárias. 5º) Limitar o consumo de açucares simples presentes em doces, bebidas açucaradas e guloseimas. 6º) Diminuir o consumo de gorduras totais. 7º) Controlar a ingestão de sal, que deve ser menor que seis gramas por dia. 8º) Manter moderado o nível de proteínas para permitir o crescimento, como, por exemplo, leite e derivados — 3 porções, carnes e ovos — 2 porções, leguminosas — 1 porção. 9º) Realização de atividade física regular. 10º) Evitar comer rapidamente. 11º) Evitar comer em frente à Televisão.

Misture tudo em uma tigela. Depois ponha os ingredientes em um liquidificador, misture por 2 minutos. Leve para gelar por 15 minutos.

― Entrevistadora: Júlia Canedo. 8˚ ano.

Já está pronto! Bom apetite!

Ingredientes 4 potes de iogurte natural 4 potes de iogurte de frutas 2 frutas, se forem grandes ou 5, se forem pequenas. Modo de preparo


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 4

Dica Cultural

REFERÊNCIAS

As indicações de leitura ficaram por conta dos alunos Gabriel Galego e Laura Buzatto. Um amor para recordar Um amor para recordar é um romance escrito por Nicholas Sparks, onde London Carter é um adolescente muito bagunceiro, Jamie Sulivan sempre estudou com ele, mas eles só começam a se falar quando ela o convence a participar de uma peça da escola, esse ano a peça seria especial, pois ela fora escrita pelo pai de Jamie, o pastor Sulivan e Jamie iria participar. Durante esse tempo que eles ficam juntos, London para de achá-la uma menina chata, religiosa e começa a vê-la com outros olhos, percebe o seu lado legal e se apaixona.por ela Depois ele descobre que Jamie tem uma doença incurável. Vale a pena ler! “Nosso amor é como o vento, não posso vê-lo, mas posso senti-lo.”

Harry Potter De J.K. Rowling. A série tem uma leitura fácil, divertida e viciante, recomendada a todas as idades. A história conta sobre Harry Potter, um jovem garoto, que vive com os tios e o primo, que o maltrata, mas um dia, seu destino muda, quando descobre que é um bruxo e é chamado para a escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. A série conta com 7 livros.

Harry Potter e a câmara secreta. Harry Potter e o prisioneiro de Askaban. Harry Potter e o cálice de fogo. Harry Potter e a ordem da fênix. Harry Potter e o enigma do príncipe.

Autor: J. K. ROWLING

Harry Potter e as relíquias da morte.

Tradutor: LIA WYLER

― Gabriel Galego

 

Descubra algumas curiosidades antes de conferir o novo filme do homem de ferro. 1) Primeira história em quadrinhos – Homem de Ferro foi lançado na revista Tales of Suspense # 39, de março de 1963. Foi concebido por Stan Lee (sempre ele!), com roteiro de Larry Lieber e arte de Don Heck. 2) Inspiração – Só que para Lee não era o bastante realizar uma versão atualizada e sessentista de Bruce Wayne/Batman, outro raro exemplo de super-herói com muito dinheiro no bolso, identidade secreta, fama de playboy e nenhum poder extraordinário (a não ser orçamento inesgotável e inteligência de sobra). Outra inspiração para o personagem de Tony Stark/Homem de Ferro foi o milionário excêntrico Howard Hughes, que tinha a fortuna de um lado e o gosto pela aventura do outro, além de uma série de esquisitices atribuídas a ele pelo

Editora: NOVO CONCEITO

Harry Potter e a pedra filosofal.

―Laura Buzatto

Em cartaz!

Autor: NICHOLAS SPARKS Tradutor: IVAR PANAZZOLO JUNIOR Idioma: PORTUGUÊS

 

 

 

noticiário.  “Hughes foi um dos homens mais brilhantes do nosso tempo. Ele era um inventor, um aventureiro, um bilionário, amado pelas mulheres e também muito maluco. Tirando o parafuso solto, [Tony Stark] era Howard Hughes”, afirmou Stan Lee. 3) Fidelidade – Um dos segredos da adaptação do personagem para o cinema foi a fidelidade com a obra original. O enredo apenas foi atualizado. Tony Stark continua sendo um jovem inventor brilhante que vê a realidade bater a sua porta depois que é feito refém atrás das linhas inimigas. Ao mesmo tempo em que precisa rever a política armamentista da sua corporação, precisa inventar um dispositivo que o mantenha vivo depois de vitimado por uma explosão, deixando estilhaços perto do seu coração. ― Fonte: Revista Monet, 26 de abril de 2013

Ilustrador: MARIO ALBERTO Idioma: PORTUGUÊS Editora: ROCCO


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIĂ‡ĂƒO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PĂ GINA 5

CapĂ­tulos de HistĂłria

Filosofando

đ?„ž

ParĂłdia da mĂşsica “Billionaireâ€?, de Bruno Mars

Mineração

FilĂłsofo Quero ser um filĂłsofo pra filosofar Passar o dia todo a pensar Com a ironia vou dialogar Poder o mundo todo melhorar [RefrĂŁo] HĂĄ muito, muito tempo atrĂĄs SĂłcrates era capaz De toda GrĂŠcia iluminar Agora eu sei porque ele falou SĂł sei que nada sei [Rap]

No período do ouro, a sociedade mineradora era constituída pelos grandes mineradores da classe mÊdia,profissionais liberais, comerciantes e artesãos, pequenos mineradores e escravos. Jå a sociedade açucareira era constituída pelos senhores de engenho e escravos. A mudança econômica ocorreu quando os mineradores começaram a extração, faltava comida, dessa forma pessoas de outras regiþes do Brasil começaram a produzir alimento e trocar por ouro nas minas, ocasionando o desenvolvimento do comÊrcio e o surgimento de um mercado interno articulado. Para escoar o ouro, algumas estradas que ligavam todas as regiþes da colônia foram construídas. Muitos estrangeiros foram para região mineradora pensando em enriquecer, mas isso, nem sempre era possível, pois o custo de vida era muito alto. Os mineradores pagavam altos impostos e os pequenos faiscadores ficavam sempre com as piores terras. Com essas transformaçþes sociais, as possibilidades de mobilidade social aumentaram, mas ainda era muito difícil enriquecer. ― Eduardo, Lucas e Mariana

Certo mano, a parada ĂŠ quente SĂłcrates ĂŠ meu nome pode me chamar de inteligente Ironia socrĂĄtica vou ensinar pra toda gente Perambular pela cidade falando claramente SĂł sei que nada sei afirmava o inteligente Quanto mais sabe que nĂŁo sabe, mais sĂĄbia fica sua mente Filho de um escultor e de uma parteira, Ajudou as pessoas sua vida inteira NĂŁo deixou nem um escrito Mas tambĂŠm nĂŁo deu bobeira Partejar conhecimento foi sua bandeira DialĂŠtica socrĂĄtica nĂŁo ĂŠ brincadeira Tese, sĂ­ntese e antĂ­tese ele aplicou E assim um novo jeito de filosofar Ele ensinou

[Rap] Dos deuses sou enviado, quase predestinado Vou ajudar a todo mundo descobrir conhecimento O contrårio dos sofistas sem nenhum pagamento Tendo como argumento Que as pessoas jå nascem com conhecimento Usando a alma pra fazer discernimento Do que Ê bom, justo e certo Platão, seu discípulo aprendeu bem de perto Maiêutica, seu mÊtodo dialÊtico AtravÊs de sua mãe tinha descoberto Fazendo todo mundo ficar boquiaberto Por muitas pessoas foi julgado pelo governo condenado e depois envenenado Quero ser um filósofo pra filosofar Passar o dia todo a pensar Com a ironia vou dialogar Poder o mundo todo melhorar [Refrão] Hå muito, muito tempo atrås Sócrates era era capaz De toda GrÊcia iluminar Agora eu sei porque ele falou Só sei que nada sei oh oooh oh oooh (2x) Quero ser um filósofo pra filosofar‌

[RefrĂŁo] HĂĄ muito, muito tempo atrĂĄs SĂłcrates era era capaz De toda GrĂŠcia iluminar Agora eu sei porque ele falou SĂł sei que nada sei oh oooh oh oooh (2x)

― João Polles, 6˚ ano * Professor responsåvel: Jader Fantin


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 6

Ciência & Saúde A Terra passará por outra Era Glacial? Provavelmente sim. Segundo uma t e o r i a mu i t o a c e i t a , a Te o r i a Astronômica, a Terra se resfriará daqui a aproximadamente 23 mil anos, causando novas condições glaciais. Esta teoria defende que a Terra passa por ciclos de resfriamento, sendo este um desses ciclos. Entre os ciclos, há um intervalo interglacial, como o período que vivemos agora. Em alguns casos, a grande emissão de dióxido de carbono causa um aquecimento prolongado, alterando a sua duração. As consequências seriam muitas, como a diminuição do nível do mar, deixando os maiores portos do mundo secos, haveria o fim das secas e o hemisfério norte seria inabitável. Matheus, Mariana e Maria Silvia, alunos do 8º ano. Texto elaborado na disciplina de Geografia, a partir de estudo sobre o planeta Terra.

Rápidas! por Vinícius Marioto. O COLLEGIUM SAPIENS está de cara nova, renovou a linha de uniformes dos alunos e caprichou na pintura externa do prédio, tudo para deixar o nosso ambiente ainda mais agradável e aconchegante.

A AÇÃO SOLIDÁRIA partiu dos alunos Vinícius Marioto e Vinícius Oliveira em um dia de temporal, uma mulher deixou sua moto estacionada em frente à escola, como a enxurrada estava forte, a moto não suportou e caiu, então os meninos muito solícitos não hesitaram, rapidamente saíram na chuva e prontamente ajudaram a mulher a levantar a moto. Parabéns aos Vinícius!

QUADRINHOS


ENSINO FUNDAMENTAL II / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 7

Esportes A Copa das Confederações História

A participação brasileira

A Copa das Confederações é um dos grandes torneios organizados pela FIFA – Federação Internacional de Futebol. Disputado de quarto em quatro anos, o evento serve como preparação para a Copa do Mundo, tanto para as seleções que participaram da competição como, e principalmente, para o país que sediará o Mundial, isso porque a Copa das Confederações obrigatoriamente é realizada no ano que antecede a Copa do Mundo e é promovido pelo mesmo país-sede. Trata-se de um teste prático da capacidade do país em sediar um evento desse porte.

Das oito edições da competição disputadas até hoje, o Brasil participou de seis, nas quais ganhamos três.

A Copa das Confederações teve sua primeira edição realizada na Arábia Saudita, em 1992. Naquela época o torneio era chamado de Copa Rei e participaram do evento apenas quatro seleções, Arábia Saudita, Costa do Marfim, Estados Unidos e Argentina, que acabou vencendo. Em 1995, novamente a Arábia Saudita promoveu a competição, mas, desta vez, seis seleções participaram, Argentina, Dinamarca, Japão, México, Nigéria e a própria Arábia Saudita. A Copa das Confederações mais recente foi em junho de 2009, na África do Sul. Nessa competição disputada entre Brasil, Egito, Espanha, África do Sul, Itália, Nova Zelândia e Estados Unidos teve, pela 3ª vez, o Brasil sagrando-se campeão. Neste ano o Brasil sediará a Copa das Confederações e no próximo ano a Copa do Mundo.

A Copa das Confederações em números

Ano

1992 1995 2009

Número de países participantes

4

6

8

Número de espectadores

280 mil

280 mil

300 mil

Além dos títulos, a nossa Seleção se destacou pelos seus artilheiros em três ocasiões:

1997

2005

2009

Romário

Adriano

Luís Fabiano

7 gols

5 gols

5 gols

― Maria Silvia, Felipe Pederro, Flávio, João Victor Ciciliano e Matheus. Pesquisa realizada na disciplina de Educação Física. Professor responsável: Silvio Veroni.

Tabela da Copa das Confederações 2013


ENSINO FUNDAMENTAL / PRIMEIRA EDIÇÃO / JANEIRO-JUNHO DE 2013 - PÁGINA 8

Espaço das Letras Você sabe qual é a receita para o Amor? E para a Felicidade? Vejam as dicas!

O Amor

Receita para a Felicidade

É uma receita universal, que passa de geração em geração. Fácil de fazer. Para todas as idades, nacionalidades e raças. Ingredientes Um pouco de carinho, algumas pitadas de compreensão, muitos “eu te amo”, vários beijos, bastantes abraços. Modo de fazer Misture tudo no coração com muito afeto, aquecendo bem juntinho ao peito.

Faça uma bondade, aproveite a liberdade. Fique com um pouco de saudade, abrace uma celebridade. Livre-se da maldade, Crie uma amizade. Participe de uma festividade, espante a normalidade. E assim você terá, a eterna receita da Felicidade. Use-a com vivacidade. ―João Vitor Colnago

Sirva com muita alegria, de braços abertos, e com um sorriso no rosto. ―Eduardo Jorge

Com a participação dos alunos

Jornal do 8˚ ano do Ensino Fundamental II do COLLEGIUM SAPIENS, São Carlos. Número 1 - Janeiro/Junho de 2013 Professores Responsáveis Carolina Zavaglia - Geografia Elaine C. Silvério - Língua Portuguesa Messias Basques - Filosofia Vicente Buonadio Neto - História Editor de arte e Diagramação Messias Basques Revisão Elaine Cristina Silvério

Alice Z. Damianovic Bruna Albuquerque Vaz Carlos H. R. Filho Carolina F. de Castro Eduardo S. Jorge Felipe Haddad M. Pederro Flávio T. de Magalhães Gabriel C. Galego Henrique Amaro Martins Inácio Carlos Lima João V. Ciciliano João Vitor Colnago Júlia dos Reis Canedo Larissa H. Navarro

Laura Buzatto de Souza Lucas P. Ruzzi Maria Silvia P. M. Sales Mariana Ferrari Rebello Matheus Barboza Pires Rosana Ragi Barros Vinícius C. Marioto Vinícius do Val de Oliveira & João Polles, 6˚ ano


PRETO & BRANCO