Page 1

CANDIDATURA DA COLIGAÇÃO NOVO RUMO Á ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE VILA FRANCA DE XIRA SEREMOS SEMPRE VILA FRANCA “PARA FAZER BEM FEITO”

PRINCIPIOS E RAZÕES DA CANDIDATURA Ao candidatarmo-nos nas próximas eleições de 29 de setembro de 2013 à Assembleia de Freguesia de Vila Franca de Xira, fazemo-lo convictos de que a nossa raiz social-democrata pura, e a vontade “PARA FAZER BEM FEITO”, nos permite depositar nas mãos dos nossos concidadãos eleitores um veredicto favorável. Anunciamos ideias chave que constam do nosso programa eleitoral, pautado por uma postura autárquica assente numa comunicação interativa de diálogo permanente e continuado com os cidadãos e agentes do desenvolvimento local: 1 - Incentivar as pessoas, atores institucionais e individuais da esfera social, económica, cultural e política, a participar na organização autárquica regulada por uma “Carta de Princípios”, onde todos os Vilafranquenses se revejam.

2 - Promover o trabalho de colaboração em rede e partilha de tarefas e conhecimentos

envolvendo

famílias,

associações,

empresas,

instituições

de

solidariedade social e humanitária, as escolas, em torno de projectos de interesse comum.


3 - Com base em princípios de ética, transparência e integridade, defender preservar e promover valores, orientando continuamente as nossas estratégias e ações para a responsabilidade sócio ambiental, pluralidade e cooperação para a valorização das pessoas e instituições, com vista ao bem comum vilafranquense.

4 - É nossa intenção chamar as pessoas a pronunciarem-se sobre os mais diversos assuntos em momentos chave que antecedem as decisões, o que aumentará o conceito de cidadania participativa.

5

-

Na

economia,

desenvolvimento

esta

iremos será

promover uma

a

forma

constituição inteligente

de

de

parcerias

congregar

para

o

vontades,

compatibilizar interesses e juntar esforços com vista á criação de emprego de que tanto a nossa região carece e o país necessita.

6 - Pretendemos que Vila Franca de Xira faça uma utilização eficiente da energia para, desta forma, dar o seu contributo local para a salvaguarda da integridade do planeta. No âmbito desta prerrogativa, deverá orientar a sua atividade no que respeita ao seu consumo sustentável, utilizando o mesmo critério no uso e consumo da água. Promover-se-ão, também, como uma fonte de ação, políticas para a inovação, entre outras: as ligações ao mundo; a proteção da biodiversidade e ecossistemas para o turismo, na promoção da cultura, desporto e educação e finalmente, na inclusão social.

Este programa não esgota as temáticas cuja importância a população releva, porém, atentos à situação difícil e complexa do país, queremos deixar a mensagem que, sublinhando sempre a importância do país, estamos atentos de forma objetiva às necessidades e às políticas que o nosso território e a sua população carecem e merecem.


OBJETIVOS DA CANDIDATURA CONSELHO CONSULTIVO DA COMUNIDADE VILAFRANQUENSE

Incentivar os cidadãos, atores institucionais, individuais da esfera social, económica, cultural, desportiva e política a participar na Organização Autárquica, criando para o efeito o Conselho Consultivo da Comunidade Vilafranquense, regulamentado pela Carta de Princípios de Participação dos cidadãos; ECONOMIA E EMPREGO Na temática da economia e emprego iremos pugnar por: -Áreas de localização empresarial (ALES) -Gabinete de apoio ao investidor -Promover com os agentes locais ações de valorização da Agricultura, ambiente e turismo da natureza -Criação de um fundo de apoio ás micro, pequenas e médias empresas -Criação de um Núcleo destinado á Inovação e Desenvolvimento ( I&D ).

ACESSIBILIDADES E MOBILIDADE Contribuir para as soluções que melhorem a acessibilidade pedonal e rodoviária no território urbano e rural da freguesia. Reflexão e soluções que contemplem: - Parqueamento automóvel - Circulação rodoviária interna


- Soluções para a mobilidade reduzida - Supressão das portagens na A1 na deslocação dentro do concelho - Enterramento da linha ferroviária no perímetro urbano da Cidade - Refletir com os proprietários e motoristas da rede local de táxis soluções que premeiem o conforto dos profissionais e os interesses e necessidades dos utilizadores. -Acordar com as companhias de transporte rodoviários que evitem o estacionamento prolongado em artérias centrais da cidade. Pretende-se com o efeito conjugado destas medidas e de outras sugeridas pela população tornar o centro histórico e Vila franca uma cidade acessível.

OFERTA FORMATIVA Aproveitamento das instalações da Marinha na quinta das torres, dado as suas virtuosas condições, para ser instalado um campus universitário permitindo nele instalar uma Universidade das Ciências do Mar, pluridisciplinar criando assim um Pólo formativo de grande importância nacional e internacional. Dado o espaço físico existente poder-se-á no mesmo local instalar outras valências universitárias e de investigação.

ACÇÕES DE FUTURO Promover através de fundos do programa JESSICA um plano de regeneração e requalificação urbana da zona histórica da cidade e do perímetro do cais disponibilizando um edifício dedicado para apoiar a capacidade empreendedora dos jovens. Caberia neste edifício também, a delegação da Casa da Europa dedicada ás políticas europeias, e da sede local das Vilas Francas da Europa.


Criação de um gabinete de aconselhamento jurídico gratuito em parceria com a delegação da ordem dos advogados de V.F.Xira. Com o fim de melhorar o plano gerontológico da cidade e cuidados médicos á população, apoiar a implementação de unidades de cuidados continuados, cuidados paliativos e o aumento da capacidade de acolhimento em regime de lar. Participar ativamente na programação das festas da cidade, Colete Encarnado, feira de Outubro, Romarias a Nossa Senhora de Alcamé e Senhor da Boa Morte e criação no Aniversário da elevação de Vila Franca a Cidade o Festival do Estuário do Tejo cuja programação e objectivos serão a ligação das freguesias ribeirinhas das duas margens e uma demonstração de cultura identitária e turística. O festival a realizar na frente Tejo do nosso Jardim Constantino Palha dando aproveitamento aos equipamentos existentes. Para incrementar o acesso de embarcações de recreio e lazer a V.F.Xira instalar na área do ancoradouro da UDV um serviço de abastecimento de combustíveis náutico, inexistente desde Lisboa a V.F.Xira. Dentro de um projeto de V.F.Xira capital da tauromaquia, criação de um Centro de interpretação tauromáquica integrando um núcleo museológico cujas valências, esta candidatura é possuidora de um estudo dedicado a esta temática. Teria o efeito também de chamar á coação do tema as tertúlias tauromáquicas os ganadeiros, os toureiros os forcados amadores, a escola de toureio José falcão e todos os intervenientes profissionais desta arte bem como todos os aficionados. O carácter multivalências deste projeto e o recorte de ambição do mesmo, resume-se á promoção do cavalo e do toiro de lide na sua envolvência total. Neste sentido voltar a realizar o Salão do Cavalo e a Feira do Toiro, do qual fomos pioneiros, fomentando o turismo temático. Porque para nós todos os lugares são freguesia de V.F.Xira, pugnaremos pela implementação de projetos que visem a melhoria da qualidade de vida desde Á-dos-


Bispos à Quinta da Grinja, do Bom Retiro a Povos, da Loja Nova ao Bairro do Paraíso, do Alto de Agruela ao Bairro da Mata, do Monte Gordo à Lezíria. Criação de um programa de animação e utilização do jardim municipal durante o período da primavera até ao outono em parceria com os agentes culturais e recreativos, desde logo com a UDV e o GART.

ASSOCIATIVISMO Apoiar logisticamente o associativismo e os seus projetos nas suas várias valências sociais e de função incluindo todas as associações sócio profissionais.

COMPETÊNCIAS Nota Justificativa Atentos ao previsto no artº 10 da lei 22/2012 que aprova o regime jurídico de reorganização administrativa territorial autárquica especialmente no reforço de competências e recursos financeiros, ainda não definidos por diploma próprio, foi elaborado este programa para a Assembleia de Freguesia de Vila Franca de Xira prevendo-se no espirito do protocolo de competências delegadas anteriormente celebrado com a Camara Municipal que o mesmo seja favorável ao aumento de competências a atribuir ás funções imagem e autonomia da Junta de Freguesia e desta forma em parceria cumprimos cada um Camara Municipal e Junta de Freguesia este programa. Manteremos neste contexto a qualificação dos funcionários e eleitos com o objetivo de melhorar os serviços prestados no âmbito do sistema CAF mantendo a freguesia de vila franca como uma autarquia com certificação de qualidade ISO 9001 / 2008 que muito nos orgulhamos.


Há, porém um objetivo do qual não declinamos e que apelamos ao empenhamento de todos os vilafranquenses a fazerem como nós, tudo tudo para manter a Sede de Concelho em Vila Franca de Xira com o desejo de que as pessoas se sintam bem quer para viver para investir ou visitar a nossa Terra. Convidamos, desde já, a comunidade de cidadãos vilafranquenses para que nos ofereçam sugestões e propostas, ropostas, pelas vias que acharem mais eficientes, a fim de nos ajudarem a reverter uma cidadania triste e acomodada em algo participativo e vantajoso para a nossa ação. Desta forma, pretendemos reverter para Vila Franca a importância que merece e que já teve. te SEREMOS SEMPRE VILA FRANCA COLIGAÇÃO NOVO RUMO “PARA FAZER BEM FEITO”

António José Matos

www.facebook.com/ColigacaoNovoRumo.VFXira www.facebook.com/ColigacaoNovoRumo.VFXira cnr.vfxira@gmail.com


Programa Eleitoral da Coligação Novo Rumo à Freguesia de Vila Franca de Xira  

Programa Eleitoral da Coligação Novo Rumo à Freguesia de Vila Franca de Xira

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you