Page 1

EDITAL DE PARTICIPAÇÃO 01/2015 CASA MULTIMÍDIA DE ARTE E CULTURA

1. DO EDITAL: O presente edital dá sequencia ao projeto CASA MULTIMÍDIA DE ARTE E CULTURA lançando percursos formativos com oficinas, intercâmbio cultural e ocupação da residência cultural da CMAC. Pensando em ampliar o compartilhamento de informações e a capacidade de intercâmbio cultural da residência cultural Coletivo Fuligem, o presente projeto apresenta o seguinte plano de trabalho em parceria com o ProAc e a Secretaria Estadual de Cultura:

1.1 Percursos formativos: Música, audiovisual e produção 1.1 a) Percurso da Música - Ciclo de oficinas e atividades práticas com o intuito de compartilhar conhecimentos referentes às áreas de gestão de carreira, 4 encontros, e produção musical, 4 encontros. Além de, 1 debate transmitido ao vivo pela #PósTV com músicos e produtores musicais. Número máximo de 20 participantes por oficina. Inscrições gratuitas divulgadas online, via imprensa e em escolas públicas da cidade. Faixa etária: a partir de 16 anos Período de realização Percurso da Música-1 Gestão de carreira: dias 21 e 22 de março das 13h às 19h Período de realização Percurso da Música-2 Produção executiva: de 13 a 16 de abril das 19h às 22h 1.1 b) Percurso Audiovisual - Ciclo de oficinas e atividades práticas com o intuito de compartilhar conhecimentos referente às áreas de captação de imagens, 4 encontros, e edição de imagens, 4 encontros . Além de, 1 debate transmitido ao vivo pela #PósTV com produtores audiovisuais.Número máximo de 20 participantes por oficina. Inscrições gratuitas divulgadas online, via imprensa e em escolas públicas da cidade. Faixa etária: a partir de 16 anos Período de realização Percurso Audiovisual- 1: de 4 a 7 de maio das 19h às 22h Período de realização Percurso Audiovisual- 2: de 8 a 11 de junho das 19h às 22h


1.1 c) Produção executiva/elaboração de projetos- Ciclo de oficinas que apresentará esquemas de organização, planejamento e gerenciamento de projetos culturais, com foco em sistematização, acompanhamento e pós-produção. A oficina irá abordar, também, técnicas de atendimento e recepção em eventos culturais, tanto de artistas quanto da própria equipe, dinamizando as atividades que precisarão ser executada e elaborando um cronograma de ações para facilitar a sistematização do evento. Além disso, fará parte dessa oficina uma parte focada em elaboração de projetos culturais e relação com editais, prêmios da área e afins. Totalizam-se 4 encontros sequenciais para esta oficina. Faixa etária: a partir de 16 anos Máximo: 20 pessoas Período de realização Produção executiva/elaboração de projetos 1º semestre: de 13 a 16 de abril das 19h às 22h Período de realização Produção executiva/elaboração de projetos 2º semestre: agosto ( data a definir)

1.2 Vivências coletivas - intercâmbio cultural Proposta de formação livre de artistas ligados ao audiovisual a partir de vivências e experiências que integram vídeo, fotografia e dança. Direcionado para conceitos de criação colaborativa e vida coletiva, o projeto oferece vagas de residência artística durante 10 dias na sede do Coletivo Fuligem. Ao concluir o período de permanência previsto, os vídeomakers e fotógrafos participantes terão produzido uma obra em vídeo e um ensaio fotográfico em conjunto com companhias de dança de Ribeirão. A abertura das inscrições será por meio de formulário. Realização de três períodos de vivência com três duplas de artistas diferentes. Dois formulários voltados para artistas do estado de São Paulo, um formulário voltado para artistas da América Latina. O projeto custeia transporte, hospedagem e alimentação dos participantes. Cronograma de Vivência Dia 01 - Apresentação Proposta de Trabalho Dia 02 - Reunião de Trabalho com Cia de Dança Dia 03 - Oficina de Produção Colaborativa Dia 04 - Saída Livre - Reconhecimento da Cidade Dia 05 - Reunião de Trabalho com Cia de Dança Dia 06 - Produção do Vídeodança/ Ensaio Fotográfico Dia 07 - Produção do Vídeodança/ Ensaio Fotográfico Dia 08 - Produção do Vídeodança/ Ensaio Fotográfico Dia 09 - Produção do Vídeodança/ Ensaio Fotográfico Dia 10 - PósTV - Debate transmitido ao vivo sobre a experiência Período de realização: julho e agosto

1.3.Casa Aberta


1.3 Casa Aberta Serviço de agendamento de ensaios na sala da música, de trabalhos na ilha de edição, de vivências em produção executiva e de hospedagem todos gratuitos para artistas e agentes culturais. Divulgação por meio de redes sociais, imprensa e meios oficiais. Além disso, o Casa Aberta abrirá inscrições para vivências no setor de produção executiva. Serão abertos 3 processos de seleção por meio de formulário de inscrições. Período para uso da ilha de edição: 3 meses de uso para cada projeto das 8h às 18h. Máximo de 2 projetos por seleção. Período para uso da sala da música: 3 meses de uso para cada projeto musical, sendo um ensaio semanal. Máximo de 2 projetos por seleção. Período de vivência em produção executiva: 3 meses para cada ciclo. Máximo de 2 participantes por seleção.

Período de realização: março a novembro

1.4 Hospedagem Solidária Serviço de agendamento de hospedagem solidária na residência cultural do Coletivo Fuligem. Este serviço estará aberto o ano inteiro. O participante poderá hospedar-se da casa sem custo, apenas contribuindo com atividades rotineiras da casa, quando puder. Link de acesso ao formulário: http://goo.gl/forms/vIjlg1Hfzc

2.PARTICIPAÇÃO: Estão aptos a participar do edital quaisquer indivíduos ligados a áreas culturais, que estejam dentro das exigências acima subscritas (faixa etária acima de 16 anos), e que se comprometam a participar do programa de interesse (Percursos Formativos, Vivências Coletivas e Casa Aberta) durante todo período de cada atividade. 2.1 No caso do programa Vivências Coletivas, atividades como cozinhar, arrumar, organizar e limpar serão necessárias e bem vindas para o bom funcionamento da rotina de trabalho e convivência. Tais atividades serão sempre bem divididas entre os moradores da residência cultural e demais agregados ao projeto, o que não sobrecarregará nenhum dos envolvidos. 2.2 Para o programa Casa Aberta, será feita pelos envolvidos no projeto e gestores da residência uma planilha semanal, ou de acordo com a demanda, que constará o cronograma de uso dos equipamentos para melhor organização da atividade.

3.INSCRIÇÕES: Para participar dos programas as inscrições poderão ser feitas através do formulário de inscrição através do link: http://goo.gl/forms/lbN7kImcX0, ou ainda, o participante poderá realizar sua inscrição pelo telefone (16) 36206369, ou pessoalmente no endereço (travessa Tuiutí, 55 , Jardim República, Ribeirão Preto) no prazo estipulado para cada programa.


A comissão organizadora entrará em contato com os interessados, por e-mail, para confirmação da inscrição e prestação de maiores informações. 3.1 INSCRIÇÕES EM MAIS DE UM PROGRAMA O candidato que quiser participar de mais de uma atividade deverá demonstrar interesse via email, coletivofuligem@gmail.com, especificando quais programas tem interesse e enviando o formulário de inscrições normalmente com sua escolha preferencial. Em caso de lotação no número de vagas de cada atividade, haverá uma lista de espera, dando preferência aos interessados que não estejam inscritos em nenhum outro programa dentre os possíveis. 4.PRAZOS: 4.1 Percurso da música Percurso 1 Inscrições: 27 de fevereiro a 15 de março Publicação/ Confirmação de inscrição até 17 de março Percurso 2 Inscrições: 27 de fevereiro a 31 de março Publicação/ Confirmação de inscrição até 3 de abril

4.2 Percurso do audiovisual Percurso 1 Inscrições: 27 de fevereiro a 20 de abril Publicação/ Confirmação de inscrição até 27 de abril Percurso 2 Inscrições: 27 de fevereiro a 20 de maio Publicação/ Confirmação de inscrição até 27 de maio

4.3 Percurso de produção Inscrições: 27 de fevereiro a 31 de março (1º bimestre)/ 27 de fevereiro a 24 de julho (2º semestre) Publicação/ Confirmação de inscrição até 3 de abril (1º semestre) / 31 de julho (2º semestre)

4.4 Vivências Coletivas Inscrições: 27 de fevereiro a 3 de junho Publicação/ Resultado até 10 de junho

OBSERVAÇÃO: Vivências Coletivas - Cada integrante da dupla, artistas ou agentes culturais, interessada no Vivências Coletivas, deverá preencher seu formulário de inscrição. Duas vagas serão voltadas para artistas do estado de São Paulo, uma vaga voltada para artistas da América Latina.


4.5 Casa Aberta Inscrições: 27 de fevereiro até lotarem as vagas para 1ª, 2ª e 3ª temporada Publicação/ Resultado CONFORME AS VAGAS FOREM SENDO OCUPADAS SERÃO PUBLICADAS NO SITE DO COLETIVO FULIGEM.

OBSERVAÇÃO: Todas as datas são sujeitas a alterações e serão comunicadas no site: www.coletivofuligem.com.br e Facebook: www.facebook.com/coletivofuligemrp

5. SELEÇÃO: Em caso de lotação das vagas para cada Programa (Percursos Formativos, Vivências Coletivas e Casa Aberta), a comissão organizadora será responsável pela análise do formulário de inscrição, podendo pedir aos candidatos envio de currículo e até mesmo possível entrevista. Um dos critérios para seleção, nesse caso, será a diversidade no perfil dos interessados para que seja sempre possível um diálogo com diferentes visões e experiências culturais. 5.1 Para o programa Vivências Coletivas experiências comprovadas na área (audiovisual e fotografia) será critério necessário.

6. CUSTOS: Todas as atividades propostas não tem taxas de inscrição bem como são gratuitas durante toda sua realização.

6.1 O programa Vivências Coletivas custeará os seguintes gastos: transporte, hospedagem (residência cultural Casa Multimídia de Arte e Cultura) e alimentação integral dos participantes. Quaisquer gastos extras são de responsabilidade do participante.

7.DESISTÊNCIAS E FALTAS: Em caso de desistência na participação de qualquer uma das atividades o participante deverá a avisar com antecedência à organização do projeto, ainda que a atividade já esteja em desenvolvimento, para que, assim, novos candidatos possam ser chamados. Em relação à faltas, deverão ser avisadas com antecedência mínima de 2 dias, por e-mail ou telefone do Coletivo Fuligem, prevendo a organização da residência, dos oficineiros e gestores do projeto.

8. CERTIFICADOS O participante deverá ter participado de no mínimo 75% da carga horária da atividade que se inscrever para receber certificado de participação.


9. EQUIPE: A equipe responsável pelo projeto terá um ou mais gestores responsáveis para cada programa. Estes,serão responsáveis pelo diálogo com os participantes e bom funcionamento das atividades. Oficineiros e gestores experientes nas áreas (música, audiovisual, fotografia e afins) serão parte da equipe da Casa Multimídia de Arte e Cultura.

9.1 COMPANHIAS DE DANÇA ENVOLVIDAS NO PROGRAMA VIVÊNCIAS COLETIVAS: FUNK FOCKERS CREW é um grupo de B-boys (dançarinos de break) formado em 2008 por 11 integrantes da capital e do interior de São Paulo. Nestes 6 anos de trajetória foi campeão dos principais torneios brasileiros de dança. Em 2008 foi 1º lugar no torneio BOTY (Battle of the year Brasil); Em 2009 foi campeão da Batalha Final Internacional e disputou o Top Rock Contest em Osaka no Japão; Em 2010 foi campeão do Circle Prince Brasil e Disputou a final Circle Kings em Lausane na Suíça; Em 2011 venceu em 1º lugar a competição Batalha na Vila em Grajaú; Em 2012 venceu em 1º lugar o European Concrete JAM 2012 e disputou a semi final do Red Bull BC One Cypher America Latina no México; Em 2013 foi 2º lugar na Floor Wars na Dinamarca, venceu o World BBoy Classic na Holanda, venceu EuroBattle 2013 em Portugal e disputou o Ill Flow 2013 em Moscow na Rússia ; Em 2014 venceu a Free Style Session 2014 que dá vaga a final em San Diego na California USA, disputou KOD Keep On Dancing 2014 em Beigin na China e venceu o Red Bull BC One Cypher America Latina 2014 que classifica para final mundial na França em novembro de 2014.

PÉ NA TÁBUA O espetáculo CAMINHOS RITMADOS marca a estreia da Cia. Pé na Tábua, no SESC Ribeirão, em 2008, com a participação dos músicos Deva Mille e Kleber Vitaliano. Em 2009 e 2010, a Cia. circulou o espetáculo TUDO é SOM pelo Circuito Cultural Paulista, Virada Cultural Paulista, Livraria FNAC, Semana do Sapateado de Araraquara, SESC Ipiranga, Festidança – São José dos Campos, e ainda trechos do espetáculo foram apresentados no Circo de Natal da cidade de Karlsruhe – no sudoeste da Alemanha em dezembro de 2010 e janeiro de 2011. Em 2011, a Cia. criou o Espetáculo IMPROVISO, LOGO EXISTO, com a participação dos músicos Fred Sun Walk e Camila Zambianchi. Neste ano, a Cia. realizou improvisos com diversas bandas, como: Chavala Talhada, Pó de Café, Graveola e o Lixo Polifônico, Música Popular Planetária etc. No mesmo ano, Renata Defina, diretora da Cia., venceu o Cutting Contest – Concurso de Improviso, do TAP on Barcelona e recebeu bolsa de estudos para o D.C. Tap Festival (em Washington DC). Em 2012, a Cia. criou o espetáculo URBANO; foi aprovada no PIC – Programa de Incentivo Cultural da cidade de Ribeirão Preto e também no ProAC-ICMS, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Em 2014, a sapateadora Gisele Santos, integrante do elenco, participou do D.C.Tap Festival, em Washington DC, com bolsa de estudos recebida no Festival de Sapateado Tap in Rio, no mesmo ano. 10.CLIPAGEM DO PROJETO “Com o início de seus trabalhos em 2010, o Coletivo Fuligem teve uma atuação importante no desenvolvimento do cenário cultural no qual está inserido, tanto em Ribeirão Preto, quanto no Estado de São Paulo. Seguindo conceitos da economia solidária e tendo sua raiz na cultura digital, no livre compartilhamento de informações e no trabalho em rede, o Coletivo trabalha na conexão de diferentes artistas e agentes culturais com o objetivo de provocar intercâmbio e


movimento no cenário cultural. Sendo assim, o grupo trabalha três principais frentes para que isso ocorra: Festivais de Arte, Articulação do Arranjo Produtivo Glocal (“Faça Localmente, Pense Globalmente”) e Experimentações Artísticas em Audiovisual. No período de 2010 e 2011 criou três diferentes festivais, todos conectados em rede com produtores de outras cidades do estado de São Paulo: Grito Rock Ribeirão-Serrana (fortalecendo a produção da cidade vizinha, Serrana, e conectado à rede Grito Rock Mundo), SEDA - Semana do Audiovisual (conectado com produtores de 100 cidades) e Festival Fagulha de Artes (conectado ao Circuito Paulista de Festivais Independentes e a Rede Brasil de Festivais). Essas ações contribuíram, e ainda contribuem, para a circulação de artistas de pequeno e médio porte em Ribeirão e nas cidades da região. As atividades formativas inclusas em suas programações garantem a qualificação técnica de artistas e agentes culturais, enquanto sua produção colaborativa fomenta a formação do arranjo produtivo local. Até o presente momento, os festivais já tiveram a participação de 191 grupos artísticos e culturais entre shows, exibições de cinema, debates e oficinas, movimentando cerca de 800 artistas e agentes culturais. Ainda no período de 2010 e 2011, o Coletivo Fuligem participou ativamente da criação e documentação audiovisual do movimento Pró Arena, responsável por realizar ações gratuitas durante um ano no Teatro de Arena de Ribeirão Preto, até então abandonado, totalizando mais de 30 shows. A movimentação resultou na reforma do Teatro devido à demanda pública criada. Seguindo os conceitos de colaborativismo, e devido ao contexto local, o movimento [1]Pró Arena serviu de incubadora para que um novo movimento cultural surgisse em Ribeirão. Com o Teatro reformado, mas com a perda da Virada Cultural, em 2012 nasceu o Se Vira Ribeirão: Virada Cultural Independente, onde o Coletivo Fuligem também teve papel importante na articulação dos artistas e grupos culturais da cidade e na documentação audiovisual das ações. Nas três edições realizadas do Se Vira Ribeirão foram mais de 300 atividades culturais entre shows, oficinas, debates e intervenções. Ambos os movimentos, Pró Arena e Se Vira, são resultado da articulação do Arranjo Produtivo Local e da união de forças dos grupos e organizações participantes. A produção artística do Coletivo Fuligem tem sua raiz no audiovisual. Formado por comunicadores, fotógrafos e vídeomakers, o Coletivo iniciou suas experimentações com transmissões ao vivo via internet. O programa Fuligem NO AR foi transmitido semanalmente na internet de 2011 à 2012 com debates, entrevistas, música e exibição de vídeos. Em 2013, seguindo os anseios de trabalhar com curta-metragem, vídeoarte e cinema, o Fuligem NO AR se transformou. Mudou de um programa ao vivo para um canal de vídeos online e um programa de televisão. O Fuligem NO AR é o laboratório artístico do Coletivo Fuligem em junção com a Produtora Mandala Filmes, sendo assim, conecta diferentes artistas para a criação de obras audiovisuais aliando música, dança, circo, entre outros. Até hoje já foram 140 produções, cerca de 700 mil visualizações online e 35 edições exibidas no Canal Local (TV Mais Ribeirão) Foi em 2012 que o Coletivo Fuligem implantou a tecnologia social que possibilitou que todos esses embriões criados em 2010 e 2011 pudessem continuar se desenvolvendo até o presente momento. A Casa Multimídia de Arte e Cultura, residência cultural do Coletivo Fuligem, foi fundada com a proposta de criar novas possibilidades de vida e trabalho. Atualmente com quatro moradores e um total de seis membros com dedicação exclusiva ao projeto, a residência é a base para toda essa circulação de artistas, intercâmbio de ideias e compartilhamento de informações. É na casa que acontecem as reuniões, oficinas e debates que envolvem a produção dos festivais de arte, articulação do arranjo produtivo Glocal (“Faça


Localmente, Pense Globalmente”) e as experimentações artísticas em audiovisual. Além de realizar o agenciamento de apresentações de artistas de Ribeirão no município e em outras cidades, a casa também funciona de laboratório para artistas parceiros.”

LINKS DE ACESSO: Coletivo Fuligem- http://coletivofuligem.com.br/ Formulário de participação atividades – http://goo.gl/forms/Byt3Mlc0z6 Formulário Hospedagem Solidária - http://goo.gl/forms/vIjlg1Hfzc

Casa Multimídia de Arte e cultura (Coletivo Fuligem) coletivofuligem@gmail.com Travessa Tuiutí, 55 -Ribeirão Preto- SP (16) 36206369

Edital Casa Multimídia  

Leia o regulamento para se inscrever nos programas da Casa Multimídia de Arte e Cultura

Edital Casa Multimídia  

Leia o regulamento para se inscrever nos programas da Casa Multimídia de Arte e Cultura

Advertisement