Page 1

APRESENTA

Fora do Eixo Anuรกrio 2012


CC - SA by Fora do Eixo


Anuรกrio 2012


Ă?ndice


07

Apresentação

08

Simulacros

11 17 21 26

Partido Universidade Banco Mídia

28

Frentes

31 35 38 41 45 51 53

Música Distro Palco Poéticas Visuais Clube de Cinema Nós Ambiente Tecnologias Livres

56

Retrô

115

Contatos

.


Apresentação Muito alarde se criou com a profecia Maia para 2012. O sensacionalismo criado pela grande mídia espetacularizadora distorceu o que de fato estava por vir: o fim do velho mundo para o início de um novo. O ano foi de muitas transformações e aprofundamento de vários debates e processos. Nessa conjuntura o Fora do Eixo veio se tornando cada vez mais parte integrante do movimento social brasileiro sem deixar de cumprir um papel importante também no circuito cultural. Na América Latina - que inclusive já carrega em sua história a alcunha de Novo Mundo - percebe-se uma maior interação entre os povos que vai desde a participação nas políticas públicas, à internet, marchas e turnês em festivais de música, artes cênicas e etc. E as pessoas, cidadãs desse multi-território, uma vez postas em conexão, exponenciam o processo e as redes se enraizam tal qual um organismo vivo natural. Nesse cenário o Fora do Eixo é mais um componente, ao realizar de maneira colaborativa o maior festival integrado mundo, ter sua Universidade Livre reconhecida pelo Ministério da Cultura do Cabo Verde, e estar em diálogo cotidiano com redes de cultura da América Latina, iniciando também uma maior conexão com povos de além-mar. Estamos Yuntos em Ubuntu, re-unindo o Novo Mundo ao Berço da Humanidade, no momento em que a história, até então, gestante, dá à luz.

7


Simulacros


Partido O Partido Fora do Eixo é a soma do Partido da Cultura (PCult), movimento supra partidário (partido vem de “tomar partido”), foi criado em 2010 coletiva e solidariamente por meio da internet, com o objetivo de expor problemas e sugerir soluções que sejam operadas a partir de decisões políticas e institucionais de partidos políticos, candidatos a cargo eletivo e ocupantes de cargos públicos. O movimento acompanha o debate de centralidade da cultura na agenda nacional, tal qual os batidos verbetes saúde, segurança, educação. O PCult aglutina diversas pessoas, entidades, redes e movimentos de todos os estados do país em torno de temas diversos, sempre na esfera cultural. O Fora do Eixo é um dos movimentos integrantes do PCult, e inspirando-se em sua experiência fundou em 2012 o Partido Fora do Eixo, entendendo-o enquanto um laboratório de formulações de políticas de redes, com fortes referências em campos teóricos e práticos que vem sendo formulados pela sociedade civil em fóruns e instâncias de debates culturais ao longo dos últimos 10 anos. A proposta é estabelecer metodologias de trabalho próprias, novas e dinâmicas, que reforcem os processos de formação política e a afirmação de novas dinâmicas comportamentais pautados em princípios de colaboração e compartilhamento. Nesse sentido, a proposta do Partido Fora do Eixo é participar do PCult, levando seus laboratórios de rede para dentro deste “guarda-chuva”, visualizando-o, sobretudo, como frente temática da rede, hub de várias iniciativas. Complementarmente, o Partido Fora do Eixo volta-se internamente à rede para consolidar suas estruturas, através da implementação de tecnologias sociais, que promovam organicidade entre o discurso socializante e a prática cotidiana.

11


CASAS FORA DO EIXO Projeto de residência cultural responsável pelo gerenciamento executivo das regionais FdE. Ao todo são 07 Casas regionais em todo o Brasil. Cada Casa Fora do Eixo é uma célula produtora de tecnologias sociais e um espaço de convergências que abriga em sua estrutura organizacional 01 agência do Banco FdE (sustentabilidade), 01 Emissora Multimídia (comunicação), 01 Diretório do PCult (Partido da Cultura), 01 Campus da Uni FdE, 01 Escritório de Ponto de Articulação Regional, além de Ponto de Distribuição, Ponto de Hospedagem Solidária. Confira o sistema das Casas FdE aqui. EMERGÊNCIA (CONGRESSO FDE) Principal encontro presencial da rede, que conta com a participação de todos os Pontos Fora do Eixo, parceiros e observadores, no qual são realizadas uma série de plenárias, observatórios, reuniões livres, conferências e GTs para definição do planejamento do ano seguinte. GRITO ROCK O Grito Rock é o maior festival integrado da América Latina. Dentro do Grito Rock, há campanhas realizadas por todos os setores com vistas à promover processos de formação livre, bem como reforçar conexões entre os produtores participantes da rede. 2012 é o ano da sexta edição integrada, que visa chegar a 200 cidades. REDE BRASIL DE FESTIVAIS Fortalecimento dos circuitos regionais de festivais como campos de gestão associativos. Cada região possui um circuito de festivais próprio, com agenda colaborativa sendo definida ao longo do ano. A maior parte destes eventos acontecem no segundo semestre do ano. ENCONTROS | IMERSÕES Reunião que conta com a participação de integrantes de pontos Fora do Eixo regionais em data a ser acordada por todos. As imersões regionais serão feitas nas respectivas Casas FdE. CONVERSAS INFINITAS Projeto que propõe reunir parceiros estratégicos, artistas, agentes culturais, intelectuais, entre outros convidados com metas de debater temas gerais relacionados a cultura. A metodologia é lançar um temas na roda em formato livres, com liberdade de desdobramentos de outros temas que emergirem das conversas. A proposta é que os coletivos realizem o projeto frequentemente em seus territórios, com vistas à promoção da formação política dos mesmos. REUNIÕES GERAIS Reuniões quinzenais nacionais realizadas com a participação de Pontos FdE realizadas em formato audiovisual através do canal do Observatório FdE; e reuniões do Ponto de Articulação Nacional quinzenais que serão realizadas em plataforma online. 12


SISTEMA DO PARTIDO FORA DO EIXO Sistema de tecnologias de gestão utilizadas pelo Partido, tais como, o Banco de Contatos FdE, Banco Oficial de Pontos FdE, Lista de presença de pontos FdE em reuniões do PAN ou Nacionais, Banco de Colegiados e Casas FdE, Banco de Atas Permanentes, Atas Permanentes do Partido Fora do Eixo, Calendário Geral FdE 2012, relatórios trimestrais, listas do Facebook e de emails, Banco de projetos, Banco de Editais, Cartilha Sistema Cultura BR, Banco de Artigos, Bancos de Mapeamentos, Site do Partido Fora do Eixo, entre outros. WIKI FDE / FORA DO EIXO TEC Plataforma colaborativa virtual que funciona como banco de tecnologias Fora do Eixo, armazenando conteúdos desenvolvidos pela rede como planilhas, acervos, atas, registros, vídeos, cartilhas, entre outros, que já estão sistematizados e/ou em processo de construção. COLUNAS Missões de até 30 dias, em sua maioria realizada em grupos de gestores, programadas para passar por rotas dos Pontos Fora do Eixo, cidades vizinhas e cidades potenciais, com vistas a acompanhar o desenvolvimento dos coletivos, mapear agentes, articular parcerias e conhecer novos cenários e realidades culturais. PROGRAMA FDE DE CULTURA 2012 Planejamento anual do Fora do Eixo reunindo as diretrizes de ações de todas as frentes gestoras e produtoras. Será lançado em janeiro nas redes sociais. ANUÁRIO FDE 2011 Relatório anual do Fora do Eixo que traz informações completas sobre atividades sócio-econômicas da rede durante o ano referido. Será lançado com destaque maior nas redes sociais, em fevereiro. NINJA Projeto laboratorial de integração de mídias livres em uma cidade e/ou estado com vistas a construir conglomerados colaborativos de comunicação livre. Será articulado pela Mídia em parceria com o Partido Fora do Eixo nas cidades onde houver arranjos criativos de midialivrismo desenvolvidos. ASSESSORIA DE IMPRENSA Além de auxiliar nas campanhas promovidas pela Mídia, a assessoria propicia um laboratório de novas formas de trabalho com a comunicação externa, e trabalha com gerenciamento da imagens, assim como de possíveis crises junto a imprensa.

13


CIDADÃO MULTIMÍDIA Projeto que estimula a produção de conteúdo dentro da rede, por outras pessoas além dos comunicadores. É um exercício de comunicação livre, que mostra olhares plurais sobre a rede, e é difundido por diversos meios. SEDA Semana de audiovisual, que trabalha a formação. A partir desse ano ocorre de maneira a integrar as edições e estimular a circulação de agentes, como no Grito Rock. Ela também é uma oportunidade de conexão com festivais de audiovisual e parceiros além de público. A SEDA acontece entre abril e junho de 2012. CINECLUBES Através da circulação de filmes e agentes, e da distribuição, expandir as ações e provocar uma rede cineclubista que reivindique políticas públicas que valorizem a exibição fora do circuito comercial. O Partido Fora do Eixo também estimula e acompanha o mapeamento dos cineclubes por todo o país através das Casas FdE Regionais. DF5 Distribuidora virtual, que faz a principal conexão com agentes externos, tendo os cineclubes como pauta principal, mas trazendo para perto realizadores, distribuidoras, coletivos audiovisuais e produtores, através das Casas FdE Regionais. A DF5 existe desde 2010, tem em seu catálogo 150 produções independentes. PÓS TV Programa de webtv diário e é a interface entre a Comunicação da rede e a difusão e produção de conteúdo audiovisual. Sua programação é formada pela não grade, onde a proposta é que o programa se faça através das sugestões do apresentador e de seus convidados. FESTIVAL FORA DO EIXO Assim como no Grito, propor a campanha de estímulo ao debate de formação política e de políticas públicas. O Festival Fora do Eixo acontece nas principais capitais do país. NOITES FdE Eventos musicais realizados pelos coletivos. Estimular a realização dela por todos os coletivos da rede. As Noites FdE começaram a ser sistematizadas em 2011, através de formulários de cadastro, pós produção, gerando indicadores de produção, shows, público e bandas em circulação. CURSOS ONLINE ESPANHOL E PORTUGUÊS - Cursos ministrados por agentes do Fora do Eixo Brasil, Argentina e Centro-América para agentes atuantes em pontos Fora do Eixo com metas de ampliar o número de falantes de ambas as línguas, pensando na facilitação de comunicação entre todos os Fora do Eixos latinos. 14


NEWSLETTER Newsletter quinzenal de divulgação das atividades do Movimento Social, envolvendo ações capitaneadas pelos simulacros Partido Fora do Eixo, Banco, Universidade e Emissora. SITE DO PARTIDO FORA DO EIXO Veículo de comunicação oficial do Partido Fora do Eixo, que reúne as representações regionais, artigos, documentos e informações sobre políticas públicas.

15


Universidade A partir de metodologias que envolvem articulações em rede e o compartilhamento livre de conhecimentos e saberes, o Fora do Eixo, rede de trabalhos que hoje compreende 135 coletivos de cultura em todo o Brasil e em outros países da América Latina, vem desenvolvendo alternativas sustentáveis para gestão cultural, apostando na criação e sistematização de tecnologias. Em seus 6 anos, promoveu a circulação de milhares de artistas, bandas, jornalistas, produtores, gestores e outros agentes Essas ações são geridas pelas Casas Fora do Eixo Regionais, que funcionam como os 06 (seis) campi da UniFdE, responsáveis por articular coletivos de diferentes regiões brasileiras. O projeto prevê a realização de Imersões, Colunas, Observatórios e Vivências durante todo o ano, além do lançamento de materiais como Cartilhas digitais e a manutenção de um grande banco de tecnologias disponibilizado na internet, a Wiki Fora do Eixo. O Fora do Eixo se baseia na construção participativa, colaborativa e compartilhada de seus processos e produtos. Os Pontos Fora do Eixo, impulsionados pela necessidade de circulação e distribuição de seus agentes e produtos culturais, criaram espaços alternativos de trocas de experiências e processos produtivos. Com os anos, à medida que compartilhavam as suas metodologias de produção, começaram a construir um espaço complexo onde estes saberes partilhados ganhavam outros significados.

17


COLUNAS Missões de até 30 dias, em sua maioria realizada em grupos de gestores, programadas para passar por rotas dos Pontos Fora do Eixo, cidades vizinhas e cidades potenciais, com vistas a acompanhar o desenvolvimento dos coletivos, mapear agentes, articular parcerias e conhecer novos cenários e realidades culturais. WIKIFDE Plataforma colaborativa virtual que funciona como banco de tecnologias Fora do Eixo, armazenando conteúdos desenvolvidos pela rede como planilhas, acervos, atas, registros, vídeos, cartilhas, entre outros, que já estão sistematizados e/ou em processo de construção. BANCO DE ESTUDOS Catalogação de textos, artigos, trabalhos acadêmicos, projetos de pesquisa, artigos de jornais que se referem a produções de agentes do circuito sobre temas variados, produções e publicações sobre o circuito fora do eixo, e até, textos que tratem de temas que tenham alguma relação com princípios e ações do FdE. GLOSSÁRIO FORA DO EIXÊIS Wiki de sistematização das expressões (gírias) utilizadas cotidianamente pelos agentes do Circuito. Por serem expressões que foram apropriadas pela rede, tornou-se necessário explicitar o sentido de uso nesse contexto específico. VIVÊNCIA União das diversas experiências, projetos e/ou ações realizadas por atores sociais que participam de um percurso do conhecimento, marcado fortemente por sistemas de qualificação e ampliação de repertórios. Dessa forma, as plataformas de percursos artístico-culturais assumem também um perfil de dinamizadores nas trocas de tecnologias sociais, desempenhando o papel de conectoras da cultura independente e da formação livre. IMERSÃO Projeto de formação livre, pautado na realização de encontros e reuniões presenciais, com média de 3 a 5 dias, para avaliação, diagnóstico e planejamento, podendo ser realizada com foco em um coletivo, uma regional ou ainda determinada frente de trabalho. OBSERVATÓRIO Debates, discussões ou oficinas presenciais transmitidas online, que abordam os mais variados temas escolhidos pelos integrantes da rede de acordo com o contexto, convidando consultores e especialistas para participar como provocadores e expositores. O conteúdo fica armazenado no Portal do Observatório FdE para estudos e pesquisas futuras.

18


BANCO DE CERTIFICADOS Banco de dados, contendo a listagem de pessoas e grupos certificados pela UniFdE. OFICINAS E CURSOS LIVRES Ações de compartilhamento de conhecimento e ampliação de conteúdo executados em Festivais, e estimulados pelos coletivos ao longo do ano , em seus locais de atuação [universidades, escolas, sede, eventos parceiros, eventos do coletivo]. PERCURSOS Os Percursos são circuitos temáticos de formação livre, formados por uma sequênciade eventos e projetos de diferentes regiões do país. São festivais, mostras, semanas, entre outros que fazem parte desses trajetos. O público-alvo circula os percursos realizando vivências de reflexão, produção e fruição, experimentando diferentes visões de um mesmo processo que, somadas, proporcionarão uma compreensão macro do fazer e viver cultural. COMPACTO.IDEIA Recurso didático que sistematiza conhecimentos empíricos, com o objetivo de facilitar o acesso e a difusão de tecnologias desenvolvidas na rede. As cartilhas podem abordar questões técnicas, de produção, de gestão e de dinâmica de trabalho.

19


Banco O Banco Fora do Eixo tem como principal responsabilidade o desenvolvimento de ações no âmbito da sustentabilidade da rede, criando alternativas para a gestão e distribuição dos mais variados recursos econômicos que o arranjo do fora do eixo dispõe. Existente desde o princípio, o Banco tem em sua essência os princípios e valores norteadores da rede fora do eixo como principais fios condutores de suas ações estratégicas, sendo premissa o processo colaborativo, coletivo, compartilhado, humano, criativo e solidário para o desenvolvimento sustentável. Na configuração organizacional, o Banco se encontra alocado na mediação das demais frentes da rede em conjunto ao PCult (Partido da Cultura) e Universidade Livre (UniFdE e Unicult) que somados formam o sistema dos simulacros fora do eixo. Os simulacros traduzem a intersecção necessária entre as frentes mediadoras afim de garantir o equilíbrio entre as dinâmicas e atividades dos pontos e frentes do fora do eixo.

21


COMPACTO.TEC O Compacto.TEC é Coquetel de planilhas que visa a sistematização da pré, produção e pós de qualquer atividade. O Compacto.TEC incentiva o exercício à decupagem, explicitação e registro de todos os ítens necessários para garantir um projeto. Esse processo auxilia na qualificação do planejamento e execução, além do registro fundamental para o compartilhamento do conteúdo na rede e fora dela. O Compacto.TEC se transforma num projeto estratégico que potencializa as demandas de sistematização, fundamental pra garantirmos o mapeamento e geração de dados para o desenvolvimento da rede. TEC é como chamamos qualquer documento, planilha, imagens, arquivos e etc que são registrados e finalizados. Eles são a base para toda sistematização das atividades da rede, garantindo os códigos de informações gerados pelas atividades. Um dos TEC’s bem utilizados são os formulários de mapeamentos que garante a organização e melhor visualização das informações de modo sistêmico, facilitando os encaminhamentos das operações. O Banco de TEC (Tecnologias) cumpre a função de armazenar todos os TEC’s produzidos na rede, facilitando a busca, a pesquisa e o compartilhamento do conteúdo de tecnologias global gerado na rede. WIKI FDE A WikiFdE é uma plataforma de conteúdo colaborativo que difunde e compartilha tecnologias, aplicativos e informações de todas as frentes e simulacros que constituem o modo de organização do Fora do Eixo. A Wiki funciona como um banco de tecnologias livres que amplia para a colaboração de novas atualizações, aprimorando o desenvolvimento dos aplicativos implementados em cada ponto da rede. A idéia é trazer cada vez mais colaboradores para produzir conteúdos a partir das tecnologias, conceitos e informações disponibilizadas na plataforma. A WikiFdE é trabalhada numa intersecção entre a Uni e o Banco, simulacros do Fora do Eixo. DOFE O DOFE - Diário Oficial Fora do Eixo é um aplicativo que visa ser o canal de pesquisa de todo o conteúdo finalizado de interesse público da rede. A demanda gerada a partir dos simulacros é o conteúdo essencial do DOFE. Pesquisas, tecnologias, editais, comunicados, balanços, glossário entre outras informações necessárias para garantir a difusão de informações oficiais da rede. LEGALIZE-SE Aplicativo que visa trabalhar a demanda jurídica necessária para o desenvolvimento da rede. O Banco de CNPJ’s é uma das ferramentas desenvolvidas pra mapear e garantir o planejamento pela utilização dos CNPJ’s, bem como orientar o processo de formalização dos coletivos. O Legalize-se fomenta a pesquisa e orientações acerca de leis promovendo a otimização de recursos cabíveis dentro dos processos existentes. Por exemplo, multas de trânsito podem ser recorridas em uma série de aspectos. O processo pode garantir a diminuição de pagamentos de taxas e portanto, de custos. Além disso, garantimos nosso direito enquanto cidadãos. 22


CAIXA COLETIVO O Caixa coletivo é um dos aplicativos do Banco com vistas à estimular o compartilhamento, trocas e decisões coletivas sobre os recursos que garantem o fluxo do dia a dia. O projeto gera a conscientização de gastos e investimentos, além de garantir a ampliação de recursos tangíveis e intangíveis circulando dentro do coletivo. A participação no caixa coletivo se dá tanto de modo permanente, pela integração no núcleo durável com participação integral em todas as decisões, diretrizes e encaminhamentos do grupo, como de modo temporário, como rateios coletivos para um fim específico. O Banco de balanço financeiro/econômico, garante o registro (em card e R$) de todas as transações executadas pelo Caixa coletivo, além dos compacto.TEC’s que registram as atividades onde se opera o rateio coletivo. HOSPEDA CULTURA A Hospedagem Solidária é um aplicativo que fortalece as trocas entre a rede e fora dela, garantindo a vivência e a viabilidade da estada entre os agentes culturais envolvidos. Cada Ponto Fora do Eixo se configura em um ponto de hospedagem solidária que mobiliza mais uma série de parceiros integrados na empreitada. O Hospeda Cultura se transforma em uma Campanha global, integrando cada vez mais países da América Latina como Argetina, Uruguai, México, Chile, entrou outros. Anualmente o Banco desenvolve campanhas específicas de acordo com os projetos / plataformas existentes na rede através de formulários por regiões, qualquer pessoa pode se cadastrar como ponto de hospedagem. As regras são simples e o objetivo inicial é fortalecer o mapeamento identificando toda a rede de possibilidades para aprimorar o uso das mesmas. PREGÃO O pregão é um aplicativo que visa criar oportunidades de geração de renda (R$ e Card) a partir de uma mini licitação, priorizando os pontos da rede e garantindo a maior circulação interna de moedas. A partir do banco de freelas mapeamos as oportunidades de serviços remunerados que são oportunizados através do Edital do Pregão divulgado no Diário Oficial do Fora do Eixo, cada um com o tema referente ao seu serviço. Estas oportunidades podem ser geradas por empresas e organizações parceiras ou pelo próprio Ponto Fora do Eixo. O pregão pressupõe o trabalho profissional dos agentes envolvidos, sendo importante uma avaliação criteriosa para garantir a confiança e a continuidade da parceria entre o ponto de acesso e o fornecedor que gera a oportunidade do emprego temporário. CONTA COMUM Aplicativo que trabalha o financiamento colaborativo (empréstimo e apoio) na rede (R$ e Card). A partir do formulário de adesão, os pontos e parceiros podem aderir se tornando aptos a emprestar e receber empréstimos do Fundo, garantindo a circulação das moedas na rede. O ponto que financia pode cobrar juros, porém somente em Card (até 1%). O prazo para a devolução do empréstimo é acordado entre as partes. O Conta Comum garante a retroalimentação, a facilidade em operar empréstimos, a garantia da confiança entre os participantes. 23


PROJETE-SE Aplicativo para o desenvolvimento do mapeamento de editais e oportunidades de captação a partir da elaboração de projetos. Os Bancos de projetos (comerciais) de captação e de editais garante a ocupação maior de espaço dos pontos nos editais públicos e negociações privadas, ampliando o diálogo entre o primeiro e segundo setor na rede. ACL Arranjo Criativo/Coletivo/Colaborativo Local é o aplicativo que garante o mapeamento de todos os arranjos criativos/coletivos/colaborativos da rede. A partir do ACL acompanhamos e fomentamos projetos como a montagem de banquinhas, agenciamentos, eventos, palestras e outros serviços referente a setores relativos a força produtiva Fora do Eixo, no intuito de garantir a ampliação dos recursos (R$ e card). PBE O Programa de financiamento Banco do Estímulo traz a perspectiva de lançamento de editais que fomentem a cultura fora do eixo, ampliando o potencial de mapeamento, da valorização do Card, do acesso aos recursos, do investimento de parceiros e consequentemente do desenvolvimento das ações desenvolvidas de modo sistêmico. O programa busca traduzir melhor a importância do Fora do Eixo Card como principal capital financiador e propulsor da cultura Fora do Eixo. FORA DO EIXO CARD - FDE CARD A moeda complementar fora do eixo card é um aplicativo que vem como uma alternativa para a geração de recursos em prol do desenvolvimento de projetos autorais da rede. A partir da troca de serviços e produtos, a moeda garante uma rede solidária de trocas que abrange capital tangível e intangível. A moeda complementar fortalece a sistematização dos empreendimentos garantindo a explicitação de todo o recurso movimentado a partir da própria força produtiva da rede, potencializando a auto gestão.

24


Mídia Comunicação livre como ferramenta de mobilização e organização política que contrapõe a mídia corporativa, a Mídia Fora do Eixo é responsável pela produção, difusão e distribuição de conteúdo. Acredita na democratização do acesso a informação através da potencialização do trabalho de midialivristas que atuam em diversas partes do Brasil, trazendo narrativas de todo país, desde as que acontecem nos grandes centros até ações culturais do Brasil profundo. Desta forma, a Mídia FdE reconhece a comunicação como um direito humano e social e um bem comum, cuja defesa deve ser objeto da luta das mídias livres, em conjunto com as mais variadas redes e movimentos sociais que pautam tais questões. É papel da Mídia também disseminar a produção de conteúdo cultural e político, contribuindo na transformação social que é pautada nos conceitos de coletividade, protagonismo, autonomia e troca de informações e serviços.

26


COBERTURA COLABORATIVA Uma das ações desenvolvidas no âmbito da Comunicação do Circuito Fora do Eixo é a Cobertura Colaborativa, uma ferramenta que reúne pessoas de qualquer idade e formação com o objetivo de registrar e divulgar os eventos em todos os segmentos de mídia, utilizando de conceitos de mídia livre, colaborativismo e empirismo, e que funciona como plataforma de formação. OVERMUNDO O Overmundo nasceu com o intuito de criar uma alternativa a essa situação que tantos malefícios traz para a vida cultural nacional cuja principal missão do site é dar destaque para a produção cultural regional brasileira que não tem espaço em outros lugares. É um canal de expressão, debate e distribuição para a produção cultural do Brasil e de comunidades de brasileiros espalhadas pelo mundo afora tornar-se visível em toda sua diversidade. PÓSTV Indo além da perspectiva de um canal de programas, a Pós Tv surge como um projeto de transmissão online composta por uma programa baseada numa não-grade, com diversos temas e formatados. A Pós Tv é uma plataforma colaborativa de construção de uma nova forma de pensar as novas pautas do século XXI, por meio de um modelo autogestionário de programas online, com tecnologias abertas que pode ser feito por quem quiser. NINJA Entendendo a atual importância do conflito memético que existe dentro da disputa de narrativa e de pensamento, as Narrativas Integradas de Jornalismo e Ação (NINJA) surgem como uma forma de viabialização do uso das plataformas online de produção e distribuição de conteúdo que fomentam o debate e a discussão de ideias a respeito de pautas que estão fora do foco das narrativas tradicionais. Entendendo, dentro desse processo de construção, o papel de cada pessoa como cidadão multimídias replicadores meméticos de informações.


Frentes


29


Música Frente temática voltada a linguagens musicais. Tem como objetivo atuar na cadeia produtiva da música a partir de um mercado médio, promovendo a formação e a capacitação de agentes, estimulando o intercâmbio de bandas, produtores e jornalistas, o lançamento e a distribuição de produtos físicos relacionados a artistas independentes, realizando o mapeamento de entidades e organizaçôes ligadas a música, e desenvolvendo ferramentas de compartilhamento de dados e informações sobre a música brasileira.

31


GRITO ROCK O projeto foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003, em Cuiabá (MT). Com a criação do Fora do Eixo, em 2005 – o projeto se ampliou de forma conceitual e geográfica, envolvendo produtores de todo o país através da atuação conjunta em rede. Na última edição, em 2012, foram 205 cidades realizadoras, 37% a mais em comparação com 2011, envolvendo a participação direta de aproximadamente 700 produtores culturais, de 15 países diferentes. Esse ano, o festival expande-se para uma plataforma mundial, chegando a 30 países e 300 cidades. REDE BRASIL DE FESTIVAIS INDEPENDENTES Em 2012, Festivais Independentes de todo o país se conectaram formando uma grande rede colaborativa e aberta, trocando tecnologias de produção e gestão em “código aberto”. A Rede Brasil de Festivais se vasculariza pelo território nacional através de redes regionais, abarcando o Circuito Mineiro de Festivais Independentes, o Circuito Paulista de Festivais, o Circuito Nordeste de Festivais, o Circuito CentroOeste de Festivais, o Circuito Amazônico de Festivais Independentes e o Circuito Sul de Festivais. A Rede foi idealizada e fomentada pelo Fora do Eixo no final de 2011 e compreendeu, em seus circuitos regionais, 107 festivais em 88 cidades promovendo a circulação de 6 mil artistas. https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-aksnc6/208911_446165135405782_1645153066_n.jpg FESTIVAL FORA DO EIXO O Festival Fora do Eixo é uma das principais ações capitaneadas pelo Circuito Fora do Eixo com foco na circulação de artistas de destaque no novo cenário musical brasileiro e também prevê programação de artes integradas, formação e intervenções. No ano de 2012 o Festival tomou corpo pela terceira vez no estado do Rio de Janeiro - Niterói, Nova Friburgo e a capital carioca - apresentando artistas de relevancia no cenário nacional como Teatro Mágico, Autoramas e El Efecto. O encerramento foi uma grande noite no Circo Voador lotado ao som de Gaby Amarantos. Belo Horizonte realizou também este ano sua terceira edição do Festival Fora do Eixo durante o Congresso Regional trazendo em sua programação artistas em relevância no estado. Dentre a programação Pedro Moraes e Renegado se apresentaram juntamente com uma edição do já tradicional Duelo de MC’s da capital. TURNÊS INTERNACIONAIS 2012 foi um grande ano de conexões internacionais para o Fora do Eixo, principalmente na latino-america, fortalecendo e ampliando as conexões já existentes e desenvolvendo novas através das colunas e circulações dos agentes da rede pela América Latina. Viabilizando, assim, rotas para artistas, percursos de formação e articulações no Movimento Social das Culturas. Foram 8 bandas internacionais realizando turnês fora do eixo, adivindas da Argentina, Colômbia , Chile, Guatemala e EUA, fortalecendo a troca cultural entre o Brasil e a América Latina. 32


EVENTOS FORA DO EIXO Noites FDE, Cedo & Sentado e outros O Eventos Fora do Eixo são pavimentos sólidos das plataformas de circulação do Fora do Eixo. São através delas que os coletivos tem a oportunidade de praticar em escala pequena e média, mas cotidianamente, as ferramentas de produção colaborativa desenvolvidas pela rede. Sempre incluindo uma banda de fora da cidade, geralmente em turnê, e uma banda local, o evento conta cobertura colaborativa e banquinha Fora do Eixo sendo um espaço onde colaboradores da rede podem laboratoriar suas primeiras experiências na produção de evento coletivamente. Em 2012 tivemos a realização de cerca 800 Eventos Fora do Eixo realizados por coletivos de todas as regiões do Brasil. Foram diversos Cedo & Sentado, inúmeras Noites Fora do Eixo, e mais uma grande variedade de eventos envolvendo música e bandas: Domingo na Casa, Bera Night, Engata Segunda, Engata Quinta, Cabarés FDE entre outros.

33


34


Distro A Distro Fora do Eixo é a frente responsável pela distribuição de CDs, revistas, DVDs, livros, camisetas e outros produtos culturais pelos coletivos do Fora do Eixo. Fomenta o escoamento de materiais por meio de uma rede de Banquinhas presente em mais de 100 cidades brasileiras. Desenvolve também a plataforma Compacto.REC, selo virtual pautado na livre difusão de conteúdos e na promoção de novos nomes da música brasileira a partir do lançamento de álbuns para download gratuito. Possui o selo independente Fora do Eixo Discos, o qual realiza o lançamento de artistas e bandas do cenário nacional.

35


BANQUINHA FDE A banquinha faz parte da rede de distribuição física de produtos culturais e é consolidada sobre os princípios de formação de uma Rede Nacional Solidária de Produtos Culturais. É responsável pela comercialização qualificada dos produtos, sendo a ferramenta usada para fazer o escoamento local de produtos culturais, além de buscar fornecedores qualificados e preços ou serviços que atendam as dinâmicas da economia colaborativa. COMPACTO.REC O Compacto.Rec é um projeto de lançamento mensal de álbuns virtuais em rede com o objetivo de estimular a circulação e distribuição de bandas da cena independente brasileira. Os agentes que integram a equipe são oriundos dos mais distintos lugares do país que, através da interenet trabalham em conjunto executando toda a pré-produção do Compacto.Rec: uma compilação com músicas, letras, release, fotos, vídeo, banners e avatares, que são divulgados em todos os veículos de comunicação integrados ao Circuito Fora do Eixo. O projeto teve início em 2007 quando sete produtos foram disponibilizadas na rede, como Filomedusa e Bang Bang Babies. Em 2009, passou a lançar também álbuns inteiros, gerando um total de 4.620 downloads (até dezembro de 2009), tendo o compacto.rec da banda Porcas Borboletas quebrando o record de 3000 downloads. Nos anos anteriores o Compacto.Rec trouxe diversos lançamentos que deram ênfase ao projeto, como a banda cuiabana Macaco Bong com seu álbum “This is Rolê” o sucessor de “Artista Igual Pedreiro”, o paranaense Nevilton, a mineira Uganga, deu destaque a Coletânea Grito Rock América do Sul 2010, lançou o primeiro material solo do Jair Naves, ex-Ludovic, realizou no mês de outubro seu primeiro lançamento internacional com o álbum “YYY” da banda Falsos Conejos de Buenso Aires (ARG). SELO COLABORATIVO O selo faz a distribuição livre do que pode ser denominado “A Nova Música Brasileira” e/ou “Latina”, possuindo lançamentos quinzenais de músicas, álbuns, coletâneas, podcasts e vídeos através de um portal próprio, alternando lançamentos brasileiros com lançamentos de países latinos. SELO FORA DO EIXO DISCOS O Fora do Eixo Discos é um selo dedicado a novos artistas que se despontam no cenário independente nacional e internacional, que tem como objetivos a produção, distribuição e difusão de música e produtos culturais, visando a diversidade estética e o uso de diferentes linguagens e tecnologias de difusão.

36


37


Palco O Palco Fora do Eixo é uma das frentes temáticas de atuação do Fora do Eixo, com o intuito de estimular e horizontalizar as ações e experiências coletivas relacionadas às artes cênicas e corporais, compreendendo as linguagens da dança, teatro, circo e performance. O Palco Fora do Eixo, por sua vez, tem como objetivos principais fomentar, difundir, realizar, mapear, apoiar, divulgar e debater manifestações das artes cênicas no Brasil em rede, através de plataformas, campanhas e projetos como o Festival Palco Fora do Eixo: Cenários Possíveis, Cabaré Fora do Eixo, Grito EnCena, entre outros.

38


CENÁRIOS POSSÍVEIS O Circuito de Festivais Palco Fora do Eixo: Cenários Possíveis têm um caráter não competitivo e prima pela divulgação, difusão e fomento das manifestações cênicas locais, estaduais e nacionais. O festival prevê cinco etapas que promovem mostras colabotavicas em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Amapá e Rio de Janeiro. Com foco nas Artes Cênicas o festival compreende atividades de Teatro, Circo e Dança. No intuito de galgar espaços de intercâmbio e formação livre no campo das artes cênicas, o circuito tem como foco o desencadeamento de diálogos e a promoção de ações entre grupos e agentes da cadeia produtiva das Artes Cênicas no Brasil. Por meio de espetáculos, oficinas, transmissões, debates estéticos e políticos, Cabarés Fora do Eixo, Pós Tv, observatórios, o circuito fomenta as práticas cênicas em cada um dos cinco estados brasileiros, bem como estimula o andamento de intersecções culturais. CABARÉ FORA DO EIXO O Cabaré Fora do Eixo é um projeto que foi inaugurado há cerca de um ano com a proposta de promover a circulação e o intercâmbio entre artistas, cenas, grupo, coletivos e produtores. O #CabareFdE funciona como um espetáculo colaborativo que conecta cenas por meio da costura feita por um Mestre de Cerimônias. O projeto têm apresentado cada vez mais casos de coletivos que replicam a tecnologia, realizam os cabarés em suas localidades e interagem com a proposta. GRITO ENCENA Grito EnCena visa realizar o mapeamento de produtores e artistas interessados em desenvolver ações com outras linguagens, como teatro, dança, circo, entre outras, durante a programação do festival Grito Rock. TURNÊS A ideia das tours desenvolvidas pela frente de artes cênicas do Fora do Eixo é disseminar as bases de atuação da cadeia produtiva das artes cênicas no Brasil. De quebra, o Palco FdE alimenta a vontade dos grupos e coletivos em difundir seu trabalho no país, contribuindo para a formação de plateia e para a consolidação da integração das artes. INTERA Linguagem artística com um campo aberto de interação com o audiovisual, as artes cênicas interam as atividades com uma oficina ou performance a se realizar na SEDA. A Intéra cria uma rota de circulação de artistas pelas SEDAs, possibilitando a realização de um grande número de apresentações de teatro através das mais de 50 cidades realizadoras do festival pelo Brasil.Pra realizar um bem bolado que contemple as artes integradas em um amplo espectro, o Palco Fora do Eixo intéra com as indispensáveis artes cênicas.

39


Poéticas Visuais A Poéticas Visuais é uma frente de atuação do Fora do Eixo que cruza 3 principais linguagens: Fotografia, Design e Arte Urbana. Seu foco está na produção, distribuição e circulação de processos e produtos que permitam a democratização das tecnologias na área. A busca pela transversalidade e interdependência criativa das diferentes áreas artísticas é a matéria prima fundamental desta frente, caminhando assim para a desmistificação do artista especialista como criador, promovendo um alargamento da produção, partindo da premissa de que todo o indivíduo é um ser criativo e o novo contexto de acessibilidade das tecnologias permitem o aprofundamento deste indivíduo em desenvolver sua poética própria.

41


CONPACTO.ARTE O Compacto.Arte é o projeto que viu nas sedes e espaços fixos que o Fora do Eixo possui por todo país, ricos pontos para a instalação de obras e ações artísticas, que contemplam diferentes gêneros de artes visuais, como grafitti, colagem, stencil, pintura, esculturas, performance, instalação, dentre outros, sendo o projeto responsável pela qualificação estética desses espaços, deixando-os climatizados ao trabalho com Cultura Independente e ao público jovem, sendo zonas fixas de contaminação e disseminação das obras artísticas que integram a vivência nesses espaços. O projeto tem como objetivo incentivar a correlação das diversas expressões artísticas, democratizar o acesso e entendimento da arte, ampliar o repertório cultural de agentes atuantes para possibilitar a fruição estética a fim de ativar uma visão críticaartística do indivíduo em relação a cidade COBERTURA COLABORATIVA Projeto de documentação de eventos e acontecimentos de forma colaborativa, no qual a fotografia tem grande relevancia como linguagem capaz de ser produzida e difundida de maneira veloz. MEMELAB Laboratório de memes, criação de imagens e audiovisual focado em temas atuais. NÚCLEO DE DESIGN Nucleo responsavel por toda producao de pecas institucionais e demandas externas de design, que abastece diversos movimentos e organizacoes pelo Brasil. NÚCLEO DE FOTOGRAFIA Nucleo interessado na producao e difusao da fotografia na rede. INTERCAMBIO HUELLAS DEL ARTE Programa de conexao latino americana atraves da arte, com fomendo a producao e circulacao de agnetes em seus territorios. EXPO.GRITO A Expo.Grito fornece todas as informações e suporte para que sua edição do festival possa dialogar com artistas visuais e com a cidade, de forma a ocupar espaços públicos com arte. Seja a partir de uma articulação local ou de uma circulação, o produtor pode acessar uma cartilha que decupa, do planejamento a avaliação final, todos os passos para planejar suas atividades na área.

42


FOTOGRAFA.GRITO Mais do que comunicar, a fotografia faz parte do memorial cultural da sociedade, sendo uma das frentes mais importantes dos festivais. Afim de estimular e contribuir com a formação de profissionais, incentivar o registro das edições dos festivais e potencializar a ação com belas imagens. COLA AQUI Projeto de intervenção urbana que explora a técnica de stickers (adesivos). Para cada edição é realizada uma chamada mundial para que artistas enviem, via correio, seu trabalho autoral, que é então colado colaborativamente em um espaço coletivo, modificando este espaço e iniciando o processo de interação que tem continuidade após o término do evento. Este projeto é uma proposta do Coletivo Desdobra, de Marília (SP), e em 2012 deverá chegar em sua 5 edição. Nas 3 edições realizadas até 2011, foram colados inúmeros stickers que foram enviados por 50 artistas de 11 países.

43


Clube de Cinema O Clube de Cinema iniciou suas atividades em espaços alternativos de exibição, que rapidamente se multiplicaram e criaram a necessidade da articulação dessa exibição contínua. Dialogando com as redes do audiovisual (Conselho Nacional de Cineclubes/ Cine+ Cultura) atua na distribuição descentralizada dos filmes (apenas 8% dos municípios brasileiros tem salas de cinema) para que as barreiras do audiovisual sejam superadas em filmes mais vistos, com maior presença em território nacional, e de livre circulação (750 sessões de 43 filmes distribuídos em 17 estados em 2011). Visualizando o desenvolvimento dessa gestão através das Casas Fora do Eixo, o CdC também se atualiza destituindo a figura de um coordenador nacional, a gestão passa por representantes regionais, responsáveis por executar e conectar sua região executando projetos de integração e comunicação entre cineclubes, distribuição de filmes, investindo na circulação de cineastas, pensadores, articuladores da cultura audiovisual e produtores de mídia livre. Para isso em 2012 tem como foco estruturar e expandir projetos estratégicos: PosTV, Distribuidora DF5 e SEDAs para a conexão de diversos pontos espalhados pelo país. A produção se subdivide entre a tradução das frentes mediadoras e sua conexão com as frentes produtoras (fesl, fel, palco, música, poéticas, nós ambiente) na capacidade de articular um audiovisual ao vivo (postv) na velocidade da comunicação online, gerando aprofundamento temático redistribuído em tvs públicas, produção de campanhas, séries de vídeos conectados com os projetos estratégicos das frentes do circuito. Para articular, implementar e formar uma política prática de desenvolvimento audiovisual o Clube de Cinema investe na produção, exibição, comunicação, intercâmbio e circulação de agentes em plataformas diretas com público, produtores e artistas. As principais ações desse intercâmbio buscam fortalecer a ocupação dos Festivais assim como a produção das SEDAs, o principal evento audiovisual integrado da rede que propicia a criação de espaços de formação e articulação local.

45


PÓSTV A posTV é um projeto que faz a interface entre a Comunicação da rede e a difusão e produção de conteúdo audiovisual. Plataforma online que está em conexão direta com a produção de vídeos dos coletivos e parceiros, sendo estes os proponentes de pautas/ vídeos que vão se inserindo na formulação de novos programas ou nos já existentes, com convidados locais e como participantes. Através da #PosTV conseguimos a consolidação de parcerias locais e manutenção do diálogo constante entre políticas públicas, integração local/global e sociedade civil. Sendo o principal veículo de disseminação e nivelamento da informação, é ferramenta de horizantalização do debate onde o espaço para a criação pretende gerar uma renovação estética da linguagem televisiva. DF5 Pela DF5 realizaremos todas as ações de articulação dentro da Distribuição audiovisual no país, entendendo a relação com a rede de cineclubes como pauta fundamental nesse debate. Através da DF5 se dá então o planejamento da ocupação dos cineclubes onde a parceria com o CNC, CineMais, ABDs, Pontos de Cultura, entre outros é fundamental para esse processo. É dentro da DF5 então que desenvolvemos os projetos de Lançamento Integrado, Compacto.Cine e Turnês. Desse modo a DF5 tem papel fundamental no que tange as relações externas do CdC, sendo o principal canal que faz a ponte entre realizador e exibidor, viabilizando parcerias com realizadores, distribuidoras, produtoras e coletivos audiovisuais. SEDA As SEDAs irão ocorrer entre Abril e Junho do ano de 2012, funcionando como festival integrado de modo semelhante ao Grito Rock. Com isso criamos os circuitos regionais de SEDAs numa ação que busca integrar agentes, convidados, artistas e obras em uma circulação possível entre as edições. As SEDAs prevêem mostras, oficinas, apresentações e debates, são entendidas como sendo uma grande ação do coletivo que gera um forte fomento a cadeia produtiva local trazendo visibilidade pro coletivo e o aproximando de parceiros, colaboradores e do próprio público audiovisual. As SEDAs tem o papel de fazer interface com outros festivais de cinema, é um projeto que pode buscar parceria com vários deles e conseguir assim maior alcance e visibilidade. LABORATÓRIOS Busca experimentar modelos audiovisuais (nas áreas de exibição, realização, transmissão, intercâmbio e formação) para capacitar os coletivos no desenvolvimento dos projetos pilares do CdC. Os Laboratórios irão não só agir na experimentação da linguagem mas também na busca pela intersecção dessas áreas dentro do audiovisual entendendo a conexão existente entre elas e buscando uma atuação que fomente invariavelmente a cadeia produtiva local, se conectando com grupos já atuantes na cidade. A proposta é que os Laboratórios tenham espaço e equipamentos adequados para realização de programas ao vivo, oficinas, vivências de formação e gravações externas. 46


((( ï ))): As Interferências Imaginárias é o selo do CdC para integrar os VJs e performers - artistas que lidam com a audiovisual transbordando os conceitos da linguagem. O selo é de amplitude nacional e busca conectar as produções desses artistas afim de facilitar as trocas entre eles e de também realizar o agenciamento dessa frente, sistematizando as ações e abrindo cardápios de serviços a festivais e eventos como um todo. É pautado pelo filosofia do código aberto e pelo compartilhamento de materias e métodos de produção, com a criação do banco de imagens e com a construção de cartilhas que aprofundem a prática técnica e explorem as potencialidades da linguagem. PRODUÇÃO DE CONTEÚDO INSTITUCIONAL Visualizado como parte do setor Mídia, a produção de conteúdo audiovisual de caráter institucional está inserido como interface do CdC e do CMM. Vts de eventos do FdE, video-releases de projetos, apresentações, campanhas. PROJETO M.I. Juntamente com o Centro Multimídia o CdC estimula a criação de pontos de mídias colaborativas, o projeto M.I. - Mídias Integradas, iniciado em Cuiabá. A partir da reunião convocatória, acompanhamos a sistematização, planejamento e criação do organograma do núcleo colaborativo, que conta como base na cidade, o Centro Multimídia do Ponto Fora do Eixo local. O projeto visa atender os eventos e a própria base de comunicação de cada uma das cidades. No primeiro semestre o foco é mapeamento de pontos parceiros e inicio dos trabalhos, focando em sua sistematização na segunda etapa do ano. DELÍRIOS DE UM CINEMACÍACO O longa metragem Delírios de um Cinemaníaco será finalizado no primeiro semestre de 2012 e será o carro chefe da realização da cinematográfica da rede sendo posicionado não só em festivais e mostras, mas em debates gerais acerca das ideologias de produção audiovisual, já que as Tecnologias do FdE permeiam todas as etapas de produção, distribuição e exibição do filme. Seu lançamento está previsto para o segundo semestre de 2012. GRITO DOC Dentro do Grito Rock o CdC já desenvolve ações como o Grito.DOC e participação na cobertura colaborativa, e esse ano vem desenvolver a PosTV com um programa específico para trazer atualizações de todos os Gritos, escoando assim o material produzido pela comunicação de cada evento. As Interferencias Imaginarias também vem a atuar em uma interface direta com o agenciamento de vjs dentro dos Gritos assim como a DF5 atua na realização de mostras e articulação com a produção audiovisual local.

47


COBERTURA COLABORATIVA Atividade que integra pessoas de qualquer idade e formação com o objetivo de registrar e divulgar eventos em todos os segmentos. É a partir de conceitos de mídia livre e colaborativismo que fotógrafos, redatores, videomakers e social midias terão a oportunidade de participar de um dos maiores festivais integrados do mundo e trocar experiências sobre comunicação livre. COMPACTO.CINE Compacto.cine é a atualização do projeto de distribuição da DF5, onde serão lançados longas e curtas metragens independentes bimestralmente, de maneira mais conectada com a FdE Distro, contando com a tecnologia de distribuição criada pela frente para difundir os filmes virtualmente e fisicamente. Os lançamentos pretendem atingir cineclubes e pontos exibidores por todo país, para isso serão trabalhadas campanhas específicas por lançamento e também será feito contato direto com os exibidores, garantindo a participação de um número maior de cines. A principio serão buscados os principais cineclubes do C+C e os cineclubes do CNC, além do fomento a exibição nas listas estaduais de cinema. SSEMINÁRIO AUDIOVISUAL Como o princípio também de capacitação interna da rede, o Seminário Audiovisual tem como objetivo explorar a conjuntura nacional do cenário audiovisual para uma expansão das ações do CdC como um todo, principalmente na relação com outras redes, parceiros estratégicos, produtores e realizadores. O Seminário será realizado em Abril, devendo reunir o máximos de agentes CdC de toda a rede. TURNÊS DE FILMES Expandindo um dos principais projetos laboratoriados em 2011, as Turnês de Filmes visam juntamente com o Compacto.Cine atuar fortemente na Distribuição de obras audiovisuais independentes potencializando as Tecnologias de Difusão do CdC. Pelas turnês os filmes são distribuidos para os cineclubes realizarem as sessões com a presença dos realizadores das obras. As rotas a serem traçadas irão fortalecer também a relação com os Cineclubes alimentando a cadeia de distribuição independente. A Turnê Bollywood Dream será o primeiro projeto de turnê do ano, e terá como meta chegar a um público maior do que os 7.000 alcançado pelo filme no circuito comercial.

48


49


Nós Ambiente O Nós Ambiente, frente socioambiental do Circuito Fora do Eixo, tem como missão contribuir para uma sociedade mais sustentável através de ações que promovam os valores da democracia, da justiça social e do respeito socioambiental. O Seu objetivo é trabalhar, através das dinâmicas e tecnologias do Fora do Eixo, as questões relativas a Cultura, Sociedade e Meio Ambiente.

51


Tecnologias Livres Frente de trabalhos responsável pela articulação das Tecnologias, principalmente computacionais, do Fora do Eixo. Sem o objetivo de determinar o uso de tecnologias livres, a frente atua no sentido de buscar cada vez mais a adoção e a migração para o código aberto, sendo responsável por encontrar soluções tecnológicas que auxiliem o desenvolvimento e manutenção da rede. Também é o canal de comunicação entre o Fora do Eixo e movimentos de software livre, ajudando a trazer as discussões para dentro da rede. Criada em 2011 durante o III Congresso Nacional do Fora do Eixo, a Tec Livre era gerida anteriormente pela Tecnoarte, porém, com o aparecimento de novos quadros, demandas e discussões mais amplas, a frente passou a integrar o organograma da Mídia Livre.

53


SELOS E PACOTES TEC LIVRE Afim de migrar gradativamente os agentes do Fora do Eixo para ferramentas livres, alinhando o debate conceitual com a pratica. A ideia é lançar pacotes (listas de programas) na rede, onde quem começa a usar ganha um “selo” da Tec Livre. A lista de programas acompanhará outros recursos de suportes, como sites e fórums que podem auxiliar o uso. CARTILHAS E OBSERVATÓRIOS Desenvolver e hackear tutoriais e cartilhas que auxiliem na resolução de problemas do dia a dia da frente, apresentem novas soluções e ferramentas livres para a rede e forme novos agentes. MIGRAÇÃO Incentivar o uso de sistemas operacionais livres. WORDPRESS Formar quadros em wordpress, a plataforma de desenvolvimento de sites mais usada na rede, através de oficinas, observatórios, cartilhas, palestras e workshops. OCUPAÇÃO DA WIKI Manter a Wiki como principal fonte de informação insticucional da rede, traduzindo-a para outras línguas e mantendo-a sempre atualizada.

54


55


Retr么


57


JANEIRO Fórum Social Mundial Porto Alegre/RS O Fórum Social Mundial é o encontro entre representantes de vários países e sociedade civil em uma discussão prévia da Cúpula dos Povos Rio+20, pautada pelas seguintes ocorrências: cris e capitalista, justiça social e ambiental. O Fora do Eixo participou ativamente por meio de coberturas midialivristas, presença nos debates, mobilizando agentes de vários pontos regionais do circuito FdE. Conexões Globais 2.0 Porto Alegre/RS Conexões Globais 2.0 é o encontro de articulação e discussão sobre as manifestaçõeas e ferramentas de Cultura Digital. Mobilizou pessoas de vários cantos do mundo fundamentado-se na horizontalidade de informações. Neste contexto, o Fora do Eixo integrou o Forum Mundial de Mídia Livre e compôs a agenda do encontro na ação Diálogos Globais, uma conversa multimídia que uniu os cinco continentes em tempo real via internet. Forum Mundial de Mídia Livre Porto Alegre/RS Em dois dias de programação, a edição 2012 do Fórum de Mídia Livre reuniu debatedores desconferencitas em atividades organizadas em três eixos principais: direito à comunicação, apropriação tecnológica e políticas públicas. Entre as principais propostas do FML esteve a construção do II Fórum de Mídia Livre na Rio+20, que aconteceu em Junho deste ano. O encontro acontece nos dias 27 e 28, na Casa de Cultura Mário Quintana. Leia mais na página do evento. Encontro do PAN Porto Alegre/RS O FdE organizou um encontro do seu Ponto de Articulação Nacional, conselho deliberativo que media e articula as ações que formam os arranjos criativos locais, debatendo pautas da rede e aprofundando o programa de seus simulacros. Agentes de todas as regiões do Brasil se reuniram em Porto Alegre para as atividades do Encontro simultâneo ao Fórum Social Temático e à Conexões Globais 2.0.

58


Encontro da Música São Paulo/SP Aconteceu a imersão da Música FdE. Centenas de pessoas se encontraram na Casa Fora do Eixo SP para debater o programa da Música para 2012. Foi uma semana de debates internos e com convidados de fora da rede, contribuindo na definição dos caminhos para se desenvolver a músicas e suas tecnologias. Figuras como Dago Donato, David McLoughlin e Pedro Alexandre Sanches colaboraram do processo. Leia mais! Imersão São Paulo São Paulo/SP Com mais de 30 coletivos paulistanos se reuniram para uma imersão na Casa Fora do Eixo São Paulo para definir o planejamento de 2012. Foram 94 pessoas finalizando o planejmento das ações de formação junto com a Universidade Livre FdE. A imersão proporciona o aprendizado dos agentes ao experimentarem uma breve vivência na Casa, convivendo com o ritmo do fluxo de trabalho dos moradores, interagindo e trocando figurinhas sobre suas experiências dentro do circuito. Cracolândia São Paulo/SP Vários de coletivos, grupos e entidades se organizaram para um “churrascão diferenciado” na Cracolândia, tipo de mobilização marcada como forma de combater, de maneira bem humorada e crítica, o preconceito dos políticos e das elites paulistanas. Com instrumentos, cartazes, idéias, e alimentos as pessoas protestaram, dialogando em defesa dos moradores do local, que seriam expulsos da Cracolândia. Lançamento Núcleo de Fotografia Fora do Eixo São Paulo/SP É lançado o Núcleo de Fotografia Fora do Eixo com um ensaio fotográfico que retrata as experiências, vivências e espaços cognitivos criados pela rede. O setor integra as frentes Multimídia, Clube de Cinema e Poéticas Visuais. As fotografias alcançam grande visibilidade na rede de forma muito rápida e possuem simbolismo instantâneo, onde uma imagem fixa pode tem bastante representatividade.

59


Projeto Dj Residente no MAM São Paulo/SP O projeto DJ Residente cria trilhas sonora para os espaços de exposição do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Neste ano, a curadoria foi realizada pelo Fora do Eixo e teve em sua primeira etapa uma colaboração entre o DJ Tudo, Noisy Loops e La Golden Acapulco. O lançamento do projeto foi junto a vernissage da exposição “O retorno da Coleção Tamagni”, possibilitando interações criativas na construção de Fora do Eixo no Stop SOPA No dia 19 de Janeiro, sob os parâmetros da liberdade de expressão, acesso e conteúdo na internet, e com vias a valorizar a filosofia dos softwares livres, o Fora do Eixo também integrou o black out promovido pelo Anonymous, ao tirar seus sites do ar durante doze horas. A ação foi um manifesto contra o projeto de lei norte-americano Stop Online Piracy Act (SOPA). Leia mais sobre o assunto no Tecnoblog. Coletivo Dom Quixarte: “Blah!” Quixadá/CE A discussão sobre Violência x Cultura em Quixadá, interior do Ceará, inaugurou mais uma roda de conversas transmitias em tempo real do coletivo Dom Quixarte. O programa intitulado “Blah!” mobilizou grande parte da juventude da cidade para a reflexão sobre violência na cidade e reafirmo a QuixTV, emissora virtual do coletivo, como ferramenta alternativa de expressão midiática. Conheça o melhor o programa! Sarau do Coletivo Corrente Cultural Poços de Caldas/MG Aconteceu o primeiro sarau promovido pelo Coletivo Corrente Cultural no ano de 2012 no Espaço Juntô. A ação foi recheada de poesia, prosa, música, pão de queijo e outros quitutes, unindo todas as características possíveis e impossíveis que habitam o universo poético e lírico. O termo “sentir-se bem” foi levado ao pé da letra, o clima de irreverência fez com que tudo fluísse de forma natural.

60


FEVEREIRO Grito Rock 2012 205 cidades e 15 países Em sua 10º edição, o Grito Rock aconteceu de norte a sul do país entre fevereiro e março, passando pelo interior de todos os estados nacionais, por outros 15 países como México, Portugal, Argentina, Chile e Estados Unidos, somando 205 cidades realizadoras. Cerca de 200 mil pessoas presenciaram o Grito Rock e em algumas cidades, a platéia alcançou milhares de expectadores, como em Campinas, com 3 mil, João Pessoa e Florianópolis com 5 mil e em Manaus, onde circularam 22 mil pessoas em todo o evento. Nos palcos, 1350 shows, 24% a mais que o ano anterior, somando 34 turnês pelos festivais, sem contar os diversos espetáculos de artes cênicas e corporais, exposições de artes visuais, saraus, exibições, oficinas e debates. Confira o relatório completo do Grito Rock 2012 [http://mad.ly/8d5872] e fique por dentro da edição de 2013 [http://gritorock.com.br/]. Carnavais retomam as ruas do país Brasil Um ano pra ficar na história do Carnaval brasileiro, onde milhares de foliões ocuparam as principais ruas e avenidas do país, retomando as origens da manifestação. São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Porto Alegre, Manaus e dezenas de cidades interioranas passaram a reviver o carnaval como nos velhos tempos, após anos de tentativas de blocos independentes e manifestos carnavalistas. A cada bloco, diferentes culturas, crenças, raças e cores, que se uniram em uma verdadeira festa popular. O Fora do Eixo não perdeu a folia e foi às ruas de Unidos do Cambucci, Acadêmicos da Baixa Augusta, Bloco do Grito, Bloco da CasaFdE NE, entre outros, carregando diversas bandeiras e registrando os melhores momentos. Fora do Eixo recebe o Prêmio Orilaxé pela diversidade sexual Rio de Janeiro/RJ Promovido há mais de 10 anos pelo Afroreggae, o Prêmio Orixalé visa promover a inclusão e a justiça social, utilizando a arte, a cultura afrobrasileira e a educação como ferramentas para a criação de pontes que unam as diferenças e sirvam como alicerces para a sustentabilidade e o exercício da cidadania. Na 12ª edição da premiação, o Fora do Eixo esteve ao lado de uma série de iniciativas transformadoras de todo o país, e foi reconhecido por sua diversidade sexual.

61


Mídia Livre participa ativamente da Campus Party São Paulo/SP De 6 a 12 de fevereiro a Mídia Livre Fora do Eixo esteve na Campus Party, o maior evento de tecnologia e internet do mundo que acontece há mais de 5 anos em São Paulo, onde em alguns dias é apresentado o que há de mais inovador em ciência, cultura e entretenimento digital. Assim, os midialivristas da rede ocuparam stands em parceria com a Revista Trip com a Pós TV, transmitindo debates ao vivo direto do evento, apresentaram o projeto e ministraram oficinas de transmissão e produção de programas ao vivo pela internet. Lançamento SPresso SP São Paulo/SP Mais de 300 pessoas lotaram a Casa Fora do Eixo São Paulo no dia 08 de fevereiro para conferir em primeira mão o portal SPressoSP em um dia de reflexões e programação cultural. A busca por uma mídia alternativa, independente e livre guiou as discussões entre jornalistas, ativistas da cultura digital e midialivristas, em um dia inteiro de transmissões pela PósTV. No pub da Casa, Marco Nalesso e a Fundação deram o tom da festa, enquanto artistas visuais mudavam a decoração. Fora Rodas São Paulo/SP Alunos da USP realizaram uma série de manifestações na ultima semana de fevereiro contra João Grandino Rodas, reitor da universidade. Integrado à programação da calourada, o movimento Fora Rodas colocou centenas de manifestantes nas ruas, que foram violentamente reprimidos pela polícia. Diversos debates aconteceram ao longo dos dias, abordando temáticas infelizmente comuns em São Paulo, como os casos do Pinheirinho e da Crackolandia. A Mídia Livre Fora do Eixo acompanhou todo o caso e fez o registro. Edital de Vivencia PosRancor São Paulo/SP A Universidade Livre Fora do Eixo é parceira na pesquisa “Profetas do Pós Rancor”, de Cláudio Prado. Com o intuito de dar voz a pessoas revolucionárias, trazendo à tona seus pensamentos e atitudes transformadoras, a pesquisa contou com a particiapação de Manuela Muniz, de Vitória da Conquista, que se inscreveu no edital da UniFdE e para auxiliar na busca de nomes que não podem ficar de fora da pesquisa.

62


Digitália Salvador/BA O Digitália Festival e Congresso Internacional de Música e Cultura Digital, aconteceu de 1 a 4 de fevereiro em Salvador, onde reuniu diversas iniciativas que relacionam a música às novas tecnologias da informação e comunicação. O evento serviu ainda de ponto de encontro para especialistas como Gilberto Gil, Oona Castro, Cláudio Prado, Rodrigo Savazoni e Sérgio Amadeu, que participaram dos debates e rodas de conversa, e fizeram da Bahia um dos primeiros campus temporários da Universidade Livre Fora do Eixo em 2012. Grandes nomes da música brasileira como Criolo, MC Marechal e novos artistas independentes também marcaram sua programação cultural. Reuniões do Fora do Eixo passam a ser ainda mais abertas! Hábito tradicional para o Fora do Eixo é realizar regularmente reuniões gerais com a participação de agentes culturais de todo o país e parceiros da rede. Tweetcam, Webradio, Skype, IRC e até MSN já foram utilizados para conectar o norte ao sul do país, e em 2012 outros formatos de reuniões foram testados a fim de deixar o processo mais transparente. A partir de fevereiro, quinzenalmente, o maior encontro virtual da rede passou a ser transmitido pela #PosTV, com a participação dos coletivos e convidados pelo Skype (pos.tv) e pelo canal #foradoeixo no IRC. As atas são sempre disponibilizadas na Wiki. Início dos Editais Permanentes da Uni A Universidade Livre Fora do Eixo e a Universidade das Culturas firmaram parceria no início de 2012 e lançaram o Edital Permanente de Vivências, disponibilizando vagas para diferentes frentes de trabalho nas Casas Fora do Eixo. As vagas ficam disponíveis conforme a capacidade das Casass de receber viventes, e a oportunidade é para aqueles que querem vivenciar na prática a formação livre. Para saber mais, entre em contato com a UniFdE pelo email universidade@foradoeixo.org.br Coluna Sul Regional Sul Agentes da Casa Fora do Eixo Porto Alegre caíram na estrada no mes do carnaval para prestigiar as edições do Grito Rock no Sul do país. Cidades realizando o festival, e recebendo a Coluna, que além de colaborar com a produção do evento, participou de uma agenda de reuniões estratégicas com parceiros e coletivos.

63


Coluna FdE Rondônia Regional Norte A Casa Fora do Eixo Rondônia passou pelas cidades de Cacoal, JiParaná e Vilhena de 7 a 12 de fevereiro com a Coluna 364, conectando agentes culturais do norte do país e integrando novas parcerias à rede. Marcos Nobre, Neila Azevedo e Rafael Altomar foram os enviados pela Universidade Livre Fora do Eixo, e fizeram o registro em fotos, vídeos e relatos dos encontros. Com mais de 106 pessoas diretamente envolvidas, a Coluna percorreu mais de 1400km em 105h de viagem. Nova formação Macaco Bong Música Depois de 7 anos na estrada, muitos discos vendidos e inúmeros shows por todo o país, o Macaco Bong começou 2012 com uma nova formação. O conhecido power trio instrumental que já foi um quinteto e teve até um vocalista em seus primeiros shows, conta agora com Gabriel Murilo no contrabaixo. Mineiro e pósgraduado em música, conheceu os Bongs durante a pesquisa para seu TCC sobre a banda e em meio às gravações de This is Rolê, disco lançado no segundo semestre de 2012, e então, foi convidado a integrar o grupo. Observatório WIKI São Paulo/SP No dia 29 de fevereiro, a Casa Fora do Eixo São Paulo recebeu membros do movimento Wikimedia Brasil para um Observatório sobre a plataforma, onde foram apresentadas suas ferramentas e funcionalidades, e discutidos os avanços e atualizações da Wiki Fora do Eixo. O Movimento Wikimedia Brasil é um grupo de contribuidores voluntários que se mobilizam para articular e incentivar a produção colaborativa e a disseminação inclusiva de conhecimentos livres. Criada de forma colaborativa e livre, a página do Fora do Eixo na Wikimedia [http://www.wikimedia.org/] tem o intuito de registrar conhecimento e tecnologias ligadas à produção cultural, agrupando e organizando as tecnologias sociais desenvolvidas pela rede nos últimos anos. Hoje a página é um grande repositório de informações sobre a rede, atualizada por agentes de todo o país, confira [http://wiki.foradoeixo.org.br].

64


Conselho Estadual de Cultura de BH Belo Horizoznte/MG Agentes culturais de Belo Horizonte se reuniram no dia 29 de Fevereiro para discutir a implementação do Conselho Estadual de Cultura em Minas Gerais. O descontentamento com a forma que o Conselho está sendo implementado, com ausência de diálogo com o setor cultural, pequena participação da sociedade civil e a pouca representatividade do interior foram o principal ponto de convergência para a mobilização. Reportagens Outras Palavras O Outras Palavras revista digital midialivrista, produziu uma série de reportagens sobre o Fora do Eixo no início do ano, analizando o modo de funcionamento da rede, as mudanças que tem causado no cenário cultural do país e o novo modelo de gestão que propõe. “Cultura: e se o póscapitalismo estiver começando?” é o título da primeira reportagem da série, publicada em 28 de fevereiro, onde Antônio Martins afirma “Tudo o que é apontado pelo pensamento conservador como causador de ineficiência, desestímulo e caos, o Fora do Eixo transforma em fontes de sua energia.” Coluna FdE Grito Rock Rio de Janeiro/RJ Depois das viagens pelo Sul do país e de uma temporada no Rio de Janeiro , a Coluna Grito Rock caiu na estrada mais uma vez, agora com destino à Belo Horizonte/MG. Em pleno encerramento do festival na capital mineira e início das atividades da Casa Fora do Eixo Minas, o evento marcou o primeiro encontro da Coluna com os agentes da Casa, que representam a rede nas articulações locais, estaduais e nacionais. Observatório Palco FdE Casa Nordeste Fortaleza/CE A Casa Fora do Eixo Nordeste realizou no dia 25 de fevereiro um Observatório do Palco Fora do Eixo, frente da rede focada em atuar nas artes cênicas e corporais, fortalecendo a cadeia produtiva da área. O tema aproximou grupos da região e incentivou um planejamento conjunto de ações em projetos como o Cabaré Fora do Eixo, o Grito Encena, circulações e intervenções.

65


Oficina de Fotografia Coletivo CAOS Porto Velho/RO O fotógrafo e cinegrafista Ronaldo Nina ministrou uma oficina na coletivo CAOS, em Porto Velho, nos dias 24 e 25 de fevereiro. Mais de 50 pessoas participaram de cada dia da oficina, onde Nina compartilhou as experiências que adquiriu em 20 anos de trabalho. Números Imersão SP São Paulo/SP Hoje fechamos os números de circulação de conhecimento da Regional São Paulo. Foram 242 pessoas circulando e 397 diárias investidas em projetos de formação livre só no mês de janeiro! As vivências Fora do Eixo não param de crescer, só na Casa Fora do Eixo SP, 24 pessoas já participaram ou estão participando do programa, uma média de 1 pessoa nova a cada 2 dias! ;) A rotina é mais ou menos assim: essa semana chegou por aqui a @manuelamuniz que veio para vivência e pesquisa do PosRancor, ontem veio para somar na equipe do CdC o @Rafael Nerillo, hoje estamos nos despedindo da @Karinny que veio compor a equipe da Mídia e na segunda a @Daiani tá chegando para colaborar nas equipes do Palco e do Partido Fora do Eixo! Excelente as experiências de aprendizagem em rede, do compartilhamento livre e da convivência como elemento essencial para formação! E tamo só no começo de 2012. Observatório FdE Card A UniFde - Universidade Livre Fora do Eixo organizou hoje mais um observatório e o tema: Fde Card ministrada pela galera do Banco Fde. Todo dia é dia de formação! E pra quem quer acompanhar os trabalhos da UniFDE é so curtir a página no facebook ou acessar o site www.iiversidade.foradoeixo.org.br Preparação da Casa Fora do Eixo Rondônia para receber o “Banco Comunitário” A Casa Fora do Eixo Rondônia passou pelo processo de capacitação para o desenvolvimento do projeto “Banco Comunitário”. A ação foi importante para que houvesse a implementação de mais uma moeda social no norte do país. Com vias a reafirmar e difundir os princípios do FdE Card, moeda complementar da rede, a nova dinâmica de trocas da Casa Fora do Eixo Rondônia valoriza os serviços de forma intangível, solidária e criativa.

66


Lançamento “Quanto Vale o Show?” São Paulo/SP Durante o Domingo na Casa, realizado na Casa Fora do Eixo São Paulo, ocorreu o lançamento do projeto “Quanto Vale o Show?”. A dinâmica parte dos princípios da colaboratividade e oferece abertura para que o público estipule o valor de sua contribuição e, assim, viabilize a construção do cachês de acordo com suas impressões. Outros pontos da rede, em várias regiões brasileiras, também aderiram ao projeto. Observatório Compacto.Tec no Grito Rock São Paulo/SP Compacto.Tec foi o tema do terceiro Observatório promovido pelo Fora do Eixo Card durante o Grito Rock 2012. Como uma ferramenta de gestão colaborativa, criada pela rede FdE para otimizar o planejamento e execução dos projetos e frentes de trabalho, o observatṕrio objetivou difundila entre os produtores do Festival. A Casa Fora do Eixo São Paulo transmitiu a ação em tempo real pela Pós TV. Oficina no bairro Campo Lindo São Paulo/SP Com vistas ao estímulo do desenvolvimento de empreendimentos colaborativos e solidários, o Banco Fora do Eixo foi até o Bairro Campo Limpo, no Capão Redondo, Zona Leste de São Paulo, ministrar oficina de finanças solidárias, no Seminário de Articulação ITCPs. Um dos mecanismos de sustentabilidade compartilhado na oficina, foi o Programa Banco de Estímulo, que tem o objetivo de ampliar as possibilidades de recursos para os coletivos da rede Fora do Eixo, potencializando ações culturais já desenvolvidas e que pode servir como base, para a criação de outros programas em contextos diferenciados.

67


MARÇO Não Foi Acidente/Bicicletada São Paulo/SP Depois da morte de uma ciclista na Avenida Paulista, atropelada por um ônibus, ciclistas e ativistas da mobilidade urbana saíram às ruas depois de um chamado nas redes sociais. A chuva ironicamente compareceu à situação de luta, e muitas pessoas expunham com emoção um clamor por uma cidade menos mecânica: “menos carro, mais bicicleta” e “mais amor, menos motor” foram pedidos das cerca de 2 mil pessoas na mesma Avenida Paulista. Uma Ghost Bike foi colocada no local do ocorrido como símbolo do luto. Confira a cobertura completa em fotos: http://bit.ly/YYdNDT Grito Rock Buenos Aires - Emicida e Criolo na Argentina Buenos Aires/ARG Dois emblemas da nova música brasileira, Emicida e Criolo, estiveram juntos no Grito Rock Buenos Aires de 2012, fazendo a história das conexões musicais latino-americanas. O show foi realizado no dia 25 de março, na capital argentina, no palco do tradicional Niceto Club, em uma parceria entre o Fora do Eixo, Studio Bar e Niceto Club. A Casa lotada de Brasileiros e argentinos ovacionou a dupla, escrevendo um importante capítulo no histórico do Festival como potencializador das plataformas de circulação, além da integração artística entre os dois países. Coluna Seu Guevara Buenos Aires/ARG No dia 19 de março, deu-se inicio à Coluna Seu Guevara, projeto de circulação de agentes culturais para trocas, formação e intercambio pela America do Sul. Os agentes que participaram, foram hospedados pelos parceiros do coletivo “La Vecinda”. A Coluna contou com debates, reuniões e cobertura de movimentos sociais locais, além de encontros com parceiros, como o Culebron Timbal, grande projeto-referência nas periferias de Buenos Aires, reunião com bandas em pólos da música independente, debate no Centro Cultural Espanã Buenos Aires com presença de Emicida e participação no Fórum Nacional de Economia Solidária Argentino. Suge a Casa Fora do Eixo Amapá Macapá Com o intuito de fomentar a cadeia produtiva cultural, baseandose na lógica do trabalho colaborativo e utilizando conceitos da economia solidária. Junto com mais de 200 pontos espalhados por todo o Brasil e America Latina,integrado ao Circuito Fora do Eixo.

68


Coluna Femininas Centro Oeste Anápolis/Goias A Coluna Femininas Centro Oeste começou no dia 13 de março, dando partida a uma série de colunas e imersões em Casas Fora do Eixo no Brasil e América Latina, com as agentes Marielle Ramires, Lenissa Lenza e Carol Tokuyo. As gestoras do Partido, Banco e Universidade Fora do Eixo permaneceram em Anápolis - GO até o dia 18, estabelecendo conexões, trocas, encontros com parceiros e agentes da Região Centro Oeste do país. Cinóia/Baixo Centro São Paulo/SP O Cinóia trouxe nos dias 23 e 31 de março ocupação pública e intervenção urbana, ao fazer sessões de cinema sob o Minhocão, viaduto de São Paulo, agregando 150 pessoas para assistirem vídeos realizados pela equipe do Fora do Eixo e o longa “Bollywood Dream” de Beatriz Seigner. A primeira sessão ocorreu na noite de abertura do Festival Baixo Centro, que realizou mais de 100 atividades no centro de São Paulo. Dia 31, teve Cinóia também na programação do Festival, apresentando os filmes “Brega S/A” de Vladimir Cunha e “Ardor Irresistível” de Ava Rocha. PosTv em Espaços Abertos (Primeira na Augusta) São Paulo/SP A primeira PósTV na famosa Rua Augusta de São Paulo colocou Cláudio Prado e seu sofá na calçada em frente sua casa, apresentando o programa especial Pós Rancor. O programa não tem roteiro, e os convidados são transeuntes que pela Augusta se encontram durante a madrugada agitada de SP, pessoas de todos os tipos, profissões, objetivos, anseios e modos de se expressar, trazendo profundidade inusitada aos temas que circundam o local e assuntos dos mais variados possíveis. Lançamento nacional da campanha Hospeda Cultura Com foco na economia criativa, solidária e do conhecimento, o Banco Fora do Eixo promove a Hospeda Cultura, campanha da rede de hospedagem solidária. A idéia é ampliar o mapeamento de moradias que tenham disponibilidade de receber agentes culturais de qualquer grupo ou movimento, e que cada anfitrião da casa integrada adote um convidado como seu próprio hóspede, tornandoo parte do ambiente, temporariamente.

69


IV Feira Sócio Cultural Maria Sampaio São Paulo/SP A Agência Solano Trindade realizou a IV Feira Sociocultural Maria Sampaio, ação de sustentabilidade Cultural que marca as festividades do Dia da Mulher no Campão Redondo em SP. Durante a feira foram ofertados à comunidade, serviços de saúde, culturais, de economia e cidadania. Com o Fora do Eixo, Agência e Banco realizam diversas parcerias, entre elas estiveram a viabilização de intercâmbio entre os agentes, incentivando múltiplas vivências e formações. Essas e outras informações no site da Agência Popular Solano Trindade http://bit.ly/wolRlh Economia Solidária no coletivo Suíça Bahiana Vitória da Conquista/BA A Coletivo Suíça Baihana, ponto Fora do Eixo em Vitória da Conquista difundiu a economia sustentável de forma muito efetiva e criativa. A cada produto vendido, uma sacola feita com materiais recicláveis é doada. As sacolinhas foram produzidas pelo próprio coletivo, e foram feitas com materiais que sobraram dos outros eventos. Camisetas, cds, adesivos e vários outros produtos estão sendo comercializados em Card.

70


ABRIL Lançamento Cedo e Sentado Belo Horizonte - MG No dia 2 de Abril, foi lançado em Belo Horizonte o Cedo e Sentado, projeto de renome já em São Paulo e Rio de Janeiro. O evento teve repercussão nacional, trazendo a banda paraibana Cabruêra, que lançava mundialmente seu CD Nordeste Oculto na capital mineira, os sabaraenses do 4 Instrumental e DJ Yuga, para ascenssão da produção musical loca. A partir de então, com periodicidade quinzenal, o Cedo e Sentado lota o Granfinos, espaço com grande parceria à Casa Fora do Eixo Minas, realizadora do evento, junto ao Studio SP. Lançamento Casa FdE Minas Belo Horizonte - MG Após a equipe mineira passar 60 dias na capital, laboratoriando as dinâmicas de trabalho e vivências, no dia 5 de Abril a Casa Fora do Eixo Minas é oficialmente inaugurada e já ocupada pelos agentes do interior mineiro. A Casa já chega com tecnologia 2.0 da rede, como mais uma zona autônoma temporária, que comporta vivências, projetos, agentes em circulação, sendo grande plataforma da Universidade Livre Fora do Eixo, capitalizadora das ações na capital, além de potencializadora das operações dos coletivos mineiros. Imersão Clube de Cinema Minas Belo Horizonte A 1ª Imersão do Clube de Cinema que aconteceu em Belo Horizonte – BH, na Casa Fora do Eixo Minas, reuniu de 3 a 5 de Abril, agentes representando ações audiovisuais da regional. As pautas envolveram o circuito de SEDA’s, a PósTV, a DF5, o midialivrismo, planejamento anual, mapeamento de cineclubes, novos projetos e um circuito de exibição audiovisual em todo país. Coluna Sambaqui Criciúma, Florianópolis, Rio do Sul e Joinville - SC e Curitiba - PR Em Porto Alegre, no dia 5 de Abril, foi dada a largada para mais uma ação da Universidade Livre Fora do Eixo, a Coluna Sambaqui, que levou gestores e agentes culturais para circulação no Sul do país, objetivando a formação livre, o intercâmbio e a troca de conhecimentos. Sambaquis são construções arqueológicas, remetentes aos povos ancestrais do Sul do Brasil.

71


Gravação Programa Conexões Urbanas Manaus/AM, São Paulo - SP e Porto Alegre/RS O programa Conexões Urbanas, do Multishow, teve o Fora do Eixo como tema e fez a gravação toda na Casa Fora do Eixo SP. O diretor do grupo Afroreggae, José Júnior, foi quem entrevistou Pablo Capilé e outras lideranças do Fora do Eixo, mostrando a dinâmica da Casa, a história da rede, as ações do Movimento Social das Culturas, além de visitar as Casas Fora do Eixo Porto Alegre e Manaus. Os agentes da rede prepararam uma mostra, apresentando as ações politicas e artísticas que são desenvolvidas pelo Fora do Eixo. Observatório Fora do Eixo Nordeste Fortaleza - CE Dos dias 12 a 14 de abril, passou por Fortaleza (CE) o Observatório Fora do Eixo. Dentro da construção da formação livre, o Observatório chega com a proposta de democratização do acesso à informação, fomentando oficinas, rodas de debate, tudo com grande mobilização online, o que dá abertura para mesmo quem não está presente, participar via chat acompanhando a transmissão do conteúdo ao vivo. A programação de Fortaleza foi realizada no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e na Casa Fora do Eixo Nordeste. Imersão FESL/Primeira Imersão da Frente São Paulo/SP Nos dias 13,14 e 15 de abril, a Casa Fora do Eixo São Paulo foi palco da primeira imersão da FESL, (Fora do Eixo Software Livre), que debate as tecnologias livres na rede. A programação contou com módulos de organização e planejamento, oficinas (wordpress, noosfero, leds), e um observatório, com a participantes de Belo Horizonte, Campo Grande, e Itajubá, a imersão pautou ações da frente para o resto do ano. Ocorreu também um #InstallFest e o lançamento de selos livres e um fechou o plano. Observatório Petrobrás Casa Fora do Eixo Minas Belo Horizonte/MG O observatório Fora do Eixo ocorreu de 19 a 22 de abril, contou com oficinas, mesas de debates, diversas atividades de formação, foi selecionado no Programa de Patrocínio Petrobras Cultural, através da Lei de Incentivo a Cultura do Ministério da Cultura e Governo Federal e fez parte da programação do lançamento da Casa Fora do Eixo Minas, que reunio mais de 47 agentes culturais de todo o estado no mesmo espaço para pensar, planejar e refletir cultura.

72


Edital de Vivências Revista Fórum São Paulo / SP No dia 18 de abril, saiu o resultado para o Edital de Vivência da Revista Fórum, realizado em parceria com a UniFdE -Universidade Livre Fora do Eixo, para as vagas de reportagem e videomaker. Foram 30 dias de processo que envolveram 92 midialivristas de todas as regiões do país. No planejamento inicial estavam disponíveis duas vagas para a vivência, mas devido ao número de inscrições e pontencial dos canditatos, três pessoas foram selecionadas, vindas dos estados da Bahia, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Invasão Hacker Fora do Eixo/Buzão Infinito São Paulo/SP e Belo Horizonte/MG No dia 20 de abril o Ônibus Hacker, projeto de campus móvel da UniFdE saiu de São Paulo com 42 pessoas do corpo docente da ação, o ônibus percorreu 1.200 km até Belo Horizonte e esteve presente para o lançamento da Casa Fora do Eixo Minas, carregado de debates, poadcasts, gravações, conversas infinitas, e muitas idéias e planos, e tudo devidamente transmitido, gravado e fotografado, possibilitando o acompanhamento de todos, proporcionando experiências de circulação e de conhecimento livre. Missão Caracas/Propagar o Fora do Eixo na Venezuela Caracas /Venezuela Em busca do fortalecimento das conexões latinas, o Fora do Eixo foi à Caracas passando 10 intensos dias de vivências na Venezuela, esteve presente em várias atividades com coletivos locais, participou do Encontro de Redes. Durante essa estadia o agente do FdE Felipe Altenfelder esteve em um programa vinculado em Rede Nacional da Tv Venezuelana juntamente com parceiros latinos. Disseminar o Fora do eixo foi o objetivo da viagem que esteve presente no aniversário do Coletivo Tiuna El Fuerte. Observatório Petrobras Fora do Eixo Sul Porto Alegre/RS A Casa FdE POA pautou durante o Observatorio Fora do Eixo PoA, a nova literatura brasileira com debates, ações formativas e programação cultural. Dois debates foram transmitidos ao vivo. O tema do primeiro dia foi “A palavra digital e a vazante da informaré”. Além disso, três oficinas propuseram ações de formação e novas perspectivas do olhar sobre a literatura. O Observatório Fora do Eixo levou formação livre pra todos os cantos do Brasil.

73


Imersão Regional Sul Porto Alegre/RS A Imersão Fora do Eixo Sul começou no dia 28 de abril e já se inicia com rodas de conversas pautando o Circuito Sul de Festivais, a implementação de sedes/moradias e caixas coletivos, a otimização do núcleo de midialivrismos e a o debate sobre a frente parlamentar de cultura da região Sul, que foram as principais tags do encontro que reuniu 51 agente de 12 coletivos. No mesmo dia aconteceu a vivência do Partido Fora do Eixo e reunião de cobertura colaborativa. A troca de informações e conhecimento, formação livre esteve presente na imersão, coletivos agregando e discutindo assuntos e situações familiares a todos, com o intuito de garantir soluções mais praticas e absorvendo idéias para a construção de um relacionamento mais organico na rede. Lançamento prévia da Moeda Lasca - Cuiabá/MT As moedas solidárias e os bancos comunitários alastram-se em todo o país. Em Cuiabá - MT, o Banco Aroeira lançou a prévia da arte da moeda Lasca. O Banco Aroeira oferecerá diversas linhas de micro créditos e estimulará a troca de serviços contabilizados com a moeda em uma das regiões com os menores índices de Desenvolvimento Humano e que abriga cerca de 30 mil habitantes. Imersão Nós Ambiente Manaus/AM De 25 a 27 de abril, ocorreu a imersão Nós Ambiente em Manaus, dentro da programação os gestores visitaram o Programa Especial de Treinamento do Curso de Biologia da Universidade Federal do Amazonas (PET-BIO/UFAM), com estudantes do curso de Biologia, houve uma reunião com os integrantes do PET, que discorreram sobre os projetos que cada um coordena, e cruzando os pontos de intersecção entre eles, Além de uma apresentação do Fora do Eixo, uma parceria foi fechada e depois foram feitas novas reuniões para consolidação da parceria. Eles tambem estiveram na area de comércio popular da cidade, e prosseguram com mais reuniões durante toda a imersão, construindo campanhas, calendário da frente e planejando as ações para a Rio +20.

74


MAIO Invasão Mineira no Cedo e Sentado SP São Paulo/SP As tradicionais terças-feiras da Rua Augusta receberam no Studio SP uma noite dedicada à música mineira. As bandas Pequena Morte e Dibigode Instrumental se apresentaram no Cedo e Sentado do dia 23 de maio e mostraram ao público presente a cara da música mineira contemporânea. A noite é de realização da Casa Fora do Eixo São Paulo e faz parte do projeto Cedo e Sentado que recebe toda semana atrações da música independente com entrada gratúita no Studio SP da rua Augusta. Imersão da Mídia Livre na Casa Minas Belo Horizonte/MG Entre 27 e 30 de Maio a Casa Fora do Eixo Minas sediou a Imersão da Mídia Livre Fora do Eixo, que contou com mais de 30 agentes de todo o Brasil. Em pauta, estava a atuação da mídia nas grandes ações da rede – entre elas, a Rio+20 e as Eleições 2012, seu planejamento, avaliação e ainda na programação uma Pós-TV sobre Midiativismo, com convidados que realizam ações com foco nos moradores de rua da capital mineira. Fechamento do Sarau do Binho São Paulo/SP Em mais uma ação repressora e anti-democrática, a prefeitura de São Paulo – encabeçada pelo prefeito Gilberto Kassab – decretou o fechamento do tradicional Sarau do Binho. O ato teve ampla repercussão no Twitter e Facebook, com demonstrações reprovação por parte de nomes com Marcelo Tas e Emicida. O Sarau foi forçado então a se tornar itinerante, ganhando inclusive edição especial no campus da USP. O Fora do Eixo acompanhou todas as movimentações e iniciativas de apoio, registrando cada momento. Fórum da Internet Olinda/PE Entre os dias três e cinco de Julho, Olinda foi sede do II Fórum da Internet no Brasil. Nesse período foram colocados em pauta uma série de questões técnicas, socio-digitais e políticas – à exemplo do marco civil da internet. O evento foi produzido pelo Comitê Gestor de Internet, composto por membros do governo, do setor empresarial e comunidade acadêmica e teve forte presença de agentes Fora do Eixo de todo país, com representações de todas as regiões e participação em todos os grupos de discussão.

75


Concurso Fotográfico Nós em Foco Um olhar aprofundado das relações entre o homem e a natureza. Essa foi a principal proposta do concurso Nós em Foco, iniciativa conjunta das frentes Poéticas Visuais Fora do Eixo e Nós Ambiente Fora do Eixo. Os vencedores tiveram seu trabalho veiculado no Flickr, Twitter e Facebook; em uma exposição durante a Rio+20 e que percorreu diversos festivais realizados ao longo do segundo semestre de 2012. Aprovação do Sistema Nacional de Cultura Brasília/DF A Câmara dos Deputados aprovou a PEC 416/05, que cria o Sistema Nacional de Cultura. Com isso, as políticas culturais do país, estado e município passam a tornar-se integradas. A fundação de um marco legal para a cultura possibilita também a continuidade dos projetos implantados, uma vez que estes não dependem mais da gestão específica da cada governo. A conquista é uma grande resposta das ações do Movimento Social das Culturas e representa uma grande vitória para todo país. Na oportunidade o Fora do Eixo realizou um twittaço que colocou o assunto como um dos mais falados no Twitter. Seminário de Gestão de Carreira Para Artistas Independentes Vitória/ES Tratando de questões que vão da arte ao mercado, o Seminário Fundamentos de Gestão Para Artistas Independentes atualizou os participantes sobre os principais pontos relativos à consolidação e manutenção da carreira artística. O evento foi realizado pelo Assédio Coletivo, em parceria com produtores culturais e o trio Macaco Bong – um dos principais nomes da cena independente. V Mostra de Música Petrúcio Maia Fortaleza/CE A música autoral cearense ganhou destaque mais uma vez com a V Mostra de Música Petrúcio Maia. O evento teve direito a quatro palcos, várias semanas de duração e 40 atrações, que pintaram um retrato da nova música nordestina. A Casa Fora do Eixo Nordeste, que cuidou de toda a cobertura, recebeu também quatro viventes via UniFdE – integrando-os a produção, mídia e técnica da Mostra.

76


Site das Casas Fora do Eixo As Casas Fora do Eixo de cada região receberam cada uma um site próprio, para que todos possam acompanhar o dia a dia de cada regional. São elas: Casa Minas, São Paulo, Porto Alegre, Amazônia e Nordeste. A iniciativa partiu da equipe de Mídia Livre Fora do Eixo, responsável por todos os processos de comunicação que envolvem a rede. Imersão Música Minas Belo Horizonte/BH O Circuito Mineiro, turnês, circulações de bandas, construção de rotas, noites fora do eixo e o calendário estadual de eventos foram os temas debatidos entre os dias imersão do Música Minas na Casa Fora do Eixo Minas com representantes de alguns dos coletivos do estado mineiro como: Futucatuia, Conteúdo Avulso,, Namarra, 77,7Semifiusa e Retomada. Na imersão além dos debates e encaminhamentos os participantes também tiveram contato com os eventos de parceiros como o Cedo e Sentado e do Conexão Vivo. Marcha da Maconha SP São Paulo/SP Mais de cinco mil pessoas participaram da Marcha da Maconha SP 2012. Usando fantasias, faixas de protesto e rimas de efeito, os participantes pediram a legalização da erva no Brasil. A procissão canábica teve início às 16:20h, partindo da Avenida Paulista e terminando por volta das 18:30h na praça da República. Ao contrário da última edição, desta vez não houve confronto com a polícia militar. O Fora do Eixo apoia a iniciativa e esteve na marcha realizando a cobertura em tempo real nas redes sociais. Lançamento do Conta Comum O Banco Fora do Eixo lançou a campanha Conta Comum, um sistema colaborativo de financiamento que trabalha com os mesmos princípios da rede. A meta é promover a circulação de recursos entre os pontos Fora do Eixo, tanto em moeda corrente quanto em FdE card. A rede será retroalimentada pelos próprios pontos e prevê não só o desenvolvimento de novas alternativas de financiamento, como também o avanço de conexão entre os coletivos.

77


Feira Internacional de la Música Guadalajara/México Entre os dias 31 de Maio e 3 de Junho aconteceu em Guadalajara, no México, a Feira Internacional de Música. Talles Lopes esteve presente para representar o Fora do Eixo, com missão de criar pontes e parcerias com os vizinhos de continente. O evento é organizado pela Universidade local, também responsável também pela Feira Internacional del Libro (a segunda maior do mundo). Turnê do Woodser Regional São Paulo Vindos diretamente da Guatemala, em 2012 a banda Woodser realizou sua primeira turnê pelo Brasil, passando por cidades como Taquaritinga, São Carlos e Bauru. A iniciativa integra a o programa de conexões latinas Fora do Eixo, e foi realizada em parceria com o coletivo Comma – Comunidad de Artistas. Imersão Fora do Eixo Norte Macapá/AP Entre os dias 01 e 05 de Maio os coletivos da região Norte se reuniram na Casa Amapá para a primeira Imersão da regional Fora do Eixo Norte. Entre as pautas estavam o plano de viabilidade Casa Amazônia e a reformulação das diretrizes de comunicação da regional Norte. Foram definidos também encaminhamentos para a UniFdE, o PCult e o Banco FdE da região. Para finalizar, foi realizado o Cabaré Fora do Eixo. Imersão Palco SP São Paulo/SP Ocorreu na Casa Fora do Eixo São Paulo a 1ª imersão de Palco Fora do Eixo. O evento teve a proposta de estímular e valorizar o protagonismo do Palco Fora do Eixo com o desenvolvimento nacional e regional na de uma cadeia produtiva no âmbito das Artes Cênicas. Além do encontro, houve o mapeamento dos desafios e propostas da regional para o ano de 2012, bem como o planejamento de estratégias de atuação.

78


Casas FdE lançam 23 Vagas de Vivência A universidade Livre Fora do Eixo abre as portas. São 23 vagas para editais de vivência em São Paulo, Fortaleza, Minas Gerais e Porto Alegre nas Casas Fora do Eixo dessas respectivas capitais. A vivência tem o objetivo somar, aglomerar e compartilhar tecnologias sociais desenvolvendo a partir de laboratórios e experiências coletivas. Turnê Dibigode Bauru, São Paulo, Campinas e São José do Rio Preto/SP O grupo músical Dibigode realizou no mês de maio uma turnê Fora do Eixo por todo estado de São Paulo. A banda que é composta por músicos instrumentais é formada por 5 jovens multi-instrumentistas que trazem uma abordagem diferente a forma como se produz o som. Eles exploram os meios interativos entre a música e os campos artísticos influenciados pelo jazz e experimentalismos. Primeira Pós TV Timbre Coletivo São José do Rio Preto/SP O Timbre Coletivo realizou no mês de maio a sua primeira trasmissão atráves do Pós TV, um projeto do Fora do Eixo que busca ressignificar a TV convencional, fornecendo uma plataforma de debate única, atráves da internet, provocando a população a refletir sobre diversas temáticas que cerca suas regiões. Com o debate sobre o cenário artístico riopretense, o Timbre Coletivo incorporou essa nova tecnologia de transformação Fora do Eixo. Empreeendedorismo Criativo - criatividade gerando negócios São Paulo/SP A capital paulista sediou no dia 15 de maio o “Empreendedorismo Criativo”, série de encontros com especialistas do Brasil e exterior para o debate sobre temas inovadores em economia e cidades criativas. Décio Coutinho, especialista em Sociedades Pós-Industriais e Organizações Criativas de Goiás, o advogado Antonio Lombardi e o pesquisador de conteúdos referentes ao desenvolvimento sustentável e à economia criativa, Diego Gazola participaram da conversa. Saiba mais: http://bit.ly/ITnEXC

79


#Veta TUDODilma Após protestos, gritos e diversas mobilizações do movimeto #VetaTUDODilma, que durantes meses buscou a reividincação em mudanças do Novo Código Florestal com vigília em ruas, cartazes, ocupações em lugares públicos. Poderam gritar ainda mais no dia 28 de maio com a publicação de 12 vetos e 32 modificações apresentadas Diário Oficial. Em uma petição online 2.064.985 pessoas assinaram a petição solicitando o veto total que não estabelecido. Virada Cultural SP São Paulo/SP Em parceria com a casa de Show Estúdio SP em Abril aconteceu a primeira Virada Cultural Fora do Eixo. Com uma série de shows gratuitos por noite adentro. No palco bandas Fóssil, Pública, Hits do Underground (Miranda Kassin e Andre Frateschi), Macaco Bong e Kamau. Em Abril o evento se repetiu em conjunto com a tradicional Virada Cultural que ocorreu em maio na Capital e Interior Paulista. Esse lado b da Virada Cultural contou com a paticipação do rap MC Sombra e o rock de Quarto Negro, além da discotecagem do DJ Sankofar. Semana de Audiovisual - SEDA A Semana de Audiovisual SEDA 2012, circulou por mais de cinquenta cidades do Brasil nas mais diversas regiões entre os meses de Maio e Junho. A programação reuniu oficinas, mesas-redondas, apresentações culturais e exibições de curtas, vídeos experimentais e documentários. Promovendo também o diáloho com outros segmentos culturais, como a música, o teatro, circo e o midialivrismo. Vários materiais foram produzidos nas oficinas como o curtas, Stop Motion, intervenções entre outros. Abaixo o link do stopo motion produzido na SEDA de São João del Rei com o Coletivo Sem Eira Nem Beira: Imersão Uni FdE Sul Porto Alegre/RS Cobertura Fotográfica: A imersão na Casa Fora do Eixo Porto Alege reuniu 51 agentes de 17 coletivos da regional Sul do Fora do Eixo e também demais frentes com Banco, Partido e Mídia Livre. Com debates e articulaçoes da Universidade Fora do eixo, novas sedes e planejamentos de ações.

80


Edital de vivência na Argentina Buenos Aires/Argentina O primeiro edital de Intercâmbio e Vivências de Conexões Latinas lançou uma vaga de vivência na área de comunicação em parceria com o Coletivo La Vecindá para a vivência na dinâmica, trabalho e vida do Coletivo em Buenos Aires, Argentina por três meses. Tal ação visa o fortalecimento e integração entre os coletivos Latino Americanos. Virada Digital Hacker São Paulo/SP Durante a Virada Cultural geeks e nerds tiveram uma programação exclusiva, a Virada Racker. No Garoa Hacker Clube e na Casa da Cultura Digital o evento contou com palestras, oficinas e atividades culturais que fomentou a cultura hackear e a inovação tecnológica. O Ônibus Hacker um labaratório itinerante- que se mantem sobre a ideia de ocupações em cidades diversas com ações políticas de tecnológica também participou da programação que ao todo teve 14 oficinas e atividades no dia 12 de maio em São Paulo. 12M São Paulo/SP No dia 12 de Maio a Praça dos Arcos da Lapa foi ocupada com programação cultural diversa, partindo de um piquenique colaborativo e passando por performances, shows, projeções e compartilhamentos livre. Em marca a um ano das manifestações políticas da chamada Primavera 2.0- que milhares de pessoas conectadas em diversas partes do mundo reidivicaram por democracia real. Com base nisso a ocupação procurou sintonizar e reunir grupos, redes e ativistas de diferentes cidades

81


JUNHO Rio + 20 Rio de Janeiro /RJ A Rio + 20, Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável mobilizou durante 20 a 22 de junho representantes de todo o mundo, entre chefes de governo, ativistas culturais e sociedade civil para debater com foco na sustentabilidade, examinando idéias e criando soluções. O Fora do Eixo esteve presente, acompanhando as programações paralelas, promovidas por grupos populares e demais organizações, fazendo toda a cobertura através de fotos, vídeos, posts, além de debates com diversos convidados, transmitidos ao vivo pela PosTV. Juventudes na Rio + 20 Rio de Janeiro/RJ Juventudes na Rio+20 foi uma ação de mobilização e protagonismo dos jovens, redes e movimentos de juventude de todo o Brasil, com o objetivo de se posicionar e intervir nos debates e reflexões sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentável durante a Coferência das Nações Unidas. Representantes de diversos coletivos e Casas Fora do Eixo estiveram participando ativamente de 11 a 21 de junho das ações e fazendo a cobertura completa em todos os espaços. Cúpula dos Povos Rio de Janeiro/RJ Paralelamente à Rio + 20, representantes da Sociedade Civil Global estiveram reunidos no Aterro do Flamengo, entre os dias 15 e 23 de junho em um movimento chamado Cúpula dos Povos, espaço que reuniu manifestações políticas e debateu problemáticas enfrentadas atualmente pela humanidade no âmbito da sustentabilidade. Um dos meios de divulgação muito atuantes foi a Rádio Cúpula, formada coletivamente por radialistas de todo o Brasil, o veículo transmitiu ao vivo 12 horas de programação diária em diversas linguas. Maior cheia do Rio Negro em Manaus Manaus/AM Em junho de 2012, a Amazônia passou pela maior cheia de sua história. Em virtude das chuvas e vazante do Rio Negro, o estado e consequentemente Manaus foram intensamente afetados. Na capital, o Fora do Eixo produziu um ensaio fotográfico, que passou pelo Centro, Matinha, Bariri, Educandos, São Raimundo e Glória, alguns dos principais trechos atingidos pelas cheias.

82


Fechamento Sarau do Binho São Paulo/SP O Sarau do Binho, que há oito anos reúne poetas, cantores, músicos, atores e outros artistas populares de forma livre, com o propósito de mostrar sua arte, em junho de 2012 passou a ocupar cada vez mais os espaços de São Paulo. Após ter seu bar fechado pela Prefeitura da cidade e contado com uma forte mobilização a favor do evento, o Sarau foi realizado no dia 29 na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-SP). Movimento Sopão São Paulo/SP Na noite de 28 de junho, a Mídia Livre Fora do Eixo acompanhou a distribuição de alimentos para moradores de rua realizada por voluntários na grande São Paulo. A gestão municipal de Gilberto Kassab declarou no dia anterior que pretendia proibir a prática, no intuito de fazer com que os moradores de rua procurassem os albergues e evitassem sujar as vias públicas. Mesmo assim os voluntários continuam a desenvolver a atividade, que se torna uma vivência periódica nas narrativas das ruas de São Paulo. Cedro Livre, Cedro Vive! Quixadá-CE Em Quixadá, durante o mês de junho, o Coletivo Dom Quixarte, ponto de articulação do Fora do Eixo no interior do Ceará se mobilizou junto a diversos movimentos sociais e organizou o “Cedro Livre, Cedro Vive!”. A ocasião foi de comemoração aos 106 ano do Açude Cedro e ao mesmo tempo protesto contra o descaso por parte do poder público e sociedade civil quanto a uma obra histórica, que abasteceu a cidade por um longo período de secas e hoje é o seu principal cartão postal. Cobertura Parada Gay SP São Paulo/SP No dia 10 de junho, São Paulo se mobilizou contra a homofobia na Parada do Orgulho GLBTT 2012. O evento, que este ano chegou à sua 16° edição, aconteceu na tradicional avenida paulista e reuniu mais de 1 milhão de pessoas no centro da cidade. O Fora do Eixo fez a cobertura completa e registrou todos os momentos deste movimento que teve como tema “Homofobia tem cura: educação e criminalização! – Preconceito e exclusão, fora de cogitação!”.

83


Acampamento das Redes Rio de Janeiro/RJ O Acampamento das Redes aconteceu nos dias 14 a 23 de junho/2012 na ECO - Escola de Comunicação da UFRJ para hospedar as caravanas que se deslocaram para a programação da Rio+20. Cerca de 400 pessoas entre agentes culturais de Minas, São Paulo e Rio Grande do Sul, ocuparam as salas da Universidade transformando-a em um grande campus de vivência coletiva e midialivrismo, onde os participantes eram estimulados através da campanha “ Seja um cidadão multimidia’. Última etapa do Observatório Fora do Eixo Cuiabá/MT De 28 a 30 de junho, a Casa do Parque, em Cuiabá-MT recebeu a úlitima etapa do Observatório Fora do Eixo, realizado pela Universidade Livre Fora do Eixo em parceria com a CUFA MT (Central Única de Favelas do Mato Grosso). Foram três dias intensos de mesas de debates, painéis e oficinas sobre temas como Propriedade Privada, Produção Musical, Formação Livre, Redes Sociais e Inovação Digital, além do encerramento com o Vaudeville, repleto de apresentações artísticas, tudo com transmissão ao vivo pela internet. Festival Neves EnCena Ribeirão das Neves/MG No dia 30 de junho, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte, o coletivo Semifusa realizou o Neves EnCena, festival de artes cênicas. Durante o evento, a Casa Fora do Eixo Minas e representantes de coletivos Fora do Eixo participaram do debate sobre o Circuito Metropolitano de Cultura e o Futuro Cultural de Ribeirão das Neves, que pautou a valorização do contexto social da cidade, a relação dos municipios que estão em volta de uma grande metrópole e o fortalecimento das ações dos coletivos culturais. O Menor São João do Mundo João Pessoa/PB Durante os tradicionais festejos juninos na capital paraibana, 22, 23, 28, 29 e 30 de junho, o Coletivo Mundo também ocupou o Varadouro Cultural, Centro Histórico de João Pessoa com uma programação especial, realizando a terceira edição do Menor São João do Mundo. Foram 5 dias de que evento, que contaram com apresentações de bandas como Cabruêra e Zefirina Bomba, além de discotecagem e formação de quadrilha junina.

84


Caravana das Redes Rio de Janeiro/RJ Durante a Rio + 20, o Fora do Eixo organizou a Caravana das Redes, commposta pela movimentação de vários Ônibus que saíram de dievrsas regiões do Brasil rumo ao Rio de Janeiro, levando Coletivos, Pontos de Cultura, Mídialivristas, Cineclubistas, Hackers, Ambientalistas e Ciclistas para participar das atividades na Cúpula dos Povos. O “ônibus Hacker” também somou com a Caravana, pensando em ocupações e atividades conectivas e de desenvolvimento, qualificação e ampliação de repertórios. Tour Camarones Orquestra Guitarrística Natal/RN No dia 29 de junho, a banda Camarones Orquestra Guitarrística embarcou em mais uma Turnê Fora do Eixo, desta vez realizada em conjunto com o Centro Cultural DoSol. A intitulada “Tour Camarones Fora Do Eixo” levou a banda Potiguar para mais de 20 datas pelo Norte e Nordeste do país, fazendo a nova música brasileira circular ainda mais por importantes eventos e festivais destas regiões. Ocupação cultural no campus universitário mineiro São João del-Rei/MG No final do mês de junho, o Coletivo Cultural Sem Eira nem Beira promoveu 24h de conversas e debates entre alunos, técnicos administrativos e professores, da Universidade Federal de São João del-Rei sobre a greve que já chegava a cerca de 95% das instituições federais. Além disso, a programação ainda contou com shows, intervenções artísticas, oficinas, entre outras atrações que atraíram os jovens para discutirem a atual situação do ensino público no Brasil e seus grandes obstáculos. Turnê Woodser São Paulo/SP No dia 8 de junho, a banda Woodser, da Guatemala, desembarcou no Brasil para uma tour que passou por seis cidades: Bauru, Taquaritinga, São Paulo, Rio Preto, São Carlos e Sorocaba. Na bagagem, o grupo trouxe, além de discos, vários produtos manufaturados, que enriqueceram ainda mais a variedade de artigos das baquinhas de todos os coletivos que receberam a turnê.

85


Feira da Música de Fortaleza abre edital de vivência Fortaleza/CE Pelo segundo ano consecutivo, a Feira da Música de Fortaleza abriu vagas, dia 15 de junho, para agentes de todo o Brasil com interesse em participar da equipe de produção da décima primeira edição do evento. Ao todo, foram abertas 08 vagas nas áreas de secretaria, comunicação, logística, produção e técnica, mais um capus temporário da Universidade Livre Fora do Eixo que a cada ano ganha mais força. Turnê Proyecto Gomez Casa Porto Alegre/RS No dia 26 de junho, a Casa Fora do Eixo Porto Alegre recebeu o Proyecto Gomez Casa. O grupo argentino iniciou a sua turnê Fora do Eixo pelo sul do país com show gratuito na cidade e na mesma semana pasosu ainda por Esteio e Caxias do Sul. A cada dia as microrrotas são mais frequentes e vão mudando o mapa da música no Brasil. Festival Tendências Urbanas Sabará/MG Em Sabará, no interior de Minas Gerais, o Festival Tendências Urbanas abriu as ações do mês de junho. O evento, realizado pelo Coletivo Foceps, valoriza a arte e cultura vinda das ruas, com uma programação de shows, oficinas, debates e sarau, que agrega também o Graffite e skate como formas de manifestação artística. O Festival integra o Cmc Rmbh, Circuito Metropolitano de Cultura, que agrega 8 cidades do entorno da capital mineira. JUNTOS Amazônia Porto Velho/RO De 05 a 08 de junho, Porto Velho sediou o JUNTOS Amazônia. Foram quatro dias de debates, reuniões livres, vivência e trocas neste grande encontro. O congresso ocupou diversos pontos da cidade, desde o SESC à Floresta amazônica, todos se transformavam em ambientes cognitivos, ocupados por constantes trocas de conhecimento e planejamentos de ações e projetos infinitos.

86


JULHO Cultura de Rede 2º Encontro Ibero - americano Cultura de Rede Brasília/DF Entre os dias 23 e 26 de julho aconteceu no Museu Nacional da Republica Esplanada dos Ministerios o 2º Encontro Ibero - Americano de Cultura de Rede em Brasilia. Durante quatro dias o encontro reuniu mais 20 países, para debater sustentabilidade de projetos culturais, articulações continentais, intercâmbio de experiências culturais, gestão de rede e processos colaborativos. Lançamento da Rede Brasil de Festivais Os festivais de música sempre tiveram um importante papel simbólico e estrutural na construção da narrativa da Música Brasileira. A rede lançada dia 18 busca seja através de processos de promoção, de rotas de circulação e formação de platéia, até o momento mais recente, no qual os festivais de música independente assumiram um papel de protagonismo na irradiação da nova música brasileira e, fundamentalmente, das novas tecnologias e alternativas para o cenário crítico vivido pelo modelo anterior. Lançamento do Circuito Mineiro de Festivais Independentes O Circuito Mineiro de Festivais é um dos braços da Rede Brasil de Festivais que tem a função de sistematizar e unir os festivais independentes. Lançado no dia 16 de julho, o Circuito Mineiro é uma grande vitrine da nova música brasileira possuindo cerca de 20 festivas espalhados por todo o Estado de Minas Gerais. Laçamento do Circuito Paulista de Festivais Independentes Com o objetivo de ampliar os espaços de cultura alternativa, formar público e consolidar estruturas da nova música brasileira em São Paulo, o Fora do Eixo criou o Circuito Paulista de Festivais Independentes (CPFI), em 26 de julho. Ao todo são 20 festivais em 17 cidades paulistas que servem como estimuladores das rotas de formação livre, processos colaborativos. São mais de 70 dias de atividades culturais que vão de shows, apresentações de teatro, cinema, dança, intervenções de artes visuais a mesas, debates e oficinas, em mais de 500 oportunidades de apresentação.

87


Prêmio Dynamite São Paulo/SP O tradicional Prêmio Dynamite, voltado para a música independente, veio esse ano com a proposta de ser parte da comemoração dos 10 anos do Portal Dynamite Online, pertencente a Revista Dynamite, que completa 20 anos também em 2012. Foram 22 categorias concorrendo ao prêmio e o Fora do Eixo foi o grande vencedor da categoria Melhor Entidade de Cultura. O Macaco Bong, banda parceira, levou o prêmio Melhor CD de Música Instrumental e foi representado pela banda Aeromoças e Tenistas Russas, também integrante do Circuito. Encontro/Seminário Ação Giro Porto Alegre/RS O Encontro/ Seminário Ação Giro aconteceu nos dias 05 a 09 de Julho e teve como objetivo reunir 100 pontos de cultura, educadores, Girô e Mestres de Tradição Oral, parlamentares e universidades. Fechado esse encontro foi realizado no dia 09 de julho a Pós tv Seminario Ação Girô tendo como tema central dialogar com a Tradição Oral e a educação formal para criação de um Programação Universidade Ação Giro. Forúm Internacional de Sotfware Livre Porto Alegre/RS 1100 Quilômetros de conexões, experiências e hackerismo a bordo de um ônibus. Ônibus Hacker saiu de São Paulo na tarde de ontem (23) e o destino: Fórum Internacional de Software Livre (FISL), Porto Alegre. Dia 24 foi a data da chegada na capital gaúcha, e a viagem está só começando, muita atividade e intervenção no FISL ainda vêm por aí. N0PoHp e acompanhe a cobertura do FISL no Percurso da Cultura Caipirock Serrana/SP O Caipiro Rock é o festival de rock mais tradicional de Serrana (SP). Realizado desde 1997 sempre se baseando nos princípios da autogestão, o festival é um dos acontecimentos mais aguardados do ano em Serrana, apresentando-se como a festa de confraternização de todos que vivem o conceito do “faça você mesmo” promovendo diversas ações de formação cultural na cidade. Este ano o festival adentrou ao Circuito Paulista de Festivais e aconteceu nos dias 28 e 29 de julho com nomes como Dead Rocks, Cólera e Aeromoças Tenistas Russas em seu line-up.

88


Imersão das Casas - Casa Fora do Eixo São Paulo São Paulo/SP A Casa Fora do Eixo São Paulo recebeu entre os dia 17 e 21 de julho dezenas de residentes de Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre e Belém para a Imersão das Casas. Nesse encontro dentro da não-grade aconteceram discussões, reuniões, alinhamento e f5 da situação local de cada Casa. Festival ForCaos Fortaleza/CE Considerado um dos maiores e mais tradicionais festivais de metal do Brasil, o ForCaos coloca bandas de som extremo para tocar na capital cearense a mais de 10 anos. Esse ano o festival aconteceu nos dias 20 e 21 de julho e contou com as bandas Unearthly (RJ), Obskure (CE) e Headhunter DC (BA) como algumas das atrações principais. Mais um importantissimo festival dentro do Circuito Nordeste de Festivais e da Rede Brasil de Festivais. Escambo Sabara/MG Escambo é um festival construído sobre os pilares da cultura livre, da cultura digital, da transformação social e da formação e manutenção de redes. O evento acontece de 15 a 22 de Julho e é realizado em Sabará (MG), com ações pontuais em cidades vizinhas. O Escambo ocupa hoje papel de destaque na região metropolitana da capital mineira no que diz respeito ao fomento à cultura autoral e independente. Saiba mais

89


AGOSTO Marcha nacional pelo Parto Humanizado Com vistas a fortalecer ainda mais as narrativas que favorecem as lutas protagonizadas por mulheres de todo o país, o Fora do Eixo esteve na Marcha pelo Parto Humanizado. No dia 05 de agosto, gestantes, profissionais da saúde e militantes de causa de 32 cidades, saíram as ruas para protestar contra a resolução dos Conselhos Regionais de Medicina e Enfermagem que torna ilegal a realização de partos em domicilio e a presença de doulas (acompanhantes de gestantes) nos hospitais. De norte a sul, as mulheres caminharam pelas ruas atraindo visibilidade para a causa, alertanto sobre os perigos da cesariana e estimulando o parto normal. Entenda mais sobre o parto humanizado aqui. Congresso Fora do Eixo Cone Sul Porto Alegre/RS Coletivos da regional Sul e Cone Sul reuniram-se em Porto Alegre em um dos projetos de formação da Universidade Livre Fora do Eixo. Entre os dias 15 e 19 de agosto, o foco principal foi planejamento e estruturação de ações, programas e projetos articulados em rede, propondo o compartilhamento de tecnologias sociais, desenvolvidas a partir de laboratórios de experiências coletivas. Como um grande encontro latino-americano de fusão de conhecimentos culturais, o Congresso Fora do Eixo Cone Sul possibilitou a interação de todos os congressistas e o surgimento de novas propostas de atividades ao longo de sua programação. Veja aqui como foi um dos debates no Congresso. Início do Ano Letivo 2012 da UniFdE Fortaleza/CE No dia 08 de agosto a Universidade Livre Fora do Eixo deu início ao seu ano letivo junto a programação da Feira de Música de Fortaleza. Entre as ações, foram realizados o encontro da Unicult Universidade das Culturas - Observatórios, Diálogos, Conversas Infinitas, PósTV, além de imersões temáticas, missão e coluna internacionais, respectivamente, para o Peru e México, entre outros. A UniFDE elabora e constrói os eixos e programas de formação dessa rede que hoje abrange mais de 2 mil agentes de 10 países da América Latina. Inscreva-se e viva a Universidade Livre Fora do Eixo em 2013.

90


Fora do Eixo ganha Prêmio Betinho de Cidadania 2012 São Paulo/SP Criado para reconhecer organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que desenvolvem atividades de enfrentamento da fome, exclusão, miséria e violência no município de São Paulo, o Prêmio Betinho de Cidadânia é um dos principais prêmios sobre Direitos Humanos. O prêmio foi entregue no dia 9 de agosto ao Fora do Eixo que receberam a Salva de Prata para o projeto “Residências Culturais”. Tupac Amaru: Uma coluna das redes México e Peru Em uma união do Cultura de Red, Plataforma Puente e UniCult, agentes do Fora do Eixo e da Universidade das Culturas embarcaram dia 14 para o México e em seguida para o Peru na Tupac Amaru: Uma coluna das redes. Com o objetivo de estabelecer a construção de conexões sólidas, relações intensas de compartilhamento de tecnologias sociais e infinitos encontros e reuniões com coletivos e redes de cultura., os agentes de redes de cultura fizeram uma viagem por 20 dias em terras latino americanas. PosTV Free Pussy Riot Porto Alegre/RS A banda russa Pussy Riot foi presa e condenada por 2 anos depois de um ato de protesto contra o atual presidente do país, Vladimir Putin. Na ocasião, a PosTV realizou dia 19 um caloroso debate com ativistas de Porto Alegre, e centenas de pessoas puderam acompanhar e debater. As russas da banda punk realizaram um vídeo dentro de um dos principais ícones da religião católica do país, a igreja Ortodoxa Russa. O caso gerou manifestações anónimas e famosas como as feitas por Madona, Sting e Red Hot Chilli Peppers. Fora do Eixo no festival Internacional de Curtas de São Paulo São Paulo/SP O Fora do Eixo esteve na 23ª edição do Festival Internacional de Curtas, realizado em São Paulo, dia 23, pela Kinofórum. Mostras com as mais diversas temáticas, nacionais e internacionais, o Festival recebeu centena de realizadores, jornalisas e cinéfilos de todo o mundo. O Fora do Eixo esteve presente realizando debates com realizadores que fora, transmitidos pela PosTV, cobertura colaborativa e exibições de curtas realizados por midialivristas do Fora do Eixo de todo o Brasil como “Não foi acident”,” Zilah Resiste”, “Missão Caracas”, “8 Anos Pinheirinhos” ente outros.

91


Aceita-se Card em São Paulo São Paulo Dentre a dezenas de estabelecimentos que já aceitam Fora do Eixo Card esta o Auto Posto Lavapés e o Mercado Tien de São Paulo. A Casa Fora do Eixo São Paulo realizou dia 30 trocas com o estabelecimento fortalecendo a economia local e otimizando custos da Casa. A cada dia, mais estabelecimentos já estão aderindo à novos mecanismos solidários de sustentabilidade e um modelo economico mais ousado e solidário esta cada vez mais em voga. Entenda como funciona o Banco Fora do Eixo e acompanhe as novidades do Fora do Eixo Card. Missão Madrid Espanha O Fora do Eixo esteve em na Missão Madrid, na Espanha em agosto de 2012. Pablo Capilé, acompanhado de Alfredo Manevy, Idelbar Avelar, Jéferson Assumção, Helder Quiroga Mendoza, Rodrigo Savazoni e parceiros madrilenhos que deram acompanharam a missão, participaram do Seminario Ibero-Americano de Cultura. A delegação Brasileira defendeu fortemente a criação de uma politica mais incisiva e permanente de investimentos nas redes, ampliando a circulaçãõ dos agentes, os editais para coletivos e micro empreendimentos e a conexão solida entre as redes de cultura de todos esses países. Edital Huellas del Arte Venezuela Junto à equipe do Poéticas Visuais Fora do Eixo, os selecionados para o edital Huellas del Arte foram à Caracas para participar do encontro de coletivos culturais Redada. Por lá foram recebidos pelo coletivo Tiuna El Fuerte do projeto Huellas del Arte. Participaram da imersão Rafael Vilela, gestor da Poéticas Visuais Fora do Eixo e morador da Casa Fora do Eixo São Paulo, Fab Aliceda, uma das gestora do projeto Compacto.Arte, Haroldo Paranhos do coletivo SHN e da Galeria Choque Cultural e Jonaya Castro do Ônibus Hacker

92


Feira da Música Fortaleza/CE A 11ª edição Feira da Música de Fortaleza ocorreu de 22 a 25 de agosto com programação gratuita contando com shows, oficinas, rodas de debates, lançamentos, workshops, rodas de negócios, ações para a conscientização socioambiental e ainda se transformou no campus da Universidade Livre Fora do Eixo, questionando e conscientizando sobre as estruturas sociais e culturais contemporâneas. O público cearense ainda pode presenciar 53 atrações musicais nacionais e também da Argentina e Moçambique. Durante o evento ocorreu também o Encontro Música e Educação, Encontro Internacional da Música com oficinas e percurso FdE. Conectando e se consolidando com a Rede Brasil de Festivais Independentes. Saiba mais aqui! 3 Festivais RBF - SP/SP A Rede Brasil de Festivais em agosto de 2012 conectou 8 festivais independentes brasileiros. Dentre eles, destacam-se o Festival Canja do Enxame Coletivo de Bauru (SP) unindo artes integradas a um festival colaborativo, compreendendo atividades diversas como mostras, intervenções artísticas, literatura e oficinas além dos shows entre os dias 28/08 a 02/09. Outro de destaque no mês foi o Festival Marreco do Coletivo Peleja de Patos de Minas – MG, que com o slogan “Juntos somos um” reforça à conscientização socioambiental dos festivais independentes de Minas Gerais, tendo início no dia 10 de agosto e finalizando somente dia 02/09. Saiba mais sobre a Rede Brasil de Festivais Independentes aqui. Semana do Empreendedor da Música Porto Alegre/RS RO IEM Instituto Estadual de Música do io Grande do Sul promove a partir de 27 a 30 de agosto a Semana do Empreendedor na Música. Trata-se de uma ação integrada entre as Secretarias da Cultura do RS (Sedac) e da Economia Solidária e Apoio à micro e Pequena Empresa (Sesampe) para que trabalhadores e empreendedores da música tenham acesso ao programa de microcrédito, como ferramenta de investimento e qualificação do empreendimento musical. Saiba mais sobre a ação: http://bit.ly/Nc7L2R

93


SETEMBRO Lançamento do This is Rolê, Macaco Bong São Paulo /SP “This is Rolê” (PopFuzz/Travolta Discos), segundo álbum do trio (Kayapy, Inayã e Gabriel) instrumental Macaco Bong, é lançado dia 06 de setembro sobre uma expectativa muito grande: suceder o disco “Artista igual pedreiro”, eleito por diversos críticos como o melhor disco de 2009. A missão não era fácil, mas a banda nem se preocupou com isso e deixou a música rolar. O resultado foi um disco mais uma vez elogiado por diversos críticos e que mostra muito bem o peso e distorções trabalhados em volta de canções pops e, acredite, dançantes. Reconhecimento da UniFDE como Entidade Científica pela República de Cabo Verde O Ministério da Cultura da República de Cabo Verde reconheceu a Universidade Fora do Eixo, dia 11 como instituição cultural científica e pedagógica independente, plataforma de conhecimento livre, de partilha e de inovação. De acordo com Carol Tokuyo, reitora da Universidade, o reconhecimento é uma vitória da “descentralização e democratização do conhecimento, do compartilhamento livre de informações e da valorização das experiências empíricas e culturais que transformam e multiplicam por todo o País”. Lançamento Cenários Possíveis Projeto colaborativo de artes cênicas é lançado dia 17 cujo o objetivo foi montar uma cartografia das artes cênicas no Brasil por meio de um mapeamento de pontos ativos e necessidades da cadeia produtiva do teatro, dança e circo do país, o “Cenários Possíveis” aconteceu em cinco cidades de tres regioes do Brasil, agregando em sua programação ações formativas como o Cabaré Fora do Eixo, mesas de debate, Pós TV , mostra de vídeos e editais de vivências e georreferenciamentos. Ocupação Coquetel Molotov Recife/PE Um dos maiores festivais de música do Brasil, que aconteceu em Recife (PE), o Coquetel Molotov, contou na sua edição em 2012 com a participação de agentes do Fora do Eixo por meio da integração da equipe do circuito na produção de algumas atividades que aconteceram no festival como oficinas, entre as quais de Guerrilha Audiovisual e Midiativismo. Além de ser um momento de vivência e intercâmbio de tecnologias.

94


Ana de Holanda sai do Ministério Brasília /DF No dia 11 de setembro, a notícia que circulou como uma “vitória” para muitos movimentos culturais espalhados pelo Brasil, foi a saída de Ana de Holanda do Ministério da Cultura. A insatisfação com a gestão da então ministra era tão grande, que gerou críticas em diversos setores da cultura. O maior reclamação dos movimentos organizados e artistas era a falta de diálogo e o atravancamentos em importantes processos como a reformulação da Lei do ECAD e o Sistema Nacional de Cultura. Segundo informações, o vazamento de uma carta da ministra para Miriam Belchior (Planejamento) reivindicando verbas para a Cultura no dia 27 de agosto incomodou o governo, sobretudo Dilma Roussef. Conexões América Central Panamá O Fora do Eixo extrapolou limites e entrou em circulação em terras estrangeiras. Felipe Altenfelder a convite do parceiro Yigo Sugasti embarcou para o Panamá, em 13 de setembro, para os concertos do Senõr Loop e para mais conexões e reuniões com os coletivos de rede presentes em solo panamenho. E no Sendero Panamenho não poderia faltar uma visita ao Canal do Panamá, o atalho na ligação entre os Oceanos Atlântico e Pacífico que no passado resignifcou o ritmo e a velocidade do Mundo Inteiro, e hoje representa um lugar estratégico para as rotas de circulação de todo o Planeta. Cidade Que Queremos Por meio de intervenções urbanas, ações nas redes sociais, coberturas, entrevistas, em 20 dias seguidos de programas transmitidos ao vivo pela Pós TV, o projeto Cidade Que Queremos aconteceu em todo o Brasil com ativistas culturais e políticos debatendo o modelo de cidade que atenda as reais necessidades de seus moradores , a partir do dia 15. Gaby Amarantos recebe prêmio no Video Music Brasil São Paulo /SP Explodindo no Brasil como a Beyoncé do Pará, Gaby Amarantos teve uma das campanhas mais produtivas na música brasileira em 2012. Sucesso na internet com o vídeo da música “Xirley” e destaque na televisão com a música “Ex My Love” sendo tema de novela, Gaby consolidou-se como uma das melhores artistas do ano recebendo 5 indicações ao VMB, do qual ganhou 3, sendo a maior ganhadora da noite no dia 20.

95


Karina Buhr na Argentina Buenos Aires - ARG Numa Noite Fora do Eixo, a cantora baiana Karina Buhr lançou seu disco “Eu Menti Pra Você” em terras portenhas no dia 21, numa apresentação no Niceto Club, em Bueno Aires na Argentina, proporcionando um interessante intercâmbio musical entre Brasil e Argentina, e exibindo o trabalho dos destaques da nova música brasileira. Encontro Movimento Social das Culturas com Marta Suplicy São Paulo /SP “Ainda não sou uma hacker, mas vou ser”. Essa foi uma das várias frases ditas pela nova ministra da Cultura, Marta Suplicy, durante encontro com representantes de diversos segmentos das cultura e cultura digital, no dia 22 de setembro. A reunião, mediada por Pablo Capilé (gestor do Fora do Eixo) e Ivana Bentes (Diretora da UFRJ), propunha a retomada do diálogo entre Minc e Movimentos Sociais e teve resultados positivos como a promessa do pleno funcionamento dos Pontos de Cultura em todo o Brasil, a tramitação do Marco Regulatório e a expansão do programa Cultura Viva, que já se tornou modelo em toda a América Latina. Leia mais. Aeromoças e Tenistas Russas na Argentina Buenos Aires/Argentina A banda instrumental paulista Aeromoças e Tenistas Russas fez, durante o mês de setembro, uma Turnê pelas cidades argentinas de Buenos Aires, La Plata e Cordoba, A viagem teve início no dia 05.09, com seis shows realizados ao longo de próximos 12 dias. Inicialmente, a circulação foi propiciada por um convite para a participação no Festival Sumár, que ocorreu na cidade de Buenos Aires em 8 de setembro, no “Día Movimiento” do festival. A partir disso outras datas foram articuladas visando aproveitar da melhor maneira possível a viagem. Tour Cabruera Os Paraibanos do Cabruêra foram uns dos artistas que entraram em circulação nas Turnês Fora do Eixo. A banda pôs o pé na estrada por 6 cidades além da capital paulista, passaram pelas cidades de São Carlos, Campinas, Araraquara. Em seguida, chegaram até a Argentina em Buenos Aires onde realizaram um shows, no Plasma Club e no Festival Sumar.

96


Lançamento Mercado das Pulgas Belo Horizonte/MG A Casa Fora do Eixo Minas, responsável por grandes festivais e eventos em Belo Horizonte, abriu suas portas dia 29 com mais uma nova proposta de consumo criativo e economia solidária. O lançamento do Mercado das Pulgas levou para dentro da Casa uma feira livre de objetos artesanais, roupas, calçados, bijuterias, acessórios, discos e livros, agregada à atrações culturais. A programação cultural, e gratuita, do Mercado de Pulgas ainda ofereceu oficinas como a de Construção de Cadernos Artesanais, intervenções circences, discotecagem em vinil com DJ Yuga e ainda o pocket show do músico Celso Moretti. Durante a feira também aconteceram intervenções de artes visuais, audiovisual e teatro, bem como um debate sobre economia com a transmissão em tempo real pelo canal da Pós TV. Lançamento Circuito Amazônico de de Festivais Independentes A Rede Brasil de Festivais Fora do Eixo lança o Circuito Amazônico de Festivais Independentes. São oito festivais que representam os perfis distintos da região norte somados à Guiana Francesa, fortalecendo o intercâmbio de cultura, as rotas de formação livre e os processos colaborativos com foco na diversidade cultural da região amazônica e em seus diversos contextos e cenários. Vivência Juá 4D Argentina no Cultura Senda Buenos Aires/ARG Júlia Albertoni, da Casa Fora do Eixo Porto Alegre, fez residência 4D em Buenos Aires, onde passou três dias numa imersão sobre sustentabilidade, recursos tangíveis e intangíveis, fazendo intenso intercâmbio de tecnologias e experiências com os agentes culturais da Argentina. Um importante indicador das ações do Movimento Global das Culturas com artistas e gestores culturais no mapeamento e criação de laços para facilitar a difusão e intercâmbio pela América Latina. Rede Brasil de Festivais lança Hospeda Cultura Em parceria com a Rede Brasil de Festivais, o Banco Fora do Eixo promoveu a Hospeda Cultura. A campanha tem o objetivo de cada anfitrião de uma casa integrada a campanha acolha um artista, banda, jornalista como hóspede. Além de uma experiência maravilhosa, os anfitriões foram remunerados com Fora do Eixo Card!

97


OUTUBRO Domingo na Casa #50 São Paulo/SP O Domingo na Casa edição #50 lotou a Casa Fora do Eixo São Paulo no domingo, dia 14 a partir das 15h. A programação contou com os DJs Bruno Torturra (Talco Bells), Camilo Rocha e DJ Kula e show da banda Porcas Borboletas (MG) e Dona Zefinha (CE). O evento teve gravação ao vivo pela PosTV. A entrada foi gratuita e contou também com o projeto Quanto Vale o Show?, cuja a arrecadação é destinada integralmente aos artistas. Lançamento Circuito Nordeste de Festivais Dia 30 de outubro, contando com 30 eventos em 20 cidades, a Rede Brasil de Festivais Independentes lançou o Circuito Nordeste de Festivais. E assim foi dada a largada, conectando do litoral ao sertão o resultado do que vários que trabalham de forma coletiva fazem para a difusão da cultura nordestina. Campus de Formação Livre, Economia Solidária, Mídias Integradas, Cobertura Colaborativa foram algumas das tags do teaser feito para o circuito e disponível no link. Lançamento Casa Sem Paredes Juiz de Fora/MG O Coletivo Sem Paredes deu um passo no enraizamento de seus planos e construiu a Casa Sem Paredes. Integrado ao Fora do Eixo, propõe um ambiente de autoformação preparado para criar experiências de trabalho e convívio com diversas vivências e atividades cotidianas. O lançamento da Casa Sem Paredes ocorreudia 12/10 em Juiz de Fora/MG durante o Festival Sem Paredes. Exibição Conexões Urbanas São Paulo/SP Dia 10/10 Ocorreu a pré-estréia do episódio “Fora do Eixo”, que integra a 5ª temporada do programa Conexões Urbanas, realizado pelo AfroReggae e exibido pela Multishow. A equipe do programa conversou com produtores, articuladores, comunicadores de diversos pontos do Fora do Eixo pelo Brasil e a Casa Fora do Eixo São Paulo fez uma sessão aberta da exibição. O programa mostrou como surgiu e como se mantém a rede que começou com 4 coletivos e hoje já têm mais de 110 pontos por todo o Brasil, circulando mais de 30 mil artistas e estimulando uma cadeia produtiva por onde passa sua rota.

98


Amor Sim Russomanno Não São Paulo/SP O ato foi um chamado coletivo dia 05 contra o candidato Celso Russomanno sob controle da Prefeitura de São Paulo. A manifestação pública foi criada nas redes sociais faltando uma semana para o 1º turno da eleição municipal e excluída duas vezes. Em protesto a censura, mais de 100 eventos foram criados para o Festival que recebe o mesmo nome e que ocupou a praça Roosevelt, dia 5 de outubro a partir das 20h. O festival teve participação de artistas e de todo mundo que quisesse construir uma forma de fazer política mais aberta e, além de protestar contra o político, fazer o estopim de uma tomada de consciência pública. Os manifestantes se vestiram de Rosa Choque, criaram memes, divulgaram a hashtag, fizeram eventos no facebook e conseguiram fazer com que o político ficasse fora do segundo turno. Existe Amor em SP São Paulo/SP A onda rosa choque só cresceu desde o ato Amor Sim Russomano Não e para comemorar que o político não se elegeu, foi criado o Festival Existe Amor em SP ocupando a Praça Roosevelt dia 21 de outubro a partir das 14h. Apartidário, mas político, o encontro propõe uma maneira mais atual, eficiente e inspirada de se fazer política. De rosa-choque, Criolo, Emicida, Karina Buhr, Thiago Pethit e Gaby Amarantos subiram ao palco clamando por mais amor e pelo fim desta São Paulo agressiva, repressiva, individualista, proibida, militarizada e várias grupos se uniram em intervenções espontâneas para declarar amor à cidade. Lançamento Circuito Sul de Festivais Independentes A Rede Brasil de Festivais lançou mais um circuito regional em seu calendário no dia 9 de outubro, o Circuito Sul de Festivais Independentes. São 300 atividades artísticas entre shows, mostras de artes visuais, audiovisual, performances, apresentações de teatro e atividades de formação livre com debates e oficinas. São mais de 10 festivais que compõem o circuito e devido a localização geográfica dos 3 estados do sul do Brasil é feita uma integração mais intensa com agentes culturais dos países do Cone Sul também, fortalecendo à circulação, encontros e atividades diversas de formação livre em caráter internacional, agregrando até um festival argentino à rota.

99


Congresso São Paulo São Carlos/SP O Congresso Fora do Eixo – Etapa Regional São Paulo foi realizado em São Carlos de 15 a 20 de outubro. A programação foi intensa, contando todos os dias com transmissões via PósTV e WebRádio FdE. As inscrições eram gratuitas com atividades livres e participação aberta pro evento que promoveu grupos de trabalhos e mesas de debate, visando aumentar o nível de interação entre agentes da regional, de forma a nivelar os conhecimentos e trabalhos, suprindo as necessidades dos coletivos de cada região e preparando-os para o Congresso Nacional. Otimizando e fomentando discussões, conectando às discussões macro que a rede desenvolve no momento. Talles no WOMEX Grécia Thessalonika/Grécia Talles Lopes participou da feira WOMEX, representando o Música Minas, o Fora do Eixo e a Rede Brasil de Festivais. Além da agenda musical, Talles relata o que acompanhou nos últimos acontecimentos políticos do país. Presenciou um país parado, que segundo ele, teve a impressão que estava em um país dividido em meio a quinta greve geral do ano. Relata experiência semelhante ao Fora do Eixo Card e a necessidade de se pensar em novas alternativas de organização social e cultural, se prontificando a ser mais um ponto de referência e contato da rede na Grécia, ampliando as conexões para o Movimento Global das Culturas. Leia Mais! Defesa Pública da Alegria Porto Alegre/RS A Defesa Pública da Alegria foi uma movimento de autônomo, descentralizado, popular, pacífico e apartidário, que pauta defesa da humanização da cidade. O primeiro ato ocorreu no dia 4 de outubro, em frente à prefeitura, na Praça Montevidéu. Foram mais de 6 horas e 1.500 pessoas em frente à prefeitura em mobilização contra às subsequentes políticas do governo Fortunati, envolvendo a privatização do teatro Araújo Vianna, higienização nos bairros e fechamento dos bares e outros espaços de convívio cultural na cidade. Formado por diversos coletivos de Porto Alegre, o segue com ações diretas como forma de disputar a cidade como como ambiente público de fato.

100


Congresso Fora do Eixo Centro Oeste Pirenópolis/GO O Congresso Fora do Eixo Centro Oeste, em Pirenópolis/GO, teve atividades de 24 a 28 de outubro e debateu temas como integração em rede, mídia livre, Rede Brasil de Festivais, Circuito Centro Oeste de Festivais Independentes, Circuito Goiano de Festivais, Universidade das Culturas, formação livre. O encontro ocorreu no mesmo período do Canto da Primavera e ambos eventos atuaram como campus temporário da Universidade Livre Fora do Eixo, servindo de ponto de encontro para novas articulações e imersões dos vários municipios que estarão presentes. Canto da Primavera Pirenópolis/GO Canto da Primavera 2012 foi a 13ª edição do festival de música realizado na cidade de Pirenópolis de 24 a 28 de outubro pela Secult Goiás. O evento contou com atrações como Criolina Sound System + 25 atrações goianas, Conferência Brasil Central Music (em parceria com a UniFDE e UnConvention), promovendo discussões culturais e artistas de peso como Velha Guarda da Portela, Marcelo Jeneci, Criolo, Otto, Vítor Araújo, Cuban Beats All Stars e ainda, como a atração principal, Milton Nascimento. Paralelo aos shows, o evento realizou mostra de filmes com temática musical. Turnê Iclan Funk São Paulo/SP A Banda Iclan Funk, da Argentina, mais uma vez esteve em turnê Fora do Eixo através do Circuito Paulista de Festivais. Foram 7 cidades em menos de um mês, começando por São Carlos, no dia 19 no Festival Contato, passando também por Rio Preto, Bauru, Uberaba, Taquaritinga e Barretos. Com repertório marcante, misturado à referências latinas e dançantes específicos da Argentina, a banda fortalece o intercâmbio musical com a América Latina e viabiliza cada vez mais a a fruição de musica independente. Missão Lisboa Lisboa/Portugal Fred Maia embarcou no início de outubro para Portugal, na chamada Missão Lisboa uma das ações da Universidade Livre Fora do Eixo que reafirma o troca de tecnologias e desterritorialdade das culturas. O morador da Casa Fora do Eixo Minas irá permanecer até o fim do mês no local mantendo as articulações luso brasileira e conexões do Movimento Social das Culturas.

101


Turnê Morbo Y Mambo Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP A Turnê Morbo Y Mambo começou na Fundição Progresso com Curumin e Orquestra Santa Massa, dia 13. Depois foi a vez de São Carlos receber a apresentação numa noite épica durante o Festival Contato, unindo diversidade de cultura e sons da Argentina, Cuba e Brasil com com Caixa Preta DJ (SP), Chico Corrêa e Eletronic Band (PB), Felipe Cordeiro (PA) e Cuban Beats All Stars (CUB). Também passou por Santos e em seguida voltou ao Rio de Janeiro para mais duas apresentações. A banda é uma mistura de jazz, dub e afrobeat com tempêro argentino, que em sua ainda curta, porém intensa carreira, vem se destacando na cena musical de Buenos Aires. Congresso Fora do Eixo Nordeste Vitória da Conquista/BA O Congresso Fora do Eixo Nordeste reuniu agentes culturais durante 4 dias em um importante campus Temporário da Universidade Livre Fora do Eixo, onde foi discutido sobre Formação livre, movimento social da cultura, cultura de rede, entre outros temas. Várias caravanas se mobilizaram para o encontro presencial da rede em Vitória da Conquista, na Bahia durante os dias 11 a 14 de outubro. Lançamento Casa Piracicaba Piracicaba/SP O Coletivo Piracema inaugurou a sede Fora do Eixo em Piracicaba/ SP dia 9 de outubro e contou com oficina de hortas verticais com garrafas PET e galões, reunião aberta sobre arranjos culturais e atuação na cidade. A casa foi aberta durante o dia todo para interessados na atividade cotidiana do coletivo. Para finalizar foi realizado o clube do vinil, ação que incentiva o público a levar seus vinis para uma noite de alegria e degustação musical com cerveja na caneca, evitando utilizar copos plásticos. Contra Conferência da SIP São Paulo/SP Dia 16 de outubro terminou em São Paulo a 68ª Assembleia Geral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, na sigla em espanhol) e a Casa Fora do Eixo São Paulo fez a PósTV Contra Conferência sobre a Liberdade de expressão na América Latina: de que lado está a SIP? no mesmo dia às 15h. A transmissão contou com presença do Emir Sader, João Brant Renato Rovai Beá Tibiriça, Fernando Morais, Lino Bocchini entre vários outros, contra o monopólio da mídia que sufoca a liberdade de expressão.

102


Coluna Guarani Kaiowa Mato Grosso do Sul Dia 28 uma dupla de midialivristas embarcou para o Mato Grosso do Sul para uma cobertura independente da atual situação do povo Guarani-Kaiowá. Através da Coluna PósTV Guarani Kaiowá, fizeram o registro em foto e vídeo das aldeias onde os guaranis lutam para escapar do extermínio e em poucos dias a reportagem “Tekoha - A Retomada da Terra Sagrada” estava à tona, resultado de uma imersão por 11 aldeias, exibindo depoimentos de lideranças indígenas e a vida em situações de conflito com fazendeiros. Lançamento Universidade Griô Rio de Janeiro/RJ O lançamento marcou um momento importante para o movimento social da cultura e ocorreu dia 20/10 na ECO/UFRJ no Rio de Janeiro. Durante o dia as vivências da pedagogia griô, as músicas, os encontros dialógicos sobre a Lei Griô integraram a programação. O evento reuniu representantes da Rede Ação Griô, Nina Griô-SP, movimentos indígenas e movimento negro, do Grãos de Luz e Griô – BA e outros, além de presenças políticas que foram fundamentais e que chancelaram o lançamento do Laboratório de Políticas Culturais – Universidade Griô, reafirmando assim, o compromisso e o diálogo da Rede Ação Griô com o poder público. Vigília 48 horas SP/MG/PoA Em clima de pré eleições, a Pós TV do Cidade Que Queremos realiza a Vigília 48 horas com debates em São Paulo, Porto alegre e Minas Gerais. A programação ao vivo acompanhou as últimas repercussões a respeito das eleições, analisando e discutindo o percurso dos candidatos a prefeito e vereadores nas cidades, bem como o acompanhamento direto de todo processo eleitoral. Em Porto Alegre também foi colocado em debate a forte repressão policial do movimento Defesa Pública da Alegria. Os bastidores das Eleições 2012 podem ser acompanhados pelo link da Pós TV.

103


Eleições 2012 O Fora do Eixo fez cobertura alternativa do processo eleitoral. Atendendo pelo nome de Cidade que Queremos, a campanha promovida através da PosTV mobilizou durante 20 dias, ativistas, candidatos e gestores públicos as vésperas das eleições municipais 2012. Foram quase 100 programas em 30 cidades e ainda contou com a vigília 48 horas, hackeamento dos debates, discutindo debates já realizados, e cobertura da sujeira nas ruas no dia das eleições. Rede Brasil de Festivais Minas Gerais e São Paulo Conectando diversas cidades em 18 festivais somente em outubro, a Rede Brasil de festivais Independentes promoveu a circulação de diversos artistas do norte ao sul do país. Como bons representantes no mês temos o Festival Sem Paredes de 12 a 21 de outubro em Juiz de Fora - MG com uma programação diversificada que visa estimular a produção e circulação de conteúdo independente da cidade. Outro de destaque é o Festival Contato de São Carlos/SP, que desde seu início teve como proposta colocar em CONTATO atores da cultura, permitindo novas trocas, criando e ampliando redes. De Pernambuco a Cuba, fazendo CONEXÕES pelo Pará, Mato Grosso, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo e Argentina, tornando o fim de semana uma experiência sonora no mínimo diferente. Moeda Contato São Paulo/SP Pelo terceiro ano consecutivo o Festival Contato promoveu, em 2012, a circulação da moeda complementar entre agentes, produtores e bandas por meio da moeda solidária Contato. Mais uma vitória no trabalho por uma economia mais justa e solidária, sendo esta a materialização dos debates e articulações construídas pelo Festiva.

104


NOVEMBRO Existe Rio em SP São Paulo/SP Ação para a construção de um parque linear que preserve a arte e acabe com as enchentes no percurso do Rio Verde - São Paulo/ SP. Existe RIO em SP foi uma mobilização de diversos coletivos, artistas, moradores, comerciantes, arquitetos, intelectuais,para a construção de um parque linear que preserve a arte e acabe com as enchentes no percurso do Rio Verde, que corta a Vila Madalena, formando os Becos do Graffiti. A Fiesta na Vila aconteceu no dia 2 de novembro, das 10h às 18h, e contou com shows, comida de rua, passeios, debates sobre urbanismo e educação, discotecagens, instalações, exposições, teatro infantil e mais uma pilha de atividades bacanas. Prêmio FINEP/ Prêmiação FINEP para o FdE Card - Tecnologia Social O Fora do Eixo Card é sistema de financiamento colaborativo da rede Fora do Eixo, que reúne 120 coletivos das mais diferentes localidades do Brasil e que trabalham com princípios de cooperação e solidariedade. Trata-se de um programa de moeda social, que se pauta na troca de serviços, produtos e saberes como forma de efetivar relações comerciais. A Tecnologia social, obteve o Prêmio FINEP, dia 08/11, que já premiou mais de 500 empresas, instituições e pessoas físicas, sendo responsável pela projeção dos contemplados não apenas no Brasil como no exterior. Congresso Fora do Eixo Minas Encontro presencial dos agentes FdE em Minas Gerais Belo Horizonte /MG O Congresso Fora do Eixo Minas foi realizado do dia 8 à 11 de novembro, juntamente com o Festival FdE (CMFI) e o Cenários Possiveis em Belo Horizonte, foi um encontro presencial de agentes fora do eixo do estado, um momento muito importante pra entender a nova configuração da regional, que passa a ser dividida em micro-regionais. E também para que novos coletivos se encontrassem com coletivos antigos, essa integração contribuiu para aumentar a conexão entre esses 20 pontos de articulação existentes em Minas Gerais.

105


Festival (CURAU) /de Culturas Regionais e Artes Urbanas Piracicaba - SP O Festival de Culturas Regionais e Artes Urbanas (CURAU) foi realizado nos dias 2, 3 e 4 na cidade de Piracicaba. O evento fomentou o intercâmbio e convergência entre diferentes linguagens; do conhecimento tradicional até as manifestações urbanas contemporâneas. Para isso foram oferecidas diversas atividades, como oficinas, intervenções, feiras gastronômicas, exposições, apresentações musicais e debates. O CURAU movimentou mais de 6.000 pessoas mostrando que todo trabalho realizado foi concluído com uma aceitação muito boa dos moradores da cidade e região que também compareceram ao evento. Todo festival so foi possível por ser um projeto colaborativo, onde obteve uma contribuiçao fundamental e ativa de 28 instituições, e a participação de 60 colaboradores. Festival Gemada de Artes Integradas Barretos - SP Pelo segundo ano consecutivo, o Coletivo Gema Genérica realizou o Festival Gemada de Artes Integradas com o propósito de realizar um evento que pudesse transitar entre as mais diversas formas de arte. O festival ganhou proporções maiores em 2012 com dois dias a mais, três locais na cidade, um número maior de atrações e, diferente da primeira edição, uma quantidade enorme de artistas de outras cidades, estados e até países – como o monólogo do grupo paulistano de teatro, Grupo Tapa, e a banda argentina Inclan Funk FUMO Ufscar de Música Sorocaba - SP O II FUMU – Festival UFSCar de Música ocorreu dia 24 de novembro, no campus Sorocaba da UFSCar. O objetivo do FUMU é transformar a universidade em um local de livre circulação do pensar, das pessoas, das novas formas de se fazer cultura e arte, além de incentivar e promover a economia solidária, as vivências e trocas de aprendizado, da difusão da música, cultura e arte independente. Ocorreram diversos shows como; Apanhador Só, Fones, Elephant Club, Lisabi, Cabana Café, Dr. Hank, Veja Luz e Puppa Kanda-Dabliueme-Projeto Saída, além de oficinas, debates, peças teatrais, exposições, dança, feira de trocas e cineclube.

106


Entretejer Bolívia Cultura Red Cochabamba/Bolivia O encontro Entrejer Bolívia realizado entre 7 a 9 de novembro faz parte da agenda de atividades do Cultura Red, um espaço de colaboração e construção conjunta de conhecimentos, ideias e práticas que envolvem o cenário cultural ibero-americano. Articulação Política, Formação, Mídia e Sustentabilidade estão entre os eixos norteadores que foram propostos no decorrer da reunião que busca traçar planos de aproximação e atos que proporcionem atuar conjunto, a troca de experiências, metodologias, mobilidade e circulação de agentes e produtos culturais. O Entretejer ocorreu na sede do Martadero e foi campus da UniCult - Universdade das Culturas.. O encontro contou com projetos, organizações públicas e privadas, e redes de diversas escalas que, além de estratégias de atualização, buscaram o fortalecimento da rede que está em constante formação. Do Amor No Ar Fora do Eixo na Argentina Buenos Aires/Argentina Abrindo conexões cada vez mais extensas entre produtores e agentes culturais pelo Brasil, o Circuito Fora do Eixo estabelece cada vez mais uma aproximação concreta com a cena musical latino-americana. Na Argentina, um dos parceiros do circuito e sempre aberto a intercâmbios sonoros é o Niceto Club, que recebeu dia 17 de novembro uma edição da Noite Fora do Eixo, um arranjo entre o Fora do Eixo e Coquetel Molotov. Depois da passagem de Criolo, Emicida e Karina Buhr por Buenos Aires, a banda carioca Do Amor aterrisou em terras estrangeiras, e dividiu o palco com o grupo argentino Mompox. Em sua terceira edição produzida em Buenos Aires, a Noite fora do eixo representou a cena independente com o melhor que temos no Brasil. Eleições ADIMI - Associação para o Desenvolvimento da Industria Musical na Iberoamerica Medellín - Colombia Representando o Brasil, durante a edicao do Circulart 2013, no dia 31 de outubro, Talles Lopes foi eleito para a diretoria da ADIMI Associação para o Desenvolvimento da Industria Musical na Iberoamérica, que desenvolve trabalhos com coletivos, festivais, selos e demais empreendimentos musicais por todo o continente. O Novo presidente eleito é o grande parceiro Alvaro Abitia, do México, organizador da Feira da Musica de Guadalajara.

107


Participatório da Juventude. Oficinas e debates Rio de Janeiro/RJ A Secretaria Nacional da Juventude promoveu no Rio de Janeiro as oficinas do Participatório: Redes Sociais para a Participação, debate sobre o conceito e experiências de midialivrismo e sobre a campanha Juventude Negra Viva da SNJ. As mídias sociais e a formulação de políticas públicas estiveram em pautas com a presença de diversas redes ligadas ao projeto, que está realizando trabalhos midialivristas por todo o país. Mapeamento do Balanço Anual Fora do Eixo 2012 O Fomulário de Mapeamento do Balanço Anual do Fora do Eixo foi disponibilizado nas redes no dia 29/11. Divido em Simulacros (Frentes mediadoras), Frentes Produtoras e Frentes Temáticas, o formulário auxiliará no diagnóstico e planejamento das ações neste ano, que será de grande circulação e mobilização. Coletivos e parceiros foram convidados à colaborarem no levantamentos dos dados, preenchendo e difundindo esta importante ação. Leia mais: http://on.fb.me/UUDc1s Surge a moeda social Úr$ula Santa Maria/RS A Regional Sul Fora do Eixo lançou a moeda social Ur$ula. A moeda esteve em circulação durante o Festival Macondo Circus 2012 que aconteceu entre os dias 12 a 18 de novembro em Santa Maria (RS). A Ur$ula integra a proposta do Camelo 2.0, a Feira de Economia Solidária do Macondo Circus, festival de artes integradas com foco na produção cultural independente que esta em sua nona edição. Feira de Economia Solidária - Juiz de Fora/MG Em Juiz de Fora o movimento de economia solidária se consolida a cada dia e o Coletivo Sem Paredes também participa das atividades, implementando a rede solidária do Fora do Eixo Card em parceria com o Fórum Regional de Economia Solidária nos dias 8,9 e 10. A ocupação da praça do Riachuelo é mensal com a feira municipal de economia solidária e diversos empreendimento se cadastraram predispostos a fazerem trocas solidárias. Leia mais sobre o Fora do Eixo Card: http://bit.ly/RYmdva

108


DEZEMBRO Existe Amor em SP entre os 29 Fatos Marcantes pela Folha de São Paulo São Paulo/ SP A Folha de São Paulo elencou o festival Existe Amor em SP em sua lista dos 29 fatos marcantes acontecidos na cidade. O festival, realizado em outubro na Praça Roosevelt, foi nutrido pelo forte cunho político, reunindo artistas de renome no cenário brasileiro numa ação de fomento a valorização da cultura paulistana. Mais de vinte mil pessoas compareceram no evento construído de forma horizontal e apartidária. Veto à Extinção da Secretaria de Cultura de Viçosa Viçosa/MG Fruto da mobilização gerada pelo Coletivo 103 no Festival Fora dos Trilhos, a classe artística de Viçosa se reuniu dia 19 para contestar a fusão das secretarias de eduação e de cultura, e conseguiu a vitória com o veto da Câmera Municipal. A mobilização começou em torno de um debate realizado no Festival Fora dos Trilhos de Artes Integradas, que agregou à causa vários representantes da classe na cidade. Preliminares São Paulo/SP Entre os dias 8 e 16 de dezembro aconteceu o Preliminares, o encontro que reuniu dezenas de midialivristas e agitadores culturais de todo o Brasil. Eles se reuniram para a execução da agenda pautada na discução da narrativa que vai permear o ano de 2013. Programas da Pós TV, rodas de conversas, shows, mobilizações na rua, além de visitas a pontos estratégicos da cidade, envolveram seus participantes. Saiba mais no site do encontro! Festival Fora do Eixo Rio de Janeiro Rio de Janeiro/RJ Nos 12 e 16 de dezembro, o Rio de Janeiro recebeu a terceira edição do Festival Fora do Eixo. A edição 2012 apresentou bandas de destaque na nova cena musical brasileira, em três cidades do estado: Rio de Janeiro, Niterói e Nova Friburgo, sendo representados por Folks, Mahmundi e El Efecto. A programação emplacou também nomes como Gaby Amarantos, Autoramas, Teatro Mágico, além do que havia de mais recente no cenário carioca. Saiba mais!

109


Festival Quebramar Macapá/AP Macapá recebeu entre os dias 10 a 15 de dezembro a quinta edição do Festival Quebramar. Com temática voltada para o meio-ambiente e permeada por assuntos que giram em torno disso, também foi o local de imersão do Nós Ambiente. A dinâmica do evento foi pautada pela valorização dos artistas regionais, conjugada com a participação de expoentes da Música autoral brasileira. Festival Pepita Encerra CMFI 2012 Ouro Preto e Mariana/MG Em sua primeira edição, o festival Pepita já conquistou um grande público na cidade e movimentou os espaços históricos em 4 dias de programação. Foram oficinas, debates, intervenções artísticas, espetáculos, feira de trocas e a integração. O evento nas cidades históricas apresentou o potencial turístico e cultural da região, integrando outros grupos em sua produção e artistas locais na programação. Lançamento do Campus USP da Universidade Griô São Paulo/SP Entre os dias 05 e 09 de dezembro aconteceu o lançamento do Campus USP da Universidade Griô, contemplando ações pedagógicas para o fortalecimento de uma rede transmissão dos saberes e fazeres de tradição oral em diálogo com a educação formal. O curso conta com griôs e mestres de tradição oral da capoeira angola, samba de bumbo, e das etnias Karajá, Xavante, Bororo, griôs aprendizes. Enxame Coletivo se despede da antiga sede com a Noite FDE Bauru/SP Foi com uma Noite Fora do Eixo que o Enxame Coletivo celebrou a última noite em sua antiga sede. Desde o fim de 2009 no mesmo lugar, o coletivo migrou para uma casa que comporte e que ofereça mais conforto aos simulacros que compõem a dinâmica do espaço. As bandas Duo Finlãndia e Chimpanze Club Trio foram as atrações do evento e levaram o melhor do instrumental à residência cultural.

110


Cenários Possíveis Macapá Macapá/AP O Festival Quebramar recebeu em Macapá a última etapa de 2012 do Cenários Possíveis, realizado pela frente Palco Fora do Eixo, que visa promover diálogos e intercâmbios culturais por meio de atividades de cunho artístico e formativo no campo da artes cênicas. A programação contemplou a Arte Circense através de oficinas, conversas infinitas, apresentações e transmissões online. Fora do Eixo assume a gestão do Overmundo Em dezembro o Fora do Eixo assumiu a gestão do site Overmundo, plataforma colaborativa e referência na hospedagem de textos referentes à Cultura. A nova administração ampliará o caráter colaborativo e vai pautá-lo sob os princípios do midialivrismo e midiativismo. As alterções também chegarão no layout do veículo, facilitando a navegação e a organização do conteúdo. Pós TV Sem Eira Nem Beira São João Del Rei/MG No dia 08/12 aconteceu o Primeiro Pós Tv do Coletivo Sem Seira Nem Beira: #Cidade que Queremos Cultura. Entre os convidados, o prefeito Helvécio Reis, a vereadora Lívia Carvalho, Juliano Pereira, diretor Cia Teatral ManiCômicos, e Tito, da Custom Skate Art. O programa foi realizado às 19h, no Espaço Manicômio, onde os debatedores discutiram o cenário cultural da cidade de São João Del Rei. Imersão Nacional da Mídia Livre Fora do Eixo São Paulo/SP Durante Preliminares ocorreu a Imersão da Mídia Livre Fora do Eixo. Em 8 dias de Imersão, dezenas de agentes, vindos das várias regionais da rede, cumpriram uma agenda com parceiros paulistanos, visitando pontos estratégicos, integrando agentes externos à reuniões e utilizando o encontro como plataforma para trocas de tecnologias e resignificações da dinâmica de atuação. Saiba mais na página da ação!

111


Ocupa Alemão Rio de Janeiro/RJ A juventude do Complexo do Alemão convocou a sociedade na Praça do Conhecimento, da comunidade Nova Brasília para o Ocupa Alemão. O evento propunha estreitar o diálogo da juventude com o poder policial, buscando minimizar os impactos e esclarecer aos moradores seus direitos e deveres como cidadãos. O encontro aconteceu em duas favelas unidas em prol do desejo de respeito e segurança por parte do Estado. FECIQ - Feira Cultural Independente de Quixadá Quixadá/CE Aconteceu a segunda edição da FECIQ - Feira Cultural Independente de Quixadá, no Sertão Central cearense, na ocaisão, a Casa Fora do Eixo Nordeste esteve reunida com os coletivos, músicos e artistas que participaram da Feira, o grarnde encontro contou com representantes do Ceará, Piauí e Paraíba. Dentre os pontos abordados, foi debatido sobre a organização territorial e política do circuito, tanto nas regionais e microrregiões quanto nos congressos, encontros, vivências, dentre outros. Ciclo de Programação do Família de Rua Belo Horizonte/MG O Família de Rua encerrou 2012 em clima de festa de 20 a 23 de dezembro. Foi o Duelo de MCs no Museu de Artes e Ofícios que iniciou a programação de fim de ano do coletivo, seguido pela última edição do ano do Duelo de MCs embaixo do Viaduto Santa Tereza. O BoomBox 98fm Festival deu sequência à agenda e o Skate Boarding Celebra encerrou as atividades do coletivo referência nas ações de valorização do movimento Hip Hop. Edital de Vivência da Casa Fora do Eixo Nordeste Fortaleza/CE Em Fortaleza, a Universidade Livre Fora do Eixo abriu vagas para dois agentes no dia 21 que tenham interesse em integrar as equipes de música e poéticas visuais da Casa Fora do Eixo Nordeste e iniciar o ano novo com diversas trocas de experiências na capital cearense. O projeto busca envolver os viventes na dinâmica de trabalho e vida da residência cultural, em um dia a dia de constante formação aberta e coletiva. Leia mais!

112


Imersão Casa Sanca São Carlos/SP Durante 5 dias a Casa Fora do Eixo São Carlos passou pelo processo de imersão, contemplando diversos módulos que abrangem as áreas do organograma trabalhados durante todo o ano. A ação conta com o planejamento do lançamento do ano letivo, os processos de vivências, as conexões do movimento social das culturas para serem implantados logo em Janeiro. Os espaços da casa também serão reformulados para contemplar a nova dinâmica. Saiba mais! Reunião do Fora do Eixo e MST São Paulo/SP Fora do Eixo e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) se encontraram na sede da Secretaria Nacional do MST em São Paulo. Várias parcerias foram articuladas na conversa, como intercâmbios entre os jovens dos assentamentos e das Casas e a articulação de artistas do MST nas plataformas do Fora do Eixo, passando pelas trocas de tecnologias socias entre a Florestan Fernandes e a UniFdE. Saiba mais! Campanha Zoo Macapá O Parque Zoobotânico de Macapá é uma área significativa no contexto ambiental de Macapá. Apesar de possuir três amostras de ecossistemas presentes no Estado, está fechado por inadequação aos parâmetros legais. O Nós Ambiente, frente do Fora do Eixo ligada ao ativismo ambiental, participou da campanha para a revitalização, expansão e reabertura do espaço, através de mobilizações multimidiáticas.

113


Contato www.facebook.com/foradoeixo @foradoeixo contato@foradoeixo.org.br

115


PATROCÍCIO

PROJETO INTEGRADO

REALIZAÇÃO

Fora do Eixo Anuario 2012  

Fora do Eixo 2012 anuário

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you