Page 1

Manual

do Aluno e da FamĂ­lia 2017


D. Bosco

Este manual visa orientar o aluno e seu responsável acerca das normas e procedimentos atualizados do Colégio Salesiano do Salvador, bem como dispor de informações que irão agilizar a resolução de problemas e facilitar a relação do aluno e de sua família com os diversos setores. Acreditamos que, através da compreensão e cumprimento das informações aqui contidas, o aluno terá um ano escolar de harmonia e paz, numa convivência feliz com os demais irmãos, o que o levará a um crescimento moral e intelectual.

21


Mensagem do Diretor

“SOMOS FAMÍLIA! Cada casa, uma escola de Vida e de Amor!”

(Estreia 2017)

Farei minhas as palavras do superior geral dos Salesianos de Dom Bosco, Padre Angel Fernandez, no desejo de iluminar e orientar nossa caminhada pedagógica e pastoral para o ano de 2017: Somos Família! Cada casa, uma escola de Vida e de Amor. É na família, no lar, que se recebe um nome e, portanto, a dignidade; se experimentam os afetos; se aprecia a intimidade; e se aprende a pedir licença, pedir perdão e agradecer. Todos nós temos a intensa experiência pessoal de que nascemos numa família e “nascemos como família”, com a beleza e as limitações de toda família, mas em definitivo no seio de uma família. Família que é a realidade humana muito concreta onde se aprende a arte da Vida e do Amor. A família também é, nós o sabemos, a primeira escola para as crianças, o grupo de pertença imprescindível para os jovens e o melhor abrigo para os idosos. Ao mesmo tempo, não percamos a perspectiva do que significa a realidade da família e de Deus Comunhão-Amor, porque a família é um grande sinal-sacramento do Deus Trinitário, que é Comunhão-Amor. A família é o seio materno (o ventre) no qual o Filho de Deus realiza o seu itinerário de Humanização. Em todos os grupos da Família Salesiana, inserimos o espírito de família como parte constitutiva do nosso ser e também da nossa ação pastoral pela família, com as famílias e para as famílias. Esta premissa explica a nossa obrigação como Família Salesiana, obrigação que não é só deixar de olhar para outra direção, diferente daquela em que está intensamente envolvida a Igreja, mas também fazer uma leitura salesiana – como educadores que somos de meninos e meninas, rapazes e moças, de jovens – e dar a nossa humilde contribuição. Nesse modo de educar, no qual a família não pode renunciar a ser lugar de apoio e acompanhamento, acreditamos que podemos oferecer algo de nosso, muito salesiano: ajudar às famílias a criarem e educarem com o afeto e o coração; com tudo o que isso envolve em nosso sistema educativo/preventivo. Que Dom Bosco, Pai e Mestre da juventude, fundador da Família Salesiana, nos inspire neste caminho de amor.

3


Filosofia da Educação Salesiana........................................... 6 Setores de Atendimento........................................................ 7 Direitos e Deveres................................................................10 Informações Importantes..................................................... 15 SOR - Serviço de Orientação Religiosa ............................. 23 DECS - Departamento de Esportes do Colégio Salesiano.. 30 NTE - Núcleo de Tecnologia Educacional.......................... 31 Tempo Integral.................................................................... 36 Sistema de Avaliação.......................................................... 37 Normas Para Realização de Avaliações............................. 42 Tópicos do Calendário Pedagógico Pastoral..................... 43

5


A Pedagogia Salesiana procura vivenciar os objetivos idealizados pelo seu fundador, São João Bosco (Dom Bosco): “Formar bons cristãos e honestos cidadãos”. A Comunidade Educativa Pastoral (CEP) é a mola propulsora desse empreendimento. Dom Bosco inspirou-se na página evangélica do Bom Pastor e fundamentou o seu método educativo (chamado Sistema Preventivo) na trilogia: Razão, Religião e Amor. São estes os fundamentos essenciais para a formação dos jovens. O Colégio Salesiano do Salvador é uma instituição particular de ensino (de confissão católica) que tem o compromisso de vivenciar esta pedagogia na sua essência, assim como desenvolver a missão de Educar Evangelizando e Evangelizar Educando, acompanhando a evolução do ensino, formando jovens para a vida.

6


Com a finalidade de proporcionar acompanhamento individualizado ao aluno e atendimento adequado às famílias, o Colégio Salesiano do Salvador conta com os seguintes setores de atendimento: Direção Geral O Diretor Geral é responsável pelo complexo organizacional do Colégio, pelo planejamento, execução e avaliação de todos os serviços escolares. Coordenação Geral É o setor responsável pela ação integrada da Equipe Pedagógica do Colégio, garantindo a unidade de ação e qualidade do ensino oferecido. Serviço de Orientação Religiosa e Pastoral (SOR) É o setor responsável pela animação pastoral/religiosa de toda Comunidade Educativa. Coordenação de Disciplina (COD) É o setor responsável pela disciplina e pela dinâmica escolar, fazendo mediação e intervenção, quando necessária, a fim de estabelecer um ambiente favorável à prática pedagógica. 7


Serviço de Orientação Pedagógica (SOP) É o serviço que orienta, acompanha e avalia o trabalho desenvolvido pelos coordenadores de área e professores, garantindo a execução dos objetivos e finalidades do processo ensino/aprendizagem. Serviço de Orientação Educacional (SOE) É o serviço que, juntamente com os vários setores do Colégio e a família, orienta e acompanha o aluno em seu desenvolvimento integral, dinamizando seu processo de construção afetivo, social e cognitivo. Serviço de Psicologia Setor responsável por mediar as questões escolares atuando de forma preventiva e de ajustes e/ ou mudanças. Departamento de Esportes (DECS) É o setor responsável pela promoção e condução das práticas esportivas, contribuindo para a qualidade de vida dos alunos. Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) É o setor responsável pela formação continuada dos educadores na utilização dos recursos digitais, vinculados às suas práticas pedagógicas. Tempo Integral Serviço oferecido, em caráter opcional, para crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1. Biblioteca Ambiente aconchegante e silencioso para atendimento aos alunos, professores e funcionários, com o intuito de despertar o interesse pela leitura e promover maior acesso às informações. 8


Secretaria É o órgão responsável pelos serviços de documentação, correspondência e processos referentes à legalização do Estabelecimento de Ensino e à vida escolar dos alunos, trabalhando coletivamente com a gestão administrativa e pedagógica. Serviço de Enfermaria O Colégio tem serviço de enfermaria para atendimento aos alunos e funcionários. Setor Administrativo Financeiro Este setor é responsável por gerenciar administrativamente o Colégio. Dentre suas atividades, encontram-se a gestão de contas a pagar e receber, tesouraria, compras, manutenção, patrimônio e pessoal. Serviço Social É o setor que intermedia as relações família x escola com objetivo de apoiá-las nas situações apresentadas de ordem psicossocial, econômica e contratuais. Núcleo de Apoio a Pais e Estudantes Salesianos (NAPES) É o setor que viabiliza os processos administrativos da escola.

9


Art. 94: Constituem direitos dos alunos: I. Conhecer o Regimento Escolar e poder consultá-lo quando necessitar; II. Participar das atividades escolares, sociais, cívicas, religiosas, esportivas e recreativas, destinadas à sua formação e promovidas pelo Estabelecimento; III. Ser considerado e valorizado em sua individualidade sem comparações nem preferências pelos diretores, equipe pedagógica, professores, funcionários e colegas; IV. Apresentar sugestões à Diretoria do Estabelecimento; V. Representar, em termos e por escrito, contra atos, atitudes, omissões ou deficiência de professores, diretores, funcionários e serviços do Estabelecimento; VI. Defender-se quando acusado de qualquer falta, assistido por seu representante legal, se necessário, garantidas todas as prerrogativas de defesa; VII. Utilizar as instalações e dependências do Estabelecimento que lhes forem destinadas, na forma e nos horários para isso reservados; 10


I. Ser orientado em suas dificuldades; II. Receber seus trabalhos, tarefas e avaliações devidamente corrigidas e avaliados em tempo hábil, excluindo as atividades e avaliações relativas à recuperação final; III. Requerer, através de seu responsável, 2ª chamada, revisão de avaliações, da recuperação final, observando o sistema de avaliação; IV. Tomar conhecimento, através do boletim escolar ou outro meio próprio, de notas e frequência obtidas; V. Requerer cancelamento de matrícula ou transferência, através de pais ou responsável; VI. Participar das agremiações estudantis. Deveres dos Alunos Art. 95: Constituem os deveres dos alunos: I. Frequentar com assiduidade e pontualidade todas as atividades escolares; II. Tratar com urbanidade, respeitando as normas de convivência, os diretores, professores, autoridade de ensino, funcionários e colegas; III. Apresentar-se no Estabelecimento devidamente uniformizados e com documentos de identificação. Quando às circunstâncias justificarem o descumprimento desta norma, o fato deve ser comunicado, por escrito (não por telefone), pelos pais e/ou responsáveis, ao coordenador de disciplina; · Nota Explicativa: O fardamento completo é condição para que os alunos possam assistir às aulas. IV. Respeitar as normas disciplinares do Estabelecimento; 11


V. Apresentar solicitação, por escrito e assinada pelo responsável, para fins de saída antecipada; ·Nota Explicativa: Não serão atendidas solicitações por telefone; VI. Contribuir, no que lhe couber, para o bom nome do Estabelecimento; VII. Colaborar na preservação do patrimônio escolar, respondendo e indenizando os danos que causar; VIII. Comunicar ao coordenador de disciplina o seu afastamento temporário, por motivo de doença e outros; IX. Entregar, nos prazos fixados, os trabalhos e tarefas escolares determinados pelos professores; X. Observar, fielmente, os preceitos de higiene pessoal, bem como zelar pela limpeza e conservação das instalações, dependências, materiais e móveis do Estabelecimento; XI. Abster-se de atos que perturbem a ordem, ofendam os bons costumes ou importem em desacato às leis, às autoridades escolares ou aos professores e funcionários. XII. Através dos pais e/ou responsáveis, pagar, com pontualidade, a anuidade, suas prestações e demais encargos ou taxas escolares, decorrentes do contrato de prestação de serviços que se firma automaticamente com a matrícula; XIII. Obedecer aos dispositivos deste Regimento. Art. 96: É vedado ao aluno: I. Promover, sem autorização da Direção, excursões, festas, sorteios, coletas ou subscrições usando, para tais fins, o nome do Estabelecimento; 12


I. Imprimir e divulgar cartazes ou manifestos nos quadros de aviso sem rubrica de quem autorizou a divulgação; II. Ocupar-se durante as aulas de assuntos a elas estranhos; III. Atrapalhar o bom andamento das aulas com conversas e brincadeiras inoportunas; IV. Fomentar ou participar de faltas coletivas às aulas ou manifestações de agravo à Equipe Pedagógica, Administrativa, Docente, Discente ou Autoridade, no recinto escolar ou proximidades; V. Ausentar-se da sala sem permissão do professor e do Estabelecimento sem autorização do coordenador de disciplina; VI. Trazer para sala de aula objetos eletrônicos, cortantes e/ou alheios ao desenvolvimento das aulas; VII. Fazer mau uso do verniz corretor; VIII. Portar o celular ou outros aparelhos eletrônicos, em sala, sem autorização, durante as aulas e avaliações. Caso o aluno seja pego durante a avaliação, esta será zerada; ·Nota Explicativa: No momento da avaliação, o celular e outros aparelhos eletrônicos deverão estar desligados. Caso permaneçam ligados e toquem ou vibrem, a avaliação será zerada; IX. Comercializar qualquer coisa no interior do Colégio sem autorização prévia da Direção; X. Fumar nas dependências do Colégio, portar ou consumir bebidas alcoólicas ou substâncias tóxicas; XI. Fazer-se acompanhar de pessoas estranhas à comunidade escolar; XII. Consumir alimentos (chicletes, gomas, doces, pirulitos, etc.) nas salas de aula;

13


I. É considerada falta disciplinar grave trazer para o Colégio armas de qualquer tipo, material explosivo e fazer pichações nas paredes e móveis. II. É igualmente passível de punição, como falha grave: – Apropriar-se indevidamente dos pertences de outrem; – Promover brigas ou nelas se envolver, usando agressão física ou verbal, dentro da Escola ou nas imediações da mesma ou nas atividades oportunizadas fora da escola; III. Trajar-se com vestimentas e/ou acessórios de torcidas organizadas e associações esportivas; IV. Usar vestimentas que não façam parte do fardamento. Parágrafo Único – Aos alunos, poderão ser aplicadas, sem acúmulo, as seguintes sanções disciplinares, com a devida comunicação aos pais ou responsáveis: I. Advertência verbal; II. Advertência escrita; III. Suspensão da aula ou atividade, não isentado da apresentação de trabalhos previamente determinados; IV. Suspensão temporária de participação em qualquer tipo de atividade escolar ou de outra prevista nesse regimento; V. Transferência, quando da reincidência de atos de indisciplina ou incompatíveis com as normas sociais de costumes e conduta, após conclusão do inquérito escolar. *Alguns tópicos acima mencionados foram retirados do Regimento Interno do Colégio.

14


Faz-se necessário que pais e alunos tomem conhecimento das normas internas do Colégio e das comunicações feitas através de circulares para que as mesmas sejam seguidas com tranquilidade e segurança. Os pais dos alunos e/ou seus responsáveis são os únicos intermediários, perante a Escola, para tratar de assuntos pedagógico-didáticos, disciplinares e financeiros. Os pais e/ou responsáveis devem comparecer, ao convite do Colégio, às reuniões gerais e plantões pedagógicos e sempre que convocados em particular. Um dos meios de comunicação da escola com os pais e/ou responsáveis é através de circulares, que são entregues ao aluno, e também disponibilizadas no site. Solicitamos que devolvam o canhoto das circulares devidamente preenchido, sempre que solicitado. Para os alunos da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental 1, os avisos serão enviados pela agenda do aluno. É imprescindível a assinatura dos pais e/ou responsáveis. Sempre que houver solicitação da presença dos pais ou responsáveis pelo aluno, estes devem comparecer com a máxima brevidade. 15

Informações Importantes

1 - Recomendações às Famílias


Os pais e/ou responsáveis não podem ter acesso às salas de aula em funcionamento. Em caso de necessidade, deverão dirigir-se ao coordenador de disciplina que se incumbirá de chamar o aluno ou transmitir recado (s). 2 - Horário Formamos para a vida. Os hábitos bons se adquirem com a repetição. Portanto, acostumem seus filhos, nossos alunos, desde cedo, aos hábitos de pontualidade. As aulas terão início às 07h10min, porém o aluno deverá chegar à escola com antecedência. Ao toque do primeiro sinal, às 07h05min, o aluno deverá dirigir-se à sala de aula. O segundo sinal, às 7h10min, determinará o início das aulas. Após o segundo sinal, não será permitida a entrada de alunos em sala de aula. Para os alunos da 1ª e 2ª série do Ensino Médio, às segundas-feiras, e os alunos da 3ª série do Ensino Médio, às segundas e quartas-feiras, as aulas do turno vespertino iniciarão às 13h40min. Término das aulas: Educação Infantil - Grupo 2 ao Grupo 5: 11h30min Ensino Fundamental 1 – 1º ano ao 5º ano: 11h40min Ensino Fundamental 2 – 6º ano ao 9º ano: 12h40min 16


Ensino Médio: 1ª e 2ª série: Manhã: 12h40min Tarde: 2ª feira - 13h40min às 18h 3ª série: Manhã:12h40min Tarde: 2ª feira - 13h40min às 18h50min 4ª feira - 13h40min às 18h Pedimos a colaboração dos pais e/ou responsáveis, que tragam seus filhos pontualmente para o início das aulas e os apanhe pontualmente após o término das mesmas, principalmente os que dependem de acompanhantes. Nota Explicativa: Os sábados poderão ser aproveitados para atividades pedagógicas, pastorais e esportivas. Antecipação da saída O aluno só será liberado para sair antes do horário normal, se trouxer pedido, por escrito, assinado pelos pais e/ ou responsáveis. Nota Explicativa: Não serão atendidas solicitações por telefone. 3 – Uniforme O uniforme é de uso obrigatório em todas as atividades escolares. O uniforme do Colégio consta de: ·Camisa de acordo com o nível de ensino; 17


·Calça ou bermuda azul marinho de tactel da Vicunha na cor 100, modelo do Colégio com logomarca; ·Tênis; ·Para as aulas de Educação Física: camiseta e bermuda de elanca ou de tactel da Vicunha cor 100, modelo do Colégio com logomarca e tênis; ·Para as aulas de Laboratório de Ciências Naturais: camisa, calça e sapato fechado; ·Não é permitido o uso de bonés, gorros, chapéus, toucas ou similares; ·Qualquer alteração não será permitida (exemplo: alterar o comprimento da camisa e bermuda, cortar mangas ou golas, escrever nomes, mensagens ou desenhos etc.). 4 – Livros e Material Didático Digital Os livros físicos ou digitais são ferramentas pedagógicas imprescindíveis. O Colégio possui material próprio e exclusivo de sua Rede. Como principal guia de aprendizagem, é necessário que cada aluno tenha os seus materiais e os tragam diariamente. Os alunos do Ensino Médio utilizarão MDD (Material Didático Digital),exceto nas disciplinas de Sociologia, Filosofia e Língua Estrangeira que continuarão a utilizar o livro impresso. 5 – Acompanhamento on-line Os pais e/ ou responsáveis serão informados, por e-mail, das ocorrências disciplinares que acontecerem no Colégio. As observações serão encaminhadas para o e-mail cadastrado no ato da matrícula. 18


6 – Boletim Escolar Até duas semanas após a última avaliação de cada trimestre, enviaremos o Boletim Escolar através do aluno. A capa deverá ser assinada pelo responsável e devolvida ao SOE. 7 – Cartão de Identificação O cartão de identificação é o documento de identidade escolar do aluno da Educação Infantil e deverá ser apresentado pelo portador para que o(a) aluno(a) possa ser liberado(a). O primeiro cartão será fornecido pela Escola; em caso de extravio, a segunda via deve ser solicitada e paga no NAPES. 8 - Acesso ao Colégio O acesso ao Colégio é realizado na entrada principal, localizada à Praça Conselheiro Almeida Couto, através de catracas biométricas. Essas catracas agregam maior segurança aos nossos alunos, possibilitando o controle de entrada e saída de pessoas do ambiente escolar. Os alunos veteranos, a cada renovação de matrícula, terão seus acessos liberados automaticamente. Os alunos novatos deverão realizar o cadastro e tirar foto devidamente fardados, nos dias 10,11 e 12 de janeiro de 2017. Informamos que, não será concedida sob qualquer hipótese, autorização ou liberação para acesso de pais e/ou responsáveis para embarque ou desembarque dos alunos pela garagem do Colégio no período das 6h às 14h. Todo o acesso (entrada e saída) dos alunos deverá acontecer pelas entradas localizadas na fachada principal na Praça Conselheiro Almeida Couto. Após o início das aulas, não é permitida a circulação e permanência de pais e/ou responsáveis nas dependências do Colégio, bem como nas salas de aula. 19


9 – Transferência de Turma A transferência de turma ficará a juízo do SOE que, mediante solicitação dos pais, responsável ou do próprio aluno, avaliará a viabilidade de atendimento do pedido, até a segunda semana após o início das aulas. 10 – Cancelamento de matrícula A matrícula pode ser cancelada em qualquer época do período letivo, por iniciativa do Estabelecimento ou do responsável pelo aluno, resguardados os direitos das partes, inclusive quantos à transferência. ·Nota Explicativa: Em qualquer caso de cancelamento, o responsável está sujeito ao pagamento das prestações da anuidade de sua obrigação, em consonância com a Legislação aplicável, com o Contrato da Matrícula e com o Regimento. 11 – Atividades no turno vespertino A presença dos alunos no colégio no turno da tarde deve se ater às atividades previamente planejadas. Concluída a atividade, o aluno não pode permanecer no Colégio, devendo retornar à sua família. Trabalhos em grupo estão contemplados a partir do 6º ano, com inscrição prévia juntos aos respectivos Coordenadores de Disciplina e autorização dos pais, concluindo-se às 16h. Para as atividades do turno vespertino, os alunos deverão estar devidamente fardados. 20


12 – Atividades aos Sábados Os sábados poderão ser aproveitados para atividades pedagógicas, pastorais e esportivas. 13 – Atividades Extra Classe Sempre que os alunos estiverem fora do Colégio, em saídas educativas, os pais e/ou responsáveis serão avisados através de comunicação escrita, para a devida autorização e retorno em tempo hábil. Não havendo comunicação aos pais e/ou responsáveis, a atividade não é reconhecida pelo Colégio. 14 – Cuidado com Objetos Pessoais Solicitamos aos familiares que atuem conosco no sentido de orientarmos os alunos no zelo pelos seus pertences para que não os deixe à toa, exercendo vigilância durante os períodos de atividades escolares, responsabilizando-se pelos danos sofridos pela perda, extravio e furto, bem assim, a reparar os danos causados à terceiros. 15– Sistema Acadêmico on-line Objetivando ampliar a comunicação entre escola e família, o Colégio disponibiliza, através da internet, o acesso a alguns dados e serviços do sistema acadêmico, tais como: boletim de notas, boletos de pagamento e atualização de cadastro. Esse serviço é disponibilizado no Site da Escola (www.salesianoba.com.br). O login e a senha serão enviados via e-mail aos responsáveis do aluno; para a necessária segurança, é importante alterar a senha logo no primeiro acesso. O acesso a este serviço dependerá de não haver pendências de documentação e financeira. 21


16 - Reunião de Pais e Mestres As reuniões de pais serão comunicadas oportunamente pelos vários setores. Serão gerenciadas pela Equipe Pedagógica, de acordo com as necessidades por grupos/anos/séries. O Colégio está sempre aberto ao atendimento às famílias; é aconselhável, para melhor atendimento, o agendamento prévio. 17 - Comemorações A partir do 6º ano, as comemorações de aniversários de professores e alunos, bem como as despedidas de fim de ano, nas salas de aulas, deverão se limitar a cumprimentos cordiais, com breves palavras, sem distribuição de doces, salgadinhos e bebidas. 18 - Serviço de Enfermaria Por motivo de precaução e prudência, não ministramos remédios aos alunos. O Colégio fornecerá apenas atendimentos de primeiros-socorros. Para casos como: dor de cabeça, febre, diarreia ou cólicas, os alunos devem trazer de casa a medicação que costumam usar. Nos casos de eventuais acidentes, o Colégio se comunicará imediatamente com a família. Os alunos que necessitam de atenção especial por motivo de doença, seus pais ou responsáveis devem informar ao Serviço de Orientação Educacional logo no início do ano letivo.

22


BOM DIA O “Bom dia” é um recurso educativo pastoral praticado na família Salesiana desde o surgimento do primeiro internado no oratório São Francisco de Sales, em Valdocco (Na época, Dom Bosco reunia os jovens antes deles dormirem e contava uma história bíblica, rezando com eles – tal momento ficou conhecido como o “Boa noite”). Por sua indispensável colaboração na formação moral e espiritual da juventude, tornou-se uma tradição e ainda hoje é cultivado nas casas Salesianas de todo o mundo. (cf. Estreia do Reitor-Mor, 2006). Assim, em nossa casa Salesiana, diariamente, nossos educadores são convidados a oferecerem o “Bom dia” aos nossos alunos. Em momentos especiais, como a abertura do mês Mariano e do mês da Bíblia, fazemos um “Bom dia” coletivo, na praça de alimentação, dando destaque ao que será celebrado no mês. ENCONTROS DE FORMAÇÃO SALESIANA (EFOS) Os encontros de formação Salesiana (EFOS) integram a proposta pedagógica-pastoral dos colégios Salesianos. Na Espiritualidade Salesiana, é fundamental aprender e ensinar a amar a vida dia após dia. Quanto mais formos alegres e otimistas, mais nossa vida será repleta de felicidade e sentido. 23


Assim, o objetivo do Encontro de Formação Salesiana é favorecer a convivência, o diálogo e a oração, como práticas da espiritualidade juvenil salesiana para a formação do bom cristão e honesto cidadão. CATEQUESE PARA A INICIAÇÃO CRISTÃ Pensando na formação cristã dos nossos alunos, oferecemos a catequese em preparação aos Sacramentos do Batismo, da Eucaristia e Crisma. Os encontros acontecem às terças-feiras, das 14h às 17h. · CATEQUESE EUCARÍSTICA Esta catequese de iniciação à vida eucarística quer despertar no catequizando e na família uma forma de conduta coerente com a verdade que o sacramento faz presente: Jesus Cristo. A Eucaristia é a vida de Jesus entregue em favor da humanidade, é exercício de solidariedade, de doação até a própria morte. Eucaristia é Jesus, caminho, verdade e vida. Por isso, os encontros de catequese serão vivenciados de forma a facilitar o encontro com Jesus de Nazaré.  Os alunos que não são batizados, serão preparados

também para receber o Sacramento do Batismo.  Quem pode participar? Alunos do 5º ao 8º ano do Ensino

Fundamental.  Os alunos do 4º ano podem participar do grupo de “Pré-

Eucaristia”, iniciando a preparação para receber o Sacramento da Eucaristia no ano seguinte. 24


· CATEQUESE CRISMAL Essa catequese de iniciação quer preparar o (a) crismando (a) para assumir seu compromisso com Jesus e sua comunidade, a Igreja. A Crisma, celebrada no final dos encontros, sinaliza o empenho de uma pessoa em manter vivo seu amor por Jesus de Nazaré e o seguimento começado desde a infância. Pois, sem Jesus de Nazaré o horizonte da história e da vida de um cristão seria sem sentido. Portanto, os encontros de Crisma serão vivenciados de forma a facilitar o seguimento do Pastor, e ajudar a ser luz e sal no mundo.  Os alunos que não são batizados, serão preparados

também para receber o Sacramento do Batismo.  Quem pode participar? Alunos do 9º ano do Ensino

Fundamental à 3ª série do Ensino Médio. GRUPO DE PERSEVERANÇA Partindo da definição do verbo “Perseverar”, que, segundo o dicionário Aurélio, significa “Conservar-se firme e constante”, o objetivo concreto do grupo de Perseverança, composto por adolescentes que já receberam o Sacramento da Eucaristia, mas ainda não chegaram à idade indicada para receberem o Sacramento da Crisma, é buscar favorecer a perseverança na prática dos valores cristãos aprendidos na Catequese. O grupo de perseverança se reúne quinzenalmente, seguindo o ano letivo. Além dos encontros formativos, o grupo 25


GRUPO DE JOVENS “SOL POR AMOR” O grupo de jovens “Sol por Amor” surgiu do desejo de alguns alunos de “levar luz e amor” para quem está vivendo situações de desesperança. Podem participar do grupo jovens que receberam o Sacramento da Crisma e outros jovens que comungam com os ideais do grupo. O grupo “Sol por Amor” se reúne quinzenalmente, seguindo o ano letivo. Além dos encontros formativos, o grupo realiza também visitas sociais, praticando o amor cristão. CORAL O coral “Vozes do Liceu Salesiano” é composto por alunos do ensino fundamental 1 e 2. Conforme Barreto (2000), o trabalho com Canto Coral se caracteriza como um poderoso instrumento que desenvolve, além da sensibilidade à música, fatores como: concentração, memória, coordenação motora, socialização, acuidade auditiva e disciplina. O grupo, que se reúne quinzenalmente, seguindo o ano letivo, realiza três apresentações por ano: na festa de Nossa Senhora Auxiliadora, na festa de Dom Bosco e no final do ano, seguindo a inspiração natalina. BANDA SALESIANA A banda salesiana é formada por alunos que sabem cantar ou tocar algum instrumento musical e que desejam animar as festas litúrgicas do colégio. A banda, que se reúne quinzenalmente, seguindo o ano letivo, realiza quatro apresentações por ano: na festa de Nossa Senhora Auxiliadora, na festa de Dom Bosco, na Celebração dos Sacramentos da Eucaristia e da Crisma. 26


TARDE MARIANA A Tarde Mariana é um evento que reúne jovens do 6º ano à 3ª série do ensino médio dos dois colégios Salesianos de Salvador. Acontece em uma tarde de sábado e visa a integração dos jovens, além de momento musical, formativo e celebrativo, a partir da espiritualidade mariana. É uma grande celebração da juventude Salesiana de Salvador! VIGÍLIA JOVEM A Vigília Jovem é um evento que reúne jovens do 6º ano à 3ª série do ensino médio dos dois colégios Salesianos de Salvador. Acontece em uma tarde e noite de sábado e visa a integração dos jovens, além de momento musical, formativo e celebrativo, a partir da espiritualidade juvenil salesiana. É uma grande celebração da juventude Salesiana de Salvador! GINCANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA SOLIDÁRIA SALESIANA A Gincana Bíblico-Catequética Solidária Salesiana é um evento destinado aos catequizandos. O objetivo, além de incentivar a leitura de um dos quatro evangelhos, é favorecer um momento de descontração e alegria para os alunos que participam dos grupos de catequese. A solidariedade é incentivada na gincana, pois cada equipe arrecada doações para creches da nossa cidade. Independente da gincana, durante todo o ano, o setor de Pastoral recebe doações de todos os gêneros e encaminha para instituições que são visitadas pelo grupo de Perseverança e grupo de jovens. 27


ENCENAÇÃO DA PAIXÃO DE CRISTO Aproveitando os talentos teatrais dos nossos alunos, em parceria com a Coordenação de Projetos, realizamos a encenação da Paixão de Cristo na época da Quaresma. É um tempo de muita emoção em nosso colégio! CAMPANHA MISSIONÁRIA SALESIANA No mês de outubro, realizamos a Campanha Missionária Salesiana, refletindo sobre uma realidade mundial que precisa de orações e apoio financeiro, favorecendo a prática da solidariedade. Cada turma recebe uma caixinha onde depositará as doações voluntárias que serão destinadas à região escolhida. CELEBRAÇÕES EUCARÍSTICAS A palavra “Eucaristia” significa “Ação de graças”. Agradecemos a Deus Pai por seu infinito Amor, manifestado de forma plena na entrega do Seu Filho Jesus para nossa salvação. Ao longo do ano, realizamos duas celebrações eucarísticas por ano/série (do 6º ano à 3ª série do Ensino Médio), uma em cada semestre, favorecendo o sentimento de gratidão a Deus e a prática dos valores cristãos. SACRAMENTO DA RECONCILIAÇÃO (Confissão) Pensando na formação cristã dos nossos alunos e educadores, oferecemos, aos que desejam e são batizados, a possibilidade de receberem o Sacramento da Reconciliação, na época da Quaresma. Os catequizandos recebem o Sacramento da Reconciliação dias antes de receberem o Sacramento da Eucaristia e o Sacramento da Crisma. 28


RETIROS Os evangelhos relatam que antes de tomar decisões ou realizar atos importantes, Jesus se retirava para uma região montanhosa ou desértica, onde passava tempos de silêncio e de oração. Imitando o exemplo de Jesus, cristãos de todos os tempos se beneficiam deste exercício espiritual para fazer as escolhas certas rumo à felicidade pessoal e do próximo. Em nosso colégio, oferecemos retiros para educadores e para os alunos que estão se preparando para receber os Sacramentos da Eucaristia e da Crisma. O objetivo é fazer com que os participantes façam a experiência particular do Amor e da Misericórdia paternal de Deus. Perante essa descoberta espiritual, a vida diária ganha um novo peso e uma nova dimensão, dados pela luz da fé, que nos ajuda a enxergar a mão amorosa de Deus por trás de cada acontecimento. É um tempo de graça para todos os envolvidos! FORMAÇÃO MENSAL PARA FUNCIONÁRIOS Nas casas Salesianas, todo funcionário é um educador. Por isso, pensando no bem dos jovens, realizamos formações mensais em nosso colégio, discutindo temas que ajudam na compreensão de que todos somos responsáveis pela educação dos alunos que a nós são confiados.

29


Dom Bosco nos ensina que as atividades esportivas são fontes de vida e de alegria, elo de congraçamento e aproximação das pessoas, contribuindo para a formação de bons cristãos e honestos cidadãos. Fundamentado nesta máxima, o DECS (Departamento de Esportes do Colégio Salesiano) tem sua prática pedagógica pautada na concepção técnico-esportiva, abordando o esporte de forma ampla e lúdica, aprimorando os estudantes através das diversas escolinhas e das equipes, nas seguintes modalidades: Basquete, Capoeira, Dança, Futsal, GR, Handebol, Hapkido, Hidroginástica, Judô, Natação, Pilates, Teatro, Violão e Voleibol. As escolinhas e equipes funcionam após as aulas e/ou no turno oposto; de segunda a sexta. São várias as atividades esportivas que o DECS promove e participa, tais como campeonatos e seletivas para os Jogos Escolares Brasileiros, mas nossos principais projetos são: Nordestão Salesiano e Jogos Internos Dom Bosco.

30


O NTE é o setor responsável pela formação continuada dos educadores na utilização dos recursos digitais, vinculados às suas práticas pedagógicas, bem como dar suporte ao corpo discente nas suas necessidades relacionadas ao uso do MDD e ferramentas digitais. Em parceria com os educadores, desenvolve projetos no Laboratório de Informática (labinf), a partir do conteúdo trabalhado em sala de aula, transformando a rotina escolar, socializando e ampliando a aprendizagem e o conhecimento dos educandos. Para o bom andamento dos trabalhos desenvolvidos nos laboratórios de informática e/ou outro ambiente em que há a disponibilização de recursos computacionais, os educandos devem observar algumas orientações e/ou combinados: a) é proibido acessar páginas na internet que não condizem com o ambiente educativo; b) não é permitido apagar e/ou alterar qualquer arquivo gravado nos equipamentos da instituição que não seja de sua propriedade; c) as mídias trazidas para uso no Laboratório de Informática Educacional deverão ser previamente analisadas pelo (a) educador (a); 31


d) aquele que fizer uso de chats, sites de relacionamento ou redes sociais, para fazer difamação, calúnia e/ou ameaças aos membros da Comunidade Educativa, estará sujeito às penalidades previstas no Regimento Escolar, transcritas neste instrumento, após apreciação do Coordenador de Disciplina; e) o (a) educador (a) é o (a) gerenciador (a) do processo ensino e aprendizagem em sala. Portanto, decidirá em quais momentos os (as) educandos (as) poderão, ou não, usar as ferramentas eletrônicas; f) a utilização de ferramentas eletrônicas em sala de aula é FACULTATIVA para os (as) educandos (as) do Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano) e OBRIGATÓRIA para os (as) educandos (as) do Ensino Médio, que utilizarão apenas e tão somente o Material Didático Digital da REDE SALESIANA DE ESCOLAS; g) o (a) educando (a) que trouxer algum tipo de equipamento eletrônico, permitido pela instituição, deverá identificá-lo e responsabilizar-se por ele; h) as aulas não poderão ser fotografadas, gravadas ou filmadas sem autorização expressa do (a) educador (a). DO PORTAL EDEBÊ O Portal Edebê, desenvolvido pela Editora Edebê-Brasil, é um ambiente virtual de navegação fácil e intuitiva, favorecendo o ensino híbrido. Através dele, nossos educadores e educandos têm acesso aos livros digitais (Material Didático Digital, livros paradidáticos, publicações Salesianas), ao portal do aluno (acompanhamento acadêmico) e ao acompanhamento pedagógico (relatórios das atividades interativas); os alunos do Ensino Médio têm acesso à plataforma de aprendizagem adaptativa onde têm a oportunidade de fazer um simulado diagnóstico nos moldes do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). O simulado identifica as potencialidades e lacunas de aprendizagem do aluno e traça um plano de estudos personalizado para que cada estudante possa aprimorar seus conhecimentos e habilidades. 32


DO MATERIAL DIDÁTICO DIGITAL – MDD O uso deste material proporciona aos educandos o acesso ao conhecimento em tempo real, pois apresenta diversos links: informações na rede, vídeos, imagens, glossário, exercícios online, entre outros, direcionando para os assuntos mais importantes do momento em cada disciplina. O material se destina aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental 2 e do Ensino Médio, 1ª à 3ª séries. Para uso do livro digital, faz-se necessário a utilização de equipamento adequado. Nosso Material Didático Digital (MDD) não vem acompanhado de tal equipamento, compreendendo apenas o software. Nota Explicativa: Os educandos deverão adquirir, separadamente, um dispositivo móvel de acordo com a escolha da família, com as seguintes configurações mínimas, sugeridas pela Edebê: Tablets Sistema operacional Android 4.0 (ou superior) ou IOS 6 (ou superior). Tela touch screen capacitiva de 9.7” ou 10.1”. É imprescindível que o dispositivo tenha esta configuração, para conferir, basta checar o manual do dispositivo. (Resolução mínima de 1024 x 768 pixels). Processador Dual Core de 1 GHz (ou superior). Memória RAM 1 GB (ou superior). Memória de armazenamento de 16GB (ou superior). Conexão Wi-Fi 802.11 B/G/N. Bateria com autonomia de 8h (para navegar na Internet via WiFi, assistir vídeo ou ler textos). Saída de áudio P2. Alto falante e fone de ouvido. 33


Computadores (Desktops, Notebooks, Netbooks e Ultrabooks) Sistema Operacional: Microsoft Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows 10, MAC OS X. Resolução de tela mínima de 1024 x 768 pixels. Processador Dual Core de 2,5GHz. Memória RAM 4 GB Memória armazenamento de 500 GB. Conexão Wi-Fi 802.11 B/G/N. Bateria com autonomia para navegar na Internet via Wi-Fi, assistir vídeos ou ler textos. Saída de áudio P2. Alto falante e fone de ouvido. IMPORTANTE: Dentro das especificações mínimas indicadas pela Edebê para utilização do MDD (material didático digital), não foram homologados nenhum Smartphone (Android, Windows Phone ou IOS). DO USO DE LOGINS E SENHAS Para acesso ao Portal Edebê, o educando que adquirir o Material Didático Digital receberá na primeira semana de aula, login e senha de uso pessoal e intransferível, cabendo ao próprio zelar pelos mesmos.

34


AGENDA ON-LINE Com o propósito de tornar mais transparente e acessível os conteúdos trabalhados em sala de aula, o Colégio disponibiliza diariamente, a partir das 14h, as tarefas realizadas em classe e as propostas para casa, para que os pais e/ou responsáveis possam acompanhar o trabalho do educador e a vida escolar do educando. Vale observar que o uso da agenda física (impressa) é importante, e os educandos devem registrar as atividades e avisos na mesma. Para ter acesso a nossa agenda on-line, é fácil: basta acessar o Site do Colégio, -http://www.salesiano-ba.com.br e, na página inicial, clicar no link NOSSA ESCOLA/agenda on-line e escolher o grupo/ano/série do seu interesse. BLOGS Pensando em compartilhar com as famílias os melhores momentos dos alunos da Educação Infantil, disponibilizamos através dos Blogs, as atividades desenvolvidas de maior significância para cada turminha. Assim, este é mais um canal de interação ESCOLA e FAMÍLIA. Para compartilhar conosco estes momentos preciosos, acessem a nossa página http://www.salesiano-ba.com.br-, clique no link Blogs e ingresse na turminha do seu interesse. Não esqueça de deixar o seu comentário!

35


Contempla ·Alimentação: O projeto oferece uma alimentação saudável, o cardápio é elaborado por uma Nutricionista, de forma balanceada e diversificada (mudando semanalmente e sendo enviado aos pais). ·Atividades físico-recreativas e culturais ·Para crianças a partir do Grupo 4, auxílio na execução das atividades de casa. Horário * Início das atividades: 11h30min - Educação Infantil 11h40min - Ensino Fundamental 1 * Término das atividades: 17h30min Uniforme * De uso obrigatório, deverá estar devidamente identificado. Obs.: Sugerimos a aquisição da sacola do Tempo Integral para melhor organização dos pertences. O Tempo Integral obedecerá a vigência do calendário escolar e as normas do Regimento Interno do Colégio. 36

Tempo Integral

O que é? Serviço prestado às crianças da Educação Infantil (Grupo 2 ao Grupo 5) e do Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano).


Art. 54 - A avaliação na Educação Infantil consiste no acompanhamento e registro do desenvolvimento da criança e se estrutura nos objetivos para essa fase da educação. Parágrafo único - Nessa fase da educação, a avaliação será sistemática e contínua e se processa em três aspectos: I. avaliação diagnóstica; II. avaliação formativa; III. avaliação final, através de relatórios descritivos, que visa constatar se os objetivos foram alcançados. Art. 55 - A avaliação abrangerá aspectos qualitativos e quantitativos prevalecendo os qualitativos sobre os quantitativos. Parágrafo único – Na avaliação qualitativa, após terem sido analisados os aspectos: interesse, participação, desempenho, realização de tarefas escolares, assiduidade e pontualidade, será atribuído ao aluno um dos conceitos: I. ótimo - OT; II. bom - B; III. regular - R; IV. insatisfatório - I. 37


Art. 56 - A avaliação da aprendizagem nos Ensinos Fundamental e Médio será feita através do acompanhamento constante ao aluno pela aplicação de avaliações, trabalhos individuais ou em grupo, pesquisas, tarefas, atividades em classe e extraclasse, sem prejuízo do disposto na legislação vigente. Art.57 - A avaliação do aproveitamento será expressa através de notas variando de zero a dez. § 1º - Será atribuído zero à inexecução de trabalhos, de exercícios, ou de outra qualquer atividade avaliativa. § 2º - Será atribuído zero às avaliações nas quais o aluno for flagrado utilizando aparelhos eletrônicos na aplicação da avaliação, tais como celulares, smartphones, tablets, computadores, notebooks, dentre outros. Art. 58 - O ano letivo será dividido em três trimestres. Em cada trimestre, haverá tantas avaliações quantas forem necessárias para a aferição da aprendizagem. Art. 59 - O resultado de cada trimestre será o somatório de todas as suas avaliações. Art. 60 - A média final dos três trimestres será a soma do resultado de cada trimestre dividida por três, conforme a equação seguinte: R.1ºTr+R.2ºTr+R.3ºTr =Mtrs 3

38


Art. 61 - Após o terceiro trimestre, haverá uma avaliação global obrigatória para os alunos cuja média final dos trimestres seja inferior a seis (6,0). Parágrafo único - Será atribuída nota zero ao aluno que: I. com média final dos trimestres inferior a seis (6,0), não fizer a avaliação global; II. que se encontrar usando o celular ou semelhantes, e usar de meios ilícitos na execução de uma avaliação qualquer. Art. 62 - A média final, após a avaliação global, será a soma da média dos trimestres mais o resultado da avaliação global dividida por dois, conforme a equação seguinte: M.Trs+R.Av.G =MF 2 Art. 63 - Será promovido à série seguinte o aluno que: I. tiver média final dos trimestres igual ou superior a seis (6,0), por disciplina, e 75% ou mais de frequência anual; II. obtiver média igual ou superior a cinco (5,0), por disciplina, após a avaliação global e 75% ou mais de frequência anual. Art. 64 - Fará recuperação especial o aluno que, após a avaliação global, tenha média inferior a cinco (5,0), por disciplina. Art. 65 - A média para aprovação, após a recuperação especial, é cinco (5,0), por disciplina.

39


SUBSEÇÃO I DA SEGUNDA CHAMADA Art. 66 - Terá direito à 2ª Chamada, o aluno que faltar a avaliações, desde que sua ausência seja justificada em até 72 horas, por documento comprobatório e seja motivada por: I. doença com apresentação do atestado médico; II. morte de parente em 1º grau, com atestado de óbito; III. impedimentos por serviço militar; IV. convocação para serviço especial de interesse público; V. competições esportivas oficiais comprovadas por ofício das Federações ou do Departamento de Esportes do Colégio. Nota Explicativa: As avaliações de 2ª chamada dos alunos do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, serão realizadas no turno vespertino. SEÇÃO II DA RECUPERAÇÃO Art. 67 - A recuperação deverá acontecer, preferencialmente, paralelamente ao período letivo, contemplando os aprendentes com baixo rendimento escolar, de acordo com o Projeto Político Pedagógico da Escola e as normas vigentes, considerando-se os seguintes aspectos: I- as bases de informações de cada componente curricular, a serem avaliadas, serão apresentadas em roteiro de estudo distribuído aos aprendentes; 40


II- no caso de Recuperação Paralela, os estudos de recuperação ocorrerão entre os períodos letivos e serão conduzidos mediante tarefas, pesquisas, aulas ou outras atividades adequadas e avaliações específicas em cada componente curricular; III- quando realizada no término do ano letivo, os estudos de recuperação, denominar-se-ão Recuperação Final e deverão ser avaliados por meio de uma avaliação escrita no término do ano letivo; IV- as avaliações da Recuperação Final serão arquivadas no Colégio Salesiano do Salvador para fins de comprovação de registro e passagem do estudo pelo processo; V- os aprendentes terão direito à revisão da correção em conformidade com o sistema de avaliação do Colégio Salesiano do Salvador; VI- os aprendentes não terão direito à cópia da avaliação da Recuperação Final e nem retiradas dos materiais referentes ao processo utilizado na Recuperação Final.

41


1 - O calendário das avaliações dos Trimestres será divulgado com antecedência pelo SOP (Serviço de Orientação Pedagógica) e pelos professores. 2 - Não se atenderá pedidos de antecipação ou adiamento de avaliações, nem se permitirá a presença de alunos com doenças contagiosas (catapora, sarampo, rubéola, meningite, etc.), mesmo que estejam dispostos a fazê-las. 3 - O aluno flagrado “colando” ou proporcionando “cola”, e servindo-se de meios fraudulentos, terá sua avaliação recolhida e a nota atribuída pelo professor da disciplina será zero (0). 4 - No momento de avaliação, o celular deverá estar desligado. Caso permaneça ligado e toque ou vibre, a avaliação será zerada. 5 - Após a divulgação dos resultados, constatado qualquer erro na nota das avaliações, o aluno terá o prazo de 48 horas para solicitar revisão, devendo antes se dirigir ao professor da matéria. 6 - Em relação à 2ª Chamada, somente o SOP poderá autorizar. Após a autorização do SOP, o aluno e/ou responsável deverá dirigir-se ao NAPES e solicitar o boleto para o pagamento da taxa. Compete ao aluno que irá fazer a 2ª chamada anotar o dia e o horário da realização da mesma, conforme cronograma divulgado em sala de aula. Vale ressaltar que a 2ª chamada dos alunos do Fundamental 2 e Ensino Médio serão aplicadas no turno vespertino. 42


Tópicos do Calendário Pedagógico Pastoral 2017 Janeiro 23 - Início do ano letivo 3ª série EM 30 - Início do ano letivo: Anos/séries ímpares Ensino Fundamental 1: 1º, 3º e 5º anos Ensino Fundamental 2: 7º e 9º anos Ensino Médio: 1ª série 31 - Início do ano letivo: Anos/séries pares Ensino Fundamental 1: 2º e 4º anos Ensino Fundamental 2: 6º e 8º anos Ensino Médio: 2ª série Fevereiro 01. Início do ano letivo: Educação Infantil = G3 e G5 02 .Início do ano letivo: Educação Infantil = G2 e G4 23 a 28. Recesso de Carnaval Março 01. Cinzas 11. 117 anos do Colégio Salesiano do Salvador Abril 13 a 16. Recesso da Semana Santa 18 a 26. Avaliações Finais do 1º Trimestre 21. Tiradentes (Feriado) 27. Início do 2º trimestre 43


Maio 01. Dia do Trabalho (Feriado) 03 a 10. 2ª chamada do 1º trimestre 24. Festa de Nossa Senhora Auxiliadora

Junho 15. Corpus Christi (Feriado) 16. Início do Recesso Escolar 26 a 30. Nordestão Salesiano (Aracaju)

Julho 02. Independência da Bahia (Feriado) 03. Retorno às aulas

Agosto 04 a 11. Avaliações Finais do 2º Trimestre 14. Início do 3º Trimestre 16. São João Bosco 21 a 28. 2ª chamada do 2º trimestre

Setembro 07. Independência do Brasil (Feriado) 08. Enforcado

Outubro 12. Nossa Senhora Aparecida (Feriado) 13. Enforcado 15. Dia dos Professores e dos Funcionários de Estabelecimentos de Ensino 25 a 31. 2ª chamada das avaliações parciais do 3º trimestre

44


Novembro 01. 2ª chamada das avaliações parciais do 3º trimestre 02. Finados (Feriado) 03. Enforcado 07 a 14. Avaliações Finais do 3º Trimestre 15. Proclamação da República (Feriado) 17. Resultado Final dos Trimestres 20 a 24. Aulas de Revisão Global 25 a 30. Avaliações da Global Dezembro 01 e 02. Avaliação Global 06 e 07. Resultado da Global + Inscrição da Recuperação 08. Nossa Senhora da Conceição (Feriado) 11 a 15. Aulas de Recuperação 16 a 21. Avaliações de Recuperação 23. Resultado Final 25. Natal do Senhor

45


Praça Cons. Almeida Couto, 374 – Nazaré CEP 40050-405 – Salvador-BA Telefone: (71) 3243-2955 www.salesiano-ba.com.br

Manual do Aluno e da Família 2017  
Manual do Aluno e da Família 2017  

Este manual visa orientar o aluno e seu responsável acerca das normas e procedimentos atualizados do Colégio Salesiano do Salvador, bem como...

Advertisement