Page 1


COLÉGIO MOTIVA

NOTÁVEIS AUTORES 2019 14º Ano

Produções Textuais – Alunos Motiva 2019 @2019 By Colégio Motiva – João Pessoa/PB Direção Geral: CARLOS BARBOSA Direção Administrativa: JANE EYRE QUEIROGA Direção Regional - João Pessoa: KARAMUH MARTINS Direção Miramar: FELIPE LUCENA Vice-Direção Ambiental: ANA PATRÍCIA MATOS Vice-Direção Oriental: INGRID SCHNEIDER Arte da capa e Diagramação: Vind Creative


A VIAGEM

Chegamos ao término de mais um ano letivo e antes de qualquer fala se faz necessário agradecer chegar aqui. Agradecer mais uma vez aos que fazem a escola das grandes conquistas que permitem e possibilitam a execução desse Projeto, assim como as famílias que confiam o que possuem de mais importante: seus filhos e filhas. Nosso muito obrigado pela confiança em nosso trabalho. Como em toda viagem, concebo a Oficina de Texto como uma grande locomotiva, chegamos ao momento do desembarque e trazemos na mala bastantes textos, parafraseando uma linda canção do saudoso Dominguinhos. Voltando, chegamos ao terminal e apresentamos à comunidade escolar e famílias a maior bagagem que poderíamos trazer: uma antologia de textos e temas e gêneros. Sim, os meninos confiados ao Projeto Oficina de Textos puderam discutir, debater, refletir, criar e submeter toda a criatividade própria da idade aos textos contidos aqui. Claro que o leitor, pai, mãe, professor, encontrará textos dos mais diversos temas e gêneros, desde classificados a contos, dando a volta nas entrevistas e chegando à poesia... Ah, a poesia, como é bom saber que ela resistiu ao tempo e chega encantadora aos nossos alunos. A maturidade dos textos, se é que se pode falar assim, vai de acordo com o universo em que o aluno está inserido, na sua série, no seu nível de conhecimento de mundo, na sua outra bagagem, agora leitora. Quando mais se lê, mais se aprende a escrever, o que me lembra outros versos do cancioneiro popular brasileiro... quanto mais a gente ensina, mais aprende o que ensinou. Por fim, em breve chega para encostar o trem das onze, é hora de desejar apenas aos viajantes dessa locomotiva que se permitam cada vez mais ler e escrever, ações que precisam estar ligadas, uma vez que se complementam. Ler nos dias atuais, mais do que nunca é um ato subversivo, assim como é a poesia. Leia, mas leia tudo, tudo mesmo que está em torno de você. Leia e não se arrependerás. Leia, porque ler é antes de tudo um ato político. Um forte e afetuoso abraço, Prof. Ms. Jerônimo de Souza Vieira


EPÍGRAFE

A LEITURA ENGRANDECE A ALMA. Voltaire.


ÍNDICE 6º ANO 16

KUBO E AS CORDAS MÁGICAS Alice Cartaxo Patriota Leal

17

MEU PRIMEIRO DIA DE AULA Alice Ponce Leon

18

CRIATIVIDADE Antônio Bernardo Lopes Cavalcanti

19

MINHA FELICIDADE Arthur Almeida

20 KUBO E AS CORDAS MÁGICAS

29

GRAMADO Felipe Ribeiro Cahú

30 COMO EU VEJO O MUNDO E COMO EU ME VEJO NO MUNDO Grazyeli Dutra Medeiros de Vasconcelos

31

GUILHERME DE SOUZA BRAZ

32 COMO EU ME VEJO NO MUNDO Gustavo Guimarães Lima Filho

Isabelle de Abreu Lucena

21

33 RESENHA CRÍTICA DO FILME ARTHUR TAVARES DORE PESSOA

WALL-E Igor Guimarães Sitcovsky

22 MARTE É NOSSA Athos Emanuel dos Santos Dantas

34 VAMOS SALVAR O MUNDO Izadora Almeida

23 A CIDADE Beatriz Brayer Furtado

35 MELHOR AMIGO João Lucas Souza

24 FIM DA COPA DO MUNDO? Caio Peixoto Melo de Freitas

36 ANA MARIA BRAGA MORRE João Pedro Araújo da Silva Nóbrega

25 FALTA IMAGINAÇÃO Enzo Silva Vieira

26 O ELEFANTE E O RATO Camila Galiza

27 NÃO SEI O QUE SOU Davi Rique Oliveira Morais

37 O DIA EM QUE ME MACHUQUEI João Pedro Costa Duarte

38 MEU MUNDO Joao Pedro Leite Donato

39 O MUNDO DE HOJE João Victor Guedes Alves de Lima

28 VIAGEM A MARTE Enzo Grisi

40 UM MODO DIFERENTE DE VER O MUNDO João Vitor Ayres


41

CABO DE GUERRA Júlia Queiroz Marques

55 PANE NA SPACE MOUNTAIN Natália Rodrigues

42 LETÍCIA ARAÚJO DE SOUSA MOURA

56 KUBO E AS CORDAS MÁGICAS Nicolas Von Buldring

43 BTS VEM PARA O BRASIL Letícia Oliveira da Silva

44 LETÍCIA RIBEIRO ALVES TEIXEIRA

57 MORRE O ATOR DO BATMAN NESTA SEGUNDA-FEIRA Otávio Lempek dos Santos

45 LORENA DE FREITAS FERREIRA 58 COMO EU VEJO O MUNDO E 46 LUCAS DE CARVALHO XIMENES 47 MENINO DO MOTIVA É CAMPEÃO MUNDIAL DE PING-PONG Lucas do Nascimento Silva

48 O MEU MUNDO

COMO EU ME VEJO NO MUNDO Paulo Henrique Rabelo Dias Miranda

59 URUBU CONTRA O COLORADO Pedro Gabriel Costa Medeiros

60 PEDRO HENRIQUE MADRUGA DE

Maitê Espínola Moura

49 A CRIANÇA Manoel Batista de Melo Neto

50 QUAL O MEU LUGAR NO MUNDO? Manoella Lira Cavalcanti

51

A INFLUÊNCIA DO BULLYING NA VIDA DAS CRIANÇAS Maria Gabriela Stuart

52 NÃO PRATIQUE O BULLYING, PRATIQUE O AMOR Mariana Braia

MENDONÇA FURTADO

61

O PRIMEIRO DIA DE AULA Pietra Menino Acioly

62 PRIMEIRO DIA Rodrigo ngelo

63 O MUNDO Samuel Teixeira Meira

64 LIXO NO MUNDO Sophia Soares Rossi

65 VIAJANDO PARA MARTE Thiago Dias de Figueiredo

53 A GUERRA DAS ANTAS E DAS CAPIVARAS Matheus Gonçalves de Souza Nóbrega

66 ROMPIMENTO DE BARRAGEM ACONTECE EM BRUMADINHO Vicença Maria Holmes Nascimento

67 A LAGARTA E A BORBOLETA 54 O MENINO E O BOSQUE

Matheus Meira Cintra Filho

Yasmin Queiroz


7º ANO 70 ALYANA VAZ SOUTO LIMA

82 O ATO DE LER Ismênia Souza Sepulvida Maia

83 RUMO AO DESCONHECIDO Ísis Brandão Azevedo

71

ANA ISABEL MATOS VIANA

84 O MUNDO EM MEUS OLHOS João André Arnaud

72 O MUNDO Ana Sofia P. Soares

73 UM MUNDO COM MUITAS DIFERENÇAS Ana Julia Morais Ayres

85 A LUA E O SOL Lara Leite de Araújo

86 SONHAR É O PRIMEIRO PASSO PARA ALCANÇAR Laís de Araújo Freire

74 O MUNDO Anne Isabelle da Nóbrega Pereira

75 LUZ E TREVAS

87 LIZ QUEIROZ GONÇALVES

Arthur Nunes Borges

88 SEMPRE JUNTAS Luiza Nascimento Gomes

76 PAIXÃO SECRETA Cauê José Souza Marcelino

89 RESPEITO Lyvia Marianne Souza Lima Dias

77 LIXO BRASILEIRO Gabriel Ho

90 FORMIGUINHA Marcela do Nascimento Rodrigues

78 ANO PASSADO

Gabriela Maria Guedes Velozo

91 79 O MUNDO

COMO EU ME VEJO NO MUNDO? Maria Clara Borges

Giovanna de Castro Rolim

92 PRECONCEITO 80 O NARIZ DE PORCO

Maria Gabriella F. Botter

Henzo Carneiro Dantas

81

SONHAR É O PRIMEIRO PASSO PARA ALCANÇAR Iasmin Cabral de Lucena

93 CICLO DE CAOS Pedro Daniel Chaves M. de A. Seixas

94 Então tá bom! Samuel Martins Tortoriello Messias


8º ANO 96 SER INVISÍVEL Ana Luiza Stiebbe Salvadori

107 BRASIL (S.M.) João Augusto Lucena Medeiros de Oliveira

97 ANNA CLARA RIBEIRO ANGELO DE QUEIROGA

108 O LOBO E A CRIANCINHA João Gabriel Pereira Vilar de Holanda

98 DESAFIO NA FAVELA Arthur Feitosa de Oliveira

109 OH, MULHER NEGRA… João Matheus

99 VIAGEM PARTICULAR Beatriz Corado

110 JOÃO VICTOR LACERDA RODRIGUES

100 AMOR Camila Leão

111 JONATHAS EDWARDS ANDRADE FIRMINO

101 DIFERENTE Chellsia Alicia Souza Lima Batista

112 PRÁTICAS DE FEMINICÍDIO: SINÔNIMO DE DISCRIMINAÇÃO E DESRESPEITO Julia Garner Lima Costa Braucks

102 GABRIELLA BEZERRA DUARTE 113 LAURA ALENCAR LIMA 103 AUTOCONHECER-SE É AMADURECER Gabriella Cruz De Souza Neves Melo 104 GIOVANA DE LOURENÇO MARQUES DOS SANTOS 105 HENRIQUE CAVALCANTI LUSTOSA DE ALENCAR 106 A MONTANHA RUSSA Igor de Oliveira Coutinho Ortins

114 LÍVIA DE SOUZA OLIVEIRA 115 FLAMENGO ABRE VANTAGEM SOBRE O INTERNACIONAL Lucca Malheiros de Melo Souza 116 ENTREVISTA Luís Eduardo Morais Lima de Moura 117 LUÍS HENRIQUE ARANHA MAGALHÃES


118 LUÍZA HOLLENBACH COELHO

131 IGOR AUGUSTO MAZON VALENTE

119 MARIA CLARA CECÍLIO BEZERRA CAVALCANTI 120 MEUS DOIS LADOS Maria Clara Marinho 121 MY WORLD = BTS Maria Luiza Gomes 122 HOMICÍDIO NA AV. EPITÁCIO PESSOA Miguel Toscano Milanez Batista de Lima 123 MILLA LUNA SIBEON

132 AS ARMAS E O AMOR Joan Manuel Estupinam Camargo 133 LEMBRANÇAS Lucas Jerhan Silva Marinho 134 CULTURA EM ESQUECIMENTO Luis Eduardo Aragão Nascimento 135 DOA-SE UM CORPO, MAS NÃO UM CORPO COMUM. Nicole Gonçalves de Souza Nóbrega

UMA VIAGEM INESQUECÍVEL 124 Paulo Gustavo A. L. de M. Filho 125 UM NOVO AMIGO Pedro Henrique Kruta de Araújo Bispo

9º ANO 128 OS INDÍGENAS NA SOCIEDADE BRASILEIRA Bruno Lacerda Lopes 129 FALHAS NA EDUCAÇÃO, COMO SOLUCIONAR? Eduardo Freire Araújo de Albuquerque

136 O RACISMO Pedro Henrique Mendonça Caetano 137 SER HONESTO É LEGAL Pedro Sérgio da Costa Lucena 138 RAUL LEMPEK DOS SANTOS 139 UM AMOR PASSADO Larissa Rocha G. de Carvalho Costa 140 LEONARDO BARRETO CLEROT

130 CARDÁPIO VARIADO Henrique Barbosa Diniz


141 NATUREZA Leonardo de Abreu 142 PENSAMENTO Márcio Henrique Martins de Alcântara Pinho 143 A HUMANIDADE AINDA PODE SALVAR O MUNDO Maria Clara Marinho Santana Nascimento 144 ELA AINDA MORRE EM VOZ ALTA Lívia Leal Pereira 145 CLASSIFICADO 1, 2 E 3 Marina Uchôa Vieira 146 OITO NOTAS SOBRE ELE Natan Coutinho Trindade Costa 147 STÉFANY MENDES BEZERRA 148 FLAMENGO ABRE PLACAR SOBRE O INTERNACIONAL NA LIBERTADORES Victor de Oliveira Silva Almeida 149 VITOR GABRIEL NASCIMENTO Cavalcante 150 SEREIA Yohana Gondim Dias Sousa


6ยบ ANO

Ensino Fundamental Anos Finais


KUBO E AS CORDAS MÁGICAS Alice Cartaxo Patriota Leal

A animação americana “Kubo e as cordas mágicas” foi lançada no ano de 2016 pelo diretor Travis Knight. O filme fala sobre um garoto japonês caolho que, com seu violão mágico, vive a aventura de procurar os encantados objetos de seu pai falecido para derrotar seu avô. Na obra, o pai e a mãe de Kubo o protegem a todo custo. E é muito interessante a forma como os pais de Kubo se transformam após a morte para ajudar o querido filho. Essa obra retrata muito da cultura japonesa, por exemplo, os dragões, os kimonos, as armaduras, etc. O filme é muito interessante e retrata muito bem a cultura japonesa, mas poderia apresentar mais humor e também poderia diminuir cenas fortes, isto é, que podem assustar, assim mais pessoas poderiam assisti-lo. A produção é muito legal e educativa. A obra é maravilhosa, e eu recomendo que assistam ao filme, pois o final é até melhor que o começo.

14


MEU PRIMEIRO DIA DE AULA Alice Ponce Leon

Meu primeiro dia de aula ocorreu no Colégio Motiva. Eu entrei no quarto ano do turno da manhã. Antes, eu estudava no turno vespertino e conhecia algumas pessoas que vieram da manhã para a tarde, assim como eu também fui. Fui estudar no turno matutino porque minha irmã achou melhor, pois tinha mais tempo para os estudos, até porque algumas amigas dela foram estudar nesse turno também. E como minha mãe ia achar bastante corrido ter uma filha estudando de manhã e outra à tarde, então resolveu me matricular no turno matutino. Recordo-me de um fato até hoje, quando um menino perguntou se eu era da turma deles mesmo e aí eu respondi que eu era nova nessa turma e que tinha mudado de turno. Um dos motivos também foi que eu consegui construir muitas amizades que tenho até hoje, uma delas foi uma menina chamada Laura, que tinha ido viajar para a Itália nas férias, e que se tornou minha melhor amiga. Até hoje, tenho o contato e falo com ela pelo telefone, pois infelizmente ela teve que ir morar na Itália. Não me lembro de alguém ter me trazido alguma recordação ruim ou consequência que eu levei para a minha vida toda. Gostei muito de ter estudado e ainda estudar nessa turma há três anos.

15


CRIATIVIDADE Antônio Bernardo Lopes Cavalcanti

A criatividade das crianças hoje em dia não está sendo muito motivada. Muitos pais só estão mandando seus filhos para a escola, mas têm que incentivar sua criatividade. Ela é muito importante para o desenvolvimento de cada indivíduo, pois auxilia nas demais atividades do dia a dia. Atualmente eu acho que as crianças não estão sendo estimuladas a serem criativas e isso prejudica muito o desenvolvimento delas. Muitos não têm criatividade, pois necessitam de estímulos e, por esta falta, as crianças têm muitos problemas, como a depressão. As crianças de hoje em dia só ficam nos celulares, nas redes sociais com os amigos, mas você que é amigo ajude para que seu colega não fique triste frequentemente, pois é assim que começa a fase da depressão. Então estimule a criatividade do seu amigo, do seu filho e em você mesmo. Seja uma pessoa feliz, sem problemas de saúde e mentais, senão você mesmo irá sofrer. Ajude seus amigos a não ficar com depressão, acredite na imaginação que só aí você vai ser criativo.

16


MINHA FELICIDADE Arthur Almeida

Eu sou cheio de felicidade mesmo com pouca idade. Com alegria no meu dia a dia sou alto e calmo. Sou uma crianรงa cheia de esperanรงa e que nunca se cansa. Fiel e feliz! Sou de Joรฃo Pessoa foi assim que me tornei essa pessoa.

17


KUBO E AS CORDAS MÁGICAS Arthur Luna Pinto Dias

O filme “Kubo e as cordas mágicas” é uma animação americana de Travis Knight e foi lançado em 2016. O filme conta a história de um menino caolho com poderes musicais em busca da armadura mágica de seu pai, mas é interrompido pelo seu avô, o Rei Lua. Além de tudo isso, o filme conta com uma animação inspirada em origamis, cenas e músicas emocionantes e classificação indicativa de 10 anos. O filme é muito bom, os efeitos especiais são ótimos, o desenrolar da história e seu desfecho são maravilhosos e todos os personagens têm seu momento de aparecer no filme. A história é muito interessante, principalmente para o público jovem e infantojuvenil. É bastante acessível a todos e pode ser encontrado na Netflix. Sobre as críticas ao filme, posso dizer que foram boas e pessoas como eu gostaram do filme. Ele é bastante recomendado na classificação de família. Para pessoas que gostam de filmes de aventura para ver com a família, esse filme é perfeito e vale a pena assistir. E você? Qual sua opinião? Eu espero que tenha gostado bastante!

18


Arthur Tavares Dore Pessoa

Eu me vejo no mundo como uma pessoa simples. Quase nunca eu sou o centro das atenções, mas eu gosto de mim assim mesmo. Eu amo minha família e tenho muitos amigos que gostam de mim. Eu não tenho do que reclamar, porque eu estudo em um ótimo colégio e tenho uma vida muito boa. O mundo está contaminado por pessoas individualistas, que só pensam em si mesmas e que acham que são donas do mundo. Essas pessoas desmatam e fazem guerras e muita gente e animais acabam morrendo ou ficam feridos. Por isso nós devemos nos importar com os outros; com isso o mundo seria melhor. Mas existem pessoas boas também, que são capazes de mudar o nosso mundo. Nós também devemos preservar ao máximo a natureza, porque sem ela, nós, consequentemente, morreríamos. Um exemplo de desmatamento na natureza é a floresta amazônica, que estava queimando há MAIS DE 16 DIAS. Por isso, nós devemos preservar a natureza, para tornar a nossa sociedade bem melhor.

19


MARTE É NOSSA Athos Emanuel dos Santos Dantas

Jornal do Matuto João Pessoa, 31 de Fevereiro de 2019. Escrito por: Antônio Severino. No dia 31 de fevereiro de 2015, o astronauta e ministro da ciência e da astronomia, Marcos Santos, conhecido por Jujubinha por causa das suas brincadeiras, partia em uma viagem muito longa, mas que entraria para a história. Hoje, ele chega em Marte e entra para a história não só da ciência, mas do mundo. O Jornal do Matuto conseguiu uma entrevista exclusiva com ele e vamos relatar todos os detalhes dessa entrevista. Antônio Severino: o Senhor poderia nos dizer quando o escolheram para participar desse projeto? Marcos: Bom, na verdade, eu comecei a levar o projeto pra frente. O projeto foi apresentado pelo presidente Jair “Autarquia” Naro. Na época ninguém deu muita importância, mas depois analisei melhor o projeto e coloquei ele pra frente. Antônio Severino: Bom, como sei que você tem muitas entrevistas para dar, vamos encerrar por aqui. Marcos: Obrigado e espero que tenham um bom dia.

20


A CIDADE Beatriz Brayer Furtado

Os carros iluminam Com seus seus faróis incandescentes aquela cidade que já foi decente As pessoas trabalhando dia e noite sem descansar para conseguir sua família alimentar O tique-taque do relógio toca sem parar as pessoas esperando que um dia não vai tocar Os prédios altos e reluzentes brilham sem parar as pessoas admirando sem dinheiro para gastar A vida iluminada por dinheiro e descendentes enquantos muitos trabalham para ganhar dinheiro transparente outros roubam para não serem decentes.

21


FIM DA COPA DO MUNDO? PRESIDENTE DA FIFA ESTÁ RECEBENDO AMEAÇAS DE TERRORISTAS JORNAL XUXU

Caio Peixoto Melo de Freitas

Em 5 de novembro de 2021, o presidente da FIFA disse em suas redes sociais que não haverá mais Copa do Mundo. Ele afirmou: “Não haverá mais a Copa do Mundo, pois estou recebendo ameaças de terroristas dizendo que irão sequestrar as pessoas que estarão nos estádios de futebol. Estou fazendo isso pelo bem de todos”. A Copa Do Mundo de 2022 será a última. Muitas pessoas se revoltaram com o que ele disse, pois acharam que era mentira. Já outras pessoas entenderam por que ele queria acabar. O presidente disse que, se ele recebesse outra ameaça, iria acabar com todas as copas continentais.

22


FALTA IMAGINAÇÃO Enzo Silva Vieira

Atualmente, as crianças têm mais imaginação que os adultos, ou seja, é a criança que estimula a imaginação dos adultos. No meu ponto de vista, é que quando um ser humano cresce ele perde a sua imaginação. Os adultos se alegram só de ver uma criança brincando e sonhando, pois a criança sempre está alegre por não saber o que realmente é ficar estressado. Às vezes os adultos têm inveja das crianças, pois não têm a mesma felicidade e nem o mesmo tempo de vida. Por isso, quando uma criança faz ou fala algo de errado se aproveitam para tirar sua felicidade, colocando-a de castigo. O que realmente falta nos adultos é imaginação.

23


O ELEFANTE E O RATO Camila Galiza

Certo dia, um Elefante estava andando pela floresta quando, de repente, um Rato saiu correndo de uma casa lá perto, com medo de ser esmagado pela ratoeira. Foi quando ele parou na frente do Elefante e disse: __ Por favor, Senhor Elefante, não me coma! E o Elefante respondeu: __ Eu não irei comê-lo, e sim ajudá-lo. Então o Rato retrucou: __ Muito obrigado, Senhor Elefante! Algum dia, se precisar, irei ajudálo. __ Hahahá! Como um pequeno rato como você irá me ajudar!? Em outro dia, o Elefante foi preso por um zoológico e estava sendo carregado para dentro de uma jaula. Foi quando o rato apareceu e roeu o fio da jaula para soltar o Elefante. __ Muito obrigado, Senhor Rato! __ Por nada, Senhor Elefante! Moral da história: Nunca deves duvidar de alguém pelo tamanho.

24


NÃO SEI O QUE SOU Davi Rique Oliveira Morais

Sou Davi Sou João Sou Luís Ou um mamão. Sou brasileiro Sou belga Sou americano Sou asteca Sou pato Sou leão. Moro no mato Moro no Sertão. Sou um boto Sou um grilo Estou morto Estou vivo.

25


VIAGEM A MARTE Enzo Grisi

A Nasa me convidou para ir a Marte! Eles me disseram que, se eu treinasse e concluísse a missão, iria me tornar um astronauta oficial da Nasa! Essa mesma condição aconteceu com meus amigos: Gustavo, Marcelo, Arthur e João Lucas. Ficamos treinando por 6 meses, e eu já estava muito animado, pois faltava uma semana para viagem. Chegou o grande dia! Meus amigos e eu entramos no foguete e fizemos a contagem: __ Dez! Nove! Oito!Sete! Seis! Cinco! Quatro! Três! Dois! Um! E assim tudo começou. Durou muito tempo, mas finalmente chegamos! Saímos do foguete e, logo na hora que pisamos em Marte, pensamos em jogar bola. Era meio estranho, porque conseguíamos carregar a bola voando. Depois de tempo, decidimos passear, mas a gente se perdeu. Por sorte, encontramos um Alien, no entanto, ele falava só aliense e Gustavo começou a falar: __ Hsdfhwklpov. Que significa: poderia nos ajudar? Estamos perdidos! Ele nos ajudou, virou nosso amigo, ficamos um tempo com ele (10 dias) e o levamos para Terra. Concluímos essa missão e virei um astronauta oficial da Nasa.

26


GRAMADO Felipe Ribeiro Cahú

Me lembro como se fosse ontem, Gramado é uma cidade muito bonita e parece que tudo sempre está tudo em paz. Quando viajei para lá, todo dia, visitava um lugar novo. Ficamos sete dias. No primeiro, fomos visitar o Museu de Cera; no segundo, ficamos descansando do primeiro; no terceiro, fomos a um parque de diversões chamado Alpen Park, onde brincamos muito de trenó, carrinho bate-bate, etc… já no quarto dia, fomos ao parque de gelo cujo nome é bem complicado, mas gostei muito, a temperatura lá estava -7ºC, e, nos últimos dias, caminhamos pela cidade. Quando o passeio acabou, nos dirigimos até o aeroporto e esperamos para chegar a minha casa, tranquilo e feliz.

27


COMO EU VEJO O MUNDO E COMO EU ME VEJO NO MUNDO Grazyeli Dutra Medeiros de Vasconcelos

Eu vejo o mundo como um lugar para a gente morar, ter lazer, ir à escola. Acontece que no mundo tem muitas queimadas, desmatamento e, principalmente, poluição. Este ano mais de trezentas árvores foram desmatadas e queimadas pelos seres humanos. Isso quer dizer que muitas pessoas não estão colaborando, ou seja, em vez de ajudar, estão piorando o mundo. Eles desmatam para fazer fábricas, empresas. Eu me vejo no mundo como um pessoa simples sem me achar e poder ajudar o mundo.

28


Guilherme de Souza Braz

O mundo para mim é um lugar abençoado que nós, seres humanos, temos sorte de tê-lo para viver. Porém, hoje, o mundo está cheio de poluição, ódio, racismo, preconceito etc. E de quem é a culpa? A culpa é do ser humano, que não toma consciência do que está fazendo. Como consertar isso? Podemos começar com nós mesmos, com o respeito. Eu acredito que não posso ajudar muito, mas mesmo assim preciso fazer a minha parte. Porém, se você que está lendo esse texto fizer o certo e estimular as outras pessoas a fazerem o certo como estou fazendo com você, nós podemos fazer a diferença neste grande mundo.

29


COMO EU ME VEJO NO MUNDO Gustavo Guimarães Lima Filho

Eu vejo o mundo de uma forma muito injusta e preconceituosa, pois, para você não ser julgado, você deve gerar respeito e respeitar o outro. Eu me vejo como uma pessoa esforçada. Tenho muitos amigos e eles gostam de jogar bola comigo, brincar e gostamos de fazer um monte de coisas juntos. Nesse mundo, tudo que você fizer de bom receberá em troca, pois nós “colhemos o que plantamos”, isso quer dizer que, quanto melhor você fizer, melhor o mundo irá receber. Assim, pense duas vezes antes de fazer qualquer coisa: “isto que estou fazendo vai prejudicar alguém?”. Deste modo, ninguém vai sair chateado.

30


RESENHA CRÍTICA DO FILME WALL-E Igor Guimarães Sitcovsky

O filme Wall-E foi produzido em 2008 e dirigido por Andrew Stanton. Ele se passa em uma nave e fala sobre o uso de tecnologia, assim como da poluição que o ser humano produz. O personagem principal é o robô Wall-E que limpa o lixo produzido pelos seres humanos na terra. O filme conta como os humanos estarão em 2100: muito obesos e totalmente dependentes da tecnologia. Wall-E vivia na Terra e era amigo de uma barata que representava a vida neste planeta, até que ele encontra uma robô chamada Eva, e os dois conseguem trazer a humanidade de volta para o nosso planeta. O filme foi indicado a cinco Oscars, e ganhou o prêmio de melhor animação em 2009. Ele é uma obra muito boa e vale a pena ser assistida, tanto por crianças como por adultos.

31


VAMOS SALVAR O MUNDO Izadora Almeida

O Brasil é um país que está produzindo uma grande quantidade de lixo, e isso acontece porque os brasileiros estão consumindo cada vez mais produtos e não têm consciência disso. Hoje em dia, um dos grandes motivos de haver tanto lixo é o fato das pessoas estarem querendo tudo o aquilo que a moda dita, o que é melhor no momento, como cadernos, canetas, roupas, materiais tecnológicos, etc. Então, as pessoas precisam repensar sobre o que estão fazendo, pois essas atitudes consumistas estão destruindo o próprio planeta. É necessário seguir a regra dos Três Rs: recicle, reutilize e reduza. Cuidar do planeta é a nossa responsabilidade.

32


MELHOR AMIGO João Lucas Souza

Certo dia, quando voltava da aula, comecei a ouvir um choro de cachorro. Fui olhar o que era e, quando vi, tinha um lindo filhote que levei para minha casa. Ele estava um pouco doente. Deixei-o na garagem, levei água e depois o alimentei. Os dias se passavam e ele ia melhorando cada vez mais. Só Tinha um problema: eu fazia tudo isso escondido dos meus pais. Em uma noite chuvosa, o danado do cachorro começou a chorar. Meus pais perceberam e foram ver o estava acontecendo. Quando fui explicar, deu uma baita confusão, e eles não queriam falar comigo, apenas disseram que eu teria que doar o cachorro no dia seguinte. Foi aí que comecei a chorar. Depois de um tempo de drama profundo, eles entenderam e disseram que eu podia ficar com meu lindo cachorrinho. E foi assim que eu ganhei meu melhor amigo.

33


ANA MARIA BRAGA MORRE João Pedro Araújo da Silva Nóbrega

Ana Maria Braga morreu no dia 25 de agosto de 2019, às 07h:47min., aos 90 anos. Ela morreu de um ataque cardíaco enquanto fazia um programa ao vivo. Por incrível que pareça, a apresentadora da TV Globo estava falando exatamente de doenças do coração. Depois começou a fazer uma receita e repentinamente morreu. O protagonista que faz o Louro José, chamado Júlio César dos Santos Júnior, falou ao jornal que estava muito abalado com a morte de Ana Maria Braga. Ela será enterrada neste dia 26 de agosto de 2019 às 08h:30min no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa-PB.

34


O DIA EM QUE ME MACHUQUEI João Pedro Costa Duarte

Em um dia qualquer, eu queria ir ao parque para brincar de skate. Mas meu pai disse que eu tinha que esperar, pois ele estava terminando de lavar o carro. Eu fiquei brincando com algumas ferramentas, pois na época eu tinha uma imaginação muito grande. Um tempo depois, fui perguntar se ele havia terminado, mas ele disse que não, daí eu peguei uma chave de fenda e comecei a furar uma caixa de papelão; em determinado momento a chave ficou presa na caixa e eu comecei a puxar com muita força. Quando eu menos esperava, ela saiu e acertou o meu olho e acabei precisando fazer uma cirurgia. Fiquei no hospital por um tempo, pois tinha levado oito pontos dentro do olho. O bom foi que eu comi todas as gelatinas verdes. Voltei pra casa em duas semanas e fui tirar os pontos um mês depois. Mas ocorreu tudo bem. Percebi que eu devia ter tomado mais cuidado com as coisas que eu faço e prestar mais atenção.

35


MEU MUNDO Joao Pedro Leite Donato

O mundo é um planeta habitado por inúmeros seres vivos que não o preservam, pois o utilizam para sua sobrevivência. Eu vejo o mundo como um paraíso, mas que, com o passar dos anos, está se desgastando e sendo desgastado pelos seus habitantes, mais especificamente nós, os seres humanos. Eu me vejo no mundo como seu habitante, já que o utilizo para a minha sobrevivência. O mundo também nos dá seus doces, por exemplo, as frutas, mas infelizmente somos mal agradecidos à natureza, já que poluímos e desmatamos.

36


O MUNDO DE HOJE João Victor Guedes Alves de Lima

Se você refletir sobre o nosso planeta, vai pensar que vivemos no país do lixo, da poluição, entre outras coisas que só fazem a nossa vida e a de todos os seres vivos ficarem mais difíceis para a nossa sobrevivência. Mas, em determinado momento, todos irão se arrepender de suas atitudes e chegarão a criar campanhas para as pessoas se conscientizarem e fazerem do nosso local de moradia um lugar que todos queiram visitar, conhecer e sempre passar o seu tempo livre nele. O habitat pode virar muito melhor ou muito pior. Para isso acontecer, só depende das nossas atitudes. Temos que pôr em nossa mente que primeiro devemos ter consciência que precisamos fazer a nossa parte para os outros pensarem e dizerem que obrigatoriamente vivem em um mundo melhor, com melhores condições de vida. Depois de todo esse texto, tenho uma pergunta para você que está lendo: como você se vê no mundo?

37


UM MODO DIFERENTE DE VER O MUNDO João Vitor Ayres

Hoje em dia, na rua, na internet ou na televisão, nós vemos muitos casos de pessoas burlando as leis e nós podemos mudar isso. Com isso, muitas pessoas acham que o mundo não tem mais conserto, mas nós temos que pensar diferente e nos esforçarmos para que o mundo se ajuste, basta a gente se esforçar e acreditar. Para melhorarmos o mundo, primeiro temos que acabar com algumas coisas na sociedade, como roubos, homicídios, bullying, racismo, preconceito e muitas outras coisas. Se o mundo continuar assim, o que você acha que que vai sobrar para os seus filhos e para os filhos dos seus filhos? Fomos nós que destruímos o mundo e somos nós que podemos consertá-lo também. Esse é o meu modo diferente de ver o mundo. Qual é o seu?

38


CABO DE GUERRA Júlia Queiroz Marques

O mundo de hoje em dia virou um cabo de guerra. São dois grupos lutando e batalhando por uma corda, para escalar o penhasco ou até mesmo descê-lo. Em cima, os bem sucedidos, que ficam no fim do penhasco, querem explorar as terras ricas da parte de baixo. E os que ficam no fim do penhasco querem subir, pois, pela falta de inclusão, perderam seus direitos. A bruta ganância do homem é a mesma que o tirará a vida. O insignificante gesto de amor (como as pessoas grandes o chamam “insignificante”) foi esquecido. Provavelmente eu não serei tão importante, mas meus gestos, de alguma forma, vão ser. Assim como tudo e todos que se importam, eles vão ser lembrados, assim como todos que já se foram. E falando nesse ponto… Não adianta destruir um planeta e partir para outro. A Terra é a nossa casa, ou melhor, somos dela, temos que buscar merecê-la e, para ser bem sincera, não merecemos, não mesmo. Em minha opinião, fomos tão além das expectativas materiais que abandonamos o meio ambiente. “Os animais que se virem, a natureza que se vire”, que se virem vocês sem ela. Não é uma questão de sobrevivência, é questão de vivência em conjunto. Somos juntos, o planeta Terra. A única coisa que posso falar sobre essa gente toda que não respeita a gente é que, para os que sentem pouco, eu realmente sinto muito. Não é a cor, o gênero nem nada que vai nos impedir! Quem usa o respeito, usa o caráter. Por fim, posso completar tudo isso que eu sinto. Não há nada melhor do que vários sorrisos sorrindo juntos. Haja o que houver, aconteça o que acontecer, é uma tempestade que enfrentaremos, não sozinhos, mas juntos. É como a música Fire on Fire, de Sam Smith, fala: “O fogo em chamas normalmente nos mataria, mas com todo esse desejo, juntos somos vencedores. Eles dizem que estamos fora de controle e alguns dizem que somos pecadores. Mas não os deixem estragar nossos belos ritmos, porque quando você me desdobra e diz que me ama e me olha nos meus olhos, você é a perfeição, minha única direção. É fogo em chamas”. Uma ótima mensagem para a natureza. Menos comprovações de gestos, mais gente fazendo bem ao próximo.

39


Letícia Araújo de Sousa Moura

Muitas vezes eu penso na forma que vejo o mundo e, para falar a verdade, eu não o vejo de uma forma boa, pois hoje em dia o mundo anda muito perigoso, de forma que pessoas, ou melhor, todas as pessoas, que saem para a rua a pé não levam nem celular, relógio, acessórios ou coisas de valor, porque têm medo de serem assaltados. Hoje em dia, as crianças, até eu mesma, não saem mais para brincar na rua, pois vivemos com medo de sermos sequestradas, roubadas ou até mesmo estupradas por pessoas de mau coração, que acabam fazendo os outros viverem com medo do mundo e, para ser bem sincera, é assim que eu me vejo no mundo, vivendo com medo de ser roubada, furtada, etc. Com isso, a forma a qual eu vejo o mundo é certamente ruim, mas isso não significa que só existem coisas ruins no mundo. Claro que tem muitas coisas boas, porém, isso também não significa que somente as coisas que eu escrevi são as únicas ruins no mundo; também tem o desmatamento, a política, entre outros. Essa é a forma que eu vejo o mundo e como eu me vejo no mundo. Eu espero que ele mude daqui a um tempo e esteja bem melhor e menos perigoso.

40


BTS VEM PARA O BRASIL Letícia Oliveira da Silva

Nesta sexta-feira (27), o Bts anunciou em suas redes sociais que vem ao Brasil para fazer dois shows: um no sábado e outro no domingo. Os integrantes da banda já falaram em várias entrevistas que o país favorito deles é o Brasil. Eles estão em turnê mundial, chamada Love Yourself, e virão ao país para fazer shows no sábado e domingo. Na fila para o show, há fãs esperando desde o dia 18 de fevereiro só para ver os meninos de perto. O Bts é formado por sete integrantes: Kim Seokjin, Min Yoongi, Park Jimin, Kim Namjoon, Jeon Jungkook, Kim Taehyung e Jung Hoseok. O próximo destino deles é os Estados Unidos.

41


Letícia Ribeiro Alves Teixeira

O mundo de hoje em dia é cheio de maldade, de criminalidade, porém não podemos enxergar apenas o lado negativo das coisas. Ainda existe bondade no mundo! Senão, como veríamos as pessoas em quem podemos confiar, para guardarmos nossos segredos, nossos acontecimentos? Como poderíamos achar maldade em tudo? O ser humano é o responsável por todas as coisas que ocorrem no mundo, desde as boas até as más. Desde que o ser humano chegou na Terra ele vive poluindo, desmatando, mas também recicla, planta… No caso, para todo mal existe um bem!

42


Lorena de Freitas Ferreira

O mundo é composto por seres humanos, micro-organismos, animais e plantas, mas elas estão sendo destruídas. Quem é esse monstro que destrói tudo o que vê e que mata tudo que quer apenas por sucesso próprio? Chamase ser humano. Certo dia, eu estava com a minha família na praia Caribessa. Eu e meu primo decidimos nadar no mar. Foi quando encontramos um peixe enroscado em um plástico que, provavelmente, havia tentado comê-lo achando que era alimento, e acabou morrendo. A partir daquele exato momento, exato dia, parei para pensar se realmente nós, seres humanos, não lembramos muitas vezes que existem outros seres vivos no mundo inteiro, incluindo as plantas e principalmente os animais. Eu e meu primo começamos a montar uma campanha contra a poluição, o desmatamento, as queimadas e todos os tipos de desrespeito à natureza. Percebi que quando eu achava que um lixinho jogado no chão não ia mudar nada, me enganei, pois ele pode ter matado vários seres vivos. Nós, seres humanos, nunca vamos aprender. Um exemplo disso é a Amazônia, que está sendo destruída. Onde vamos parar?

43


Lucas de Carvalho Ximenes

O mundo é muito diferente do que era antigamente. Eu me vejo muito ocupado, pois sempre tenho o que fazer. Todo mundo sempre erra no dia a dia sem perceber de tão ocupados e tenho certeza que é assim que o mundo se polui mais e mais. No colégio, em casa, onde for, sempre fazemos coisas erradas. Por exemplo: deixamos cair alguma coisa no chão, como papel ou plástico. Me vejo como uma pessoa que ao longo da vida vai errar muito, pois é com os erros que aprendemos a fazer o certo. Sempre vejo meus amigos jogarem ou deixarem lixo no chão. Quando percebo isso, aviso-os para eles jogarem na lixeira. Muitas vezes, meus amigos avisam quando eu deixo o lixo no chão. É errando que aprendemos todo dia; errando aprendemos alguma coisa nova. Independente do lugar que estivermos, tem que haver aprendizado com os erros, pois é assim que as pessoas levam as coisas certas para si a vida inteira. Hoje em dia, por conta das tecnologias, a poluição aumentou muito, por isso temos que começar a fazer campanhas para coleta de lixo para melhorar o mundo para mim, para você e todos os outros.

44


MENINO DO MOTIVA É CAMPEÃO MUNDIAL DE PING-PONG GAROTO DE 12 ANOS SE TORNA PROFISSIONAL DE PING-PONG E GANHA CAMPEONATO NOS EUA

Lucas do Nascimento Silva

No dia 05 de janeiro 2019, Lucas do Nascimento Silva levou a medalha de ouro no campeonato mundial de ping-pong dos EUA. O campeonato foi disputado por 16 pessoas. Lucas foi chamado para jogar pelos Estados Unidos em copas de ping-pong, depois que venceu o campeonato. O garoto não jogava ping-pong, mas quando chegou esse jogo no colégio, ele começou a jogar. Ele pegava na raquete sem ser do jeito tradicional e jogava muito bem, então ele se apaixonou pelo esporte. Depois de um certo tempo, como era gravado enquanto jogava, Lucas foi descoberto pela academia de ping-pong do Rio de Janeiro. Com autorização do seu pai e da sua mãe, ele foi para a ACADEMY PING-PONG BRASIL. Depois de um tempo jogando com pessoas muito boas e profissionais, seus amigos Matheus, Paulo e Túlio também entraram na academia e Lucas teve a ideia de criar uma equipe que ficou conhecida como LAUI. Eles enfrentavam várias pessoas e jogavam em jogos de ping-pong, ganhando muitos prêmios. Lucas não foi mais visto jogando, mas descobriram que ele estava viajando. Quando ele chegou, chamou sua equipe para jogar em um campeonato dos EUA, que era solo. Lucas ganhou e se tornou profissional de ping-pong. Ele parou de jogar dia 02 de fevereiro de 2019. E aí, será que ele vai voltar?

45


O MEU MUNDO Maitê Espínola Moura

O mundo. O mundo que eu vejo é pequeno, é praticamente o meu país, a minha cidade, o meu estado, mas eu sei que o mundo é bem mais que isso. O mundo, na verdade, é um lugar cheio de vida, culturas, paisagens e coisas que o ser humano talvez nunca pensasse que existiria. Eu sei que a história do nosso planeta começou bem antes dos seres vivos existirem. Ela começou com uma bola de fogo imensa e depois foi esfriando e começou a ter água, plantas, depois a vida animal e por último os seres humanos. Mas, às vezes, eu me pergunto como eu me vejo no mundo. Eu me vejo como uma criança normal que um dia ficará adulta e que, se Deus quiser, terá uma família. Mas eu não me vejo só assim; também sei que a minha espécie está poluindo cada vez mais o mundo e matando animais. Muitos pensam que o mundo pertence aos seres humanos, mas, na verdade, o mundo pertence aos animais. Fomos nós que invadimos e arruinamos a vida deles. E é assim que eu vejo o mundo e me vejo nele.

46


A CRIANÇA Manoel Batista de Melo Neto

As crianças, cada vez mais, deixam de desenhar, brincar e se divertir para ir estudar em escolas integrais. Além disso, quando finalmente chegam em casa, eles já vão para seus aparelhos eletrônicos para ficar na internet. As crianças não deveriam passar tanto tempo na internet e na escola. No lugar disso, deveriam praticar algum esporte, brincar, ler livros literários etc. Mas em vez disso, eles ficam na internet, pois muitas vezes os pais chegam do trabalho cansados e ficam no celular e as crianças não têm com quem brincar. Essa falta de convivência gera um desrespeito dos filhos em relação aos pais, pois os filhos moldam o seu jeito de ser de acordo com o que aprendem na escola e na internet. Muitos pais pensam que as crianças moldam seu jeito apenas na escolas, pois botam seus filhos em escolas integrais e acham que eles não sentem sua falta, porém seus filhos sentem muito sua falta para, por exemplo, ajudar a estudar, brincar e interagir. Agora é com vocês, pais de todo Brasil, este texto não foi uma crítica, mas sim uma reflexão sobre seus atos.

47


QUAL O MEU LUGAR NO MUNDO? Manoella Lira Cavalcanti

Meu mundo é cheio de altos e baixos, subidas e descidas, mas de todas as formas sempre continuo com um sorriso no rosto. Meu sonho é ser arquiteta, arqueóloga e, principalmente, ativista dos Direitos Humanos, e com isso fazer um mundo melhor. Tento acreditar que Deus me trouxe ao mundo para torná-lo melhor e a prova viva disso sou eu, que tento ajudar tudo e todos sem esperar nada em troca. Vi que este ano tive um olhar diferente do mundo, e o que eu quero mesmo é ajudar os outros, não a mim. Mas, de vez em quando, isso machuca e vai me corrompendo as poucos. Uma pessoa muito próxima a mim tem crise de ansiedade, ataque de pânico e fobia social. Eu tento muito ajudá-la, mas parece que, quanto mais eu tento, mais eu a magoo. Com o tempo, percebi que para ajudar não precisa apenas de você, mas dos outros também. Quanto mais eu continuar ajudando, mais precisarei de ajuda. Para falar a verdade, isso não me magoa, não me faz mal. Quero sim abraçar muito mais pessoas que eu nunca abracei. Neste ano percebi que eu não sei o meu lugar no mundo, mas é para isso que a vida serve, para descobrir coisas novas, para enfrentar fases difíceis, se erguer novamente. Eu não sei tudo sobre a vida, mas posso dizer que nunca desista dela, porque a vida é a coisa mais bonita do mundo.

48


A INFLUÊNCIA DO BULLYING NA VIDA DAS CRIANÇAS Maria Gabriela Stuart

O bullying é uma atitude que, geralmente, quem a pratica é uma pessoa que sofre normalmente de alguns problemas em casa e, por isso, desconta a “raiva” em outras pessoas,o que não justifica tais atitudes. O bullying na vida das crianças normalmente prejudica muito sua infância, de modo que, às vezes, elas adquirem doenças graves como a depressão. É preciso que as pessoas que presenciam a prática do bullying denunciem. As escolas necessitam debater sobre o tema, já que é muito comum acontecer nesse espaço. O mundo precisa de amor e paz.

49


NÃO PRATIQUE O BULLYING, PRATIQUE O AMOR Mariana Braia

É muito importante ficarmos atentos às pessoas que sofrem o bullying e também às que o praticam. O bullying é uma prática normalmente executada nas escolas, devido às diferenças entre pessoas em relação à classe social, à cor da pele, do cabelo, à aparência física etc., motivos esses que causam a exclusão entre aqueles que poderiam se tornar amigos. É preciso lembrar que o bullying pode trazer muitas consequências para as vítimas, como, autoestima baixa, ansiedade, tristeza profunda, depressão etc. Assim, é importante que as pessoas se policiem e mostrem as consequências que isso pode trazer e sempre que vir uma pessoa triste, ajude-a e motive-a. Por isso, é necessário que as escolas repassem isso para os alunos, fazendo projetos que envolvam a inclusão e mostrando os perigos dessa prática maldosa.

50


A GUERRA DAS ANTAS E DAS CAPIVARAS Matheus Gonçalves de Souza Nóbrega

Em um lugar do Brasil, antas e capivaras estavam querendo fazer guerra. Um dia uma anta disse: “Ei, gente, vamos nos separar e matar todas as capivaras”. As outras antas gritaram: “Isso!”. Enquanto isso, as capivaras tinham um plano de fabricar armas. Porém, nenhuma capivara queria fazê-lo, pois estavam com preguiça. Então, elas pegaram um graveto mesmo e foram ao ataque. A guerra começou. As antas, escondidas, pegaram as capivaras desprevenidas, mas estas conseguiram se desviar e atacaram com os gravetos, que machucavam um pouco, só que quebraram. Elas começaram a se bater e todo mundo morreu, menos uma capivara e uma anta. Elas não queriam brigar, então viraram amigas e, quando estavam andando, foram comidas por uma planta carnívora. Moral da história: não há vencedores em uma guerra.

51


O MENINO E O BOSQUE Matheus Meira Cintra Filho

Um menino passeava tranquilamente em um bosque. Quando viu um saco de lixo que estava sujando todo aquele lugar, o menino logo catou o lixo e levou para o lixeiro mais próximo. Os anos foram se passando e coincidentemente ele foi para o mesmo bosque. Chegando lá, ele viu o dobro de lixo que viu da última vez; catou tudo de novo e levou para o lixeiro mais próximo, só que desta vez ele tinha um plano. Da última vez, o menino queria ajudar aquele bosque de algum jeito e, depois de anos, a ficha finalmente caiu. Ele iria conseguir ajudar aquele bosque. Os anos foram se passando mais e mais e aquele menino dedicava-se ao seu plano. Após vários anos, o menino finalmente terminou seu trabalho e levou seu plano para aquele bosque. Mas o que era esse plano? Qual era o princípio desta invenção? Simples, era uma máquina, à base de energia renovável, que catava o lixo toda vez que o detectava. Após isso, a máquina jogava na sua lixeira portátil. Quando o menino chegou lá, havia o triplo de lixo da última vez, mas agora o menino não ia demorar a catar esse lixo e não ter que voltar, pois sua máquina iria fazer o trabalho todo. Quando voltou, o menino ficou feliz, pois tinha salvado o meio ambiente.

52


PANE NA SPACE MOUNTAIN Natália Rodrigues

Neste sábado, dia 24 de agosto de 2019, uma montanha russa chamada Space Mountain, localizada em Orlando, no parque da Disney Magic Kingdom, sofreu uma pane. Segundo a Disney, a pane ocorreu devido a um problema nos trilhos, que fez com que as pessoas fossem arremessadas do brinquedo. O acidente acabou deixando 2 mortos e 15 feridos. Algumas dessas vítimas estão processando a Disney e, devido ao ocorrido, o parque será fechado durante 2 semanas. A Disney disse ainda que vai restaurar a montanha russa e tomar as providência cabíveis para que isso não aconteça novamente. A montanha russa deve demorar cerca de 2 meses para ser reformada.

53


KUBO E AS CORDAS MÁGICAS Nicolas Von Buldring

O filme “Kubo e as cordas mágicas” foi feito por Travel Knight, em 2016. Com nacionalidade dos Estados Unidos, é do gênero animação. Esse filme fala sobre a importância das memórias, pois, se perdê-las, ficará perdido. Com isso, o filme também traz moral e ensinamentos para as crianças. Acho que é bom, pois vão ter mais conhecimento para o futuro de suas vidas. O personagem Kubo é uma criança com poderes que queria achar a armadura do pai e trazê-la de volta para conseguir se vingar das suas tias e seu avô, pois achava que eles tinham matado seu pai. Ocorreram muitos combates para que ele conseguisse o que mais queria, até um momento inesperado, em que acontece várias coisas do bem e do mal. O filme deveria ser um pouco mais realista, mas e aí, vai querer assistir o filme ou não?

54


MORRE O ATOR DO BATMAN NESTA SEGUNDA-FEIRA Otávio Lempek dos Santos

Enyaw Ecrub, ator que interpreta Batman, é assassinado nesta segunda-feira (27/08/19) durante sessão de autógrafos. Enyaw, um renomado ator, ganhador de dois oscars, foi assassinado por Jefferson Gueduin, de 24 anos, enquanto fazia sessão de autógrafos. Segundo Jefferson, ele o matou porque solicitou tirar uma foto e Enyaw recusou e ainda disse: “é sessão de autógrafos, não de fotos”. Foi quando Jefferson sacou sua arma e lhe deu um tiro bem no olho. Jefferson já foi preso e seu julgamento será nesta quarta-feira (29/08/19). O funeral de Enyaw acontecerá amanhã, terça-feira (28/08/19), às 17:30, no Central Park em Nova Iorque. Cenas anteriormente gravadas de seu próximo filme estão disponíveis no site: www.batman4.com/cens-batman-4-after-died/.

55


COMO EU VEJO O MUNDO E COMO EU ME VEJO NO MUNDO Paulo Henrique Rabelo Dias Miranda

Eu vejo o mundo meio triste, catastrófico e desastroso, porque nós, humanos, estamos desmatando e queimando as florestas, principalmente a Amazônia, mas temos várias chances para curar as florestas e principalmente o mundo, a partir de recursos naturais como o vento e a água. Eu me vejo alegre e divertido. Às vezes, um pouco introvertido, mas eu me sinto muito bem. Comparado a algumas pessoas, eu estou bem na minha vida porque todos sabem o quanto que vocês que estão lendo são inteligentes e legais.

56


URUBU CONTRA O COLORADO Pedro Gabriel Costa Medeiros

Nesta quarta-feira, 28 de agosto, às 21h e 30min, o Flamengo jogará contra o Internacional pelas quartas de final da Libertadores. O jogo será no Beira-Rio, estádio do Inter. O primeiro jogo foi 2x0 para o Flamengo no Maracanã, com dois gols de Bruno Henrique. O Internacional precisa ganhar de 2x0 para ir aos pênaltis, e de 3 ou mais para se classificar no tempo normal. O Flamengo não contará com Diego, que está lesionado. Quem se classificar irá jogar contra o Grêmio, que eliminou o Palmeiras e, por isso, já está classificado. A expectativa é de um bom jogo, com jogadas bonitas para todos os lados.

57


Pedro Henrique Madruga de Mendonça Furtado

O mundo que vivemos está cheio de coisas perigosas e malvadas. A qualquer momento pode acontecer uma tragédia muito grave e atingir a sociedade que nós vivemos. A sociedade de nosso planeta está cheia de pessoa boas e más, que podemos encontrar em qualquer dia, local, hora e minuto. Também surge a pergunta que todo mundo faz: por que a sociedade do nosso planeta não melhora? A nossa sociedade é muito egoísta, só pensa nela, enquanto pessoas estão passando fome. Eu, como ser humano e pessoa, sempre tento melhorar o mundo, com todo o esforço possível, para ver uma sociedade com mais compaixão, sem discriminação racial e sem bullying nas escolas, hospitais, trabalhos e ruas. Aí surge minha pergunta: você que está lendo esse texto, o que você acha da sociedade em que vive?

58


O PRIMEIRO DIA DE AULA Pietra Menino Acioly

Querido diário, eu estava muito ansiosa e nervosa para o meu primeiro dia de aula, indo para o sexto ano. Mal podia esperar, não estava acreditando; lembro-me muito bem o dia em que eu estava ansiosa para ir para o Fundamental, ano iniciais, agora já vou para o Fundamental, anos finais! Estou muito feliz para rever amigas e amigos, comprar material escolar, ter vários professores e conhecer novas pessoas. Um dia, à tarde, a minha mãe me perguntou da cozinha se eu queria ir comprar o meu material escolar e, é claro que eu queria! Fui à papelaria e lá havia muitas variedades de canetas, marca texto...Voltei para casa cheia de sacolas, muito feliz. Me lembrei que faltavam sete dias para eu voltar às aulas, essa semana passou voando, até que chegou o grande dia! Acordei cedinho, tomei banho me arrumei e arrumei a minha bolsa. Cheguei ao colégio em que eu estudo e… meu dia foi maravilhoso, os professores eram muito legais, as alunas e os alunos novos eram também muito legais. Foi tudo perfeito! A minha conclusão foi de que o primeiro dia de aula é muito marcante e divertido, já o segundo dia de aula é mais cansativo. Eu estava implorando para que as férias voltassem! Tchau diário. Beijos!

59


PRIMEIRO DIA Rodrigo ngelo

Hoje é a primeira vez que vou à escola. Você deve estar pensando: “O que será que aconteceu, que ele foi para a escola tão tarde?”. É porque sou diferente das outras crianças. Me desculpe, esqueci de me apresentar, meu nome é Jack Jay, tenho deformação, mas sou muito inteligente. Eu estudava em casa com minha mãe e foi ela quem pensou em me colocar em uma escola de verdade, estou muito nervoso. Chegando à minha sala, me deparei com um menino, ele queria falar comigo, porém eu estava muito nervoso para conversar com ele, entretanto decidi falar e percebi que ele era muito legal. Seu nome é Jeff Kingdow, que se tornou meu melhor amigo. Antes não queria ir à escola, agora não quero mais sair dela. Estou fazendo o sexto ano e está muito bom estudar com o Jeff, o único que não me rejeitou pela minha aparência.

60


O MUNDO Samuel Teixeira Meira

Eu vejo o mundo como um lugar ótimo, cheio de recursos e uma infinidade de coisas. Porém, ele está muito poluído e precisa da nossa ajuda, já que há pessoas que não gostam de fazer o bem e não ligam para o meio ambiente. O mundo tem lugares lindos, turísticos e atrativos, como a Torre Eiffel e o Taj Mahal, que são algumas das 7 maravilhas do mundo. Além disso, com a ciência e a tecnologia, fizemos várias coisas importantes e ainda vamos fazer. Nesse nosso mundo me vejo como uma criança que tem defeitos e ainda vai aprender coisas que serão importantes no futuro. Vejo que ainda posso fazer minha parte para que o planeta Terra saia dessa situação horrível. Para mim, posso ajudar jogando o lixo no lixo e respeitando as pessoas e o meio ambiente. Se fizermos isso, vamos ter um mundo melhor.

61


LIXO NO MUNDO Sophia Soares Rossi

No Brasil, o consumo de lixo é muito alto, chegando a ser o maior da América Latina. Os maiores produtores de lixo são: China, em primeiro lugar, e Estados Unidos em segundo. A sociedade está se tornando cada vez mais consumista, pois as pessoas estão querendo cada vez mais obedecer aos padrões que a sociedade impõe para se encaixar em determinados grupos, ter status social ou satisfazer seus desejos. Em Curitiba, há um projeto de coleta de lixo eletrônico de onde várias pessoas tiram seu sustento. É a primeira cidade brasileira a desenvolver um programa desse tipo. Para diminuir o consumo, devemos pensar mais antes de comprar e consequentemente a quantidade de lixo será diminuída.

62


VIAJANDO PARA MARTE Thiago Dias de Figueiredo

Quando recebi a notícia de que iria viajar para Marte, fiquei muito feliz e com medo, porque qualquer coisa errada…Comecei a preparar tudo com muito cuidado para não esquecer nada. A Nasa me mandou uma carta com tudo o que eu teria que levar: protetor solar, lápis etc. Chegou o grande dia. Fui até a central da Nasa, e eles me mostraram coisas que teriam lá. Apresentaram-me os tripulantes e me pediram para fazer um teste gravitacional. Eu teria que ficar 1 hora de cabeça para baixo; confesso que quase vomitei, mas consegui ser aprovado. Fui para dentro da nave e vi muitas coisas estranhas como, por exemplo, o banheiro que tinha um cano de 10 cm e uma câmera dentro para mirar as fezes. Descobri que a viagem demoraria mais de 9 meses, ida e volta, fiquei pasmado, mas já estava lá dentro e não tinha mais o que fazer O tempo no espaço foi tão “curto”, parecia ter passado só 3 dias. Foi tudo muito incrível! Fiz aquele truque de ilusão de ótica que a coisa de trás fica “pequena”. Acho que vomitei umas 3 vezes por causa da gravidade,vi os grandes morros de Marte e o Sol! Sim o Sol! Vi duas luas e vi a Terra que é esférica, na verdade, um Geoide. Desmenti muitos, muitos sobre a Terra ser plana Voltei para casa e meus familiares estavam me esperando. Foi muito legal.

63


ROMPIMENTO DE BARRAGEM ACONTECE EM BRUMADINHO Vicença Maria Holmes Nascimento

Por conta das fortes chuvas do dia primeiro de Janeiro de 2019, a barragem de Brumadinho, localizada em Minas Gerais, rompeu, atingindo as cidades que ficavam perto do local e deixando duzentos e cinquenta e cinco pessoas mortas cento e cinquenta desaparecidas. Depois do rompimento, a polícia começou a investigar. A Vale, que é a responsável pela barragem rompida, falou que não deixou as pessoas em alerta para sair de casa porque ela achou que a barragem não iria romper com as fortes chuvas.

64


A LAGARTA E A BORBOLETA Yasmin Queiroz

Certo dia, em um belo jardim, havia uma Lagarta e uma Borboleta. como estava demorando, a Lagarta nunca acreditava que um dia se transformaria em uma borboleta. No entanto, certa manhã, ela resolveu ir falar com a Borboleta __ Dona Borboleta,você está aí? __ Estou sim, pode entrar, mas porque você veio até mim? __ Queria saber porque ainda não me transformei em Borboleta! __ Você ainda é muito nova, Então, quando não acreditava mais que iria se transformar em borboleta, se olhou no espelho e viu que a transformação havia acontecido. Moral da história: seja persistente, nunca desista dos seus sonhos!

65


66


7ยบ

ANO

Ensino Fundamental Anos Finais

67


Alyana Vaz Souto Lima

João Pessoa, 04 de setembro de 2019. Querido Amigo, Passei aqui para falar sobre o que eu estou vendo aqui no Brasil. Queimadas é em que mais se fala, a Amazônia está sofrendo, todos andam culpando um certo governo aí por tudo que a Amazônia está sofrendo, é realmente preocupante, mas os únicos culpados são as pessoas, somos nós, não um governo em específico ou outro, todos carregamos uma parcela de culpa nisso. Espero que a situação esteja melhor e mais confortante nos próximos dias, mas duvido muito de que isso venha a acontecer. Aguardo notícias suas para contar mais daqui. Um abraço, Alyana

68


Ana Isabel Matos Viana

eu sinto, até o que eu não quero sentir. entro no ônibus. ponto. caminho na dor, voo na felicidade, procuro na raiva e no final, deixo tudo com a preguiça. me seguro para não cair. ponto. meu amor, não quero lhe deixar escapar de minhas mãos mas até tu sabes que será o certo a se fazer. o sinal fecha, mas logo abre. ponto. minha insegurança vai te deixar ansioso ansioso pelo meu “te amo” aquele que não vai sair espontaneamente, ou talvez saia mas não sei se você ainda vai me aceitar. o ônibus para, mas logo volta a se locomover. ponto. os beijos a te dar, nunca vou dar a ninguém até a minha alma, não vou dar também, nem a ti, meu bem o ônibus chega ao seu ponto de destino. ponto. o motivo do meu choro não existe essa é a fórmula a falta da razão a falta do sentimento a falta do ressentimento. saio do ônibus, me encontro no meio da multidão. perdida sozinha mas ainda contigo em minha alma e corpo. ponto.

69


O MUNDO Ana Sofia P. Soares

Eu vejo o mundo como o lar ideal para nós morarmos. O planeta Terra deu isso para nós e estamos destruindo-o. Eu imagino a Terra nos pedindo ajuda. Eu quero ajudá-la, mas não sei como. Parece que a Terra está doente, tossindo e cuspindo o lixo que jogamos nela. Eu me vejo no mundo como uma menina que tenta não jogar lixo nas ruas, mas quando eu jogo algo no lixo, isso vai para o lixão, então é impossível não jogar lixo sem ele ir pelo menos para um lixão. Eu tenho um canudo ecológico que minha cunhada me deu, ele é feito de metal, pintado de rosa e vem com uma escovinha para limpá-lo. Hoje em dia só tomo suco e água nele.

70


UM MUNDO COM MUITAS DIFERENÇAS Ana Julia Morais Ayres

O mundo é algo que eu vejo como vida, é tudo. Provavelmente o mundo já foi mais bonito, onde tudo era só paz, tranquilidade: o som do mar cristalino, as folhas das árvores bem verdinhas voando e todas as pessoas sendo mais calmas e com a vida mais “limpa”. Hoje, para mim, o mundo está sujo de duas formas, tanto porque tudo está mais poluído e também porque as pessoas hoje em dia estão mais malvadas e com mais raiva. Às vezes me pergunto por que estou aqui, e essa dúvida me leva a outra pergunta: por que eu tenho a vida melhor do que a de algumas pessoas e pior do que a de outras? Eu me acho uma pessoa muito especial por ter o que eu tenho. Eu tenho uma família incrível e muito grande, amigos que sempre estão ao meu lado, estudo numa escola perfeita (que eu considero a melhor) e faço uma das coisas mais importantes da minha vida: o handebol. E me pergunto: por que é que todos não têm condições boa?

71


O MUNDO Anne Isabelle da Nóbrega Pereira

A Terra é o planeta em que vivemos, e dentro dela há o nosso mundo, onde brincamos, nos divertimos, estudamos e aprendemos coisas novas. Somos juntos bilhões de pontinhos espalhados por todo o nosso planeta, e trazemos benefícios e malefícios para a Terra. O que somos no mundo? Somos uma espécie dentre várias outras, porém somos os mais inteligentes. E como eu vejo o mundo? Como nosso lar, que devemos cuidar e também amar. Mas quem não entende, acaba colaborando para a destruição de toda essa beleza. O mundo é onde fomos destinados a viver, então, para a sobrevivência de nós mesmos, é preciso ter cuidados ao nosso lar. Eu, você, e todo o resto da população somos muito pequeninos, mas juntos podemos melhorar tudo. E é assim que eu me vejo. Um ser pequeno, em um lar gigante. Enfim, o mundo todo é como nossa casa que, por mais que se pareça grande, é bem menor que outras partes do universo, e nós somos como uma bactéria, se nos compararmos com tudo.

72


LUZ E TREVAS Arthur Nunes Borges

Atualmente podemos simplesmente perdoar uma criança com medo do escuro nisso não há problema. Elas têm isso em mente, são pessoas com medo. Afinal, ninguém é puro Mas, infelizmente, essa não é a maior tragédia e sim os homens com tanto medo da luz acontecendo muito antes, da idade média mais antes, antes dos homens que andavam nus. Escolhem o caminho ruim, como “fácil” e com a imagem da humanidade, essa grande malvadez, destruiu muitas pessoas, com isso tem proximidade. Preste atenção, porque esses homens que falo não são de muito longe, na verdade com eles moramos somos nós,e esse ódio que temos,devemos matá-lo porque,em nossa vida, pode causar muitos danos.

73


PAIXÃO SECRETA Cauê José Souza Marcelino

Não há ninguém para se acompanhar Viver na amargura, na solidão é triste; eu preso vendo os passarinhos a voar Tu me acompanhas nesta vida de solidão e diante de tudo isso aparece você, Rainha do meu ser, Minha paixão secreta. Tu és a razão do meu viver. Viva comigo que eu irei te surpreender, estou pronto. para você, estou apaixonado por todo teu ser. Eu sempre te amarei na tristeza, solidão e pobreza Meu amor, me tira da solidão vamos criar nossa felicidade estarei do teu lado até não mais existirmos e viveremos lado a lado, um com o outro, e isso é amor.

74


LIXO BRASILEIRO Gabriel Ho

O Brasil é o país mais poluente da América Latina, produzindo mais de 1 tonelada de lixo por ano, sendo o 3º país mais poluente do mundo. Nós, brasileiros, somos extremamente consumistas, devido a nossa compra inútil que faz produzir mais lixo que deveríamos, por isso devemos mudar nossa consciência. O caminho agora é reciclar e diminuir o consumo exagerado, aprendendo a reutilizar e reduzir o máximo de lixo possível e isso tornará nosso país e o mundo um pouquinho mais limpo e organizado. O consumo é inevitável, mas há também o consumo inútil exaltado pelo exagero de propaganda que nos levam a achar a nos faltam pertences e convence-nos a comprar determinados produtos desnecessários, resultando em mais O.O (Objetos Obsoletos) mais conhecidos por lixo inútil. Por fim, devemos trocar o C (de consumismo) para o R (reciclagem). Assim, seremos pessoas melhores em mundo melhor.

75


ANO PASSADO Gabriela Maria Guedes Velozo

__ É preciso fazer um mundo melhor. Muitas pessoas me falavam, mas eu não entendia até o dia em que algo ocorreu comigo há um ano. Bom, eu estudava em um ótimo colégio aqui na minha cidade e tinha vários amigos. No meio do ano, uma menina bem diferente entrou na minha turma; o cabelo dela era crespo, ruivo com mechas azuis e o tom da pele bem escuro; no primeiro dia dela, eu comecei a fazer piadas, praticar bullying e aos poucos as minhas amigas foram me abandonando, me deixando sozinha e não queria mais fazer trabalhos em grupo comigo. Diziam que eu era muito má, que eu me achava maior e melhor que as outras pessoas, que eu era irritante e muito, muito chata. Eu me senti muito mal e triste com tudo isso. Depois de duas semanas, a menina mudou de escola e no final do ano eu mudei também. Só depois disso tudo, eu consegui perceber o quanto é importante não fazer comentários maldosos sobre outras pessoas e também entendi aquela frase… “É preciso fazer um mundo melhor.”

76


O MUNDO Giovanna de Castro Rolim

Oceanos, terras, vulcões, desmatamento, guerras, moradias, pessoas, animais, países, cidades. Talvez a maioria associe essas palavras à definição de ”mundo”, mas “mundo” é algo mais particular. Muitos buscam entender o lugar onde habitam, porém, esquecem de se questionar o que são e o que fazem nesse lugar. Bem, refletindo um pouco, perceberão que a única coisa capaz de transformar, manter ou criar algo é a razão, um princípio, e essa “razão é o mundo de cada um. Não é tão abrangente. Às vezes o princípio pode ser apenas um sonho, um pessoa. Pensei um pouco e pude perceber que é a preocupação e fé sobre mim, vindas de família e amigos, que me me fazem querer acordar e fazer o mundo deles melhor.

77


O NARIZ DE PORCO Henzo Carneiro Dantas

Tenho um colega de trabalho que, na hora do almoço causa um alvoroço e não quer dividir o sal não, não é por mal nem porque se acha o tal Desde pequeno se acostumou a comer assistindo à TV o costume se espalhou em todos os lugares que entrou comida não restou e prejuízo às lanchonetes causou Sua comida favorita era bacon bacon com salada que vinha acompanhada de uma deliciosa rabanada Foi chamado de homem porco o apelido se espalhou e o jovem, triste ficou uma dieta fez por mais de um mês e sua gula, que parecia de uma mula se reduziu de vez.

78


SONHAR É O PRIMEIRO PASSO PARA ALCANÇAR Iasmin Cabral de Lucena

O sonho, o momento, a vontade, a paixão, a emoção. Palavras que podem ser simples, mas, naquele momento, não. Palavras que juntas forma mais, Mais para alcançar o que realmente queremos, mas… o que queremos? Preocupamo-nos com o que nos faz felizes, o que faz a barriga doer, o coração acelerar, o que faz você amar o que estamos fazendo, o que faz você pular de alegria quando está fazendo… Sonhar, como é forte essa palavra, um passo antes de alcançar, podendo ou não tropeçar, se não se esforçar.

79


O ATO DE LER Ismênia Souza Sepulvida Maia

A leitura e a escrita em minha vida é muito importante, pois com a escrita posso escrever e com a leitura posso ler e isso é excepcional para minha vida como estudante e sempre será. Eu li alguns livros dos quais gostei muito e outros nem tanto. Um dos que mais gostei foi Flores de Fogo, já um que eu não gostei foi Uma Menina Nada Popular. Quando eu crescer, quero ser médica e eu acho que a leitura será muito importante em minha jornada. Eu gosto muito de escrever, pois assim posso passar para uma simples folha de papel tudo o que eu sinto. também gosto muito de desenhar e pintar, porque assim eu acho que é uma forma de escrita em cores e imagens. Já a importância de leitura se dá porque através dela eu posso aprender mais e escrever melhor, além de conhecer tantas histórias legais que os livros me contam. Assim, na minha opinião, caso você tenha oportunidade de aprender a ler e a escrever, abrace essa oportunidade, pois existem pessoas por aí que queria muito aprender a ler e escrever e não conseguem.

80


RUMO AO DESCONHECIDO Ísis Brandão Azevedo

Eu embarquei no Apolo 232, rumo ao conhecido desconhecido, vulgo Marte. Solo terroso. Silêncio total. Atmosfera estranha, como se estivéssemos em uma bolha. Infelizmente, algumas de nossas peças quebraram durante o pouso e levaria algum tempo para consertá-las. Diferente do que pensei e do que todos nós pensamos, os alienígenas não nos receberam com armas, muito menos com abraços calorosos, apenas ficaram indiferentes, como se aquilo fosse rotina. Eles não tinham forma definida, impossível descrevê-los. Não conseguimos nos comunicar verbalmente, mas parecia que queriam que nós os seguíssemos. Seguimos... Para a nossa surpresa, realmente estávamos em uma bolha; eu, como comandante da equipe, fiquei assustada, porém não quis demonstrar medo. Vimos apenas grandes prédios, formando uma cidade super tecnológica. Andamos por um tempo até chegarmos numa construção que deduzimos ser a casa do comandante. Levaram-nos até um elevador transparente e fomos para o último lugar. Quando a porta do elevador abriu, vimos, no fundo da sala, um ser maior do que os outros e com uma forma mais ou menos humanóide, que parecia entender exatamente o que dizíamos ou até mesmo pensávamos. Após passado o tempo de choque, o alienígena se apresentou, dizendo que era o imperador da zona 424640 do Planeta Etram e perguntou o motivo da visita. Respondemos que viemos do planeta Terra, na primeira expedição a Marte. Depois de explicarmos nossa situação com o foguete, ele nos deu as peças de que precisávamos, fizemos a contagem regressiva com muita emoção por estarmos voltando para casa e por termos chegado a Marte. Decolamos. Tudo estava bem até que todos receberam a notícia de que as duas peças que ganhamos do imperador eram tecnológicas demais e tinham consumido todo o nosso combustível. Havia combustível suficiente para mandar os registros para a Terra e um de nós junto. Por meio de um sorteio, eu fui escolhida. Espero chegar bem à Terra.

81


O MUNDO EM MEUS OLHOS João André Arnaud

Um dia me perguntaram: “Como eu vejo o mundo em que vivo?”. Esta frase me deixou pensativo, pois eu nunca tinha parado para pensar nisso, nunca tinha pensado onde eu estava vivendo, então decidi pensar bastante sobre esta pergunta. Quando estava pensando sobre este assunto, não parei de pensar na nossa humanidade, nas pessoas que também habitam o mundo e o que eles fazem para o meio ambiente. Então cheguei à conclusão de que sem o meio ambiente não seríamos nada, algo fácil de entender, mas, mesmo assim, poucos entendem, pois preferem poluir a respirar, preferem ser egoístas e preguiçosos, jogam lixo no chão etc. Então o nosso mundo não é respeitado em termos de natureza, vivemos em um mundo em que o dinheiro vale mais que a vida, a economia vale mais que a natureza em geral.

82


A LUA E O SOL Lara Leite de Araújo

Ela é como a lua Distante, mas não sozinha. Às vezes aparece, outras não. Ela depende do Sol, do seu calor, da sua luz, mas ele vai embora e ela fica escura. Quando ele volta, tudo se resolve mas ela vai embora, e ela fica escura E naquela imensidão, ela se sente sozinha. Sem esperar a sua volta, ele a procura Mas dessa vez ela vai embora Porque ela cansou de ser escura.

83


SONHAR É O PRIMEIRO PASSO PARA ALCANÇAR Laís de Araújo Freire

Sonhar é o primeiro passo para alcançar. Acreditar já é ter andado metade do caminho. Ir atrás é percorrer o caminho que falta. Sonhar é o primeiro passo para alcançar. A capacidade e coragem estão em primeiro lugar. Desbravando bosques e caminhos desconhecidos Você vai encontrar o que desejava buscar. O que antes era um pensamento, agora é realidade por inteiro. Sonhar é o primeiro passo para alcançar. Cair é o primeiro passo para levantar. Antônimo por um lado é sinônimo E a natureza é a maior prova de beleza. Sonhar é o primeiro passo para alcançar. Autoestima sempre lá em cima. para todos os comentários e inseguranças vencer. E esse medo repentino finalmente desaparecer.

84


Liz Queiroz Gonçalves

Você pode mudar A natureza é do seu mundo A natureza é nossa A natureza é sua Ela está em suas mãos. É tão simples ajudar com um canudo você pode transformar e usar canudo de metal e o meio agradece. O canudo iria para o mar com isso você poderia até matar Aquela linda tartaruga que você e mais alguém podiam amar. É com essas pequenas atitudes que você pode o mundo mudar. Aquele seu papelzinho de bala jogada no chão você pode evitar. “É só um papelzinho”, você vai falar e é de pouco em pouco em pouco que o mundo pode piorar, mas fazendo a sua parte, tudo pode mudar.

85


SEMPRE JUNTAS Luiza Nascimento Gomes

“Sempre juntas”, Foi o que ela disse “Com certeza”, Foi o que respondi Em minha cabeça eu dizia “tomara” Eu realmente queria Só não tinha certeza de que assim seria Todo dia construindo nosso mundo Debaixo daquela árvore e em frente àquele lago Não era um lago dos cisnes, mas era o nosso lago Você quem disse “para sempre juntas”, Você quem me iludiu Levou uma parte de mim e me deixou aqui sozinha Eu não me vejo mais como a mesma pessoa Acho que nem me vejo mais Quando olho para o nosso lago Não me vejo Só vejo você.

86


RESPEITO Lyvia Marianne Souza Lima Dias

Somos todos iguais mesmo sendo diferentes. Não importa a cor da sua pele ou a sua sexualidade. Eu te respeito. É uma obrigação de todos respeitar e aceitar o outro como ele é. Estamos todos juntos no mundo e temos que aprender a conviver com as diferenças das pessoas. O respeito é importante para todos, mesmo não gostando ou aceitando algo que diz respeito ao outro. O respeito é algo fácil de se praticar e não faz cai a mão de ninguém. Respeite e será respeitado.Um dia você pode precisar das pessoas ao seu lado. A humanidade precisa se dar conta de que estamos todos no mesmo time.

87


FORMIGUINHA Marcela do Nascimento Rodrigues

Como você se vê no mundo? Aliás, o que é o mundo? Esse vago lugar ocupado por criaturas terríveis que o destroem: nós, humanos. Quantas perguntas para serem pensadas. Nesse mundo enorme, quem somos nós? Apenas formiguinhas ingratas que não merecem viver nesse ambiente proporcionado pela bela mãe natureza. Todos querem ser os mais corretos; todos falam e fazem do jeito que querem, mas não arcam com as consequências. As pessoas têm medo de magoar, pois apenas elas próprias têm sentimentos. Se nos preocupássemos com o planeta do modo que nos preocupamos com a vida dos outros, o planeta não estaria tão devastado como está. A paz reinaria se não fôssemos egocêntricos. Deveríamos ter mais paciência e ser gentis, mas quem sou eu para dar conselhos?

88


COMO EU ME VEJO NO MUNDO? Maria Clara Borges

Hoje em dia, nesse mundo cheio de pessoas com mentes tão fechadas e que vivem para julgar os outros, eu me vejo como alguém que quer livrar os outros e inclusive a mim mesma de alguns fatores que dificultam que sejamos felizes, como padrões sociais, padrões de beleza ou até nós mesmos (depressão, ansiedade etc). Como já havia citado antes, um dos fatores são os padrões de beleza. Às vezes nos sentimos insuficientes com nós mesmos, sempre desejando ter o corpo de modelos de capas de revistas e atingir um padrão quase inalcançável. Também me vejo como uma pessoa que tenta sempre orientar os outros para que sejam bons, e para que não incentivem o ódio, sempre procurando viver em harmonia. Inclusive me considero uma pessoa bem “naturalista”, acho importante alertar meu amigos e familiares sobre maneiras de ajudar nas causas ambientais, já que não somos a única geração que viverá aqui na Terra. Enfim, em geral me considero uma pessoa realmente boa e generosa, mas com certeza com seus devidos defeitos e pontos fracos. “Os espelhos são como a consciência. Nós nos vemos como somos e como não somos, pois quem se enxerga na profundidade do espelho tenta dissimular seus defeitos e consertá-los para parecerem melhores”.

89


PRECONCEITO Maria Gabriella F. Botter

O preconceito é querer acabar com o coração de um ser humano é acabar com o dia de alguém. Você precisa ser feliz e deixar os outros serem também Não ofenda uma pessoa sem motivo para isso. Preconceito é achar as pessoas diferentes Só porque usam óculos Só porque têm menos condições financeiras ou só porque usam aparelhos. Eu sempre me pergunto o que induz as pessoas a fazerem o mal, o que leva uma pessoa a criticar sem motivos. Espero que um dia os seres humanos aprendam a não falar mal dos outros E que eles percebam que nosso melhor lado é o de dentro e não o de fora.

90


CICLO DE CAOS Pedro Daniel Chaves M. de A. Seixas

De tempos em tempos, as gerações mudam, e junto com elas mudam os objetivos e os meios para alcançá-los, mas dizem que isso só acontece de uma geração para outra. Porém, isso está errado, pois em uma geração ocorrem muitas mudanças, das mais pequenas, como um celular, até as mais notáveis, como a criação de uma empresa inovadora. Nós somos apenas mediadores dessas mudanças e gerações, mas essas mudanças criam conflitos entre uma geração e outra, pois há discordância de pontos de vista. Isso não seria problema, mas o homem quer que todos sejam iguais, seja através da paz ou da guerra. Dizem que o “meio” não importa, o que vale é o objetivo, como, por exemplo, nos séculos passados, quando se dizia fazer “progresso” dizimando raças inteiras. Então eu digo o que somos… somos apenas uma rede que mantém esse ciclo ativo funcionando e criando novos mediadores dessa rede de hipocrisia, revolta, medo e corrupção. Na psicologia existe um termo chamado de “jogo da imitação”, ou seja, nós imitamos as ações dos nossos pais porque, quando somos menores (recém-nascidos ou crianças), entendemos os nossos pais como seres de total autoridade e razão.

91


ENTÃO TÁ BOM! Samuel Martins Tortoriello Messias

__ Silêncio! O que a professora sempre dizia quando chegava em sala, ela sempre estava certa, pois a sala sempre, durante a troca de aula, estava uma só bagunça. “Por que eles fazem isso?”, sempre se perguntava um menino comum da escola. Nessas bagunças, até já ocorreu de alguém sair ferido, mas vamos logo ao que interessa. Vamos à história. Esse mesmo menino estava desenhando durante a troca de aula e foi quando um projétil voou em sua face, mas especificamente em seus óculos, e como a lei de Murphy existe, o óculos quebrou, mas não o feriu e todos foram imediatamente à sua carteira saber se ele tinha se machucado e ele respondeu que sim, mas queria saber quem foi e todo mundo gritou “FOI ELE!” apontando para um cara, que confessou e pediu desculpas. O menino atingido não quis saber, pois sabia que não fora um acidente, mas de propósito. Avisou o fato ocorrido aos seus pais,que procuraram a direção da escola, que fez com que o filho deles fosse indenizado pela família do colega.

92


8ยบ ANOS

Ensino Fundamental Anos Finais

93


SER INVISÍVEL Ana Luiza Stiebbe Salvadori

Sempre dizem que todos os seres têm sua função no mundo. Pessoalmente eu não acredito nisso, e, se for verdade, minha função é de pedra, ficar parada e em silêncio no meu lugar, ser notada somente vez ou outra, quando alguém esbarra em mim mas logo esquecem de minha presença. Eu sempre me considerei uma pessoa comunicativa e de muitos amigos, porém, quanto mais o tempo passava, mais eu notava que isso não era verdade, então me fechei tanto para tudo e todos que nem notavam mais a minha presença. Aguentei ser invisível durante anos, mas cheguei ao meu limite e resolvi mudar; precisava de novos ares e amigos. De certa forma funcionou, mas eu estava tão fechada para tudo e todos ao meu redor que foi difícil fazer novos amigos. Ficava calada no meu canto, participava de atividades em grupo, mas nunca estava realmente presente de corpo e alma, preferindo atividades sozinha. Aos poucos, comecei a me abrir e a me enturmar, fiz vários amigos, porém ainda sou calada, embora minha mudança tenha sido grande, então só mostro como realmente sou ao virar amiga da pessoa. Às vezes me sinto excluída e deslocada, fico sozinha no meu canto e a minha única vontade é chorar e parar de existir, de deixar a humanidade. Em outras não paro de pensar em como eu sou sortuda em ter amigos para me ajudar em todos os momentos. Muitas barreiras ainda deverão ser quebradas até eu voltar a ser a pessoa feliz e comunicativa que eu era. Com fé e pensamento positivo chego cada vez mais perto do meu objetivo final, um dia chego lá…

94


Anna Clara Ribeiro Angelo de Queiroga

Eu vejo o mundo de uma forma diferente, com todos muito felizes, famílias muito unidas, bastantes árvores, animais, e principalmente, sem insetos. Quem me dera o mundo fosse assim de verdade. Na verdade, a única coisa que tem no mundo é estresse, por vários motivos, como: briga, trabalho, escola, responsabilidades etc. Realmente, será que ainda existe esperança para um mundo melhor? A humanidade tinha de tudo para estar no mundo perfeito, mas o que foi que ela fez? Eu respondo! Estragou tudo, e vem estragando até hoje, literalmente. Até mesmo com o pouco que sobrou do “paraíso”, o ser humano destrói. O desastre que aconteceu na Amazônia é um exemplo disso. Mas, sério, como é que o ser humano chega, pega uma coisa que nem é dele e destrói? A que ponto chegamos? Chegamos a um ponto em que as crianças vão ficar sem vontade de viver nesse mundo frio e sombrio. Tenho até medo de chegarmos ao ponto de uma árvore ser um patrimônio histórico e a gente só conseguir ver fotos das nossas belas árvores. Para falar a verdade, eu me vejo no mundo da Lua ou até mesmo numa nave espacial, porque eu realmente não sei se vai ser possível existir vida na Terra num futuro mais próximo. Será que algum dia haverá tanta radiação na Terra que as pessoas e os animais vão morrer queimados? Não sei, só sei que a natureza é a nossa maior parceira nessa vida. Tem horas que eu fico me perguntando, se a gente não tivesse ganhado tudo de “bandeja”, a gente cuidaria e lutaria mais por ela?

95


DESAFIO NA FAVELA Arthur Feitosa de Oliveira

Em pleno Rio de Janeiro, estava eu andando pelas ruas em busca de meu amigo. Já tinha tomado uma cachaça pra refrescar, mas não refresquei, pois o teor alcoólico dela estava muito mais alto que o normal. Ao caminhar, estava cada vez mais escuro, não sabia se era consequência do álcool ou dos postes de luz. Na dúvida, continuei. Quando olho para os lados, vejo alguns botecos e pessoas no chão, já estava ficando tarde e daí começo a me preocupar. Checo os meus bolsos e só consigo achar uns 20 reais e o celular, que estava descarregado. Na caminhada, escuto gritos de cima do morro e vejo luzes brancas e vermelhas, Me assusto, porém acho que voltar no escuro todo aquele percurso não era uma boa ideia. Quando menos espero, estou em uma viela e percebo um tumulto à frente, percebo também que está tendo um arrastão em plena madrugada e tudo estava fechado, não tinha mais jeito, sons de tiros para todos os lados e este é o momento que, para não mais sofrer...

96


VIAGEM PARTICULAR Beatriz Corado

Tem algumas falsas, outras bonitas. Algumas milagrosas; Mas nenhuma que é artista. Vivo com intensidade cada momento, preciosidade. E a felicidade está no sangue, fazendo o futuro ficar distante. Paciência é o que me falta para pessoas mal-humoradas, mas para aquelas que são sol, sou a primeira a atirar o anzol. Mas tenho muito a aprender sobre a vida e o seu desenvolver, sobre quem sou ou o que devo ser. Por enquanto, agradeço por cada movimento. Cada passo, devaneio; para com eles me desenvolver, e poder me enaltecer.

97


AMOR Camila Leão

Pode significar felicidade para uns Mas para outros pode ser a dor. É uma mistura de sentimentos Também pode ser um sinônimo de ilusão. Por mais que seja doloroso, Pode-se encontrar na dor Um verdadeiro amor. Com ele aprendemos lições Que podemos levar para o resto da vida. Quando amamos alguém, Aprendemos a amar O seu lado terrível Porque o amor é um SACRIFÍCIO...

98


DIFERENTE Chellsia Alicia Souza Lima Batista

A minha vida é muito agitada, as pessoas à minha volta parecem estar sempre tão alegres e cheias de amigos. Eu me vejo tão excluída, mesmo tendo alguns amigos. Às vezes eu me sinto em um filme, cercada de colegas populares na escola e sendo aquela adolescente diferente dos outros. Geralmente, adolescentes gostam de socializar, fazer várias amizades, sair. Eu gosto de ficar em casa. Claro que não é sempre, mas gosto. Tenho dificuldade de fazer novos amigos; acho que de uns tempos pra cá eu estou melhorando, mas ainda sou bem tímida. Às vezes eu acho que as pessoas não vão muito com minha cara e acabo me isolando. Acho que eu sou assim porque meus gostos são diferentes dos gostos dos outros e por isso eu não tenho o que conversar com outras pessoas. Eu não vejo o meu mundo como algo chato, mas diferente dos outros. Bem, eu sou feliz do meu jeito.

99


Gabriella Bezerra Duarte

As publicações de livros, documentos, Globo de Ouro ou Nobel são formas de elevar ou estimular o conhecimento de determinado assunto. Por meio desses acontecimentos citados, muitas pessoas são, de certa forma, incentivadas a “evoluir” sua forma de pensar ou ver o mundo, para poder levar o seu conhecimento a ele, torná-lo mais “atualizado” sobre os assuntos e entender melhor o seu funcionamento. De acordo com a evolução, muitas pessoas que não a seguiram, foram “obrigadas” a mudar a sua forma de pensar. Creio que, se não seguissem a metodologia utilizada, seriam consideradas menos inteligentes ou até mesmo perderiam influências em países importantes que as proporcionaram uma economia boa. Essa forma (por meio de prêmios) de “incentivar” o mundo a se atualizar, de certa forma, foi boa, porque assim fez com que um lugar quisesse se atualizar primeiro do que o outro para ganhar reconhecimento e também exibir o país que fez, tornando-o mais “importante” por causa desse acontecimento. Acho que para incentivar as crianças a quererem sempre saber e procurar sobre um determinado assunto é preciso de conversas entre pai, mãe e escola, pois isso faria com que as crianças criassem curiosidades sobre o assunto, levando-as a pesquisarem sobre ele e, consequentemente, no futuro, elas poderiam publicar um assunto que “descobriram” por meio de sua curiosidade desde pequenas.

100


AUTOCONHECER-SE É AMADURECER Gabriella Cruz De Souza Neves Melo

A fase da adolescência é a fase mais difícil que enfrentamos em nossas vidas. São constantes mudanças, tanto internas quanto externas, emoções e sentimentos misturados e a necessidade de conhecer o “novo” e desafiar a si mesmo. À medida que ocorre a transição para a fase adulta, mais problemas vão aparecendo, e a forma como se lida com eles é uma questão imprescindível para o amadurecimento. Fora isso, e associada a questões neurológicas, a necessidade de se desafiar está presente em todo jovem, por isso, a cautela é primordial. Questões físicas e emocionais são muito associadas, estilos são descobertos e adotados, a vaidade aumenta e o medo de ser julgado (a) pela forma como se apresenta constantemente aumenta. Em razão disso, doenças como a depressão, ansiedade e anorexia são muito presentes na adolescência. A partir do momento que o adolescente se conhece, ele passa a enfrentar situações que antes pareciam impossíveis com mais facilidade. É importante ter consciência de si, saber a razão do que faz, como faz e suas consequências; ter entendimento dos conflitos que passa, para crescer. Apesar de ser difícil, o autoconhecimento é adquirido aos poucos. Quando você se autoconhecer, identificar sua essência e não ter medo de mostrá-la àqueles que o rodeiam, pode ter certeza que já terá amadurecido o suficiente para enfrentar o mundo afora.

101


Giovana de Lourenço Marques dos Santos

Atualmente o ingresso dos jovens no mercado de trabalho está cada vez mais difícil. De acordo com uma pesquisa realizada entre 2006 e 2012 pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômico Aplicada), a taxa de desemprego entre jovens de 15 a 24 anos chega a 16,22%. A dificuldade encontrada pelos mais novos tem relação com o mercado informal, que acaba “chamando” muitos trabalhadores que não conseguem oportunidade, pois os empregos formais procuram experiência e normalmente os jovens ainda não possuem essa “vivência” no mercado de trabalho. Mas um dos problemas do mercado informal é que muitos empregados aceitam vagas aquém das habilidades, ou seja, estão abaixo das suas reais funções. Por um lado, o trabalho atual acaba sendo mais procurado, pela inclusão de mais setores relacionados à tecnologia, que é um tema e um setor muito atual. Esses empregos estão incluídos principalmente na área de finanças. Uma forma de diminuir essas taxas é com incentivo e projetos de empresas, abrindo vagas para estágios, ajudando, assim, a aumentar a experiência e oportunidade dos jovens empregados.

102


Henrique Cavalcanti Lustosa de Alencar

As vagas no mercado de trabalho não são fáceis de conseguir, principalmente por jovens que estão em uma fase de procura. Há muitos jovens desempregados há mais de um ano. Normalmente, isso acontece pela falta de experiência nesse ramo. Em pesquisa recente, o Ipea afirmou que 16,22% das pessoas entre 15 a 24 anos estão desempregadas. Além desse fator, há outros como a formação acadêmica e a falta de competência emocional. Por isso, muitos jovens acabam entrando no mercado informal, que não lhes dá direitos e, como consequência, diminui as chances de terem uma vida bem sucedida e um bom salário. Mas, hoje em dia, com o avanço da tecnologia, aparecem vagas de trabalho em que jovens têm mais experiência, facilitando a entrada no mercado de trabalho juvenil. Portanto, para diminuir de vez as dificuldades para a sociedade juvenil conseguir boas vagas de trabalho, as empresas podem abrir novas vagas de trabalho, e o governo deve fornecer uma boa educação para que, no futuro, os jovens estejam qualificados para assumir um cargo de trabalho profissional.

103


A MONTANHA RUSSA Igor de Oliveira Coutinho Ortins

Certo dia, na Flórida, estávamos eu, minha mãe, meu tio e tia no parque de diversão Universal. Andávamos bastante, até que vimos uma enorme montanha russa, a maior que tinha no parque, e eu disse: “vamos,vai ser legal”. Combinamos de ir no outro dia. Depois de uma hora e meia, chegou nossa vez. Fomos eu e minha mãe no primeiro vagão; minha tia e meu tio, no segundo. Logo no início, havia uma subida de noventa graus; eu já estava começando a me arrepender. Depois de terminada a subida, ainda havia uma enorme descida, foi aí que chegou minha hora de brilhar, mas desmaiei. Segundos depois, acordei, porém, em seguida, tinha um looping e uma descida. Primeiro foi minha tia que voltou um pouco depois. Então foi a vez do meu tio; mais à frente, minha mãe também apagou. Dessa vez, fui o único “sobrevivente”, todavia, desmaiei em outra descida, suficiente para meus óculos escuros caírem do brinquedo. No final do dia, fomos à casa em que estávamos hospedados, eu realmente, perdi meus óculos escuros como meu tio perdeu a carteira. A sorte é que este não estava com dinheiro nela.

104


BRASIL (S.M.) João Augusto Lucena Medeiros de Oliveira

Lugar onde riqueza e pobreza são vizinhos. Onde a criminalidade reina e tem como princesa a desigualdade social. Lugar onde a vacina contra o vírus do analfabetismo é rara. Também é o lugar onde reside a maior parte da Floresta Amazônica, nesse lugar, as belezas e os recursos naturais não têm fim. Sinônimo de Brasil: paradoxo

105


O LOBO E A CRIANCINHA João Gabriel Pereira Vilar de Holanda

Certo dia, uma menina andava pela floresta, e de repente um lobo apareceu: _ Ei, você! _ Falou comigo? _ perguntou a menina. _ Não, não, falei com a árvore. O que você faz nessa parte da floresta? Saia daqui agora! _ respondeu o lobo. _Calma, senhor, apenas vim para passear e pegar algumas frutas. _ Que pena, tudo isso é meu e eu não quero dividir, principalmente com você. _ Ok, me desculpa, mas eu não posso pegar nem uma fruta? Não tenho nada para comer _ falou a menina. _ Você deve ter sim, eu tenho! _ disse o lobo. _Mas você é diferente. _ Como assim? _ perguntou o lobo. _ Você tem todas essas coisas e eu quase nada. _ Então quer dizer que você não tem as mesmas coisas que eu tenho? _ É, né. Tem pessoas que têm condições melhores que outras. _ Eu não sabia, me perdoe! Eu faço questão que você venha aqui e pegue algumas frutas _ disse o lobo um pouco emocionado. _ Sério? Muito obrigada, senhor! _ a menina respondeu alegre. _ Não tem de quê! Aproveite e traga sua família também. _ Muito obrigada mesmo e até mais! _ Tchau!

106


OH, MULHER NEGRA… João Matheus

Oh, mulher negra; Sofreste tanto no passado por sua cor e gênero. Oh, mulher negra, Forçada a trabalhar de sol em sol, sem liberdade e sem direitos. Oh, mulher negra; Nascida na África, trazida ao Brasil para trabalhar como escrava nos engenhos. Oh, mulher negra, Excluída da sociedade, tratada como animal, sendo sequestrada e vendida como mercadoria. Oh, mulher negra; Tirada da sua família e separada dos seus filhos, trabalha o dia inteiro para não ganhar um tostão. Oh, mulher negra, Tus não és diferente nem esquisita só esses brancos que acham que são gente...

107


João Victor Lacerda Rodrigues

Eu sou um menino que não vive em um mundo igual ao das outras pessoas. Eu tenho cinco irmãos; são muitos filhos para atualmente. Fui ensinado com carinho e amor de quatro pais (pai, mãe, madrasta e padrasto) e estou estudando em uma das melhores escolas do nordeste brasileiro. Eu vejo na escola que adolescentes, crianças e adultos estão mais conectados às tecnologias do que antigamente. Além disso, mulheres estão mais envolvidas no trabalho, aí há pouca natalidade. Os adolescentes estão mais depressivos e estão se isolando mais dos pais e parentes porque não pedem ajuda. O aumento de suicídios é muito alto hoje em dia. As pessoas precisam se desconectar um pouco das redes sociais, pois os celulares têm informações a partir das quais uma pessoa pode fazer contrabando, vendas e crianças podem receber informações de pessoas más. Mas podem servir para coisas boas, como estudar e pesquisar e é usado em várias escolas, porque facilita o estudo de muitas pessoas que são normais e com algumas dificuldades.

108


Jonathas Edwards Andrade Firmino

A minha visão sobre o mundo é que ele pode melhorar, sem guerras, sem pobreza e com a violência sendo só uma lembrança de uma era ruim onde todas as pessoas estão de bem com a vida, mas hoje em dia o mundo está rendido à violência e a pobreza vai devastando países. Eu me vejo no mundo como mais um que tem vontade de ajudar o próximo, de proteger animais, florestas, rios e sem poder governamental para tais atos, mas conscientizando as pessoas com minhas palavras. Creio que esse mundo possa se transformar de tal forma que nós e nossos netos estaremos rindo de como isso já pôde acontecer e estaremos discutindo sobre como o mundo já foi violento, com pessoas morrendo de fome ou morando nas ruas. Mas como podemos mudar isso? É simples, pare para pensar: quem gosta de ter uma vida ruim?

109


PRÁTICAS DE FEMINICÍDIO: SINÔNIMO DE DISCRIMINAÇÃO E DESRESPEITO Julia Garner Lima Costa Braucks

amor, uma palavra tão grande... o que realmente é o amor? o amor nem sempre é correspondido sempre haverá pessoas que amamos que não vão amar a gente da mesma forma romeu e julieta não é regra e sim exceção o amor não é algo fácil de se entender tem gente que não é gente que brinca com os nossos sentimentos que mexe com o nosso coração tem gente que faz a gente desistir do amor mas nunca desista, sempre haverá alguém que irá até a Lua por você disso eu tenho certeza o amor não é algo fácil de se entender não se surpreenda se você não o entende pois você e outros sete bilhões de pessoas no planeta, ainda não sabem o que é o amor.

110


Laura Alencar Lima

O ser humano vê o mundo como um lugar de paz, mas eu não vejo isso; tento, mas não consigo. Um lugar onde há tantas guerras e tanta maldade não pode ser chamado assim. Deus nos confiou o mundo para cuidarmos dele, e não para “amassar e pisar em cima” . Vejo-me neste tão grande mundo como uma cidadã que quer o bem de todos e de tudo, que acha um grande desrespeito degradar a Terra, porque, se há algo muito importante no mundo, mais que tudo e todos, é a natureza; ela é nossa maior parceira na vida. O maior motivo para muitos que “acabam” ou estão acabando aos poucos com a Terra é que eles não lutaram para consegui-la, assim fazem com celulares e seus “bens” mais “preciosos” . Quando todos chegamos aqui, já estava tudo pronto, não precisamos suar para ganhá-la, como também não lutamos para desgastá-la, fazemos isto sem nem perceber. Eu vejo o mundo como um lugar onde não há esperanças, me vejo num mundo que, quando saímos de casa, não sabemos se vamos voltar, estamos todos ao redor do perigo. Já parou para pensar que todos poluímos? Já se pegou pensando o quanto a natureza é importante? Acho que não, você só pensa naquilo que é essencial, mas “O essencial é invisível aos olhos” (O Pequeno Príncipe).

111


Lívia de Souza Oliveira

Como eu me vejo no mundo? Uma adolescente normal, que tem uma rotina como qualquer um, vai à escola, tem suas atividades, hobbies, gostos e grupos de amigos. Vejo-me no futuro uma veterinária dando o melhor para os meus pais e avós. Eu vejo o mundo se destruindo aos poucos, incluindo o Brasil. Mudanças têm que ser feitas para que no futuro ainda haja algo para viver e que as pessoas ainda saibam usar melhor os recursos que nós utilizamos. Campanhas devem ser feitas para dar um certo puxão de orelha nas pessoas, para se proporem a ajudar, pois, pelo pouco que seja, já é muito. O mundo é destruído com queimadas, desmatamento e aquecimento global, o que piora muito as coisas. As novas gerações e principalmente as antigas precisam se juntar para preservar o mundo que tanto amamos. O mundo é cheio de pessoas de diversos lugares e etnias e juntos podemos fazer a diferença mudando o pensamento daqueles que não estão nem aí ou que poderiam estar nos ajudando a manter o que temos. Agora a pergunta que não quer calar: você se importa ou não? Se não, pensa mais um pouco e vem ajudar. Sua ajuda é muito bem-vinda.

112


FLAMENGO ABRE VANTAGEM SOBRE O INTERNACIONAL Lucca Malheiros de Melo Souza

No Maracanã lotado, Flamengo ganha do Internacional no jogo de ida válido pelas quartas de finais da Copa Libertadores da América Na última quarta-feira (21), no jogo disputado no Maracanã, o Flamengo venceu o Internacional por 2 a 0, com 2 gols de Bruno Henrique, aos 75 e 79 minutos de jogo, e agora disputará a classificação para as semifinais no BeiraRio, estádio do Internacional, podendo perder por até 1 gol de diferença para garantir a classificação. Com mais de 66 mil presentes, o público assistiu a um 1º tempo sem muitas chances de gol. No 2º tempo, a torcida pôde ver e comemorar os 2 gols do atacante flamenguista, Bruno Henrique: o primeiro partindo de um passe do meio-campista Gerson, e o segundo com uma assistência de Gabriel Barbosa, o Gabigol. Logo após os gols, o Internacional pressionou para tentar amenizar a situação para o jogo de volta, que será disputado na próxima quarta-feira (28), no Beira-Rio. O time que se classificar nesse confronto pode pegar o Grêmio ou o Palmeiras, que disputarão a classificação na próxima terça-feira (27), sendo que, no primeiro jogo disputado pelas duas equipes, na Arena do Grêmio, os palmeirenses saíram vitoriosos, vencendo por 1 a 0, com um gol de falta do meio-campista Gustavo Scarpa.

113


ENTREVISTA Luís Eduardo Morais Lima de Moura

Luís Eduardo é um adolescente de 13 anos, que possui um bom currículo escolar e uma coleção de medalhas da prova Canguru (prova olímpica brasileira de matemática). Ele tem uma difícil tarefa de conciliar sua vida rural com a estudantil. ANNE: COMO VOCÊ SE PREPARA PARA AS PROVAS CANGURU? LUÍS EDUARDO: Além de ter facilidade na área de exatas e prestar muita atenção durante as aulas da matéria, participo das aulas de aprofundamento que são direcionadas para as olimpíadas de matemática. ANNE:COMO VOCÊ CONSEGUE AS BOAS NOTAS, MESMO TENDO QUE SE PREOCUPAR COM AS OLIMPÍADAS DO CONHECIMENTO? LUÍS EDUARDO: Eu tento manter minha atenção durante as aulas e reviso o assunto uma semana antes de iniciar as provas, facilitando meu estudo. Mesmo com minha rotina de estudo, pratico esportes, tenho lazer e consigo realizar as olimpíadas com precisão ANNE:DE QUE FORMA VOCÊ CONCILIA SUA VIDA RURAL COM SEUS ESTUDOS NA CAPITAL PARAIBANA? LUÍS EDUARDO: Durante os dias úteis (segunda-feira a sexta-feira), estou em João Pessoa me dedicando aos estudos, mas nos fins de semana volto para a fazenda e tenho os meus melhores momentos de lazer.

114


Luís Henrique Aranha Magalhães

Eu olho para o mundo afora e penso no futuro. O que serei? Vejo-me um médico rico e infeliz? Ou um pobre com uma feliz família? Só sei que não sei… Porém, fazendo a mesma pergunta ao mundo, o que ele diria? É fato que ele não pode falar, mas, se pensarmos bem, decerto ele diria que se vê ótimo, mesmo estando bem mal… Talvez ele possa se sentir melhor se todos pregarmos a paz, que deveria ser a nova religião mundial, pois ela é o melhor para todos. Então, vamos imaginar esse mundo, ele seria um mundo em que todos seriam iguais em valores sociais e monetários, de modo que todos se sentissem felizes e donos de si, um mundo sem políticos e seus limites, um mundo com educação pública superior à privada, sem conflitos, todos seriam amigos de longa data. E é assim que eu vejo o mundo.

115


Luíza Hollenbach Coelho

O mundo pode ser visto de inúmeras formas. Podemos analisá-lo como um ambiente físico, onde a matéria que forma nosso corpo está inserida, ou como um ambiente psíquico, com inúmeras camadas de pensamento, em que cada camada forma a mente de um de nós que o habita. Sou apenas uma adolescente. Sinceramente, não entendo praticamente nada sobre o que o mundo é, mas me sinto como uma pequena partícula cósmica sem nenhuma importância, que habita um planeta azul, dentro da Via Láctea, tentando se tornar alguém importante, tentando entrar para a história, tentando ser lembrada. Sinto que o mundo ao meu redor é como uma grande arena de leões selvagens onde nos soltam assim que nascemos. Alguns são como grandes leões, que podem guerrear com seus oponentes, outros são como pequenos coelhinhos, que podem ser facilmente esmagados pelos leões nessa selva de pedra que é o mundo contemporâneo. Alguns são, na verdade, aves, que apenas observam, esperando o melhor momento para atacar todos de forma sorrateira com um grande golpe baixo. Existem também aqueles que, assim como eu, são pequenos camaleões, que no começo se camuflam em meio ao ambiente, esperando o momento certo para brilhar, um momento que nunca chega. Muitas vezes alguns como eu esperam por toda a vida para terem esse momento perfeito, mas são esmagados tentando achá-lo e morrem frustrados. A verdade é que ao meu ver o mundo é como esse grande campo de guerra onde ou você esmaga alguns, ou tenta ao máximo viver em paz com a maioria, enquanto muitos tentarão esmagá-lo para ganharem a grande guerra que é essa selva de pedra ao nosso redor.

116


Maria Clara Cecílio Bezerra Cavalcanti

Milhões de pessoas por todo o mundo. Cada uma delas exerce diferentes papéis. Por mais que nem todos sejam conhecidos, cada um é importante. Uma única pessoa pode causar um efeito enorme. O universo funciona como o efeito borboleta, a ação de uma pequena borboleta voar pode causar um furacão no futuro. Pequenas ações podem ter grandes consequências. Nem sempre conseguimos o que queremos. Às vezes, pessoas com intenções incríveis não conseguem reconhecimento, assim como pessoas mal intencionadas conseguem um lugar de poder. Ser diferente e único em um mundo em que sempre haverá pessoas que te julgarão por características físicas ou sociais é difícil, mas é uma característica muito apreciada. Cada um tem o potencial para conquistar o que quer, seja ser médico, advogado, designer, ou até um presidente. Se formos bem intencionados e sempre procurarmos conquistar nossas metas, pode ser possível. Por muito tempo, podemos nos sentir perdidos ou incapazes de mudar o mundo, mas, se continuarmos a pensar assim, nada vai mudar. As pessoas que hoje ocupam grandes e importantes cargos já foram pessoas “normais” e comuns como a maioria de nós. Nossa dedicação direciona nosso futuro. Como vemos, o mundo é diferente para cada um de nós, mas sempre teremos algo a aprender com o nosso ponto de vista.

117


MEUS DOIS LADOS Maria Clara Marinho

Tenho calma do tamanho de uma formiga, a alegria do axé da Bahia, o amor do tamanho do mundo e uma carência que só Deus sabe! Choro com tudo e não consigo parar, faço birra com tudo e não paro de gritar, falo demais, ninguém consegue aguentar, até tento me segurar! A felicidade no meio da raiva, o consolo no meio da dor, a risada no meio da tristeza, o abraço no meio da intriga, acho que essa sou eu! Se um dia eu te magoar, pode me falar, juro que não tive a intenção de te machucar. Se puder me perdoar, grata irei ficar. Sou uma bagunça como esse poema, aliás, tudo é uma bagunça, até posso tentar ter paciência no meio de tanto, mas juro não dá.

118


MY WORLD = BTS Maria Luiza Gomes

Quando meu dia começa, minha euforia vem junto, pois estou com meus “irmãos”, e, mesmo que todo dia seja um repetitivo jogo de gangorra e acabe parecendo tudo uma mentira de tão igual, está tudo bem, pois estou com eles, minhas cicatrizes somem e meu passado não importa mais. Não deve ser acaso do destino que no coreano “amor” e “pessoa” têm a pronúncia e escrita tão parecidas, pois, parando para refletir, como pessoa, posso amar e ser amada, logo, se vivo, amo. Não importa a minha singularidade amorosa porque, mesmo que sejamos apenas amigos, eles são meu primeiro amor. Mesmo não perfeita, sou bela e deveria aprender a me amar mais. Mamãe, obrigada por acreditar, pois descobri o porquê eu não poderia voar ou tocar o céu, já que eu poderia acabar caindo no mar ou apenas acabar por ter minhas asas derretidas, assim como Ícaro. Sei para onde devo ir com minhas asas, devo ir em direção a minha felicidade. Agora que acordei de verdade, posso acabar com toda essa mentira que caí e posso apenas dançar, mesmo fora do ritmo, me divertir com minhas novas “irmãs” e, finalmente, acabar com esse jogo de gangorra para ir atrás de minha felicidade, descobrir meus sonhos e aprender a dizer não. No final de tudo, este texto fala sobre meu mundo, que é o bangtan, mais conhecido por BTS, uma das maiores boybands da Coréia e do mundo, mas que para mim também são conhecidos como amores da minha vida, porque eles fizeram meu coração bater novamente e agora são minha luz, junto às minhas estrelas que são minhas amigas ou minhas “irmãs”, melhor dizendo.

119


HOMICÍDIO NA AV. EPITÁCIO PESSOA Miguel Toscano Milanez Batista de Lima

Na madrugada desta terça-feira (20\08), o corpo de Chaconildo Pereira Correia da Silva foi encontrado morto na frente do McDonalds. A vítima foi morta esfaqueada com uma peixeira. O assassino, Carlos Robervaldo Coelho, foi preso às 13h, após ser encontrado no Bar do Cuscuz. Ele ainda será julgado. A pena prevista para esse tipo de ato é de 15 anos de cadeia. O assassinato foi motivado por ciúmes, já que a vítima tinha uma relação com a namorada do acusado. Chaconildo não tinha nenhuma relação e era só um barbeiro. Já Carlos, era envolvido com tráfico de drogas.

120


Milla Luna Sibeon

Anel: Símbolo do casamento, e um item de beleza. Um item de grande valor, esse valor carregado em um círculo com um buraco. Nossa cultura valoriza o material. Para uma cerimônia se vê metal como ideal. Círculo com buraco, parece um conceito falho. É apenas uma circunferência! Não se for materializado, pois vira um item valorizado, folheado com ouro. Mas que coincidência! A sociedade caindo em um buraco. E nós baseamos a família no casamento simbolizado por um círculo com um buraco.

121


UMA VIAGEM INESQUECÍVEL Paulo Gustavo A. L. de M. Filho

No dia 03 de julho de um ano maravilhoso, 2014, fiz uma viagem para Fernando de Noronha. Lá, meu pai me apresentou um amigo dele, conhecido como Cachorrão. Ele era chamado por esse nome porque andava com a coleira de seu cachorro, possuía um carro com adesivos de cachorro e a buzina era o som de um latido do animal. Esse amigo do meu pai nos levou a uma loja de pranchas de surf. Logo depois de alugarmos uma prancha, ele nos levou a uma praia e nos ensinou a praticar o surf, um esporte muito divertido. Depois disso, fomos convidados a ir até sua casa para comermos um peixe que estava muito gostoso e era assado na churrasqueira, enrolado em uma folha de pé de bananeira. No dia seguinte, voltamos a nossa casa felizes e com vontade de “quero mais”.

122


UM NOVO AMIGO Pedro Henrique Kruta de Araújo Bispo

Mais um dia normal na vida de um aluno como todos os outros, estudando em uma escola como todas as outras, com amigos normais iguais a todos os outros. Ronaldo, 15 anos, tinha uma vida relativamente normal, com dias normais, porém repetitivos. A rotina sempre a mesma: acordar, tomar banho, comer, ir à escola, voltar para casa, almoçar, jogar futebol e dormir. Uma rotina comum para muitos, mas, um dia, tudo mudou. Mudou quando um novo aluno chegou à sala, e o Ronaldo percebeu algo diferente nele, algo especial que nem todos tinham. Ronaldo foi falar com ele, um “cara” simpático e gente boa. Chamava-se Alberto; eles passaram muitos momentos juntos, jogaram God of War no videogame, jogaram bola, xadrez, muitos jogos de tabuleiro, além de conversarem muito sobre a vida e o que estava acontecendo na escola. Tornaram-se verdadeiros amigos, eram bem parecidos e sempre com novas coisas a falar. Porém Alberto ficou diferente, não estava indo mais à escola nem procurava mais Ronaldo em sua casa, como sempre fazia. Até que este percebeu que Alberto era apenas algo de sua cabeça e que agora está vagamente em sua memória.

123


124


9ยบ ANOS

Ensino Fundamental Anos Finais

125


OS INDÍGENAS NA SOCIEDADE BRASILEIRA Bruno Lacerda Lopes

Os indígenas no Brasil sempre foram maltratados; desde quando o Brasil foi “descoberto” até hoje. Atualmente, eles estão perdendo cada vez mais direitos, pois existem pessoas que querem desmatar a floresta e destruir as aldeias dos índios, matando-os, e o governo não se importa Existem algumas formas, para reduzir as invasões das pessoas na aldeias, como a demarcação das terras, e das florestas, criando áreas de preservação ambiental. Os indígenas são muito discriminados na sociedade, com xingamentos, ameaças de morte, agressão física e psicológica. Os nativos são muito importantes na história do Brasil, pois foram os primeiros habitantes do nosso país. Porém, com a chegada dos portugueses, os índios foram agredidos levados ao trabalho forçado, como fossem escravos e que até hoje, continuam com xingamentos e agressões. Os índios lutam para ter direitos e respeito na sociedade.

126


FALHAS NA EDUCAÇÃO, COMO SOLUCIONAR? Eduardo Freire Araújo de Albuquerque

Segundo Immanuel Kant,”o homem não é nada além daquilo que a educação faz dele”, entretanto esta frase está sendo ignorada por muitas pessoas durante décadas, devido a falta de entendimento perante o tema; porque isso ocorre? De certo, a educação vem sendo algo extremamente subestimado nos últimos governos, porém essa negligência é contraditória, seguindo a frase citada por Sir Arthur Lewis, “educação nunca foi despesa, sempre foi investimento com retorno garantido”. Outrossim, se torna notório que a educação é algo que traz à sociedade incontáveis melhorias em direção à população. Esses benefícios se tornam mais compreensíveis na obra Escritores da Liberdade (divulgada em 2007 e dirigida por Richard LaGravenese) na qual adolescentes que eram considerados “descartáveis”, através dos estudos, conseguiram feitos nunca imaginados por eles anteriormente. Desse modo, se torna necessário que ocorram grandes melhorias na educação do país, dentre elas, cabe ao Ministério da Educação - órgão responsável pelo ensino escolar - atribuir ações visando a melhoria do seu próprio sistema, dentre estas atitudes, a formação com mais eficiência dos alunos no ensino básico para que possam se tornar profissionais com mais qualidade para o futuro do país, seguindo assim a teoria kantiana,de que o homem não é nada além daquilo que lhe é ensinado.

127


CARDÁPIO VARIADO Henrique Barbosa Diniz

Sentados aqui, nesse calor infernal, nós alunos nos encontramos sem nenhum remoto interesse a essa aula de matemática. O professor parece tão desanimado quanto nós. Desde que os ares-condicionados quebraram na primeira aula, estamos todo em um estado de êxtase, confusos e sonolentos. Tudo em que consigo pensar é numa pessoa dessa sala: Samuel. Os seus olhos verdes e brilhantes e seu cabelo loiro e bem cuidado me encantam. Cada segundo que passa, me perco mais ainda em sua beleza. O que eu faria para ter uma chance de conquistá-lo? Mas o “grande” Samuel não gosta de relações que duram mais que uma noite, e o “doce” Samuel é bom demais para se prender a apenas uma. Mas eu não teria chance. Samuel não tem a capacidade mental nem psicológica de apenas conversar comigo. Não me leve a mal, mas homens só querem mulheres quando querem. Não passo de uma opção sem graça em um cardápio variado. E, mesmo se, por curiosidade, ficasse comigo, o que viria depois? Seria usada e depois jogada fora, como um objeto sem valor? Não! Samuel não vale a pena. É incrível como em apenas uma tarde quente de verão, percebi uma das coisas mais importantes da minha vida. A verdade é que, para ser o destaque do cardápio, não preciso de ninguém. Só de mim mesma.

128


Igor Augusto Mazon Valente

Esse pouco tempo Que já estou com você Já deu para entender Você ama mais eu Do que você E se rendia a tudo Só pra me ver. Sofreu nove meses Só pra me ter Entre esses Não sabia o que comer Perdeu tudo Nem sabia quem era você. Certo dia amanheceu Com uma dor Que dizia que quase morreu E quem apareceu. Pra te salvar Fomos para o hospital E só foi eu começar a A gritar Que você começou a chorar.

129


AS ARMAS E O AMOR Joan Manuel Estupinam Camargo

Todo dia, toda hora Sempre notícia, boas, ruins E falsos, com perda, recebimento e esquecido. Apoiam, são contra a armas, porque não ajudam, e sim estragam, perdem pessoas como nós. Todos nós sentimos algo por uma pessoa, objeto ou uma coisa que todos Sentem por outra, o amor, que nos aquece e nos atrai.

130


LEMBRANÇAS Lucas Jerhan Silva Marinho

Junho chegara, eu já estou cansado. Últimas provas do semestre, alguns colegas viajando, o cheiro de comida de milho e chuva tomavam conta de mim. Não sei se consigo narrar o que aquela época me causava. Naquela ano não foi diferença. Na última semana meus amigos e eu fomos para a festa de São João que sempre acontece nessa época em minha cidade. Chegando lá ficamos todos alegres ao ver a euforia nas pessoa, que dançavam e sorriam, não perdemos tempo e já fomos nos divertir. Passaram-se alguns minutos e já estávamos nas famosas brincadeiras juninas, dentre elas estava a barraca do beijo, meus amigos queriam que eu fosse, mas não fui, então nós deparamos com o tiro ao alvo, uma brincando que passamos horas, logo após fomos comer, tinha de tudo, maçã do amor a bolo de milho, lembro que comemos muito aquela noite. Quando menos esperávamos a festa tinha acabado, tínhamos que ir pra casa, naquela noite de São João nos divertimos tanto que não tínhamos noção, até a volta para casa foi animada; passamos cerca de uma semana falando do quanto foi boa aquela festa e do quanto estávamos ansiosos para a próxima, é por isso que eu falo que junho é a melhor época do ano, não por conta de férias e festas, mas por lembranças tão boas e importantes que estas nos dão, hoje posso dizer que realmente essa é a melhor época do época do ano.

131


CULTURA EM ESQUECIMENTO Luis Eduardo Aragão Nascimento

Leis governamentais brasileiras, desde o início da nação, estão causando injustiças perante um grupo étnico e cultural, que está lutando pelos seus direitos sociais, para continuarem a existir e morar em suas terras, que hoje está a diminuir gradativamente. A cultura indígena, diante de atitudes políticas, com o intuito de lucrar sobre a margem de venda de seu território, está prestes a desaparecer mediante ao descaso do governo que está diminuindo e roubando seus locais de nascença. Diversas ONG’s lutam contra essa injustiça de perda de lar e identidade, mas com pouco sucesso; muitos desistem e aldeias e culturas se perdem, sendo esquecidos pelo tempo e a população. Diante desse esquecimento, o governo deveria aumentar as áreas de preservação indígena e por e por meio de leis mais rigorosas deveriam impedir o desmatamento e roubo de suas terras, pois o índio não deve ser rebaixado, porque o mesmo faz parte do povo brasileiro e é símbolo dessa nação. Em suma, o indígena está perdendo a sua cultura por falta de pressão da própria população sobre o governo, exigindo campanhas sociais e leis mais eficientes, que conscientizem os demais e preservem esse grupo.

132


DOA-SE UM CORPO, MAS NÃO UM CORPO COMUM. Nicole Gonçalves de Souza Nóbrega

Doa-se um corpo desgastado, tomado por medicamentos, com os órgãos “comidos”. Doa-se um corpo cansado, fino no geral. É um corpo que um dia entrou em lago sujo e se infectou por um parasita. É um corpo que passou 16 dias internado, recebendo soro de tudo quanto é tipo. Um corpo com pernas que por um tempo desaprenderam a andar, sem força. Braços que não faziam nada sozinhos. Um corpo que contém um pulmão que parou de funcionar, baço e fígado aumentado e rins afetados. Mas acima de tudo, um corpo que teria forças para encarar tudo outra vez, pois mesmo tendo sido uma experiência traumatizante, ela me fez ver o lado bom da vida e dar valor ao que realmente importa. Esse corpo é o meu corpo, de uma garota chamada Nicole. Uma menina salva por Deus, uma menina que aprendeu a ser forte e a amar. Eu amo o meu corpo, mesmo com meus 52 quilos e 1 metro e 62 de altura.

133


O RACISMO Pedro Henrique Mendonça Caetano

O preconceito de cor ou racismo é uma das maiores idiotices dos tempos atuais, que tem como culpado o seu contexto histórico de um triste passado, que até hoje ocorre de maneira desordenada no mundo. Trata-se de um ato de estupidez e ignorância que cria uma forte intolerância, levando pessoas a serem julgados todos os dias sofrendo ataques físicos e psicológicos. Embora o preconceito pareça normal nos dias atuais, sabe-se que ele é um dos maiores motivos de morte do mundo, além de também ser um dos principais incentivo ao desrespeito xenofóbico e a violência. Uma das soluções seria a inclusão de mais crianças negras nas escolas criando assim uma geração menos intolerante; outra solução seria um maior investimento feito pelo governo em campanhas contra o racismo diminuindo o mau olhar da população para parte da população.

134


SER HONESTO É LEGAL Pedro Sérgio da Costa Lucena

Fazer o bem pode depender da consciência da pessoa, de sua condição financeira e principalmente da influência exercida pelos pais, ou seja, se os seus pais forem ladrões, o filho vai se espelhar neles. O Brasil é um dos países mais corruptos do mundo e essa corrupção vem da falta de honestidade da maioria das pessoas; fazer o bem é difícil, mas não impossível porém a desigualdade social que vem assombrando o nosso país cresce a cada ano,e isso tem uma ligação direta com assaltos, homicídios, genocídios e feminicídios, que a cada dia passam no jornal local ou em alguma emissora famosa Se fazer o bem é difícil para a sociedade brasileira, ainda mais difícil é fazer o bem sem que haja vigilância de alguém, logo isso se relaciona com a honestidade da pessoa, além disso, se a população estiver apta a fazer boas ações, pode-se ter uma sociedade mais justa e honesta.

135


Raul Lempek dos Santos

João Pessoa, 04 setembro de 2019 Querido vovô, Ás vezes me pergunto como seria se você estivesse aqui. Não sei o senhor entenderia o caos. Você sempre me falou do futuro com esperança e alegria mas não é com isso que me deparo. Medo, insegurança, incerteza, perigo, morte, fogo, burrice, guerra, discriminação… Nosso país está uma bagunça, ladrões e pessoas despreparadas no poder e até um presidente que faz apologia à ditadura. É eu sei, é difícil de acreditar, votaram numa pessoa desse nível. Prefiro não falar muito sobre ele. Você que viveu na ditadura não cogitaria um presidente desses, eu espero. Ele já fez cada coisa, já falou cada besteira... Estou preocupado. Não sei como será o futuro desse país, dessa gente, nem sei como será o meu futuro. Cada vez mais as músicas de Raul Seixas, Chico Buarque e Rita Lee se encaixem nos dias de hoje. Só queria que você estivesse aqui, do meu lado, nem sei mais se o senhor gostaria depois de tanta coisa ruim que você descobriu. E espero que a gente se encontre um dia, ai em cima... Adeus, Raul

136


UM AMOR PASSADO Larissa Rocha G. de Carvalho Costa

Me perdi na escuridão do teu olhar Com o intuito de me encontrar Mas percebi que perdi minha luz Ao tentar te iluminar. Prometi a mim mesma Que eu não vou mais chorar Por um “amor” que só faz Me machucar. Só vim aqui te dizer Que tô tentando te esquecer, Sei que parece algo impossível Mas não custa tentar, Pois a única coisa Que você fez com meu coração Foi quebrar.

137


Leonardo Barreto Clerot

O amor é algo difícil de demonstrar Mas quando se sabe amar Nada conseguirá fazê-lo parar Sinto como se você estivesse aqui para me amar Mas em outra lugar você está Nunca irei parar até encontrar

138


NATUREZA Leonardo de Abreu

Diversidade, animais, terras, árvores Tudo isso há em uma divindade chamada natureza Com paisagem consideradas, pelos humanos, fascinantes E seres vivos possuindo uma enorme esperteza Essa divindade é um quarto de um adolescente Bagunçado, destruído por alguém Porém é linda, o rosto de uma criança com achocolatado quente E é um ser humano com corpo “zen” Por fim, o amor de quem ama essa certa maravilha é infinita É algo de se amar e se viver Uma “coisa” verdadeira, não Zeus, Poseidon, um mito E pensamentos e julgamentos sobre essa lealdade devem renascer.

139


PENSAMENTO Márcio Henrique Martins de Alcântara Pinho

Deitado na minha cama Sem esperança de viver Fico me perguntando Porque a vida me faz sofrer, Tanta tristeza e melancolia que faz o meu viver, Sem amor e dedicação de nenhum ser, Às vezes pergunto a DEUS, será que o amor existe? Eu deveria estar feliz, mas o mundo me deixa tão triste. Sem saber o fato que ainda me sustenta Tento seguir a vida como uma grande ilusão Espero que a dor que me consumiu Não seja o que me resta E que a vida melhore Como um cometa despencando do céu azul celeste.

140


A HUMANIDADE AINDA PODE SALVAR O MUNDO Maria Clara Marinho Santana Nascimento

O mundo cada vez mais se torna um lugar difícil para se conviver; cheio de violência, fome, pobreza, mortalidade, mas, as pessoas boas, as belezas naturais, as ONG’s mudam fazendo dele um lugar melhor. Em meio a tantos países que pioram constantemente com as dificuldades mundiais, afetando a vida de pessoas, como Venezuela, onde está tendo uma crise política grandíssima que força seus habitantes a saírem do país, um desses é Carmen María que aos seus 33 anos com seus dois filhos, se viu forçada a migrar para o estado brasileiro mais próximo de onde morava: Roraima. Eles chegaram ao Brasil sem ter a mínima noção do Português, de onde iriam morar, do que iriam fazer para sustentar a família, mas com a ajuda de brasileiros, eles foram colocados em um abrigo onde receberam todo o sustento e aprenderam tudo sobre o país, que mesmo sendo vizinho ao seu, apresenta muitas diferenças. Essa história serviu para mostrar que em meio a tanta guerra ainda existem pessoas de bom coração que farão de tudo para ajudar os outros, e que em meio a tanta guerra ainda existe paz. Para as pessoas que ainda não enxergam isso o certo é falar: ‘’Todos têm direito de se enganar nas suas opiniões, mas ninguém tem o direito de nos enganar nos fatos’’ - Bernard Baruch.

141


ELA AINDA MORRE EM VOZ ALTA Lívia Leal Pereira

Ela morreu em voz alta Quando aos sete anos Foi violada Ela morreu em voz alta Quando saiu com a roupa que queria E não voltou pra casa Ela morreu em voz alta Quando insistiu que tinha hematomas Porque era “desastrada” Ela morreu em voz alta Quando a controlaram “Não coma isso, não quer ser magra?” Ela morreu em voz alta Quando berrou por ajuda E foi silenciada Ela ainda morre em voz alta E é uma sociedade inteira Que a mata

142


CLASSIFICADO 1, 2 E 3 Marina Uchôa Vieira

Troca-se ar. Isso mesmo que você leu, ar. O meu está farto, não aguenta mais pulmões e nem eu aguento ele. Por incrível que pareça, ele ainda é novo e limpo mas, como tudo que um dia cheguei a conhecer, cansou-me. Se tiver, interesse, por favor, ligar para o número XXXX-3281. Procura-se uma infância, cheia de viagens, sorrisos, momentos, sorvetes, carnaval, mas também, cicatrizes, uma no rosto e duas nas pernas, conquistados em brincadeiras e acidentes. Tudo isso e mais o ódio por torná-la o que que hoje não existe mais. Avise-me se encontrar. Doa-se amor, pois meu corpo já está cheio dele, transborda e ilumina a varanda nas noites frias de verão faz os pássaros cantarem e o sol brilhar um pouco mais. E um amor eterno, nunca visto ou sentido, a não ser por mim. Eu quero que mais pessoas amem como eu, sintam como uma palavra ou texto mudam o dia ou como sorrir é mais fácil com o amor. Doa-se algo muito válido interessados, ligar para o número em anexo.

143


OITO NOTAS SOBRE ELE Natan Coutinho Trindade Costa

Ele não costuma Se sentir ligado, mesmo Que alguns liguem pra ele. Para ele, as coisas perderam o ritmo Mesmo que ele nem Saiba que coisas são Essas. Ele se sente melhor De madrugada. Porque é quando o silêncio Reina e o coração Pode gritar. Ele gosta do poder Do acaso E sabe o que isso Pode causar Ele sente a sorte Vir, mas espera o Azar entrar. Ele é feliz Mas não sabe a dificuldade Entre ser e estar. Esses são dois pequenos Verbos Que ele não sabe conjugar Ele diz que sente falta dela Quem é ela? Ele não sabe também, até porque Se faz a mesma pergunta. Ele gosta de arte Gosta do Jazz até O Rock Ele gosta de amar Das mais loucas as mais calmas Mas ele escolhe as músicas

144

Que quer ouvir, embora não Escolha quem quer amar. Ele já quis esquecer de si E hoje deseja lembrar. Não se lembra daquilo que foi bom, mas Não esquece o que lhe fez chorar. Ele ama poesia Mas odeia falar sobre si Embora viva a própria Vida, não sabe como Mostrar.


Stéfany Mendes Bezerra

Sinceramente, nada me vem em mente Posso fazer um poema contente Mas também posso fazer um que magoe gente Não sei Penso que não tenho mais inspiração Porém não quero arrumar confusão Então aqui estou eu reclamando de uma futura negação Já sei, já sei Posso fazer um poema sobre a saudade Ou relembrando alguma maldade Na verdade, acho melhor não Beleza, então está decidido Farei sobre o nada e é isso Me desculpe por essa péssima criação

145


FLAMENGO ABRE PLACAR SOBRE O INTERNACIONAL NA LIBERTADORES Victor de Oliveira Silva Almeida

Na noite desta quarta-feira, Flamengo abriu a vantagem de dois gols sobre o Inter no jogo de ida da Libertadores, deixando o Internacional com peso nas costas para o jogo de volta. No dia 22 de agosto, no Maracanã lotado, com 67.000 pessoas gritando pelo seu time de coração, Flamengo e Internacional entraram em campo para disputar as quartas de final da Libertadores. Nessa disputa, o Flamengo acabou se saindo melhor. Bruno Henrique começou abrindo o placar para alegrar a nação rubro-negra aos 75 minutos, com o passe de Gerson, e para deixar a torcida mais orgulhosa, ainda deu tempo de fazer outro, ele de novo, aos 79 minutos, com o passe perfeito de Gabriel Barbosa, o famoso Gabigol. Assim terminou mais uma noite feliz e vitoriosa para os jogadores e torcedores rubro-negros.

146


Vitor Gabriel Nascimento Cavalcante

Às vezes, quando estou refletindo sobre a vida e para onde estamos indo, percebo que estamos mergulhando em um mundo cada vez mais materialista e que se importa muito mais com a estética do que com outra coisa. Isso me faz pensar o porquê de estarmos vivendo assim, e em qual ponto as coisas começaram a desandar. Vivemos em um mundo cada vez mais acelerado e complexo, com pessoas enriquecendo cada vez mais e outras ficando mais pobres. Estamos em um mundo que explora os oprimidos, causa guerras para enriquecer e julga aquilo que foge minimamente do padrão. Por que tudo isso? Pergunto, mas acho que a resposta não é tão difícil assim. O ser humano quer poder, não importa quanta dor ou sofrimento isso irá causar. Não importa quantos morreram ou morrerão, o que importa de verdade, nessa sociedade em que vivemos, é o quanto de poder você tem. Para muitas pessoas, aqueles que não têm poder podem ser oprimidos por aqueles que têm, e isso acaba com as condições de ascensão dos oprimidos. Com tudo isso me pergunto o que é certo: render-se ao sistema e fingir que nada existe, ou se opor e lutar por um mundo mais igualitário, sem tanta opressão? Eu me vejo lutando por um mundo mais igualitário, opondo-me a tudo aquilo que não é justo, sem me render aos mais poderosos, pois, se ninguém lutar, o resto de humanidade que ainda nos resta vai sumir.

147


SEREIA Yohana Gondim Dias Sousa

Sereia és tu, Minha amada. Me deixe enfeitiçado que logo assim serei seu por inteiro. É tudo de que necessito Quero receber o mais doce do amor e nadar contigo meu eterno amor. Casar contigo é uma opção? Ou tenho que morrer para saciar sua fome? Quero estar contigo em qualquer lugar e hora.

148


149


Profile for Colégio Motiva

Notáveis Autores 2019 - 14º ano  

Coletânea de textos dos alunos do Colégio Motiva participantes do Projeto Oficina de Texto.

Notáveis Autores 2019 - 14º ano  

Coletânea de textos dos alunos do Colégio Motiva participantes do Projeto Oficina de Texto.

Advertisement