Page 1


DIVERSIDADE EM VERSOS


COLÉGIO ESPÍRITO SANTO

Diretora Geral MSSpS Maria Helena Galucci

Diretora Educacional Clarice Aparecida Monreal P. Cavalcanti

Diretora Administrativa Pricila Spera Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental I Alice Takahashi Pires

Coordenadora da Área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Cristiane Imperador

Professoras do 4º ano Ana Débora Guimarães Denise Boaventura Fernandes Pedroso Evani dos Santos Luísa Helena Pereira Andrade Curzio Samantha Mattioli Gomes

Organizadoras Alice Takahashi Pires Cristiane Imperador


Colégio Espírito Santo Rua Tuiuti, 1442, Tatuapé – São Paulo, SP – CEP: 03081-012 Tel: (11) 3389-1000 www.colegioespiritosanto.com.br


DIVERSIDADE EM VERSOS

São Paulo 2017


© Editora Nelpa, 2017 Proibida a reprodução, no todo ou em parte, através de quaisquer meios.

Autores Alunos do 4º ano do Colégio Espírito Santo

Capa Nicole Rodrigues Protti, aluna do 5º ano do Colégio Espírito Santo Diagramação William Lopes

Diversidade – São Paulo: Editora Nelpa, 2017.

103 p.

ISBN: 978-85-8020-600-0

1. Educação. 2. Literatura I. Título

NELPA L. DOWER EDIÇÕES JURÍDICAS LTDA. Rua Dr. Barros Cruz, 63 – V. Mariana - 04118-130 – São Paulo/SP Tel. 11 3854 5493 www.nelpa.com.br sac@nelpa.com.br


Dedicatรณria

Dedicamos este livro a todos que respeitam as diferenรงas e valorizam a diversidade.


Prefácio Palavras, ideias, lápis, borracha e muita imaginação. Foram esses os instrumentos utilizados pelos alunos dos quartos anos para criarem os poemas que fazem parte desta obra. A partir do trabalho com a palavra, as produções expressam reflexões sobre uma das maiores riquezas da sociedade: a diversidade. O projeto, que teve como um dos objetivos dinamizar o processo de aprendizagem, possibilitou o trabalho com o tema de maneira interdisciplinar. Os escritores, imersos no universo poético e na proposta solicitada, apresentaram, em forma de versos e estrofes, o conhecimento construído. Em uma sociedade letrada e altamente tecnológica, torna-se um desafio ensinar as crianças a trabalharem com as palavras a serviço de seus próprios projetos e a reconhecerem a linguagem como atividade humana e aspecto fundamental para a construção do conhecimento. Contudo, promover a ampliação da criatividade e o trabalho de leitura e escrita, revisitando o passado, vivenciando o presente e refletindo sobre o futuro mais humano, justo e igualitário, é mais do que um desejo, é uma necessidade. Os poemas, criados pelos poetas aprendizes, tratam da riqueza do diferente, da pluralidade, da multiplicidade de formas, cores, pessoas, costumes, sentidos, realidades, regiões, religiões e culturas. Ana Débora Guimarães Evani dos Santos Luísa Helena Pereira Andrade Curzio Samantha Mattioli Gomes (Professoras do 4º ano)


Apresentação Neste ano, apresentamos a 13ª edição do Projeto Aprendendo com poemas: da leitura poética à produção do gênero, que oportuniza, aos estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental, o estudo de poemas, enquanto gênero literário, e a ampliação do interesse e gosto pela leitura. A linguagem poética permite ao educando despertar para a arte de escrever, entendendo os múltiplos significados que podem ser atribuídos às palavras e expressões, promovendo melhor compreensão da leitura e o desenvolvimento da expressão oral e escrita. Além dessas habilidades cognitivas, ler e produzir poemas estimula a percepção, a sensibilidade, a espontaneidade, a criatividade e o entusiasmo em aprender. O Projeto exige esforço e dedicação, mas o resultado é surpreendente e muito motivador para o estudante, que vibra com o aprendizado e a publicação do livro. As educadoras sentem-se orgulhosas desse resultado e, juntamente com as crianças, têm o seu trabalho reconhecido e valorizado. O tema diversidade, proposto neste ano, contribuiu, também, com o desenvolvimento de valores fundamentais para a convivência harmoniosa entre as pessoas, o respeito aos seres vivos, à natureza e ao meio ambiente. Os poemas que você, leitor, apreciará neste livro revelam o aprendizado, as conexões estabelecidas entre as informações e a criatividade dos nossos pequenos grandes autores. Leiam e encantem-se! Clarice Aparecida Monreal P. Cavalcanti


POEMAS – 4º ANO A

A diversidade do outro lado Ana Júlia Quiles Zanetti Uma pessoa pode ser baixinha, outra pode ser gigante. Uma pessoa pode ser quietinha e a outra, muito falante. Uma pessoa pode ter cabelos castanhos, a outra, os cabelos pretinhos. Uma pode ter os olhos castanhos e a outra, os olhos bem clarinhos. Algumas pessoas podem ter a pele escura e outras podem ter a pele clara. Nós temos que respeitar, cada um tem sua beleza rara. Uma pessoa pode estudar para ser um cientista e a outra ter um sonho de virar um grande artista. No nosso planeta todo mundo é diferente. Nós temos que respeitar a diferença da nossa gente.


Meninos e meninas Brenda Galvão Fojo Quem foi que disse que a cor preferida de todas as meninas só pode ser rosa? Quem foi que disse que os meninos não podem ser bailarinos e devem gostar de carrinhos? Panelinha, amarelinha, adoletá, casinha não é só para menininha. Quer brincar? Pode chegar! Menino ou menina, homem ou mulher. Ser tratado bem é o que todo mundo quer.


O que é diversidade? Caio Galvani Padilha Pense e responda: para você, o que é diversidade? Para mim, é amizade, variedade e liberdade. Criança, adulto, velho, negro, branco, amarelo, homem ou mulher. O que cada um quer? Todas as pessoas, pensem o que pensar, falem a língua que falar, temos que respeitar! Ninguém deve ficar sozinho, estamos todos no mesmo caminho. Seja como for, devemos ser tratados com amor.


Perante a Deus somos iguais Camila Patara Ross Sandoli

Existem várias religiões com suas distinções. Há católicos, evangélicos e protestantes e todos são muito importantes. Alguns creem em um Deus, são cristãos. Louvam a Jesus como irmãos. A sua religião eu vou respeitar. O importante é, em Jesus, sempre acreditar. A sua religião não faz você mudar. Se você é bom por dentro nada fará isso acabar. Diferenças entre religiões, precisamos respeitar. O importante é ter amor no coração e aceitar.


Os times de coração Camila Souza Albanit

Vou falar das diferenças dos times de coração. Seja são-paulino ou corintiano, o importante é dar as mãos. Quando o narrador grita gol, a torcida pula na arquibancada. O pipoqueiro e o churrasqueiro gritam e o meu time domina essa parada. Mas, às vezes, há brigas e tanta violência. Por que tem que ser assim? Vamos valorizar as diferenças. Que bom que você não é igual a mim! Estou falando de uma coisa que não tem prazo de validade. Acho que você já conhece, é a diversidade.


As diferenças Caroline Ferreira de Aguiar

Tenho uma amiga, o nome dela é Aninha. Ela usa vestido de bolinha e adora pular amarelinha. Tenho um irmão que se chama Guilherme. Ele é muito grandão, eu, perto dele, sou um anão. Tenho uma prima que se chama Rafaela. Ela é tão linda que parece a Cinderela.


As diferenças sociais Daniel Ferreira Manesco

Olhe no meio da multidão: enquanto uns dormem no chão, outros dormem em um mansão! Isso é desigualdade, meu irmão! Uns trabalham pouco e ganham muito, outros trabalham muito e ganham pouco. Uns têm uma vida bela e outros, uma vida difícil na favela. O importante não é ter dinheiro no bolso e sim o que trazemos no coração. Devemos levar a vida com paixão, ser feliz é a nossa missão. Esse poema é sobre desigualdade e isso é diferente de diversidade. Diversidade é riqueza e, na desigualdade, não há beleza.


Maneiras de ser diferente Diego Bellangero Rolo Um gosta de jogar bola e não perde nenhum gol. O outro gosta de Matemática, suas notas são um show. Um gosta de pular corda, nunca erra um salto. A outra gosta de amarelinha e, igual a um canguru, pula bem alto. Um joga basquete, sua bola voa pelos ares. A outra é skatista e pratica malabares. Cada um tem o seu gosto. A diversidade não está só no rosto, está, também, nos esportes e brincadeiras. A diferença existe de muitas maneiras.


Todos são diferentes Fernanda Colisse Gonçalves Matias Fausto

Um é da Espanha, outro é da Argentina. Um é de Grã-Bretanha e o outro é da China. Há aqueles que são magrinhos e comem muito pouquinho. Aqueles que são gordinhos comem um prato cheinho. Aqueles que são cegos precisam de ajuda para enxergar. Alguns que são deficientes precisam de cadeira de rodas para andar. Você sabe o que é diversidade? Todas as pessoas devem saber. Diversidade é variedade. Vamos todos compreender?


Vamos aceitar as diferenças! Gabriella Catel Monteiro Flavinho é magrinho, João é gordinho, Pedrinho é grandão e Juninho é baixinho. Alguns gostam de filme de amor, outros gostam de terror. Alguns gostam de comida e outros gostam de bebida. Pessoas que não andam têm a vida diferente. Mas, isso não importa! O que vale é estar contente. Pessoas cegas não conseguem ver o mundo como eu. Mas, sabem sentir, tocar e escutar. Suas diferenças, devemos aceitar.


As pessoas são diferentes Henry Fernandes Um é alto, outro baixo. Um quer ser ator, o outro, vencedor. Um, na brincadeira, quer pegar. Já outro, gosta de escapar. Um gosta de estudar, o outro, de relaxar. Um gosta do catolicismo e o outro, do espiritismo. Um é bom na corrida, o outro no videogame. Mas, todos são gente e podem conviver no mesmo ambiente.


A diversidade na minha vida Hiyan Kenzo Bernardo Sato

Meu pai tem olho puxadinho e a minha mãe tem olho redondinho. Na faculdade, se conheceram e tiveram um bebezinho. Meu nome é Hiyan. Agora, vou falar um pouquinho sobre mim. Vocês querem escutar? Sou um ótimo desenhista e sou muito inteligente. Sou um pouco tímido, mas, sou um menino contente. Adoro macarrão, Também, gosto de sushi. E estou quase conseguindo comer com hashi. Sou a mistura de duas culturas e respeito a diversidade. Quem não respeitar, não vai ter a minha amizade.


Diversidade e amizade Isadora Silva Pereira A diversidade existe, felizmente. Você precisa abrir a mente. Na diversidade, pode nascer a amizade. Algumas meninas gostam de balé. E outros meninos querem ser o Pelé. Eles podem ser amigos e ficar muito unidos. Uns moram na Espanha e outros na Transilvânia. O importante é saber que a amizade, mesmo na distância, é de verdade. Ter amigos é muito bom, cada um tem seu dom. O importante na amizade é respeitar a diversidade.


Todos são gente João Victor Teixeira As pessoas são diferentes: gordas, magras, esquisitas, grandes e pequenas, mas todas são bonitas. Há diversas línguas: português, inglês, japonês. Você pode aprender todas, a gosto do freguês. As diferenças nunca acabam, não importa ser diferente. Há diversas características ou línguas, o que importa é que todos são gente.


Mais diversidade, por favor! Larissa Pallopito Uns gostam de pudim, outros gostam de melão. Uns gostam de batata e outros preferem limão. Eu moro no Brasil, a Júlia, na Alemanha. O André, na China e a Rosa, na Grã-Bretanha. Um é um pouco baixo, outro é bem alto. Os altos não passam pela porta, já os baixos têm que usar um salto. Ninguém é igual a você, pode ser até parecido. Mas, todos são diferentes e ninguém pode ser excluído.


Respeitar é amar Laura Marangoni Zambelli Daniela é linda que só ela. Carlinhos é magrinho. Rafinha é fofinha. Leozinho é baixinho. Aninha é gordinha. João tem um cabelão. Isabel, como o mel, é docinha. Pedrinho tem um grande coração. Eu sou a Laura, sou uma menina muito feliz. Sou meiguinha e adoro brincar, mas o que gosto mesmo é de abraçar. As pessoas são diferentes, não importa o seu jeito. Devemos ter respeito e amor dentro do peito.


Diversidade Lucas Costa Selman Algumas pessoas vieram da Espanha, outras vieram da Alemanha. Cada cultura é única, mesmo que nos pareça estranha. Um tem o cabelo curtinho, o outro usa rabo de cavalo, há, ainda, o de cabelo esquisitinho e tem o de cabelo colorido. Um gosta de nadar, o outro prefere surfar. Há quem goste de a bola chutar, qualquer esporte é bom praticar. No mundo tem muita gente. Tem os falantes e os envergonhados, embora sejam diferentes, todos querem é ser amados.


Diversidade das pessoas Lucas Rossi Okabayashi Algumas pessoas são legais, outras são mimadas. Algumas são radicais, outras são bem engraçadas. Aninha anda sobre rodas, mas não se importa. Ela sempre está na moda e adora fazer manobras. O Pedro é sonolento e, quando o acordam, fica muito briguento, com um mau humor que não aguento. O Paulo não enxerga e a sua irmã Íris conta para ele a história da Amarílis.


Todos têm suas diferenças Manuela Gomes Scocco Quem disse que as pessoas com deficiência não são inteligentes? Elas têm habilidades, são gente como a gente e podem ser independentes. Os japoneses moram no Japão e eu sempre me pergunto: será que lá eles comem macarrão? Você já foi para esse lugar? Se foi, conte-me sobre essa nação. Há diferentes religiões, opiniões, criações, profissões, tipos de paixão e diversão. O importante de tudo isso é que todos sejam tratados sem distinção. Diversidade não é igualdade, mas, sim, variedade. É até legal ser diferente. Se fôssemos iguais, o que seria da gente?


Ser diferente é legal! Maria Eduarda Mazzeo Pantoja

Ser cadeirante é andar sobre rodas. Isso é o menos importante e nem mesmo incomoda. Transitam sem correria é assim seu dia a dia. Precisam de companhia e também de fisioterapia. Com eles temos muito o que aprender, sua forma de entender, seu jeito diferente de ver. Com olhos de amor, devemos o mundo conhecer. Na diversidade, não precisa ser igual. Nela não tem idade, ser diferente é ser normal.


Queremos respeito! Rafael Totoli A China é desenvolvida e o Brasil nem tanto. Lá tem muita modernidade e, aqui, muito encanto. Na Síria há muita guerra, no Iraque ainda mais! Não respeitam as diferenças, queremos menos guerra e mais paz. Negros e brancos, mais uma diferença. Todos devem ser aceitos. Há brancos racistas e negros sofrendo preconceito. Não deveria ser assim, todos devem ter direitos! O mais importante é saber que precisamos ter respeito.


Você não é igual a mim Rafaela Belmonte Borges

A diversidade é muito divertida e, também, muito colorida. Se o mundo fosse preto e branco não teria o mesmo encanto. As pessoas não pensam igual, não gostam igual, não sentem igual. Isso tudo não tem nenhum mal. Olhe só os meus amigos: Guilherme tem um narigão, Isadora tem cabelos compridos e Brenda adora macarrão. Eu sei que ninguém é perfeito, mas esses são meus amigos do peito. E do jeito que são, eu os aceito, porque todos merecem respeito.


Diferenças culturais Yasmin Bastos Brandão Carlos é chinês e tem olho puxadinho. Lucas é japonês e tem o cabelo lisinho . Orlando é loirinho, ele é americano. Caio é espanhol e fala castelhano. Isabela é alemã, seu olho é claro como o mar. Camila é portuguesa. A todos devemos amar.


Say no to discrimination Alunos do 4ÂŞ ano A We are all born different ways. Tall, short, black or white discrimination is not right. We are fast and slow. We can walk or run the most important thing is to have fun. We have differences in culture too. The things we like, the things we do respect is important too!


POEMAS – 4º ANO B Croácia e Brasil Ana Letícia Cortez Ungarello

Países tão diferentes que me deixam muito contente. Brasil e Croácia, países ricos em culturas, formam minha história, como lindas esculturas. Depois de uma guerra minha avó veio da Croácia para o Brasil. Teve de se acostumar com esse país lindo e gentil. Culturas tão contrárias, mas juntas construíram a minha história. Sou meio brasileira, meio croata, nessa linda trajetória. E família é assim, nenhuma é igual. Eu amo a minha, e a acho genial.


As torcidas e suas diferenças Arthur Barreto Souza As torcidas do Brasil são um show. Ficam sempre animadas quando sai um gol. São muitas torcidas e muita diversidade. Porém, devem se respeitar e terem amizade. Mas, por um acidente, uma torcida silenciou. Era a chapecoense e todo o Brasil parou! Na Arena Condá, um silêncio no campo e, no Atlético de Medelim, fez-se um pranto. Na tristeza ou na dor, na solidariedade e no amor, as torcidas se uniram e as diferenças sumiram!


A diversidade nas lutas Arthur Félix Costa Na Coreia existe o taekwondô; No Japão, existe o judô Existe também o karatê e outras lutas que eu quero conhecer. Nas lutas, não importa ganhar. Mas, as experiências compartilhar. Lutar não significa brigar, mas o oponente respeitar. O mundo tem que ser mais pacífico sem colocar as pessoas em risco. Vamos respeitar a diversidade, para um mundo de irmandade!


As nações Arthur Vinicius Silva Xavier

Seja na França, na China ou na Holanda, devemos nos amar, até mesmo na Irlanda. Seja da Espanha, da Itália ou do Japão. Todos somos iguais não importa a região. Somos todos humanos, não importa a nação. Devemos parar de brigar e ter um bom coração. O mundo é muito grande, nele cabem pessoas e muito mais. E, todas as nações devem viver em paz!


Conheci um… Dahra Borelli Von Borell du Vernay

Conheci uma portuguesa que gostava de pizza. A sua preferida era de calabresa. Conheci um espanhol que foi para o Brasil ver um jogo de futebol. Conheci um francês que falava inglês, mas quis aprender o português . Conheci um paulista que escrevia seus sonhos, em uma lista, e os guardava dentro do seu coração. Trancava, com muita emoção. Essa é a nossa diversidade, temos que respeitar, pois cada um tem uma vontade.


Somos diferentes Ellen Rodrigues Dourado Todos têm a sua profissão, cada qual com a sua identidade. Todos têm diferenças, todos têm uma habilidade. Alguns usam óculos, outros, aparelho no dente. Não importa o que você tem, todos são gente como a gente. Conheço uma americana, que gosta de banana e, também, um canadense. que torce para o fluminense. Para acabar o meu poema sobre a diversidade, descobri que o bom da vida é ter muitas amizades!


Uma nova era Felipe Venâncio Barros Nós vamos falar de gente. Negros, brancos e muito mais. Não importa ser diferente, o que importa é viver em Paz! Veja o que vou falar: “Todos somos humanos e aqui podemos sonhar.” Indígenas, de pele vermelha. Orientais de pele amarela. Qual é a sua pele? Não importa! Eu sei que é bela! Não precisa mudar. É bom ser diferente. Vamos nos unir, vamos nos ajudar. Uma nova era devemos começar. Vamos ter amor no coração para que no futuro, então, não haja guerra, mas, sim, muita união!


Todos são diferentes Fernanda Galvão Carvalho Uma pessoa é jovem, a outra é de idade. Uma pessoa é criança, mas todas têm sua identidade. Uma pessoa gosta de preto, a outra gosta de branco. Uma usa chinelo e a outra usa tamanco. Uma pessoa só come arroz a outra come arroz com feijão. Uma não come nada e a outra ama macarrão. Não importa como você é, todo mundo é gente. Todos têm necessidades e tudo fica diferente. Não se preocupe se você não é perfeito. Todos precisam de ajuda, todos merecem respeito.


A vida das pessoas Fernando Bento Cristovão Na cidade tem gente jovem e gente de muita idade. Há pessoas boas, pessoas ruins, mas cada um, com sua identidade. Conversamos com muitas pessoas, cada um com a sua opinião. As ideias temos que respeitar e isso traz paz ao coração. Cada um tem a sua casa, a sua família e a sua vida. Mas, o amor é tudo e há gente que ainda duvida.


As diferenças não importam Giovanna Aguiar Silveira Meu olho é redondo, meu cabelo é cacheado. Minha amiga tem cabelo liso e o olho dela é puxado. Eu sou do Brasil, a minha amiga é da China. Isso não importa, pois ela é uma boa menina. No começo, estranhei ter uma amiga chinesa. Mas, percebi que essa amizade é uma grande riqueza. Não vale a pena tentar nos mudar. Somos muito amigas e não vai adiantar. Não importa as diferenças, seremos amigas, e, para sempre, seremos unidas.


China e Brasil Gisele Peng Brasil e China, brasileira e chinesa. Essa sou eu, com muita certeza. Nasci no Brasil, lugar de praia e calor. Que é protegido pelo Cristo Redendor. A China é milenar, isso não podemos negar. Possui tanta história, mas é no Brasil que eu quero morar. Na China, há o grande castelo, que está na cidade proibida. Ele é muito velho e a sua escada tem uma grande subida. No Brasil, tem comida boa, gente alegre e festa. Tem muitos animais e uma grande floresta. A China, também, tem uma grande muralha que foi erguida depois de uma batalha. Brasil e China


ĂŠ tanta diversidade que, se deixar, nĂŁo paro mais de falar


Cabelo, cabeludo… Isabela Batista Bento Cada cabelo tem o seu jeito, cada cabelo tem o seu pente. Até que é legal ser igual, mas é melhor ser diferente. Em cada país, em cada cidade, cada cabelo tem a sua diversidade. Minha mãe é cabeleireira. Quando acaba a água do salão, ela usa a mangueira. Seja careca, cabeludo, enrolado ou liso. Só não gosto quando o meu cabelo está com friso. Cabelo, cabelinho cabelo, cabeludo. Pode ser áspero ou até um veludo. Cada cabelo é único, não importa como é o seu. Pode ser de qualquer jeito, até igual ao meu.


Diversidade Isabella Cicerelli de Assis

Conheci Portugal e, lá, comiam bacalhau. Conheci a França e, lá, tinha muita dança. Conheci os Estados Unidos e, lá, os homens eram muito decididos. Conheci a Itália e, lá, tinha uma dália. Conheci a Inglaterra e, lá, era grande igual a Terra. Conheci a Austrália e, lá, ganhei uma medalha. Conheci a China e, lá, faziam muita faxina. Conheci o Japão e, lá, só falavam do Bicho Papão. Conheci Paris e, lá, tinha um belo chafariz. Conheci a Alemanha e, lá, as crianças faziam muita manha. Conheci a Croácia e, lá, tinha muita farmácia.


Conheci a Bolívia e, lá, morava minha amiga Lívia. Conheci a Coreia do Sul e, lá, gostavam da cor azul. Conheci a Coreia do Norte e, lá, tinha um homem forte. Voltei para o Brasil e me banhei no rio. Todo país tem sua comunidade que é cheia de diversidade.


As diferenças Julia Miyuki Chiaroni Afuso

Pode ser da Espanha ou da Grã-Bretanha. Todos somos diferentes, mas todos somos gente. Pode ser do Japão ou do Afeganistão. Todos somos diferentes, mas todos somos gente. Pode ser da Finlândia ou da Islândia. Todos somos diferentes, mas todos somos gente. Pode ser da Antártica ou da África. Todos somos diferentes, mas todos somos gente.


As crenças e as diferenças Leticia Martinez Siqueira Meu nome é Leticia sou testemunha de Jeová. Quer me conhecer mais? Então vamos lá! Cada um tem a sua religião, todas são diferentes. O importante é ter união. Posso ir para o céu, posso viver. Posso ir para a terra, posso morrer. Há vários tipos de religião, budista ou espírita, católica ou evangélica, cristã ou israelita. Cada crença tem a sua diferença, não importa quem é você, o importante é a sua presença.


Preconceito nĂŁo Luigi Pinho Melito Eram muito amigos de uma mesma escola: magros e gordos, baixos e altos, mas todos gostavam de bola. Eram todos diferentes, tudo era misturado, eram loiros ou morenos, cabelo liso ou encaracolado. As cores nĂŁo importam, branquinhos ou moreninhos. Preconceito nĂŁo vale a pena. Somos todos perfeitinhos!


As grandes diferenças! Maria Eduarda Batista Guilhem Moreno

Esse poema é sobre diversidade e eu só tenho 10 anos de idade. Vou fazê-lo direitinho, prometo fazer bem bonitinho. Todo mundo é diferente, ninguém é igual. Todo mundo é gente e todo mundo é genial. Todo mundo tem a sua origem e temos que respeitar. Não importa de onde vem basta em um amigo acreditar! Diversidade não tem igual, ser feliz é que é legal e ser diferente é normal.


As diversidades Matheus Francisco Morgado As diferenças são muitas nem sempre você percebe. Elas estão em todo lugar. Ninguém é igual a ninguém, basta observar. A gente pode ser parecido com um diamante bruto. Mas tem que lapidar para um caminho bonito todos podermos encontrar. Não importa como você é, alto ou baixo. Todos devemos respeitar. Somos todos irmãos e isso não podemos negar. Não se esqueça de uma coisa, mesmo sendo diferentes devemos nos amar. Sendo perto ou sendo longe, um dia, a gente vai se encontrar.


Diversidade nas torcidas Rafael Scarponi Correa Corinthians é um time ótimo, com um bando de louco. Mas devemos respeitar, mesmo os que acham pouco. Tem torcedor de todo tipo: os mais animados vão ao estádio, os bem cansados veem os jogos na tevê e tem, também, os que só ouvem no rádio. Mesmo gostando do Corinthians, devemos ter respeito, pois cada um tem um time guardado dentro do peito. Os times são muitos, cada torcida é diferente. Mas, o que importa é o amor e isso, sim, me deixa contente.


Brigar não muda nada Sofia de Castro Araújo Tem gente ruiva, tem gente loira. Cada um tem um jeito, mas o que vale é o respeito. Tem africano, tem paulista, não se esqueça do português e também do francês. Tem gente que faz acordo, que não briga, que é do bem. Mas, tem gente mal-humorada também! Brigam por diferenças que não fazem mudar nada. Diversidade é união e muito amor no coração.


Diferenças na cidade Vinicius Martins Eiras Ninguém é igual a ninguém, há muita diversidade. Cada um tem um gosto e mora numa cidade. Há uma diferença, por exemplo, a idade. Podemos ter a mesma, mas com outra afinidade. Pode ser alto, pode ser baixo, todos temos diferenças. Mudam as características, mas todos têm a sua presença. Diversidade é só uma palavra de muita significação. Somos todos diferentes, mas grandes de coração!


Pode ser‌ Victor Padilla Meira Pode ser alto, pode ser estiloso, pode ser baixo, pode ser feioso. Pode ser do campo, pode ser da cidade, pode ser lento, pode ter agilidade. Pode ser cego, pode ser mudo, pode ser deficiente, pode ser surdo. Pode ser chato, pode ser legal, pode ser amigo, pode ser original. Pode ser lindo, pode ser amigo, pode ser irritante, pode ser inimigo. Pode ser quieto, pode ser barulhento pode ser alto, pode ser rabugento. Pode ser de vårias formas,


pode ser de qualquer jeito, pode ser menino ou menina, o importante ĂŠ ter respeito.


Diversity: we are Alunos do 4° ano B

We are happy with the differences. The world is this way. It´s so colorful every day. Men, women, big or small. Does it really matter at all? Kids, teens and adults should live together. Conflicts and fights should stop forever. Give me your hand. Attention is my command. My friends take me by the hand. Let´s stay all stand!


POEMAS – 4ª ANO C

As pessoas diferentes Ana Beatriz Machado Bartolomeu

Meu amigo é paciente, eu sou inteligente. Minha tia é especial, minha avó é legal. Minha irmã é carinhosa e minha prima é charmosa. Meu primo é guloso, meu pai é corajoso. Minha amiga é agitada e minha mãe é educada. Minha professora é organizada e minha dentista é engraçada. Temos que respeitar as diferenças. Cada um tem seu gosto e suas crenças.


Pessoas diferentes Arthur Bortone Haddad Cada um é diferente nem todo mundo é sorridente, mas todos são atraentes. Negro ou branco tanto faz. Mesmo assim, você é demais! Rápido ou lento, isso não importa se você tem um pensamento. Alto ou baixo, mesmo assim, você pode ser feliz.


As personalidades Augusto Atanázio Rojas Use óculos ou não. Mas seja bem espertalhão. Seja diferente. Seja sorridente. Mas seja bem inteligente. Seja magro ou seja gordo. Mas seja bem fofo. Na convivência das diferenças, não importa o que o outro acha ou diz. O importante é ser feliz!


Todo mundo é diferente Beatriz Carvalho da Silva Um é sensacional, outro é ligeiro. Um é estudante, outro canta no chuveiro. Um é corajoso, outro é feiticeiro. Um é medroso, outro é bagunceiro. Um é brincalhão, outro é paciente. Um é bravo, outro é inteligente. Cada um na sua não faz mal. Diversidade é muito legal!


Todos Beatriz Formigone Lomas Pode ser homem ou mesmo criança. Pode ser jovem, mas tem que ter esperança. Um pode ser pequeno e o outro muito moreno. Um é bem diferente e o outro é inteligente. Você pode ser bem grande ou até bem pequeno. Os que são loiros podem ficar morenos. Você se acha feio ou muito bonito? Pode ser tímido ou até bem extrovertido. Mas o que importa é a diversidade. Porque ela traz toda a nossa felicidade.


Um pouco de cada um Beatriz Marra Rebello Tem gente de todo jeito. Tem gente bonita, feliz e divertida. Engraçada ou esquisita. Tem o extrovertido, que é muito divertido. O loiro que é quietinho e o moreno bonitinho. Tem até o alto e, também, o baixo. Tem gente de todo tipo, isso é o que eu acho. Todos querem ser felizes nem todos são iguais. Só muda a aparência. Preconceito, jamais!


Não somos iguais Caio Ares de Souza Uma criança é saltitante. Todo dia vai à escola muito elegante. Um adulto, seja cego ou vidente. Não importa se ele é diferente. A diversidade está em todo lugar: no céu, na terra e até mesmo no mar. Uma pessoa pode ser muito sensacional. Alegre, contente ou até mesmo legal!


Pessoas com deficiência Eduardo Kenji Nakanishi No mundo há diversas pessoas, algumas com deficiência. Por alguma razão, precisam de assistência. Alguns cegos gostam de jogos e de Lego montar “Com visão” ou sem, dá para brincar. Também, vão a festas, pessoas com deficiência. Com alegria e entusiasmo, cuidam da aparência. Respeite as pessoas apesar das diferenças. Todas precisam de amor para acabar com sua própria dor.


Todo mundo é diferente Enrico Fernandes Caprio Como todo mundo sabe, não sou como meu irmão. Eu gosto de brincar E meu irmão, de estudar. Ninguém é igual e isso é muito bom! Eu não sou igual ao meu pai e minha mãe. O meu cabelo é comprido e o da minha mãe é escorrido. Meus amigos têm opiniões diferentes, mas sou amigos deles e todos são inteligentes!


Todo tipo de pessoa Gabriel Massaro Drago Campos

Existiam dois amigos: um japonês e uma australiana. Um chamava Kenji e a outra, Germana. Germana come damper. Kenji come sushi, no café da manhã, usando seu hashi. Kenji fala “arigatô”. Germana fala “thanks”. Em português “obrigado”. E, depois de ouvir, eu aprendi. Germana vai à praia. Kenji usa quimono. Mesmo assim são amigos, são de um mesmo povo.


As pessoas Gustavo Lopez Gianelli Seja magro ou gordo. Seja baixo ou alto. Há pessoas que usam tênis e outras, salto alto. Seja rápido ou lento. Seja branco ou negro. Os rápidos sentem o vento, correm atrás do pensamento. Seja ruivo ou loiro ou tenha cabelo cor de ouro. Seja feio ou bonito, tenha cabelo curto ou comprido. Seja paciente ou impaciente. Cada um do seu jeito, todos merecem respeito.


Cada um tem sua diferença Lucca de Paula Souza Seja uma divertida criança, com um futuro de esperança. Ou um experiente idoso, alegre e muito bondoso. Eles podem ser altos ou também baixos. Os altos veem árvores, os baixos veem arbustos. Um garoto feliz, às vezes, fica triste. Quando está triste, quer ficar sozinho. Quando está feliz, quer carinho. Devemos respeitar as opiniões e sentimentos. Nem toda pessoa é igual e isso é sensacional!


A diversidade entre as pessoas Marcos Paulo Martins Satriano

Os pais, os filhos, todos são diferentes. Magro ou gordo, são muito inteligentes! Crianças ou adultos, seja mulher ou homem. Velho ou negro, bebê ou jovem. Feio ou bonito, triste ou sorridente, inquieto ou quieto, alegre e inocente. Estudiosa ou preguiçosa, dorminhoca ou cuidadosa, maldosa ou bondosa, brava ou dengosa. Cada pessoa tem um jeito. Não importa como elas são. Todas merecem nosso amor e também nossa atenção.


As pessoas são diferentes Marina Mayumi Shiraya Um amigo meu usa óculos, o outro, aparelho. Um é alto e outro é pequeno. Um é valente, o outro desengonçado. Um é inocente e o outro organizado. Um é aventureiro, o outro é dançarino. Um é cavalheiro e o outro é gordinho. Um é magro, outro é baixo. Temos que respeitar as diferenças das pessoas, em qualquer lugar.


As diferenças Matheus Gonçalves Freire Seja branco ou seja negro. Seja cabeludo ou seja careca. Seja alta ou baixa, seja criança pequena. Seja cego ou vidente, seja branca ou morena. Um é sossegado, gosta de ler jornal. E o outro é agitado, gosta de esporte radical. Todos têm que respeitar as diferenças, não importa de onde vêm. Pois, você não vai querer ser desrespeitado também.


Todo mundo é diferente Nicolas Julio da Silva Um é professor, o outro ator. Um é fortinho, o outro fraquinho. Um é dengoso, o outro nervoso. Um é sardento, o outro marrento. Um é grandinho, o outro baixinho. Um é branquelo, o outro magrinho. Um é preguiçoso, o outro animado. Um é hominho, o outro menininho. Um é agitado, o outro quieto. Um é ciclista, o outro é motorista.


Todos são amigos Pietra Chelini Barsan Rodrigues

Mariana é alta e gosta de cantar. Junto com sua amiga, ela adora brincar. Elena é bonita e muito educada. Já sua amiga é estudiosa, e é muito dedicada. Joana é jovem e um pouco gordinha. Ela gosta de dançar e é, também, baixinha. Sônia já é adulta, e é muito falante. Pedro, seu amigo, está sempre elegante. Todos se respeitam e são amigos. Às vezes, com um sorriso, estão sempre comigo.


Ninguém é igual Rafaela Longato Pino Baixas ou altas, as pessoas são diferentes. Alegres ou tristes, quietas ou impacientes. Um é rápido, outro é lento, pode ser chato ou até legal. Ruivo ou gordo, não importa. Você é especial! Gordo ou magro, negro ou loiro. O importante é ter um coração de ouro. Tenha muitos amigos ou não. O que importa, é o seu coração.


As diferenças Vittorio Matteo Cerullo Um atleta e um cadeirante, tudo muda em um instante. O cadeirante não andava, jå o atleta, bem estava. O atleta se amava assim e o cadeirante se aceita, sim. Apesar das diferenças, eles se ajudavam e juntos trabalhavam.


Um mundo melhor Yasmin Mendonça Guaraldo Minha avó é engraçada. Meu avô é legal. Minha mãe é organizada. Meu tio é especial. Minha amiga é esperta. Eu sou muito sapeca. Minha tia é advogada. Minha bisa é adorada. Minha professora é magra e eu sou muito baixa. Meu professor Max é bonito e meu bisavô é sabido. Cada um é assim, devemos respeitar. Vamos contribuir para o mundo melhorar?


We are all together Alunos do 4° ano C Different places we visit. Different colors we see. If we think in the world we are free. Life becomes fashionable. People become adorable. We can see these differences as something notable. If we embrace our diversity we can see the human quality. It´s important for the world that we help the charity.


POEMAS – 4º ANO D Os países Felipe Lima Oliveira e Silva

Os países são diferentes, com belezas existentes. Com lugares para conhecer e outros lugares para aprender. É bom viajar para Portugal, pois lá comemos bacalhau. Umas muralhas podemos encontrar se a China formos visitar. Viajar é interessante! Pode ser perto ou distante. Conhecer novos lugares, pelos ares ou pelos mares.


Gente diferente Giulia Zeferino de Melo Não importa o seu jeito, não importa sua idade. O que importa, sempre, é o respeito à diversidade. Sendo negro ou branco, alto, magro, famoso, bravo, gordo, baixo, até sendo dengoso. Cabelo liso, cacheado, fino, grosso, embaraçado, crespo, desembaraçado, não importa, é tudo igualado. Sendo mineiro, paulistano, italiano, americano, canadense, israelense, ou até havaiano. A diversidade é importante para viver o essencial. Cada um com o seu jeito e com o seu diferencial.


Os gostos Guilherme Cunha Romano Cada pessoa tem o seu gosto. Tem pessoas que preferem brincar, tem gente que prefere jogar bola e tem gente que prefere estudar. Tem gente que prefere jogar vôlei e tem pessoas que preferem jogar basquete. Tem gente que adora escrever e tem pessoas que adoram fazer maquete. Tem gente que prefere andar de skate e tem pessoas que preferem desenhar . Tem gente que prefere andar de bicicleta e tem pessoas que preferem pintar . Tem gente que prefere andar a pé e tem pessoas que preferem andar de carro. Tem gente que prefere andar de ônibus e tem pessoas que preferem andar no barro. O respeito à diversidade é muito importante para vivermos à vontade em qualquer localidade.


A diferença dos cabelos Gustavo Teixeira Pereira As pessoas não são iguais, todos têm seus diferenciais. Podem ter seus cabelos loiros, ruivos ou negros. Até azul, vermelho e laranja, podem ser a cor da sua franja. Não importa o comprimento, depende do seu momento. O que precisa é respeitar o seu gosto em particular.


A diversidade na cidade Isabela Guidoni Gomes Correia

Em algumas cidades, há muito preconceito. Diferente de outras, onde há bastante respeito. Em algumas cidades, ninguém implica, muito menos briga, porque o que é bom se aprende e se aplica. Dentro das cidades, há muita diversidade. O que é muito importante para vivermos em sociedade.


Culturas diferentes Karina Midori Toba Motte Japoneses e brasileiros são bastante diferentes, mas os dois, no Brasil, são bastante frequentes. Os japoneses têm olhos puxados. Os brasileiros são muito animados. O respeito e a diversidade são importantes em uma sociedade, para se viver à vontade, em uma comunidade. Não importa a sua cultura, não importa a sua cidade. O que importa, sempre, é o respeito à diversidade.


Características Laura Mendonça Justiniano Cada um tem o seu jeito e isso não é um defeito. Ser adorável ou agradável? É sempre amigável. Inteligente ou prudente? É sempre eficiente. Corajosa ou carinhosa? É sempre fabulosa. A diversidade é importante para a sociedade.


Diversidade de sentimentos Lorenzo Angelo Cerullo Todos somos diferentes mesmo sendo parentes. Em vários momentos, as pessoas mostram seus sentimentos. Algumas pessoas são calmas como a brisa no ar, até parecem uma leve onda no mar. Algumas pessoas são duras como molduras, até parecem rochas que formam estruturas. As pessoas são somas de muitos sentimentos, como união das nuvens carregadas pelo vento.


Cultura Luisa Nadal Maltese Na Europa, foi criado o balé. Às vezes, as bailarinas ficam até com chulé. Na Espanha, foi criada a tourada. E, sem querer, o domador até leva uma chifrada. Nos Estados Unidos, foi criado o Halloween. Quando me visto para ele, fico até com medo de mim. No Brasil, foi criado o Carnaval que mostra sua diversidade cultural. Europeus, americanos, brasileiros ou espanhóis, vivemos todos na Terra e a compartilhamos entre nós.


Diferenças Manuela Cavalcante Costa Todos têm diferenças, por isso, não é necessário ofensas. O gordo e o magro usam roupas de tamanhos diferentes, mesmo quando são dadas por seus parentes. O branco e o negro são duas raças diferentes até em suas graças. O respeito à diversidade é o valor da amizade.


As diferenças Maria Clara de Faveri da Silva

Na família temos pessoas diferentes, irmãos parecidos e outros nem tanto, eles são diferentes e são contentes. Mesmo sendo gêmeos, eles têm algo diferente. As digitais, o jeito, o gosto e o pensamento. São muito diferentes, mesmo sendo parentes. Pela aparência podem ser iguais e cada um de sua maneira, tornam-se especiais. Todos são diferentes, não importa o que tem por fora, mas, sim, por dentro da mente.


Países Nicolas Armando Outerelo Apolinário

No mundo existem diferentes países: Brasil, Alemanha, Peru, França, Japão, Portugal e Espanha. No Brasil, falam português, no Japão, japonês. Nos Estados Unidos, inglês E, na França, francês. No Brasil, há pessoas inglesas, portuguesas, espanholas, japonesas e francesas. Não importa a língua, seja japonês ou inglês. Devemos respeitar a diversidade, mesmo sendo francês ou português.


Jeitos diferentes Pedro Jesus Ventura Todas as pessoas têm seu jeito de ser. Todas são diferentes, mas cada uma tem o seu dever. As diferenças não importam, quando temos respeito. Gostamos uns dos outros, mesmo cada um com o seu jeito. O respeito é fundamental, não importa a idade. Respeitar as diferenças, isso é diversidade. Nós aprendemos que todos são diferentes, têm sentimentos e devem ser conscientes.


Raças e cabelos Pedro Monteiro Savassa Cada pessoa tem sua raça, sua cor, cabelo e graça. Há raças brancas e amarelas, o bom é gostar de todas elas. Tem cabelo loiro e castanho, o importante é não achar estranho. Todas as pessoas são diferentes, vivendo como parentes.


Diferentes culturas Rafael Marinucci Peres Em todos os países, existem várias culturas. Entre elas, tem a arte com suas pinturas. Nas danças existem o samba, o balé, o bolero e o tango, São danças com ritmo no pé. Há vários tipos de cantigas, Nana neném, a Ciranda cirandinha. Todas elas encantam as crianças, principalmente, a da Borboletinha. Na diversidade das culturas, resgatamos a nossa memória. Com respeito às diferenças, enriquecemos nossa história.


Religiões Vinicius Kraft Bueno Há várias religiões em um mesmo continente. Um exemplo é o Africano, onde as crenças são diferentes. Nas religiões, as pessoas buscam a paz e a união. Todos com um propósito, unindo a mente e o coração. A religião deve unir e não separar. Seja cristão ou muçulmano, nós devemos respeitar.


Difference Alunos do 4º ano D

We are all different. It´s okay. What makes us the same. It´s that we like to pray. Different people valuing each other. God taught us to love our brothers. We have to learn from our mistakes, and greet friends with a good handshake. Diversity is the art of thinking together. Together we can do great things. Great things make the difference in the world. The world needs just good words.


Diversidade em versos  
Diversidade em versos  
Advertisement