Page 1

O Feitiço

Maria Júlia Silva Campos Lobo PROJETO JOVEM ESCRITOR 2013


PROJETO Durante o ano letivo de 2013, o Colégio ECCOS desenvolveu com seus alunos o “Projeto Jovem Escritor”, tendo como objetivo despertar nos alunos o interesse pela leitura e pela escrita.


Dedication

I dedicate this book to my friend Felipe Novais, my cousin Rubia, my mom, my dad, my sister Manuela, my teachers Fรกtima, Adriana and everybody who helped me to write this book.


Agradecimiento

Yo agradezco a mi familia, mis amigos, mis maestras Fรกtima, Adriana y Pamela y a todos que me ayudaron.


Era uma vez uma bruxa que comia crianças, mas nunca ninguém a viu. Ela era misteriosa, má e morava em um castelo que não tinha cor, na montanha assombrada.

9


Margarida se tornou uma bruxa, porque a família dela tinha morrido e quem matou sua família foi o mago do mal. E assim ela ficou tão brava, que virou bruxa.

10


Margarida tinha um plano, que era poluir todas as รกguas do planeta e matar todos os animais.

11


Ela era tão poderosa, que só havia um homem que podia detê-la: era o bruxo Omar e seu ajudante cachorro Guisodois. Os dois eram infalíveis e não morriam, combatiam todo o mal em dupla. 12


A rainha do bem, Ana, chamou Omar e Guisodois para contar sobre os planos da bruxa Margarida. Quando eles chegaram, ela falou: —Oi. —Olá! – respondeu o bruxo. Então a rainha fez uma grande brincadeira dizendo: —É, é, é, é, é, é, é, é, é, é, é FESTA!

13


—FESTA? – perguntou o bruxo. —É mais ou menos festa! – disse a rainha. Então, ela respirou e contou a verdade: — A notÍcia é que a bruxa Margarida está tentando poluir todas as águas do mundo.

14


—Todas as águas?! – disse espantado Omar. —É, todas as águas, assim matará os peixes e destruirá a mata. Nós não vamos ter mais o que beber e nem o que comer. – disse a rainha, preocupada. —Au, au! – latiu Guisodois.

15


Então o bruxo teve uma ideia e falou: —Eu posso usar a minha varinha para deter a bruxa e trancá-la no topo do castelo. Assim, salvaremos os peixes e teremos água para beber, e também a impediremos de destruir a mata.

16


Enquanto isso, a bruxa Margarida viu em seu espelho mĂĄgico que o bruxo Omar estava planejando prendĂŞ-la e acabar com seus planos.

17


Ela correu até a montanha e deixou o feitiço na nascente do maior rio da região e chamou seus escravos, para junto com ela, deterem o bruxo e seu ajudante, porque eles também estavam com os soldados da rainha.

18


Depois de um dia, eles se encontraram na montanha assombrada e a guerra comeรงou. Eram poderes para todos os lados.

19


Havia soldados e escravos morrendo, atÊ que os bruxos se encontraram e mais poderes começaram a surgir.

20


De repente a rainha apareceu entre os dois bruxos e disse: — Parem com a guerra! A rainha soltou um poder que fez a bruxa Margarida cair e morrer.

21


A rainha e o bruxo Omar continuaram a viagem até o topo da montanha, onde havia o maior rio da região. E juntos, com seus poderes, eles conseguiram deter o feitiço e acabar com a poluição. 22


E tudo deu certo e todos viveram felizes para sempre, com os rios limpos, รกgua para beber e muita comida.

23


AUTORA

Nasci em 2005, no dia 28 de maio na cidade de São José dos Campos. Tenho oito anos, uma irmã de três e meu nome é Maria Júlia.


PROJETO JOVEM ESCRITOR

PROFESSORAS RESPONSÁVEIS: ADRIANA HELENA GONÇALVES DA SILVA PAMELA CRISTINA FREITAS NUNES

APOIO PEDAGÓGICO: SILVANA MARIA SANTOS CAXIAS

GESTOR: HENRY DE OLIVEIRA

PRODUÇÃO: EDUCADORES E ALUNOS

IMPRESSÃO: COLÉGIO ECCOS


O feitiço  

Colégio ECCOS – Projeto Jovem Escritor - Maria Júlia Silva Campos Lobo - 3º Ano - manhã

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you