Page 1


Cultiv

os ando os Ideais Franciscan

07

VI Sementes do Amanhã Célia de Fátima Rosa da Veiga - Coordenadora do Serviço de Ensino Religioso

No dia 04 de outubro de 2011, dia de São Francisco de Assis, ocorreu o VI Sementes do Amanhã, encontro de alunos das escolas franciscanas pertencentes à Família Franciscana do Brasil/RS. O evento tem o objetivo de integrar os alunos e professores das escolas franciscanas, debater assuntos relevantes do franciscanismo e projetar ações possíveis de serem transformadas pela educação nas diferentes escolas franciscanas do Rio Grande do Sul.

A cada ano, o evento ocorre em uma das escolas franciscanas. Neste ano, o encontro, em sua 6ª edição, ocorreu no Colégio Franciscano Sant´Anna com uma intensa programação de atividades com o seguinte tema: “O jovem franciscano cuidando da vida.” Os participantes são alunos de 7ª e 8ª séries do Ensino Fundamental. A temática foi assunto das várias atividades ocorridas durante o dia, já com a animação dos alunos da escola que recepcionaram os visitantes com muita animação, música e alegria dinamizada pela diretora do

Sant´Anna, Valderesa Moro, e pelos professores presentes, André Orsolin, Célia de Fátima Rosa da Veiga, Ana Lucia Doria, Salete Dotta, Claudecira Botoli e Alberto Chamorro. Houve momentos de integração com a psicóloga do Colégio, Ana Alice Franco de Moraes, palestra com o professor Ricardo Antonio Rodrigues, que abordou a temática do evento, interagindo com os participantes, e muita criatividade e exposição de ideias com a criação de painéis sobre a palestra e a temática do evento com a professora Odete Nogueira.

Muitos foram os desafios no aprendizado do trabalho em grupos com os jogos cooperativos no Ginásio Franciscão, sob a coordenação da professora Rosângela Filipeto. Na capela, houve o envio, momento de sensibilização e oração com manifestações de comprometimento no cuidado com a vida humana. Este momento foi dinamizado pela diretora do Colégio, Valderesa Moro, que deu a bênção de envio aos participantes. Foi um evento que trouxe integração, aprendizado e muita ESPERANÇA no Sementes do Amanhã.


te r o p Incent s E ivando a Arte, a Cultura e o 3º Recital do Projeto de Música do Colégio Franciscano Sant’Anna Maria Elisa Batista Pfeifer

“Felizes os que transferem o que sabem e aprendem o que ensinam” (Cora Coralina) No dia 22 de novembro, dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos, aconteceu o 3º Recital de Música do Colégio Franciscano Sant'Anna, sob a coordenação dos professores André Orsolin e Elisa Pfeifer. O evento se constitui no momento máximo do projeto de música para os alunos que, durante o ano, frequentam as aulas, realizam ensaios, dedicam-se ao estudo em casa e a todo momento são incentivados a participarem do recital. Para muitos, o recital significa a realização de um sonho. Para outros, significa superação e, para os professores, é o momento da colheita dos frutos do trabalho desenvolvido com emoção e satisfação. É o momento em que, como professores, nos sentimos cada vez mais capazes de enfrentar obstáculos. Além de contribuir com o desenvolvimento da coordenação motora, desenvolver atenção, ritmo e sociabilidade, a música contribui no desenvolvimento da autoestima, pois, no momento que o aluno domina um instrumento musical, percebe que possui inteligência musical viva. Nas palavras do Enzo Martins da Silva (5 anos ) o recital foi muito musical e bem legal. Umas músicas foram engraçadinhas e muito aplaudidas que nem a minha. As músicas foram muito bonitas e os instrumentos, os que eu mais gosto. Parabenizamos a todos os alunos de música que abrilhantaram a noite do 3º Recital do Sant’Anna.

13


Incen 14

e t r o p s tivando E a Arte, a Cultura e o Teatro na Escola

Taís Gauer Atriz, Diretora e Professora de Teatro

O Grupo Franciscano de Teatro do Colégio Sant'Anna, coordenado pela Professora Taís Gauer, apresentou dois espetáculos teatrais para os alunos e comunidade escolar nos dias 28 e 31 de outubro. As peças “A Bruxinha que era boa” e “Alice no país das maravilhas” levaram para a cena o resultado de um processo criativo que visou, principalmente, ao desenvolvimento da expressividade física e vocal dos integrantes. Além de realizar os mais diferenciados jogos, exercícios e técnicas teatrais, os alunos tiveram, ao longo do ano, a oportunidade de participar de todas as etapas que compõem uma montagem cênica. Através de uma linguagem lúdica e educativa, os textos teatrais, montados para este ano, conduziram o espectador para um universo de encanto e magia, não somente pela interpretação dos atores, mas também pelas cores e formas de seus figurinos, cenário e sonoplastia. A oficina de teatro é uma atividade optativa, semanal, que acontece de março a novembro nas dependências do Colégio Sant'Anna.

Confira os depoimentos Assiti à peça “Alice no País das Maravilhas”, pois

Alice no país das maravilhas

a intérprete 'Alice' é minha neta. Abracei-a carinhosamente ao

Eu adorei a encenação teatral, porque ensina

Eu adorei o teatro, pois essa nova versão da

que, às vezes, o seu mundo nunca é como se pensou e é,

história “Alice no país das maravilhas” me faz admirar

término do teatro, cumprimentando-a pela feliz interpretação,

essa versão, em vez da original. Os figurinos eram muito

que foi elogiável.

por isso, que eu adorei a peça. Alessandra Sityá Cremontti

parecidos com os originais e os pequenos atores eram

maravilhoso, destacando a coordenação das falas do texto,

ótimos. Eles estão de parabéns, pois me fizeram sorrir e

que eram extensas, com gestos e expressão corporal muito bem orientada. Por isso, convém ressaltar o competente

ficar alegre! Este teatro foi muito divertido, engraçado e a galera se soltou na gargalhada. Achei muito interessante para o nosso conhecimento. Luise

O desempenho de todo o grupo foi

Victor Medeiros

trabalho da direção do teatro por incentivar jovens à aquisição da cultura teatral. Amarílio Celestino Floriano - avô da Julianne Floriano Luiz


Incen

orte p s E tivando a o e Arte, a Cultura

15

O Esporte no Colégio Franciscano Sant’Anna Profª. Roseane Sangoi

O Colégio Sant'Anna oferece aos alunos, além da prática da educação física curricular, a possibilidade de treinar em equipes que representam a escola nas competições oficiais da cidade, região e Estado. Foram várias as competições e inúmeros jogos ao longo do ano de 2011,contando sempre com o apoio e incentivo da direção da escola. Este foi mais um ano de conquistas para os atletas e professores do colégio. Os resultados mostram o excelente desempenho, disponibilidade, esforço, dedicação e o compromisso de todos em representar bem a nossa escola. Rústica Escolar- 1º lugar Troféu – equipe com o maior número de alunos participando

Jogos Escolares de Santa Maria - JESMA Futsal juvenil masculino -1º lugar Futsal juvenil feminino -2º lugar Futsal infantil feminino -4º lugar Futsal infantil masculino -3º lugar Futsal mirim masculino - 1º lugar Voleibol mirim masculino-1º lugar Voleibol feminino mirim- 2º lugar Voleibol feminino infantil- 2º lugar Voleibol infantil masculino -2ºlugar Vice campeãs

Handebol mirim masculino-1º lugar Handebol mirim feminino- 2º lugar Handebol infantil feminino- 2º lugar Handebol infantil masculino- 3º lugar Basquetebol mirim masculino- 3º lugar Basquetebol mirim feminino-2º lugar Basquetebol infantil feminino-2º lugar Basquetebol infantil masculino-3º lugar Basquetebol juvenil feminino- 2º lugar Basquetebol juvenil masculino- 2º lugar Copa Dores/ Pampeiro de Futsal Masculino Infantil - 1º lugar Mirim - 2º lugar Sub - 9- 3º lugar Vice C am

Classificação geral nos Jogos Escolares de Santa Maria - 2º lugar

peão T aça Ga

úcha d

11

ebol Mirim 20

JESMA, Hand

e Hand

ebol 20

11


16

Incen orte p s tivando E o e a Arte, a Cultura XII Torneio Amistoso de Ginástica Rítmica do Colégio Franciscano Sant’Anna Profª. Raquel Godoy Num clima de integração e troca de experiências entre ginastas, técnicas e familiares, realizou-se, no dia 05 de novembro, no Ginásio Franciscão do Colégio Franciscano Sant'Anna, o tradicional torneio de ginástica rítmica de nossa escola. O evento contou com a participação de seis equipes de nossa cidade: Colégio Franciscano Sant'Anna, Colégio Marco Polo, Colégio Nossa Senhora de Fátima, Colégio Metodista Centenário, SEST SENAT, Escola Medianeira. Confira a classificação das ginastas do Colégio Franciscano Sant'Anna. Individuais: Estudos: - 1º lugar: Rafaela Happke / Pré- 1º lugar Mirim aparelho ARCO infantil Mão Livres - 1º lugar Mirim aparelho CORDA - 3º lugar: Lidiane Fagundes / Pré- 3º lugar Pré-infantil aparelho FITA infantil ML - 1º lugar: Luisa Soares / Infantil ML - 1º lugar: Natane Ribeiro / Adulto ML Com muita graça e movimentos precisos, as ginastas encantaram a todos os presentes. Parabéns a todos: ginastas, técnicas, familiares e amigos que prestigiaram o evento.

O Colégio Sant´Anna recebe a visita de Mr. Chan, presidente e diretor executivo do Collumbia Internactional College – Canadá Célia de Fátima Rosa da Veiga

O Colégio Franciscano Sant´Anna, no dia 23 de setembro, recebeu a visita do presidente e diretor executivo do Columbia International College do Canadá, Mr. Clement Chan. A visita teve o objetivo de conhecer a escola e, na oportunidade, divulgar a proposta pedagógica do Columbia para possíveis intercâmbios entre as duas intituições. Juntamente com o Mr. Chan, estavam presentes: Mrs. Janet, responsável pelos programas dos alunos da América Latina, alunos que estudam no Columbia International College e o tradutor Eduardo, divulgador do Columbia no Rio Grande do Sul. Os visitantes tiveram a oportunidade de reunir-se com a diretora do Sant´Anna, Irmã Valderesa Moro, coordenadoras dos setores, com professores e alunos, bem como com alguns pais da escola. A visita foi muito significativa para todos os envolvidos no processo educativo. Foram momentos de aprendizado, interação e conhecimento.

Uma experiência de muita aprendizagem Ir. Deise Juliane Cássel

No caminho da vida, percorremos estradas em que jamais pensaríamos estar. Foi assim comigo, Ir. Deise Juliani Cássel, Noviça, das Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã. Tive a graça de fazer meu estágio no Colégio Franciscano Sant´Anna durante os meses de agosto e setembro. Foram dois meses muito ricos e gratificantes em minha vida, que ajudaram em meu discernimento vocacional e profissional. Estar em contato com os alunos, Irmãs, professores, funcionários, fez - me perceber toda vida e vibração que há na escola. Trabalhar no Sant´Anna foi motivo de grande alegria, de encorajamento, e pude ver que o caminho da vida se faz passo a passo, momento a momento, e as oportunidades são únicas e temos de aproveitá-las. Meu entrosamento com os alunos de várias faixas etárias mostrou-me toda dinâmica do ambiente escolar. No maternal, vi a criatividade e todo trabalho lúdico que eles desenvolvem, e que há satisfação em ver cada progresso. Já em relação aos alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, percebi como é gostoso ver a autonomia que cada um começa a ter, a responsabilidade pelo estudo, pelas atividades assumidas entre tantas outras coisas lindas que desenvolvem e aprendem. Com os professores, Irmãs, funcionários e pais, percebi a convicção de cada um naquilo que ensina e vive. Desse modo, concluo que, numa sociedade pós-moderna, ainda é possível viver, trabalhar e ser um educador que busca a realização plena de sua vida diariamente. Esses dois meses em que fiz parte dessa família do Sant´Anna, com certeza foi uma experiência única, pois aproveitei cada momento, e pude perceber realmente como é uma escola. Por tudo, eu agradeço.


te r o p Incent s E ivando a Arte, a Cultura e o Sobre o Taekwondo

Rosana Ferreira

Sendo uma arte marcial de origem coreana, o taekwondo nasceu aproximadamente há 2.000 anos e tem como característica a utilização de 70% de golpes de perna e 30% de golpes de punho. Taekwondo significa literalmente caminho dos pés e mãos na arte de lutar: Tae – pé, Kwon – mão, Do – caminho. Filosofia do taekwondo: Cortesia – integridade – perseverança – auto controle – espírito indomável Conheça alguns benefícios deste esporte: disciplina – autoconfiança – coordenação motora – fortalecimento muscular e concentração. No Colégio Sant'Anna, as atividades dessa modalidade iniciaram, há 5 anos, com a professora Rosana Ferreira, faixa preta 2º Dan, filiada à Federação Gaúcha de Taekwondo. As aulas acontecem na 2º feira e 4º feira das 18h 45min às 19h45 min, na sala de Taekwondo.

17

Emanuel Vieira

Luigi Fracari, Carlos Eduardo Fracari, Artur Henn e Gabriel Fuentes Endrew Menezes

Pedro Otávio Brum

Depoimentos Taewkondo Quando sentimos que todo suor perdido em longas tardes de treino, várias festas e encontros que deixamos de ir para treinar, vemos que vale a pena continuar. Cada dia é um novo desafio, como superar a preguiça, a dor e o cansaço dia após dias, por isso digo que o pior adversário de um lutador é ninguém mais que ele próprio. Superar desafios é sentir a glória, é ver como seu esforço trouxe os resultados que queríamos, é sentir que, apesar das dificuldades, conquistamos, vencemos. E é grande a emoção quando a luta é encerrada, o nocaute anunciado e levantar a cabeça com brilhos nos olhos e pensar “eu venci”! Lutar no colégio proporcionou a torcida de tantos amigos que estavam lá para nos apoiar, senti-me, de certa forma, em casa. Eu sei que é uma luta sem fim. Não podemos desistir, pois sempre haverá outra luta, outro oponente. O importante é nunca desistir e lutar sempre, para conquistar o que queremos, e lutar por quem nos apoia por quem amamos. Vou lutar sempre, lutar até que minha alma se desprenda do meu corpo e meu coração deixe de bater. Henrique Copetti Müller

No dia 23 de novembro, no Ginásio Franciscão, foi realizado o VII festival de taekwondo com os alunos da professora Rosana Ferreira. Participaram do evento 42 atletas na categoria infantil, juvenil e adulto nas modalidades de poon-se (demonstração de técnica de cada faixa) e kiorugui (luta). Todos os atletas receberam medalhas e camisetas do evento.

Henrique Müller e Nicanor Dias

Quando entro no tatame, esqueço-me de todos os problemas, limpo a mente e me foco somente no adversário e na luta. Lutar aqui, no Colégio Sant'Anna me tranquilizou, fez-me sentir em casa, calmo, disposto e preparado para enfrentar qualquer problema. Nicanor Macedo Dias Equipe participante do VII Festival de Taekwondo


Fique Sabendo 18 11º Congresso do Ensino Privado Gaúcho O Colégio Franciscano Sant'Anna idealiza a

Neurociências: um novo olhar, promovido pelo

formação dos educadores num processo permanente,

SINEPE/RS, nos dias 20, 21 e 22 de julho de 2011, em

contínuo e sistemático, pois “a docência reflete a

Porto Alegre/RS.

complexidade de lidar com inúmeros saberes, com a

A temática do Congresso instigou os

tecnologia, com o emaranhado de relações interpessoais

educadores e os gestores de escolas a refletirem sobre os

e com a configuração da sociedade atual” (DORIA, PPP –

múltiplos desafios da educação na atualidade.

Colégio Franciscano Sant'Anna, 2011-2014, p. 26). Dessa forma, a oportunidade de o educador

A abertura do Congresso aconteceu na noite do dia 20 de julho com a conferência A importância da

valorizar o processo de pensar sobre a prática,

neurociência na sala de aula, com Diogo Onofre de

ressignificar seus fazeres e decidir quais os meios e

Souza.

métodos a serem adotados em vista da qualidade do

A programação nos dias seguintes foi acerca

ensino e aprendizagem são fundamentais para uma

da formação do educando e do docente, do

instituição franciscana. Pensar educação é colocar-se

conhecimento e das contribuições da neurociência para

como um ser aprendiz, percebendo que a vida, a cada dia,

a educação. As conferências tiveram como títulos: A

desafia e provoca a pessoa a se desinstalar para buscar a

formação do projeto de vida dos educandos a partir do

sua própria formação, no intuito de compreender suas

contexto escolar: responsabilidade compartilhada entre

capacidades, suas possibilidades de superação para

família e escola – Leo Fraiman; Gerações Y e Z: o que

auxiliar também o crescimento dos outros. Nessa perspectiva, o Colégio Franciscano

mundo e seus recentes achados – Tracey Espinosa; Helena Rohde

ensinam e o que esperam aprender com as demais gerações – Benne Catanante; Conhecimento: olhar

Sant'Anna oportunizou aos professores participarem do

espistemológico voltado à sociedade contemporânea –

Neurociências e Educação: implicações para o ensino –

11º Congresso do Ensino Privado Gaúcho - Educação e

Lucy Andrade; A ciência da mente, cérebro e educação no

Fernanda Carvalho; Memória, aprendizagem e comportamento – Daniela Barros; Desenvolvimento cognitivo na infância e juventude – Ester Palacios; Transtornos Globais do desenvolvimento e a educação – Rudimar Riesgo; Neurociências e as relações professoraluno – André Palmini; Emoções, competências e valores para o educador – Gabriel Perissé. Com o encerramento do Congresso, os educadores voltam para casa, mobilizados a fazerem a autoavaliação, considerando as teorias estudadas e o seu fazer pedagógico. Assim, será possível estabelecer novas estratégias para projetar e redimensionar as ações para uma educação franciscana de qualidade.

Confira depoimentos

Participar do congresso promovido pelo SINEPE/RS, sobre neurociências, foi muito bom, pois mudou minha percepção de como devo aproveitar na íntegra as palestras dos congressos. Sempre participei de vários eventos ligados à educação, mas sempre dava prioridade para palestras da minha área, achando que não seria relevante participar de palestras destinadas a outras áreas ou níveis de ensino. Neste congresso, pude perceber a importância de conhecer sobre o desenvolvimento da criança até a chegada à adolescência, no Ensino Médio. Tendo essas informações, podemos aperfeiçoar ou até mesmo mudar o planejamento de nossas aulas. Tania Menegat Participamos do 11º Congresso do Ensino Privado Gaúcho. As conferências ocorreram no Centro de Eventos da PUC-RS, na cidade de Porto Alegre. O congresso foi de grande valia para os docentes que estiveram presentes, uma vez que o foco do referido evento

foi educação e neurociências. A neurociência é um campo de estudo relativamente novo que trata dos mais variados processos cerebrais (circuitos neuronais) responsáveis pelas funções do nosso sistema nervoso. Portanto, a possibilidade de relacioná-la com o processo de ensino e aprendizagem proporciona a nós, educadores, infinitas reflexões a respeito de como o ser humano aprende e, em consequência, acarreta mudanças na forma de apresentação dos conteúdos para cada nível de ensino. Os palestrantes trouxeram questões relacionadas aos processos cognitivos, os quais podem influenciar positiva e / ou negativamente a aprendizagem e, também, desmontaram determinados mitos sob a luz da ciência. Enfim, o evento foi deveras enriquecedor e corroborou a necessidade de estarmos em constante processo de atualização. A formação continuada propicia ao profissional da educação ferramentas indispensáveis para que o referido profissional possa melhorar a qualidade do serviço que presta à sociedade. Antônio Augusto Guterres

Participar do 11º Congresso do Ensino Privado Gaúcho na PUC, em Porto Alegre, com o tema Educação e Neurociências um Novo Olhar, foi uma experiência extremamente positiva e enriquecedora para a construção do meu conhecimento na área da Neurociências, porque, no dia a dia da sala de aula, é necessário entendermos a importância do cérebro humano no processo de aprendizagem. As excelentes palestras ministradas contribuíram para a construção da minha formação continuada, em relação a minha consciência de educadora de jovens e levou-me a compreender que, nos próximos anos, esta área da Neurociências será um poderoso auxiliar na compreensão do que é comum a todos os cérebros e vai dar respostas confiáveis a importantes questões sobre aprendizagem humana,sendo usada, cada vez mais, na minha prática educativa. Simone Matiuzzi


Fique Sabendo Mostra Pedagógica A Educação Infantil e os Anos Iniciais do Ensino Fundamental organizaram uma Mostra Pedagógica aos pais, familiares e amigos no dia 16 de julho, sábado, das 8h às 12h, nas dependências do nosso colégio. O Colégio Franciscano Sant'Anna é uma instituição que oferece espaço de promoção da vida e de construção do conhecimento. É um lugar de valorização do convívio onde acontecem experiências significativas no campo relacional, permitindo ao educando desenvolver-se em todos os sentidos, e não apenas no aspecto cognitivo/intelectual. (DORIA, PPP – Colégio Franciscano Sant'Anna, 2011 – 2014, p. 15) Por essa razão, os objetivos da Mostra Pedagógica foram: integrar família e escola, possibilitando aos visitantes contemplar os trabalhos produzidos pelos alunos ao longo do primeiro semestre; compreender a proposta pedagógica, desenvolvida pela instituição, a partir da execução das ações elencadas nos projetos de cada nível/série; oportunizar a reflexão acerca da temática de preservação do ambiente e aproveitamento de material reciclável; perceber a possibilidade de construir o conhecimento com ludicidade. Segundo o Projeto Político Pedagógico do Colégio (2011-2014, p. 17), a metodologia deve privilegiar situações desafiadoras para a organização do pensamento e a construção de conceitos que ofereçam ao educando instrumento necessário

ao desenvolvimento de uma atitude interdisciplinar de relacionamento e resposta aos desafios que a vida e a ciência lhe propõem. Dessa forma, a proposta pedagógica promoveu a possibilidade do educando ser criativo, ousado, responsável, participativo e crítico ao elaborar, pesquisar, ler, pensar, analisar e produzir o trabalho a ser apresentado. A Mostra Pedagógica da Educação Infantil apresentou trabalhos desde o Maternal até o Nível B. Já os Anos Iniciais – 1º ao 4º ano – organizaram a Mostra intitulada “Em minhas mãos...”, catalogando os trabalhos nas categorias: amar, criar, reciclar, ser, educar, filosofar, cuidar. Nessa manhã, as crianças da Educação Infantil fizeram também um momento celebrativo de Ação de Graças junto aos familiares, no Salão Bordô, louvando as maravilhas de um semestre que se encerrava. Ainda, os alunos dos Anos Iniciais prestaram homenagens à família, comemorando as datas do Dia dos Avós (26/07) e dos Pais (14/08), no Salão Verde. Foi uma manhã prazerosa, de muita emoção, cultivo de valores, expressão, interação, partilha de conhecimentos, construção de saberes e promoção da vida nas relações.

As famílias registraram as suas impressões a partir da visita a Mostra Pedagógica dos setores I e II: Querido Sant'Anna! Adoramos os trabalhos! A escola está de parabéns! Leandro e Marta – pais de Leandro, Tonico e Zé Parabéns à escola e aos alunos pela iniciativa da reciclagem. Tatiana Sangoi Muito criativo, excelente! Estão de parabéns! Sheila – mãe do Nikolas – T. 132 Parabéns pelo evento, trabalhos e organização. Com carinho. Família Tolfo Zanini Parabéns! Eventos que trazem a família para escola sempre são agradáveis. Fabiana Pereira Foi muito legal! Parabéns aos alunos e professores pelo lindo trabalho. Valéria Pasin e Pedro Muito boa a mostra! A apresentação foi ótima e os trabalhos muito criativos. Professores e alunos estão de parabéns! Achamos muito bonito. E um elogio especial pela dedicação das professoras que, com criatividade, conseguem extrair das crianças muita criatividade e dedicação. Eventos como estes servem para unir a escola e a família. Estava muito bonito e criativo, principalmente com amor. Parabéns pela iniciativa! Os alunos, professores e a família franciscana estão de parabéns!

Helena Rodhe

19


20

Fique Sabendo APM um elo de Companheirismo com a Família! Deise Londero Kieling

Na primeira terça-feira de cada mês, a Associação de Pais e Mestres, APM, do Colégio Franciscano Sant'Anna, realiza o encontro mensal. Em cada reunião, realiza-se a acolhida de todos os presentes, após um momento de espiritualidade. Na sequência, é realizada a avaliação das atividades desempenhadas, bem como a organização das ações do mês, com seus respectivos responsáveis, já planejado pelo grupo no início do ano letivo. É um trabalho voluntário e de doação. Fique atento pelo site do Colégio ao que estamos realizando. Colabore e faça sua parte. Agradecemos o apoio recebido, até então, e desejamos sempre ser um elo de companheirismo e parceria, unindo a família ao nosso segundo lar que é o Sant'Anna.

Uma atitude de vida! A Associação de Pais e Mestres do Colégio, no dia 1º de outubro, das 9h às 12h, esteve no Supermercado Big e Nacional da Avenida Medianeira, participando de uma ação conjunta de alerta e cuidado com a vida do planeta. Essa atividade faz parte de uma das ações da federação das APMs da rede das escolas franciscanas da SCALIFRA-ZN de todo Brasil, que há 4 anos realiza essa ação. Na oportunidade, a comunidade santamariense foi convidada a repensar suas atitudes em relação ao uso das sacolas plásticas. Comprometidos pela vida, por acreditar que a família é o berço dela, pela preservação do planeta e também engajados ao grande Projeto do Colégio: Um Pacto pelo Planeta Terra, o grupo acredita que fazer a diferença não só se expressa em palavras, em presença humana, mas distribuindo sacolas retornáveis aos consumidores e orientando-os a fazerem a sua parte, diminuindo urgentemente o uso das sacolas plásticas, altamente poluentes. A APM do Sant’Anna agradece a todos que aderiram à ideia das sacolas retornáveis.

Muitas foram as promoções da APM neste 2º semestre. Dentre elas, destacamos a promoção de um risoto no mês de agosto; o sorteio de duas cestas com gêneros alimentícios, no dia 26 de agosto em comemoração ao Dia dos Pais; a 2ª edição da feira de habilidades no dia 19 de agosto, uma mostra de talentos de mães, pais, alunos e avós; o salchipão com gosto de tradição nos dias 15 e 16 de outubro em homenagem à semana da criança. A APM instalou um novo placar no Franciscão. Ficou uma beleza, é só

Foto do Placar

conferir. Os atletas agradecem. E as atividades continuam, e a equipe continua animada. Aguarde novos projetos para 2012.


Fique Sabendo 22

Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho - SIPAT 2011 De 24 a 28/10/2011

Tendo como objetivo proporcionar atividades específicas, que possam contribuir com uma vida saudável em todas as dimensões, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) realizou a SIPAT 2011. Várias foram as atividades com o objetivo de conscientizar os alunos, para o uso correto de materiais nas mochilas; sensibilizar para a prevenção de possíveis doenças, em especial o AVC (Acidente Vascular Cerebral); proporcionar a escovação correta dos dentes para obter uma dentição saudável; motivar os alunos para o teste de glicose, sendo a melhor forma de prevenir, ao invés de medicar; promover o Dia da Solidariedade, através da doação de sangue. Durante a manhã do dia 25 de outubro, realizou-se uma palestra com a enfermeira Cristina do Hemocentro de Santa Maria, motivando os professores sobre a necessidade e a importância da doação de sangue para salvar vidas. Durante a tarde, com os alunos do 2º Ano Ensino Fundamental, houve bate-papo com as crianças sobre a organização das mochilas, analisando os materiais não necessários de trazer à escola. No dia seguinte, com a 5ª, 6ª e 7ª séries, foi feito o teste de glicose, com o apoio do Colégio Franciscano Sant'Anna, da Associação de Pais e Mestres da escola, APM, e do Centro Universitário Franciscano, UNIFRA, com os acadêmicos de enfermagem e da enfermeira Carla Marzari. Na manhã do dia 27, aconteceu a palestra para a 8ª, 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, com representantes da liga acadêmica de Neurologia da UFSM, abordando o tema: Acidente Vascular Cerebral (AVC). No dia seguinte, 28 de outubro, foi realizada uma palestra sobre escovação correta para os alunos do 1º Ano do Ensino Fundamental, sob a orientação da dentista Márcia Galetto. A comissão da CIPA 2011 agradece a todos os envolvidos nos eventos.

João BatistaFagundes de Carvalho – Presidente CIPA 2011


Fique Sabendo Você quer doar VIDA? Doe sangue! Comprometida com o cuidado com a vida, a APM do colégio promoveu, em parceria com a enfermeira Roselaine Reis, do Hemocentro de Santa Maria, um ciclo de palestras para conscientizar a comunidade escolar sobre a importância de ser um doador permanente. Foram muitas palestras, envolvendo um público de 1500 alunos e professores, nos meses de setembro e outubro de 2011. A palestra, ao mesmo tempo em que quebrava mitos sobre a doação de sangue, abordava o tema com muita clareza,

Depoimentos sobre a palestra Eu gostei da palestra porque a enfermeira Rose esclareceu todas as nossas dúvidas, e ensinou os valores da vida. Ensinou também como doar sangue e que, às vezes, só o sangue salva uma vida. Gabriela Crestani - 6ª série Eu, pessoalmente, gostei muito de como a palestrante fez com que nós, alunos, participássemos da palestra. Ela foi dinâmica o bastante para envolver personagens de HQs (histórias em quadrinhos) de que gostamos, com coisas que hoje em dia são preocupantes, como a doação de sangue. Gostei muito e espero que eventos como este se repitam. Hemilly dos Santos Batista - 6ª série

Eu achei muito interessante, porque aprendemos que doar sangue é muito importante e podemos salvar vidas de muitas pessoas. A palestrante explicou várias coisas que eu não sabia como: quando você doa sangue pode ajudar 4 pessoas, o sangue, depois de retirado, passa por vários

21

apresentado numa linguagem simples e acessível, o valor de ser um doador permanente. Na ocasião, também foi feita uma explanação sobre o cadastro de possível doador de medula. Após as palestras, os alunos tiveram a oportunidade de fazer perguntas e conversar com a Roselaine para esclarecer suas dúvidas. Certamente foram momentos de grande aprendizagem e de grande comprometimento com a vida humana.

procedimentos para ver se ele possui vírus e depois é mandado para hospitais, onde estão pessoas que precisam dele. Também aprendi que só depois de 16 anos eu poderei doar sangue para ajudar as pessoas. Bibiana Costa - 5ª série A palestra foi incrível, incentivou a doação de sangue de jovens, esclareceu nossas dúvidas e explicou como é feito o descarte do sangue, além de falar as doenças que podemos ter no sangue. Gostei muito da palestra e, com certeza, se estiver 100% saudável, serei uma doadora. Luiza M. de Souza - 5ª série Essa palestra foi maravilhosa, pois aprendi que, doando sangue, nós salvamos vidas. Depois dessa palestra, aprendi os vários tipos de sangue que existem: A+. A-, AB, O- e O+. Aprendi que o mais raro é o O-, pois ele é compatível com todos os outros tipos. Também aprendi que só é possível doar sangue a partir de 16 anos e com mais de 50 kg. Aprendi muitas coisas que eu não sabia. Adorei a palestra. Marcela M. Bortoluzi - 5ª série


Fique Sabendo 23 Intercâmbio Cultural Desde 1998, o Colégio Franciscano Sant´Anna vem acolhendo alunos de outros países para estudarem por um ano ou mais na escola. Muitas são as expectativas para o aluno que chega assim como para quem acolhe os intercambistas, os alunos, os

Célia de Fátima Rosa da Veiga

professores, enfim, a comunidade educativa toda. A presença do (a) intercambista na escola sempre traz a espera da possível integração e aquisição da troca de experiências, crescimento intelectual, abrangência de visão de mundo e possibilidade de aprendizado em vários sentidos.

Veja o que diz Fiorenza Intercambista em 2011.

Fiorenza Lucia Villano

Meu nome é Fiore, eu venho da Itália, da cidade de Nápoles,tenho 16 anos.Vou ficar aqui no Brasil por um ano. Estou aqui pela AFS intercultura que me colocou nesta escola, na Segunda série, Ensino Médio, na turma 222. No primeiro dia, fui bem acolhida por todos, tanto estudantes quanto professores e todos foram bastante simpáticos e estavam sempre disponíveis a me ajudar. Agora estou aqui há três meses e a escola me ajuda muito a encontrar amigos e aprender a Língua Portuguesa.

O ensino é muito diferente da Itália para o Brasil como, por exemplo, o jeito como é cobrado o que é ensinado, a relação aluno e professores e, em geral, a relação do aluno com a escola. Estou muito feliz de estar nesta escola e encontrar meus colegas e professores que são todos muito agradáveis e tornam minha estada aqui no Brasil muito mais alegre. Achei interessante como todos se organizam para fazer trabalhos, pois na Itália não fazemos trabalhos para apresentar à turma, que é um meio de aprender interessante e dinâmico. A diferença principal que eu encontrei entre a escola brasileira e a italiana é que a escola brasileira é mais voltada à lógica e a italiana é mais voltada à teoria e a conceitos. O professor aqui é um amigo dos alunos; na Itália é uma relação não amigável e que exige muito respeito de ambos, é uma relação extremamente formal. Gostei muito da estrutura do Sant' Anna, pois é uma escola bastante organizada e que segue os alunos em toda a sua

vida escolar (do Ensino Fundamental ao Ensino Médio). Quando voltar para a Itália, no final do meu intercâmbio, vou levar todas as lembranças boas que vivi aqui nesta escola. Vou contar à minha turma italiana como é a escola brasileira, baseando-me no Sant'Anna. Espero viver uma boa experiência também no terceiro ano, que está por vir. Obrigada a todos, meus colegas, meus professores e, em especial, à Irmã Fátima que ajuda a mim e aos outros intercambistas, sempre simpática e bem disposta. Obrigada a todos que vêm pedir informações a respeito de meu país o que me enche de orgulho, pois é muito legal ver que a Itália é um país bem visto pelos brasileiros, afinal, estou aqui fazendo um intercâmbio, e não seria tão útil se eu não pudesse compartilhar minha “vida italiana” com os brasileiros. Obrigada, mais uma vez, a todos, pois cada um de vocês tornou-se muito importante para mim.

Festa do Melhor Companheiro Célia de Fátima Rosa da Veiga

O Rotary Clube Internacional de Santa Maria, RS, homenageou o Colégio Sant´Anna pela parceria no Programa Intercâmbio de jovens, promovido pela entidade. Em 2011, o Colégio está acolhendo quatro alunos de outros países, da Itália, México, Estados Unidos e Finlândia, para estudo e experiência cultural.

O evento de homenagem de Melhor Companheiro aconteceu no dia 27 de outubro de 2011, no clube Caixeiral da cidade. Na oportunidade, também foram homenageados

alguns educadores que se destacam em serviços educacionais do município. Do Colégio Franciscano Sant´Anna, a professora Irmã Célia de Fátima Veiga foi a homenageada. E, igualmente, alunos que vivenciam atitudes e valores de companheirismo e colaboração, adquirindo bons resultados no processo escolar. Todos receberam certificados pelo Rotary Clube Internacional. Parabéns ao Colégio Franciscano Sant´Anna, aos seus professores, funcionários e alunos.


24

Pro jeta nd o A ç õ es Exposição SANT'ARTE Helena Rodhe

No mês de outubro, dia 26, às 18h, na Câmara de Vereadores, aconteceu a abertura da Exposição Sant'Arte, resgate histórico e valorização dos pontos turísticos de Santa Maria. Essa exposição foi organizada pelas professoras e alunos do 3º ano do Ensino Fundamental como culminância do Projeto Interdisciplinar “Agir consciente para uma vida diferente”. O projeto em questão foi desenvolvido ao longo do ano de 2011, tendo como temática: “O município de Santa Maria.” Dentre as ações propostas, a pintura de telas foi um trabalho desenvolvido a partir dos temas: origem histórica e lendária do município de Santa Maria e lugares turísticos. Na Câmara de Vereadores, os alunos declamaram poesias sobre Santa Maria, produzidas por eles, e ainda cantaram a música Santa Maria Medianeira, de João Chagas Leite. A comunidade Franciscana Sant'Anna prestigiou o evento, apreciando as telas dos pequenos, mas talentosos artistas. Poesias elaboradas pelos alunos e declamadas na abertura da exposição: SANTA MARIA DO MEU CORAÇÃO Mitzrael Lorenzo Paranhos Rosa É uma beleza viver nessa maravilha, que se chama Santa Maria! Santa Maria do meu coração, seus morros me encantam, pois eu adoro apreciá-los Seus monumentos apresentam a beleza do céu e do sol no meu bairro Itararé. Tem um Monumento Ferroviário, homenageando os ferroviários que aqui moram e que fizeram crescer esta minha Santa Maria do meu coração. Trago Santa Maria no coração. Vou levá-la para onde for e falar da minha cidade. Dá tanta emoção! E me faz tão bem... que até dá vontade de chorar! Paz e bem! Santa Maria, coração do Rio Grande, e do meu coração!

SANTA MARIA

Milena Stoever Bittencourt Nos vales, nos montes, é lá onde se esconde, no coração do Rio Grande, a minha cidade interessante. É ela, Santa Maria, minha cidade, cheia de estudantes, militares errantes e muito marcantes, pois são inteligentes. Tem o Teatro 13 de Maio, Onde faço meu ensaio. E conto com muita sorte no monumento Vento Norte. Esta sorte de que falo é de bom comércio e boa comida e de ti, Santa Maria, terra da alegria e gente amiga. Cidade de Santa Maria Leonardo Arruda Moro em uma cidade, que é tão maravilhosa, ela é linda e bonita e muita graciosa. Ela é muito grande e se localiza no coração do Rio Grande. Essa cidade é cheia de amor, quando amanhece dá para sentir o calor. A minha cidade é cheia de emoção que aumenta a felicidade

em meu coração. Santa Maria, você é legal, alegre e feliz, bonita e sensacional. Posso ir à outra cidade, mas lembro de você. Da cidade de Santa Maria, nunca vou esquecer. Cidade alegria Camile Baldoni de Oliveira Santa Maria cheia de graça, seu povo se orgulha das suas praças, da sua cultura. Seus pontos turísticos encantam o coração. e também tem seus distritos, distribuindo a produção. Santa Maria, cidade do Exército, da universidade, espalhando o saber. Santa Maria com seu comércio, do calçadão, do encontro amigo. Santa Maria com fé, na Romaria, trazendo esperança para o trabalhador que confia no amor da Virgem Maria.

Cidade Cultura

Tatiany Palma Cohen Santa Maria Cidade Cultura, Cidade Universitária, Cidade Ferroviária e Cidade Coração do Rio Grande. Cidade rodeada de morros, céu azul. Cidade maravilhosa, localizada no coração do Rio Grande do Sul. Santa Maria Com seus pontos turísticos, também conhecida como Cidade Religiosa por causa de Nossa Senhora Medianeira, Padroeira do nosso estado. Por isso tenho orgulho de ser santa-mariense.


Pro jeta nd o A ç õ es Depoimentos de pais e alunos sobre o evento A exposição Sant'Arte e a apresentação dos alunos na Câmara de Vereadores foi um “show”. Estava muito lindo e emocionante. Esses trabalhos fazem a diferença, pois envolvem a escola, a família e a comunidade. Parabéns pelo projeto Sant'Arte! Rosani Tolfo ( mãe da Natanaeli – T: 132) Nós gostamos da atividade da exposição dos trabalhos de pintura dos alunos do 3º ano no saguão da Câmara de Vereadores. A participação e integração de atividades infantis/escolares num ambiente em que são discutidos assuntos que afetam a comunidade em que vivemos faz acontecer uma oxigenação para todas as partes envolvidas, e isto é, sem dúvida, muito positivo. Gregório Pivatto (pai do José Filipe – T: 132) A exposição Sant'Arte estava maravilhosa, pois os alunos tiveram a oportunidade de mostrar o seu talento e criatividade através de telas, representando os pontos turísticos da nossa cidade. Adoramos as apresentações na solenidade e parabenizamos os alunos e os professores pela organização e pelas lindas apresentações. Sabemos que trabalhos como este enriquecem o aprendizado de nossos filhos, fazendo-os se sentirem-se mais seguros e responsáveis, preparando-os assim para a vida. Solange e José Arruda (pais de Leonardo Arruda – T: 132) Gostei muito da solenidade de abertura da exposição de arte do Sant'Anna. Achei importante também, por ter sido na Câmara de Vereadores e com todo protocolo, valorizando assim as crianças e seus trabalhos artísticos, estimulando-os, desde cedo, à participação com seriedade, a exercer sua cidadania. Mãe da aluna Ana Lúcia – T: 135

25

O trabalho realizado pelos alunos do 3º ano foi excelente! Os alunos ilustraram muito bem, através de suas telas, os pontos turísticos de Santa Maria, nossa cidade. Fizeram uma linda apresentação na Câmara de Vereadores, onde emocionaram seus pais e demais presentes, como foi o nosso caso. As professoras e os alunos estão de parabéns pelo ótimo trabalho. São iniciativas como essa que engrandecem nossa cultura e nossa educação. Parabéns! Estou muito orgulhosa de meu filho fazer parte desse trabalho. Bruna Medeiros (mãe de Pedro Henrique – T: 135) Achei os trabalhos maravilhosos. A qualidade dos desenhos, as cores, o visual, enfim, tudo ficou muito bonito. A iniciativa além de despertar o gosto pela arte foi um importante estímulo à cultura e ao amor pela nossa cidade. Os alunos pesquisaram sobre Santa Maria e aquilo que aprenderam, não vão esquecer. Uma bela forma de se educar! Marta Dutra Machado Oliveira (mãe do José Pedro – T: 135) Prezados professores, sobre a realização da exposição Sant'Arte, organizada pelos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental do Colégio Franciscano Sant'Anna, na Câmara de Vereadores de Santa Maria, gostaria de parabenizar a Coordenação Pedagógica e professores envolvidos no projeto, pela iniciativa em propiciar aos alunos os diferentes momentos de trabalho de resgate histórico-cultural de valorização de nossa cidade. Da pesquisa documental, na identificação dos pontos turísticos, a visita presencial, através do passeio, culminando na produção artística, seja através das telas ou dos textos e poesias, identifica-se o intenso comprometimento da escola com o aprendizado dos alunos a partir de práticas extraclasse que mais do que ensinar, oportunizam a vivência do mesmo. Ainda, o envolvimento familiar, através da exposição dos trabalhos, valoriza esse aprendizado. Fabiana Pereira (mãe do Pedro Pereira – T: 133)

RECRIARTE: Um novo olhar sobre as Obras de Arte Professoras Claudete, Francieli, Oralda e Vanesa

Durante o ano de 2011, os alunos do 1º ano interpretaram e representaram as obras do pintor e artista plástico Romero Britto, com autonomia e criatividade, apresentando, através da releitura, um novo olhar sobre as obras de arte estudadas. Com os objetivos de perceber a importância da arte e da cultura como expressão da vida, da natureza e das emoções e desenvolver o gosto pela arte plástica e a sensibilidade quanto ao uso das cores, formas e harmonia no espaço, o trabalho proposto foi enriquecedor e os resultados foram excelentes. A exposição das telas foi feita no ”Santa Maria Shopping”, no 1º semestre (turmas 113 e 114) e 2 º semestre (111 e 112). Parabéns aos nossos artistas que traduziram, através de suas obras, a alegria do mundo infantil.


26

Pro jeta nd o A ç õ es “Aprender Física Brincando no Parque” Prof. Adriano Siqueira

O Colégio Franciscano Sant'Anna, preocupado em proporcionar uma aprendizagem contextualizada, no dia a dia do aluno, proporcionou uma atividade lúdica interdisciplinar, no Park Tupã, no dia 24 de agosto, para as turmas do Ensino Médio, integrando as disciplinas de Física e Redação. Esta atividade foi realizada pelos professores Adriano Siqueira e Alessandra Moro Dotto com o apoio do professor Giovane Bortoluzzi Soares. Na conclusão da atividade, foi promovida uma grande discussão, no dia 29 de agosto, no Salão Bordô, entre os alunos da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, pelo professor de Física, Giovani Bortoluzzi Soares. Contribuíram, também, nesta atividade, os professores Eduardo Dalla Lana Baggio, Diego Rigon de Oliveira e Josiane Bortolini Teixeira. O projeto foi muito útil, considerando que os alunos tiveram oportunidade de experimentar, na prática, os fenômenos físicos, facilitando a assimilação do conteúdo. A sensação no brinquedo, associado aos conteúdos, trabalhos em sala de aula, completam-se na formação do conceito físico, juntamente com a produção textual. A expressão das emoções e sentimentos, através da narração e descrição, contará a relação de causa e efeito sobre suas sensações e considerações a serem descritas, através de suas vivências e impressões aliadas ao ato de escrever.

Iniciando a pesquisa

Profª. Clarissa Lorenzoni

Os alunos do 3º Ano do Ensino Fundamental, turma 132, estão exercitando habilidade investigativa através da iniciação à pesquisa. Tendo como tema geral “a água”, e subtemas “a distribuição da água no planeta Terra; a utilidade da água; estados físicos da água; a chuva e o ciclo da água; a poluição das águas e a escassez de água potável, a turma organizou-se em pequenos grupos, explorando o material disponível na biblioteca de pesquisa do colégio. A proposta é que, através da leitura de textos e livros, os alunos possam apropriar-se de informações necessárias para reconstruírem conceitos e conhecimentos pertinentes ao assunto. De acordo com Pedro Demo (2007, pág.19), “a habilidade central da pesquisa aparece na capacidade de elaboração própria, ou de formulação pessoal, que determina, mais que tudo, o sujeito competente em termos formais.” Desse modo, ao estimular a pesquisa com os alunos do 3º Ano, estamos fazendo deles, parceiros na construção de um trabalho ativo, participativo, produtivo, em que cada aluno tem a oportunidade de fundamentar, argumentar, questionar e constituir-se como sujeito capaz.

Jornal Santanna Parte 01  

Confira o Jornal do Colégio Franciscano Sant'Anna segundo semestre de 2011 Parte 01

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you