Issuu on Google+

Manual TĂŠcnico


Estamos presente nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso d o S u l, R o n d ôn i a , Acre, Amazonas Pará, Roraima e Amapá.

Telhas com até

DE VÃO LIVRE

Conheça agora o mais inovador sistema construtivo do mercado, capaz de alcançar vãos livres de até 40 metros, com máxima rapidez de fabricação.


Proteção e máxima durabilidade Com a proposta de oferecer inovação em coberturas metálicas, a Imasa está no mercado desde 1985 construindo projetos arrojados de médio e grande porte. O sistema construtivo de Telha Autoportante possui um processo de fabricação e montagem que oferece rapidez na entrega, máxima proteção, durabilidade, além de um visual moderno para as construções.

Inovação e praticidade A Telha Autoportante possui auto sustentação sem a necessidade de apoios intermediários, são fabricadas em aço galvanizado e não possuem emendas longitudinais, garantindo perfeita vedação em coberturas planas e curvas. É ideal para galpões, indústrias, prédios comerciais, usinas, ginásios e hangares.


Nossos Produtos

Cobertura em Arco O processo de industrialização da telha autoportante permite uma curvatura em sua perfilação, o que gera uma maior resistência mecânica da cobertura, podendo atingir vãos livres de até 40 metros.

Telhas com até

DE VÃO LIVRE


Cobertura Plana A telha autoportante tem uma grande rigidez devido à altura do seu perfil. Essa característica lhe permite que mesmo no modelo plano se vençam vãos de até 18 metros.


Cobertura Shed A interação entre a estrutura metálica e a telha autoportante, através do sistema Shed, permite iluminação natural com telha translúcida e ventilação, que ocorre pela exaustão do ar na parte superior da cobertura no perfil de cada telha.


Fechamento Lateral O fechamento lateral com telha autoportante fornece maior resistência e praticidade na execução da obra, pois utiliza chapas mais espessas e pode ser apoiada diretamente nas vigas de respaldo e baldrame.

Cobertura chão a chão O sistema chão a chão unifica a cobertura e o fechamento lateral, o que elimina parte da

estrutura

de

apoio

e

proporciona maior rapidez e praticidade na execução


Telhas Pré-pintadas A telha autoportante é pré-pintada, ou seja, as bobinas são fabricadas com a cor desejada e possuem uma película protetora que permite sua perfilação sem que ocorram danos à pintura. Além da beleza das telhas coloridas, destacase o conforto térmico da telha branca.

Branca K-100

Areia k-152

Azul Cristal k-406

Cinza Verso k-206

Creme k-300

Verde Esmeralda k-516

Vermelho k-813

Amarelo tropical k-301


Ventilação e Iluminação para Coberturas Arco, Plana e Fechamento Lateral O uso de iluminação e ventilação natural deve ser explorado afim de se obter economia de energia. As Telhas domus de iluminação são de policarbonato, intercalados com as telhas de aço. Uma peça translúcida é instalada para cada seis peças de aço zincado e ocupam até 15% da área coberta. Para ventilar o ambiente são utilizadas tomadas de ar nas paredes laterais e também é realizada exaustão por meio de lanternins, exaustores, domus ou sheds.

Domus de Iluminação

DOMUS TRANSLÚCIDO POLICARBONATO

PERFIL DE CONTRAVENTAMENTO TRANSVERSAL


Detalhes TĂŠcnicos

VĂŁos livres suportados


Acessórios de fixação A segurança e performance das Coberturas Autoportantes consistem na perfeita fixação na estrutura de apoio, seja de concreto, metal ou madeira.

Perfil de Apoio Perfil metálico com chumbadores “L” ou “Ferro chato”, fixados em vigas de concreto da cobertura, onde são soldado os suportes de fixação das telhas.


Suporte de Fixação Para fixar as telhas no perfil de apoio, são usadas peças em aço-carbono com forma igual à geometria da onda baixa da telha, nas dimensões do vão livre (tipo da telha).

Parafusos Para auxiliar o conjunto autoportante e evitar a abertura na sobreposição lateral, se utilizam parafusos de aço galvanizado com arruela de vedação de neoprene, aplicados a cada metro.


Fixação da telha As telhas são fixadas, na maioria das vezes, em vigas de concretos, sendo parafusados em fixos ou articulados que facilitam a movimentação de contração e dilatação.


Calhas Canal que recebe as รกguas das chuvas e as levam aos condutores verticais.


TELA PASSARINHEIRA

Vedação Acabamentos importantes para a finalização do trabalho, que proporcionam maior durabilidade .

Canto externo e Pendural Perfil em chapa instalado de forma prática dando maior segurança às estruturas, principalmente do fechamento lateral, vindo a se completar com o pendural que fixa as extremidades das telhas.


Rufos Para um perfeito acabamento, são empregadas peças lisas e dobradas em chapa de aço zincado com formatos diversos.


Transporte e Amazenamento As telhas devem ser transportadas em caminhões de carroceria aberta, protegidas com lona, para evitar o fenômeno da corrosão galvânica (corrosão branca) resultante da umidade. No descarregamento é necessário que haja o mesmo número de homens na carroceria dos caminhões e no solo, que devem estar protegidos com luvas de raspa. As telhas devem ser carregadas de uma em uma e não podem ser arrastadas umas sobre as outras, evitando as dobras e quebras. Para telhas de grandes comprimentos, usar guindaste com gabarito especial de descarga e com armazenamento em local seco e ventilado. Usar travessas de madeiras para apoiá-las suspensas a 10 cm do solo, com inclinação suficiente para escoar a água de chuvas sobre as lonas que cobrem as telhas.

Equipe Para acelerar o processo e manter a qualidade do produto a IMASA dispõe de equipes especializadas para operar torres metálicas ou guindastes com lança telescópica para elevar rapidamente as telhas até a cobertura.


Montagem São verificadas as dimensões apresentadas no projeto, como largura, compr imento, nivel a m e nto e alinhamento dos apoios. Quando possível, a direção dos ventos na região deverá ser observada para que a montagem do projeto seja feita em sentido contrário ao do vento predominante.

Recomendações Usar andaimes tubulares reguláveis para manterem escoradas as telhas até serem parafusadas Nos fechamentos, observar o prumo e o alinhamento das vigas de apoio Soldar os aparelhos de fixação (cavaletes) das telhas, diretamente na viga metálica ou no perfil de apoio chumbado na viga de concreto No recobrimento lateral, devem ser usados parafusos de costuras espaçados a cada metro Varrer a cobertura para retirar toda limalha de furação das telhas, pois estas grudam na chapa e enferrujam quando as telhas esquentam Para maior segurança do pessoal de montagem, é obrigatório o uso dos equipamentos de segurança individual (EPIs) como capacete, cinto de segurança, cinto trava-quedas, óculos de proteção e uniformes adequados


Serviços Complementares Terminada a montagem da Cobertura Autoportante IMASA deverão ser executados alguns serviços complementares, como instalação de pára-raios, ventiladores e dutos. Assim, observar as seguintes recomendações:

Varrer as limalhas originadas da furação dos parafusos de solidarização entre as telhas, das sobras de eletrodos e de rebites, evitando o início de um processo de corrosão Não pisar sobre a onda central da telha, principalmente quando a espessura da chapa for inferior a 1,00 mm Inspeções periódicas na cobertura e nas calhas de águas pluviais Limpeza das telhas, principalmente após execução de serviços complementares (pára-raios, dutos e exaustores).


Clientes


www.coberturaimasa.com.br

(65) 3631 1731

Avenida P, esquina com a rua D ,Distrito Industrial Cep: 78098-300 Cuiabรก - MT


Manual Tecnico 2012 - Cobertura Imasa