Page 1

P Pesquisa i Nacional N i l por Amostra A t de DomicĂ­lios - 2009

1

1 Rio de Janeiro, 15/12/2010


PNAD 2009


Vitimização e Justiça Segurança  Segurança Alimentar Educação Trabalho  Trabalho Rendimento F Fecundidade did d Tecnologia da Informação  etc


153 837  153 837 Domicílios  visitados 1850   Entrevistadores

399 387 399 387  Pessoas  entrevistadas


Vitimização t ação e Justiça

1988 Suplemento de  Participação Político  Social

21 anos 2009

Na PNAD de 1988 foram investigados os temas  N PNAD d 1988 f i ti d t Vitimização e Justiça


PNAD 2009 PNAD 2009 Vitimização

Justiça

Sensação de  Segurança Tentativa de  Roubo ou Furto

18 anos ou mais de idade

10 anos ou mais de idade

Roubo

Para domicílios

Furto

Dispositivos p de Segurança

Agressão Física


Pessoas de 10 anos ou mais de idade Estimar os  totais de  registros de  registros  de

Conhecer a  percepção  ã das pessoas no  que diz respeito  à  segurança

no período de  í d d 27/09/2008 a  / / 26/09/2009

Traçar o perfil  socioeconômico  i ô i das vítimas dos  crimes

Vitimização

ocorrência dos  crimes citados  em delegacias de em delegacias de  polícia

Estimar o  i número de  vítimas dos  crimes


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

VocĂŞ se sente seguro(a)... no se seu domicĂ­lio? no seu bairro? na sua cidade?


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Sensação ç de Segurança

86 milhões de p pessoas se sentiam seguras no Brasil, em 2009

78,6 ,

Brasil

%

71,6

Norte

D i íli Domicílio

na cidade , 79,1

78,7 ,

Nordeste

Sudeste

B i Bairro

81,9

Sul

75 9 75,9

Centro‐Oeste

Cid d Cidade

Na Região Sul foi verificado o maior percentual de  N R iã S l f i ifi d i t ld pessoas seguras na cidade, 81,9%


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Sensação ç de Segurança

Região R iã Metropolitana

Bahia

UF

Minas Gerais

RM

6 61,4

Paraná

42,1

São Paulo

40,2

54 4,9

42,3

42,7

Rio de  Janeiro

24,7

35,0

Pernambuco

51,,1

5 59,9

54 4,2 30,5 3

51,,1

Ceará

33,8 3

%

24,,9

43,3 14,6

36,9 Pará

na cidade id d

Rio Grande do  Sul

Nas Metrópoles, a sensação de segurança em  Nas Metrópoles a sensação de segurança em relação a cidade em que moravam era menor 


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Total

%

Sem Menos de  1/4 a menos 1/2 a menos  1 a menos  2 a menos  3 a menos  4 a menos  rendimento  1/4 do SM de 1/2 SM  de 1 SM  de 2 SM  de 3 SM  de 4 SM  de 5 SM  (2)

Domicílio

41,4

44,2

81,3 46,7

80,3 48,9

79,6 52,2 2

78,9 53,8 8

78,2

77,4 56,,5

77,8 60 0,9

73,8 53,4 4

52,8 8

78,6

R di Rendimento t

82,8

Sensação ç de Segurança

5 SM ou  mais 

Cidade

Nos domicílios p pertencentes às classes de rendimento domiciliar per capita mais baixas, a sensação de segurança na cidade em que moravam era maior


Dispositivos p de Segurança

Recurso utilizado para aumentar a segurança do domicílio Foi apresentado ao informante uma lista prévia com os principais dispositivos de segurança utilizados.


35,7% ,

20,4% ,

18,4%

18,8%

4,2% ,

6,7% ,

9,4% 9 4%


Dispositivos p de Segurança

Existiam no Brasil, em 2009, 58,6 milhões de domicílios particulares

59,4% dos domicílios brasileiros tinham algum  59 4% d d i íli b il i ti h l dispositivo para aumentar  a segurança. 


Dispositivos p de Segurança 59,4

% Brasil

63,9 54,3

51,8 5 ,8

Norte

Nordeste

Sudeste

59,6

Sul

64,9

Centro‐Oeste

Na Região Centro‐Oeste 64,9% dos domicílios tinham  N R iã C t O t 64 9% d d i íli ti h pelo menos um dispositivo de segurança instalado.


%

Ceará

Pernambuco

Bahia

Minas Gerais

UF

Rio de  Janeiro

RM

São Paulo

Paraná

76,1

68,0 6

70,0

56,6 6

69,2

70,3

67,5 6

55,2 2

72,8

76,5 49,9

76,2 55,6 6

54,4 4

74,8

78,1 57,6 Pará

60,,0

Dispositivos spos t os de Segurança

Região Metropolitana

Rio Grande do  Sul S l

Na maioria das metrópoles o % de domicílios com  N i i d tó l % d d i íli algum dispositivo de segurança era maior.


Dispositivos p de Segurança

Tinham algum  dispositivo  instalado

Apartamento 10,4%

Casa 89,2% ,

%

1

1

2

2

3

4

5

3

6

7

8

4

Grade na Olho mágico Cerca Fechaduras janela e/ou corrente no eletrificada, extras... porta trinco ... muro ....

%

1

5 Cachorro

2

6

3

4

5

7

6

7

8

8

Outro Segurança Câmera de mecanismo privada e/ou vídeo de segurança cancela


Para caracterização •Roubo Roubo •Furto •Agressão g Física

Último evento


Vitimização Roubo

Furto

Roubo é o ato de subtrair coisa  mó el alheia para si o para móvel alheia, para si ou para  outrem, mediante grave ameaça ou  violência a pessoa, ou depois de  havê la por qualquer meio havê‐la, por qualquer meio,  reduzido à impossibilidade de  resistência. Difere do ROUBO por ser praticado sem emprego de violência contra a pessoa ou grave ameaça.


45,4

8 51,8

Roubo oubo ou Furto u to População de  10 anos ou  mais i Vítimas de  roubo ou furto

25 a 34  anos

24,1 26,6

16 a 24  anos

6,0 0 4,2

7,3 7,9

5,9

7,,4 3 6,3

11,9 11,9

12,9

43 3,4 42,7

1 19,4 22,9

Mulheres

50,7 50,6

48,5 48,4

Homens

12 milhões de pessoas foram vítimas de roubo ou furto no Brasil em 2009

8,3 18 22,3

54,6

48,2

Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Branca

Preta ou  parda 

Preta

Parda

10 a 15  anos

35 a 49  anos

50 a 59  anos

60 a 69  anos

70 anos  ou mais


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Vitimização t ação

% de vítimas 9,9 73 7,3

75 7,5

7,0

5,4 , 3,73,9

%

8,8

Brasil Tentativa

5,6 4,7 5,0

Norte

6,8 6,7 6,7 5,4 5,0 4,6 4,3 3,5 3 5 35 3 43,5 3,4 2,5

Nordeste

Roubo ou Furto

Sudeste Roubo

Sul

5,5 3,6

Centro‐Oeste Furto

Na região Norte o % de Roubo ou Furto era  N iã N t % d R b F t maior.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo ou Furto

Região Metropolitana

% de vítimas

17,8 14,0 , 11,5 8,8

Pará

%

Ceará

13 1 13,1 10,5 7,0

Pernambuco

11,1

9,0 65 6,5

Bahia

62 6,2

61 6,1

Minas Gerais

UF

7,1 7,1

Rio de  Janeiro

RM

8,5

São Paulo

7,4 ,

Paraná

8,9 7,1

Rio Grande do  Sul

Nas metrópoles, o percentual de vítimas de  N tó l t l d íti d roubo ou furto era maior.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Vitimização t ação Características 8,1 ,

8,3 , 5,9

5,9 2,1

Urbana

%

7,9 ,

73 7,3

6,4 4,8

5,7

5,6

Branca

Preta

72 7,2 4,9

30 3,0

Rural

Homens Mulheres Tentativa

Parda

Roubo ou Furto

O percentual de homens vítimas de roubo ou  O t ld h íti d b furto era maior.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo ou Furto

R di Rendimento t

9,6

4,7

5,6

69 6,9

10,3

10,8

11 6 11,6

7,6

% Sem rendimento a 1/4 a menos 1/2 a menos 1 a menos de 2 a menos de 3 a menos de 4 a menos de 5 SM ou mais menos de 1/4 de 1/2 SM de 1 SM 2 SM 3 SM 4 SM 5 SM do SM

Nas faixas de rendimento domiciliar per capita mais  N f i d di t d i ili it i altas o percentual de crimes era maior.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo Furto

Local do Roubo e Furto Local do Roubo e Furto 70,5 47,6 26,8 12,2

Via pública

8,5 12,2

Própria residência  Estabelecimento  ou de terceiros comercial

6,2 4,4 Transporte Coletivo

2,6

9,0

Outro local

%

A maioria dos crimes de roubo aconteceu em  A i i d i d b t via pública, já os furtos em residências.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Tipo de bem roubado  p ou furtado 54,2

Roubo Furto

54,0 37 3 37,3 27,4

28,4

30,0

22,7 12 7 12,7 7,3

Telefone celular

%

Dinheiro, cartão de  débito ou  crédito ou crédito, ou  cheque

Documentos ou objetos  pessoais

Bicicleta

14,0 6,5 3,8

2,0 1,4

Carro

Motocicleta

Outro

Celular e Dinheiro foram os bens com maior  C l l Di h i f b i incidência de roubo e furto.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo Furto

Procurou a polícia 48,4 ,

%

Roubo

37,7

Furto

Quase metade das vítimas de roubo procurou  Q t d d íti d b a polícia.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo Furto

Por que não procurou a  Por que não procurou a polícia? 36,4 23,1

Não acreditavam  ã d na polícia

%

23,1 24,4

Não era  ã importante

26 7 26,7 19,5

14,2

11,6

Não queriam  Falta de provas ã l d envolver a polícia  ou medo de  represália áli

9 3 11,6 9,3

Outro

Mais de um terço das vítimas de roubo não  Mais de um terço das vítimas de roubo não procurou a polícia por não acreditar nela.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Roubo Furto

Fez o registro da ocorrência

%

90,2

89,8

Roubo R b

Furto F t

EEm caso de roubo, dos que procuraram a  d b d polícia, 90,2% fizeram o registro da ocorrência.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

57,2

Agressão Física

51 8 51,8

48,2

42,8

População de  10 anos ou  mais Vítimas de  agressão

25,3 13,6

19,4

24,6

25,9 18,3 3

7,3 11

12,9 14,2

43,,4 4 47,5

24,1 2 21,7

Mulheres

50,7 58,5

4 48,5 40,8 8

Homens

2,5 milhões de pessoas foram vítimas de agressão física no Brasil em 2009

Branca Preta ou  parda 

Preta

Parda

10 a 15  anos

16 a 24  anos

25 a 34  anos

35 a 49  50 anos ou  anos mais


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

21,8

17,5 5

21,1

12,7

0 17,0

9,,7

13,9

26,2

4 27,4

26,2

Agressão Física

Sem rendimento a  menos de 1/4 menos de 1/4 (2) 

1/4 a menos de 1/2 de 1/2 

1/2 a menos de 1 de 1 

População de 10 anos ou mais

1 a menos de 2 de 2

2 ou mais 

Vítimas de agressão


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão Física

%

1,8 1,6 1,3

2,4 1,9 1,5

2,2 , 1,8 1,4

Brasil

Norte

Nordeste

T t l Total

1,41,51,2

1,8 1,4 1,1

1,9 1,6 1,4

Sudeste

Sul

Centro‐Oeste

H Homens

M lh Mulheres

O Norte foi a região com o maior percentual de  O Norte foi a região com o maior percentual de pessoas que sofreram agressão.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Região R iã Metropolitana

Pará

%

% de vítimas

3,0

2,6 2,0

Agressão g essão Física s ca

1,8 1,7

Ceará

1,5 1,9 1,3

Pernambuco

1,6 1,5

Bahia

Minas Gerais

Total

1,41,4 1,6

1,0 , 1,0

Rio de  Janeiro

São Paulo

1,8

Paraná

1,4 1,3

Rio Grande do  Sul

RM

No Pará e Bahia o % de vítimas de agressão  N P á B hi % d íti d ã física era maior nas RMs das capitais.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão Física C Cor

Id d Idade

%

% 2,3 17 1,7

1,3

Branca

Preta

Parda

1,7 17

2,2

2,0

1,4

0,8

10 a 15  16 a 24  25 a 34  35 a 49  50 anos  anos anos anos anos ou mais

EEntre os jovens o percentual de agredidos era  t j t ld did maior.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão g essão Física s ca Rendimento domiciliar per capita 2,2 , 1,5

Total (1)

%

19 1,9

1,6

1,3

1,2

1,2

1,1

1,0

Sem 1/4 a  1/2 a  1 a menos  2 a menos  3 a menos  4 a menos  5 SM ou  rendimento menos de  rendimento  menos de menos de 1  menos de 1 de 2 SM  de 2 SM de 3 SM de 3 SM  de 4 SM  de 4 SM de 5 SM de 5 SM  mais mais  a menos de  1/2 SM  SM  1/4 do SM  (2)

A medida que aumenta o rendimento, o percentual  A did t di t t l de vítimas de agressão física reduz.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão g essão Física s ca Agressor

Local da Agressão 48,0

39,0 39 0

36 2 36,2

Pessoa Pessoa  desconhecida conhecida

%

12,2

8,1

4,5

Cônjuge ou  ex‐cônjuge

Parente

Policial ou  Segurança  privada

25,4

26,6

Própria residência

Outro

Via pública

%

Quase metade das agressões ocorreram em  Q t d d õ vias públicas.


Pessoas de 10 anos ou mais de idade

A Agressão ã Física Fí i

11,3 1

33,2 33,1 35,7 27 7,5 28 8,1

35,9 3 31,1 24,4 4 23,6 6

49 9,5 35,6 17,3 23,5 25,7

Mu Mulhe ere es s

Mulheres u e es Agredidas

Menos de 1/4 do SM 1/4 a menos de 1/2 SM 1/2 a menos de 1 SM 1 a menos de 2 SM

Pessoa desconhecida

%

Cônjuge ou ex‐ cônjuge

Pessoa conhecida

2 SM ou mais 2 SM ou mais

O percentual de mulheres agredidas pelo cônjuge ou ex‐ cônjuge era superior nas classes de rendimento  domiciliar mais baixas.


Mu Mulhe ere es s

Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão Física Pessoas agredidas que procuraram a polícia 51 6 51,6  38,9 

Pouco mais da metade (57,1%) das mulheres agredidas pelo cônjuge procuraram a polícia 88% das que procuraram fizeram registro da ocorrência

%

Homens

Mulheres

1 milhão de mulheres sofreram agressão física, sendo  1 milhão de mulheres sofreram agressão física sendo 280 mil delas agredidas pelo cônjuge ou ex‐cônjuge.


Mulhe Mu ere es s

Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão Física

Motivos que levaram as mulheres  g p j g p agredidas pelo cônjuge a não procurarem  a polícia 55,6 

30,8

2,3 Falta de provas

%

6,2 Não era  importante

5,0 Não acreditavam  Não queriam  na polícia envolver a polícia  ou medo de ou medo de  represália

Outro

Medo de represália foi o principal motivo das  Medo de represália foi o principal motivo das mulheres não terem procurado a polícia.


Mulhe Mu ere es s

Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão g Física

46,4 , 39,3

32,2

29,1

25 9 25,9

6,7

Pessoa desconhecida

%

11,3 , 1,5

Policial ou  segurança  privada

2,0 Cônjuge ou ex‐ cônjuge

Homens

5,6 Parente

Pessoa conhecida

Mulheres

Para 25% das mulheres agredidas, o agressor  foi o cônjuge ou ex‐cônjuge.


Mu Mulhe ere es s

Pessoas de 10 anos ou mais de idade

Agressão g Física

%

56,3 56,3

27,4 16,2 

Ocupadas

Desocupadas

Inativas

Mais da metade das mulheres agredidas pelo  Mais da metade das mulheres agredidas pelo cônjuge trabalhavam.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade Identificar as  áreas de áreas de  conflito que  representaram  os maiores  problemas

Justiça

A quem é  q atribuído o  sucesso na  solução do  conflito

Tempo que se  p q gasta na  solução  (judicial ou  não) dos  conflito

A quem as  pessoas  recorrem  quando estão  diante de diante de  Qual é a  situações de  percepção sobre  conflito os principais  i i i obstáculos para se  recorrer ao Poder recorrer ao Poder  Judiciário

no período de  no período de 27/09/2004 a  26/09/2009


Para caracterização Justiça Conflito mais grave


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

Justiça

12,6 milhões de pessoas tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos 23,3

22,0 12,6

10,4

9,7

8,6

7,4

4,8 1,2

Trabalhista

%

Família

Criminal

Outra

Serviços de  Benefícios  Bancos ou  Terras ou  Impostos  água, luz  do INSS da  instituições  moradia ou  ou telefone previdência financeiras tributação

Área da situação de conflito Conflitos trabalhistas e de família foram os que mais  ocorreram.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos

10,1 9,4 87 8,7

Brasil

%

6,8 6,5 6,2

Norte

8,5 5 8,2 8 8,0

Nordeste

Total

9,7

10,5 89 8,9

Sudeste

Homens

Justiça

12,7 11,3 11,4 10,5 10,3 9,8

Sul

Mulheres

Centro‐ Oeste

Em todas as regiões, o percentual de homens que tiveram  situação de conflito foi superior ao de mulheres.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos 14,2

5,9

6,8

Pará

%

92 9,2

9,6 ,

Ceará

8,9 6,9

Pernambuco

88 8,8

Bahia

12,4 98 9,8

Minas Gerais Minas Gerais

UF

10,7 93 9,3

9,6 8,9

Rio de  Rio de Janeiro

São Paulo São Paulo

Justiça 12,6 12,6 10 0 10,0

Paraná

13,7

Rio Rio Grande do  Sul

RM

Na maioria da metrópoles o % de pessoas  que tiveram  situação de conflito era maior.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos 12,5

Justiça 14,1

15,9

10,8 83 8,3

80 8,0

8,6 ,

9,0

Sem Sem 1/4 a menos de1/2 1/4 a menos de  1/2 a menos de  a menos de 1 a menos de 2  1 a menos de 2 2 a menos de 3  2 a menos de 3 3 a menos de 4  3 a menos de 4 4 a menos de 5  4 a menos de 5 5 SM ou mais  5 SM ou mais rendimento a  1/2 SM 1 SM SM SM  SM  SM  menos de 1/4  do SM (1)

%

Faixas de salários mínimos

Nas faixas de renda mais alta, o % de pessoas que tiveram  situação de conflito era maior.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

Justiça

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos

%

90,4

92 2 92,2

Brasil

Norte

87,1

Nordeste

90,8

92 9 92,9

91 3 91,3

Sudeste

Sul

Centro‐Oeste

Buscaram solução do conflito

Mais de 90% das pessoas que tiveram situação de conflito  buscaram soluciona‐lo


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos

Justiça

57,8

12,4

%

Justiça

Juizado especial

6,6

3,9

2,4

1,5

Polícia

Procon

Amigo ou  parente

Sindicato ou  associação

8,0 Outra

Local de busca da solução do conflito Mais da metade recorreu a justiça para solucionar a situação  de conflito.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

Entre as pessoas que buscaram solução do conflito

69,4 ,

64,0 55,6

Justiça

51,9

47,7

43 5 43,5

Justiça

Juizado especial

Amigo ou parente

Polícia

Procon

Sindicato ou  associação

% de pessoas com conflito solucionado Menos da metade das pessoas que buscaram solução do  conflito, o mesmo já havia sido solucionado


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito e buscaram solução 89,4

86 6 86,6

85 9 85,9

82 2 82,2

70,2

14,4 Total

%

7,0 Procon

6,0

5,8 Polícia

Outros

Até 1 ano 

73,0

8,0 Amigo ou  parente

Justiça 69,6

16,2

14,7

Juizado especial

Sindicato ou  associação ç

61,2 18,0 Justiça

Mais de 1 a 2 anos

Tempo de solução do conflito A maioria dos conflitos foi solucionada em até um  A i i d flit f i l i d té ano.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

% de pessoas que tiveram situação de conflito nos últimos 5 anos 88 5 88,5 84 3 84,3 75,9 75,1 66,8

Justiça

%

Juizado especial

Amigo ou  parente

Polícia

Procon

Justiça 75,8

Sindicato ou  associação

90 5 90,5

Outra

Solução do conflito X área que buscou Parte expressiva das pessoas que tiveram a solução do  conflito, o mesmo foi solucionado onde iniciou a ação.


Pessoas de 18 anos ou mais de idade

Justiça

Motivos de não terem procurado a j ti justiça Resolveram o problema por meio de mediação… Resolveram o problema por meio de mediação  …

27,6

Outro

16,1

Demoraria muito

15,9

Cabia à(s) outra(s) parte(s) iniciar(em) a ação

9,1

Não sabiam que podiam utilizar a justiça

6,8

Não acreditavam na justiça

6,6

Por falta de provas

6,1

Custaria muito caro

6,0

Por medo da(s) outra(s) parte(s) envolvida(s)

%

Era muito longe

4,4 1,4

Em todas as regiões o percentual de homens que tiveram  situação de conflito foi superior ao de mulheres.


Tentativa de Roubo ou Furto 7,6 5,4

1,6 16

Brasil (1)

%

50 5,0 2,6 1,2

Norte e Centro‐ Oeste urbanas

Nordeste

1988

5,4

50 5,0 18 1,8

Sudeste

1,5 15

Sul

2009

Aumentou o % de pessoas que sofreu tentativa  A t %d f t t ti de Roubo ou Furto.


Roubo ou Furto 10,3 7,4 5,4

Brasil (1)

%

7,5

66 6,6

5,8

67 6,7

6,1

68 6,8

4,3

Norte e Centro‐ Oeste urbanas

Nordeste

1988

Sudeste

Sul

2009

A Região Nordeste foi onde o % de pessoas  A R iã N d t f i d % d vítimas de roubo ou furto que mais aumentou. 


Agressão Física 1,9

1,8

1,6 1,0

Brasil (1)

%

1,4

12 1,2

1,1

12 1,2

1,4

0,8

Norte e Centro‐ Oeste urbanas

Nordeste 1988

Sudeste

Sul

2009

A Região Nordeste foi onde o % de pessoas  A R iã N d t f i d % d vítimas de agressão física que mais aumentou. 


Justiça 13,9 10,5

94 9,4

Brasil (1)

%

10,1

11,4

11,2 92 9,2

Norte e Centro‐ Oeste urbanas Oeste urbanas

9,7 7,5 8,2

Nordeste

Sudeste

1988

Sul

2009

Reduziu o % de pessoas que tiveram situação  R d i %d ti it ã de conflito.


E relação Em l ã a 1988 1988: Aumentou o percentual de vítimas dos crimes de roubo, furto e agressão e reduziu o percentual de pessoas com situação it ã de d conflito.

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2009  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you