Page 1

C â m a r a M u n ic i p al d e V ila Fr a n c a d e X ir a . Pe lo u r o d a E d u c aç ão » «

nº25

»«

Janeiro /06

Casa da Juventude de Alverca / Bairro da CHASA - 2615 Alverca * Telefone 21957 59 08 . Crae@cm-vfxira.pt

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com


editorial editorial É com todo o prazer que chego ao vosso contacto através deste Boletim, espaço privilegiado de comunicação entre a Câmara Municipal e o corpo docente e não docente do nosso Concelho. Na presente edição do“CReArE”,pretendemos dar conta de algumas das actividades em curso, que reflectem, por um lado, o trabalho empenhado do Município nas múltiplas áreas que se inter-relacionam com a Educação, e por outro lado, o estabelecimento de parcerias com as mais diversas entidades,essenciais para o cumprimento dos objectivos estabelecidos. Especial exemplo disso mesmo é o Programa de Generalização do Ensino do Inglês para o 1.º Ciclo do Ensino Básico, para cuja concretização concorreram directamente o esforço e a determinação, não só do Município, mas também de todos os Agrupamentos de Escolas do Concelho, IPSS's, Colectividades e Juntas de Freguesia, entre outras entidades. Apesar das dificuldades logísticas inerentes à implementação do Programa, que em muitos casos se revestiram de especial complexidade, congratulamo-nos pelo facto de as aulas de Inglês funcionarem actualmente com toda a normalidade, abrangendo todos os alunos de 3.º e 4.ºAno do nosso Município. Ao longo deste Ano Lectivo continuaremos a estimular o envolvimento da comunidade em torno das questões relacionadas com a Educação, na convicção de que é este o caminho certo para proporcionar aos nossos alunos as melhores condições de ensino/aprendizagem. Nesta medida, continuaremos a dar prioridade ao funcionamento do Conselho Municipal de Educação. Uma última nota para vos informar que está em curso a elaboração da Carta Educativa do Concelho de Vila Franca de Xira, documento que consideramos essencial para o prosseguimento de uma política educativa e de construção de novos equipamentos de Educação/Ensino.Esperamos, oportunamente, poder contar com o envolvimento de todos vós no período de discussão pública que se seguirá à primeira apresentação deste trabalho.E recordo que o CReArE está ao dispor de todo o pessoal docente e não docente que nos queira contactar, informando sobre temas que gostariam de ver abordados neste boletim, ou enviando-nos artigos que considerem relevantes para publicação.Teremos todo o gosto em poder contar com essa colaboração. A Vereadora do Pelouro da Educação Dr.ª Maria da Conceição Santos

2

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Propriedade Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Edição Câmara Municipal de Vila Franca de Xira Pelouro da Educação Directora Dr.ª Maria da Conceição Santos Comissão Consultiva Ana Serra;António Castanho; Diamantina Gordinho; Miguel Falcão (Professores) Redacção GGIRP/SCPRP - Ana Sofia Coelho DEJDE- Carlos Lopes, Filomena Serrazina, Maria João Oliveira, Susana Branco Participam nesta edição Helena Amaral Helena Guerreiro (Associação de Professores de Matemática); Graça Soares Nunes (Divisão de Museus e Património); Carolina; Helena Gonçalves (Departamento de Habitação, Saúde e Acção Social); Ana Paula Cirilo Eduardo Dores (Departamento de Educação, Juventude, Desporto e Equipamentos) Secretariado Susana Branco Design Gráfico GGIRP/SDPG Fotografia GGIRP/SDPG.SAV Impressão e Distribuição GGIRP/SIRDI Tiragem 2500 exemplares Distribuição Gratuita


INTERNET MATEMÁTICA

na

para a

FORMAÇÃO

Internet

Aprendizagem da Matemática

Entre Janeiro e Maio de 2005 decorreu no CRAE uma Oficina de Formação inserida no Plano do Centro de Formação da Associação de Professores de Matemática. Estruturada em torno da aprendizagem da Matemática, privilegiava os recursos disponíveis actualmente pela Internet como forma de a potenciar. Percebeu-se desde muito cedo que as competências de aceder e navegar na Internet eram muito diversificadas. A tarefa como professores, no entanto, sobrepõe-se à facilidade de “dominar” a tecnologia e é a sua utilização pedagógica que se coloca em questão. Esta diversidade permitiu um maior envolvimento de todos e a descoberta de que o fundamental na actividade docente é optimizar os recursos para responderem às necessidades educativas, sendo as competências técnicas consequência da sua utilização regular e do facto de se revelarem boas ferramentas. As actividades desenvolvidas procuraram potenciar uma utilização reflectida da tecnologia na aprendizagem da Matemática, recorrendo à navegação e exploração daWWW, à criação e desenvolvimento de hábitos de utilização da correspondência electrónica e à familiarização com a comunicação síncrona através de IRC. A navegação em sítios daWWW foi bastante interessante já que,para além da exploração de páginas da lista apresentada, os formandos proporcionaram a partilha de novas páginas relacionadas com a Matemática, tendo sido feita a sua análise do ponto de vista da sua utilização com alunos: “Os sites encontrados relacionados com a aprendizagem da matemática eram extremamente cativantes, sugestivos e pedagógicos levando os alunos a estarem atentos, empenhados e participativos nas actividades que lhes eram propostas”. Alguns professores proporcionaram-nos as opiniões dos alunos:

“Eu gostei do tangram porque tinha vários bonecos para pormos as peças no seu lugar. Também para ser mais fácil tínhamos o Hint. No fim pintávamos, tudo no computador. Foi muito giro!” Afonso,2º ano

Foram dados os primeiros passos na utilização do correio electrónico, o que proporcionou a troca de projectos e a interacção em torno de desafios matemáticos. Alguns formandos apontam-lhe potencialidades em contexto de sala de aula, nomeadamente pelo facto de permitir: “A correspondência entre escolas de forma mais rápida e eficaz, quebrando o isolamento da sala de aula.”, ou ainda: “Que tal começar por ensinar a criar contas de email e enviar problemas 'giros' como trabalho de casa?” O IRC foi uma revelação. Embora o tempo investido com esta ferramenta se tenha revelado insuficiente, foi fácil criar empatia, e a reflexão em torno das suas potencialidades educativas mostrou as expectativas elevadas que a experiência deixou. O IRC permitiu que para além das sessões presenciais, fossem realizadas duas sessões de formação síncronas de comunicação a distância. Na opinião dos formandos,a articulação pretendida entre a aprendizagem da Matemática e a utilização da Internet foi de alguma forma conseguida:“A Internet é sem dúvida um meio muito importante para trabalhar a matemática permitindo aceder a determinados sites que possibilitam jogos e actividades interactivas.” Para nós, enquanto formadoras, foi muito interessante verificar a apropriação progressiva de diferentes abordagens passíveis de serem levadas a cabo para o trabalho em torno da Matemática, constituindo momentos de aprendizagem e de reflexão muito importantes. Foi-se gerando uma comunidade, cuja evolução seria interessante acompanhar, de modo a compreender as repercussões que esta oficina terá de facto na actividade profissional e ajudar a ultrapassar os obstáculos a uma utilização regular e profícua da Internet. Se não presencialmente, à distância, aceitamos o desafio de uma das formandas que, na avaliação final, deixou a sugestão: “como se fizeram algumas amizades, agora através dos chats, poderemos trocar ideias e experiências de forma a enriquecer mais ainda as nossas práticas pedagógicas”.

5+5WWW10 PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Helena Amaral Helena Guerreiro


ACTIVIDADES MUSEU

MUNICIPAL

O Museu Municipal deVila Franca de Xira tem por objectivo dar a conhecer as comunidades que habitaram o Concelho deVila Franca de Xira. Como local de memória, as suas funções principais são a investigação, a recolha, a conservação e a comunicação aos diferentes tipos de públicos dos testemunhos memoriais do espaço territorial concelhio.

O Plano Educativo do Museu Municipal de Vila Franca de Xira

O seu âmbito extravasa cada vez mais as paredes dos edifícios museais, servindo os interesses dos seus diferentes públicos, propiciando uma relação estreita com estes e apostando na criação de uma rede de espaços museológicos em diferentes locais do município, no âmbito da sua temática a história e património locais. Está vocacionado para a colaboração com as escolas na promoção e incentivo da educação patrimonial,apoiando projectos de estudo nesta área A cooperação entre o Museu e as escolas tem ganhos qualitativos para ambas as instituições e primordialmente para a formação de crianças e jovens.Todos os anos lectivos implementa um plano educativo ao abrigo do programa O Museu Oferece, que contempla um conjunto de actividades de animação educativa e de exploração das exposições de longa duração e temporárias e da descoberta da história e património da região,dirigidas à comunidade escolar. Em qualquer um dos núcleos museológicos do museu,professores e alunos podem desfrutar dos seguintes serviços,com a possibilidade de a escola ir ao museu ou o museu ir à escola:

A escola vai ao museu Realização de visitas guiadas às exposições dos Museus Municipais: Núcleo Sede Rua Serpa Pinto nº 65,2600Vila Franca de Xira.

Exposições Vila Franca de Xira,Tempos do Rio Ecos da terra Exposição de longa duração que testemunha a ocupação humana no concelho deVila Franca de Xira, desde a pré-história até à industrialização. Realizam-se visitas guiadas para grupos escolarizados, complementadas com fichas educativas, alusivas a cada tema, subordinadas às seguintes temáticas: A Pré-História, A Romanização, O Islamismo, Castelos e Forais,Vila Franca de Xira e os Descobrimentos, As Invasões Francesas, O Rio Tejo, A Tauromaquia (animada com um teatro de Robertos) e asActividades Económicas. Aos domingos uma vez por mês efectuam-se visitas guiadas para o público em geral com animação musical proporcionada por agrupamentos tradicionais do concelho. Colecção de Artes Plásticas do Museu Municipal. Gravura - 4 técnicas Exposição temporária sobre a colecção de artes plásticas do museu na técnica de gravura, apresentando-a nas suas principais técnicas, a xilogravura, calcografia, litografia e serigrafia. Fazem-se visitas guiadas para grupos,completadas por uma oficina educativa que se chama Eu já sei gravar, de exploração das várias técnicas de gravura adequadas às faixas etárias (1º,2º e 3º ciclos). Oficina educativa Com propósito de reforçar a comunicação com os públicos e nomeadamente mais jovens, a oficina educativa possibilita uma aprendizagem mais directa na óptica do“aprender fazendo”,coadjuvando o saber teórico de uma forma mais lúdica e prática. As oficinas disponíveis são: - A Oficina de Cerâmica Precedida de uma visita guiada temática (Préhistória) à exposição de longa duração ou por uma apresentação multimédia. Sensibiliza para uma das técnicas mais antigas de produção de objectos para uso quotidiano. - A Oficina de Azulejaria (Pintura de Azulejo) Poderá ser antecedida por uma visita guiada (percurso pedestre) pela azulejaria da cidade de Vila Franca de Xira ou uma apresentação multimédia sobre azulejaria. - A Oficina de Pintura Actividade baseada em espólio de artes plásticas exposto no museu, como a tela de Nossa Senhora do Monte do Carmo, a composição pictórica do pintor João Ribeiro da recepção do museu ou a gravura de Júlio Pomar. - A Oficina de Papel Será efectuada uma visita guiada à exposição de longa duração ou uma apresentação multimédia, permitindo a produção de objectos relacionados com a visita através da técnica de dobragem do papel Nas férias escolares organizam-se oficinas de fantoches e vidrados

4 44

reactivos, vocacionadas para os jovens que estejam em actividades de tempos livres. Aos fins-de-semana realizar-se-ão oficinas destinadas às famílias para filhos,pais e avós,mediante inscrição prévia. Centro de documentação Disponibiliza informação sobre a história e património do concelho, para além de um vasto conjunto de temáticas mais específicas, obras de referência,periódicos e o Fundo Local. O Museu dispõe de um conjunto de edições sobre a história e património do Concelho, que podem ser encontradas nas bibliotecas das escolas, e também neste Centro de Documentação: a revista sobre temas locais, Boletim Cultural Cira, a Colecção Património Local e os catálogos de exposições temáticas e as histórias infantis. Núcleo BarcoVarino Liberdade Cais deVila Franca de Xira. Embarcação típica do rio Tejo recuperada pela autarquia. Permite o contacto com o património náutico e natural. Os Percursos Fluviais no Barco Varino Liberdade são também guiados e devido às condições climatéricas ocorrem anualmente de Maio a Novembro.O número mínimo e máximo de participantes é entre 20 e 26. Núcleo do Mártir Santo Rua Dr.Miguel Bombarda,2600Vila Franca de Xira.Tel.263288337/ Exposição Arte e Devoção Formas e Olhares. Apresenta de uma forma rotativa as colecções de arte sacra e antoniana do museu, o património sacro das igrejas do concelho e um pequeno apontamento histórico-arqueológico do local. Visitas guiadas à exposição, com animação musical ou teatral e temáticas sobre: A Conservação e o Restauro do espólio exposto (dedicada a turmas de alunos das área das Artes, da História da Arte e Química, e para grupos interessados no tema, como Clubes do Património, ou alunos de Conservação e Restauro,Museologia ou Património). Achados Arqueológicos, com o apoio de uma apresentação multimédia, sobre os achados arqueológicos. Viagem pela Arte. Actividade sustentada por uma apresentação multimédia,subordinada à história da arte. Oficina Educação para o Património.Acção de Sensibilização para a valorização e protecção do património através de uma pequena oficina de restauro, onde se desenvolverão trabalhos de restauro em objectos danificados. Teatro de Sombras. Histórias doTejo. Para públicos com necessidades especiais foi criado um folheto em linguagem Braille.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com


ACTIVIDADES MUSEU

MUNICIPAL

Núcleo deAlverca Praça João Mantas Alverca (Encerrado temporariamente para obras de ampliação e recuperação).

O Projecto Educativo para este Núcleo-Museológico será reelaborado com a sua reabertura ao público. No entanto, é possível implementar actividades educativas em regime de itinerância nas escolas ou em locais de interesse histórico patrimonial,como as que se seguem: - Teatro de Sombras: Lenda do Castelo de Alverca e Lenda da Fonte do Choupal - Apresentações Multimédia: Alimentação; relógios de Sol; fósseis; vias de comunicação;actividades económicas;invasões Francesas -Visita guiada ao centro histórico deAlverca. Visitas guiadas ao Património Concelhio Dando destaque ao conhecimento e descoberta da história e património do concelho, estão disponíveis os roteiros que se enunciam,sendo possível a realização de outros a combinar: 1.Do Monte do Sr. da Boa Morte às Lezírias; 2.Capela e Fonte de Santa Eulália; 3.Igreja de Vialonga; 4.Quinta Municipal de N. Sr.ª da Piedade; 5. Quinta Municipal de Subserra; 6. Cais do Cabo e Cais da Vala do Carregado; 7. Percurso Pedestre ao Núcleo Histórico de Vila Franca de Xira; 8. Casa Museu Mário Coelho; 9.Alto do Boneco, Fortes das Linhas de Torres; 10.Casa-Museu Dr. Sousa Martins/Museu deAlhandra

O Museu vai à escola Permite que as escolas usufruam de um conjunto de recursos educativos, sem se deslocarem ao museu. Os técnicos do museu vão à escola e viabilizam o empréstimo de maletas pedagógicas, diapositivos, vídeos, CDROM`s e exposições itinerantes. Realizam também colóquio enriquecidos por apresentações multimédia, sendo sempre possível o desenvolvimento de projectos específicos de colaboração entre ambas as instituições,tais como acções de formação e colóquios. Maletas Pedagógicas 1Pré-História 2.Romanização 3.Instrumentos Musicais Exposições Itinerantes Vila Franca de Xira e os Descobrimentos Caminhos da Liberdade Colóquios/Apresentações Multimédia 1.História do Concelho deVila Franca de Xira 2.História da Castanheira do Ribatejo 3.História do Forte da Casa 4.História deVila Franca de Xira 5. A Indústria no Concelho deVila F.de Xira 6. Vila Franca de Xira umaViagem na História 7. Impactos do terramoto de 1755 na região deVila Franca de Xira (A realizar nas escolas ou no Núcleo -Sede do Museu Municipal)

Deste modo, os professores e alunos que pretenderem utilizar os serviços mencionados, poderão informar-se nas suas escolas sobre o plano educativo do museu O museu oferece (programa anual de actividades dirigido à comunidade escolar com transporte e ingressos gratuitos) e dirigir-se pessoalmente, por escrito,telefonicamente,por fax ou por e-mail ao Museu Municipal Núcleo-Sede (Rua Serpa Pinto nº 65 2600-263,Vila Franca de Xira; Tel. 263 280350;Fax263 280358, e-mail museumunicipal@cm-vfxira.pt. Sitio na Internet www.museumunicipalvfxira.org (em construção). O horário das exposições é de Terça-feira a Domingo: 9h30m12h30m;14h-17h30m (Encerram às Segundas-feiras e feriados) São possíveis de desenvolver em conjunto com os diferentes agentes educativos, outros projectos, outras ideias, estando o museu disposto à inter-ajuda e partilha de experiências educativas, aguardando a equipa do Museu as vossas sugestões para novas iniciativas.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

5 5

Graça Soares Nunes


DESTAQUE

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira tomou desde logo consciência da importância

desta

medida,

considerando que a aprendizagem do Inglês no Primeiro Ciclo do Ensino Básico é essencial para a construção de uma consciência plurilingue e pluricultural, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência, bem como elemento fundamental de cidadania, enquanto desenvolvimento precoce de competências,no quadro da crescente mobilidade de pessoas no espaço da União Europeia. Nesse sentido, optou de imediato por candidatar a totalidade das Escolas EB1 do Concelho, garantindo assim que as aulas de Inglês abranjam todos os alunos do 3.º e 4.º anos, numa perspectiva de promoção da igualdade

Programa de Generalização do Ensino do Inglês para o 1.º Ciclo do Ensino Básico Está em curso, desde o início do Ano Lectivo 2005/2006, o Programa de Generalização do Ensino do Inglês para o 1.º Ciclo do Ensino Básico no

de oportunidades perante o sistema educativo.

Mediante a realização de concurso público, a leccionação do Inglês foi

Concelho de Vila Franca de Xira. Em conformidade com o Despacho n.º

adjudicada ao Instituto de Línguas “City

14.753/2005, de 5 de Julho, o Município apresentou a sua candidatura ao

School”, que ficou responsável pela

referido Programa junto do Ministério da Educação,em parceria com todos

colocação de todos os docentes nas

os Agrupamentos de Escolas do Concelho, propondo a sua aplicação em

respectivas Escolas, bem como o

todas as escolas públicas com 1.º Ciclo, e envolvendo no Programa cerca de 2.200 alunos.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

fornecimento de todo o material didáctico e de apoio aos alunos.


DESTAQUE

A Câmara Municipal deVila Franca de Xira tomou desde logo consciência

Evolução da Implementação

da importância desta medida,considerando que a aprendizagem do Inglês

O Ensino do Inglês no Concelho de Vila Franca de

no Primeiro Ciclo do Ensino Básico é essencial para a construção de uma

Xira foi implementado à medida que as dificuldades

consciência plurilingue e pluricultural,de acordo com o Quadro Europeu

logísticas eram ultrapassadas.

Comum de Referência, bem como elemento fundamental de cidadania, enquanto desenvolvimento precoce de competências, no quadro da

Ao longo de todo o processo tem sido necessário,

crescente mobilidade de pessoas no espaço da União Europeia. Nesse

ocasionalmente, ajustar alguns aspectos da logística

sentido, optou de imediato por candidatar a totalidade das Escolas EB1

inicialmente programada, proporcionando assim as

do Concelho, garantindo assim que as aulas de Inglês abranjam todos os

melhores condições de ensino/aprendizagem aos

alunos do 3.º e 4.º anos, numa perspectiva de promoção da igualdade de

alunos. Para este efeito foi de especial importância o

oportunidades perante o sistema educativo.

envolvimento dos Conselhos Executivos dos Agrupamentos, assim como a disponibilidade e o

Mediante a realização de concurso público, a leccionação do Inglês foi

apoio das diversas entidades envolvidas. O interesse

adjudicada ao Instituto de Línguas “City School”, que ficou responsável

desta medida e a consciência generalizada da sua

pela colocação de todos os docentes nas respectivas Escolas, bem como

importância motivaram também os Pais e

o fornecimento de todo o material didáctico e de apoio aos alunos.

Encarregados de Educação a contactar por diversas

Dificuldades Logísticas

vezes a Câmara Municipal, solicitando esclareci-

A opção por candidatar todas as Escolas implicou que a concretização do

mentos e informações, e dando também algumas

Programa se revestisse desde logo de grandes dificuldades de natureza

sugestões que, em alguns casos, contribuíram para

logística, relacionadas sobretudo com o facto das aulas deverem ser

uma melhor operacionalização do Programa.

leccionadas em regime de complemento curricular. Tendo em conta a realidade do Município, em que 60 % das Escolas do 1.º Ciclo funcionam em regime de desdobramento de horário, esta determinação implicou

Filomena Serrazina

um esforço suplementar por parte da Autarquia e dos Agrupamentos de Escolas,procurando soluções logísticas que implicaram,em muitos casos, não só um investimento financeiro suplementar avultado, mas também a mobilização de recursos humanos adicionais e o estabelecimento de parcerias com as mais diversas entidades (ver caixa).

Os principais problemas aos quais foi necessário dar resposta relacionaram-se com a disponibilização de espaços para as aulas e/ou

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

7


DESTAQUE

Agrupamento

Parcerias

Tipo de Apoio

Sociedade Euterpe Alhandrense

Cedência de espaços de aulas e transportes (EB n.º 2 Alhandra Qt.ª Marquesa)

Clube Recreativo dos Cotovios

Fornecimento de refeições (EB1 dos Cotovios)

Junta de Freguesia de S. João dos Montes

Transporte de alunos (EB1 n.º 3 Qt.ª Subserra)

Centro Social para o Desenvolvimento do Sobralinho

Fornecimento de almoços (EB1 Sobralinho)

IAC Instituto de Apoio à Comunidade

Fornecimento de almoços (EB1 n.º 1 e n.º 2 Alhandra)

Pedro Jacques Magalhães

City School

Transporte de alunos (EB1Calhandriz)

Aristides de Sousa Mendes

Sociedade Euterpe Alhandrense

Transporte de alunos (EB1n.º1 e n.º 2 da Póvoa de Santa Iria)

Póvoa Dom Martinho

Sociedade Euterpe Alhandrense

Transporte de alunos (EB1n.º3 e n.º4 da Póvoa de Santa Iria)

ABEIV

Cedência de espaço de aulas e refeições (EB1 n.º 2 deVialonga)

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vialonga

Transporte dos alunos (EB1 n.º 2 de Vialonga)

IAC Instituto de Apoio à Comunidade

Fornecimento de Almoços (EB1 n.º 2 deVialonga)

Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira

Transporte dos alunos (EB1 n.º 5 de VFX)

Junta de Freguesia das Cachoeiras

Transporte dos alunos (EB1 das Cachoeiras)

CBEI

Serviço de refeições (EB1 Álvaro Guerra)

Escola Secundária Prof. Reynaldo dos Santos

Cedência de espaço de aulas e refeições (EB1 n.º 3 deVFX)

Alhandra,Sobralinho e São João dos Montes

Vialonga

Dr.Vasco Moniz

Dr. Sousa Martins

Agradecimento A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira aproveita esta oportunidade para agradecer a disponibilidade de colaboração manifestada pelas entidades que abaixo indicamos. Em alguns casos não foi possível estabelecer as parcerias, noutros a mesma deixou de ser pertinente, face a outras opções entretanto tomadas. Fica, no entanto registada a total abertura para analisar os problemas que se colocaram, e o espírito de solidariedade e cooperação que todas demonstraram,em prol da qualidade de vida dos nossos alunos: APS Associação de Promoção Social de Alhandra; ARIPSI Associação de Reformados e Idosos da Póvoa de Santa Iria; ABEI Associação para o Bem-Estar Infantil de Vila Franca de Xira; APAC Associação Popular de Apoio à Criança; Escola Secundária de Alves Redol; Junta de Freguesia da Calhandriz; Junta de Freguesia da Póvoa de Santa Iria; Paróquia de Vila Franca de Xira; Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira; União Atlético Povoense; UDCAS - União Desportiva e Cultural da Aldeia do Sobralinho;

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com


Poder (Es) Colher

(Es)Colher PROJECTOS

(Es)Colher

"Poder (Es)Colher” é a designação do Projecto que aAPSDC - Associação para a Promoção da Saúde e Desenvolvimento Comunitário está a promover, em parceria com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, a Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, a Escola EB1 de Povos e a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, no Bairro Municipal de Povos,no Centro Comunitário. O Projecto,que tem como entidade financiadora o Programa Escolhas, 2ª Geração, completou no passado mês de Novembro um ano de execução, durante o qual foi possível a implementação de um conjunto alargado de actividades, criando, desta forma, uma resposta integrada ao nível das necessidades psicossociais das crianças, jovens e famílias residentes neste Bairro, que pretende contribuir para a sua integração social e comunitária.

Sendo que uma das principais preocupações do Projecto se relaciona com o insucesso e abandono escolar precoce, uma das vertentes mais importantes da intervenção ao nível das crianças do 1.º Ciclo passa por acções como o Apoio Escolar, Ateliers de Apoio Pedagógico nas áreas da Língua Portuguesa,Matemática e Expressões Plástica, Musical, Fisíco-motora e Dramática, Apoios Pedagógicos Individualizados, dinamização de Programas de Métodos e Hábitos de Estudo, de Desenvolvimento de Competências Pessoais e Sociais e Apoio Psicológico.A articulação com Escola Básica de Povos tem sido, neste aspecto, um dos principais factores de sucesso da intervenção,quer ao nível da sinalização de situações,quer ao nível da (re)definição de estratégias e metodologias de acção, assim como do follow-up dos casos e da avaliação. Em relação aos 2.º e 3.º ciclos de escolaridade, para além dos apoios acima referidos, tem-se igualmente apostado na criação de Grupos de Jovens, como o Clube de Jovens e Clube de Raparigas, através dos quais, não apenas se trabalham as suas competências pessoais e sociais,mas também se vão criando condições para a sua organização enquanto grupos autónomos e capazes de serem agentes dinamizadores da comunidade onde se inserem. O Programa de Tutoria, que consiste no acompanhamento dos percursos de vida dos jovens, designadamente daqueles que se encontram em situação de risco, é também uma aposta deste Projecto,programa este que é desenvolvido em contexto escolar. A importância da implicação e envolvimento dos pais/familiares nos percursos de vida dos filhos constitui-se, também, num objectivo fulcral deste projecto. A implementação de um Gabinete de Aconselhamento Parental, assim como a criação de um Grupo de Mães,com as quais,entre outras actividades,se dinamiza um grupo de STEP, são estratégias que visam a promoção das competências parentais e a melhoria das dinâmicas familiares. O Projecto desenvolve, ainda, actividades no âmbito das Tecnologias da Informação e Comunicação, através de cursos de formação dirigidas a criança, jovens e adultos. No Centro Comunitário de Povos, a população em geral tem, igualmente, acesso livre aos computadores no Centro de Inclusão Digital. A dinâmica criada com este Projecto é largamente reconhecida pelos parceiros envolvidos, mas também pelas populações, crianças, jovens e adultos, que cada vez mais recorrem ao Centro Comunitário, procurando respostas, mas também oferecendo apoio, e "aprendendo a Poder (Es)Colher experiências e aprendizagens".

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Helena Seita Gonçalves

9


INICIATIVAS

CONCURSO

CONCURSO para

Ilustrar a Agenda Escolar

A Divisão de Educação e Juventude lançou, em 2006, um novo desafio aos Agrupamentos Verticais de Escolas do Concelho deVila Franca de Xira, designadamente às escolas do pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico que os constituem: trata-se do concurso com vista à criação das imagens que irão ilustrar a Agenda Escolar do Ano Lectivo

?

2006/2007. OsAgrupamentos de Escolas poderão optar pelos temas“As Estações do Ano”, “O Concelho de Vila Franca de Xira” ou “O Ambiente”, e apresentar as suas propostas de ilustração, num total de 10 ilustrações por cada conjunto de trabalhos a concurso, em resultado da parceria entre a totalidade ou parte das escolas do Pré-Escolar e do 1º Ciclo que os constituem. Os trabalhos a concurso deverão ser remetidos à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira (Departamento de Educação Juventude, Desporto e Equipamentos) pelos respectivosAgrupamentos de Escolas,até ao dia 17 de Março de 2006. Sendo o convite, nesta edição da Agenda Escolar, dirigido às Escolas da rede pública do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo, perspectiva-se a continuidade deste concurso nos próximos anos lectivos, desta feita propondo a participação das EB 2,3 e,posteriormente,das Escolas Secundárias do Concelho.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Para mais informações, consulte as Normas de Participação, ou contacte a Divisão de Educação e Juventude (Tel.: 263 287 629; mail: educacao@cmvfxira.pt). Contamos com a vossa participação!


BREVES Gabinete de Orientação Escolar e Profissional

Jantar de Homenagem a Professores Jubilados

TIC nas Escolas EB1

A Homenagem a Professores Jubilados realizou-se no passado dia 18 de Novembro na Quinta Municipal do Sobralinho, num jantar dedicado a todas as educadoras de infância e professoras do 1.º Ciclo do Ensino Básico da rede pública,que cessaram funções no decurso do ano lectivo 2004/2005. A iniciativa, promovida pela Divisão de Educação e Juventude desta Autarquia, teve como principal objectivo o reconhecimento pelo trabalho destes docentes em prol da melhoria do ensino/aprendizagem no Concelho deVila Franca de Xira. Para além das homenageadas, o jantar contou com as presenças da Presidente da Câmara Municipal, Maria da Luz Rosinha, a Vereadora do Pelouro da Educação, Dr.ª Maria da Conceição Santos, bem como os restantes eleitos municipais. Marcaram também presença representantes das Juntas de Freguesia onde existiam docentes jubilados e representantes dos Conselhos Executivos dos agrupamentos de escolas, a cujos quadros as homenageadas pertenciam. A animação esteve a cargo da Escola de Danças de Salão do Juventude da Castanheira. A.P.C.

No passado dia 17 de Novembro decorreu uma reunião com todos os Agrupamentos de Escolas do Concelho, onde se deu conta da evolução da implementação das TIC Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas EB1 do Concelho. Decorrida que está a primeira fase do processo, no âmbito da candidatura à medida 9 do PRODEP, foram instalados, por sala de aula, um total de 153 computadores, estando também distribuído pelas Escolas todo o software educativo. Está ainda prevista a aquisição de impressoras multifuncionais, cuja aquisição carece de uma reformulação da candidatura do Município. Ao abrigo do Programa POSI,está já aprovado e em fase de aquisição, para cada um dos Jardins de Infância, um computador, uma impressora e software educativo. O programa contempla ainda seguros, aquisição de tinteiros e acções de formação. Está também em fase de conclusão todo o processo que permitiu às Escolas EB1 do Concelho a migração para a banda larga. A Autarquia permanece empenhada no desenvolvimento de esforços que permitam dotar todos os estabelecimentos da rede pública do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo com uma estrutura de rede adequada, incluindo-se neste âmbito a criação de um grupo de Messenger que facilite a comunicação dentro de cada Escola e entre Escolas. Paralelamente, está em curso o processo que permitirá a recolha, por parte do Município, do material informático das Escolas que se encontra obsoleto. E.D.

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

O Gabinete de Orientação Escolar e Profissional da Divisão de Educação e Juventude do Município de Vila Franca de Xira, coloca, também este ano lectivo, à disposição dos jovens do Concelho a possibilidade de realizarem o seu processo de orientação vocacional ou, mais simplesmente, de efectuarem as suas pesquisas no âmbito da informação escolar e profissional. Realiza igualmente sessões de informação, mensais, destinadas a pais e/ou encarregados de educação, visando proporcionarlhes um melhor conhecimento do sistema educativo e dos factores determinantes das escolhas vocacionais, por forma a que as famílias melhor possam auxiliar os seus educandos no seu processo de tomada de decisão. C.L.

Acção de Formação “Dificuldades no português escrito-serão todos disléxicos?” Visando fomentar um melhor c o n he c i m e n t o, b em c o m o, identificar estratégias de inter venção no âmbito dos problemas associados à leitura e à escrita, junto dos professores do ensino básico das escolas do Concelho, o Centro de Recursos e deAnimação Educativa,em parceria com a Associação dos Professores de Português, promove, no próximo mês de Março, a acção de fo rm ação “D if ic uld ade s no português escrito - serão todos disléxicos?”. C.L.


No âmbito da candidatura ao PRODEP III - Acção 9.2 - Conteúdos Educativos Multimédia,a Câmara Municipal deVila Franca de Xira adquiriu e distribuiu,nas Escolas do 1º Ciclo do Concelho, um conjunto diversificado de software, do qual destacamos:

MONTRA

Clube de Inglês Floresta Encantada

Clube de Matemática Floresta Encantada

A Fábrica da Internet

Escrita com Símbolos

Na sociedade actual, saber falar inglês é fundamental.O inglês é tão importante na escola como no diaa-dia. Por isso, é muito importante que os primeiros passos na aprendizagem desta nova língua sejam uma experiência estimulante e divertida. É este o objectivo do Clube de Inglês.

O software educativo do Clube de Matemática foi concebido de forma a transformar a aprendizagem numa experiência estimulan te e diver tida e , simultaneamente,desenvolver uma atitude positiva face à Matemática. Aqui os jovens utilizadores encont ram um ambien-te agradável e de fácil utilização, no qual vão aprender os números e familiarizar-se com conceitos matemáticos elementares através de actividades divertidas.

Com a Fábrica da Internet vais desvendar todos os segredos do incrível mundo da Internet e construir a tua própria páginaWeb de uma forma simples e criativa!

Este software destina-se a instituições, professores, pais e educadores que desenvolvam actividades com crianças e adultos com dificuldades de aprendizagem, e que possam reconhecer as potencialidades da utilização de símbolos no seu trabalho. Procurase explicar o que são símbolos, como podem ser úteis e como identificar as principais questões relacionadas com a utilização de símbolos.

O Clube de Inglês assegura uma aprendizagem progressiva desde as primeiras letras até à leitura e interpretação de histórias simples; a c ri anç a será c apaz de compreender os rudimentos do inglês oral e de se expressar utilizando vocabulário básico. A linguagem é utilizada de forma natural, os jovens utilizadores ouvem e lêem canções, poemas, histórias e instruções. São também fornecidas pistas que os ajudam a interpretar o que ouvem e lêem. Letras e sons, assim como palavras, expressões simples e expressões idiomáticas são ensinados sistematicamente ao longo do programa. To das es tas etapas for am estruturadas tirando o máximo partido das potencialidades do multimédia. Vídeos, animações, canções, desenhos, locuções, efeitos sonoros e simpáticas personagens são elementos integrantes desta aplicação que se revela uma experiência de aprendizagem muito especial. Clube de Inglês: iniciação à língua inglesa [DVDROM]. Porto : Porto Editora, 2001. (A floresta encantada).ISBN 972-0-67209-9

12 12

A matéria é abordada de diversas formas e os exemplos utilizados definem com precisão conceitos e operações matemáticos, ao mesmo tempo que incitam à participação activa da criança. As reac çõ es das p er so n agen s fornecem uma explicação lógica para os mais novos, orientando-os no sentido da resposta correcta. O grau de dificuldade aumenta ao longo do programa, à medida que os exercícios evoluem a vários níveis: do simples ao complexo, do intuitivo ao operacional e do real ao simbólico. Neste aspecto, o Clube de Matemática adapta-se às necessidades das crianças mais pequenas, independentemente da fase de desenvolvimento em que se encontram,do seu desempenho ou do seu ritmo de aprendizagem.

NosTutoriais,o Meg@Pixel vai darte as dicas necessárias para te tornares num excelente cibernauta. Torna-te um perito na Internet! Põe à prova os teus novos conhecimen-tos no divertido Jogo de perguntas e respostas do Meg@Pixel! O f an t ást ic o s of t ware de construção de páginas Web permite-te construir o teu próprio site, ao teu ritmo e à tua maneira! O limite é a tua imaginação! A fábrica da internet [CD-ROM). Porto : Porto Editora, 2002.ISBN 972-0-67404-0

Nota: Se a sua Escola não foi contemplada com este software, poderá efectuar a requisição na Biblioteca de Ciências da Educação do CRAE.

Clube de Matemática: um programa completo de iniciação à matemática [CD-ROM]. Porto : Porto Editora, 2000. (A floresta encantada). ISBN 972-067301-X

Estes e outros recursos podem ser requisitados por qualquer docente, no CRAE Centro de Recursos e Animação Educativa

PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com

Símbolos - a quem podem ajudar? - Crianças até aos 6 anos,que ainda não utilizam a linguagem escrita p odem c omeçar a ler ao reconhecer e ordenar imagens para comunicar ideias. - Crianças com dificuldades de reconhecimento de palavras, soletração ou compreensão, ou que simplesmente necessitem de motivação para escrever podem ser estimuladas e auxiliadas através das imagens, dos símbolos e do som (ex:crianças com dislexia). -Adultos e jovens com dificuldades de aprendizagem podem utilizar símbolos como forma de acesso à leitura e à escrita, adquirindo assim independência e autonomia. - Pessoas que utilizam sistemas de comunicação aumentativa e alternativa (CAA) como recursos normais de comunicação. Escrita com símbolos [CD-ROM]. Monte Formoso : CNOTINFOR, 2002


Publicação "CREARE"  

Nº 25 (Janeiro '06)

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you