Page 1

BioXira OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO 2012

N.º 7 Câmara Municipal de Vila Franca de Xira

EDITORIAL

Car@s munícipes, Convido-os a conhecer mais uma Bioxira, onde salientamos diversas atividades realizadas no âmbito do ambiente e sustentabilidade no nosso concelho. Destaque para a conclusão do processo do Orçamento Participativo para 2012|2013 que registou, nas diferentes etapas, um aumento significativo de participantes. A participação pública e ativa é um caminho que pretendemos aprofundar pela importância que assume no que à responsabilização das comunidades diz respeito. Aproveito ainda para desejar um 2013, ambientalmente mais sustentável!

O Vereador Fernando Paulo Ferreira

nesta edição Editorial...........................................................1 Orçamento Participativo 2012|2013.......................................................1 HORTA & JARDIM......................................2 Receita do mês QUINTAS MUNICIPAIS.............................3 Dia Mundial do Animal..............................3 Dia Mundial da Bolota...............................3 A Sustentabilidade da Produção Alimentar........................................................3 Dia Nacional do Mar...................................4 Fins de Tarde de Subserra.........................4 AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE.............................5 Colheita da Azeitona..................................5 Florestar Portugal........................................5 Eco Escolas 2011/2012..............................6 Vila Franca de Xira Município Verde.....6 ÚLTIMAS NOTÍCIAS...................................7 Inauguração do EVOA...............................7 Presépios na Quinta...................................7 AGENDA

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2012|2013

C

om o objetivo de apelar à participação cívica nas decisões sobre as principais prioridades para as freguesias, o município de Vila Franca de Xira implementou em 2011 o projeto Orçamento Participativo. Este consistia num projeto piloto que abrangia as quatro freguesias mais populosas do concelho, designadamente Alverca do Ribatejo, Póvoa de Santa Iria, Vialonga e Vila Franca de Xira. No ano 2012 alargou-se este projeto a todas as freguesias do concelho. Numa fase inicial, realizaram-

-se sessões participativas em todas as freguesias, com o objetivo de apresentar esta iniciativa e de priorizar as propostas de investimento para cada uma delas. Posteriormente, os cidadãos apresentaram as suas ideias que foram convertidas em 20 projetos de investimento, os quais foram postos a votação na fase seguinte que decorreu de 1 de outubro a 15 de novembro. Dessa votação obtiveram-se os seguintes resultados:

BioDica Evite usar pesticidas e utilize um pano molhado em água com sabão para limpar as suas plantas.

1


BioXira

BioXira

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

HORTA & JARDIM

Horta: FAVAS

A

s favas (Vicia faba) são leguminosas, que produzem vagens grandes, onde se formam as sementes. Esta planta produz flores grandes, brancas ou cor-de-rosa e pode alcançar 1,20 m de altura. Embora se desconheça ao certo a sua origem, aponta-se que tenha sido no norte de África. É um alimento muito utilizado na dieta mediterrânica, especialmente como acompanhamento, sendo rico em proteínas, hidratos de carbonos e fibras, tendo ainda um teor de ferro e vitaminas B.

Como cultivar: As favas devem semear-se no outono/inverno, em solos argilosos e ricos em húmus, com sulcos separados cerca de 40 a 60 cm. Antes de semear, aconselha-se a deixar as sementes de fava 24 horas de molho para facilitar a germinação. Posteriormente, não requer muitos cuidados, além da rega regular. Embora esta planta tolere temperaturas relativamente elevadas, consegue-se uma colheita mais abundante se estiver exposta a temperaturas inferiores a 15ºC.

Jardim de Cheiros: cOENTROS

C

oriandrum sativum, mais conhecido como coentro, é uma planta aromática herbácea, originária do sul da Europa e do Médio Oriente. Também dominado por salsa árabe ou chinesa, apresenta flores brancas que emanam um odor muito agradável. Toda a planta é comestível, desde a semente às folhas, sendo estas muito utilizadas na cozinha, como tempero ou condimento, em açordas, sopas ou saladas. Como cultivar: Deve plantar as sementes num solo fértil e bem drenado, a 1 cm de profundidade e com 10 cm de distância entre cada semente.

É uma planta sensível que requer alguns cuidados: deve ser regada com pouca água, várias vezes por semana, e deve estar preferencialmente num local onde receba sol de manhã e sombra à tarde. Propriedades medicinais: Podem utilizar-se na prevenção de gripes e constipações e têm uma ação bactericida e fungicida. As sementes desta planta estimulam o apetite e têm ainda propriedades digestivas, antissépticas e calmantes, além de possuir efeito afrodisíaco. Os coentros eram utilizados no antigo Egipto no alívio de dores das articulações e reumatismos.

Receita do mês Favas de coentrada

2

Ingredientes:

Modo de preparação:

- 750 g de favas - 1 molho de coentros - 5 dentes de alho - 100 ml de vinho branco - 100 ml de azeite - 20 ml de molho de soja - Sal e pimenta q.b.

Coza as favas em água temperada com sal. Escorra e reserve. Aqueça o azeite num tacho e junte os dentes de alho e os coentros picados. Deixe refogar. Acrescente as favas, o vinho branco, o molho de soja e a pimenta e deixe levantar fervura. Retire do lume e polvilhe com coentros.

2


BioXira OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

QUINTAS MUNICIPAIS Dia Mundial do Animal

Fig. 1: Ações de sensibilização para a recolha de dejetos.

C

om o objetivo de assinalar o Dia Mundial do Animal (4 de outubro), o município de Vila Franca de Xira, em parceria com a associação “Kausa Animal Portugal”, realizou no dia 13 de outubro, na Quinta Municipal da Piedade, uma iniciativa para promover a proteção dos animais e para

alertar a população para os riscos inerentes à poluição causada pelos dejetos de animais. Salienta-se que já tinham sido realizadas duas campanhas de sensibilização, também na Quinta Municipal da Piedade, nos meses de maio e junho. Estas ações tiveram como objetivo apelar à

colaboração dos proprietários de canídeos na recolha dos dejetos, utilizando os sacos disponíveis em dispensadores próprios. Na ausência dos dispensadores de sacos, pode sempre levar um saco quando for passear o seu cão, salvaguardando assim a saúde pública.

Dia Mundial da Bolota

N

o passado dia 09 de novembro comemorou-se o Dia Mundial da Bolota através da iniciativa “À Coca da Bolota”. A atividade consistiu na recolha de sementes/bolotas nos matos da Quinta Municipal do Sobralinho e triagem das sementes/ bolotas recolhidas. De seguida, procedeu-se à iniciação do respetivo

processo de germinação, para posterior sementeira no Dia Nacional da Floresta Autóctone (23 de novembro). Para a realização desta iniciativa, estiveram presentes 70 alunos e alguns colaboradores da EB1 do Sobralinho.

Fig. 2: Fotografias da atividade “À Coca da Bolota”.

A Sustentabilidade da Produção Alimentar Integrada no projeto “Aprender nas Quintas” e na rubrica “Sabores e Aromas da Vinha”, no passado dia 15 de novembro decorreu, no Salão do Palácio da Quinta Municipal de Subserra, a atividade “A Sustentabilidade da Produção Alimentar”.

Os cerca de 50 participantes assistiram a uma apresentação sobre esta temática, que focou as preocupações relacionadas com a sustentabilidade da alimentação no século XXI.

3


BioXira

BioXira

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

QUINTAS MUNICIPAIS Dia Nacional do Mar

Fig. 3: Fotografias do decorrer da iniciativa.

P

ara comemorar o Dia Nacional do Mar, realizou-se a iniciativa “Vem conhecer o Mar da Subserra”, no passado dia 16 de novembro. Esta iniciativa, inserida no âmbito da dinamização cultural da Quinta Municipal de Sub-

serra e integrada na rubrica Fins de Tarde de Subserra, contou com a presença 50 alunos do ensino básico e 3 docentes do colégio “O Cocas”. O evento reuniu uma mostra de fósseis encontrados na Quinta Municipal de Subserra

e zona circundante, e teve a colaboração técnica da Dra. Anabela Ferreira do Museu Municipal núcleo de Alverca, que explicou a formação dos fósseis, identificando-os e situando-os no seu período geológico.

Fins de Tarde de Subserra

A

rubrica Fins de Tarde de Subserra prossegue com a uma programação diversificada. Assim, no passado dia 25 de novembro decorreu o “Concerto de Outono”, que contou com a presença do Coro do Ateneu Vilafranquense acompanhado ao piano, tendo também sido efetuada a leitura de poesia intercalada com a participação dos alunos de guitarra dos professores Carlos Braz e Rúben Maurício. No decurso do evento, foram dadas algumas referências da vida e obra dos compositores escolhidos. Os cânticos que constituíram o programa apresentado pelo coro fo-

a)

ram alusivos a compositores desde o século XV, e as peças musicais dos alunos de guitarra foram conjugadas com leitura de poesia variada. Já no dia 2 de dezembro realizou-se a peça de teatro “T’Ulisses”, construída a partir do livro de Maria Alberta Meneres. A peça foi interpretada pelo grupo Teatro do Zero, do Ateneu Artístico Vilafranquense. Ainda em dezembro, no dia 9, decorreu o “Concerto de Natal”, um vasto reportório de peças apresentado pelo coro de canto à capela da Sociedade Euterpe Alhandrense.

b)

c)

Fig. 4: Fotografias do decorrer do “Concerto de outono” (a), da peça “T’Ulisses” (b) e do “Concerto de Natal” (c).

BioDicas • NÃO ENCHA DEMASIADO O SEU FRIGORÍFICO PARA O AR PODER CIRCULAR LIVREMENTE ENTRE OS ALIMENTOS. • DEIXE OS COZINHADOS ARREFECEREM ANTES DE OS GUARDAR NO FRIGORÍFICO OU NO CONGELADOR.

4

•Q  UANDO CONGELAR ALIMENTOS, IDENTIFIQUE-OS E DATE-OS PARA EVITAR PERDER MUITO TEMPO A PROCURA O QUE PRECISA – ASSIM, REDUZ O TEMPO QUE TEM A PORTA DO CONGELADOR ABERTA, O QUE PERMITE POUPAR ENERGIA.

• SEJA SOLIDÁRIO E DOE LIVROS, BRINQUEDOS OU OUTROS OBJETOS QUE JÁ NÃO UTILIZA, MAS QUE SE ENCONTREM EM BOAS CONDIÇÕES, A HOSPITAIS, INSTITUIÇÕES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL E OUTRAS ORGANIZAÇÕES DE BENEFICÊNCIA.

4


BioXira OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Colheita da Azeitona

Fig. 5: Fotografias do peddy-paper e da colheita de azeitona.

C

om o objetivo de partilhar saberes entre gerações e reavivar memórias sobre a safra da azeitona, no passado dia 21 de novembro realizou-se uma atividade no Parque Urbano Luís César Pereira, em Vila Franca de Xira, relacionada com esta temática. Esta iniciativa contou com a presença de cerca de 50 participantes,

duas turmas da escola EB1 Álvaro Guerra e alguns elementos da Comissão de Reformados e Pensionistas da Freguesia de Vila Franca de Xira, e consistiu num peddy-paper no qual os grupos tinham de responder a questões e realizar algumas atividades, entre as quais, colher azeitonas em várias oliveiras situadas ao longo do percurso.

Florestar Portugal

Fig. 6: Fotografias da iniciativa Florestar Portugal.

O

município de Vila Franca de Xira aderiu ao movimento nacional “Florestar Portugal”, uma iniciativa da Associação Mãos à Obra Portugal, com o objetivo de plantar árvores autóctones em todo o território nacional. Este evento teve o apoio de diversas entidades que estabeleceram uma parceria com vista à criação do programa de incentivo à reflorestação, com espécies características

Fig. 7: Fotografias da iniciativa Florestar na Escola.

da floresta autóctone portuguesa, designado “FLORESTA COMUM”, que pretende contribuir ativamente para a reflorestação das nossas áreas florestais e assim aproximar todos os cidadãos da Floresta. Neste sentido, no dia 23 de novembro, Dia Nacional da Floresta Autóctone, decorreu nos viveiros da Quinta Municipal da Piedade a atividade “Florestar na Escola”, que consistiu na explicação e experimentação prática

do processo de germinação de bolotas/sementes (arbustivas e arbóreas) fomentando a propagação e desenvolvimento de espécies autóctones. Já no dia 24 de novembro, realizou-se a iniciativa “Florestar Portugal”, no Parque Urbano Dr. Luís César Pereira, onde vários voluntários plantaram mais de 100 carvalhos. As duas atividades contaram com a presença de cerca de 230 participantes.

5


BioXira

BioXira

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Eco Escolas 2011/2012

O

Eco Escolas é um programa promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa que pretende fomentar ações de educação ambiental e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas nessa âmbito. Para tal, fornece metodologia, formação, materiais pedagógicos, apoio e enquadramento ao trabalho desenvolvido pela escola.

No ano letivo 2011/2012 foram galardoadas duas instituições do concelho de Vila Franca de Xira, designadamente: - Escola Secundária Alves Redol - Colégio José Álvaro Vidal – Fundação CEBI. Salienta-se que estão inscritas oito escolas do concelho de Vila Franca de Xira para o programa referente ao ano letivo 2012/2013.

Vila Franca de Xira – Município Verde

O

programa ECO XXI é uma iniciativa desenvolvida pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), com o objetivo de reconhecer boas práticas promovidas pelos municípios, que fomentem o desenvolvimento sustentável, assente na educação e qualidade ambientais. Neste sentido, são valorizados diversos indicadores, dos quais se destacam educação ambiental, participação pública, conservação da natureza e ordenamento do território, qualidade do ar, da água e do ambiente sonoro, recolha e valorização de resíduos urbanos, energia, mobilidade sustentável e agricultura e turismo sustentável. Após uma rigorosa avaliação por parte de uma Comissão Nacional, que inclui diversas entidades de renome, o envolvimento dos

municípios na implementação de programas que contribuam para sustentabilidade, é valorizado através da atribuição de uma medalha, de um diploma e de uma bandeira verde, sendo que obtenção dos três galardões corresponde ao alcance dos objetivos definidos pela ABAE. Pelo segundo ano consecutivo, o Município de Vila Franca de Xira alcançou a pontuação necessária para a atribuição da Bandeira Verde, o que reflete o empenho da autarquia em fomentar boas práticas ambientais, através da adoção de mudanças estruturais que contribuam para um desenvolvimento sustentável. Dos vários projetos implementados pelo Município na área da sustentabilidade, salientam-se os seguintes:

• Projeto de gestão de recursos hídricos, com o objetivo de racionalizar o uso de água potável; • Adoção de lâmpadas LED na sinalização semafórica e em parte da iluminação pública; • Projetos de plantação de árvores, o que permite aumentar a biodiversidade e captação de dióxido de carbono; • Hortas Urbanas – criação de um espaço que permite o cultivo próprio e fomenta o contacto com a natureza; • Incremento dos projetos do Programa de Educação Ambiental (PREDAMB), em especial da comemoração de efemérides, o que permite sensibilizar um maior número de cidadãos para as questões ambientais; • Pedalada pelo Ambiente – esta iniciativa realiza-se desde 2008 e pretende promover o uso de transportes alternativos; • Realização de seminários de cariz ambiental, alusivos a uma temática específica, com o objetivo de dar a conhecer projetos e ações inovadores dessa área.

6

6


BioXira OUTUBRO | NOVEMBRO | DEZEMBRO 2012 | N.º 7

ÚLTIMAS NOTÍCIAS Inauguração do EVOA

O

Espaço de Visitação e Observação de Aves (EVOA) da Lezíria inaugurou no passado dia 1 de dezembro. Este projeto, da “Companhia das Lezírias”, tem entre outros, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira como parceira, e tem como objetivo a divulgação e conservação da avifauna do Estuário do Tejo e da Lezíria de Vila Franca de Xira enquadrada nos habitats naturais e agrícolas de que depende. Não perca a próxima edição da Bioxira, onde iremos aprofundar mais este projeto.

Presépios na Quinta

P

ara assinalar a época natalícia, o Município de Vila Franca de Xira convidou o agrupamento de escolas de Póvoa de Santa Iria a desafiar os alunos do 1.º e 2.º ciclos a elaborarem presépios com recurso ao aproveitamento de resíduos ou outros materiais. Os presépio elaborados estiveram patentes numa exposição temporária na Quinta Municipal da Piedade.

03. Dia Mundial da Arquitetura 04. Dia Mundial do Animal 08. Dia Europeu do Turismo 16. Dia Mundial da Alimentação 24. Dia das Nações Unidas 27. “Música na Quinta” Qta Municipal da Piedade

06. Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Meio Ambiente em Tempos de Guerra e Conflito Armado 09. Dia Mundial da Bolota 16. Dia Nacional do Mar 23. Dia Nacional da Floresta Autóctone 25. “Música na Quinta” Qta Municipal da Piedade - Concerto de Outono Qta de Subserra

DEZEMBRO

01. Dia Nacional da Água - Dia Mundial da Música - Dia Mundial do Habitat

NOVEMBRO

OUTUBRO

aconteceu... 02. Teatro “T’Ulisses” Qta de Subserra 05. Dia Mundial do Solo 09. Concerto de Natal Qta de Subserra 10. Dia dos Direitos Humanos 15. “Música na Quinta” Qta Municipal da Piedade 18. Dia Internacional dos Migrantes 20. Dia Internacional da Solidariedade 25. Natal

MUNICIPIO DE VILA FRANCA DE XIRA DIVISÃO DE QUINTAS MUNICIPAIS E ESPAÇOS DE LAZER | DIVISÃO DE AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Tel: 263 285 603 | Fax: 263 287 605 Correio eletrónico: zonasverdes@cm-vfxira.pt ambiente@cm-vfxira.pt

7

BioXira  

Newsletter N.º 7 - Outubro/Novembro/Dezembro 2012