Page 1

p. 15

distribuição gratuita

Valorização da Pedreira do Avelino p. 8 | Cafetaria no Parque da Vila

informação . participação . cidadania | Edição da Câmara Municipal de Sesimbra | abr.Mai.2011

ETAR Lagoa-Meco entra em funcionamento em Maio

Uma revolução ambiental p. 16 e 17

CIPA: Associa-te Lagoa de Albufeira: a esta ideia! AUGI 9 em consulta pública p. 11

p. 14


sumário

ficha técnica

16

Edição e Propriedade

Câmara Municipal de Sesimbra DIRECTOR

Augusto Pólvora

(Presidente da Câmara Municipal)

ETAR Lagoa-Meco

cOORDENAÇÃO, REDACÇÃO, PAGINAÇÃO, FOTOGRAFIA, REVISÃO E SECRETARIADO

Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal Avenida da Liberdade, n.º 7 2970-635 Sesimbra Telefone: 21 228 85 90 Fax: 21 228 86 87 E-mail: girp@cm-sesimbra.pt

22

DESIGN GRÁFICO

Rui Dias

(direcção de arte)

14

Requalificação no Castelo de Sesimbra

AUGI 9 da Lagoa em consulta pública

Bruno Campos

grande plano

no terreno

Raquel Santana

(paginação e infografia) (paginação)

4 . Viajando com Violeta

12 . Novos Jardins-de-infância

. Flashes

. Pavimentações no Conde 3

GIRP/CMS

. Controlo da população de gatos

. Renováveis e gestão eficiente

CAPA

. Campanha do Dia dos Namorados

dão resultados

PRÉ-IMPRESSÃO E IMPRESSÃo

aconteceu

. Mercado de Levante da Quinta do Conde

6 . Espaço Emprego e Formação

antevisão

. Sessão de esclarecimento

sobre manuseamento de carnes

. Sindicato abre delegação no Porto de Abrigo

centrais

. Sesimbra na BTL

. Projecto Prove distinguido

educação

FOTOGRAFIA

Foto: Rui João Rodrigues Jorge Fernandes, Ld.ª DISTRIBUIÇÃO

CTT

(via postal)

GIRP/CMS

(serviços públicos, colectividades, comércio e hotelaria) TIRAGEM

10 000 exemplares dEPÓSITO lEGAL

N.º 134399/99 ISSN

1646-6632 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Notas: O conteúdo integral ou parcial (textos e imagens) desta revista não pode ser reproduzido sem autorização expressa da Câmara Municipal. Os eventos divulgados em antecipação podem ser alterados por motivos imprevistos.

14 . AUGI 9 em consulta pública

. Cafetaria no Parque da Vila

16 . ETAR Lagoa-Meco

em destaque

8 . Valorização da Pedreira do Avelino

18 . No Trilho do Desafio

. Ateliês de Cerâmica

. Abertura da Lagoa de Albufeira

cidadania

. Permutas na Ribeira do Marchante

. Autarquia e Belas Artes

20 . Ateliês de Património e Cidadania . Assembleia Municipal de Jovens

renovam parceria

património

. Carlos Sargedas recebe Prémio Espichel

. Arrábida a Património Mundial . Visita aos edifícios históricos

22 . Reabertura do Centro

de Documentação Rafael Monteiro

carnaval

24 . Uma semana em festa

. Inauguração do CIPA

. Beneficiação do Espaço Solidário

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011


editorial

Uma autêntica revolução ambiental

11

26

e Inauguração do CIPA

Temporada de Música da Casa de Ópera

cultura

26 . Concerto comentado abre

Temporada de Música

turismo

27 . Congresso Nacional de Turismo

e Ambiente

tome nota

28 . Dia dos Monumentos e Sítios

. Férias Jovem 2011

. Feira do Livro da Quinta do Conde

. Mostra de Teatro Escolar

. Ond@Jovem

. Condecorações Municipais

. Dia do Pescador

. Prémio Científico

. Quinzena do Peixe-espada Preto

pessoas

30 . Maria Heliodora Carambola

. Município Online

utilidades

. Contactos úteis

31 . Farmácias de Serviço

m Maio entrará em funcionamento a ETAR Lagoa-Meco, tornando-se assim finalmente visível e utilizável uma parte significativa do enorme investimento feito no con- Augusto Pólvora celho nos últimos Presidente da Câmara três anos ao nível Trata-se de uma autêntica das infra-estruturas revolução em termos para encaminhaambientais, fundamental, mento e tratamento quer para a qualidade e vida de águas residuais. das nossas populações, Um investimento quer para o desenvolvimento que também pasturístico do concelho. sou por melhorias na ETAR de Sesimbra e incluiu ainda uma nova ETAR e respectivos emissários na Quinta do­ Conde, de dimensão su­pe­­­­rior à da Lagoa-Meco, e que iniciará a sua actividade também este ano. Ao mesmo tempo prosseguiu de forma sustentada a construção da rede de saneamento "em baixa" iniciada no Zambujal de Baixo em 2005, e que já cobre Alfarim, Meco, Torrões, Caixas e Zambujal de Cima, estendendo-se em breve à Fonte Esquerda e Lagoa de Albufeira. Até final do mandato alargaremos a rede de saneamento à Maçã, Faúlha, Pedreiras e Aiana, garantindo uma taxa de cobertura próxima dos 90 por cento da população servida com rede de efluentes tratados. É uma autêntica revolução em termos ambientais, fundamental, quer para a qualidade de vida das nossas populações, quer para o desenvolvimento turístico do concelho. É um investimento colossal assente parcialmente em fundos comunitários que, no caso dos projectos promovidos pela SIMARSUL, atinge os 30 por cento em termos globais da região, sendo os municípios responsáveis pelo financiamento restante através das tarifas pagas ao sistema multimunicipal. Ao contrário do que às vezes transparece não há qualquer financiamento governamental em todo este processo. No caso dos sistemas "em baixa", da responsabilidade directa do município, o investimento tem sido totalmente municipal, perspectivando-se agora o arranque de uma nova fase, que contará com um financiamento próximo dos 50 por cento do Fundo de Coesão da União Europeia, sendo Sesimbra o único município da região a conseguir este financiamento. É óbvio que este enorme esforço tem e terá reflexos sobre a capacidade financeira do município e o seu endividamento, mas há oportunidades que não passam duas vezes e esta é certamente uma aposta com futuro!

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011


Serviços Educativos

Viajando com Violeta

A Violeta e o seu gato passaram pelo palco do Cineteatro Municipal para partilhar com dezenas de pequenos ouvintes as aventuras e desventuras vividas durante uma fantástica viagem à China. Os dois amigos viajantes contaram histórias e levaram os mais novos ao outro lado do mundo através da imaginação. Protecção Civil

Crescer em Segurança

No âmbito do projecto Crescer em Segurança, o Serviço de Protecção Civil da Câmara Municipal vai dinamizar, a partir de Abril, acções de sensibilização direccionadas a crianças e jovens que frequentam a Biblioteca Municipal. As iniciativas decorrem nas primeiras sextas-feiras de cada mês, das 15 às 16 horas, e têm como objectivo alertar os mais novos para a adopção de comportamentos preventivos e de autoprotecção.

Ensino

Entrega de Bolsas de Estudo

O Auditório Conde de Ferreira acolhe, no dia 30 de Abril, a partir das 16 horas, a cerimónia de entrega de Bolsas de Estudo a estudantes carenciados do concelho, atribuídas pelo Rotary Clube de Sesimbra. Este ano serão entregues 30 bolsas para o ano lectivo 2010 – 2011 a alunos do ensino Secundário e Técnico-profissional, Politécnico e Universitário. Destas, 15 são patrocinadas pela Câmara Municipal e as restantes contam com apoio das juntas de freguesia, empresas e particulares.

Formação

Cursos na área das pescas

Estão abertas inscrições para os cursos de Comunicações Rádio-marítimas, Segurança Marítima, Primeiros Socorros Básicos a Bordo, Pescador e Arrais de Pesca. As acções estão a cargo do Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar (FOR-MAR). Os interessados podem inscrever-se no núcleo do FOR-MAR de Sesimbra, na Vila Pinto, Bairro Argéis, entre as 9 e as 17 horas, pelo telefone 21 228 07 60 ou pelo e-mail sesimbra@for-mar.pt.

Educação Centro de Novas Oportunidades

Alunos recebem certificados Perto de meia centena de alunos receberam, no final de Fevereiro, o certificado de conclusão do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências dos níveis básico e secundário. A cerimónia, que teve lugar no Centro de Estudos Culturais e de Acção Social Raio de Luz, contou com a presença de diversas individualidades, entre elas o presidente da Câmara Municipal, o Governador Civil do Distrito de Setúbal, o co-

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011

ordenador da equipa de apoio às escolas da Direcção Regional de Educação de Lisboa e o director do Centro de Recursos Educativos e Formação e Centro de Novas Oportunidades de Sesimbra. O CNO de Sesimbra entrou em funcionamento em 2008 e desde então já recebeu perto de três mil inscrições de jovens e adultos cujo objectivo é concluir o 4º, 6º, 9º ou o 12º ano, através da valorização da experiência adquirida ao longo da vida.


grande plano Gastronomia Concurso

Sesimbra concorre às 7 Maravilhas Espadarte de Cebolada, Mariscada de Sesimbra, Farinha Torrada e pão caseiro cozido em forno a lenha foram os produtos típicos que a Câmara Municipal apresentou ao concurso 7 Maravilhas da Gastronomia. O concelho de Sesimbra vai também estar representado na candidatura conjunta da Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal, com Caldeirada e Peixe-espada com Ervilhas.

flashes Artistas sesimbrenses em Espanha

Sesimbra no Salão Internacional da Alimentação

Manuela Marques, Lourdes Brites e Bruno Balegas voltaram a marcar presença na Viva-Arte – Exposição Internacional de Arte Contemporânea, que decorreu em Villafranca de Los Barrios, em Espanha.

O peixe-espada preto e o polvo da pesca artesanal de Sesimbra estiveram representados na Alimentária e Horexpo 2011, que decorreu no final de Março, na Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações.

Fotografia e documentário sobre a Arrábida

Zimbr’Arte na Praça da Califórnia

A Associação de Municípios da Região de Setúbal está a promover concursos de fotografia, curtas-me­tragens e documentário no âmbito da classificação da Arrábida a Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Mais informações em www.amrs.pt.

Devido ao encerramento da Fortaleza de Santiago para obras de reabilitação, a Feira das Artes e do Artesanato de Sesimbra decorre na Praça da Califórnia. Em Abril, o certame realiza-se excepcionalmente no dia 10, uma vez que o 4.º domingo coincide com a Páscoa.

Ribamar entre os melhores

O restaurante Ribamar vai participar na 4.ª edição do Peixe em Lisboa, um prestigiado acontecimento gastronómico que decorre entre 7 e 17 de Abril no Páteo da Galé, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

Serra da Arrábida

Expedição fez escala em Sesimbra

Sesimbra recebeu os participantes de uma expedição humanitária que partiu de Barcelos com destino a Marrocos, composta por seis veículos de marca UMM e 12 participantes, entre os quais o fotógrafo sesimbrense Carlos Sargedas.

Associação Bianca Campanha

Controlo da população de gatos A Associação Bianca, em colaboração com a Câmara Municipal de Sesimbra, promove semanalmente, ao sábado, a esterilização de gatos vadios e errantes. O projecto, iniciado em Novembro de 2009, pretende controlar a população animal, reduzindo o número de animais vadios e os que se encontram em abrigos. Desde o início desta campanha foram recolhidos mais de 200 animais para esterilização. Acções como esta revestem-se de toda a importância para o controlo destas populações,

uma vez que uma gata e a sua descendência podem originar cerca de 420 mil novos animais. A esterilização, que tem um carácter definitivo, é feita maioritariamente nas fêmeas, sendo complementada com a injecção de uma dose de antibiótico de longa duração, que substitui a medicação oral. Aos animais esterilizados é cortada a ponta de uma das orelhas, procedimento completamente indolor, que permite distinguir facilmente os que já foram intervencionados dos que não

o foram, evitando desperdício com anestesias. O Beco da Fonte Nova, o Forte do Cavalo e Vale Paraíso são algumas das zo- nas onde a autarquia e a Bianca estão neste momento a actuar. A colaboração dos munícipes, tanto na captura como posteriormente no acolhimento destes animais é decisiva para o sucesso das acções.

Promoção Comércio Tradicional

Dia dos Namorados Rosa Carvalho, Miguel Gaboleiro, Mafalda de Jesus, Elisa Santos, Vera Figueiredo e Ondina Augusto foram os vencedores da campanha Dia dos Namorados, organizada pela Câmara Municipal de Sesimbra, em parceria com as associações de comerciantes do concelho, para dinamizar o comércio tradicional.

O passatempo, que contou com a participação de 205 estabelecimentos, consistiu na elaboração de uma frase alusiva à efeméride, com as palavras Sesimbra, namorar e a expressão A Vida é Bela. Os seis premiados vão receber um pacote I Love You, oferecido pela empresa A Vida é Bela.

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011


aconteceu Sesimbra Emprego e Formação

Feira recebeu cerca de 500 visitantes Três dezenas de entidades marcaram presença no evento Contribuir para a diminuição do desemprego e dar a conhecer as ofertas de trabalho e formação foram os objectivos de mais uma edição do certame. Cerca de três dezenas de entidades públicas e privadas, entre as quais Segurança Social, Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, Academia de Formação de Setúbal, Autoridade para as Condições de Trabalho e Gabinete de Apoio ao Empresário, estiveram presentes na 2ª edição do Espaço Emprego e Formação, que decorreu nos dias 17 e 18 de Fevereiro, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Sesimbra. Durante dois dias, cerca de quinhentos visitantes obtiveram informações úteis para a integração

Desempregados e jovens à procura do primeiro emprego procuraram apoio na feira

na vida activa e esclarecimentos no que respeita à formação académica e profissional. Além dos stands de divulgação, algumas

das entidades parceiras promoveram workshops subordinados à segurança, igualdade no trabalho, oportunidades de carreira e

empreendedorismo. A iniciativa voltou a revelar-se uma importante medida de combate ao desemprego no concelho.

Formação Manuseamento de Carnes

Sessão de esclarecimento A Câmara Municipal, em colaboração com técnicos do município do Seixal, promoveu, em Fevereiro, sessões de esclarecimento sobre requisitos higiénicos para o comércio e distribuição de carne e derivados. As acções abordaram a venda e distribuição de carne, doenças de origem alimentar, temperaturas de conservação e códigos de boas práticas e autocontrolo. «Estas sessões pretendem estimular as empresas para que cresçam com qualidade e percebam a autarquia não só como entidade fiscalizadora mas como parceiro, com uma abordagem pedagógica e de apoio técnico», explicou a vereadora do Pelouro do Gabinete Médico-veterinário, Carmen Cruz. Apesar de praticamente todos os estabelecimentos terem sido contactados, houve apenas oito participações, o que, segundo a vereadora, ficou aquém das expectativas. «Vamos apostar nos contactos directos com os co-

merciantes, para que percebam o interesse destas acções, e o que podem ganhar com o nosso aconselhamento técnico», garantiu. Daniel Amaro, que explora o talho do Mercado Municipal da Quinta do Conde, referiu que «embora algumas regras sejam difíceis de aplicar, como o uso de touca, por exemplo, as iniciativas são sempre muito úteis para nos mantermos informados». Para Carlos Penim, proprietário de dois talhos na freguesia do Castelo, «a sessão foi muito proveitosa, embora as exigências legais sejam difíceis de suportar». A intenção destas acções é exactamente indicar soluções correctas em termos legais, e ao mesmo tempo vantajosas em termos de custos. Segundo Carmen Cruz, «muitas vezes os comerciantes compram equipamentos caros porque acham que são a melhor opção, quando na realidade há soluções mais económicas que serviriam melhor.»

Pesca Porto de Abrigo

Sindicato abre delegação O Sindicato dos Trabalhadores de Pesca do Sul abriu, no dia 12 de Março, uma delegação no Porto de Abrigo de Sesimbra. Para Jorge Amorim, coordenador do Sindicato, «estas instalações permitem que o Sindicado esteja mais próximo da comunidade piscatória, para tentar resolver os problemas que afectam os seus profissionais». Já o presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, referiu que «a pesca faz parte da identidade sesimbrense e é fundamental para a economia do concelho

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011

porque faz movimentar outras actividades, como a restauração ou o turismo». O autarca sublinhou ainda o espírito de cooperação entre o Sindicato e os próprios armadores, afirmando que «estão unidos contra o ataque feroz a este sector, dirigido por parte do Governo e das instituições por si tuteladas». A inauguração das instalações contou também com a presença do vereador do Pelouro das Actividades Económicas, José Polido, representantes de várias entidades e pescadores.


aconteceu Reconhecimento

Prove volta a ser distinguido

Promoção do Município Bolsa de Turismo de Lisboa

Câmara Municipal promove destino Sesimbra esta foi a 6ª presença consecutiva na btl Dar possibilidade aos empresários locais de apresentarem os seus produtos num grande certame é um dos objectivos da participação.

mo de Lisboa. O stand, que surpreendeu pelas imagens apresentadas, voltou a dar destaque à riqueza natural do concelho e atraiu centenas de visitantes, que quiseram conhecer melhor a região e a oferta existente. Este ano, e pela primeira vez, para além da distribuição de material promocional, como folhetos, mapas da vila e informação sobre parceiros e operadores turísticos locais, a autarquia reali-

Afirmar Sesimbra como destino turístico durante os 365 dias do ano foi um dos objectivos da Câmara Municipal ao marcar presença, pela sexta vez consecutiva, na Bolsa de Turis-

zou dois passatempos e dedicou um espaço à Farinha Torrada, doce tradicional. As duas acções contribuíram para a dinamização do stand e para aumentar a afluência de público. A apresentação e distribuição da Farinha Torrada revelou-se um verdadeiro sucesso e muitos dos visitantes garantiram que é, por si só, motivo para visitar a região e descobrir a doçaria regional.

PROMAR

Maioria das candidaturas provém de Sesimbra Cerca de 80 por cento das candidaturas recebidas pela Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal (ADREPES), membro do Grupo de Acção Costeira (GAC) Além-Tejo, para fundos disponibilizados pelo PROMAR foram apresentadas por empresários e entidades do concelho de Sesimbra. No total, são 14 processos, dos quais apenas três não têm uma área de intervenção directa ou indirecta em Sesimbra. O investimento proposto pelas sete empresas e associações ronda os 750 mil euros e pretende modernizar o sector da pesca, bem como apoiar socialmente a comunidade piscatória. Além de 10 candidaturas directas, foi também apresentado um projecto, orçado em cerca de 50 mil euros, que tem como objectivo valorizar os recursos costeiros e ribeirinhos da Península. O Grupo de Acção Costeira, entidade composta

por municípios e outras entidades para gerir os fundos do PROMAR, tem por objectivo apresentar soluções sustentáveis para as zonas de pesca da Península e do litoral alentejano e é composto pelos municípios de Sesimbra, Alcochete, Montijo, Moita, Setúbal, Alcácer do Sal, Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Odemira. A Câmara Municipal de Sesimbra integra também o órgão de gestão do organismo. A ADREPES foi a entidade escolhida pelo GAC para gerir os fundos comunitários. Para os concelhos a dotação orçamental está estimada em 2,6 milhões de euros, cerca de 60 por cento do valor total, e incide em projectos que visem reforçar a competitividade das zonas de pesca e a valorização dos seus produtos, a diversificação e reestruturação das actividades económicas e sociais e a promoção da qualidade do ambiente costeiro e das comunidades.

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011

O Prove - Promover e Vender foi considerado o projecto do mês de Fevereiro pela Rede Europeia de Desenvolvimento Rural, organismo da Comissão Europeia que supervisiona a implementação dos programas de apoio na área da ruralidade nos estados membros. A distinção, que surgiu na sequência da apresentação num seminário realizado em Bruxelas, na Bélgica, destaca a qualidade dos produtos e a sua importância na relação entre produtores e consumidores. Este reconhecimento constitui um incentivo para todas as entidades que se têm envolvido na dinamização do Prove. Para além disso, também foi considerado exemplo de boas práticas na área da sustentabilidade pelo Observatório para a Sustentabilidade Metropolitana, do qual fazem parte a Área Metropolitana de Lisboa (AML), a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e os 18 municípios que compõem a AML. A escolha foi efectuada pelos concelhos, que distinguiram ainda outros cinco projectos de boas práticas, num total de cem, desenvolvidos nestas autarquias. Em Maio, os elementos do Observatório vêm a Sesimbra para conhecer o projecto.


em destaque Pedreira do Avelino Jazida de Icnofósseis

Câmara valoriza monumento natural trilho de pegadas do jurássico superior tem 155 milhões de anos Orçado em cerca de 38 mil euros, o projecto vai permitir facilitar o acesso a um dos mais importantes monumentos naturais do concelho. A Câmara Municipal de Sesimbra apresentou uma candidatura a fundos comunitários do PRODER, através da Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal, para a conservação e valorização da jazida de icnofósseis da Pedreira do Avelino, no Zambujal. O projecto, orçado em cerca de 38 mil euros, pretende arranjar o espaço, de forma a torná-lo acessível a todos os visitantes, incluindo os cidadãos com mobilidade reduzida, e criar painéis informativos e de interpretação do sítio. Classificada como Monumento Natural em Maio de 1997, a Pedreira do Avelino reúne um con-

Até final do ano, a Câmara Municipal terá uma resposta à candidatura

junto de vários trilhos de pegadas de diversas espécies de dinossáurios, datados do Jurássico Superior (155 milhões de anos a.C.). A jazida apresenta, em sobreposição ao maciço calcário, uma laje com 10 metros de largura por 15

metros de comprimento, onde se encontram registados os negativos dos vários trilhos de pegadas. Estando a pedreira localizada num terreno privado, a Câmara Municipal assinou com o proprietário um contrato de promessa de

arrendamento de prédio rústico, que será posteriormente formalizado, caso a proposta de disponibilização de fundos seja aceite. A apresentação da resposta ao pedido de candidatura é divulgada até ao fim do segundo trimestre de 2011.

Ambiente

Abertura da Lagoa

A partir de Abril, assim que as marés o permitam, a Câmara Municipal vai iniciar os trabalhos de abertura da Lagoa de Albufeira ao mar, operação fundamental para manter a qualidade das águas e o ecossistema local, que reúne várias espécies. Embora tradicionalmente a abertura da Lagoa coincida com o fim-de-semana da Páscoa, nos últimos anos, devido ao assoreamento na chamada “boca da Lagoa”, a execução do canal de cerca de 20 metros de largura só tem sido possível com a maré favorável e com recurso a maquinaria pesada. Ainda assim, tem demorado vários dias e em alguns casos, pouco tempo após a abertura, a força do mar volta a arrastar areia e a impedir a passagem das águas. Apesar disso, a autarquia vai reunir todos os esforços para que a ligação seja possível este mês e se mantenha aberta durante todo o Verão. A intervenção está orçada em perto de 30 mil euros e é comparticipada em partes iguais pela Câmara Municipal de Sesimbra e pela Administração da Região Hidrográfica do Tejo.

Quinta do Conde Urbanismo

Permuta de lotes na Ribeira do Marchante Está a decorrer o processo de permuta de lotes sem capacidade construtiva na vila da Quinta do Conde por lotes no loteamento municipal da Ribeira do Marchante, situado na mesma freguesia. Este processo tem como objectivo libertar espaços destinados a equipamentos culturais, sociais,

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011

educativos e desportivos, nos terrenos permutados. Muitos proprietários já contactaram a Câmara Municipal para pedir informações e já há, inclusive, respostas positivas à proposta apresentada pela autarquia, o que permite antever um processo célere e vantajoso para ambas as partes.


em destaque Património Protocolo

Câmara Municipal e Belas Artes renovam parceria as acções nas escolas vão ser também uma prioridade

UNESCO Candidatura

Arrábida a Património Mundial

A colaboração, que tem tido bons resultados, vai prolongar-se por mais dois anos e incidir sobre o Museu do Mar, Moagem de Sampaio e futura sede do Museu Municipal. A Câmara Municipal de Sesimbra e a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa celebraram um protocolo de colaboração que visa a rea­lização de estudos de investigação, apresentação de programas museológicos e acções de divulgação e educação patrimonial para o Museu do Mar, Moagem de Sampaio e edifício da Rua Aníbal Esmeriz, que vai acolher a sede do Museu Municipal. O projecto, válido por dois anos e renovável por períodos de um ano, visa a definição da estratégia museológica desenvolvida para estes três pólos culturais, e representa uma verba de 1250 euros mensais. Após a conclusão dos trabalhos de recuperação da Fortaleza de Santiago e do nº 1 da Rua Aníbal Esmeriz, no âmbito Programa Integrado de Valorização da Frente Marítima de Sesimbra, aprovado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional em 2008, o Museu do Mar vai ga-

A moagem de Sampaio é um dos espaços abrangidos

nhar novas instalações enquanto que o Museu Municipal vai pela primeira vez ter um espaço físico agregado. Quanto à Moagem de Sampaio, o local está a ser alvo de restauro, depois do qual se prevê a instalação de um núcleo museológico ligado à tradição rural do concelho. Com a criação destes três novos espaços, pretende-se reestruturar os conteúdos museológicos e envolver a comunidade na preservação da riqueza cultural do concelho. Nesse sentido, cabe à Faculdade de Belas Artes a elaboração de estudos de investigação, estudos museográ­

ficos e programas museológicos para os pólos do Museu do Mar e Moa­gem de Sampaio, a elaboração do estudo do espaço do edifício da Rua Aníbal Esmeriz, a dinamização de acções de sensibilização junto da comunidade e o desenvolvimento de acções de educação patrimonial nas escolas. Assim, a Faculdade irá organi­ zar o trabalho a desenvolver, através da criação de equipas de trabalho formadas por professores, investigadores e alunos, dando continuidade a uma parceria que já dura há mais de 10 anos.

Assembleia Municipal

Carlos Sargedas distinguido «A minha paixão pelo Cabo Espichel não se exprime, sente-se. Foi um amor que descobri e, hoje, estou certo que este sentimento é comum, porque é o motivo que nos faz estar aqui nesta cerimónia». Foi com estas palavras que Carlos Sargedas agradeceu o Prémio Espichel, atribuído todos os anos pela Assembleia Municipal a personalidades do concelho que se destacam em diversas áreas. O fotógrafo garantiu que o prémio, que dedicou ao pai e irmão, já desaparecidos, não significa o fim de luta pela reabilitação do Santuário, mas antes «um estímulo para continuar» e anunciou que irá produzir e realizar um documentário para televisão e um livro, que contará com a participação de especialistas em diversas áreas.

Sesimbra Município . 138  Abril . Maio 2011

O Cabo Espichel e o Castelo Sesimbra foram dois dos pontos da visita que um perito da UNESCO efectuou à região de Setúbal, inserida na candidatura da Arrábida a Património Mundial. Gérard Collin, doutorado em geo­­grafia e consultor internacional, esteve reunido com autarcas de Sesimbra, Setúbal e Palmela e com membros da equipa do plano de gestão, além de ter passado por vários locais da Arrábida, que poderão ser uma mais-valia na aprovação da candidatura. O projecto está a ser desenvolvido pela Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS) desde 2004 mas, com a reformulação da candidatura de natural para mista, o que permite a inclusão de novos conteúdos e o alargamento da área a candidatar, o processo ainda está em aberto. O técnico, que passou pela região entre 6 e 11 de Março, vai agora apresentar um relatório dos dados que recolheu, que irá incluir a apreciação dos critérios, valores, área, calendário e plano de gestão e que poderá ser essencial na avaliação da proposta da AMRS.


em destaque Sesimbra Património

Quinta do Conde Associativismo

Visita aos edifícios históricos

Voz do Alentejo de parabéns

As obras vão iniciar-se durante este ano No conjunto, a requalificação dos três imóveis – Fortaleza de Santiago, Casa do Bispo e edifício da Rua Aníbal Esmeriz - representa um investimento na ordem dos 2 milhões e 630 mil euros.

Dezenas de sócios da Voz do Alentejo, associação sediada na Quinta do Conde, marcaram presença na festa do 15º aniversário, que decorreu em Março. Um almoço convívio e as actuações do Grupo Coral Voz do Alentejo e do Grupo Raízes foram os momentos altos da festa, à qual se juntaram sócios e convidados, entre eles, o presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, que garantiu a continuidade do apoio da autarquia ao movimento associativo concelhio.

Numa visita destinada a jornalistas e a representantes de entidades locais, a Câmara Municipal deu a conhecer os projectos para os três edifícios históricos que vão começar a ser requalificados este ano, no âmbito do Programa de Valorização da Frente Marítima de Sesimbra, aprovada pelo QREN. O percurso, guiado pelo presidente da autarquia, arquitectos responsáveis pelos projectos e técnicos da área do património iniciou-se no Largo José António Pereira, onde se pode observar a fachada Sul do edifício do século XIX, que albergará a futura sede do Museu Municipal. O grupo dirigiu-se depois à rua Antero de Quental, onde se situa a Casa do Bispo, edifício quinhentista que vai transformar-se num centro ligado a actividades associadas à preservação da memória e valores locais. A visita terminou na Fortaleza de Santiago, construída no reinado de D. João IV, entre

Sesimbra Associativismo

Bota no Rego comemorou 35º aniversário O Grupo Recreativo Escola de Samba Bota no Rego assinalou, no dia 5 de Março, o 35º aniver­sário. Devido ao envolvimento dos seus elementos nos desfiles de Carnaval, a Sessão Solene acabou por se realizar no dia 19, na sede da colectividade. Presentes estiveram sócios, diversas individualidades e movimento associativo local. A Câmara­ Municipal de Sesimbra foi representada pelo presidente, Augusto Pólvora, que elo­giou o trabalho desenvolvido pe­la associação. Os festejos terminaram com uma Roda de Samba.

A Fortaleza de Santiago foi uma das paragens da visita

1642 e 1649, sob traça do engenheiro militar João de Cosmander. O monumento encontra-se encerrado ao público devido a intervenções que têm em vista a análise estrutural antes do iní-

cio das obras. A acção foi relevante, sobretudo, porque permitiu mostrar os edifícios no seu actual estado e perceber o seu enquadramento e preponderância na traça antiga da vila.

Associativismo

Liga dos Amigos da Quinta do Conde

Grupo Desportivo do Conde 2

A inauguração da Creche da Liga dos Amigos da Quinta do Conde em 2011 foi o desejo formulado por José Anselmo, presidente da instituição, na Sessão Solene do 9.º aniversário, realizada no dia 27 de Março. O dia ficou ainda marcado por uma visita às obras do futuro equipamento e por um almoço convívio que reuniu sócios e convidados e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal. O programa de aniversário iniciou-se em 22 de Janeiro, data de fundação da Liga.

Actividades desportivas, dança e actuação de grupos corais preencheram o programa do 32.º aniversário do Grupo Desportivo e Cultural do Conde 2, fundado em 10 de Março de 1979. Destaque para a realização de bailes no período carnavalesco, que deram início às comemorações. O ponto alto foi a Sessão Solene, realizada no dia 20. José Polido, vereador do Pelouro do Desporto e Juventude da Câmara Municipal, associou-se ao acontecimento, que contou com a presença de muitos sócios e amigos do clube.

Sesimbra Município . 138 10 Abril . Maio 2011

"Música" comemora 97.º aniversário

Uma tertúlia sobre pesca em Sesimbra, no sábado, 16 de Abril, às 16 horas, é o principal destaque do programa do 97.º aniversário da Sociedade Musical Sesimbrense, uma das mais antigas associações da vila de Sesimbra. A Sessão Solene comemorativa está marcada para terça-feira, 19, a partir das 21 horas, na sede da sociedade, e inclui homenagens, entrega de condecorações aos sócios com 25 e 50 anos de filiação e um concerto pela Banda.


em destaque Quinta do Conde Associatismo

Espaço para inovação e participação

O CIPA está aberto a escolas, projectos associativos ou empresariais e população em geral Nas instalações da antiga Escola Básica n.º 1 da Quinta do Conde, a Câmara Municipal criou um espaço destinado à promoção do associativismo, com um conjunto de valências das quais se salientam uma sala de ensaios, auditório exterior, sala multiusos e uma horta pedagógica. O Centro de Inovação e Participação Associativa (CIPA), na Quinta do Conde, abre portas no dia 23 de Abril. Trata-se de um espaço criado pela Câmara Municipal de Sesimbra para promover a inovação, o empreendedorismo e a afirmação das novas associações, nos seus primeiros passos de vida, proporcionando equipamentos de uso colectivo e espaços onde estas podem partilhar ideias e desenvolver projectos. A troco de uma renda simbólica, os utilizadores têm ao dispor instalações, cedidas temporariamente, que reúnem várias valências, dispersas por quatro espaços. Um deles, baptizado de Incubadora Associativa, oferece gabinetes equipados para dez associações, fotocopiadora, telefone, fax e Internet wireless comuns, o que possibilita a utilização simultânea do espaço pelas associações. O CIPA pretende ainda incentivar projectos na área da música e, neste sentido, oferece o espa-

O CIPA reúne várias valências, entre elas a Incubadora Associativa e a Inovação e Empreendedorismo

ço Inovação e Empreendedorismo, equipado com sala de ensaio e gravação, material audiovisual e um auditório exterior.

Há ainda a área Ideias em Desenvolvimento, com salas oficina e multiusos, assim como a vertente Inclusão e Participação

Cívica, mais voltada para a sensibilização e preservação dos valores ambientais, pois reúne uma zona verde e uma horta pedagógica. Existe ainda um campo de jogos para a promoção da prática desportiva e convívio entre os utentes. Para além das associações, o CIPA pode ser utilizado por escolas da freguesia, projectos associativos, projectos empresariais de jovens empreendedores e população em geral.

Quinta do Conde Acção Social

Beneficiação do Espaço Solidário O Espaço Solidário da Quin­ta do Conde, situado nas lojas 13 e 14 do Mercado Municipal, rea­briu portas no final do mês de Março, depois de obras de beneficiação e alargamento. O local foi ampliado de uma para duas lojas, o que permitirá organizar melhor os bens recebidos e armazenados, e criar uma zona própria para recolha, selecção e tratamento das roupas que são cedidas pelos munícipes.

Inaugurado em 2006, o Espaço Solidário da Quinta do Conde tem recebido inúmeros pedidos de ajuda por parte de famílias carenciadas ou que ficaram em dificuldades em consequência da crise que se instalou no país. Actualmente, o serviço apoia cerca de 320 famílias, num total de mil pessoas, e apresenta uma média de 11 atendimentos por dia. Desde Janeiro deste ano, os munícipes já colaboraram com 1700 artigos doados.

Actualmente, o Espaço apoia cerca de mil pessoas

Sesimbra Município . 138 11 Abril . Maio 2011


no terreno Quinta do Conde Jardins-de-infância

Obras permitem aumentar número de vagas Investimento das duas obras ronda os 700 mil euros A melhoria das condições dos equipamentos escolares do concelho e a construção de novos equipamentos, quando necessário, tem sido uma prioridade da autarquia. A ampliação e construção destes dois jardins-de-infância, na Quinta do Conde, são um exemplo dessa estratégia. Estão em curso a ampliação do jardim-de-infância da Quinta do Conde e a construção do jardim-de-infância do Pinhal do General, duas intervenções da responsabilidade da Câmara Municipal que, em conjunto, representam um investimento de perto de 700 mil euros. A primeira obra encontra-se na fase final, prevendo-se que esteja concluída no início de Abril, o que permitirá duplicar o número de vagas para o Pré-escolar, de 50 para 100, a

partir do próximo ano lectivo. No que respeita ao Jardim-de-infância do Pinhal do General, já foram executadas as fundações, sapatas, pilares, e algumas lajes.

O objectivo da autarquia é que este equipamento esteja pronto a funcionar na abertura do ano lectivo de 2012-2013, criando mais 100 vagas para o Pré-esco-

Rede Viária

lar. Ambas as intervenções são comparticipadas pelo Programa de Alargamento da Rede de Educação Pré-escolar, do Ministério da Educação.

Porto de Abrigo

Conduta de água na Azoia

Controlo da pressão da água

Na Rua dos Pescadores, via que estabelece a ligação entre a EM569 e a Rua da Baleeira, na Azoia, está a ser instalada uma conduta com cerca de 350 metros de comprimento, para melhorar o abastecimento público de água aos residentes. Esta intervenção, que representa um investimento de cerca de 7500 euros, deve estar concluída durante o mês de Abril.

Para evitar pressão excessiva nas condutas, situação que pode provocar rupturas na rede, a Câmara Municipal levou a cabo, recentemente, a substituição de duas caixas redutoras. A primeira na estrada do MFA, na Azoia, na conduta que abastece uma parte da Aldeia do Meco e a zona de Fétais e a segunda na Rua Joaquim Pinto Braz, entre a EN378 e a Rua Sousa Martins, na Venda Nova.

Quinta do Conde Infra-estruturas

Pavimentações no Conde 3 A Câmara Municipal concluiu a empreitada de pavimentação da zona Noroeste do Conde 3 e dos arruamentos em torno do recinto da Feira Festa, intervenções que vão melhorar, de forma significativa, a circulação nesta zona. A obra, orçada em cerca de 211 mil euros, abrangeu as ruas João de Deus, Marechal Saldanha, Serpa Pinto, Conde de Atouguia, D. Sancho I, D. Afonso Henriques e D. Manuel I. Para além

das pavimentações, os trabalhos englobaram a construção de passeios, sumidouros e instalação de sinalização horizontal e vertical. As zonas do Conde 1 e 2 estão igualmente concluídas, faltando apenas rea­lizar algumas intervenções na Boa Água 1 e 3. Entretanto, a autarquia levou a cabo a reparação do piso na Avenida dos Aliados, que estabelece a divisão entre a Boa Água 1 e Conde 2.

Sesimbra Município . 138 12 Abril . Maio 2011

Construção da Ponte-Cais 3

No Porto de Abrigo está em curso a construção da Ponte-Cais 3, estrutura com 180 metros, e uma frente útil de acostagem de 360, preparada com redes de água e energia eléctrica, defensas, cabeços de amarração e escadas, que servirá para apoio a embarcações de pesca. Os trabalhos, orçados em 1,3 milhões de euros, comparticipados pelo PROMAR, devem estar concluídos no final de Maio.


no terreno

Na Fonte de Sesimbra, a utilização de placas solares permitiu reduzir os custos

Ambiente Factura Energética

Renováveis e gestão eficiente dão resultados Na central da apostiça a autarquia poupou, em apenas três meses, 9 mil euros A aposta em placas solares e a gestão correcta de equipamentos eléctricos tem permitido à Câmara Municipal uma redução significativa da factura energética e a melhoria dos serviços prestados. Os casos da Central da Apostiça e das oficinas da Fonte de Sesimbra comprovam o sucesso destas opções. A Câmara Municipal de Sesimbra está a fazer uma grande aposta nas energias renováveis e na gestão eficiente de equipamentos, tanto pelos benefícios ambientais como financeiros, que são cada vez mais evidentes. Um dos exemplos deste investimento é a central da Apostiça, onde em apenas três meses, de Dezembro de 2009 a Fevereiro de 2010, se pouparam cerca de nove mil euros em consumo de electrici-

dade. Este resultado deve-se à instalação de um quarto grupo de elevação e transporte de água para os depósitos do Casalão, que efectua a paragem automática quando se verificam rupturas na conduta, e a operação segura do sistema através de arranques e paragens suaves, em caso de reposição dos caudais. Ao garantir um maior controlo da frequência de arranques e paragens, que são situações de elevado consumo energético, con-

segue-se uma diminuição dos gastos com electricidade. Outro caso de poupança é a instalação do sistema de aquecimento térmico solar misto, destinado ao aquecimento de águas sanitárias das oficinas da Fonte de Sesimbra. Ao fim de um ano, a Câmara Municipal conseguiu poupar mais de 7500 euros em gás neste edifício. Para se ter uma ideia, antes da instalação deste equipamento, alimentado por 20 painéis solares, eram necessárias, em média, cerca de 10 botijas de gás propano, de 45 quilos, por mês. Para além de baixar o custo com energia e diminuir as emissões de gases para a atmosfera, este sistema é mais fiável que os de combus-

Sesimbra

Mercado de Levante da Quinta do Conde

Rampa de acesso a lar

Atribuição de lugares interrompida

No Lar Senhor Jesus das Chagas, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Sesimbra, junto ao Largo 5 de Outubro, foi construída uma rampa de acesso para facilitar a entrada e saída dos idosos em cadeira de rodas. Esta intervenção foi executada pela Câmara Municipal de Sesimbra e representa um investimento na ordem dos 8800 euros.

tão e requer menos manutenção. A este ritmo, em menos de três anos, a autarquia começará a ter retorno do investimento realizado com a instalação do sistema, que rondou os 18 mil euros. O aproveitamento da energia solar também permitiu reduzir o consumo de electricidade no refeitório da Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim-de-infância da Quinta do Conde, que desceu cerca de 60 por cento com a entrada em funcionamento do painel eléctrico para aquecimento das águas. Instalado no final de 2010, este sistema, orçado em perto de 5 mil euros, poderá vir a ser reforçado para se conseguir uma autonomia próxima dos cem por cento.

O processo de atribuição de 90 lugares no Mercado de Levante da Quinta do Conde, levado a cabo pela Junta de Freguesia, foi interrompido temporariamente devido a comportamento menos próprio de alguns dos candidatos. Consciente das consequências negativas que esta situação terá para alguns comerciantes, a Junta de Freguesia propõe-se retomar o processo quando os candidatos aos 56 lugares que ficaram por sortear assumirem o respeito pelas regras do concurso, expressas no edital de 16 de Fevereiro de 2011, e pelo Plano de Ordenamento da Venda Ambulante da Zona Fixa da Freguesia da Quinta do Conde. Neste momento, a Junta de Freguesia não consegue prever uma data para reabertura da venda ambulante no local.

Sesimbra Município . 138 13 Abril . Maio 2011


antevisão Urbanismo AUGI

Momento histórico na Lagoa de Albufeira AUGI 9 entra em consulta pública Uma reconversão urbanística sem paralelo é o que garante o arquitecto responsável pelo projecto de reconversão da AUGI 9 da Lagoa de Albufeira, Carlos Trindade. Destaca-se a zona verde central, que representa 50 por cento da área dos lotes e um equipamento com centro de dia, sala polivalente e igreja.

Cerca de uma centena de co-proprietários assistiram à sessão

Depois de 15 anos de avanços e recuos, o Plano de Pormenor de Reconversão da Área Urbana de Génese Ilegal (AUGI) 9 da Lagoa de Albufeira entrou finalmente em discussão pública no dia 18 de Março. «Estamos a viver um momento histórico», afirmou o presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, na abertura da sessão de apresentação e discussão do documento, que reuniu perto de uma centena de pessoas. A chegada do processo a esta fase é equiparada à conquista do «prémio de montanha de primeira categoria», referiu Saúl dos Santos, tesoureiro na Comissão de Administração. «Foi um processo difícil, que espelha o calvário que é a elaboração destes planos em Portugal», reforçou Augusto Pólvora. O autarca apontou como principais motivos que levaram à demora do processo as alterações sofridas pela legislação ao longo dos anos e a intervenção muitas vezes pouco facilitadora das entidades envolvidas.

Para além de ser o primeiro dos quatro PPR da Lagoa de Albufeira a entrar nesta fase, a AUGI 9 apresenta uma solução urbanística «que não tem paralelo em matéria de reconversão de loteamentos ilegais», segundo palavras do arquitecto Carlos Trindade, membro da equipa técnica e autor do projecto de urbanização. Duas das grandes mais-valias desta obra são a valorização do espaço público, com a existência de uma zona verde central, com 3 hectares, que representa 50 por cento da área total dos lotes, de mais 2,4 hectares de zona verde privada e a previsão de um equipamento, composto por centro de dia, sala polivalente, capelas mortuárias e igreja, que servirá não só a população residente na Lagoa de Albufeira como toda a freguesia do Castelo. Outro aspecto importante a realçar é a coerência da construção das 204 moradias, 192 agrupadas em 18 bandas, assegurada pela consignação no plano da concepção exterior das habitações.

Na sua intervenção, José Alexandrino, co-proprietário e assessor da autarquia para esta área, destacou o facto de muitos dos co-proprietários terem ficado apenas com um lote, cedendo várias parcelas de terreno em prol do princípio: uma casa, um proprietário. Esta situação ocorreu devido ao facto de muitos terrenos estarem localizados em zonas onde o Plano de Urbanização da Lagoa de Albufeira não permitia construir, logo a única solução encontrada pela Câmara Municipal e pela Comissão de Administração para contornar a situação foi alterar, em 1998, o modo de loteamento para PPR. Outro passo importante neste processo foi a decisão em avançar com as obras de urbanização antes da aprovação do PPR, o que permitiu melhorar consideravelmente a vida dos residentes. Actualmente, com excepção dos arranjos

Sesimbra Município . 138 14 Abril . Maio 2011

paisagísticos, as redes de águas, esgotos, eléctrica, telecomunicações, gás e viária já estão concluídas. José Alexandrino elogiou ainda «a fantástica relação de trabalho» com as Comissões de Administração e frisou a importância de ter havido sempre uma «participação prévia» de todos, que classi­ ficou como «o con­dão da gestão». O presidente da Câmara Municipal assegurou estar convicto de que «há unanimidade nas decisões tomadas», o que vai facilitar a celeridade do processo. Caso não haja contestação durante o período de discussão pública, que decorre até 18 de Abril, o plano pode chegar em Maio à Assembleia Municipal.


antevisão

Quinta do Conde Hasta Pública

Cafetaria no Parque da Vila O novo equipamento vai ser mais um atractivo para o parque O Parque da Vila, na Quinta do Conde, a maior zona verde de lazer do concelho de Sesimbra, utilizada por milhares de munícipes, vai contar com uma cafetaria e esplanada. A criação deste equipamento, que ocupará cerca de 65 metros quadrados junto da entrada Sul, tem

como objectivo complementar a oferta de serviços existentes e será, por certo, uma mais-valia para todos os utentes. A Hasta Pública para exploração do espaço, aprovada pela Câmara Municipal, tem lugar no dia 20 de Abril, às 15 horas, no Auditório Conde de Ferreira. Os interessados devem entregar pessoalmente ou enviar as propostas por correio em sobrescrito fechado até às 15.30 horas do

Sesimbra Município . 138 15 Abril . Maio 2011

dia útil anterior ao acto público da Hasta Pública, para a Divisão de Gestão do Património, Largo Luís de Camões, pavilhão nº 8, em Sesimbra. O programa de Concurso está disponível para consulta ou aquisição, nos dias úteis, das 9 às 12.30 horas e das 14 às 17.30 horas, até à data e hora limite para a entrega das propostas, no mesmo local.


tema central

ETAR Lagoa-Meco entra em funcionamento em Maio Equipamento vai ser mais-valia ambiental A ETAR Lagoa-Meco, que entra em funcionamento em Maio, é um equipamento fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos moradores da freguesia do Castelo, uma vez que permitirá tratar praticamente na totalidade as águas residuais urbanas recolhidas nas redes existentes e a construir, evitando o recurso a fossas sépticas.

D

urante o mês de Maio, a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Lagoa-Meco vai começar a receber as primeiras águas residuais urbanas provenientes da freguesia do Castelo. Estes efluentes derivam, numa primeira fase, de algumas localidades da zona Nascente, como Almoinha, Carrasqueira,­ Facho de Santana, Fonte de Sesimbra, Pinhal do Cabedal, Quintinha, Quintola de Santana, Santana, Cotovia, Venda Nova e Pinhal de Cima, actualmente encaminhados para a Estação de Tratamento da Ferraria. A entrada em funcionamento

da ETAR permitirá proceder, de imediato, à ligação das redes já construídas (Torrão, Meco e parte das Caixas) e à medida que se for concluindo a rede de saneamento da freguesia do Castelo receberá as águas residuais do Zambujal, Caixas, Lagoa e de outros aglomerados. Esta ETAR é uma infra-estrutura da maior importância no plano ambiental, dado que contribuirá para a eliminação das fossas sépticas existentes na freguesia do Castelo e permitirá a desactivação da ETAR da Ferraria (no local passará a funcionar a Estação Elevatória da Carrasqueira), contribuindo decisivamente para a melhoria da

Investimento: ETAR Lagoa-Meco - 5 milhões 332 mil euros Emissários, condutas e estações elevatórias da rede de drenagem “em alta” - 7 milhões 820 mil euros Emissário Submarino - 3 milhões 767 mil euros Todos estes valores foram comparticipados pelo Fundo de Coesão

qualidade dos recursos hídricos, em particular na Lagoa de Albufeira.

Características A ETAR Lagoa-Meco começou a ser construída pela SIMARSUL em 2007, junto ao Vale da Amieira. A infra-estrutura tem capacidade para, no ano horizonte de projecto, efectuar o tratamento de 14.800 metros cúbicos por dia de águas residuais urbanas, correspondendo a cerca de 48 mil habitantes equivalen­tes. Integra-se no subsistema Lagoa-Meco, na designada rede de drenagem “em alta”, que inclui, para além da ETAR, cerca de 57 quilómetros de emissários

Sesimbra Município . 138 16 Abril . Maio 2011

e condutas elevatórias e 15 estações elevatórias, que asseguram a recolha e transporte das águas residuais urbanas para tratamento. Depois de passarem pela ETAR, as águas residuais são enviadas para o mar através de um emissário submarino com dois quilómetros de comprimento. Esta rede recebe caudais provenientes da denominada rede “em baixa”, constituída pelas redes de drenagem de cada aglomerado ur­ bano e respectivos ramais domiciliários, complementada ainda por um conjunto de pequenas estações elevatórias e condutas. Na freguesia do Castelo, a sua implantação e exploração tem estado a ser feita pela Câmara Munici­pal.


tema central

O que acontece na ETAR Lagoa-Meco?

As Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) têm como função tratar esgotos urbanos com recurso a um conjunto de etapas que permitem devolvê-los ao ambiente com qualidade adequada para não poluirem os recursos hídricos.

1

Na ETAR Lagoa-Meco o processo inicia-se com o tratamento preliminar onde se procede à remoção de sólidos grosseiros, areias e gorduras existentes nas águas residuais. Os gradados e areias removidos são acondicionados em contentores e enviados para destino final adequado. Estas etapas de tratamento estão confinadas ao interior de um edifício, que dispõe de sistema de desodorização.

5

Em resultado do tratamento biológico formam-se lamas que, após extracção do sistema, são sujeitas a espessamento e desidratação, removendo-se, assim, o excesso de água. Deste modo, diminuí-se a quantidade a armazenar e transportar para o destino final (valorização agrícola). Todos os órgãos e etapas de tratamento de lamas são devidamente desodorizados.

2

Após o tratamento preliminar, as águas residuais seguem para o tratamento secundário, em duas linhas paralelas, constituído por tanques arejados (reactores biológicos) que promovem condições adequadas ao desenvolvimento de uma população de microrganismos que permitirá a depuração biológica (remoção da poluição dissolvida).

4

Parte da água proveniente da decantação secundária pode ser reutilizada. Para o efeito, a ETAR está dotada de um sistema de reutilização de água de serviço, composto por armazenamento, filtração e desinfecção UV, bem como o respectivo sistema de pressurização do efluente para reutilização, garantindo a qualidade adequada aos usos previstos.

3

Posteriormente, o efluente é encaminhado para os decantadores secundários, onde ocorre uma separação de fases (decantação), permitindo obter água residual tratada. O efluente tratado é descarregado no Oceano Atlântico através de um emissário submarino com uma extensão de dois quilómetros.

O tratamento preliminar e as etapas de tratamento da fase sólida (lamas) encontram-se confinadas sendo o ar captado e encaminhado para um sistema de desodorização por via química.

Sesimbra Município . 138 17 Abril . Maio 2011


educação

Os laços de amizade e confiança que se geram fortalecem o trabalho desenvolvido

Projecto No Trilho do Desafio

Jovens regressam ao percurso escolar Parceria entre entidades do concelho tem sido essencial Um projecto criado há mais de uma década por técnicos da Cercizimbra, destinado a crianças e jovens de bairros sociais, envolve, hoje, várias entidades locais e já apoiou cerca de duzentos alunos do concelho com dificuldades de integração em ambiente escolar.

te que não era muito empenhada nas disciplinas e que «as aulas não tinham qualquer interesse». Hoje encaram a escola de modo diferente. Conseguiram adaptar-se, traçar um rumo para as suas vidas e evitar um possível abandono escolar. No próximo ano, a formação profissional, com a inclusão num Curso de Qualificação Profissional, vai ser uma rea­ lidade para ambas. Com uma taxa de concretização acima das expectativas, a equipa do projecto explica que a metodologia usada tem sido a base do sucesso do programa. «Reunimos e unimos estes jovens em actividades formativas e certificadas que vão ao encontro das suas apetências e motivações e que lhes dão novos conhecimentos e experiência de vida», refere uma das coordenadoras. Uma das razões que explica os bons resultados deste projecto, que surgiu em 2001 na Cercizimbra, por iniciativa de um grupo de técnicos decidido a criar um programa direccionado a crianças e

As gémeas Carla e Raquel Cavaco, 17 anos, residentes em Santana, fazem parte de um grupo de alunos que, ao integrar o projecto No Trilho do Desafio, conseguiu superar as dificuldades reveladas no percurso escolar normal e reforçar o vínculo à escola. Este ano terminam o Percurso de Currículo Alternativo, na Escola Básica 2, 3 de Santana, que lhes dará equivalência ao 9º ano de escolaridade. Há uns anos, as irmãs mostravam desinteresse pelas aulas e a escola era um lugar com o qual não se identificavam. «Tínhamos muitos problemas e os professores não nos compreendiam», conta Carla. Também Raquel garan-

jovens de bairros sociais mais vulneráveis, é o envolvimento de um conjunto de entidades e instituições locais. Câmara Municipal de Sesimbra, juntas de freguesia de Santiago e Castelo, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, agrupamentos de escolas do Castelo e Castelo Poen­te e Centro Novas Oportunidades são os parceiros que possibilitam a dinamização de diversas actividades de carácter lúdico, pedagógico, desportivo, cultural, informativo e de livre acesso. «É um trabalho estratégico e de parceria», esclarecem os coordenadores. Tudo começa com uma conversa informal entre os jovens sinalizados e os técnicos, previamente informados sobre cada caso. Depois de esclarecidos é assumido um compromisso. «É quase como um contrato», explica a jovem Raquel. «Os técnicos ajudam-nos em tudo o que precisamos e nós temos o dever de ir ao curso e não ter resultados negativos», afirma. «É dentro desta dinâmica, de direitos e deveres, que o plano se

Sesimbra Município . 138 18 Abril . Maio 2011

desenvolve», acrescenta uma das técnicas, lembrando que os laços de amizade e confiança que se criam acabam por fortalecer o trabalho desenvolvido. Após 10 anos, o Trilho já apoiou cerca de duzentos jovens do concelho. A prova de que o projecto está a resultar é visível também no facto da candidatura apresentada ao Escolhas, programa de âmbito nacional que visa a mobilização das comunidades locais para projectos de inclusão social e de igualdade de oportunidades, ter sido aceite em 2004 e renovada em Dezembro de 2009, para o período de 2010-2012, prosseguindo para a sua 3ª fase de implementação. Nesta etapa, o programa aposta no empreendedorismo e capacitação profissional para criação de emprego, uma área prioritária que se junta aos objectivos anteriores, de apoio a projectos de inclusão escolar, formação profissional e empregabilidade, dinamização comunitária e de cidadania, assim como combate à info-exclusão.


educação Apoio à Família Ateliês de Cerâmica

«Os olhos do meu boneco são azuis, como os meus» Projecto estimula o gosto pelas artes e o desenvolvimento físico e psicológico Fazer um auto-retrato em argila pode parecer uma tarefa apenas ao alcance de grandes escultores, mas não é! Para as crianças do ensino Pré-escolar público do concelho de Sesimbra que frequentam os Ateliês de Cerâmica é um desafio resolvido facilmente e… com muita imaginação. «Primeiro estive a moldar a argila, agora estou a colocar cola transparente para que não se parta, porque é muito frágil», explica Matilde Oliveira, 6 anos, uma das crianças que participa nos Ateliês de Cerâmica da Componente de Apoio à Família das escolas e jardins-de-infância do ensino público do concelho, enquanto dá os últimos retoques no seu “auto-retrato”. De mangas arregaçadas vai pintando com muito cuidado os pedaços que dão forma ao cabelo, aos olhos, nariz e boca. «Quando estiver seco dou-o à minha mãe, que vai ter uma grande surpresa», garante. Tal como Matilde, dezenas de crianças, dos 3 aos 6 anos, têm experimentado a sensação de trabalhar a argila, sob o tema Quem sou Eu, Espelho Meu?. «Ficam su­­per entusiasmadas­ com a proposta, ado­ ram mexer e dar vi­da ao barro», afirma Cristina Sa­ raiva, técnica da Câmara Mu­­­­­nicipal e dinamizadora do workshop. O projecto, que arran­cou no início do ano lectivo, passa por desenvolver a imaginação das crianças e despertar a criatividade individual. Há inclusive estudos que permitem concluir que este tipo de actividade, nos primeiros anos de vida, é muito importante ao desenvolvimento pleno das crianças. «Os anos de pré-

Dezenas de crianças têm participado nos ateliês de cerâmica

escolar são determinantes na formação da in­­­­­­­­­­­­­te­­ligência, perso­nalidade, comportamento social e desenvolvimento físico», afirma a assistente social, referindo que no meio da brincadeira muito mais é evidenciado. «Nestas aulas as crianças são capazes de olhar e compreender-se a si e aos outros, entendem a sua própria realidade, expressam os seus sentimentos, emoções, desejos e projectos, o que se traduz numa autonomia pessoal e social», refere. «Nestes ateliês, os meninos e as meninas, aprendem a reconhecer texturas,

padrões, formas, tamanhos­ e, sobretudo, que a quantidade de qualquer ma­té­ria­­ permanece igual, mesmo quan­do a forma muda», acrescenta. Depois da última pincelada, o pequeno José, 5 anos, mostrase visivelmente orgulhoso com o objecto que criou. Bate palmas e sorri para os colegas dizendo: «os olhos do meu boneco são azuis, como os meus», e logo acrescenta que «foi muito divertido construir este espelho espe-

Sesimbra Município . 138 19 Abril . Maio 2011

cial» que vai oferecer à família. Também Cristina Saraiva se revela satisfeita com o sucesso da iniciativa. «Ver a alegria das crianças, a sua motivação e vontade de aprender é muito enriquecedor, e ao estimularmos nos mais pequenos o gosto pelas artes, estamos a contribuir para o seu desenvolvimento psicológico e físico, e para que no futuro sejam seres humanos mais completos e mais felizes, pois é nesta dinâmica de aprender que acontecem as grandes transformações e mudanças», realça. Ainda que não entendam a importância e o carácter pedagógico de todo o processo educativo que as envolve, todas as crianças se mostram interessadas e atentas às explicações da professora e, facilmente, percebem como se chega ao objecto final, depois de ensinadas as diferentes fases e técnicas de produção da peça de cerâmica a rea­lizar.


cidadania Projecto Assembleia Municipal de Jovens

Alunos preparam sessão de 21 de Maio

o empenho de alunos e professores no projecto foi realçado por todos Fábio Rodrigues, líder da bancada da Escola Básica Integrada da Quinta do Conde foi eleito presidente da mesa da Assembleia Municipal de Jovens, que este ano é dedicada ao turismo. A acompanhá-lo vão estar Catarina Alves, da Escola Secundária de Sampaio, como 2.º secretário, e Ana Marques, da Escola Básica do Castelo, como 1.º secretário. «O futuro está nas vossas mãos, por isso os vossos contributos são muito válidos para nos ajudar a melhorar a estratégia para o turismo de Sesimbra». Foi este o repto lançado por Augusto Pólvora, presidente da Câmara Municipal, na sessão de abertura da 8ª edição da Assembleia Municipal de Jovens, realizada no Cineteatro Municipal João Mota. O autarca deixou assim uma mensagem de confiança nas novas gerações e elogiou a sua participação neste projecto, que lhes tem proporcionado um contacto com a realidade do concelho e com as exigentes funções dos seus responsáveis. Também a presidente da Assembleia Municipal, Odete Graça, a principal mentora da Assembleia Municipal de Jovens, agradeceu o empenho de professores e alunos. «Quero, antes de mais, enaltecer o vosso envolvimento e, independentemente da escolha de hoje, estou convicta de que o destino desta 8ª Assembleia está em boas mãos». Palavras de incentivo para o momento mais esperado do dia, a eleição da Mesa. A escolha dos alunos recaiu sobre Fábio Rodrigues, líder de bancada da Escola Básica Integrada da Quinta do Conde. Ainda não totalmente refeito da surpresa, o jovem agradeceu aos colegas e deixou um compromisso. «Farei o que estiver ao meu alcance para corresponder à confiança que em mim depositaram para dirigir este projecto, que considero muito útil para que os mais

A eleição da mesa da Assembleia Municipal de Jovens é sempre um momento muito esperado

novos percebam como funcionam algumas instituições», afirmou. A acompanhá-lo vão estar Catarina Alves, da Escola Secundária de Sampaio, como 2º Secretário, e Ana Marques, da Escola Básica do Castelo, como 1º Secretário que, à semelhança de Fábio Rodrigues, foram eleitas por escrutínio secreto pelas seis escolas participantes. Os três vão presidir à Assembleia Municipal de Jovens, marcada para 21 de Maio, onde vão ser apresentados os trabalhos de cada escola, subordinados ao tema Turismo, Uma Ideia Jovem de Futuro para Sesimbra. «Este é um assunto pleno de actualidade e que é fulcral para o desenvolvimento de Sesimbra», referiu Felícia Costa, vereadora do Pelouro da Cultura, Educação e Turismo da Câmara Municipal, no encerramento dos trabalhos. A autarca felicitou ainda a Assembleia Municipal por este projecto, «uma referência em termos nacionais». A iniciativa contou também com a presença de vereadores, membros da Assembleia Municipal, representantes de juntas de freguesia e um representante da Assembleia Municipal do Seixal.

Contacto com a realidade turística

No período da manhã, antes da eleição da Mesa da Assembleia Municipal, alunos e professores visitaram hotéis e restaurantes, locais de interesse turístico da vila de Sesimbra, a Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal e uma unidade hoteleira desta cidade, onde aprenderam algumas regras básicas nas áreas da cozinha, pastelaria, bar e atendimento. As visitas tiveram como objectivo colocar os jovens em contacto com a realidade do turismo e ajudá-los nos trabalhos que estão a realizar no âmbito da 8.ª edição da Assembleia Municipal de Jovens.

Sesimbra Município . 138 20 Abril . Maio 2011


cidadania

Os ateliês são também parte integrante do projecto

Acção Social Ateliê

Património local promove inclusão

algumas das participantes visitaram pela primeira vez o cabo espichel Para muitos dos residentes no Bairro Municipal de Almoinha, visitar um monumento, aprender um ofício ou simplesmente aprender a ler era algo que estava fora dos seus horizontes. Os ateliês de cidadania e património têm permitido inverter esta situação. Ao mesmo tempo são uma forma de promover a inclusão social. Conhecer de perto o património natural e edificado do município e ter aulas de alfabetização, de forma gratuita, são algumas das actividades realizadas pelos residentes do Bairro Municipal da Almoinha. A iniciativa, denominada de Ateliês de Cidadania e Património, visa promover a inclusão social de maiores de 18 anos, provenientes de contextos socioeconómicos vulneráveis, particularmente de minorias étnicas. O projecto, organizado pela Câmara Municipal, em parceria com o programa Escolhas, Cercizimbra e Centro de Recursos Educativos e Formação, procura que os destinatários se envolvam activamente nas acções planeadas, tendo em vista a igualdade de oportunidades e o reforço de coesão social. Para contribuir para a inserção deste grupo de habitantes, profissionais da autarquia realizam visitas guiadas a alguns dos exemplares mais representativos do património cultural de Sesimbra. Segundo Cristina

Saraiva, assistente social, as visitas ao património são para alguns a única oportunidade que têm para conhecer melhor a região, a sua história e as suas potencialidades. Na primeira saída, ao Santuário do Cabo Espichel, verificou-se que o local era totalmente desconhecido para três das munícipes. O projecto ajuda ainda a criar outras dinâmicas na vida de pessoas que, de outra forma, praticamente não saíam do bairro. Nesta troca e partilha de conhecimentos são incentivadas a descobrir as suas potencialidades. No espaço CAI – CERCI, Centro de Animação para a Infância, localizado no bairro, há também acções de apoio à leitura de documentos sociais e pessoais, realizam-se trabalhos de reciclagem e restauro e dão-se aulas de alfabetização a uma adulta. Neusa Reis, 34 anos, está decidida a aprender a ler e a escrever. Assim que pôde inscreveu-se e espera conseguir superar os desafios a que se propôs. Chegou a completar a 3ª classe

mas, num tempo em que a escola não era a prioridade da sua família, pouco ou nada aprendeu. Conhece apenas algumas letras. «É triste querer ler e não saber», diz. Quando precisa de ajuda pede aos filhos, mas sente que deveria ser ela a ajudá-los quando estão com dificuldades na escola. Porém, sabe que não é a única a enfrentar esta realidade. Estima-se que existam em Portugal cerca 658 mil pessoas com mais de 15 anos que não sabem ler nem escrever. Apesar da evolução registada ao longo dos anos, no último Censos, realizado em 2001, verificou-se que 9 em cada 100 portugue-

Sesimbra Município . 138 21 Abril . Maio 2011

ses não sabiam ler nem escrever. Para a formadora, este projecto visa facilitar o desenvolvimento pleno da cidadania e promover as relações interpessoais, potenciando a sua relação com o meio onde se inserem. Os ateliês promovem ainda momentos de convívio entre os habitantes do bairro com experiências únicas que, de certo, serão irrepetíveis para muitos. As sessões decorrem às quartas-feiras, das 14.30 às 17.30 horas. Para participar, os interessados devem dar o seu nome no espaço da autarquia cedido ao Escolhas/ CAI – CERCI, na Almoinha.


património Castelo de Sesimbra Centro de Documentação Rafael Monteiro

Livraria e área de exposições o “novo” Centro vai passar a ser um ponto de passagem obrigatório para os visitantes

Uma foto de grande formato do Castelo de Sesimbra nos anos 40 do século passado é agora o elemento preponderante do Centro de Documentação Rafael Monteiro, que passou a contar com uma livraria com cerca de 50 títulos sobre Sesimbra e uma zona de exposições que dará destaque a peças da reserva do Museu Municipal.

O

Centro de Documentação Rafael Monteiro, no Castelo de Sesimbra, reabriu ao público depois de uma remodelação que pretendeu tornar o espaço mais funcional e atractivo. O equipamento conta agora com uma livraria, onde podem ser adquiridos cerca de 50 títulos editados ou apoiados pela Câmara Municipal nos últimos anos, montras com brindes relacionados com o concelho e uma exposição temporária com peças da reserva do Museu

Municipal, cuja intenção é remeter os visitantes para o Núcleo de Arqueologia, situado junto à Igreja. Na praça central, foi colocado um painel de recepção com a planta do monumento, que permite compreender facilmente a forma e dimensão do monumento, assim como a disposição e localização dos principais pontos de interesse. Para além disso foi recuperado um circuito de visita com 16 pontos que estava desactivado e que tem agora nova sinalética. Com o apoio deste painel e de um folheto distribuído no Centro

qualquer visitante pode percorrer os principais pontos de interesse do Castelo e ficar a compreender a sua história, forma de funcionamento e organização. A intervenção no Castelo está enquadrada nos pressupostos do Plano Estratégico de Turismo, que indica o património edificado, e em particular o Castelo de Sesimbra, como elemento de grande importância para o reforço da oferta turística do concelho. A qualificação do espaço e a melhoria da comunicação com os utentes são aspectos decisivos desta estratégia.

Revitalização do Circuito Museológico

As exposições permanentes das torres do Castelo de Sesimbra são os dois principais pontos do circuito museológico recentemente recuperado pela Câmara Municipal. Com início junto à Igreja, o percurso leva-nos a conhecer os principais aspectos de interesse do monumento, como as Covas do Pão, a Alcáçova, a Casa da Vereação, a Porta da Azoia, a Cisterna ou o Baluarte, que tem uma vista ímpar sobre o mar e a vila de Sesimbra. Para apoiar os visitantes foi colocado um painel informativo na praça central e existe também um folheto que é distribuído no Centro de Documentação.

Circuito Museológico

Torre Nova Exposição O Castelo de Sesimbra

Sesimbra Município . 138 22 Abril . Maio 2011

Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo


património

valorizam espaço Cafetaria

Painel informativo Centro de Documentação Rafael Monteiro

Torre de Menagem Exposição O Foral de Sesimbra

Núcleo de Arqueologia

Vista do Baluarte

Sesimbra Município . 138 23 Abril . Maio 2011


carnaval

Uma semana em festa Município Tradições

o carnaval de sesimbra voltou a atrair milhares de visitantes ao concelho O ditado popular “A vida são dois dias e o Carnaval são três” não se aplica a Sesimbra, onde o Entrudo se festeja ao longo de uma semana e envolve toda a comunidade, que faz questão de manter bem vivas as tradições locais.

D

esfiles, concursos de máscaras, bailes nocturnos e cegadas foram os ingredientes de mais um Carnaval de Sesimbra, que se prolongou por uma semana em vários pontos do concelho. Este ano, o arranque das actividades coube à Sociedade Musical Sesimbrense, que no último sábado de Fevereiro recuperou a tradição do baile trapalhão, e atraiu centenas de foliões à sua sede. Seguiu-se o desfile dos estabelecimentos de ensino e educação que este ano, pela primeira vez, se realizou na avenida 1.º de Maio, na Quinta do Conde e reuniu 2500 crianças. Os primeiros batuques ecoaram na marginal de Sesimbra no sábado, com a apresentação da Tripa Mijona, grupo feminino de afro-axê, e na tarde de domingo a marginal recebeu o momento mais esperado do Carnaval: o desfile das Escolas de Samba e grupos, que

juntaram mais de mil elementos perante uma plateia de milhares de pessoas. Como habitualmente, o desfile voltou a repetir-se na terça-feira. O corso de fantasias de palhaço, que ganha cada vez mais adeptos, revelou-se mais uma vez um enorme sucesso. Desde crianças de colo a avós, ninguém desperdiçou a oportunidade de participar nesta grande festa, que já se realiza há 12 anos, e onde não há espaço para tristezas. Sempre animados e divertidos, os dois grupos de cegantes proporcionaram momentos de boa-disposição. A cegada de Alfarim apresentou uma divertida história sobre uma herança muito cobiçada, enquanto que o grupo do Zambujal brincou à volta dos casos da vida. Seguindo a tradição, Sesimbra despediuse de mais um Carnaval na Quarta-feira de Cinzas, com o Enterro do Bacalhau, costume retomado há cerca de uma década pela Sociedade Recreio Sesimbrense.

Sesimbra Município . 138 24 Abril . Maio 2011


Sesimbra MunicĂ­pio . 138 25 Abril . Maio 2011


cultura Município Temporada de Música

Concerto comentado abriu programa O encenador Carlos Otero iniciou da melhor forma a 4ª edição do evento Inspirada na Casa de Ópera do Cabo Espichel, a temporada de música, que se iniciou em 2008, tem levado a diversos palcos do concelho alguns dos melhores interpretes do repertório clássico do nosso país. Este ano os concertos iniciaram-se em Março e prolongam-se até final de Abril. Transformado no salão da casa do famoso compositor Rossini, que promovia frequentemente festas para a elite cultural e intelectual francesa do século XIX, o palco do Cineteatro Municipal recebeu, no dia 19, o primeiro espectáculo da 4ª edição da Temporada de Música da Casa de Ópera do Cabo Espichel, que decorre até final de Abril. Comentado pelo conhecido encenador Carlos Otero, e interpretado pela soprano Filipa Lopes, pelo tenor João Queirós e pelo baixo barítono João Miranda, acompanhados pelo pianista Pedro Vieira de Almeida, este serão musical abordou, não só aspectos curiosos da vida de Rossini, como também o ambiente e a forma como a ópera era vivida no século XIX. «Bebia-se champanhe, vinho, ouvia-se sobretudo música e às ve-

O palco do Cineteatro transformou-se num salão parisiense para apresentar Rossini

zes Rossini apresentava várias peças para piano e vozes de um certo compositor anónimo, que era ele próprio», descreveu Carlos Otero. Rossini nasceu em Pesaro, Itália, a 29 de Fevereiro de 1792, e morreu numa sexta-feira 13, em Novembro de 1868. Filho de um trompista e de uma cantora, começou a tocar e a cantar ainda em criança. Ao longo da sua vida compôs mais de 30 óperas, entre elas O Barbeiro de Sevilha e Guilherme Tell. «Nenhum

compositor foi tão amado e ao mesmo tempo tão detestado», referiu. Segundo o encenador, Stendhal, que escreveu o livro A Vida de Rossini, equiparou o compositor a Napoleão, justificando que «um conquistava a Europa com canhões e o outro com a música». Depois da conferência-concerto, o programa apresentou, no fim-de-semana seguinte, um recital de canto, flauta e piano, em torno da música do século XVII,

que apesar da chuva contou com uma plateia composta por cerca de 80 apreciadores deste género musical. Com a Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo como cenário, a soprano Sara Carneiro, acompanhada pela pianista Ana Isabel Valle e pelo flautista Hélio Azevedos, interpretou algumas das mais belas obras de música sacra, como Joshua, de Haendel, Trio BWV 585, de Bach, ou Domine Deus, de Vivaldi.

Ainda pode ver...

dia 10 | dom | 17.30h

dia 16 | sáb | 16h

dia 17 | dom | 16h

dia 24 | dom | 16h

• Vox Angelis • Grupo de Danças Antigas Condes de Sesimbra • Ensemble de Músicos da Casa de Ópera do Cabo Espichel • Entrada gratuita Igreja de Nossa Senhora do Cabo Espichel

da Associação Musical e Cultural Conde I Música Renascentista e Barroca • Entrada gratuita • Inserido na Ond@Jovem´11 Loja Ond@Jovem, Quinta do Conde

• Ana Jacobetti (piano) • Sónia Alcobaça (soprano) • Entrada gratuita Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

• Salomé Matos (harpa) • Filipa Lopes (soprano) • Entrada gratuita Igreja de Nossa Senhora da Consolação do Castelo

A Corte de El Rei D. José no Cabo

Quinteto Vocal Vox Cantatis

Árias de Ópera para Soprano

Concerto de Páscoa

Sesimbra Município . 138 26 Abril . Maio 2011

dia 30 | sáb | 21h

Gala de Ópera

pela Orquestra Clássica do Centro • Bilhete: €10 Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra


turismo Cineteatro Municipal Congresso Nacional

«Turismo e ambiente são complementares e não incompatíveis» A apresentação sobre Sesimbra focou o turismo de natureza Cerca de cem participantes de todo o país e ilhas, Brasil e Espanha, entre especialistas e operadores turísticos, participaram no Congresso Nacional de Turismo e Ambiente, subordinado ao tema Turismo em Zonas Costeiras, que decorreu em Sesimbra entre 30 de Março e 1 de Abril. A relação entre turismo e ambiente foi o ponto de partida para o Congresso Nacional de Turismo Sustentável, este ano subordinado ao turismo em zonas costeiras, organizado pelo Centro de Oceanografia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, em parceria com a Câmara Municipal. O evento reuniu em Sesimbra especialistas, operadores turísticos e investigadores da área, que durante três dias apresentaram mais de quarenta comunicações com base em trabalhos e investigações, alguns já com resultados concretos na orientação de projectos futuros sustentáveis. A troca de ideias e a partilha de experiências entre institutos oficiais, empresas e universidades possibilitaram ainda desmistificar a ideia de que o turismo e o ambiente, dois sectores fundamentais para a promoção de uma região, particularmente das zonas junto à faixa litoral, com ecossistemas únicos, como é o caso de Sesimbra, não podem coexistir. Uma questão destacada por Augusto Pólvora, presidente da Câmara Municipal, que na cerimónia de abertura, referiu a importância da iniciativa «como parte fundamental da promoção turística do concelho que permita também esclarecer que não existe qualquer incompatibilidade entre turismo e ambiente, mas antes uma evidente complementaridade». Henrique Cabral, do Centro de Oceanografia, enalteceu a parceria entre a Câmara Municipal e o

Especialistas em várias áreas fizeram mais de 40 apresentações

Centro, que tem permitido uma série de projectos e actividades ao longo dos últimos anos, e realçou o interesse do encontro, que visa ligar duas áreas disciplinares determinantes na promoção do concelho. «O turismo como pilar estratégico da economia e com uma relevância crescente, e a investigação científica que no domínio de várias áreas traz factores e evidências de preocupação sobre os riscos que podem decorrer entre a actividade turística e a salvaguarda do património natural». Paulo Silva, arquitecto, mostrou, no painel de abertura, que é possível criar «modelos mais adequados à construção tendo em conta a área envolvente». Na sua comunicação, intitulada Mata de Sesimbra e Sustentabilidade – One Planet Living Pioneer Project, o representante da Greenwoods, empresa responsável pelo projecto da Mata de Sesimbra Sul, referiu que o empreendimento turístico é «assente numa estratégia de sustentabilidade» que contempla uma «adequada acção paisagística». O percurso do projecto, os modelos possíveis para o espaço e as

formas de ser organizado o empreendimento em área construída, foram outras questões abordadas pelo arquitecto, que no final lembrou aos presentes que «a questão ambiental relacionada com o projecto tem em conta metodologias aceites em todo o mundo, como a pegada ecológica». Na mesma zona do concelho situa-se a Herdade da Mesquita, onde terrenos de extracção de areias e argilas foram aproveitados para fins agroflorestrais e turísticos. Para Diogo Caupers, engenheiro, este espaço é um exemplo de como é possível «explorar um recurso natural de forma sustentável». Durante a sua intervenção, realçou a importância do Plano de Gestão Ambiental aprovado pela autarquia, que «veio permitir um plano de recuperação para a zona». Com a plantação de espécies autóctones e a criação de pontos de água, a Herdade da Mesquita transformou-se numa zona rica em biodiversidade, com a presença de diversas espécies animais e vegetais. As imagens das zonas reconvertidas e recuperadas e os registos fotográficos, datados de 1920, ilustraram a situação actual

Sesimbra Município . 138 27 Abril . Maio 2011

da área tida como «uma mais-valia ambiental e económica para o concelho, com enorme potencial para o turismo de natureza». Felícia Costa, vereadora do Pelouro do Turismo, afirma que é nesta dinâmica que a autarquia tem vindo a actuar. Defensora de uma articulação entre a administração local e a academia, Felícia Costa lembrou que «o conhecimento da ciência, uma vez que as universidades têm estudos e informação mais alargada, ajuda aos que têm que tomar decisões». Na cerimónia de encerramento, a vereadora referiu que o sucesso do seminário foi possível pelas potencialidades e diversidades exibidas. «Queremos um turismo que seja cada vez mais amigo do ambiente, diferenciado e qualificado», salientou. Enumerando as riquezas e os valores naturais, históricos e culturais de Sesimbra, Felícia Costa finalizou a sua intervenção desafiando os congressistas a descobrir a região. «Como turistas ou como cientistas venham conhecer a região, porque Sesimbra é um lugar de sensações e emoções únicas, com muito para descobrir», concluiu.


tome nota Património Comemorações

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 16 de abril | sábado | das 9 às 12.30h

Água: Cultura e Património foi este ano o tema escolhido para as comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se celebra a 18 de Abril. Em Sesimbra, a Câmara Municipal propõe aos munícipes uma visita guiada aos engenhos de moer do concelho, integrada na iniciativa Sesimbra: Memória e Identidade, que decorre no dia 16 de Abril, das 9 às 12.30 horas. Mais informações em www.cm-sesimbra.pt.

Quinta do Conde

Juventude

Férias Jovem 2011

As Férias Jovem regressam ao concelho de Sesimbra de 4 a 28 de Julho. A iniciativa, direccionada para crianças entre os 8 e os 12 anos, promove a ocupação dos tempos livres nas férias de Verão. As actividades estão divididas por quatro núcleos, com 50 participantes cada: Sesimbra, Alfarim, Sampaio e Quinta do Conde. Ao longo de quase um mês, os inscritos terão oportunidade de praticar BTT, natação, canoagem, desporto aventura, fotografia, teatro, vela ou jogos lúdicos, entre outros. O site da Câmara Municipal de Sesimbra disponibiliza, entre 30 de Maio e 17 de Junho, os formulários de inscrição. A colocação dos inscritos nos núcleos será conhecida e divulgada no site no dia 24 de Junho.

Educação Mostra de Teatro

Alunos voltam ao palco A 7ª edição da Mostra de Teatro Escolar decorre entre 27 e 29 de Maio no Cineteatro Municipal João Mota. Durante três dias, alunos de várias instituições do ensino público, privado e de Solidariedade Social apresentam uma dezena de peças preparadas ao longo o ano lectivo. Cenários e adereços foram também elaborados pelos jovens com a colaboração dos professores. Este ano, e pela primeira vez, a iniciativa conta com a presença do Grupo de hip hop MGBoos, actuação do

grupo de dança Todos Somos Capazes, da Cercizimbra, e um momento de animação infantil pelo grupo Mimi e Miminhos. A entrada é gratuita. Consulte o programa em www.cm-sesimbra.pt.

Feira do Livro A 1.ª edição da Feira do Livro Quinta do Conde acontece de 21 de Abril a 16 de Maio no Parque da Vila. O certame traz à freguesia diversas publicações, encontros com autores e iniciativas para os mais pequenos. Destaque para a sessão de autógrafos, com a escritora sesimbrense Sandra Carvalho, autora da Saga das Pedras Mágicas, uma colecção de literatura fantástica. Durante o evento, estão agendadas visitas das escolas básicas e secundárias e a Hora do Conto, para a qual foi convidada uma contadora de histórias.

Juventude Quinzena OndaJovem

Um programa em cheio

Entre 8 e 25 de Abril, o concelho de Sesimbra recebe mais uma quinzena Ond@Jovem, organizada pela Câmara Municipal em parceria com o movimento associativo. O programa reúne mais de 80 iniciativas, entre as quais espectáculos de música e teatro, uma mostra de curtas, passeios pedestres, baptismos de voo em parapente e diversos workshops, dinamizadas na grande maioria por associações locais. Mais informações em www.ondajovem.com.

Feriado Municipal

Autarquia atribui Medalhas de Mérito Homenagear personalidades e instituições do concelho que, pela sua vida e obra, se destacaram em diversas áreas é o objectivo das condecorações municipais atribuídas há 19 anos no Feriado Municipal, 4 de Maio. Este ano, a cerimónia volta a realizar-se no Cineteatro Municipal João Mota, às 11 horas, e conta com a actuação da Orquestra Geração da Quinta do Conde.

Sesimbra Município . 138 28 Abril . Maio 2011


tome nota Divulgação

Gala do Prémio Científico Sesimbra A Gala da 3.ª edição do Prémio Científico Sesimbra realiza-se no dia 29 de Maio, domingo, pelas 21.30 horas, no Cineteatro Municipal João Mota. Este ano, a Câmara Municipal recebeu cinco candidaturas que ainda estão a ser analisadas pelo júri. O momento servirá também para o lançamento, em livro, do trabalho vencedor da edição de 2010 do prémio, Evolução do Estuário do Sado e da Plataforma Continental entre Sesimbra e o Canhão de Setúbal nos Últimos ~50000 Anos, da autoria do geólogo Pedro Brito.

Desporto Hóquei em Patins

Praias de Sesimbra

Cerca de vinte equipas marcam presença na 26.ª edição do Torneio Internacional de Hóquei em Patins Praias de Sesimbra, nos escalões de juniores, juvenis, iniciados, infantis e escolares, que decorre entre 21 e 23 de Abril no Pavilhão do Grupo Desportivo de Sesimbra.

Desporto Cicloturismo

Sesimbra-Lagos Comemorações 25 de Abril

ASAE Sessão de Esclarecimento

Dia da Liberdade

Segurança Alimentar

A música de raiz tradicional portuguesa dos Realejo é a proposta deste ano para o concerto da noite de 24 para 25 de Abril, no Cineteatro Municipal. Na manhã de 25, como é habitual, a Praça da Califórnia, em Sesimbra, e o Parque da Vila, na Quinta do Conde, recebem um conjunto de actividades que se prolongam durante todo o dia. Destaque para a exposição de trabalhos com materiais reciclados dos alunos das escolas básicas, para a aula de ginástica, em Sesimbra, e para o piquenique popular na Quinta do Conde. Consulte o programa na contracapa ou em www. cm-sesimbra.pt.

Segurança Alimentar e Rastreabilidade é o tema da sessão de esclarecimento, que decorre no dia 16 de Maio, às 14.30 horas, no Auditório Conde de Ferreira, em Sesimbra, destinada a profissionais de hotelaria, restauração e bebidas e comércio. Alertar para a importância da higiene como uma forma de proteger a saúde dos consumidores e para os comportamentos a adoptar durante a manipulação de alimentos são alguns dos assuntos em destaque na iniciativa, que conta com a participação de Maria Lourdes Gonçalves, da Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica. A entrada é gratuita.

Exposição

Gastronomia

5 anos a Falar de...

Quinzena do Peixe-espada preto

O Átrio da Biblioteca Municipal recebe, de 5 a 30 de Abril, a exposição 5 anos a Falar de…, projecto dinamizado pela autarquia e pela Cercizimbra/ STIP, em parceria com as IPSS do concelho. A mostra dá a conhecer os livros, fantoches e acessórios que serviram de base às várias exposições.

Sesimbra Comemorações

Dia do Pescador

31 de maio | terça-feira

A Quinzena Gastronómica do Peixe-espada Preto está de regresso aos restaurantes do concelho de 28 de Maio a 12 de Junho. O evento, que tem como objectivo promover esta apreciada espécie, pescada pela frota artesanal de Sesimbra, é organizado pela Câmara Municipal, associações de comerciantes do concelho e ArtesanalPesca. Nas edições anteriores têm participado cerca de 50 restaurantes.

O Dia do Pescador, 31 de Maio, é mais uma vez comemorado na vila de Sesimbra com a entrega de distinções ao marítimo mais antigo no activo, às embarcações que mais peixe transaccionaram em 2010 e com a deposição de uma coroa de flores junto ao monumento que homenageia os homens do mar, no Largo de Bombaldes.

Sesimbra Município . 138 29 Abril . Maio 2011

Sesimbra é mais uma vez o ponto de partida do Encontro Internacional de Cicloturismo, que termina em Lagos, no Algarve. Esta 26.ª edição do evento decorre entre 15 e 17 de Abril. Mais informações em www.fpcub.pt.

Educação Encontro

Criança, Sujeito de Direitos

Pelo terceiro ano consecutivo, a Câmara Municipal organiza o encontro Escola, Família e Comunidade – Criança, Sujeito de Direitos. A iniciativa, que decorre nos dias 3 e 4 de Junho, conta com a participação de especialistas em segurança infantil e é dirigida à comunidade educativa e interessados na temática.

Biblioteca Ciclo de Estudos

António Telmo

A Biblioteca Municipal recebe, de Março a Novembro, o I Ciclo de Estudos de Homenagem a António Telmo, filósofo, escritor e professor português. As conferências contam com um conjunto de oradores de renome e decorrem no último sábado de cada mês.

Desporto Corrida

Ultra Trail

A associação desportiva O Mundo da Corrida organiza, no dia 12 de Junho, o Ultra Trail de Sesimbra, de 50 quilómetros, e em simultâneo o Mini Trail, de 20 quilómetros e uma caminhada de 15 quilómetros.


pessoas

município online

Uma pescadora de Sesimbra Twitter no site

As últimas entradas da rede social Twitter podem agora ser consultadas na homepage do site da Câmara Municipal de Sesimbra. A rapidez e facilidade de actualização do twitter permitem que as últimas informações acerca do concelho sejam lançadas de imediato no site e posteriormente, caso se justifique, complementadas com notícias. Acompanhe-nos em www.twitter.com/cmsesimbra

Galerias de imagens

O popular sistema de arquivo e gestão de fotografias está a ser utilizado pela Câmara Municipal para disponibilizar galerias públicas de imagens de acontecimentos relevantes, locais com interesse histórico e natural e equipamentos municipais. Numa fase posterior serão criadas galerias de imagens antigas de Sesimbra.

Ribeira do Marchante A Câmara Municipal vai disponibilizar online um dossiê com todas as informações acerca do processo de permuta de lotes na Ribeira do Marchante. Neste espaço existirão imagens com mapas da zona, tipologia das habitações propostas e documentação com todos os passos necessários à permuta.

Entrevista Heliodora Maria Carambola Aos 35 anos a vida levou-a a romper convenções e a enfrentar uma das mais duras profissões que se conhecem. Hoje, aos 60, é uma mulher feliz, que sorri ao contar a sua história, e que nunca se arrependeu da decisão que tomou. A determinação e coragem de Heliodora Carambola, 60 anos, fizeram com que se tornasse numa das poucas mulheres a enfrentar a arriscada profissão de pescadora de alto mar. Movida pela vontade de ajudar o marido e o sogro, proprietários do barco Pai do Céu, decidiu entrar para a companha da família, impedindo assim que o negócio se perdesse. Ainda hoje, cerca de 25 anos depois, se emociona ao recordar o momento em que surpreendeu tudo e todos com a sua decisão. «Não podia deixar que a indústria criada com tanta dedicação terminasse por falta de pescadores para trabalhar», afirma. Ao lado do marido e do sogro iniciou uma nova etapa na sua vida, da qual se sente muito orgulhosa e só guarda boas recordações. Mulher de garra e destemida, deixou bem claro desde o início que se conseguisse desempenhar as mesmas tarefas dos homens seria recompensada com o mesmo ordenado. «Nunca quis ser tratada de maneira diferente, por isso fazia tudo tal e qual como eles», refere. Orgulha-se dos seis anos que andou no mar, da camaradagem no barco e de nunca ter fraquejado nos momentos difíceis. «Quantas vezes o meu sogro quis voltar para terra nos dias de mau tempo e eu nunca deixei», conta. «Tínhamos de ir em frente, porque não éramos menos que os outros», reforça. Apesar de partir todos os dias para alto mar às 4 da manhã e só regressar às 3 da tarde, Maria, como é conhecida pelos amigos, diz que nunca deixou de ter uma vida igual à de qualquer outra mulher e de se arranjar e cuidar como sempre fez. «Continuei a ir à cabeleireira, à ginástica e a fazer as minhas limpezas de pele», descreve. Para se proteger do sol, usava chapéu e protector. A sua opção de vida valeu-lhe a curiosidade da imprensa nacional, que várias vezes divulgou a história. «Uma vez foram comigo no barco, mas a jornalista vomitou tanto que mal se aguentava», frisa, acrescentado que nem todos têm «es-

Sesimbra Município . 138 30 Abril . Maio 2011

Favoritos Prato preferido:

Caldeirada.

Cor que mais usa:

Branco, a cor da paz. Não dispensa:

Ir ao café, falar com as amigas. Música:

Moderna. Adoro ir à discoteca. O que faz no dia de folga:

Almoço sempre com o meu neto.

tômago» para aguentar o mar. Para Heliodora, a dificuldade e o perigo nunca foram um obstáculo. Oriunda de uma família de pescadores da Azoia, começou desde pequena a aventurar-se pelas arribas das praias do Ribeiro do Cavalo e Lagosteiros para apanhar limo e ganhar algum dinheiro. Mas a vontade de partir à descoberta de uma nova vida e ter a sua independência fê-la deixar a casa dos pais com apenas 9 anos e procurar trabalho em Sesimbra. «Sempre fui assim, não tenho medo, só da morte, e nunca gostei de estar parada». Foi pelo facto de trabalhar desde muito nova e estar habituada a ter um ordenado, que não aguentou estar parada depois de uma avaria no barco e decidiu experimentar a restauração. Começou como ajudante de copa, depois passou para ajudante de cozinheira, mais tarde para cozinheira de terceira e acabou por tirar a carteira de cozinheira de segunda. «Gosto sempre de subir os degraus e graças a Deus tenho conseguido chegar onde quero». Com um amor incondicional pela família, afirma que tudo o que fez foi para ser feliz e trazer felicidade aos que a rodeiam. «A felicidade fazemo-la nós com as nossas mãos», completa.


utilidades Farmácias de Serviço

Liz (Alfarim)

Cotovia

Santana

Lopes

Leão

Quinta do Conde

Bio-Latina

Rodrigues Pata

Permanentes disponibilidade Castelo Quinta do Conde Sesimbra

Contactos Municipais Câmara Municipal de Sesimbra (Geral) Tel.: 21 228 85 00 | E-mail: girp@cm-sesimbra.pt Site: www.cm-sesimbra.pt

serviços públicos Tribunal Secretaria Judicial Tel.: 21 228 81 50 Ministério Público Tel.: 21 228 81 55

Linha Verde (RECLAMAÇÕES) Tel.: 800 22 88 50

Conservatórias Registo Civil Tel.: 21 228 84 90 Registo Predial e Comercial Tel.: 21 228 84 70

Assembleia Municipal de Sesimbra Tel.: 21 228 85 51 E-mail: assembleiamunicipal@cm-sesimbra.pt

Abril 1 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 2 2 2 2 4 2 2 2 2 5 2 2 2 2 6 2 2 2 2 7 2 2 2 2 8 2 2 2 2 9 2 2 2 2 10 2 2 2 2 11 2 2 2 2 12 2 2 2 2 13 2 2 2 2 14 2 2 2 2 15 2 2 2 2 16 2 2 2 2 17 2 2 2 2 18 2 2 2 2 19 2 2 2 2 20 2 2 2 2 21 2 2 2 2 22 2 2 2 2 23 2 2 2 2 24 2 2 2 2 25 2 2 2 2 26 2 2 2 2 27 2 2 2 2 28 2 2 2 2 29 2 2 2 2 30 2 2 2 2 Maio 1 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 2 2 2 2 4 2 2 2 2 5 2 2 2 2 6 2 2 2 2 7 2 2 2 8 2 2 2 9 2 2 2 10 2 2 2 2 11 2 2 2 2 12 2 2 2 2 13 2 2 2 2 14 2 2 2 2 15 2 2 2 2 16 2 2 2 2 17 2 2 2 2 18 2 2 2 2 19 2 2 2 2 20 2 2 2 2 21 2 2 2 2 22 2 2 2 2 23 2 2 2 2 24 2 2 2 2 25 2 2 2 2 26 2 2 2 2 27 2 2 2 2 28 2 2 2 2 29 2 2 2 2 30 2 2 2 2 31 2 2 2 2

Gabinete Municipal da Quinta do Conde Tel.: 21 228 85 00

Cartório Notarial de Sesimbra (na Cotovia) Tel.: 21 268 02 31 E-mail: notariamagda@gmail.com

Cartório Notarial da Quinta do Conde Tel.: 21 210 56 66 Posto de Turismo Tel.: 21 228 85 40 | E-mail: turismo@cm-sesimbra.pt E-mail: mbarreiros.notaria@cn-quintadoconde.com Serviço de Finanças Loja Ond@Jovem (Sesimbra) Geral Tel.: 21 228 93 00 / 14 Tel.: 93 998 25 96 E-mail: onda_jovem_sesimbra@cm-sesimbra.pt Tesouraria Tel.: 21 228 93 15 / 16 Centro Regional da Segurança Social Loja Ond@Jovem (Quinta do Conde) Geral Tel.: 21 228 97 00 / 12 Tel.: 21 210 22 31 E-mail: onda_jovem_qdc@cm-sesimbra.pt Delegação Marítima Tel.: 21 223 30 48 Centro de Recursos Educativos e Formação Tel.: 21 268 15 91 comunicação social E-mail: cref@sesimbra-edu.net Comércio do Seixal e Sesimbra Tel.: 96 760 16 34 Espaço Solidário Fórum da Quinta do Conde Tel.: 96 760 16 34 Tel.: 21 210 26 49 Jornal de Sesimbra Tel.: 21 228 92 00 Espaço Cidadania Notícias da Zona Tel.: 21 087 97 90 Tel.: 21 228 85 00 Nova Morada Tel.: 21 244 37 98 O Condense Tel.: 21 086 44 55 Gabinete de Apoio ao Empresário O Sesimbrense Tel.: 21 223 31 33 / 21 181 01 04 Tel.: 21 268 80 98 / 80 21 Sesimbra FM Tel.: 21 228 92 00 Gabinete de Apoio ao Consumidor Raio de Luz Tel.: 21 268 15 54 Tel.: 21 228 86 67 Mercado de Sesimbra Tel.: 21 223 58 93 Mercado da Quinta do Conde Tel.: 21 210 94 99 Cemitério de Sesimbra Tel.: 21 228 85 70 Cemitério do Castelo (encerra às 3.as e 5.as) Tel.: 21 268 57 59 Cemitério de Aiana Tel.: 93 955 39 92 Cemitério da Quinta do Conde Tel.: 21 210 71 72 juntas de freguesia Junta de Freguesia do Castelo Tel.: 21 268 92 10 Email: geral@jf-castelo.pt Site: www.jf-castelo.pt Junta de Freguesia da Quinta do Conde Tel.: 21 210 83 70 Email: geral@jf-quintadoconde.pt Site: www.jf-quintadoconde.pt Junta de Freguesia de Santiago Tel.: 21 228 84 10/3 Email: geral@jf-santiago.pt Site: www.jf-santiago.pt Atendimento por técnicos Viabilidades, Destaques, Informação Prévia, Consultas e Loteamentos Marcações: segundas, das 9 às 12.30h Atendimento: terças, das 10 às 12 e das 14.30 às 16.30h Intervenção em projectos de construção Marcações: quartas, quintas e sextas, das 9 às 12.30 e das 14 às 17.30h Atendimento: terças, das 10 às 12 e das 14.30 às 16.30h Morada: Rua da República, 3, 2970-741 Sesimbra | Tel.: 21 228 85 00

No regime de disponibilidade as farmácias são obrigadas à dis­po­­nibilização permanente do farmacêutico ou auxiliar legalmen­te habilitado. Em caso de ausência deverá ser afixado de forma bem visível o contacto do técnico responsável.

transportes Transportes Sul do Tejo de Sesimbra Tel.: 21 268 94 10 E-mail: tst@tsuldotejo.pt | Site: www.tsuldotejo.pt Fertagus Tel.: 21 106 63 00 E-mail: fertagus@fertagus.pt Site: www.fertagus.pt Táxis Santiago Tel.: 91 975 59 27 / 21 268 20 93 96 400 44 80 / 91 759 31 97 | 96 687 55 95 96 602 36 10 | 91 752 76 37 / 91 757 23 12 91 931 28 66 Castelo Tel.: 91 721 55 26 | 96 602 35 41 91 937 33 47 | 96 983 39 03 96 402 20 41 | 96 802 97 54 96 404 53 89 | 96 263 42 55 Quinta do Conde Tel.: 91 935 60 14 93 450 00 25 | 96 903 35 93 96 305 03 10 | 91 963 76 87 96 600 11 53 / 96 705 11 35 96 520 46 48 emergência Bombeiros Voluntários de Sesimbra Piquete de Sesimbra Tel.: 21 228 84 50 Piquete da Quinta do Conde Tel.: 21 210 61 74 Cruz Vermelha Portuguesa Quinta do Conde Tel.: 21 210 02 12 Linha Cancro Tel.: 808 255 255 GNR Sesimbra Tel.: 21 228 95 10 Alfarim Tel.: 21 268 88 10 Quinta do Conde Tel.: 21 210 07 18 Polícia Marítima Tel.: 21 228 07 78 Centros de Saúde de Sesimbra Sesimbra | Tel.: 21 228 96 00 Santana | Tel.: 21 268 92 80 Quinta do Conde | Tel.: 21 211 09 40 Linha SOS Criança Tel.: 800 202 651 (grátis) Linha Verde Recados da Criança Tel.: 800 20 66 56

Freguesia de Santiago

Gabinete Jurídico Marcações: todos os dias, das 9 às 12.30 e das 14 às 17.30h

Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do Concelho de Sesimbra (CPCJ) Tel.: 21 268 73 45

Freguesia da Quinta do Conde

Divisão da Fiscalização Municipal Atendimento: segundas, das 14.30 às 16 horas

Protecção Civil (CMS) Tel.: 21 228 05 21

Lopes Tel.: 21 223 30 28 Leão Tel.: 21 228 80 78

Rodrigues Pata Tel.: 21 210 80 50 Bio-Latina Tel.: 21 210 91 13 Quinta do Conde Tel.: 21 211 37 28/9

Divisão de Apoio Jurídico Contencioso Atendimento: terças, das 14.30 às 16 horas e quintas das 10 às 12 horas Morada: Largo do Município, 10, 2970-741 Sesimbra | Tel.: 21 228 85 00

Freguesia do Castelo

Santana Tel.: 21 268 83 70 Cotovia Tel.: 21 268 16 85 Liz (Alfarim) Tel.: 21 268 85 47

Piquete de Águas (CMS) Sesimbra | Tel.: 21 223 23 21 • Tm.: 93 998 06 24 Quinta do Conde | Tel.: 21 210 95 06 • Tm.: 93 998 06 04 EDP (avarias) Tel.: 800 50 65 06 PT (avarias) Tel.: 16200

Sesimbra Município . 138 31 Abril . Maio 2011

Atendimento público pelo executivo da Câmara Municipal Augusto Pólvora (CDU) Presidente Modernização Administrativa e Qualidade, Administração e Planeamento Urbanístico, Gabinete do Projecto Municipal da Lagoa de Albufeira, Gabinete de Planeamento Estratégico, Habitação, Gabinete Jurídico, Informação e Relações Públicas, Ambiente e Água, Fiscalização Municipal e Recursos Humanos Terças-feiras, das 9.30 às 12.30 horas (Gabinete da Presidência - Sesimbra) Quintas-feiras, das 14.30 às 17.30 horas (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

Felícia Costa (CDU) Vereadora Educação, Cultura, Acção Social e Saúde e Turismo Quintas-feiras, das 9 às 12.30 horas (Gabinete da Vereadora/DECL - Sesimbra) Terças-feiras, das 9 às 12.30 horas (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

José Polido (CDU) Vereador Administração e Finanças, Actividades Económicas, Desporto e Juventude Terças-feiras, das 9 às 12.30 horas (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quartas-feiras, das 16 às 17.30 horas (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

sérgio marcelino (CDU) Vereador Obras Municipais, Logística e Informática Terças-feiras, das 10 às 12.30 horas (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quintas-feiras, das 10 às 12.30 horas (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

CARMEN CRUZ (CDU) Vereadora Recursos Humanos e Gabinete Médico-Veterinário Municipal Terças-feiras, das 9.30 às 12.30 horas (Gabinete do Vereador - Sesimbra) (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

AMÉRICO GEGALOTO (PS) Vereador Sem Pelouros Sesimbra: Primeira quarta-feira do mês, das 14.30 às 17.30h Quinta do Conde: Terceira quarta-feira do mês, das 14 às 15.30h As marcações devem ser feitas até à sexta-feira anterior, pelo telefone 21 228 85 14 (Gabinete do Vereador - Sesimbra)

FRANCISCO LUÍS (PSD) Vereador Segurança e Protecção Civil, Fiscalização Municipal e Ambiente

Terças-feiras, das 10 às 12.30 horas (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Por marcação prévia feita até às quintas-feiras à tarde, para atendimento nas segundas-feiras seguintes à tarde. (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)


1974 . 2011

COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL NO MUNICÍPIO DE SESIMBRA - PROGRAMA

Informações: 21 223 52 85 Org.: JF Santiago

de 20 a 30

Mostra Fotográfica

Sociedade Musical Sesimbrense Org.: JF Santiago

dia 23 | sáb

Inauguração do Centro de Inovação e Participação Associativa (CIPA) 10 às 12h

Showcase Banda Voodoo Glitch 10 às 12.30h

Workshop Juventude Saudável – Socorro: Primeiro Por Aqui! 14 às 18h

Exibição de Hip hop, Ginástica Aeróbica Desportiva e Atletismo 15 às 17h

Workshop Juventude Saudável – Suporte Básico de Vida 17 às 18h

Palestra O Bicho-carpinteiro do Voluntariado 18 às 19h

Concerto Gospel Banda Voz de Júbilo

dia 24 | dom

Manhã Desportiva

12h

Espectáculo Musical com Realejo

Org.: Grupo Desportivo de Sesimbra e Surf Clube de Sesimbra

Org.: JF Quinta do Conde

21.30h

Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra Org.: CM Sesimbra

Praia da Califórnia, Sesimbra

Aula de Ginástica

Praça da Califórnia, Sesimbra Org.: CM Sesimbra

Jogos Tradicionais

dia 25 | seg

Praça da Califórnia, Sesimbra

10h

Org.: CM Sesimbra

Caminhada Casal do Sapo – Quinta do Conde

10.30h

Ponto de encontro: sede do Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo Org.: Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo

das 10 às 12.30h

Caminhada da Liberdade

Ponto de encontro: parque de estacionamento do Hotel do Mar Org.: CM Sesimbra

Exibição de Parapente Praça da Califórnia, Sesimbra Org.: Asas do Sul

Exposição de trabalhos com materiais recicláveis dos alunos do concelho Praça da Califórnia, Sesimbra Org.: Estabelecimentos de Ensino da Rede Pública, Solidária e Privada

Pintura ao Vivo

Parque da Vila, Quinta do Conde Org.: ECOSD’ART

11h

Aula de Combate e Aeróbica

Parque da Vila, Quinta do Conde Org.: Núcleo da Casa do Sporting

Jogos de Atletismo

Parque da Vila, Quinta do Conde Org.: MGBOOS

11h

Inauguração das instalações da sede da Junta de Freguesia do Castelo Santana

Org.: JF Castelo

Parque da Vila, Quinta do Conde

das 15 às 16.30h

Espectáculo Musical

. Grupo Recreativo Escola de Samba Batuque do Conde . Grupo Coral A Voz do Alentejo . Grupo Coral da União Desportiva e Recreativa da Quinta de Conde . Grupo de Hip Hop do Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo . Grupo Folclórico e Humanitário do Concelho de Sesimbra . Grupo Musical Renascer . Grupo Musical Ecos . MGBOOS - Hip Hop e ginástica Parque da Vila, Quinta do Conde Org.: CM Sesimbra

ao longo da tarde

Workshop de Percussão pelo Grupo Recreativo Escola de Samba Batuque do Conde

Demonstração de Lutas

pelo Clube de Lutas do Bastos

Demonstração de Karaté e Futebol

pela Associação de Desenvolvimento da Quinta do Conde Parque da Vila, Quinta do Conde Org.: CM Sesimbra

dia 26 | ter

às 10.30 e 14.30h

CIPA (antiga Escola Básica n.º 1 da Quinta do Conde)

Org.: CM Sesimbra, ELEVA-TE - Associação Cívico Cultural, Intercultura – AFS Portugal, Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Almada (Congregação da Quinta do Conde), MGBOOS - Associação Desportiva, Cultural e Social da Quinta do Conde

Piquenique Popular

Conto no Espaço Relembrar o 25 de Abril O 25 de Abril Contado às Crianças… e aos Outros Movimento Associativo do Concelho de Sesimbra

de José Jorge Letria Espaço Zambujal Org.: JF Castelo

design: GIRP/CM Sesimbra | Abril 2011

de 4 a 18

Concurso Fotográfico Olhar Abril

Sesimbra Município n.º 138  
Sesimbra Município n.º 138  

Revista com a actividade municipal do concelho de Sesimbra

Advertisement