Page 1

Centrais

N.º 108 | Ano 10 | Distribuição gratuita

Ruas da vila da Quinta do Conde totalmente pavimentadas até 2009

informação | par ticipação | cidadania • Edição da Câmara Municipal de Sesimbra • Abril 2008

Abriu A LOJA OND@JOVEM EM SESIMBRA

Damos espaço à Juventude! Pág. 15

MÚSICA CLÁSSICA NO PATRIMÓNIO

Temporada de ópera inesquecível Grande adesão do público garante continuidade no próximo ano

Pág. 17

por proposta da Câmara Municipal

Pólo de formação profissional no Forpescas

Secretários de Estado da Formação Profissional e Educação visitaram as instalações Pág. 14


sumário ATENDIMENTO PÚBLICO pelo executivo da Câmara

Augusto Pólvora (CDU) Presidente Planeamento Estratégico, Planeamento Urbanístico, Projecto Municipal da Lagoa de Albufeira, Águas, Saneamento, Salubridade e Ambiente, Jurídico e Contencioso, e Médico-Veterinário Terças-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Presidência ­­- Sesimbra) Quintas-feiras, das 14.30 às 17.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) Felícia Costa (CDU) Vereadora Cultura, Educação, Juventude, Habitação, Acção Social, Turismo, Informação e Relações Públicas Terças-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) Quintas-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Vice-Presidente - DECL) José Polido (CDU) Vereador Administração e Finanças, Actividades Económicas e Desporto Terças-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quartas-feiras, das 14.30 às 17h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

grande plano • Caça aos ovos • Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra • Primeira Pedra da sede da Voz do Alentejo • Como usar um extintor • Maratona de Barcelona

04

no terreno 05 • Pavimentações em Santana • Contentor na Almoinha • Largo do Tribunal • Rua 4 de Maio • Pavimentações na Quinta do Conde em destaque 06 | 07 • Prémio Espichel • BTT no Património • Recifes artificiais e aquicultura • Multiusos da Quinta do Conde • Parto na Água • Semana da Saúde município 08 | 09 | 10 • Contas de 2007 aprovadas por unanimidade

• Regulamento de taxas e cedências em consulta • Homenagem aos pioneiros • Monumento aos combatentes • ASAE esclareceu os comerciantes • Visita e reunião descentralizada ambiente • Autarquias e cidadãos contra a co-incineração • Abertura da Lagoa • Ambiente virtual

11

• Temporada de Música inesquecível • Arte no espaço público aconteceu 18 | 19 • Dia Mundial do Teatro • Espectáculos • Balanço da Ond@Jovem 2008 desporto 20 • Jogos desportivos • Torneio de Páscoa do Alfarim • Torneio Praias de Sesimbra • Campeonato Nacional de Windsurf

centrais 12 | 13 • Quinta do Conde totalmente pavimentada até 2009

pessoas • Acácio Farinha • Na internet

educação 14 • Sesimbra vai ter pólo de formação profissional

tome nota 22 | 23 • Comemorações do 25 de Abril • Condecorações do 4 de Maio • Exposição de José Arsénio • Amélia Muge • Joana Pessoa • Apoio ao Consumidor

juventude • Lojas Ond@Jovem

15

cultura • Câmara Municipal preserva património em Bombaldes

16 | 17

utilidades

21

23

Amadeu Penim (PS) Vereador Saúde Sextas-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Alberto Gameiro (PS) Vereador Obras Municipais e Logística Terças-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quintas-feiras, das 14 às 17h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) Maria Guilhermina Ruivo (PS) Vereadora Recursos Humanos e Bibliotecas Municipais Terças-feiras, das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Vereadora - Sesimbra) 1.as e 3.as sextas-feiras de cada mês, das 9.30 às 12.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) Carlos Filipe de Oliveira (PSD) Vereador Protecção Civil, Modernização Administrativa e Informática Sextas-feiras, das 14 às 17.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra ou Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)* * Conforme as marcações

www.cm-sesimbra.pt

Forpescas Os Secretários de Estado do Emprego

e Formação Profissional e da Educação querem ter cursos na área da restauração e turismo a funcionar nas instalações do Forpescas ainda antes do Verão. Os cursos de equivalência ao 12.º ano iniciam-se no próximo ano lectivo.

15

Lojas Ond@Jovem Um mês depois da abertura da segunda loja Ond@Jovem, em Sesimbra, o projecto é um sucesso. Cerca de 50 jovens frequentam o espaço diariamente.

14

F I C H A T É C N I CA Edição e Propriedade Câmara Municipal de Sesimbra | DIRECTOR Augusto Pólvora (Presidente da Câmara Municipal) cOORDENAÇÃO, REDACÇÃO, PAGINAÇÃO, FOTOGRAFIA, REVISÃO E SECRETARIADO Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal Avenida da Liberdade, n.º 7 – 2970-635 Sesimbra • Telefone: 21 228 85 90 • Fax: 21 228 86 87 • E-mail: girp@cm-sesimbra.pt | DESIGN GRÁFICO Rui Dias (projecto e direcção) e Bruno Campos (infografia e ilustração) | CAPA José Couto (fotografia) | PRÉ-IMPRESSÃO E IMPRESSÃo Belgráfica, Ld.ª | DISTRIBUIÇÃO CTT (via postal), GIRP/CMS (equipamentos públicos municipais, comércio, colectividades, hotelaria e juntas de freguesia) TIRAGEM 10 000 exemplares | dEPÓSITO lEGAL N.º 134399/99 | ISSN 1646-6632 | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA | Notas: o conteúdo integral ou parcial (textos e imagens) desta revista não pode ser reproduzido sem autorização expressa da Câmara Municipal. Os eventos divulgados em antecipação podem ser alterados por motivos imprevistos.


EDITORIAL

Valeu a pena...

12.13

Pavimentações na Quinta do Conde Os habitantes da freguesia mais populosa do concelho de Sesimbra vão poder circular em ruas pavimentadas em toda a extensão da vila a partir de 2009.

11 Relatório de Contas 2007

O relatório da actividade municipal de 2007 foi aprovado por unanimidade pelo executivo, o que reflecte uma gestão equilibrada e rigorosa do orçamento 30000000 26,200,327

26,063,717 24,163,084

25000000

21,636,766 20,061,352 20000000

Temporada de Música

O cartaz deste primeiro ano reuniu mais de 700 pessoas à volta da música clássica. O progra­ma abriu as portas deste estilo musical a todas as faixas etárias, com iniciativas para todos os gostos.

15000000

10000000

8

5000000

0 2003

2004

2005

2006

2007

informaç ão | par ticipaç ão | cid a d a n i a

Se desejar receber a revista Se­­­­­­­simbra Município e/ou a agenda de acontecimentos Sesimbr'Acontece por correio, sem custos, solicite-o indicando-nos o seu nome e morada atra­ vés do e-mail girp@cm-sesimbra.pt ou do telefone 21 228 85 90 .

Valeu a pena não desistir ao primeiro­ revés. A situação a que chegou a Escola Augusto Pólvora de Pesca de Sesimbra, Presidente da Câmara que presentemente tem 6 alunos e cerca de uma dezena de funcionários, não permitia baixar os braços. Primeiro colocámos a questão de uma melhor renta­bilização da escola junto da ante­rior administração da Forpescas, sem grandes resultados. No princípio de 2007, depois da decisão do Governo de inserir a Forpescas na órbita do IEFP, pedimos uma reu­nião à Secretaria de Estado do Emprego. Em Julho, depois de muita insistência fomos recebidos na Secretaria de Estado, numa reunião com o presidente do IEFP, na qual nos foi garantido que no prazo de um a dois meses teríamos uma proposta de solução para as duas alternativas que pareciam mais óbvias – a instalação de um Pólo de Formação do IEFP ou a sua transformação numa Escola Profissional. Finalmente, há um mês tivemos uma reunião com a administração do IEFP, seguida por uma visita à escola, que começou a produzir resultados. A recente visi­ta conjunta do Secretário de Estado do Emprego e do Secretário de Estado da Educação, a convite da Câmara Munici­pal, veio confirmar a boa notícia. Ainda durante este ano lectivo teremos cursos de formação a funcionar na Escola de Pesca, e a partir de Setembro devemos ter um ano lectivo devidamente programado por um grupo de trabalho constituído por um representante de cada uma das entidades e da Câmara Municipal. Valeu a pena…

Sesimbra Município | Abril 2008




Foto: Rui João Rodrigues

grande plano

Caça aos ovos

À descoberta do património

Plano publicado em DR

Depois de ter sido aprovado por unanimidade pelo executivo municipal, em Dezembro, e por maioria pela Assembleia Mu­ nicipal, em Fevereiro, o Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra foi publicado em Diário da República no dia 7 de Abril. O documento está disponível no site da Câmara Municipal, em www. cm-sesimbra.pt

 Sesimbra Município | Abril 2008

Mais de 500 alunos do Agrupamento de Escolas Castelo Poente invadiram a vila de Sesimbra à procura de ovos de Páscoa, uma iniciativa que conciliou, de forma divertida e lúdica, as matérias trabalhadas durante o ano lectivo e a descoberta do património da vila. O percurso, cheio de enigmas, terminou na Fortaleza de Santiago, onde as crianças encontraram ovos e coe­lhos em chocolate mas também muita animação. Os participantes foram acompanhados por professores, auxiliares e encarregados de educação.

A Voz do Alentejo

O primeiro passo para a cons­ trução da sede do Grupo Coral Voz do Alentejo, da Quinta do Conde, vai ser dado no dia 25 de Abril, às 12 horas. A cerimónia de lançamento da primeira pedra faz parte das comemorações do Dia da Liberdade e conta com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sesimbra e da vereação.

Como usar um extintor

A Protecção Civil Municipal, em colaboração com os bombeiros, organizou um conjunto de ses­ sões para ensinar a utilizar extin­ tores para apagar pequenos focos de incêndio. No início do mês as acções foram dirigidas a professores e funcionários da Escola Básica da Cotovia e du­ rante a Semana da Saúde foram abertas ao público.

Maratona de Barcelona

Uma equipa de cinco atletas de Sesimbra parti­cipou na Mara­ tona de Barcelona, realizada em Março e que contou com cerca de 10 mil corredores. O melhor tempo dos representantes do concelho pertenceu a Domin­ gos Aguiar, que terminou os cerca de 42 quilómetros em 3 horas e 10 minutos, classifi­ cando-se em 817.º da geral.


no terreno Almoinha

Na Rua da Almoinha foi colo­ cado um contentor de resíduos sólidos urbanos de profundidade. A intervenção ficará concluída com a construção da calçada em volta do contentor, um trabalho da responsabilidade dos serviços municipais. Esta foi uma das sugestões apontadas pelos mora­ dores no decorrer do Orçamento Participativo para 2008.

Quinta do Conde

As pavimentações e requalificações da rede de saneamento na vila estão agora a decorrer em algumas zonas da Boa Água 1, Conde 1 e Boa Água 3. Orçadas em quase dois milhões de euros, estas obras deverão estar concluídas em Agosto. Em Maio ini­ ciam-se duas novas intervenções, na Boa Água 1 e no Conde 3. (Para mais informações, consulte as páginas centrais). A2

Quinta do Conde

EN 10

ER 377

EN 378

Pavimentação em Santana

EN 379

A rua Dr. Alberto Leite, em Santana, foi pavimentada entre o desvio para a estrada do Facho de Santana e a praça de táxis da localidade. Esta intervenção da Câmara Municipal teve como objectivo melhorar o piso de uma das mais movimentadas estradas do concelho. O troço em frente ao Jardim de Santana vai ser pavi­ mentado durante o próximo ano.

Almoinha Santana

ER 377

Sesimbra

Cabo Espichel

Rua 4 de Maio

A Câmara Municipal realizou, durante o mês de Março, um conjunto de pavimentações em vários locais da vila de Sesimbra. Um deles foi a Rua 4 de Maio, entre a zona do Vale Paraíso e o Quartel da GNR. A colocação do novo pavimento trouxe maior segurança a todos os automobi­ listas que utilizam diariamente esta via de acesso à vila.

Largo do Tribunal

O Largo do Tribunal, na zona nas­ cente da vila de Sesimbra foi, re­ centemente, alvo de intervenções. O estado degradado em que se encontrava a pavimentação levou a Câmara Municipal a proceder à regularização e repavimentação do local, e à pintura da sinalização horizontal na zona do estaciona­ mento. As obras permitirão me­ lhorar a circulação no local.

Sesimbra Município | Abril 2008




d

destaques ­

Desenvolvimento económico

Câmara propõe recifes artificiais e aquicultura

ArtesanalPesca distinguida com Prémio Espichel

A ArtesanalPesca – Organização de Produtores de Pesca de Sesim­ bra – recebeu o Prémio Espichel 2007. A entrega do galardão, uma pintura de Albino Moura, teve lugar no Auditório Conde de Ferreira, em Março, e ficou marcada por uma apresentação do historial dos faróis em Portugal, com enfoque para o Farol do Cabo Espichel, feita pelo comandante Abrantes Horta, e por um momento musical com a violinista Paula Fernandes e o harpista David Rodrigues. O Prémio Espichel foi instituído pela Assembleia Municipal em 2003 e pretende ser um estímulo à solidariedade, inovação e criatividade, distinguindo pessoas ou instituições que se destaquem a nível social, cultural e económico. De acordo com a presidente da Assembleia, Odete Graça, o prémio deste ano realçou «a proximidade e preocupação aos pro­ blemas locais e, em particular, à área das pescas da nossa terra e à vida dos nossos pescadores e das suas famílias». O presidente da Arte­ sanalPesca, Manuel Alves, mostrou-se satisfeito com a condecoração e agradeceu aos autarcas do concelho «por não se terem esquecido da pesca e dos seus intérpretes». Para além da ArtesanalPesca, o Prémio Espichel já foi anteriormente atribuído a mais três entidades do concelho: a Cercizimbra, a empresa Teodoro Gomes Alho e o Clube Naval de Sesimbra.

 Sesimbra Município | Abril 2008

A Câmara Municipal está a desenvolver um conjunto de con­­tactos para viabilizar a ins­ talação de explorações de aqui­ cultura e de recifes artificiais ao largo de Sesimbra. A concretiza­ rem-se, as propostas poderão ter um impacto muito positivo na economia local, tanto ao ní­vel das pescas como das actividades marítimo-turísticas. Recentemente, e depois de uma reunião com o Instituto de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR), a autarquia reuniu com o Parque Natural da Arrábida (PNA) para abordar estes dois assuntos, e, apesar de ainda não ter recebido respostas definitivas, o PNA garantiu que não se opõe à colocação dos recifes na zona de protecção complementar do Parque Ma­ rinho Dr. Luís Saldanha, desde que a mesma seja coordena­ da pelo IPIMAR. A colocação da infra-estrutura passa por um estudo, a desenvolver por este instituto, e poderá ser alvo de uma candidatura ao programa operacional das pescas. Quanto à aquicultura, a proposta é para que seja instalada fo­ ra dos limites do Parque mas, mesmo assim, está sujeita a um parecer favorável do PNA. Este processo é mais complexo e es­ tá a ser analisado. De qualquer forma, caso não haja oposição, será estabelecido um protocolo com o IPIMAR para definição das zonas e lançado um concurso público para atribuição dos blocos de aquicultura. Experiências semelhantes noutros pon­ tos do país têm tido resultados muito positivos.

BTT

A pedalar pelo património O primeiro passeio de BTT no Património de 2008 decorreu na zona do Cabo Espichel e con­ tou com cerca de 60 partici­ pantes. Os próximos passeios reali­zam-se nos dias 3 e 31 de Maio. As inscrições podem ser feitas até à véspera no Posto de Tu­rismo de Sesimbra, nas Lojas Ond@Jovem e na Divisão de Desporto da Câmara Mu­ nicipal.


Multiusos na Quinta do Conde

Praticar futebol, andebol ou basquetebol é mais fácil para os habitantes da Quinta do Conde a partir de Abril, com a aber­ tura do novo campo multiusos. O equipamento desportivo foi instalado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) com a colaboração da Câmara Municipal. O campo tem as dimensões aproximadas de um terreno de basquetebol, e nele podem praticar-se vários desportos, desde o futebol ao andebol. A Câmara Municipal colaborou com a FPF na implementação deste equipamento através da cedência do espaço e da preparação do terreno para instalação da base, um custo que rondou os 5 mil eu­ ros. A autarquia fica também responsável pelos arranjos exteriores do local e pela gestão do equipamento. Esta instalação insere-se no projecto Hat Trick da UEFA, que se estende entre 2008 e 2012, e prevê a cons­trução de novos mini-campos multiusos por todo o país.

Acção de Formação

Parto na Água

Semana da Saúde

Alterações climáticas dão mote a programa de actividades Conferências, passeios pedestres e sessões de esclarecimento marcaram a programação da Semana da Saúde, promovida pelo Centro de Saúde de Sesimbra, em colaboração com a Câmara Municipal. A apresentação do progra­ ma, que assinalou também o Dia Mundial da Saúde, 7 de Abril, decorreu no Centro Comu­ nitário da Quinta do Conde e contou com a presença do presidente da direcção da insti­ tuição, Vitor Antunes, do verea­dor do Pelouro da Saúde da autarquia, Amadeu Penim, e da directora do Centro de Saúde de Sesimbra, Mariana Dupont. Subordinada ao tema A Protecção da Saúde Contra as Altera­ções Climáticas, a Semana teve como objectivo principal sen­ sibilizar o público para as consequências da actuação do Homem peran­te o planeta. Os de­ bates abran­geram assuntos variados como o cancro da mama, os malefícios da exposição solar ou a protecção da saúde contra as alter­ ações climáticas. Inserido nas comemorações, a Protecção Civil Municipal promoveu tam­ bém acções de sensibilização.

O Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra, recebeu a primeira acção de formação sobre parto na água realizada em Portugal. A inicia­ tiva, organizada pela Bionascimento, com o apoio da Câmara Municipal, contou com a participação de cerca de 200 profissionais de saúde mater­ no-infantil, dos quais 90 eram enfermeiros. Tanto Sandra Oliveira, da or­ ganização, como Cornélia Enning, parteira alemã que dinamizou o en­ contro, desafia­ram os hospitais portugueses a adoptar esta técnica, para a qual basta água quente e uma banheira própria para o efeito. No final do dia, realizou-se também uma sessão informativa aberta ao público em geral, bastante participada.

Sesimbra Município | Abril 2008




município Actividade Municipal

Contas de 2007 aprovadas por unanimidade A aprovação, por unanimidade, do relatório da actividade municipal de 2007 é o reconhecimento do rigor da gestão que a Câmara Municipal está a implementar, e que se reflectiu no cumprimento da maioria dos objectivos propostos.

E

m 2007, a Câmara Muni­ cipal de Sesimbra cumpriu 78 por cento dos objecti­vos propostos nas Grandes Opções do Plano e reduziu a dívida glo­ bal em 1,6 milhões de euros. Comparativamente a 2006, veri­ ficou-se uma melhoria global dos indicadores utilizados na gestão autárquica ao nível do investimento - controle da dívi­ da, receitas e li­quidez. Estes da­ dos fazem parte do relatório da actividade muni­cipal relativo ao ano transacto, que foi aprova­ do por unanimidade pelo execu­ tivo. O docu­mento reflecte uma gestão equilibrada, caracteriza­ da pelo­ rigor orçamental e por um planeamento coe­rente, que teve em atenção a capacidade fi­ nanceira da autarquia, as neces­ sidades dos munícipes e o desen­ volvimento do concelho. O cumprimento da maior parte dos objectivos propostos demons­ tra grande dinamismo, que se traduziu na promoção de diver­ sas acções enquadradas numa estratégia de desenvolvimento

Educação (6%) 543 mil euros

 Sesimbra Município | Abril 2008

6%

7%

12% 1%

27%

8%

12%

2% 25% do concelho para os próximos anos. O investimento ficou próximo dos 10 milhões de euros, com recur­ so exclusivo às receitas próprias do município. Para além das ac­ tividades meio, que absorveram 27 por cento da verba disponí­vel, a requalificação da rede viária do município, com 25 por cen­ to (2 milhões e 240 mil euros), foi a área que recebeu uma fatia maior de orçamento. Saneamento, salubridade e abas­ tecimento de água receberam, no conjunto, 20 por cento da verba (1 milhão e 841 mil euros), enquan­

Cultura, Desporto e Tempos Livres (12%) 1,077 mil euros

to que para a Cultura, Desporto e Tempos Livres foi destinada uma fatia de 12 por cento do valor dis­ ponível (1 milhão e 77 mil euros). A educação recebeu 6 por cen­ to do orçamento (543 mil euros), enquanto que o Ambiente rece­ beu 2 por cento (174 mil euros). Dos investimentos, destaque pa­ ra a inauguração do Cineteatro Municipal João Mota, os arranjos no parque escolar, a inau­guração da Loja Ond@Jovem e do Espaço Cidadania, ambos na Quinta do Conde, o arranque das obras de requalificação do Núcleo Urba­ no Antigo de Sesimbra, a repavi­

Saneamento e salubridade (8%) 742 mil euros

Educação Cultura, Desporto e Tempos Livres Habitação e Urbanização Saneamento e Salubridade Abastecimento de Água Rede Viária Ambiente Actividades Meio Outras mentação de vias por todo o con­ celho, a construção da conduta de ligação entre os sistemas Oci­ dental e Oriental e, pelo seu sig­ nificado, a recria­ção da Antiga Lota e a abertura da Torre de Me­ nagem do Castelo. Gestão em parceria Durante todo o ano, a Câmara Municipal incentivou a partici­ pa­ção dos munícipes em mui­ tas das decisões, tanto através do Orçamento Participativo, co­ mo da organização de reuniões descentralizadas e da discussão

Abastecimento de Água (12%) 1,099 mil euros


município 30000000 26,200,327

26,063,717 24,163,084

25000000

21,636,766 20,061,352 20000000

15000000

10000000

5000000

0 2003

2004

2005

2006

2007

Evolução do endividamento global

No último ano, o município de Sesimbra conseguiu reduzir a dívida global em 1,6 milhões de euros, o que lhe permite cumprir os seus compromissos financeiros e ampliar a capacidade de endividamento global em função do estipulado pela Lei das Finanças Locais. Deste modo, e seguindo uma política de rigor orçamental, a autarquia propôs a contratação de dois empréstimos – um de 4 milhões e 120 mil euros para fazer face a obras urgentes que estão incluídas no Plano de Actividades para 2008, e outro de 410 mil euros para aquisição de duas viaturas (uma varredora e um veículo de recolha de resíduos sólidos urbanos). Ambas as propostas foram aprovadas por unanimidade pela Câmara e pela Assembleia Municipal. pública de documentos funda­ mentais. De realçar também a per­­sistência da autarquia jun­ to de entidades estatais e autar­ quias vizinhas em relação a as­ suntos do interesse do conce­lho. A manutenção dos horários do SAP, o reforço do horário do Pos­ to da GNR de Alfa­rim, a cons­ trução da Rotunda da Vila Ale­ gre são ­ exemplos que gera­ram be­nefícios para a população.

Ambiente (2%) 174 mil euros

Por freguesias A distribuição do investimento por freguesias teve em conta a proporcionalidade em termos de habitantes, mas também as ne­ cessidades mais prementes de cada zona. A freguesia do Cas­ telo recebeu 38,4 por cento do total das verbas, a Quinta do Conde 38 por cento e Santiago 23,6 por cento

Rede Viária (25%) 2,240 mil euros

O regulamento estabelece as regras relativas às taxas de urbanização no município

Taxas e Cedências

Regulamento em discussão

O

Projecto de Regulamen­ to de Taxas e Cedências Relativas à Adminis­ tração Urbanística, aprovado por unanimidade pelo execu­ tivo municipal em Março, foi publicado em Diário da Repú­ blica e vai estar em discussão até início de Maio. A versão final será depois sujeita a delibera­ ção da Assembleia Municipal. Depois de aprovado, este docu­ mento revoga o anterior, ratifi­ cado em 2002, e passa a estabe­ lecer os princípios aplicáveis à taxação da urbanização e edifi­ cação no município. Na elabo­ ração da proposta, a autarquia teve em conta as necessidades concretas de infra-estruturas e a manutenção das mesmas, bem como a função, dimen­ são, uso e localização das edifi­ cações, com base no programa plurianual de investimentos, para assegurar a sustentabili­ dade económica e financeira da actividade municipal. A pro­ posta introduz também, pela primeira vez, o conceito de área infra-estruturada para espaço verde ou equipamento, fazen­ do a distinção entre cedência

de zonas devidamente infra-estruturadas e em condições de serem no imediato fruídas pelos residentes das novas ur­ banizações, e a cedência de terrenos não infra-estrutura­ dos de uso não definido, taxan­ do-as de forma diferente face ao investimento directo dos promotores em cada uma de­ las. Além disso, o regulamento cria incentivos à promoção de equipamentos por associa­ções culturais, sociais e desporti­ vas, desagrava os custos para a indústria transformadora e a pesca e penaliza as superfícies comerciais com mais de 500 metros quadrados. A reconversão urbanística das áreas de génese ilegal e a cons­ trução de habitação a custos controlados e de iniciativa pri­ vada ou cooperativa serão tam­ bém beneficiadas. No plano do desenvolvimento turístico, são atribuídos incentivos aos em­ preendimentos turísticos, atra­ vés da isenção de taxa de ur­ banização para os hotéis e uma redução para os hotéis-aparta­ mentos e restantes empreendi­ mentos turísticos Sesimbra Município | Abril 2008




município Quinta do Conde

Homenagem aos pioneiros

O ASAE esclareceu comerciantes

A Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica marcou presença numa Sessão de Esclarecimento com os comer­ ciantes para esclarecer dúvidas sobre as normas regulamen­ tares dos estabelecimentos, que têm vindo a gerar polémica devido à intervenção deste órgão fiscalizador. Depois do sucesso da iniciativa em Sesim­ bra, em Julho passado, com a presença de mais de 400 pes­ soas, a autarquia agendou um novo encontro, desta feita na Quinta do Conde, realizado no início de Abril no Grupo Despor­ tivo e Cultural do Conde 2. Saiba mais em www.cm-sesimbra.pt

Reunião de Câmara descentralizada em Alfarim

A Câmara Municipal agendou uma reunião descentralizada, no Pavilhão do Grupo Desportivo de Alfarim, dia 23 de Abril, às 21.30 horas. Em cima da mesa vão estar temas como a requali­ ficação do Largo de Alfarim e dos arruamentos e espaço público abrangidos pelas obras de saneamento, acessibilidades e estacionamento no Moinho de Baixo e saneamento. Durante a tarde, os eleitos da autarquia e representantes da Assembleia Municipal vão visitar as localidades de Alfarim, Aldeia do Meco, Aiana e Cabo Espichel. Saiba mais em www.cm-sesimbra.pt

10 Sesimbra Município | Abril 2008

s Pioneiros da Quinta do Conde foram homena­ geados em Mar­ço pe­ la Câmara Municipal de Sesim­ bra através da colocação de uma escultura na rotunda que une a Avenida Principal e a Avenida da Liberdade. A peça, Aos Pioneiros da Quinta do Conde, da autoria de João Re­ nato, foi concebida no Verão pas­ sado, durante a bienal internacio­ nal de artes plásticas - Se­si­m­­bra Art Spaces, e simbo­li­za a perse­ verança destes homens e mu­ lheres, que durante 40 anos ul­ trapassaram dificuldades em prol do desenvolvimento da vila. O presidente da Câmara Muni­ cipal, Augusto Pólvora, realçou a força de vontade das primeiras pessoas que chegaram à Quinta do Conde, ajudando a cons­truir aquilo em que a vila se trans­ formou, ao longo de mais de 40 anos. «É importante preservar a história, e este monumento é uma homenagem àqueles que avançaram para este processo com as dificuldades inerentes e que dão a cara por esta vila», real­çou. Após a cerimónia decor­ reu o almoço de convívio dos Pio­ neiros da Quinta do Conde, que juntou cerca de 700 pessoas

Autarquia homenageou pioneiros através da colocação de uma escultura

O almoço convívio juntou autarcas e muitos dos primeiros moradores da Quinta do Conde

Sesimbra

Monumento ao combatente

A

rotunda da Rua Gene­ ral Humberto Del­ gado, em Sesimbra, vai receber um monumento aos comba­tentes sesimbren­ ses desaparecidos na guerra, uma ideia que partiu do Nú­ cleo de Combatentes de Se­ simbra e conta com o apoio da Câmara Municipal e de outras entidades do conce­ lho. A intervenção prevê o ajardinamento, instalação de sistema de rega e ilumi­ nação. A obra deve ficar con­ cluída em Junho

Na nova rotunda será colocado um monumento de homenagem aos combatentes


ambiente

Abertura da Lagoa

As três autarquias cujo território é abrangido pelo PNA voltaram a marcar presença nos protestos contra a co-incineração.

Dia da Arrábida

Autarquias e cidadãos contra a co-incineração

C

erca de 200 pessoas reu­ niram-se junto ao Go­ verno Civil de Setúbal para se manifestarem contra a queima de resíduos tóxicos peri­ gosos na cimenteira Secil, na Serra da Arrábida. A maioria das Câma­ras Municipais da Asso­ ciação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS) – Sesimbra, Palmela, Setúbal, Moita, Sei­xal, Barreiro, Almada e Alcochete – estiveram representadas na con­ centração, dinamizada pelo or­ ganismo regional. A iniciativa da AMRS serviu para entregar um documento de protesto contra a co-incineração na cimenteira do Outão ao Governo Civil, ale­ gando que o processo danificará «um grande património natural da região de Setúbal e do país». «Os municípios manifestam o seu desacordo face à decisão de prosseguir com a co-inci­ neração no Outão. É inexplicá­ vel e inaceitável esta decisão do Governo de proceder à queima de resí­duos tóxicos perigosos quando é consensual a candi­ datura da Serra da Arrábida a

Património da Humanidade», pode ler-se no do­cumento en­ tregue à governadora Eurídice Pereira. O presidente da AMRS e da Câmara Muni­cipal do Seixal, Alfredo Monteiro, salien­tou que esta decisão se torna mais pre­ judicial ainda tendo em conta a conjuntura futura do distrito, que vai receber o novo aeropor­ to internacio­nal e travessia en­ tre Chelas e Barreiro. O desen­ volvimento de um turismo de qualidade, tendo em conta es­ sas novas infra-estruturas, foi também destacado por todos os presentes, que desejam fomen­ tar uma cultura de valorização dos recursos naturais para a região, «uma das mais ricas em património natural do país». A presidente da Câmara Muni­ cipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, e Alfredo Monteiro, discursaram em nome de todos os representantes autárquicos presentes. Augusto Pólvora mos­ trou-se solidário com a posição tomada pela AMRS, manifes­ tando o seu desejo de que o processo em curso tenha uma

decisão a favor das autarqui­ as. Depois da decisão estatal de permitir a co-incinera­ção na Ar­ rábida, as Câmaras Municipais de Sesimbra, Setúbal e Palmela decidiram interpor uma acção conjunta em tribunal para anu­ lar esta decisão. Actualmente, a acção princi­ pal, que reivindica a anulação das três licenças emitidas – am­ biental, de instalação e de ex­ ploração – e do despacho do Ministério do Ambiente que dis­ pensa a Secil da Avaliação de Impacto Ambiental, aguarda a primeira audiência do julga­ mento, marcada para 30 de Ju­ nho no Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada. Das duas providências cau­ telares interpostas, a primeira, que exige a aclaração e reforma dos acórdãos de 10 de Janeiro e 21 de Fevereiro de 2008, aguarda decisão do Supremo Tribunal Administrativo. A segunda deu entrada no Tribunal de Almada a 4 de Fevereiro deste ano. A de­ cisão deverá ser emitida ainda em Abril

A abertura da Lagoa de Albu­ feira ao mar decorreu entre 31 de Março e 5 de Abril, por altura do Equinócio da Prima­ vera. O objectivo desta acção, que a Câmara Muni­cipal leva a cabo todos os anos, é permitir a entrada da água do mar na Lagoa e assegurar o equilíbrio do ecossistema das águas interiores. A medida resulta de um protocolo estabelecido entre a autarquia e a CCDRLVT. A Lagoa alberga algumas espécies de peixes, bivalves e aves, que aqui encontram um habitat propício ao seu desen­ volvimento.

Ambiente virtual

A praça da Califórnia, em Sesimbra, recebeu o roadshow Resíduos em Movimento – Uma Viagem Virtual, dinamizado pela empresa AMARSUL e di­ rigido a jovens a partir dos 12 anos. Uma carrinha equipada com tecnologia e software inovadores proporcionou aos visitantes actividades lúdicas e didácticas ao mesmo tempo que apresentou informação sobre o funcionamento do sistema de tratamento e valorização de resíduos sólidos urbanos. A sensibilização dos cidadãos para a problemática dos resíduos foi o ponto chave deste projecto, que percorreu todo o país.

Sesimbra Município | Abril 2008

11


centrais

QUINTA DO CONDE

Vila totalmente pavimentada Depois de concluída a rede de saneamento, há cerca de 7 anos, as pavimentações passaram a ser a intervenção prioritária na Quinta do Conde. Nos últimos anos, a Câmara Municipal fez investimentos elevados nesta área. Os trabalhos têm decorrido a bom ritmo, o que vai permitir que em 2009 todas as ruas da vila estejam alcatroadas, um passo fundamental para aumentar a qualidade de vida dos moradores.

A

s obras de pavimentação das ruas da Quinta do Conde deverão estar concluídas até final de 2009, permitindo aos moradores a circulação em estradas alcatroadas em toda a extensão da vila. Nos últimos anos, as intervenções receberam um novo impulso, graças à conclusão da rede de saneamento e ao aumento do investimento por parte da Câmara Municipal. O processo, que abarca aproximadamente dois milhões de euros de investimento anuais prevê colocação de pavimento betuminoso, construção de passeios, arranjo das áreas envolventes, com criação de estacionamento e zonas ajardinadas, e reabilitação da rede de águas, através da transfe­rência de algumas condutas que estavam sob a via para a zona dos passeios e da renovação de condutas em fibrocimento, substância actualmente proibida. Esta aposta prende-se não só com o crescente desenvolvimento demográfico e económico do território mas também com a melhoria da qualidade de vida da população da mais jovem freguesia do concelho.

12 Sesimbra Município | Abril 2008

Obras em curso Zona poente da Boa Água 3 Início: Janeiro 2007 Término: Abril 2008 Custo: 345 797, 06 euros Rua das Rosas da Boa Água 3 Início: Junho 2006 Término: Julho 2008 Custo: 211 953, 85 euros Zona sudoeste da Área Central da Boa Água 1 Início: Dezembro 2007 Término: Agosto 2008 Custo: 347 573, 53 euros Zona sudoeste da Boa Água 1 Início: Agosto 2007 Término: Julho 2008 Custo: 291 978, 78 euros Rua Sebastião da Gama (2ª fase) e Rua Gama Barros Conde 1 Início: Novembro 2007 Término: Junho 2008 Custo: 135 359, 34 euros

AVENIDA PRINCIPAL

As obras de regularização e pavimentação da Avenida Principal da Quinta do Conde estão praticamente concluídas. Durante os trabalhos, a autarquia procedeu à substituição de mais de um quilómetro de conduta de saneamento e construiu ramais domiciliários que vão permitir a ligação de todas as habitações da envolvente à rede de esgotos. Estes melhoramentos vão facilitar o tráfego numa das mais movimentadas artérias do concelho e garantir maior segurança para peões e automobilistas.

A Quinta do Conde foi a freguesia que registou o crescimento demográfico mais acelerado do país, de acordo com os últimos dados

do Recenseamento Geral da Popu­ lação. Actualmente, cerca de 30 por cento dos seus habitantes têm menos de 25 anos

Zona nascente da Boa Água 1 para sudoeste da Rua Rio Mondego Início: Novembro 2007 Término: Agosto 2008 Custo: 169 714, 58 euros Zona nascente da Boa Água 1 entre a Rua Rio Mondego e a Avenida dos Aliados Início: Novembro 2007 Término: Agosto 2008 Custo: 326 180, 09 euros

Saiba mais em www.cm-sesimbra.pt


GNR Igreja

Conde 1 Escola Básica 1 /JI n.º 3

ETAR

CTT

até 2009

Escola Básica Michel Giacometti

Conde 3

Bombeiros

O b r a s A C O M E Ç AR

Junta de Freguesia

Conclusão da da zona noroeste da Área Central da Boa Água 1 Início: Maio 2008 Término: Dezembro 2008 Custo: 305 087, 20 euros

Loja Ond@Jovem Parque da Vila

Centro de Saúde

Rua Dinis Dias e Rua Álvaro Velho do Conde 3 Início: Maio 2008 Término: Julho 2008 Custo: 53 677, 78 euros Zona nascente da Boa Água 3 Início: Setembro 2008 Término: Abril 2009 Custo: 346 713, 76 euros

Pavilhão Municipal

Conde 2 Escola Básica Integrada

Pinhal do General

Mercado e Gabinete Municipal

Conclusão da zona noroeste do Conde 3 e arruamentos em torno da Feira Festa Início: Outubro 2008 Término: Março 2009 Custo: 200 258, 64 euros Conclusão da zona sudoeste do Conde 3 Início: Outubro 2008 Término: Agosto 2009 Custo: 340 629, 07 euros

Igreja Anfiteatro

Boa Água 1

Zona noroeste da Boa Água 1 Início: Novembro 2008 Término: Setembro 2009 Custo: 268 313,80

Boa Água 3 Depósito de água

Pavimentação de ruas no actual mandato Em execução (a concluir em 2008) A começar e concluir em 2008 A concluir em 2009 Iniciadas e já concluídas (entre 2006 e o 1.º trimestre de 2008) Sesimbra Município | Abril 2008

13


educação Forpescas

Sesimbra vai ter pólo de formação profissional Os Secretários de Esta­do do Emprego e Forma­ção Profissio­nal e da Edu­ca­ ção estiveram no Forpes­ cas de Sesimbra, e deixa­ ram a garantia de que as instalações vão ser trans­ formadas num pólo de formação profissional no próximo ano lectivo, uma proposta que partiu da Câmara Municipal. Os cur­ sos podem começar ainda antes do Verão.

A

escola de formação For­ pescas, direcciona­­­da pa­ ra cursos profissionais na área da pesca e mar, vai aco­lher um pólo do Centro de Formação Profissional do Sei­xal dirigido a actividades de restauração e tu­ rismo. A garantia foi dada pelos Secretários de Estado do Empre­ go e Formação Profissional, Fer­ nando Medina, e da Educação, Valter Le­mos, que anuncia­ram para antes do Verão o início de cursos profissionais. Simultanea­ mente, a Direcção Regio­nal de Educação de Lisboa e Vale do Te­ jo, o Instituto de Emprego e For­ mação Profissional (IEFP) e a Câ­ mara Munici­pal vão constituir um grupo de trabalho encar­ regue de optimizar as instalações e avançar com cursos profissio­ nais escolares, de equivalência ao 12.º ano, no próximo ano lectivo. Valter Lemos e Fernando Medi­ na oficializaram as negociações para reaproveitar as instalações da Forpescas com uma visita ao espaço no dia 11 de Abril. «Esta visita destinou-se a al­ terar o modelo de funciona­ mento das instalações para que possam servir melhor a popu-

14 Sesimbra Município | Abril 2008

Os Secretários de Estado do Emprego e Formação Profissional e da Educação acolheram a proposta da Câmara Municipal

Saiba mais O Forpescas de Sesimbra é a única esco­ la do género que ainda funciona, depois do fim do projecto, no ano passado. O programa surgiu em 1986, através de um protocolo entre o IEFP e a Escola Profissio­nal de Pescas de Lisboa. Com sede em Lisboa, o organismo repartiu-se por quatro Direcções Regionais – Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo e Sul –, que por sua vez se desdobraram em oito Uni­ dades Ope­racionais. Sesimbra, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Matosinhos, Ílhavo, Figueira da Foz, Peniche e Olhão foram os locais escolhidos para minis­ trar cursos de mestrança, marinhagem e máquinas marítimas, segurança básica, construção naval, transformação do pescado e aquicultura. lação de Sesimbra», justificou o Secretário de Estado do Emprego. «A fraca utilização de um espaço com esta qualidade era uma si­ tuação completamente anóma­ la», acrescentou. A escola opera com apenas um curso, frequen­ tado por seis alunos para 10 fun­ cionários. Para o presidente da Câmara Municipal, Augusto Pól­ vora, esta queda constante na participação dos cursos propos­

tos remete «por um lado para a falta de interesse na formação ofere­cida e por outro para a fal­ ta de eficácia das propostas». A ine­xistência de uma escola de formação profissional no conce­ lho tem custado à autarquia 25 mil euros mensais, para trans­ porte de 140 estudantes para instalações nos concelhos vi­zi­ nhos, nomeadamente Seixal e Setúbal. A promoção de novos

cursos profissionais não garante a transferência para Sesimbra de todos os alunos, mas a verea­ dora da Educação, Felícia Cos­ ta, acredita que um novo leque de opções poderá fazer regressar muitos destes estudantes. «Es­ ta nova valência não vai abar­ car o conjunto dos cursos fre­ quentados actualmente fora do concelho mas há alguns que os nossos jovens querem preferen­ cialmente e em que este equi­ pamento poderá dar resposta», referiu Felícia Costa. Questionado sobre o custo que esta transferência de valên­ cias comporta para o Estado, Fer­ nando Medina salientou que a operação «até poderá economi­ zar recursos, na medida em que os cursos que existem agora exi­ gem custos pesados de deslo­ cação». A par da criação de um pólo do Centro de Formação do Seixal, o novo programa prevê um articulação com o Minis­tério da Educação «para que a com­ ponente tecnológica dos cursos possa também ser dada nestas instalações e para servirmos me­ lhor a população do conce­lho», explicou Valter Lemos


juventude

Nova Loja Ond@Jovem em Sesimbra

Lojas Ond@Jovem

Espaços abertos à criatividade

A

pesar de aberta há ape­­­nas um mês, a Lo­ ja Ond@Jovem de Se­ simbra já superou todas as ex­ pectativas. Durante as férias da Páscoa, os jovens aprovei­ taram para conhecer melhor o novo equipamento e gozar os dias de descanso de uma for­ ma dife­rente. Com uma média diária de 50 frequentadores, as activi­dades mais solicitadas fo­ ram sobretudo Internet, jogos didácticos, matraquilhos, playstation e as cartas Magic. Investir na formação e promover o con­ vívio são os grandes objectivos deste conceito de espaço, que apresenta uma ima­gem ale­ gre e descontraída e uma or­ ganização totalmente virada para as necessidades dos jo­ vens. No local é possível adqui­ rir senhas de almoço para os estabelecimentos de ensino da freguesia, comprar passes esco­ lares, participar em workshops, colóquios, visitar exposições, ou simplesmente encontrar os ami­

Investir na formação e promover o convívio são os grandes objectivos deste conceito de espaço

gos e desfrutar do ambiente. A criação de uma rede de Lo­ jas dedicadas inteiramente à ju­ ventude teve início com a inau­ guração da Loja Ond@Jovem da Quinta do Conde, em Ju­nho do ano passado. Só nos primei­ ros três meses, o espaço rece­ beu mais de seis mil utentes, transformando-se num local de referência para os jovens da freguesia. As várias áreas fun­ cionais e as diferentes valên­ cias abriram portas para que muitos frequentadores da Lo­ ja ocupassem de uma forma útil os seus tempos livres, ad­ quirissem novos conhecimen­ tos e expandissem a criação artística. Dentro das acções de­

senvolvidas, destaque para a Ond@Palco, que tem proporcio­ nado a muitos jovens a oportu­ nidade de mostrarem os talen­ tos escondidos. A troca de ideias e de experiências que o local tem promovido também con­ seguiu criar condições para que se constituíssem duas novas as­ sociações. Para além do apoio ao associativismo, as Lojas dis­ ponibilizam outros serviços, co­ mo o Posto de Informação para Toxicodependentes, o Ser Ado­ lescente ou Orientação Voca­ cional. Depois deste sucesso, o objec­ tivo da Câmara Municipal é ago­ra abrir uma terceira Lo­ ja Ond@Jovem na freguesia do Castelo, dando resposta às ne­ cessidades de todos os jovens do conce­lho

Horário: Sesimbra: das 13 às 19 horas Faixa etária dos 9 aos 30 Quinta do Conde: das 14 às 20 horas Faixa etária dos 12 aos 30 Sesimbra Município | Abril 2008

15


cultura Arte no espaço público

Até 1 de Junho, as seis escul­ turas concebidas durante a bienal internacional de artes plásticas Sesimbra Art Spaces ficarão expostas em vários pontos do concelho. O dia 25 de Abril marca a inauguração de duas das peças: Alauda, de Beatriz Cunha, na Avenida João Paulo II, na Cotovia, e a escultura dedicada aos dadores de sangue, da autoria de Nélson Cardoso, na rotunda da Avenida 1.º de Maio, na Quinta do Conde. A escultura O Homem do Leme, de Moisés Preto Paulo, ficará situada na Marginal de Sesim­ bra a partir de 20 de Maio e dois dias depois, a rotunda do Pingo Doce, em Sampaio, passará a contar com uma peça alusiva à pesca do espadarte, concebida por Carlos Bajouca e Hans Varela. A última peça, Terra/Mar, da autoria de João Antero, será colocada no dia 1 de Junho, no Parque da Vila, na Quinta do Conde.

Uma equipa de arqueólogos da Câmara Municipal está a preservar os achados feitos durante as obras no Largo de Bombaldes

Núcleo Urbano Antigo

Câmara preserva património em Bombaldes

U

ma parte da primei­ ra muralha defensi­ va da vila de Sesim­ bra, datada do século XVI, foi descoberta por uma equi­ pa de arqueólogos durante as obras que decorrem actual­ mente no Largo de Bombal­ des. O achado permitiu, de acordo com Luís Ferreira, ar­ queólogo da Câmara Munici­ pal, aferir a localização da vi­ la em relação ao mar ao longo dos anos. «O que se percebeu com a descoberta desta mu­ ralha e de outra uns metros à frente é que mais ou menos de dois em dois séculos a vila ia andando um pouco para a frente», explicou. A muralha encontrada no Largo de Bombaldes ficará vi­sível ao público, graças a uma estrutura envidraçada. No mesmo largo encontra­ ram-se também vários mate­ riais utilizados para a edificação e organização da primitiva­

16 Sesimbra Município | Abril 2008

A muralha encontrada no Largo de Bombaldes ficará vi­sível ao público, graças a uma estrutura envidraçada praça, o largo de D. Carlos. No âmbito dos trabalhos que estão no terreno foram ain­ da descobertas estruturas atribuíveis à época romana, um conjunto de cetárias, na confluência da rua da Fortale­ za e da Avenida da Liberdade. As cetárias eram depósitos que constituíam um complexo de cariz industrial, à época, destinado à produção de uma pasta de peixe e marisco, tam­ bém conhecido por garum, que era posteriormente coloca­ da em ânforas para ser comer­ cializado em vários ou­tros lo­ cais do império romano. De acordo com Luís Ferreira, es­ ta descoberta, e nesta primei­

ra fase do estudo, «confirma a presença romana no con­ celho e permite-nos recuar na história da vila, eventual­ mente até ao sécu­lo I». Os achados arqueológicos vão ser limpos, inventariados e es­ tudados mais detalhadamente. No entanto, a maioria destas estruturas vai voltar a ser co­ berta, uma medida necessária para a sua preservação, mes­ mo que num futuro próximo se possam concretizar inter­ venções arqueológicas mais pre­­­cisas e com maior alcance temporal. «Uma intervenção arqueológica é sempre uma intervenção de destruição. Po­rém, trata-se de uma des­ truição controlada e que nos permite identificar, recolher e mesmo recuperar informações e objectos que nos possibili­ tam retratar e conhecer o quo­ tidiano das nossas gentes, há muito tempo atrás», funda­ mentou Luís Ferreira


ambiente

The Fugitives

Árias Famosas de Ópera

TEMPORADA DE MÚSICA DA CASA DA ÓPERA DO CABO ESPICHEL

Público confirmou sucesso da iniciativa

I

nspirada na antiga Casa da Ópera do Cabo Espi­chel, a Temporada de Mú­­si­ca, que decorreu de 9 de Março a 12 de Abril, teve um balanço bastante positivo. Foi a pri­ meira vez que se apresentou um programa deste género no concelho, pelo que a aceita­ção por parte do público era uma incógnita. Contudo, depois do concerto de estreia ter levado mais de uma centena de pes­ soas à Igreja do Cabo, as ex­ pectativas aumentaram. Nas semanas seguintes, tanto os concertos como as restantes acções programadas regista­ ram uma enorme adesão e a iniciativa revelou-se uma aposta ganha. Durante todo o mês, mais de 700 pessoas as­ sistiram aos vários espectácu­ los, que se rea­lizaram em lo­­cais de grande valor patri­ monial. Mas para além dos concertos, cuja qualidade foi­ indiscutível, a Tempora­­da teve

a Temporada teve a particularidade de juntar ao programa momentos pedagógicos a particularidade de juntar ao programa momentos pedagó­ gicos e formati­­vos. Neste cam­ po, destaque para o concerto comentado A Ópe­­ra, que reu­ niu no Castelo Jor­ge Rodrigues, especialista em música erudi­ ta, que deu a co­nhecer este género musical, com cerca de 400 anos. As dife­rentes fa­ses da Ópera, as suas origens, in­ fluências e escolas foram al­ guns dos aspectos abordados. O reper­tó­rio foi bastante va­ riado, quer ao nível dos com­ positores, quer ao ní­vel tem­ poral. Peças que marcaram os primórdios do género, caso de uma Ave Maria, de G. Caccini, e outras que se tornaram clássi­ cos como Der Holle Rache, reti­

rada da ópera A Flauta Mágica, de Mozart, foram pontos altos de uma hora e meia de músi­ ca que mereceu uma ovação emocionada. Realce ainda para o workshop de Canto, por Ana Luí­ sa Cardoso, soprano do Tea­ tro Nacional de São Carlos, no qual duas dezenas parti­ cipantes puderam aprender mais sobre técnica vocal, de­ senvol­vendo vários exercíci­ os de colocação de voz. O último dia ficou marcado por uma vi­sita guiada ao Te­ atro Nacional de São Carlos. Os cerca de 50 visitan­­tes tive­ ram oportunidade de conhe­ ­­­­­­­­ cer ao pormenor os re­­­cantos e as histórias que fa­­­­­zem parte deste espaço em­­­blemático. A grande aceitação que se veri­ ficou por parte do público e as inúmeras críticas po­­­sitivas levam a Câmara Mu­nicipal a pensar já na se­gunda edição da Temporada

Concerto pedagógico A Ópera

Visita ao Teatro Nacional S. Carlos

Sesimbra Município | Abril 2008 Sesimbra Município | Setembro 2007

17


aconteceu

S

Jorge Palma

Júlio Pereira

esimbra voltou a ser palco de um conjunto de espec­táculos que a­tra­iram muito público. Jorge Pal­ma e Júlio Pereira, dois dos grandes no­mes da música portuguesa, foram destaques de um programa que inclu­ iu teatro, dança, um serão com contos e um restaurante muito especial. Tal co­ mo se esperava, o concerto de Jorge Pal­ ma esgotou pouco tempo depois de ser anunciado. O autor de Bairro do Amor e Deixa-me Rir continua a reu­nir uma legião de fãs em cada concerto. Intimis­ ta e irreverente, Palma recordou velhos êxitos e apresentou temas do seu últi­ mo trabalho, Voo Nocturno. Num regis­ to diferente, Júlio Pereira apresentou o seu mais recente trabalho, todo ele ins­ trumental. Geografias combina os sons eclécticos do bandolim, guitarra portu­ guesa, viola, bouzouki e sintetizadores com as vozes de três participações es­ peciais: Sara Tavares, Marisa Pinto e Isa­ bel Dias. Pelo mesmo palco passou o espectá­culo de dança para crianças A Pequena Companhia, pela Academia de Dança Con­ temporânea de Setúbal.

Dia Mundial do Teatro em Sesimbra

Serão de Contos com Jorge Serafim

Restaurante da Leitura e Outros Sabores

18 Sesimbra Município | Abril 2008

Para assinalar o Dia Mundial do Teatro de uma forma única e especial, a Câmara Municipal convidou várias companhias de teatro do distrito. O resultado foi um mês repleto de espectáculos para todos os gostos e idades. Destaque para o Espaço das Agunchei­ ras que apresentou em estreia O Pedido do... Urso e para a Companhia de Teatro de Almada que levou à cena dois grandes êxitos, O Carteiro de Pablo de Neruda e O Barbeiro de Sevilha. Pelo palco do Cineteatro passaram também a ArteViva – Companhia de Teatro do Barreiro, o Teatro Extremo e o Teatro do Mar.

O Carteiro de Pablo Neruda, pela Companhia de Teatro de Almada

O Pedido do... Urso, pelo Espaço das Aguncheiras


A Pequena Companhia, pela ADCS Na Biblio­teca, Jorge Serafim voltou ani­mar mais um Serão de Contos com histórias de outros tempos contadas de uma forma que só ele sabe fazer. Este mês, as crianças foram brinda­ das com um dia de leitura no míni­ mo original. A zona da cafetaria trans­ formou-se no Restaurante da Leitura e os ani­madores e técnicos da biblioteca vestiram-se de cozinheiros para ofere­ cer aos mais pequenos uma ementa com deliciosas iguarias, todas elas con­ feccionadas com...livros infantis

O Pincel Mágico, pelo Teatro do Mar

Ond@Jovem 2008

Mais uma grande Onda! Antes Que a Noite Venha, pela ArteViva Velho Palhaço Precisa-se, pelo Teatro Extremo

A

Ond@Jovem voltou a agitar a juventude do concelho nas férias da Páscoa. Workshop, demons­ trações, concursos, torneios, espectáculos e exposições fo­ ram as grandes apostas desta iniciativa, que contou um com um elevado número de participantes. Tal como tinha acontecido no ano passado, as acções de formação foram as actividades mais procura­ das. Os workshops de moda e artes circenses, por exem­plo, juntaram cerca de 150 alu­ nos. A enorme procura por

este tipo de actividade, levou a que, em alguns casos, fosse necessário colocar um limite de vagas. Apesar das condições cli­ matéricas terem prejudicado as actividades realizadas ao ar livre, como o 24 Outdoor ou a Noite Fantástica, a organi­ zação faz um balanço «fran­­ ca­men­­­­­­­­­­te positivo» e que des­ ta­ca o papel das associações e grupos juvenis que, com o seu empenho e criatividade, ajudaram a criar mais uma grande Ond@Jovem em Se­ simbra

Sesimbra Município | Abril 2008

19


desporto Alfarim

Torneio de Páscoa

Jogos Desportivos foram um êxito

A 21.ª edição dos Jogos Des­por­ tivos Escolares de Sesimbra en­ volveu este ano seis escolas do concelho, incluindo a participa­ ção especial da Cercizimbra, e movimentou 1500 participan­ tes, distribuídos por várias mo­dalidades como a ginástica, andebol, atletismo, badminton, voleibol, futsal, ténis de mesa e outras actividades como a bola ao capitão ou a bola voadora. A Escola Básica 2, 3 Navegador Rodrigues Soromenho, foi a responsável pelo evento, que decorreu nas suas instalações e no pavilhão do Grupo Desporti­ vo de Sesimbra. A Praia do Ouro acolheu o último dia de actividades, dedicado a jogos ao ar livre, tais como percursos de aventura, escalada, tiro com arco e canoagem. Um dos principais mentores desta iniciativa, Nelson Fernan­ des, continua hoje envolvido com a mesma dedicação de há 21 anos. Para além da vertente desportiva, o profes­ sor de educação física destaca outros objectivos que fazem destes Jogos um projecto de sucesso, como «a promoção da ética des­portiva, da consciência cívica e do companheirismo, que ajudam ao crescimento e desenvolvimento saudável das crianças e jovens». Inicialmente, o projecto integrou as Olimpía­ das Populares do concelho, uma iniciativa das autarquias, movi­ mento associativo e escolas, mas hoje prossegue por si só. A primeira edição foi organizada pela Escola Secundária de Sam­ paio mas o projecto prevê que haja diferentes estabelecimen­ tos de ensino de acolhimento em cada ano lectivo.

20 Sesimbra Município | Abril 2008

O Vitória Futebol Clube, no es­ calão escolas, e o Clube Desporti­ vo Badajoz, em infantis, foram os vencedores da décima edição do Torneio Internacio­nal de Fute­ bol de Sete – Páscoa 2008, que de­­ correu no campo de futebol do Gru­­­po Desportivo de Alfa­rim, em Março. A competição contou com a participação de 180 jovens e de 12 equipas, entre as quais, uma formação estrangeira (CD­ Badajoz), o que aconteceu pe­ la primeira vez neste torneio, que se realiza desde 1999. A en­

Vitória de Setúbal e Desportivo Badajoz sagraram-se vencedores trega dos prémios contou com a presença do presi­dente da Câ­ mara Municipal, do vereador do Desporto da autarquia, do pre­

sidente da Junta de Freguesia do Castelo, dos corpos sociais do Clube e de entidades do mu­ nicípio

Torneio Praias de Sesimbra

Sesimbra vencedor

Perto de 300 atletas de 25 equi­ pas participaram na 23.ª edi­ção do Torneio Internacional de Hóquei em Patins Juvenil Praias de Sesim­ bra, organizado pelo Grupo Des­ portivo. Em juvenis, a equipa da casa superou a Selecção Nacio­ nal e o Sporting e conquistou o pri­meiro lugar. Em seniores femi­ ninos a vitória coube à Selecção Nacio­nal, enquanto em juniores venceu a Liga de Algés. Em inicia­ dos, a prova foi domina­da pe­ lo Sporting e em Infantis venceu o Benfica. Na categoria de Esco­ lares/IBenjamins, a vitória foi para

Juvenis do GD Sesimbra ultrapassaram Selecção Nacional e Sporting o Seixal Futebol Clube. Durante o torneio realizou-se ainda um jo­ go entre as equipas de vete­ranos do GDS e do Sporting de Tomar.

Os prémios foram entregues por autarcas do concelho, direcção do GDS e representantes de enti­ dades desportivas

Paulo Meira vence Campeonato Nacional de Windsurf na Lagoa Com um domínio incontestável sobre os seus adversários, Paulo Meira venceu a primeira prova do Campeonato Nacional de Windsurf/Slalom, que se realizou na Lagoa de Albufeira.

O atleta obteve sempre exce­ lentes prestações, tanto nas séries, como nas finais, numa competição marcada pelo pouco vento e pelo domínio dos atletas locais. No segundo lugar do

pódio ficou para Rui Pedro Meira, enquanto Carlos Filipe Meira se classificou em terceiro lugar. Em femininos, a melhor foi Marga­ rida Novo. A prova contou com a participação de 24 atletas.


pessoas

ACÁCIO FARINHA

O mais antigo carpinteiro naval

A

arte de construir embarcações típicas de Sesimbra, as aiolas, não tem segredos para Acácio Farinha, o mais antigo construtor naval da vila. Ser cordoeiro foi o que os pais almejaram para o seu futuro, mas o destino ditou que para ir para o trabalho passasse todos os dias por dois estaleiros, aqueles nos quais viria a iniciar-se como carpinteiro naval. «Tinha eu uns sete ou oito anos quando fiz o meu primeiro barco em miniatura, à escala. Mais tarde, o dono de um dos estaleiros acabou por convidar-me a trabalhar com ele, tinha eu uns 17 anos», conta. Com o escassear do trabalho, decidiu mudar-se para Setúbal, onde exerceu o seu trabalho de carpinteiro naval durante dois anos. O regresso a Sesimbra coincidiu com o início do negócio por conta própria, tinha ele 23 anos. Uma actividade que ainda hoje mantém. Com 86 anos feitos em Janeiro, Acácio Farinha continua a ser um homem activo e a ensinar aos mais jovens as técnicas e truques antigos da cons­ trução naval.

Já perdeu a conta a todos os barcos que fez, mas conta centenas deles, para todos os pontos do país e até da Europa. Acácio Fa­rinha não se cansa de recordar que há dezenas de anos, o seu estaleiro era ponto de passagem dos muitos turistas que visitavam por Se­­­­­­ simbra. O fascínio por uma arte já industriali­ zada no resto da Europa levava os visitantes a desejarem ter barcos feitos pelo mestre se­ simbrense, que passou a exportar algumas embarcações para França, Noruega, Escócia, Alemanha ou Inglaterra. Uma recordação que gostava de ver reavivada um dia, para preservar as tradições desta arte. Hoje, ainda labutam pelo menos 10 barcos de pesca em Sesimbra concebidos por Acácio. No seu currículo conta também com o restauro da barca de Sesimbra, a Nossa Senhora da Aparecida, que voltou ao mar em Dezembro de 2005. A embarcação à vela fez o percurso de Pedro Álvares Cabral até Porto Seguro, no Brasil, em 50 dias. Os quatro tripulantes auxi­ liaram-se do motor apenas para entra-

da nos postos para reabasteci­mento. Actualmente, Acácio e o filho, Rui Farinha, são os únicos que ainda constroem barcos desde o molde até à concretização da embarcação, uma técnica que se deverá perder depois de deixarem a profissão. Dos quase 80 anos de profissão que já conta, lamenta apenas uma coisa: «nunca enriqueci à custa de fazer barcos, mas houve muitos que enriqueceram graças às embarcações que fiz e as pessoas nunca de­ram valor ao meu trabalho», adianta. «Dei um bocado ao meu país e ninguém reconhece», acrescenta. Acácio Farinha garante que hoje em dia trabalha porque quer e por paixão à única arte que realmente aprendeu mas sabe que o momento da despedida se aproxima a passos largos. Quando questionado sobre durante mais quantos anos espera continuar a trabalhar, desabafa, já com um pingo de saudade na voz: «só trabalho até ao fim do ano, depois deixo o meu filho continuar sozi­ nho. Não digo que não apareça cá de vez em quando, mas trabalhar é que já não»

este mês em www.cm-sesimbra.pt

Mapa de Gestores de Procedimentos

> Documentos Projecto de Regulamento de Taxas e Cedências Relativos à Administração Urbanística

Documento que estabelece os princípios aplicáveis à taxação da urbanização e edificação; Documento Síntese da Actividade Municipal em 2007

Resumo da Actividade Municipal de 2007 que descreve os principais investimentos realizados por áreas no ano transacto;

Define os responsáveis pelos procedimentos em cada área do concelho e identifica cada uma dessas áreas; Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra

Publicado em Diário da República no dia 7 de Abril de 2008; > Dossiês Mata de Sesimbra

Reúne um vasto conjunto de documentação sobre o processo e um grupo de perguntas e respostas sobre o tema;

Sesimbra Município | Abril 2008

21


t ome nota

Foto: José Arsénio

t

Joana Pessoa

Embora tenha lançado recente­ mente o seu primeiro trabalho, Joana Pessoa é já uma promessa da música popular portuguesa. O álbum Fluir caracteriza-se por ser uma viagem às raízes, seguindo o gosto, conversando com a música e ouvindo o que ela tem para dizer. Não perca este espectáculo no Cine­ teatro Municipal João Mota, dia 8 de Maio, quinta-feira, às 21.30 horas.

Apoio ao Consumidor

Direitos e Deveres dos Consumi­ dores é o tema de uma sessão de esclarecimento, que tem lugar no dia 17 de Maio, às 16 horas, na Sala Polivalente da Biblioteca Munici­ pal. O encontro, organizado pelo Gabinete de Apoio ao Consumidor da Câmara Municipal, conta com a presença de técnicos da DECO, e está aberto público. A entrada é gratuita.

Chagas

Chagas é o título de uma exposição fotográfica da autoria de José Arsénio, que vai estar patente na Biblioteca Municipal, entre 29 de Abril e 24 de Maio. Ao todo são 36 imagens que mostram a devoção da comunidade sesimbrense e dos pescadores ao Senhor Jesus das Chagas. A apresentação tem lugar no dia 2 de Maio, às 21.30h, na Biblioteca Municipal.

A Naifa

Exposição de BD, O 25 de Abril 30 Anos Depois, na Biblioteca Municipal

Exposição Um Olhar Sob re o 25 de Abril na Galeria do Mercado da Quinta do Conde

Exposição 25 de Abril em Car taz, no Auditório Conde de Ferreira

22 Sesimbra Município | Abril 2008

25 de Abril

Concertos, exposições, animações desportivas e pas­­­­­ seios são as principais propostas das co­­me­mo­rações do 34.º aniversário do 25 de Abril, que começaram no dia 12 e se prolongam até 28. Na noite de 24 para 25, o projecto musical A Naifa traz ao Cineteatro temas de fado com toque con­ temporâneo e espírito pop assinados por um dos projectos mais originais da actualidade musical portuguesa. Logo a seguir, tem lugar o tradicional fogo-de-artifício na Baía, o ponto alto das comemorações. No dia seguinte, realizase, nas ruas da Quinta do Conde, um pas­ seio de cicloturismo e em Sesimbra uma caminhada. Durante estes dias pode visitar exposições dedicadas ao Dia da Liberdade na Biblioteca Municipal, no Mercado da Quinta do Conde e no Auditório Conde de Ferreira. (Consulte o programa completo na contracapa).

Espe

c tácu

lo d

o-d e fog

e -ar t

ifício

Caminhada da Liberdade


CONTACTos municipais

Condecorações municipais O feriado municipal de 4 de Maio é, mais uma vez, a da­ ta em que a Câmara Munici­ pal distingue e condecora indi­ vi­­­­­dualidades e ins­titui­ções que se têm destacado na comuni­ dade em áreas como a edu­ cação, cultura, desporto e as­ sociativismo. Este ano vão ser condecoradas 17 persona­ lidades e homenageadas três. O Cine­teatro Municipal acolhe a ini­citiva, que este ano inclui um recital de poesia com poe­ mas de Zé Preto, Cantar a Piscosa, acompanhado por música de Luís Taklin

Câmara Municipal de Sesimbra (Geral) Tel.: 21 228 85 00 E-mail: girp@cm-sesimbra.pt Site: www.cm-sesimbra.pt Linha Verde (RECLAMAÇÕES) Tel.: 800 22 88 50 Assembleia Municipal de Sesimbra Tel.: 21 228 85 51 Gabinete Municipal da Quinta do Conde Tel.: 21 210 94 70 Posto de Turismo Tel.: 21 228 85 40 E-mail: turismo@cm-sesimbra.pt Loja Ond@Jovem (Sesimbra) Tel.: 21 228 86 01 E-mail: gjovem@cm-sesimbra.pt Loja Ond@Jovem (Quinta do Conde) Tel.: 21 210 22 31 Centro de Recursos Educativos Tel.: 21 268 15 91 E-mail: cre@sesimbra-edu.net Espaço Solidário Tel.: 21 210 94 96 UNIVA Tel./Fax: 21 228 10 27 E-mail: univa@cm-sesimbra.pt Gabinete de Actividades Económicas Tel.: 21 228 87 14 Gabinete de Apoio ao Consumidor Tel.: 21 228 86 67 Parque Municipal de Campismo do Forte do Cavalo Tel.: 21 228 85 08 Mercado de Sesimbra Tel.: 21 223 58 93 Mercado da Quinta do Conde Tel.: 21 210 94 99 Cemitério de Sesimbra Tel.: 21 228 85 70 Cemitério do Castelo (encerra às 3.as e 5.as) Tel.: 21 268 57 59 Cemitério de Aiana Tel.: 93 955 39 92 Cemitério da Quinta do Conde Tel.: 21 210 71 72

juntas de freguesia

Junta de Freguesia do Castelo Tel.: 21 268 92 10 Email: geral@jf-castelo.pt Site: www.jf-castelo.pt Junta de Freguesia da Quinta do Conde Tel.: 21 210 83 70 Email: jfquintaconde@netvisao.pt Site: www.quintadoconde.eu Junta de Freguesia de Santiago Tel.: 21 228 84 10/3 Email: geral@jf-santiago.pt Site: www.jf-santiago.pt

SERVIÇOS PÚBLICOS Tribunal Secretaria Judicial Tel.: 21 228 81 50 Ministério Público Tel.: 21 228 81 55 Conservatórias Registo Civil Tel.: 21 228 84 90 Registo Predial e Comercial Tel.: 21 228 84 70 Cartório Notarial de Sesimbra (na Cotovia) Tel.: 21 268 02 31 E-mail: notariamagda@gmail.com Cartório Notarial da Quinta do Conde Tel.: 21 210 56 66 E-mail: mbarreiros.notaria@cn-quintadoconde.com Serviço de Finanças Geral Tel.: 21 228 93 00 / 14 Tesouraria Tel.: 21 228 93 15 / 16 Centro Regional da Segurança Social Geral Tel.: 21 228 97 00 / 12 Delegação Marítima Tel.: 21 223 30 48

transportes

Transportes Sul do Tejo Sesimbra Tel.: 21 268 94 10 Laranjeiro Tel.: 21 042 70 00 E-mail: tst@tsuldotejo.pt | Site: www.tsuldotejo.pt Fertagus Tel.: 21 106 63 00 E-mail: fertagus@fertagus.pt | Site: www.fertagus.pt Táxis Santiago Tel.: 91 975 59 27 / 21 268 20 93 Tel.: 96 400 44 80 / 91 759 31 97 | Tel.: 96 687 55 95 Tel.: 96 602 36 10 | Tel.: 91 752 76 37 / 91 757 23 12 Tel.: 91 931 28 66 Castelo Tel.: 91 721 55 26 | Tel.: 96 602 35 41 Tel.: 91 937 33 47 | Tel.: 96 983 39 03 Tel.: 96 402 20 41 | Tel.: 96 802 97 54 Tel.: 96 404 53 89 Quinta do Conde Tel.: 91 935 60 14 Tel.: 93 450 00 25 | Tel.: 96 903 35 93 Tel.: 96 305 03 10 | Tel.: 91 963 76 87 Tel.: 96 600 11 53 / 96 705 11 35 Tel.: 96 520 46 48

para mais informações consulte o site da Câmara Municipal

www.cm-sesimbra.pt

Amélia Muge

A criação musical de Amélia Muge baseia-se na investigação sobre o património musical por­ tuguês, cruzando o antigo e o moderno, o popular e o erudito. A cantora vem ao Cineteatro Mu­ nicipal no dia 23 de Maio, sexta-feira, às 21.30 horas, apresen­ tar o espectáculo No Alto Daquele Mar. A primeira parte vai estar a cargo do conjunto sesimbrense Nova Galé

u utilidades

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Fórum da Quinta do Conde Tel.: 96 760 16 34 Jornal de Sesimbra Tel.: 21 228 92 00 Notícias da Zona Tel.: 21 087 97 90 Nova Morada Tel.: 21 244 37 98 O Condense Tel.: 21 086 44 55 O Sesimbrense Tel.: 21 228 00 61 / 21 223 02 27 Sesimbra FM Tel.: 21 228 92 00 Raio de Luz Tel.: 21 268 15 54

METEOROLOGIA E MARÉS

Instituto de Meteorologia Tel.: 21 844 70 00 E-mail: informacoes@meteo.pt Site: www.meteo.pt Instituto Hidrográfico Tel.: 21 094 30 00 E-mail: mail@hidrografico.pt Site: www.hidrografico.pt

EMERGÊNCIA

Bombeiros Voluntários de Sesimbra Piquete de Sesimbra Tel.: 21 228 84 50 Piquete da Quinta do Conde Tel.: 21 210 61 74 Cruz Vermelha Portuguesa Quinta do Conde Tel.: 21 210 02 12 GNR Sesimbra Tel.: 21 228 95 10 Alfarim Tel.: 21 268 88 10 Quinta do Conde Tel.: 21 210 07 18 Polícia Marítima Tel.: 21 228 07 78 Centros de Saúde de Sesimbra Sesimbra Tel.: 21 228 96 00 Santana Tel.: 21 268 92 80 Quinta do Conde Tel.: 21 211 09 40 Linha SOS Criança Tel.: 800 202 651 (grátis) Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do Concelho de Sesimbra (CPCJ) Tel.: 21 268 73 45 Protecção Civil (CMS) Tel.: 21 228 05 21 Piquete de Águas (CMS) Sesimbra Tel.: 21 223 23 21 Quinta do Conde Tel.: 21 210 95 06 EDP (avarias) Tel.: 800 50 65 06 PT (avarias) Tel.: 16200

farmÁcias de serviço Abril

Leão Lopes Rodrigues Pata Bio-Latina Quinta do Conde Santana Cotovia

Maio

21 22 23 24 F 26 27 28 29 30 F 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

A Farmácia de Alfarim funciona em Regime de Disponibilidade. Neste regime a farmácia é obrigada à disponibilização permanente do farmacêutico ou seu auxiliar legalmente habilitado. Em caso de ausência deverá ser afixado de forma bem visível o contacto do técnico responsável.

Santiago

Quinta do Conde Castelo

Farmácia de serviço em cada freguesia

freguesia de santiago Lopes Tel.: 21 223 30 28 Leão Tel.: 21 228 80 78

freguesia da quinta do conde Rodrigues Pata Tel.: 21 210 80 50 Bio-Latina Tel.: 21 210 91 13 Quinta do Conde Tel.: 21 211 37 28/9

freguesia do castelo Santana Tel.: 21 268 83 70 Cotovia Tel.: 21 268 16 85 Alfarim Tel.: 21 268 85 47

Sesimbra Município | Abril 2008

23


design: GIRP/CMSesimbra. Março 2008

P r o g rama d a C â mara M u n icipal de 8 a 27 de Abril E X P O S I Ç Ã O B D ’s de abril

O 25 de Abril, 30 Anos Depois

Átrio da Biblioteca Municipal de Sesimbra

de terça a sexta, das 9.30 às 17.30h sábados, das 10 às 18h de 12 a 27 de Abril EXPOSIÇÃO

25 de Abril em Cartaz

dia 25 | sex | das 10 às 13 e das 15 às 17h Ateliês e Oficinas de Expressão Plástica

Actividades Lúdicas

Praça da Califórnia, Sesimbra

dia 25 | sex | das 10 às 18 h E xposição

25 de Abril em Mosaicos

Exposição de trabalhos efectuados pelos alu­­­nos dos estabelecimentos de ensino do con­­celho. Avenida 25 de Abril, Sesimbra

Auditório Conde de Ferreira

dia 25 | sex |11h

Org.: CM Sesimbra e Museu Nacional da Imprensa

de Beatriz Cunha Avenida João Paulo II, Cotovia

todos os dias, das 15 às 18h

de 12 a 27 de Abril EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA

Um Olhar Sobre o 25 de Abril com fotografias de Eduardo Gageiro Mercado Municipal da Quinta do Conde

de terça a domingo, das 9.30 às 13h Org.: CM Sesimbra e Associação 25 de Abril

dia 24 | qui | 22h CONCERTO

A Naifa

Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

dia 24 | qui | 24h

Espectáculo de Fogo-de-artifício Baía de Sesimbra

Inauguração da escultura Alauda

Org.: JF Fernão Ferro, CM Sesimbra e CM Seixal

dia 25 | sex | 10h

Caminhada da Liberdade • Percurso: Largo do Município, Avenida 25 de Abril, Praça da Califórnia

• Ponto de Encontro: Largo do Município, Sesimbra

Prova de Atletismo (10h) Futebol (16h) Jogo do Burro (17h) Lanche aos Sócios (17.30h) Centro de Apoio Sócio Cultural Unidade Zambujalense - CASCUZ

dia 25 | sex

dia 25 | sex | 15.30h

Jogos de Futebol de Escolas (10h) Jogo de Futebol dos Velhos da Guarda (11h)

Inauguração da escultura aos Dadores de Sangue de Nelson Cardoso Rotunda da Avenida 1.º de Maio, Quinta do Conde

dia 25 | sex |16h ANIMAÇÃO DE RUA

Macacos de Rua dia 25 | sex | a decorrer

Ponto de Encontro: JF Fernão Ferro

dia 25 | sex

Grupo Desportivo de Alfarim

Largo da Marinha, Sesimbra

14.º Passeio de Cicloturismo

Grupo Desportivo União da Azoia

Quinta do Conde

Primeira pedra da Sede do Grupo Coral Voz do Alentejo

Animação Desportiva Infantil e Juvenil

Jogos tradicionais, vólei e futebol de praia Praça e Praia da Califórnia, Sesimbra

dia 25 | sex | 14.30h DESPORTO

Torneio de Veteranos Futebol 5 (19h) Complexo Desportivo da ACRUTZ

dia 25 | sex |12h

Banda Itinerante Percurso: da Praça da Califórnia ao Hotel do Mar

dia 25 | sex | 10h DESPORTO

Freguesia do Castelo

Jogo da Sueca Jogo do Dominó Jogo do Burro

dia 24 | qui | 24h

Freedom Sound Session

P r o g rama d o m o v ime n t o ass o ciati v o

dia 25 | sex

Centro Desportivo de Alfarim

Clube Escola de Ténis de Sesimbra

dia 25 | sex

Torneio de Ténis Pares (9h) Torneio de Ténis Juvenil Singulares (9h)

dia 26 | sáb

Torneio de Escolinhas Futebol (10h) Torneio de Veteranos Futebol 5 (19h) Complexo Desportivo da ACRUTZ

Baile (22h)

Salão Penim Marques

dia 27 | dom

Torneio de Veteranos Futebol 5 (19h) Complexo Desportivo da ACRUTZ

Freguesia da Quinta do Conde

25 de Abril Antes e Depois

Centro Infantil do Centro Comunitário da Quinta do Conde

dia 25 | sex

Almoço Convívio (13h) Baile (14.30h) Comemoração do XI Aniversário do Grupo Musical Renascer (16h) Grupo Desportivo e Cultural do Conde 2

Mini Maratona (9h) Conde 1

Freguesia de Santiago

Torneio de Jogos (15h) Largo do Município

Sociedade Recreio Sesimbrense

dia 25 | sex

Torneio de Não te Irrites (14h) Torneio de Sueca (14h)

Torneio de Sueca (tarde) Torneio de Snooker (tarde) Sede

dia 25 | sex

dia 25 | sex | 16.30h CONCERTO

Parque Desportivo da ACRUTZ

Ringue do GDCC2

Anfiteatro de Boa Água, Quinta do Conde

Recinto da Feira Festa

de 20 a 25 de Abril

Atletismo (9h) Jogo de Veteranos Futebol 11 (15h) Garraiada (16.30h)

Banda do Andarilho

Torneio da Malha (9h)

dia 25 | sex

Animação Desportiva Infantil e Juvenil

Anfiteatro da Boa Água, Quinta do Conde

dia 25 | sex

de 21 a 28 | das 7.30 às 19.30h E xposição

Associação Cultura Recreio União Trabalhadora Zambujalense - ACRUTZ

Sede da ACRUTZ

União Desportiva Recreativa Quinta do Conde

Associação Beneficência Amizade e Solidariedade

Sede

Alvorada (8h)

Salão de Festas do GDCC2

Centro Comunitário da Quinta do Conde

Campo de Ténis da Almoinha

dia 25 | sex

Almoço Convívio (13h) Tarde Cultural em colaboração com a Comissão do Monumento ao Dador de Sangue (16h)

Içar das Bandeiras (8h) Sede

Torneio de Futsal (9h)

www.cm-sesimbra.pt

Sesimbra Município n.º 108  

Revista com a actividade municipal do concelho de Sesimbra

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you