Issuu on Google+

Centrais

Págs. 20 e 21

Recriação da Antiga Lota de Sesimbra Verão 2007: empresários fazem balanço positivo

informação | par ticipação | cidadania • Edição da Câmara Municipal de Sesimbra • Outubro 2007

UM NOVO ESPAÇO DE LAZER NA QUINTA DO CONDE

Parque da Vila em construção N.º 102 | Ano 9 | Distribuição gratuita

Pág. 8


sumário ATENDIMENTO PÚBLICO pelo executivo da Câmara AUGUSTO PÓLVORA (CDU) Presidente Planeamento Estratégico, Planeamento Urbanístico, Projecto Municipal da Lagoa de Albufeira, Águas, Saneamento, Salubridade e Ambiente, Jurídico e Contencioso, e Médico-Veterinário Terças-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Presidência - Sesimbra) Quintas-feiras das 14.30 às 17.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) FELÍCIA COSTA (CDU) Vereadora Cultura, Educação, Juventude, Habitação, Acção Social, Turismo, Informação e Relações Públicas Terças-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) Quintas-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Vice-Presidente - DECL) JOSÉ POLIDO (CDU) Vereador Administração e Finanças, Actividades Económicas e Desporto Terças-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quartas-feiras das 14.30 às 17h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)

grande plano • Dia Internacional da Pessoa Idosa • Sargedas homenageado • Talentos em desfile • Alfarim de parabéns • Sesimbra na Waterfront

04

no terreno • Bairro da Almoinha • Pavimentação na Conde 3 • Rotunda de Sampaio • Núcleo de Arqueologia • Obras nas Pedreiras

05

em destaque 06 | 07 • Nova peça para o Museu do Mar • Dia Mundial do Turismo • Acordo entre Artesanalpescas e armadores • Assembleia visita freguesia do Castelo • Limpeza Subaquática • SAP aberto 24 horas por dia • Quinzena Gastronómica do Espadarte • Boas-vindas à comunidade escolar município 08 | 11 • Parque da Vila em construção • Câmara Municipal aposta na qualidade • A Água é de Todos

• Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra • Combate à lagarta do pinheiro • Requalificação do Núcleo Urbano Antigo da Vila de Sesimbra • Novos parques infantis em Sesimbra e nas Pedreiras

• Ser adolescente • Aventura na Cidade desporto • Dez mil à beira-mar • Desporto para Todos • Emoção até ao fim • Mar de gente

23

urbanismo • Reconversão vai avançar

12

pessoas • Maria Leonor Silva - Uma lutadora

24

infra-estruturas • Construção da ETAR Lagoa/Meco

13

tome nota 24 | 25 • Sabores de Outono 2007 • Ballet contemporâneo para escolas • Concerto no Anfiteatro • Quarteto Lacerda • O fado de Carlos do Carmo • Orquestra Metropolitana de Lisboa • Máscaras em exposição • Serão de Contos

centrais • A Antiga Lota de Sesimbra

14 | 15

cultura 16 | 19 • Arte no espaço público • Música em Sesimbra • À procura da nossa história • Leitores premiados • A Pesca responsável em debate • Rafael Monteiro • Sandra Carvalho publica novo livro turismo 20 | 21 • Turismo com balanço positivo juventude • Jovens entram na onda

22

espaço público 26 | 27 • Formação - Cursos GAE, Hotelaria e Restauração, Forpescas • Transportes aéreos • Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Sesimbra utilidades

27

AMADEU PENIM (PS) Vereador Saúde Sextas-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) ALBERTO GAMEIRO (PS) Vereador Obras Municipais e Logística Terças-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra) Quintas-feiras das 14 às 17h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) MARIA GUILHERMINA RUIVO (PS) Vereadora Recursos Humanos e Bibliotecas Municipais Terças-feiras das 9.30 às 12.30h (Gabinete da Vereadora - Sesimbra) 1.as e 3.as sextas-feiras de cada mês das 9.30 às 12.30h (Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde) CARLOS FILIPE DE OLIVEIRA (PSD) Vereador Protecção Civil, Modernização Administrativa e Informática Sextas-feiras das 14 às 17.30h (Gabinete do Vereador - Sesimbra ou Gabinete de Atendimento da Quinta do Conde)* * Conforme as marcações

www.cm-sesimbra.pt

Parque da Vila

O maior e mais completo parque verde do concelho já está em construção. O novo espaço de lazer, que irá servir sobretudo os moradores da freguesia da Quinta do Conde, terá várias valências, como parque infantil, um anfiteatro para espectáculos, cafetaria, esplanada e zonas de sombra.

8 14.15

Recriação da Lota

A baía de Sesimbra vestiu-se a rigor para reviver uma das mais antigas tradições da vila. A recriação da antiga lota deliciou centenas de pessoas, que se juntaram perto da praia para ver e ouvir o tão esperado momento. F I C H A TÉ C NI CA EDIÇÃO E PROPRIEDADE Câmara Municipal de Sesimbra | DIRECTOR Augusto Pólvora (Presidente da Câmara Municipal) COORDENAÇÃO, REDACÇÃO, PAGINAÇÃO, FOTOGRAFIA, REVISÃO E SECRETARIADO Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal Avenida da Liberdade, n.º 7 – 2970-635 Sesimbra • Telefone: 21 228 85 90 • Fax: 21 228 86 87 • E-mail: girp@cm-sesimbra.pt | DESIGN GRÁFICO Rui Dias (projecto e direcção), Bruno Campos (infografia e ilustração) | CAPA Plano Auxiliar - Desenho de Arquitectura, Ld.ª (ilustração 3D) | PRÉ-IMPRESSÃO E IMPRESSÃO Corlito, Ld.ª | DISTRIBUIÇÃO CTT (via postal), GIRP/CMS (equipamentos públicos municipais), ARS – Serviços Publicitários, Ld.ª (comércio, colectividades, hotelaria e juntas de freguesia) TIRAGEM 10 000 exemplares | DEPÓSITO LEGAL N.º 134399/99 | ISSN 1646-6632 | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA | Notas: O conteúdo integral ou parcial (textos e imagens) desta revista não pode ser reproduzido sem autorização expressa da Câmara Municipal. Os eventos divulgados em antecipação podem ser alterados por motivos imprevistos.


EDI TORI AL -_

Valorizar o espaço público

12

Reconversão das AUGI As sete Áreas Urbanas de Génese Ilegal do Casal do Sapo,

Courelas da Brava e Fontaínhas, redelimitadas em 7 de Junho de 2006, passaram a ser de iniciativa municipal, como operação de loteamento, com apoio da respectiva Administração Conjunta.

11 Balanço de Verão

Responsáveis de unidades hoteleiras, associações de comerciantes e proprietários de estabelecimentos da restauração mostram-se satisfeitos com o resultado do Verão de 2007.

20 Núcleo Urbano Antigo A primeira fase da requalificação do Núcleo Urbano Antigo da Vila de Sesimbra já está em curso e termina em Janeiro de 2008. Os trabalhos desenvolvem-se no Largo de Bombaldes, com o acompanhamento de arqueólogos da Câmara Municipal.

informação | participação | cidadania

Se desejar receber a revista Sesimbra Município e/ou a agenda de acontecimentos Sesimbr'Acontece por correio, sem custos, solicite-o indicando-nos o seu nome e morada através do e-mail girp@cm-sesimbra.pt ou do telefone 21 228 85 90 .

O espaço público teve, desde sempre, um papel fundamental na vida das comunidades. Para além de zona de circulação é Augusto Pólvora ponto de encontro, PRESIDENTE DA CÂMARA contemplação, convívio, lazer e até do exercício da cidadania. Por estes motivos, a sua recuperação tem sido vista por muitas autarquias como uma prioridade. Largos, praças, miradouros, jardins ou campo de jogos são elementos determinantes para a qualidade de vida dos munícipes e para atrair turistas. Um exemplo muito concreto é a nova marginal, que depois de requalificada passou a ser dos pontos mais movimentados do concelho. Para prosseguir com esta estratégia, a Câmara Municipal deu início, este mês, a duas importantes obras. A revitalização do Núcleo Urbano Antigo da Vila de Sesimbra e a construção do Parque da Vila, na Quinta do Conde, o maior espaço verde e de lazer do concelho, com cerca de 20 hectares e vários equipamentos de apoio. De referir que estes e outros espaços públicos recebem, em breve, esculturas de grandes dimensões, elaboradas por alguns dos escultores que participaram na Bienal Internacional Sesimbra Art Spaces. São peças de arte de grande beleza que vão valorizar as zonas envolventes e ser, certamente, motivo de orgulho para todos.

Sesimbra Município | Outubro 2007

3


grande plano

Dia Internacional da Pessoa Idosa

Sempre a mexer

A juventude está na alma. Esta ideia foi confirmada por cerca de 300 seniores que participaram na Matiné Dançante, realizada no dia 1 de Outubro, na discoteca Baila Comigo, em Sesimbra, para comemorar o Dia Internacional da Pessoa Idosa. A iniciativa insere-se num projecto de dinamização e valorização da população sénior do concelho, levada a cabo pela Câmara Municipal, em parceria com várias instituições, através de um conjunto de actividades direccionadas a esta faixa etária, como é o caso do projecto Sempre a Mexer Para Não Envelhecer.

Sargedas homenageado Talentos em desfile

Alfarim de parabéns

Sesimbra na Waterfront

O fotógrafo Carlos Sargedas foi um dos homenageados na gala anual da Região de Turismo da Costa Azul. A vereadora do Turismo da Câmara Municipal, Felícia Costa, marcou presença no acontecimento e entregou o prémio ao representante sesimbrense, que tem prestado um importante contributo para a promoção de Sesimbra e da região.

Na última época, a equipa de iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim sagrou-se campeã da 2.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal. Para homenagear o trabalho desenvolvido e a subida à 1.ª Divisão, o presidente da Câmara Municipal entregou, no dia 7 de Outubro, o medalhão da vila aos atletas, equipa técnica e Clube.

A Nova Marginal e as intervenções no Núcleo Urbano Antigo da Vila de Sesimbra foram os projectos apresentados pela Câmara Municipal na Waterfront Expo, a mais importante exposição e conferência internacional sobre o desenvolvimento das frentes de água, que decorreu em Outubro, no Centro de Congressos de Lisboa.

4 Sesimbra Município | Outubro 2007

O bar Gliese, na Praça da Califórnia, foi palco do Sesimbra Fashion Party, desfile de moda que reuniu trabalhos de cinco estilistas do concelho, apresentados por 50 modelos. A iniciativa foi organizada pela Junta de Freguesia de Santiago e por uma empresa de eventos e contou com o apoio da Câmara Municipal de Sesimbra.


no terreno Bairro de Almoinha

Pavimentação no Conde 3

Já teve início a empreitada de recuperação e conservação do Bairro Municipal da Almoinha. A obra, adjudicada por 78 mil e 500 euros, tem um prazo de execução de 90 dias e consiste na pintura e manutenção das fachadas dos edifícios. Esta é uma das medidas da autarquia para recuperar e revitalizar o património habitacional do concelho.

Está a decorrer a empreitada de regularização e pavimentação da Rua Gago Coutinho, na Quinta do Conde. A intervenção, com um prazo de execução de 120 dias, inclui também a reabilitação da rede águas, execução de sumidouros e assentamento de tubagens. A obra representa um investimento de 108 mil e 500 euros. A2

Quinta do Conde

EN 10

ER 377

EN 378

EN 379

Rotunda de Sampaio A Câmara Municipal está a proceder ao arranjo de vários espaços verdes nas estradas nacionais 378 e 379, nomeadamente, em rotundas e cruzamentos. A rotunda de Sampaio, junto ao Pingo Doce, foi um dos locais que recebeu, recentemente, melhoramentos, que incluíram o ajardinamento e a remodelação do sistema de rega.

Almoinha Sampaio

Pedreiras

Castelo ER 377

Núcleo de Arqueologia

Obras nas Pedreiras

O Núcleo de Arqueologia do Castelo de Sesimbra vai estar encerrado durante 2 meses para obras de manutenção, que envolvem a colocação de um novo telhado e a pintura das paredes exteriores do edifício. Este espaço museológico está a funcionar no Castelo desde Outubro de 2006.

Devido a obras de instalação da rede de drenagem de águas residuais, colocação de uma nova conduta e pavimentação, a Rua da Carpintaria, nas Pedreiras, está com trânsito condicionado, com excepção para moradores e cargas e descargas. A conclusão dos trabalhos está prevista para final de Outubro.

Sesimbra Município | Outubro 2007

5


d

destaques

Dia Mundial do Turismo

Nova peça para o Museu do Mar A cadeira de pesca desportiva de alto mar ao espadarte, utilizada por Arsénio Cordeiro, foi doada à Câmara Municipal pela sua esposa e filhos e vai integrar o acervo do Núcleo Museológico do Mar. A peça, considerada de grande relevância para a história piscatória da vila, esteve paten-

te na exposição Um Areal de Gentes. Arsénio Cordeiro, médico e professor catedrático, era um adepto da pesca desportiva de alto mar e, através dela, contribuiu para divulgar o potencial piscatório de Sesimbra e as suas potencialidades turísticas, para lá das fronteiras nacionais.

Acordo entre Artesanalpescas e armadores A Artesanalpesca e 16 armadores da pesca do peixe-espada preto de Sesimbra celebraram, em Setembro, um contrato de abastecimento de pescado. O acordo permite à Artesanalpesca, a venda da totalidade do peixe-espada capturado pelos barcos dos seus associados e permite que os pescadores comercializem o peixe por um valor acima da média dos anos anteriores. Na assinatura do acordo marcaram presença o secretário de Estado adjunto da Agricultura e Pescas, o presidente da Câmara Municipal, um representante do Governo Civil de Setúbal, os responsáveis pela Artesanalpesca, representantes dos pescadores, o presidente da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra e representantes da Docapesca.

6 Sesimbra Município | Outubro 2007

As comemorações do Dia Mundial do Turismo - 27 de Setembro - superaram as expectativas. Mais de 150 visitantes portugueses e estrangeiros participaram nos passeios marítimos e na visita ao Núcleo Urbano Antigo da vila, actividades promovidas pelo Posto de Turismo. Foram ainda distribuidas geribérias às senhoras, uma forma simbólica de assinalar o tema O Turismo Abre Portas às Mulheres, proposto pela Organização Mundial do Turismo. Os homens receberam uma garrafa de moscatel de Setúbal.

Assembleia visita freguesia do Castelo O ponto de situação sobre as AUGI da Lagoa de Albufeira e a forma como vão ser geridos os espaços verdes no local foram temas que marcaram mais uma visita dos membros da Assembleia Municipal à freguesia do Castelo, no final de Setembro. Os deputados municipais ficaram ainda a conhecer, de perto, as instalações da Cercizimbra, instituição de Solidariedade Social que, há 31 anos, desenvolve um trabalho fundamental de apoio à comunidade e do Centro de Apoio Sócio-Cultural Unidade Zambujalense. A iniciativa fez parte de um conjunto de acções que Assembleia Municipal tem desenvolvido para aproximar os eleitos das realidades do município.


SAP aberto 24 horas por dia

Limpeza Subaquática No final do Verão, a vila de Sesimbra recebeu duas campanhas de limpeza subaquática. A primeira, uma acção a nível mundial intitulada Beach Clean-Up Day, foi dinamizada pela escola de mergulho Nautic Diver, com o apoio da Câmara Municipal e juntas de freguesia de Santiago e do Castelo. Juntou 142 mergulhadores mais 100 voluntários, que recolheram cerca de 2500 quilos detritos, entre os quais pneus, uma motorizada, armações de pesca, sacos de plástico, latas de tinta e até baterias. A segunda, a XII Edição da Recolha Subaquática de Lixo de Sesimbra, iniciativa que se realiza todos os anos, no âmbito do Projecto Bandeira Azul e tem organização conjunta da Câmara Municipal e Núcleo de Actividades Subaquáticas do Instituto Superior Técnico. Participaram 56 mergulhadores que recuperaram do fundo da baía de Sesimbra 510 quilos de lixo. A quantidade de detritos retirados das margens e do fundo da baía revela que, apesar das campanhas de sensibilização anuais, há ainda quem continue a poluir deliberadamente as praias.

O Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Sesimbra vai manterse aberto 24 horas por dia, pelo menos até existir um parecer da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo sobre a instalação de um Serviço de Urgência Básico (SUB) na vila. A medida surge na sequência de várias diligências da autarquia junto do ARS, devido à situação insustentável que se vive, desde Janeiro, no SAP. Lembre-se que, para colmatar as necessidades dos utentes, a ARS propôs a contratação de uma empresa de serviços médicos para assegurar o funcionamento entre as 16 e as 24 horas, enquanto entre as 8 e as 16 horas, as consultas seriam mantidas pelos médicos do Centro. Esta alternativa não previa, contudo, o horário nocturno, o que agravaria a situação durante a época balnear, em que o concelho recebe milhares de visitantes. Nas reuniões que se seguiram com a Câmara, os responsáveis da ARS acabaram por reconhecer a necessidade de manter o SAP aberto durante 24 horas, no mínimo até ao fim de Setembro, altura em que se definiria a proposta para a criação de um SUB em Sesimbra. Perante a ausência de uma decisão, o funcionamento do Centro de Saúde nos actuais moldes mantém-se por tempo indeterminado, de acordo com a última reunião entre as duas entidades.

Boas-vindas à comunidade escolar

Quinzena Gastronómica do Espadarte Os 45 restaurantes de todo o concelho que participaram na primeira Quinzena Gastronómica do Espadarte, englobada no programa das Marés de Outono, venderam cerca de 4 mil e 500 pratos, confeccionados de 87 maneiras diferentes. A iniciativa contou com uma elevada adesão e contribuiu para a divulgação da espécie, imagem de marca do concelho.

Mais de 600 pais e encarregados de educação, professores e pessoal não docente participaram na recepção à comunidade educativa, que teve lugar na Escola Básica 1 da Quinta do Conde. A iniciativa contou com a presença do vereador José Polido, da vereadora da Educação, Felícia Costa, e do presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, que reafirmaram o apoio da autarquia à melhoria das condi-

ções do ensino, nomeadamente, através da construção de novos equipamentos, no apoio às actividades extracurriculares, refeições, prolongamento de horários e orientação vocacional. Depois do jantar, seguiu-se a entrega dos prémios aos alunos que se distinguiram pelo bom aproveitamento, a professores e pessoal não docente aposentado, e a homenagem a pais e encarregados de educação.

Sesimbra Município | Outubro 2007

7


município UM NOVO ESPAÇO DE LAZER NA QUINTA DO CONDE

Parque da Vila em construç

N

o primeiro trimestre do próximo ano, os moradores da freguesia da Quinta do Conde vão passar a contar com o maior e mais completo espaço verde do concelho. Com uma área de cerca de 20 mil metros quadrados, o Parque da Vila, localizado junto à urbanização da Cova dos Vidros, reunirá um conjunto de equipamentos destinados a actividades de lazer, de onde se destaca um anfiteatro com três bancadas para a realização de espectáculos e outras iniciativas, que pode ser usado como zona de descanso. Toda a área terá iluminação e mobiliário urbano, com bancos e papeleiras. Para as crianças e jovens, serão colocados brin-

8 Sesimbra Município | Outubro 2007

N

umaNR

As obras do maior espaço verde do concelho já tiveram início e vão estar concluídas durante o 1.º trimestre de 2008 quedos em madeira, ladeados por áreas relvadas, com diversas espécies arbóreas. Numa segunda fase, será criado um quiosque com cafeta-

ria, esplanada, instalações sanitárias e bebedouro. Todo o Parque pode ser percorrido através de caminhos pedonais, que conduzem aos

pontos de maior movimento, nomeadamente, ao aglomerado urbano, à paragem de transportes públicos e à zona comercial


município

ão

Os funcionários da autarquia participaram em acções de formação sobre normas da Qualidade

Modernização Administrativa

Câmara Municipal aposta na qualidade

A

postada em melhorar os serviços prestados aos munícipes, a Câmara Municipal decidiu implementar um Sistema de Gestão da Qualidade. A certificação deste sistema segundo normas reconhecidas internacionalmente é um desejo, e a melhoria continua dos serviços um compromisso. A equipa responsável pelo projecto, no terreno desde há alguns meses, procedeu ao levantamento das principais acções desenvolvidas por cada serviço e dos procedimentos que lhe estão associados. Depois da análise, foram concebidos instrumentos e recursos de acordo com as normas da qualidade em vigor. Pretende-se que estas novas propostas de funcionamento contribuam para eliminar constrangimentos e parte dos processos burocráticos que, muitas vezes, impedem uma resposta rápida e eficaz ao público-alvo, que é o munícipe. Durante os últimos meses, realizaram-se acções de formação para todos os funcionários e, em cada serviço, foi escolhido um elemento para ajudar a desenvolver os novos métodos de trabalho. O projecto para implementar e certificar o Sistema de Gestão da Qualidade deve estar concluído no início de 2009. Com a entrada em vigor do Sistema de Gestão da Qualidade centrado no munícipe, Sesimbra passará a ser um

concelho enquadrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento da Península de Setúbal e apto a trabalhar os cinco eixos do Quadro de Referência Estratégico Nacional: desenvolvimento económico e competitividade, inovação e qualidade, mobilidade, acessibilidade e transportes, ambiente e coesão nacional. A Qualidade é, hoje, uma exigência de qualquer sociedade evoluída. Em Portugal, as primeiras empresas foram certificadas na década de 80, mas é a partir de 1990 que se verifica uma grande adesão do sector privado à certificação dos respectivos sistemas da Qualidade. A administração pública teve, necessariamente, que se adaptar aos desafios das sociedades modernas e aproveitar as vantagens destes sistemas no âmbito das suas responsabilidades políticas, sociais, culturais e económicas. Sistemas de informação Entretanto, a Câmara Municipal, através do Pelouro da Modernização Administrativa, está a proceder à remodelação do sistema de informação da autarquia, composto por três vectores: rede de comunicações, hardware e software. O objectivo, neste caso, é melhorar as ferramentas de trabalho e aumentar a qualidade e capacidade produtiva. A primeira área

a receber melhoramentos foi a rede de comunicações, que se encontrava saturada devido, sobretudo, ao crescimento do parque informático e à dispersão de serviços. Com a participação de Sesimbra no projecto Setúbal Península Digital, foi possível instalar uma rede de fibra óptica e via rádio que garante a comunicação entre a maior parte dos serviços. Foi também desenvolvido um plano para substituição faseada do parque informático, consoante a necessidade de cada serviço. Quanto ao software, como resultado da auditoria realizada em 2006, a Câmara Municipal está a construir uma estrutura assente numa única base de dados, para que a informação possa ser partilhada por todos os utilizadores, independentemente das ferramentas que utilize. O primeiro passo para cumprir este objectivo foi dado com a aquisição de um novo programa de gestão documental que deve entrar em funcionamento até ao final do ano. Para além disso, serão estudadas formas de evolução para a assinatura digital certificada e instalados acesso à Internet e ao serviço de e-mail para todos os utilizadores. No âmbito do Setúbal Península Digital serão também implementados serviços online que facilitarão, num futuro próximo, a relação entre munícipes e autarquia

Sesimbra Município | Outubro 2007

9


município

A Água é de Todos A Associação de Municípios da Região de Setúbal, em conjunto com os municípios associados, levou a efeito uma campanha para alertar a opinião pública sobre a importância da gestão da água. A iniciativa incluiu a distribuição de um manifesto, a colocação de vários materiais informativos por todo o Distrito e terminou no Dia Nacional da Água, 1 de Outubro, com o seminário Região de Setúbal - Municípios Onde a Água é de Todos, no auditório Augusto Cabrita, no Barreiro. Os cerca de 200 participantes, entre particulares e representantes de entidades e instituições da Península, reflectiram sobre a temática da água, a sua gestão, a sua posse e a sua propriedade. O concelho de Sesimbra esteve representado pelo presidente da Câmara Municipal, que fez uma intervenção onde salientou a importância deste recurso. Do seminário saiu a mensagem de que a água é um bem público, como tal, deve obedecer a uma estratégia regional integrada. Durante o encontro foi ainda formalizado o Observatório da Água Para a Península de Setúbal, ao qual já aderiram mais de três centenas de entidades e instituições regionais, e anunciado o início do processo de constituição de uma Associação de Municípios de Fins Específicos para a construção do Sistema Intermunicipal de Abastecimento de Água em Alta para a Península de Setúbal. Todas estas acções demonstraram que a gestão da água é prioridade política numa região onde muitos municípios foram pioneiros e são exemplo na prestação do serviço público de água. A campanha que deu título ao seminário vai continuar nos concelhos da Península e em www.amrs.pt.

10 Sesimbra Município | Outubro 2007

Apesar da alteração proposta, o Ministério do Ambiente reconheceu a qualidade do projecto

Plano de Pormenor da Zona Sul da Mata de Sesimbra

Decisão do Governo não compromete o projecto

O

Ministério do Ambiente comunicou à Câmara Municipal, em 14 de Setembro, que a viabilização do Plano de Pormenor (PP) da Zona Sul da Mata de Sesimbra está dependente de uma redução de 315 mil metros quadrados (correspondentes a 7800 camas), resultantes do chamado Acordo do Meco, proposto em 2003 por este Ministério e subscrito pela Câmara Municipal, depois de aprovado em Assembleia Municipal. O texto deste acordo foi sujeito a apreciação do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República, que o considerou válido, desde que fossem

incluídas algumas alterações, o que veio a acontecer num adicional ao acordo subscrito por todas as partes. Embora o PP tenha sido desenvolvido nos termos do Acordo do Meco e da legislação urbanística em vigor, a Câmara Municipal reconhece que, nos termos do próprio acordo, é da competência do Governo proceder à avaliação da sua compatibilidade com o PROTAML, pelo que não vê inconveniente na redução proposta, desde que esta redução seja aceite pelas restantes partes contratantes, que seja garantida a execução do Plano de Acessibilidades ao Concelho, associado ao Plano de Pormenor, e que

Ambiente

Combate à lagarta do pinheiro

A

Escola Básica de Aiana foi um dos estabelecimentos de ensino do concelho onde decorreu uma acção de prevenção com o objectivo de controlar a propagação da Processionária do Pinheiro, uma lagarta que pode provocar alergias e outros problemas de saúde, tanto ao ser humano, como aos animais. O

tratamento dos pinheiros foi feito através da micro-injecção de uma substância que não deixa resíduos no ambiente nem representa qualquer risco para a saúde. O preparado é composto por uma solução nutritiva que melhora a capacidade de defesa da árvore e por um insecticida, que impede o desenvolvimento das larvas

seja garantida a implementação do Plano de Gestão Ambiental proposto para a área da Mata de Sesimbra. Apesar da alteração agora proposta, o Ministério do Ambiente realçou a alta qualidade do Plano apresentado pela autarquia. A Câmara Municipal espera que esta decisão do Ministério do Ambiente contribua para uma solução consensual entre as partes e trabalhará para que a versão final do PP permita a concretização do desenvolvimento turístico sustentado do concelho de Sesimbra no respeito e valorização da sua qualidade ambiental


município Novos parques infantis em Sesimbra e nas Pedreiras

Em Janeiro o Largo de Bombaldes vai estar completamente remodelado

REQUALIFICAÇÃO DO NÚCLEO URBANO ANTIGO DA VILA DE SESIMBRA

Obras estão em curso

A

requalificação do Núcleo Urbano Antigo da Vila de Sesimbra já está a decorrer. O avanço dos trabalhos implicou alterações da circulação viária e do estacionamento, assim como a desactivação temporária de algumas esplanadas no Largo de Bombaldes. Para minimizar os incómodos foram criadas alternativas e vão ser colocados painéis informativos. Durante as obras, o acesso às bancas de peixe do Mercado Municipal será feito pelas entradas da Avenida da Liberdade e Rua da República. Importa ainda referir que as obras vão ser acompanhadas por arqueólogos, especialmente junto à Fortaleza de Santiago e ao Largo de Bombaldes. A sua execução foi planeada de forma a não comprometer a realização de acontecimentos como os desfiles de Carnaval e a Festa das Chagas. Prevê-se que, no início de Maio, estejam concluídas as três primeiras etapas desta primeira fase: Bombaldes, Rua Cândido dos Reis e Rua da Fortaleza. No próximo ano, terá lugar uma nova fase, que vai abranger outras zonas da vila.

A vila de Sesimbra conta com um novo parque infantil, instalado na Praia do Ouro. O espaço está equipado com vários brinquedos que poderão ser utilizados por crianças com idades entre os 3 e os 12 anos, devidamente acompanhadas. É composto por uma estrutura com escorrega, torre com duas plataformas, escada com corrimão, uma rede de marinheiro, espaldares, barras horizontais e dois bonecos de mola. Em redor existe uma vedação em madeira para evitar a entrada de animais. Um espaço similar foi instalado junto à escola das Pedreiras. Neste caso, o parque tem um equipamento multifunções com uma tenda, escada, escorrega, uma parede de escalada e dois bonecos de mola. A construção destes dois espaços de jogo e lazer representou um investimento de aproximadamente 21 mil euros.

O Projecto de Animação Comercial foi apresentado aos empresários

Saiba mais... PERÍODO DE EXECUÇÃO DAS OBRAS Largo de Bombaldes e Rua Jorge Nunes Outubro a Janeiro Avenida da Liberdade (entre a Fortaleza e a Rua da República Janeiro a Março Rua Cândido dos Reis, Largo António Baptista e Rua da Fortaleza Fevereiro a Maio Animação comercial No âmbito da requalificação urbana em curso, foi apresentado, no início de Outubro, o Projecto de Animação Comercial, que tem como objectivo revitalizar as actividades económicas, atraindo mais visitantes à vila. O pro-

jecto prevê a dinamização de um conjunto de iniciativas, nomeadamente no Natal, tais como animações de rua, ofertas de brindes e anúncios promocionais. No primeiro semestre de 2008, realizar-se-á um Festival de Artes e um Festival de Gastronomia com programações próprias. A apresentação deste plano esteve a cargo da Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, do vereador do Pelouro das Actividades Económicas, da presidente da Assembleia Municipal, do coordenador do projecto de requalificação do núcleo antigo, dos presidentes das duas Associações de Comerciantes e de empresários locais

Sesimbra Município | Outubro 2007

11


urbanismo

CASAL DO SAPO, COURELAS DA BRAVA E FONTAÍNHAS

Reconversão vai avançar A

s sete Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI) do Casal do Sapo, Courelas da Brava e Fontainhas, redelimitadas em 7 de Junho de 2006, passaram a ser de iniciativa municipal, como operação de loteamento, com apoio da respectiva Administração Conjunta. A responsabilidade do acompanhamento, coordenação e execução das soluções urbanísticas para cada uma dessas AUGI está a cargo do Gabinete Municipal da Lagoa de Albufeira (Gabinete de AUGI do Concelho), com base no Plano de Urbanização em vigor desde 1999. Após a apresentação do estudo preliminar em Assembleias de Comproprietários e de um período de discussão prévia com elevada participação dos comproprietários, foi apresentado em reunião de Câmara para admissão liminar, em 23 de Maio de 2007, as AUGI 40, 40A e 42 e, em 20 de Setembro de 2007, as AUGI 43 e 44. Estas deliberações permitiram

12 Sesimbra Município | Outubro 2007

a realização da vistoria prevista no artigo 22.º da Lei 91/95 – Regime jurídico das Áreas Urbanas de Génese Ilegal (AUGI) e, consequentemente, a possibilidade a todos os comproprietários legalizarem as construções existentes e construir, com licença de construção, novas habitações, conforme disposto no artigo 51.º da referida Lei. A AUGI 41 do Casal do Sapo será presente a reunião de Câmara, ainda em Outubro de 2007. Paralelamente à elaboração das soluções urbanísticas para as AUGI do Casal do Sapo, foram efectuadas diligências que permitiram iniciar a realização de escrituras – pendentes há mais de 30 anos – de modo a que todos os comproprietários possam votar a divisão de coisa comum, ou seja, a passagem de avos para lotes

A Câmara Municipal, a Caixa Geral de Depósitos e as Comissões de Administração de seis AUGI do Casal do Sapo e Courelas da Brava assinaram, em Outubro, protocolos financeiros para dinamizar o acesso ao crédito por parte de proprietários com dificuldades em assumir os custos de reconversão. com descrição predial em metros quadrados e com todas as confrontações definidas. De igual modo, foram subscritos os contratos de urbanização, entre a Câmara e as Administrações Conjuntas, em que se definem as atribuições e o âmbito de intervenção de cada uma das outorgantes, cabendo às AUGI a apresentação dos projectos relativos às obras de urbanização que incluem a Rede Viária, Sistema de Esgotos, Rede de Águas, Rede de Gás, Rede Eléctrica, Rede de Telecomunicações e Arranjos Paisagísticos dos espaços verdes e de lazer previstos nos loteamentos. Estes projectos estão já em elaboração e são elementos indispensáveis para a deliberação final e emissão do respectivo alvará de loteamento. Por outro lado, foi também alcan-

çado, para as AUGI do Casal do Sapo e Courelas da Brava, um Protocolo Financeiro, já subscrito pelas Administrações Conjuntas, a Caixa Geral de Depósitos e a Câmara Municipal de Sesimbra, que permitirá o apoio financeiro para os custos de reconversão e que foi presente em reunião de Câmara de 3 de Outubro de 2007. Este protocolo poderá, também, ser extensivo à AUGI das Fontaínhas. Deste modo, tem vindo a ser cumprida a metodologia proposta para cumprir os prazos previsto na Lei das AUGI, com excepção da AUGI das Fontaínhas, que não tem tido a mesma dinâmica das restantes Administrações Conjuntas. No entanto, a Câmara Municipal de Sesimbra está a ultimar a proposta de Loteamento daquela localidade e, em breve, será apresentada aos proprietários e comproprietários, para que possam, também, alcançar a tão necessária reconversão e uma significativa melhoria de condições de vida


infra-estruturas Saneamento

Construção da ETAR Lagoa/Meco

A

empresa intermunicipal Simarsul já está a preparar os terrenos para a construção da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Lagoa/Meco, uma infra-estrutura que ficará localizada junto ao Vale da Amieira. A obra, orçada em 5,6 milhões de euros, deve estar concluída em 2009. A partir dessa altura, todos os efluentes da freguesia do Castelo serão encaminhados para a nova ETAR. As águas residuais da Lagoa de Albufeira também serão enviadas para esta estação de tratamento, depois de concluídas as obras de saneamento das AUGI. Com a entrada em funcionamento da ETAR Lagoa/Meco, será possível eliminar a maioria das fossas que actualmente existem na freguesia e será desactivada a estação de lagunagem da Carrasqueira, opção que permite uma poupança de recursos financeiros e minimiza o impacte ambiental inerente à mesma. Entretanto, em Alfarim, prosseguem os trabalhos de instalação da rede em baixa, da responsabilidade da Câmara Municipal. Esta infra-estrutura liga as habitações a colectores, que por sua vez transportam os efluentes até aos interceptores da Simarsul para seguirem até à ETAR.

A nova ETAR terá capacidade para servir toda a freguesia do Castelo O tratamento dos efluentes da ETAR é de nível secundário e engloba 3 fases. Numa primeira etapa é feito o pré-tratamento para retenção dos resíduos grosseiros, areias e gorduras. De seguida, dá-se a decantação primária. A última fase consiste no tratamento biológico com oxidação e uma segunda decantação. As lamas serão estabilizadas, desidratadas e remetidas para aterro sanitário, onde existirá um tratamento de desodorização por lavagem química, para evitar a propagação de cheiros

Obras na Avenida dos Náufragos Na Avenida dos Náufragos, em Sesimbra, estão em curso as obras de beneficiação da conduta elevatória, desde a Fortaleza de Santiago até à Estação de Tratamento de Águas Residuais, no Porto de Abrigo. A intervenção, a cargo da Simarsul, está a ser feita em vários pontos e tem motivado algumas alterações ao nível da circulação viária. Os trabalhos devem estar concluídos no final de Outubro.

Avenida Principal da Quinta do Conde

Pavimentação em curso

V

ai ter início, em breve, a repavimentação da Avenida Principal da Quinta do Conde, obra que melhorará significativamente a circulação de veículos e peões numa das artérias mais movimentadas do concelho. Prevê-se que os trabalhos, orçados em 175 mil euros, estejam concluídos em Fevereiro do

próximo ano. No decurso da obra, proceder-se-á à renovação parcial da rede de abastecimento de água e à execução de ramais domiciliários de esgoto. A intervenção vai obrigar a alterações na circulação viária, situação que levou a autarquia a tomar algumas medidas para minimizar os incómodos causados

A obra melhorará a circulação na Avenida Principal da Quinta do Conde

Sesimbra Município | Outubro 2007

13


centrais

Marés de Outono

A baía de Sesimbra vestiu-se a rigor para reviver uma das mais antigas tradições da vila. A recriação da antiga lota deliciou centenas de pessoas, que se juntaram perto da praia para ver e ouvir o tão esperado momento.

D

urante uma tarde, a Praia do Ouro foi o centro das atenções de sesimbrenses e visitantes, que ocuparam o Largo da Marinha e a Fortaleza de Santiago para assistir à recriação da antiga lota. No meio da multidão, que esperava ansiosa pelo aproximar dos barcos, a expectativa era grande. Para aqueles para quem a lota fez parte da rotina

diária, o sentimento era de recordação e nostalgia por uma época em que o peixe abundava junto à costa. Já os mais novos aguardavam inquietos para assistir, ao vivo, a um dos principais costumes da vila. A recriação começou com a chegada do peixe na praia. Cada espécie foi colocada no areal, consoante o seu valor comercial. O peixe-espada branco foi estendido na areia lisa, a pescada em montes compridos e o goraz em ci-

ma de pirâmides. Durante a venda aconteceram algumas peripécias, como o roubo simulado de peixe e escaramuças entre os compradores e vendedores, perante a atenção da autoridade do guarda-fiscal, que fazia contas ao valor que o Estado ia arrecadar. Episódios que divertiram os espectadores, que assistiam atentos à agitação vivida na praia. No final, os mais de 100 figurantes vestidos a rigor, entre antigos pescadores e elementos das Escolas de Samba, mereceram fortes aplausos e houve mesmo quem se emocionasse com o momento. Para além da recriação da antiga lota, o programa incluiu também uma arruada pela Banda da Sociedade Musical Sesimbrense, uma demonstração de Arte Xávega, representações de artes e ofícios do concelho, jogos populares e uma noite de fados


Uma maré de acontecimentos A antiga lota moldou a história, raízes e costumes da terra, e como tal foi momento principal da iniciativa Marés de Outono. No entanto, o programa destes 17 dias, que teve o mar e pesca no centro das atenções, incluiu a exposição Um Areal de Gentes, composta por fotografias, testemunhos orais e escritos que ilustram a faina de outros tempos, um concerto com o grupo Marenostrum, um espectáculo que juntou a Banda da Armada à companhia de teatro O Bando e ao grupo Coral Infantil de Setúbal, um Ciclo de Cinema Sobre o Mar e um baile popular na Fortaleza de Santiago.

Fado Vadio na Fortaleza de Santiago

Baile Popular na Fortaleza de Santiago

Marenostrum no Cineteatro Municipal

Banda da Armada no Cineteatro Municipal

Exposição Um Areal de Gentes no Auditório Conde de Ferreira


cultura Escultura ao Vivo no Castelo

Arte no espaço público Severo Preto, O Homem do Leme, de Moisés Preto Paulo Marginal de Sesimbra

Sete escultores criaram seis obras de arte que vão ser colocadas em espaços públicos do concelho

D

urante duas semanas, o Castelo de Sesimbra transformou-se num ateliê para sete escultores que, à vista de todos os visitantes do monumento, deram novas formas a blocos de vidraço, tipo de pedra muito utilizada na construção civil e na calçada portuguesa, cedidos por empresários locais. Esta iniciativa inédita de escultura ao vivo encerrou a Bienal Internacional de Artes Plásticas Sesimbra Art Spaces 2007. «O vidraço deixou de ser usado no âmbito decorativo, mas mantém a nobreza que lhe é digna», explicou Moisés Preto Paulo, um dos escultores participantes, durante os últimos retoques ao seu Severo Preto, o Homem do Leme, peça que, segundo o autor, representa a pesca, mas sobretudo a valorização do ser humano. «O sesimbrense que, através do mar, vai ao encontro de outras culturas e do conhecimento». A escultura, com 4,5 metros de altura vai ficar exposta permanentemente na marginal da vila. A Alauda (palavra latina para Cotovia) foi o motivo de inspiração de Beatriz Cunha, que criou um elemento escultórico com forma ondulante, alusiva ao mar e com orifícios que procuram “jogar” com o vento para produzir sons. A peça ficará localizada na Co-

16 Sesimbra Município | Outubro 2007

tovia, em frente ao Gabinete de Apoio ao Empresário. Como se de um cartão de visita se tratasse, surgirá, na rotunda da Carrasqueira, a obra conjunta do escultor cubano Hans Varela e do comissário da Art Spaces, Carlos Bajouca. O espadarte, símbolo de Sesimbra, rasgando uma onda, com elementos em alumínio e cerca de 5 metros de altura, é a proposta desta dupla, que se deixou levar pelo «encanto deste peixe durante a “dança da morte”, no momento da captura». O brasileiro Nelson Cardoso homenageou a Associação de Dadores de Sangue da Quinta do Conde através do rosto de uma mulher, de um coração e de uma gota de sangue, enquanto João Renato dedicou a sua obra, Os Pioneiros, aos pioneiros da Quinta do Conde e às dificuldades com que os primeiros moradores se depararam quando chegaram ao local, há vários anos. Visto por muitos como o “mestre”, João Antero precisa de «pensar, repensar e actuar cirurgicamente». Se possível «criar sempre ao ar livre», antes de dar forma à pedra. Terra/Mar representa «uma árvore orgânica em comunhão com outros elementos, como a montanha». A peça vai permanecer no novo Parque da Vila, na Quinta do Conde

Terra/Mar, de João Antero Parque da Vila, Quinta do Conde

Homenagem aos Dadores de Sangue, de Nelson Cardoso Rotunda da Avenida 1.º de Maio, Quinta do Conde


cultura

Homenagem aos Pioneiros da Quinta do Conde, de João Renato Rua Serra d'Aire, Quinta do Conde

Vitorino e Janita Salomé

Lisbon Underground Music Ensemble - LUME

Alauda, de Beatriz Cunha Avenida João Paulo II, Cotovia

Sebastião Antunes Trio

Vox Angelis

Pedro e o Lobo pela Sinfonietta de Lisboa

Música em Sesimbra

Grande afluência de público

S

Homenagem à Pesca do Espadarte, de Hans Varela / Carlos Bajouca Rotunda da Carrasqueira (EN378)

esimbra continua a ser palco de espectáculos musicais de qualidade, cada vez com maior afluência de público. A Utopia, sentida homenagem de Vitorino e Janita Salomé a José Afonso, foi um desses casos. Outro, foi o concerto do Sebastião Antunes Trio, que assinalou o Dia Internacional da Música e deu início ao programa Músicas em Outubro. Um dos pontos altos desta iniciati-

va, ainda a decorrer, foi o concerto dos LUME, grupo constituído por alguns dos melhores instrumentistas da música jazz e erudita nacional. Numa toada mais clássica, os Vox Angelis apresentaram um recital de canto e guitarra, na Capela do Espírito Santo dos Mareantes, e a Sinfonietta de Lisboa levou ao palco do Cineteatro o conto musical infantil Pedro e o Lobo, de Sergei Prokofiev

Sesimbra Município | Outubro 2007

17


cultura NOVA CARTA ARQUEOLÓGICA DO CONCELHO DE SESIMBRA

À procura da nossa história D

epois de quatro meses no terreno, professores, arqueólogos e alunos das Universidades de Lisboa e de Évora encontraram mais de 70 novos sítios arqueológicos, que se juntam aos outros 70 registados na Carta Arqueológica de Eduardo da Cunha Serrão, publicada em 1994. Nesta primeira fase do trabalho, a equipa percorreu o território, referenciou os sítios com GPS e recolheu os achados que se encontravam à superfície. O uso de um programa SIG (Sistema de Informação Geográfica) permitiu a cartografia rigorosa dos locais. O levantamento no terreno demonstrou que a plataforma ocidental do concelho, desde o Cabo Espichel à Lagoa de Albufeira, está repleta de pequenos artefactos, que revelam que o Homem ocupou intensamente

esta área. Pela primeira vez em Portugal foi encontrada uma ocupação tão densa do período Mesolítico ao longo da costa. Neste período, o Homem vive em acampamentos sazonais, domina a técnica da pedra e a natureza, retirando o máximo de partido dos recursos marítimos. Entre os materiais recolhidos, estão pequenos triângulos de sílex, que formavam utensílios muito hábeis para a caça, como flechas, foices e arpões. Por volta do V milénio a. C. surgem os primeiros agricultores. Embora não haja provas da agricultura directa, há vestígios de cerâmicas que serviam para armazenar os alimentos. É também no Neolítico que surge a crença na vida para além da morte, em que as grutas são aproveitadas para enterramen-

Depois do trabalho no terreno, a equipa reúne para organizar, catalogar e desenhar os materiais recolhidos.

18 Sesimbra Município | Outubro 2007

Como é que o Homem ocupou o concelho e de que forma tirou partido dos seus recursos são questões que a equipa que está a trabalhar na nova Carta Arqueológica de Sesimbra quer entender.

tos. Os arqueólogos colocam a hipótese de terem sido estas populações de agricultores-pastores que colonizaram o Alentejo. Ergueram os menires lembrando as colunas das grutas, e mais tarde, no IV milénio a. C., construíram as antas também à semelhança das grutas. Nos últimos três meses, as prospecções multiplicaram o número de cavidades com vestígios desta época. O próximo passo do Homem foi proteger os bens, criando fortificações. O povoado do Zambujal, anteriormente identificado por Eduardo da Cunha Serrão, é um registo forte deste tipo de ocupação do Calcolítico (III milénio a. C.). São populações que utilizam os metais e continuam a enterrar os entes

A vereadora do Pelouro da Cultura, Felícia Costa, e alguns técnicos da autarquia acompanharam os trabalhos no terreno.

queridos nas grutas. A Roça do Casal do Meio, em Calhariz, é o expoente máximo da Idade do Bronze (cerca do II milénio a. C.). Período em que a sociedade passa a estar hierarquizada e os enterramentos deixam de ser colectivos. Os achados das épocas romana (séculos I a. C. a V d. C.), visigótica (século V a VIII d. C.) e islâmica (séculos VIII a XII) são mais escassos. O que leva a crer que quando a economia se globaliza, Sesimbra perde importância, por estar marginal às grandes rotas. Durante o Inverno, a equipa vai estudar os materiais recolhidos e procurar uma ligação entre eles.


cultura Aniversário da Biblioteca Municipal

Leitores premiados

I

sabel Alçada, escritora e actual Comissária do Plano Nacional da Leitura, foi a convidada de honra da cerimónia de entrega de lembranças aos Leitores do Ano da Biblioteca Municipal de Sesimbra, que decorreu em Setembro na Sala Polivalente da Biblioteca. A iniciativa, que fez parte do programa do 2.º Aniversário da Biblioteca, contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Augusto Pólvora, da presidente da Assembleia Municipal, Odete Graça, da vereadora do Pelouro das Bibliotecas Municipais, Guilhermina Ruivo, que conduziu a cerimónia, e de perto de 50 pessoas, entre as quais, os leitores premiados. Este ano, a Biblioteca decidiu também oferecer uma lembrança a todos os que, de forma voluntária, têm colaborado nas suas actividades regulares. Em apenas dois anos, a Biblioteca de Sesimbra tem feito um trabalho assinalável na promoção da leitura. A prová-lo estão os 33 mil livros, DVD e outros materiais didácticos requisitados para uso presencial ou domiciliário pelos seus utilizadores. Uma realidade que faz deste equipamento municipal um «farol para o Plano Nacional da Leitura, devido à qualidade do trabalho desenvolvido para um público tão diversificado»,

Rafael Monteiro

Isabel Alçada foi a convidada de honra na cerimónia de entrega de lembranças aos leitores

Saiba mais... Empréstimo domiciliário • Categoria Criança - até aos 6 anos - Vicente Cabaço (4 anos) – A Joaninha Vaidosa, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada • Categoria Infantil - dos 7 aos 10 anos - Anna Gracheva (10 anos) – Trisavó de Pistola à Cinta e Outras Histórias, de Alice Vieira • Categoria Adolescente - dos 11 aos 14 anos Raquel Carmona (13 anos) – As Crónicas de Narnia “O Sobrinho do Mágico”, de C.S. Lewis • Categoria Jovem - dos 15 aos 18 anos - Sara Carmona (18 anos) – O Delírio de Rembrandt. A Misteriosa História de um Quadro Azul, de Jorg Kastner • Categoria Adulto - dos 19 aos 64 anos - Francisco Bento (46 anos) – À Noite Logo Se Vê, de Mário Zambujal • Categoria Sénior - dos 65 aos 88 anos - Delfim Chagas Carvalho (69 anos) – A Rota das Especiarias, de John Keay Leitura de presença • Categoria Infantil - dos 7 aos 10 anos Diogo Santos Costa (9 anos) – Uma Aventura na como destacou Isabel Alçada. Palavras de reconhecimento que, para o presidente da Câ-

Quinta das Lágrimas, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada • Categoria Adolescente - dos 11 aos 14 anos - Vasco Cambier (12 anos) – Uma Aventura na Falésia, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada • Categoria Jovem - dos 15 aos 18 anos - André Filipe de Almeida (15 anos) – Lágrimas do Sol e da Lua, de Sandra Carvalho • Categoria Adulto - dos 19 aos 64 anos Mário André David Cruz (27 anos) – O Último Negreiro, de Miguel Real • Categoria Sénior - dos 65 aos 88 anos Manuel Pepe (71 anos) – A Fúria das Vinhas, de Francisco Moita Flores Voluntários / Colaboradores Lídia Ferreira, Celestina Baptista, Maria Palmira, António Proença, Maria Manuel, Ruben Cunha, Paulo Ribeiro, Vânia Braz, Catarina Mourão, Maria Emília Crespo. Os colaboradores receberam uma Drive USB com as inscrições da biblioteca. mara, «provam que a construção do equipamento foi um bom investimento.»

Conversas na Capela

A Pesca responsável em debate

A

s consequências da aprovação do Parque Marinho Luís Saldanha na actividade piscatória foi um dos assuntos discutidos nas Conversas na Capela, que decorreram em Setembro, subordinadas ao tema A Pesca Responsável e o Conheci-

mento Ecológico Local. A iniciativa teve como convidada Rita de Sousa Braga e Sá, doutoranda em Pescas, e contou com a participação de 30 pessoas, entre as quais, alguns pescadores. Após a apresentação do estudo que está a ser realizado por esta inves-

tigadora da Universidade do Algarve, que sugere algumas soluções para os problemas que afectam a actividade, seguiu-se um debate, onde ficaram bem expressas as preocupações da comunidade sesimbrense quanto ao futuro da pesca

Rafael Monteiro, Sesimbra e a Filosofia Portuguesa foi o título do colóquio que homenageou uma das figuras mais marcantes da cultura sesimbrense e encerrou a exposição Palavras que Fazem Ver, dedicada à Filosofia Portuguesa. O debate foi moderado pelo escritor António Cagica Rapaz e reuniu várias personalidades da terra, entre elas, António Reis Marques, João Aldeia, Roque Braz de Oliveira, António Telmo, Pedro Martins e Luís Paixão.

Sandra Carvalho publica novo livro Magia, romance, aventura e batalhas épicas são alguns dos motivos que vão prender o leitor ao Círculo do Medo, o mais recente livro da escritora sesimbrense Sandra Carvalho. A obra, que faz parte da colecção Saga das Pedras Mágicas, retrata o quotidiano das civilizações viking e celta, e está à venda em todo o país, com a chancela da Editorial Presença. Sandra Carvalho, cujos livros já conquistaram uma vasta legião de leitores, está a trabalhar na próxima obra literária, «mas o título ainda é segredo», adiantou.

Sesimbra Município | Outubro 2007

19


turismo Verão de 2007

Turismo c balanço p

Apesar de ter sido um Verão pouco característico, devido ao tempo instável, a opinião geral dos empresários do sector do turismo e das associações de comerciantes é muito positiva. A nova marginal, a animação cultural e a dinamização do património foram factores apontados como essenciais para os bons resultados. Começa também a notar-se que o movimento já não se concentra apenas na época alta, mas tende a alargar-se. Espanha afirma-se como um mercado de referência.

«O

Verão de 2007 foi melhor do que o do ano anterior», quem o garante é Daniel Piedade, presidente da delegação de Sesimbra da Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal (ACSDS). Um facto que se deve, na sua opinião, ao «maior investimento comercial, principalmente na zona da Califórnia, onde houve muita animação quase todos os dias». O presidente da ACSDS destaca ainda «a limpeza, cuidado e organização que a autarquia deu à praia». Quanto à ocupação, para além dos portugueses do norte do

país, que há muitos anos visitam o concelho, e dos espanhóis, apreciadores da gastronomia local, que considera «clientes fiéis», Daniel Piedade destaca o aparecimento de belgas e irlandeses, praticantes de golfe. Apesar do panorama favorável, o responsável acha que ainda «há um longo caminho a percorrer e que passa, por exemplo, por encontrar soluções para o Cabo Espichel e para contornar as consequências do plano de ordenamento da costa, que restringiu várias actividades náuticas». Oliveira Martins, presidente da Associação de Comerciantes

Oliveira Martins | Associação dos Comerciantes e Industriais do Concelho de Sesimbra

e Industriais do Concelho de Sesimbra, confirma o aumento de turistas espanhóis. «Pelas características únicas deste nosso "cantinho" e pela curta distância que os espanhóis têm que percorrer para cá chegar, esta relação cresceu e é importante para nós», sublinha. «É importante que os turistas venham para ficar e para investir, em vez de virem à praia e depois irem embora». Para Oliveira Martins, o aumento que se registou não foi ao nível da quantidade, mas sim da qualidade, tendência que seria bom manter. «A melhoria das infra-estruturas e a dinamização dos es-

Daniel Piedade | Associação de Comércio e Serviços do Distrito de Setúbal

Andreia Guerra Sana Sesimbra Hotel

20 Sesimbra Município | Outubro 2007

paços culturais como o Castelo e a Capela do Espírito Santo são trunfos que atraem o público», afirma. Apesar do balanço positivo, considera que é possível alcançar ainda melhor. Para tal, diz ser necessário «resolver os problemas de falta de parqueamento e apostar em espaços de animação nocturna». Luís Marques, director-geral do Sesimbra Hotel & SPA refere que «mesmo sem se verificar um aumento nas reservas, o hotel que dirige manteve, na época alta, um número significativo de hóspedes (perto de 15 mil e 700). Na sua opinião, o Verão de 2007 «veio confirmar

Olegário António | Tasca do Treze

Luis Marques Sesimbra Hotel & SPA


om ositivo

uma mudança global no sector do Turismo, sobretudo na origem e na qualidade dos turistas. O público português chega do norte e do centro país, enquanto que os espanhóis são oriundos da Galiza e do País Basco. É ainda de salientar um número significativo de alemães e irlandeses», explica. Outro dado importante é o período de estada. «Os turistas, actualmente, ficam mais tempo em Sesimbra. Em média, os visitantes nacionais fazem reservas de 5 a 7 noites e os estrangeiros pernoitam cerca de 10 a 14 e, de uma forma geral, são fiéis ao alojamento», adianta.

Agosto continua a ser o mês de maior afluência, sobretudo de famílias com filhos. Porém, mesmo o turista português com este perfil começa a preferir férias repartidas ao longo do ano, muitas vezes, coincidentes com as férias escolares. Embora implique um período de estadia mais curto, o novo cenário proporciona um ligeiro aumento de reservas na época baixa. Para o responsável pela mais recente unidade hoteleira de Sesimbra, esta é uma evolução positiva, pois o concelho está a deixar de ser procurado apenas no pico do Verão pelo sol, praia e mar. «O turista hoje não vem a

Óscar da Silva | Hotel do Mar

José Filipe | O Velho e o Mar

Sesimbra só para dormir. Quer praticar mergulho, passear de barco, pescar e conhecer a cultura, história e gastronomia», conclui. No Sana Sesimbra Hotel, a procura esteve em linha com os anos anteriores, com uma taxa de ocupação na ordem dos 90 por cento nos meses de Julho e Setembro e próximo dos 100 por cento no mês de Agosto. Andreia Guerra, directora, destaca também a crescente presença de turistas espanhóis. «O mercado ibérico é óptimo para nós, na medida em que temos facilidade de chegar até ao público espanhol, que facilmente se desloca de carro até aqui». Por outro lado, garante, «há uma fidelização da clientela, que tende a regressar ano após ano, sobretudo na classe média/alta». De forma geral, faz um balanço «extremamente positivo» do Verão e destaca a renovação da Marginal como «uma enorme mais-valia». Andreia Guerra enaltece também a melhoria da oferta e da divulgação cultural. «A distribuição gratuita da Sesimbr’Acontece permite aos turistas tomarem conhecimento das várias actividades existentes na vila, e mesmo quem não participa fica a saber que existe um leque de opções válidas». A única razão de queixa reside no trânsito, em concreto, nas acessibilidades, que considera «escassas e algo confusas para quem chega pela primeira vez, para além de dificultarem o acesso de autocarros». Para Óscar da Silva, director do Hotel do Mar, «nos últimos anos tem-se sentido um decréscimo de clientes, e este ano não fugiu à regra». O responsável pela unidade hoteleira mais antiga da vila explica esta quebra com a «situação económica do país», pois os hóspedes são, em boa parte, turistas nacionais. «A prova é que há cada vez mais pessoas a recorrer às promoções», salienta. Apesar disso, o Hotel do Mar continua a ser muito procurado por famílias, principalmente no Verão, visto que tem espaços

exteriores onde os pais e os filhos podem passar mais tempo juntos. Na restauração, o último Verão deixou optimistas muitos dos proprietários. Um desses casos é a Tasca do 13. O espaço, totalmente remodelado este ano, sentiu um aumento da clientela. Para Olegário António, esta situação «deve-se, em boa parte, às obras efectuadas», mas também ao «aumento de turistas, principalmente espanhóis». Tal como a maioria dos empresários da vila, destaca a importância da nova marginal como factor de atracção. «De Junho a Setembro trabalhamos sempre bem. Mas este ano, no início de Outubro, ainda continuamos a trabalhar bem». O Velho e o Mar foi outro dos restaurantes da vila que registou um aumento significativo de clientes, que resulta, no entender do seu proprietário, José Filipe, de um conjunto de factores, dos quais destaca a beleza do restaurante, a proximidade da Nova Marginal e dos hotéis e a animação. Tal como a Tasca do 13, o restaurante O Velho e o Mar teve o seu mês forte em Agosto, mas em Outubro continua a ter muita clientela. Segundo Leonor Mendes, proprietária dos restaurantes Bar do Peixe e Mar do Peixe, no Meco, este ano «houve um aumento, mas foi muito concentrado. Em Agosto trabalhou-se muito bem, mas nos meses de Junho e Julho foi mais fraco porque o tempo não ajudou». Nesta zona do concelho também foi sentido o acréscimo de espanhóis, turistas com grande poder de compra. Para Leonor Mendes, a divulgação turística que tem sido feita começa a dar os seus frutos. «Nota-se que desde a formação do grupo Famtour, os turistas "rodam" mais. Apesar de ficarem alojados em Sesimbra, os nossos parceiros sugerem-lhes o Meco e isto é muito importante». Para a empresária, faltam «vaivéns que circulem pelas zonas turísticas e façam a ligação entre os vários agentes turísticos do concelho»

Sesimbra Município | Outubro 2007

21


juventude Quinta do Conde

Jovens entram na ond@

E Aventura na Cidade Sesimbra foi o município mais bem sucedido na implementação do Aventura na Cidade durante o ano lectivo 2006/2007, segundo um relatório da Arisco, instituição responsável pela criação do projecto. O Aventura na Cidade é um jogo que previne e promove a saúde junto de crianças e jovens do ensino básico e secundário. Consiste numa experiência de grupo na qual os jogadores são personagens de uma história, influenciando-a com as suas decisões, ideias e formas de estar. As turmas dividem-se em pequenos grupos - máximo de 6 elementos - que têm como tarefa descobrir uma personagem desaparecida numa cidade imaginária. Cada grupo assume a responsabilidade da pesquisa, controlando o tempo, o material necessário e o dinheiro existente, decidindo os seus actos e destinos. Esta é uma forma lúdica de abordar temas com a SIDA, a tuberculose, o alcoolismo, a vacinação ou a alimentação, e dar sentido de responsabilidade aos participantes. Em Sesimbra, foram sete as instituições e estabelecimentos escolares que participaram durante o último ano lectivo, num total de 25 mestres de jogo (professores e auxiliares de educação que implementam o jogo após terem recebido formação específica) e 134 jogadores, entre os 6 e os 17 anos, na sua maioria pertencentes ao 2.º e 3.º ciclo, área de intervenção definida com alvo pela Câmara Municipal de Sesimbra. O projecto regressa em 2007/2008 e espera-se que repita ou suplante o sucesso alcançado no ano lectivo anterior.

22 Sesimbra Município | Outubro 2007

m apenas três meses de funcionamento, a Loja Ond@Jovem, na Quinta do Conde, transformou-se no ponto de encontro dos jovens da freguesia. Desde final de Junho, altura em que abriu as portas, o novo espaço recebeu cerca de 6 mil utentes, que participaram em diversas actividades. De realçar ainda as mais de 70 iniciativas promovidas, que abrangeram áreas diversas, como o cinema, a astrologia e a pintura. A Internet é, sem margem para dúvida, a área mais procurada pelos jovens que frequentam a Loja, com cerca de 3 mil registos. Marco Guerreiro, 16 anos, passou grande parte das suas férias no local. «Gosto de vir para cá. Uso os computadores, jogo playstation e no Verão participei em vários passeios». Para Hélder Costa, 11 anos, a Loja é o sítio onde se encontra com os amigos depois das aulas. «Podemos estar à vontade e conversar. É muito porreiro». Apesar

As novas tecnologias são uma das áreas mais procuradas pelos jovens

de não ser uma visitante assídua, Cláudia Funina, 23 anos, defende que «foi um bom investimento» e

acrescenta que «é enriquecedor para os jovens terem este tipo de oferta, tão completa e agradável». Por estes motivos, Rafael Esteves, 11 anos, diz que frequenta todos os dias o espaço. «Gosto muito das pessoas que trabalham cá e tenho sempre onde estar entretido», afirma. «Participo nas actividades, ouço música, jogo playstation e vou à Internet»

Prevenção

Projecto Ser Adolescente

O

Ser Adolescente regressa este mês a Sesimbra com novos horários e locais de funcionamento (ver caixa). Faixa etária apenas reconhecida recentemente, a adolescência exige formas de intervenção adequadas às suas características e necessidades específicas. Assim, desde Novembro de 2000, a Câmara Municipal e o Centro de Saúde de Sesimbra articularam-se, criando uma equipa para dar resposta a este desafio, através do Ser Adolescente. O projecto tem como objectivos gerais a prevenção de comportamentos de risco, o apoio aos adolescentes na tomada de decisões responsáveis e na resolução de problemas/dificuldades e a promoção de estilos de vida

Jovens, pais e professores têm à sua disposição sessões de prevenção programada para grupos específicos, onde o atendimento é anónimo, gratuito e confidencial. Horários: - Segundas-feiras, das 9.30 às 15 horas e quintas-feiras , das 15 às 18 horas, no Pavilhão Municipal de Sampaio; - Quintas-feiras, das 14 às 16 horas (por marcação), na Loja Ond@Jovem, na Quinta do Conde; - Quartas-feiras, das 9 às 13 horas, no Gabinete Jovem de Sesimbra.

saudáveis. Por outro lado, pretende garantir a acessibilidade aos serviços e o encaminhamento para instituições e projectos específicos, através da criação de espaços de atendimento onde os jovens sejam valorizados, onde se promova a sua individualidade e capacidade de reflexão. As principais actividades são encontros e atendimentos personalizados, gratuitos e anónimos, destinados aos mais novos e às famílias. São também organizadas sessões de esclarecimento nas escolas do 2.º e 3.º ciclo e ensino secundário, que disponibiliza um conjunto de valências como psicologia, medicina e enfermagem, que têm acompanhado cerca de 300 adolescentes por ano


desporto

Corrida de Sesimbra

Dez mil metros à beira-mar

P

erto de 800 atletas de todo o país participaram na 16.ª edição da Corrida de Sesimbra, prova de 10 mil metros que teve lugar à beira-mar, entre a nova marginal e o Porto de Abrigo. O primeiro a cortar a meta, aos 30 minutos e 57 segundos foi Nelson Cruz, do GDU Caxienses, seguido por Hermano Ferrei-

ra, do Maratona Clube de Portugal, com 30’57” e José da Luz, do GD Fabril, com 31’37”. No lado feminino, Mónica Rosa, do Maratona, foi a vencedora, ao cortar a meta com 34’30”. O segundo lugar foi para Madalena Carriço, do CA Madeira, com 37’40”, e o terceiro para Susana Adelino, do CCDP CM Loures, com 38’23”

Meia Maratona de Portugal

Desporto para Todos

A

classe de dança da Sociedade Musical Sesimbrense, dirigida por Ana Cruz, a classe de ginástica formativa do Grupo Desportivo de Alfarim, dirigida por Patrícia Ribeiro e a classe de hip-hop do Centro Comunitário da Quinta do Conde, dirigida por Eduardo Silva, Cátia Vieira e Bruna Baptista, representaram o município de Sesimbra no espectáculo gímnico AML –

Desporto para Todos, promovido pela Área Metropolitana de Lisboa, no âmbito da Meia Maratona de Portugal. O evento contou com cerca de 3 mil participantes, 60 mil espectadores, e decorreu sob a pala do Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, em Lisboa. O espectáculo teve ainda a participação da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo e do Quórum Ballet

Travessia da Baía

Mar de gente Regata de Aiolas

Emoção até ao fim

M

ar calmo, tempo limpo, pouco vento, muita gente na praia e a incerteza quanto aos vencedores a durar até à última remada. Assim decorreu mais uma Regata de Aiolas na baía de Sesimbra, em Setembro, ganha pela dupla António Carlos e Eduardo Pinho, logo seguida pela embarcação comandada por António Mendonça e Rui Torrão. O terceiro lugar no pódio foi ocupado por Pedro Frazão e João Bravo, que terminaram a poucos metros das aiolas da frente.

A edição de 2007 da Regata contou com a participação de 14 aiolas, uma das quais, com tripulação feminina. Destaque ainda, para o excelente 5.º lugar da dupla Luís José e Ângela Baptista. Foi a primeira vez que uma remadora ganhou uma taça nesta prova. A entrega de prémios contou com a presença do presidente da Câmara, Augusto Pólvora e do vereador do Desporto, José Polido, numa iniciativa que terminou com um almoço de confraternização, onde esteve presente o presidente da Câmara

V

inte minutos e quatro segundos bastaram para Saul Morais, nadador do CN Amadora, concluir a Travessia da Baía, uma das provas de águas abertas mais populares do país, que este ano contou com 315 participantes. O segundo a percorrer os 1500 metros entre a Praia da Califórnia e a Praia do Ouro foi Mário Bonança, do Sporting, com 21’15”. Em terceiro lugar chegou Ricardo Varela, do CN Setubalense, com 21’28’’. Na competição feminina, Inês Reis, do CN Setubalense (22’33”) atravessou a baía de Sesimbra em primeiro lugar, seguida por Ana Lima, individual, (22’12’’). Ana Padilha, também do CN Setubalense, foi terceira (23’54”). Nos

não federados David Cachat, do GESLoures, com o tempo 21’13” foi o líder. Sebastião Botas, do CSC Bom Sucesso (21’24”) e Hugo Patrocínio, do CC Luz e Vida (22’10”) classificaram-se em 2.º e 3.º lugar, respectivamente. Já na classe feminina, a vitória coube a Leila Marques, do GesLoures, com o tempo de 25’14”. A segunda posição foi para Cláudia Teodósio (25’44”), do Luz e Vida, e a terceira para Ana Monteiro (25’50”), da mesma equipa

Sesimbra Município | Outubro 2007

23


pessoas ambiente LEONOR SILVA

Uma lutadora

M

aria Leonor Silva, 59 anos, foi viver para a Boa Água, na Quinta do Conde, em 1972, altura em que a freguesia se estava a desenvolver e carecia de quase tudo. Com dois filhos pequenos, depressa começou a sentir a falta de equipamentos escolares. «As crianças tinham que andar dois quilómetros até à Escola Básica n.º 1. Como a minha vizinha também tinha um filho pequeno, decidimos fazer algo para resolver o problema», relembra. Na luta pela criação da nova escola, Maria Leonor acabou por se envolver na comissão de moradores. Propuseram à Comissão Administrativa aproveitar um pavilhão do Xavier de Lima, situado na Cova dos Vidros, e transferi-lo para a Boa Água. Momentos difíceis, porque para aquele sítio já estava prevista a construção de uma igreja. «Lembro-me que entrei disparada pela sala da primeira Reunião de Câmara, porque a comissão a favor da igreja estava lá para impedir a deslocação do pavilhão. Lutámos muito para levar a nossa ideia por diante e conseguimos», recorda. Depois da escola, reuniu esforços para trazer outras melhorias à comunidade da Quinta do Conde, entre elas, a electricidade. Os filhos cresceram, entraram para a catequese e depois para os escuteiros, e Maria Leonor ingressou com eles nos novos desafios. «Gostava de participar nas actividades e nos acampamentos. Sou uma pessoa introver-

24 Sesimbra Município | Outubro 2007

tida, mas dá-me muito prazer partilhar ideias e ajudar os outros a superar os problemas e carências». Integrou também um grupo de catequese para adultos e começou a fazer parte do Conselho Pastoral. Com a participação nos peditórios das festas e com o incentivo do Padre, Leonor entrou para a Liga Operária Católica e após quatro anos de participação tornou-se militante do movimento. Hoje, é coordenadora da Diocese e do grupo da Quinta do Conde. «É um trabalho muito gratificante. Há muita partilha de ideias e de experiências. Tentamos ajudar no que pudemos e quando estamos contra alguma coisa fazemo-nos ouvir». Entre as várias actividades do movimento, destaca-se a organização de reuniões públicas, com convidados especializados na área, que têm como objectivo principal esclarecer a comunidade sobre temas actuais, como é o caso do endividamento das famílias e da saúde. A população imigrante é outra das preocupações do movimento. Em 2004, em parceria com a Câmara Municipal, organizaram uma festa de acolhimento para esta comunidade e, em conjunto com a Junta de Freguesia, promoveram cursos de português para estrangeiros. «Tenho pena que a população não participe muito nas iniciativas. Hoje em dia, as pessoas estão mais distantes umas das outras. Há pouco diálogo e partilha». Neste momento, a grande meta de Maria Leonor e do movimento é a criação de uma associação para imigrantes

Sabores de Outono 2007 Após o sucesso alcançado pela primeira semana gastronómica Sabores de Outono, em 2006, organizada em parceria com a Junta de Freguesia do Castelo e Associações de Comerciantes do concelho, a Câmara Municipal decidiu dar continuidade ao evento, que divulga os produtos das zonas rurais. Entre 10 e 18 de Novembro, aproveite para experimentar os sabores característicos desta época do ano nos restaurantes aderentes

Espectáculo de dança para escolas e jardins-de-infância O programa Músicas em Outubro despede-se com um espectáculo da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, destinado aos alunos dos jardins-de-infância e escolas do 1.º e 2.º ciclo concelho. Quatro bailarinos sobem ao palco para, através da dança, contar uma história que gira em torno da amizade e do sonho. A coreografia, cenografia e os figurinos são de Liliana Mendonça. A não perder, no dia 31 de Outubro, às 11 e às 15 horas. As escolas podem inscrever-se gratuitamente através do telefone 21 228 82 53 ou em www.cm-sesimbra.pt


t t ome nota

Serão de Contos

Concerto no Anfiteatro

Quarteto Lacerda

A iniciativa Serão de Contos regressa a Sesimbra este mês e promete noites animadas, onde se redescobrem contos tradicionais portugueses, histórias antigas e lendas concelhias. No próximo dia 26, às 21.30 horas, não perca a primeira sessão deste novo ciclo, que tem como convidada Patrícia Pereira e decorre na Sala Polivalente da Biblioteca Municipal. Os serões prolongam-se até Março, na última sexta-feira de cada mês.

No último fim-de-semana de Outubro, o Anfiteatro da Boa Água, na Quinta do Conde, recentemente remodelado com a instalação de uma cobertura, recebe a actuação da Orquestra de Clarinetes de Almada e do Ensemble de Clarinettes de Toulouse. No final, os dois agrupamentos interpretam, em conjunto, temas como Happy Jazz, de Paul Harvey, e Rikudim, de Jan Van der Roost. A não perder, no dia 28, às 16 horas!

Este quarteto de cordas, composto por Alexander Stewart (1.º violino), Regina Aires (2.º violino), Alexandre Delgado (violeta) e Guenrikh Elessine (violoncelo), foi fundado há 17 anos e já fez inúmeros espectáculos pela Europa. Sobe ao palco do Cineteatro Municipal no dia 3 de Novembro, às 21.30 horas, para apresentar um reportório clássico, onde está presente a música de Haydn, Mozart e Beethoven.

Foto: Alexandre Simões

O fado de Carlos do Carmo Uma das grandes vozes nacionais sobe ao palco do Cineteatro Municipal no dia 27 de Outubro, pelas 21.30 horas. Com uma carreira de mais de 40 anos, e actuações em alguns dos principais palcos do Mundo, Carlos do Carmo é conhecido pelas suas irrepreensíveis actuações ao vivo. Assim, espera-se uma grande noite de fado, onde clássicos como Bairro Alto, Por Morrer uma Andorinha, Gaivota, Canoas do Tejo, Os Putos e Lisboa Menina e Moça, poderão ser revisitados.

Orquestra Metropolitana de Lisboa A Orquestra Metropolitana de Lisboa vem a Sesimbra para um concerto no Cineteatro Municipal João Mota. O espectáculo, marcado para 1 de Novembro, às 21.30 horas, é dirigido pelo maestro Alberto Roque. Os músicos vão percorrer um reportório diversificado, editado em nove álbuns, que contém vários estilos musicais, do jazz ao fado, passando pela ópera ou por sonoridades mais contemporâneas.

Máscaras em exposição Está patente, entre 20 e 31 de Outubro, no Auditório Conde de Ferreira, a exposição Máscaras, pelo grupo Artefacto. O trabalho de pintura, realizado por estes artistas, é marcado pela suas diferenças estéticas, pelo modo como vêem o meio que os rodeia e pela capacidade e vontade de intervenção.

Sesimbra Município | Outubro 2007

25


espaço público FORMAÇÃO

APOIO AO CONSUMIDOR

Cursos GAE

TRANSPORTES AÉREOS

A Câmara Municipal está a promover três cursos de formação para empresários e colaboradores - Higiene Alimentar e Segurança, HACCP e Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho. Os cursos têm uma duração de 25 horas e realizam-se das 19 às 22 horas no Pavilhão Municipal de Sampaio. Existe ainda um horário das 15 às 18 horas para os cursos de Higiene e Segurança Alimentar e HACCP. As datas serão definidas mediante o número de inscrições, que devem ser efectuadas no Gabinete de Apoio ao Empresário (ver contacto na página 27).

De modo a assegurar ao consumidor uma informação clara, adequada e esclarecida sobre o preço do serviço que lhe permita uma comparação de preços e avaliação das condições de oferta, foi publicado um novo diploma que estabelece os termos em que a obrigação de indicação das tarifas do transporte aéreo deve ser cumprida, bem como certos requisitos a que deve obedecer a mensagem publicitária a este serviço. O diploma aplica-se às transportadoras aéreas e seus agentes, agências de viagens e outros operadores turísticos. De acordo com o mesmo, as tarifas devem ser apresentadas em caracteres bem visíveis, claros e legíveis. Devem ser expressos em euros, indicando o valor a pagar às transportadoras aéreas pelo respectivo transporte e bagagem, e condições de aplicação desses preços. Os consumidores devem ser informados do preço total do transporte aéreo, assim como sobre quaisquer impostos, taxas ou encargos de serviço aplicáveis. As transportadoras e os agentes dos seus canais de venda directa deverão, igualmente, oferecer ao consumidor a tarifa mais baixa disponível para a data, assim

Hotelaria e Restauração No início de Outubro, começou, na Estalagem dos Zimbros, a segunda fase das acções de formação na área de hotelaria e restauração, promovidas pelo Turismo de Portugal - Inftur (Núcleo Escolar de Setúbal), em colaboração com a Câmara Municipal. Esta formação divide-se em dois momentos: o primeiro, de 1 a 29 de Outubro, aborda as técnicas de gestão de alimentos e bebidas e destina-se aos empresários da restauração e chefias. O segundo, de 5 a 20 de Novembro, centra-se na higiene e segurança no trabalho e destina-se aos trabalhadores do sector. Apesar da grande adesão, e de as turmas já estarem completas, os interessados podem inscrever-se, ficando a aguardar a constituição de novas turmas, em data posterior. Para este fim, devem contactar o Posto de Turismo de Sesimbra (ver contacto na pág. 27).

como o voo e classe dos serviços pretendidos. Salienta-se que podem existir diferenças tarifárias nos diferentes canais de venda (telefone, Internet, lojas) e que estas devem ser referenciadas. A discriminação e identificação das taxas, sobretaxas, impostos e outros encargos deve ser apresentada por extenso, em língua portuguesa, de uma forma clara e detalhada que possa facilmente ser interpretada pelo consumidor. Relativamente à publicidade, esta deverá sempre mencionar o preço total a pagar pelo consumidor, incluindo transporte aéreo, taxas, sobretaxas, impostos e outros encargos, bem como a informação de que a comercialização da tarifa está sujeita ao número de lugares disponíveis. Deve ainda indicar se o preço se refere à viagem de ida ou de volta ou à viagem de ida e volta. Legislação Aplicável Decreto-Lei n.º 173/2007, de 8 de Maio Entidades Fiscalizadoras Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) Direcção-geral do Consumidor (DGC)

Forpescas O Forpescas de Sesimbra está a promover cursos de Higiene e Segurança no Trabalho, Formação de Formadores e Formação Profissional para Marítimos. As inscrições são gratuitas, excepto para os cursos de formação de formadores. Os interessados devem contactar o Forpescas pelo telefone 21 228 07 60 ou pelo e-mail sesimbra@forpescas.pt.

26 Sesimbra Município | Outubro 2007

PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTE: GABINETE DE APOIO AO CONSUMIDOR (Câmara Municipal de Sesimbra) Morada: Largo Luís de Camões Telefone: 21 228 85 00 - Extensão 3367 E-mail: gdae_gac@cm-sesimbra.pt Horário: das 9 às 12.30 e das 14 às 17.30 horas


SE R VIÇO M U NI C I PA L

Acção Social

Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Sesimbra A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Sesimbra (CPCJ) é uma comissão interinstitucional enquadrada pela Lei n.º 147/99 (lei de protecção de crianças e jovens em perigo). É composta por técnicos de várias formações disponibilizados pela Câmara Municipal de Sesimbra, Segurança Social, Ministério da Saúde, Ministério da Educação, IPSS do concelho, forças de segurança, representantes de associações, organizações privadas e munícipes eleitores (designados pela Assembleia Municipal). A Comissão pretende promover os direitos da criança e do jovem e procura garantir a sua segurança, saúde, formação, educação e desenvolvimento integral. Intervém nos casos em que não é possível às entidades existentes no concelho garantirem a segurança das crianças e jovens que se encontrem em situações de perigo. Estas ocorrências podem ser sinalizadas por qualquer serviço ou pessoa, através dos contactos da Comissão ou, fora do horário de expediente, junto da GNR. A CPCJ exerce as suas competências através da lei referida, encaminhando as situações para o Tribunal de Família e Menores e para o Tribunal Judicial, sempre que se justifique.

Local de Funcionamento (Novas Instalações): Avenida João Paulo II, Edifício Mar e Serra, Lote B, r/c esq.º, Santana Telefone: 21 268 73 45 E-mail: cpcjsesimbra@gmail.com

CONTACTOS MUNICIPAIS Câmara Municipal de Sesimbra (Geral) Tel.: 21 228 85 00 E-mail: girp@cm-sesimbra.pt Site: www.cm-sesimbra.pt Linha Verde (RECLAMAÇÕES) Tel.: 800 22 88 50 Assembleia Municipal de Sesimbra Tel.: 21 228 85 51 Gabinete Municipal da Quinta do Conde Tel.: 21 210 94 70 Posto de Turismo Tel.: 21 228 85 40 E-mail: turismo@cm-sesimbra.pt Gabinete Jovem (Sesimbra) Tel.: 21 228 86 01 E-mail: gjovem@cm-sesimbra.pt Loja Ond@Jovem (Quinta do Conde) Tel.: 21 210 22 31 Centro de Recursos Educativos Tel.: 21 268 15 91 E-mail: cre@sesimbra-edu.net Espaço Solidário Tel.: 21 210 94 96 UNIVA Tel./Fax: 21 228 10 27 E-mail: univa@cm-sesimbra.pt Gabinete de Actividades Económicas Tel.: 21 228 87 14 Gabinete de Apoio ao Consumidor Tel.: 21 228 86 67 Parque Municipal de Campismo do Forte do Cavalo Tel.: 21 228 85 08 Mercado de Sesimbra Tel.: 21 223 58 93 Mercado da Quinta do Conde Tel.: 21 210 94 99 Cemitério de Sesimbra Tel.: 21 228 85 70 Cemitério do Castelo (encerra às 3.as e 5.as) Tel.: 21 268 57 59 Cemitério de Aiana Tel.: 93 955 39 92 Cemitério da Quinta do Conde Tel.: 21 210 71 72

u

JUNTAS DE FREGUESIA Junta de Freguesia do Castelo Tel.: 21 268 92 10 Email: geral@jf-castelo.pt Site: www.jf-castelo.pt Junta de Freguesia da Quinta do Conde Tel.: 21 210 83 70 Email: jfquintaconde@netvisao.pt Site: www.quintadoconde.eu Junta de Freguesia de Santiago Tel.: 21 228 84 10/3 Email: geral@jf-santiago.pt Site: www.jf-santiago.pt

utilidades

COMUNICAÇÃO SOCIAL Fórum da Quinta do Conde Tel.: 96 760 16 34 Jornal de Sesimbra Tel.: 21 228 92 00 Notícias da Zona Tel.: 21 087 97 90 Nova Morada Tel.: 21 244 37 98 O Condense Tel.: 21 086 44 55 O Sesimbrense Tel.: 21 228 00 61 / 21 223 02 27 Sesimbra FM Tel.: 21 228 92 00 Raio de Luz Tel.: 21 268 15 54

SERVIÇOS PÚBLICOS Tribunal Secretaria Judicial Tel.: 21 228 81 50 Ministério Público Tel.: 21 228 81 55 Conservatórias Registo Civil Tel.: 21 228 84 90 Registo Predial e Comercial Tel.: 21 228 84 70 Cartório Notarial de Sesimbra (na Cotovia) Tel.: 21 268 02 31 E-mail: notariamagda@gmail.com Cartório Notarial da Quinta do Conde Tel.: 21 210 56 66 E-mail: mbarreiros.notaria@cn-quintadoconde.com Serviço de Finanças Geral Tel.: 21 228 93 00 / 14 Tesouraria Tel.: 21 228 93 15 / 16 Centro Regional da Segurança Social Geral Tel.: 21 228 97 00 / 12 Delegação Marítima Tel.: 21 223 30 48

METEOROLOGIA E MARÉS Instituto de Meteorologia Tel.: 21 844 70 00 E-mail: informacoes@meteo.pt Site: www.meteo.pt Instituto Hidrográfico Tel.: 21 094 30 00 E-mail: mail@hidrografico.pt Site: www.hidrografico.pt

EMERGÊNCIA

TRANSPORTES Transportes Sul do Tejo Sesimbra Tel.: 21 268 94 10 Laranjeiro Tel.: 21 042 70 00 E-mail: tst@tsuldotejo.pt | Site: www.tsuldotejo.pt Fertagus Tel.: 21 106 63 00 E-mail: fertagus@fertagus.pt | Site: www.fertagus.pt Táxis Santiago Tel.: 91 975 59 27 / 21 268 20 93 Tel.: 96 400 44 80 / 91 759 31 97 | Tel.: 96 687 55 95 Tel.: 96 602 36 10 | Tel.: 91 752 76 37 / 91 757 23 12 Tel.: 91 931 28 66 Castelo Tel.: 91 721 55 26 | Tel.: 96 602 35 41 Tel.: 91 937 33 47 | Tel.: 96 983 39 03 Tel.: 96 402 20 41 | Tel.: 96 802 97 54 Tel.: 96 404 53 89 Quinta do Conde Tel.: 91 935 60 14 Tel.: 93 450 00 25 | Tel.: 96 903 35 93 Tel.: 96 305 03 10 | Tel.: 91 963 76 87 Tel.: 96 600 11 53 / 96 705 11 35 Tel.: 96 520 46 48

para mais informações consulte o site da Câmara Municipal

www.cm-sesimbra.pt

Bombeiros Voluntários de Sesimbra Piquete de Sesimbra Tel.: 21 228 84 50 Piquete da Quinta do Conde Tel.: 21 210 61 74 Cruz Vermelha Portuguesa Quinta do Conde Tel.: 21 210 02 12 GNR Sesimbra Tel.: 21 228 95 10 Alfarim Tel.: 21 268 88 10 Quinta do Conde Tel.: 21 210 07 18 Polícia Marítima Tel.: 21 228 07 78 Centros de Saúde de Sesimbra Sesimbra Tel.: 21 228 96 00 Santana Tel.: 21 268 92 80 Quinta do Conde Tel.: 21 211 09 40 Linha SOS Criança Tel.: 800 202 651 (grátis) Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do Concelho de Sesimbra (CPCJ) Tel.: 21 268 73 45 Protecção Civil (CMS) Tel.: 21 228 05 21 Piquete de Águas (CMS) Sesimbra Tel.: 21 223 23 21 Quinta do Conde Tel.: 21 210 95 06 EDP (avarias) Tel.: 800 50 65 06 PT (avarias) Tel.: 16200

FARMÁCIAS DE SERVIÇO Outubro

Novembro

15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 F 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Leão Lopes Rodrigues Pata Bio-Latina Quinta do Conde Santana Cotovia

A Farmácia de ALFARIM funciona em Regime de Disponibilidade. Neste regime a farmácia é obrigada à disponibilização permanente do farmacêutico ou seu auxiliar legalmente habilitado. Em caso de ausência deverá ser afixado de forma bem visível o contacto do técnico responsável.

Santiago

Quinta do Conde Castelo

Farmácia de serviço em cada freguesia

FREGUESIA DE SANTIAGO Lopes Tel.: 21 223 30 28 Leão Tel.: 21 228 80 78

FREGUESIA DA QUINTA DO CONDE Rodrigues Pata Tel.: 21 210 80 50 Bio-Latina Tel.: 21 210 91 13 Quinta do Conde Tel.: 21 211 37 28/9

FREGUESIA DO CASTELO Santana Tel.: 21 268 83 70 Cotovia Tel.: 21 268 16 85 Alfarim Tel.: 21 268 85 47

Sesimbra Município | Outubro 2007

27


AINDA PODE ASSISTIR A...

dia 27 | sáb | 21.30h dia 19 | sex | 22h

Conjunto de Cordas de Sesimbra

Carlos do Carmo Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

Capela do Espírito Santo dos Mareantes, Sesimbra

OUTROS EVENTOS... dia 28 | dom | 16h

Orquestra de Clarinetes de Almada e Ensemble de Clarinettes de Toulouse Anfiteatro da Boa Água, Quinta do Conde

dia 20 | sáb | 21.30h

Luís Taklin

de 1 a 31 de Outubro

Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

Exposição Trazer a Música que Nos Trouxe de Sebastião Antunes 130 instrumentos musicais tradicionais do mundo. Fortaleza de Santiago, Sesimbra

dia 31 | qua | às 11 e às 15h dia 26 | sex | 21.30h

Requiem de Gabriel Fauré In Paradisum, de Eurico Carrapatoso pelo Coro Ricercare e Sinfonietta de Lisboa Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

Espectáculo de Bailado A Gare pela Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo Destinado às crianças dos estabelecimentos de ensino do concelho (dos 4 aos 12 anos) Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

Consulte o Programa em

www.cm-sesimbra.pt

de segunda a sexta, das 10 às 12 e das 14 às 16h sábados e domingos, das 15 às 19h dias 20 e 27 | 10.30h

Workshop Trazer a Música que Nos Trouxe

Palco das Artes, espaço exterior do Mercado Municipal da Quinta do Conde

Sesimbra. Um mar de emoções...


Sesimbra Município n.º 102