Page 1

Visitas Guiadas 5, 19 e 26 de maio

Oficinas

2,3,7,9,12,19 de maio

Exposições 4 a 31 de maio

Sessão de Esclarecimento

CARRO Vindo do Interior [Viseu]: A25 + A1 (Direção Porto) – (Nó de Estarreja) + A29 (Nó de Ovar Sul – Direção Ovar) ou A25 + A1 (Direção Porto) – (Nó da Feira) + EN327 (Direção Ovar)

Vindo do Sul [Coimbra, Lisboa]: A1 (Nó da Feira) + EN327 (Direção Ovar) ou A1 (Nó de Estarreja) + A29 (Nó de Ovar Sul) – (Direção Ovar)

10 de maio

Educação Patrimonial

CONTACTOS Para informações mais detalhadas sobre o programa poderá contactar:

Atividades Lúdicas

SERVIÇO DE TURISMO T. 256 509 153 / 930 409 207 E. turismo@cm-ovar.pt www.cm-ovar.pt facebook.com/ovardoazulejo

6 de maio (Jogo “Vai Passear”_disponível todo o ano)

2 a 31 maio_Programa

Vindo do Norte [Porto]: A1 (Nó da Feira) + EN327 (Direção Ovar) ou A29 (Nó de Ovar – Norte) + EN327 (Direção Ovar)

COMBOIO O concelho de Ovar é ainda servido pela linha de caminho-de-ferro do norte e tem, muito próximo, a cerca de 45km de distância, o aeroporto Francisco Sá Carneiro.

4, 17 e 24 de maio

MAIO DO AZULEJO

COMO CHEGAR: Coordenadas GPS: Long: 08º37’29,934’’W Lat: 49º51’33,105’’W

CÂMARA MUNICIPAL

PROGRAMA VISITAS GUIADAS

MAIO DO AZULEJO

Igreja Matriz de Válega, Cemitério de Válega e Capela de Nossa Senhora de Entreáguas 5 de maio | 10:00 às 13:00 Visita orientada por Sofia Vechina

A Igreja Matriz de Válega, construída entre 1746 e inícios do século XIX, é sobejamente conhecida pelo singular revestimento azulejar policromo, encomendado pelo Comendador António Maria Augusto da Silva à Fábrica Aleluia (Aveiro) e executado entre 1958 e 1960. Esta obra revela o poder que o encomendador tem sobre o produto artístico final e a forma como os pintores se organizavam em empreitadas de grande escala. Compreendendo a obra da Fábrica Aleluia na igreja de Válega, a forma como se integra no espaço arquitetónico e as influências nacionais e internacionais que recebeu, será estabelecida a devida comparação com outras obras azulejares existentes no espaço envolvente à igreja, resultado de outras iniciativas, de outras fábricas e de outros artistas. Atividade gratuita mas sujeita a marcação prévia obrigatória

Património, visitas guiadas, exposições, oficinas, educação patrimonial e debates. Pelo segundo ano consecutivo, o município de Ovar dedica o mês de maio ao AZULEJO, com o objetivo de promover tão valioso património vareiro. O MAIO DO AZULEJO é um evento direcionado para vários públicos, com atividades dedicadas a esta temática, nas suas várias vertentes: patrimonial, turística, artística e lúdica.


Igreja Matriz de Ovar, Museu de Arte Sacra e Centro Urbano de Ovar 19 de maio | 10:30 às 12:30 Visita orientada por Sofia Vechina

Tendo como ponto de partida a azulejaria de padrão e figurativa existente na Igreja Matriz, o visitante é convidado a conhecer a história da azulejaria em Ovar, desde os azulejos hispano-árabes, do século XVI, até à produção semi-industrial do século XX. O itinerário iniciado na rua Gomes Freire, terá continuidade nas ruas Elias Garcia, Alexandre Herculano, Cândido dos Reis, Praça da República e Largo Mouzinho de Albuquerque. No percurso, a azulejaria será apresentada de forma integrada, considerando o objeto no qual se insere e as diversas artes que o constituem, dando especial atenção à temática religiosa. “Passado o Painel” - Tipologia arquitetónica da casa tradicional ovarense 5 e 26 de maio | 15:00 às 17:00 Visita orientada por Paulo Paiva Fonseca

Visitas guiadas ao interior das fachadas azulejares de Ovar. Pretende-se dar a conhecer a arquitetura por detrás dos alçados, o seu contexto urbano, o carácter dos ornamentos, a organização funcional do espaço interior, os materiais e as técnicas construtivas do edificado doméstico histórico, nomeadamente a casa de menor escala mais comum e vernacular e a excecional, mais monumental e erudita.

EXPOSIÇÕES ATIVIDADES LÚDICAS JOGO VAI PASSEAR, de bicicleta ou a pé, parta à descoberta do azulejo em Ovar Atividade gratuita, no dia 6 de maio, mas disponível durante todo o ano. (Posto de Turismo de Ovar)

Sabendo que um azulejo quando repetido cria um padrão, o visitante é convidado a descobrir o azulejo que adquiriu no Posto de Turismo numa das fachadas da cidade de Ovar. Através de um mapa ou do nome da rua, a pessoa é direcionada para a área identificada pelo jogo onde poderá observar algumas dinâmicas de criação de padrões: rotação, repetição e jogos de simetria. Passeio Orientado Pelas Ruas da Cidade 6 de maio | 10:00 às 12:30 Passeio oreintado por técnicos dos Serviços de Desporto e Turismo da CMO

Distância: 5km Dificuldade: Fácil No dia em que se celebra o Dia Nacional do Azulejo, propomos um itinerário para a descoberta da Cidade Museu Vivo do Azulejo. Um passeio orientado pelas memórias, acontecimentos e locais mais marcantes da cidade de Ovar e pelas histórias, cor e brilho que cada azulejo tem para contar.

Atividades gratuitas mas sujeitas a marcação prévia obrigatória

OFICINAS Escola de Artes e Ofícios Oficina de pintura em Azulejo – Novos padrões 2, 3, 7 e 9 de maio | 18:30 às 21:00 Oficina orientada por técnicos do Atelier de Conservação e Restauro do Azulejo de Ovar

Oficina de criação e execução de novos azulejos, que resultem em novos padrões. Desafia-se cada participante a criar e pintar um conjunto de 4 ou 9 azulejos, recorrendo a técnicas mistas de decoração cerâmica.

Nesta oficina, pretende-se dar a conhecer, não só a história, os materiais e as técnicas tradicionais de pintura, como ajudar a preservar, visitar e experimentar uma das principais técnicas usadas na decoração no interior dos edifícios tradicionais, do séc.XIX/XX, portugueses, incluindo Ovar. Oficina teórica- prática de estuques tradicionais 19 de maio | 14:00 às 18:30 Oficina orientada por Teresa Freire (LNEC)-Laboratório Nacional de Engenharia Civil

O objetivo da oficina é dar conhecer a história, os materiais e as técnicas tradicionais de produção de estuques decorativos. À semelhança da pintura mural e da azulejaria, os estuques foram muito usados na decoração interior dos edifícios do séc.XIX/XX. Atividades gratuitas mas sujeitas a marcação prévia obrigatória

Tomando como referência a geometria utilizada na decoração do azulejo e a sua presença no nosso meio enquanto elemento decorativo urbano, procede-se à desconstrução de imagens fotográficas e à sua posterior reconstrução para dar origem a novos padrões geométricos que pretendem representar, de forma descomprometida, uma abordagem do azulejo com uma estética apelativa, dinâmica e contemporânea. “Novos Padrões” 14 a 31 de maio Espaço Aberto Rua Alexandre Herculano, nº 35 a 41 Seg. a sex. das 09:30 às 12:30 e das 14:00 às 18:30 Entrada livre Exposição resultante da oficina de criação e execução de novos azulejos. Um olhar desafiador sobre a azulejaria contemporânea, criando novas dinâmicas visuais e plásticas que resultam em novas propostas de revestimentos de edifícios ou meramente decorativos.

SESSÃO DE ESCLARECIMENTO 10 de maio | 21:00 Escola de Artes e Ofícios Mecanismos de financiamento e incentivos à reabilitação urbana. Participação de entidades externas, com atuação no âmbito da Habitação e da Reabilitação Urbana. E dos seguintes serviços municipais: Unidade de Desenvolvimento Económico e Empreendedorismo - Ponto focal do IFRRU no Município de Ovar, e Divisão de Urbanismo e Planeamento. Público alvo | Proprietários, investidores imobiliários e público em geral.

Oficina teórica- prática de pintura mural a fresco 12 de maio | 10:00 às 18:30 Oficina orientada por DDL-Argamassas

"Simetrias Triviais” de Pedro Lopes 4 a 31 de maio Espaço Aberto Rua Alexandre Herculano, nº 35 a 41 Seg. a sex. das 09:30 às 12:30 e das 14:00 às 18:30 Entrada livre

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Ação SOS AZULEJO 4 de maio | 14:00 às 16:00 Praça da República O projeto SOS AZULEJO irá realizar, a nível nacional, e para todos os níveis de ensino, a “AÇÃO ESCOLA SOS AZULEJO 2018”, tratando-se de uma chamada de atenção e sensibilização, para a importância e caráter único do património azulejar português.

Visitas guiadas para público escolar

Adaptação das visitas guiadas do Maio do Azulejo para público juvenil.

17 e 24 de maio | 10:00 às 12:00 Atividades gratuitas mas sujeitas a marcação prévia obrigatória

“SOS Azulejo Escolas” por escolas do concelho 4 a 31 de maio Praça da República No âmbito do projeto “SOS Azulejos Escolas”, esta exposição resulta de um desafio lançado às escolas do concelho em decorar um prato cerâmico, de uma forma livre, espontânea e criativa, tendo o azulejo tradicional como elemento inspirador, Seguindo os objetivos da iniciativa, em chamar à atenção e sensibilizar a população, para a importância e carater único deste património, lançamos um olhar atento ao nosso património azulejar, interpretar decorações e reinterpretar dinâmicas de decoração.

maio do azulejo_programa  
maio do azulejo_programa  
Advertisement