Issuu on Google+

CICLO DE DEBATES PRU SEMINÁRIO TEMÁTICO 1 - CRIATIVIDADE EM CIDADES MÉDIAS – A EXPERIÊNCIA DOS PROJETOS INTEGRADOS NA POLITICA DE CIDADES POLIS XXI

A importância da Reabilitação Urbana na valorização da identidade e da criatividade Câmara Municipal de Ovar PROGRAMA INTEGRADO DE VALORIZAÇÃO DA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE OVAR 09 Novembro 2011 UNIÃO EUROPEIA FUNDO EUROPEU DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL


INTRODUÇÃO

• Acto de Regenerar • Acto de Reabilitar • Tornar a Gerar • Dar vida

2


INTRODUÇÃO

• A cidade sempre foi e será, pela natureza da sua essência, artisticamente fragmentária, tumultuosa e inacabada. • O facto de a história se fazer na cidade obriga a que a cidade se faça na história. (Fernando Goitia- Breve História do Urbanismo)

3


INTRODUÇÃO

• Uma cidade que se constrói é, ao mesmo tempo, uma cidade que se destrói. • O ideal é que a construção se faça com o mínimo de destruição possível e, sobretudo, que essa destruição não seja senão uma readaptação inteligente às novas exigências. • Importância do equilíbrio entre: Fazer-Desfazer

Novo-Velho Identidade- Inovação (Goitia- Ib.) 4


INTRODUÇÃO

• Programa que visa assumir-se como: Lugar da Memória Lugar do Futuro

Valorização da Cidadania Potenciação de Desenvolvimento Sustentável Complementaridade com outros projetos da cidade e do concelho

5


Índice

I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

6


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.1 Visão da PRU de Ovar

OVAR – um centro urbano criativo e sustentável

“O centro da Cidade tem de promover um mix de usos que lhe são proporcionados pela multifuncionalidade deste tecido urbano e pela diversidade social de todos aqueles que vivem e usam a Cidade. Esta área central tem de se transformar num espaço atractivo para residir, para trabalhar, para circular, investir e divertir.”

7


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.2 Área de Intervenção

O programa de ação da regeneração urbana integra 21 projetos, 14 dos quais se traduzem em obras de qualificação / beneficiação do espaço público.

De âmbito imaterial, dinamizadores da intervenção física e do potencial da Cidade, estão a ser levados a cabo 7 projetos

8


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.3 Parceiros executores de Projetos da PRU de Ovar

A concretização da PRU é fruto do trabalho de um conjunto de entidades corresponsáveis pela promoção e dinamização de Projetos:

Município de Ovar Santa Casa da Misericórdia de Ovar Associação Amigos do Cáster Associação Comercial dos Concelhos de Ovar e S. João da Madeira

9


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.4 Carteira de Projetos Materiais Projetos de Investimento

Parceiro Executor

P1.Requalificação da Praça da República e Arruamentos Envolventes

P2.Beneficiação da Rua Dr. Manuel Arala - Ovar P3.Renovação da Iluminação Pública do Centro de Ovar P4/P5.Beneficiação da Rua Dr. Francisco Zagalo - Ovar P6.Parque Urbano de Ovar P7.Consolidação das Margens do Rio Cáster e Ribeira N. Sra. da Graça P8.Beneficiação do Mercado Municipal de Ovar - Execução de Muro Suporte

Município de Ovar

P9.Beneficiação do Mercado Municipal de Ovar P10.Reabilitação e Valorização de Fonte dos Combatentes P11.Aquisição e Reconversão da Fábrica de Papel - Ovar P12.Reabilitação e Valorização da Fonte do Casal / Júlio Dinis P13.Beneficiação R. Fonte Casal/R. Moisés Lamarão/R. Luís Camões

P14.Remodelação do Edifício do Lar de Idosos da SCMO

Santa Casa da Misericórdia de Ovar

10


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.4 Carteira de Projetos Imateriais

Projetos de Investimento

Parceiro Executor

P15.HECO - Habitat de Experimentação e Criatividade de Ovar P16.Projeto de Valorização Empresarial do Azulejo Tradicional de Ovar

P17.Projeto de Valorização Empresarial do Pão-de-Ló de Ovar

Município de Ovar

P18.Programa de Animação Local e Criatividade de Ovar (PALCO) P20.Programa de Comunicação e Animação da Parceria (Com Ovar) P19. Ações de Monitorização Ambiental de Ovar (AMA Ovar)

P21.Programa de Valorização do Tecido Comercial da Cidade de Ovar

Amigos do Cáster Associação Comercial Concelhos Ovar e São João da Madeira OVAR

11


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.5 Elementos Diferenciadores da PRU de Ovar

Os elementos diferenciadores da área central da Cidade de Ovar identificados como sendo cruciais para a Regeneração Urbana da Cidade de Ovar são: Elementos Materiais:  Água (rio, ribeiras, fontes);  Património Arquitectónico (civil e religioso);  Tecido Urbano Consolidado (multifuncionalidade/proximidade);  Elementos Marcantes (Mercado, Paços do Concelho, Biblioteca, Centro de Arte, Santa Casa da Misericórdia de Ovar). Elementos Imateriais:  Azulejo;  Criatividade | Carnaval;  Pão-de-Ló de Ovar.

12


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.6 Indicadores do Programa

10 M € de investimento total

21 projetos 14 projetos materiais 7 projetos imateriais 4 parceiros executores e 57 parceiros de apoio 2 anos de execução 165.800 metros de área urbana qualificada 80% de taxa de comparticipação média

13


I.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - enquadramento

I.7 Expectativa de alavancagem do investimento privado

Com este Programa de Ação estima-se a

Parcerias para a Regeneração Urbana OVAR

alavancagem de cerca de 3,1 milhões de euros de investimento privado na abertura de novas unidades comerciais, recuperação de

CCDR-C

habitações e outras funções presentes no centro da cidade. CÂMARA MUNICIPAL DE OVAR

PROMOTORES PRIVADOS SEM FINS LUCRATIVOS

+/- 8.000.000 €

+/- 2.000.000 €

PRIVADOS COM FINS LUCRATIVOS

SISTEMA DE INCENTIVOS (estimativa) 3.110.000€

14


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.1 As transformações na cidade de Ovar – projetos concluídos

P1.Requalificação da Praça da República e Arruamentos Envolventes - ANTES

P1.Requalificação da Praça da República e Arruamentos Envolventes - DEPOIS

P2. Beneficiação da Rua Dr. Manuel Arala - ANTES

P2. Beneficiação da Rua Dr. Manuel Arala - DEPOIS

15


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.1 As transformações na cidade de Ovar – projetos concluídos

P3.Renovação da Iluminação Pública do Centro de Ovar ANTES

P3.Renovação da Iluminação Pública do Centro de Ovar DEPOIS 16


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.1 As transformações na cidade de Ovar – projetos concluídos

P7.Consolidação das Margens do Rio Cáster e Rib. N. Sra. da Graça - ANTES

P7.Consolidação das Margens do Rio Cáster e Rib. N. Sra. da Graça - DEPOIS

P10. Reabilitação e Valorização de Fonte dos Combatentes ANTES

P10. Reabilitação e Valorização de Fonte dos Combatentes DEPOIS 17


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

Fotos: Paróquia de Ovar

II.2 As transformações na cidade de Ovar – projetos em execução

P6.Parque Urbano de Ovar

18


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.2 As transformações na cidade de Ovar – projetos em execução

P8/P9.Beneficiação do Mercado Municipal de Ovar

P11.Aquisição e Reconversão da Fábrica de Papel

19


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.2 As transformações na cidade de Ovar – projetos em execução

P12.Reabilitação e Valorização da Fonte do Casal / Júlio Dinis ANTES

P12.Reabilitação e Valorização da Fonte do Casal / Júlio Dinis PROJETO - ALÇADO

P12.Reabilitação e Valorização da Fonte do Casal / Júlio Dinis EM EXECUÇÃO - ALÇADO 20


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.2 As transformações na cidade de Ovar – projetos concluidos

P13.Beneficiação R. Fonte Casal | ANTES e DEPOIS

P4/P5.Beneficiação da Rua Dr. Francisco Zagalo Rua João de Deus ANTES

P13.Beneficiação R. Luís Camões DEPOIS

21


O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.3 Projetos imateriais – a aposta nos elementos diferenciadores P15. Habitat de Experimentação e Criatividade de Ovar - HECO

Objetivo: possibilitar a experimentação de novas ideias de negócio e testar a sua viabilidade de mercado, contribuindo ativamente para a renovação e dinamização do tecido empresarial local.

Fundação do Carnaval

II.

22


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.3 Projetos imateriais – a aposta nos elementos diferenciadores P15. Habitat de Experimentação e Criatividade de Ovar - HECO

Neste momento, a Fundação do Carnaval, é a entidade responsável pela implementação do programa funcional do HECO, tendo já executado: • Plataforma web com loja virtual – montra de criatividade: http://heco.ovar.net • Workshops de espuma e esferovite

23


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.3 Projetos imateriais – a aposta nos elementos diferenciadores P16.Projeto de Valorização Empresarial do Azulejo Tradicional de Ovar Objetivo: Desenvolvimento de argamassas que possam melhorar, em termos de durabilidade e facilidade, a colocação de azulejos e que possam ser produzidas em grande escala Em desenvolvimento

Em desenvolvimento

Até ao momento neste projeto:

• Analisados mais de 600 edifícios da cidade; • Celebrados protocolos para intervenção em 9 fachadas piloto no centro da cidade; • Iniciados

os

testes

laboratoriais

das

argamassas. Entidades envolvidas: Câmara Municipal de Ovar – Atelier de Conservação e Restauro (ACRA); Universidade de Aveiro (estudo de materiais); Arqueoestudo (levantamento da situação atual), Matriz (remoção, restauro e colocação dos azulejos) 24


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.3 Projetos imateriais – a aposta nos elementos diferenciadores P17.Projeto de Valorização Empresarial do Pão-de-Ló de Ovar Objetivo: Apoiar na constituição de uma associação de produtores e no plano de valorização que visa a proteção comunitária do produto “Pão

de ló de Ovar” Em desenvolvimento

Até ao momento neste projeto: • Criada a Associação de Produtores de Pão de

Em desenvolvimento

Ló de Ovar (APPO); • Sensibilização direta a cerca de 20 produtores;

• Prova organolética com a presença de 16 produtores; Entidades envolvidas:

• Iniciados os testes químicos.

Câmara Municipal de Ovar; Universidade de Aveiro (caracterização química e sensorial); APOMA (processo de certificação), APPO (representação dos produtores e acompanhamento geral) 25


II.

O programa de Regeneração urbana da Cidade de Ovar - execução

II.4 Ferramentas de Participação e Comunicação

Folheto informativo

Página de internet

Debates locais

Ferramentas

www.pru.cm-ovar.pt

• 22 eventos de rua História infantil da PRU

• 35 escolas envolvidas

Agenda PALCO

• 13 associações locais envolvidas

seminários

• 1 ano de iniciativas piloto

• Mais de 3000 alunos envolvidos • Cerca de 1500 cadeiras para criarem objetos únicos

26


Candidaturas Suplementares Obras Complementares

• Espaço Empreendedor - Reabilitação do Edifício • Candidatura ao RUCI (Redes Urbanas para a Competitividade e Inovação)

• Em Concurso Público • Investimento estimado de €400.000,00 • Prevista a instalação de várias atividades que promovam a criatividade e o empreendedorismo, entre as quais, uma Incubadora de Empresas.

Pólis da Ria de Aveiro Custo global no concelho de 10 Milhões € Investimento do Município de Ovar – 2 Milhões €

Obras previstas: - reordenamento e qualificação das frentes marítimas - a requalificação e valorização da Barrinha de Esmoriz intervenções nos núcleos piscatórios marítimos - intervenções nos núcleos piscatórios lagunares (Cais) - a requalificação das praias de Esmoriz, Cortegaça, Maceda e Furadouro - intervenções na frente lagunar de Ovar - criação de via ciclável, - Portas da Ria - criação e beneficiação de estruturas de apoio ao recreio náutico (Porto de Recreio do Carregal).

27


Conclusão

• PRETENDE-SE: • Processo contínuo

• Processo criador de oportunidades • Processo de aprendizagem • Potenciador de boas práticas (benchmarking) • Aposta na criatividade, na excelência e no talento • Mais interacção com as escolas, universidades, instituições e empresas • Práticas de tolerância alicerçadas em mentes abertas (open mind)

28


Conclusão

PONTOS FORTES

Valorização do espaço público

Reabilitação de Identidades (Património Ambiental e Paisagístico, Arquitectónico, Imaterial) e Abertura a espaços de inovação (Heco, Fábrica de Papel, Espaço Empreendedor- Incubadora de Empresas, Etc.).

Parceiros pró-activos (Fundação do Carnaval, Santa Casa da Misericórdia, Fundação de Serralves, entre outros)

PONTOS FRACOS

Défice de articulação com o tecido empresarial (apesar de boas práticas e exemplos no concelho- V.G. Centro Tecnológico da Yazaki, com 350 quadros superiores a inovar e a prestar serviços, inclusive de auditoria, a entidades privadas e públicas).

Falta de pró-actividade de alguns parceiros (simulacros de participação, ou participação pouco estrutural e consequente, quer pelo carácter isolado das acções, quer pelas cópias ou imitações, ou pela valorização do activismo (“moda”), em detrimento duma efectiva sustentabilidade. (v.g. falta maior envolvimento do comércio local, apesar de propostas atempadas).

29


Conclusão

Concluir projectos materiais

Reforçar a sustentabilidade dos projectos imateriais (Parque Urbano, Heco, Espaço Empreendedor, Escola de Artes e Ofícios- ACRA e Actividades Tradicionais- , Pão de Ló)

Alargar a participação e as parcerias (v.g. a empresários e jovens empreendedores, e ao universo formativo e educativo).

Reforçar e dar maior amplitude ao programa (com novas candidaturas)

Melhorar a organização, a gestão do programa e a avaliação.

30


Conclusão

• Programa que visa conciliar a identidade com a inovação • Não é um modelo exclusivo (outros programas podem assumir modelos diferentes acentuando mais a vertente da inovação). • Deve ser “lido” na complementaridade com outros programas e projetos (v. g. Pólis, RUCI etc ) • Deve ser enquadrado numa visão global de desenvolvimento equilibrado do Concelho de Ovar (Que, tendo duas cidades, nos obriga a pensar num novo programa de regeneração para Esmoriz).

31


Conclusão

• Ser crítico implica saber distinguir e “ser elitista” (enquanto responsáveis pelo melhor no conhecimento e no respeito tolerante pela identidade e pelo invulgar) • É possível inovar conservando e conservar inovando. • O desafio do global aprofunda o desafio do local (as cidades são hoje actores decisivos na economia e na cidadania).

32


Conclusão

• No centro :

• Os cidadãos • As pessoas

“O território são as pessoas”

33


Contatos

Praça da República 3880 - 141 Ovar Telef: 256 581 300 Fax: 256 586 611 e-Mail: pru@cm-ovar.pt 34


CMOvar_Presidente Manuel Oliveira