Issuu on Google+

ABRIL » 06 INFO MAIL | TAXA PAGA

32 Semana Santa emociona Óbidos


14

SEMANA SANTA

ÍNDICE

04 OBRAS

06

08

10

11

12

13

18

19

MUNICÍPIO

LAGOA DE ÓBIDOS

NET

AMBIENTE

EXPOSIÇÃO “A TRINDADE”

LOJA ON-LINE

TEATRO

EXPOSIÇÃO “TOISON D’OR”

23 TÍTULOS


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06



Telmo Henrique Correia Daniel Faria

Presidente da Câmara Municipal de Óbidos

EDITORIAL

Como tem acontecido nos últimos anos, o concelho de Óbidos encheu-se de Fé. As celebrações da Semana Santa atraíram à Vila e ao Concelho milhares de pessoas, o que prova que as nossas tradições religiosas continuam a cativar crentes e turistas de todas as regiões do País e do Mundo. Este ano, o Município de Óbidos através da Empresa Municipal Óbidos Patrimonium com a Comissão da Semana Santa, voltou a investir numa programação cultural que desse ainda mais ênfase ao conjunto das solenidades religiosas. O nosso objectivo foi complementar e enriquecer a programação da Semana Santa no seu conjunto. A resposta dos munícipes e dos visitantes foi excepcional. O Requiem de Mozart, no Santuário do Senhor da Pedra, ou o bailado, pelo CeDeCe, baseado na “Criação”, de Joseph Haydn, são apenas duas demonstrações da oferta cultural realizadas, que devem encher de orgulho todos os obidenses. O mesmo se pode dizer em relação ao Auto do Descimento da Cruz que, apesar da chuva, mostrou ser, mais uma vez, um momento de grande exaltação e de dignidade, a par do rigor e da excelência das várias iniciativas religiosas. Por tudo isto, quero agradecer a todos publicamente, pelo empenho que tiveram na organização de mais uma grande Semana Santa de Óbidos. Sem esse esforço não teríamos conseguido. Uma palavra para os primeiros formandos do Restaurante Escola de Óbidos. Abriu portas no início de Abril e é, na nossa opinião, uma infra-estrutura essencial para o

desenvolvimento do concelho e da região. Estão a ser formadas pessoas na área da hotelaria e restauração. Gente qualificada que vai, seguramente, aumentar o nosso patamar de qualidade turística. Não vale a pena pensar em investimentos turísticos de altíssima qualidade no nosso concelho e na região, se não tivermos pessoas qualificadas. Neste projecto a autarquia cede as instalações e dá todo o apoio possível, conjuntamente com o Centro de Formação Alimentar da Pontinha, responsável pela formação, para que todos saiam a ganhar: formandos, entidades empregadoras, turistas e o Oeste. Quero ainda deixar uma palavra para todos os mariscadores e pescadores da Lagoa de Óbidos. Apesar do INAG e do governo não andarem para a frente com as dragagens, o que vai continuar a ter da nossa parte uma firme reivindicação, quanto à classificação da futura Lagoa tudo parece encaminhar-se para um desfecho mais positivo após a autarquia ter solicitado a suspensão da classificação para este ano. Por intermédio da DGV junto de Bruxelas, tudo indica que a legislação comunitária ficará suspensa em 2006 havendo no entanto o compromisso de Portugal em aumentar a fiscalização e apertar nas exigências de depuração do marisco. Em tempos difíceis uma qualquer boa notícia sobre a Lagoa de Óbidos deve ser bem saboreada.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Obras

ABR » 06



1

ÓBIDOS

Abertura e colocação de condutas de saneamento e de água 1

ÓBIDOS

Trabalhos finais antes da inauguração do novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, que acontecerá no próximo dia 6 de Maio

GAEIRAS

Alargamento da rua de acesso aos depósitos de água da freguesia

BAIRRO SENHORA DA LUZ

AMOREIRA

Colocação de lancil para passeios nesta localidade

Estado actual das obras de construção da Extensão de Saúde


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

 OLHO MARINHO

Começa em breve, neste local, a construção da creche e ATL

AMOREIRA

Avançam em ritmo acelerado as obras de construção do novo Jardim-de-Infância

GAEIRAS

As primeiras estruturas para a nova creche nesta freguesia

1


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

Município



1 2

A exposição de artesanato do CENCAL Diversas actividades nas Piscinas Municipais 1

Oficinas Produtos Artesanais do Oeste de Cinema em destaque para os mais novos Seminário em Óbidos

No dia 24 de Março decorreu, na Casa da Música, em Óbidos, um seminário subordinado ao tema “Do Oeste, Novos Conceitos do Produto Artesanal”, onde foram debatidas algumas questões relacionadas com o artesanato da região.

Realizou-se ainda uma exposição de artesanato no Espaço Santiago. A organização do evento foi da responsabilidade do CENCAL – Centro de Formação Profissional para a Indústria de Cerâmica das Caldas da Rainha, com o apoio do Município de Óbidos.

Piscinas Municipais de Óbidos

Festivais de Natação fecham temporada Realizou-se, dia 30, a segunda edição do Festival 1.ª Braçada, promovido pela Câmara Municipal de Óbidos para as escolas do 1.º Ciclo que frequentaram, durante o primeiro trimestre, as aulas de natação nas Piscinas Municipais. O objectivo foi mostrar aos inúmeros familiares, que se deslocaram às Piscinas para presenciar o festival, a evolução dos seus filhos ou educandos. Com o festival terminou, assim, a primeira etapa de aulas de natação, em que participaram dois terços dos alunos do 1.º Ciclo. No final do próximo trimestre, os restantes alunos do 1.º Ciclo verão também terminadas as suas aulas, dando expressão a uma velha

aspiração de todo o concelho, do acesso à prática da Natação pelos mais novos. No decorrer deste festival, realizou-se ainda, dia 01 de Abril, o Festival da Páscoa das Escolas de Natação das Piscinas Municipais. Neste festival os utentes de todas as vertentes ministradas nas Escolas de Natação demonstraram a sua evolução ao longo dos últimos três meses. Estiveram presentes as classes de bebés, adaptação, aprendizagem e aperfeiçoamento para crianças e adultos. As classes de Hidroginástica, Hidroterapia e Hidrodeep, também participaram, mas a novidade foi a apresentação da classe de Hidrokids.

De 03 a 14 de Abril, decorreram, na Igreja do Mocharro, em Óbidos, as Oficinas de Cinema, destinadas a crianças dos 10 aos 16 anos de idade. A iniciativa partiu do Município de Óbidos, com o objectivo de organizar actividades de introdução à imagem, ao Cinema e ao Vídeo, que sirvam de base para futuras formações e que despertem novos interesses nos jovens. Esta foi a primeira abordagem do projecto mas as Oficinas de Cinema voltarão de forma mais prolongada nos meses de Verão.

INSCREVA-SE Quem desejar ingressar nas aulas das Piscinas Municipais, deverá inscrever-se, neste local, até ao dia 25 do mês anterior. Para mais informações: 262 955 550 2


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

 A Festa da Primavera foi muito participada Os novos formandos do Restaurante Escola, nas instalações do Solar de Sta. Maria Um dos painéis da iniciativa “Oeste Empreendedor”

1 2 3

1

Convívio “Melhor Idade”

Festa da Primavera em A-dos-Negros Realizou-se no dia 24 de Março, em A-dosNegros, a “Festa da Primavera”, inserida no programa “Melhor Idade”, desenvolvido pelo Município de Óbidos. A festa, dedicada à terceira idade, teve lugar no Grupo Desportivo e Recreativo de A-dos-Negros, onde estiveram expostos trabalhos sobre a primavera, desenvolvidos pelos idosos do concelho. Houve ainda

animação variada, teatro, música e poesia, que os próprios utentes apresentaram. Seguiu-se um baile e um lanche. Estes convívios são programados e concretizados com a colaboração activa dos parceiros, das animadoras e dos próprios utentes, e têm lugar nas várias freguesias do concelho, contando sempre com uma adesão forte e participativa.

Jornadas da palavra em A-dos-Negros

Oeste Empreendedor

Realiza-se de 12 a 14 de Maio, em A-dosNegros, concelho de Óbidos, as Jornadas da Palavra. Uma iniciativa que tem como objectivo fomentar e promover a tradição oral, proporcionar momentos de partilha na comunidade, dando destaque à palavra como instrumento de vivência em sociedade. Esta iniciativa, que decorrerá nas instalações do Grupo Desportivo e Recreativo de A-dos-Negros, terá exposições de trabalhos de crianças e adultos sobre a palavra, uma feira do livro, um colóquio subordina-

do ao tema “A Arte de Comunicar e os Profissionais da Palavra”, animação, tertúlias e sessões de poesia e contos. Esta é uma organização do Município de Óbidos, da Empresa Municipal Óbidos Patrimonium, através do Centro de Intervenção Social de Óbidos e do Centro de Recursos de Arte e Cultura para o Desenvolvimento Comunitário, respectivamente, da Organização Local de Educação e Formação de Adultos de Óbidos e da Junta de Freguesia de A-dos-Negros.

Restaurante Escola de Óbidos Abriu oficialmente, no dia 3 de Abril, o Restaurante Escola de Óbidos, que tem como objectivo prestar formação na área da restauração e hotelaria. Maria Gracinda Ramos, a directora do projecto, acredita que a formação nesta área é importante, devido ”ao grande potencial

2

turístico da zona e à necessidade de pessoal qualificado”. O presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Telmo Faria, concorda que “é muito importante este tipo de formação” e acrescenta que “não vale a pena fazer investimentos turísticos, como o Hotel Marriott por exemplo, e depois não acompanhar com pessoal qualificado”. “A CMO cede as instalações e dá todo o apoio possível mas a estrutura que vai dar as competências é o Centro de Formação Alimentar da Pontinha”, refere o presidente. Situado no Solar da Praça de Santa Maria, o Restaurante Escola arrancou com dois cursos de formação inicial nas áreas da cozinha e mesa-bar. Os cursos de aperfeiçoamento, que se destinam aos activos do sector, terão início de seguida. As inscrições ainda estão abertas, contacte a Empresa Municipal Óbidos Patrimonium.

3

Realizou-se no dia 23 de Março, na Casa da Música, em Óbidos, a apresentação pública do projecto “Oeste Empreendedor, da Qualificação à Coesão”. Com o objectivo de capacitar as pessoas para a criação da sua própria empresa, valorizando o espírito empresarial e o empreendedorismo na região, este projecto está direccionado para jovens adultos ou para a população em geral, que procurem estabelecer-se profissionalmente. Mas pretende, também, potenciar a intervenção das organizações regionais no apoio a estes valores. A iniciativa foi promovida por um grupo de oito organizações do Oeste e financiada pelo Estado Português e pelo Fundo Social Europeu, ao abrigo da Iniciativa Equal.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

NET



1

O NET tem acesso gratuito à internet

2

Estão previstas, este ano, várias acções de formação 1

Aumento de 30 por cento em relação a 2004

Espaço NET de Óbidos visitado por mais de 25 mil pessoas o ano passado Cerca de 25 mil pessoas acederam ao Espaço Internet do Concelho de Óbidos em 2005, um aumento de 30 por cento em relação ao ano anterior. Estes são dados revelados no relatório anual deste serviço municipal. Um sucesso que se torna ainda mais visível quando são contabilizados os quase mil inscritos com cartão de utilizador. Acedem ao NET de Óbidos pessoas vindas de todo o mundo, em especial dos países da União Europeia e da América do Norte. Ainda assim, os portugueses representam 77,43 por cento dos utilizadores. Procurado por uma maioria de 70,73 por cento de jovens até aos 30 anos de idade, é a tarde o período de maior acesso ao serviço, por todas as idades. O sexo masculino prevalece com uma percentagem de utilização de 58,49. No âmbito das acções de formação realizadas, foram atribuídos cerca de 500 Diplomas de Competências Básicas. O espaço contou também com algumas acções promovidas por entidades exteriores e desenvolveu várias actividades de incentivo à utilização das Tecnologias de Informação. O NET localiza-se na Casa do Pelourinho, na Rua Direita, em Óbidos, e conta com doze computadores ligados à Internet. O

seu horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 21h00, e ao fimde-semana e feriados, das 11h30 às 18h30.

Actividades para 2006 Continuar a investir muito nas novas tecnologias é o objectivo do executivo da CMO. Neste sentido são lançados, através do Espaço Internet de Óbidos, um conjunto de iniciativas como a alfabetização tecnológica do concelho que irá ter continuidade. Numa nova era da comunicação e da informatização, o NET irá preservar o acesso gratuito da tecnologia informática, quer à população em geral, quer aos milhares de turistas que visitam a vila. Serão, novamente, promovidas, este ano, acções de formação de Diplomas de Competência Básica em Tecnologias da Informação. Tendo à disposição quatro horários distintos, cada formação consiste em sessões de duas horas, num total de doze. Através do Protocolo estabelecido entre o NET e a Fundação para a Divulgação das Tecnologias da Informação, haverá formação para os seguintes cursos de informática: Windows XP, Word 2003, Excel 2003, Access 2003, Flash MX, Autocad 2004-2D, Autocad 2004-3D, ASP.NET.

Para a Segurança na Internet, serão, ainda, realizadas acções de sensibilização, com duração de duas horas, no primeiro sábado de cada mês. Para os mais novos, o Espaço Internet de Óbidos irá desenvolver, ao longo do ano, não só acções de formação em Tecnologias da Informação e de Sensibilização para a Segurança na Internet, mas, também, diversos projectos individuais. O Projecto Atlas irá consistir na pesquisa e recolha dos principais elementos e características de diversos países, de modo a compilar um atlas. Funcionará como um Clube, à segunda-feira é escolhido o país e à sexta será feita a compilação da informação e a paginação da ficha. Também como um clube irá funcionar o Projecto Animal. A escolha do animal a pesquisar será feita à segunda-feira e sábado organiza-se a informação recolhida de forma a conseguir uma Enciclopédia Animal. O Projecto Postal Electrónico de Óbidos pretende incentivar a elaboração de postais electrónicos com imagens de Óbidos, alusivos à época ou a eventos que estejam a decorrer que, inseridos no Portal do Município, poderão ser enviados pelos visitantes. Para o esclarecimento de dúvidas profissionais será levado a cabo o Projecto Profissões, em que determinada profissão será pesquisada em cada semana ou quinzena pelos jovens, seguida da sua apresentação por um profissional da área. Ligado a este projecto, o projecto Saber+ está a organizar, também, várias jornadas ou acções técnicas acerca de diversas áreas profissionais. Serão ainda realizados, durante este ano, Concursos de Fotografia Digital, a desenvolver durante os eventos a ter lugar na vila de Óbidos, e assinalados com diversas actividades alguns dias importantes, como o Dia da Inovação e Empreendedorismo, o Dia da Mulher, o Dia dos Avós, o Dia da Cidadania e o Dia Municipal da Internet. Este último, irá realizar-se dia 25 de Outubro.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Jornadas Parlamentares

ABR » 06



BVO Novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Óbidos

1

1

PSD escolhe Óbidos para Jornadas Parlamentares O Grupo Parlamentar do PSD escolheu o Hotel Marriott, em Óbidos, para a realização das jornadas parlamentares, dias 27 e 28 de Março. Sob o lema “Falar verdade”, os deputados sociais-democratas fizeram o balanço do primeiro ano do actual governo. No final do primeiro dia de trabalhos, os deputados jantaram em Óbidos, num encontro que contou com a participação de Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos. O autarca aproveitou a oportunidade para chamar a atenção para alguns dos problemas do concelho,

nomeadamente em relação à Lagoa de Óbidos. A barragem do Arnóia, investimentos agrícolas, saúde, a burocracia existente no ordenamento do território, foram alguns dos temas também apresentados pelo Presidente da Câmara. Ficou ainda na sua intervenção o desafio e o convite para que outros grupos parlamentares também passem pelo concelho, “Óbidos é um concelho com uma logística excelente e com condições ímpares para a realização de eventos, seja de natureza política, desportiva, cultural ou económica”, referiu ainda Telmo Faria.

Novo Quartel dos Bombeiros de Óbidos

inaugura dia 6 de Maio A inauguração do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Óbidos (BVO), situado junto ao Bairro do Senhor da Pedra, já está marcada para o dia 6 de Maio. Para o dia da cerimónia oficial foram convidadas cerca de 400 pessoas e o programa será o seguinte: 09h00 – Arrear da bandeira no quartel velho. 09h15 – Desfile para o quartel novo. 10h15 – Hastear da bandeira com formatura geral.

10h30 – Recepção às entidades convidadas. 11h15 – Inauguração e bênção das instalações e novas viaturas, seguida de visita a todo o complexo. 12h15 – Sessão Solene. 13h30 – Almoço convívio. 16h00 – Exercícios tácticos. A Associação dos Bombeiros Voluntários de Óbidos convida todos os sócios para, a partir das 16h00, assistirem aos exer-

cícios tácticos, aos quais se seguirá um lanche. As obras tiveram início dia 14 de Junho de 2004 e ficaram concluídas em Novembro do ano passado, ficando avaliadas em cerca de 1 milhão de euros, mais 150 mil euros em mobiliário e apetrechamentos diversos. As novas instalações dos BVO ocupam uma área de cerca de 14 mil metros quadrados e são a prova não só de modernidade, como dos melhores recursos existentes a este nível.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

10

Loja On-line

Nova funcionalidade no Portal do Município de Óbidos

Loja de Óbidos com produtos Online Está disponível, no portal do Município, uma nova funcionalidade: a “Loja de Óbidos – Gift Shop”, versão online. Neste módulo os munícipes/visitantes poderão adquirir alguns produtos exclusivos que estão à venda na Loja de Óbidos, localizada na Rua Direita, na Casa do Pelourinho. Quem quiser adquirir algum produto através do portal poderá fazê-lo escolhendo os diversos menus disponíveis, sendo o pagamento, neste momento, apenas por envio à cobrança. Pedro Manuel, responsável pela empresa Makewise, que criou o software de todo o portal, adianta que, “futuramente, o sistema irá permitir outras formas de pagamento, nomeadamente com cartão de crédito”. Ao aceder a www.cm-obidos.pt, logo na página inicial, está disponível um ícone “Loja Online”. Clicando nesse ícone acedese directamente ao catálogo, com diversas fotos dos produtos disponíveis online. A pesquisa pode ser feita por categorias e linhas de produtos, simplificando, desta forma, o acesso para a finalização da compra. O cliente vai adicionando

ao “carrinho de compras os produtos escolhidos e as quantidades pretendidas, tendo no final um formulário para preencher com os seus dados, recebendo no e-mail que indicar a confirmação da encomenda”, explicou Pedro Manuel. Posteriormente, o cliente receberá os artigos por correio, à cobrança. Victor Freire, do Município de Óbidos, avança que a Loja Online está “numa fase experimental”, porque, e reforçando o modo de pagamento, “existe ainda um certo receio de se comprar produtos com cartões de crédito, por causa de uma possível utilização fraudulenta”. No entanto, Vítor Freire garante que, assim que houver a possibilidade de pagamento por cartão de crédito, a segurança irá ser reforçada. Os produtos expostos são diversos como porcelanas, têxteis, artigos infantis, artigos de papelaria, relógios, ourivesaria e outros acessórios. “Todos eles inspirados na Vila de Óbidos, com design cuidado e personalizado”, avançou Maria José Sobral, responsável pelos produtos da loja. Para além de uma recordação de Óbidos,

“queremos que o objecto adquirido possa ser uma utilidade diária”, salientou. Esta é uma mais valia para os interessados em adquirir produtos sobre Óbidos, possibilitando, em qualquer parte do mundo, a sua aquisição. “Os produtos que sejam criados e inspirados no concelho de Óbidos devem ser analisados e incluídos neste portal”, avançou o presidente da autarquia, que muito gostava que alguns artigos de outras lojas de Óbidos podessem beneficiar mais do projecto. “Gostava muito que fizessem mais propostas e que se estabelecessem mais parcerias público-privadas no sector comercial da vila”, adiantou à RIO o presidente da câmara.

Dia Mundial da Água

Palestra sobre a Qualidade da Água no Concelho de Óbidos Durante uma palestra acerca da qualidade da água no concelho, Catarina Canha, engenheira do ambiente da autarquia de Óbidos, afirmou que a Câmara “faz por cumprir todos os parâmetros que garantem a qualidade da água nos sistemas de abastecimento e que a definem como boa para consumo”. As análises à água são realizadas por um laboratório com o qual existe um contrato, e assentam sobre valores microbiológicos, físico-químicos, indesejáveis e tóxicos. Os seus dados são divulgados mensalmente nas juntas de freguesia, na Câmara e na página de Internet do município. Fátima Pais, da delegação de saúde, explicou que este organismo também faz o con-

trole à rede, recolhendo quinzenalmente amostras que são analisadas num laboratório de saúde pública de Leiria, e garante que “nunca houve alterações graves, com impacto na saúde”. Actualmente todo o concelho é abastecido por captação própria. De acordo com o vereador Pedro Félix, nos últimos quatro anos foram investidos cerca de 2,5 milhões de euros nas redes de água, que se encontram agora inseridas no sistema de abastecimento futuro das Águas do Oeste. O sistema de abastecimento é constituído por sete subsistemas, 16 captações e 21 reservatórios que fornecem água a todos os habitantes.


1

Zona C implica novas condições para mariscadores e depuradoras Depois de ter sido classificada como zona C, a autarquia promoveu uma reunião com mariscadores e entidades responsáveis para discutir o ponto de situação. Da reunião realizada dia 15 de Março, na Casa da Música, em Óbidos, acerca da Lagoa de Óbidos, destacou-se o desejo comum de obter nova classificação da Lagoa, de forma a contornar as restrições à actividade marisqueira. “Em causa estão centena e meia de pescadores” refere José da Silva, presidente da APMALO – Associação de Pescadores e Mariscadores Amigos da Lagoa de Óbidos. A mudança da classificação dos bivalves da Lagoa de Óbidos para a “classe C” deveu-se à alteração dos critérios de classificação, seguidos até ao ano passado. Os resultados das análises podiam exceder em 10 por cento os valores máximos previstos da zona B (4600 ecoli). Mas, a partir de Janeiro, terminou essa tolerância. O problema é que a zona C acata diversas restrições. Em 2004, surgem três novos regulamentos da Comissão Europeia que decidiu criar regras mais apertadas para a comercialização de bivalves. O objectivo é garantir aos consumidores um tratamento adequado do marisco, de modo a que seja garantida a qualidade alimentar sem riscos para a saúde pública. Caso fosse mantida a classificação como zona C, os bivalves da Lagoa de Óbidos teriam que passar por processos complexos de depuração fora do Concelho. Francisco Santos, da DGV – Direcção Geral de Veterinária, explica que “como zonas alternativas, só existem, uma em Aveiro e outra no Algarve, o que inviabiliza essa transposição” e acrescenta que “o ideal é que estas zonas C evoluam para zonas B”. Uma legislação complementar ao regulamento comunitário está a ser preparada pela DGV, pela DGPA – Direcção Geral das

Pescas e Aquicultura e pelo IPIMAR – Instituto de Investigação das Pescas e do Mar, para que a Comissão Europeia suspenda a medida, neste caso particular, e para que seja alargado o período de transição. Ao lado de Portugal nas negociações está a França, que se debate com problemas idênticos. Telmo Faria, presidente da Câmara Mu-

nicipal de Óbidos, que já teve reuniões quer com o IPIMAR, quer com a DGV, está esperançado num desfecho positivo do problema. A autarquia, por um lado, fez um protocolo com o IPIMAR de modo a apoiar uma recolha mais intensiva de bivalves para análise, e por outro, pediu simultâneamente à DGV que em Bruxelas procure encontrar uma solução que defenda e proteja a saúde pública sem penalizar gravemente a apanha do marisco. O presidente adiantou que a imagem do bivalve da Lagoa tem de ser credível e isso está nas mãos dos mariscadores e das depuradoras, “se forem todos rigorosos, acredito num produto cada vez mais cotado no mercado nacional e europeu”. Para que uma evolução positiva seja possível, é necessário que os mariscadores e as depuradoras cumpram novas condições. O registo dos apanhadores de bivalves deve ser feito na DGPA, em alternativa às capitanias, como acontecia até agora. Depois da apanha, é importante que o marisco seja levado para as depuradoras, para evitar os perigos resultantes da sua não depuração. Francisco Santos relembra ainda que “as depuradoras terão que ter também um maior auto-controle” e acrescenta que “deverá existir uma maior vigilância e fiscalização da sua actividade”. A DGPA, também presente, mostrou estar disponível para colaborar na melhoria das condições das pescas, afiança Lúcia Fernandes, da direcção daquele organismo. Telmo Faria acredita que, com medidas como a criação da rede de ETAR’s na sua bacia hidográfica e com a ligação dos efluentes ao emissário submarino, “a Lagoa entrou definitivamente no bom caminho”. E, tendo sempre em vista a saúde pública, propõe uma campanha de informação sobre os locais de pesca mas, também, de promoção da Lagoa de Óbidos, para defender a confiança na qualidade das suas águas e dos seus bivalves.

REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Lagoa de Óbidos

ABR » 06

11


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

12

Ambiente

DIAS MUNDIAIS DA FLORESTA E DA ÁGUA EM ÓBIDOS

Alunos do concelho falam do “nosso recurso mais valioso: a Água!” O Município de Óbidos promoveu, durante a semana de 20 a 27 de Março, diversas sessões temáticas, para as escolas do primeiro ciclo e jardins-de-infância do concelho, subordinadas ao tema “Conservando o nosso recurso mais valioso: a Água”. Esta iniciativa surgiu no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Árvore, 21 de Março, e do Dia Mundial da Água, 22 de Março, e contou também com o apoio da Águas do Oeste e da APAS Floresta – Associação de Produtores Florestais.

da é um conceito inovador e pioneiro na Europa. Foi implementado e desenvolvido pela empresa espanhola Fun Cience, S.L. e encontra-se em Portugal desde 1998, através de um sistema de franchising. Catarina Carvalho, representante da empresa neste projecto, explica que o seu método assenta sob duas vertentes: a pedagógica e a animação, sendo que “a animação tem sempre um princípio científico subjacente”. As sessões funcionaram nas escolas do

Em relação à adesão dos miúdos, Catarina Carvallho diz que “foi muito boa” e acrescenta que “eles gostam de tudo o que é experimentar, principalmente, da magia da ciência: fenómenos físicos e químicos que se podem verificar pela experiência”. Diogo, 6 anos, do Jardim-de-infância de Gaeiras, conta que o que mais gostou foi “fazer o efeito da chuva, porque é muito importante para viver”. No mesmo Jardim, Tomás, 5 anos, diz que “a história

Nas escolas estiveram envolvidas duas equipas, com dois animadores em cada, a trabalhar em simultâneo. Animadores com formação superior pedagógica e credenciada da Fun Cience – Ciência Divertida. Baseado no ensino experimental das ciências a crianças entre os 3 e os 12 anos, de uma forma diferente, informal e divertida, a Fun Cience – Ciência Diverti-

concelho como aulas práticas, de forma a promover uma aprendizagem activa e a motivar os alunos para o conhecimento científico. A importância da água, o ciclo da água, o ciclo urbano da água, como poluímos a água, desperdiçando água, as gotas que se acumulam, pilha inofensiva e contaminação do ar, foram algumas das questões que foram abordadas ao longo destas aulas sobre o ambiente.

da gota” e a “pintura” foram as actividades que lhe agradaram mais. Carolina, 9 anos, da Escola Básica da Usseira, refere ainda ter aprendido que “temos que poupar água para que no futuro não nos falte”, mas considera que “os adultos não olham muito a isso”. Assim, esta iniciativa mostrou pela positiva que é possível aprender de uma forma divertida a cuidar do ambiente.

Toison d’Or JOANA VASCONCELOS

2 de Abril a 25 de Junho de 2006 galeria novaOgiva, Óbidos

organização MUNICÍPIO DE

ÓBIDOS

apoio

novaogiva arte contemporânea

rua direita, óbidos | 262 955 500 | 937755638/9 (ext. 350) | galerias@cm-obidos.pt | www.cm-obidos.pt | terça a domingo: 10h00-13h00 e 14h00-18h00


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Teatro

Peça de teatro em Óbidos

“Vento Leste” com casa cheia O Auditório Municipal da Casa da Música recebeu, no dia 07 de Abril, a peça de teatro “Vento Leste”. Com casa cheia, a representação, que mostra o percurso de uma imigrante de leste que veio para Portugal, interpretada pela actriz Natasha Marjanovic, foi um sucesso. Em declarações à RIO, a actriz explicou que este espectáculo, em exibição há um ano em Portugal, “retrata alguns episódios curtos, mas fortes” da sua vida e “fala das dificuldades de um imigrante, de forma divertida”. Assim, a peça avança no tempo e no espaço, à medida que os acontecimentos e as recordações se sucedem na vida de Natasha. Depois de uma infância feliz, passada na Ex-Jugoslávia, em época de comunismo, Natasha casa, tem duas filhas e muda-se para a Bósnia. Começa então a guerra. Vivendo tempos difíceis com a sua família, decide fugir para Belgrado, para casa dos pais. Mas, quando o bombardeamento atinge também esta cidade, Natasha vê-se mesmo obrigada a emigrar para Portugal com as filhas, onde já vivia o irmão. A actriz recorda que chegou “dia 25 de Maio de 1999 a Portugal”. “Curiosamente, é o dia de aniversário de Tito, antigo presidente da Ex-Jugoslávia, numa altura que eu associava a tempos de paz. Como a paz que esperava encontrar em Portugal”, sublinhou a artista. A adaptação aos costumes, à língua e à natureza própria das pessoas acaba por

ser o grande foco da peça, que retrata com humor as peripécias de uma imigrante que tem que recomeçar a sua vida do zero. O livro que carrega consigo, “Aprender Portugal”, e que retrata de forma engraçada os portugueses, ou o primeiro emprego num bar irlandês, onde tudo à sua volta se transforma numa peça de teatro, foram alguns dos episódios com que os espectadores puderam contar. Natasha Marjanovic explicou que o objectivo do espectáculo é fazer com que as pessoas “se sensibilizem e se preocupem mais com o imigrante”. A actriz acredita que “a diferença cultural é uma riqueza”, por isso defende que “o imigrante deve ser tido como uma pessoa de validade”. Para todos aqueles que, como ela, tiveram que sair da sua terra natal, Natasha deixa a mensagem: “uma boa base na educação não conhece fronteiras”. Em Portugal, a actriz considera que “o imigrante deve procurar aquilo que é bonito, para se

poder encontrar e encontrar o seu lugar. Não deve procurar o que pode receber mas, sim, aquilo que pode dar ao país de destino”. Natasha conclui ainda que “Vento Leste” é uma peça que tem pontos comuns com todos os imigrantes, de várias nacionalidades”. Depois de um ano em Portugal, Natasha Marjanovic fundou a companhia de teatro infantil “Cinderela” e confessa que, “apesar de voltar todos os Verões a Belgrado”, sente-se “bem em Portugal”. A encenação de “Vento Leste” é da autoria de José Carlos Garcia, com Beatriz Quintella, na dramaturgia. A responsável pelos cenários e adereços é Ana Braga e a produção ficou a cargo do Planeta Maravilha. Na organização estiveram também envolvidos a Óbidos Patrimonium E.M. e o Município através do Centro de Intervenção Social de ��bidos e do Centro Local de Apoio ao Imigrante.

ABR » 06

13


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

14

Semana Santa em Óbidos com balanço positivo

Milhares de pessoas visitaram a vila Óbidos continua a ser palco privilegiado de celebrações de índole histórico-religiosa. Evocando a Paixão e a morte de Cristo, a Semana Santa atraiu à vila milhares de pessoas, portuguesas e estrangeiras, unidas pela devoção ou pela cultura. Desde cedo a Semana Santa se revelou como o melhor cartaz de Óbidos e apresenta as mais impressionantes cerimónias religiosas do seu género realizadas no Oeste. Este ano, um programa cultural repleto de actividades turísticas e culturais completou o programa religioso. Os destaques foram para o Requiem de Mozart e para o Espectáculo de Dança “A Criação” de

Joseph Haydn, pela companhia CeDeCe que, a par com as cerimónias religiosas, contaram com a presença de inúmeros espectadores. Na Sexta-feira Santa destaque para o Auto do Descimento da Cruz e para a procissão do Enterro, cerimónias que nem a chuva conseguiu evitar que se realizassem, tão esperadas pela multidão. Depois de um resultado bem positivo, a organização pretende continuar a promover a articulação das actividades religiosas com as culturais, de forma a aumentar o tempo de permanência tanto de peregrinos como dos milhares de turistas que visitam a vila por esta ocasião.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

15

04.Março.2006 Via Sacra do Olho Marinho

04.Março.2006 Via Sacra do Olho Marinho

5.Março.2006 Procissão dos Terceiros de S. Francisco

5.Março.2006 Procissão dos Terceiros de S. Francisco

12.Março.2006 Via Sacra das Gaeiras

12.Março.2006 Via Sacra das Gaeiras

25.Março.2006 Via Sacra da Usseira

25.Março.2006 Via Sacra da Usseira

26.Março.2006 Via Sacra do Vau

08.Abril.2006 Concerto com o Coro Gregoriano do Porto

08.Abril.2006 Procissão da Mudança das Imagens

09.Abril.2006 Bênção e Procissão dos Ramos


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

16

09.Abril.2006 Bênção e Procissão dos Ramos

09.Abril.2006 Procissão dos Passos

09.Abril.2006 Procissão dos Passos

09.Abril.2006 Grande Concerto “Requiem” de W.A. Mozart

10.Abril.2006 Actividade com crianças da catequese

10.Abril.2006 Exposição Fotográfica “Semana Santa de Óbidos”

11.Abril.2006 Actividade com crianças da catequese

11.Abril.2006 Concerto com o Projecto Vox Angelis

12.Abril.2006 Visita Guiada

12.Abril.2006 “A Criação” de Joseph Haydn pela CeDeCe

12.Abril.2006 “A Criação” de Joseph Haydn pela CeDeCe

13.Abril.2006 Exposição de Registos Religiosos


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

17

13.Abril.2006 Concerto de Canto e Piano “O Caminho de Jesus”

13.Abril.2006 Missa da Ceia do Senhor

14.Abril.2006 Celebração da Paixão

14.Abril.2006 Auto do Descimento da Cruz

14.Abril.2006 Auto do Descimento da Cruz

14.Abril.2006 Auto do Descimento da Cruz

14.Abril.2006 Auto do Descimento da Cruz

14.Abril.2006 Procissão do Enterro do Senhor

15.Abril.2006 Recital de Canto e Piano

15.Abril.2006 Concerto de Música Sacra Ibérica

15.Abril.2006 Vigília Pascal

16.Abril.2006 Missa da Ressurreição


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

18

Exposição

Exposição em Óbidos

A Trindade – O Mistério de Deus A partir do dia 8 de Abril, inserida nas Comemorações da Semana Santa, inaugurou no Museu Paroquial de Óbidos a exposição “A Trindade – O Mistério de Deus”, que aborda um dos temas centrais da cultura cristã: as três naturezas de Deus - o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Óbidos é uma localidade onde os aspectos religiosos e a vida espiritual assumem diversas formas. Os templos dispersos pela vila reflectem uma religiosidade histórica. Ao longo do ano mantém-se um extenso calendário de actividades religiosas e, nas celebrações, preserva-se o uso de um rico património móvel. Arte, Cultura e Religião podem relacionar-se para ajudar o Homem a compreender a sua dimensão espiritual. Esta é uma das missões desta iniciativa, que relaciona, no domínio cultural, a autarquia e a Igreja. Segundo o novo Catecismo, “o homem exprime também a verdade da sua relação a Deus Criador pela beleza das suas obras artísticas. A arte é, com efeito, uma forma de expressão especificamente humana. Para além da busca da satisfação das necessidades vitais, comum a todas as criaturas vivas, a arte é uma superabundância gratuita da riqueza interior do ser humano”. Coordenada por Sérgio Gorjão, a exposição conta com obras de arte das Paróquias de Santa Maria de Óbidos e São Pedro de Óbidos, da Santa Casa da Misericórdia de Óbidos e do Santuário do Senhor Jesus da Pedra. É importante considerar o valor espiritual dos bens artísticos religiosos exibidos. A exposição pode ser visitada todos os dias, excepto segundas-feiras, das 10 às 13h00 e das 14 às 18h00, no Museu Paroquial de Óbidos, Igreja de São João Baptista (junto à Porta da Vila).


Toison d’Or

Joana Vasconcelos A galeria NovaOgiva, em Óbidos, recebe, até 25 de Junho, a exposição de trabalhos de uma das maiores artistas portuguesas de arte contemporânea da actualidade. Joana Vasconcelos mostra 15 das suas peças, numa mostra à qual deu o nome de “Toison d’Or”. A artista explica o título da exposição com “a ideia de cobrir uma entidade”, ou seja, “Toison d’Or mostra a ideia de um manto que protege e que leva a uma situação de poder”. Joana Vasconcelos expõe trabalhos feitos desde 2001 até 2006, nomeadamente os mais recentes feitos em colaboração com a conhecida fábrica de Faianças Artísticas Bordalo Pinheiro.

Sempre muito ligada à cultura portuguesa, Joana Vasconcelos faz um tributo ao “génio”, como lhe chama, Bordalo Pinheiro. “Foi feita por este grande artista português uma análise à fauna portuguesa” que Joana Vasconcelos está, dentro do possível, a recuperar e a transformar. Apesar dos moldes antigos estarem em mau estado, a artista tem estado em contacto com a fábrica de Faianças Artísticas para que alguns “desses animais criados por Bordalo Pinheiro, como a santola ou o caracol, possam ser recuperados”. Exemplos disso são os dois sardões que estão expostos nesta mostra e que estão completamente cobertos por “naprons”, mais uma vez na ideia de cobertura de uma entidade. Ainda numa vertente muito portuguesa, os visitantes podem apreciar, no terraço da galeria, a peça intitulada “Nécessaire”. Uma varanda tipicamente portuguesa que Joana Vasconcelos entende ser “necessário manter, para que não se percam os nossos pequenos jardins privados”. Na entrada da novaOgiva poderão ser ainda apreciados trabalhos feitos em lã, de dimensões gigantescas, como a “Pega”, a “Valquíria” ou a “Pantelmina”. “São peças que quebram o ambiente seguro do lar”, explica a artista. A mostra está patente até 25 de Junho, de terça a domingo, das 10 às 13h00 e das 14 às 18h00, na galeria novaOgiva, em Óbidos.

REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Exposição

ABR » 06

19


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

20

Arqueologia

Eburobrittium: alguns objectos de toilette Juvenal resumiu bem a importância dada ao espírito e ao corpo durante a época romana, na máxima mens sana in corpore sano. Para além da literatura clássica, o registo arqueológico tem evidenciado uma preocupação generalizada com a higiene e a saúde do corpo, através da existência de edifícios e instrumentos especializados. Em Eburobrittium, foi detectada parte de um complexo termal e alguns objectos de toilette, que descrevemos em seguida. Durante a campanha de 2002, procedeu-se à recolha de uma pequena pinça, em liga de cobre. Apresenta braços rectos, de extremidades inflectidas para o interior, e articulação superior de forma circular; tem vestígios do anel, que permitia regular a tensão entre os braços. Esta peça foi produzida a partir de uma

única tira em metal, de secção rectangular. As pinças serviam para a depilação do corpo e como instrumento auxiliar nas intervenções cirúrgicas. Na campanha de 2004, foram encontradas duas peças com particular interesse: um fragmento de unguentário em vidro e um fragmento de lígula em bronze. O fragmento de unguentário tem bordo extrovertido e lábio boleado, colo alto de paredes quase verticais e arranque de bojo; aproxima-se das formas 26a e 28a estabelecidas por C. Isings. Apresenta um vidro amarelado, leitoso, de boa qualidade, fabricado segundo a técnica do sopro; evidencia um grande grau de corrosão. Este exemplar é datável de meados do séc. I a finais do séc. III. Os unguentários foram utilizados na conservação de produtos cosméticos e farmacêuticos facilmente oxidáveis, por exemplo, perfumes, unguentos e medicamentos. O fragmento de lígula apresenta uma haste longa de secção circular, decorada com sulcos longitudinais, e pega definida por um conjunto de cinco molduras. Faltam ambas as extremidades: uma ponta em colher ou espátula e outra em forma de gota ou dardo. Trata-se de um instrumento multifuncional, empregue na higiene pessoal, na preparação e aplicação de produtos cosméticos e farmacêuticos ou, mesmo, nos exames médicos.

2. Lígula

3. Pinça


AMOREIRA Uma família de moleiros setecentista Damos hoje notícia de uma família de agricultores e moleiros da Amoreira: a família de Manoel de Christo, falecido a quinze de Setembro de 1770 e com inventário de partilhas iniciado a 26 de Dezembro do mesmo ano, por ordem do juiz do órfãos, o doutor Joaquim de Barros de Almeida. À data do falecimento, a família viveria em “humas cazas que constam de hum sobrado e huma logea com seu lagar e seu posso” pela qual pagavam “Foro com apenco de hum frango a Mezericordia de Peniche”. Dos bens de raiz, avaliados em 732 mil reis, fazem ainda parte “Duas cazas terreas com seu quintal aonde chamam o Outam em o lemite do lugar da Amoreyra”, “humas cazas terreas que constam de duas cazas com seu repartimento e seu bocadinho de quintal” e “huma morada de cazas que consta de trez sobrados e sinco logias com sua Estrebarya e palheiro com seu quintal que parte da banda do Norte com Rua”. A família explora, com a ajuda de “dous creados da casa”, Margarida e Pedro (a quem, à data da morte são devidas várias soldadas), dez talhos de terra, situados na Amoreira, Dagorda e Sobral da Alagoa, “hum arneiro no Cítio da Brigieyra”, duas “vargeas”, hum pomar e quatro vinhas. A par desta actividade agrícola, de que destacamos a produção vitivinícola armazenada em “sette Dornas de Choupo”, Manoel de Christo explora ainda “Hum Moynho de vento onde chamam a Serra”. Dos bens móveis, avaliados em cento e sete mil seiscentos e quarenta reis, constam várias peças de mobiliário (“Hum bofete de pao de fora”, “Huma Meza Redonda de pao de serjeira”) e oito painéis dos quais destacamos “Hum paynel de Sancto António em bom uso”, “Hum paynel de Nossa Senhora da Piedade”, “Hum paynel de Nossa Senhora Madre de Deos”, “Hum paynel do Senhor Jezus” e “Hum paynel da família Sagrada”. Avaliados os bens a partilha é feita entre a viúva Thereza de Andrade (que virá a falecer em 1776) e os filhos do casal: - Manoel de Christo, de mayor idade; - Barbara Maria, casada em segundas núpcias com Francisco Luiz Moreyra (enviuvara, em 1756, de Francisco Henriques de quem teve um filho baptizado com o nome de Francisco e nascido após a morte do pai.) e falecida em 1774; - Thereza Roza de Andrade; - Joze de Andrade, nascido a um de Abril de 1746 e baptizado a vinte quatro do mesmo mês pelo pároco Laurentino António Teixeira, tendo sido padrinhos Gregório Ferreira e a filha, Donna Catherina Bernarda de Essa da quinta do furadouro; - Luíza Barbara Thereza Roza, de mayor idade (à data da morte da mãe, está já casada com Joze Ferreira); - Thareza Roza de Andrade, de mayor idade; - Joanna Roza, de idade de vinte e três annos ( casada, no decurso do processo de partilhas, com Luis Moreyra e a residir na Villa de Peniche); - Jozé de Andrade de vinte e hum annos. Feitos os quinhões, a viúva herda a maior parte das propriedades agrícolas, o lagar e as casas anexas (hum sobrado e huma logea com seu lagar e seu posso), enquanto o filho mais velho, Manoel de Christo, dá continuidade à actividade de moleiro herdando o moinho de vento da Serra, provavelmente construído em madeira, localizado na Serra da Amoreira, eventualmente no local onde hoje podemos ainda ver dois moinhos de vento.

ARQUIVO HISTÓRICO MUNICIPAL Horário de funcionamento: 10h00-13h00 / 14h00-18h00 Local: Museu Municipal de Óbidos

REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Documentos com História

ABR » 06

21


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

22

Biblioteca Horário da Biblioteca Municipal 9 às 18 horas de 2ª a 6ª feira email: biblioteca@cm-obidos.pt tel.: 262 955 556

TÍTULO SOFIA GAMA E A PROFECIA DO TEMPLÁRIO AUTOR

Isabel Ricardo do Amaral EDIÇÃO

Impala/2003 PÚBLICO-ALVO

Juvenil

TÍTULO

ZORRO – O COMEÇO DA LENDA AUTORES

descoberta família terá de ultrapassar as diferenças e enfrentar o passado. Um romance cheio de intriga, amor, paixões e ira, que o vai prender do início ao fim do livro.

Isabel Allende EDIÇÃO

Círculo de Leitores/2005 PÚBLICO-ALVO

Adultos

TÍTULO

O LIVRO DAS EMOÇÕES AUTORES

Laura Esquivel EDIÇÃO

Uma missão quase impossível foi confiada ao jovem Lucas, o único templário sobrevivente de uma terrível batalha entre o Senhor das Trevas e os Cavaleiros do Bem. A sua missão é manter os medalhões sagrados a salvo e escapar com vida dos servos do Senhor das Trevas que tudo farão para o eliminar, impedindo que os medalhões sejam entregues aos Guerreiros da Luz de que fala a profecia do Mestre Templário. TÍTULO

Esta é a história de Diego de La Vega e de como se converteu no lendário Zorro. O heroísmo é uma ocupação mal remunerada, que amiudadas vezes conduz a um fim prematuro, e por isso atrai pessoas fanáticas ou com um doentio fascínio pela morte. Existem muito poucos heróis de coração romântico e de sangue leviano. Digamo-lo sem rodeios: não há nenhum como o Zorro.seu pai verdadeiro? A mãe, única pessoa capaz de responder a tão inquietante pergunta, já morreu… mas a verdade é impossível de apagar, e a recém-

Edições Asa/2003 PÚBLICO-ALVO

Adultos

Um livro corajoso e poético que nos fala de uma nova forma de liberdade. Neste pequeno livro há uma espécie de diálogo entre a emoção e pensamento, que o converte num manifesto a favor de uma nova forma de olhar para o ser humano.

A GALINHA MEDROSA AUTORES

António Mota EDIÇÃO

Gailivro/2000 PÚBLICO-ALVO

Infantil

Atelier Banda Desenhada em Portugal

Era uma vez uma galinha muito medrosa. Era tão medrosa que a própria sombra a assustava. Um dia, a galinha saiu do galinheiro e pôs-se a esgravatar no chão a ver se conseguia apanhar uma minhoca para meter no papo vazio. Quando um bocadinho de cal lhe cai na cabeça, começa esta deliciosa história tradicional, recontada por António Mota. TÍTULO

COMÉDIAS PARA SE LER NA ESCOLA AUTOR

Luís Fernando Veríssimo EDIÇÃO

Dom Quixote/2003 PÚBLICO-ALVO

Adultos

Este é um livro de textos curtos, fáceis e divertidos, escritos numa linguagem clara e coloquial. A originalidade e o humor do autor funcionam como um antídoto para quem ainda não descobriu o prazer de ler e um deleite para os leitores viciados.

Realizou-se no dia 14 de Março, pelas 11 horas da manhã, no Auditório Municipal Casa da Música, o Atelier Banda Desenhada em Portugal com a presença dos autores António Gomes de Almeida, Artur Correia e João Miguel Lameiras. Contado com a presença de cerca de 200 alunos da Escola Básica 2,3 Josefa d’ Óbidos, que preencheram por completo a Casa da Música, esta iniciativa do Município de Óbidos e da sua Biblioteca Municipal revelou-se desde logo um sucesso. Assim, o crítico e estudioso de BD, João Miguel Lameiras apresentou à audiência várias formas de trabalhar o texto e a ilustração na banda desenhada ao longo da sua história,

mostrando mesmo alguns exemplos práticos de alguns autores consagrados, tanto a nível nacional como internacional neste mundo da BD, como Hugo Pratt (Corto Maltese) e Frank Miller (Batman), entre outros. Já o argumentista de textos António Gomes de Almeida e o desenhador e ilustrador Artur Correia, autores celebrizados com as suas obras mais recentes História Alegre de Portugal I e II e Super-Heróis da História de Portugal, este considerado o Melhor Álbum Português de BD de 2005 pelo consagrado Festival de BD da Amadora, intitularam a sua comunicação com o título Como nasce um livro de BD, apresentando aos alunos o seu percurso desde os anos 50 em revistas de humor, de publicidade, na autoria de textos para rádio e televisão e na realização de filmes de desenhos animados. Igualmente, mostraram aos alunos o seu trabalho de parceria na execução dos seus álbuns de banda desenhada, exemplificando como trabalham os textos e os esboços das personagens e figuras apresentadas nas suas obras. Passando ao período de questões aos autores, a vasta audiência mostrou-se curiosa e deveras pertinente em questioná-los sobre como trabalham no seu dia à dia os seus livros de BD, ficando a ideia entre todos, autores, professores e alunos, que a banda desenhada é nos dias de hoje uma fonte literária essencial para promover o gosto pela leitura nos jovens, a par das obras mais clássicas da literatura ensinada nas nossas escolas.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Títulos de Imprensa

ABR » 06

23


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

24

Quem é quem

NOME JOANA CABAÇOS IDADE 26

NOME PEDRO MARQUES IDADE 26

Que tipo de função desempenha na Câmara Municipal de Óbidos? Sou auxiliar técnica de turismo e exerço funções no posto de turismo de Óbidos. Dou ainda apoio aos projectos “Óbidos visto pelas crianças” e “Pequenas Conquistas” como Catarina de Áustria, uma das três rainhas mais importantes que passaram por Óbidos.

Que tipo de função desempenha na Câmara Municipal de Óbidos? Sou operador de estações elevatórias, de tratamento ou depuradoras e, actualmente, sou responsável pelo sistema de automação e monitorização dos reservatórios de água de abastecimento público do concelho de Óbidos. Faço ainda o serviço de manutenção das centrais elevatórias de água, furos e depósitos e tratamento da água.

De todas as acções que o Município tem realizado ou vai realizar, o que destacaria? Destaco o programa das visitas guiadas destinado às crianças, o Mercado Medieval, o Festival de Teatro e o Festival do Chocolate. Isto porque são eventos que trazem muita gente a Óbidos, aumentando o fluxo de turismo de qualidade, cultural e de massas à vila. Que sugestão gostava de fazer à Câmara Municipal de Óbidos? Um espaço coberto ou semi-coberto para quando está a chover podermos fazer actividades com as crianças e um folheto de Óbidos um pouco mais detalhado, com mais informação para os muitos turistas que nos visitam, gratuito ou não.

De todas as acções que o Município tem realizado ou vai realizar, o que destacaria? Destaco a implementação do sistema de telegestão ao nível da água, uma vez que permite uma gestão mecanizada e monitorizada dos níveis dos reservatórios. Destaco ainda o Mercado Medieval e as Redes de ATL “Crescer Melhor” e Centros de Convívio “Melhor Idade”. Que sugestão gostava de fazer à Câmara Municipal de Óbidos? O executivo, na minha opinião, tem feito um excelente trabalho nestes últimos anos. No entanto, gostaria que se melhorassem as condições físicas de trabalho nos nossos armazéns para que haja uma melhor execução dos trabalhos.


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Deliberações

06 de Março de 2006 • Foi aprovada por unanimidade a proposta de alteração ao Regulamento do Crescer Melhor. Mais foi deliberado remeter à Assembleia Municipal para apreciação e eventual aprovação. • Em face da informação do Chefe de Serviços de Turismo sobre o apoio financeiro a atribuir Rancho Folclórico Etnográfico da Capeleira, no âmbito do Programa de Apoio a Actividades Culturais, a Câmara deliberou por unanimidade conceder a esta associação um apoio financeiro no valor de 2.500,00 €. • A Câmara deliberou por unanimidade atribuir à Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Santa Maria de Óbidos um apoio financeiro no valor de 2.270,00 €, destinado a obras de restauro no altarmor, no tecto e na abóbada da Capela de Santa Ana, sita no Pinhal. • Por unanimidade a Câmara aprovou o projecto base de arquitectura do Complexo Escolar de Óbidos. • A Câmara deliberou por unanimidade lançar a concurso público a construção do Complexo Escolar de Óbidos, com componente de concepção ao nível dos

projectos de especialidades. Mais deliberou, também por unanimidade, aprovar os respectivos Programa de Concurso e Caderno de Encargos. • A Câmara deliberou por unanimidade atribuir à Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Santa Maria de Óbidos um apoio financeiro, no valor de 4.417,00 €, para a realização de obras na igreja de São Pedro. 20 de Março de 2006 • A Câmara deliberou por unanimidade aprovar a repartição dos encargos com a empreitada de “Construção da Creche e ATL do Olho Marinho” pelos anos de 2006 e 2007, devendo efectuar-se a respectiva alteração ao PPI e Orçamento, de acordo com o que foi solicitado na informação nº 5/2006 do Gabinete Técnico. • A Câmara aprovou por unanimidade o Protocolo a celebrar entre a Câmara Municipal de Óbidos e a Associação Comercial dos Concelhos de Caldas da Rainha e Óbidos, no âmbito do Projecto Urbcom - Área de Intervenção de Óbidos. • O executivo camarário aprovou por unanimidade o projecto de Protocolo a

celebrar entre o Município de Óbidos e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, cujas cláusulas estabelecem as competências de ambas as partes na condução do veículo denominado Unidade Móvel de Saúde. • A Câmara deliberou por unanimidade atribuir à Associação Minha Casa um apoio financeiro, no valor total de 300,00 €, para a participação na iniciativa “Futebol de Rua 2006”. 22 de Março 2006 – reunião extraordinária • Foi aprovada por unanimidade a Carta Educativa do Concelho de Óbidos. Foi também deliberado remeter esta Carta à Assembleia Municipal para apreciação e eventual aprovação. REUNIÕES DE CÂMARA DESCENTRALIZADAS Santa Maria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 22 Maio São Pedro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 19 Junho Sobral da Lagoa. . . . . . . . . . . . . . . . . . 17 Julho Usseira. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Agosto Vau. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18 Setembro

ABR » 06

25


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

ABR » 06

26

Edital

EDITAL

Nos termos da Lei n.º26/94 de 19 de Agosto, artº1º n.º1, artº2º n.º2 e artº3º n.º2 e n.º3, vem a Câmara Municipal de Óbidos fazer públicas as Transferências Correntes e de Capital efectuadas durante o ano 2005 para o sector privado, como a seguir se discriminam:

9 – Fábrica Igreja Paroquial Freguesia de S. Maria Madalena de A-Dos-Negros 14.693,92 € ........................Deliberação: 07.07.03 15.000,00 € ........................Deliberação: 20.06.05

1 – Fábrica Igreja Paroquial Freguesia de S. Maria de Óbidos 48.603,40 € ........................Deliberação: 06.09.04 8.663,50 € ........................Deliberação: 07.02.05 1.170,00 € ........................Deliberação: 09.01.05

10 – Associação Presente e Futuro de A-da-Gorda Apoio 3ª Idade, Infância e ATL 748,99 € ........................Deliberação: 16.08 e 05.09.05 4.000,00 € ........................Deliberação: 28.11.05 1.671,14 € ........................Deliberação: 16.08 e 05.09.05 14.672,46 € ........................Deliberação: 24.10.05

2 – CDC – Centro de Dança Contemporânea, Lda. 15.000,00 € ........................Deliberação: 16.02.04 3 – Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Óbidos 60.000,00 € ........................Deliberação: 20.12.04 200,00 € ........................Deliberação: 21.02.05 36.777,18 € ........................Deliberação: 06.09.04 55.041,60 € ........................Deliberação: 16.08.04 10.000,00 € ........................Deliberação: 20.12.04 75.000,00 € ........................Deliberação: 01.08.05 16.223,52 € ........................Deliberação: 05.09.05 4 – Sociedade Cultural e Recreativa Gaeirense 9.500,00 € ........................Deliberação: 15.11.04 2.750,00 € ........................Deliberação: 05.09.04 2.550,00 € ........................Deliberação: 03.10.05 9.500,00 € ........................Deliberação: 07.11.05 18.310,00 € ........................Deliberação: 03.10.05 5 – Sociedade Musical e Recreativa Obidense 8.440,00 € ........................Deliberação: 06.10.04 9.500,00 € ........................Deliberação: 16.05.05 6 – Serviços Sociais dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Óbidos 22.000,00 € ........................Deliberação: 19.09.05 7 – Centro S.C. e Recreativo da Amoreira 664,50 € ........................Deliberação: 2.792,50 € ........................Deliberação: 500,00 € ........................Deliberação: 25.000,00 € ........................Deliberação:

16.08.04 05.09.05 24.10.05 18.04.05

8 – Centro Social e Cultural P/Desenvolvimento Olho Marinho 5.959,50 € ........................Deliberação: 16.08.04 1.211,50 € ........................Deliberação: 05.09.05 1.500,00 € ........................Deliberação: 20.06.05 2.535,00 € ........................Deliberação: 19.12.05 23.500,00 € ........................Deliberação: 20.06.05 3.500,00 € ........................Deliberação: 16.08.05 3.000,00 € ........................Deliberação: 05.12.05

11 – Óbidos Patrimonium – Eventos Festivos, Tur. E Culturais, E.M. 10.000,00 € ........................Deliberação: 03.01.05 3.000,00 € ........................Deliberação: 07.02.05 30.000,00 € ........................Deliberação: 21.02.05 15.000,00 € ........................Deliberação: 21.03.05 15.000,00 € ........................Deliberação: 06.06.05 121.000,00 € ........................Deliberação: 07.06.05 7.000,00 € ........................Deliberação: 29.09.05 25.000,00 € ........................Deliberação: 07.11.05 12 – Centro Cultural, Social e Recreativo Arelhense 1.280,00 € ........................Deliberação: 07.07.05 2.750,00 € ........................Deliberação: 05.09.05 602,10 € ........................Deliberação: 24.10.05 6.000,00 € ........................Deliberação: 28.11.05 981,94 € ........................Deliberação: 19.12.05 2.897,90 € ........................Deliberação: 07.07.05 1.365,38 € ........................Deliberação: 05.12.05 13 – Fábrica Igreja Paroquial Freguesia de São Sebastião, Sobral da Lagoa 15.000,00 € ........................Deliberação: 07.07.03 14 – Fábrica Igreja Paroquial Freguesia Nossa Senhora Aboboriz, Amoreira 7.461,33 € ........................Deliberação: 19.01.05 15.000,00 € ........................Deliberação: 07.03.05 Para constar se passou o presente Edital, e outros de igual teor, que vão ser afixados nos lugares públicos do costume. E eu, Lúcia Conceição Alves Fernandes, Chefe de Secção de Contabilidade, desta Câmara o subscrevi. Paços do Concelho de Óbidos, 22 de Março de 2006. O Presidente da Câmara

Dr. Telmo Henrique Correia Daniel Faria


REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

DESEJO RECEBER A REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS NOME MORADA

ABR » 06

CÓDIGO POSTAL

27

LOCALIDADE

E-MAIL CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS - GABINETE DE COMUNICAÇÃO LARGO DE SÃO PEDRO 2510 - 086 ÓBIDOS

CONTACTOS

ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO EXECUTIVO PRESIDENTE DA CÂMARA TELMO FARIA HORÁRIO DE ATENDIMENTO TERÇAS-FEIRAS 09:00 / 13:00 - 14:00 / 17:00 (por marcação)

ATENDIMENTO GERAL Tel.: 262 955 500 Fax: 262 955 501 geral@cm-obidos.pt GABINETE DE APOIO À PRESIDÊNCIA José Parreira Tel.: 262 955 551 gap@cm-obidos.pt GABINETE DE APOIO À VEREAÇÃO Ricardo Capinha Tel.: 262 955 525 gav@cm-obidos.pt GABINETE DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL José Filipe Leitão Ribeiro Tel.: 262 959 010 gdrural@cm-obidos.pt GABINETE DE COMUNICAÇÃO E DESIGN David Vieira Tel.: 262 955 540 gcomunicacao@cm-obidos.pt rio@cm-obidos.pt Susana Santos Tel.: 262 955 541 design@cm-obidos.pt GABINETE DE TURISMO Francisco Salvador Tel.: 262 955 561 turismo@cm-obidos.pt MUSEU MUNICIPAL DE ÓBIDOS Tel.: 262 955 557 museu.municipal@cm-obidos.pt REDE DE MUSEUS E GALERIAS Sérgio Gorjão Tel.: 262 955 557 cultura@cm-obidos.pt Joana Aurélio galerias@cm-obidos.pt ÓBIDOS PATRIMONIUM E.M. Tel.: 262 955 561 Fax: 262 955 524 obidospatrimonium@cm-obidos.pt ÓBIDOS VISTO PELAS CRIANÇAS Manuela Pereira Tel.: 262 955 514 obidos.criancas@cm-obidos.pt

GABINETE DOS VEREADORES PEDRO FÉLIX HUMBERTO MARQUES PAULO LEANDRO HORÁRIO DE ATENDIMENTO TERÇAS-FEIRAS 09:00 / 13:00 - 14:00 / 17:00 (por marcação)

RESTAURANTE ESCOLA Carla Pinho Tel.: 262 955 561 DINAMIZAÇÃO CULTURAL Filipe Pessanha Tel.: 262 955 558 LOJA DE ÓBIDOS Tel.: 262 955 580 BIBLIOTECA MUNICIPAL Tel.: 262 955 556 biblioteca@cm-obidos.pt CENTRO DE INTERVENÇÃO SOCIAL Crescer Melhor; Melhor Idade; Programa Municipal de Incentivos à Juventude; Saúde Melhor; Óbidos Voluntário; Re-Habitar; Univa/Clai; Gabinete de Apoio à Família; Núcleo de Gestão dos Programas de Intervenção Social Tel.: 262 950 682 ENSINO RECORRENTE Isabel Araújo Tel.: 262 959 836 info@eb1-ensino-recorrente.rcts.pt ARQUIVO HISTÓRICO MUNICIPAL Ricardo Pereira Tel.: 262 955 500 (ext. 332) arquivohist@cm-obidos.pt GGPH - GABINETE DE GESTÃO DO PATRIMÓNIO HISTÓRICO Diogo Corrêa Tel.: 262 959 947 ÓBIDOS REQUALIFICA, E.M. Luís Salles Tel.: 262 955 440 obidos.requalifica@mail.telepac.pt GABINETE DE METROLOGIA Octávio Alves Tel.: 262 955 543 GABINETE DE ARQUEOLOGIA Beleza Moreira Tel.: 937 755 593 GABINETE TÉCNICO FLORESTAL Nuno Machado Tel.: 262 959 425 FISCAL MUNICIPAL Octávio Pinto Tel.: 262 955 528

CASA DA MÚSICA Tel.: 262 955 583 ESPAÇO SÃO TIAGO Tel.: 262 959 947 COMPLEXO DESPORTIVO Tel.: 262 955 590 PISCINAS MUNICIPAIS Tel.: 262 955 550 Fax: 262 955 589 POSTO DE INFORMAÇÃO DE TURISMO Tel.: 262 955 555 posto.turismo@cm-obidos.pt ARMAZÉM CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS Tel.: 262 955 511 / 548 PAC (POSTO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO) Tel.: 262 955 522 pac@cm-obidos.pt PIQUETE ÁGUAS Tel.: 262 955 510 Tlm.: 937 400 400 piquete@cm-obidos.pt G.N.R. ÓBIDOS Tel.: 262 959 990 PROTECÇÃO CIVIL Tel.: 262 955 515 Fax: 262 955 516 proteccao.civil@cm-obidos.pt BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ÓBIDOS Urgências Tel.: 262 959 144 Atendimento Geral Tel.: 262 959 728 Fax: 262 959 700 R.T.O. - REGIÃO DE TURISMO DO OESTE Tel.: 262 955 060 info@rt-oeste.pt ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DO OESTE Tel./Fax: 262 839 030 JUNTA DE FREGUESIA DE A-DOS-NEGROS Tel.: 262 958 602 Fax: 262 958 009 freg.dosnegros@mail.telepac.pt

JUNTA DE FREGUESIA DE AMOREIRA Tel.: 262 969 334 Fax: 262 969 002 junta.amoreira@mail.telepac.pt JUNTA DE FREGUESIA DE GAEIRAS Tel.: 262 958 671 Fax: 262 958 670 junta.gaeiras@mail.telepac.pt www.jf-gaeiras.com JUNTA DE FREGUESIA DE OLHO MARINHO Tel.: 262 969 103 Fax: 262 965 069 juntafreguesia-olhomarinho@cyclopnet.pt www.olhomarinho.net JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO PEDRO Tel.: 262 950 555 Fax: 262 950 579 freg.saopedro.obd@mail.telepac.pt JUNTA DE FREGUESIA DE SANTA MARIA Tel.: 262 958 802 Fax: 262 958 779 jfs.maria.obidos@mail.telepac.pt JUNTA DE FREGUESIA DE SOBRAL DA LAGOA Tel.: 262 968 630 Fax: 262 968 656 JUNTA DE FREGUESIA DE USSEIRA Tel.: 262 950 588 Fax: 262 950 599 jfusseira@clix.pt JUNTA DE FREGUESIA DE VAU Tel.: 262 968 670 Fax: 262 968 670 freg.vau.obd@sapo.pt FARMÁCIA OLIVEIRA (ÓBIDOS) Tel. 262 959 198 FARMÁCIA VITAL (AMOREIRA) Tel. 262 969 425 FARMÁCIA HIGIÉNICA (OLHO MARINHO) Tel. 262 969 130 Para mais informações consulte a nossa página na internet em: www.cm-obidos.pt


ANO Nº DATA DIRECTOR PROPRIEDADE EDITOR PAGINAÇÃO FOTOGRAFIA IMPRESSÃO DEPÓSITO LEGAL TIRAGEM

3 32 ABRIL 2006 PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS - TELMO HENRIQUE CORREIA DANIEL FARIA CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS DAVID VIEIRA SUSANA SANTOS ARQUIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS GTO 2000 - SOC. DE ARTES GRÁFICAS, LDA. 186600/02 4000 EX.

www.cm-obidos.pt


SEMANA SANTA EMOCIONA oBIDOS