Page 1

REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS INFO MAIL | TAXA PAGA

ÓBIDOS A CONSTRUIR O FUTURO

Piscinas Municipais

Barragem Arnóia

Quartel BVO

AGOSTO a OUTUBRO 2004


24 a 33

Animação de Verão 2004

4

6

10

13

14

16

18

19

22

23

25

38

Obras

Autarquia

Baptismo de Voo

Geração Millenium

2

Quartel BVO

Ministra da Ciência

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Modernização Administrativa

Barragem

II Expo Lavoura

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Selecção Nacional

Piscinas Municipais

Deliberações


3

Editorial

Após uma pequena intervenção na nossa RIO, que prepara um refrescamento na sua linha gráfica, o presente número, para compensar, vem com praticamente o dobro das páginas trazendo as notícias dos diversos acontecimentos, que desde de Agosto até ao início de Outubro foram realizados um pouco por todo o concelho. Dessa diversidade pode actualmente fazer-se um balanço e perceber a dinâmica que estamos a conseguir gerar, criando um ambiente muito propício ao investimento no concelho e gerador de um entusiasmo que multiplica confiança e apostas de terceiros. Um exemplo desse ambiente foi verificado a nível nacional com as televisões a registarem a verdadeira desgraça que assolou o País na área educativa, com reportagens atrás de reportagens. É certo que ninguém falou da abertura, mais cedo que o habitual, do início do ano lectivo nas universidades, certamente pela valorização que preferimos dar aos aspectos negativos com que educação em Portugal está comprometida. E nesse aspecto não vale a pena exibir a nossa permanente lamúria e desconsolo face a tão referido sistema. Tive e penso que a generalidade dos obidenses teve orgulho em saber (e dever) que no meio de tanta miséria, da não colocação de professores a obras por realizar nas escolas da parte de algumas autarquias, especialmente a RTP e a TVI, quiseram contrabalançar com uma mensagem positiva. Uma que não focasse apenas o problema, mas a solução. Foi nesse âmbito que o projecto “Crescer Melhor” surgiu como uma solução para centenas de crianças e de famílias, exibida a nível nacional, e que não escapou às televisões nos seus horários nobres ou à restante imprensa nacional.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Considero, aliás, que, cada vez mais, a política autárquica deve ser enriquecida por políticas transversais e não apenas dominada por equipamentos, como aqueles que ilustram a nossa capa deste mês. Se umas piscinas, um novo quartel de bombeiros, escolas, museus, ou boas infra-estruturas são indispensáveis ao nosso conforto, não são menos importantes as políticas destinadas a servir grandes grupos e camadas da população, especialmente através das chamadas políticas sociais. Para além do projecto “Crescer Melhor”, já implantado no terreno, outros programas estão a ser preparados, cuja apresentação pública vai ser realizada no próximo dia 11 de Janeiro, Feriado Municipal, e que vão constituir uma verdadeira revolução social pelos benefícios e pelos equilíbrios que irão gerar entre a nossa comunidade, tocando positivamente em milhares de pessoas do nosso concelho. É uma parte de um grande sonho que nos preparamos para cumprir: criar medidas, ao lado de um ciclo de obras nunca visto na história do Municipio, que façam de Óbidos um concelho onde dê orgulho viver.

O Presidente da Câmara Municipal de Óbidos

Telmo Henrique Correia Daniel Faria

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

3


4

Obras Continua o grande esforço no saneamento básico por todo o concelho, nomeadamente com a renovação de tubos e condutas. É uma obra que não se vê, que causa transtorno, mas que é essencial ao desenvolvimento do concelho. A renovação tem que ser total. 1 – Casal da Areia: Antes do alcatrão a CMO renova condutas do saneamento básico.

OBRAS

2 – Arnóia: As obras da barragem de Óbidos aproximam-se do fim.

4 – Gaeiras: A CMO tem dedicado especial atenção aos centros urbanos. Passeios, saneamento e nova iluminação pública é a renovação das nossas terras. Aqui o exemplo das Gaeiras.

6 – Amoreira: A CMO investe na localidade de Amoreira. Depois de melhorar os pisos de asfalto vem o embelezamento.

3 – Arnóia: São já visíveis os trabalhos de terraplanagem na barragem.

5 – Óbidos: Obras do novo quartel dos Bombeiros de Óbidos.

7 – Amoreira: Junto ao cemitério é possível encontrar, a partir de agora, novas bolsas de estacionamento.

4

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004


A Câmara continua a apostar na educação. Os edifícios escolares estão a ser renovados. 8 – Sobral da Lagoa: Aspecto do Jardim de Infância depois de alguns trabalhos de remodelação.

9 – A-dos-Negros: Foram realizadas obras de remodelação no Jardim de Infância.

11 – Amoreira: Antes do ano lectivo começar vários Jardins de Infância foram alvo de obras.

13 – Óbidos: É já visível a estrutura do edifício das Piscinas Municipais.

10 – Gracieira: A CMO procedeu a trabalhos de recuperação neste Jardim de Infância.

12 – Sobral da Lagoa: O edifício da sede da Junta, Jardim de Infância e Salão Recreativo foi todo pintado e conservado.

14 – Óbidos: O local onde está a ser construída a piscina municipal de 25 metros.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

5 19


6

Autarquia 1 – Emanuel durante as gravações do teledisco, em Óbidos

Emanuel grava teledisco em Óbidos O conhecido cantor popular Emanuel esteve no passado dia 22 de Julho em Óbidos para gravar o teledisco do seu último trabalho. “Brinca comigo Maria” é o título do novo disco de Emanuel que, segundo o produtor, João Carlos Costa, “é já um sucesso nas rádios nacionais, a caminhar para o disco de ouro”. Este novo tema do conhecido cantor fala sobre “o amor de um bombeiro por uma Maria”, explica o produtor, acrescentando que, por isso, “a corporação dos Bombeiros de Óbidos foi convidada a participar neste videoclip”. O teledisco começou numa das ruas da vila de Óbidos e teve Emanuel e o público em geral como principais protagonistas. “A ideia é o Emanuel entrar na vila e arrastar com ele, pela sua alegria, todas as pessoas. A par desta situação, desenrola-se a história de aproximação do bombeiro pela Maria”, explicou João Carlos Costa. Com entrada directa no top português, o videoclip vai passar em várias televisões em todo o mundo onde se fala português, nomeadamente nas comunidades lusas da Califórnia, Newark e Austrália.

Campanha de Escavações em Eburobrittium Entre 28 de Junho e 13 de Agosto decorreu mais uma campanha de escavações na cidade romana de Eburobrittium. Os trabalhos foram da responsabilidade de Beleza Moreira, coordenador do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal, e neles participaram jovens estudantes da região. A escavação possibilitou a recolha de diverso espólio e a detecção de novas estruturas, datáveis do período romano e da época medieval/moderna. Estes dados permitem uma melhor compreensão do urbanismo da cidade e da forma como o sítio foi reocupado. Confirmou-se a cronologia romana proposta para Eburobrittium, segundo a qual terá sido fundada em finais do século I a.C. e abandonada na segunda metade do século V d.C, tendo parte do sítio sido recuperado durante a época medieval/moderna.

6 20

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – Toda a equipa de escavação da campanha deste ano

3 – As escavações decorreram de 28 de Junho a 13 de Agosto

Esta intervenção teve, como habitualmente, o apoio da Câmara Municipal de Óbidos e da Associação Nacional de Farmácias.

“Mendigo Bazilyus” entrega “esmolas” à Santa Casa da Misericórdia O figurante Joaquim Vieira Basílio, “pedinte leproso” do Mercado Medieval de Óbidos, enviou para Câmara Municipal um cheque com o valor integral das “esmolas” recebidas entre os dias 15 e 25 de Julho. O “Mendigo Bazilyus” angariou 557.09 euros em “esmolas” e entrega, através do Município, esse dinheiro à Santa Casa da Misericórdia de Óbidos.

AGOSTO a OUTUBRO 2004


4 – O conhecido mendigo angariou mais de 500 euros em esmolas e entregou-as à Misericórdia

RTP e TVI fazem reportagem sobre ATL

5 – O nadador salvador da praia do Bom Sucesso

Nadador Salvador na Praia do Bom Sucesso Durante a época balnear, no horário das 10 às 20 horas, todos os dias, a Câmara Municipal de Óbidos contratou para a praia do Bom Sucesso um nadador salvador e adquiriu material para socorro e uma moto 4 para aumentar o raio de acção e rapidez no salvamento. O objectivo da colocação ao serviço desde nadador salvador, acreditado com o curso de nadador salvador pelo Instituto de Socorros a Náufragos, foi socorrer quaisquer pessoas em perigo de afogamento e permitir que fossem prontamente ministrados os primeiros socorros aos possíveis sinistrados.

Numa ocasião quem que a não colocação de professores e o atraso da abertura das aulas estava na ordem do dia, a Câmara Municipal de Óbidos abriu as suas salas de actividades de tempos livres (ATL) para os alunos do concelho, no âmbito do projecto “Crescer Melhor”. Esta abertura chamou a atenção dos meios de comunicação social nacionais e regionais, tendo a RTP e a TVI, no dia da abertura, a 20 de Setembro, feito uma reportagem sobre a abertura dos ATL. No meio de tantos problemas a nível nacional, Óbidos conseguiu dar o exemplo e arranjar as soluções para os alunos e pais do concelho.

As reportagens da RTP e da TVI passaram nos principais blocos informativos

Carlos Seixas

III Centenário de Nascimento (1704-1742)

15 a 29 de Outubro, 21h30

Museu Paroquial de Óbidos Organização:

Inf. 262 959 231 e www.cm-obidos.pt

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Óbidos 2004

Temporada de Cravo RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

7


8

Autarquia 1 – A CMO associou-se ao Dia Mundial do Coração com um Passeio Pedestre

Dia Mundial do Coração – Óbidos No passado dia 26 comemorou-se o Dia Mundial do Coração. O Município de Óbidos, através do Sector de Desporto, decidiu comemorar a data com um passeio pedestre que contou com 37 inscritos. A Fundação do Coração associou-se ao evento, oferecendo t-shirts; o Instituto do Desporto de Portugal ofereceu pedómetros (conta passos); os Bombeiros Voluntários de Óbidos participaram com uma ambulância e dois elementos da corporação; e o Centro de Saúde participou com uma enfermeira, que mediu a tensão arterial dos participantes e realizou o teste para despiste da diabetes. Por volta das 11h00 partiram os caminheiros enquadrados por quatro guias rumo à Porta da Vila, em Óbidos, seguindo pela rua Direita. No miradouro do Jogo da Bola, que dá acesso ao Parque Cinegético de Óbidos, o grupo seguiu para a Igreja do Mocharro, linha-férrea e, sempre em terra batida, até ao Carregal. Depois da chegada ao Arelho, os caminheiros fizeram o percurso pedestre dos Patos Reais, com uma vista deslumbrante sobre a Lagoa de Óbidos. Paragem para descanso, depois de percorridos 7,5 quilómetros, com oferta, por parte do Município, de águas, chocolates e bebidas isotónicas. Dez minutos de descanso merecido e tranquilidade, manifestando a maioria dos presentes admiração pela beleza do local. Seguiu-se a volta pelo mesmo trajecto. Após 15

2 – Todos os participantes neste Passeio Pedestre

8

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

quilómetros, o grupo chegou ao Pavilhão Municipal, local da partida, cerca das 13h00. O passeio foi do agrado dos participantes, não só pelo seu percurso, como pela organização do Município. Cerca de 50 por cento dos caminheiros vieram de Torres Vedras, Bombarral, Caldas da Rainha e Lisboa. E com esta vontade de voltar, a autarquia está já a pensar em organizar iniciativas deste género que proporcionem exercício físico e que dêem, ao mesmo tempo, a conhecer as belezas naturais do concelho de Óbidos.

Igreja de Santa Maria Madalena em A-dosNegros recuperada

3 – O interior da igreja de A-dos-Negros

O Secretário de Estado da Administração Local, José Cesário, deslocou-se, no passado dia 17 de Setembro, a A-dos-Negros, concelho de Óbidos, pelas 18h00, para o anúncio da aprovação da candidatura de recuperação da igreja de Santa Maria Madalena. O governante visitou o monumento por forma a tomar conhecimento das principais obras de que vai ser alvo. José Cesário e a restante comitiva deslocaram-se, posteriormente, até à sede da Junta de Freguesia de A-dosNegros onde o contrato-programa foi assinado. Trata-se de um investimento total de 50 mil euros, dos quais 50 por cento serão financiados pela Administração Central e os restantes 50 por cento pelo Município.

AGOSTO a OUTUBRO 2004


4 – José Cesário (ao centro) assina o Contrato Programa para a recuperação da igreja

“Batatada” volta ao Pinhal de Óbidos A Festa de Sant’Ana ou Batatada, como é mais conhecida, teve lugar no passado dia 22 de Setembro, no Pinhal. Esta é uma festa de cariz popular, que remonta a 1928, e que junta milhares de forasteiros de vários pontos da região e do País para apreciar bacalhau com batatas numa grande festa, que decorre no Pinhal de Óbidos, cujo ponto alto foi o final da tarde.

6 – O Fórum do Urbanísmo serviu para melhorar a relação entre técnicos e entidades

6 – Milhares de pessoas deslocaram-se ao Pinhal

I Fórum de Urbanismo de Óbidos Realizou-se no passado dia 14 de Outubro de 2004, na Casa da Música, a partir 18h00, o I Fórum de Urbanismo de Óbidos. Tratou-se de uma iniciativa inédita no concelho e que pretendeu aproximar, cada vez mais, as diversas entidades ligadas a este sector, nomeadamente os agentes técnicos (engenheiros, arquitectos e desenhadores). Esta foi uma reunião que teve ainda como objectivo contribuir para que o concelho de Óbidos tenha um urbanismo cada vez mais completo e que cumpra, de forma mais aperfeiçoada, os objectivos dos proprietários e promotores de desenvolvimento da região. Matérias como a resolução de problemas de natureza técnica ou administrativa, novas medidas de

AGOSTO a OUTUBRO 2004

modernização administrativa, reordenamento do território/ planos e revisão do PDM, projectos especiais, novos investimentos, requalificação urbana, modelos de gestão, entre muitas outras, foram discutidas neste I Fórum do Urbanismo de Óbidos. Para este encontro foi convidada a participar grande parte dos técnicos do concelho e da região, especialmentem, aqueles que mais projectos apresentam no município. No encontro foram colocadas várias questões que se apresentam no dia-a-dia, aproveitando o município para esclarecer e expor algumas das iniciativas e procedimentos que está a desenvolver. A reunião, onde estiveram cerca de 50 participantes, terminou com um jantar. No início do novo ano voltará o Fórum, desta vez dedicado especialmente à temática da actual proposta da CMO de revisão do PDM.

CMO organiza jantar com professores A CMO vai realizar no próximo dia 22 de Novembro um jantar com todos os professores em funções no concelho de Óbidos. Neste jantar, que será não só de boas-vindas, como de homenagem, serão apresentados os investimentos para 2005 para o sector da Educação, por parte da autarquia. Alguns professores, já na reforma, receberão neste encontro a devida homenagem pela sua dedicação ao concelho.

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

9


10

Protocolo de Modernização Administrativa 1 – Junta de Freguesia de A-dos-Negros

Freguesias de Óbidos recebem investimento de 364 mil euros Todas as nove freguesias do Concelho de Óbidos celebraram, no passado dia 30 de Setembro, em Torres Vedras, protocolos de modernização administrativa. A cerimónia contou com a participação do secretário de Estado da Administração Local, José Cesário, e envolveu um montante global, para o concelho de Óbidos, de cerca de 364 mil euros, com 50 por cento de comparticipação estatal e 50 por cento de investimento directo das Juntas de Freguesia e Câmara Municipal.

4 – Junta de Freguesia de Olho Marinho

3 – Junta de Freguesia de Amoreira

5 – Junta de Freguesia de Sobral da Lagoa

3 – Junta de Freguesia de Gaeiras

6 – Junta de Freguesia de São Pedro

10

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004


7 – Junta de Freguesia de Usseira

Freguesias A-dos-Negros

Amoreira

Gaeiras

Olho Marinho

Sobral da Lagoa

Santa Maria

São Pedro

Usseira

Vau

8 – Junta de Freguesia do Vau

Valores

Valor Total com IVA

Despesa prevista para 2004

Despesa prevista para 2005

de Projecto

47.724,73 €

do Financiamento

23.862,37 €

7.954,12 €

15.908,24 €

do investimento

23.862,37 €

7.954,12 €

15.908,24 €

de Projecto

29.694,38 €

do Financiamento

14.847,19 €

4.949,06 €

9.898,13 €

do investimento

14.847,19 €

4.949,06 €

9.898,13 €

de Projecto

20.269,90 €

do Financiamento

10.134,95 €

3.378,32 €

6.756,63 €

do investimento

10.134,95 €

3.378,32 €

6.756,63 €

de Projecto

68.774,28 €

do Financiamento

34.387,14 €

11.462,38 €

22.924,76 €

do investimento

34.387,14 €

11.462,38 €

22.924,76 €

de Projecto

39.485,13 €

do Financiamento

19.742,57 €

6.580,86 €

13.161,71 €

do investimento

19.742,57 €

6.580,86 €

13.161,71 €

de Projecto

48.993,61 €

do Financiamento

24.496,81 €

8.165,60 €

16.331,20 €

do investimento

24.496,81 €

8.165,60 €

16.331,20 €

de Projecto

37.391,56 €

do Financiamento

18.695,78 €

6.231,93 €

12.463,85 €

do investimento

18.695,78 €

6.231,93 €

12.463,85 €

de Projecto

49.602,31 €

do Financiamento

24.801,16 €

8.267,05 €

16.534,10 €

do investimento

24.801,16 €

8.267,05 €

16.534,10 €

de Projecto

21.958,51 €

do Financiamento

10.979,26 €

3.659,75 €

7.319,50 €

do investimento

10.979,26 €

3.659,75 €

7.319,50 €

Valor total dos projectos

363.894,41 €

Valor total do financiamento

181.947,21 €

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

11


12

Loja Óbidos 1 – Aspecto interior da loja

Nova Loja de Óbidos é um verdadeiro sucesso Abriu a 30 de Maio e é já um dos maiores sucessos em Óbidos. A nova Loja de Óbidos, localizada na Casa do Pelourinho, em pleno centro de Óbidos, pretende, acima de tudo, vender produtos ligados à história da vila, ao seu património cultural e edificado. Todos os produtos são originais, estando, numa primeira fase, apenas à venda na Loja de Óbidos. A política de gestão da Loja de Óbidos visa colmatar uma evidente lacuna nesta área. A abertura deste espaço não pretende, de forma alguma, retirar campo de mercado aos lojistas da Vila, mas sobretudo complementar a oferta neste domínio específico. Embora seja necessária a rentabilização financeira através da venda dos produtos (recuperável para a produção de mais produtos ou desenvolver outras acções na esfera da cultura), o objectivo primordial é disponibilizar materiais com especial incidência naqueles que se revestem de um claro sentido pedagógico ou de promoção do Património Cultural. Segundo Maria José Sobral, uma das responsáveis pela criação deste espaço, “os produtos para venda são exclusivos, com marca registada, e só quem poderá trabalhar e comercializar é a Câmara Municipal”. Maria José Sobral explica que “todos os produtos são inspirados em motivos de Óbidos, dados arqueológicos, azulejaria, obras de arte, esculturas, património... No fundo, tudo o que Óbidos tem para oferecer, inclusive a Lagoa”. Quem se deslocar à Loja de Óbidos pode encontrar um vasto conjunto de produtos, desde lápis a blocos de notas, passando por porcelanas, objectos em vidro para decoração, outros para uso pessoal, peças de vestuário diversas, entre muitos outros. Tudo com o cunho da exclusividade e da qualidade. Porque Óbidos reflecte isso mesmo. Recorde-se que, inicialmente, a Loja de Óbidos funcionava no Solar da Praça de Santa Maria. No entanto, por questões de estratégia turística, de localização e de

12

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

espaço, a autarquia decidiu instalar a Loja na Casa do Pelourinho, inaugurada no passado mês de Janeiro, pelo ex-Primeiro-Ministro, Durão Barroso. O projecto e design de interiores pertencem aos arquitectos Paulo Maldonado e Leonor Ferrão, do Atelier Tékhnê, e é inspirado na pintora Josefa de Óbidos. O tecto, por exemplo, é totalmente forrado por um pormenor de um dos quadros da pintora, assim como no chão existem poemas de Josefa de Óbidos. A Loja de Óbidos está aberta todos os dias, das 10 às 20h00. Por ocasião das actividades de Verão tem um horário mais alargado, adaptado a cada um dos eventos.

2 – Existem inúmeros artigos originais á venda neste espaço

3 – T-shirts, pólos, casacos... um dos maiores sucessos da loja

AGOSTO a OUTUBRO 2004


13

Selecção Nacional

Selecção Nacional de Futebol “AA” regressa a Óbidos A Selecção Portuguesa de Futebol regressou no passado dia 7 de Setembro ao Estádio Municipal de Óbidos, para realizar seu último treino antes do importante jogo de qualificação para o Mundial de 2006, frente à Estónia. O treino teve lugar a partir das 17 horas de terça-feira e foi realizado à porta aberta. Foi com um grande orgulho que o Município de Óbidos recebeu novamente a equipa principal do Futebol português, endereçando os votos de grande sucesso na caminhada de qualificação para o Mundial de 2006.

E

X

P

O

S

I

Ç

Ã

O

Edite Melo 11 de Setembro a 31 de Outubro de 2004

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

13


14

Baptismo de voo 1 – A foto nos primeiros minutos de voo

Seniores de Óbidos fazem baptismo de voo Maria Pilar, de 77 anos, e Alfredo Paulino, de 76, foram os idosos escolhidos pela Santa Casa da Misericórdia de Óbidos, a convite da Câmara Municipal, para participarem no Mega Baptismo de Voo, organizado pela Agência Abreu. Estes dois elementos do Lar da Misericórdia de Óbidos fizeram parte de uma comitiva de mais de 300 seniores de todo o País que, no passado dia 02 de Setembro, fizeram uma viagem de avião de Lisboa ao Porto. Um mega baptismo de voo que serviu ainda para que os idosos de todas as zonas centro, sul e ilhas conhecessem a cidade invicta. Logo após à viagem de avião, que durou cerca de 35 minutos, toda a comitiva fez uma visita pelas principais zonas do Porto, tendo depois almoçado num cruzeiro no rio Douro. À tarde, e depois de uma visita às caves do vinho do Porto, em Gaia, toda a comitiva foi até Lisboa de comboio. Alfredo Paulino, conversador nato e sempre com um sorriso, garantiu “que a viagem foi muito agradável”. “A experiência do avião foi boa”, diz, assegurando não ter tido medo durante a viagem. Uma opinião partilhada por Maria Pilar, para quem “a viagem foi óptima”. Confessou que falou “mais neste passeio do que o ano inteiro”. E com um sorriso contagiante, garantiu “que não podia ter sido melhor”. O avião não a assustou e muito menos o passeio de barco pelo rio Douro. “Nem sentimos a ondulação”, disse. Acompanhados durante toda a viagem por um elemento da Câmara Municipal de Óbidos, que assegurou a logística necessária, Maria Pilar e Alfredo Paulino não cabiam em si de contentes. De regresso ao Lar da Casa da Misericórdia havia muita coisa para contar, muitas experiências para recordar. E uma das maiores recordações de Alfredo Paulino vai ser, seguramente, a ocasião em que, em pleno rio Douro, o seu nome foi chamado pela conhecida Lili Caneças, anunciando que tinha acabado de ganhar um prémio, num sorteio realizado a bordo. Este mega baptismo de voo, organizado pela Agência Abreu, foi dividido em dois dias, e juntou mais de

14

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

600 idosos de todo o País. Diamantido Pereira, um dos responsáveis da agência, explicou que “a Abreu seleccionou algumas Câmaras Municipais e foram elas que endereçaram o convite às pessoas dos respectivos concelhos com mais de 60 anos”. A iniciativa inseriu-se “no primeiro aniversário do lançamento da brochura de Turismo Sénior”, promovido por esta agência de viagens, explicou o responsável. Até há um ano o Turismo Sénior era da exclusiva responsabilidade de entidades oficiais. Desde 2003 que a Abreu avançou com iniciativas para este segmento de mercado, que, diz Diamantino Pereira, “tem muita disponibilidade em termos de tempo”. Para o ano há mais baptismos de voo para gente sénior.

2 – Maria Pilar e Alfredo Paulino no Porto

3 – A viagem de regresso depois de um dia bem passado

AGOSTO a OUTUBRO 2004


15

Combate a Incêndios 1 – Toda a equipa de combate a incêndios do concelho de Óbidos

Concelho de Óbidos testa meios contra incêndios florestais A Câmara Municipal de Óbidos e a Protecção Civil Municipal apresentaram no passado dia 23 de Julho, na Quinta do Furadouro, entre as localidades do Olho Marinho e da Amoreira, os novos meios de combate a incêndios florestais. Nesta cerimónia, para além dos meios que a autarquia já dispõe, foi apresentado o helicóptero que actua nesta área do País e que passou a ter à sua disposição, a partir desse dia, um reservatório, localizado no Cabeço da Serra, freguesia do Vau. Com este novo reservatório, fica completo o conjunto de três pontos de água no concelho, estrategicamente colocados e que permitem que os meios aéreos, em caso de incêndio em qualquer ponto do concelho, tenham acesso a água em menos de 5 minutos. Recorde-se que Óbidos dispõe, neste momento, de três reservatórios de água, com 170 mil litros cada, localizados nas Cesaredas (freguesia do Olho Marinho), na Sancheira Grande (freguesia de A-dos-Negros) e no Cabeço da Serra (freguesia do Vau). Nesse dia foi ainda apresentado o Grupo de Primeira Intervenção (GPI) dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, assim como da Brigada Florestal Autárquica. Ainda nesta lógica de prevenção, a autarquia construiu nas

Cesaredas, uma das zonas com maior registo de incêndios do concelho, cerca 8 quilómetros de caminhos florestais. A abertura destas vias serve, essencialmente, para facilitar a vida aos Bombeiros em caso de incêndio naquela zona do concelho, como já aconteceu este ano.

2 – Um dos testes realizados com o helicóptero que actua na região

MEDITAÇÃO BUDISTA

Curso Prático de Introdução à Meditação Budista Programa - 1.º Trimestre

23 de Outubro | O que é a Meditação? - Porque Meditar? 6 de Novembro | Como Meditar? 20 de Novembro | O Que é a Mente? 4 de Dezembro | Meditação Shamata e Vipashyana (O «Habitar na Tranquilidade» e a «Visão Superior») 18 de Dezembro | Os Dois Aspectos da Meditação Shigom e Jogom Informações e inscrições

Sérgio Gorjão - obidos.budismo@iol.pt; Tel. 262955500 Pedro Paiva - pema_wangmo@hotmail.com; Tlm. 912139353

www.cm-obidos.pt

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Organização

Centro Dzogchen Jigme Dechen Ling (e futuro Centro de Estudos do Dharma de Óbidos)

Apoio

Câmara Municipal de Óbidos Santa Casa da Misericórdia da Vila de Óbidos

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

15


16

Quartel BVO 1 – As obras estão numa fase adiantada

Novo Quartel para os BVO O novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Óbidos (BVO) está cada vez mais próximo de se tornar uma realidade. Sendo esta uma instituição de reconhecida responsabilidade e importância pública a nível nacional e até internacional, os BVO querem estar à altura de qualquer situação de emergência, merecendo, por isso, as melhores condições de trabalho possíveis. É neste sentido que surge a necessidade de se construírem novas instalações dotadas de todos os meios e recursos essenciais à boa prestação dos seus serviços.

construção do novo quartel, um papel essencial”, pois permitiu a concretização de “um sonho”. Para além destes valores, há que acrescentar os respeitantes a outras obras que não estão previstas na comparticipação inicial e “que só o município pode atender face à falta de receita da associação humanitária”, assegurou o Presidente da Autarquia. Não querendo apressar as obras apenas para que terminem antes do tempo previsto, a autarquia obidense pretende, em nome de todos, e acima de tudo, que as infra-estruturas reunam todas as condições para a boa condução dos trabalhos desta Associação Humanitária,

A celebração do contrato-programa que garante a construção do novo quartel teve lugar a 3 de Novembro de 2003, tendo sido assinado pelo então Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna, Luís Pais de Sousa, pelo Presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Telmo Faria, e pelo Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, Fernando Correia. Com um orçamento de cerca de 730 mil euros, o Ministério da Administração Interna é responsável por suportar 60 por cento dos gastos totais, cabendo à autarquia o financiamento dos restantes 40 por cento. Daí que Fernando Correia considere que Telmo Faria “teve, na

devendo, para tal, ter bons acabamentos. As novas instalações dos BVO, localizadas junto ao Bairro do Senhor da Pedra e com uma área de cerca de 14 mil metros quadrados, são prova não só de modernidade como dos melhores recursos existentes a este nível. Independentemente da altura em que os soldados da paz possam fazer as suas “mudanças”, a passagem para a nova casa será digna de uma inauguração ou não fossem os BVO tão importantes para a segurança da população obidense. Segundo a Câmara Municipal de Óbidos, o actual edifício dos BVO será, por sua vez, demolido de modo a que essa

16

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004


2 – Data histórica: 03 de Novembro de 2003, dia da assinatura do protocolo por parte do governo

área possa ser requalificada, assim como a bomba de gasolina, os armazéns da autarquia e o antigo campo de futebol aí situados que estão a ser objecto de um plano pormenor. Telmo Faria adiantou já que esse plano “está numa fase bastante adiantada de estudos de arquitectura que há cerca de um ano e meio para cá a Câmara iniciou”. O autarca define, deste modo, a materialização do desejo dos BVO como não sendo já “um sonho ou uma ideia. Esta ideia chega agora a um estado derradeiro e inquestionável” e, por isso, “este é um momento histórico para a população de Óbidos” que faz valer por si todos os esforços desenvolvidos no ano e meio de trabalho deste executivo. 4 – A maqueta deste novo quartel dos BVO

3 – Recentemente o executivo fez uma visita às obras do quartel

5 – Telmo Faria vê em pormenor a planta desta nova infra-estrutura

9 a14 Nov2004 Informações e inscrições: Tel. 262 955 561 www.festivalchocolate.cm-obidos.pt

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

17


18

Barragem 1 – Outubro 2004: Construção do aterro que vai suster as águas do rio Arnóia

Barragem do Rio Arnóia Os estaleiros da barragem do Rio Arnóia têm trabalhado arduamente para adiantar os trabalhos de construção da mesma. A IDRHA, entidade responsável pela obra, tem vindo a desenvolver o projecto da Câmara Municipal de Óbidos que, segundo o Presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Telmo Faria, “esteve meio século à espera de concretização, foi reformulado nos últimos anos e agora é tempo de avançar”, dado que esta é uma das obras “mais estruturantes do concelho” e “necessária às populações”. Esta é uma aposta no futuro da agricultura do concelho e também do ambiente, pois não há “quaisquer agressões aos valores ambientais”, acrescenta o autarca. Com esta nova fonte de abastecimento de água, os agricultores poderão usufruir de um equipamento de requalificação que permitirá aumentar a sua produtividade e, consequentemente, a competitividade das suas explorações. Também o turismo será favorecido, no sentido em que “é uma obra para toda a gente.

2 – Março 2003: Primeiros trabalhos

18

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

Do ponto de vista turístico também vai ser muito interessante. Teremos um novo espelho de água, com uma valorização ambiental interessante”, remata Telmo Faria. Actualmente, já é possível ver-se o crescimento da albufeira, sendo que a prossecução dos trabalhos está sempre dependente das condições climatéricas. A Barragem d’Óbidos, como se vai chamar, beneficia do financiamento do III Quadro Comunitário de Apoio que cobrirá os cerca de 6,4 milhões de euros orçamentados para a sua construção e será a ponte para a melhoria do trabalho de mais de 2 mil agricultores, irrigando 1300 hectares de terrenos agrícolas. A área da albufeira ocupará 97 hectares e irá armazenar um volume de 5,5 milhões de metros cúbicos de água. A albufeira terá um comprimento, em linha recta, de cerca de 10 quilómetros. Fazendo jus às palavras do Presidente da Câmara Municipal de Óbidos no dia do lançamento da primeira pedra, “Óbidos está em festa. Podemos hoje acreditar que não há nada a empatar este sonho. A barragem vai, finalmente, deixar de ser virtual”.

3 – Julho 2003: As primeiras obras estruturais

AGOSTO a OUTUBRO 2004

4 – Março 2004: A barragem já tem forma


19

Piscinas Municipais 1 – O executivo municipal numa visita recente às piscinas

Piscinas Municipais Decorrido pouco mais de uma ano desde o arranque das obras, a construção das Piscinas Municipais de Óbidos entra agora na sua fase final. Situadas no Complexo Desportivo do concelho, no Bairro dos Arcos, as Piscinas Municipais de Óbidos têm uma área total de implantação (ocupação do solo) de 2.480 metros quadrados e dispõem, entre outros, de uma piscina de 25 metros, um tanque de aprendizagem de 17 metros e uma sala de estar e convívio com ligação directa ao bar/cafetaria. A condução da obra está a cargo da empresa Vidal, Pereira & Gomes, cujo projecto se revelou o melhor de entre um conjunto de concorrentes ao concurso publicado em Diário da República. Declarando que “abrimos a todos os escalões etários” conforme “definido pelo modelo de gestão”, Telmo Faria, Presidente da Câmara Municipal de Óbidos, defende que os principais utilizadores das piscinas serão os alunos do concelho, beneficiando da sua componente educativa durante o dia através de aulas de natação. Já a utilização ao final do dia e aos fins-de-semana será, por seu turno, maioritariamente preconizada pela restante população. Em termos de verba, as obras terão um custo de mais de 2 milhões de euros, dos quais apenas 10 por cento serão garantidos pela autarquia local e “uma parte substancial com fundos comunitários”, refere Telmo Faria. A conclusão das obras está prevista para o início do próximo ano lectivo, podendo os habitantes contar com a sua plena utilização dentro de um ano. Depois de tão longa espera por umas piscinas públicas, vê este executivo resolvida uma das maiores lacunas do concelho ao nível de infra-estruturas, respondendo, igualmente, às necessidades da sua população. Segundo Telmo Faria “foi uma vergonha o concelho não ter ainda uma piscina pública. Foi esse o estado que encontrámos”. Actualmente, este é um motivo de orgulho para todos, caracterizado pelo autarca como “essencial”, designadamente, “para as crianças e jovens aqui residentes”.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

2 – Os primeiros trabalhos de terraplanagem

3 – A estrutura principal

4 – O local onde vai estar a piscina de 25 metros

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

19


20 CRESCER MELHOR ATL

A criação do serviço de apoio à família para todas as crianças que frequentam os Jardins de Infância e Escolas do Primeiro Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Óbidos, foi uma meta que a Autarquia já atingiu. Este ano colocámos a fasquia mais longe: mantendo a tabela de preços apostámos na melhoria da qualidade dos serviços prestados. Dois 1 – serviços continuam a caracterizar o Crescer Melhor: - Fornecimento ou acompanhamento de refeições; - Rede municipal de actividades de tempos livres (ATL). Para a prestação do serviço de refeições continuamos a contar com a boa colaboração da Associação de Desenvolvimento Social de A-dos-Negros, Centro Social Cultural para o Desenvolvimento do Olho Marinho e Centro Social Cultural e Recreativo de Amoreira. Criámos também uma cozinha municipal nas instalações do Complexo Desportivo de Óbidos. Pela primeira vez a Câmara vai confeccionar refeições. As actividades de animação socio-educativa, criadas para minimizar a diferença que existe entre o horário escolar e o horário laboral dos pais, têm como objectivo prioritário o desenvolvimento/animação das crianças em período não lectivo. No serviço de prolongamento de horário a Câmara Municipal de Óbidos propõe várias actividades, nomeadamente: Inglês, Dança, Música, Novas Tecnologias, Expressão Plástica, Conto, Desporto Escolar, Animação Pedagógica e Apoio ao Estudo.

Tabela de Preços

O projecto Crescer Melhor é suportado por um financiamento bipartido, ou seja, as despesas inerentes ao seu funcionamento são suportadas pela Câmara Municipal de Óbidos e pelos Encarregados de Educação. O apuramento do valor da comparticipação familiar mensal tem por base os seguintes escalões: Serviço de refeição

(PROLONGAMENTO DE HORÁRIO)

Serviço de ATL

Total

---

---

---

1.º Escalão (80 - 106,98 )

24,50

20,00

44,00

2.º Escalão (106,98 - 178,30 )

36,50

28,50

65,00

3.º Escalão (178,30 - 249,62 )

47,00

38,00

85,00

4.º Escalão (249,62 - 356,60 )

50,00

40,00

90,00

5.º Escalão (356,60 - 534,90 )

53,00

42,00

95,00

6.º Escalão (mais de 534,90 )

55,00

45,00

100,00

Escalão / Rendimento per capita Casos excepcionais


Salas Crescer Mlehor Freguesia

Freguesia

Sala

Local do Almoço e ATL

A-dos-Negros

Sala 1 (JI+EB1)

Grupo Desportivo e Recreativo de A-dos-Negros

Gracieira

Sala 2 (JI+EB1)

Associação Cultural e Desportiva da Gracieira

Sancheira Grande

Sala 3 (EB1)

Associação Recreativa e Desportiva União Sancheirense

Amoreira

Sala 4 (JI)

Centro Cultural e Recreativo da Amoreira

Gaeiras

Sala 5 (JI)

Jardim de Infância de Gaeiras

Gaeiras

Sala 6 (EB1)

Sociedade Cultural e Recreativa Gaeirense

Olho Marinho

Sala 7 (JI)

Jardim de Infância do Olho Marinho

Olho Marinho

Sala 8 (EB1)

EB1 de Olho Marinho

A-da-Gorda

Sala 9 (JI)

Jardim de Infância de A-da-Gorda

A-da-Gorda

Sala 10 (EB1)

Jardim de Infância de A-da-Gorda

Arelho

Sala 11 (EB1)

Centro Cultural Social e Recreativo Arelhense

Óbidos

Sala 12 (JI+EB1)

Pavilhão Gimnodesportivo

Óbidos

Sala 13 (EB1)

EB1 de Óbidos

Sobral da Lagoa

Sobral da Lagoa

Sala 14 (JI+EB1)

EB1 de Sobral da Lagoa

Usseira

Usseira

Sala 15 (JI+EB1)

Junta de Freguesia de Usseira

Vau

Vau

Sala 16 (JI+EB1)

Junta de Freguesia do Vau

A-dos-Negros

Amoreira

Gaeiras

Olho Marinho

Santa Maria

São Pedro

CRESCER MELHOR - Rede Municipal de ATL


22

Geração Millenium 1 – Telmo Faria acompanhou o primeiro dia de formação desta nova Geração Millenium

Mais de uma centena de jovens forma-se em Tecnologias da Informação Mais de uma centena de jovens do concelho de Óbidos estão, neste momento, a ter formação em tecnologias da informação, no âmbito do programa Geração Millenium. O primeiro curso do nível II teve início a 6 de Setembro, na freguesia das Gaeiras, tendo as restantes formações avançado nas restantes freguesias do concelho de Óbidos. Apesar do ligeiro atraso que o programa sofreu, Vítor Freire, responsável pelo sector informático da Câmara Municipal de Óbidos, afirma que “este tipo de formação é essencial para os jovens do nosso concelho”. O atraso deveu-se à indisponibilidade de equipamentos, no entanto, nas próximas férias de Verão “o programa será implementado com maior intensidade”, afirmou. Esta iniciativa é promovida pela Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação que disponibilizou alguns computadores onde está a ser dada a formação aos jovens do concelho. Ao todo foram oito computadores, quatro para as Gaeiras e quatro para o Olho Marinho, havendo uma rotação dos equipamentos para as restantes freguesias. Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, esteve presente no primeiro dia de curso, nas Gaeiras, e afirmou que “esta nova geração tem necessidade de possuir este tipo de conhecimentos”. E porque assim é, a autarquia tem apostado na aquisição de equipamentos para as diversas escolas do concelho. “Temos escolas

que têm uma média superior a um computador por sala de aula”, disse o autarca, sublinhando que é ideia deste executivo aumentar esta média “para dois computadores por sala de aula”. Recorde-se que, actualmente, todas as escolas do concelho de Óbidos têm acesso à Internet, tendo todos os alunos que terminaram o quarto ano, de há dois anos a esta parte, um diploma de competências básicas. O programa Geração Millenium tem como objectivos: dotar os Jovens das competências necessárias para o manuseamento das TIC proporcionar aos jovens o desenvolvimento de competências específicas que qualificam a utilização das TIC como ferramenta de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade de informação e capacitar os jovens para o desenvolvimento de conteúdos multimédia e Internet.

Número de alunos por freguesia – Geração Millenium Amoreira 20

A-dos-Negros 4

Gaeiras 22

S. Maria/S. Pedro 12

Olho Marinho 17

Usseira 25

Vau 4

Espaço Internet – Número de utilizadores/mês – 2004 Janeiro 523

Fevereiro 1465

Março 318*

Abril 1356

Maio 1683

Junho 1782

* Espaço Internet esteve encerrado para obras de restauro na Casa do Pelourinho de 08 de Março a 05 de Abril de 2004

22

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Julho 3255

Agosto 3123

Setembro 2019


23

Ministra da Ciência 1 – Maria Graça Carvalho cumprimenta Telmo Faria

Óbidos quer criar “comunidade sustentável” A Ministra da Ciência, Inovação e Ensino Superior deslocou-se a Óbidos no passado dia 10 de Setembro de 2004. Maria da Graça Carvalho veio reunir-se com Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, para discutir assuntos relacionados com as pastas tuteladas pela Governante. Em cima da mesa esteve a candidatura apresentada pelo Município de Óbidos à União Europeia (Iniciativa CONCERTO - Projecto SONATA) sobre a redução dos custos energéticos no concelho, com recurso a tecnologia de ponta, através de energias alternativas, nomeadamente energias renováveis. Dentro da iniciativa CONCERTO existe um vasto conjunto de projectos. Óbidos apresentou uma candidatura com o projecto SONATA, cujo orçamento global atinge os 10 milhões de euros, cabendo ao projecto de Óbidos cerca de 1,5 milhões de euros, enquanto o restante é dividido pelas cidades de Bristol (Inglaterra) e Mödling (Áustria), parceiros de Óbidos no projecto, caso seja aprovado. O projecto SONATA tem por tema base a “recuperação de núcleos históricos”, sendo a candidatura de Óbidos dedicada à construção de projectos de requalificação de Óbidos, junto à zona muralhada com base no conceito de “Comunidade Sustentável”.

A vila de Óbidos vai ser alvo de um projecto profundo de reabilitação, com a construção de uma nova, moderna e atractiva zona urbana junto à antiga zona muralhada. Um projecto que abrange uma área de 210 mil metros quadrados, com habitação, edifícios públicos (um auditório para 800 pessoas, um hotel com 80/100 quartos e diversas salas de conferência, edifícios comerciais e parques de estacionamento). Tudo isto numa estratégia global de modernização dos transportes públicos, fornecimento de água, recolha de resíduos sólidos urbanos, tratamento de efluentes, tecnologias de informação e educação. Tratase de um projecto de renovação e expansão que oferece a estrutura perfeita para a implementação de um sistema integrado de energia dentro da sustentabilidade necessária à qualidade de vida urbana e ambiental.

Baltazar Gomes

Exposição

1 Dezembro 2004 a 1 Maio 2005 Solar da Praça de Sta. Maria

Figueira

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Óbidos

(1604-1674)

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

23


24

Festa da Lagoa 1 – Actuação do cantor Zé Praia

Festa mostra potencialidades da Lagoa de Óbidos Decorreu no Bom Sucesso a segunda edição da Festa da Lagoa de Óbidos, nos passados dias 30, 31 de Julho e 1 de Agosto. A gastronomia esteve a cargo da APMALO – Associação de Pescadores e Mariscadores Amigos da Lagoa de Óbidos – e durante três dias uma equipa de pescadores e mariscadores, que ali trabalham ao longo de todo o ano em busca do seu sustento, confeccionaram pratos exclusivamente com produtos capturados na Lagoa: mexilhão à marinheiro, amêijoa à bulhão pato, chocos, navalhas à fisgote, enguias fritas à galricho, caldeirada de enguias à pescador, berbigão, lingueirão, entre muitos outros. Durante os três dias da festa os visitantes poderam saborear os produtos genuínos da Lagoa de Óbidos, ao som de música para todos os gostos, nomeadamente Emanuel, Teenagers e Zé Praia. Para além dos milhares de pessoas que visitaram o certame, a edição deste ano contou com a participação do Secretário de Estado dos Bens Culturais. “Estamos empenhados não apenas em dizer que a Lagoa de Óbidos é uma prioridade, mas transformála num ex-libris da região, um sítio onde vale a pena viver e visitar,” diz Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, que, à semelhança do ano passado, avançou com a Festa da Lagoa. Para além dos projectos que já estão delineados, nomeadamente o do ordenamento das margens da Lagoa, entre o Bom Sucesso e a Foz do Arelho, havia que mostrar a todos aqueles que vivem no concelho, na região, assim como aos turistas nacionais e estrangeiros que “este espaço deve ser vivido pelas pessoas”. É ideia da autarquia e da empresa municipal “Óbidos Patrimonium” continuar a apostar neste certame, até porque com a sua promoção todos aqueles que vivem da Lagoa, e o próprio concelho, saiem a ganhar.

24

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – O Secretário de Estado dos Bens Culturais visitou o certame

3 – Todos os pratos foram confeccionados com produtos da Lagoa

4 – As enguias foram um dos pratos mais apreciados

AGOSTO a OUTUBRO 2004


25

II Expo Lavoura 1 – David Geraldes, secretário de Estado da Agricultura (à direita), visitou esta II Expo Lavoura

Barragem do Arnóia e Ginja dominam II Expo Lavoura Decorreu de 8 a 10 de Outubro a segunda edição da Expo Lavoura. O evento teve como objectivo a promoção dos produtos agrícolas do concelho, nomeadamente nas vertentes de hortofruticultura e floricultura. O certame decorreu no salão da Capeleira, tendo decorrido, paralelamente, na Casa da Música, jornadas técnicas subordinadas aos temas “Infra-estruturas de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura do Futuro” e “Fertirrigação, Conceitos gerais”. Este certame ficou marcado por dois temas principais: a barragem Arnóia, assim como a criação de uma área demarcada para a ginja de Óbidos. Em relação à barragem, David Geraldes, secretário de Estado da Agricultura, garantiu o financiamento para as obras de regularização fluvial e rede de rega, no valor de 25 milhões

No que diz respeito à ginja, deste certame saiu a promessa de se avançar com a “Identificação Geográfica Protegida”, da ginja de Óbidos e Alcobaça, de forma a salvaguardar a sua autenticidade. O anúncio foi feito pelo director regional de Agricultura do Ribatejo e Oeste, Fernando Madureira, na abertura das Jornadas Técnicas da Expo Lavoura. Este é um projecto da Câmara Municipal de Óbidos, em conjunto com a Associação de Agricultores de Alcobaça e Direcção Regional de Agricultura, foi criado há um ano e tem como principal objectivo “arranjar novas plantações de ginjeira e conseguir-se uma protecção comunitária para o produto”, disse Fernando Madureira. Orçado em cerca de 100 mil euros, o projecto vai desenvolver-se em dois anos, esperando-se que, no final, “surja uma estratégia bem definida para os eventuais interessados na cultura e na análise dos canais de comercialização e aproveitamento do fruto”, explicou. A par destas novidades, a II Expo Lavoura mostrou o que de melhor existe na agricultura da região, tendo tido ainda um programa lúdico onde participaram os ranchos folclóricos do concelho de Óbidos, assim como o fadista António Pinto Basto, os grupos Can Can e Maxi e os artistas Tito Moreno e Toy.

2 – A barragem e a ginja foram dois dos principais temas debatidos nas Jornadas Técnicas desta iniciativa

de euros. As obras da estrutura da Barragem do Arnóia estão praticamente concluídas, sendo essencial, depois do enchimento da barragem, avançar para este tipo de infra-estruturas. Esta é, aliás, “uma obra do maior interesse sócio-económico para a região”, frisou David Geraldes. Até 2007 todo o projecto deverá estar concluído.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

3 – Toy foi um dos muitos artistas que actuaram nesta II Expo Lavoura, visitada por milhares de pessoas

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

25


26

Feira do Livro

Dois meses de livros em Óbidos Depois de ter estado aberta ao grande público, na Galeria Ogiva, a Feira do Livro de Óbidos é já um marco cultural da região. Ao todo foram vendidos quase 5 mil títulos, para além de ter sido lançado um vasto conjunto de autores e organizada uma série de conferências. Ao longo destes dois meses de exibição, milhares de pessoas passaram pela Galeria Ogiva. Durante este mês de Agosto foi apresentado o livro “Alquimia da dor”, no Museu Municipal, com a presença da autora, a monja budista, Tsering Paldron. Foram ainda apresentados o livro e CD, pelo autor Pedro dos Santos Filipe, “Nocturnos de J. J. Dos Santos”, na Galeria Ogiva. Susana Maia, autora do livro “Mulheres sobreviventes de violação”, também esteve presente em Óbidos, assim como José Carlos Oliveira, que apresentou o seu livro “O Comerciante do Mato”. Realizaram-se ainda duas conferências: “As relações LusoEspanholas”, com a presença do Embaixador Português em Espanha, José Rosa Lã, e do General Loureiro dos Santos; e “As relações Luso-Americanas”, com a presença de Rui Machete, presidente do Conselho Executivo da Fundaçaão Luso-Americana, de Nuno Rodrigues e Tiago Moreira e Sá, professores e investigadores no ISCTE. Ambas as conferências realizaram-se no Museu Municipal.

1 – Apresentação do livro “Mulheres sobreviventes de violação” com a autora Susana Maria

26

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – Conferências sobre as Relações Luso-Espanholas, com a presença do Embaixador João Rosa Lã (à direita)

3 – “Comerciante do Mato” foi outro dos livros lançados

4 – Conferência sobre as Relações Luso-Americanas com a presença de Rui Machete (à esquerda)

AGOSTO a OUTUBRO 2004


27

SIPO 2004

Semana Internacional de Piano de Óbidos é referência cultural A IX edição da SIPO-Semana Internacional de Piano de Óbidos realizou-se de 31 de Julho a 8 de Agosto e reuniu, mais uma vez, em Óbidos, grandes personalidades do mundo da música. Ao longo destes anos, a SIPO tem acolhido em Óbidos jovens estudantes de música vindos do mundo inteiro, reunidos num desejo de aperfeiçoarem os seus conhecimentos musicais através de um trabalho estimulante e intenso com grandes mestres. O ambiente encantador e o acolhimento caloroso da Vila de Óbidos muito têm contribuído para o sucesso deste evento. A Semana Internacional de Piano é fruto do esforço

conjunto de todos aqueles que, apostando na qualidade e continuidade, desejam desenvolver em Portugal, num dos sítios históricos mais privilegiados do nosso País, uma importante acção cultural com grande projecção tanto nacional como internacional. Durante 11 dias, a música de piano encheu por completo o burgo medieval de Óbidos: tanto pelos cursos dos Masterclasses, que durante o dia decorreram paralelamente em vários locais, como pelos concertos que integraram o Festival e que, à noite, chamaram um público melómano cada vez mais numeroso e entusiasta. O programa, apresentado por grandes intérpretes e abrangendo vários séculos de música, convidou, mais uma vez, a compartilhar momentos musicais que se tornaram inesquecíveis.

Produtos e Serviços ao seu dispor

Posto de Atendimento ao Cidadão Concelho de Óbidos

www.lojadocidadao.pt pac@lojadocidadao.pt

ADSE | DGV - Direcção Geral de Viação IC - Instituto do Consumidor | SNS - Serviço Nacional de Saúde DGRN - Direcção Geral do Registo e Notariado DGAJ - Direcção Geral da Administração Judicial | EDP NOVO Serviço de Alteração de Moradas

Posto de Atendimento ao Cidadão das 09h00 às 18h00 Tel. 262 955 522

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

27


28

Carmen de Bizet 1 – Óbidos estreou-se na ópera “Carmen” de Bizet

Ópera na Praça de Santa Maria: uma aposta ganha! O magnífico cenário da vila de Óbidos, na Praça de Santa Maria, recebeu no passado dia 21 de Agosto, às 22.00 horas, a Obra de Bizet. Amor, ciúme e morte foram os ingredientes desta que é uma das mais populares obras de Bizet. A ópera “Carmen”, conta a história de um triângulo amoroso cujos principais protagonistas são a cigana Carmen, o soldado José e o toureiro Escamillo. A ópera Carmen de Bizet é considerada para o mundo um dos símbolos da cultura espanhola, embora tenha sido escrita por um francês, (Georges Bizet, compositor que nasceu em Paris a 25 de Outubro de 1838, filho de um professor de canto e de uma pianista). As primeiras apresentações públicas da obra foram muito criticadas e consideradas um espectáculo francês com adereços espanhóis. Foi acusada de se tratar de uma história de uma cigana hispânica que ameaçava a ordem da época. Em 1875, na sua estreia em Paris, a ópera obteve uma aceitação bastante moderada. De uma certa forma, efeitos bem diferentes foram presenciados na noite. A plateia ficou perturbada pelo frio realismo e pelo final trágico. Ficou também fascinada pela imoralidade das histórias, totalmente baseadas na novela de Prosper Merimée com o mesmo título. Neste contexto, Bizet caiu numa depressão profunda e faleceu com apenas 36 anos de idade de uma grave enfermidade três meses após a estreia do espectáculo. Não tendo a oportunidade de desfrutar a marcha triunfal da força do elemento feminino de Carmen. Hoje, a sua última obra está situada entre as mais populares de toda a história da ópera, e as famosas melodias como a “Habanera”, cantada por Carmen, ou a “Canção do Toureiro Escamillo” são clássicos muito conhecidos. Nesta noite histórica, em Óbidos, todos tiveram a oportunidade de conhecer de perto esta história e, acima de tudo, deliciar-se com a excelente actuação da Companhia Portuguesa de Ópera. Os bilhetes esgotaram num espectáculo que durou cerca de quatro horas.

28

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – A CMO convidou algumas personalidades a assistir a esta ópera

3 – Um dos momentos altos do espectáculo. Carmen canta “Habanera”

4 – O final trágico: Carmen morre pelas mão de D. José

AGOSTO a OUTUBRO 2004


30

Concertos 1 – Camané inaugurou a temporada de concertos em Óbidos

CAMANÉ, SPELLING NADJA E LLOYD COLE

Estilos e qualidade na Cerca do Castelo Mantendo a lógica que tem sido seguida ao longo dos últimos dois anos, a Câmara Municipal de Óbidos e a Empresa Municipal ‘Óbidos Patrimonium’ promoveram três concertos de grande qualidade na Cerca do Castelo. Estilos diferentes que cativaram o público e que teve como ponto alto a actuação do cantor Lloyd Cole. No dia 07 de Agosto foi aberta a temporada de concertos com a actuação do conhecido fadista Camané. Plateia cheia para ver um dos maiores interpretes da canção nacional, o fado. O primeiro contacto de Camané com o fado ocorreu um pouco por acaso, quando durante a recuperação de uma maleita infantil se embrenhou na colecção de discos dos pais e descobriu os grandes nomes do fado: Amália Rodrigues, Maria Teresa de Noronha, Alfredo Marceneiro e Carlos do Carmo... Desde aí nunca mais parou. Depois de muito trabalho, Camané é hoje um dos mais conhecidos fadistas portugueses. Desde o início de 2004, Camané tem actuado em Portugal e fora do País, dedicando especial atenção aos espectáculos de apresentação do CD ao vivo - “Camané – Como Sempre... Como Dantes”. A tournée tem tido grande sucesso e atraiu grandes audiências nas várias localidades por onde passou. Óbidos não fugiu à regra. Mas Óbidos não é só palco de autores já consagrados. Este ano a autarquia e a empresa municipal resolveram apostar numa banda portuguesa recente e de reconhecida qualidade. Os Spelling Nadja actuaram na Cerca do Castelo a 13 de Agosto e mostraram o seu valor. Os Spelling Nadja nasceram há cerca de cinco anos, sendo a banda composta por seis músicos experientes. “Winter Days” é, para já, o seu único álbum, lançado em Abril passado, sendo uma banda de música pop alternativa onde se misturam o trip-hop, o jazz e o rock. Lloyd Cole, a grande atracção internacional dos concertos deste ano, em Óbidos, quase que dispensa apresentações. Lloyd Cole grava discos há mais de vinte anos. Tudo

30

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – A actuação do fadista Camané

3 – O público encheu por completo a Cerca do Castelo

começou com o álbum de estreia “Rattlesnakes”, de Cole & the Commotions, que alcançou um lugar de destaque no New Musical Express Top 100, acima dos Beach Boys. Cinco anos depois, Lloyd Cole iniciou, em Nova Iorque, uma carreira a solo com o magnífico álbum “From blancmange in his belly to ice in his veins in six short years”. Casou-se e actuou com alguns dos melhores músicos de Nova Iorque, nomeadamente Lou Reed, Robert Quine e Fred Maher. Depois de duas décadas a gravar discos e a render plateias à sua música, Lloyd Cole actuou em Óbidos. O concerto foi um sucesso, onde foram recordados alguns dos grandes temas deste artista que ficou totalmente rendido aos encantos da vila medieval.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

21


ESPECIAL ESCOLAS

4 – Jazz e rock são alguns ingredientes da música dos Spelling Nadja

6 – Lloyd Cole encantou a audiência num concerto acústico

5 – Com uma voz forte, a vocalista dos Spelling Nadja encantou

7 – Conferência de imprensa com Lloyd Cole antes do espectáculo

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

31


32

CeDeCe 1 – “Fronteiras, máscaras e personagens”

Bailado no palco da Cerca do Castelo A CeDeCe – Companhia de Dança Contemporânea de Alcobaça e Óbidos – levou à cena os bailados “Fronteiras, Máscaras e Personagens” e “Dominga”, no passados dias 06 e 27 de Agosto, respectivamente, no palco da Cerca do Castelo. “Fronteiras, Máscaras e Personagens” é uma produção intimamente ligada ao Teatro através do bailado, “O Corredor Verde”, coreografado por Jochen Heckmann, de nacionalidade alemã, e “Seis Personagens” da autoria de António Rodrigues com base na conhecida peça de Pirandello, “Seis Personagens à procura de um Autor”. Como diz António Rodrigues, “agora a realidade gerada da imposição das próprias personagens despoleta outras memórias que constituem uma realidade cénica presente no imaginário vivido entre a irrealidade das personagens e o autor”. Com direcção artística de Maria Bessa e António Rodrigues, “Dominga” é um bailado de certa forma ligado à literatura que narra cenicamente o conto com o mesmo nome de Agustina Bessa Luís que, aliás, integra, na colagem musical, uma adaptação da própria autora. Simboliza, simultaneamente, a inocência que não deveria ser ferida e a imaginação que deverá ser livre para voar. O pequeno Príncipe entra em cena. Na generalidade, é um bailado para o grande público. Recorde-se que, com a criação do Centro de Artes e Espectáculos em Alcobaça e Óbidos, a CeDeCe passou a residir nestas duas localidades, promovendo e programando actividades na área da dança no CineTeatro de Alcobaça e no Espaço Santiago de Óbidos. A instituição do Centro de Artes e Espectáculos em Alcobaça e em Óbidos constitui uma importante maisvalia na área cultural para os dois municípios e para toda a região. A dança vai continuar a ser uma das apostas desta autarquia, uma vez que é uma arte muito apreciada pelo grande público.

32

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

2 – Primeira actuação da CeDeCe em Óbidos, este ano

3 – “Dominga”

4 – O bailado “Dominga” é baseado na obra de Agustina Bessa Luís

AGOSTO a OUTUBRO 2004


33

Festival Teatro com História 1 – Verão de S. Martinho

Óbidos foi mais uma vez palco de teatro O Município de Óbidos organizou mais uma grande iniciativa cultural que chamou muitas pessoas ao concelho. Nos dias 03, 04, 05, 10, 11 e 19 de Setembro foi tempo de Teatro. Tirando proveito do magnífico cenário que é Óbidos, surgiu o “Festival de Teatro com História”, em que textos clássicos do Teatro e obras que se debruçassem sobre temáticas históricas foram acolhidos numa vila onde o passado e o presente convivem em harmonia. Trazer ao concelho e à região Oeste um pouco do que de melhor é produzido no panorama teatral português e ter actores a contracenar com a vila, utilizando-a como parte integrante das suas representações, foi a aposta e o desafio que todos tiveram o prazer de assistir durante estes dias de Setembro. A peça “Verão de S. Martinho”, do Teatro da Rainha, abriu esta temporada, dia 03, tendo-se seguido a peça “Mil dores, amandote”, do Projecto Buh, no dia 04. Dia 05 o Grupo de Teatro Agon apresentou a peça “Entre eles e elas, venha o diabo e escolha”. No fim-de-semana seguinte, dia 10, foi a vez da apresentação da peça “O mestre dos aldrabões”, pelo Teatro ao Largo, e dia 11 “De Salazar a Otelo”, pela Companhia de Teatro do Ribatejo. O Festival de Teatro com História terminou com a prata da casa e a peça, no dia 19, “Portugal Medieval”, pelo Grupo de Teatro do Arelho – Fracos mas Teimosos. O pano subiu. As palmas ouviram-se. Óbidos foi, mais uma vez, uma vila de artistas!

2 – Mil dores, amando-te

3 – O mestre dos aldrabões

4 – De Salazar a Otelo

5 – Portugal Medieval

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

33


34

Exposição Edite Melo 1 – Pormenores da pintura de Edite Melo

Cenários abstractos num mundo cheio de cores Está patente na galeria da Casa do Pelourinho até 30 de Outubro uma exposição da pintora Edite Melo. A mostra pode ser apreciada das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, todos os dias, excepto às segundas-feiras. A obra de Edite Melo é fortemente marcada pela abundância e generosidade de cores e convida-nos a mergulhar num mundo imaginário. Num cenário abstracto, a estrutura de comunicação de Edite Melo remete-nos para a grandeza de espaços, para um turbilhão de luz e para uma relação activa com o observador. A autora, dotada de grande sensibilidade, manifesta na sua obra uma personalidade e conhecimento artístico livre e sem fronteiras, talvez por esse motivo as suas criações passaram já além fronteiras. Edite Melo nasceu em Torres Vedras em 1947 e tem o bacharel em Organização e Gestão de Empresas. Nos tempos livres dedica-se à pintura e jardinagem, tendo começado a expor a partir de 1987, em várias exposições colectivas. A pintora já expôs em cidades como Lisboa, Porto, Funchal ou Rio de Janeiro. Agora é tempo de Óbidos apreciar o magnífico trabalho desta pintora da região Oeste.

Horário Dias úteis: 10h00 às 21h00 Fins-de-semana: 11h30 às 18h30

Diploma de Competências Básicas

em Tecnologias de Informação União Europeia FEDER

34

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Contactos Casa do Pelourinho Rua Direita, n.º 107 2510-001 ÓBIDOS T. 262 955 561 E-mail: net@cm-obidos.pt


35

Documentos com História

Óbidos, a Vila das Rainhas Em Agosto de mil oitocentos e oitenta e seis, Óbidos recebe a visita da rainha D. Maria Pia de Sabóia, esposa de D. Luís I. Estávamos em pleno período Liberal e, como tal, as rainhas portuguesas já não eram “Senhoras de Óbidos”. Com efeito, a “Casa das Rainhas” (conjunto de terras doadas às esposas dos reis portugueses) fora extinta em mil oitocentos e trinta e quatro. Óbidos, porém, mantinha, ao que parece, gratas recordações desses tempos e, na reunião de vereação de vinte e cinco de Agosto, delibera enviar uma carta à rainha onde se refere que “para dar um publico testemunho da sua gratidão por a honra que há pouco recebeu com a especial visita de Vossa Real Magestade, e por lhe constar que é do agrado de Vossa Real Magestade a possuir o Castello obidense (...) resolvido foi em sessão solene que aos pés de Vossa Real Magestade fosse posta a oferta da propriedade do referido Castello e respectivos direitos.”. A referida carta, a ser entregue à soberana pelo “padre Capelão do Real Santuario do Senhor Jesus da Pedra, o Reverendo António José de Almeida”, começa por aludir à honra que para a vila constituiu “ter sido propriedade das Senhoras Rainhas de Portugal desde que, em harras de casamento, foi dáda á Senhora D. Hurraca, espoza d’El Rei D. Affonso 2.º”, destaca a protecção que as rainhas sempre concederam à vila, nomeando especialmente “a Rainha Santa; e a benemerita Senhora D. Leonoar, espoza d’El Rei D. João II, e a Senhora D. Catherina, esposa d’El Rei D. João 3.º”, referindo seguidamente as obras mais emblemáticas de cada uma delas: “as primeiras Gafharias” da Rainha Santa, a “Misericordia” instituída por D.Leonor e o “monumental aqueducto”, construído a expensas de dona Catarina e que, pelo que sabemos de outras actas, se encontrava em estado de grande degradação. Mas do Aqueduto falaremos numa próxima RIO.

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

35


36

Quem é quem

Nome

Nome

Idade

Idade

Ana Sofia Abreu

Ricardo Pereira

27

Que tipo de função desempenha na Câmara Municipal de Óbidos?

Sou Técnica Superior e exerço funções na Secção de Contabilidade. Colaboro na elaboração dos documentos previsionais, dos documentos de prestação de contas, no controlo da execução orçamental e respectivas modificações ao Orçamento, PAM e PPI, no processamento da despesa, elaboração de mapas periódicos do IVA.

De todas as acções que o Município tem realizado ou vai realizar, o que destacaria?

O forte empenho na divulgação e projecção do concelho de Óbidos, através de todas as iniciativas levadas a cabo pela autarquia. Destaco também as obras de melhoramento nos estabelecimentos de ensino, bem como a implementação dos ATL e o fornecimento de refeições a crianças.

Que sugestão gostava de fazer à Câmara Municipal de Óbidos?

Que continuem a apostar no desenvolvimento do concelho. Sugiro a implementação de todos os serviços públicos fora das muralhas, de forma a facilitar a vida a todos os munícipes.

36

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

30

Que tipo de função desempenha na Câmara Municipal de Óbidos?

Neste momento exerço funções de estagiário na carreira de Técnico Superior de Arquivo e igualmente de responsável pela Biblioteca Municipal.

De todas as acções que o Município tem realizado ou vai realizar, o que destacaria?

Destaco duas: a Feira Medieval, que se coaduna com o espírito medievo da vila e a Feira do Livro, que permite que Óbidos esteja a contribuir para o enriquecimento da nossa cultura livresca e a criar hábitos de leitura nas pessoas do concelho e naqueles que nos visitam.

Que sugestão gostava de fazer à Câmara Municipal de Óbidos?

Gostaria que o executivo camarário pensasse e reflectisse que a vila necessita actualmente de uma nova Biblioteca Municipal, pois, só assim, Óbidos irá conseguir acompanhar o que de novo se está a fazer nesta área. Igualmente se torna premente criar um novo Arquivo Municipal, assegurando que o importante espólio arquivístico que o município detém seja consultado e estudado com todas as condições de acessibilidade aos mesmos.

AGOSTO a OUTUBRO 2004


37

Títulos de Imprensa

AGOSTO a OUTUBRO 2004

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

37


38

Deliberações

02 de Agosto 2004

• Aprovado por unanimidade o parecer jurídico sobre obras de emergência na Capela de Nossa Senhora do Carmo. • A Câmara tomou o devido conhecimento da carta do Senhor Joaquim Vieira Basilio, remetendo cheque no valor de 557,09 €, referindo-se este ao valor integral das “esmolas” recebidas pelo “pedinte” no Mercado Medieval. • Aprovada por unanimidade a proposta de ContratoPrograma a realizar entre a Administração Regional de Saúde do Centro e o Município de Óbidos, tendo como objectivo a cooperação técnica e financeira para a “Construção do Edifício destinado à Extensão de Saúde da Amoreira do centro de Saúde de Óbidos”. • Aprovado por unanimidade a minuta do contrato adicional da empreitada: “Reforço de Abastecimento de Água ao Concelho de Óbidos – Equipamento dos Furos RA2, RA3 e RA4 e Conduta Elevatória ao Depósito do Bairro da Senhora da Luz”.

16 de Agosto de 2004

• Aprovado por unanimidade a informação interna propondo a atribuição de um apoio financeiro anual no valor de 8.500,00 € à Sociedade Filarmónica e Recreativa Gaeirense.

• Aprovado por unanimidade atribuir um apoio financeiro no valor de 500,00 € à ACCCRO, que, através de ofício, convidou o Município de Óbidos a associar-se ao evento “9.º Concurso de Gastronomia das Caldas da Rainha e Óbidos”, como patrocinador Oficial. • Aprovado por unanimidade o plano de pagamentos com prestações mensais, a transferir para os Bombeiros Voluntários de Óbidos, totalizando 225.609,13 €, montante correspondente à comparticipação de 40 por cento do total da obra. • Aprovada por unanimidade a informação interna propondo a actualização do valor das visitas do projecto “Óbidos visto pelas Crianças”, para 2 €. Este assunto vai para apreciação da Assembleia Municipal. • Aprovada por unanimidade a proposta do Gabinete de Educação – Projecto “Crescer Melhor”. • Aprovado por unanimidade o pedido de apoio do Clube de Ténis da Praia d’El Rey para torneio de ténis a realizar por esta instituição de 21 a 28 de Agosto de 2004. Apoio na promoção e filmagem do evento. • Aprovada por unanimidade a informação interna propondo a atribuição de um apoio financeiro anual no valor de 4.000,00 € à Associação Recreativa e Cultural Arelhense.

VISITAS GUIADAS COM ANIMAÇÃO PARA ALUNOS DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

Para obter mais informações: CÂMARA MUNICIPAL DE ÓBIDOS T. 262955500 (ext. 185 ou 187) Gabinete de Educação 262955512 www.cm-obidos.pt Coordenadora do Projecto: PROF. MANUELA PEREIRA T. 965477790

38

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

AGOSTO a OUTUBRO 2004


Desejo receber a Revista Informativa de Óbidos Nome Morada Código Postal

Localidade

e-mail: Câmara Municipal de Óbidos - Gabinete de Comunicação Lg. de São Pedro 2510-086 Óbidos

Atendimento ao Público do Executivo Presidente da Câmara Dr. Telmo Faria Horário de Atendimento: Terças-Feiras 09:00 / 13:00 - 14:00 / 17:00 Gabinete dos Vereadores José Carlos Julião Araújo Pedro José Barros Félix Horário de Atendimento: Terças-Feiras 09:00 / 13:00 - 14:00 / 17:00 Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Rural José Filipe Leitão Ribeiro gdrural@cm-obidos.pt Tel.: 262 959 010 Horário de Atendimento: Terças-Feiras e Quintas-Feiras 09:00 / 13:00 Por forma a facilitar o atendimento, as entrevistas deverão ser previamente marcadas. Atendimento Geral Tel.: 262 955 500 Fax: 262 955 501 geral@cm-obidos.pt Gabinete de Apoio à Presidência José Parreira Tel.: 262 955 500 gap@cm-obidos.pt

28

Gabinete de Apoio à Vereação Ricardo Capinha Tel.: 262 955 500 gav@cm-obidos.pt Rede de Museus e Galerias Sérgio Gorjão Tel.: 262 955 500 cultura@cm-obidos.pt Gabinete de Turismo Francisco Salvador Tel.: 262 955 558 turismo@cm-obidos.pt Gabinete de Comunicação e Design Luís Santos Félix Tel.: 262 955 540 gcomunicacao@cm-obidos.pt David Vieira / Susana Santos Tel.: 262 955 541 rio@cm-obidos.pt Gabinete de Educação Tel.: 262 955 500 Óbidos visto pelas crianças Tel.: 262 955 512 obidos.crianças@cm-obidos.pt Ensino Recorrente Tel.: 262 955 500 Museu Municipal de Óbidos Tel.: 262 955 557 museu.municipal@cm-obidos.pt Biblioteca Municipal de Óbidos Tel.: 262 955 556 biblioteca@cm-obidos.pt

AGOSTO a OUTUBRO 2004

Casa da Música Tel.: 262 955 583 Posto de Informação de Turismo Tel.: 262 955 555 posto.turismo@cm-obidos.pt Espaço São Tiago Tel.: 262 959 947 Complexo Desportivo Tel.: 262 955 590 R.T.O. - Região de Turismo do Oeste Tel.: 262 955 060 r.t.oeste@mail.telepac.pt Bombeiros Voluntários de Óbidos Urgências Tel.: 262 959 144 Atendimento Geral Tel.: 262 959 728 Fax: 262 959 700 Protecção Civil Tel.: 262 955 515 Fax: 262 955 516

ACCCRO - Associação Comercial de Caldas da Rainha e Óbidos Tel.: 262 959 903 acccro@netvisao.pt Junta de Freguesia de A-DOS-NEGROS Tel.: 262 958 602 Junta de Freguesia de AMOREIRA Tel.: 262 969 334 Junta de Freguesia de GAEIRAS Tel.: 262 958 671 Junta de Freguesia de OLHO MARINHO Tel.: 262 969 103 Junta de Freguesia de SÃO PEDRO Tel.: 262 959 977 Junta de Freguesia de SANTA MARIA Tel.: 262 958 802

Piquete Águas Tel.: 262 955 510 Tlm.: 937 400 400 piquete@cm-obidos.pt PAC (Posto de Atendimento ao Cidadão)

Tel.: 262 955 522 pac@cm-obidos.pt Para mais informações consulte a nossa página na internet em: www.cm-obidos.pt

Junta de Freguesia de SOBRAL DA LAGOA Tel.: 262 968 630 Junta de Freguesia de USSEIRA Tel.: 262 950 588 Junta de Freguesia de VAU Tel.: 262 968 670

RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS

39


RIO - REVISTA INFORMATIVA DE ÓBIDOS Ano 1 Ano 3 Nº 25 Data: Agosto a Outubro 2004 Director: Presidente da Câmara Municipal de Óbidos Telmo Henrique Correia Daniel Faria Propriedade: Câmara Municipal de Óbidos Editor: David Vieira Paginação: Susana Santos Fotografia: Arquivo da Câmara Municipal de Óbidos Impressão: GTO 2000 - Soc. de Artes Gráficas, Lda. Depósito Legal 186600/02 Tiragem: 4000 Ex Publicação Mensal

CONSTRUIR O FUTURO EDICAO DE AGOSTO A OUTUBRO