Page 1

EDIÇÃO 26 - ABR / MAI / JUN 2017

BEM VIVER o poder da alimentação e dos exercícios físicos

REVESTIMENTOS design e elegância em paredes

Mais!

A N Ú N C I O

LANÇAMENTOS, DICAS, PROJETOS E REFERÊNCIAS PARA INSPIRAR

SalasDEESTAR A INTEGRAÇÃO DÁ O TOM


A N Ú N C I O


A N Ú N C I O


Foto: Vanessa Bohn

EDITORIAL

18 10 12 18 26 30 32 38

EM ALTA O design e a originalidade dos revestimentos INSPIRAÇÃO Ambiente multiúso cheio de elegância e conforto CAPA Amplitude e integração norteiam projeto PROJETO Mudanças que transformam espaços ÔOH DE CASA! O NECESSÁRIO OUTONO BEM VIVER A importância dos hábitos saudáveis NOSSA CASA Notícias Casa Vip

DIAS DE LUZ,

Dias de Glória

N

a estação da renovação, a nossa revista traz algumas transformações. Principalmente em seu interior. Afinal, beleza interior é fundamental! Pensando assim, mexemos um pouco aqui, um pouco ali, como quem pretende uma pequena reforma para arejar e trazer algo mais próximo da própria identidade e do jeito de ser e estar no mundo. São mudanças sutis e gostariamos muito que você encontrasse cada uma delas. Isso coincide com as novidades da 15ª EXPO REVESTIR que ilustram algumas das nossas páginas junto a tendências, projetos de salas de estar – tema principal dessa edição – ideias para decorar uma casa inteira e com muitas outras coisas que entram em cena quando o assunto é construir, reformar, decorar, viver bem... E já que viver bem é tudo o que a gente quer e deseja pra você, seguimos acreditando que o país ao viver o seu intenso outono poderá, de fato, renascer forte e com potencial para abraçar e superar os novos desafios decorrentes de grandes transformações. Mais na frente, mesmo que de forma lenta, estaremos todos nós a compartilhar os frutos gerados com coragem, responsabilidade e as inabaláveis fé e esperança. Estamos animados com o nosso trabalho e com a forma que escolhemos para estar aqui, prontos para atender você e fazer com que tenha conosco muitas experiências gratificantes. Com esse sentimento, caminhamos em direção ao futuro, certos de que a primavera há de vir. É tudo uma questão de tempo.

Que venham dias de luz, dias de glória para todos nós!

CONTEÚDO, EDIÇÃO E ARTE: CM&N - Revistas Customizadas - cmnrevistascustomizadas.com.br/#contato - (17) 3229-1940 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Graziela Delalibera - MTB 099/DRT-TO EDIÇÃO: Graziela Delalibera REDAÇÃO: Caroline Carvalho, Cecília Dionizio, Érica Bernardes e Renata Girodo IMPRESSÃO: Quatrocor Gráfica e Editora COORDENAÇÃO PROJETO REVISTA CASA VIP: Claudia Maria Chaves e Frederico de Mello REVISTA DISTRIBUÍDA PELAS EMPRESAS INTEGRANTES DA ASSOCIAÇÃO CASA VIP: ALMEK, ALVOMAC, BARATÃO, BEL LAR, BIGOLIN, CASA SÃO PAULO, CDC, CIMCAL, CONSTRUSERRA, DEL LAMA, ELEVATO, ENGELMIG, METAL NOBRE, MUNDIAL, NICHELE, PANORAMA, PASTILHACOR, ULIANA, VILAREJO E WALTER BELTRAME TIRAGEM: 85 mil exemplares CONTATO: (31) 3611-8233 www.acasavip.com.br A reprodução total ou parcial do conteúdo desta obra é expressamente proibida sem prévia autorização. A Revista A Casa Vip é uma publicação das revendas de materiais para construção associadas à Rede A Casa Vip.


PENSE NISSO

INOVAÇÃO

Novas cores

Os metais e acessórios Fani agora estão disponíveis também nas cores dourada (D’Oro Vecchio) e acobreada (Rosso Vecchio). As novas cores dos misturadores Prima e Platina proporcionam aos ambientes um toque de elegância e sofisticação, com acabamentos de alta qualidade e durabilidade.

AMBIENTES ÚNICOS A Biancogres buscou nos mais belos mármores encontrados na natureza a inspiração para a sua coleção Marmo, com exclusivo processo de acabamento e polimento, o chamado porcelanato digital polido. A inovação confere alto brilho às peças e maior resistência aos riscos e manchas.

Uma das novidades em tecnologia de superfície a partir da técnica de impressão full HD da Villagres é a Linha Marfil, com a beleza natural do mármore, ainda mais destacada na superfície de alto brilho da Coleção Touch. É indicada para ambientes internos residenciais e comerciais com baixo tráfego. Com os traços da madeira, a Linha Amazônica, da Coleção Naturale, destaca as características das árvores de veios leves. Para paredes e pisos residenciais e comerciais.

PARA TODOS

os estilos CONHEÇA O QUE HÁ DE MAIS SOFISTICADO E MODERNO EM REVESTIMENTOS, LOUÇAS E METAIS

Conceito minimalista Com revestimentos que se destacam pela tecnologia, cores, texturas e materiais, a ViaRosa oferece a coleção Ravena, com mais de 15 variações de desenhos que podem vir mescladas nas caixas para dar um visual bastante coerente de pedras naturais. A coleção é produzida na versão em réguas, tem superfície plana e textura acetinada.

6 EDIÇÃO

SALAS


Beleza funcional Desenvolvidas para aqueles que gostam de beleza e funcionalidade, as novas coifas de ilha Tramontina possuem dois modelos, Dritta Isla Black Touch 90 e Vetro Isla Black Touch 90. São fabricadas em aço inox, possuindo comando touch com três velocidades, timer e lâmpadas Led, que garantem melhor iluminação e menor consumo de energia.

Ouro e prata Ótima opção de revestimento para detalhes e painéis decorativos em ambientes residenciais, hall de entrada, salão de festa e espaços comerciais, a linha Barroca, da Ceusa, apresenta os produtos Ornato Ouro e Ornato Prata. A proposta compreende quatro peças com geometrias distintas, em uma composição de texturas envelhecidas e metal.

PRATICIDADE E ELEGÂNCIA P Os pisos vinílicos da Durafloor são opções práticas, elegantes e sustentáveis. Podem ser instalados em ambientes úmidos residenciais ou comerciais. Os lançamentos compõem as linhas Art e City, com sistema de instalação com cola, e a linha Loft, que utiliza o sistema click.

Requinte em metais A Deca traz novidades em produtos que oferecem personalidade e sofisticação, com as linhas de metais LK e DK. Os produtos apresentam um desenho que mistura o minimalismo das linhas retas com a sutileza das linhas curvas. A LK tem acionamento por alavanca com um toque suave no misturador. A DK diferencia-se apenas no acionamento do misturador volante.

EDIÇÃO SALAS

7


A N Ú N C I O


A N Ú N C I O


Crédito: Biancogres

EM ALTA

ARTE

singular REVESTIMENTOS QUE AGREGAM VALOR À DECORAÇÃO DAS PAREDES

10 E D I Ç Ã O

SALAS

Crédito: Ceusa

I

deais para oferecer destaque e conferir design aos ambientes, valorizando sua função, os revestimentos indicados para paredes internas ganham quase que um status de arte. Ocupam, muitas vezes, o lugar de pinturas, esculturas e gravuras, pois sua presença pode ser tão marcante a ponto de monopolizar o olhar. As mais avançadas tecnologias e processos disponíveis possibilitam, por exemplo, a reprodução de vários materiais diferentes sobre uma base de porcelanato. Essa evolução e diversidade foram possíveis a partir do aprimoramento da técnica de impressão full HD (alta definição), que reproduz com qualidade fotográfica materiais como madeira, aço corten, ladrilhos hidráulicos, cimento queimado, mármores, tijolos, entre outros. Tudo isso com a possibilidade


Crédito: Ceusa

Por Caroline Carvalho

Material contribui para dar personalidade ao ambiente “A aplicação desses revestimentos em paredes contribui, a meu ver, para dar personalidade ao ambiente, criar atmosferas e sensações que dificilmente uma parede pintada poderia oferecer”, pontua o arquiteto Ricardo Zammarin, que também é professor no curso de design de interiores do Senac. O profissional observa que toda

Crédito: Biancogres

Crédito: Biancogres

de reprodução de texturas variadas, desde a lisa, rugosa, fibrosa, com tramas etc. Soma-se, ainda, a criação de revestimentos que podem ser chamados de “sinestésicos”, pois exacerbam a tridimensionalidade das peças, provocando, além do olhar, estímulos táteis. Quem nunca deslizou a mão sobre um produto, com o intuito de “senti-lo”?

essa tecnologia permite que as pessoas tenham ao seu alcance materiais que se tornaram, ou sempre foram, mais caros e raros, porém, sem os inconvenientes de cada um. Um exemplo é o porcelanato que imita madeira. O produto ilude os olhos e pode ser lavado, ao contrário da madeira verdadeira. “Isso pode ser percebido como uma vantagem, e não como uma falsificação: a vantagem da aparência dos materiais, sem o ônus da manutenção mais cuidadosa ou cara que cada um implica. São demandas do mundo contemporâneo.” Em termos técnicos, é fundamental  observar as especificidades de cada material e ter um bom profissional na aplicação do revestimento. Outra dica é investir em um profissional de design de interiores ou de arquitetura que possa explorar de maneira criativa as muitas possibilidades de composição através de um projeto de paginação (um mapa para aplicação dos produtos). A escolha dos materiais tem muito a ver com a atmosfera pretendida para os ambientes e o quanto se deseja investir em um produto de alto valor agregado. “Assim como na moda do vestuário, a dificuldade da escolha reside em dosar e compor com tantas possibilidades, para não cair no exagero. E isso pede o olhar de um profissional, pois a oferta é enorme e, facilmente, o consumidor sente-se perdido em meio a tantas alternativas.”

EDIÇÃO SALAS

11


INSPIRAÇÃO

MULTIFUNCIONAL E

encantador

MANOELA PY www.manoelapy.com Foto Fotos t sd do proj projeto: jeto: t Marc Marcelo elo Dona Donad Donadussi dussi Foto da arquiteta: Vicente Vaccaro

LIVING ACONCHEGANTE ASSUME DIVERSAS FUNÇÕES EM APARTAMENTO DE JOVEM FAMÍLIA

O

mesmo espaço pode reunir de maneira muito charmosa diversas funções na morada de uma família. Foi a partir desse conceito que a arquiteta Manoela Py projetou um living multifuncional encantador para o apartamento de um jovem casal. O espaço assumiu as funções de estar e TV, vinculado ao ambiente de jantar, da cozinha e da churrasqueira. O projeto foi solicitado quando o casal ainda não tinha filhos, mas já planejava aumentar a família. Hoje, com duas crianças, de 1 e 2 anos, as necessidades dos moradores são perfeitamente atendidas pela proposta executada. É no living que a família interage e também recebe amigos. Localizado no 17º andar de um edifício em Porto Alegre, o ambiente esbanja praticidade, com muito conforto e elegância.

12 E D I Ç Ã O

SALAS

“O living é o conjunto de todos os espaços. Por isso, os materiais e acabamentos são os mesmos, resultando em uma unidade de composição”, revela a arquiteta. E as escolhas foram muito bem-sucedidas, mesmo dispondo de um tamanho não tão grande para tantas funções – 37m², levando em conta as salas de estar e jantar. A profissional optou por cores neutras para a base do projeto. No piso, foi aplicado porcelanato sem brilho bege. Paredes, forro, portas, painel para TV e rodapés são na tonalidade branca, tudo para oferecer sensação de amplitude ao espaço. “Uma base neutra permite uma composição mais equilibrada e sem tanto contraste visual, o que gera muito acon-


Por Renata Girodo

O living é o conjunto de todos os espaços. Por isso, os materiais e acabamentos são os mesmos, resultando em uma unidade de composição

chego para o ambiente com lareira e televisão. Elas não são protagonistas, mas estão presentes no uso do espaço de convívio familiar”, afirma Manoela Py. O destaque fica por conta do balizamento da madeira, trabalhada em alguns elementos do mobiliário, e da tonalidade preta, que se apresenta no

granito da churrasqueira, nas cadeiras de jantar, no painel da bancada da cozinha e em diversos móveis avulsos. Espelhos foram estrategicamente dispostos em dois extremos: ao lado da porta de entrada e ao fundo da cristaleira. O cenário mostrou-se perfeito tanto para os momentos íntimos quan-

to para a descontração entre amigos. “Para facilitar essa tarefa, os sofás estão posicionados frente a frente com puffs e mesa de centro. Quem está sentado pode interagir diretamente com quem está na churrasqueira, localizada na sacada, ou na mesa de jantar, proporcionando uma visão muito mais fluida”, pontua a arquiteta. Para a entrada de luz e sol pelas janelas da sala, o espaço ganhou persianas horizontais de alumínio branco, de 50mm, que se ajustam ao ambiente, além de um charmoso e nobre reposteiro em linho, também na cor branca. Para a perfeita harmonia, o sistema luminotécnico também recebeu atenção especial. Com base no pé-direito da construção, que não é muito alto, optou-se pela iluminação embutida e recuada. “O diferencial ficou por conta do majestoso quarteto de pendentes Tom Dixon, posicionados estrategicamente em cima da mesa de jantar e na mesa de bar”, explica Manoela Py. Como se vê, nenhum detalhe passou despercebido ao olhar apurado da arquiteta.

EDIÇÃO SALAS

13


INSPIRAÇÃO

VIVER

com arte

A HARMONIA DE UM LOFT URBANO REPLETO DE PINTURAS

A

arte tem o poder de provocar diferentes sensações e interpretações. Muitas vezes, visitar museus e galerias não basta para quem a aprecia. É preciso levar as obras de arte para casa, e montar o seu “museu particular”. Organizar de forma harmônica as muitas pinturas, esculturas e objetos de arte adquiridos pelo único morador de um confortável loft urbano com uma ampla sala que integra estar e TV foi o principal desafio do arquiteto mineiro Silvio Cezar Silva ao elaborar o projeto do imóvel. O cliente, que é empresário, possui um vasto acervo adquirido ao longo do tempo, e sua solicitação foi que o projeto agregasse as peças colecionadas. O arquiteto buscou um resultado estético atemporal, porém, com muita personalidade. As pinturas trouxeram cor ao espaço, que também recebeu esculturas e objetos de arte de estilos, materiais e tamanhos variados. O morador recebe amigos com frequência, outro aspecto levado em conta pelo arquiteto na concepção do projeto. “Proporcionei espaços que contemplassem a sensação de amplitude, in-

14 E D I Ç Ã O

SALAS

Caroline Carvalho

tegrando e facilitando a interação entre eles”, afirma o profissional. Silva escolheu revestimentos diferentes, que combinassem entre si. No piso, utilizou porcelanato. Uma mesa de centro em madeira contrasta com o tom claro dos sofás. O profissional optou ainda por papéis de parede, em tonalidades neutras. Tudo convergiu para a criação de uma atmosfera aconchegante e charmosa, em meio à arte.

SILVIO CEZAR SILVA silviocesarsilva@oi.com.br Fotos: Bruno Fernandes


A N Ú N C I O


INSPIRAÇÃO

VISTA PARA AS

Por Renata Girodo

montanhas

ESPAÇO COM PAISAGEM PRIVILEGIADA UNE LEITURA, DESCANSO E LAZER

A

bela visão do alto das montanhas de Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, e as temperaturas agradáveis em torno delas, tornaram-se inspiração na concepção de uma sala de estar para o uso de uma executiva bem-sucedida, solteira e sem filhos. A ideia da arquiteta Patrícia Rezende e sua equipe foi criar um ambiente convidativo e que proporcionasse bem-estar. “O clima da região é bem friozinho e com neblina, sendo assim, o espaço foi pensando para remeter à sensação de calor, um aconchego que abraçasse só de olhar”, conta. Ela valorizou a paisagem e pensou na praticidade, projetando um espaço com duas ambientações em 30m²: área para TV, leitura e estudos, personalizada e dinâmica, também ideal para receber amigos e familiares. O estar é conjugado à sala de jantar e à cozinha. O fechamento nos dois extremos do cômodo com aparadores de linhas retas e detalhes em MDF preto reforça a integração, segundo a arquiteta. O projeto teve como principal desafio a definição das cores, que precisavam transmitir sensação de tranquilidade, sem

16 E D I Ç Ã O

SALAS

perder a personalidade. “A escolha de tons sóbrios, aliada à composição primorosa da madeira, objetivou a sala como local de descanso. A parede cinza escuro personalizou a área reservada à televisão. O sofá e as poltronas no mesmo tecido deram a liberdade de brincar com as cores”, explica Patrícia. Contribuíram para a composição plantas, quadros apoiados em móveis e dispostos nas paredes e objetos de família.

PATRÍCIA REZENDE facebook.com/ estudiodearquipatriciarezende Fotos do projeto: Jomar Braganca


A N Ú N C I O


CAPA

UM LAR

inspirador ANA MÄHLER

APARTAMENTO CRIATIVO E ELEGANTE, COM REFERÊNCIAS INDUSTRIAIS, É MORADA DE ARQUITETA

T

raduzir seu estilo pessoal no projeto desenvolvido para ser a própria morada tornou-se algo buscado por muitas pessoas. E quando essa aspiração parte de um arquiteto, o processo transcorre de forma muito natural, quase que instintiva. Foi assim com um apartamento de 118m² localizado em Porto Alegre/RS, que teve projeto concebido pela arquiteta Ana Mähler. A profissional conferiu integração e amplitude ao ambiente de estar, transformando-o em um espaço criativo e elegante, com referências industriais, estética

18 E D I Ç Ã O

SALAS

moderna e detalhes únicos. “Para esse novo lar, buscamos um espaço que nos permitisse ter um amplo estar, com cozinha integrada, para que passássemos mais tempo juntos”, diz ela. O apartamento possui quatro moradores – o casal e duas cachorras de estimação. A planta ficou dividida em 53m² para área social, 16,50m² para cozinha e lavan-

www.anamahler.com Fotos F t d do projeto: j t V Vanessa B Bohn h


Por Caroline Carvalho

deria, 16,62m² para suíte de hóspedes e 29,10m² para suíte principal. Além das alterações de layout na planta durante a construção do edifício, os acabamentos foram personalizados. A sala de estar foi amplamente modificada: a lareira original, à lenha, foi eliminada e, no local, instalou-se um home office. A cozinha foi aberta à área social e o mesmo ocorreu com a lavanderia. Tudo foi possível sem a necessidade de uma mesa de jantar. A área social recebeu um grande sofá em L, em couro natural, acompanhando a maior janela do espaço e a grande barra (revestida de vidro fosco) que abriga equipamentos de TV, lareira com pedras vulcânicas, e duas casinhas para as pets. O grande sofá foi o elemento que norteou o projeto - era desejo do casal um móvel que comportasse toda a família.

Para esse novo lar, buscamos um espaço que permitisse ter um amplo estar, para que passássemos mais tempo juntos Para complementar, a arquiteta optou por uma poltrona e muitas mesinhas soltas, que permitem ter um uso mais dinâmico do ambiente. Junto ao sofá, ela escolheu um aparador para posicionar objetos decorativos. O home office criado no estar tornou-se o ponto alto do espaço. Trata-se de um armário todo em mármore carrara, com sistema de portas ocultas quando abertas. A parede curva recebeu rodameio, utilizado de forma inusitada, na vertical e na cor preta, oferecendo destaque e uma atmosfera sofisticada. Um grande painel apoiado no chão, que ocupa boa parte da parede, é uma obra de arte de autoria da arquiteta. Aqui, vale observar que outra grande paixão de Ana, além da arquitetura, são as artes plásticas. Ela já realizou diversas exposições e possui, inclusive, obras premiadas. A automação está presente nas janelas, que possuem dois sistemas de cortinas motorizadas: rolô, com tela solar, e duette, ambas em tom fendi. Para

EDIÇÃO SALAS

19


CAPA

decorá-las, reposteiros em crochê. Em áreas estratégicas e de destaque, a profissional manteve a laje de concreto. Para a iluminação técnica, as escolhas foram soluções com diferentes tipos de efeito. O projeto possui luminárias no frame e mini leds dentro dos nichos pretos do forro. A iluminação desenhada e criada com exclusividade para a sala de estar

apresenta-se como um dos destaques: ela é formada por um conjunto de pendentes em ferro com pintura automotiva preta fosca, compondo uma grande escultura de luz. Abajures completam a iluminação. O piso foi escolhido a dedo: são réguas de pvc reciclado na cor madeira, indicado para quem tem animais domésticos, e os rodapés, em negativo, foram especialmente desenhados em alumínio na cor bronze. Como um todo, o projeto pauta-se pela harmonia entre as escolhas de acabamentos, cores e desenho de mobiliário. “Não existem limites claros nas divisões dos espaços, e isso foi proposital. Para criar visões alongadas dos ambientes com um efeito de amplitude, elementos como móveis, painéis e tampos transitam de um ambiente ao outro”, pontua Ana Mähler. E, assim, concretizou-se um lar para ela chamar de seu.

20 E D I Ç Ã O

SALAS


A N Ú N C I O


INSPIRAÇÃO

LIBERDADE

absoluta

Por Renata Girodo

U

ma sala de estar ampla e agradável, com espaços integrados, iluminação abundante e privacidade na medida certa é algo que corresponde à expectativa dos mais diferentes perfis de moradores. Em uma residência localizada em Ribeirão Preto/SP, um ambiente com tais características tornou-se o ponto alto. Com pé-direito duplo e grandes vãos livres, que permitem iluminação farta e integração com as áreas verde e de lazer, inclusive com acesso à varanda gourmet, a sala de estar foi pensada para proporcionar comodidade e sensação de acolhimento. A arquiteta Luciana Fava Scare, que assina o projeto, priorizou a elegância, tendo como principal desafio satisfazer os diferentes perfis dos moradores da casa: um casal jovem com dois filhos - um recém-formado e uma universitária. “Os tons neutros reinaram absolutos nas paredes e nos móveis. O toque especial ficou por

SALA DE ESTAR AMPLA COM ILUMINAÇÃO ABUNDANTE conta do colorido impresso nos tapetes e acessórios”, explica a profissional. A escolha dos materiais de acabamento, em tons claros, prioriza a elegância. Portas de correr integram o living ao home, proporcionando privacidade. Uma grande janela de vidro permite o contato com a natureza da área exterior. A cortina de material transparente, em gaze de linho, possibilita que o paisagismo seja contemplado pelos moradores mesmo quando fechada, o que faz toda a diferença no ambiente, que possui aproximadamente 40m².

22 E D I Ç Ã O

SALAS

LUCIANA FAVA SCARE www.lucianascare.com.br Fotos do projeto: Gian Claudio Biancuzzi Foto da arquiteta: Lídia Muradas


A N Ú N C I O


INSPIRAÇÃO

OLHAR

Por Érica Bernardes

natural

PROJETO REÚNE RUSTICIDADE E MODERNIDADE COM MUITO VERDE E TONS TERROSOS

U

ma das maiores riquezas que o ser humano pode acumular são as amizades. E poucas coisas proporcionam tanto prazer quanto receber amigos. A premissa norteou o escritório Obliq Arquitetura, de Santa Maria/RS, ao projetar uma sala de estar com total integração à sala de jantar e ao espaço gourmet. O cliente – um casal jovem, com um filho adolescente e um bebê – preza por conforto e aconchego, e a sala aberta oferece liberdade de circulação durante recepções, sessões de filmes e momentos de descontração. Criar um ambiente que atendesse aos estilos e necessidades diferentes dos moradores e que trouxesse sensação de acolhimento mostrou-se como principal desafio. A natureza dá o tom do projeto, pois é a principal influência na arquitetura e na decoração. Com uso de vegetação, tons terrosos e materiais naturais, como madeira e couro, a rusticidade predomina, sem perder a modernidade e a funcionalidade. O forte apelo dos elementos da natureza, presentes em cada detalhe - seja nas pedras, madeiras ou cerâmicas - está em harmonia com objetos e mobiliários. Os materiais presentes no forro também trazem o contra-

24 E D I Ç Ã O

SALAS

ponto: a madeira de demolição foi aliada ao gesso branco. “As grandes esquadrias de madeira buscam integração entre o meio externo e o interno, onde a vegetação é forte”, diz a arquiteta Gabriela Pozzatti. A casa tem 450m² e levou 12 meses para a execução. “O projeto da sala de estar foi feito junto a elaboração do projeto arquitetônico, assim, as características do espaço estão em total sintonia com a residência”, fala Gabriela.

OBLIQ ARQUITETURA www.obliqarquitetura.com.br Fotos: Juliano Mendes


A N Ú N C I O


PROJETO

MUDANÇAS

bem-vindas APARTAMENTO GANHA NOVAS LEITURAS, INTEGRAÇÃO E CORES EM AMBIENTES ATÉ ENTÃO POUCO USADOS

C

om a arte de recriar ambientes e a força das cores, é possível trazer mais vida a qualquer estilo de residência. A arquiteta Amanda Ramirez sabe muito bem disso e, ao apresentar novas leituras a áreas pouco exploradas de um apartamento de 400m², apostou na beleza das mais diversas tonalidades. A profissional apresentou soluções inteligentes, aliando conforto, beleza e praticidade. Um quarto transformou-se em closet; um hall passou a ser home office; a varanda foi integrada à sala principal, entre outras novidades que acolheram as necessidades dos moradores. O projeto atende a um casal jovem com um filho, que gosta de receber convidados. A arquitetura moderna foi a inspiração, e as cores amarela, azul e vermelha, presentes em diversos detalhes, deram o tom do espírito animado dos clientes. A integração dos ambientes, sem a perda de identidade de cada um, mostrou-se como o desafio da obra, concluída em oito meses. Na suíte do casal, um dos destaques ficou por conta da

26 E D I Ç Ã O

SALAS

AMANDA RAMIREZ www.amandaramirez.com.br Fotos: F t A André d éM Monteiro t i


Por Érica Bernardes

iluminação, com o rebaixamento do gesso e os pendentes. A porta espelhada ofereceu amplitude. Já para o banheiro, optou-se por um toque mais zen, com porcelanato que imita madeira e uma composição harmônica de revestimentos. A privacidade manteve-se respeitada, com a instalação de dois chuveiros e duas cubas. Um bom exemplo da criatividade do projeto trata-se de um antigo quarto transformado em closet. “Integrado à suíte do casal, o ambiente realiza o sonho de qualquer mulher, com penteadeira, armários com TV embutida e iluminação em led”, pontua a arquiteta. Outro ambiente novo no apartamento, o home theater ganhou tons escuros, sem cair na monotonia, em preto, amarelo e cinza. A iluminação

destacada em todo o rebaixamento de sanca de gesso dá a opção de meia luz. As tonalidades dos revestimentos do banheiro conjugado ao ambiente mantêm o mesmo padrão. Já o quarto do filho, de 13 anos, é moderno, e atende à sua fase de transição. Chamam a atenção a cama com degraus iluminados e o teto, com ripas de madeira. Criaram-se espaços para estudos, para jogar videogame e receber os amigos. Nichos comportam objetos como miniaturas de carros e a camisa do time do coração também faz parte da decoração. No banheiro do dormitório do adolescente, as tonalidades do piso, ladrilhos e revestimento acompanham às do quarto, que privilegiou cores escuras na decoração, como o cinza e o preto. Para a instalação do home office no lugar do hall de entrada, a porta mudou de lugar, e o espaço ganhou um móvel com nichos decorativos e espelho atrás. No

EDIÇÃO SALAS

27


PROJETO lavabo, papéis de parede e pendente ao lado da pia destacam-se. Para integrar a varanda à sala de estar, Amanda Ramirez recorreu à abertura de alguns vãos, com a união dos ambientes por meio de detalhes em gesso no teto. Os espaços possuem sofás e poltronas que seguem o mesmo padrão de cores do mobiliário da área externa, para a qual portas de vidros deslizantes dão a opção de fechamento. Para o buffet, optou-se pela iluminação focada, bastante em alta como detalhe decorativo. Um lustre de cristal sobre a mesa de jantar agrega sofisticação e elegância. O rebaixamento do gesso, com papel de parede, que vai de ponta a ponta, trouxe interligação entre os ambientes da sala de estar, mesa

de jantar e bar. O azul tiffany, em almofadas e objetos decorativos, atende a um pedido da moradora, propiciando contraste com os tons neutros que imperam nessas áreas do apartamento. Seguindo o conceito de integração, a arquiteta interligou três ambientes (sala de almoço, cozinha e churrasqueira), criando uma composição perfeita para melhor receber os convidados. Destaque para a composição de

28 E D I Ç Ã O

SALAS

revestimentos com relevo piramidal nas paredes e com efeito de madeira em determinados detalhes, como churrasqueira e painel da bancada. O amarelo nos objetos de decoração e nas cadeiras dá o colorido, conferindo descontração. A ilha foi posicionada para que a pessoa que estiver no fogão ou na pia tenha acesso visual à TV e aos ambientes. Sem dúvida, com todas essas mudanças, a família ganhou uma nova e bela morada.


A N Ú N C I O


ÔOH DE CASA!

CLAUDIA MARIA CHAVES Psicóloga e publicitária

O NECESSÁRIO

N

o país tropical, a brisa fria que entra pela janela, de manhãzinha e ao anoitecer, anuncia a mudança de estação. Já é outono! A sensação que tenho é a de que, este ano, ele chegou mais intenso, mas não só pelo que sinto na pele ou pelo processo que se repete na natureza. Além das temperaturas mais amenas, das folhas pelo chão, nevoeiro logo cedo, noites que começam a ser mais longas..., percebo também que a maioria das pessoas ganhou um ar nostálgico e melancólico. Introspectivas, elas demonstram desejo de refugiarem-se e, se possível fosse, acredito que hibernariam até o inverno passar. Como árvores sem folhas, parecem nuas e expostas, revelando toda a sua estrutura ou a falta dela. Cada qual, pessoa física ou jurídica, seguindo em frente a procurar pelo caminho seguro em meio ao denso nevoeiro, vai como pode e como dá. Muitos, de forma lenta, pela indecisão do próximo passo. Falta visão e, por isso, também ação. Muitas em compasso de espera e, paradoxalmente, em pleno exercício do desapego. Do supérfluo ao básico. Para muitos, lá se foram as viagens, as oportunidades, o emprego, o salário, o remédio, a comida e a dignidade. Lá se foram os clientes, a receita, o lucro, as negociações, o abrir e o fechar da porta e a sobrevivência. Tudo ao chão, como folhas na mudança da estação! E esse intenso outono, embora a muito anunciasse que chegaria, principalmente pela situação sócio-político-econô-

30 E D I Ç Ã O

SALAS

outono

mica do país, pegou cigarras e formigas de surpresa. Esopo, conhecido por suas fábulas, afirmou certa vez que “as desventuras servem de lição aos homens.” Acreditando nisso e esperando que seja formiga, como várias ao redor, desejo que possa enfrentar toda essa instabilidade sem grandes dissabores e viver um tempo melhor, mais justo e humano. Caso a Era Solar tenha tudo a ver com essa história, é bom saber que ela chegou ao fim no último 19 de março. Narcisismo, priorização de bens materiais, sedução e manipulação para obtenção de poder e controle são algumas das características dessa era que durou 36 anos. Em maior ou menor grau, andamos distantes de nós mesmos, da nossa essência divina e dos valores fundamentais. Mas como não há mal que sempre dure, no dia 20 de março, entramos na Era de Saturno. É bom que estejamos preparados! Responsabilidade, cumprimento das leis, normas, regras, resgate de valores antigos, o nocaute de tudo o que é contra o nosso processo evolutivo e a expansão da consciência são tarefas mais que urgentes. Sem máscaras, sofridos e doídos, temos de fazer a nossa parte, viver a transformação para chegarmos lá adiante. Então, aproveitemos o outono e deixemos a nossa natureza se rebelar e revelar. Afinal, teremos 36 anos de escola pela frente. E quanto mais rápido aprendermos a lição, os dias por viver melhores serão. A partir da dor, virão a primavera e o verão.


A N Ú N C I O


BEM VIVER

A CHAVE DA

longevidade

DIETA BALANCEADA E PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIOS SÃO CAMINHO PARA A SAÚDE

S

aúde, corpo perfeito, boa alimentação e vida longa. Esses fatores cobiçados pela maioria das pessoas estão relacionados a dois aspectos que nem todas dão a atenção merecida. É necessário, antes de tudo, ter conhecimento sobre o que se ingere, e aliar uma dieta balanceada à prática regular de atividades físicas. Esse conjunto produzirá uma perfeita harmonia no organismo e atuará na prevenção de doenças. A nutricionista Simone Lima considera que a ciência tem realizado muitas descobertas sobre o alimento nas células do corpo humano, inclusive, como modular importantes alterações metabólicas por meio de planos alimentares personalizados. Conforme a profissional, os problemas de saúde começam quando a ingestão é maior do que a degradação dos alimentos, o que acarreta excesso de armazenamento nas células, sob a pele, no tecido adiposo, artérias e fígado, desencadeando uma série de reações metabólicas relacionadas a diversos males, como obesidade, diabetes, esteatose hepática (gordura no fígado), hipertensão, infarto e até o câncer. De maneira geral, o ideal é elevar o consumo de frutas, ver-

32 E D I Ç Ã O

SALAS

duras e alimentos integrais, garantindo a ingestão adequada de fibras, potássio, cálcio e magnésio, e reduzir gorduras saturadas, trans e colesterol, além de evitar bebidas alcoólicas. Alimentos ricos em sódio, como sal de cozinha, enlatados, frios e embutidos, além de molhos prontos e temperos industrializados também devem ser eliminados. Diante de tantas informações, a boa notícia é que, cada vez mais, as pessoas preocupam-se com os hábitos saudáveis. Algumas, inclusive, recorrem às dietas de povos com maior longevidade. A nutricionista Patricia Davidson Haiat cita, como exemplo, a dieta do mediterrâneo, rica em Ômega 3, que combate o envelhecimento e diversas doenças,


Por Cecília Dionizio

Atividades físicas espontâneas são fator preponderante para a qualidade de vida e que ficou conhecida após a Segunda Guerra Mundial. Pesquisadores foram à ilha de Creta e identificaram que, no pós-guerra, a população empobrecida gozava de muito mais saúde, baixas taxas de problemas cardiovasculares, câncer, artrite e longa expectativa de vida do que americanos ou britânicos. No prato, sempre muita salada, grãos integrais, azeite, legumes e peixe. Outra dieta que merece atenção é a tradicional japonesa, disseminada com a introdução do budismo, quando leis e decretos imperiais eliminaram gradualmente o uso de diversos tipos de carne animal na alimentação. A dieta japonesa segue os princípios de ferver, grelhar, cozinhar no vapor e servir cru. Baseada em poucas calorias e consumo balanceado de peixe e carne, vegetais, grãos, ovos e produtos de soja, ela tem seus efeitos comprovados. Contribui para reduzir o índice de morte prematura por doenças cardiovasculares, segundo pesquisa do Centro Nacional para a Saúde Global e Medicina, de Tóquio, que acompanhou 36 mil homens e 42 mil mulheres, entre 45 e 75 anos. Entre as pessoas que a seguem, o índice de mortalidade é 15% menor. Outro fator preponderante para a qualidade de vida dos orientais é a prática

regular de atividades físicas espontâneas, como caminhada. No livro Dieta dos Países Magros, o nutricionista e personal trainer de celebridades americanas Harley Pasternak deixa isso claro. “As pessoas caminham muito, pois vão ao trabalho a pé ou de bicicleta, e isso é uma atividade extraordinária”, observa. Os orientais caminham, em média, 10 mil passos por dia. Essa combinação de fatores explica o motivo de tornarem-se quase centenários. No Japão, a expectativa de vida média é de 82 anos. O fato é que uma caminhada diária de

30 minutos pode garantir benefícios, assim como outras atividades simples, como correr e pedalar. Elas podem reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom, ajudar a manter o peso corporal, fortalecer a musculatura, controlar níveis de glicose no sangue, regular a pressão arterial e promover liberação de substâncias que proporcionam prazer e ajudam no controle da ansiedade. O ideal, antes de começar qualquer dieta e adotar uma rotina de exercícios, é procurar orientação de um profissional da área.

EDIÇÃO SALAS

33


A N Ú N C I O


EM CENA

I inspiradoras TENDÊNCIAS

Crédito: Ceusa

ALGUNS DESTAQUES DA 15ª EXPO REVESTIR, CONSIDERADA A FASHION WEEK DA ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO

nspiração é uma das palavras que definem a Expo Revestir, maior vitrine de acabamentos da América Latina. Em sua 15ª edição, a feira aconteceu de 7 a 10 de março, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, com lançamentos nos segmentos de cerâmicas, louças sanitárias, metais, entre muitos outros. Para destacar os produtos nacionais de alto valor agregado, na feira, foi realizado o 3º Prêmio Best in Show – Ceramics of Brasil. Confira algumas novidades:

Crédito: Deca

Crédito: Biancogres

Uma das principais tendências vistas na Expo Revestir 2017 foram os revestimentos com efeito tridimensional, com designs que apostam em relevos, jogos de sombras e impressões geométricas. Destaque para o porcelanato de parede Matelassê Black, lançamento da Biancogres, um dos vencedores do Prêmio Best in Show – Ceramics of Brasil. O matelassê, técnica que agrega relevo e textura aos tecidos, consagrada por Coco Channel, ícone da moda, serviu de inspiração para o produto, que traz glamour aos ambientes.

A grande versatilidade dos revestimentos e coleções assinadas por designers também marcaram a 15ª Expo Revestir. Entre os destaques, a coleção Brise, da Ceusa, porcelanato retificado em alto relevo com textura Flossy (com toque super acetinado) no formato lâmina, para paredes internas e externas. A linha é inspirada em estruturas de brises, dispositivos arquitetônicos usados em edificações para impedir a incidência solar. Possui efeito de pequenos blocos cruzados e pode ser assentado no sentido vertical e horizontal. Levou o Prêmio Grand Prix dos Arquitetos e Designers de Interiores. Também evidencia-se a linha da Deca assinada pelo renomado designer Jader Almeida. Peças com visual leve renderam à marca o Prêmio Best in Show – Ceramics of Brasil.

EDIÇÃO SALAS

35


A N Ú N C I O


A N Ú N C I O


NOSSA CASA

São Paulo recebe

1ª ASSEMBLEIA DE 2017

N

o dia 6 de março, São Paulo foi palco da 1ª assembleia do ano da Associação Casa Vip. Esteve presente a maioria dos associados, que permaneceram na cidade para visitar a 15ª Edição da Expo Revestir – a Fashion Week da Arquitetura e Construção. A maior feira de soluções em acabamentos da América Latina é de total interesse dos empresários que compõem a Associação Casa Vip, pois dela participam as principais indústrias fornecedoras de produtos comercializados em suas respectivas lojas. Hoje, mais de 70 distribuídas em oito estados do país. Lançamentos, tendências, oportunidades e negócios foram o foco principal do evento muito prestigiado por profissionais do segmento, estudantes e pelo público em geral. Em breve, muitas novidades estarão disponíveis para você em nossas lojas.

DESTAQUE NO RANKING Pelo segundo ano consecutivo, a Nichele é 2º lugar no Ranking das Lojas de Material de Construção no Paraná. O prêmio é resultado da confiança conquistada entre todos os seus clientes. A Nichele figurou entre os vencedores de cada estado brasileiro e do Distrito Federal, na 18ª Pesquisa do Ranking Nacional das Lojas de Material de Construção, da Revista Anamaco.

13 ANOS DE CASA VIP Em março, a Associação Casa Vip completou 13 anos de vida. Com 20 empresas associadas, a troca de experiências, conhecimentos e de informações continua sendo o principal foco dos empresários que a compõem. Ao desenvolver e realizar ações conjuntas, a associação se fortalece e se torna, cada vez mais, reconhecida no mercado em que atua.

VILAREJO premiada Os integrantes da Associação Casa Vip comemoram o prêmio recebido pela associada Vilarejo Acabamentos. No dia 8 de março, Frederico Mello, presidente da associação, diretor comercial e um dos proprietários da empresa, subiu ao palco na Expo Revestir para receber o Prêmio Destaque Expo Revestir - Revista Anamaco, concedido aos principais revendedores de revestimentos do país.

38 E D I Ç Ã O

SALAS


A N Ú N C I O


A N Ú N C I O

Revista Nichele  

CM&N Revistas Customizadas Somos uma editora de revistas para empresas, com experiência em conteúdos que conectam marcas e pessoas em difer...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you