__MAIN_TEXT__

Page 1


PRIMAVERA outubro 2020 2

RELATÓRIO DE CONTAS MARCADO POR GESTÃO RIGOROSA E EQUILÍBRIO FINANCEIRO O Relatório de Contas do Município foi aprovado a 14 de maio, em reunião ordinária da Câmara Municipal. Este documento reflete a situação económica e financeira da autarquia e evidencia a atividade desenvolvida durante o ano 2019, onde foi alcançada uma taxa de execução orçamental média de 92%, o cumprimento da regra do equilíbrio orçamental e a diminuição da dívida. A despesa com a amortização do empréstimo do Saneamento Financeiro continua a assumir um peso muito elevado do orçamento, mas mesmo com o investimento iniciado em 2019 foi possível reduzir em 23% a dívida global da autarquia, o que significa uma diminuição de mais de 1 milhão e meio de euros. Do ponto de vista do investimento, em 2019 foram iniciadas e executadas importantes empreitadas para o Município como a reabilitação e ampliação da Casa da Cultura, a requalificação da Escola Básica e Secundária, a ampliação da Rede de Saneamento na freguesia de S. Cristóvão, a Rede Periurbana de Passeios e a Eficiência Energética na Habitação Social, bem como a melhoria das condições nas instalações sanitárias do restaurante da Piscina Municipal O ano terminou sem qualquer atraso nos pagamentos, o que representa uma garantia para os fornecedores da autarquia ao nível da concretização dos compromissos assumidos. Para este ano de 2020 o Orçamento Municipal apresenta-se como o maior orçamento de sempre, rondando os 6 milhões de euros de investimento e inclui a execução ou conclusão de obras de grande relevância para o concelho, designadamente, a Requalificação e Modernização das Instalações da Escola Básica e Secundária, a ampliação da Rede de Saneamento na freguesia de S. Cristóvão de Mondim, a Reabilitação e Ampliação da Casa da Cultura e a Requalificação do Posto da GNR. Para além destas grandes obras, muitas outras figuram no Plano de Investimentos, tendo o município, no momento, cerca de vinte projetos comparticipados por fundos comunitários.

As acessibilidades internas estão também contempladas neste orçamento e incluem a requalificação da estrada que liga o Bilhó a Cavernelhe, o alargamento da estrada de ligação à A7 desde o Bairro Novo à Ponte da Barca, em Atei, bem como a requalificação de outras estradas como a M312 que liga Mondim a Bormela. Para além dos projetos de investimento, a Câmara Municipal continua empenhada em assegurar uma série de programas sociais, que consomem boa parte do orçamento corrente, a exemplo do apoio à criança, a loja social, o apoio à aquisição de medicamentos e o apoio ao transporte de doentes. Do mesmo modo, na área da educação, o município garante a qualidade da prestação dos serviços que lhe estão afetos, ao nível do transporte escolar, do serviço de refeições, da componente de apoio à família, a atribuição de material escolar e a Escola de Música. O apoio ao associativismo desportivo, cultural e recreativo é também uma garantia da autarquia que permite às associações do concelho o desenvolvimento dos seus planos de atividades anuais. Refira-se ainda que, anualmente, cerca de 1,7 milhões de euros do orçamento municipal são consumidos para fazer face ao serviço da dívida, cujo empréstimo se estende até 2022. É notória a evolução positiva no que diz respeito à receita proveniente da prestação de serviços, situação que vem compensar a tendência decrescente da receita proveniente dos impostos, nomeadamente, do IMI. Ainda assim, o município mantém a sua decisão relativamente à taxa fixada para este imposto, tendo em vista não onerar o rendimento disponível das famílias. Apesar de ser o maior orçamento dos últimos anos, não inclui todos os projetos que o executivo municipal tem em mente e que considera de igual modo importantes. Naturalmente que muitos outros projetos ficam adiados, na certeza porém de que foi feito um trabalho criterioso e exaustivo na identificação das prioridades que melhor conduzem à satisfação do interesse público.


PRIMAVERA outubro 2020

EDITORIAL

3

Amigos(as) Mondinenses, Quero saudar todos de maneira muito carinhosa e de modo muito especial aqueles que, estando longe, não conseguiram por motivos óbvios, vir este ano visitar os seus familiares.

da requalificação da urbanização da Recta da Pena; a melhoria e alargamento da rede de saneamento básico e a construção da ETAR em Atei; a melhoria da rede de iluminação, com luminárias LED.

Estamos a viver um ano atípico, que nunca nenhum de nós pensou viver. Esta pandemia tem-nos obrigado a viver de forma isolada e privada de reuniões e encontros calorosos. Viver sem manifestação de afetos, abraços e beijos, que tanta falta nos fazem no dia-a-dia. O isolamento social, o encerramento das escolas, o teletrabalho são situações que obrigam a modos de vida diferentes.

Estão para iniciar a breve prazo, a ligação de Pardelhas ao Alto do Velão, da Pedreira a Vilarinho e a melhoria da ligação de Atei à Barca; a Requalificação do Pavilhão Gimnodesportivo Municipal; o Núcleo de temáticas tradicionais Casa das Memórias de Ermelo.

Um agradecimento a todos os mondinenses e a todas as instituições pela forma como aceitaram e cumpriram as normas da Direção Geral da Saúde. Apesar de todos estes constrangimentos e contratempos não ficamos parados. Continuamos a apostar na melhoria das condições de vida de todos os munícipes. Continuamos a executar o que estava previsto e planeado. São disso exemplo: a conclusão da ponte e da ligação à nacional 210 em Celorico; a requalificação da Escola Básica e Secundária e da Casa da Cultura; a rede periurbana de passeios; a recuperação e melhoria de estradas municipais; a requalificação do quartel da GNR; a construção da Casa Mortuária; a segunda fase

Todos estes projetos e obras representam aquilo que todos ansiamos: o encurtar das distâncias, os reencontros sociais e culturais, a melhoria das condições de vida e de aprendizagem, bem como a preservação das memórias e das tradições que tanto nos caracterizam. Estamos a trabalhar para que nada disto se perca! Juntos iremos vencer esta situação e iremos sair mais fortes e mais unidos. Juntos ficaremos mais capazes de ultrapassar esta crise. É hora de sermos mais solidários e mais atentos. Confiamos em todos e sabemos que a nossa força e a nossa garra nos vai levar por um futuro melhor.

FICHA TÉCNICA Boletim Municipal n.º 13 – Primavera – Outubro 2020 Propriedade e edição: Câmara Municipal de Mondim de Basto / Direção: Teresa Rabiço da Costa (Presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto) Coordenação: Gabinete de Comunicação e Imagem / Design: Academia do Design / Tiragem: 2500 exemplares (distribuição gratuita)


PRIMAVERA agosto 2020 4

DESTAQUE

NOVO EXECUTIVO MUNICIPAL O Presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto, Humberto Cerqueira, foi eleito, a 19 de dezembro passado, e pelos 86 municípios que integram a CCDR-N, vogal executivo da Comissão Diretiva da Autoridade de Gestão do NORTE 2020. Esta comissão integra três elementos: o presidente da CCDR-N, um vogal nomeado pelo Governo e um terceiro elemento, que é eleito pelos presidentes das câmaras do norte do país. Foi este novo cargo que Humberto Cerqueira assumiu no início de março, tendo por isso renunciado ao comando da autarquia. Esta eleição representa um reconhecimento do profissionalismo e da determinação que pautaram o seu desempenho durante os últimos anos enquanto autarca. A 4 de março, Teresa Rabiço da Costa, até então Vice-Presidente, assumiu o comando da autarquia Mondinense até ao final deste mandato e deu posse a uma nova Vereadora, Ana Rita Lemos Oliveira. No seu discurso, a nova Presidente da Câmara, deixou a garantia de continuar a cumprir o programa e os compromissos assumidos no início do mandato em 2017 e a dedicar o seu trabalho em prol do bem-estar de todos os Mondinenses.

O novo Executivo Municipal passa a ser composto pelos seguintes elementos: - Teresa Rabiço da Costa (PS) Presidente - Paulo Mota (PS) Vice-Presidente - Nuno Lage (PS) Vereador em Regime de Permanência a Meio-Tempo - Idalécio Carvalho (CDS-PP) Vereador sem Competências Delegadas - Ana Rita Oliveira (PS) Vereadora sem Competências Delegadas


PRIMAVERA outubro 2020

DESTAQUE

LIGAÇÃO DE MONDIM DE BASTO À EN 210 ESTÁ CONCLUÍDA O Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, esteve no dia 8 de setembro, em Mondim de Basto para inaugurar a nova ligação de Mondim à EN 210. O momento foi apreciado por dezenas de Mondinenses que quiseram vivenciar o momento da abertura integral da circulação automóvel na nova Ponte sobre o Rio Tâmega. Como referiu no seu discurso a Presidente da Câmara, Teresa Rabiço, “esta data vai ficar gravada na memória e na história de todos os Mondinenses, por se tratar de uma obra necessária e desejada há muitos anos pela população do concelho.” A criação desta nova travessia foi desenvolvida no âmbito da empreitada de construção da 1º fase da Variante à EN210, também denominada Via do Tâmega e representou um investimento global de 7,6 milhões de euros. Mas a autarca Mondinense adiantou ainda que “a obra ainda não está acabada. Falta a reposição da ligação à ponte antiga, que se vai concretizar e garantir o acesso aos moradores desta rua e a quem quiser aceder ao rio Tâmega”. Antes

Depois

Antes

Depois

5


PRIMAVERA outubro 2020

DESTAQUE

6 Antes

Depois

Antes

Depois

O Ministro das Infraestruturas considerou que a execução desta empreitada “representa a justiça e o sinal de respeito pela luta e pelo trabalho da população Mondinense”. Pedro Nuno Santos reconheceu a necessidade de se apostar nas acessibilidades aos territórios do interior e de baixa densidade, onde pequenos investimentos fazem a diferença para a mobilidade e o desenvolvimento das regiões. A nova de ligação de Mondim de Basto à EN210 representa uma redução significativa no tempo das deslocações e ligações a Celorico de Basto, à Autoestrada A4 e ao resto do país, para além de maiores condições de segurança e conforto.

A nova ponte sobre o Rio Tâmega concretiza aquilo que são os padrões da mobilidade de futuro, incluindo uma ciclovia e acesso para peões. Simboliza também uma maior centralidade entre os Municípios de Basto e o reforço da coesão territorial de toda a região. Nesta data foi ainda anunciado que o Projeto de Execução para a construção do troço da Variante à EN 210 entre Lordelo e Corgo, no concelho de Celorico de Basto, se encontra na fase final de elaboração. A sua concretização vai permitir uma ligação mais rápida a um outro eixo rodoviário fundamental na região, que é a Autoestrada A7.


PRIMAVERA outubro 2020

AÇÃO SOCIAL

INICIATIVAS MUNICIPAIS POTENCIAM UMA COMUNIDADE MAIS ATENTA E SOLIDÁRIA No âmbito social a Câmara Municipal promove, regularmente, eventos que se destacam pela forte adesão e dinamismo que criam junto da população mais idosa do concelho. São disso exemplo o Passeio Anual dos Idosos, o Magusto Intergeracional e o Almoço de Natal. Os momentos de confraternização e de partilha que se geram nestes encontros revelam-se essenciais para combater o isolamento social e a monotonia a que estas pessoas estão sujeitas grande parte do ano. Em outubro passado, a Câmara Municipal juntou cerca de 400 idosos de todo o concelho num passeio ao Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Amares, para comemorar o Dia Internacional do Idoso. A animação e a boa disposição desta jornada de convívio prolongaram-se até ao entardecer.

Em novembro, o Dia de S. Martinho foi celebrado com as tradicionais castanhas assadas ao lume e o vinho novo. A animação do magusto esteve a cargo do Grupo Folclórico e Recreativo de Santa Luzia de Vilar de Viando e de vários tocadores de concertinas, que durante a tarde, proporcionaram grandes momentos de alegria. O tradicional Almoço de Natal dos Idosos juntou cerca de 500 pessoas de todos os lugares do concelho. O dia de partilha iniciou com a celebração da eucaristia e prolongou-se até ao entardecer, animado pelo projeto Arte de Incluir, da ASAD – Associação Social de Apoio à Deficiência.

Cuidar do bem-estar e da felicidade das pessoas é o compromisso da autarquia para com a população do concelho. O empenho das Juntas de Freguesia, das Associações Locais demais entidades que integram o Conselho Local de Ação Social (CLAS) na organização destes eventos, tem contribuído para o sucesso das iniciativas e para a construção de uma comunidade mais atenta e mais solidária.

7


PRIMAVERA agosto 2020 8

AÇÃO SOCIAL

CÂMARA ATRIBUIU LIVROS DE FICHAS E MATERIAL ESCOLAR AOS ALUNOS DO 1º CICLO No arranque de mais um ano letivo e à semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, a Câmara Municipal de Mondim de Basto destinou mais de 9 mil euros para apoiar os 175 alunos do concelho que frequentam o 1º ciclo do ensino básico. A estes alunos foram atribuídos os livros de fichas e ainda vales individuais no valor de 13,00 euros, que se destinaram a comparticipar a aquisição de material escolar. Uma medida que se tem revelado essencial para as famílias que, no início de cada ano letivo, têm que fazer face a novas despesas. Para além deste apoio, a Câmara Municipal assegura ainda, a estes alunos e aos alunos do ensino pré-escolar, o transporte escolar gratuito, o serviço de refeições, o prolongamento de horário letivo e as Atividades de Enriquecimento Curricular.

PROGRAMA CLDS-4G APROVADO PARA O CONCELHO DE MONDIM DE BASTO O Programa CLDS-4G de Mondim de Basto, mais conhecido como “CLDS-4G Mondim IN”, foi oficialmente aprovado com um orçamento total de 486 mil euros. Trata-se de um programa cofinanciado pelo POISE (Programa Operacional Inclusão Social e Emprego), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu, promovido pela Câmara Municipal de Mondim de Basto e tem como entidade coordenadora local da parceria a Associação Aldeias de Mondim, sediada em Vilarinho. Este programa visa contribuir para provocar mudanças relevantes na população e comunidade envolvida. Pretende ser um instrumento para a construção de elos de solidariedade, promoção humana e autonomia, possibilitar o surgimento de oportunidades, espaços de inclusão social e valorização e, ainda, contribuir para o despertar de uma consciência crítica. Terá a duração de 36 meses e atuará através de uma série de atividades, a executar em parceria, dentro de três Eixos de Intervenção específicos:

Eixo 1 – Emprego, formação e qualificação; Eixo 2 – Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil; Eixo 3 – Promoção do envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas. O CLDS-4G vai abranger todo o concelho de Mondim de Basto e conta com uma equipa técnica multidisciplinar no terreno, que vai atuar junto da comunidade, numa intervenção de proximidade, realizada em parceria e congregando os agentes e os recursos localmente disponíveis. Devido à situação de pandemia que se vive atualmente e com as restrições que daí decorrem, as atividades em grupo foram suspensas, porém, serão privilegiadas outras formas de apoio a executar em parceria, adotando todos os cuidados que a situação impõe. Dando cumprimento ao objetivo maior deste programa, a Equipa privilegiará o apoio social aos grupos mais vulneráveis, nesta que é uma prioridade do combate aos efeitos da pandemia do COVID-19, mas também à pobreza e exclusão social.


PRIMAVERA outubro 2020

ASSOCIATIVISMO

9

APOIO AO ASSOCIATIVISMO As Associações Ambientais, Cívicas, Culturais, Desportivas e Juvenis do Município de Mondim de Basto são, anualmente, contempladas com um apoio financeiro e logístico da autarquia para o desenvolvimento de atividades, obras e eventos previstos nos seus planos de atividades.

Mas também as associações cívicas e culturais têm merecido a atenção do executivo municipal. Recentemente, a Câmara Municipal formalizou um protocolo de colaboração com a Associação de Proteção de Animais “Pata Tonta”, que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de atividades promovidas por esta associação no domínio da saúde animal, higiene e apoio a animais errantes do concelho. A verba anual de 3.000,00 euros disponibilizada à Associação Pata Tonta destina-se a apoiar a aquisição de ração alimentar e os tratamentos e medicamentos dos animais errantes que se encontrem doentes, mas também as campanhas de adoção e de sensibilização para o reconhecimento dos direitos dos animais na comunidade local. Para além deste apoio financeiro a autarquia garantirá, através do Serviço Veterinário Municipal, apoio técnico no que concerne à higiene pública veterinária, sanidade animal, inspeção, controlo e vigilância epidemiológica.

No que diz respeito às associações desportivas do concelho e para o corrente ano de 2020, a Câmara Municipal disponibilizou uma verba no valor de 47.500 euros, que foram distribuídos, de acordo com os critérios previstos em regulamento próprio, pelas sete associações que apresentaram candidaturas para obtenção de apoios. E foram as seguintes: o Mondinense Futebol Clube, o Atei Futebol Clube, a Associação de Ciclismo e BTT Sr.ª da Graça, a Associação de Atletismo de Mondim (AMA), o Clube de Parapente de Basto, o Clube de Caça e Pesca de Mondim de Basto e a Associação Champions MMA. Além deste apoio financeiro, e como forma de garantir uma oferta desportiva variada, a autarquia assegura ainda os transportes dos clubes para as provas, bem como a manutenção das instalações desportivas. Ainda no âmbito desportivo, foi formalizado um protocolo de cooperação entre a Câmara Municipal de Mondim de Basto, a Associação de Atletismo de Vila Real, o Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto e a Associação Mondim Atletismo, com vista à implementação do “Projeto de Desenvolvimento do Atletismo em Mondim de Basto”.

Este projeto visa a criação de uma Escola de Atletismo no concelho que dará um acompanhamento mais especializado junto dos praticantes desta modalidade desportiva.

Para as associações juvenis e culturais, a verba disponibilizada este ano já atingiu os 45.500.00 euros e destinou-se a apoiar as atividades propostas pelo TAM – Teatro Amador Mondinense, pela Associação Thamuse, pelos Grupos Folclóricos de Vilarinho, Vilar de Ferreiros e Vilar de Viando; pelo Agrupamento de Escuteiros, pelo Motoclube Senhora da Graça, pelo Clube de Parapente, pela Associação MondimBike, pela Associação de Pais e pela Banda Filarmónica Mondinense, cujas iniciativas têm contribuído para a preservação das tradições e para a dinamização de vários setores no concelho. A vindima à moda antiga, recriada pelo Grupo Folclórico e Recreativo de Vilarinho ou a tradicional desfolhada animada pelos cantares da Associação Cultural e Recreativa de Santa Luzia de Vilar de Viando são exemplos da presença viva das tradições na cultura popular do concelho, as quais têm contado com o apoio do Município.


PRIMAVERA outubro 2020 10

DESPORTO

ESTÁDIOS DE FUTEBOL DE ATEI E DE MONDIM DE BASTO DOTADOS COM ILUMINAÇÃO MAIS EFICIENTE Os estádios de Atei e de Mondim de Basto foram alvo de uma beneficiação ao nível da eficiência energética. A intervenção no Estádio Municipal de Mondim de Basto surgiu na sequência de uma candidatura apresentada pelo respetivo clube ao “PRID - Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas”, em fevereiro de 2019, tendo sido aprovada pelo IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. em junho de 2019. Para além do apoio do IPDJ, a Câmara Municipal assumiu o financiamento de 50% do valor desta obra. No que diz respeito à beneficiação no Estádio do Atei F.C., os trabalhos foram totalmente suportados pela Câmara Municipal e pela Junta de Freguesia de Atei. Estas obras representam uma melhoria na iluminação dos estádios, permitindo melhorar as condições da prática desportiva dos atletas e técnicos que integram os clubes, além de significar uma considerável redução dos custos com a energia.

MONDINENSE FC SOBE AO CAMPEONATO NACIONAL DE FUTEBOL

NÚCLEOS DO CENTRO DESPORTIVO MUNICIPAL PROMOVERAM ENCONTRO DE BOCCIA No início de março, os diferentes núcleos que integram o Centro Desportivo Municipal participaram num Encontro de Boccia com a Associação “O Nosso Segredo”, de Amarante. Este encontro decorreu nas instalações do Centro Escolar Mondim Oeste e, para além da competição, promoveu uma jornada de salutar convívio entre os atletas. O Boccia é um desporto de precisão, em que são arremessadas bolas, seis de couro azuis e seis vermelhas, com o objetivo de as colocar o mais perto possível de uma bola branca chamada de “jack” ou bola alvo. É permitido o uso das mãos, dos pés ou de instrumentos de auxílio para atletas com grande comprometimento nos membros superiores e inferiores. Esta modalidade pode ser disputada de forma individual, pares ou por equipas.

A Câmara Municipal de Mondim de Basto congratula o Mondinense FC pela subida ao Campeonato Nacional de Futebol. No âmbito do plano de emergência e restruturação do Campeonato de Portugal de Futebol, aprovado pela Federação Portuguesa de Futebol, o Mondinense Futebol Clube, enquanto líder do campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real, foi promovido das competições regionais e na próxima época vai integrar o Campeonato Nacional. No ano em que completa 96 anos de existência e depois da participação na época 2017/2018, o Mondinense FC volta a garantir mais uma presença no Campeonato Nacional de Futebol. Uma honra para os jogadores, equipa técnica e direção e um orgulho para todos os adeptos e Mondinenses em geral. Parabéns!

Nos diferentes núcleos do concelho esta modalidade tem registado um bom acolhimento e tem estimulado os seus praticantes. O Vereador Nuno Lage acompanhou este encontro e realçou a importância da realização destes encontros e desta modalidade que, “ajuda a desenvolver a destreza físico-motora, o raciocínio, a concentração e a memória, sendo, por isso, uma modalidade ajustada ao envelhecimento ativo da população”.


PRIMAVERA outubro 2020

DESAFIO EVERESTING CUMPRIDO PELA PRIMEIRA VEZ EM PORTUGAL E NA SENHORA DA GRAÇA

DESPORTO

11

Vítor Pereira é um atleta de corrida em montanha, natural do concelho de Mondim de Basto, que reside atualmente em Itália. Há cerca de um ano foi o primeiro português a concluir o Challenge Everesting, um desafio particular onde os atletas, em autogestão, tentam atingir o desnível positivo do Evererst. A RTP acompanhou o atleta durante o desafio que se propôs realizar de atingir o desnível positivo do Everest, pela primeira vez em Portugal, através da subida ao Monte Farinha. Vítor Pereira subiu e desceu, a pé, o Monte da Senhora da Graça, 17 vezes consecutivas e viu o seu propósito realizado. O Município felicita o Vítor pela superação do desafio e agradece o facto de o ter levado a cabo no Monte Farinha, contribuindo para uma boa promoção da sua terra natal.

MONDIM NIGHT RUN JUNTOU DUAS CENTENAS DE PARTICIPANTES

ENCONTRO DE PARAPENTE 2020

A 3ªedição da Mondim Night Run, evento organizado pela AMA Associação Mondim Atletismo, que juntou mais de duas centenas de participantes.

Decorreu no fim-de-semana de 5 e 6 de setembro, o Encontro de Parapente ‘’Colors In the Sky’’ no Monte Farinha, Senhora da Graça.

Os participantes, atletas profissionais e amadores de todas as idades e de diversas zonas do país, puderam divertir-se pelas ruas e ruelas da Vila de Mondim de Basto nas provas de corrida – com uma extensão de 8 km, e na caminhada de 4 km. A corrida teve como vencedor o atleta Diogo Miguéis (AMA - Associação Mondim Atletismo) com o tempo 29:05, seguido de Franquelim Gonçalves (Cabeceiras Bike Team) com o tempo de 29:07. Rui Magalhães (Cabeceiras Bike Team) fechou o pódio com o tempo de 30:33. No escalão feminino Daniela Falcão (CDL-Trilhos da Maçã) venceu a Mondim Night Run com o tempo de 36:56. No 2ºlugar, Clara Nobrega (Insane Trail Vila Real) com o tempo de 41:31 e @andreia carvalho (Individual) fechou o pódio com o tempo de 43:48. A Mondim Night Run, é uma iniciativa apoiada pelo Município e por patrocinadores locais, que consideram este tipo de eventos fundamentais para criar dinamismo na Vila e no comércio local.

A iniciativa foi organizada pelo Clube Parapente de Basto e contou com o apoio do Município de Mondim de Basto. Participaram dezenas de pilotos experientes, com o objetivo de juntar os amantes deste desporto para uma grande festa e colorir o céu com os voos e batismo de voo para os mais aventureiros. O Município reconhece o valor deste desporto em Mondim e está a investir na melhoria da prática do parapente. Com esta intervenção espera que uma das principais atrações do concelho – a Senhora da Graça, seja capaz de oferecer mais um produto de turismo ativo diferenciador e de qualidade, que consiga atrair mais praticantes da modalidade ou mesmo acolher novos eventos desportivos. O Parapente é uma modalidade de referência que atrai visitantes, durante todo o ano, ao nosso concelho, e que se enquadra perfeitamente na estratégia de turismo delineada para o nosso território. É o cenário perfeito para os amantes desta prática. Uma simbiose perfeita.


PRIMAVERA outubro 2020 12

OBRAS / INVESTIMENTO

MUNICÍPIO VAI INVESTIR 238.000 EUROS NA MELHORIA DA PRÁTICA DO PARAPENTE O projeto para a melhoria das condições para a prática de parapente no Monte Farinha, candidatado pela Câmara Municipal ao Programa Norte 2020, no âmbito dos projetos âncora da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE Minho Inovação, mereceu a aprovação. Esta empreitada tem como objetivos dotar as pistas de descolagem e de aterragem de melhores condições de segurança e de confiança, quer para os praticantes da modalidade, quer para os espectadores. Com esta intervenção, a autarquia espera que uma das principais atrações do concelho – a Senhora da Graça, seja capaz de oferecer mais um produto de turismo ativo diferenciador e de qualidade, que consiga atrair mais praticantes da modalidade ou mesmo acolher novos eventos desportivos. Com um investimento estimado de 242.726,44€ e comparticipado em 75% pelo Norte 2020, o Município de Mondim de Basto pretende ver reforçada a visibilidade e notoriedade deste destino turístico do concelho e da região. A obra foi já adjudicada à empresa Higino Pinheiro & Irmão S.A. e terá um prazo de execução de três meses.

INICIOU A OBRA DE REMODELAÇÃO DO POSTO DA GNR DE MONDIM DE BASTO Teve no mês de junho, a obra de Remodelação do Posto Territorial da GNR de Mondim de Basto, adjudicada à empresa Planibasto Construção e Investimentos Imobiliários Lda. Esta obra representa um investimento de 205.500,00 euros que resultou de um Contrato de Cooperação Interadministrativo, celebrado em agosto de 2019 entre o Município de Mondim de Basto, a Secretaria Geral da Administração Interna e a Guarda Nacional Republicana. Através deste contrato, o Município de Mondim de Basto assumiu a posição de dono da obra, ficando incumbido de promover a abertura do procedimento de contratação, a execução do contrato de empreitada e a respetiva fiscalização e coordenação de segurança da remodelação do Posto Territorial da GNR de Mondim de Basto. Esta empreitada tem um prazo de execução de 180 dias e além da resolução de algumas patologias resultantes de infiltrações provenientes das coberturas, a intervenção visa tornar o edifício mais funcional, nomeadamente, no que diz respeito a acessibilidade e privacidade no atendimento, mas também na área de detenção.


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS / INVESTIMENTO

13

AUTARQUIA PRETENDE AMPLIAR REDE DE SANEAMENTO BÁSICO NA FREGUESIA DE ATEI A Câmara Municipal viu já aprovada uma candidatura submetida ao programa de apoio POSEUR para ampliar da rede de saneamento básico na freguesia de Atei. Esta freguesia encontra-se servida com rede de drenagem de águas residuais apenas numa zona central, servindo uma percentagem muito reduzida da população, sendo as restantes zonas encaminhadas para as diversas fossas séticas. Pelo facto destas fossas séticas serem um foco de poluição, a intervenção a realizar pretende a eliminação das mesmas e o aumento da cobertura da rede de saneamento, com o encaminhamento das águas residuais da freguesia para a nova ETAR de Atei, que vai ser construída e que também faz parte deste projeto. A ampliação da rede de saneamento será executada em duas fases, sendo que na primeira a intervenção garantirá a abrangência de cerca de metade da população – cerca de 750 habitantes - e na segunda fase serão executadas diversas extensões à rede, bem como o reforço da capacidade da ETAR. Trata-se de um investimento estimado de 1.483.961,47€ que garantirá melhores condições para a saúde pública e para o ambiente. Recorde-se que na freguesia de S. Cristóvão de Mondim de Basto já se encontra a decorrer a obra de alargamento da rede de saneamento básico, num investimento de 2.065.000 euros.

INSTALAÇÃO DE GUARDAS DE SEGURANÇA NA REDE VIÁRIA MUNICIPAL A segurança e beneficiação das vias municipais tem sido uma preocupação constante do executivo municipal. No passado mês de junho, decorreram os trabalhos de instalação de guardas de segurança rodoviária que vieram dar resposta a algumas situações identificadas como prioritárias, nas diferentes freguesias do concelho. Esta empreitada representou um investimento de cerca de 54 mil euros para a instalação de 1300 metros de guardas metálicas de segurança em troços específicos nas localidades do Barreiro, Bilhó, Bormela, Campanhó, Pardelhas, Pedra Vedra e Serra. Uma operação que visa oferecer melhores condições de segurança a todas as pessoas que circulam no concelho.

Com estas duas obras de alargamento da rede de saneamento, a taxa de cobertura no concelho irá aumentar de forma significativa. É intenção do município, nos próximos anos, alargar a rede de saneamento às restantes freguesias do concelho, aproveitando as oportunidades do Quadro Comunitário ou com meios próprios da autarquia.


PRIMAVERA agosto 2020 14

OBRAS / INVESTIMENTO

EM1200 ENTRE O BILHÓ E CAVERNELHE FOI REQUALIFICADA A Estrada Municipal EM1200 que liga o Bilhó a Cavernelhe foi alvo de obras de requalificação. A autarquia, com recurso a financiamento bancário, investiu 101.987,16€ em trabalhos de terraplanagens, drenagem e pavimentação do troço municipal.

Esta intervenção vai permitir aos utilizadores desta estrada maior conformo e segurança de circulação, ao mesmo tempo que zela pela salvaguarda das infraestruturas e do património natural e construído do concelho.

URBANIZAÇÃO DA RETA DA PENA – ESPAÇOS PÚBLICOS VÃO SER REQUALIFICADOS A Câmara Municipal vai intervir na valorização da Urbanização da Reta da Pena, nomeadamente ao nível requalificação dos espaços públicos, num projeto que ascende aos 341.693,90€. A primeira fase desta intervenção vai incidir, sobretudo, na melhoria de acessibilidade e circulação dos utilizadores, no ordenamento das áreas de estacionamento e na melhoria dos espaços verdes. Proporcionar uma envolvente urbana agradável e funcional para os residentes, comerciantes e prestadores de serviços naquela que é uma das principais entradas no concelho de Mondim de Basto, por forma a concorrer para a sua sustentabilidade económica, social e ambiental, são os objetivos desta operação. Esta obra tem um prazo de execução 8 meses e será comparticipada em 85% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional FEDER.


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS / INVESTIMENTO

REDE PERIURBANA DE PASSEIOS ESTÁ CONCLUÍDA Os lugares de Pedra Vedra, Serra e Vilar de Viando, na Freguesia de S. Cristóvão de Mondim de Basto já se encontram dotados de uma Rede Periurbana de Passeios, que veio melhorar a circulação pedonal entre estes lugares e o centro da Vila. Esta intervenção representou um investimento de 479.244,59 euros, comparticipado em 85%, através do Programa Operacional Regional do Norte. Uma obra muito importante para melhorar o conforto e segurança das pessoas que se deslocam a pé. Além dos passeios fizemos ainda o alargamento e pavimentação de algumas curvas da estrada municipal para melhorar a circulação automóvel. Para além da execução dos passeios e de forma a garantir uma circulação automóvel mais segura, particularmente no cruzamento com pesados, a Câmara Municipal procedeu ainda ao alargamento do troço da Serra, em pontos críticos e específicos, que incluíram trabalhos como o alargamento da via, a sua pavimentação e a execução de muros de suporte de terras.

PEDRA VEDRA

SERRA

VILAR VIANDO

CÂMARA MUNICIPAL VAI INVESTIR CERCA DE 170 MIL EUROS NA CONSTRUÇÃO DE CASA MORTUÁRIA A Câmara Municipal prevê avançar já no próximo mês de setembro com a construção da Casa Mortuária de Mondim de Basto. Este equipamento é uma pretensão antiga da população, tendo sido identificado como muito necessário e vai agora ser executado. O valor de investimento desta empreitada foi fixado em 153.606,37€ e a obra terá um prazo de execução de 9 meses. A Casa Mortuária de Mondim de Basto vai ser implantada na Rua da Quinta, junto ao Centro Paroquial, antiga Escola Primária da Igreja. Com uma área de implantação de 165.10m2, o edifício será constituído por um alpendre coberto, que dará acesso a uma antecâmera e esta ao espaço dos sanitários e à sala do velório.

15


PRIMAVERA outubro 2020 16

OBRAS / INVESTIMENTO

OBRA DE ALARGAMENTO DA REDE DE SANEAMENTO BÁSICO NA FREGUESIA DE MONDIM Encontram-se a avançar a bom ritmo os trabalhos da obra de alargamento da rede de saneamento básico na freguesia de Mondim. Com 16 quilómetros de condutas, esta infraestrutura vai servir mais cerca de mil habitantes e assim aumentar a taxa de cobertura de saneamento básico do concelho. Esta obra representa um investimento de 2.065.000 euros, financiado em 85% pelo programa POSEUR e tem um prazo de execução de 18 meses. MONTENADOURO

PEDRA VEDRA - VIA SACRA

PEDRA VEDRA

PISCAREDO


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS / INVESTIMENTO

AMPLIAÇÃO E REQUALIFICAÇÃO DA CASA DA CULTURA Prosseguem a bom ritmo as obras de ampliação e requalificação da Casa da Cultura. O projeto representa um investimento total de 1 097 168,40 euros, sendo que 1 026 722,03 € serão comparticipados em 85% pelo programa operacional Norte 2020. O valor dos restantes trabalhos será inteiramente assumido pela autarquia. Esta obra tem como objetivo reabilitar o emblemático edifício, antiga sede Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mondim de Basto, adquirido pelo Município em 2017, e

ampliá-lo, modernizando o espaço de modo a acolher iniciativas culturais, sociais, educativas e recreativas. A intervenção inclui também, a melhoria da eficiência térmica e energética do imóvel e a consequente redução dos custos de utilização. Mondim de Basto vai ter, em breve, um equipamento cultural de referência, situado em pleno núcleo histórico da vila.

17


PRIMAVERA outubro 2020 18

OBRAS / INVESTIMENTO

MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITOU ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MONDIM DE BASTO O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues esteve, no passado dia 24 de janeiro em Mondim de Basto, para se inteirar dos trabalhos de Requalificação e Modernização das Instalações da Escola Básica e Secundária do concelho, que se encontram a decorrer. Acompanharam a visita do Ministro da Educação todos os elementos do Executivo Municipal e da Direção do Agrupamento de Escolas, bem como os técnicos responsáveis pelo projeto e pelo acompanhamento da obra.

Tiago Brandão Rodrigues destacou a importância desta requalificação para toda a comunidade escolar, tendo elogiado a persistência e os esforços quer da autarquia, quer da escola, para que esta obra avançasse. Depois de conhecer os detalhes da obra, o Ministro da Educação fez questão de conhecer o projeto educativo do Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto, tendo contactado com alunos e docentes de diversos ciclos de ensino. Recordamos que a obra de Requalificação e Modernização das Instalações da Escola Básica e Secundária de Mondim de Basto teve início a 15 de dezembro de 2019, tem um prazo de execução de 10 meses e representa um investimento de 2.024.600,00€, financiado em 85 % pelo programa Norte 2020.


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS

19

ALARGAMENTO TROÇO SERRA

BENEFICIAÇÃO DE CAMINHO – RUA DA LOMBA - CAÍNHA

BENEFICIAÇÃO CAMINHOS - CANTINHO DO SOBREIRO

BENEFICIAÇÃO CAMINHOS - VALETA CAÍNHA

BENEFICIAÇÃO DO SISTEMA DE CAPTAÇÃO E TRATAMENTO DE ÁGUA DA SR.ª DA PIEDADE

BENEFICIAÇÃO DE CAMINHO – PEDREIRA – VILAR DE VIANDO – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE S. CRISTÓVÃO DE MONDIM DE BASTO, COM O APOIO DO MUNICÍPIO


PRIMAVERA outubro 2020 20

OBRAS CANTINHO DO RIBEIRO ESCAVADOURO - VILARINHO

COLOCAÇÃO DE PLACAS TOPONÍMICAS - BILHÓ

CONDUTAS NOVAS - RESERVATÓRIO TRAVASSOS

CONDUTAS NOVAS - CONDUTA BOBAL

CONDUTAS NOVAS - CONDUTA PIOLEDO


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS

21

CONSTRUÇÃO DE MURO DE SUPORTE - BAIRRO NOVO - ATEI

INSTALAÇÃO CONTADORES BILHÓ

LARGO DO TORRÃO – TEJÃO – OBRA EXECUTADA PELA UNIÃO DE FREGUESIAS DE CAMPANHÓ E PARADANÇA, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

BENEFICIAÇÃO – CASA DO POVO - ERMELO – OBRA EXECUTADA PELA UNIÃO DE FREGUESIAS DE ERMELO E PARDELHAS, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

BENEFICIAÇÃO RUA DO POMBAL – VILAR DE VIANDO – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE S. CRISTÓVÃO DE MONDIM DE BASTO, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

CAMINHO DO CEIVADO - BILHÓ


PRIMAVERA outubro 2020 22

OBRAS BENEFICIAÇÃO DO DEPÓSITO E SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE TEJÃO - OBRA EXECUTADA PELA UNIÃO DE FREGUESIAS DE CAMPANHÓ E PARADANÇA, COM O APOIO DO MUNICÍPIO.

EXECUÇÃO DE PASSEIOS NO LUGAR DA SERRA OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE S. CRISTÓVÃO DE MONDIM DE BASTO, COM O APOIO DO MUNICÍPIO.

PAVIMENTAÇÃO - COVELO

PAVIMENTAÇÃO - PAÇO – OBRA EXECUTADA PELA UNIÃO DE FREGUESIAS DE ERMELO E PARDELHAS, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

BENEFICIAÇÃO CAMINHO PONTE DOS CAVACOS – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE VILAR DE FERREIROS, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

BENEFICIAÇÃO DAS PORTADAS DO EDIFÍCIO DA JUNTA – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE VILAR DE FERREIROS, COM O APOIO DO MUNICÍPIO


PRIMAVERA outubro 2020

OBRAS REPARAÇÃO DE VIAS EM CUBO - CAMPANHÓ CAMINHO DA IGREJA

REPARAÇÃO DE CAMINHO ALTO DE BORMELA – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE ATEI, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

REPARAÇÃO DO CAMINHO DO FUNDO DO RIO – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE ATEI, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

REPARAÇÃO DE VIAS EM CUBO - BOBAL - PAVIMENTAÇÃO

23

REPARAÇÃO DE CAMINHO RETA DOS CARVALHOS – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE ATEI, COM O APOIO DO MUNICÍPIO

SUBSTITUIÇÃO DO PORTÃO DO CEMITÉRIO DE VILAR DE FERREIROS – OBRA EXECUTADA PELA JUNTA DE FREGUESIA DE VILAR DE FERREIROS, COM O APOIO DO MUNICÍPIO


PRIMAVERA agosto 2020 24

CULTURA

FEIRA DE ANO REUNIU CENTENAS DE PESSOAS EM MONDIM DE BASTO Na 5ª edição da já tradicional Feira de Ano, que decorreu nos dias 19 e 20 de outubro de 2019, centenas de pessoas encheram as ruas da vila e puderam desfrutar de um certame variado que preencheu o fim-de-semana. A tradicional desfolhada, organizada pela Associação Cultural e Recreativa de Santa Luzia de Vilar de Viando; a Feira Municipal, que foi pela primeira vez animada com a arruada da Banda Filarmónica Mondinense; o Mercadinho Rural, com os produtos genuínos da terra; a atuação do Grupo Folclórico e Recreativo de Vilarinho; o Concurso Pecuário da Raça Maronesa, que premiou os melhores animais de sete secções bem como o melhor animal do concelho; a animação protagonizada pelo grupo de Cantares de Pedra Vedra e a Corrida de Cavalos – Passo Travado, no largo do Monte da Senhora da Piedade, foram muito apreciados pela população que se deslocou à Vila para reviver as várias tradições. A autarquia faz um balanço muito positivo da última edição da Feira da Ano que se realizou, pela primeira vez, em dois dias, salientando a importância de se preservarem as tradições, assim como de fomentar a atividade pecuária fortemente presente neste concelho, premiando a qualidade das raças autóctones e divulgando os produtos locais.

ALDEIA DE TRAVASSOS MANTÉM VIVA TRADIÇÃO DO LEILÃO DAS CARNES O domingo magro de carnaval ficou marcado pela tradição do Leilão das Carnes que ainda se mantém viva na aldeia de Travassos, na freguesia do Bilhó. A organização programou, para este dia, uma caminhada de 8 km que percorreu as paisagens e o património construído da aldeia e da freguesia do Bilhó. As dezenas de participantes e outros visitantes que se juntaram na aldeia puderam desfrutar ainda dos produtos agrícolas, fumeiros e carnes de elevada qualidade que encheram as bancas de venda, no Largo da Capela de Santa Bárbara. Ao início da tarde e mantendo a tradição, os Mordomos de Santa Bárbara deram início ao tradicional Leilão das Carnes, tendo o valor angariado revertido para a Capela da Padroeira da Aldeia. A animação prolongou-se até ao entardecer e esteve a cargo do grupo de concertinas Os Amigos de Mondim. O Leilão das Carnes é uma tradição antiga que a autarquia ajudou a recuperar numa das aldeias mais genuínas do concelho e classificada como Aldeia de Portugal e que procura envolver as associações e a população local. Esta iniciativa foi financeiramente apoiada pelo Município de Mondim de Basto.


PRIMAVERA outubro 2020

CULTURA

25

IV ENCONTRO DE TUNAS DO MARÃO E DO ALVÃO REALIZOU-SE EM MONDIM DE BASTO Mondim de Basto foi palco de um encontro único que juntou as Tunas do Marão e do Alvão numa jornada de reflexão, partilha de memórias e muita animação. A sessão abriu com as intervenções do Presidente da Câmara de Mondim que deu as boas-vindas a todos os presentes, mostrando a satisfação de ver uma sala cheia de entusiastas pelas memórias da cultura popular desta região; de João Ribeiro da Silva, Chefe de Divisão de Promoção e Dinamização Cultural, da Direção Regional de Cultura do Norte; de Salustiano Lopes, responsável da Associação Arquivo de Memórias; e dos representantes dos Município de Amarante, Gabriel Gomes, Secretário da Vereação; de Santa Marta de Penaguião, Sílvia Silva, Vice-Presidente e de Vila Real, Eugénia Almeida, Vice-Presidente. João Carvalho, da Escola Municipal de Música de Mondim de Basto foi responsável pela apresentação da conferência “Tunas Rurais: passado, presente e futuro”. As Tunas de Ermelo, de Carvalhais, de Ansiães, de Bisalhães, da Campeã e de Soutelo juntaram-se no período da tarde para oferecer à população um espetáculo musical, que abriu e encerrou com a Tuna de Ermelo, representante deste concelho de Mondim de Basto. O Vereador Nuno Lage encerrou este encontro com palavras de incentivo à prossecução deste projeto e manifestando a disponibilidade da autarquia para continuar a apoiar as iniciativas que zelam pela preservação das tradições culturais. As Tunas que integram este projeto mostraram-se também motivadas para promoverem mais edições destes encontros, que consideram importantes para levar as histórias e memórias de um povo, às gerações futuras.

MONDIM DE BASTO INTEGRA ROTA DOS JARDINS HISTÓRICOS A Casa da Igreja, com o seu jardim formal composto de antiquíssimas camélias adornadas, integra a Rota dos Jardins Históricos, mais concretamente, a Rota do Tâmega. Este projeto partiu de um grupo de profissionais de jardins que, depois do levantamento de jardins portugueses, levado a cabo em 1998, por encomenda do Fundo do Turismo, tomou consciência do estado degradado em que estes se encontravam e, tendo a convicção que o seu valor patrimonial, económico e recreativo não se encontrava legalmente defendido, assumiu a responsabilidade de criar uma associação. A Associação Portuguesa dos Jardins Históricos tem, então, por objetivo contribuir para o estudo, defesa, preservação e divulgação dos jardins históricos.

O Jardim da Casa da Igreja constitui-se como mais um motivo de visita, podendo ser apreciado livremente pelos amantes e curiosos dos jardins seculares.


PRIMAVERA outubro 2020 26

CULTURA

GRUPO FOLCLÓRICO E RECREATIVO DE VILARINHO COMEMOROU 40 ANOS O Grupo Folclórico de Vilarinho comemorou 40 anos de existência e a data foi assinalada na sede da associação com muita festa, alegria e partilha. O executivo municipal foi convidado a fazer parte deste momento marcante, tendo deixado uma mensagem de reconhecimento pelo empenho e dedicação dos elementos deste grupo folclórico, na dinamização cultural e recreativa da comunidade. O Grupo Folclórico e Recreativo de Vilarinho foi formalmente constituído em outubro de 1979 e, a partir desta data, tem defendido e divulgado a música e os cantares tradicionais da região com elevada dignidade. É um grupo associado da Fundação INATEL que se apresenta cuidadosamente trajado e calçado, fazendo reviver os trabalhos no

DIA DO MUNICÍPIO Este ano, fruto do contexto pandémico que atravessamos, a Câmara Municipal celebrou o Dia do Município com apenas duas atividades que foram transmitidas pelas redes sociais, para evitar aglomerados de pessoas. Nos Paços do Concelho, a Sessão Solene do Dia do Município foi dedicada ao património imaterial do concelho, com a apresentação do poema “Namoro” do poeta Mondinense, Luís Jales de Oliveira. Este poema passou a integrar a placa interpretativa de uma peça de mobiliário urbano, criada no âmbito da 1ª Bienal do Granito e que se encontra instalada nos Jardins Interiores da Câmara Municipal, defronte para o Monte da Senhora da Graça. Para animar o serão dos Mondinenses, a Banda Filarmónica Mondinense realizou um concerto, no Estádio Municipal, apresentando-se com um reportório popular, onde não faltou o Hino de Mondim.

campo, como as desfolhadas, as cegadas do centeio e as arrancadas do linho. Das diversas deslocações no país e no estrangeiro destacam-se as atuações no Casino Estoril, no Teatro Aberto, na Feira Popular de Lisboa e junto das comunidades portuguesas em Espanha, França, Suíça e Luxemburgo.


PRIMAVERA outubro 2020 CONSERVAÇÃO DO TERRITÓRIO / DESENVOLVIMENTO LOCAL

EDP DISTRIBUIÇÃO MELHORA SERVIÇO NO CONCELHO Três novos Postos de Transformação de 100 KVA e 160 KVA foram colocados em exploração nas localidades de Atei, Bilhó e Paradança. Estes novos Postos de Transformação representam um investimento de 110 mil euros e vêm garantir a melhoria da qualidade do serviço das redes existentes, mas também a disponibilidade de potência para satisfação de novas solicitações de energia elétrica naqueles locais. Para além deste investimento, a EDP Distribuição encontra-se a realizar uma obra de requalificação da iluminação pública no centro da vila de Mondim de Basto, com a substituição de colunas de marmorite e colunas metálicas obsoletas. Esta intervenção abrange a Rua da Quintã até à Ponte do Cabril, a Rua Padre Martinho e a Av. Ernesto Carvalho Branco e ainda a Reta da Pena.

A autarquia congratula-se com o investimento que a EDP tem realizado no concelho, que se tem traduzido na melhoria da qualidade do serviço e na satisfação das necessidades da população. A maioria das situações identificadas pelo Município em articulação com as Juntas de Freguesia, estão neste momento resolvidas.

REDUÇÃO TARIFÁRIA APLICADA ÀS LINHAS INTERMUNICIPAIS No início do mês de julho de 2020 entraram em vigor algumas das linhas e dos horários dos transportes públicos, que haviam sido suspensos, no concelho de Mondim de Basto, devido à COVID-19. Para além da retoma de linhas e horários, a autarquia de Mondim de Basto e a CIM do Ave, através do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), estão a implementar descontos de 50% do valor dos “Passes Sociais” e dos cartões “PréPago” de 10 viagens. Além destes descontos, os utilizadores das linhas intermunicipais e inter-regionais passam agora a beneficiar, também, da mesma redução de 50% nos cartões “Pré-Pago” de 10 viagens.

Uma medida importante para apoiar a retoma da vida económica e social do concelho.

27


PRIMAVERA outubro 2020 28

CONSERVAÇÃO DO TERRITÓRIO / DESENVOLVIMENTO LOCAL

GABINETE DE APOIO AO AGRICULTOR DINAMIZA AÇÕES E PROJETOS DE PROMOÇÃO DOS PRODUTOS LOCAIS O Gabinete de Apoio ao Agricultor da Câmara Municipal desenvolve um trabalho de proximidade e de dinamização do setor que tem maior expressividade no concelho: o setor primário com as atividades ligadas à agricultura e à pecuária. Ao longo do ano são desenvolvidas diversas sessões de informação dirigidas aos agricultores e produtores locais, mas também ao público escolar e aos agentes económicos locais. O projeto Mercadinho Rural é um exemplo do esforço da autarquia para a valorização dos produtos genuínos e de produção local. Desde 2019, estão a ser desenvolvidas um conjunto de ações de promoção e sensibilização com o objetivo de melhorar as condições de funcionamento do Mercadinho Rural. Temas como “Vender e comprar localmente” ou “A arte de vender: técnicas de comercialização e marketing” foram já dinamizados com diferentes grupos de trabalho constituídos por produtores locais, agentes do comércio local mas também pelo público geral que efetua as suas compras. Incrementar a procura pelos produtos com origem no território de Mondim de Basto, promover o associativismo dos produtores locais e fomentar a compra de produtos agrícolas e transformados com origem em Mondim de Basto, por parte dos agentes económicos locais é o objetivo deste projeto do Mercadinho Rural, que irá promover um total de 12 ações de sensibilização.

identificar, previamente, o produtor e selecionar os produtos que na época estiverem disponíveis, preenchendo a ficha de encomenda até perfazer o valor mínimo de compra. Depois de processados, os cabazes são recolhidos e entregues aos consumidores residentes na área geográfica do concelho de Mondim de Basto. A entrega é assegurada por uma viatura da Câmara Municipal de Mondim de Basto, cumprindo todas as normas de segurança. A gestão das encomendas é da responsabilidade de cada produtor, para o qual revertem todos os valores transacionados. Para aceder ao Mercadinho Rural, realizar encomendas e obter informações sobre entregas ou métodos de pagamento, consulte a página https://mercadinhorural.mondimdebasto.pt/ Outro exemplo desta interação entre produtores locais e a comunidade escolar foi a realização de uma conferência subordinada ao tema “O Mel e o Urso Tolas: a ameaça da vespa velutina à sustentabilidade do meio ambiente”.

Este projeto é cofinanciado pelo PDR 2020, LEADER, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural.

No auditório da Assembleia Municipal juntaram-se apicultores e jovens alunos do 7º ano de escolaridade, para perceberem e debaterem as características da vespa velutina e as formas mais eficazes de combater a reprodução desta espécie.

Apesar de todos os constrangimentos decorrentes da pandemia COVID-19, o hábito de procurar os produtos frescos, no Mercadinho Rural não se perdeu porque a autarquia criou uma plataforma digital que permite a encomenda desses produtos, diretamente ao produtor.

Esta iniciativa inseriu-se no projeto Somos Comunidade que resulta de uma parceria entre o Município e o Agrupamento de Escolas, que pretende envolver toda a comunidade mondinense no estudo e desenvolvimento de atividades ligadas ao mel, por ser um elemento com tradição e com elevada importância para a economia local.

O Mercadinho Rural passou, então, a disponibilizar uma nova modalidade de venda direta, o cabaz, com um valor mínimo de 5 euros. O utilizador ou consumidor, para aderir ao cabaz deverá

São estes elos entre produtores e consumidores que se pretendem ver reforçados para o desenvolvimento de uma economia local sustentável.

MONDIM DE BASTO JÁ DISPÕE DE POSTO DE CARREGAMENTO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS O Município de Mondim de Basto passou a integrar a Rede Nacional de Mobilidade Elétrica com a instalação de um posto de carregamento para veículos elétricos no concelho. Este equipamento está disponível na Avenida Dr. Augusto Brito, no centro da Vila, e dispõe de dois pontos/tomadas de carregamento de potência até 22 kW. Mondim de Basto dá assim um importante contributo para impulsionar a mobilidade sustentável quer no concelho, quer em todo o território nacional.

A instalação destes equipamentos é da responsabilidade da MOBI.E, que se encontra empenhada em instalar um posto de carregamento em cada um dos 202 municípios portugueses que ainda não integram a Rede Nacional de Mobilidade Elétrica. Um projeto financiado pelo POSEUR e pelo Fundo Ambiental.


PRIMAVERA outubro 2020 CONSERVAÇÃO DO TERRITÓRIO / DESENVOLVIMENTO LOCAL

POSTO DOS CTT DE MONDIM DE BASTO REABERTO O Posto dos Correios de Mondim de Basto reabriu no passado dia 27 de julho, no mesmo local onde sempre funcionou. O executivo municipal reuniu em janeiro passado com a administração dos CTT, que aí deixou a garantia de que o Posto dos Correios de Mondim de Basto iria reabrir ainda no decorrer deste ano. Para o executivo municipal esta foi uma grande notícia e conquista para o concelho, que recupera um serviço público importante para a dinâmica social do território. Recorde-se que o Município de Mondim de Basto manifestou sempre a sua oposição ao encerramento deste serviço, não tendo desistido da luta pela reposição do Posto dos Correios no concelho.

PLANO MUNICIPAL DE DEFESA DA FLORESTA APROVADO PARA O DECÉNIO 2020-2029 A Comissão Municipal de Defesa da Floresta de Mondim de Basto aprovou, em março passado, o Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, que vigorará no decénio 2020-2029. Este Plano tem como objetivo estabelecer a estratégia municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, através da definição de medidas adequadas para o efeito e do planeamento integrado das intervenções das diferentes entidades, definindo as responsabilidades sobre a execução das redes de defesa da floresta contra incêndios, das entidades e dos particulares. Integram esta Comissão o Vice-Presidente da Câmara Municipal, que preside, a Coordenadora Municipal de Proteção Civil, cinco presidentes das Juntas de Freguesia, um representante dos Conselhos Diretivos de Baldios, um representante da GNR, um elemento do comando dos Bombeiros Voluntários de Mondim de Basto e um representante do ICNF. Integram ainda esta Comissão um representante das Infraestruturas de Portugal, da EDP e do IMT – Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P.

A proteção do património natural do concelho, das pessoas e dos seus bens continua a merecer a atenção da autarquia e à semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, a Câmara Municipal procedeu à execução de faixas de gestão de combustível ao longo das estradas municipais confinantes com área florestal, de acordo com o planeamento previsto no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Estes trabalhos representaram um investimento de, aproximadamente, 40 mil euros e foram executados com recurso à Equipa de Sapadores Florestais do Município, à Brigada de Sapadores Florestais da CIM do Ave, bem como à contratação de prestadores de serviço junto das empresas da região e por meio de transferência de verbas para as Juntas de Freguesia. Estes trabalhos de criação de faixas de gestão de combustível totalizaram 46,30 hectares de terreno, abrangendo troços devidamente identificados em todas as freguesias do concelho. Um investimento importante para garantir a segurança e o bemestar da população do concelho, particularmente daquela que reside em locais com risco, em caso de incêndio florestal.

29


PRIMAVERA outubro 2020 30

CONSERVAÇÃO DO TERRITÓRIO / DESENVOLVIMENTO LOCAL

São os pequenos gestos que fazem a diferença. Colabore também!

AUTARQUIA INSTALA NOVOS ECOPONTOS EM VÁRIAS LOCALIDADES DO CONCELHO O Município em parceria com a RESINORTE instalou seis novos ecopontos no concelho. As localidade de Bairro Novo - Atei, Bobal, Fervença, Vila Chã, Vilar de Ferreiros e Vilarinho, estão agora dotadas de mais equipamentos que permitem a separação dos resíduos que, diariamente, são produzidos em casa. Uma atitude que reflete a preocupação da autarquia em contribuir para o desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida do concelho e de toda a região.

VOLUNTARIADO JOVEM DESENVOLVEU AÇÕES DE PROTEÇÃO AMBIENTAL

APROVADO FINANCIAMENTO PARA A ROTA DAS MEMÓRIAS DE ERMELO

A Câmara Municipal, em parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude, realizou uma edição do Programa ‘Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas’.

O Programa de Desenvolvimento Rural 2020 aprovou recentemente o projeto ‘Rota das Memórias de Ermelo’. A proposta apresentada pelo Município de Mondim de Basto, consiste na instalação de sinalética ao longo da rota, o desenvolvimento de uma aplicação móvel e instalação de um diretório interativo de exterior, Mupi. Todos estes trabalhos representam um investimento de 75 010, 42€ e terá uma comparticipação do FEADER de 80%.

O Município de Mondim de Basto colocou no terreno o programa ‘Proteger o que é Nosso’ que decorreu entre os dias 20 de julho e 28 de agosto. Durante este período 11 voluntários, divididos em dois grupos e por quinzenas efetuaram limpeza de Espaços Florestais, Parques de Merendas e Percursos Rupestres, propuseram-se a desenvolver ações de sensibilização sobre o período critico e vigilância fixa. Ainda neste âmbito, a autarquia de Mondim de Basto, pôs em prática a proposta de Inês Ferreira, ‘Brigada Verde’ vencedora do Orçamento Participativo de 2020. Esta proposta contou com 8 voluntários e teve como objetivo a limpeza de espaços Florestais e a Vigilância Ativa. Esta iniciativa decorreu entre os dias 20 de julho e 07 de setembro, duas vezes por semana A defesa da natureza e a proteção ambiental é de extrema importância para o Município de Mondim de Basto, e o Executivo Municipal tem posto em prática um conjunto de medidas que visam a preservação do meio ambiente.

A Rota das Memórias tem como objetivo a valorização do território com enfoque no desenvolvimento social inclusivo, ecologicamente sustentável e no potencial de crescimento económico da aldeia de Ermelo e do concelho. O Município de Mondim de Basto reconhece a importância do Turismo, daí considerar que o projeto ‘Rota das Memórias de Ermelo’, seja uma mais-valia para os Mondinense e para quem nos visita. Este investimento vem dar seguimento ao trabalho de valorização do nosso património. Ermelo, conhecido pela sua riqueza natural, tem também um enorme potencial no que respeita ao património cultural, edificado e imaterial. Uma aldeia com um foral dos mais antigos do distrito, com mais de oito séculos, e com um conjunto edificado de relevante interesse. Pretende-se que os visitantes que partem de Ermelo para as Fisgas, sejam agora convidados a descobrir a aldeia, numa rota interativa, que irá interpretar o edificado e disponibilizar informação sobre a cultura, as tradições e a história daquele local.


PRIMAVERA agosto 2020 CONSERVAÇÃO DO TERRITÓRIO / DESENVOLVIMENTO LOCAL

31

CASTRO CRASTOEIRO CLASSIFICADO COMO SÍTIO DE INTERESSE PÚBLICO

O Castro do Crastoeiro foi classificado, a 13 de agosto passado e através de portaria publicada em Diário da República, como sítio de interesse público. Uma notícia há muito esperada pelo executivo municipal e pelas gentes de Mondim, que vem reconhecer a importância deste local e assegurar a devida salvaguarda. Como refere a secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Carvalho Ferreira. “a dimensão e a longa cronologia do local, que chegou a ser utilizado na época romana, bem como a integridade das estruturas, conferem ao Castro do Crastoeiro elevado valor histórico e científico, constituindo um importante testemunho das formas de ocupação do território e das culturas proto-históricas”.

Tendo em vista a necessidade de proteger o sítio, foi fixada uma Zona Especial de Proteção (ZEP) que tem em consideração a relação privilegiada do castro com a envolvente e com a vizinha Estação Rupestre de Campelo, situada a Norte. Convém lembrar que esta é uma zona de imensas figuras rupestres, de elevado valor patrimonial que está ainda em bruto e por explorar, mas que representa um potencial enorme para Mondim de Basto. Para o executivo municipal estão agora reunidas as condições para dar continuidade ao trabalho que tem por objetivo dotar o sítio de melhores condições para a visitação, e uma plena integração deste sítio nas rotas dos castros e arte rupestre.

MONDIM DE BASTO INVESTE 15 MIL EUROS NA AMPLIAÇÃO DA REDE WIFI O Município de Mondim de Basto vai investir 15 mil euros no projeto de expansão da rede WiFi do concelho. Esta verba foi atribuída no âmbito de uma candidatura ao projeto europeu WiFI4EU, que tem como objetivos aproximar as comunidades no Mercado Único Digital, proporcionar aos utilizadores acesso à sociedade Gigabit, melhorar a literacia digital e complementar os serviços públicos prestados em edifícios/ espaços públicos. A Câmara Municipal definiu que vai utilizar esta verba para melhorar a cobertura de rede sem fios nas Juntas de Freguesia (de S. Cristóvão de Mondim de Basto, Vilar de Ferreiros, Atei, Ermelo, Bilhó, Paradança), na Biblioteca Municipal de Mondim de Basto e nos Jardins de Infância do concelho (Mondim, Atei e Vilarinho). Recorde-se que em 2018, a Câmara Municipal havia já reforçado a rede municipal sem fios “Wi-Fi Mondim de Basto” nos locais de maior afluência turística, como é o caso do Núcleo Histórico da Vila, do Jardim 9 de Abril, dos Paços do Concelho, junto dos diferentes equipamentos da Zona Verde, mas também no Alto da Senhora da Graça.

Os utilizadores poderão assim, usufruir de um serviço de internet gratuito, de alta qualidade e em mais espaços públicos.


PRIMAVERA outubro 2020 32

TURISMO

As potencialidades turísticas do nosso território têm vindo a ser cada vez mais exploradas, seja pela autarquia que tem apostado na promoção e sinalização dos produtos, seja pelas associações e empresas que se dedicam à organização de programas e experiências únicas no nosso concelho. A procura pela Estrada Nacional 304 tem sido crescente. As características únicas desta estrada têm atraído muitos visitantes que a percorrem de mota, de bicicleta ou mesmo de carro, explorando o prazer da condução e o potencial turístico da natureza envolvente, das aldeias e das tradições que tanto nos caracterizam. O Passeio de Clássicos que juntou viaturas das mais variadas marcas, incluindo velhas glórias dos Rali de Portugal e os diversos passeios de moto turismo conduzidos pelo Motoclube Senhora da Graça, são disso exemplo.


PRIMAVERA agosto 2020

TURISMO

O

s percursos pedestres continuam na moda. Para além da riqueza natural, os percursos sinalizados revelam muito daquilo que é a identidade das gentes de Mondim.

Recentemente, a autarquia sinalizou um novo percurso pedestre que dá a conhecer as particularidades do património natural e construído da aldeia de Campanhó. O PR8 Caminho do Porto Velho é um percurso circular que inicia e termina no Largo Central da aldeia. Percurso com dificuldade moderada a elevada, atravessa os terrenos xistosos de cor cinza escuro, um pequeno bosque de folhosas e acompanha a levada da Dorna, até se alcançar a Dorna propriamente dita uma pioca/poça de águas límpidas que nos dias de maior calor convida a banhos refrescantes. No ponto mais alto do percurso - o Planalto Cruz das Moças, a 1013m de altitude – é possível desfrutar-se de uma vista privilegiada da Ribeira do Porto Velho e da Queda de Água D’Alto, com cerca de trinta metros de altura. A paisagem é arrebatadora: avistam-se as imponentes serras do Parque Natural

do Alvão, o Alto da Senhora da Graça, a serra da Cabreira e os picos da serra do Gerês. Os afloramentos rochosos de calcário negro e aos fornos de cozedura da cal negra são pontos de visita obrigatória pela sua singularidade de serem exemplares únicos em Portugal Continental. O património construído, a sua preservação ou recuperação têm motivado a criação de novos percursos ou rotas, de que é exemplo a Rota dos Lavadouros. Este projeto foi a proposta vencedora do Orçamento Participativo 2018 e está agora disponível para ser explorado. Os lavadouros públicos são infraestruturas que podemos encontrar em muitas das freguesias do concelho de Mondim de Basto. Surgiram nas primeiras décadas do século XX com o objetivo de dar resposta às necessidades básicas das populações. Numa época em que a distribuição de água canalizada era escassa, os lavadouros vieram permitir a criação de locais adequados à lavagem das roupas que até então eram lavadas nos rios ou ribeiros.

33


PRIMAVERA outubro 2020 34

TURISMO

também se encontram disponíveis, em suporte papel, na Loja Interativa de Turismo de Mondim de Basto. A Senhora da Graça e os desportos associados ao monte; os rios; as Fisgas de Ermelo e o Parque Natural do Alvão; os miradouros; a natureza em estado puro; a riqueza da nossa gastronomia, os frescos vinhos verdes para apreciar na tranquilidade deste território, têm atraído cada vez mais visitantes ao nosso concelho.

Estes espaços eram também locais de socialização, uma vez que neles se juntavam várias mulheres em ambiente de conversa e convívio, onde se inteiravam dos boatos e mexericos que marcavam o dia-a-dia das suas localidades. A requalificação e valorização destes equipamentos vem restituir-lhes o valor patrimonial e simbólico que ainda perdura na memória de muitos Mondinenses, como locais de encontro e de referência. Os folhetos informativos e os respetivos trajetos destes percursos podem ser descarregados na página oficial do município e

Recentemente, a prestigiada editora internacional de guias de viagem, Lonely Planet, publicou um artigo onde elege as 10 maravilhas naturais de Portugal, e incluiu na sua lista, as Fisgas de Ermelo, em Mondim de Basto. As Fisgas de Ermelo são, aliás, o único local do Norte do país a integrar a referida seleção, o que representa um motivo de orgulho para todos os Mondinenses. O Município de Mondim de Basto manifesta-se grato pelo reconhecimento, que vem reforçar a singularidade e autenticidade do património natural do concelho. Vamos continuar a trabalhar no sentido da dinamização e do desenvolvimento de Mondim e da região.


PRIMAVERA outubro 2020

TURISMO

Mondim de Basto

Para Exploradores por Natureza

35


PRIMAVERA outubro 2020 36

COVID-19

MONDIM DE BASTO UNIU-SE NO COMBATE À COVID-19 No início do mês de março o país despertou para uma nova realidade com o aparecimento da COVID-19. O Município de Mondim de Basto desde cedo percebeu a necessidade de se atuar e de se prevenir comportamentos de risco e, por isso, implementou um Plano de Contingência com orientações dirigidas, quer para os serviços municipais, quer para os munícipes em geral.

O cancelamento de atividades desportivas e culturais, a suspensão das feiras bimensais e do Mercadinho Rural e o encerramento de equipamentos municipais como a Biblioteca e o Posto de Turismo ou os complexos desportivos e os parques infantis, foram as primeiras medidas preventivas desenvolvidas. Os serviços municipais de Proteção Civil e a Médica Veterinária Municipal percorreram os estabelecimentos comerciais do concelho para informar, os respetivos proprietários, sobre as novas normas de funcionamento e de ocupação, decretadas pelo governo.


PRIMAVERA outubro 2020

COVID-19

A Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia uniram-se às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, para reforçarem o apoio à população mais idosa e vulnerável. O contacto foi feito porta a porta para se partilharem conselhos e contactos para o caso de necessidade. À população foi assegurado o fornecimento de serviços básicos, como entrega de compras em casa, os medicamentos ou as receitas, de forma a garantir o cumprimento do distanciamento social exigido. Em reunião ordinária, a Câmara Municipal deliberou conceder um apoio financeiro extraordinário às instituições de solidariedade social do concelho que teve como objetivo apoiar a capacidade de resposta durante a pandemia COVID-19. No concelho de Mondim de Basto, instituições como a Associação de Solidariedade Social das Aldeias do Concelho de Mondim de Basto; a Associação para a Animação de Tempos Livres para Crianças, Jovens e Idosos “Os Arautas Bilhoenses”; a Associação Social e Cultural de Ermelo e a Santa Casa da Misericórdia de Mondim de Basto, têm desenvolvido um trabalho extraordinário para garantir o bem-estar das populações, nomeadamente da população mais vulnerável. O apoio a estas instituições totalizou um valor de 14.000 €. Para que a informação e consciencialização da gravidade da pandemia chegasse a todas as pessoas e a todos os lugares do concelho, uma viatura da proteção Civil e outra da GNR percorreram o concelho e difundiram mensagens de apelo ao isolamento social. Os apelos e comunicações de novas medidas nas redes sociais, rádios e jornais locais foram uma constante. Com o aumento das solicitações por parte das pessoas mais isoladas, o Banco Local de Voluntariado de Mondim de Basto desenvolveu uma campanha para angariação de mais voluntários, que pudessem apoiar na resposta às necessidades que estavam a surgir no âmbito

da situação epidemiológica que atravessámos. No início de abril, uma proposta conjunta, entre os concelhos de Mondim de Basto, Cabeceiras e Celorico de Basto, foi aprovada pela ARSNorte, permitindo a criação de três centros de proximidade e uma redução significativa do tempo de espera para a realização do teste à COVID-19. O centro de rastreios COVID-19 de Mondim de Basto abriu portas no dia 13 de abril, começando a funcionar no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal. Depois da determinação do Governo de que o 3º Período iria prosseguir com o ensino à distância para os alunos do 1º ao 12º ano de escolaridade, o Agrupamento de Escolas fez um levantamento dos alunos que não possuíam internet, nem meios informáticos para poderem aceder às aulas virtuais. Tornou-se necessário o recurso ao aluguer de equipamentos como tablets e routers, para promover a aprendizagem e garantir a ligação desses alunos à escola virtual. A Câmara Municipal deliberou, então, atribuir um apoio ao Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto, para garantir o acesso de todos os alunos às aulas à distância, promovendo a equidade social. Também a Escola Municipal de Música, teve necessidade de ajustar o seu programa e as suas atividades letivas, às restrições impostas pela pandemia COVID-19. Apesar das instalações terem sido encerradas, os 40 alunos continuaram a desenvolver os programas de trabalho com o apoio permanente dos professores, que passaram a lecionar com recurso aos meios digitais e a videochamadas. Seguindo as recomendações da Direção Geral da Saúde e da Agência Portuguesa do Ambiente, durante o período de calamidade, a autarquia procedeu à desinfeção das tampas e pegas dos contentores do lixo existentes no concelho, mas também de espaços públicos, mobiliário urbano, corrimões, papeleiras e nas zonas mais propícias ao toque.

37


PRIMAVERA outubro 2020 38

COVID-19

Para que os Bombeiros Voluntários pudessem continuar a assegurar o serviço de apoio e socorro às populações locais com as devidas condições de segurança, a Câmara Municipal deliberou atribuir um apoio financeiro extraordinário à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, no valor de 3.300,00€, para a aquisição de equipamentos de proteção individual. Consciente de que o momento excecional que se vive nos últimos tempos, com a imposição do isolamento social e consequente afastamento de familiares e amigos, pode trazer consequências psíquicas e emocionais à população, a Câmara Municipal criou uma linha de apoio psicológico. Este apoio é prestado por técnicos especializados que atendem as pessoas a partir de uma linha telefónica, criada especificamente para o efeito. O apoio aos doentes oncológicos e a outros pacientes com doenças crónicas também não foi esquecido. Os serviços municipais de Ação Social começaram a colaborar com o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro no sentido de evitar deslocações dos utentes do concelho àquela unidade de saúde, para procederem ao levantamento da sua medicação habitual. Outra das medidas da autarquia para atenuar os efeitos da pandemia na vida económica e social do concelho foi a isenção de pagamento da fatura dos serviços de água, saneamento e resíduos sólidos, relativa ao mês de fevereiro de 2020, a todos os consumidores. Também os feirantes, no período em que perdurou o cancelamento da feira municipal, ficaram isentos do pagamento das taxas administrativas de ocupação do recinto da feira.

Aos estabelecimentos comerciais de restauração e bebidas, com serviço de esplanada foi atribuída a isenção de pagamento de taxas administrativas de ocupação do espaço público. O executivo municipal disponibilizou os serviços da Câmara Municipal para ajudar na prestação de todo o apoio e informação sobre legislação, normas e medidas de apoio, tendo criado um conjunto de incentivos para reduzir o impacto da pandemia no comércio local. Agora, nesta fase nova de desconfinamento, o objetivo da autarquia é assegurar que o concelho está preparado para receber bem, mas também garantir a segurança tanto dos visitantes, quanto dos residentes. Apesar do levantamento gradual de algumas restrições e por forma a abrandar o contágio e a propagação do vírus COVID-19 continua a ser fundamental, o uso de máscara, a observância das regras de ocupação, permanência e distanciamento físico, bem como regras de higiene.

A todos os munícipes o executivo municipal deixa uma palavra de agradecimento pelo comportamento responsável e pelo civismo assumido durante esta pandemia. Cuide de si, cuide de todos!


PRIMAVERA outubro 2020

COVID-19

VENCER O COVID-19

DEPENDE

DE TODOS!

39


Profile for cm-mondimdebasto

Boletim Municipal - Primavera 2020  

Boletim Municipal - Primavera 2020  

Advertisement