Page 1

REVISTA DO CLUBE

J A N E I R O / 2 0 18

ARTE E CULTURA

O GRANDE ENCONTRO CELEBRA O SUCESSO DA DANÇA NO CLUBE

ESPORTES

NADADORES ARRECADAM 10 MIL BRINQUEDOS EM GINCANA E DOAM A INSTITUIÇÕES

#256

Padel

CURITIBANO INAUGURA COMPLEXO MAIS MODERNO DO BRASIL


L

A

N

Ç

A

M

E

N

T

O

VIVER BEM É VIVER EM EQUILÍBRIO.

C O N C E P Ç Ã O A RT Í S T I C A DA FAC H A DA


CONCEPÇÃO ARTÍSTICA DA PISCINA COBERTA CLIMATIZADA COM RAIA DE 20M

• Piscina coberta climatizada com raia de 20m • Fitness center • Praça Zen • Brinquedoteca • Salão de festas com espaço gourmet • Praça da Araucária • Bicicletários • Lobby com 2 elevadores sociais • Entrada social com pulmão de segurança • Acesso de veículos com portão duplo • Guarita blindada • Segurança 24 horas

FOTO DA RUA DO EMPREENDIMENTO, CARLOS EDUARDO LEÃO

VISITE NOSSO SHOWROOM E RETIRE UM BRINDE EXCLUSIVO* QUE RESERVAMOS PARA VOCÊ. * Fale com um de nossos consultores de vendas, conheça o FLOW HYPE LIVING, e retire o seu brinde gratuitamente. Promoção válida até o término do estoque.

2 DORMS (1 SUÍTE) OU 3 SUÍTES DE 88 A 207M 2 APARTAMENTOS • COBERTURAS DUPLEX • GARDENS Incorporação:

RUA CARLOS EDUARDO LEÃO, 99 - ALTO DA GLÓRIA FLOWCURITIBA.COM.BR

3095-3007

Projeto arquitetônico: Baggio Schiavon Arquitetura – Flávio Appel Schiavon - CAU 15.173-4. Interiores: Horta e Vello Arquitetura e Interiores – Edison Luiz Vello – Cláudia Michelim Horta – CAU 32707-7 - Paisagismo: Marcelo Calixto Arquitetura e Paisagismo - CAU 47161-5. Todas as imagens apresentadas neste material são meramente ilustrativas. As perspectivas são ilustrativas e possuem sugestão de decoração. Móveis e utensílios são de dimensão comercial, não fazendo parte integrante do contrato de compra e venda do imóvel. Os acabamentos serão entregues de acordo com o memorial descritivo. Alvará nº 346612 - jan/17. Matrícula nº 39.904 do Cartório do 3º Registro de Imóveis de Curitiba/PR.


INGLÊS | Chris English School | (41) 3243-6575 ESPANHOL | Profª Ana Maria Haro | (41) 9 8434-3335 FRANCÊS | Profª Amelie Lavoute | (41) 9 9734-6034 ITALIANO e ITALIANO PARA CRIANÇAS Profª Nizza Fellus de Souza | (41) 9 9996-8491 ALEMÃO | Prof Adriano Távora | (41) 3022-2258 e (41) 9 8833-2258

Mais informações no Departamento de Cultura e Esportes DEP. DE CULTURA E ESPORTES AFINAL, AQUI TAMBÉM É SUA CASA


EDITORIAL Edição #256 – Janeiro 2018

Queimem as Caravelas! Quando Fernando Cortez, famoso explorador espanhol, chegou com suas caravelas nas longínquas terras que hoje conhecemos como México, ordenou: "Queimem as caravelas!” Foi uma ação extrema em busca por um profundo foco. Um ato de coragem! Assim seus homens não pensariam em voltar, nosso famoso plano "B" de hoje, sobrando apenas a possibilidade de ir em frente. E assim foi! Portanto desejo a todos nós neste momento de reflexão de ano novo, que achemos as "nossas caravelas" que necessitam ser queimadas. Ancoradas lá no horizonte da nossa mente, sempre nos lembrando de que caso nos arrependamos, teremos lá uma fuga para voltar de onde decidimos sair. Estas embarcações "psico-análogas" muitas vezes vêm em formato de mágoas, sonhos mal planejados, relações tóxicas ancoradas na alma, ou qualquer outro movimento sem propósito que nos impede de agir. O Curitibano segue forte em frente! De vento em popa, se preparando cada vez mais para as novas águas e novos ventos que estão por vir. O Clube sonha grande para 2018, pois é formado por associados gigantes!

Feliz ano novo!

Renato Ramalho Presidente do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

07


EXPEDIENTE CLUBE CURITIBANO Presidente Renato Ramalho 1º Vice-presidente Flávio Gomel 2º Vice-presidente Terezinha Pereira Abagge Diretor Administrativo Rodrigo de Almeida Ferreira Diretor Financeiro James Pinto de A. Portugal Neto DIRETORIA Arquitetura Silvana Correia Laynes de Castro Cultura Roberto Amaral da Cunha Desportos Aquáticos Bernardo Guedes Ramina Engenharia Gustavo Canhizares Pinto Esportes Brasilio Vicente de Castro Neto Jurídico Guilherme Moro Domingos Tênis Karl Udo Heinrichs Sede de Golfe Patrice Albert Vian Sede Concórdia Claudio Luiz Mader Superintendente Danilo Schier da Cruz CONSELHO DELIBERATIVO Membros Natos: Renato Valmassoni Pinho, Constantino Batista Viaro, Fabiano Saporitti Campelo, Marco Antonio de O. Fatuch, Luiz Gonzaga da Motta Ribeiro, José Diógenes Uady, Jackson Pitombo Cavalcante Filho, Manoel Diniz Neto, Heitor Dantas Filho, Joaquim Miró, José Antônio Baggio Pereira. MESA DIRETORA Presidente Paulo Roberto Oliveira 1º Vice-Presidente Fábio Maciel Molteni 1º Secretário Fernando Cunha Magalhães 2º Secretário Rodrigo Puppi Bastos CONSELHEIROS Adilson dos Anjos, Ana Cristina Mauad Raposo, André Luiz Diniz, Antônio Alves do Prado Filho, Ário Taborda Dergint, Augusto Soares Molinari, Carlos Eduardo Martinesco, Carlos Eduardo R. Mendes dos Santos, Constantino Batista Viaro, Celso Antonio Thá, Cristiane J. de Castro Motter, Débora Zeballos Tibinka, Eduardo de Oliveira Lachowski, Enio de Aragón Ferreira, Ennio Marçal Filho, Euclides Antonio Gusi, Fabiano Chede, Fabiano Saporiti Campelo, Fábio Maciel Molteni, Fernando Cunha Magalhães, Fernando Quadros Dalledone, Gilberto de Abreu Pires, Gustavo Ferroni Ferreira, Gustavo Pereira Abagge, Heitor Dantas Filho, Irapuan Índio do Nascimento Simão, Ítalo Tanaka Júnior, Jackson Pitombo Cavalcante Filho, Jaime César Nissel Filho, João Bosco Lee, João Lydio Seiler Bettega, Joaquim Miró, Joclener Lincoln Procópio, Joel Macedo S. Pereira Neto, José Diógenes Uady, Juliano França Tetto, Lélio Jorge Paiva Machuca, Luis Renato Krause, Luiz Cesar Ribas, Luiz Gonzaga da Motta Ribeiro, Manoel Diniz Neto, Manoel Dória Guimarães Filho, Marcello Abrahão Ameden, Marco Antônio Oliveira Fatuch, Marco Antônio Zicarelli Cravo, Marcus Pinheiro Machado, Mercedes Maria Maranhão Ritzmann, Moacir Gonçalves Nogueira Neto, Myrian Dulce Reale Carstens, Ney de Lucca Mecking, Niel Ferreira da Costa, Paulo Afonso C. Torres Miranda, Paulo Roberto Oliveira, Rafael Fabris Berg, Raul Fernandez Schuchovsky, Renato Alves, Renato Cesar Scarante, Renato Valmassoni Pinho, Ricardo Mitczuk, Roberto Barbosa Affonso da Costa, Rodrigo Puppi Bastos, Rogério Fuchs, Rubens Edmundo Requião, Simone Greca, Tales de Sodré e Macedo, Thiago Amohf de Macedo, Thiago Kluppel Strobel, Ugo Erminio Rodacki, Vera Virmond e William Barusso Buffara.

REVISTA DO CLUBE CURITIBANO Tiragem 12. 100 exemplares LOCAÇÃO Complexo de Padel FOTO DE CAPA © Cintya Hein

A edição 256 está disponível para download gratuito nos tablets pela App Store e no Google Play e no site clubecuritibano.com.br

Siga o Clube nas Redes Sociais >

/clubecuritibano

@cc_oficial

@clubecuritibano

/user/ClubeCuritibano

ERRATA DA EDIÇÃO #254 Publicamos a foto da família da debutante Ana Clara M. Graça de forma equivocada. Pedimos desculpas e nos reparamos com a publicação da foto correta.

Conselho Fiscal – TITULARES Presidente Nelson Laporte Titulares Roberto Cardoso e Roberto Sérgio Correa Alves Suplentes Fredi Humphreys, Iara Aurélia de Macedo e Rui de Almeida Valente Ouvidor Cláudio Luiz Barry

Lincoln Graça Neto, Ana Clara M. Graça, Pedro Minguetti Graça e Ana Carolina Minguetti

REVISTA DO CLUBE CURITIBANO Conteúdo produzido e editado pelo Departamento de Comunicação e Marketing Gerente Camila Almodova Redação Henrique Rigo e Elaine Barroso Equipe Adriano Gomes, Alisson Stasiak, Carolina Weles, Jeniffer Gutierres, Paola Geremias, Taise Verdério Rodrigues e Thaís Abicalaf.

ENDEREÇOS SEDE BARÃO DO SERRO AZUL

Av. Getúlio Vargas, 2857 l CEP 80240-040 l Curitiba - PR l Tel. 41. 3014.1919 SEDE ROMÃO RODRIGUES BRANCO

Av. 25 de Janeiro s/n l CEP 83420-000 l Quatro Barras - PR l Tel. 41. 3672.1474 SEDE LUCIUS SMYTHE

Rua João Parolin, 1090 l CEP 80220-290 l Curitiba - PR l Tel. 41. 3332.2028 SEDE CONCÓRDIA

Rua Carlos Cavalcanti, 815 l CEP 80510-040 l Curitiba - PR l Tel. 41. 3222.8685 SEDE MERCÊS

Rua Jacarezinho, 1303 l CEP 80810-130 l Curitiba - PR l Tel. 41. 3018.1015

08

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

REVISTA DO CLUBE CURITIBANO Diagramação Ideale Design Impressão Ajir Gráfica PARA ANUNCIAR Saltori Mídia Estratégica 41. 3016-9094 / 41. 99996-9995 renato@saltori.com.br FALE COM A REDAÇÃO 41. 3014-1936 revista@clubecuritibano.com.br * Os artigos assinados e as publicidades veiculadas não expressam necessariamente a opinião da Revista, sendo de inteira responsabilidade de seus autores e anunciantes.


Edição #256 - Janeiro 2018

POR DENTRO DO CLUBE

Foto: Divulgação

20

16

DIVERSÃO, NOVAS AMIZADES E MUITAS BRINCADEIRAS Todos os detalhes da Colônia de Férias

CLUBE DE NEGÓCIOS

20

ECONOMIA E NEGÓCIOS Marcas fortes vendem mais?

CAPA

42

10

24

MAIS MODERNO DO BRASIL Clube Curitibano inaugura Complexo de Padel

ARTE & CULTUR A

28

O GRANDE ENCONTRO Espetáculo da escola de dança celebra sucesso da Cultura do Curitibano

SOCIAL

42

TODO O ENCANTO DO NATAL Veja como foi a passagem do Papai Noel pelo Clube

PELO MUNDO

58

Foto: © Gustavo Garret

Foto: © Cintya Hein

Foto: © Cintya Hein

24

56

Uma viagem de estudos pela Dinamarca

ESPORTES

58 78

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

CRIANÇAS DINAMARQUESAS

JANTAR DE ENCERRAMENTO Sede do Golfe recebe noite de inaugurações e homenagens

TÍTULO INÉDITO Clube é campeão geral do Sul-Brasileiro Mirim Petiz


sustentabilidade dinossauro

flores

Agora toda a inovação e tecnologia do Google vão marcar presença nas salas de aula de Curitiba.

A rede municipal de ensino de Curitiba terá a sua disposição o Google for Education, que inclui uma série de aplicativos para o planejamento e execução das aulas. E o que é melhor: todo o conteúdo gerado será compartilhado entre as escolas, para serem editados de forma colaborativa e simultânea. Quando o assunto é educação com inovação, a Prefeitura de Curitiba faz a sua lição de casa.


VEM AÍ I N F O R M A Ç Õ E S DEPARTAMENTO DE CULTURA E ESPORTES (41) 3014-1948 / 3014-1935

DATA

DEPARTAMENTO SOCIAL (41) 3014-1932

SEDE ROMÃO RODRIGUES BRANCO (41) 3672-1474

SEDE LUCIUS SMYTHE (41) 3332-2028

HORÁRIO

LOCAL

SEDE CONCÓRDIA (41) 3222-8685

EVENTOS

ESPOR TIVOS

31/01 Rematrículas Último dia para rematrículas Portal do Clube Curitibano

02/02 Matrículas Consulte a programação Cadastro de Senha (apenas online) Portal do Clube Curitibano

13/02

EVENTOS

SOCI AIS

Carnaval Infantil 15h Salão Rubens Arles

Bettega (Azul)

Toda tradição das matinês carnavalescas estará presente no Carnaval Infantil do Clube Curitibano. Marchinhas, super-heróis são presenças obrigatórias, não é mesmo? Marque essa data e não perca o Carnaval do Clube!

12

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

07/02 Efetivação de matrícula

Horário comercial Secretaria de Cultura e Esportes


JUMP TO THE

NEXT

LEV EL .

summer intensive Aprenda o inglês autêntico em menos tempo do que você imagina. Reunimos um time de profissionais com vontade de vencer os desafios do ensino de inglês para levar os alunos a alcançar níveis cada vez mais altos. No intensivo da talken english school, em menos de um mês, você dá um grande salto e aprende o conteúdo de um semestre. São 3½ horas de aula por dia. O contato diário e a prática intensiva do idioma facilitam a aquisição de fluência e a retenção de conteúdo.

conheça nossos diferenciais: 30 anos de resultados comprovados por testes consagrados como TOEFL e TOEIC. english environment – aulas somente em inglês com professores qualificados e diferenciados. metodologia talken – favorece a aquisição de fluência e a compreensão auditiva (Communicative Approach). Garantia de aprendizado – o aluno que não atinge o escore exigido (500 pontos no TOEFL ITP ou 700 no TOEIC) continua estudando, sem custo, até alcançar a meta proposta.

marque pontos para o sucesso. Jump to the next level.

authentic ENgLISh SChOOL

talken.com.br

AV. DOS EStADOS, 1345

RUA FERNANDO SiMAS, 1239

AV. SENADOR SOUZA NAVES, 1047

AV. JOSÉ RiCHA, 10546 LiNHA VERDE

RUA DONA FRANCiSCA, 1415

ÁgUA VERDE

CHAMPAgNAt

CRiStO REi

(COL. MEDiANEiRA)

SAgUAçU

CURitiBA.PR

CURitiBA.PR

CURitiBA.PR

JARDiM BOtâNiCO

JOiNViLLE.SC

80610-040

80710-660

80050-152

CURitiBA.PR | 81690-100

89221-006

41 3345.2595

41 3336.4401

41 3264.3264

41 3362.0001

47 3472.0500


INFORME DO CLUBE

MATRÍCULAS Está na hora de planejar e se inscrever nas atividades que o Clube Curitibano oferece em 2018. As matrículas para alunos novos começarão no dia 2 de fevereiro com a retirada de senhas através dos Serviços Online do Portal. Com a senha cadastrada no sistema, as matrículas precisam ser efetivadas na Central que está programada para o dia 7 de fevereiro, no Salão Poty Lazzarotto, antigo Salão Rosa. Todas as atividades exigem atestado médico, conforme exigência da Lei nº 6765/2014. Informações pelo telefone 3014-1948.

FAZER O BEM

Foto: Divulgação

Os alunos de Hidroginástica do Clube Curitibano demonstraram que além de esportistas ativos estão preocupados em fazer o bem ao próximo. Eles arrecadaram e doaram roupas para a DEACO (Deus, Amor e Compreensão), no dia 12 de novembro. A entidade atende instituições como a Casa Lar Antônia, Fundação Francisco Bertoncello, Lar Moises, Fundação Iniciativa, Lar Mãe Maria, Lar CRIARTE e Casa de Idosos, Jesus, Maria e José, totalizando mais de 200 pessoas. A DEACO atende pelo Facebook @deaco.curitiba

NOVEMBRO AZUL Após promover doação em virtude do Outubro Rosa, os frequentadores da Sede Romão Rodrigues Branco se movimentaram e arrecadaram roupas masculinas, destinadas ao Hospital Universitário Cajuru, no dia 12 de dezembro. Representando o Hospital a Coordenadora de Voluntariado da Área de Saúde do Grupo Marista, Nilza Maria Brenny, agradeceu em formato de carta. “Qualquer ajuda e bondade humana será lembrada eternamente em nossos corações”, escreveu. Saiba como doar pelo telefone 3271-3000. Maria Helena Vian e representantes do Hospital

14

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


POR DENTRO DO CLUBE

Diversão,

NOVAS AMIZADES E MUITAS BRINCADEIRAS 65ª COLÔNIA DE FÉRIAS AGITA A CRIANÇADA Uma infinidade de brincadeiras para todos os gostos, risos soltos, novas amizades e muita diversão para 647 crianças. Assim foi a 65ª Colônia de Férias, realizada nos dias 11 a 22 de dezembro, na Sede Barão do Serro Azul. Durante as duas semanas do evento, foram disponibilizadas 55 atividades diferentes, além de atividades livres criadas pelos professores das turmas e nove opções de passeios divididos por faixa etária. As declarações da criançada que participou da última edição de 2017 só comprovam o quanto o evento é um sucesso e adorado pelos associados. Depois de bater uma bolinha, o associado João Artigas contou o que mais lhe agrada na Colônia. “Aqui a gente se diverte e encontra os amigos que gosta. Gostei muito da Oficina de Badminton”. Sobre o seu passeio predileto, ele responde sem titubear. “Não vejo a hora de ir no Parque Águas Claras”. Acostumada a brincar de pular corda na escola, Giovana

Cherobim Souza aproveitou para se divertir com a atividade que tanto gosta, e desejou entusiasmada: “Quero que todos aproveitem a Colônia!”. Na noite que antecedia o início do evento, a associada Fernanda Casagrande Prestes contou que já estava animada. “À noite, eu já estava pensando: quero ir logo para a Colônia”. Entre tantas atividades que gosta, Fernanda afirma. “Gosto mais da tirolesa”. Quando o assunto é amizade, os pequenos fazem questão de verbalizar. “Gosto da Oficina de Pintura em camisetas, dos passeios e de fazer novas amigas. Inclusive, a minha melhor amiga, a Antonella, conheci na Colônia”, contou Betina Amatuzzi. Durante as duas semanas, o cardápio era variado no lanche, o que garantiu a satisfação das crianças, como no caso de Bernardo Jorge Zanchett. “Gosto de todas as atividades, sem exceção. E o lanche é muito bom”. Confira a galeria de imagens.

Gosto da Oficina de Pintura em camisetas, dos passeios e de fazer novas amigas. Inclusive, a minha melhor amiga, a Antonella, conheci na Colônia

B E T I N A A M AT U Z Z I Associada

Antonella Vezozzo, Betina Amatuzzi e Bianca Nóvak Bredt

16

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


Fotos: © Marcelo Krelling

Maria Clara Alcantara Stechman, Laura Santos Slapnig e Giovana Cherobim Souza

Aysha Pereira Kfouri, Laura Buquera Giublin e Fávia Marty Carpazano

Luiza Follador Borio e Anna Júlia Isfer

Isadora Veloso e Maria Clara Hapner

Nicolas Brunetto e Marcos Marcon

Enzo Mazza e João Artigas

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

17


Fotos: © Marcelo Krelling

POR DENTRO DO CLUBE

Matteo Sovierzoski Pereira e Bernardo Jorge Zanchett

João Vitor Mussi, Raul Melara, Vicente Andre Van de Velde e Henrique Müller

Brenda Busch Bahr, Luiza Marchi Muxfeldt, Nicole Moreira Setti, Gabriela Secundino e Barbara Busch Bahr

18

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Andre Xavier e Pedro Martins

João Pedro Nascimento Sarraff

Fernanda Casagrande Prestes


CLUBE DE NEGÓCIOS

ECONOMIA E

NEGÓCIOS MARCA OU PREÇO - QUEM VENDE? Na era da tecnologia, em que qualidade é requisito básico, uma certeza é fato: marcas fortes vendem mais. Segundo a especialista em estratégia de marca Scheila Novaes Schuchovski, sócia e proprietária da XokBranding, as pessoas se dispõem a pagar mais por marcas reconhecidas. Ela destaca que um bom trabalho de construção de marcas considera três pontos principais.

ca de beleza para uma nova proposta, agora focada em emagrecimento. O reposicionamento da marca deu resultado prático, com impacto direto no aumento financeiro. A clínica cresceu 500% em um ano e faturou o seu primeiro milhão de reais”.

CUMPRA SUAS PROMESSAS:

SEJA RELEVANTE: Hoje toda empresa, produto ou serviço precisa saber qual é sua missão. Entender a “dor”, ou seja, definir exatamente qual o problema que o seu negócio está disposto a sanar. A empresa que sabe com quem está falando nunca está perdida e consegue projetar uma visão de futuro, construindo laços fortes com seu público (target). Quanto à relevância, Schuchovski pontua o case da indústria de achocolatado Apti. “Nosso cliente foi reposicionado e conquistou o 3º maior player do mercado nacional, com aumento de 1.500% nas vendas, em um trimestre. Aplicamos a estratégia de design de embalagem e o negócio decolou, com impacto significativo no aumento de faturamento”.

Grandes marcas não nasceram grandes, elas foram construídas ao longo do tempo S C H E I L A N O VA E S S C H U C H O V S K I S ó c i a e P ro p r i e tá r i a d a Xo k B ra n d i n g

20

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Scheila Novaes Schuchovski

FOCO NO NEGÓCIO: Em ano de crise é normal aumentar a insegurança e a ansiedade para fechar a receita com saldo positivo. Neste cenário, as empresas acabam ampliando o leque de atividades e desfocam do negócio principal. Essa realidade dispersa a energia dos colaboradores e também dos gestores. Para manter o foco no negócio, Schuchovksi destaca o caso da clínica de Estética - Witka – que criou um método prático e funcional de emagrecimento. Inicialmente a clínica atuava apenas com serviços de embelezamento: limpeza de pele, drenagem, depilação a laser e vários tratamentos estéticos. Ao criar o método de emagrecimento o foco do trabalho mudou e foi preciso reposicionar a marca. “Neste caso, trabalhamos a mudança do nome e apontamos para a necessidade de repensar o modelo do negócio. Posicionar é abrir mão. No caso da Witka abrir mão de uma clíni-

Grandes marcas não nasceram grandes, elas foram construídas ao longo do tempo. “Vemos muitas marcas surgirem e morrerem, e por que? Na grande maioria das vezes, um dos principais motivos, é que prometem o que não podem cumprir. Marca é promessa e promessa é dívida”. Scheila reforça que a propaganda de purpurina e glamour encanta, mas não sustenta atividade de longo prazo. “Você pode ser enganado uma vez, mas hoje, na era digital, com as redes sociais, os trombones estão prontos para despejar críticas públicas. E uma marca que não se compromete com a entrega que prometeu está fadada ao fracasso”. Mesmo com crise, pesquisas comprovam que os consumidores estão dispostos a pagar mais para marcas com reputação, que inspiram segurança e confiança. Eles esticam a parcela, mas sentem mais segurança e realização ao comprar algo que se orgulham”, finaliza Scheila.

Scheila Novaes Schuchovski é sócia e proprietária da XokBranding, publicitária, especialista em gestão empresarial e marketing pela FGV, colunista de marcas e estratégias de negócios na Rádio Elite FM e Jornal Diário do Sudoeste. O contato com a empresa deve ser feito através do site agenciaxok.com.br


G EN T E Q U E FA Z

BUSCANDO SER

CADA VEZ MELHOR CONHEÇA A DEDICADA COLABORADORA JANAÍNA deixou sair, disse que eu tinha um filho pequeno para cuidar. Ele pediu para o RH fazer uma carta para a escolinha do meu filho e assim conseguimos uma vaga integral para ele. O Eduardo sempre me ajudou muito”, afirma. Agora com 25 anos e quatro anos de casa, Janaína conta como sua vida está melhor e sobre a nova chance que recebeu. “Trabalhei durante um ano na circulação do Clube e quase três anos na Academia, sempre cuidando da limpeza. Agora, estou há dois meses na Lavanderia. Sou responsável pela organização, contagem e distribuição das toalhas de mesas, toalhas de banho, uniforme dos colaboradores, panos de chão, toalhas de rosto e roupões. Ainda estou no meu

Foto: © Henrique Rigo

Antes de entrar no Clube Curitibano, quase à beira de uma depressão, a colaboradora Janaína Carvalho dos Santos estava sem perspectivas de uma vida melhor. Com vinte anos de idade e uma criança de quatro anos para criar sozinha, ela só havia trabalhado como estoquista e estava com dificuldades para encontrar um emprego. Com a saída de uma tia que trabalhava na limpeza do Clube, surgiu a oportunidade de trabalhar na agremiação. Após sete meses no Curitibano, a colaboradora pediu demissão por não ter ninguém para ficar com o seu filho no período da tarde. Mas, graças à intervenção do seu gerente, isso não foi preciso. “O senhor Eduardo não me

período de experiência, mas esta é uma chance para eu crescer, e estou muito feliz. Quando o senhor Eduardo me chamou para trabalhar aqui eu nem acreditei, na realidade, até agora não estou acreditando”, enfatiza. Feliz com o novo rumo que sua vida está tomando, ela diz que agora até pretende voltar a estudar. “Eu nunca imaginava que iria voltar a estudar, mas essa oportunidade me motivou a ir atrás disso”. Pensando sempre no seu filho Ricardo, ela diz que sua vontade é ser cada vez melhor e comemora o fato de agora ter melhores condições para cuidar dele. “Agora ele também está na escolinha de futebol. Antes pedia e eu não tinha como colocar. Tudo o que eu tenho é o meu filho, ele é meu grande companheiro”.

RCC. O que o Clube significa para você?

Janaína Carvalho dos Santos: O Clube Curitibano é como uma família, é a minha segunda casa, passo mais tempo aqui do que em casa. Me dou bem com os funcionários e associados, e o meu gerente, o Sr. Eduardo, é uma ótima pessoa. Gosto muito de trabalhar aqui e só saio se me mandarem embora mesmo. Meu gerente gosta de capricho, e eu dou o meu máximo aqui. Quando eu termino a organização e a contagem, sempre arrumo alguma coisa para fazer, limpo o chão, os vidros, não aguento ficar parada. Agradeço muito ao Clube Curitibano pela oportunidade.

Janaína Carvalho dos Santos

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

21


CA PA

do Brasil

MAIS MODERNO

CURITIBANO INAUGURA ACADEMIA DE PADEL INSPIRADA EM QUADRAS ESPANHOLAS

O Clube Curitibano inaugurou o Complexo de Padel no dia 12 de dezembro, em evento para convidados na sede Lucius Smythe, no bairro Parolin. “Em termos de tecnologia e projeto posso garantir que é o espaço mais moderno da América Latina para a prática da modalidade”, afirma o presidente do Clube Curitibano, Renato Ramalho. Com investimento de R$3,7 milhões o complexo tem quatro quadras e 1.500 m2 de área construída. “Pensando na qualidade do jogo construímos um ginásio todo em estrutura metálica, com uma veneziana translúcida para proporcionar ventilação e iluminação natural. As quadras têm fechamento em vidro para permitir que quem esteja do lado de fora consiga assistir e filmar as partidas”, conta o diretor de engenharia do Clube Curitibano, Gustavo Pinto. Além disso, as quadras têm grama sintética e piso de concreto nivelado logo abaixo. "É importante destacar que uma edificação apresenta uma vida útil média de 50 anos e, portanto, espera-se que seja respeitada no futuro, expressando a sua contemporaneidade. Trabalhou-se de maneira diferenciada e independente o próprio “esqueleto” da armação, considerando as dimensões dos vãos das quadras e a fluidez de visibilidade dos espaços, o que acabou produzindo identidade ímpar para a edificação. “O Clube importou da Espanha o know-how moderno e inovador para a composição dos espaços internos, as quatro quadras de padel”, explicou a diretora de Arquitetura, Silvana Laynes de Castro.

24

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


Fotos: © Cintya Hein/Marcelo Krelling

Além de assinar o projeto arquitetônico, o projeto paisagístico da obra foi desenvolvido pelo Estúdio Saboia+Ruiz Arquitetos, sob comando do arquiteto Alexandre Ruiz, que projetou um deck de madeira ecológica com churrasqueira e vestiários no entorno das quadras. A pedido da diretoria do Clube Curitibano a empresa também projetou um empreendimento sustentável, com água de reuso captada da chuva para lavar as calçadas e regar o jardim, além de toda a iluminação do complexo ser feita com luzes de LED, que são mais econômicas. “É o que podemos chamar de construção verde. Uma marca de nossa gestão”, conta o presidente Ramalho.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

25


CA PA

Renato Ramalho e José Antonio Baggio Pereira

Thiago Klüppel Strobel, Hamilton Braga de Oliveira e Karl Udo Heinrichs

Área de convivência

26

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Esta obra começou a ser desenhada ainda na gestão anterior, de José Antonio Pereira Baggio, que falou sobre o Complexo. “É uma satisfação muito grande. Isso demonstra a sintonia que a diretoria tem. O Renato continuou um projeto que tivemos há dois anos. No final da minha gestão eu consegui entregar as primeiras partes da obra. Fico satisfeito, nosso filhos jogarão nessas quadras daqui a 30 anos”. Quem também falou sobre jogar no Clube Curitibano foi o sócio Antonio Carlos Prieto Junior, campeão do Interno de Padel. “A estrutura é de primeiro mundo. Viajei bastante pelo mundo jogando Tênis e é difícil encontrar alguma coisa parecida. No Padel muito menos. Temos o privilégio de desfrutar de uma das melhores estruturas de Padel do mundo, eu tenho certeza”.


Carlos Alberto G. Amaral, Pedro Bonato, Augusto Oliveira, Advonsir Hilbert Jr, Eduardo Camargo, Eduardo Della Bianca e João Guilherme Meyer

Rodrigo de Almeida Ferreira, Flavio Gomel e James Pinto de A. Portugal Neto

Bruno Nakid, Antonio Prieto Jr. e Hamilton Braga de Oliveira

2ª vice-presidente Terezinha Abagge, diretora de Arquitetura Silvana Laynes de Castro primeira-dama Laura Fagundes Ramalho, Angélica Pinto e Ângela Molteni

Em termos de tecnologia e projeto posso garantir que é o espaço mais moderno da América Latina para a prática da modalidade R E N AT O R A M A L H O P re s i d e n te d o C l u b e C u r i ti b a n o

Vestiário

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

27


encontro

A R T E E C U LT U R A

O GRANDE

NO GRANDE AUDITÓRIO DO TEATRO POSITIVO

Uma emocionante história sobre o verdadeiro espírito natalino. Assim foi o Grande Encontro, Espetáculo da Escola de Dança do Clube Curitibano, apresentado no dia 3 de dezembro por 264 bailarinas, no grande auditório do Teatro Positivo. Para celebrar os dez anos de apresentações feitas no palco do Teatro Positivo, a coordenadora de Dança do Clube, Marlene Rodak, levou para a apresentação de 2017 uma releitura de todos os espetáculos que já foram apresentados nos últimos nove anos. “Um destes espetáculos era Alice no País das Maravilhas em busca do espírito de Natal, e no ano passado, no Expresso Polar, a história girava em torno de uma menina que também não acreditava no espírito natalino. Coloquei a Alice como sendo uma menina que não acreditava nessa magia e só se interessava pelos presentes e no lado comercial do Natal. Durante a apresentação, ela avista uma coelha e imagina que está

28

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

carregando consigo um saco cheio de presentes. Então, Alice passa o espetáculo inteiro tentando encontrar essa coelha, e enquanto ela procura, as bailarinas passam por várias cenas dos demais anos”, conta Marlene. Durante essa busca incessante, alguns espetáculos compõem O Grande Encontro, como os musicais da Broadway, Mary Poppins, o Mágico Mundo dos Doces, Beatrix Potter, O Pequeno Príncipe, A Pequena Sereia, entre outros. Marlene explica a simbologia das cenas. “Na Pequena Sereia, Alice convence Ariel a ir para a superfície, o que representa o ápice da sua falta de espírito de Natal, já que Ariel resolve deixar a família. Vendo a gravidade de seu ato, Alice chora e se arrepende junto com a coreografia Lágrimas de Alice. Assim, ela é conduzida a encontrar o Expresso Polar, onde o condutor do trem a faz repensar sobre todas as atitudes que não condizem com essa data tão especial”.

Fotos: © AC Photo & Vídeo

UMA BELA RELEITURA DE TODAS AS APRESENTAÇÕES FEITAS


Ao final do espetáculo, a incrédula percebe que o amor, a amizade e a família são o verdadeiro espírito de Natal, e não os presentes que ela tanto queria. “As bailarinas estiveram sempre presentes, engajadas e felizes com o que estavam fazendo. Todos os professores dançaram e coreografaram lindamente”, afirma Marlene. O presidente Renato Ramalho elogiou o espetáculo. “O Clube Curitibano é um grande ponto de encontro, e o compilado dessa última década de apresentações ficou incrível. Estou muito orgulhoso de ser o porta-voz desse timaço, tanto dos colaboradores como dos nossos queridos associados. Eles estão de parabéns”. Já o associado Willian de França, pai da bailarina Liz, contou sobre a sensação de ver a filha no palco. “Eu fico emocionado toda vez que a vejo aqui ou em qualquer apresentação. É legal ver tanta gente trabalhando para a arte, dança e música”. Para a pequena Liz, fica claro que a paixão pela dança é enorme. “É algo que se você começa a fazer, nunca mais para. Esse espetáculo foi realmente maravilhoso”. Outra bailarina que ficou feliz com o resultado foi a Lara Juraszek Pareja. “Foi superlegal. Nós treinamos bastante, foi um trabalho bem intenso”. A segunda vice-presidente do Clube, Terezinha Abagge, também foi prestigiar o evento. “Todos os anos é uma surpresa muito grande. Filhas e mães dançando juntas, isso é um espetáculo, é uma maravilha. Elas evoluíram muito e eu fiquei muito feliz em ver o Corpo de Baile, a Marlene cada vez mais se revelando, se destacando e fazendo coisas lindas”, observou. Já o diretor de Cultura, Roberto Amaral da Cunha, falou sobre a importância do incentivo à arte. “A arte disciplina, transforma e educa. Os pais que têm essa visão e colocam as crianças desde pequenas nesse universo, estão contribuindo com o futuro delas, do nosso Clube, da nossa

cidade, do nosso estado e do nosso país. É uma alegria imensa estar na Cultura do Clube Curitibano e ver a seriedade, a responsabilidade com que trabalham essas crianças. Fica aqui o meu respeito e o meu aplauso para todos”.

As bailarinas estiveram sempre presentes, engajadas e felizes com o que estavam fazendo. Todos os professores dançaram e coreografaram lindamente M A R L E N E R O DA K C o o rd e n a d o ra d e D a n ç a d o C lu b e

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

29


Fotos: © AC Photo & Vídeo

A R T E E C U LT U R A

FICHA

A arte disciplina, transforma e educa. Os pais que têm essa visão e colocam as crianças desde pequenas nesse universo, estão contribuindo com o futuro delas, do nosso Clube, da nossa cidade, do nosso estado e do nosso país

R O B E R T O A M A R A L DA C U N H A D i re to r d e C u l tu ra

30

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

TÉCNICA Adaptação e Direção: Marlene Rodak / Coreografias: Eraldo Kuhl, Isabella Kobbaz, Laudo Pires, Alessandra Soares Seer, Wilmary Brunato, Deborah Aterino, Nathalia Tedeschi / Alice: Martina Nitsche Mattei / Coelha: Gabriela Grácia Pereira Portugal/Jennyanydots: Laudo Pires / Mary Poppins: Nathalia Tedeschi / Irmãs Banks: Maria Fernanda Marinoni Veiga e Ana Maria Pereira Rattmann / Pinocchio e Príncipe Eric: Eraldo Kühl / Floribela: Marlene Rodak / A Fada Dos Doces: Deborah Atherino / A Pequena Sereia: Ana Gabriela Gubert Galvão / O Condutor do Expresso Polar e Beatrix Potter: Dulce Furtado / Rei Tritão: Carlos Valente Castro Filho /Sereias: Pré Cia de Dança do Clube Curitibano / Marujos: Cia de Dança do Clube Curitibano / Camponesas: Corpo de Baile Infanto-juvenil do Clube Curitibano / Pequeno Príncipe: Bruna Sprenger Ximenes / Rosa: Ana Carolina Marcola Gambus /Aviador: Maria Eduarda Rasera Carneiro / Raposas: Anna Luisa Marques Bittencourt, Letícia Araújo Barreto, Gabriela Camargo Salazar, Marina Luiza Duarte Lima / Bombons, Pirulitos, Soldadinhos de Chumbo, Bolos, Reloginhos e Açucares: Alunas de Ballet Clássico da Escola de Dança do Clube Curitibano / Linguados e Gatas Traquinas: Alunas de sapateado Infanto-juvenil / Sebastianas e Bonecas de Pano: Alunas de jazz Infanto-juvenil / Lágrimas de Alice: Alunas de Ballet Clássico da Escola de Dança do Clube Curitibano nível Peenche e Alunas de Ballet Clássico adulto / Amigas de Jennyanydots: Alunas de sapateado adulto / Estagiárias: Sandy Nara Borba e Daniella Batista Vilela de Sá Santos / Cenografia: Sergio Richter / Iluminação e Sonorização: Performance / Operação de áudio e luz: Alessandra Soares Seer / Maquiagem: Jonatha Ribas / Gravação e adaptação das trilhas: Terra Estúdio de Áudio / Contra Regras: Luiz Henrique Oliveira e Marlon Marques / Produção: Depto de Cultura e Esporte do Clube Curitibano


Foto: © Gustavo Garret

Foto: © Cintya Hein

A R T E E C U LT U R A

João Luiz Fiani

A GUERRA DO CONTESTADO

Foto: © Henrique Rigo

Na noite de 21 de novembro, o CUB recebeu o Secretário Estadual de Cultura, João Fiani, para palestrar sobre o tema Teatro e a Guerra dos Fanáticos. Durante o evento, o secretário falou sobre a origem da obra discutida no encontro. “Esse livro surgiu de uma pesquisa que eu fiz para um espetáculo de teatro o qual falava sobre a Guerra do Contestado. Foi uma experiência muito boa e ao mesmo tempo difícil, é um tema delicado e tênue que lida com o lado dos caboclos e do poder”. Já o associado Celestino Garcia Vidal elogiou o tema escolhido. “Eu aprendi muito, assuntos que eu não conhecia, principalmente das peças que ele escreve e do seu trabalho à frente da Secretaria de Cultura do Estado”.

A BRUXA DE SALOMÉ A Contação de Histórias do mês de novembro levou aos pequenos associados mais um conto para aguçar a imaginação. “A Bruxa de Salomé”, de Audrey Wood, retrata a história de uma mulher pobre que vive com seus sete filhos. A mãe foi ao mercado e pediu para as crianças não falarem com estranhos. Porém, a Bruxa Salomé enganou os pequenos e os levou para sua cabana na floresta. A mãe, para resgatar seus filhos, teve que superar alguns desafios. Criatividade e imaginação são estímulos que nunca faltam nesse encontro. A próxima Contação está prevista para o mês de março, com data a definir.

A EXPRESSÃO ATRAVÉS DA ARTE Os alunos da Escola de Artes do Clube Curitibano demonstraram que têm criatividade e talento. De 20 de novembro a 8 de dezembro, obras produzidas pelos associados de diversas faixas etárias ficaram expostas no Centro de Integração, na Sede Barão do Serro Azul. Técnicas e temas diferentes garantiram uma mostra versátil, baseada em trabalhos desenvolvidos durante o segundo semestre nas aulas de artes e artes especiais, ministradas pelas professoras Jaqueline Albuquerque e Adriana Villar. Além disso, para comemorar o Natal, os alunos produziram trabalhos de artesanato para presentear os pais e familiares.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

31


MARCELO ALMEIDA COMANDA PALESTRA

Foto: © Murilo Bot/HoHey

A R T E E C U LT U R A

Foto: © Henrique Rigo

Marcelo Almeida comandou o bate papo do CUB Palestra, realizado no dia 5 de dezembro, no Salão CID. “O CUB é uma maneira diferente de discutir literatura dentro do Curitibano. Eu me sinto muito privilegiado de poder ser o mentor dessa conversa entre amigos hoje”, disse Almeida, um dos idealizadores do CUB. Já a associada Mercedes Ritzmann falou sobre o palestrante: “Nós adoramos quando o Marcelo Almeida participa, ele traz muito conteúdo, conversa muito bem, é um amigo”.

NETA ESCREVE LIVRO SOBRE ABIBE ISFER

O ESCRITOR DE SEIS ANOS Com apenas seis anos de idade, o associado Eduardo K. Barbosa escreveu o livro O Dia em Que o Vaticano saiu da Itália, aulas de geografia e criatividade. Dois anos depois, a obra foi impressa e está disponível para empréstimo na Biblioteca do Clube, desde o dia 4 de dezembro, data da doação ao Curitibano. Eduardo conta as aventuras do Vaticano que tenta encontrar outros continentes para ficar. É uma história pura e divertida, além de ser ilustrada na medida.

34

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Foto: © Henrique Rigo

A autora e associada Eliane Isfer doou o livro Abibe Isfer ao Clube Curitibano no dia 30 de novembro. O livro começou a ser escrito em 2015 como forma de homenagear o avô Abibe Isfer. “Meu avô era sócio do Clube e muitos associados o conheciam. A biografia traz uma lembrança pessoal da vida e do que ele fez. A doação foi feita para que as pessoas lembrem da figura dele”, contou Eliane. O livro pode ser encontrado também na livraria da Federação Espírita do Paraná (FEP) e na Casa de Apoio Abibe Isfer.


A magia

DO TEATRO

ASSOCIADAS DO CLUBE APRESENTAM

Foto: © Andréa de Finis Pinotti

A R T E E C U LT U R A

DOIS ESPETÁCULOS E DEMONSTRAM O QUE

FICHAS

APRENDERAM NESTE SEMESTRE

TÉCNICAS

Pais e familiares puderam acompanhar o desenvolvimento das alunas do Teatro Infantojuvenil do Clube Curitibano que apresentaram dois espetáculos entre os dias 8 e 10 de dezembro, no Teatro Alcides Munhoz. As turmas 1A e 1B estrelaram a peça Bruxas, Feiticeiros e Fadas, enquanto a turma 2 interpretou a peça Michael. “Achei sensacional, muito bem ensaiado e montado, fácil de entender. As meninas foram muito bem. Saio daqui mais animado e me senti muito bem”, disse Alceu Bueno que assistiu ao espetáculo Bruxas, Feiticeiras e Fadas. A magia dos contos de fada foi o grande mote do espetáculo Bruxas, Feiticeiras e Fadas, da qual a associada Valentina Tigre fez parte. Ela conta que melhorou aspectos da vida social através das aulas de teatro. “Sempre gostei muito de teatro e acho muito legal. A grande diferença é que antes eu era mais tímida e falava mais devagar. Agora mudou”, disse a sócia. Isabelle Veras, responsável pelas aulas do Clube ao lado de Orly Veras (Companhia de Teatro Verás), falou sobre o espetáculo. “O conto de fadas é o universo delas. Falar de bruxas, feiticeiros e fadas é uma coisa que já está no imaginário da criança. Elas curtem e podem se soltar, então achamos o tema bem bacana”, disse Isabelle. Para a turma mais avançada o tema foi a vida e obras de Michael Jackson, com direito a reprodução de algumas coreografias. Independentemente da idade, o Teatro auxilia no desenvolvimento infantil. “A criança aprende a ter mais sensibilidade, a se concentrar mais, a ter imaginação, sai do computador e vivencia outras coisas. A arte é muito importante e o Clube favorece o esporte e a arte”, finaliza Isabelle.

BRUXAS, FEITICEIRAS E FADAS Adaptação e Direção: Orly Veras / Assist. de Direção: Isabelle Crystina / Cenário e Sonoplastia: Orly Veras / Figurino e Maquiagem: Isabelle Crystina / Elenco: Turma 1A: Ana Julia Buso Prieto, Ana Laura Feldmann Koefender, Bianca Nóvak Bredt, Enzo Vendrametto Marçal, Gabrielle Vieira Tarquinio, Giovanna Armacolo Andretta, Joana Krobel Weiss, Julia Chaves Fahd, Julia Munhoz da Rocha Balzer, Laura Munhoz da Rocha Balzer, Letícia Mendes Pimpão, Maria Eduarda Marinoni Veira, Maria Fernanda Marinoni Veiga, Marina Varella Carrasco, Rafaella Pietra Stall Fahd, Sofia de Freitas Strozzi e Valentina Nosé Bastos Tigre. Turma 1B: Alice Passos de Freitas dos Santos, Ana Julia De Finis Pinotti, Bianca Marie Pamplona Braz, Bruna Prates Munhoz da Cunha, Daniela Fatuch Coelho, Fernanda Mússio Rossi, Gabriela Moreira Krepsky, Geórgia Bittencourt, Helena Scherer Salamuni, Julia Odreski Ramina, Laura Consalter Colnaghi, Leonardo Binder Coelho, Lívia Lemos Kraemer, Luisa Odreski Ramina, Manuela Groth Busato, Marcela do Amaral Moro Domingos, Maria Eduarda Pereira Bopp, Maria Fernanda de Souza Strobel, Mariana da Costa de Menezes, Nina Seegmueller Muniz, Paola Prates Munhoz da Cunha, Sofia Castelassi de Oliveira e Sophia Gritsch. Foto: © Silvana Moro Arrata

MICHAEL Adaptação e Direção: Orly Veras / Assist. de Direção: Isabelle Crystina / Cenário e Sonoplastia: Orly Veras / Figurino e Maquiagem: Isabelle Crystina / Coreografias: Sabrina Lemes / Elenco: Alice Szpak de Vasconcelos, Ana Clara Conti Thá, Bianca Virmond Fruet, Eduarda Soncini, Fernanda Bitencourt Bessa, Gabriele Moro Arrata, Lorenza Casagrande Calomeno Costa, Manuella de Paola e Souza, Maria Júlia Izar Moro, Naomi Picasky Deconto, Paula Zindeluk Rotemberg, Valentina Miranda Cordeiro e Victória Moreira Leite Catão.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

35


E S TA N T E Por Ricardo Kleine

MARTIN SCORSESE Quem assistiu ao último lançamento de Martin Scorsese (O Silêncio, 2016), deve ter se perguntado como esse filme se encaixa no contexto de sua obra, geralmente lembrada por filmes marcados pela violência urbana. Porém, a religião, acoplada aos conceitos católicos de culpa e pecado, dão os contornos de seus filmes. Isso já é visível em Caminhos Perigosos (1973), no qual o gângster Charlie (Harvey Keitel) faz de tudo para expiar a culpa que carrega, ajudando o inconsequente Johnny Boy (Robert De Niro). O tema é aprofundado em Taxi Driver (1976), no qual Travis Bickle (De Niro) age de modo violento contra uma Nova York que lhe parece carregada de pecados. Em Os Bons Companheiros (1990) o argumento é mais abstrato, e para os gângsters o destino é a morte ou a prisão. Cassino (1995) repete essa noção, mas já inicia sobrepondo chamas a imagens de Las Vegas, mostrando que o destino de toda aquela frivolidade e violência é o inferno. Em outras ocasiões, é a culpa moral que prende os personagens (A Época da Inocência,1993), ou provoca sua queda (O Lobo de Wall Street, 2013). Para Scorsese, aliás, a violência parece ser não apenas a consequência do pecado e da falta de moralidade (Os Infiltrados, 2006), mas está também na raiz da própria sociedade na qual os personagens vivem (Gangues de Nova York, 2002), ou na origem das ações pelas quais os personagens se sentem culpados (Touro Indomável, 1980 e Ilha do Medo, 2010). A questão religiosa é tão importante para o cinema de Scorsese que ele a abordou diretamente em três oportunidades: ao examinar a humanidade de Cristo (A Última Tentação de Cristo, 1988), ao recontar a compaixão do Dalai Lama posta em cheque quando a China comunista invadiu o Tibete (Kundun, 1997), e ao narrar a dúvida dos jesuítas forçados a praticar apostasia, frente a uma cultura

Foto: Reprodução/Internet

RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E CINEMA

japonesa que não aceitava os cristãos e os tratava com violência (O Silêncio, 2016). Mas para além desses temas, outra característica é a paixão do diretor pelo cinema, que ganhou destaque com Howard Huges (O Aviador, 2004) e Georges Méliès (A Invenção de Hugo Cabret, 2011), além dos ótimos documentários Uma Viagem Pessoal pelo Cinema Americano (1995) e Minha Viagem à Itália (1999). Em suma, os filmes de Scorsese merecem ser vistos e revistos, quer pela riqueza de seus personagens, sempre bem desenvolvidos, quer pela técnica refinada que caracteriza cada um de seus trabalhos.

+ emprestados da videoteca ADU LTOS 1. Mulher Maravilha

Aventura / Patty Jenkins

2. Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar Aventura / Joachim Esper Sandberg

3. Aliados

Suspense / Robert Zemeckis

4. A Cabana

Drama / Stuart Hazeldine

5. Guardiões da Galáxia 2

Aventura / James Gunn

INFANTIL E JU VENIL

Consulte o acervo da Vídeoteca aqui

1. O Poderoso Chefinho Tom Mcgrath

2. Rock Dog – No Faro do Sucesso Ash Brannon

3. Moana – Um Mar de Aventuras John Musker, Ron Clements

4. Pets - A Vida Secreta dos Bichos Yarrow Cheney

5. Cegonhas - A História Que Não te Contaram Nicholas Stoller http://www2.clubecuritibano.com.br/servicos/login.jsp

36

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


SOCIAL

A beleza das arábias JANTAR DANÇANTE PROMOVE GASTRONOMIA E CULTURA ÁRABE ceu ao baile e ficou encantada com o que viu. “Estamos adorando. Está tudo maravilhoso e a decoração está fantástica. Ficamos estupefatos”, avaliou. A dupla gastronomia e cultura é um dos grandes atrativos da festa, segundo a primeira-dama do Clube Curitibano, Laura Ramalho. “O mais bacana do Venha à Vontade é essa viagem ao redor do mundo, das culturas. Não é um momento apenas de confraternização e gastronomia, mas uma oportunidade de conhecer mais das culturas, como dança, música, decoração e hábitos. Está lindo”. E o presidente concluiu. “Cada vez mais estamos fazendo atividades para a família toda e nos fortalecendo como ponto de encontro. Ano que vem faremos quatro edições do Venha à Vontade”, disse Renato Ramalho, convidando os sócios para a próxima festa, que será realizada em fevereiro.

Fotos: © Cinthya Hein

A origem é imprecisa e aponta para os anos de 7 a 5 mil a.C. Desde então, a dança é uma arte presente na vida das pessoas. Entre suas variações, está a dança do ventre, que foi a principal atração do Venha à Vontade – Noite nas Arábias, evento realizado pelo Clube Curitibano no dia 24 de novembro, no Salão Rubens Arles Bettega (Azul). Cerca de 380 pessoas participaram do jantar dançante mais tradicional da agremiação que trouxe o melhor da culinária, costumes, música e decoração das Arábias. Leir Tadeu de Oliveira vestiu as roupas típicas das Arábias e elogiou o evento. “A decoração está ótima. O traje típico eu comprei numa viagem, e acho que a noite pede essa roupa para aproveitar. As dançarinas são excelentes e estamos nos divertindo com os amigos”. A convite do pai, Jorge Derviche, a filha Louise compare-

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

37


SOCIAL

O diretor Administrativo Rodrigo de Almeida Ferreira e a esposa Elaine Zanon

Huguete Carneiro, Ana Serafin e Ana Neldi Mello

SĂ´nia e Jorge Feres

38

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Rosane e Paulo Frecceiro

Clara Lina e Rene Pugsley

Tania Aguiar Socher e Elisabete Swinka

Ivanete Marques e Ronaldo Antunes

Roseli Tarbine e Al Tarbine


imagens no

APP

Katia Marin e Vanessa Crespo

Igor Chinasso e Francisca Chinasso

Samir Faria e Luisa Faria, Rose Pires e Paulo Pires

Maria Thereza Vinholes, Huguete Carneiro, Adriana Raffs, Tatiana Nikolaus e Graziela Maia

Não é um momento apenas de confraternização e gastronomia, mas uma oportunidade de conhecer mais das culturas, como dança, música, decoração e hábitos.

L AUR A R AMALH O P r i m e i ra - d a m a d o C lu b e C u r i ti b a n o

Banda Sem Limite

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

39


SOCIAL

Fotos: © Cinthya Hein

alegria, alegria

Renato Ramalho, Manoel Dória Guimarães, Luiz Gonzaga da Motta Ribeiro, Luis Chemim Guimarães, Paulo Roberto Oliveira, Lincoln Tarquino, José Diogenes Uady e Joaquim Miró

SÓCIOS SE REÚNEM PARA CELEBRAR MAIS UM ANO DE VIDA DA TOCA Eles se reúnem desde 1979 sem deixar uma semana passar em branco. A Toca celebrou os 42 anos de existência em jantar realizado no Salão Gourmet, no dia 8 de dezembro. Após mais de quatro décadas de atividades o grupo se mantem unido e forte, encontrando-se todos os dias no Clube. Duas vezes ao ano as famílias se reúnem para celebrar a alegria que está presente diariamente entre os toqueiros. “A Toca tem um estado de espírito sempre alegre. Hoje estamos festejando o encerramento do ano, apesar de que a Toca não para nunca. Aqui é o ambiente onde existe alegria, boa comida, bons gourmets, o melhor restaurante do mundo, boas

40

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

bebidas e boa conversa entre pessoas diferentes, mas que aqui se igualam”, conta Manoel Dória, autor do hino do Clube e da Toca e associado que viu o grupo surgir. Outro que viu o nascimento da Toca foi o atual presidente do Clube Curitibano, Renato Ramalho. “Vi nascer a Toca com aqueles senhores celebrando a vida. De lá para cá a Toca se modernizou, mas algumas coisas não mudaram. Ela nos traz pelo estômago e pela música. É o lugar de mais alta sapiência do Clube, onde se encontram muitos ex-presidentes, e um ponto muito forte de conselhos. Essas pessoas construíram o Clube Curitibano”, disse o presidente.


Paulo Roberto Hapner, o diretor Financeiro James Pinto de A. Portugal Neto e Alvaro Gugelmin Pereira Jorge

Manoel Dória e Maria Lucia Guimarães

Zélia Chinasso, Fortunato José Guedes e Cidalgo José Chinasso

Ugo Erminio Rodacki, Helena Cristina Rodacki, Marcia Brandão Osternack e Edison Macedo Osternack

O presidente do Conselho, Paulo Roberto Oliveira e a esposa Lia Teresa Oliveira, e o casal Ângela e Fábio Molteni

O presidente Renato Ramalho, Gleuza Gomes, o ex-presidente Joaquim Miro, a 2ª Vice-presidente, Terezinha Abagge e o ex-presidente José Antônio Baggio Pereira R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

41


SOCIAL

TODO O ENCANTO DO

NATAL AÇÕES NATALINAS MOVIMENTAM O CLUBE Gustavo Santin Fortes e Fernanda Caldeira Santin

Fotos: © Henrique Rigo/ Cintya Hein

O espírito natalino tomou conta do Clube Curitibano no final de 2017. Toda a magia e o encantamento dessa data tão especial foram muito celebrados, com início no dia 30 de novembro, quando a chegada do Papai Noel animou os pequenos associados e seus familiares. Os sócios esperaram o Bom Velhinho na entrada Social e, em seguida, foram para o Centro de Integração aproveitar o primeiro evento natalino do Clube. Fadas, duendes e um quinteto natalino arrancaram sinceros sorrisos da criançada, que ganhou pirulitos em forma de árvore de Natal. O evento ainda contou com o som da Big Band da Polícia Militar do Paraná e um show de fogos de artifício nas cores verde e vermelho. Para a associada Andressa Bornschein, mãe da Olívia de 4 anos, o mo-

mento é marcante para todas as idades. “O Natal é uma data muito mágica para as crianças e nós acabamos virando crianças também, aproveitamos o momento vendo a felicidade deles. Ver os olhinhos dela brilhando toda vez que vê o Papai Noel, para mim, não tem preço”. A pequena associada Carolina Oliveira Sampayo também falou sobre a chegada do Papai Noel e o clima natalino. “Eu gostei muito das músicas e do pirulito em formato de árvore. Uma das coisas que eu mais gosto no Natal é o jantar com a família toda reunida”, afirmou. Durante o mês de dezembro, os associados também contaram com a visita do Papai Noel por vários dias, e as crianças aproveitaram o momento para fazer os pedidos de Natal no Centro de Integração.

Juliana Bernal Weiss e Marc

O Natal é uma data muito mágica para as crianças e nós acabamos virando crianças também

ANDRESSA BORNSCHEIN Associada

42

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


Andressa Bornschein e Olívia

Fernanda, Alexandre e Vicente Boguszewski

Janyne Ribas, Maria de Lourdes Adam , Bernardo e Eduardo Adam

Rúbia Fagundes, Sophia Fagundes e Bruno Thiele

NATAL SOLIDÁRIO

Mateus Dal Ponte Toigo

Engajado durante todo o ano na promoção de ações sociais, o Clube Curitibano não poderia terminar o ano de maneira diferente. Assim, no dia 4 de dezembro, 80 crianças de instituições de caridade e casas lares de Curitiba foram recepcionadas na festa Natal Curitibano Solidário, que aconteceu no Salão Verde. A iniciativa faz parte de uma série de ações sociais da atual gestão, que tem a parte social comandada pela primeira-dama Laura Fagundes Ramalho. “São crianças que não têm a oportunidade de ir a um shopping para ver o Papai Noel porque moram em abrigos e têm uma condição totalmente diferente da dos associados do Clube”, afirmou Laura.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

43


SOCIAL

Para animar o dia dessas crianças, elas foram recebidas com brinquedos, oficina de pintura, piscina de bolinhas, cama elástica e tiveram uma tarde divertida, que foi animada por palhaços, integrantes do grupo de teatro do clube, associados voluntários e, claro, pelo Papai Noel, que fez a entrega de presentes doados pelos sócios – roupas, sapatos e brinquedos. As instituições atendidas no Natal Curitibano Solidário foram o Lar Moisés, o Lar Sete Anjos, o Lar Infantil Sol Amigo e a Acridas.

André Cavalcanti Fortes, Ana Mary Ribas Fortes, Dulce Furtado, Mateus Dal Ponte Toigo, Luciana Longhi e Adriana Villlar

Ana Beth Garcia Ramos

Natália Costa Siqueira ,Luciana Rodrigues , Terezinha Abagge, Andréa Miranda e Laura Fagundes Ramalho

Georgia Varaschin Debes

Mariana Marins de Souza e Khadija Assis Pascholatto

44

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


SOCIAL

2018

SEJA BEM-VINDO

VEJA COMO FOI O RÉVEILLON DO CLUBE

A festa está maravilhosa e meus votos, para todo mundo, são de muita paz, prosperidade, saúde para todos

SIDINER GOBET TI Associado

Fotos: © Cintya Hein e Gustavo Garrett

A Festa de Réveillon 2017/2018 do Clube Curitibano recebeu, em grande estilo, associados e convidados. Os salões Rubens Arles Bettega (Azul) e Verde foram decorados numa linha tropical. A associada Danielle Franceschi avaliou a festa. “Agradabilíssimo como sempre, ótima decoração, ótimas pessoas aqui, que vem confraternizar junto, com certeza um ótimo ambiente, e, sobretudo, excepcional o jantar, pessoas, e os fogos”. Enquanto isso as crianças de 4 a 12 anos puderam aproveitar várias opções de recreação, como pula-pula e outros. “Aquele espaço está lindo, tem comida à vontade para as crianças, tem diversão, ótimos recreadores, está um sonho. A festa está linda e estão todos de parabéns”, disse a sócia Luciana Lorenzon. Na mesma linha, o sócio Sidiner Gobetti relembrou o principal objetivo da festa. “A festa está maravilhosa e meus votos, para todo mundo, são de muita paz, prosperidade, saúde para todos. Penso que é o mais importante, porque sem saúde a gente não faz nada”.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

45


SOCIAL

Vitor Gabardo, Gabriela Montanari e Karolina Strobel

Rafael Erbano e a noiva Ana Cecília, Tassia Erbano Cavalli e Rafael Cavalli, Eduardo Erbano

Maria Vilela e Nina Coimbra Libório

Marcio Tomporowski, Priscila Tiemann, Gustavo Unfer e Anna Unfer

Vanessa e Marcio Kokubu, e as crianças Guilherme e Gabriela

46

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Romulo Consentino e Denise


Cassius Torres, Gabriela Almeida, Antonio Torres e Bernardo Torres

Andrea Sousa e Maria Adelaide Ribas

Luiz Gustavo Emed, Thereza Emed, Ana JĂşlia e Maria Luiza

Thais Gasparin, Mariana e Olavo Gasparin

Anisio Cordeiro e Wanisa Trova

Ana Paula e o diretor Financeiro, James Pinto de A. Portugal Neto

Camila Gradowski e Tiago Pinto

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

47


SOCIAL

TENDÊNCIAS PARA

O VERÃO Fotos: © Henrique Rigo

CONFIRA COMO FOI O ÚLTIMO CHÁ PARA TODOS DO ANO

Para fechar o ano de 2017, o Chá para Todos de novembro recebeu as grifes Abstrato Modas e Cris Prado semijoias para mostrarem as principais tendências e combinações de looks para o verão. O evento, que foi realizado no dia 23 de novembro, no Salão Poty Lazzaroto, contou com a presença de associadas no desfile. Thais Guides Tiemann contou como foi a sua participação. “Foi uma experiência bem divertida. O evento foi muito bom, deu para mostrar as semijoias e as roupas da loja ao mesmo tempo. As semijoias estão maravilhosas, inclusive eu quero comprar algumas, e as roupas estão muito bonitas”, afirmou a associada. Já Sandri Guimarães, cliente da grife Abstrato, e que também desfilou durante o encontro, pôde relembrar momentos parecidos. “Eu desfilava na minha adolescência, para mim foi relembrar aqueles tempos, mas agora com pessoas da mesma idade que eu. Foi bem gostoso, uma tarde deliciosa.” Sobre as semijoias, Sandri destacou “São maravilhosas, muito lindas. Elas deram destaque como acessórios e vieram complementar os nossos vestuários”. O próximo Chá para Todos está previsto para o dia 15 de março. Confira a galeria de imagens.

Maria de Lourdes Stresser e Vera Frejane Fauri

48

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Rosi Maria Bonin e Zulmira Lamas


imagens no

APP

Vera Camargo e Suzana Artigas

Vanessa Klas e Lory Klas

Luciana Muller Sant'ana, Letícia Maria Negrão Cunha e Nadilane Reis

Cler Minetto, Maria Lúcia Negrão e Cleuse Karan

Lilian Gau e Regina Ferraz

Mônica Ross Kinder e Vanessa Penteado

Marilei Piazza e Arglaci Batista Nicocelli

Vera Lúcia Sabatke Gutierrez e Sonia Regina Sabatke Gutierrez

Paulina Mathias e Mariza Lorenzetti

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

49


Dançante

CURITIBANO GROOVE TRAZ BUCHECHA E TONI GARRIDO PARA ANIMAR O CLUBE

Quando o assunto é dançar até não conseguir mais, não tem para ninguém! É Curitibano Groove. A ala jovem do Clube Curitibano promoveu, no dia 1º de dezembro, o Curitibano Groove e recebeu Toni Garrido (Cidade Negra) e Buchecha, que se apresentou pela segunda vez no evento, além da banda curitibana Bigode Groove, garantindo energia e música boa para balançar o esqueleto. Aproximadamente mil pessoas participaram do evento realizado no Salão Rubens Arles Bettega (Azul). O associado Henrique Fabro estava com o time de futebol society, campeão por antecipação do Interno, e falou sobre o evento. “O Curitibano está de parabéns, mais uma vez, pelas atrações que trouxe: Toni Garrido, Buchecha, Bigode Groove, banda de Curitiba, a piazada manda muito bem”, analisou. Gabriela Todeschini falou sobre o evento e a presença de uma banda curitibana. “O Bigode Groove é superlegal e já faz sucesso lá fora. Trazer para cá foi uma ideia muito boa”. Já Vanessa Delai aproveitou para passar momentos com pessoas especiais. “Estou com todos os amigos prestigiando esse lugar maravilhoso”, afirmou. O cantor Buchecha

50

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Fotos: © MYNDS

SOCIAL


O Bigode Groove é superlegal e já faz sucesso lá fora. Trazer para cá foi uma ideia muito boa

GABRIEL A TODESCHINI Associada

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

51


SOCIAL

PREMIAÇÕES SEDE

LUCIUS SMYTHE COMPETIDORES DO PADEL, TÊNIS E SQUASH RECEBEM TROFÉUS DO CLUBE CURITIBANO

Disputar competições é apenas uma das atividades do esporte, que também conta com uma parcela de amizade, parceria e confraternização. A Sede Lucius Smythe promoveu em dezembro os jantares de encerramento do Padel, Squash e Tênis para premiar os melhores

Luiz Sperandio

52

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Padel Feminino

atletas do ano e celebrar o ano de atividades. No dia 7 de dezembro os tenistas foram premiados, já no dia 8 foi a vez do Squash e no dia 12 os padelistas receberam os troféus do ano. Confira as fotos das premiações.


Fotos: © Cintya Hein e Divulgação

Bruno Nakid e Antonio C. Prieto Junior

José Antonio Baggio Pereira, Antonio C. Prieto Junior, Bruno Nakid e Hamilton B. de Oliveira

Karl Udo Heinrichs, Hamilton B. de Oliveira e Thiago K. Strobel

Daniele Pacheco Cassou, Karl Udo Heinrichs, Hamilton Braga de Oliveira e Marcela Ribeiro da Silva

Karl Udo Heinrichs, Orlete Antunes de Oliveira Jr e Thiago K. Strobel

Karl Udo Heinrichs, Gustavo Santos Artigas, Celso Antonio Thá e Thiago K. Strobel R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

53


Fotos: © Cintya Hein e Divulgação

SOCIAL

Antonio Cezar Cansini e Rodrigo Gomes da Rocha

Amauri Cruz Santos Filho, Wilson Kuster Filho e Antonio Cezar Cansini

Betina do Rosário P. Gonçalves e Fernanda Vivacqua de Barros

Maria Fernanda G. Ferreira e Luciana das F. Rodrigues

Luiz Marcelo Giovannetti, Cesar Augusto Turin, Marcelo Stoberl, Thiago Michaelis, Frederico A. C. Fortes Filho, Rodrigo Vianna Pereira e João Chede Netto

54

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


Sergio Fleischfresser e esposa Camila P. S. Fleiscchfresser

Margareth Von Der Osten, Silvana C. Laynes de Castro, Ana Dayse C. Agulham, Eleonora Machado de Brito e Yara Pupo Alves

Karl Udo Heinrichs Diretor de Tênis e José Carlos A. do Amaral e presidente Renato Ramalho

José Luiz Andrade

Tenistas prestigiando o evento

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

55


PELO MUNDO Por Dayana Meister (Pedagoga), Anna Carolina Jordan (Gestora Educacional Escola Umbrella) e Fabiana Silva Canda (Psicóloga)

dinamarquesas UM LIVRO, UM CAFÉ E O DESEJO DE CONHECER AS CRIANÇAS MAIS FELIZES DO MUNDO

Fotos: Arquivo pessoal

CRIANÇAS

Fabiana Silva Canda, Orjana Rocha, Anna Carolina Jordan, Dayana Valério Meister, Claudia Fernandes, Marianna Jordan e Gloria Ribeiro, no Papirøen

O que uniu uma psicóloga, uma pedagoga e uma coordenadora pedagógica no desejo de ir até a Dinamarca? Este desejo nasceu após a leitura do livro “Crianças Dinamarquesas”, cujo tema é a criação de filhos confiantes e capazes. Após muitos cafés e um grupo de estudo para pais, entramos em contato com a autora do livro, a psicóloga Iben Dissing Sandahl, que nos acolheu de maneira muito dinamarquesa e mostrou o desejo de compartilhar seus ensinamentos com o grupo de pais via Skype e um workshop em Copenhague sobre limites, ansiedades e família, iniciando assim nossa viagem. A chegada à Dinamarca foi cheia de carinho, sendo possível perceber o quanto o povo dinamarquês é acolhedor com seus visitantes e fazem de tudo para que você se sinta integrado e acolhido. Andando nas ruas é possível ver muitas crianças com

56

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

seus pais, brincando e se divertindo mesmo com as temperaturas muito baixas. Os ambientes são realmente pensados para elas e todos os espaços públicos têm brinquedos que promovem a interação da família. No centro da cidade se encontra o Tivoli, o segundo parque de diversões mais antigo do mundo, reconhecido internacionalmente por ser a fonte de inspiração para Walt Disney na construção da Disneylândia. Em nossa visita ao parque a decoração era Halloween e percebemos como cada detalhe é cuidadosamente pensado. Você se sente em um lugar mágico. E o parque fica aberto todos os dias. Copenhague é uma cidade que mescla a arquitetura antiga e moderna. O uso da bicicleta como um meio de transporte diário chama a atenção, principalmente ao ver bicicletas adaptadas para carregar crianças, demostrando como esse hábito é passado de pais para filhos.


Dayana e Fabiana, em Tivoli

Quando falamos em hábitos é possível entender porque o povo mais feliz do mundo consegue criar filhos felizes, e a fórmula mágica fica em como esses pais educam seus filhos com muito amor, autenticidade, comunicação e a valorização que dão ao brincar. Isso foi percebido nos nossos dias observando as famílias dinamarquesas. O workshop com a Iben foi um fechamento de tudo que vimos e vivemos nestes dias nos países nórdicos, pois de uma forma didática e prática ela pode elucidar o motivo que tem gerado ansiedade nas crianças do mundo todo e a importância dos limites e da relação familiar como base de exemplo para as construções sociais dos filhos. O sentimento que ficou em nós foi que o desafio de educar filhos continua sempre, e que a família é um pilar importante nessa construção, sendo assim se faz necessário aprender a ouvir a criança, respeitando o seu tempo de crescer e criando uma relação de diálogo e verdade, fazendo com que se sintam confiantes e seguros. Esse é o verdadeiro caminho da felicidade.

Orjana, Claúdia, Marianna, Anna Carolina, Rodolfo Stadler, Fabiana, Gloria, Camila Stadler e Dayana, em frente ao Palácio de Amalienborg

viajante DICAS DO

CONHECER O PALÁCIO DE AMALIENBORG Residência oficial da família real dinamarquesa. As pessoas conseguem saber se a rainha encontra-se ou não presente olhando o mastro da bandeira. Se a bandeira estiver estiada por completo significa que a rainha está no palácio, caso contrário a bandeira fica a meio mastro. PASSEAR POR NYHAVN Belíssimo canal, considerado o coração de Copenhague. Com seus belíssimos edifícios coloridos, está sempre repleto de turistas que vão até lá para prestigiar uma boa gastronomia, lojas ou apenas apreciar o lindo lugar. IR AO ENTARDECER NO PARQUE DO TIVOLI Tendo assim a oportunidade de ver o parque tanto com a luz do sol, como à noite. Em cada um dos momentos você será surpreendido com uma beleza fantástica. Não tem como não se maravilhar com um parque de diversões, não é verdade? O parque, além de atrações para as crianças, jovens e adolescentes, tem várias opções de restaurantes e entretenimentos para família toda. O show das águas é imperdível. PAPIRØEN Um galpão com vários restaurantes, estilo “food trucks” localizado à beira do mar. Imperdível ver o pôr do sol deste ponto turístico. Belíssimo. Ahhh não esquecer de provar o delicioso cheese cake sabor Oreo... hunmmm delicioso. CHRISTIANIA É um bairro autossustentável localizado no centro da cidade, gerido por leis independentes. Um lugar onde encontra-se muita diversidade cultural e artística.

Fabiana, Dayana e Anna Carolina, em Nyhavn

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

57


GOLFE PARTICIPATIVA

NOITE

HISTÓRICA MÚSICA, INAUGURAÇÕES E HOMENAGENS MARCAM O

Fotos: © Gustavo Garret

JANTAR DE ENCERRAMENTO DO GOLFE

Diretor de Cultura Roberto Amaral da Cunha, diretor da Sede do Golfe Patrice Vian, capitã de Golfe Maria Helena Vian, os familiares do ex-presidente Luiz Antonio de Andrade Vieira, Tania, Tatiana e Luiz Claudio, a primeira-dama Laura Fagundes Ramalho e o presidente Renato Ramalho

O Clube Curitibano aliou cultura, esporte e história no dia 16 dezembro. Durante o Jantar de Encerramento do Golfe, o grande homenageado da noite foi o ex-presidente Luiz Antônio de Andrade Vieira, o mais jovem presidente da história do Clube, que assumiu em 1973, e no jantar foi representado pela viúva, Tânia Maia Vieira. O salão principal da Sede Romão Rodrigues Branco recebeu o nome do ex-presidente e os familiares receberam homenagem das mãos da primeira-dama do Clube, Laura Fagundes Ramalho. “Me sinto extremamente agradecido. Depois de tanto tempo vem à tona a lembrança do Luiz Antônio, que era uma pesIncentivador do Golfe do Clube Curitibano

58

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

soa irreverente e de muita visão. A família está honrada e agradecida com a homenagem”, disse Luiz Cláudio Vieira, filho do ex-presidente que estava à frente da direção da agremiação quando a Sede do Golfe foi incorporada. Aluisio Pimentel, responsável pela criação do Paraná Golfe Clube – que depois foi incorporado pelo Curitibano – também recebeu homenagem, entregue pela capitã de Golfe, Maria Helena Vian, à Georgina Pimentel. Na ocasião, foi inaugurada também a escultura Rouge, de autoria da sócia Cecília Dalcanale, que cedeu a obra ao Curitibano. “Para mim foi emocionante. Me sinto feliz por


Esse é um Clube maravilhoso. Essa Sede tem uma história e estrutura fantásticas. Considero esse o melhor campo do Brasil. Fiquei emocionado com o evento de hoje. Conseguimos fazer os melhores 18 buracos do Brasil

PAT R I C E V I A N , D i re to r d a S e d e d o G o l fe

2ª vice-presidente Terezinha Abagge e a artista Cecília Dalcanale

Georgina Pimentel recebe homenagem de Maria Helena Vian

O pianista Estefan Iatcekiw e o diretor de Cultura Roberto do Amaral Cunha

ser reconhecida por essa obra”, disse a associada. Já Patrice Vian ressaltou a qualidade da Sede e do evento. “Esse é um Clube maravilhoso. Essa Sede tem uma história e estrutura fantásticas. Considero esse o melhor campo do Brasil. Fiquei emocionado com o evento de hoje. Conseguimos fazer os melhores 18 buracos do Brasil”, analisou o diretor da Sede do Golfe, fazendo analogia ao esporte. O pianista de 13 anos Estefan Iatcekiw, considerado um prodígio, garantiu ainda mais emoção à noite, apresentando-se em um piano de meia cauda. O menino acabou de vencer o Prelúdio, o mais importante concurso de interpretação de

música erudita do Brasil, e ganha cada vez mais admiradores no Clube Curitibano, tanto que em 2018, a expectativa é que ele se apresente duas vezes na agremiação. “Me sinto em casa aqui, tenho amigos ao redor e as pessoas são maravilhosas. Só tenho a agradecer”, disse o pianista. O diretor de Cultura e um dos idealizadores do evento, Roberto Amaral da Cunha, emocionou-se com a sensação de “missão cumprida”. “Foi uma oportunidade de unirmos Cultura e Esporte e deu certo. Estou feliz e emocionado. Juntar Cultura com uma história de família dentro do Clube me deixou muito satisfeito”, disse.

Incentivador do Golfe do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

59


GOLFE PARTICIPATIVA

HOMENAGEM A

ZANATTA Fotos: © Gustavo Garrett

TRADICIONAL TORNEIO REÚNE GOLFISTAS NA SEDE ROMÃO RODRIGUES BRANCO

A bela Sede Romão Rodrigues Branco (Golfe) recebeu, no dia 25 de novembro, a XIV Taça Daniel Zanatta, disputada na modalidade 18 buracos Strokeplay/Stableford. A competição contou com a presença de golfistas que foram jogar e prestigiar o evento em homenagem a Zanatta. Para o associado Ivo Leão, que conquistou o primeiro lugar na categoria Scratch, participar do evento é sempre gratificante. “Foi uma honra poder jogar e conquistar este torneio que homenageia meu grande amigo Daniel Zanatta. Como acontece todos os anos desde que o Daniel nos deixou, o campeonato foi organizado de forma impecável e como sempre, teve a participação maciça dos associados e convidados. Com a tradição de realizar este lindo torneio todos os anos, o Daniel permanece vivo em nossas memórias e corações”, afirmou Leão. Já Nelson Andrade, que desde o primeiro torneio participa do evento, falou sobre o título de primeiro lugar na categoria masculina com Index 14, 1 até 22,1. “A conquista veio com muita sorte, pois no buraco 18 a minha bola foi para a água e mesmo assim deu para realizar uma pontuação vencedora. Também com muita motivação, tanto pela Denise Bittencourt, Monica Slaviero, Bruna Lee e Hilda Azuma

Paulo de Tarso, Alexandre Garcia e Carlos Valério

60

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Yoshiko Igarashi, Maria Helena Vian (Capitã de Golfe), Monika Voswinckel e Susana Goyeneche


bela organização deste torneio, como pelo muito que significa para a família Zanatta. É uma forma de manter viva a lembrança do seu ente querido. Acho que eu, como os demais associados, sempre vamos desfrutar e prestigiar este evento”, analisou Andrade. Denise Bittencourt recordou como o golfista era em campo. “Participei de praticamente todos os torneios em homenagem ao nosso querido Daniel, menino risonho, bom jogador, dedicado ao esporte e que nos deixou muito cedo. Graças aos seus pais e irmã, que fazem questão de patrocinar

esse campeonato todo ano, no mês de seu aniversário, cada vez mais o sucesso é maior com grande número de participantes e prêmios excelentes”. Sobre a sua classificação, ela avalia: “Já obtive melhores classificações mas fiquei muito feliz com o terceiro lugar, um bom resultado para um evento tão grandioso que só enobrece o nosso Clube”. Dessa vez, a renda das inscrições da Taça Daniel Zanatta foi revertida para a compra de 185 cestas básicas que foram doadas para o Lar Bom Caminho, no dia 21 de dezembro. Confira os resultados na tabela abaixo.

RESULTADOS Atleta

Com a tradição de realizar este lindo torneio todos os anos, o Daniel permanece vivo em nossas memórias e corações IVO LE ÃO Associado

Categoria

Posição

Ivo Leão

Scratch

Arlete Sermann

Scratch

Paulo N. Leite

Scratch

Roselaine Catarino

Scratch

Eduardo Pierri

Index até 14,0

José R. Muricy

Index até 14,0

Gabriel Gallego

Index até 14,0

Myung Jang

Index até 21,2

Mônica Voswinckel

Index até 21,2

Denise Bittencour

Index até 21,2

Nelson Andrade

Index 14,1 até 22, 1

Eduardo Martin

Index 14,1 até 22, 1

Mario D'avila

Index 14,1 até 22, 1

Valentim Gonçalves

Index 22,2 até 32,9

Everson Morozowski

Index 22,2 até 32,9

Faruk El Khatib

Index 22,2 até 32,9

Gema Lee

Index 21,3 até 31,7

Monica Slaviero

Index 21,3 até 31,7

Cecilia Calliari

Index 21,3 até 31,7

Cicero Arruda

Especial

PREMIAÇÕES

Luiz Eduardo Perry

Melhor Net Juvenil

Matheus Mercer

Melhor Net Pré- Sênior

Edgar Prim

Melhor Net Sênior

Rogério Fuchs

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

61


FITNESS

Fotos: Clube Curitibano

PARTICIPATIVA

FINAL DE ANO SÓCIOS APROVEITAM AULÕES ESPECIAIS PARA MANTER O CORPO EM DIA Mais de 150 sócios participaram do dia de atividades físicas para terminar o ano em alto astral, chamado de Aulão de Fim de Ano, realizado no dia 5 de dezembro. O Salão Rubens Arles Bettega (Azul), que costuma receber eventos sociais, recebeu as bicicletas de Spinning para o Aulão de Bike e, depois, ao ritmo de Zumba e Sh’Bam os associados se divertiram no Aulão de Fitness, em comemoração ao final de ano.

Aulão de bike

ANOTE NA AGENDA Para praticar Zumba e Sh’Bam não é necessário estar matriculado(a). Consulte a programação no site e aproveite as aulas regulares, em diversos dias e horários. Aos sábados o Clube realiza aulas especiais. Você acompanha os horários em nossa programação. Maiores informações pelo telefone 3014-1971. O professor Caios Rocha à direita, no aulão de Sh'Bam

62

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


BEACH TENNIS PARTICIPATIVA

INTERNO DE

BEACH TENNIS ESPORTE QUE VEM CONQUISTANDO NOVOS ASSOCIADOS

O sol brilhou forte na manhã de domingo, 10 de dezembro, e assim, os associados puderam disputar as finais do Interno de Beach Tennis em clima praiano. Vários jogos movimentaram as quadras da Sede Mercês. O crescimento do esporte dentro do Clube não foi apenas em número de participantes, os jogadores evoluíram tecnicamente. “O Beach Tennis vem crescendo muito dentro do Clube. Ao longo do ano o Curitibano participou de algumas competições fora, como no Interclubes em Caiobá/PR, evoluímos uma posição no ranking do estado e conseguimos ficar na terceira colocação geral. Foi um ano de aproveitamento, crescimento e aprendizagem”, ressaltou o associado Helder Vicentini, campeão de Duplas na categoria A. No começo de 2017, aproximadamente 150 associados praticavam o Beach Tennis, hoje esse número já passou de 200. Segundo o vice-diretor, Jorge Radziminski, para oferecer mais qualidade aos jogadores, novas quadras serão construídas, inclusive para atender a escolinha. “Para fevereiro nós temos a implantação da escola para crianças na Sede Lucius Smythe, onde serão construídas as quadras cobertas, o que vai proporcionar ao associado um conforto maior no inverno, devido ao clima curitibano”. Ainda, segundo o vice-diretor, além da construção na Sede Lucius Smythe, outras quatro quadras serão construídas na Sede Romão Rodrigues Branco.

TERCEIRO LUGAR NO INTERCLUBES PARANAENSE O Clube garantiu o terceiro lugar por equipes no Interclubes Paranaense da modalidade, disputado de 1º a 3 de dezembro em Guaratuba/ PR. Para que isso fosse possível venceu nas categorias Duplas Feminina A e Duplas Mistas C e fazer as finais nas categorias Dupla Masculina A e B, Dupla Feminina A e B e Duplas Mistas A. O resultado completo está disponível no site da Federação Paranaense de Tênis.

Foto: © Gustavo Garrett

TRARÁ NOVIDADES EM 2018

Os campeões da etapa

CLASSIFICAÇÃO Atleta

Categoria

Posição

Marcelo Krieger

Simples Open

Campeão

Helder Vicentini

Simples Open

Finalista

Ana Speck

Simples Open

Campeã

Mayra Vicentini

Simples Open

Finalista

Flavia Deboni / Daniel Becker

Dupla Mista A

Campeões

Cintia Milani / Marcelo Stroberl

Dupla Mista A

Finalistas

Marcelo Krieger / Priscila Soares

Dupla Mista B

Campeões

Lucas Salomão / Debora Campos

Dupla Mista B

Finalistas

Helder Vicentini / Rodrigo Faria

Duplas A

Campeões

Marcio Ceschin / Wagner Bruel

Duplas A

Finalistas

Claudio Amaral / Eduardo Bruel Neto

Duplas C

Campeões

Rubens Bocuti / Gabriel Nieweglowski

Duplas C

Finalistas

Ana Bruel / Marcela Wosniak

Duplas B

Campeãs

Priscila Soares / Maria Fernanda

Duplas B

Finalistas

Vanessa Sanches / Cristina Stechman

Duplas C

Campeãs

Fernanda Barros / Maria Francisca Baptistini

Duplas C

Finalistas

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

63


BOL ÃO PARTICIPATIVA

BOLÃO 2017

Almoço de encerramento

APROXIMADAMENTE 250 SÓCIOS PARTICIPARAM DA FESTA DE ENCERRAMENTO, REALIZADA NA SEDE DE GOLFE Os bolonistas se reuniram para celebrar o ano de 2017, ano em que receberam da diretoria uma reforma no Pavilhão do Bolão, com direito a criação de um espaço gourmet, e em que as disputas fortaleceram os laços mais importantes desse esporte: a amizade. No dia 2 de dezembro, cerca de 250 associados aproveitaram a premiação e celebração da temporada em evento realizado na Sede Romão Rodrigues Branco, em Quatro Barras/PR.

Diretoria da CIB 2018

64

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

A temática passou pelo forró que ilustrou a camiseta dos participantes. Na ocasião o casal Maria José e José Carlos Cassou passou os cargos para a CIB 2018 que será comadanada por Jociane Clara Zonkowski e Luiz Alberto Alves de Abreu, Rosangela Werneck (Social), Ana Paula Alvarez Pereira (Financeiro), José Carlos Cassou (Técnico), Nilton Picheth (Diretor de Pavilhão) e Fausto Coelho Pereira (Diretor de Informática). Veja como foi o evento.


Fotos: © Cintya Hein

GALERIA DOS 180 PONTOS Ana Carina Cassou Schwengber (2 conquistas) Denise May Ana Carimê Cassou André Cassou (2 conquistas) Eduardo Schwengber (2 conquistas) Paulo Festa (2 Conquistas) Rodolfo May Amauri Amatuzi Bruno Cassou Haroldo Volaco Invocados bicampeão Masculino

Clovis dos Santos Andrade Leonidas do Amaral Neto

Melhores médias do ano

Maria Jose Cassou e Girley Picheth, presidente e diretoria social da CIB 2017

Sócios que conquistaram 180 pontos durante o ano

Rei e Rainha ambos com 180 pontos e Sonia Regina Sabatke Gutierrez R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

65


BOL ÃO PARTICIPATIVA

BRAÇO DE FERRO Atleta

MELHORES DO ANO

Grupo

Pontos

Posição

Paulo May

Grupo Invocados

704

1º lugar

Darci Chagas

Grupo Albatroz

687

Denise May

Grupo Invocados

Roseni Garcia

Grupo Albatroz

Pontos

Posição

Ana Carina Cassou Schwengber Desesperados

1249

1ª lugar

2º lugar

Ana Carimê Cassou

Desesperados

1234

2ª lugar

525

1º lugar

Ana Paula Baggio

Albatroz

1225

3ª lugar

522

2º lugar

Jociane Jonkolski

Albatroz

1218

4ª lugar

Denise May

Invocados

1217

5ª lugar

Marinice Costa

Desesperados

1208

6ª lugar

Ingelore Jonkolski

Albatroz

1207

7ª lugar

Adriana Wolski

Desesperados

1205

8ª lugar

Rodolfo May

Invocados

1249

1º lugar

Bruno Cassou

Desesperados

1245

2º lugar

Andre Cassou

Desesperados

1245

3º lugar

Fernando Barry

Invocados

1245

4º lugar

Aprigio Prates

Extintor 44

1241

5º lugar

Heitor de Andrade Junior

Extintor 44

1239

6º lugar

Paulo Festa

Desesperados 1238

7º lugar

Eduardo Schwengber

Desesperados 1237

8º lugar

Melhores médias do ano

CÔRTE Atleta

Grupo

Rei

Andre Cassou

Grupo Desesperados 180 (máx.)

Príncipe

Rodolfo May

Grupo Invocados

Duque

Bruno Cassou

Grupo Desesperados 179

Conde

Fernando Barry

Grupo Invocados

177

Barão

Haroldo Volaco

Grupo Extintor 44

177

Rainha

Ana Carimê Cassou Grupo Desesperados 180 (máx.)

Princesa

Ana Paula A. Baggio Grupo Albatroz

Duquesa

Marinice Costa

Grupo

Pontos

179

175

Grupo Desesperados 174

Condessa Jociane Jonkovski

Grupo Albatroz

173

Baronesa

Grupo Invocados

173

Denise May

Atleta

Destaque bolonista do ano com a melhor média, Ana Carina Cassou Schwengber

CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS GRUPOS / FEMININO Grupo

Grupo Desesperados: Campeãs invictas do Feminino

66

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Posição

Desesperados

Campeãs

Albatroz

Vice-campeãs

Invocados

3º lugar


PETECA PARTICIPATIVA

CELEBRAÇÃO DA

AMIZADE PETEQUEIROS SE REÚNEM PARA Fotos: © Gustavo Garrett

TORNEIO QUE DETERMINA O ENCERRAMENTO DA TEMPORADA Os confrades da Peteca se reuniram na Academia para celebrar mais um ano de atividades, no dia 16 de dezembro. Os sócios chegaram cedo para preparar um almoço diferente e delicioso assinado pelo confrade Luiz Alberto Salomon. Na ocasião, os petequeiros receberam as medalhas pela disputa realizada no mesmo dia. O vice-diretor Luiz Sperandio agradeceu a todos, celebrando a amizade. “Se alguém vier aqui pode não acreditar, mas somos todos amigos. E que isso continue assim”. O associado Renato Bonardi é um bom representante para dar seu testemunho, já que participa dos jogos de Peteca desde que o esporte começou a ser praticado no Clube Curitiba, há 37 anos. “O jogo começou e eu tinha vontade de praticar alguma coisa, começar no Tênis, mas eu tinha 37 anos e a coisa não estava indo bem. Comecei a jogar Peteca, me entusiasmei e jogo desde então. A amizade do dia a dia não tem preço”, explica. Veja a classificação do torneio abaixo.

CLASSIFICAÇÃO Atleta

Categoria

Posição

Sylvio Colle

Categoria A

1º lugar

José Augusto Cechellero

Categoria A

2º lugar

Pedro Fortes e Ronaldo Schubert

Categoria A

3º lugar

Renato Bonardi

Categoria B

1º lugar

Rubens Bocuti Junior e Marco Pereira

Categoria B

2º lugar

Ugo Rodacki

Categoria B

3º lugar

Ugo Rodacki, Renato Bonardi, Luiz Sperandio, Rubens Bocuti Junior e Marco Pereira

Se alguém vier aqui pode não acreditar, mas somos todos amigos. E que isso continue assim

LUIZ SPER ANDIO V i c e - d i re to r

Ronaldo Schubert, Pedro Fortes, Sylvio Colle, Luiz Sperandio e José Augusto Cechellero R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

67


FUTEBOL SOCIET Y PARTICIPATIVA

GOLAÇO Fotos: © Adriano Gomes/Clube Curitibano

DECIDIDOS OS CAMPEÕES DO INTERNO DE FUTEBOL SOCIETY

Os campeões do Campeonato Interno de Futebol Society foram conhecidos no dia 2 de dezembro, após oito meses de jogos. E foi como determina o escrito do futebol: com emoção. Quebrando a hegemonia do Filhos do Bini FC o Real Zeli venceu os dois turnos da categoria Livre e consagrou-se campeão. Na final do primeiro turno o Zeli empatou em 2 a 2 com o Velho Chi FC e no segundo turno bateu o Pandagol por 4 a 3, assegurando o primeiro lugar sem a necessidade de jogar uma partida final. Real Zeli

O Shoque 04 se tornou bicampeão do Máster ao vencer o Bataclan por 2 a 1 na final. O Bataclan havia vencido o Real no primeiro turno. Um dos destaques da final foi o goleiro Kleber Canuto que fez uma defesa decisiva para o resultado. “Nós goleiros comemoramos gols dos outros do nosso time. Quando tem um lance, uma defesa, que decide o jogo é muito gratificante”, avaliou. Shoque 04

No Veterano, categoria estreante no Interno, o troféu ficou com o Boca Sêniors (sic) que venceu o Arsenil por 3 a 1. O diretor Administrativo do Clube, Rodrigo de Almeida Ferreira foi o goleador da categoria e falou sobre a competição. “Hoje foi a consagração do campeonato. Nosso time encaixou bem, decidimos os dois turnos e de brinde veio a artilharia do campeonato e agradeço ao grupo por isso”. Boca Sêniors

68

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


SINUCA PARTICIPATIVA

O ANO DA SINUCA VEJA O RESUMO DAS COMPETIÇÕES MAIS IMPORTANTES DE UMA MODALIDADE QUE EXIGE ESTRATÉGIA E PONTARIA Fotos: © Henrique Rigo

A temporada da Sinuca chegou ao fim e com muitas disputas na conta. Como é tradição no grupo, os torneios receberam o nome do associado Laerte Siqueira Machado, mais conhecido como Alemão, que foi homenageado e lembrado na cerimônia de encerramento das atividades da modalidade, realizada no Salão Gourmet no dia 30 de novembro. Com gritos ao fundo de “Alemão”, Rubens Bocutti relembrou do amigo falecido no dia 12 de outubro deste ano.

PENTACAMPEÃO DA OURO Gabriel Campos e Matheus Pontarolli se mantêm como grandes rivais. Os sócios se enfrentaram, no dia 30 de novembro, em partidas válidas pelo título da Ouro. Pelo placar de 5 a 2, Gabriel Campos foi o vencedor e consagrou como pentacampeão do campeonato. Ivan Antunes ficou com o terceiro lugar e Fabio Nigro foi o quarto. Gabriel Campos, Eduardo Machado, filho do Alemão e Regina Célia Bara de Lima, namorada do Alemão

PRATA E BRONZE A categoria Prata, que teve oito participantes, teve como vencedor o sócio Fabio Nigro, Marco Antônio Donikian como vice-campeão, Rubens Leandrin no terceiro lugar e Darci Chagas na quarta colocação. A Bronze também contou com a participação de oito sócios. Airton Miranda Bozza foi o campeão da categoria Bronze, que teve como segundo colocado o sócio Fernando Vasconcelos Socreppa, no terceiro lugar Luiz Antônio Domingues e na quarta colocação Jaceguay Ribas.

COPA DOS CAMPEÕES A Copa dos Campeões de Sinuca reúne os melhores jogadores de todas as categorias, cujos embates acirrados são garantidos, tanto que o campeão da Prata enfrentou o campeão da Bronze na final. Marco Antônio Donikian e Airton Miranda Bozza fizeram a final do torneio, com vantagem para Donikian. Completaram o pódio Luiz Antônio Domingues e Roberto Mussi.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

69


T R I AT H L O N PARTICIPATIVA

INCANSÁVEL ASSOCIADO DO CLUBE CORRE QUATRO PROVAS EM MENOS DE TRÊS MESES

Com disposição de sobra, necessária para ser um triatleta, o associado Philippe Gondre correu quatro provas de Triathlon nos últimos três meses e conquistou excelentes resultados. A primeira prova foi o Ironman 70.3 de Miami, na qual o associado garantiu o sétimo lugar na categoria 50/54 anos, com o tempo de 05:01:16. Em 4 de novembro o sócio disputou o Ironman Florida e ficou na 20ª posição da categoria. Já no dia 3 de dezembro o destino foi a América do Sul, em Mar del Plata, onde o atleta conquistou o 11º lugar da categoria com o tempo de 10:43.36. Sem descanso Gondre participou do 13º Circuito Renault de Triathlon, disputado na praia de Caiobá/PR, e assegurou o primeiro lugar da categoria 50/54 anos ao completar a prova em duas horas e vinte e um minutos. Ao longo do ano o sócio participou de 14 provas, incluindo três Ironman e dois Half Ironman e conseguiu ficar no TOP 15 em corridas internacionais e algumas vitórias em nível nacional. E ele projeta um 2018 cheio de desafios. “Para 2018, mudo de categoria, o que deve trazer melhores resultados. No primeiro semestre participarei do SESC Caiobá no formato Olímpico, em março. Em abril,

Incentivadores do Triathlon do Clube Curitibano

70

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Fotos: Divulgação

E PROJETA DISPUTAR O ULTRAMAN BRASIL

Philippe Gondre sobe ao pódio

me desafiarei na minha primeira participação no UB515, Ultraman Brasil no formato 10km natação, 420km bike e 84km de corrida. Depois voltarei para provas do circuito Ironman, com o Ironman 70.3 Florianopolis, Ironman 70.3 Aix en Provence, Ventouxman, Ironman Nice e o campeonato Europeu de Ironman, em Frankfurt no mês de julho”, conta. Isso tudo no primeiro semestre. Aos risos complementa: “É isso aí! Pão e faca na mão”.


N O TA S

Foto: © Cintya Hein

PARTICIPATIVA

SAÚDE E BEM AO PRÓXIMO O Clube Curitibano realizou na manhã de 2 de dezembro as atividades finais da Hidroginástica com direito à premiação de uma gincana do bem, realizada durante o segundo semestre por todas as turmas da modalidade. Uma das atividades propostas foi a arrecadação de brinquedos, que foi um sucesso, com destaque para a turma das 7h20 de terça e quinta-feira. No total foram arrecadados mil brinquedos que serão doados para a Associação de Moradores e Amigos da Vila Portelinha e Comemoração Natalina do Lar Fabiano de Cristo - Casa de Joana D´Arc.

O Pôquer do Clube Curitibano conheceu os campeões da temporada com o fim do Circuito Interno de Texas Hold’em que teve onze edições. A última delas, no dia 9 de dezembro, consagrou Bila Cassou, Fernanda Roccon e Fernando Avelar como campeões da etapa. A 10ª Etapa, disputada no dia 18 de novembro, contou com 59 participantes e teve como vencedor José Galvão, campeão da 7ª Etapa, seguido de Victor Kwan e Rafael Zarpelon. Dessa forma, Bila Cassou foi o grande campeão do ranking anual. Ao todo 220 sócios participaram da competição durante a temporada.

Foto: Divulgação

CASSOU É CAMPEÃO DO RANKING

LINHA DE CHEGADA

Foto: Divulgação

Bandeira quadriculada para as meninas do Voleibol Master do Clube Curitibano que participaram da 27ª Copa Mix, no dia 9 de dezembro. Realizada no Ginásio Principal da Sede Barão do Serro Azul, a competição teve o tema Fórmula 1, que originou os nomes das equipes. A equipe vencedora foi Redbull, seguida de Force Índia, Willians e Ferrari. “Não foi só um dia maravilhoso, mas um ano incrível ao lado das duas equipes que me acolheram com muito carinho. Obrigada por tudo meninas, vocês são exemplo de vida. Ano que vem tem mais!”, disse Manuela Abdalla ao fim do torneio. Fernando Avelar, Bila Cassou e Fernanda Roccon R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

71


N O TA S

Foto: Divulgação

PARTICIPATIVA

OS CAMPEÕES DO TOP 8 O Clube Curitibano promoveu, no dia 1º de dezembro, o Top 8 de Futevôlei. Gui Coruja, campeão do ranking anual, consagrou-se campeão da série ouro, seguido de Willian Mussi e Lucas Bocuti. Edson Toninello foi o campeão da prata, Peter Tempski o segundo lugar e Julian Fleury Rocha o terceiro. O ranking anual foi decidido após a quinta etapa, da qual Gui Coruja foi campeão, seguido de Willian Mussi e Nabil Ezzedine. O ranking completo está no Portal do Clube Curitibano. Guido Campelo e Gui Coruja

Sócios do vôlei de praia

APRENDIZADO NA PRÁTICA Quase 70 jogos movimentaram a Sede Lucius Smythe durante o Torneio da Pré-Equipe Tênis, que chegou à quarta etapa do ano e foi realizada de 1º a 7 de dezembro. No total, 94 sócios participaram, sendo 50 na disputa de simples e 44 de duplas. “Todos foram destaque, pela força de vontade e dedicação com que se empenharam em seus jogos”, relatou Rafael Santa Clara, um dos professores do Clube a acompanhar o torneio. A classificação completa está no Portal do Clube Curitibano.

Incentivador do Tênis do Clube Curitibano

72

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Após cinco etapas, Andrea Balsani e Caled Hajar Traya se tornaram os campeões do Campeonato Interno de Vôlei de Praia, com 490 pontos cada. Traya conseguiu alcançar Andrea com o terceiro lugar conquistado na 5ª Etapa, realizada no dia 2 de dezembro. Esta etapa foi vencida pela dupla Felipe Fedalto e Luis Wilke. Rafael Fedalto e Antonio Cesar Vidal Junior ficaram com a segunda posição e Augusto Ross na terceira. Confira o ranking anual completo no Portal do Clube Curitibano.

Foto: Divulgação

Foto: © Cintya Hein

OS MELHORES DO VÔLEI DE PRAIA


N O TA S

Foto: Divulgação

PARTICIPATIVA

TACADA DE MESTRE As primeiras partidas os atletas nunca esquecem. Cerca de 32 associados do Clube Curitibano participaram da 2ª Etapa do Torneio Interno de Iniciantes, disputado de 22 a 26 de novembro, na Sede Lucius Smythe. Os campeões e campeãs do Tênis foram: Sérgio Marques (A), Giancarlo Nardi (B), Luca Bottarelli (C), Gisele Moreira (A), Paula Nardi (B) e Isis Del Corso (C). Fizeram as finais: Fábio Naldino (A), Marcelo Gricajuck (B), Guilherme Guiraud (C), Carol Triaca (A), Giovanna Moggi (B) e Victoria Hansel (C). “Eles começarão a participar de torneios de níveis mais fortes. Essa foi a segunda etapa e os atletas tiveram desafios nos jogos, eles se divertiram e fizeram amizades” analisou o professor Rafael Santa Clara que acompanhou o andamento da competição.

Foto: Divulgação

Sérgio Marques, campeão da Classe A

HOLE IN TWO O Clube Curitibano promoveu, no dia 12 de novembro, o 2º Torneio dos Amigos de Duplas, que teve a participação de 40 associados. O clima ajudou e a Sede Romão Rodrigues Branco recebeu as disputas na modalidade canadian, jogada em duplas e em tacadas alternadas. Os campeões foram Gabriel Egydio e Victor Chung no Gross, Luiz Perry e Sidiner Gobeti na Classe A, Jose Pupo Filho e Loren Pupo, na Classe B. “O Clube está plantando para colher no futuro, esses eventos estão sendo uma forma de incentivar e atrair novos praticantes da modalidade”, analisa Edione Nogueira, professor de Golfe do Clube. Victor Chung e Gabriel Egydio

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

73


N ATA Ç Ã O FORMATIVA

ESPÍRITO DE

EQUIPE Fotos: © Gustavo Garret

GINCANA COM ATLETAS MIRIM E PETIZ ARRECADA 10 MIL BRINQUEDOS PARA DOAÇÃO

A arrecadação de 2,5 kg de roupas, calçados e cobertores para a doação de julho foi um sucesso. Entretanto, o II X1 Swimmers Mirim e Petiz, realizado no dia 2 de dezembro, no Parque Aquático da Sede Barão do Serro Azul superou as expectativas e os números da edição do primeiro semestre ao arrecadar aproximadamente 10 mil brinquedos que foram doados para Provopar, projeto social Joana d’Arc do Lar Fabiano de Cristo, Associação de Deus Ágape Mundial, Lar Infantil Sol Amigo, Moradias Maringá I e II, Associação Comunitária das Mulheres do Bairro Alto, Organização de Desenvolvimento de Potencial Humano, Associação dos Moradores e Amigos da Vila Portelinha e Associação Esportiva União Vila Torres. “Eu vinha imaginando esse evento há muito tempo e esperando ter a oportunidade para desenvolver e agora foi possível. Só tenho a agradecer a todos no Clube Curitibano, pelo apoio que foi dado a mim e, principalmente às crianças”, analisou o Incentivador da Natação do Clube Curitibano

74

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

idealizador do evento, o professor Erick Moreno Marques. A arrecadação de brinquedos foi apenas uma das provas da gincana que contou ainda com grito de guerra, torcida, trabalho em equipe, caracterização (com as cores dos times) e comportamento, além das provas de Natação. Os Furacões da Piscina (Verde) foram os campeões com 3.781 pontos, os Gladiadores (Vermelho) ficaram em segundo lugar e 3.707 pontos, em terceiro aparecem os Bananas de Pijamas (Amarelo) com 3.483 pontos e Os Smurfs (Azul) com 3.310 pontos ficaram na quarta posição. Um dos integrantes da equipe vencedora que mais trouxe donativos foi Rafael Oliveira Schmitt. O sócio explicou como foi a arrecadação. “Minha mãe me ajudou. Quando o Erick nos disse, em março, que iríamos ter que fazer a arrecadação já começamos a pensar, e em setembro, a pedir brinquedos e dinheiro. É muito legal porque vamos entregar brinquedos para outras crianças que precisam”, afirma.


Os Bananas de Pijamas

Smurfs

Do lado de fora da piscina e nos bastidores da arrecadação, a mãe do Rafael, Fabiana F. de Oliveira Schmitt falou sobre o evento: “O coração de mãe fica batendo a mil. É uma responsabilidade muito grande de ser mãe desses atletas. Gostaria de destacar a figura do Erick. Sem ele não poderíamos ter proporcionado esse evento sensacional, o apoio de todos os pais e principalmente dos atletas”. Para o diretor de Desportos Aquáticos, Bernardo Ramina, a realização do evento completa uma sequência de sucesso. “Cada etapa é um recorde na arrecadação. Temos atletas hoje que são cidadãos que estão se formando e voltados a fazer o bem. Eles tão pequenos já servem de exemplo para muitos aqui no Clube e fora, eles têm conquistado esse respeito”, finalizou. Furacões da Piscina

CAMPEÃO MORAL DO PAULISTA O Clube Curitibano foi convidado para participar do Campeonato Paulista Petiz, realizado de 24 a 26 de novembro, em São Paulo/SP, e foi o maior medalhista ao conquistar 18 medalhas, além de ter sido a equipe que mais somaria pontos. Como é filiado à Federação Paranaense de Desportos Aquáticos, o Clube não pontuou e não aparece na classificação por equipes do torneio da competição organizada pela Federação Paulista. A agremiação conquistou 12 ouros, duas pratas e quatro bronzes, teria estabelecido dois novos recordes e sido o campeão geral. De qualquer forma foi o campeão moral. Gladiadores

Incentivador da Natação do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

75


N O TA S

Fotos: © Gustavo Garrett

FORMATIVA

BOLA NA REDE

Fotos: Divulgação

O Clube Curitibano promoveu, no dia 25 de novembro, o Festival da Escolinha de Futsal, que proporcionou aos alunos mostrarem o que aprenderam durante o ano, em jogos amistosos. Todos os atletas foram premiados com medalhas, nessa atividade em que vencer é o menos importante. Diogo Porto é pai do Rafael (6), que joga desde os três anos, e observa o desenvolvimento do filho

em quadra: “Percebemos a cada semestre a diferença. Hoje esses moleques fazem miséria”. Maria Fernanda Lorusso, mãe do Eduardo (7), conta que no primeiro campeonato do filho, realizado na Sede Mercês, ele se concentrou em ficar mexendo nas borrachinhas da quadra de grama sintética. Conversando, a mãe explicou que ele precisava participar e jogar. Ele ouviu o recado. “A cada ano, cada semestre, é uma evolução maravilhosa”, afirma a mãe.

Com o surgimento das equipes, a escolinha serve para reunir os sócios e trabalhar os fundamentos básicos para que eles possam chegar à equipe do Clube

M U R I LO G A S P E R I N , P ro fe s s o r

PROJETO DE SUCESSO O Colégio Bagozzi foi o desafiante do Clube Curitibano durante o Festival da Escolinha de Basquete, realizado na Sede Barão do Serro Azul, no dia 25 de novembro. Duas categorias se enfrentaram: um time com atletas de 9 a 11 anos e outra de 12 a 14 anos. Os amistosos são uma boa fonte de

Incentivadores do Futsal do Clube Curitibano

76

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

conhecimento, além de proporcionarem vivência com os jogos, objetivo da equipe da agremiação. “Com o surgimento das equipes, a escolinha serve para reunir os sócios e trabalhar os fundamentos básicos para que eles possam chegar à equipe do Clube”, analisa o professor Murilo Gasperin.

Incentivador do Basquete do Clube Curitibano


N O TA S FORMATIVA

Caratecas

FAIXAS DO JIU JITSU Os atletas de Jiu Jitsu do Clube Curitibano participaram do Exame de Faixas da modalidade, realizado no dia 24 de novembro, na Sede Barão do Serro Azul. Trinta e oito sócios participaram da atividade que é realizada duas vezes ao ano. Antonio Scarpim e Francicso Scarpim Peixoto graduaram-se na faixa amarela; Rafael Bolson, Arthur Chaitza, Gabriel Sprenger Dala Stella, Mauricio Capriotti e Thadeu Bastos Cercal na faixa azul; Paulo Cesar Hertt Grande e Leonardo da Veiga Ribas na faixa marrom; Felipe Nichele Buschle na faixa preta e Guilherme Muniz na faixa preta 3° Grau.

Fotos: Divulgação

O Clube Curitibano promoveu o Exame de Faixas do Karatê no dia 1º de dezembro, na Sala de Artes Marciais da Sede Barão do Serro Azul, com a participação de 24 alunos. O Exame tem por objetivo avaliar o aluno dentro das técnicas exigidas para que passe de nível de faixa. São analisados criteriosamente: posição, postura, ritmo, concentração e harmonia nos movimentos. O mestre Osvaldo Massaki, responsável pelo Karatê da agremiação, destacou a graduação de Simone Bonse para a faixa roxa com nota “A” em todos os requisitos e falou sobre o ano: “Esta temporada foi muito boa e atingimos com sucesso o planejado”, analisa Massaki. Já no dia 9 de dezembro, foi a vez do Clube Curitibano receber evento de graduação de Dan da Federação Paranaense de Karatê do Paraná, na Sede Barão do Serro Azul. Foram aprovados: Roberto Fatuch para o 4º Grau, Sergio Gouvêa e Ennio Marçal para o 3º Grau, e Daniel Favoreto para o 2º Grau.

Fotos: © Lucas Bot/HoHey

EXAME DE FAIXAS DE KARATÊ

Atletas do Jiu Jitsu

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

77


A

LUBEC

N OR E V

TADO

C

N ATA Ç Ã O COMPETITIVA

IS

U

RITIB

TÍTULO INÉDITO CURITIBANO É CAMPEÃO DE TODAS AS CATEGORIAS DO SUL-BRASILEIRO MIRIM PETIZ

Incentivador da Natação do Clube Curitibano

78

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Moreno Marques, Mariana Prosdócimo, Felipe Abreu e Supervisão Administrativa, além da envolvente participação e colaboração dos pais e familiares. O conjunto de forças sob um mesmo objetivo só poderia nos levar às mais altas

colocações. Cabe à Diretoria, neste cenário favorável, fomentar o trabalho vitorioso desenvolvido dentro do nosso Clube e compartilhar a receita com todas as demais modalidades”, finalizou Ramina.

Foto: © Gustavo Garrett

Meses depois de ser campeão do Campeonato Brasileiro Infantil de Verão, o Clube Curitibano repetiu a dose de conquistas inéditas e na mesma piscina. Pela primeira vez na história, o Clube foi campeão por equipes do Campeonato Sul-Brasileiro Mirim Petiz em todas as categorias. Dominando a prova de ponta a ponta, a agremiação desbancou os anfitriões, do Grêmio Náutico União, ao conquistar 80 medalhas: 38 de ouro, 18 de prata e 24 de bronze. A competição foi realizada de 17 a 19 de novembro em Porto Alegre/RS, no Parque Aquático do GNU. “Os atletas que formam a base da equipe de natação do Clube demonstraram uma força fantástica durante todo o ano. Simplesmente ganharam tudo o que disputaram sem deixar de se portar como uma verdadeira equipe, dentro e fora da água. Quando não estavam nadando, torciam pelos seus companheiros e pelo nosso Clube”, analisou o diretor de Desportos Aquáticos Bernardo Ramina. Para ser campeão com tamanha vantagem o Curitibano contou com pontuação obtida por toda equipe. Alguns nomes, entretanto, se destacaram e apareceram nos quadros de atletas eficientes. São eles: André Fontes Bonardi (Mirim 1), Carolina Parreira (Petiz 1), Pérola Silva Santos (Petiz 2), Vitor Lisboa Pelissari (Petiz 2), Cauê Gluck (Petiz 1). E ainda com os segundos lugares de Murilo Braga Amatuzzi (Petiz 1) e Lucas Francisco Saldo (Mirim 2). “Duas outras causas deste sucesso do Clube não podem ser esquecidas: O alto nível profissional dos nossos colaboradores, em especial os técnicos Erick

Vitor Lisboa Pelissari

MEDALHAS

O conjunto de forças sob um mesmo objetivo só poderia nos levar às mais altas colocações.

BERNARDO R AMINA D i re to r d e D e s p o r to s A q u á ti c o s

Ouro

38

Prata

18

Bronze

24

Total:

80

PONTUAÇÃO Mirim 1

809

Mirim 2

803

Petiz 1

1.059

Petiz 2

1.131

Total:

3.802

ATLETAS EFICIENTES 5 primeiros lugares 2 segundos lugares 8 categorias no total


Foto: © Gustavo Garrett

DOMINANDO O ESTADO

Perola Silva Santos

CURITIBANO ASSEGURA LIDERANÇA EM CAMPEONATOS ESTADUAIS Os grandes destaques individuais do torneio foram Perola Silva Santos e Vitor Lisboa Pelissari que conquistaram ouros em todas as provas que disputaram. Pelissari que nada na categoria Petiz venceu nos 50, 100 e 400m livre, 100m borboleta e 200m medley. Perola que também é da categoria Petiz foi ouro nas provas de 50, 100 e 200m livre, 100m borboleta e 100m peito.

Foto: © Raphaella Piovezan

O Curitibano foi o grande campeão do Campeonato Estadual de Natação de Verão - Troféu Germano Bayer, realizado em Foz do Iguaçu/PR, nos dias 15 e 16 de dezembro. Na cidade da tríplice fronteira, os atletas de alto rendimento das categorias Mirim e Petiz conquistaram 132 medalhas: 51 de ouro, 44 de prata e 37 de bronze, além de 32 quartos lugares, 25 quintos lugares, 22 sextos, sétimos e oitavos lugares, totalizando 66.

TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI

TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI

Consolidando os resultados expressivos na temporada, o Clube Curitibano foi campeão do Troféu Alexandre Viscardi – Troféu Marcos Chaibem, disputados em Maringá/PR, de 29 de novembro a 02 de dezembro. Com 1.187 pontos conquistados, o Clube venceu com sobras o torneio disputado por equipes paranaenses. Das 112 medalhas 49 foram de ouro, 36 de prata e 27 de bronze. Além das medalhas a agremiação pontuou em 94 oportunidades com a chegada de nadadores do quarto ao oitavo lugar das provas. Para assegurar tal resultado, o Clube contou com o ótimo desempenho das equipes Infantil 1 e 2 e juvenil 1 que ficaram no primeiro lugar dessas categorias.

Enrico Boscardim, Matheus Brito e Eduardo Strobel Incentivador da Natação do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

79


A

U

RITIB Foto: © Gustavo Garrett

Foto: © Dimas Ferreira

LUBEC

N OR E V

TADO

C

N ATA Ç Ã O COMPETITIVA

IS

Rafaela Raurich

BICAMPEÃO NOS JOGOS SUL-AMERICANOS

A equipe do Clube Curitibano conquistou o terceiro lugar por equipes no Campeonato Brasileiro Júnior (Troféu Julio de Lamare), realizado entre 6 e 12 de dezembro no Rio de Janeiro/RJ, na piscina da UNIFA (Universidade da Força Aérea). A agremiação conquistou 22 medalhas: nove de ouro, três de prata e dez de bronze. Destaque para Rafaela Raurich, medalha de ouro nos 100, 200 e 400 metros livre, prata nos 800 metros livre, recorde de campeonato nos 200 m livre com o tempo de 2:00.83. O resultado completo está disponível no site da CBDA.

Recentemente, o Clube Curitibano conquistou o título de bicampeão representando o Brasil na 23ª edição dos Jogos Sul-Americanos Escolares, na modalidade natação, em Coachabamba, na Bolívia. Mais uma vez os nadadores do Clube terminaram o campeonato com uma ótima performance e com destaque nas provas. Gustavo Saldo, Raphael Windmueller, Isabela Ribas e o técnico Diego Peña, que foram alguns dos convocados para fazer parte do time da natação, fizeram bonito e trouxeram o título para casa.

Foto: © Henrique Rigo

TERCEIRO LUGAR NO BRASILEIRO JÚNIOR

BRASILEIRO JUVENIL DE VERÃO O Clube Curitibano foi bem representando no Campeonato Brasileiro Juvenil de Verão - Troféu Carlos Campos Sobrinho, disputado de 22 a 25 de novembro, no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte. Os representantes do Clube asseguraram duas pratas e um bronze. Barbara Edite Limas conquistou o bronze na prova dos 800m livre, na categoria juvenil 1, com o tempo de 9:26.42. Enrico Bertolucci Boscardim ficou com a prata nos 1500m livre, com o tempo de 16:22.05. Nadando quase um terço da distância da prova anterior, Boscardim assegurou a prata também nos 400m livre, ao nadar em 04:02.23. Barbara Limas, Julio Saldanha e Enrico Boscardim Incentivador da Natação do Clube Curitibano

80

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


M A R AT O N A S COMPETITIVA

REI E RAINHA DO MAR O Clube Curitibano foi bem representado no Circuito Petrobras Rei e Rainha do Mar, realizado nos dias 9 e 10 de dezembro na praia de Copacana, no Rio de Janeiro/RJ. Sete modalidades foram disputadas, entre elas o Challenge e a Clássica, nas quais os sócios da agremiação se destacaram. Marcio Gobbo Costa foi o quatro colocado na categoria 50 a 59 anos, do Challenge, Anna Julia Hastschbach fez o melhor tempo da categoria 35 a 39, no Classic. Maria Cristina Guarinello Silva Sigwalt foi a terceira colocada e Augusto Viana Franco de Oliveira o quarto no Classic 50 a 59 anos.

TERCEIRO LUGAR NO CBI Com seis atletas competindo, o Clube Curitibano assegurou o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro Interclubes (CBI), realizado no dia 16 de dezembro na Bahia. No trajeto denominado meia maratona são nadados 5km em mar aberto. Elder Oliveira ficou em primeiro lugar no Junior e João Ricardo Cauduro de Miranda na segunda colocação, sendo que os dois aparecem como segundo e terceiro colocados no absoluto, com diferença de um milésimo de segundo para o campeão da prova. Gustavo Ceccatto Andrade somou oito pontos com o 11º lugar no juvenil. No feminino, Mariana Chevalier foi campeã do infantil e segunda colocada no absoluto, Barbara Edite Limas foi prata no Juvenil e sétima colocada no absoluto, enquanto Mariana Maruco pontuou com o quinto lugar do juvenil e 15º no absoluto. Essa competição tem o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC.)

BONS RESULTADOS NO BRASILEIRO DE MARATONAS AQUÁTICAS O Clube Curitibano conquistou bons resultados na 5ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas de 10km, disputada no dia 16 de novembro, em Salvador/ BA. Elder Oliveira foi o segundo colocado na categoria Júnior, seguido de perto pelo companheiro de Clube, João Ricardo Cauduro, terceiro lugar. Camila Tribst ficou em segundo lugar na mesma categoria, garantindo o Clube como melhor equipe nesta categoria. Já Gustavo Ceccato Andrade assegurou a prata na categoria juvenil. Na 6ª Etapa, de 5km, disputada no mesmo local e dia, Camila Tribst e Elder Oliveira foram prata no Junior, e Gustavo Ceccatto Andrade prata no juvenil.

Incentivador da Natação do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

81


TÊNIS COMPETITIVA

BRASILEIRO INTERCLUBES CURITIBANO RECEBE COMPETIÇÃO EM PARCERIA COM CBC DISPUTADA POR QUASE 180 ATLETAS

Fotos: © Gustavo Garrett

Com apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), a Sede Lucius Smythe do Clube Curitibano recebeu a 4ª etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes, realizada entre os dias 15 e 19 de novembro. A competição contou com a participação de 31 clubes de dez estados do Brasil. Ao todo 177 atletas participaram sendo 42 do Curitibano. Cinco tenistas conquistaram títulos - um simples e quatro duplas - e seis atletas ficaram com o vice-campeonato - um simples e cinco duplas. Onze atletas do Curitibano subiram no pódio e com os resultados a equipe abriu 2.215 pontos em relação ao segundo colocado do ranking nacional de Clubes e se isolou na liderança. “A nossa participação tem sido muito boa, pois ostentamos

Matheus Ramos, Miguel Danelon, Nicole Serraglio, João Alves, Gabriel Hilbert e Gabriel Schenekenberg Incentivador do Tênis do Clube Curitibano

82

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

o primeiro lugar do Brasil no Interclubes, mas sabemos que temos muito a evoluir e crescer na formação de talentos, pois em nível internacional existe uma distância a ser percorrida, mas se continuarmos nessa busca com certeza estreitaremos essa distância” avaliou o diretor de Tênis, Karl Udo Heinrichs. Campeão da categoria 18 anos, Miguel Danelon foi um dos destaques da campanha do Clube Curitibano na competição. “Foi bom para trazermos um bom resultado e ajudar no ranking”, analisou o atleta Miguel Danelon. A número 29 do ranking nacional, Laura Maciel, falou sobre as expectativas para o futuro. “Eu sei que o ano que vem será mais difícil do que esse ano, mas não quero deixar de participar de torneios e quero me sair bem”, disse a sócia.


SOBRE O INTERCLUBES “Acredita-se que esta parceria entre CBT, CBC e Clubes Esportivos será um marco divisor no fomento do tênis nacional. O CBC dispõe de um orçamento que atenderá as demandas dos clubes aptos a realizarem os Campeonatos Brasileiros Interclubes, de tal forma que todos os tenistas que representem um clube filiado e/ou vinculado ao CBC sejam contemplados com o recebimento de passagem aérea e hospedagem para disputar todos os Campeonatos Brasileiros Interclubes que se inscreverem. Estima-se com isso que os tenistas infantojuvenis brasileiros economizarão um valor superior a R$ 6.000.000,00 entre 2017 e 2020”, informa o site oficial do CBC. Para o Clube, receber a competição é positivo. “É muito importante recebermos o interclubes brasileiro, pois temos que estar presentes em todos os grandes eventos nacionais, e alguns internacionais. A grandeza do Curitibano exige isso, e estamos a cada dia confirmando o nosso DNA de clube infantojuvenil formador de tenistas de altíssimo rendimento. O Clube almeja estreitar e fortificar o relacionamento com a CBC bem como CBT, pois pretendemos incrementar a participação de mais clubes para fortificar o tênis brasileiro e podermos gerar talentos no mundo tênis”, finaliza Udo.

Laura Maciel

João Duleba

Gabriel Schenekenberg

Maria Eduarda Oliveira, Giovanna Brehmer e Claudio Santana

Matheus Ramos

Incentivador do Tênis do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

83


TÊNIS COMPETITIVA

Giovanna Brehmer e Maria Eduarda Oliveira

RESULTADOS DOS ATLETAS DO CLUBE 4ª Etapa – Clube Curitibano – 15 a 19/11 Categoria

Resultados

Maria Eduarda Oliveira

Atleta

16 Anos Simples

Campeã

Maria Eduarda Oliveira

18 anos Duplas

Finalista

Nicole Serraglio

14 Anos Duplas

Campeã

Gabriel Hilbert

14 Anos Duplas

Finalista

Gabriel Schenekenberg

14 Anos Duplas

Finalista

Matheus Ramos

16 Anos Duplas

Campeão

João Duleba

16 Anos Duplas

Finalista

Thais Andreotti

18 Anos Simples

Finalista

Giovana Brehmer

18 Anos Duplas

Finalista

Maria Eduarda Oliveira

18 Anos Duplas

Finalista

Miguel Danelon

18 Anos Duplas

Campeão

João Alves

18 Anos Duplas

Campeão

Nicole Serraglio

3ª Etapa – São Paulo/SP – 30/11 a 5/12 Categoria

Resultados

Eduardo Almeida

Atleta

18 Anos Duplas

Finalista

Gustavo Deszczynski

18 Anos Duplas

Finalista

1ª Etapa – Caxias do Sul/SC – 23 a 28/11 Atleta

5ª Etapa – Salvador/BA – 20 a 26/11

Categoria

Resultados

Laura Maciel

16 Anos Duplas

Finalista

Categoria

Resultados

Nicole Serraglio

18 Anos Simples

Finalista

João Duleba

16 Anos Simples

Finalista

Nicole Serraglio

18 Anos Duplas

Campeã

Gustavo Deszczynski

18 Anos Simples

Finalista

Finalista

João Duleba

16 Anos Duplas

Finalista

Eduardo Taiguara

Incentivador do Tênis do Clube Curitibano

84

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

18 Anos Duplas

Atleta


GOLFE COMPETITIVA

FIELD DAY Fotos: © Gustavo Garrett

FECHANDO O ANO COM CHAVE DE OURO. CONFIRA COMO FOI O CAMPEONATO

Conhecido por ser um campeonato aberto para toda a família, o Field Day foi realizado no dia 2 de dezembro na sede Romão Rodrigues Branco e contou com cerca de 110 golfistas. Durante o evento, que foi disputado na modalidade Quadra Scramble, também foram realizadas atividades lúdicas e divertidas como tiro ao alvo, putter, bandeira e sorte ou revés. Para Rodrigo Diniz, que conquistou o título de campeão na categoria Melhor Gross ao lado dos associados Cristian Kim, João Bosco Lee e Eduardo Canto, o campeonato sempre garante bons momentos. “Nós somos amigos desde crianças, faz trinta anos que jogamos Golfe juntos. É uma alegria jogar ao lado dos meus amigos de tanto tempo e ganhar o torneio é gratificante”. Confraternização é a palavra-chave que melhor define o Field Day. “O evento foi espetacular, é sempre muito procurado porque é o último do ano, o mais festivo, sempre com brincadeiras e depois um delicioso churrasco. Ele fecha o ano com chave de ouro”. Confira a classificação completa.

RESULTADOS Atleta Rodrigo Diniz / Cristian Kim

Categoria

Posição

Melhor Gross

Net

Net

Net

Net

Net

João Bosco / Eduardo Canto Antônio Camilotti / José M.Abujamra Gabriel Abujamra / Fernando Gnoatto Cassiana Stapff / Mônica Slaviero Velda Gomes/Denise Bittencourt Alessandro Barbosa / Rafael Vellinho Vitor Martins / Gabriel Egydio Luiz Perry / Everson Morozowski Luiz C. Cunha / José Henrique do Carmo Marcelo Breda / Eduardo Martin José C. Gottschild / Kiyoshi Ishitani Olavo Del Claro / Gastão Soffiatti

Booby

Dilmar Archegas / Ivo Piaskowy

Incentivadores do Golfe do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

85


A

LUBEC

N OR E V

TADO

C

VÔLEI COMPETITIVA

IS

U

RITIB

RECONHECIMENTO CURITIBANO E ATLETAS RECEBEM PREMIAÇÃO DA FEDERAÇÃO PARANAENSE DE VOLEIBOL Fotos: FPV

A Federação Paranaense de Voleibol (FPV) promoveu no dia 14 de dezembro a entrega dos troféus às melhores atletas dos Campeonatos Regionais. Aproximadamente 400 pessoas participaram da cerimônia, realizada no Salão Ruby, do Círculo Militar do Paraná. O Clube Curitibano/Expoente teve 23 indicações e conquistou 14 estatuetas na premiação do Troféu Paulãozinho. Confira na tabela as atletas premiadas. Um dos prêmios recebidos foi de uma conquista recente. O Clube conquistou no dia 8 de dezembro, o título do Campeonato Regional Sub-16. Na primeira disputa, realizada contra a AREC/Curitiba, o Clube venceu por 3 sets a 0. Já no segundo turno, disputando contra o Círculo Militar do Paraná, o Curitibano subiu ao lugar mais alto do pódio após a vitória, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/23, 27/25 e 25/14, excluindo a necessidade de playoff.

Melhores do ano

ATLETAS PREMIADAS CAMPEONATO REGIONAL SUB-18 FEMININO Melhor levantadora

Maria Fernanda

Melhores ponteiras

Thayná Alessandra

Melhores centrais

Isabela Sandrini

Melhor oposto

Andressa Soares

Atleta mais valiosa

Thais Oliveira

CAMPEONATO REGIONAL SUB-16 FEMININO Melhor Líbero

Júlia Catani

Melhores ponteiras

Thainá Alessandra

Atleta mais valiosa

Thainá Alessandra

CAMPEONATO REGIONAL SUB-15 FEMININO Melhor Líbero ou fundo de quadra

Júlia Heller

Melhores ponteiras

Luana Gazda

CAMPEONATO REGIONAL SUB-14 FEMININO

Campeãs do Regional Incentivadores do Voleibol do Clube Curitibano

86

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

Melhor ponteira

Luana Gazda

Melhor central

Pietra Fontana

Melhor oposto

Jennifer Valenga

Atleta mais valiosa

Pietra Fontana


Foto: Divulgação

A

U

RITIB

TÍTULO NO FUTSAL

LUBEC

N OR E V

TADO

C

FUTSAL COMPETITIVA

IS

CURITIBANO DISPUTA FINAIS DO METROPOLITANO E CONQUISTA EXCELENTES RESULTADOS

O Futsal rendeu boas comemorações ao Clube Curitibano durante a temporada. O Campeonato Metropolitano, organizado pela Federação Paranaense de Futsal (FPFS) foi o último deles com direito a títulos. Na categoria Sub-11, o Clube venceu todas as partidas da fase classificatória e após vencer o Santa Mônica nas semifinais, assegurou o título da competição ao empatar um jogo e ganhar outro do São José dos Pinhais. Pedro Henrique P. Gonçalves foi o artilheiro da competição com 18 gols, média superior a um gol por partida. O Sub-13 foi campeão com 100% de aproveitamento e números expressivos. Foram 18 jogos, 18 vitórias, 111 gols marcados e apenas 12 gols sofridos. A final do campeonato foi disputada entre a agremiação e o Santa Mônica. Os quatro primeiros

atletas no quadro de artilheiros são do Clube Curitibano com destaque para Bernardo Faria Muller que marcou 28 gols. A equipe B do Curitibano ficou na sexta posição desta categoria. O Sub-15 perdeu três jogos no Metropolitano, todos para o campeão R&S/Atlético PR/APFS e ficou com a prata. O aproveitamento na fase classificatória foi de 88% oriundo de doze vitórias em treze jogos. Victor Carpi de Moraes foi o artilheiro do Clube na competição com 18 gols. O Sub-17 ficou com a prata ao sofrer revés do Colégio Manoel Bandeira/Corujinha em jogo emocionante. A equipe marcou 128 gols na competição, com média superior a sete por partida. A equipe adulta da agremiação ficou com o quarto lugar da competição.

Incentivadores do Futsal do Clube Curitibano

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

87


N O TA S

Foto: Divulgação

COMPETITIVA

BRONZE NO BRASILEIRO DE BADMINTON

Victória Cansini

Foto: CBBd

O ano terminou bem para os atletas de Badminton do Clube Curitibano, que conquistaram o bronze na categoria Sub-17, durante o 3º Campeonato Brasileiro da modalidade, realizado de 22 a 26 de novembro na capital do Ceará, Fortaleza. A dupla formada pelos associados Lucas de Souza do Amaral e João Guilherme Nery Ribas Serafim – João também ganhou o bronze na terceira etapa do Nacional -, asseguraram o bronze.

CANSINI É OURO NO BRASILEIRO A associada Victoria Cansini do Clube Curitibano continua representando o Squash da agremiação em alto nível e com direito a medalhas. Ela conquistou o ouro no torneio de duplas, ao lado de Juliana Pereira, do 38º Campeonato Brasileiro de Squash, disputado em Campinas/SP entre os dias 15 e 19 de novembro. Victória jogou até as quartas de finais do torneio profissional. “Espero que em 2018 eu esteja em um melhor desempenho para que eu consiga passar das quartas de final no profissional, e espero também manter o meu título de 1ª Classe nas Duplas”, avalia a atleta.

Lucas de Souza do Amaral e João Guilherme Nery Ribas Serafim Foto: Divulgação

TÍTULOS DO FUTMESA

Equipe de Futmesa do Clube

A equipe do Clube Curitibano, se destacou no Paranaense de Futmesa. Fabio Maia foi o campeão e Vinicius Barbosa o terceiro colocado da categoria individual adulta. Na categoria Master, Fernando Gradowski foi o vice-campeão. Gabriel Godoy foi o campeão da categoria Sub-18. No Campeonato Interclubes o Clube Curitibano foi o grande campeão da temporada, tendo o Clube Verde de Ponta Grossa, no segundo lugar.

COPA PARANÁ DE SQUASH Dez sócios do Clube Curitibano participaram da Copa Paraná de Squash, realizada de 24 a 25 de novembro, no Complexo de Squash da Sede Lucius Smythe. A associada Julianna Anjos Miró jogou na categoria masculina principiante e terminou como vice-campeã. Além disso, a agremiação disponibilizou café da manhã para os participantes, almoço de encerramento e brincadeiras na quadra inflável.

Incentivador do Badminton do Clube Curitibano

88

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


E S PAÇ O S AÚ D E

Caiu, e agora? PERÍODO DE FÉRIAS ESCOLARES AUMENTA O TEMPO LIVRE DAS CRIANÇAS PARA BRINCADEIRAS COM RISCO DE QUEDAS. RESPONSÁVEIS DEVEM REDOBRAR A ATENÇÃO Pique-esconde, pique-pega, futebol, patins, bicicleta, skate. Essas são algumas brincadeiras e atividades que costumam fazer sucesso entre as crianças no período de férias escolares. Mas, junto com a diversão, vem também o risco de quedas. Com mais tempo livre no cotidiano dos pequenos, os responsáveis devem redobrar a atenção. Isso é o que recomenda Anna Carolina Pavelec, ortopedista e traumatologista do Hospital Vitória, de Curitiba. Especializada no público infantil, a médica explica que as quedas da própria altura geralmente causam lesões menos graves, como torções, contusões ou trauma cranioencefálico (TCE) leve. “É bastante comum a criança ficar cansada após uma queda. O estresse do momento, a dor e o choro cansam, então é possível que ela se sinta sonolenta. Nesses casos, não é preciso mantê-la acordada, bastando supervisionar atentamente o sono”, orienta. Nas quedas de alturas maiores, as lesões podem ser mais graves. Em caso de trauma cranioencefálico grave, é comum que ocorram vômitos, perda de consciência, sonolência fora do normal, dor de cabeça, alteração da visão e sangramento no nariz, na boca ou na orelha. Nesse caso, os pais devem procurar ajuda médica – principalmente se a criança estiver desacordada.

Compressas de gelo ajudam a diminuir o sangramento e o tamanho do galo. Portanto, os pais devem somente observar a evolução. O normal é que o galo regrida espontaneamente, em alguns dias

A N N A C A R O L I N A PAV E L E C

Outro sintoma comum é a protuberância que cresce na testa das crianças após uma queda, conhecida popularmente como ‘galo’. Mas, de acordo com a especialista, apesar de assustar, o galo por si só é inofensivo. “Isso acontece quando um pequeno vaso sanguíneo, entre o couro cabeludo e o osso do crânio, é lesionado. O acúmulo de sangue na área forma um hematoma. Não existe um tratamento específico, nem mesmo é necessário. Compressas de gelo ajudam a diminuir o sangramento e o tamanho do galo. Portanto, os pais devem somente observar a evolução. O normal é que o galo regrida espontaneamente, em alguns dias”. No caso de lesões nos ligamentos, o tratamento vai desde repouso e gelo à administração de analgésicos – principalmente nas duas primeiras semanas, quando as dores costumam ser mais fortes. Já os casos de fratura exigem mais cuidado, podendo ser necessária a imobilização com talas ou até mesmo cirurgia. “Entorses e contusões cicatrizam em aproximadamente 4 a 6 semanas. Já as fraturas se consolidam em um período de 6 a 8 semanas, seguido por imobilização e reabilitação”, indica Anna Carolina. A ortopedista complementa que, apesar de as características do osso infantil exigirem um cuidado mais complexo, a resposta ao tratamento na criança é geralmente mais rápida e satisfatória.

DICAS PARA PROTEGER OS PEQUENOS: •

Instale grades de proteção em locais altos;

Utilize pavimentos emborrachados nos pisos onde as crianças costumam brincar;

Projeta as quinas de mesas e móveis;

Limite o acesso das crianças às escadas;

Coloque equipamentos de proteção pessoal nas crianças, como capacete, joelheiras e caneleiras, principalmente em atividades com maior risco de queda, como no uso de skate, patins ou bicicleta.

O r to p e d i s ta e tra u m a to l o g i s ta

O Espaço Saúde é uma seção da Revista do Clube Curitibano feita com a colaboração de toda a equipe da AMIL Paraná que – junto com o Clube Curitibano, durante todo o ano – traz informações importantes para que você e sua família tenham muito mais saúde e informação. Para participar enviando sugestões de temas para as próximas edições, envie email para revista@clubecuritibano.com.br ou pelo telefone: 3014-1936.

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O

89


VOCĂŠ NO CLUBE

click Aproveite para seguir o perfil @clubecuritibano

@wilmarybrunatto

@diegofernandodacunha

@edmondfatuchfilho

@wilmarybrunatto

@jaquelinealbuquerque

Confira os cliques dos associados do Clube Curitibano. Compartilhe tambĂŠm seus momentos com a hashtag #NoClube @wilmarybrunatto

90

R E V I S TA D O C L U B E C U R I T I B A N O


ECONOMIA ATÉ NA CONTA DE LUZ N ÃO P R E C I S A C A R R E G A R N A TO M A DA M A I S D E 8 0 0 K M D E A U TO N O M I A

O HÍBRIDO MAIS VENDIDO NO MUNDO

ECONÔMICO O híbrido mais econômico do Brasil. 18,9 km/L na cidade e autonomia de 812,7 km.

SILENCIOSO Sua playlist sem o barulho do trânsito* *Direção silenciosa. Stress free.

ECOLÓGICO Emissão até 94% menos CO do que um veículo hatchback 1.8 16V, abastecido a gasolina.

FAÇA UM SMART DRIVE

AERODINÂMICO Linhas que oferecem mínima resistência ao ar. Menor consumo, maior desempenho.

toyotabarigui.com.br

Lj BARIGÜI 41 3021-2757 | Lj TORRES 41 3153-5831

PELA FAMÍLIA. ESCOLHA O TRÂNSITO SEGURO. IMAGEM PRIUS HYBRID 1.8 16V AUT. 2017. A TOYOTA OFERECE 3 ANOS DE GARANTIA, SEM LIMITE QUILOMETRAGEM, USO PARTICULAR E, USO COMERCIAL, 3

ANOS DE GARANTIA OU 100.000 KM, O QUE OCORRER PRIMEIRO. CONSULTE MANUAL OU WWW.TOYOTA.COM.BR. ALÉM DO PERÍODO COBERTURA BÁSICA, A TOYOTA DO BRASIL OFERECE GARANTIA ESTENDIDA DE 60 MESES VEÍCULOS TOYOTA OU 48 MESES MONTAGEM DO SISTEMA HIBRIDO TOTAL 8 ANOS GARANTIA, REALIZADAS TODAS MANUTENÇÕES NA REDE AUTORIZADAS TOYOTA. PERÍODO GARANTIA DEFEITOS FABRICAÇÃO, MONTAGEM SISTEMA HÍBRIDO, 8 ANOS SEM LIMITE QUILOMETRAGEM VEÍCULOS NOTA FISCAL EMITIDA PESSOA FÍSICA. O PERÍODO GARANTIA DEFEITOS DE FABRICAÇÃO, MONTAGEM DO SISTEMA HÍBRIDO 8 ANOS, LIMITE  200.000 QUILÔMETROS, PRIMEIRO OCORRER, VEÍCULOS NOTA FISCAL PESSOA JURÍDICA. OFERTAS NÃO ABRANGEM VEÍCULOS VENDAS DIRETAS COM ISENÇÃO DE IMPOSTOS. PROMOÇÃO NÃO CUMULATIVA COM OUTRAS VIGENTES.

Revista do Clube Curitibano - Edição 256 (dezembro)  
Revista do Clube Curitibano - Edição 256 (dezembro)  
Advertisement