Issuu on Google+

Ano I

NĂşmero 37

Data 29/06/2012


ŶŽ WĂşƐ͘ ͞ĞƐĞũŽ ƋƵĞ ďƵƐƋƵĞŵ͕ ŝŽƌĞǀĞŶƚŽ ŶĂƐ ŵŽŶƚĂŶŚĂƐ ŵŝŶĞŝƌĂƐ͕ Ă ŝŶƐƉƌĞƐĂƌŝĂůĞ ƉŝƌĂĕĆŽ ƋƵĞ ǀĞŵ ĚĞƐĚĞ ŽƐ ŝŶĐŽŶĮĚĞŶƚĞƐ͕ƉĂƌĂƚĞƌĂŝĚĞŝĂĚŽ ƟĐŽĚŽƐĞƚŽƌ ƌĂƐŝů ŐƌĂŶĚĞ͕ ĚĞƐĞŶǀŽůǀŝĚŽ͕ Ğ ƉƌŽƉŽƌĐŝŽŶĞ ƉůĞŶĂŵĞŶƚĞ Ă minas gerais - P. 06 -ƋƵĞ 29.06.2012 ŶŽWĂşƐ ƋƵĂůŝĚĂĚĞ ĚĞ ǀŝĚĂ ƉĂƌĂ ŽƐ ĐŝĚĂ-

ĞĐŽŶƀŵŝĐĂ͕ ƋƵĞ Ġ ĚĞ ƌĞƐƉŽŶƐĂďŝůŝĚĂĚĞĞĐŽŵƉĞƚġŶĐŝĂĚĂĞƐĨĞƌĂĨĞĚĞƌĂů͘KƐĞƐƚĂĚŽƐŐŽƐƚĂƌŝĂŵ ĚĞ ƉĂƌƟĐŝƉĂƌ ŵĂŝƐ͕ Ğ ƉŽƌ ŝƐƐŽ ƐĞŵƉƌĞ ĚĞĨĞŶĚĞŵŽƐ͕ ĐŽŵŽ Ƶŵ ŐƌĂŶĚĞƌĞƉƚŽăEĂĕĆŽ͕ƵŵŶŽǀŽ ƉĂĐƚŽĨĞĚĞƌĂƟǀŽ͕͟ƌĞƐƐĂůƚŽƵ͘ '/>>KEZ/

a atégia o

Ž ĞŶĐŽŶƚƌŽ ĂůŝŵĞŶƚĂĕĆŽ ƐĞŶĐŝĂůăǀŝĚĂ ŵƉůŽ͘

ÇÃO - ƉſƐ Ğ ƋƵĂƚƌŽ ƐĞŶĂŝƐ ĚŽ WƌŽƌĂĚŽƌ͕ ĞƐƚĆŽ şĚŽƐŽƐĐŽŵŝĐĂŝƐ͕ϳϬйĚŽƐ ŶĐŝŽŶĂŵĞŶƚŽ͘ ƵĂŝŵƉůĞŵĞŶƌĞŶĚŽĞŵϰϱ ƌĞŐŝƁĞƐEŽƌĞƋƵŝƟŶŚŽŶŚĂ Ă ĚĂ DĂƚĂ Ğ ŵĞŝŽĚĞĂƌƟĂƐƐĞĐƌĞƚĂƌŝĂƐ ĚƵĐĂĕĆŽ͕ĚĞ ƌŝĐƵůƚƵƌĂ͕WĞĞĐŝŵĞŶƚŽ͘ ƉĞůŽ ǀŝĐĞůďĞƌƚŽ WŝŶƚŽ ŵŝƚġ Ġ ĐŽŶƐƟƵůĂƌĞƐĚĞϭϰ  ƐƚĂĚŽ͕ ŶĂƐ ĚĞƐŝŐŶĂĚŽƐ ƐĞƐƐŽƌĂŵĞŶƵĂƐĞĐƌĞƚĂƌŝĂ ŵĞŝŽĚĞƌĞƵĂƐ ƉĂƌĂ ĂƌƟĂƐĄƌĞĂƐ͘

Vice-governador falou das ações do Estado no combate às drogas

Reunião discute adesão ao Plano de Enfrentamento ao Uso do Crack e outras drogas KǀŝĐĞͲŐŽǀĞƌŶĂĚŽƌůďĞƌƚŽWŝŶƚŽ ŽĞůŚŽ Ğ Ž ƐĞĐƌĞƚĄƌŝŽ ĚĞ ƐƚĂĚŽ ĚĞ ^ĂƷĚĞ͕ŶƚƀŶŝŽ:ŽƌŐĞĚĞ^ŽƵnjĂDĂƌƋƵĞƐ͕ ƉĂƌƚŝĐŝƉĂƌĂŵ ŽŶƚĞŵ͕ ŶŽ ĂƵĚŝƚſƌŝŽ ĚĂ ƐĞĚĞ ĚĂ WƌĞĨĞŝƚƵƌĂ ĚĞ ĞůŽ ,ŽƌŝnjŽŶƚĞ͕ĚĞƌĞƵŶŝĆŽĞŵƋƵĞĨŽŝĚŝƐĐƵƚŝĚĂĂĂĚĞƐĆŽĚŽƐƚĂĚŽĞĚŽƐŵƵŶŝĐşƉŝŽƐĂŽWůĂŶŽĚĞŶĨƌĞŶƚĂŵĞŶƚŽ ĂŽhƐŽĚŽƌĂĐŬĞŽƵƚƌĂƐĚƌŽŐĂƐ͕ĚŽ DŝŶŝƐƚĠƌŝŽĚĂ^ĂƷĚĞ͘KWůĂŶŽĐŽŶƐŝƐƚĞŶƵŵĂĂŵƉůŝĂĕĆŽĞŝŶŽǀĂĕĆŽĚŽ WůĂŶŽ/ŶƚĞŐƌĂĚŽĚĞŶĨƌĞŶƚĂŵĞŶƚŽ ĂŽƌĂĐŬ͘KƐŽďũĞƟǀŽƐƐĆŽĂƵŵĞŶƚĂƌĂŽĨĞƌƚĂĚĞƚƌĂƚĂŵĞŶƚŽĚĞƐĂƷĚĞ ĞĂƚĞŶĕĆŽĂŽƐƵƐƵĄƌŝŽƐ͕ĞŶĨƌĞŶƚĂƌŽ ƚƌĄĮĐŽĚĞĚƌŽŐĂƐĞĂƐŽƌŐĂŶŝnjĂĕƁĞƐ

ĐƌŝŵŝŶŽƐĂƐĞĂŵƉůŝĂƌĂƟǀŝĚĂĚĞƐĚĞ ƉƌĞǀĞŶĕĆŽƉŽƌŵĞŝŽĚĂĞĚƵĐĂĕĆŽ͕ ŝŶĨŽƌŵĂĕĆŽĞĐĂƉĂĐŝƚĂĕĆŽ͘ DŝŶĂƐ'ĞƌĂŝƐũĄĐŽŶƚĂĐŽŵƵŵĂ ƌĞĚĞĚĞĂƐƐŝƐƚġŶĐŝĂĂŽƵƐƵĄƌŝŽĚĞ ĄůĐŽŽů Ğ ĚƌŽŐĂƐ͕ ĨŽƌƚĂůĞĐŝĚŽ ƉĞůĂ ĂĚĞƐĆŽĂŽƉƌŽŐƌĂŵĂĨĞĚĞƌĂů͘KĞƐƚĂĚŽůĂŶĕŽƵ͕ĞŵĂŐŽƐƚŽĚĞϮϬϭϭ͕Ž WƌŽŐƌĂŵĂůŝĂŶĕĂƉĞůĂsŝĚĂ͕ƉĂƌĐĞƌŝĂĞŶƚƌĞ'ŽǀĞƌŶŽ͕ŵƵŶŝĐşƉŝŽƐĞ ĞŶƟĚĂĚĞƐ ĚĂ ƐŽĐŝĞĚĂĚĞ Đŝǀŝů ƉĂƌĂ ĨŽƌƚĂůĞĐĞƌ͕ĚĞŵĂŶĞŝƌĂƐŝƐƚġŵŝĐĂ͕Ă ůƵƚĂĐŽŶƚƌĂĂƐĚƌŽŐĂƐ͕ĂĕƁĞƐĞŵĞĚŝĚĂƐ ĚĞ ĞŶĨƌĞŶƚĂŵĞŶƚŽ ĂŽƐ ƉƌŽďůĞŵĂƐ ƌĞůĂĐŝŽŶĂĚŽƐ ĂŽ ĐŽŶƐƵŵŽ ĞƚƌĄĮĐŽ͕ƐŽďƌĞƚƵĚŽŽĐƌĂĐŬ͘

Vida, que a ĮŶĂůĚĞƐĞŵ da Liberdad telespectad ainda o pro desenvolve que os do m palmilhas b solucionam problemas

No Empreg que vai ao telespectad a sustentab aplicada à BH recebe, ŽϵǑŶĐŽŶ ĚĂĂĚĞŝĂW /ŶĚƷƐƚƌŝĂĚ outros segm no setor. O ƌĞƷŶĞƉĂůĞ conferência que mostra produtos e

Às 19h40, o o lançamen Beatles, o q da escritora jornalista n beatleman que, ao com ƋƵĞƐƟŽŶĂĂ O evento d acontece a com Letras

Segunda-fe 20 horas, o relembra o ƉŽƌŚŝĐŽy Estevão. A 70 anos de ZŽďĞƌƚĂĂ a obra e co escritor e ju Haroldo Du Gladston La ŽĐƵƉĂĐŝŽŶĂ


O TEMPO - p. 26 - 29.06.2012


estado de minas - P.02 - 29.06.2012


O TEMPO - on line - 29.06.2012

Salvador

PF apreende 48 mil comprimidos de ecstasy SALVADOR. Um jovem de 19 anos foi preso, anteon- grante por suspeita de tráfico internacional de entorpecente. tem, em Salvador (BA), com 48 mil comprimidos de ecstasy. A pena para esse tipo de crime varia de cinco a 15 anos de A droga foi encontrada em sua bagagem quando passava no reclusão, além de multa. sistema de raio X do aeroporto. Essa é a maior apreensão O jovem desembarcou em Salvador em um voo que parda droga feita na Bahia. Foram encontradas ainda 992 g da tiu de Bruxelas, na Bélgica, e fez conexão em Portugal. Em substância MDMA (quantidade suficiente para produzir, ao depoimento, segundo a PF, o rapaz disse que recebeu a mala menos, 8.000 comprimidos, segundo a PF) e 40 cartelas de com a droga em Praga, na República Tcheca. LSD (19.988 micropontos). Ele disse ter sido induzido a viajar à Europa e transDe acordo com o delegado da PF Maurício Salim, as portar o material como meio de pagar uma dívida feita após investigações indicam que o material seria entregue a um gastos com entorpecentes em festas de música eletrônica em traficante para abastecer a região Nordeste. O nome do deti- Natal. O rapaz mora com os pais e está matriculado em um do não foi revelado. Ele é de Natal (RN) e foi preso em fla- curso preparatório para pilotos de avião. Vespasiano O TEMPO - on line - 29.06.2012

Marido atira em mulher por ela ter escondido sua droga Suspeito, que está em condicional, fugiu após o crime; ela não se feriu

ANA CLARA OTONI Para proteger os filhos de 7 e 5 anos, uma mulher escondeu as drogas do marido e acabou sendo vítima de uma tentativa de homicídio, ontem, no município de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. O homem ficou nervoso com a atitude da mulher e atirou três vezes contra ela, enquanto os filhos do casal dormiam. A mulher não foi atingida, e o marido dela, que está em liberdade condicional, fugiu, conforme a Polícia Militar. Reginaldo Jesus Reis Viana, 25, havia chegado em casa, no bairro Jardim da Glória, drogado e escondeu uma pedra de crack dentro do tênis, de acordo com a Polícia Militar. “A mulher dele aproveitou quando ele entrou para o banho e escondeu a droga”, contou o soldado da Polícia Militar, Wagner Felipe Costa. Guarda-roupa. Segundo a auxiliar de serviços gerais Michele Araújo de Freitas, 26, ela pegou a pedra de crack e escondeu dentro do guarda-roupa para evitar que o companheiro fumasse a droga dentro de casa, na presença das crianças. “Ele notou que a pedra não estava lá e ficou nervoso comigo. Disse que ia sair para comprar droga fiado e a gente começou a discutir”, contou a mulher, que está com Freitas há oito anos. Nervosa, Michele jogou o capacete da motocicleta do marido pela janela. Foi nessa hora que ele atirou. “Eu abaixei e, graças a Deus, ele não me acertou, mas eu não duvido que tivesse coragem de me matar porque ele estava muito drogado”, contou a mulher. O homem fugiu na motocicleta, uma Titan de cor verde, depois de atirar na mulher. Michele contou que o marido está em liberdade condicional depois de ter cumprido cinco meses de prisão por tráfico de drogas. Ainda ontem, a vítima deixou a casa onde morava com o marido e os filhos e pediu uma medida protetiva contra o agressor na Justiça. “Vou ter que me mudar daqui e tirar a minha filha da escola. É muito triste tudo isso”,

contou. Segundo ela, o Conselho Tutelar acompanha a situação da família. Mudança Estado. Com medo das ameaças do marido, a mulher vai se mudar com os filhos para outra cidade. Essa será a terceira mudança de escola de sua filha. O Conselho Tutelar acompanha o caso. Minientrevista “Se ele me matar, o que será dos meus filhos?” Michele Araújo vítima Seu marido sempre usou drogas em casa? Ele fumava no banheiro, mas os meus filhos sentiam o cheiro da droga. Eu só quis preservá-los e por isso escondi a pedra. Como seus filhos lidam o vício do pai? Meu menino de 5 anos diz sempre pra mim que não vai fumar droga como o papai quando ele crescer. É doloroso ouvir isso do filho da gente. Você sabia que ele tinha uma arma? Sabia, mas nunca concordei. Pedia para ele largar aquilo, mas ele dizia que não podia ficar sem arma. Ele mexia com o revólver na frente dos meninos, era um perigo. Você acha que ele pode tentar matá-la de novo? Não duvido. Mas se ele me matar, se mata também. Não sei o que seria dos meus filhos. (ACO)


29 Jun 2012