Issuu on Google+

Newsletter 21 – Abril 2014

NESTA EDIÇÃO... Para a Clínica Gerações, a formação de outros profissionais de saúde e a troca constante de experiências é um factor fundamental no progresso da ciência médica e um passo de gigante na melhoria dos cuidados que queremos prestar a todos aqueles que nos procuram. É com esse espírito que a Clínica vai organizar mais umas Jornadas Médicas, destinadas a profissionais de saúde, incluindo pediatras, ginecologistas, obstetras e médicos de uma grande variedade de outras especialidades, para além de enfermeiras e técnicos de saúde das mais diversas áreas. As Jornadas da Gerações têm vindo a constituir um marco de importância crescente na formação médica. Reflexo disso é o número crescente de profissionais de saúde que nos procuram nessas datas (o ano passado foram mais de 700).

Na Clínica Gerações existe uma equipa de especialistas, de diversas áreas da saúde, que se uniu com o objectivo de cuidar de si e dos seus.

Neste número: A Consulta de pediatria pré-natal por Paula Pires de Matos, pediatra

As VII Jornadas da Família irão decorrer na Universidade Católica Portuguesa nos dias 22 e 23 de Maio de 2014. Conscientes do sucesso já alcançado em edições anteriores, e com a responsabilidade de não frustar as expectativas que em nós depositam, elaborámos um programa científico exigente e actual que procurará dar resposta às dúvidas mais frequentes dos diferentes profissionais.

FORMAÇÃO

CLÍNICA GERAÇÕES © 2014 Av. Fontes Pereira de Melo, n.º 3, 9.º esq. 1050 - 115 Lisboa

Tel.: 21.3583910 - Fax: 21.3583929 Email Clinica Gerações: Info@geracoes.net Email Gerações Formação: formacao@geracoes.net


Newsletter 21 – Abril 2014

Consulta de Pediatria Pré-Natal, por Paula Pires de Matos Ao contrário dos outros grandes primatas, o desenvolvimento do nosso sistema nervoso central não está completo na altura do nascimento e tem um padrão de crescimento fetal que se prolonga ao longo do primeiro ano de vida. Assim, o recém nascido da nossa espécie terá 9 meses de gestação intra-uterina e 12 meses de “gestação extrauterina”, sendo este tempo de uma enorme importância no desenvolvimento do indivíduo e também um factor de plasticidade e vulnerabilidade acrescida. As implicações desta imaturidade neurológica ao nascer e desta dependência são de ordem física (alimentação, higiene, termoregulação), desenvolvimental e emocional. Assim, tornase óbvio que o recém-nascido humano necessita de um contacto constante com a sua progenitora que promoverá os cuidados alimentares, a termoregulação, a proteção física, ajudará a regular os estadios emocionais e terá com ele uma interação conducente a um neurodesenvolvimento harmonioso. Convém também recordar que, embora na sociedade ocidental haja hábitos que tendem a separar precocemente as crias das mães, a observação das culturas ditas primitivas, ensina-nos bastante sobre o instinto natural do cuidado infantil: os bebés andam agarrados/enfaixados ao corpo das mães no primeiro ano de vida e curiosamente não há registo de cólicas, regurgitação, problemas de sono e choros excessivos. Quando esperam um filho, uma das preocupações que os futuros pais têm é a de encontrar um médico pediatra que o acompanhe durante o seu crescimento. A consulta de pediatria pré natal é o momento privilegiado para iniciar esta relação médico/paciente/família pois são abordados vários temas da saúde infantil numa perspetiva educativa e preventiva. Esta consulta não pretende substituir nem substitui as aulas de preparação para o parto.

Nesta consulta, os futuros pais vão dialogar com o pediatra expondo as suas dúvidas e este abordará vários temas como a amamentação e a sua importância nutricional e imunológica, a normalidade dos soluços, o que são as cólicas, o que é o choro, causas e consolos, porque bolçam os bebés, os padrões normais de eliminação (urinar e defecar), as características do sono do bebé e da criança, o estabelecimento do ritmo circadiano, os cuidados de higiene e vestuário, como regular as visitas nos primeiros tempos e quando podem passear com o bebé. Também serão abordados temas da segurança infantil como o transporte adequado nos carros e prevenção dos acidentes infantis mais comuns. Outro tema abordado é a prevenção da morte súbita do lactente, os fatores de risco e os fatores protetores. Falar-se-á dos sintomas de doença nos primeiros tempos de vida e como agir, o que é a febre, o seu significado e como tratá-la, e como abordar constipações, tosse e diarreias.

Esta consulta deverá acontecer no terceiro trimestre, preferencialmente antes das 37 semanas de gestação. Aconselha-se os futuros pais a trazerem consigo uma lista de perguntas e dúvidas para as discutirem com o seu pediatra.

CLÍNICA GERAÇÕES © 2014 Av. Fontes Pereira de Melo, n.º 3, 9.º esq. 1050 - 115 Lisboa

Tel.: 21.3583910 - Fax: 21.3583929 Email Clinica Gerações: Info@geracoes.net Email Gerações Formação: formacao@geracoes.net


Infogeracoes 21