Issuu on Google+

Ano VIII • N 25 9

Maio/2002

PROPORÇÃO FUNDAMENTAL N O SORRISO, PODE SER ALCANÇADA C O M A O D O N T O L O G I A ESTÉTICA

ACESSE

NOSSO

SITE:

W W W . A R T E S O R R I S O . C O M . BR


Editorial

0 Brcusilío únicopaU wvqu&os ratos coHsSejuwí,

botar cu codjias no

CJU&ÍJO.

MILLÔR FERNANDES

R

I

DE

PITAG

Estamos sitiados por incompetentes e inconsequentes: da turma do mobral malfeito, até a dos direitos humanos- (leia-se, direito dos bandidos); de certos policiais aos vários políticos corruptos envolvidos em escândalos. Lula, competente líder partidário, mas inconsequente líder sindical, (pergunte a um metalúrgico do ABC) pretende ser presidente. Serra, cuja competência no Ministério da Saúde foi contestada por alguns, mostrou-se omisso na solução do problema da epidemia da dengue. (O programa abrangente para a erradicação do mosquito Aedes Aegypti foi idealizado pelo Dr. Adib Jatene e abandonado em 1996, pelo então ministro Carlos Albuquerque: Incompetente ou inconsequente?). Serra deixou o povo com febre e ainda quer ser presidente... Resta-nos almejar a competência e afastar, nas urnas, os inconsequentes. Que Deus nos ajude! Neste número, vamos concluir o trabalho "De Pitágoras à Pitanguy ", iniciado no número 23. A matéria ao lado mostra como o dentista pode melhorar o sorriso do cliente, utilizando os mesmos princípios e proporções que a natureza nos oferece, princípio estes, que também foram utilizados pelos grandes mestres da humanidade.

D

ele, muito se tem falado mas, pouco estudado. O sorriso melhora as condições de saúde para quem dá, bem como para quem o recebe. Estimula a formação de serotonina e encefalina, hormônios que trazem prazer e

bem-estar. Ajuda nas boas-vindas e na socialização. No entanto, o que procuramos, mesmo que inconsciente, é sempre um belo sorriso. Mas o que é um sorriso bonito? Tecnicamente, é aquele em que as partes envolvidas, lábios, músculos e dentes estejam em proporção harmoniosa entre si, isto é, os dentes que aparecem no sorriso deverão ser belos e bem alinhados, com suas faces aparentes em proporção áurea, localizados corretamente na proporção da face e acompanhar a curvatura do lábio inferior. Os músculos envolvidos, o orbicular da boca (que contorna a boca) e os orbiculares dos olhos (que contornam os olhos) devem estar sincronizados e em harmonia.. Se apenas um dos orbiculares trabalha e o outro fica estático, aparecerá,então, um

falso sorriso.

Como o dentista pode melhorar

o sorriso?

I - Clareamento dos dentes. O clareamento dental, que traz mais beleza ao sorriso, é hoje em dia realizado na Clínica Belmonte Gavira com muita rapidez e conforto. Mais informações no site www.artesorriso.com.br. 2 - Diminuir o excesso de gengiva que aparece no sorriso. Um problema comum é o do excesso ou altura irregular da gengiva. Veja um exemplo no site www.arfesorriso.com.br. Se esta se encontra muito baixa, aparecendo muito ao sorrir, o profissional poderá fazer uma plastia nessa área, respeitando a proporção de cada dente e acompanhando a curvatura da linha do sorriso.

odontonews@terra.com.br www.artesorriso.com.br 2

OdoNio Ni ws

3 - Melhorar a forma e posição dos lábios, bem como diminuir rugas e o sulco naso-labial.


E/pecioJ

ORAS

A U

CZ> R

P I TA N G U Y I

T

I

R

X\

N/1

3

I

X\

T

E

S

C3

Se os lábios estiverem finos e com rugas, ou o sulco naso-labial

Os dentes incisivos, além de centralizados, devem também estar

(que vai da asa do nariz ao canto da boca) estiver pronuncia-

com a borda incisai (ponta) localizada em proporção com o canto

do(fundo), o dentista pode, quando possível, aumentar o volume

do olho e com a asa do nariz. Harmonia essa que é abundante na

dos dentes, dando suporte para os músculos logo abaixo dessas regi-

natureza e muito comum nas medidas das estruturas humanas: Pro-

ões, melhorando assim a aparência, sem a necessidade de cirurgia

porção Áurea ou Pitagórica, já descrita no Odonto News números

plástica ou preenchimento cosmético com produtos temporários.

23 e 24.

4- Fazer dentes bem posicionados e em harmonia com o tamanho da face.

Se não estiver proporcional, o cirurgião dentista poderá restaurar o dente, usando os novos materiais estéticos. Se estiver passando da proporção, o profissional poderá fazer um ajuste cosmético, até

AS

RROPORQQES

IDEAIS

(relação entre ã proporção dos dentes e do majestoso Parthenon)

que os dentes fiquem com o comprimento em harmonia com a face. 5- Fa?:er com que as pontas dos dentes anteriores acompanhem a curva do lábio inferior. O dentista pode ajustar as pontas dos dentes que aparecem no sorriso, para que estes acompanhem a curvatura bela e agradável do lábio inferior. 6- Melhorar a proporção dos dentes aparentes. Num sorriso bonito, existe uma relação idêntica entre a proporção dos dentes e a proporção que os arquitetos Ictinos, Calícrates e o escultor Phidias, usaram

na construção do majestoso e belo

Parthenon em Atenas, Grécia, no século V a.c. Tomando como referência os incisivos centrais superiores, a largura aparente dos incisivos laterais vizinhos deverá ter a proporção de 0,618 (Proporção Áurea). A o mesmo tempo, a largura aparente do canino também deverá ter a mesma proporção (0,618) em relação ao vizinho, incisivo lateral e assim por diante, com todos os dentes que aparecem no sorriso. Hoje, as pessoas de bom senso, que estão insatisfeitas com seus rostos ou sorrisos, poderão consultar um dentista especializado em odontologia estética e assim evitar certos procedimentos cirúrgicos agressivos e, muitas vezes, frustrantes. Consegue-se assim um sorriso novo, belo e confiante, resgatando sua auto-estima e seu prazer de viver. OCIONIO Niws

5


Odonto 25 - Maio 2002