Issuu on Google+

DO Ano VII • N 21 9

Marco/2000

CLINICA

BELMONTEGAVIRA

Excesso de doces ransforma adulto em dependente do açúcar


ditorial SettA&i, ctotcecLemie <z 4&te*Udade fuvut aceèfan <%& cai&a& que tufo fio4â& modiftcwi, conayevH, pana, vitodcfccan, aquelas aue ecc

e úa&ed&Ua, favuz

fi&ice&ei a cU^eneftça.

O b e i j o e a cárie O beijo está associado à prevenção de cárie porque estimula a formação d e saliva, diminuindo a acidez bucal. Beijar, além de ser um ato de afloração dos nossos sentimentos, p o d e também prevenir a descalcificação dos dentes devido a o equilíbrio d o PH salivar.

São Francisco Outro dia, a TV exibiu um agricultor do sul que, após tra-

A saliva gerada nesse ato a g e também como um processo natural de limpeza porque lava e remove, para fora d a b o c a , partículas causadoras de cárie. Durante

balhar duro na lavoura durante a semana, aproveitava o sá-

sua estimulação, a pessoa p o d e produzir o equivalente

bado e domingo para plantar mudas de árvores nativas nas

a uma colher das d e chá de saliva por minuto.

regiões ribeirinhas e, com isso, recuperar córregos e nascen-

Sem ninguém para beijar? E triste! Neste caso mas-

tes tão ameaçadas pelo poder de destruição do homem. Esse

car chiclete sem açúcar p o d e produzir três vezes mais a

humilde agricultor é um verdadeiro cidadão, dotado de uma

quantia normal (diária) d e saliva.

consciência ecológica e uma inteligência universal, que deve-

C i c l o m e n s t r u a l , a pílula e a cirurgia

ria ser enaltecido pelas autoridades e servir de exemplo o todos os que vivem no campo. Por outro lodo, temos na Amazónia, grupos de dizimadores da natureza que, impunemente, estão transformando

nossa

rica ílora e fauna numa região desértica.

duas vezes mais chances d e complicações pós-cirúrgicas como, por exemplo, alveolite.

Segundo dizem, são orientais que, após destruírem suas florestas, comerem os animais, inclusive cachorros de seu pais, vêm para o nosso e, acintosamente, arrasam e roubam o equivalente a dez campos de futebol por dia, em madeiras nobres, sem que os nossos homens do poder se comovam, já que continuam adormecidos para tantos outros problemas humanos. Outras denúncias dão-nos conta de que alguns

As mulheres que tomam pílula anticoncepcional têm

"gringos",

com o pretexto de estarem fazendo pesquisa, roubam plantas

Essa inflamação é resultado de uma infecção d o osso alveolar após a extração d o dente. As mulheres, que naturalmente têm mais propensão que os homens a esses problemas após extrações, com a ingestão da pílula contraceptiva aumentam sua vulnerabilidade devido a o elevado nível d e estrógeno no organismo. "Se a cirurgia não for emergencial, as mulheres de-

medicinais e conhecimentos milenares dos nossos índios para

vem agendar essa intervenção durante a última semana

depois produzirem remédios, cobrando-nos "royalty" pelos mes-

d o seu ciclo, quando o nível d e estrógeno está inativo",

mos, que, por princípio, são nossos.

disse a Dra. Bárbara A.Rich, cirurgiã dentista e confe-

Oro! O nosso maior patrimônio ainda é a natureza, e a

rencista d a " A c a d c m y Of. General Dcntiorry".

Amazónia poderá ser nas próximas décadas, além de um

Mesmo assim, após a cirurgia, deve-se evitar ingerir

grande laboratório medicinal, o maior potencial turístico do

bebidas de canudinho para não haver sucção e conse-

mundo. Eles estão roubando-nos a riqueza e permanecemos

quente deslocamento d o coágulo protetor d o alvéolo c

inertes. Até quando?

evitar bochechos. Desaconselha-se também fumar, para

Discuta isso com seus amigos e telefone ou escreva para

não contaminar o local.

os políticos de sua confiança. Nossos filhos e netos irão nos

FnntP- A H H - I K A

agradecer futuramente. ...E quando brotarem as flores, e quando crescerem os matos, e quando colherem os frutos, digam o gosto por mim, Ah, digam o gosto por mim. (ffiúsiea: Um abraço.

"Áôs Nossos Filhos" c/e Ivan Lins e Vítor Martins!

Congresso Internacional e m São P a u l o O

dr. A d m i r

Belmonte

Gavira ministrou no 19° Congresso

Internacional

de

O d o n t o l o g i a d e São Paulo, o maior d a América Latina, uma palestra para mais d e duzentos profissionais de saú-

ocorreu no d i a 26 de janeiro no Centro de

d e . A palestra M a n d e suas sugestões odontonews@uol.com.br

Convenções d o Anhembi.


EspeciaL

EXCESSO DE AÇÚCAR NA INFÂNCIA: ADULTO DEPENDENTE

O

s bons hábitos para manter a saú-

c e d o se acostuma o bebé com alimentos

C o m o ? Por quê? N a Inglaterra, um

de dos dentes começam, segundo

doces, mais provável ele chegar à fase

estudo com crianças que seguiam uma

alguns autores,

q u a n d o os bebés

adulta sentindo-se atraído pelos alimen-

dieta com 1 9 % de sucos d e frutas mostrou

tem quatro meses, isto é, q u a n d o a crian-

tos c o m excesso d e açúcar", comple-

que elas poderiam sofrer erosões no es-

ça começa a experimentar outros alimen-

menta.

malte dental, devido à acidez das frutas.

tos além d o leite e d a p a p i n h a . Nesta fase d e rompimento d o primei-

Outros alimentos que têm uma grande

Por isso, é contra-indicado a criança dor-

concentração d e açúcar são os sucos d e

mir após tomar mamadeira, tanto com suco

ro dentinho, o tipo d e alimento d a d o a o

frutas. N a dieta diária d o bebé, esses su- de frutas quanto com leite. O s dentes re-

bebê p o d e afetar a sua saúde bucal du-

cos não podem exceder a 10%.

rante toda a v i d a .

cém-erupcionados ficam banhados pela

^

acidez desses alimentos, po-

Segundo a A c a d e m i a d e

d e n d o ocorrer corrosões no

O d o n t o l o g i a Geral America-

esmalte e, consequentemente,

na, que é uma organização

desenvolver a "cárie d e mama-

d e dentistas d e d i c a d o s a o

deira".

contínuo estudo d e odontolo-

A Dra. Heidi ainda enfa-

g i a , há uma grande correla-

tiza: "Nenhuma b e b i d a , com

ção entre o consumo d e bebi-

exceção d a água, deve ser

das

açucaradas durante a

tomada continuamente a o lon-

in-

fância e a posterior dependên-

g o d o d i a , como também não

cia d e alimentos açucarados

se deve servir às refeições e,

na i d a d e adulta.

jamais, na hora de dormir".

"Os hábitos d e nutrição d o

Deve-se dar especial aten-

adulto se formam a o terminar

ção aos medicamentos c o m

a nutrição dependente d o pei-

excesso d e açúcar, tais como

to ou d a mamadeira; por isso

xarope que, se administrados

é muito importante que a cri-

na hora de dormir, podem tam-

ança, nessa fase, tenha hábi-

bém induzir à formação d e le-

tos orientados para uma b o a

são cariosa no esmalte dental.

saúde d e n t a l " , d i z a D r a .

Então, os profissionais d a

h9ysgyer d g Açgdemy /

General

£ Ct u cJ o

rante toda a vida; quanto mais

O O m £>."-> ÍJ <x .->->

««4

»

pais, mamães, titias e vovós

Dentistry. "Sabe-se

que o açúcar causa cáries du-

ro

]r

*

especial atenção a estes detalhes importantes.


Odonto 21 - Março 2000