Issuu on Google+

Estados Unidos capazes de mudar a rotina d a sua visita cotidiana a o dentista

Pag.3

Hora de Relaxamento Um óculos que transmite estímulos visuais pode transformar Cigarro também prejudica a saúde

momentos de tensão em completo

bucal

relaxamento. Este aparelho, de

Pag. 2

procedência belga, já está sendo utilizado com sucesso dentro da

Saiba como amenizar a mania de

Clínica Belmonte Gavira. Ele é

ranger os dentes

perfeito para pessoas que ficam

Pag. 4

apreensivas na cadeira do dentista ou que estão vivendo períodos estafantes no dia-a-dia. Seus estímulos visuais, através de luzes, são controlados por programas que permitem o relaxamento, a meditação ou o combate ao stress. Além dos dentes tratados, você pode ganhar de sobra um bom e

CLINICA BELMONTE GA VIRA


Editorial £ W

Nestes 2 1 anos d e atividades

uem já não percebeu na área d e recepção d a Clínica Belmonte Gavira um quadro em espanhol dizendo: "Gradas

voltadas à saúde bucal, tivemos vários

porapagarlo". Esta placa, navprdade, divide a sala de recepção,

momentos d e encontros, alguns

onde é permitido fumar, da área dos consultórios. Caça às bruxas?

desencontros e desacertos e grandes

Modismo, radicalismo, natur|||mo? Admir Gavira garante que

vitórias. Procurando oferecer o melhor,

não se trata de nenhum destes ismos" tão em moda atualmente.

sempre estamos na busca d e novas

"Trata-se, apenas, d e um cuidado que estamos tendo com os

técnicas e novos materiais, sempre

clientes e conosco também, para que não fumemos por tabela e,

amparados em pesquisas cientificas,

principalmente, para que o tratamento mantenha alto índice d e

realizadas nos maiores centros d e

sucesso", esclarece Gavira. M a s será que o cigarro prejudica

trabalhos desta natureza: Estados

mesmo a saúde bucal? Vejamos: •

Unidos, Alemanha, Japão e, por q u e não, na USP, em São Paulo. Hoje, c o m o membro d a "American "American Dental Association", ambas

U

nos E.U.A., participamos anualmente d e

que progride mesmo com um bom tratamento periodontal) •

A c a d e m y Cosmetic Dentistry" e d a

m estudo realizado nos Estados Unidos relaciona o vício de

fumar à periodontite refratária (aquela doença de gengiva

seus congressos e recebemos informações mensais que nos colocam a par das novidades tecnológicas. Nesta primeira edição d o nosso jornal, que enviaremos

trimestralmente,

studos realizados na:

estamos trazendo até vocês as novida-

a recuperação apósj

p a concluem que fumar prejudica irurgia gengival •

des d o último encontro d a Amercian A c a d e m y Cosmetic Dentistry, d o qual participamos recentemente. Nossa intenção, c o m este periódico,

s Drs.J. K.Jones e R. G . Triplett publicaram estudo que não

é levantar assuntos d e interesse d e nossa

recomenda enxertos ósseos ou gengivais e a colocação de

clientela e levar informações e curiosida-

implantes para pacientes com hábito frequente de fumar. Eles

des sobre a saúde bucal. N a s futuras

chegaram à conclusão após estudarem a cicatrização de enxertos

edições, traremos assuntos pertinentes à

e implantes de 15 pacientes. Houve 5 fracassos com perda óssea

nutrição e também dicas sobre preven-

e perda de implante. Quatro pacientes eram fumantes •

ção d e doenças bucais. Aproveitamos o " O d o n t o N e w s " para apresentar dois novos profissionais

esquisa dos Drs. F. Haber e R. L Kent comparou pacientes

que estão reforçando a nossa equipe.

com doença periodontal e pacientes sem a doença,

São eles: Dra. Angela e Dr.Omayr, que

pacientes fumantes e não fumajites. Os fumantes eram 3,3 vezes

juntamente com os Drs. M a r i a Elisa e Luis

mais propensos à doença aepgival d o que aqueles que nunca

Carlos - profissionais excelentes que

haviam fumado. Os ex-fumarejas eram 2 vezes mais propensos a

compartilham d o nosso consultório há

doença da gengiva d o que l i í q u e nunca haviam fumado

anos - abrem um leque d e atendimento para maior facilidade e c o m o d i d a d e d e todos os nossos clientes.

cigarro mancha toda e qualquer restauração estética,

Esperamos que este jornal seja do

exigindo a sua troca com maior frequência •

agrado de vocês. Estamos abertos à sugestões. Um abraço

ÍUA

}

O

Parar de fumar pode ser parte do tratamento bucal e parte da economia diária.


DestaquE

Novidades à Vista

S

e fosse realizada uma pesquisa

para chegarem a o nosso alcance. M a s

sobre o medo das pessoas, com

outras novidades já estão entre nós. Admir

certeza o dentista teria lugar ga-

Belmonte Gavira, membro da Academia,

rantido nas respostas obtidas. Se os pesqui-

participou d o encontro e considera de plena

sadores fossem mais além, e perguntassem o

importância esse contato dos profissionais

que mais causa medo num consultório

brasileiros com os mestres da Odontologia

dentário, as estatísticas apontariam o famoso

Estética:" O investimento em tecnologia nos

"motorzinho" como o "vilão" d o tratamento

EUA é muito grande. Nós vamos direto à

dentário. Se você faz parte desta maioria,

fonte, de onde saem as maiores e melhores

anime-se.

novidades em termos de Odontologia Este ti c a " .

Afinal, a cada ano, tecnologia e sofisticação chegam mais perto d a Odontologia.

E é d a fonte que Belmonte Gavira traz

As inovações surgem nos E.U.A., enãoéde

uma nova técnica utilizada no clareamento

se estranhar se num futuro próximo não

de dentes com canais tratados, que consis-

existir mais o "motorzinho" ou se um corte na

te na proteção interna d o dente através d a

gengiva não provocar sangramentos. Pode parecer milagre para quem sempre conviveu com esses parceiros inseparáveis: den-

Gavira: produtos modernos podem reduzir a reincindência de cáries

cavidade d o canal, onde é c o l o c a d o um isolante para que os produtos fortes usados no clareamento não atinjam os tecidos

nas e médias e o bisturi plasmático, que será

a o nível d a gengiva. Protegendo esses

Durante o 9 Encontro Científico Anual d e

utilizado para fazer incisões na gengiva,

tecidos,

Odontologia Cosmética realizado em Miami,

através de um campo magnético entre 2

reabsorção d e raiz, que podem até ocasi-

de 2 0 à 2 5 de abril, foi apresentado aos

poios. O que o diferencia dos bisturis conven-

onar a perda d o dente, são eliminados.

membros da Academia Americana de O d o n -

cionais, além da eliminação da lâmina e d o

tologia Cosmética dois projetos, que podem

laser, é o fato de não provocar sangramento,

taurações de dentes posteriores, também

agradar aos dentistas e, principalmente, aos

pois na medida em que corta já obstrui os

esteve entre as novidades d o encontro. As

seus clientes.

vasos sanguíneos.

suas vantagens diante dos produtos até então

tista, motor e bisturi. M a s não é. a

os

prováveis

problemas

de

Uma resina especial, indicada para res-

São eles: o Kinect, que substituirá o

Ainda em desenvolvimento, estes proje-

utilizados são a maior adesividade e a menor

motor d e alta rotação evitando a aplica-

tos deverão levar algum tempo para serem

contração, evitando, assim, infiltrações res-

ção d e anestésicos em cavidades peque-

lançados nos EUA e, consequentemente,

ponsáveis por reincidências de cáries.

Polimento Já! Apesar de contar com a tecnologia avançada dos norte-americanos, certos cuidados com a saúde bucal devem ser seguidos, por mais simples que possam parecer. O polimento leito nas visitas periódicas ao dentista é um deles. Com este indispensável cuidado, as asperezas, placas bacterianas e o tártaro são eliminados e as restaurações se conservam por mais tempo. Nos EUA, o polimento é uma prática que leva o cliente ao consultório de 4 em 4 meses, e geralmente é feito por atendentes e higienistas com formação específica. No Brasil, já existem cursos para estes profissionais, que são orientados para a realização de tarefas reversíveis, isto é, aquelas que podem ser refeitas, caso haja alguma falha. E o caso do polimento. "Para o cliente é simples, não havendo nenhum problema, além de diminuir o custo. Para o profissional, a vantagem é que naquele horário ele pode realizar tarefas irreversíveis", explica Admir Gavira, com a experiência de quem já adota o trabalho de uma higienista em seu consultório. " A auxiliar Ana Carolina, que nos ajuda há 15 anos, já preencheu os requisitos do Conselho Regional de Odontologia e está apta a executar estes procedimentos reversíveis".


Odonto 1 - Agosto 1993