Issuu on Google+

* MANCHAS j ^

N

A

G

E

N

G

I

V

A

^


•ditorial Cuidado com os refrigerantes

'&<zd<i ftete/ML é uma Sir John Eccler

A pessoa que frequentemente toma refrigerante pode, ao longo da vida, tornar-se carente do mineral cálcio tão necessário para o nosso organismo.

Ufa, sobrevivemos! Sobrevivemos ao embuste, ao "ataque" do Ronaldinho, às mentiras da comissão

técnica.

Sobrevivemos ao regionalismo da CBF, a um técnico teimoso e a outros que sucumbiram num emaranhado e obscuro jogo de poder e de muitos, muitos e muitos dólares - leia-se Nike . Sobrevivemos à gestação e ao nascimento de uma pobre menina rica, filha de uma apresentadora

que

anunciou muitas coisas ruins para a saúde de nossos filhos. Sobrevivemos e ainda estamos sobrevivendo ao sexo e à mentira na Casa Branca, às mentiras e desempregos desenvolvidos no Alvorada e aos discursos antigos e desgastados dos barbudinhos da oposição . Diante de tantos perigos sociais e emocionais a que estamos expostos, só nos resta fazer nossas as palavras do nosso presidente ateu: — Que Deus nos ajudei Nesta edição

Grande parte dos refrigerantes, mesmos os dietéticos, carrega na sua fórmula ácidos que reagem com as partes calcificadas do corpo humano, eliminando assim, cálcio pela urina.

vamos falar de uma intervenção na

gengiva que ajuda a embelezar o sorriso - a Melanoplastia. Falaremos também do curso na NYU e da

publica-

ção internacional de um trabalho cientifico do Dr. Omayr Zanata, protesista da Clínica Belmonte Gavira.

Outra ação negativa dos refrigerantes é que o seu açúcar, em contato com a placa dental, torna o meio bucal ácido, desçaIcifiçando o esmalte dentário, causando assim a cárie.

N o v o método d o D r . O m a y r

O Dr. Omayr Zanata, protesista da Clínica Belmonte Gavira publicou na revista internacional "JOURNAL ORTHOPEDICS A N D ORTHODONTICS PRACTICE" um trabalho de nome "UN NUEVO MÉTODO DE PROTESIS FIJA". Trata-se de uma nova maneira de se realizar um trabalho de prótese fixa em que a estética e a função se harmonizam. Alguns clientes da Clínica Belmonte Gavira já se beneficiaram com esse novo tipo de trabalho. Ao Dr. Omayr os nossos parabéns

Pós-graduação e m N Y O Dr. Admir B. Gavira recebeu recentemente o certificado de pós graduação em "Cosmetic Dentistry and Oral Reabilitation" da New York University em Nova Iorque. Ele apresentou o trabalho escrito inédito "Técnica modificada de enxerto de tecido conjuntivo epitelizado para melhorar a estética de prótese parcial fixa" e ainda apresentou três diferentes casos clínicos, numa aula para o representante da NYU e os demais alunos. Junto a o Dr. Admir, mais oito brasileiros receberam o certificado de conclusão do referido curso. A todos os nossos parabéns.

M o d e r a d o r e s d e a p e t i t e x cárie Os pacientes que se tratam com moderadores de apetite, sejam eles "fórmula natural" ou não, ou " fórmula do Dr. Fulano", e pacientes que tomam antidepressivos ficam mais sujeitos às infecções dos tecidos moles da boca bem como, mais predispostos às caries. Esses medicamentos diminuem a produção de saliva, facilitando o aumento de bactérias e o aumento da acidez bucal.

Um abraço.

M a n d e suas sugestões abelmont@uol.com.br

Para essas pessoas recomenda-se tomar muita água e mascar chiclete sem açúcar para estimular a formação de saliva e acabar com a "boca seca".


EspeciaL

Gengiva com manchas escuras. TEM SOLUÇÃO?

A

maioria d o s brasileiros apre-

núcleos irregulares, estriada,

senta pigmentação d e mela-

em faixa e às vezes se espa-

nina em sua g e n g i v a , o que a

lha por toda extensão d a gen-

torna escura o u m a n c h a d a ,

giva inserida e mucosa.

trazendo um aspecto visual desagradá-

vel a o sorriso.

Essa pigmentação apresenta-se c o m o manchas cas-

O pigmento d e melanina é importan-

tanhas ou pretas em contras-

te para a pele d a s pessoas num pais

te c o m o b o n i t o

ensolarado c o m o Brasil. E ela q u e prote-

g e n g i v a l . Sua coloração va-

g e os tecidos a b a i x o d a pele dos preju-

ria bastante v a r i a n d o d a s

diciais raios solares e está situada na

mais delicadas às mais inten-

c h a m a d a c a m a d a basal, isto é, base d o

sas b e m c o m o d e pessoa

epitélio.

para pessoa.

róseo

M a s , q u a n d o ela se encontra na gen-

Felizmente, para clientes

g i v a , a estética é p r e j u d i c a d a pelo con-

com o senso d e beleza a g u -

traste entre dentes claros e g e n g i v a es-

çado, a o d o n t o l o g i a traz

cura.

uma solução para esses pro-

A melanina p o d e aparecer na gengi-

blemas estéticos, t o r n a n d o

va nas mais diversas formas, tais c o m o :

essas pessoas em vantagem

Antes

neste m u n d o c o m p e t i t i v o , o n d e a estética,

Importância «o S o r r i s o

sorriso e a forma d e se apresentar

Quandc recebem uma v a 10 você se sente carente de amor e busca a/guém ou a/go que o complete, é porque não está , o r i z pnaior. ação c a d a sentindo a aprovação da pessoa ma/s importante 1 Q mesmos prin desse munc/o: você mesmo. Tem a crença de que é j , . c b s na ci/ncomp/eto e cr/o a dependênc/a do outro. Quan-1 P ., do você aprende o se ornar, a aceitar-se com o § 9'° " coração aberto, sem condições, como você realmente foi conceb/do nesse un/Verso, conhece en- fazer o "peeling", removendo imfâo, a marav//hosa plenitude da //berdade, de ser o perfeições, cicatrizes, e t c , para que realmente é, de exper/menfar-se emtodossuas conseguir uma nova pele com aspotenc/o//dodes. Isso não s/gn/f/ca acomodar-se e pecto jovem e bonito, a odontolosim estar num processo ^ gia utiliza para conseguir uma rev

e

z

s

-

u s a

c l

l o s

a

Q

s

e

Depois

RUR

fere, paraloLZa E l e m

pode ajudá-lo

•à

°, " l ?

o

s

l

arlcarm^JTl

q

m

m

7'°'se" fc™ *eilumina-

fc

- Você -^ois bonito através da snovas

iZTl

'efe c o a tmagem q m

'

d o a

ue

M

a

V i c l a

i n t e r i o r

Vxê "**<*>, fica-

a l i z a d o numa sessão c o m um p o u c o d e anestésico, não necessitando, c o m o pósoperatório, d e antibiótico, antinflamatório ou analgésico. N ã o há necessidade também d e repouso após a plastia.

dução ou eliminação dessas man-

N o entanto, c o m o a g e n g i v a é uma

chas gengivais que tanto empobre-

área nobre e o resultado estético só será

c

e

m

u

m

f

r a n c o

s o r r i s o

alcançado q u a n d o o cirurgião ultrapas-

Para isso o cirurgião dentista

sar a c a m a d a basal d o epitélio e atingir

p o d e lançar mão d e uma plástica

o córion g e n g i v a l , essa cirurgia só p o d e

realizada tanto com bisturi conven-

ser realizada por profissionais habilita-

c i o n a l , c o m o c o m instrumentos ro-

dos para tal, garantindo assim um resul-

tatórios ou a i n d a c o m eletrobisturi.

t a d o previsível, sem prejuízo estético e

E um procedimento d e l i c a d o , re-

sem sintomas adversos para o cliente.


Odonto 16 - Setembro 1998