__MAIN_TEXT__

Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Terça e quarta-feira, 11 e 12 de agosto de 2020

Ano 47 - Nº 44

R$ 3,00

Protocolada Reforma Tributária RS no Legislativo Com alterações pontuais e manutenção de IPVA mais alto, medidas foram divididas em três projetos de lei. | 7

CAMPANHA

Prêmio valoriza iniciativas de educadores Escolas e professores serão agraciados com o Prêmio Excelência em Educação instituído pela 36ª CRE e Jornal da Manhã. | 8

NAS BANCAS

Futebol Tá na Mesa, Seja um Doador Campeão arrecadou número expressivo de alimentos | 12

Estudo sustenta que fusão de impostos elevará recolhimento

PrevIjuí tem recursos garantidos para pagamentos

União de PIS e Cofins na nova CBS faz parte da primeira reforma proposta pela União. | 3

Presidente do Instituto, Gerson Ferreira contesta informações de Andrei Cossetin. | 5


2

Jornal da Manhã

TERÇA E QUARTA-FEIRA, 11 E 12 DE AGOSTO DE 2020

RADAR

OLHO DA RUA

MINHA CASA - O Governo Federal anunciou mudanças no programa de habitação Minha Casa, Minha Vida. As novas regras são válidas aos beneficiários da faixa 1 do programa, que contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. A alteração nas normas é válida para duas mil unidades habitacionais já contratadas, mas que ainda não foram entregues. Segundo a portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), que estabeleceu as novas regras, para integrar essa faixa do programa, os interessados devem atender a pelo menos um de seis requisitos listados, como por exemplo: viver em domicílio em que não há parede de alvenaria ou de madeira aparelhada, possuir mais de 30% da renda comprometida com o pagamento de aluguel, encontrar-se em situação de rua.

Equipes estão realizando a limpeza e o embelezamento da Praça da República. Na manhã de ontem, profissionais realizaram o corte de gramas no local.

TETO DOS GASTOS - A discussão sobre o fim do teto de gastos ganhou força nos últimos dias com a defesa ao tema pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS). O presidente da entidade, Fernando Pigatto, resgatou o assunto durante a reunião da comissão externa da Câmara que acompanha ações de combate ao novo coronavírus. Pigatto defende que o orçamento na saúde no ano que vem tenha o mesmo valor de 2020. Neste ano, com as adições feitas devido à pandemia, o orçamento federal na área da saúde é de R$ 162,65 bilhões, valor superior ao orçamento do ano passado que foi de R$ 127,07 bilhões. Além disso, a situação de calamidade pública decorrente da pandemia permitiu que o governo realizasse despesas sem que elas fossem contabilizadas no teto de gastos. DIABETES - O número de idosos com diabetes vem crescendo no Brasil. É o que mostram os dados mais recentes do Ministério da Saúde, que colhe as informações por meio da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônica). A prevalência da doença entre as pessoas com mais de 60 anos passou de 18,2% em 2006 — início da série — para 21,8% em 2019. Já em relação à hipertensão arterial, a ocorrência nesse grupo se manteve estável nos últimos 14 anos, mas em um patamar elevado: 55,4%. Três fatores podem explicar o aumento da prevalência de diabetes entre os idosos: o sedentarismo, o excesso de peso e a má alimentação. CAPITAIS - No mês em que o Brasil ultrapassou os 2,6 milhões de casos confirmados da Covid-19 e se aproximava dos 100 mil mortos pela doença, um estudo realizado por pesquisadores de universidades federais do Brasil mostrou que capitais como Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS) regrediram no combate à pandemia. Juntas, as cidades somavam, em julho, 27,9 mil casos confirmados da doença. Outras cinco capitais também integravam essa amarga lista: Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), João Pessoa (PB) e Brasília (DF). A avaliação considerou a situação no dia 19 de julho nas 27 capitais brasileiras. Os dados foram calculados a partir de um sistema de projeções chamado ModInterv, que tem como base modelos matemáticos que mostram informações da curva epidemiológica.

INDICADORES Poupança 10.8.2020 ................. 0,35 % Ouro 10.8.2020............. R$ 354,58(gr) Dólar Comercial.................... R$ 5,4643 Dólar turismo ....................... R$ 5,7100 Euro ......................................... R$ 6,42 IPC/FIPE Junho /2020 ............... 0,39% INPC Junho /2020 ...................... 0,03% IGPM Junho. /2020 .................... 1,56% IPCA Junho. /2020 ..................... 0,26% TR Maio./2020 ..........................+0,0% SELIC Junho/2020 .................+2,25 %

LOTERIAS

1º 2º 3º 4º 5º ENTRE ASPAS "Desde o primeiro momento, quando recriamos [em fevereiro] o Conselho [da Amazônia], uma das medidas prioritárias foi a reativação, o fortalecimento da OTCA ((Organização do Tratado de Cooperação Amazônica)." Vice-presidente Hamilton Mourão "É possível entender que o sentido da legitimidade eleitoral é violado quando uma autoridade religiosa realiza uma espécie de extorsão do consentimento, fazendo com que haja um direcionamento abusivo para uma determinada candidatura? É possível reconhecer o abuso de autoridade." Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin "Não sei a origem do dinheiro. Mas dá uma checada direitinho que eu tenho quase certeza que não deve ter nada a ver com Queiroz. Queiroz nunca depositou dinheiro na conta da minha esposa, pelo que eu saiba." Senador Flávio Bolsonaro

GETÚLIO

-

QUINA

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

2.895 4.506 1.298 0.864 6.645

CONCURSO nº

5336

18 35 72 77 80 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 2007

01 03 05 06 10 11 15 16 17 18 19 20 21 22 24 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

19° Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

MIN.

11°

QUARTA

MÁX.

13° Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

MIN.

QUINTA

MÁX.

18° Nublado pela manhã, com possibilidade de garoa. Tarde de sol com diminuição de nuvens.

MIN.


Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

3

PROPOSTA

CBS prevê o fim de um complicado sistema

A proposta de reforma Tributária do governo federal prevê o desmonte de parte dos R$ 320 bilhões concedidos hoje a dezenas de setores em benefícios tributários, mecanismo considerado vetor de distorções econômicas e concentrador de renda. Em sua primeira fase, a reforma eliminaria quase R$ 70 bilhões desses incentivos, o que representa cerca de 1% do PIB. Isso ocorreria pela substituição dos tributos PIS e Cofins pela nova Contribuição sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), com alíquota de 12%. Mesmo assim, o total de benefícios tributários permanecerá muito acima do montante de antes dos governos do PT (Lula e Dilma), que escalaram esses incentivos do equivalente a 2% do PIB para 4,5%. O governo federal alega que a retirada dos benefícios sobre PIS e Cofins não resultará em aumento da carga tributária, mas há dúvidas sobre se parte dos R$ 70 bilhões não ficará no caixa da Receita Federal. A CBS prevê o fim de um com-

plicado sistema de uma centena de regimes especiais que representam os benefícios tributários - e a eliminação da cobrança do tributo “por dentro”, que inclui o valor do próprio imposto em sua base de cálculo. Estudo da Fundação Getulio Vargas sustenta, no entanto, que essa primeira fase da reforma proposta pelo governo, elevaria o recolhimento federal em R$ 50,3 bilhões. A nova CBS pesaria mais nos serviços consumidos pelos que pagam mensalidades escolares, profissionais de saúde, advogados e arquitetos, entre outros. Muitas dessas atividades recolhem hoje 3,65% de PIS/Cofins e distribuem cerca de 85% do que faturam sem pagar impostos. Apesar do fim dos benefícios hoje incidentes sobre PIS e Cofins, a CBS manterá alguns incentivos e regimes especiais correspondentes aos antigos impostos, a um custo fiscal anual de R$ 55,4 bilhões. Com a nova CBS, ficam mantidos, por exemplo, os benefícios

Impostos recaem sobre as pequenas empresas O imposto é, sem dúvidas, um assunto muito comentado entre micro e pequenos empresários. Conhecer o sistema tributário brasileiro para maior controle das finanças, acompanhar os gastos e repensar as opções de tributação são estratégias de gerenciamento que resultam em grandes impactos e fortalecimentos da sua empresa. Muito provavelmente, o microempresário já enfrentou algum problema com imposto. Não precisa ser um expert em contabilidade para abrir ou gerenciar uma pequena empresa, mas noções básicas de impostos e leis, com certeza, podem ajudar muito. O Simples Nacional unificou

vários impostos em uma única guia e liberou as empresas sob esse regime do pagamento de impostos federais, mas milhares delas não se enquadram no sistema ou optam por outro regime. No entanto, em qualquer um dos casos, os impostos são pagos de acordo com o faturamento de cada empresa. Caso seja optante do Simples, Lucro Real ou Presumido, toda pequena empresa é obrigada a pagar oito impostos diferentes. É bom lembrar que o percentual de impostos pago por cada empresa varia de acordo com o seu regime tributário, por isso é tão importante analisar qual a melhor opção.

Toda pequena empresa é obrigada a pagar oito impostos 1 - Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ); 2 - Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL); 3 - PIS/Pasep; 4 - Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins); 5 - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS); 6 - Imposto Sobre Serviços (ISS); 7 - Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); 8 - Contribuição Previdenciária Patronal (CPP);

na tributação de micro e pequenas empresas pelo Simples e na cesta básica. A Zona Franca de Manaus também segue incentivada. Nesse caso, os produtores terão um crédito presumido de 25% da nova CBS incidente sobre a venda de produção própria. A agricultura/agroindústria e os transportes coletivos também mantêm incentivos, de R$ 804 milhões e R$ 694 milhões, respectivamente. O objetivo do Ministério da Fazenda é que o total de benefícios tributários no Brasil diminua dos atuais 4,2% do PIB (R$ 320 bilhões) para 2% em 10 anos, meta que chegou a constar na LDO de 2019. Alguns economistas consideram fundamental a redução desses incentivos, que seriam concentradores de renda (pois protegem setores específicos) e teriam gerado poucos benefícios em termos de atividade econômica e aumento da arrecadação. Para o economista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Alexandre Manoel, embora

o fim dos benefícios possa resultar em aumento da carga tributária, ele é bem-vindo por tratar todos os agentes econômicos “horizontalmente”. Manoel suspeita que boa parte da diminuição da capacidade do governo nos últimos anos de produzir superávits primários (economia para reduzir a dívida pública) tenha relação com o aumento dos benefícios tributários, que diminuíram a receita federal. "Isso ocorreu sem que houvesse ganhos para o PIB ou na arrecadação", afirma. Análise recente do Banco Mundial sobre os resultados das políticas de benefícios fiscais de Brasil, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Holanda e México concluiu que

apenas o caso brasileiro resultou em uma combinação de aumento dos gastos tributários e redução da arrecadação. Os benefícios tributários no Brasil representam cerca de 23% das receitas administradas pela Receita Federal e, do ponto de vista regional, também são considerados fontes de desigualdades. Ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a alíquota de 12% prevista para a CBS poderá ser revista caso se mostre "exagerada", e ressaltou que os setores mais atingidos serão assistidos por desoneração da folha, que o governo pretende incluir em uma nova etapa de sua reforma.

Projeto de reestruturação será votado Pela segunda semana consecutiva, o governo tentará um acordo com a base aliada para votar o projeto que reestrutura o sistema previdenciário gaúcho. Na última sessão, deputados retiraram o quórum para evitar a apreciação do texto. O principal entrave até o momento é a previsão de repasse de R$ 1,8 bilhão, hoje em um fundo específico para servidores nomeado a partir de 2011, para a conta geral das aposentadorias. O Palácio Piratini propõe a criação de um benefício especial para que servidores migrem do regime próprio estadual de aposentadorias para o regime de previdência complementar. Quem aceitar a mudança, passaria a ter desconto menor no contracheque, mas teria o valor da aposentadoria vinculado ao teto do INSS, hoje em R$ 6,1 mil.

Em troca, o grupo receberia uma parcela na aposentadoria com toda a contribuição que tenha superado esse valor desde 1996. Na prática, a eventual mudança representaria a necessidade de desembolso de altas quantias a curto prazo pelo governo. No entanto, a longo prazo, o custo com inativos seria reduzido gradualmente. Ontem, o líder do governo na Assembleia, Frederico Antunes (PP), e o chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, receberam líderes de bancadas durante a tarde. O objetivo é convencer que a troca de local do fundo bilionário não vai piorar as finanças do Estado. "Protocolamos uma emenda ao projeto que diz que o recurso não pode ir para o caixa único ou ter outra finalidade que não seja a previdência estadual", relata Antunes.

Frederico Antunes

Levantamento mostra perfil das cidades O Rio Grande do Sul ganhou uma nova edição do mapa estratégico para auxiliar na tomada de decisões por parte dos gestores municipais, empreendedores e empresários. A ferramenta contempla o detalhamento de cada um dos 497 municípios do Estado a partir de uma base de 62 indicadores socioeconômicos em comum e que está disponível em https://datasebrae. com.br/perfil-dos-municipios-gauchos/. O Perfil das Cidades foi elaborado a partir de informações provenientes de diversas fontes como IBGE, Rais, Caged, DEE, Receita Federal, INEP, entre outras.

O levantamento começou a ser efetuado como um projeto-piloto em julho de 2015 apenas para as regionais Sul e Campanha e Fronteira Oeste e, a partir de 2016, foi estendido para os 497 municípios do Estado, com atualização anual. A partir do Perfil das Cidades é possível conhecer melhor as peculiaridades de cada um dos municípios, usando como parâmetro o indicador que mais interessar ao gestor público ou empreendedor para definir estratégias que levam à melhoria de ambiente da economia, da saúde e da educação e torná-lo mais propício.


4

Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

COMISSÃO

TCE-RS amplia atuação pelo meio ambiente

Embora já atue na fiscalização de questões ambientais, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), sob a presidência de Estilac Xavier, está intensificando, ainda mais, o diálogo com a sociedade gaúcha e com os municípios, a fim de tentar ampliar o cuidado com o meio ambiente. Para isso, foi criada, no último mês, a Comissão de Sustentabilidade, que tem como responsável a conselheira substituta, Daniela Zago. O grupo será responsável por definir as diretrizes de atuação do TCE-RS na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), relacionados às dimensões ambiental e ecológica da sustentabilidade. “Todas as instituições estão muito envolvidas com a pandemia, mas é necessário

Daniela Zago

termos um zelo maior com o meio ambiente. A constituição desta Comissão visa, num primeiro momento, intensificar as ações internas do Tribunal – com observância à realização de licitações sustentáveis, por exemplo, e avaliando sempre a possibilidade de adquirir bens e serviços em conformidade com o meio ambiente. Também temos a intenção de ampliar o contato com a sociedade gaúcha e com os seus jurisdicionados”, destacou Zago, em entrevista ao Grupo JM. Alguns Tribunais de Contas do País já estão envolvidos, como lembra a conselheira, e preocupados com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável elencados pela ONU, que tratam da poluição da água e do solo, de eficiência energética e de saneamento básico para todos, por exemplo. E aqui, no Estado, não será diferente. “Já estivemos debatendo o novo Código Ambiental do Estado com representantes de órgãos gaúchos. Queremos realizar uma audiência pública, para debater questões ambientais, ainda neste ano, e iremos promover debates com outras instituições”, ressalta. A Comissão

“Todas as instituições estão muito envolvidas com a pandemia, mas é necessário termos um zelo maior com o meio ambiente. A constituição desta Comissão visa, num primeiro momento, intensificar as ações."

atuará para monitorar a nova Lei de Saneamento; para criar resolução que oriente a fiscalização das principais leis ambientais pelo Tribunal de Contas; bem como promover eventos sobre sustentabilidade e ações de implementação dos ODS junto aos gestores públicos. Quanto ao novo Marco Legal do Saneamento Básico, Zago vê pontos positivos e alguns preocupantes. O principal objetivo da legislação é universalizar e qualificar a prestação dos serviços no setor. A meta do governo Federal é alcançar a universalização até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento e a coleta de esgoto. Hoje, no País, 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada e mais de 100 milhões não contam com serviços de coleta de esgoto. “Esse é um dos pontos positivos: trabalhar, dentro de um prazo determinado e em consonância com a diretriz internacional da ONU, para garantir que as pessoas tenham o direito fundamental de ter acesso a água e ao saneamento mínimo. Mas preocupa se ocorrer um maior interesse para implementação dessa política pública em grandes centros, economicamente mais interessantes à iniciativa privada, havendo, por consequência, menor interesse em pequenas localidades. Como isso será resolvido?”, questiona.

Pandemia impôs dificuldades aos advogados Hoje é comemorado o Dia do Advogado. Os advogados conquistaram o dia em comemoração ao seu trabalho, devido à criação do primeiro Curso de Direito do Brasil, por D. Pedro I, tendo sido implantada a Faculdade de Direito de São Paulo, inaugurada em 1º de março de 1828. Em entrevista ao Grupo JM, a advogada Carolina Menegon relatou que neste momento de pandemia, os profissionais têm enfrentado dificuldades com a impossibilidade de laços presenciais, como, por exemplo, a realização de audiências com a oitiva de testemunhas e a realização de perícias. “Nossa subseção realizou uma pesquisa há uns meses atrás e os próprios colegas advogados se sentem bastante divididos entre voltar as atividades normais ou não, porque se de um lado gostaríamos que o judiciário estivesse funcionando normalmente com os foros cheios, com os atos processuais acontecendo normalmente, de outro lado também entendemos que isso pode ser um risco, tanto para nós advogados quanto para os clientes e servidores.” Segundo Carolina, os advoCarolina Menegon gados estão tendo acesso normal aos processos. “Conseguimos pegar os processos em carga e digitalizamos, cumprindo requisitos, e dependendo do tipo de processo, conseguimos redistribui-los de forma eletrônica, e as audiências de tentativa de conciliação estão acontecendo de forma virtual. São medidas que têm facilitado o nosso trabalho, mas também tem outra questão importante, de que nem todos os colegas possuem o aparato tecnológico necessário para poder continuar a fazer suas atividades de forma remota”, disse. Além disso, Carolina falou que colegas que atuam nas áreas previdenciária, cível e trabalhista, têm seguido trabalhando normalmente, pois as pessoas continuam precisando de atendimento. “Mas o que temos ouvido, é que os colegas que realizam diligencias, que são advogados correspondentes, que são contratados para audiências ou para digitalização de processos, estão enfrentando bastante dificuldade, pois o que temos de audiências são virtuais, nos demais, as coisas têm conseguido fluir naturalmente.”

Brasil gasta o dobro com servidores O Instituto Millenium divulgou ontem um estudo segundo o qual o Brasil gastou 13,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, cerca de R$ 930 bilhões, com servidores públicos federais, estaduais e municipais. Conforme o estudo, o gasto do país com servidores é o dobro das despesas com educação e 3,5 vezes as despesas com saúde (3,9% do PIB). Com base em dados do Fundo Monetário Nacional (FMI), o instituto informou que o Brasil foi, em 2018,

o sétimo país que mais gastou com pessoal, entre 64 pesquisados. "O país está próximo à Noruega e Islândia e está à frente da Suécia, ambos com PIB per capita — entre 5 e 7,5 vezes mais— e níveis de desenvolvimento muito superiores. Colômbia, Chile e Peru, com realidades mais próximas à do Brasil, têm seus gastos com pessoal mantidos no entorno de 6 pontos do PIB. Nem mesmo França e Alemanha têm este fasto", informou o estudo.

Aposentados terão atendimento especial A Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Ijuí retomou os atendimentos presenciais, entretanto, com todos os protocolos de segurança. Até o momento, a associação estava atendendo somente via internet e telefone, segundo o presidente da entidade, Leoveral de Oliveira. Segundo ele, a comunidade solicitou o retorno. Os atendimentos serão realizados nas quartas-feiras, mediante agendamento, sendo uma pessoa a cada 30 minutos. "A maior demanda é com relação aos empréstimos, porque com a pandemia, muitas pessoas perderam os empregos, e os

aposentados e pensionistas acabam fazendo empréstimos para ajudar as famílias, e se colocam em situações delicadas. Nós temos a obrigação de ajudar essas pessoas”, disse. Leoveral lembrou que foi aprovada no Senado, a solicitação para o recebimento do 14º salário para aposentados e pensionistas. “Ainda não podemos contar com esse dinheiro sem ter certeza do benefício. Para os aposentados, o único benefício concedido durante a pandemia foi o adiantamento de 13º salário, então queremos o 14º para atender a demanda desse povo que está endividado”, explicou. Segundo a folha do mês de

dezembro, da Previdência Social, existem 20.977 aposentados e pensionistas em Ijuí, desses, cerca de 80% têm aposentadoria comprometida com empréstimos consignados. O aposentado João Derci Fernandes, em contato com a reportagem, contou que procurou a associação, após seu salário ter sido comprometido pela contratação de consignado. "Meu salário é de R$ 1.359, peguei um empréstimo de cerca de R$ 1,4 mil, e estavam me descontando R$ 313 por mês. Achei que estava fora do limite e vim procurar a associação para resolver essa situação, e meu problema foi resolvido", comemora.


Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra,11 e 12 de agosto de 2020

5

COVID-19

Circulação de pessoas preocupa Saúde Os ijuienses receberam mais uma má notícia neste fim de semana: a sétima morte por covid-19 foi registrada na cidade, na noite do último sábado. O paciente, que estava internado no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) desde a última terça-feira, tinha 86 anos e apresentava outras comorbidades. “Seguimos com as mesmas características dos óbitos anteriores. Os pacientes tinham idade avançada, em sua maioria, e comorbidades. Eles não tinham a característica de estarem circulando pela cidade. Ou seja, contraíram a doença por meio de pessoas próximas. E é isso que nos deixa preocupados”, destacou o secretário municipal de Saúde, Marco Atkinson, completando que há um grupo que ainda não entendeu a importância do distanciamento social e da adoção de cuidados. “Se você não consegue fazer o isolamento, que pelo menos adote as medidas recomendadas, como o uso de máscara, a higienização das mãos, a utilização de álcool em gel. Há pessoas que se acham imunes, que não têm preocupação com o próximo, e que podem acabar levando a doença para pessoas mais debilitadas, em casa”, disse. Até ontem, eram 584 casos confirmados na cidade. Deste total, 176 pessoas ainda seguem em recuperação - 164 em domicílio e 12 em hospitais. Há, ainda, 126 casos considerados suspeitos e que

aguardam uma resposta do Laboratório Central (Lacen). Na cidade, o maior número de infectados se concentra na população ativa, dos 20 aos 50 anos. “Os mais jovens têm uma capacidade melhor de enfrentamento ao vírus e por isso se recuperam mais rápido. Mas eles não estão conseguindo proteger as pessoas que estão em casa”, reforçou o secretário, lembrando que a contratação do hotel era uma ferramenta importante para manter o distanciamento na cidade – mas que acabou sendo pouco procurada. No fim de semana que ultrapassamos as 100 mil mortes no País, e também transcorreu o Dia dos Pais, Ijuí registrou grande circulação de pessoas pela cidade. Quem passou por bares e restaurantes à tardinha ou à noite, pôde perceber o movimento, principalmente de jovens. Pelas ruas, muitas pessoas circulavam sem uso de máscara. “Imaginávamos que teríamos um aumento do número de casos ativos, em razão do bom tempo, do sol, do calor, que fez com que as pessoas circulassem mais. E nessa época, a maioria está cansada de fazer o isolamento em casa”, disse. Foram 10 novos casos de sexta para sábado; e 18 novas confirmações de sábado para domingo. Treze de domingo para ontem. “As pessoas questionam a atuação dos fiscais. Mas precisamos entender que o município cresceu, que tem uma extensão ampla e

Estado mantém nove regiões em vermelho São nove as regiões em bandeira vermelha no mapa definitivo da 14ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado. A divulgação foi feita pelo governador Eduardo Leite em transmissão pelas redes sociais ontem. As bandeiras ficam vigentes a partir da 0h de hoje até as 23h59 da próxima segunda-feira. Divulgado na sexta-feira, o mapa preliminar da 14ª rodada classificou 12 regiões como de alto risco epidemiológico. Depois de análise dos 25 pedidos de reconsideração enviados por Municípios e associações regionais, o Gabinete de Crise acatou o recurso de três regiões, resultando em 12 regiões com bandeira laranja (risco médio). “Analisamos uma série de indicadores, como internações, óbitos, proporção de leitos livres por ocupados, ou seja, vários dados que nos ajudam a entender o nível de risco do avanço da velocidade da doença em cada uma das regiões do Estado e também o risco de colapso do sistema hospitalar. O final do mês de junho e o mês de julho

seguramente foram os períodos mais difíceis, com velocidade de internações muito alta, mas temos expectativa de que, com a colaboração da população, possamos ver uma redução”, disse o governador. O governo do Estado aceitou a reconsideração de Bagé, cujo pedido foi encaminhado pelo Município para toda a região, e das associações regionais de Guaíba e Uruguaiana. O Gabinete de Crise indeferiu os recursos apresentados pelas regiões de Passo Fundo, Palmeira das Missões, Erechim, Capão da Canoa, Taquara, Canoas e Pelotas, que permanecem em bandeira vermelha, por terem apresentado alto nível de ocupação dos leitos e de propagação do vírus. Os sete se somam a Novo Hamburgo e Porto Alegre, que já estavam em vermelho, e seus representantes não apresentaram pedido de reconsideração. "O modelo de Distanciamento Controlado serve para que possamos estabelecer as restrições na região, na proporção e no momento em que forem adequados."

diversos pontos de encontro. Não adianta triplicarmos o número de fiscais se as pessoas continuarem burlando as regras e realizando eventos. O que precisamos é de consciência." O secretário lembra que a preocupação aumenta com um número maior de casos ativos. Porque se 20 ou 30% das pessoas necessitarem de hospitalização, haverá problemas em relação ao atendimento. Na região, também há elevação no número de casos. Até ontem, segundo boletim da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), eram 954 confirmações da doença e 14 óbitos - além de Ijuí, há registros nos municípios de Catuípe (1), Condor (1), Crissiumal (1), Panambi (1), Santo Augusto (2) e Sede Nova (1). No Estado, eram 84.034 casos e 2.417 óbitos. Dos 497 municípios gaúchos, 472 apresentavam casos da doença. A taxa de ocupação em leitos de UTI chegava a 77,6%. O Brasil tinha 101.269 mortes por coronavírus confirmadas até ontem, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa, a partir de dados das Secretarias Estaduais de Saúde. Sobre os infectados, eram 3.035.582 brasileiros. A média móvel de casos foi de 43.137 por dia, uma variação de -7% em relação aos casos registrados em 14 dias. No total, 3 Estados apresentaram alta de mortes: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais.

PrevIjuí registra aumento de inativos Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Ijuí (PrevIjuí), Gerson Ferreira concedeu entrevista ontem, ao Grupo JM, e fez algumas correções à declaração feita pelo vereador Andrei Cossetin (Progressistas), de que o Executivo não estaria, há alguns anos, saldando a conta do passivo. “O PrevIjuí é administrado por 20 servidores ativos e inativos. Se estivéssemos numa situação caótica, como ele disse, nós teríamos que responder, não o Executivo. Porque não o chamamos para a responsabilidade. O passivo atuarial, na verdade, vem sendo pago desde a fundação da instituição, religiosamente”, afirmou o presidente, lembrando que o passivo representa um valor que não foi pago desde a fundação de Ijuí até a criação do PrevIjuí, quando ainda não existia previdência municipal e, consequentemente, os servidores eram aposentados diretamente pelo cofre municipal. “Quando foi permitida a criação de instituições previdenciárias, permitiu-se a criação de um fundo previdenciário para o futuro. Hoje

Gerson Ferreira temos 2.054 servidores ativos e 765 inativos e pensionistas. Essa previsão futura é exatamente para amparar os aposentados e os que irão se aposentar”, reforçou Ferreira, explicando que as alíquotas têm aumentado, com o passar dos anos, porque o número de aposentados vem crescendo - foram

50 somente neste exercício - e não tem ocorrido a reposição de contratados na mesma proporção. Não foi realizado concurso para reposição de servidores. A alíquota, que é de 20,6% passará a 36,5% no próximo ano. “O vereador chegou a dizer que com a reforma da Previdência foi possível equacionar o déficit. Na verdade, com a reforma, a única exigência feita ao Município foi o desconto de 14%, e não mais de 11% dos servidores municipais. O Executivo já vinha pagando as demais alíquotas. Nossa folha está em quase R$ 4 milhões e temos mais de R$ 203 milhões aplicados. O passivo, ou seja, a projeção orçamentária que temos, vai entrar no decorrer dos anos, até 2054”, disse. Ferreira disse que todos os vereadores buscam informações junto ao PrevIjuí quando necessitam - exceto o vereador Andrei. E que todas estas questões já haviam sido explicadas diretamente na Câmara Municipal. "Se o prefeito estivesse atrasando o pagamento, seria um caos. O Executivo nem poderia receber verbas federais."


6

Jornal da Manhã

TERÇA E QUARTA-FEIRA, 11 E 12 DE AGOSTO DE 2020

Opinião do JM ARTIGO

SIMPLIFICAÇÃO

consumo representam É uma loucura a 45% da arrecadação quantidade de im- total e correspondem postos pagos hoje. A a 15% do Produto simplificação deste Interno Bruto (PIB), sistema, não só torna girando em torno de mais fácil a vida de R$ 1,8 trilhão. É uma quem contribui, como loucura a quantidade terá força e capacidade para promover de impostos pagos hoje. A simplificação deste justiça social sistema, não só torna mais fácil a vida de quem contribui, como terá força e capacidade para promover justiça social - que tanto tem se falado, buscado, mas do papel ainda não sei. A reforma que o País necessita passa pelo aumento do tributo sobre o capital e a redução sobre os serviços e o consumo. Mas, até aqui, esse não parece ser o objetivo das propostas apresentadas, tanto em âmbito nacional quanto a que foi protocolada pelo governador

Eduardo Leite, na Assembleia Legislativa, ontem. Em outras palavras, a simplificação do sistema tributário não deverá reduzir a carga sobre os contribuintes quando consomem bens ou serviços. Isso porque, o imposto único em estudo no Congresso terá que ter alíquota elevada para evitar perda de arrecadação, ainda que essa alíquota única torne transparente a carga tributária que é cobrada hoje de bens e serviços. Dentro do princípio de manter a arrecadação, não tem como não ter uma alíquota alta. Vale lembrar que o Brasil já tem a maior carga tributária sobre o consumo do mundo e que, proporcionalmente à renda, os pobres pagam mais do que os ricos. Nesse caso, o pedido das bancadas gaúchas ao Estado, que larga na frente ao propor três projetos de lei voltados à reforma Tributária, de que amplie a tributação sobre a propriedade e reduza o alto volume de desonerações tributárias para poder diminuir a tributação sobre o consumo e os mais pobres, faz mais sentido - e é esse um dos pontos que tendem a dificultar a aprovação do projeto, que entra em regime de urgência e passa a trancar a pauta do Legislativo gaúcho nos próximos 30 dias. Em âmbito nacional, algumas dessas ideias ainda podem sercontempladas pelas próximas etapas da proposta; no Estado, foi dada a largada. Resta aguardar os próximos capítulos.

ARTIGO

Família e girassóis: em direção à luz Yasmim Decker Marcolan Aluna do 8º ano B da EMEF Levino Lautert, de Condor Das dez classes gramaticais existentes a que mais me encanta é o substantivo... Poderia ser o verbo, porque ele possibilita várias ações fascinantes, por exemplo amar, abraçar, viver, sorrir. Ou então adjetivos, que demonstram características, qualidades, tais como agradável, adorável, maravilhoso, melífluo... Apaixonei-me pela palavra melífluo quando a li pela primeira vez, principalmente por descobrir que ela significa “ter a doçura do mel”. Mas existem também substantivos que são deslumbrantes. Uma dessas palavras é Família, um substantivo comum, e que também é coletivo, pois é formado por vários integrantes... Quanto ao fato de ser abstrato, concreto, primeiro fiquei em dúvida, mas cheguei à conclusão de que é concreto, pois consigo imaginar e descrever uma família. Nesse contexto, família é algo tão simples, mas com um significado tão complexo... É amor, carinho, amizade, empatia, respeito. Pai, mãe, avós, tios... Nossos laços são de sangue, mas amigos também são família, pois se preocupam conosco, comemoram as nossas vitórias, ajudam-nos e estão juntos nos momentos alegres e tristes. Passeios com os amigos são divertido, todos animados, cantando, dançando, brincando, é incrível, as festas, almoços de família, então... Juntar todo mundo, conversar, dar risada, se divertir, para alguns isso não é nada, mas será que "esses alguns" não pensam que esse

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

almoço pode ser o último? E se aquele avô, sábio, com anos de experiência não estiver mais entre nós, se surgir uma pandemia? Que estamos passando hoje, isolados em nossas casas, há mais de quatro meses... A música Girassol, de Priscilla Alcantara, lembra muito isso, pois em seus versos a compositora salienta que não sabemos o que vai acontecer no futuro, e que deixamos de fazer coisas simples, como dizer “eu te amo”, ver um filme com os amigos, dar um abraço, entre tantas outras formas de demonstração de carinho. Se soubéssemos dessa pandemia que está no ar agora, teríamos feito diferente? Dado mais abraços, falando que logo voltaríamos a fazer isso; e ter aproveitado mais o recreio com os amigos... Temos que nos ajudar, mantermo-nos firmes, com fé, para podermos ajudar aos outros, agradecer pelo que temos, por estarmos vivos, pelos almoços de família, passeios e risadas com os amigos, estarmos sempre virados para a luz e brilhantes como girassóis. Deus separou o melhor para nós, tudo tem um propósito, se Ele colocou essas pessoas para serem sua família, agradeça por tê-las contigo... Ter um pai, uma mãe, primos, avós, de sangue ou não, amigos, que são a prova de que família não depende só de laços, diga que você os ama, que está com saudades, dê valor aos pequenos momentos, pois a vida passa voando e não temos um controle para dar replay.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Deise Morais redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

O que significou a condenação sem prisão de um militar nazista Geder Parzianello Professor da Unipampa, lecionou na Universität zu Köln e realizou pós-doutorado na Universität Paderborn, Alemanha O Judiciário alemão deu uma lição ao mundo, no final de julho, com a decisão do Tribunal de Hamburgo, no julgamento do crime cometido por um-guarda do campo nazista de Stutthof, da Polônia, ao suspender a prisão de um condenado. O réu Bruno Dey, que escondeu o rosto diante das câmeras dos repórteres e correspondentes estrangeiros ao chegar ao local, foi condenado por crimes cometidos em obediência ao regime nazista da Alemanha de 1944 e 1945 e que, por seu intermédio e cumplicidade, levaram ao assassinato de mais de cinco mil vítimas e a outras tantas tentativas de assassinato, segundo provas que acompanharam o processo na Alemanha. Aos 93 anos de idade, Bruno Dey não será encarcerado, mesmo condenado. Para a justiça alemã, só há uma coisa a fazer: aprender que a violência jamais deve ser praticada, mesmo quando feita em nome do que pareça certo. Acusação e defesa entenderam que é preciso julgar e condenar no campo da moral e da justiça sem ter que repetir um ato de desumanidade, ainda que contra quem pareça merecer tanto. Bruno Dey tinha 17 anos na época em que aquelas pessoas foram mortas, a maioria delas judeus, e num contexto em que não só era um risco a desobediência às ordens dos militares nazistas, mas também bastante difícil a um jovem como ele, militar, saber compreender os fatos na dimensão total do que foi o holocausto e nos seus detalhes todos que foram conhecidos somente muito depois da Guerra. A lição que este julgamento empresta ao mundo não é fácil de ser compreendida quando se toma a justiça enquanto reparação, no sentido distributivo a que estamos acostumados. É preciso ver a situação por outra perspectiva, restaurativa, quando se consegue ser capaz de julgar e condenar sem reproduzir a violência, sem uma história de vencidos e vencedores num processo criminal. E há claro, um elemento substancial nessa questão em particular, sendo na Alemanha: para a maioria dos cidadãos alemães, admitir a culpa é um valor moral extremamente difícil, que não abranda em nada o delito nem reserva imputabilidade a quem cometeu um crime, seja qual for a dimensão do mal. Mas, ainda assim, submeter um ser humano de 93 anos ao sistema penitenciário até sua morte, pareceu não ser um ideal de justiça. Não se trata apenas de defesa de Direitos Humanos, mas de uma condição de compreensão de justiça que considera os efeitos da pena e suas circunstâncias. Surpreendentes foram naquele processo contra Dey os depoimentos de duas das vítimas ainda vivas e que afirmaram desejar o reconhecimento da culpa pelo réu como seu maior valor de justiça. Na prática, o sentimento das vítimas é que precisa ser reparado. Segundo elas, se ele fosse preso sem reconhecer a culpa, sua prisão não teria para elas o menor significado.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome, profissão, documento, endereço e fone) em fonte times, com 2.750 ou 2.420 caracteres (com espaços), para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 240,00 Anual: R$ 480,00 Correio: R$ 460,00 (semestral); R$ 900,00 (anual)


Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

7

TRIBUTOS

Com alterações pontuais, Leite protocola reforma Em quase um mês de debate com diferentes entidades ligadas aos setores produtivos e deputados sobre as propostas da Reforma Tributária RS, o governo do Estado realizou mudanças pontuais na proposta original. Os textos finais foram apresentados e entregues pelo governador Eduardo Leite, ao presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, no final da manhã de ontem. As alterações significarão queda de R$ 150 milhões na arrecadação ao ano, que é de R$ 40 bilhões. Está mantido o aumento de IPVA. Apresentados em regime de urgência, os textos passam a trancar a pauta de votações em 30 dias. A partir de sugestões de entidades setoriais, Leite decidiu acelerar a redução da alíquota básica de ICMS (de 18% para 17%) ainda em 2021 - e não mais de forma escalonada até 2023. Também optou por manter os refrigerantes na faixa geral de

17% - o percentual seria ampliado para 25%, na mesma categoria das bebidas alcoólicas - e aceitou fazer modificações em outros quatro itens, entre eles as contribuições para o Fundo Devolve-ICMS, que alimentará a devolução de ICMS para famílias de baixa renda Algumas medidas já estão em andamento e agora se propõe o encaminhamento para implementação de 10 novas iniciativas para uma arrecadação mais moderna, com menos custo para as empresas e um melhor ambiente de negócios. "O debate não se esgota aqui. A partir de agora, haverá mais uma oportunidade de discussão no Parlamento, que é onde efetivamente serão feitas as mudanças. O governo se fará presente com toda a equipe técnica à disposição para continuar o debate e chegarmos à melhor solução para o Rio Grande do Sul”, afirmou Leite.

Para compensar as perdas, o governador manteve a intenção de elevar o IPVA e o imposto sobre heranças e doações (ITCD), mesmo sabendo que enfrentará resistências. Sem isso, as perdas anuais poderiam chegar a R$ 3 bilhões. Leite voltou a dizer que, no conjunto da reforma, o aumento do IPVA será diluído e remediado com outras medidas, em especial a redução no ICMS de itens. "O Estado e as prefeituras não podem abrir mão de quase R$ 3 bilhões sem afetar a prestação de serviços públicos. Se (o cidadão) não pagar impostos de um lado, vamos pagar o preço pela queda na arrecadação de outro. Para manter os níveis de arrecadação, não queremos simplesmente prorrogar as alíquotas, porque isso nos tiraria competitividade", afirmou. O objetivo da Reforma é modernizar o sistema tributário gaúcho, antecipar e alinhar medidas da re-

Governador Eduardo Leite entregou documento ao presidente da AL Ernani Polo forma Tributária nacional e reduzir os efeitos do fim da majoração de alíquotas de ICMS no final deste ano. Se aprovada, será a mais ampla revisão já feita no Rio Grande do Sul. A maior parte das modificações integra um único projeto de lei ordinária, que necessitará apenas de maioria simples para aprovação. Com as mudanças feitas, a carga

tributária permanece nos patamares atuais, com queda de ICMS em cerca de R$ 1 bilhão e, portanto, com redução do imposto sobre consumo para todas as faixas de renda, não apenas para as famílias de baixa renda, que terão devolução do imposto, isso tudo associado a um aumento da tributação sobre o patrimônio (IPVA e ITCD).

Bancadas sinalizam resistência à proposta Vereadora destaca atuação em prol da saúde local

Se depender da análise preliminar das maiores bancadas da Assembleia Legislativa, o governo do Estado terá enorme dificuldades para aprovar o texto original da reforma Tributária. Embora conte com uma base de 39 deputados e precise de, no máximo, 28 votos para aprovar as principais propostas, o Piratini terá de negociar pontos sensíveis como as mudanças no IPVA, na cesta básica e nos incentivos fiscais. Nenhum partido fechou posição ainda sobre os três projetos protocolados, mas quase todos demonstram resistências. O MDB, maior aliado, com oito votos, irá discutir o assunto na quintafeira, durante videoconferência com o economista Bernard Appy, mentor da reforma federal em discussão no Congresso Nacional. Segundo o deputado Gabriel Souza, vários colegas de bancada são contrários a qualquer elevação de impostos, o que dificulta o fim das isenções de IPVA aos automóveis mais antigos e a itens da cesta básica. Ele também

critica a postura do governador Eduardo Leite, que, em 2018, decidiu prorrogar alíquotas do ICMS por apenas dois anos. No PP, o sentimento é semelhante. Com seis votos, o partido tem forte base no agronegócio, setor afetado pela redução dos incentivos fiscais. O líder da bancada, Sergio Turra, critica a opção do governo em aumentar alguns impostos e não reduzir a máquina do Estado. No PTB, legenda do vicegovernador Ranolfo Vieira Jr e com cinco assentos em plenário, o líder Aloisio Classmann disse que os deputados ainda não conversaram sobre o texto. Nos bastidores, porém, também há reclamações. O PSL, com quatro votos, está praticamente fechado contra a reforma. Incomoda particularmente o líder, tenente-coronel Zucco, a disposição do Piratini de incorporar seu projeto de lei que permite parcelamento em 12 vezes do IPVA. Algumas propostas do governo

têm simpatia na Assembleia, inclusive na oposição. A de maior adesão é a devolução de parte do ICMS à população de baixa renda. Também seduz PT e PDT a taxação maior de heranças e doações. Há, porém, uma crítica genérica à ausência de uma política de desenvolvimento e atração de investimentos. O PT, maior bancada opositora, com oito votos, avalia que nem mesmo o eixo da reforma, a queda da alíquota geral de ICMS de 18% para 17%, trará resultado para o contribuinte. No PDT, os quatro deputados irão se reunir com a área técnica da bancada na próxima semana e discutir sugestões para fazer uma contraproposta ao governo. Além de comungar da mesma visão crítica das demais bancadas às mudanças no IPVA e na cesta básica, o partido demonstra irritação com a forma como a proposta foi protocolada, com todas as mudanças na matriz tributária incluídas num único projeto de lei, sob regime de urgência.

Em 70 anos de fundação da Câmara Municipal de Ijuí, Alexandra Lentz foi a primeira mulher a assumir a presidência da Casa, em 2019. Única mulher eleita no processo eleitoral de 2016, e segunda parlamentar mais votada no ranking geral - sendo a mais votada do PDT, a vereadora destaca ao Grupo JM que estudou a legislação e buscou se atualizar para realizar seu trabalho da melhor forma possível. "E coloquei meu nome à disposição, para ser a presidente da Câmara, e foi uma vitória muito grande para nós mulheres ter assumido a presidência por um ano. Me esforcei muito para trazer, principalmente políticas públicas para as mulheres, pensando sempre em nossa comunidade", conta. A maioria dos anteprojetos apresentados pela vereadora é destinado à área da saúde. Um deles, prevê alteração de horários das unidades básicas de saúde, principalmente para facilitar o acesso de homens, com agendamento no atendimento, que deverá ser estendido, pelo menos, duas vezes ao mês, com compensação de horas, por parte dos servidores. "Esse projeto está lá, não foi sancionado, e se fosse, seria uma coisa muito boa para Ijuí, porque nós que trabalhamos na ponta, ouvimos essa necessidade." Outro projeto foi voltado aos caminhoneiros, com intuito de agilizar o atendimento a esses profissionais, que passam boa parte do tempo na estrada. Segundo ela, com essa disponibilidade do serviço básico de saúde, doenças poderão ser identificadas precocemente, aumentando a qualidade de vida. "Os exames e atendimentos desses motoristas serão priorizados, para que ele possa viajar novamente tranquilo e sem riscos à sua saúde e dos demais."

Câmara receberá proprietários de escolinhas e quadras esportivas

Aprovada destinação de recursos à Acata

Partido Verde denuncia País em corte internacional

Ao fazer uso da tribuna na Câmara Municipal, durante sessão legislativa na noite de ontem, o vereador César Busnello (PSB) apresentou reivindicação de proprietários de clubes, escolinhas e quadras esportivas no município, e que solicitam o retorno gradual ao trabalho, para que possam dar continuidade aos negócios, já profundamente afetados pelas medidas de distanciamento social devido à covid-19. O parlamentar sugeriu uma visita desses profissionais a reunião das comissões, nesta sexta-feira.

Dentre os projetos de lei aprovados pela Câmara Municipal na noite de ontem, um dos mais importantes e que atende a demanda antiga da comunidade, autoriza destinação de recursos, por parte do Executivo, à Associação de Catadores de Ijuí (Acata), para construção de um novo galpão de reciclagem, que dará maior proteção e dignidade aos trabalhadores do local.

O Partido Verde protocolou, ontem, denúncia contra Brasil por crime contra a humanidade, na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA). Dentre as acusações, a legenda afirma que há descaso pelo governo federal no enfrentamento à covid-19 o que resultou no óbito de 100 mil brasileiros, e demonstra o claro descumprimento de artigos do pacto da Convenção Americana sobre Direitos Humanos - Pacto de San José. As denúncias apresentam um histórico da Presidência na gestão da crise sanitária.


8

Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO

Prêmio reconhece atuação de escolas e professores

Com o objetivo de contribuir de maneira efetiva na melhoria da qualidade da educação e valorizar o seu principal autor, o professor, a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o Jornal da Manhã e a revista Stampa lançaram o Prêmio Excelência em Educação. O projeto tem como objetivo reconhecer o empenho de educadores da rede pública estadual, que, neste momento de distanciamento social, conseguiram encontrar soluções para o enfrentamento das dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus. O Prêmio Excelência em Educação busca reconhecer as escolas públicas que se destacam pela gestão competente, participativa e colaborativa; além de valorizar a escola que trabalha como equipe

com a corresponsabilidade na gestão do ensino, na aprendizagem e na solução de problemas; e valorizar o professor, as lideranças e soluções coletivas em tempos de crise. A participação está aberta a todos os professores, coordenadores pedagógicos, orientadores educacionais e gestores das 60 escolas da rede pública estadual dos 11 municípios de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de outubro, por meio de formulário específico, que se encontra disponível no site www.36creijui. com. As iniciativas poderão ser inscritas em nome de um ou mais autores, devendo ser indicado o autor principal. As inscrições serão validadas somente com o envio do material

- um relato da prática pedagógica desenvolvida durante o ano letivo de 2020, juntamente com três fotos e um vídeo de no máximo 5 minutos -, encaminhadas (compartilhados) pelo Drive 36cre@educar.rs.gov.br. O Prêmio Excelência em Educação comtempla as categorias Projeto Escola; Gestor Escola; Coordenador Pedagógico; Orientador Educacional; Professor do Ensino Fundamental Anos Iniciais; Professor do Ensino Fundamental - Anos Finais, professor do Ensino Médio; Professor da Educação Especial; Professor da Educação de Jovens e Adultos; e Professor da Educação Profissional. A cerimônia de premiação aos primeiros classificados de cada categoria será realizada no dia 27 de novembro. Os demais participantes receberão certificados.

Redações serão selecionadas hoje A Comissão de Seleção do 13º Concurso de Redação do Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí se reúnem hoje, as 8h, na Casa da Amizade, para selecionar os 10 melhores textos das duas categorias concorrentes - Ensino Fundamental e Ensino Médiopara integrar o Caderno do Concurso, e dentre estes, classificar as cinco redações que serão premiadas. A 13ª edição recebeu um total de 456 redações, de estudantes das escolas municipais e particulares de Ijuí e das escolas estaduais da região da 36ª

Coordenadoria Regional de Educação (CRE) que escreveram sobre o tema “Amigos ou Conexões?”. A solenidade de premiação aos vencedores da 13ª edição do Concurso de Redação Jornal da Manhã e Rotary Club de Ijuí ocorre no próximo dia 25, no auditório da 36ª Coordenadoria de Educação, com transmissão pela internet, ao vivo, em dois momentos. Às 13h30, para o Ensino Fundamental, e às 14h30, para o Ensino Médio, tendo acesso restrito aos alunos e professores premiados.

Dia do Estudante é comemorado hoje Hoje é comemorado o Dia do Estudante, sendo que neste ano o processo de educação e aprendizagem foi interferido pela pandemia da covid-19. No início do ano as aulas foram suspensas. Em seguida se percebeu que a retomada das atividades demoraria mais que o previsto, então se iniciaram algumas medidas para amenizar a pausa na educação. Escolas da rede privada e algumas faculdades federais adaptaram aulas on-line, em diferentes plataformas digitais. A rede pública municipal e estadual optou pelas chamadas aulas remotas e híbridas, que oferecem material impresso para alunos que não tenham acesso à internet. Os alunos têm sofrido e no futuro vão sentir os reflexos, que sem dúvida serão maiores para alguns. O Dia do Estudante 2020 será lembrado por lutas individuais e pessoais, de alunos que superaram a falta de recursos, tempo, vontade e não desistiram. O presidente do Sindicato do Ensino Privado no Estado (Sinepe), Bruno Eizerik, diante de todo esse cenário, em entrevista ao Grupo JM, defendeu a autonomia das

Bruno Eizerik instituições na decisão de retomar as aulas no Estado. De acordo com o representante da rede, escolas e universidades estão prontas para voltar às atividades, mas dependem do aval do

governador Eduardo Leite. "Nós achamos que uma definição por parte do governo não deveria ocorrer. A escola conhece a comunidade onde está inserida e tem muito mais capacidade de definir quais alunos voltariam primeiro", afirma o presidente do Sinepe. Dentre as medidas tomadas pelas instituições, estão o cumprimento de protocolos de distanciamento e de higienização, igualmente para todas. A questão, conforme o presidente do Sinepe, é que cada escola toma essas medidas levando em conta as especificidades de cada local. "Há escolas hoje que têm salas maiores. Se colocarmos aquela turma em sala maior, não precisamos reduzir números de alunos. Mas para aquelas que não têm, aí a escola vai poder trabalhar com rodízio, por isso não existe uma regra no geral. Tem escolas que estão adaptando ginásio para que seja transformado em salas maiores para não dispensar alunos. Temos várias soluções", avalia Eizerik. Além disso, os alunos retornariam de forma escalonada, ou seja, a escola definiria quais turmas deveriam voltar primeiro.

Unijuí realiza formatura on-line Talvez não fosse aquilo que sonharam: auditório vazio, sem os abraços de amigos e familiares e sem a festa tão aguardada. Mas, diante da situação provocada pela pandemia da covid-19, e a necessidade da obtenção do diploma de ensino superior para a atuação profissional, um grupo de formandos da Unijuí colou grau na última sexta-feira de forma on-line. Foi a primeira vez na história da Universidade que a formatura, momento máximo para quem cursa uma graduação, ocorreu dessa forma. Se formaram 86 estudantes dos cursos de Ciências Biológicas, Estética e Cosmética, Farmácia, Enfermagem e Nutrição, do Departamento de Ciências da Vida (DCVida), na primeira sessão, realizada às 18h30. Logo após, às 20h30, ocorreu a segunda sessão, com os primeiros formandos do curso de Arquitetura e Urbanismo e também os estudantes de Engenharia Civil e Engenharia Química, do

Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCEEng). Mesmo on-line, as famílias puderam acompanhar esse momento tão especial e esperado, sendo que a solenidade seguiu todos os protocolos tradicionais, como o juramento e os discursos típicos das solenidades, só que agora adaptados ao formato on-line. Este novo formato de colação de grau não impossibilita que o estudante realize posteriormente a formatura presencial, quando não houver mais restrição, em datas que serão definidas ao longo do segundo semestre. Os formandos, a reitora e a secretária acadêmica, além de professores e técnicos-administrativos convidados e homenageados participaram pelo Google Meet, já familiares e amigos acompanharam em uma live no Youtube. Além disso, vídeos de discursos dos oradores das turmas e dos coordenadores de cursos foram gravados previamente e só transmitidos nos momentos marcados.

Formaturas on-line são a nova realidade na Unijuí


Jornal da Manhã

Terça e quarTa-feira, 11 e 12 de agosTo 2020

9

STAMPA circulando V

Alessandra e Paulo com o fotógrafo Mateus (centro)

ital Cauzzo, que surgiu em Ijuí por iniciativa de Alessandra e Paulo Pedrazzi, é o destaque de capa da edição deste mês da revista do Jornal da Manhã. Com trabalho fotográfico de Mateus Mitsuo, as páginas centrais mostram a equipe de profissionais e a bem estruturada sede deste centro de saúde e bemestar inovador, que está completando 10 anos de atuação. Na Entrevista, a Stampa traz a palavra de Iloir de Pauli. Há 15 anos na presidência da Ceriluz, é o gestor do crescimento, do êxito do presente e da pavimentação de competência e excelência que a Ceriluz desfruta. A pandemia, que segue regendo nossas vidas, inspira outras matérias de destaque da edição da revista, com relatos e registros de opiniões, comportamentos e experiências. Muitos outros assuntos recheiam a Stampa de agosto, cuja distribuição aos assinantes e leitores começa hoje.

Equipe: todos os profissionais que atuam na Vital Cauzzo

Museu

Entrevista do mês: com a palavra, Iloir de Pauli, presidente da Ceriluz

FENAdI VIRTuAL SERá EM FORMATO dE TALk ShOw, dE 12 A 19 dE OuTubRO Devido à pandemia da covid-19, a Expo-Ijuí/Fenadi 2020 foi cancelada. As etnias tiveram que se reinventar e se adaptar, para a realização da Fenadi Virtual. Conforme o produtor cultural da Ueti Francisco Roloff, o projeto está permitindo movimentar muitos profissionais que estão parados, sem trabalho nesse momento de pandemia. A plataforma em que será transmitida a Fenadi é nova, mas já foi usada pela Unijuí, onde as transmissões vão acontecer, no Campus. Buscando fugir das lives, a Fenadi Virtual será um talk show de duas horas de duração por noite, das 19h às 21h, de 12 a 19 de outubro. Também vai haver mais uma hora de duração de momentos especiais das etnias, como o Epopeia Ijuhy. Será um resgate de vídeos antigos, desde 1987, que mostram a história da Fenadi, incluindo a inauguração das casas étnicas. Também estão previstos shows ao vivo e conteúdos especiais, que vão desde o folclore, a música das etnias, resgates através do Museu. Serão 10 salas da universidade, que serão usadas para fazer transmissões paralelas aos talk shows. Entre as novidades, alguns pratos da culinária das etnias serão feitos ao vivo, direto das salas do curso de Gastronomia da Unijuí. “Todas as casas serão valorizadas de alguma forma”. Para a abertura oficial da Fenadi Virtual, no dia 12 de outubro, algumas autoridades já estão com presença confirmadas, como é o caso da secretária estadual de cultura Beatriz Araújo e o governador Eduardo Leite. “No momento em que estamos tentando recriar toda uma cadeia da cultura que está assolada pela pandemia, a Fenadi Virtual é uma realidade. Nós, da Ueti, estamos trabalhando com mais afinco junto à secretaria de cultura de Ijuí e especialmente à Unijuí, que está nos dando aporte de tecnologia, conhecimento e pessoas”.

Galeto

Dentro da programação do Mês do Indígena, proposta pelo Museu Antropológico Diretor Pestana, acontece na próxima quinta-feira, o webinar “Povos indígenas e colonialidade: entre velamento e reminiscências”, às 10h, ministrada por Douglas Jacinto da Rosa, (Kaingang Mestre em Antropologia Social pela UFRGS) através do link meet.google.com/mjr-unwg-yor.

Depois do sucesso que foi a primeira edição do Galeto Solidário, em junho, o Centro de Cultura Nativa Piazito Carreteiro promove mais uma edição, em sistema de Drive-Thru, no próximo domingo. O valor é de R$ 25, com seis pedaços de galeto e maionese. A retirada será a partir das 11h, não é necessário levar vasilha. Fichas com os integrantes das entidades.

ENCONTRO REGIONAL

A 9ª Região Tradicionalista promove o 3º Encontro Regional, de forma on-line Na próxima sexta-feira, acontece a live “A arte declamatória”, às 20h, via google meet. Será uma prosa sobre declamação com membros da comissão avaliadora do MTG Érico Rodrigo Padilha e Neiton Bittencourt Perufo. Inscrições são aceitas até amanhã pelo watts (55) 98454-1470.

CONFRARIA RESTAURANTE: Fabiana Kollas, Daiane Lima, Débora Almeida, Juliana Marques, Carla Canova, Diuli Debessitys e Daiane Steglich se reuniram para relembrar os momentos em que eram colegas, em 2002, na Escola Estadual 25 de Julho


10

Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

ESTADO

Para Terra, reforma não terá efeito esperado Na manhã de ontem, o governador Eduardo Leite protocolou sua proposta de reforma Tributária, composta por três projetos de lei, na Assembleia Legislativa gaúcha. Durante a tarde, em entrevista ao Grupo JM, o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), avaliou a ação do governo estadual e afirmou que, em sua opinião, não deverá alcançar o objetivo desejado. “Dei uma olhada rápida nas propostas, não me aprofundei e não cheguei a debater o assunto, mas acho que é uma tentativa de recuperar as finanças do Estado que vem muito tarde. O fato de ter imposto essa quebradeira geral, esse lockdown totalmente sem sentido, e que não teve impacto nenhum na epidemia, essa perda de empregos, empobrecimento da população, já agravou muito a situação do Estado, que já não conseguia pagar em dia a folha antes, agora muito menos, apesar dos recursos repassados pelo governo federal, e que foram muitos, Segundo ele, não entendeu por que não foi feita uma avaliação preliminar do impacto de lockdown e do modelo de distanciamento controlado na economia do Estado e sobre o combate à pandemia. “Se evitou mortes ou não, que, em minha opinião, não evitou nenhuma, não reduziu um doente, antes de chegar a esse ponto. Acho que terá dificuldades em aprovar, que na prática é aumento de impostos sim, e o Rio Grande do Sul vai ficar

Osmar Terra muito pior do que estava.” Na análise do deputado, o lockdown não funcionou em nenhum lugar do mundo, citando a marca de 100 mil mortes registrada no País, no último fim de semana, mesmo com a política de quarentena executada pelos governadores em todo o País. "O presidente não pode interferir, estava com as mãos amarradas para tomar decisões, o Supremo colocou a execução da política e as decisões estratégicas nas mãos dos governadores, que pegaram carona no medo." Segundo o parlamentar gaúcho, que foi secretário de Saúde do Rio

Grande de Sul por oito anos, e tem atuação na área há 40 anos, tendo contribuído para implantação do SUS no Estado, essa é a primeira vez na história que pessoas sadias são trancadas em casa e comércios fechados para combate de um vírus. "Conheço esse assunto muito bem, e sei que não tem impacto nenhum na epidemia, os cuidados individuais, pessoas usarem máscaras, lavarem as mãos, guardarem distâncias entre si, higienizando os locais de trabalho, como fizemos no H1N1, em 2009, em que não fechamos lojas e restaurantes", afirma o deputado. Para ele, é urgente que sejam utilizados os protocolos científicos, ampliar a testagem da população, e reabrir o comércio e as escolas. "Pode ver os contaminados de Ijuí, acho que mais de 500 pessoas que tiveram testes positivos, quantos foram contaminados em uma loja? Não tem, não existe. As pessoas estão sendo muito mais contaminadas fora de casa, do que dentro." Questionado sobre os números que o País registra relacionados à covid-19, o deputado reafirmou que não há como fazer isolamento completo da população. "Veja bem, 50% da população tem que trabalhar, porque senão iremos morrer de fome. A não ser que se faça uma supressão, é como se tivéssemos que colocar todas as pessoas em uma nave espacial e mandá-la para perto da lua, para não entrar nada de fora."

Ministra quer ampliar mercado para o leite

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, diz que o governo está tentando abrir novos mercados para escoar a produção leiteira, principalmente o leite em pó, do Brasil."Produzimos quase a mesma coisa que consumimos, não é um problema que temos excesso, mas estamos trabalhando na abertura de novos mercados", disse em live organizada pelo Fórum de Incentivo à Cadeia Leiteira. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e sua equipe também participam do evento. Cristina disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro deu uma atenção especial à cadeia leiteira desde o início da gestão. "O leite desde o início do governo temos dado uma atenção especial, mostrando que preço justo é o produtor conhecer seu custo", disse. Ela afirmou que apesar das dificuldades do setor,

a cadeia tem evoluído e que um dos caminhos é o fortalecimento dos Conseleites, que definem preços do mercado. "Estamos avançando, temos um grupo que se reúne todos os sábados para ver os gargalos e como podemos ajudar", disse. Apesar de estar disposta a ampliar o número de países que compram a produção leiteira do Brasil, a ministra da Agricultura disse que o setor ainda precisa se organizar para ampliar suas vendas externas. Ela também disse que, apesar dos temores dos produtores sobre as importações, o ministério controla a entrada do produto estrangeiro no País. "O ministério fiscaliza as importações diariamente para que a gente não tenha nosso mercado sendo inundado com leite", disse.

Acordo entre Estado e Famurs é oficializado O governador Eduardo Leite oficializou ontem o acordo entre o governo do Estado e a Federação das Associações de Municípios (Famurs) para a gestão compartilhada do modelo de Distanciamento Controlado. O anúncio foi feito durante transmissão ao vivo pelas redes sociais e é resultado dos diálogos promovidos nas últimas semanas com os prefeitos que presidem as associações regionais de municípios. As alterações já são válidas já para a 14ª rodada do modelo, que está

vigente nesta semana. Cada associação regional poderá criar um protocolo. Inicialmente, o governo do Estado defendia que a concordância entre os prefeitos de cada região fosse unânime. Depois de ponderações feitas pelos próprios chefes de Executivo municipais, o Gabinete de Crise determinou que o protocolo mais brando à bandeira de risco poderá ser adotado se tiver maioria absoluta (ou seja, 2/3 dos prefeitos de cada região Covid).

Municípios gaúchos se mantêm sem registros de casos de coronavírus Transcorridos quase cinco meses desde o registro do primeiro caso de coronavírus no Rio Grande do Sul, 25 dos 497 municípios gaúchos se mantinham sem ocorrências de covid-19 até as 15h de ontem, de acordo com o site da Secretaria Estadual da Saúde (SES). O número corresponde a 5% do total. São eles: Aceguá, Alto Alegre, Amaral Ferrador, Arroio do Padre, Cerro Branco, Coqueiro Baixo, Estrela Velha, Garruchos, Ilópolis, Lagoa Bonita do Sul, Lagoa dos Três Cantos, Nova Esperança do Sul, Nova Ramada, Novo Tiradentes, Novo Xingu, Pedras Altas, Pinhal da Serra, Porto Lucena, Porto Vera Cruz, Putinga, Rolador, São José do Inhacorá, Sete de Setembro, Tupanci do Sul e Ubiretama.

Exame detecta doenças psiquiátricas

Anvisa aprova segunda dose de vacina

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desenvolveu um exame de sangue capaz de diagnosticar a esquizofrenia e o transtorno bipolar, duas doenças psiquiátricas com sintomas semelhantes. O exame diferencia os dois transtornos por meio da análise de alterações bioquímicas e moleculares envolvidas em cada uma das doenças.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, ontem, que os voluntários da vacina de Oxford contra a covid-19 recebam a segunda dose, de reforço, da imunização. Segundo o texto, os voluntários que já receberam a primeira dose devem tomar o reforço entre 4 a 6 semanas depois da primeira imunização. A diferença do prazo se deve à necessidade de entrar em contato novamente com o voluntário.

5,62%.

é a nova previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira, neste ano. A estimativa de recuo do PIB está no boletim Focus, de ontem.

Gilmar manda discussão ao plenário O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou para o plenário da corte o julgamento da ação do PTB que visa proibir a reeleição para os comandos do Senado e da Câmara dos Deputados. A decisão do Supremo terá impacto direto na disputa para a presidência das duas Casas Legislativas para o biênio 2021-2022. Agora, cabe ao presidente do tribunal, Dias Toffoli, escolher uma data para análise do caso. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre age abertamente para viabilizar a permanência do cargo.

Acordo de livre comércio automotivo

Pedidos de segurodesemprego recuam

O presidente Jair Bolsonaro promulgou o acordo de livre comércio automotivo assinado com o governo do Paraguai em fevereiro deste ano. Pelo acordo, as peças e os veículos vendidos pelos dois países terão tarifas mínimas ou zeradas, mas o intervalo para o livre comércio variará entre os dois países. Os produtos brasileiros, no entanto, serão taxados em até 2% no Paraguai.

Após disparar o avanço de pedidos de seguro-desemprego perdeu fôlego e atingiu o menor nível desde o início da crise do coronavírus. Em julho, o Estado registrou 32,7 mil solicitações do benefício – voltado a trabalhadores formais demitidos sem justa causa. Trata-se do menor volume desde fevereiro (27,8 mil), quando a pandemia ainda não causava prejuízos para empresas e famílias gaúchas.


11

Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

PREVENÇÃO

Presídios de Ijuí não têm casos de covid-19

Enquanto o Rio Grande do Sul se aproxima de 900 infectados por coronavírus no sistema prisional, os presídios de Ijuí ainda não registraram casos da doença. No entanto, a propagação do vírus serve de alerta e as medidas de proteção seguem rígidas nos estabelecimentos penais para evitar, por exemplo, casos como o da Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas, em que 233 apenados testaram positivo para covid-19. Um dos grandes motivos para a preocupação dos gestores das prisões é a superlotação. Dados recentes divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que a cada três infectados nas cadeias brasileiras, um é servidor. O número se torna preocupante, tendo em vista que o contingente de trabalhadores é menos de 10% do total de pessoas que circulam nas casas prisionais. A diretora da Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí, Darlen Bugs, conta que há um protocolo de entrada ao maior presídio da região: os detentos ficam 14 dias isolados e são testados. “Também há a suspensão das visitas, que não ocorrem desde o dia 22 de março.” Além disso, é feita triagem rotineira de equipes de saúde do Presídio. O Instituto Penal de Ijuí (IPI), que recebe presos dos regimes aberto e semiaberto, tem 125 apenados. Des-

Darlen Bugs, diretora da Penitenciária Modulada

Diego Zimmernmann, administrador do Instituto Penal

tes, 62 realizam trabalhos externos. Conforme o administrador da casa prisional, Diego Zimmermann, a circulação de pessoas é grande no local. “Por isso, adotamos todas as medidas para evitar que o vírus ingresse no sistema. Qualquer pessoa que entra no IPI, seja servidores, advogados e presos, faz a higienização e a sua temperatura corporal é aferida. Casos positivos não entram no estabelecimento. Também fizemos uma boa conscientização dos presos”, revela. De acordo com o administrador, sempre que há contato entre servidor e apenado, é usado máscara. Também ocorrem higienizações constantes de celas e galerias. Já os apenados que saem para o

trabalho externo, ficam em celas diferentes dos demais que estão recolhidos. Tudo que entra na casa prisional é higienizado. Um dos maiores fatores de preocupação é a superlotação. As celas projetadas para receber seis presos, hoje, recolhem, em média, 10 detentos. Mesmo assim, há uma espécie de local separado para apenados que possam ter sintomas de coronavírus, que ficam isolados e são monitorados por, pelo menos, 14 dias. Há também um dia na semana em que familiares estão autorizados a levar sacolas com materiais de higiene, vestuário e alimentos para os presos. “Tudo passa por higienização”, conclui Zimmermann.

PRF apreende droga em baú de caminhão A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu quase três toneladas de maconha escondidas em uma carga de geradores que era transportada por um caminhão baú, na tarde de domingo, na BR-386, em Carazinho. Durante ação de combate a criminalidade, os policiais abordaram um caminhão Mercedes Benz/1218, emplacado no Paraná, que transitava no sentido Carazinho a Soledade. Ao vistoriarem a carga, os agentes federais encontraram centenas de fardos de maconha escondidos atrás de quatro geradores fotovoltaicos, totalizando 2.790 quilos de droga avaliada em quase R$ 3 milhões. O traficante, de 35 anos e morador de Capitão Leônidas Marques/PR, foi

Diversos fardos de maconha foram localizados em caminhão, na BR-386 preso e encaminhado para registro do flagrante para a Polícia Civil, com a droga e o veículo.

Essa é a maior apreensão de maconha realizada pela PRF este ano no Rio Grande do Sul.

Fruteira é alvo de assaltante em Ijuí

Uma fruteira, localizada na Rua Benjamin Barriquello, no bairro Glória, em Ijuí, foi alvo de um assaltante. O criminoso adentrou no local por volta das 10h de domingo. De máscara e boné, ele apontou o que seria uma arma para a aten-

dente que estava no caixa, pedindo por dinheiro. Em ação, que não durou mais de três minutos, o homem levou R$ 300. Ao sair do estabelecimento comercial, o criminoso ameaçou que iria voltar ao local, caso a vítima

chamasse a polícia. Após fugir para rumo desconhecido, o homem foi procurado pela Brigada Militar, que não o localizou. Câmeras de monitoramento flagraram toda a ação e serão disponibilizadas para a investigação da Polícia Civil.

Mergulhadores localizam corpo em rio de Panambi Bombeiros localizaram na manhã de ontem o corpo do homem que estava desaparecido no Rio Caxambu, desde o sábado. A localização ocorreu por volta das 10h30, pela equipe de mergulhadores de Santa Maria, no mesmo local onde ele havia desaparecido, na localidade de Passo dos Rochas, interior de Panambi. A vítima é Michael Kich, 35 anos, conhecido como Espinho. Conforme os bombeiros, ele desapareceu, após tentar atravessar o rio a nado, enquanto estava com amigos, por volta das 17h15. O Corpo de Bombeiros iniciou as buscas no mesmo dia até que, no domingo, acionou a equipe de mergulhadores do 4° Batalhão de

Bombeiros Militar de Santa Maria. O corpo foi trazido ao Instituto Médico-Legal de Ijuí para exames de necropsia. Michael deixa uma filha de 16 anos.

Michael Kich

Caminhão carregado com soja se envolve em acidente Um problema mecânico causou um acidente de trânsito no final da manhã de ontem, em Ijuí. Um caminhão carregado com soja acabou atravessando a pista, em frente à empresa Seiva Pura.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atendeu a ocorrência, não houve o registro de ferido. O trânsito ficou em meia pista até a retirada do veículo do local.

Homem é preso por tráfico de drogas no Modelo Na tarde de sábado, a Brigada Militar recebeu informações sobre a prática de tráfico de entorpecentes, que estaria sendo realizada por dois indivíduos na Rua Taumaturgo Lopes da Rosa, no bairro Modelo, e deslocou uma guarnição da Força Tática para fazer a verificação no local informado. Chegando ao local, os policiais avistaram dois indivíduos suspeitos com as características informadas, sendo que, ao perceberem a presença dos policiais, os dois empreenderam fuga. Um dos acusados foi alcançado e abordado, mas, como ele reagiu à abordagem, foi necessário o uso moderado da força para contê-lo. Por fim, ele foi identificado como um homem, 37 anos, natural de Três Passos, com antecedentes policiais por dano, roubo a pedestre e violação de domicílio. Não foi possível abordar o segundo indivíduo, que logrou êxito na fuga. Durante a busca pessoal, foi localizado com ele um aparelho celular, duas porções de cocaína, pesando 9,5 gramas, embaladas e prontas para venda, no bolso da bermuda, e uma balança de precisão. O homem foi encaminhado à Penitenciária Modulada, após ter o flagrante lavrado por tráfico de drogas.

Jovem morre após colisão em Palmeira das Missões Uma colisão frontal, em Palmeira das Missões, envolvendo dois veículos, resultou em uma vítima fatal e quatro feridos. O acidente de trânsito ocorreu no quilômetro 2 da BR-468, quando um Volkswagen Polo, com placas de Palmeira das Missões, e um Chevrolet Monza, emplacado em Rolante, colidiram por volta de 22h, de sábado. Morreu no local do acidente Jaqueline Soares Ribeiro, 21 anos, carona do Monza. Além dela, estavam no veículo João Paulo Vargas Pedroso da Cruz, 36 anos, e Susana Soares Ribeiro, 34 anos. A tripulante do veículo Monza, Susana Soares Ribeiro, foi transferida ainda na noite do sábado para Passo Fundo com politraumatismo. O veículo Polo era conduzido por Luciano Fernandes de Cristo, 39 anos, que ainda tinha como carona, Lazaro da Conceição Martins, 23 anos, sendo que este último também foi transferido de hospital com traumatismo cranioencefálico. O condutor do Polo recusou-se a fazer o teste do etilômetro, segundo informações da PRF.


12

Jornal da Manhã

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

Esportes

LIBERAÇÃO DE TESTES I

LIBERAÇÃO DE TESTES II

Os resultados positivos no elenco do Goiás às vésperas do duelo contra o São Paulo no último domingo no Estádio Hailé Pinheiro em Goiânia geraram contornos no Campeonato Brasileiro. O médico da CBF, Jorge Pagura, revelou que a Confederação irá tirar a obrigatoriedade de que os exames sejam realizados no mesmo local.

A declaração foi dada depois do anúncio de que o Corinthians deixaria de realizar os testes de Covid-19 pelo Hospital Albert Einstein. A diretoria do clube paulista afirmou que vai seguir com a realização de exames em seus jogadores, comissão técnica e demais funcionários. Eles serão feitos em um laboratório de confiança do clube.

Futebol Tá Na Mesa beneficia entidades e sorteia prêmios A ação social Futebol Tá Na Mesa, Seja um Doador Campeão foi concluida domingo à noite no Serviço Social do Comércio de Ijuí. Durante a live e o show do cantor sertanejo Thiago e da cantora gaúcha Mariana Marques, foram sorteados cinco prêmios, entre eles camisetas do atacante Everton, do Grêmio e do meia D'Alessandro, do Internacional, ambas autografadas. Milhares de pessoas através do facebook Sesc RS acompanharam o encerramento da campanha que arrecadou 31.600kg de alimentos que serão destinados às instituições cadastradas no Programa Mesa Brasil Sesc. Apoiada pelo Grupo Jornal da Manhã, a ação foi promovida pelo Instituto Dunga de Desenvolvimento do Cidadão, Seleção do Bem 8, Mesa Brasil, Fecomércio-RS e Sesc/Senac.O ijuiense Dunga, capitão do Tetra e ex-técnico da Seleção Brasileira e um dos idealizadores da Seleção do Bem 8 esteve presente no Sesc, juntamente com os integrantes Lauro Pacheco, Fabiano Cerolli e Eden Bello. "Temos uma parceria muito forte com os produtores da Ceasa e da Ágas e neste momento de pandemia, aumentou muito a demanda por alimentos. Me reuni com os amigos e chegamos a conclusão de que precisávamos fazer algo.Falar o que está errado, as coisas que não dão certo, tem muita gente. Tínhamos que dar um caminho, mostrar às pessoas como agir, como se comportar e ajudar o próximo. Temos uma parceria há bastante tempo com o Ronaldo, no Sesc, em Ijuí. Atuamos em Porto Alegre, mas queríamos sair para o interior e isso foi possível. Realizamos a primeira ação em Capão da Canoa e fizemos o desafio para a cidade onde nasci", disse Dunga, satisfeito

O Palmeiras conquistou na tarde de sábado a edição de 2020 do Campeonato Paulista. O time dirigido por Vanderlei Luxemburgo superou o arquirrival ao ganhar nos pênaltis por 4 a 3 após empate por 1 a 1 no tempo normal. Luiz Adriano fez o gol do Palmeiras e Jô empatou de pênalti nos acréscimos, e nas cobranças de penalidades, o jovem Patrick de Paula converteu o gol que garantiu o primeiro título estadual do Alviverde desde 2008. Na decisão por pênaltis, Danilo Avelar, Sidcley e Jô converteram para o Corinthians. Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Patrick de Paula converteram para o Palmeiras. Michel Macedo e Cantillo foram parados por Weverton. Apenas Bruno Henrique errou diante de Cássio.

LIGA DOS CAMPEÕES Dunga participou do sorteio dos prêmios no Serviço Social do Comércio. Entidades serão beneficiadas com o envolvimento da comunidade regional. O gerente do Sesc Ronaldo de Moura Soares salientou que foi um dos maiores eventos já realizados pelo Serviço Social do Comércio em Ijuí. "Agradeço as pessoas que doaram os alimentos que serão destinados a todas aquelas entidades cadastradas no Programa

Mesa Brasil, do Sesc. São mais de sete mil e duzentas pessoas na região, sendo três mil atendidas em Ijuí. Num momento de pandemia, conseguimos um número tão expressivo de alimentos", lembrou Ronaldo. Ele confirmou que serão realizadas novas parcerias com o Instituto Dunga de Desenvolvimento do Cidadão.

Premiação Chuteira autografada do goleiro Danilo Fernandes(Internacional)-ganhador: Saboreal Cereais de Ajuricaba Chuteira e e luva do goleiro Marcelo Lomba(Inter)-ganhador: Coperametista de Ametista do Sul Camiseta do goleiro Paulo Victor(Grêmio)-ganhador: Master 35 de

Ijuí. Camiseta do meia D'Alessandro( Inter)autografada pelo elenco: ganhador Bola Chopp de Ijuí Camiseta do atacante Everton Cebolinha(Grêmio)- autografada pelo jogador- ganhador: Imed Radiologia de Ijuí

Volante Germano começa a treinar com o grupo O volante Germano, 26 anos, foi a novidade no treino do São Luiz ontem. O atleta que disputou o Gauchão deste ano pelo Aimoré de São Leopoldo foi anunciado sábado como mais um reforço do Rubro para a competição nacional. Com passagens pelo Hercílio Luz, Glória, Pelotas, Barra/SC, Lajeadense, entre outros clubes, Germano falou sobre a motivação neste novo desafio. "O que me motivou a vir para o São Luiz é saber que vamos disputar um Campeonato Brasileiro e que temos totais condições de brigar em igualdade com os outros clubes. Temos um grupo forte e de qualidade, vamos encarar essa competição e buscar a classificação” conta. O atleta também comentou suas expectativas para a Série D. “São as melhores, sei da grandiosidade que é o São Luiz, um clube de tradição, respeitado, tenho muita esperança de fazer um excelente campeonato e que possamos colher os frutos do nosso trabalho

PALMEIRAS CAMPEÃO

e conseguirmos os objetivos do clube", conta. O elenco do São Luiz trabalhou em dois turnos ontem em preparação ao Campeonato Brasileiro, Série D, cuja estreia será dia 20 de setembro em Tubarão, Santa Catarina diante do Tubarão. Sábado foi realizado um treino técnico no Estádio 19 de Outubro. domingo a atividade foi no turno da manhã.

Ficha Técnica: Nome: Germano Caon Ferreira Idade: 26 anos Naturalidade: Porto Alegre Altura: 1,82m Peso: 78 Kg Último clube: Aimoré Clubes em que atuou: Lajeadense, Glória, Barra/SC, União-FW, Penapolense, Pelotas, Hercílio Luz e Aimoré Conquistas: 2015 - Divisão de Acesso com o Glória 2018 - Divisão de Acesso com o Pelotas

A super fase final da Liga dos Campeões 2019/20 está definida. Os duelos de sábado fecharam o grupo de classificados para as quartas de final, que iniciarão a sequência de jogos únicos a serem disputados em Lisboa, a partir de amanhã. Atalanta, Atlético de Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Lyon, Manchester City, PSG e RB Leipzig são os oito times que seguem na briga pelo título europeu. A tabela dos próximos jogos: amanhã-16h;Atalanta x PSG (Estádio da Luz);quinta-feira- 16h,RB Leipzig x Atlético de Madrid (José Alvalade);sexta-feira-16h;Barcelona x Bayern de Munique (Estádio da Luz); e sábado - 16h, Manchester City x Lyon (José Alvalade). No sábado fechando as oitavas foram disputados estes jogos: Barcelona 3 x 1 Napoli; e Bayern de Munique 4 x 1 Chelsea. As chaves até a decisão estão desenhadas: o vencedor de Barcelona x Bayern de Munique pegará quem sair de Manchester City x Lyon. Do outro lado, quem triunfar em PSG x Atalanta enfrentará o vencedor de RB Leipzig x Atlético de Madrid.

Lucas Dornelles/São Luiz

BAHIA LEVANTA TAÇA

Volante Germano, ex-Aimoré ja treinou com o elenco do São Luiz ontem no 19 de Outubro

O Bahia conquistou sábado o terceiro título seguido do Campeonato Baiano ao vencer nos pênaltis o Atlético de Alagoinhas. Depois do 0 a 0 no jogo de ida, o Tricolor buscou o empate em 1 a 1 no Estádio de Pituaçu, e levou nos pênaltis por 7 a 6. É a 49ª vez que o clube se torna campeão estadual. Com a igualdade no placar, a decisão do título ficou para a disputa de pênaltis. Magno Alves desperdiçou para o Atlético, enquanto Marco Antônio perdeu para o Bahia. De resto, todos acertaram, levando para as alternadas. Até que, na oitava cobrança, o goleiro Douglas foi buscar a batida de Dedeco, conquistando o título para o Tricolor Baiano comandado por Roger Machado, ex-jogador do Grêmio. O treinador estava sendo contestado principalmente depois da perda do título da Copa do Nordeste para o Ceará na semana passada.


Jornal da Manhã

TERÇA E QUARTA-FEIRA, 11 E 12 DE AGOSTO DE 2020

13

DOIS TOQUES

Carlos Alberto Padilha esporte@jornaldamanhaijui.com

INÍCIO - A dupla Gre-Nal largou com vitória no Brasileirão. Assisti na TV nesta primeira rodada, apenas o jogo do Internacional, vitória de 1 a 0, diante do Coritiba. Não vi alguma evolução na equipe de Eduardo Coudet. Thiago Galhardo, de novo, mostrou ser o companheiro ideal de Paolo Guerreiro. Domingo, no jogo do jogo do Grêmio com o Fluminense, estava envolvido na cobertura do encerramento da campanha Futebol Tá na Mesa, Seja um Doador Campeão. Vi apenas os melhores momentos da vitória gremista, gol de Diego Souza. Mesmo sem a intensidade do Gre-Nal, o Grêmio superou o Flu. O artilheiro gremista vive grande fase. Tem marcado gols praticamente em todos os jogos. O senso de colocação de Diego Souza é impressionante. Para um jogador que já foi volante, atuou mais atrás, ele está calando a boca de muita gente, inclusive a minha. QUALIDADE-No momento em que o Grêmio trouxe Thiago Neves, do Cruzeiro e Diego Souza, do Botafogo, escrevi que não era um boa a vinda destes dois jogadores. Acertei quanto ao meia que tem um grande talento para jogar, mas parece que esqueceu seu futebol em algum lugar. Diego Souza ao contrário, é o falso lento. Tem um ótimo senso de colocação, confunde muito a marcação dos zagueiros e finaliza bem. É o jogador mais decisivo do Grêmio neste momento. Quanto à Pepê, têm todas as credenciais para ser um ótimo atacante. É preciso tempo. GAÚCHOS I-O Juventude enfrenta o Sampaio Corrêa hoje, às 19h15, em São Luís no Maranhão, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No sábado o Alviverde iniciou com vitória de 2 a 1, de virada diante do CRB-AL, no Estádio Alfredo Jaconi. O Brasil, após o empate de 0 a 0 diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, atua hoje às 19h15, no Bento Freitas em Pelotas. O adversário é o time da Ponte Preta. GAUCHOS II- O São José-POA começou com vitória o Brasileirão Série C, na tarde de sábado, no CT Hélio Dourado, diante do São Bento-SP. Fez 1 a 0. Rafael Tavares marcou único gol da partida, aos 32 minutos do primeiro tempo. Sábado o enfrenta o Tombense, fora de casa. O Ypiranga do técnico Paulo Henrique Marques foi derrotado por 2 a 1 pelo Brusque em Itajaí, Santa Catarina. O gol da vitória dos catarinenses foi anotado por Thiago Alagoano, ex-São Luiz nos minutos finais.

Dupla começa pensar nos próximos desafios SÉRIE A

Inter apresentou Yuri Alberto

Matheus H. pode voltar o time

Após a vitória diante do Fluminense por 1 a 0, domingo à noite na Arena, gol de Diego Souza aos 44 minutos do primeiro tempo, o Grêmio começa a pensar no próximo jogo no Campeonato Brasileiro. Amanhã às 21h30, a equipe orientada por Renato Portaluppi enfrenta o Ceará no Estádio Castelão em Fortaleza.

O volante Matheus Henrique e o meia Jean Pyerre devem reforçar o Tricolor contra os cearenses. Eles voltaram aos treinos ontem no CT Luiz Carvalho. Ambos não enfrentaram o Flu. Jean teve que resolver um problema particular, enquanto Matheus sentiu um desconforto muscular na coxa

1ª rodada Fortaleza 0 x 2 Athletico-PR Coritiba 0 x 1 Internacional Sport 3 x 2 Ceará Santos 1 x 1 Red Bull Bragantino Flamengo 0 x 1 Atlético-MG Grêmio 1 x 0 Fluminense Botafogo x Bahia-transferido Corinthians x Atlético-GOtransferido Palmeiras x Vasco- transferido Bahia, Corinthians e Palmeiras disputaram finais estaduais Goiás x São Paulo-adiado em razão de que nove atletas do time goiano testaram positivo

para covid-19

esquerda. O Inter depois de vencer o Coritiba por 1 a 0, sábado no Couto Pereira, gol de Paolo Guerrero, projeta a partida da próxima quinta-feira às 19h30 diante do Santos, no Beira-Rio. A novidade pode ser o atacante Yuri Alberto. O jogador foi apresentado ontem após um

imbróglio com seu ex-clube, o Peixe. O Colorado anunciou ontem a contratação do zagueiro Lucas Ribeiro. O jovem de 21 anos, assina contrato por empréstimo do Hoffenheim, da Alemanha,até o final de 2021. O Inter oficializou a negociação na data limite da janela de transferências internacionais.

2ª rodada Amanhã,12.8 Athletico-PR x Goiás-19h15 Bragantino x Botafogo-19h15 Atlético-MG x Corinthians19h15 Bahia x Coritiba-20h30 Atlético-GO x Flamengo-20h30 Ceará x Grêmio-21h30 Fluminense x Palmeiras21h30. Quinta-Feira,13.8 São Paulo x Fortaleza-19h15 Internacional x Santos-19h30 Vasco x Sport-20h

Eduardo destaca o desejo de jogar no São Luiz O atacante Eduardo, 25 anos em entrevista ao Jornal da Manhã disse que era um desejo seu vestir a camisa do São Luiz e o clube em contar com seu futebol. Afirmou que a negociação com o Rubro foi simples. "O gerente de futebol Delmar Blatt entrou em contato comigo para ver como estava a minha situação. Era uma negociação antiga de outras temporadas. Resolvemos e estou aqui para fazer uma ótima campanha e conseguir o acesso com o São Luiz para a Série C do Campeonato Brasileiro".O jogador preferiu não falar sobre as declarações de dirigentes do Inter-SM de que ele tinha um acordo para jogar por aquele clube a Divisão de Acesso e acabou não cumprindo. Sobre suas características, disse que é centroavante, mas muito adaptável. Já fez outras funções, atuou aberto, um pouco mais recuado como segundo atacante. Se adapta conforme a formação que o técnico precisar. É um jogador bem versátil que se dedica muito dentro de campo e espera contribuir no clube, marcando gols. Dedicação

e empenho nunca vão faltar. Eduardo comentou que jogar o Campeonato Brasileiro, Série D será sua segunda experiência nesta competição. Já disputou pelo Luverdense-MT. "Esse ano mudou o formato e está enchendo os olhos de muita gente. Vamos trabalhar para conquistar os nossos objetivos", que possamos juntos comemorar o acesso. Eduardo falou sobre o seu início de carreira e não poderia ser diferente de outras crianças, sonhava em jogar futebol. Atuava na várzea em São Paulo, a extinta Copa Kaiser. Surgiu uma oportunidade de fazer um teste em um clube profissional, o Tanabi, no interior de São Paulo, na 4ª Divisão. Começou ali a trajetória nos gramados. Teve experiências no Gabão, em Portugal, mais recente no Vietãn, no futebol asiático. Não se considera um jogador velho, mas já chega com uma bagagem, pode passar experiências para os atletas mais jovens vindo das divisões de base e que possa transmitir essa experiência para o restante do elenco.

Eduardo disse que o seu melhor momento foi em 2017 no Internacional -SM." Acabamos perdendo o acesso para o próprio São Luiz, fui um dos artilheiros da Divisão de Acesso, destaque da equipe e depois me transferi para o Luverdense-MT e disputei uma Série B do Campeonato Brasileiro, mudando totalmente o meu patamar de atleta, joguei a elite da Divisão Nacional entre os 40 maiores clubes do país. Foi uma boa experiência, o meu ano muito bom. Em 2018 continuei uma sequência boa no próprio Luverdense. Depois no Taubaté também". O centroavante lembrou que alguns torcedores do São Luiz o conhecem por ter atuado contra o clube. Sabem que é um jogador aguerrido, que não desiste de uma jogada, é voluntarioso, que procura ajudar o time com gols e assistências."Vai ser uma honra vestir o manto do São Luiz, poder contribuir com o clube neste ano. Empenho e luta não faltarão. Será uma parceria de muito sucesso", concluiu o jogador.

Atacante Eduardo já atuou por vários clubes do futebol brasileiro


14

Jornal da Manhã

TERÇA E QUARTA-FEIRA, 11 E 12 DE AGOSTO DE 2020

Horóscopo

ESTUDO

Período de incubação de Sars-CoV-2 pode ser maior do que cinco dias A corrida para combater a pandemia de covid-19 não inclui apenas o desenvolvimento de uma vacina. Aliás, para encontrar um imunizante ou tratamento eficaz é fundamental entender a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). E é isso que a ciência vem fazendo desde que os primeiros casos da doença surgiram, no fim de 2019, em Wuhan, na China. Um dos aspectos que os estudiosos estão em busca de entender melhor é o período de incubação — isto é, o tempo entre a infecção e a manifestação de sintomas — da covid-19. As estimativas atuais indicam que isso acontece entre quatro e cinco dias, mas ainda faltam pesquisas para comprovar isso. Em um estudo publicado na última sexta-feira no periódico Science Advances, cientistas chineses apresentaram os achados obtidos em uma análise feita com 1084 pessoas confirmadas com covid-19 que moram ou haviam viajado para Wuhan. Os especialistas calcularam que o período médio de incubação é de 7,75 dias, sendo que 10% dos pacientes demoraram 14 dias para apresentar sinais da doença. Isso seria preocupante porque esse é, atualmente, o período de quarentena considerado seguro para pessoas que podem ter se infectado. Mas os próprios autores ponderam que ainda são necessárias mais pesquisas para investigar essa questão. De qualquer forma, seguir estudando o período de incubação é importante, de acordo com os cientistas chineses, para estabelecer diretrizes mais certeiras e seguras contra a covid-19.

Fina Estampa

Glória procura Guaracy Teodora é obrigada a andar com os seguranças contratados por Griselda. Griselda lembra do beijo em Guaracy. Celina garante que Beatriz ficará com Vitória. Esther pede à caseira de Itaipava que não conte a ninguém sobre sua presença. Paulo recebe os croquis da próxima coleção enviados por Esther. Crô sugere que Baltazar faça um vídeo para divulgar o CD de Solange. Glória procura Guaracy. Beto Junior publica a história de Esther, e todos ficam alarmados. Danielle se apavora com a quantidade de repórteres em seu consultório.

Cachaça (bras.) CO2 resfriado Ser admissível; convir

Objetivo imposto ao vendedor

Acolá Alberto Dines, jornalista

Avaliação anual dos alunos de graduação "Canção do (?)", poema clássico

(?)prefeito, cargo do Executivo

Hábitos do indivíduo excêntrico Cora (?), poetisa goiana Tola (pop.)

(?) de leite: substituem as mães Homem elegante O número par primo Aparato de pesca Língua nativa

Guns N' (?), banda de "November Rain" (?)-5: foi decretado em 13/ 12/1968

Átomo eletrizado Produto da carnaúba Mapa, em francês Jogo de tabuleiro

Órgão que regula a pressão arterial

Ao (?): no momento em que ocorre Tipos de autômatos 3, em romanos Consequência grave da bebedeira

Observei; enxerguei Governo (abrev.)

Sua Alteza Real (abrev.) Tema de novelas Mágico, em inglês Peça elástica do grampeador

Célula-(?): o início da vida (Biol.)

(?) Cruise, ator de "A Múmia" Produtos desgastantes como o saponáceo

BANCO

60

Solução

R O T E I R O S

Carolina faz revelações a Eliza Dorinha tenta convencer Carolina a contar para Eliza sobre a aposta. Cassandra confessa a Adele que se apaixonou por Fabinho. Rafael diz a Lili que Lorena o demitiu da revista. Leila convida Jonatas para morar com ela. Cassandra manda um presente para Fabinho, com uma declaração de amor de Débora. Germano avisa a Fabinho que a linha de produtos criada por ele e Débora será produzida. Carolina conta a Eliza que Arthur a ajudou a ganhar o concurso porque fez uma aposta com a jornalista.

Lago, em francês Violeta (fem.)

T F O I C E L A C R A T I O A D X I LI O A S S AM A S A N D I I O N C A R TE E S T R V I A G I C O V O I V O S

Totalmente Demais

(?) a pagar, setor de empresas

Poliéster, lycra e elastano Altera a velocidade da reação química

E C T E L OE N T A S A P A G A C E E A L I N B O C A E S D R E D E C O R O I D I S A M A M M L A O B R A S

Elvira se despede da companhia de teatro. Domitila pede que Francisco entregue sua carta para Dom Pedro. Domitila se emociona ao reencontrar os filhos. Comandados por Fred Sem Alma, os piratas dominam o navio negreiro, e Cecília e Libério comemoram. Elvira confessa a Hugo que teme perder Quinzinho para Joaquim. Fred ordena que Severino confesse sua sociedade criminosa com Thomas e Sebastião para as autoridades inglesas. Cecília sente ciúmes de Luana com Libério. Hugo garante a Elvira que Licurgo e Germana não terão a taberna de volta. Greta arma contra Wolfgang para roubar o dinheiro do irmão. Licurgo se surpreende ao encontrar Germana encenando uma peça com Hércules.

Francisco Otaviano, poeta e jornalista

I D I O M A

Greta arma contra Wolfgang

© Revistas COQUETEL

Vulcão Harmônica ativo da Bairro Sicília boêmio (ITA) carioca

Possui Bases Símbolos valor paipara a comunis- sagístico realização tas em parques de filmes

M A C M E R V C O B R O T A A N I C T O

Novo Mundo

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

3/íon — lac. 5/carte — enade — magic — roses. 6/parati.

NOVELAS

Análise de casos em Wuhan sugere que o tempo médio entre a infecção pelo novo coronavírus e a manifestação de sintomas de Covid-19 é de 7 dias

Áries Busque perceber as mudanças que precisam ser feitas de forma a tornar o seu trabalho mais envolvente e significativo. Assim a sua atenção segue de forma assertiva. É tempo de se sentir estimulado Touro É provável que você perceba a sua sensibilidade aflorada, e uma forma positiva de viver o momento é observando com toda atenção a natureza de cada sentimento. É tempo de se permitir o autoconhecimento. Gêmeos O dia ganha um tom produtivo, fruto da sensibilidade que está a serviço da elaboração de novos projetos. O importante é deixar que suas intuições façam parte do que planeja. É tempo de unir mente e alma. Câncer O momento pede uma maior flexibilidade para que você possa fluir pelos novos caminhos que chegam, propiciando tanto a sua realização produtiva, quanto a satisfação emocional. É tempo de reinvenção. Leão Caso se perceba mais ansioso, invista em práticas que permitam a restauração da calma. Ao suavizar o estado de espírito inquieto, você preserva a saúde integral. É tempo de conectar com o que lhe faz bem. Virgem O senso crítico é uma ferramenta eficiente para aprimorar aquilo que, no dia a dia, não flui da melhor forma. É tempo de direcionar o olhar para a rotina, investido nos ajustes que se fazem necessários. Libra O dia pede uma maior conexão com o que lhe dá prazer, permitindo a nutrição da mente e da alma de forma a tornar o seu caminhar ainda mais harmônico. É tempo de se dedicar à sua própria satisfação. Escorpião Ao adotar uma postura gentil e afetuosa, você tende a aumentar a qualidade dos seus relacionamentos. Se permita então agora demonstrar seus sentimentos com mais doçura. É tempo de prezar pela harmonia. Sagitário O cumprimento das suas tarefas deve ser vivido com responsabilidade e também alegria, afinal, você sabe bem o valor de viver com bom humor. É tempo de trazer mais leveza e descontração aos seus dias. Capricórnio Para elevar os resultados, busque tornar os seus serviços mais prazerosos, seja promovendo boas mudanças no sistema produtivo, ou se envolvendo com projetos mais interessantes. É tempo de satisfação. Aquário A consistência é um ingrediente fundamental nas grandes realizações, por isso, ainda que a sua mente seja veloz, é preciso manter uma postura concentrada para concretizar as intenções. É tempo de solidez. Peixes Ainda que os sonhos e as fantasias permitam a nutrição da sua alma, é preciso também reconhecer a beleza que reside naquilo que os olhos podem ver. É tempo de se aliar à realidade para poder ir além.


Jornal da Manhã

David Antônio dos Santos

Contador Perito Contábil

EXAME DE SUFICIENCIA DO CFC Para esclarecer as principais dúvidas sobre a primeira edição do Exame de Suficiência de 2020, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) faz alguns esclarecimentos: Que dia será o Exame de Suficiência? 16 de agosto de 2020. A que horas será o Exame de Suficiência? Das 9h30min às 14h, de acordo com o horário oficial de Brasília (DF). Em que formato será realizada a prova? O Exame de Suficiência ocorrerá na modalidade “a distância”. Como a prova será composta? Será uma prova objetiva de múltipla escolha a ser realizada na modalidade on-line. Serão abertas novas inscrições para a primeira edição do Exame de Suficiência 2020? Não. Somente os candidatos já inscritos e com boletos pagos realizarão o Exame de Suficiência 2020. Fiz minha inscrição no início do ano e estou com o boleto pago. Posso desistir de participar da edição do Exame de Suficiência 2020? Como devo proceder? Sim. Os examinandos inscritos que desejarem desistir da edição 1/2020 do Exame de Suficiência, por quaisquer razões, deverão manifestar tal desejo através de link específico disponibilizado no site da Consulplan (www.consulplan.net), entre os dias 16 e 31 de julho de 2020, sendo assegurada a devolução do valor pago a título de inscrição. Por que o CFC optou por fazer o Exame de Suficiência no formato on-line? Considerando a pandemia da Covid-19 e as orientações nacionais e internacionais para o combate e o controle do coronavírus, o CFC concluiu que a prova a distância seria o único meio de os mais de 40 mil candidatos inscritos realizarem a prova com a segurança prevista pelas autoridades de saúde do Brasil e do exterior. Por que eu devo realizar o Exame de Suficiência? Porque o Exame é um dos requisitos para a obtenção de registro profissional em Conselho Regional de Contabilidade (CRC). Que tipo de programas ou softwares o computador precisa ter para o candidato conseguir realizar prova? Conforme o item 5.6, os examinandos deverão realizar o acesso ao ambiente de provas on-line através de computador (desktop ou notebook), com sistema operacional MS (Windows), a partir da versão Windows 7, e acesso à Internet com velocidade mínima de 5 (cinco) Mbps (megabits por segundo). Ainda, para a garantia de melhor desempenho, é preferível que o computador tenha 4GB de memória RAM e processador Intel Core i3, i5 ou i7. O manual com as orientações de acesso será publicado no dia 10 de agosto de 2020, no site da Consulplan.net.

terça e quarta-FeIra, 11 e 12 de agosto de 2020

15

exemplo

Varal solidário beneficia quem precisa de agasalho Ser solidário é compartilhar com o próximo o que temos de melhor. É ajudar a todos em qualquer ocasião sem pedir nada em troca. É aquele que apesar de um dia atarefado, ainda encontra tempo para ajudar. A exemplo disso, a diarista Jusara Herpich tem realizado uma ação social pelo segundo ano consecutivo no bairro Modelo, promovendo o Varal Solidário. “Um dia eu estava sentada com minha neta, Maria Clara, de cinco anos, e ela disse ‘vó, eu tenho bastante roupas lá em casa que não me servem mais, o que podíamos fazer?’ e eu disse ‘vamos estender ali na grade para as crianças levaram’, e foi assim que começamos, eu e ela”, relembrou. Jusara informou que sempre realizou trabalhos para ajudar ao próximo. “Eu sou diarista, então eu chego nos lugares onde vou trabalhar e peço doações para as minhas chefes, e me disponibilizo a fazer a faxina em troca dos itens

O varal solidário segue exposto com diversos itens para quem precisar que irão para o varal.” No ano passado, Jusara expos as doações em frente à sua residên-

cia, e nesse ano, colocou o varal exposto no passeio público. “Já faz duas semanas que eu comecei,

então eu ligo para minhas patroas para verificar se elas têm algo que queiram doar, roupas, calçados, eletrodomésticos, panelas, brinquedos. Agora a moda é realizar brechós, mas por que não doar para aqueles que realmente precisam? Não vamos pensar que isso é tempo perdido. Vamos ajudar, e agradecer por podermos ajudar, isso faz bem tanto para quem recebe quanto para quem doa. Vocês não fazem ideia do quanto é prazeroso ver uma pessoa pegar algo e sair feliz da vida”, relata. Para aqueles que tiverem interesse em ajudar doando qualquer item, pode ir até a residência de Jusara, localizada em frente à creche do bairro Modelo ou ligar para o número 9 9237 2087, que era irá buscar as doações. “É muito importante salientar que nós selecionamos e higienizamos todas as doações antes de colocar no varal. Além disso, agradeço a todos que tem colaborado conosco. Tem muitas pessoas boas no mundo,

Escola desenvolve projeto sustentável com alunos Todas as turmas do Ensino Fundamental II da Escola Osvaldo Aranha estão inseridas no Projeto Interdisciplinar Sustentabilidade: a possibilidade de fazer a diferença. Os alunos do 6° ao 9° ano estão recebendo as aulas pela plataforma classroom, e os professores ficam à disposição, de acordo com o mesmo horário que eram ministradas as aulas presenciais, das 7h30 até às 11h30, para tirar dúvidas e auxiliar na realização das atividades. “O grupo de professores pensou em atividades legais e diversificadas, para que junto dos alunos possam desenvolver práticas que auxiliem no cuidado do planeta”, explica a professora Lori Roso Sartori. Segundo ela, o objetivo do projeto é participar da construção de um futuro sustentável, considerando os aspectos econômicos, ambientais e

sociais, além de desenvolver com as crianças posturas responsáveis. “Buscamos sensibilizar sobre a importância da preservação do meio ambiente, e também demonstrando que reutilizar e reciclar pode trazer inúmeros benefícios, estimulando assim o interesse pela conservação da natureza e também desenvolvendo”. Nesse projeto o aluno participa como protagonista, onde ele pode aplicar na prática o que aprende na aula, como plantios, sugestões de temas, reciclagem e reaproveitamento de resíduos, coleta seletiva, dicas para economizar água e economia de luz elétrica, e assim evitar o desperdício. “Os professores se uniram e a atividade prática neste mês de será a produção textual - conto em tempos de pandemia e sustentabilidade”, adianta Lori.

As aulas estão ocorrendo através da plataforma classroom

Faixas de pedestres recebem manutenção

O novo material tem duração de até quatro anos e é autolimpante

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Obras e Trânsito através da Coordenadoria de Trânsito iniciou a manutenção de faixas de pedestres e outras sinalizações nas vias da cidade. Conforme o secretário da pasta, Jair da Rosa, o material que está sendo utilizado trata-se do elastoplástico, que substitui a tinta e tem uma duração de até quatro anos, além de ser autolimpante. No total

são sete faixas de pedestres que irão receber a nova sinalização. Já receberem a nova sinalização a faixa elevada da Rua Floriano Peixoto, em frente ao Ceap, e a faixa em frente ao Hospital de Caridade de Ijuí. Para além do trabalho nas faixas de pedestres, conforme o coordenador de Trânsito, Gilberto Tadeu, diversos símbolos de acessibilidade serão feitos em mais de dez locais da cidade.


www.clicjm.com

NOVO JEITO DE FORMAR

AÇÃO SOCIAL BENEFICIA COMUNIDADE Diarista, Jusara Herpich realiza Varal Solidário, no bairro Modelo. | 15

FENADI SERÁ NO FORMATO TALK SHOW Evento acontece de 12 a 19 de outubro, com shows e resgates históricos. |9

TCE-RS ATUA EM PROL DO MEIO AMBIENTE Tribunal instituiu Comissão de Sustentabilidade para intensificar ações. |4

"O País precisa de uma reforma Tributária que simplifique o sistema e promova justiça social." Leia no editorial na página 6

RISCO MÁXIMO O governo do Estado manteve nove regiões em vermelho, no mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado. Inicialmente, eram 12 regiões com alto risco epidemiológico. Ijuí segue em bandeira laranja, com risco médio |5

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as festas de formatura e colações de grau coletivas foram canceladas. Por isso, de uma maneira histórica, na Unijuí as formaturas estão acontecendo de forma on-line. | 8

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - Terça-feira -11e12.8.2020  

Jornal da Manhã - Terça-feira -11e12.8.2020  

Profile for clicjm
Advertisement