Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Sexta-feira, 5 de julho de 2019

Ano 46 - Nº 46

R$ 3,00

Recessão impulsiona formalização de MEIs

Sala do Empreendedor registra 25 aberturas de microempresas por dia, em média, no município. | 3

JUSTIÇA RESTAURATIVA

Encontro com representantes de escolas particulares aconteceu ontem, no Ceap, para debater a justiça restaurativa no âmbito escolar | 7

Vereador Mutly afirma que gostaria de ser oposição Edil do PDT salientou que gostaria de ver como seria a gestão daqueles que apenas criticam o Executivo municipal | 9

Ação solidária beneficia acolhidos Voluntária se dedica ao Lar Bom Abrigo, semanalmente, reformando roupas e confeccionando itens para as crianças | 15

Comissão aprova texto-base da Previdência Por 36 votos a 13, deputados da Comissão aprovaram, na tarde de ontem, relatório enviado quarta-feira para a Câmara. | 8


2

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2019

Radar

CURSO GRATUITO- O Centro Virtual de Formação (CVF), plataforma da Secretaria da Educação (Seduc), oferece cursos online nas áreas de comunicação e tecnologia para professores, estudantes e comunidade escolar. As oportunidades são as seguintes: Rádio Escolar, Edição de Imagem, Vídeos, Informativo Escolar, ABC da Informática e Projeto de Vida. A rede pública estadual de ensino conta hoje com mais de 60 mil professores e 900 mil alunos. Na educação continuada para os profissionais do ensino, mais de 300 mil professores já passaram pelo CVF. Estudantes e comunidade também podem realizar os cursos e oficinas, que são gratuitos, e geram certificados. NATURISMO - A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo aprovou o Projeto de Lei da Câmara que regulamenta em todo o país a prática do naturismo, também conhecida como nudismo. Sem regulamentação oficial, a prática já é realizada em algumas praias do litoral brasileiro e poderá receber regulamentações e aprovação oficial por meio da lei. As atividades "ao ar livre em que é utilizado o nudismo como forma de desenvolvimento da saúde física e mental, por meio da plena integração com a natureza" realizadas dentro de locais destinados aos adeptos do naturismo, que devem ser demarcadas com placas e sinais de aviso, não constitui ilícito penal. AVIAÇÃO REGIONAL - O Rio Grande do Sul deverá ter voos ligando Porto Alegre aos municípios de Rio Grande, Bagé, Santana do Livramento, São Borja, Santa Rosa e Passo Fundo. As opções – em fase de conclusão – são resultado de dois decretos assinados pelo governador Eduardo Leite, que alteram o Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS) e possibilitam ao Estado o aumento do número de rotas comerciais regionais. Com as medidas, as formas de operação das companhias aéreas serão flexibilizadas e a alíquota sobre o combustível dos aviões será reduzida.

INDICADORES Poupança 4.7.2019 ................... 0,39 % Ouro 4.7.2019 ............... R$ 176,01 (gr) Dolar Comercial.................... R$ 3,7993 Dolar turismo ....................... R$ 3,9500 Euro ..................................... R$ 4,2900 IPC/FIPE maio /2019 .................-0,02% INPC maio/2018......................+0,15% IGPM maio /2019 ....................... 0,45% IPCA maio /2019 ........................ 0,13% TR junho/2019 ..........................+0,0% SELIC junho/2019 .....................+6,5%

LOTERIAS

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

1º - 6.887 2º - 2.475 3º - 3.170 4º - 0.268 5º - 0.040

Vazamento, buracos e precariedade. Estes são alguns dos problemas encontrados na Rua Dona Leopoldina, no bairro Assis Brasil. A comunidade, que já solicitou melhorias nesta via, ainda aguarda o atendimento da demanda por parte do poder público.

QUINA

CONCURSO nº

5011

08 14 26 45 61 ENTRE ASPAS "Não é bom ameaçar quebras de patente. O país jamais deveria fazer isso. Temos de zelar pela inventividade e pelo tempo gasto no balcão de pesquisa e no balcão dos nossos pesquisadores". Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta “Mesmo sem o corte orçamentário, os ajustes nos questionários seriam feitos. A gente precisa olhar para frente. Os ajustes do questionário visaram a qualidade e a cobertura. Sete minutos para quatro minutos faz diferença, sim, em um universo de 70 milhões de domicílio.” Presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra "Quando melhora o resultado das cooperativas, o dinheiro é investido no município. O governo federal precisa ter um olhar mais atento ao acesso do sinal de internet para a população rural . Além disso, apesar de nossos jovens quererem continuar no campo, a internet é um importante atrativo para que eles permaneçam lá." Presidente da Ocergs, Vergílio Perius

GETÚLIO

MEGA SENA Resultados de quarta

PROUNI- A proporção de bolsas integrais do ProUni (Programa Universidade Para Todos), direcionadas aos alunos mais pobres vem caindo desde 2015, enquanto avança a oferta de subsídios para cursos de EAD (educação a distância), em geral de menor qualidade. Além disso, as vagas EAD passaram a dominar a modalidade de bolsas integrais. Alterações no perfil de bolsas têm ocorrido pelo menos desde 2016 . Na prática, estudantes de baixa renda têm tido menos opções. Criado em 2005, o ProUni teve, até 2015, em média 69% das bolsas na modalidade integral. Esses benefícios são voltados para estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo.

OLHO DA RUA

.

VIOLÊNCIA ESCOLAR - A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou um projeto de lei que quer acrescentar a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica. O projeto seguirá agora para a Câmara dos Deputados, caso não haja recurso para análise em plenário. Na justificativa do texto, o parlamentar afirma que a violência contra a mulher representa uma epidemia digna de preocupação e que a inclusão do tema nas aulas ampliará o interesse de professores no assunto.

CONCURSO nº

2165

05 37 43 49 54 56 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1835

01 04 06 07 11 13 14 15 16 18 20 21 22 23 24

PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

9° Tempo ensolarado, com geada ao amanhecer. Noite de céu limpo.

MIN.

SÁBADO

MÁX.

11° Tempo ensolarado, com geada ao amanhecer. Noite de céu limpo.

MIN.

-3°

DOMINGO

MÁX. Tempo ensolarado, com geada ao amanhecer. Noite de céu limpo.

13° MIN.

-1°

Fonte: Climatempo


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

3

EMPREENDEDORISMO

Recessão impulsiona busca pela formalização O Brasil atravessa uma forte crise econômica desde 2015. A recessão fez o mercado encolher, assim como as possibilidades de emprego. Por essa razão, dados do IBGE, de abril deste ano, indicam que há cerca de 13,4 milhões de brasileiros desempregados e 4,8 milhões desistiram de procurar emprego. Tentando nadar contra essa corrente, muitas pessoas passaram a recorrer ao MEI (sigla para Microempreendedor Individual) e, dessa forma, abrir seu micro negócio e driblar a crise de alguma maneira. Em Ijuí, o cenário é de crescimento no setor, considerando que os MEIs são responsáveis pela injeção de R$ 100 milhões na economia local, por ano. Coordenador da Sala do Empreendedor, Maurício Hanzel, afirma que as pessoas estão cada vez mais buscando a formalização

de seus negócios, diante do quadro econômico. Segundo ele, são formalizados 25 novos MEIs, em média, diariamente. Esse número considera somente aqueles feitos por meio da Sala do Empreendedor, uma vez que a abertura de empresas, nesta modalidade, pode ser realizada também em escritórios especializados, e em casa, via internet. Para abertura de empresa via Sala do Empreendedor, os futuros MEIs precisam participar de uma palestra ministrada por equipe do Sebrae, onde recebem informações sobre legislação, benefícios, direitos e deveres. "Para que as pessoas tenham conhecimento do que se trata, porque estão abrindo uma empresa", pontua Hanzel. A inscrição para a palestra é feita na Sala do Empreendedor, e é preciso apresentar carteira de identidade, CPF, título de eleitor, e-mail e comprovante de endereço.

Depois, é a vez de procurar a Sala do Empreendedor, onde é gerado o cadastro de pessoa jurídica. Nesta etapa, são necessários cerca de 30 minutos, para geração do CNPJ. No início deste ano, a Receita Federal realizou a baixa de cerca de mil MEIs cadastrados no município. Hanzel aponta a falta de pagamento da taxa mensal, como o principal motivo. "Todos os anos é preciso fazer uma declaração anual, do movimento bruto, de até R$ 81 mil por ano. Mas, tem muita gente que abre o MEI, trabalha por alguns meses, e se não dá certo, desiste e deixa de pagar a taxa mensal, de R$ 55, acreditando que a baixa será automática depois de um tempo, e se tornam inadimplentes", explica. Depois de um período - de 3 a 4 anos -, a Receita Federal realiza triagem e dá baixa naqueles MEIs inadimplentes, que então ficam em dívida ativa com a União.

Caduca MP da contribuição sindical A Medida Provisória 873/2019 não foi votada pelas duas Casas do Congresso Nacional e teve seu prazo de validade expirado na última sexta-feira. Publicada em 1º de março, a medida reforça as mudanças já determinadas pela reforma Trabalhista - Lei 13.467, de 2017 -, no âmbito da contribuição sindical. O texto impedia o desconto em folha salarial da contribuição sindical, que passaria a ser feita via boleto bancário encaminhado à residência do empregado ou à sede da empresa. Também estabelecia que a contribuição seria paga apenas pelos trabalhadores que tivessem expressado seu consentimento individualmente. Desde que a reforma Traba-

lhista entrou em vigor, em 2017, a contribuição sindical deixou de ser obrigatória e os trabalhadores precisam manifestar a vontade de contribuir para o sindicato da categoria. As empresas, no entanto, ainda podiam descontar o pagamento direto da folha salarial. Antes da reforma, a contribuição, equivalente a um dia de trabalho, era obrigatoriamente descontada do salário todos os anos na folha do mês de março.Alei de 2017 determinou, então, que o desconto só poderia acontecer mediante autorização prévia e expressa do empregado. "A contribuição sindical caiu, porque infelizmente o Supremo modulou para dizer que era legal incluir na lei, e entendeu ser necessário extinguir a obrigação da

contribuição sindical, de março, mas a contribuição negocial, que está dentro do dissídio coletivo, está em pleno vigor", comenta o presidente da 23ª Secção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Carlos Vasconcelos. O governo alegou que, ainda assim, houve centenas de decisões judiciais permitindo o desconto sem a autorização prévia e individual do trabalhador. Daí a necessidade de edição da MP. O texto, que recebeu 513 emendas, causou polêmica desde que começou a tramitar no Legislativo. Os críticos alegaram que a proposta era uma ingerência na autonomia dos sindicatos, ferindo o artigo 8º da Constituição, que trata da associação sindical e profissional.

Federasul avalia as privatizações no Estado Os impactos da privatização no Estado foi um dos temas abordados durante a reunião do Conselho de Assuntos Legislativos da Fecomércio-RS ontem. O coordenador do Conselho,Ademir da Costa, avaliou com o grupo a aprovação desta semana para a venda da CEEE, CRM e Sulgas. Integrante da Assessoria Parlamentar da Fecomércio-RS,Adriano Beuren fez uma apresentação sobre a medida aprovada esta semana e o reflexo no regime de recuperação fiscal do Estado. Conforme Beuren,

todos os requisitos solicitados pelo governo federal foram atendidos pelo Estado, sendo sete itens exigidos. Os requisitos são a autorização para privatização de empresas do setor financeiro, energia, saneamento e outras; alteração das regras de pensão (aprovada em 2015); redução de incentivos fiscais; lei de responsabilidade fiscal (aprovada em 2016); instituição de regime de previdência complementar; proibição de saques em contas de depósitos judiciais; e autorização para realizar leilões de pagamento.

A nova previdência foi a apresentação da economista-chefe da Fecomércio-RS, Patrícia Palermo. Ela afirmou que está sendo redesenhada grande parte das relações que temos com a previdência no país. Ela mostrou que o déficit para este ano será de R$ 294,9 bilhões. Pelo parecer apresentado pelo relator, as medidas terão impacto de R$ 1,071 trilhão em dez anos. “No formato aprovado, a proposta traz avanços. Ela consolida a reoneração da contribuição previdenciária de exportadores, entre outros.

Coordenador da Sala do Empreendedor, Maurício Hanzel encaminha formalização de microempreendedores individuais, no município

O coordenador orienta os MEIs que se encontram nesta situação em Ijuí, a procurar a Sala do Empreendedor para negociação de dívida, e destaca que o trabalho realizado pelo serviço já conseguiu reduzir em 67% o número de inadimplentes. Ijuí conta com cerca de 3,8 mil MEIs. Para abertura de empresa nesta modalidade, o interessado não pode ser sócio em outras empresas ou ter tido uma empresa e não ter dado baixa. Hanzel

salienta ainda que a inscrição do nome em serviços de proteção do crédito como SPC, Serasa e Cadin, não impedem a formalização do negócio via MEI.

Em Ijuí, Sala do Empreendedor realiza abertura de 25 novos MEIS, em média, diariamente.

Reformas são opção para retomada do crescimento Há três vertentes fundamentais para enfrentar as dificuldades de crescimento que o País enfrenta. Entretanto, duas delas são vistas como inviáveis para o Brasil, hoje. Uma delas, o aumento de impostos, já foi utilizada na década de 90, e ainda que tenha contribuído com a economia, a sociedade hoje não suportaria o aumento da carga tributária, já em níveis assustadores, principalmente, se o Estado não usa esses impostos em benefício de toda a Nação. A segunda, seria a emissão de moeda, gerando uma hiperinflação. "O que já fizemos em um passado não muito distante. Ora, uma hiperinflação desestrutura completamente a economia e ninguém mais aceita isso, e nós conhecemos a história brasileira de como isso funcionou e o que provocou", explica o economista Argemiro Brum. A terceira opção, e esta sim a mais viável ao País, neste momento, é a realização dos ajustes estruturais, que tanto se discute. "E parece que, também neste caminho essencial, a sociedade resiste. Não quer fazer adequadamente, há muita discussão, e as coisas vão indo, o ano vai passando, e para mim, 2019 já está perdido, economicamente, não vem mais nenhuma solução a contento que possa nos ajudar a solucionar

Argemiro Brum

esse problema de crescimento. E se não cuidarmos, já estaremos comprometendo 2020. Ou seja, há anos que estamos patinando nisso, deixando para depois, não conseguindo fazer. Já sabíamos dessa necessidade em 2010, passados 10 anos, nada praticamente foi feito", frisa Brum. Segundo ele, ninguém quer pagar a conta do estrago feito na economia, enquanto a situação piora. "Se não mudarmos isso, não haverá crescimento sustentável na economia, não saíremos desse crescimento pífio."


4

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

HCI

Atrasos do IPE Saúde seguem e chegam a R$ 6 mi A passagem do deputado federal Darcísio Perondi, do MDB, por Ijuí, no final de semana, foi positiva para a direção do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). O parlamentar anunciou o repasse de mais R$ 4 milhões à instituição, que permitirá, também, a construção de espaços para abrigar a nova ressonância magnética e o novo angiógrafo. “Precisávamos de recursos para terminar mais um pouco do prédio do 5º bloco, onde está o Instituto do Coração (Incor). Estas obras vêm para qualificar nosso atendimento, já que estamos recebendo equipamentos de ponta, que vão trazer novas rotinas de atendimento ao hospital. É um momento difícil e essa emenda de custeio veio em boa hora”, destacou o presidente do HCI, Cláudio Matte Martins. Apesar das dificuldades, como lembra o presidente, o HCI nunca deixou de investir e de buscar parceiros para novos projetos – caso do deputado federal, que já

havia conquistado recursos para a compra dos dois equipamentos. “Recentemente, recebemos a diretoria do Rotary, que está pensando em novos projetos, e isso tudo nos motiva”, destaca, lembrando que a ampliação do Centro de Alta Complexidade em Oncologia já uma realidade, graças a recursos buscados na comunidade. Questionado sobre os repasses realizados pelo governo do Estado, Cláudio disse que a Secretaria Estadual de Saúde está tentando colocar em dia os atrasados. “Eles sempre atrasam um pouco, mas a verba que vem do Ministério da Saúde está sendo repassada pelo governo do Estado. Nosso grande problema hoje é o IPE Saúde”, ressaltou, destacando que a dívida mensal não baixa de R$ 5 ou R$ 6 milhões. “Essa é uma situação ainda mais difícil, porque estamos falando de um plano de saúde, que tem vários usuários na cidade e que buscamos atender da melhor

Cláudio Matte Martins

forma possível. E fazemos. Ainda não foi designado um presidente ao IPE Saúde e, portanto, não conseguimos ter uma discussão mais aprofundada sobre o tema”, explicou.

Cães morrem com suspeita de envenenamento Os moradores dos Bairros Thomé de Souza e Alvorada estão em estado de alerta após a morte de animais. A suspeita é a de que os cães tenham sido envenenados. Segundo os moradores os animais foram encontrados mortos, sem ferimentos aparentes, o que sugere que as mortes foram causadas por veneno. Em entrevista ao Grupo JM, o veterinário Adalberto Wrintz, explica que os primeiros sintomas para o diagnóstico de envenenamento do animal são, tontura, descoordenação, vômito, e respiração ofegante. Wrintz ressalta que minutos

perdidos tentando automedicar o animal em casa são cruciais para o bem-estar dele, pois, às vezes, devido à demora, os animais já chegam na clínica veterinária em estado de choque, e não há mais o que fazer para salvá-lo. Segundo o veterinário, o veneno geralmente utilizado é a estricnina, que há muito tempo tem venda proibida em todos os estabelecimentos. Wrintz fala ainda que é possível socorrer o animalzinho após a constatação do envenenamento, pois, existem fármacos especialistas em formar vômito. Então,

o procedimento correto é levar o animal imediatamente até uma clínica para que o veterinário possa fazer uma avaliação, após, é feita a medicação para provocar vômito no paciente, e em seguida é dado carvão vegetal para o animal, que é um sequestrante de toxina, que engloba a toxina e elimina nas fezes, não permitindo que vá para à corrente circulatória. “Quanto mais você deixar o seu animalzinho exposto, a chance para o azar é muito grande. Então deixe-o longe da cerca, não o deixe andar pela rua, pois, isso poderá ser fatal para ele”, diz.

Unijuí aplica no domingo a prova do Vestibular A Unijuí recebe, no domingo, os candidatos ao Vestibular de Inverno. A prova será aplicada na Sede Acadêmica, das 8h30 às 12h30, e os familiares serão recebidos no restaurante. "Estamos em um momento movimentado para a Comissão de Vestibular, com a realização de dois processos seletivos paralelos. Neste domingo, temos o Vestibular de Inverno, que conta com a oferta de vagas complementares para mais de 40 cursos de graduação, nos nossos quatro campi: Ijuí, Santa Rosa, Três Passos e Panambi. Também contamos com novas vagas para os cursos de Direito (noturno), Medicina Veterinária (integral) e Agronomia (noturno)", destacou a vice-reitora de Graduação da Universidade, Cristina Pozzobon. De acordo com Cristina, dada a crise que ainda assola o País e o Estado, o número de inscritos atingiu as expectativas da Universidade. "Tivemos um menor número de inscritos, mas ficou dentro do que estávamos esperando", destacou a vice-reitora, lembrando que o curso mais procurado, nesta edição, foi o de Direito noturno. Até este domingo, seguem as

inscrições para o curso de Medicina, por meio do portal unijui. edu.br. Para o segundo semestre, são ofertadas 20 vagas, sendo que, destas, sete são via Programa Universidade para Todos (ProUni): seis correspondem a bolsas integrais (100%) e uma parcial (50%). "Acredito que vamos chegar à marca de 30 candidatos por vaga", reforçou Cristina, lembrando que a prova será aplicada no domingo, dia 14, no turno da tarde - facilitando o deslocando de candidatos de outros municípios para Ijuí. O vestibular acontece das 13h às 17h. Os candidatos serão avaliados pela nota obtida na prova do Vestibular e pela nota global do Enem, do ano de 2016, 2017 ou 2018, ou seja, será realizada uma média dessas duas notas para determinar a classificação final. Além disso, candidatos que cursaram todo o Ensino Médio em escolas – públicas ou particulares – de cinco Coredes da região Noroeste (Noroeste Colonial, Fronteira Noroeste, Missões, Celeiro e Alto Jacuí) terão cinco pontos somados à média final do processo seletivo.

Candidatos ao Conselho estão em etapa de campanha As eleições para o Conselho Tutelar de Ijuí chegaram à fase final e os candidatos poderão nos próximos dias iniciar a fase de campanha para concorrer a uma das cinco vagas de conselheiro. A informação foi confirmada pelo presidente da comissão eleitoral, Leandro Correa, em entrevista ao Grupo JM. Se inscreveram para participar do processo eleitoral 32 candidatos, mas após os processos de seleção das documentações, provas objetivas, descritivas e testes psicológicos, foram selecionados oito candidatos, que poderão realizar campanha para as eleições. "Ontem a comissão esteve reunida para definir os locais de votação, que precisam ser repassados à Justiça Eleitoral. Também ficou definido que será feita uma reunião com os candidatos para discutir a forma de fazer a campanha a propaganda, mesmo que no edital conste um item do que pode ou não ser feito. Mas é importante termos uma conversa, para que todos tenham a mesma condição de propaganda e não seja injusto para um ou para outro", ressaltou. As eleições do Conselho Tutelar de Ijuí ocorrem no dia 6

de outubro. Podem votar todas as pessoas que possuem título eleitoral. Os locais de votação ainda serão informados. O eleito irá receber remuneração mensal de R$ 3 a R$ 4 mil . Os candidatos aptos são: Kelly Daiane de Almeida, Juliana Tolfo da Rosa, Gilmar de Jesus Gonçalves de Paula, Roselaine da Silva Nogueira, Carla Raquel Nascimento da Rosa, Tatiele da Silva Trindade, Luciano de Souza Rangel e Michele Cristiane da Cruz Deckmann Vieira.

Leandro Correa


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

5

ABUSO DE AUTORIDADE

Para juíza, PL pune e amordaça magistrados O Plenário do Senado aprovou, no final de junho, o projeto de lei da Câmara (PLC) nº 27/2017. No decorrer de toda a tramitação nas Casas Legislativas, o que era originalmente uma proposta voltada ao combate à corrupção foi alterada. Entre as mudanças, houve a inclusão de artigo que revisa os crimes de abuso de autoridade, estabelecendo punições para juízes e membros do Ministério Público. O PLC retorna agora para apreciação da Câmara dos Deputados. Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 4ª Região (Amatra 4), juíza do trabalho, Carolina Gralha vê o projeto com preocupação. Para ela, a medida torna perigosa a atuação do magistrado e do Ministério Público, em relação à liberdade e independência judicial. "É uma grande surpresa para nós, do quanto se transformou. O PLC 27 vem com aquele título das 10 medidas contra a corrupção, de iniciativa popular, de uma grande mobilização da sociedade, já exausta na

quantidade de corrupção. O grande problema no decorrer desse processo legislativo é que foram incluídas previsões que atacam diretamente a magistratura, os juízes e o Ministério Público do Trabalho e os promotores. Ele pune e tenta amordaçar e prejudicar diretamente aqueles juízes e promotores que estão tentando atuar e combater justamente a corrupção." O projeto pune com reclusão de seis meses a dois anos condutas praticadas por autoridades ou agentes públicos “com a finalidade específica de prejudicar outrem ou beneficiar a si mesmo ou a terceiro, ou, ainda, por mero capricho ou satisfação pessoal”. Para se antecipar a críticas do Judiciário ao chamado “crime de hermenêutica”, o relator colocou um dispositivo no texto determinando que a divergência na interpretação de lei ou na avaliação de fatos e provas não configura, por si só, abuso de autoridade. "Estamos muito preocupados

e atentos a esse projeto de lei, porque realmente pode prejudicar toda a independência, toda a construção da imagem de um juiz independente, de um promotor independente, em sua atuação, por estarem perseguindo justamente os maiores", frisa Carolina. Reforma Trabalhista Nos últimos quatro anos, mais de 400 mil postos de trabalho foram fechados. No RS, somente nesta semana, três grandes empresas fecharam, resultando na demissão de centenas de trabalhadores. Segundo a presidente da Amatra, muito antes da aprovação da reforma Trabalhista, enquanto ela ainda era um projeto de lei, os magistrados já alertavam para os perigos disfarçados de salvação. "É acreditar que uma lei vá gerar ou criar empregos. Eu falava desde o início, desde o projeto de lei, que, sim, foi votado de forma muito apressada pelo Congresso Nacional, que havia essa promessa de criação de postos de trabalho

com lei, e nós sabemos que lei não cria empregos. Então, a OIT, que completa 100 anos em 2019, traz esse alerta para nós todos, e coloca o Brasil na Lista Curta, como eles chamam, ao desrespeito aos direitos do trabalho", comenta. É que, pelo segundo ano consecutivo o Brasil figura na chamada short list (Curta Lista) devido à denúncia apresentada por entidades sindicais brasileiras que sustentam que as mudanças nas leis trabalhistas que entraram em vigor em novembro de 2017 contrariam a Convenção 98 da agência multilateral da Organização das Nações Unidas (ONU), da qual o Brasil é signatário. Com a reinclusão da denúncia contra o Brasil na short list deste ano, a Comissão de Aplicação de Normas convidará os representantes do governo a apresentarem seus argumentos e justificativas. Ao fim do processo, a OIT pode ou não recomendar ao Brasil medidas para adequar suas leis às normas internacionais.

Carolina Gralha

O grande problema no decorrer desse processo legislativo é que foram incluídas previsões que atacam diretamente a magistratura, os juízes e os promotores."


6

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2019

Opinião do JM A META É SEGUIR EM FRENTE

contra o relatório. Os Agora está aberto parlamentares já coo caminho para a meçaram a se debruçar adesão plena ao sobre os 19 destaques RRF, e que o Estado de bancadas e 88 indifique livre de pagar, viduais com sugestões pelos próximos seis de mudanças ao textoanos, a dívida com base. Os deputados a União. da base governista apontaram a necessidade de reformar a Previdência para reverter o déficit no sistema de aposentadorias e pensões. Para os favoráveis à PEC, a reforma vai trazer de volta a geração de emprego e renda na economia brasileira . No Estado, após a aprovação das privatizações da CEEE, Sulgás e CRM o cenário começa a mudar, defende o governo. Agora está aberto o caminho para a adesão plena ao RRF, e que o Estado fique livre de pagar, pelos próximos seis anos, a dívida com a União, que consome cerca de R$ 300 mi-

lhões em parcelas pagas mensalmente. É verdade que o Rio Grande do Sul não tem pago essa parcela devido a uma liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal, que impede a cobrança. Mas se não aderisse ao Regime de Recuperação Fiscal, o Estado teria de pagar mais de R$ 5 bilhões em parcelas que não foram pagas nos últimos anos. A economia como um todo está mal. Tanto que, em 2018, o Brasil criou 529 mil empregos. Em anos de maior crescimento da nossa economia, no entanto, a criação anual de empregos no País ficava na casa dos milhões. Hoje, o desemprego atinge 13 milhões de brasileiros, uma taxa de 12,3% de março a maio deste ano, segundo o IBGE. Foi em 2016 que essa taxa superou os 10% - antes disso, não havia chegado a dois dígitos, aponta a série histórica da Pnad Contínua, que começou em 2012. Mesmo que alguns tenham o direito de lastimar a decisão do Parlamento, ela percorreu todos os trâmites legais. Com o consentimento da Assembleia, haverá a alienação das companhias, cujo modelo ainda será formatado, o que talvez ocorra somente em 2020, de fato. Acredita-se que todo o esforço será válido quando, ao alcançar o equilíbrio estrutural das contas públicas, e o Estado e também o País voltar a ter capacidade de investimento.

ARTIGO

Mais Médicos Marcelo Matias Presidente do Simers

A perspectiva da reformulação do Programa Mais Médicos para privilegiar os municípios mais vulneráveis, de difícil acesso e com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), pode ser parte da solução que falta para a interiorização da saúde no Brasil. O Mais Médicos surgiu, em 2013, como a resposta para equilibrar a oferta e a demanda de profissionais médicos no interior do Brasil. Seis anos depois, o cenário ainda é de desigualdade nas grandes cidades. Atento a isso, o Ministério da Saúde deve encaminhar neste mês a proposta de substituição do Programa Mais Médicos. A expectativa é que o novo programa tenha critérios claros e racionais, corrigindo um grave cenário de desassistência – uma das maiores mazelas da área há anos. O novo formato também deve excluir os municípios classificados como de menor vulnerabilidade, como as capitais – o que inclui Porto Alegre. Por isso é urgente que a Prefeitura implemente um plano de carreira para os médicos da Capital, considerando

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

as particularidades das periferias da cidade – tão desamparadas quanto a maioria das mais remotas localidades. A proposição está alinhada com um pleito do Simers e que tem o apoio do ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta: a implementação de um plano de carreira nacional para médicos. O plano do Simers, o qual o titular da pasta se comprometeu em desenvolver, é uma alternativa para garantir a imediata interiorização da assistência médica, valorizar o profissional, estimular a qualificação da infraestrutura e criar condições concretas para atrair e fixar os médicos em áreas afastadas dos grandes centros urbanos. O Simers apoia a proposta do Ministério da Saúde e aguarda a oficialização do novo programa que pode corrigir as distorções de ações de governos anteriores e, finalmente, proporcionar condições dignas de trabalho para os médicos e de atendimento à população em cada canto do Brasil.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui.com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

ARTIGO

Uma nova mentalidade Eduardo Leite Governador do Estado

Embora tenha peso estratégico na proposta do atual governo para enfrentar o desequilíbrio financeiro do Estado, é preciso enxergar com serenidade a autorização da Assembleia Legislativa para a privatização da CEEE, da CRM e da Sulgás. Não houve vitórias pessoais. No fundo, o resultado da votação representa uma conquista coletiva, porque concretiza uma mudança de mentalidade. Tão importante quanto a possibilidade de abrir caminho para a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), as votações emitiram um sinal de amadurecimento. O Rio Grande do Sul não aceitava discutir o tema privatização, o que retarda a resolução dos nossos problemas estruturais. Com a compreensão e a consciência dos nossos deputados, o Estado poderá ser conduzido em direção a um futuro aberto à iniciativa privada, ao ganho de eficiência e de competitividade. Ninguém deprecia essas companhias estatais, pelo contrário. As três empresas cumpriram, até aqui, um papel histórico e relevante no desenvolvimento da economia gaúcha. Mas os tempos mudaram. A falta de energia financeira do setor público virou um obstáculo à geração de um novo ciclo de crescimento, capaz de melhorar a qualidade de vida da nossa população. Por isso, a privatização, para além dos ranços ideológicos e das conveniências eleitorais, acabou se transformando em uma medida de transparência e racionalidade. Não há dúvidas de que, na mão da iniciativa privada, as três empresas conduzirão cronogramas de investimento consistentes, os quais, além de expandir e qualificar a oferta de serviços, injetarão recursos expressivos na nossa economia. Teremos mais emprego, renda, receita com impostos e infraestrutura, atraindo outros investimentos e confirmando que o Rio Grande do Sul segue firme no propósito de criar bases sólidas para o empreendedorismo. Estamos diante de uma mudança de mentalidade porque a autorização para privatizar é apenas um elo da corrente de transformação em curso. O conjunto de aproximações com a iniciativa também envolve um programa de concessões, por meio do RS Parcerias, e de iniciativas impulsionadas por Parcerias Público-Privadas (PPPs), que compõem uma agenda de desenvolvimento que nos atualiza como destino receptivo aos negócios. Apenas com a capacidade de investimento, a agilidade e vocação à inovação da iniciativa privada conseguiremos trocar de paradigma. Sai de cena o Estado que se consome para financiar a própria máquina, para que, no lugar, renasça um setor público atuante como vetor de atendimento real das demandas da sociedade.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 220,00 Anual: R$ 440,00 Correio: R$ 440,00 (semestral); R$ 880,00 (anual)


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

7

ESCOLAS PARTICULARES

Educadores debatem a justiça restaurativa Um encontro, realizado ontem no Colégio Evangélico Augusto Pestana (Ceap), reuniu representantes do educandário e de outras três escolas particulares de Ijuí – EFA, Adventista e Colégio Sagrado Coração de Jesus – para discussão da justiça restaurativa no ambiente escolar. O evento partiu de uma iniciativa do Ceap, que desenvolve círculos de construção de paz desde o ano passado. “Eu, como representante do Ministério Público e por já estar trabalhando com a justiça restaurativa em outras áreas no município, fui chamada para que pudéssemos trabalhar essa questão com os profissionais da área da educação”, explicou ao Grupo JM a promotora da Vara da Infância e Juventude, Marlise Bortoluzzi. Durante o evento, foram destacados aspectos da justiça restaurativa, essa nova metodologia que busca estabelecer uma escuta qualificada, a resolução e prevenção de conflitos de uma forma respeitosa, através da fala, da escuta e do bom entendimento. E para trabalhar o tema, foi convidado o psicólogo Paulo Moratelli, que está em Ijuí participando de uma das etapas de execução do

projeto “Construindo a cultura da paz na escola”. Lançada no início do ano, a proposta atende cinco escolas públicas do município e, nesta semana, ocorre a capacitação de 25 profissionais que foram selecionados nos educandários. “A ideia de chamarmos outras escolas da rede particular tem o intuito de mobilizar e sensibilizar para, no futuro, podermos capacitar integrantes das quatro instituições, para que se tornem autônomas nessa metodologia, podendo aplicá-la dentro do seu ambiente escolar”, explicou a promotora. Em Ijuí, 50 facilitadores para círculos não conflitivos foram formados no ano passado, pelo Tribunal de Justiça. Depois, ocorreu a formação de 25 facilitadores para círculos conflitivos. E nesta semana, acontece a formação destes 25 profissionais da área da educação. “Estamos planejando um curso de capacitação na área de violência doméstica e já estamos pensando no futuro. Quem sabe conseguimos formar uma turma com profissionais de escolas particulares, e estender o trabalho para outras cinco escolas públicas.” Vice-diretora do Ceap, Deizy Soares destacou que a proposta está contribuindo para poten-

O encontro, realizado ontem e provocado pelo Ceap, contou com a presença do psicólogo Paulo Moratelli

cializar ações que vinham sendo desenvolvidas na escola, mas que, com a realização de círculos de construção de paz, se tornaram mais robustas e geraram impacto nas relações. “A gente percebe que as pessoas envolvidas nos círculos de construção de paz passaram a ter um olhar diferenciado para a convivência. Tivemos a possibilidade de aprimorar as relações na perspectiva de uma comunicação não violenta, com empatia, voltada ao autoconhecimento, ao conhecimento do outro. Claro que, quando falamos de seres humanos e relações, o caminho não é tão curto. Mas já percebemos, no cotidiano, um olhar diferen ciado

CSCJ promove Noite da Criatividade Na noite da última quarta-feira, o ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus recebeu a comunidade escolar, que lotou as suas dependências para prestigiar a Noite da Criatividade. Neste ano, que também marca os 85 anos de fundação do CSCJ, a temática da noite foi “Andiamo!”, que refere-se ao chamado realizado por Santa Teresa Verzeri ao fundar a Congregação as Filhas do Sagrado Coração de Jesus. As 16 turmas do 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, e também do Ensino Médio, receberam individualmente um país no qual as FSCJ são presença no mundo. Em belíssimas coreografias enriquecidas pelo repertório musical

Caracterizados, alunos do CSCJ apresentaram suas coreografias

e figurino que caracterizou cada país, os alunos surpreenderam a todos os presentes com um espetáculo marcante. Esta noite já é tradicional na

programação da Semana da Escola e tem por objetivo desenvolver a integração entre os alunos, além de incentivar as atividades de dança e expressão musical.

Fies abre prazo para renovação de contratos O prazo para os estudantes renovarem contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ficará aberto até o dia 31 de agosto. O aditamento deve ser feito pela internet. Ao todo, 128 mil estudantes que contrataram o Fies a partir de janeiro de 2018 devem fazer o procedimento. De acordo com a Caixa Econômica Federal, uma das condições para o aditamento é estar com os pagamentos em dia. A não

realização do aditamento por três semestres consecutivos pode ocasionar o cancelamento do contrato. Os estudantes também podem fazer o pedido de suspensão ou encerramento do semestre pelo mesmo sistema. A partir de segunda-feira, será possível solicitar a transferência de instituição de ensino. Caso haja necessidade de alterações no contrato, como a troca de fiador, o estudante deve com-

parecer a uma agência da Caixa. Nesse caso específico, o estudante deverá comparecer com o novo fiador e apresentar a documentação necessária para assinatura de termo aditivo ao contrato. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies juro zero é voltada para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

e mais aprimorado com relação à convivência”, disse. Ao Grupo JM, o psicólogo Paulo Moratelli contou que buscou evidenciar o que pode ser feito no ambiente escolar a partir da perspectiva da justiça restaurativa. Ele abordou os diferentes usos para gestão interna de pessoas, a prevenção, a mediação e a transformação dos conflitos que surgem no dia a dia. “O grande objetivo da justiça restaurativa é transformar a sociedade, tornando-a mais pacífica. E para isso, trabalhamos muito com os valores. E a escola é um ambiente adequado para se trabalhar com eles. Podemos usar as ferramentas da justiça restau-

rativa em aulas, na prevenção do bullying e outras violências, para estabeceler uma maior compreensão de valores humanos, dos direitos humanos. Enfim, para desenvolver as competências socioemocionais, a inteligência emocional dos sujeitos”, disse. Na opinião do profissional, a justiça restaurativa é uma das principais alternativas na redução de conflitos, já que a metodologia vem sendo utilizada em muitos locais do mundo. “Precisamos transformar a sociedade a partir das suas bases, das escolas, não precisando atuar, depois, no conflito, com adolescentes e adultos que optam pelo mundo do crime.”

Demissões de educadores preocupam 31º Núcleo O 31º Núcleo do Cpers-Sindicato esteve representado, nesta semana, em Porto Alegre, na audiência pública que debateu a legalidade e constitucionalidade das demissões de professores e funcionários de escolas estaduais, com contratos temporários em tratamento de saúde. A pauta foi debatida na Assembleia Legislativa e será levada à Procuradoria-geral do Estado (PGE) pelos deputados que integram as Comissões de Educação, Serviços Públicos e Direitos Humanos da Casa. “Essa situação envolve professores e funcionários que estavam afastados por problemas de saúde, por estarem em tratamento contra a depressão e até contra o câncer, e que receberam o anúncio de demissão de uma hora para outra, sem nenhum amparo. Durante a audiência, nós tivemos a possibilidade de comprovar esses casos”, explicou a vice-diretora do 31º Núcleo, Maria Eugênia Fiorin. De acordo com ela, as demissões não se justificam, porque o amparo ao trabalhador deve sempre existir. “Sabemos da situação destes contratos, que hoje estão mais precários ainda, porque o governo estadual está contratando com data fixa de encerramento.

Ou seja, eles duram quatro, cinco meses, ou até o fim do ano letivo. Isso preocupa não só pela situação dos profissionais, mas das escolas, que acabam desassistidas”, lembra. Maria Eugênia diz que o CpersSindicato buscou um levantamento junto à 36ª CRE e obteve a comprovação de que pessoas foram demitidas. “Mas não conseguimos levar os funcionários até a audiência, para prestarem seu depoimento”, disse. Enquanto o encaminhamento é dado pela Assembleia, o CpersSindicato ficou responsável por elaborar um dossiê sobre a situação. Na reunião também ficou definido que a Assembleia apresentará uma representação ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público de Contas, encaminhando os casos de demissões relatados na audiência pública, e os dados apresentados pelo Cpers/Sindicato e pelo Comitê de Professores Contratados no RS. Desde maio, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) vem orientando as Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) e os diretores de escola a dispensar os profissionais após o 16° dia de licença-saúde, com base em um parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) que segue os termos de legislação de 1981.


8

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

PREVIDÊNCIA

Texto-base é aprovado na Comissão Especial A terceira versão do relatório a favor da reforma da Previdência foi aprovada na comissão especial que discute o tema. Após cerca de 5h de discussão, o texto-base foi aceito pelo placar foi de 36 a 13. O novo parecer, elaborado pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP), atendeu pedidos de líderes partidários para excluir menções a Estados e municípios. Após a aprovação, os deputados começaram a votar 19 destaques. Dois destaques que favoreceriam o setor de segurança pública foram rejeitados. Um deles beneficiaria até oficiais de Justiça, mas foi derrubado por 31 votos a 17. O outro, apresentado pelo PSD, suavizaria para policiais federais, policiais rodoviários federais, policiais legislativos, agentes penitenciários e peritos, mas foi negado, por 30 a 19. Ao ser anunciado o resultado, policiais que estavam na comissão gritavam: "PSL traiu a polícia do Brasil". E também contra o presidente: "Bolsonaro traidor!" “A defesa da nossa segurança pública não pode ser confundida com a defesa da Previdência Social. São coisas distintas”, disse o deputado Filipe Barros (PR), ao orientar a bancada do PSL a votar contra benesses à

Texto-base foi aceito pelo placar de 36 a 13, ontem, na Comissão Especial

segurança pública. Em discurso à bancada ruralista, Bolsonaro disse que errou ao não ter incluído regras mais brandas para policiais federais e rodoviários na reforma e defendeu mudança no texto da proposta. "Tem um equívoco que nós, governo, erramos e dá para resolver essa questão através do bom senso dos senhores. Eu peço, por favor. O discurso de alguns, como se quiséssemos privilegiar também polícia federal e polícia rodoviária federal, não procede.

São aliados nossos e nunca tiveram privilégio no Brasil". Já a flexibilização de regras de aposentadorias dos professores também foi rejeitada por 30 votos a 18. Um destaque aprovado por unanimidade deixa as regras para aposentadoria e pagamento de pensão por morte de PMs e bombeiros militares sob responsabilidade dos estados, e não mais vinculadas às regras das Forças Armadas, como estava no parecer do relator.

Comissão aprova LDO 2020 do Estado Em mais uma demonstração de força do governo de Eduardo Leite na Assembleia, a Comissão de Finanças da Casa aprovou, por 9 votos a 3, ontem, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que prevê congelamento absoluto de gastos para 2020, em todos os poderes. Com uma base coesa, o governo conseguiu derrubar todas as emendas propostas pelos deputados e, assim, levará a plenário o texto original produzido pela equipe de Leite. Os três votos contrários vieram do PT e do PDT, oposição a Leite na Casa. Os deputados argumentaram que a LDO no atual formato poderá ser questionada na Justiça e desfavorece o servidores públicos. "É uma farsa. Ou o governador depois vai suplementar (o orçamento) ou vai abrir caminho para uma série de ações trabalhistas", disse Luiz Fernando Mainardi, líder da bancada petista. O Partido Novo, por sua vez, votou favoravelmente ao texto original da LDO, mas reclamou da

falta de diálogo do governo, que não aceitou a inclusão de emendas. O líder do governo, Frederico Antunes (PP), ao final da votação, disse que o governo manterá, na votação em plenário, prevista para a próxima semana, a missão de manter o texto original, sem alterações. "Vamos manter o que começamos na comissão", disse Antunes. A LDO de Leite, diferentemente de propostas de governos anteriores, não prevê nem mesmo o aumento de gastos para dar conta da ampliação de gastos automática por conta de avanços nas carreiras de servidores de todos os poderes. O Tribunal de Justiça (TJ) considera a medida equivocada em termos legais. Se aprovado nesses moldes, o texto pode acabar em discussão judicial. Relator da LDO, o deputado Mateus Wesp (PSDB) destacou que as emendas foram discutidas, mas rejeitadas democraticamente."Estamos vivendo uma crise fiscal. Se preciso

PSL troca integrantes de comissão da Previdência contra lobby da segurança pública O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, vai trocar seus integrantes na comissão especial da reforma da Previdência na Câmara ontem, colocando em curso uma operação para tentar barrar o avanço de regras mais brandas em categorias ligadas à segurança pública. Uma das mudanças é a retirada do colegiado do líder do partido, deputado Delegado Waldir (PSL-GO), e a entrada da líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP). A medida foi adotada depois que o PSL não conseguiu construir consenso interno para votar contra o destaque apresentado pelo PSD, que encampa o lobby dos policiais. Os destaques são pedidos de partidos e deputados para que uma parte específica da proposta seja analisada separadamente. O voto do PSL em relação à emenda do PSD é considerado crucial porque o texto também abre brecha para que estados e municípios sejam reincluídos no projeto. Partidos de centro e centrodireita já avisaram o governo que, se ela for mantida no texto, a reforma da Previdência corre sério risco de ser derrotada.

Reforma desconsidera resultado de CPI

Diretório aprova moção para expulsar Aécio

Debatedores que participaram de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), nesta semana, advertiram que a atual proposta de Reforma da Previdência não leva em consideração os resultados da CPI da Previdência, realizada em 2017 no Senado.

O diretório municipal do PSDB de São Paulo aprovou ontem uma moção pedindo a expulsão do deputado Aécio Neves do partido. "O pedido foi aprovado por unanimidade. Agora, vamos encaminhar para o diretório nacional", diz Fernando Alfredo, presidente do PSDB da capital.

Cabral diz que Lula sabia de propina O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, afirmou, ontem, que os ex-atletas Alexander Popov, da Rússia, e Sergei Bubka, da Ucrânia, receberam propina para votar pelo Rio de Janeiro na eleição que escolheu a cidade como sede da Olimpíada de 2016. Ele disse também que o ex-prefeito Eduardo Paes e o ex-presidente Lula tiveram conhecimento da compra de votos. Os dois, segundo o ex-governador, não participaram da negociação e operação da propina

180 mil

Frederico Antunes

demonstrar à União que preciso aderir ao regime de recuperação fiscal (RFF), não posso sair dando mais dinheiro para outros poderes, ainda mais se eles têm sobra", disse Wesp.

é o número de urnas eletrônicas que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai comprar para serem usadas nas eleições municipais do ano que vem, quando serão escolhidos novos prefeitos e vereadores.

Aprovado crédito para indenizar policiais

Ministro da Secretaria de Governo toma posse

Deputados e senadores aprovaram, em sessão conjunta do Congresso Nacional, na quartafeira, projeto de crédito especial (PLN 3/2019) que destina R$ 36 milhões para o pagamento de indenizações aos policiais rodoviários federais que trabalham no dia de folga. O texto aprovado foi um substitutivo do deputado Paulo Azi (DEM-BA). A matéria vai à sanção presidencial. O valor aprovado de R$ 20 milhões pela Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização.

O presidente Jair Bolsonaro deu posse ontem, ao ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos Baptista Oliveira, que a partir de agora assume a articulação política do governo com o Congresso Nacional. Bolsonaro disse que Ramos chega em um momento importante, quando se discute a reforma da Previdência. “Ele entra em campo em um momento que interessa a todo a Brasil, a nova Previdência. Não temos Plano B, o plano é esse, o Plano A.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

9

PLEITO 2020

Mutly defende PDT e fala sobre eleições Na última sessão da Câmara de Vereadores de Ijuí, o vereador do PDT Marildo Kronbauer, o Mutly, foi até a tribuna e reafirmou que gostaria de voltar no próximo mandato à Câmara de Vereadores como oposição e poder ver como seria a atuação dos vereadores que hoje criticam a gestão do Executivo municipal e muitas vezes tratam Ijuí como “terra arrasada”. Em entrevista ao Grupo JM, o pedetista explicou o motivo do seu posicionamento na tribuna e defendeu que os vereadores deveriam estar preocupados em atuar em ações que possam beneficiar a população ijuiense. “Nós precisamos absorver a derrota ou a vitória. Eu disse na Tribuna que eu fico chateado em cada sessão em que há críticas contundentes contra a administração, mas que eu acho que não é por aí. Eu reconheço que a crítica é salutar, a oposição tem direito de criticar, mas criticar um assunto várias vezes não é prudente. Eu

não tenho nada contra as críticas que fazem, mas nós temos tantas coisas para fazer lá na sessão, como discutir os planos de carreira do Legislativo, o regimento interno e o código de posturas. Temos várias demandas para debater que vêm ao encontro do nosso povo de Ijuí”, disse o vereador pedetista. “Eu não tenho crítica nenhuma a nenhum vereador, eu tenho uma amizade tranquila com todos, disse até então que se em caso for, se é para ser, que mude a administração no próximo ano. Eu gostaria de ver o que fariam ou o que vão fazer, pois falar é uma coisa, agora sentar na cadeira do prefeito e administrar uma cidade com quase 100 mil habitantes, com os problemas que são vários e com uma situação financeira crítica é outra coisa”, acrescentou. As eleições municipais também foram tema da entrevista. O pedetista e um dos principais defensores do prefeito Valdir Heck falou que a sucessão ao cargo segue

Lei dos carrinhos adaptados é sancionada em Ijuí O prefeito Valdir Heck (PDT) sancionou nesta semana a lei que obriga os supermercados e hipermercados do município que tem mais de 500 metros quadrados e acima de 7.500 itens a disponibilizar carrinhos de compras adaptados para crianças com deficiência locomotora. A partir da sanção do prefeito, os mercados terão 120 dias para se adequar à lei. Para o vereador Loivo Cristiano de Jesus (PDT), autor do projeto de lei, a ideia é facilitar a vida das famílias dessas crianças que vão aos supermercados, proporcionando “um deslocamento mais tranquilo, uma vida social normal como todas as famílias”. “Assim se evita que uma mãe que está com seu filho que tem que usar uma cadeira de rodas tenha que, ao mesmo tempo, conduzir a cadeira de rodas e o carrinho de compras. Sabemos que os supermercados estão tentando se adaptar, tendo corredores maiores, mas pelo fluxo de pessoas que estão nos supermercados, não se facilita o deslocamento para essas pessoas que precisam de uma atenção especial. Então estamos tentando trazer

um conforto melhor para essas famílias e crianças”, disse o edil ao Grupo JM. Pelas regras da legislação, um supermercado de 500 metros quadrados deverá disponibilizar um carrinho adaptado. Até mil metros quadrados dois carrinhos. E acima disso três carrinhos. Em média, o custo de um carrinho adaptado gira em torno de R$ 2 mil. Cristiano de Jesus falou ainda sobre o outro projeto de lei que apresentou na semana passada, que propõem que as famílias que tenham uma criança com deficiência locomotora permanente a ter o direito a matrícula na escola pública mais próxima da sua residência. “Essa proposta tem como objetivo facilitar o deslocamento dessa criança e facilitar para família dela também. Queira ou não, ela acaba se sentindo diferente das outras crianças, mas se ela conseguir estudar dentro de uma escola no seu bairro, onde ela já está inserida na comunidade, onde ela conhece as demais crianças, ela vai se sentir melhor”, destacou. O projeto de lei foi apresentado na última sessão do Legislativo

sendo de especulações. “Vários candidatos já se manifestaram ou já foram indicados pelos próprios partidos, inclusive o PDT, que tem indicação do prefeito Valdir Heck para que o vereador Marcos Barriquello (seja candidato), mas que ainda não se definiu, pois ainda não sabe bem como vai ser. Se o vereador Marcos vai nos acompanhar nesta eleição na majoritária ou se ele vai continuar no Legislativo”. Sobre a continuação do PDT no Executivo municipal, o que já acontece há 20 anos de forma ininterrupta, Mutly disse que os atuais investimentos garantem uma situação mais confortável para os pedetistas, já que no início do governo, poucos investimentos ocorreram devido a questões de caixa. “Agora há um sinal mais firme, mais concreto com os investimentos que estão sendo feitos, porque, por mais que tenha ocorrido uma coligação do PDT com o PT no passado, o prefeito

Vereador Marildo Kronbauer é um dos principais defensores do PDT

atual teve seus empecilhos logo no começo da administração, pois sempre ficam restos a pagar e também pelas conjunturas do país em questões de arrecadação. Mas um fato positivo dessa semana é que nós tornamos a crescer na arrecadação do ICMS. Nós estamos em 27°no ranking estadual. E os empresários estão audaciosos aqui, fazendo investimentos. Pois se há um prefeito de confiança, um partido de confiança, as pessoas investem, como tem ocorrido com a vinda de empresas de fora",

afirmou o vereador . O vereador ijuiense aproveitou e disse que concorda com o projeto do deputado carioca do MDB, que prorrogaria por mais dois anos os atuais mandados do Executivos e Legislativos municipais, para que elas se unifiquem com as eleições a nível estadual e federal, o que possibilitaria uma economia de mais de R$ 4 bilhões para os cofres públicos, o que para o Mutly poderia ser usado para áreas sociais, como o Minha Casa Minha Vida e outros segmentos.

Piaia diz que usina de lixo deve ser instalada O vereador do PCdoB, Junior Piaia, esteve ontem no Grupo JM e falou sobre as negociações que estão sendo feitas para a instalação de usina de transformação de lixo em Ijuí. Segundo Piaia, há cerca de dois meses o vereador retomou o contato com o engenheiro Mario Coelho, de Santa Cruz do Sul, o qual conheceu quando era deputado estadual, para tentar resolver o problema do lixo dentro do ponto de vista da adequação ambiental. Piaia afirmou que um grupo internacional de investidores, que tem sede no Rio de Janeiro, está interessado em construir uma usina que irá transformar o lixo orgânico em gás metano. Para isso, o vereador entrou com um processo de negociações com o poder Executivo de Ijuí, posteriormente com os prefeitos da Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam), além de Cruz Alta e Santo Ângelo, para que o lixo que hoje é destinado para os aterros de Giruá e Palmeira das Missões seja destinado para a usina. “Com base nisso, o grupo que tem representantes no Brasil, no Rio de Janeiro, eles tomaram a decisão de fazer o investimento. Mas isso não significa que amanhã vai estar construída, pois agora que temos a decisão, vem a questão ambiental, precisa tam-

bém do compromisso formal dos municípios, pois até então existe uma carta de intenções e posteriormente as licenças ambientais. Mas a decisão de investimento já está tomada”. O vereador deve se reunir nos próximos dias com o prefeito Valdir Heck para continuar as negociações para instalação da usina e afirmou que a participação do chefe do Executivo municipal nas tratativas ocorrem desde o início, devido ao interesse que se tem para a comunidade. "Na política a gente precisa saber fazer separações. Temos nossas divergências, mas estamos falando de um investimento que além de aportar recursos, poderá trazer empregos". Sobre o valor do investimento, Piaia disse que os investidores possuem um modelo de planta ideal, mas que ela pode ser desenvolvida em módulos posteriormente. "Então, se aumentar a demanda, será muito fácil aumentar a capacidade de absorção da capacidade dessa empresa. Hoje eles trabalham com a ideia de 200 toneladas de lixo por dia e isso já dá condições técnicas de iniciar a empresa e dar rentabilidade para os investidores". A localização da área para a instalação da Usina em Ijuí como também o valor do investimento não foram informados. " Mas que

Junior Piaia

fique bem claro, eles não precisam de recursos públicos, eles vão comprar a área, é uma empresa privada. É um negócio, mas que interessa o município não somente pelo investimento, mas pelo ramo, pois vai ter um condicionamento seguro ambientalmente, pois o lixo é um problema brasileiro gravíssimo". Sobre o prazo para instalação da Usina ou quando deve entrar em funcionamento, o vereador Piaia preferiu não afirmar, devido ao processo burocrático que ainda precisa ser concluído.


10

Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

FAZENDA

Receita Estadual divulga prévia do rateio do ICMS A Receita Estadual divulgou os índices provisórios de participação de cada município gaúcho no rateio da arrecadação do ICMS para o exercício de 2020. Conforme determina a Constituição Federal, 25% de toda a arrecadação dos Estados com o tributo, após as devidas destinações constitucionais (ex. Fundeb), pertencem aos Municípios. O Índice de Participação dos Municípios (IPM) é o indicador utilizado para a distribuição destes recursos no Estado, determinando a quota-parte de cada uma das 497 cidades gaúchas sobre as receitas do ICMS. A estimativa é que sejam repassados mais de R$ 7 bilhões às prefeituras ao longo do próximo ano. Os recursos do ICMS representam, em média, 20% do total das receitas dos Municípios gaúchos. A portaria com os números do IPM Provisório para 2020 foi publicada no Diário Oficial do Estado na segunda-feira. Conforme o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, o RS tem se destacado pela agilidade na

publicação do Índice, medida que auxilia as prefeituras na elaboração dos seus planejamentos e das suas peças orçamentárias. “A apuração do IPM é uma importante atividade desenvolvida pela Receita Estadual, fundamental para que os municípios possam gerir seus esforços de forma mais efetiva”, destaca. A partir da publicação do IPM Provisório, inicia o prazo de 30 dias para que os Municípios apresentem eventuais contestações e impugnações aos dados, que este ano vai até 31 de julho. Reflexo direto da recessão econômica que o País enfrentou nos últimos anos, 14 das 20 maiores economias apresentaram queda na comparação do IPM Provisório 2020 com o IPM Definitivo 2019. As maiores variações positivas são de Guaíba (+21,01%) e São Leopoldo (+8,00%), enquanto as maiores quedas foram verificadas em Rio Grande (-16,68%) e Triunfo (-13,17%). O município de São José do Norte lidera a variação mais positiva na comparação do IPM Provisório

Custos de CNH no RS serão revisados por parlamentares AAssembleia Legislativa instaurou, na quarta-feira, a Frente Parlamentar pela Revisão dos Custos para a Obtenção da Carteira Nacional de Habilitação no RS, que será presidida pelo deputado Capitão Macedo (PSL). Para obtenção da CNH Categoria A (moto), os gaúchos precisam desembolsar R$ 1.950. Já os valores para a obtenção da CNH Categoria B (carros) chegam a 2.270, no RS. O proponente da Frente Parlamentar reconhece que o assunto é polêmico e envolve vários aspectos, mas defende o seu enfrentamento. “Há muito a ser esclarecido neste processo, e as planilhas de custos devem ser abertas para o povo gaúcho. A partir disso, poderemos construir coletivamente, por meio do diálogo, as melhores soluções”, declarou Macedo. Ele argumentou ainda que a habilitação auxilia na empregabilidade e, por isso, tem

um viés social. O presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores do RS, Edson Luiz Cunha, acredita que a Frente Parlamentar se constituirá numa oportunidade para que a entidade mostre dados e apresente sua versão. “Queremos fazer essa discussão, que sempre foi considerada um tabu, de forma transparente, mostrando os dados e os serviços que prestamos”, afirmou. O RS tem 269 CFCs, que empregam 9640 trabalhadores. Segundo Cunha, estes centros prestam mais de 40 serviços diferentes e atendem 1,1 milhão de pessoas por ano. Diretora do Procon-RS, Maria Elizabete Pereira colocou o órgão à disposição da Frente Parlamentar para auxiliar na análise das planilhas. “O consumidor tem direito de conhecer os custos da carteira de habilitação no RS, que é um dos mais elevados do País”, ressaltou.

Ricardo Neves Pereira

de 2020 com o IPM definitivo de 2019, com crescimento de 107,11% de um exercício para o outro. Ao todo, dos 497 municípios do Estado, 321 apresentaram crescimento e 176 registraram diminuição em seus índices.

Banrisul anuncia Plano Agrícola 2019/2020 O Banrisul anunciou, ontem, os recursos disponibilizados para o Plano Agrícola da Safra 2019/2020 aos produtores rurais do RS. O total é de R$ 3,25 bilhões, crescimento de 90% sobre o realizado no período anterior. Desse valor, R$ 2,95 bilhões serão para contratação de operações de custeio, comercialização e industrialização; e R$ 300 milhões para investimento. O anúncio teve a presença do governador do Estado, Eduardo Leite, do secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, da diretoria do Banco, autoridades, instituições e especialistas ligados ao setor agropecuário, produtores rurais, técnicos conveniados e players das cadeias produtivas do agronegócio. O encontro marcou o novo

posicionamento do Banrisul no agronegócio gaúcho para promover uma maior aproximação do produtor rural às novas tecnologias e expandir os negócios da instituição. A atividade também teve palestras do economista da Farsul, Antonio da Luz, e do especialista em inovação e economia digital, Gil Giardelli, que falaram sobre os temas Os Cenários do Agronegócio Brasileiro e Gaúcho e Inovação no Agronegócio, respectivamente. O volume de recursos disponibilizados para a agricultura familiar é de R$ 634 milhões, aumento de 112% sobre a safra anterior. Para os médios produtores, são R$ 471 milhões, incremento de 107% em relação ao período anterior. Já para os demais produtores, cooperativas e empresas do setor, o montante é de R$ 2,15 bilhões, valor 81%

superior sobre a safra anterior. A expectativa do Banrisul é beneficiar com financiamentos cerca de 50 mil produtores. Para agilizar o acesso ao crédito rural, o Banrisul disponibilizou limites pré-aprovados para custeio para 31 mil clientes e para investimentos a 15,2 mil clientes Para proteger o investimento feito na lavoura, o Banrisul opera o Proagro de forma pioneira no Brasil na utilização de sistema automatizado de todo o processo, do acionamento ao julgamento do mérito, o que proporciona agilidade e segurança ao produtor. O Banco, ainda, estabeleceu parceria comercial com três seguradoras para prestar aos produtores as melhores condições de contratação, independente da região do Estado e do tipo de cultura.

Proponente da Frente Parlamentar, Capitão Macedo quer esclarecer processo

Deputados querem contribuir no enfrentamento da crise Um dia após a aprovação dos projetos que permitem o governo do Estado privatizar a CEEE, Sulgás e CRM, o presidente da Assembleia Legislativa, Luiz Augusto Lara (PTB), apresentou as ações que o Parlamento gaúcho pretende desencadear para ajudar o RS a sair da crise. O deputado usou o trocadilho "Crise RS ou cresce RS" para apontar os caminhos que o Estado tem e as escolhas que precisa fazer para romper com o ciclo

de dificuldades estruturais que vem enfrentando por sucessivos governos. "Precisamos de uma pauta positiva, que catalise a energia que já estamos investindo em diversas iniciativas que vêm ocorrendo nas comissões e frentes parlamentares", indicou Lara. Ele anunciou que a principal campanha do poder Legislativo no segundo semestre será a constituição de uma carteira de projetos prioritários de desenvolvimento regional.

Indústria automotiva vai correr para competir com europeus

Escolhido filho de ex-presidente do STF

Frio intenso não dará trégua no Estado até a próxima semana

A indústria e o governo vão precisar “correr contra o tempo” para preparar o setor automotivo para o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE), avalia o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes. Segundo ele, é preciso melhorar a competitividade das montadoras instaladas no País para conseguir concorrer com os carros fabricados na Europa. O acordo entre os dois blocos econômicos foi assinado na semana passada.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) escolheu Carlos Mário Velloso Filho para ocupar a vaga de ministro substituto do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A decisão pelo novo magistrado foi tomada ontem. O indicado é filho de Carlos Velloso, ex-ministro do STF e presidente da corte de 1999 a 2001.

Congelar, encarangar, tiritar, renguear, refestelese em uma fartura de verbos para tentar traduzir em palavras o frio que vem trincando o Estado e deve inclusive se intensificar até, pelo menos, domingo. A atual massa de ar polar em ação sobre a porção sul do continente americano teve origem na Antártica e só é comparável, em tempos recentes, à ocorrida seis anos atrás, em julho de 2013, que também avançou pelo Brasil.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

11

CRIMINALIDADE

BM prende seis pessoas em menos de doze horas A Brigada Militar prendeu seis pessoas em menos de cinco horas em Ijuí. As prisões ocorreram na última quarta-feira por furto a residência, descumprimento de regras de serviço externo e tráfico de drogas. A primeira prisão ocorreu após uma guarnição do Policiamento Ostensivo da Brigada Militar ser acionada pela Sala de Operações do 29º BPM, para atender uma ocorrência de furto que estaria ocorrendo na Rua Oswaldo Rieck, no bairro Industrial. Próximo ao local, os policiais encontraram um indivíduo com as características repassadas pela Sala de Operações (um indivíduo usando jaqueta preta e calça jeans clara), o qual foi abordado e identificado. O homem de 30 anos, natural de Ijuí, com vários antecedentes criminais contra o patrimônio, mas com ele nada foi encontrado. Os policiais conduziram o suspeito até o local do fato sendo que ele foi reconhecido pela vítima

como autor do delito. Posteriormente foi apresentado na DPPA para registro onde a autoridade policial determinou a lavratura do flagrante, em vista dos reiterados casos de furto cometidos pelo acusado. Já por volta das 17h, o Pelotão de Operações Especiais do 29º BPM, quando efetuava o patrulhamento na área central da cidade, efetuou a abordagem de três indivíduos suspeitos que se encontravam no interior da Praça da República de Ijuí. Os três homens, de 40 anos, natural de Ijuí; 45 anos, natural de São Miguel do Iguaçú-PR; e 41 anos, natural de Humaitá. Foi constatado que os três homens são apenados que cumprem pena no Instituto Penal de Ijuí por estupro e naquele momento deveriam estar trabalhando na garagem municipal.Diante dos fatos como os apenados estavam fora do seu local de trabalho, os policiais os encaminharam para a Penitenciária Modulada de Ijuí, por descumprimento das regras

do Serviço Externo, ficando à disposição da justiça. Outra equipe do Pelotão de Operações Especiais, do 29º BPM de Ijuí, se encontrava no policiamento ostensivo, na Rua Guilherme Timm, no bairro Getúlio Vargas, quando suspeitou de um casal que caminhava na via pública efetuando a abordagem deles. A mulher, de 26 anos, natural de Canoas, não apresentava antecedentes criminais, já o indivíduo, de 28 anos, natural de Canoas, era possuidor de antecedentes criminais por furto, tráfico, homicídio e outros crimes. Durante a busca pessoal no rapaz, foi localizado em um dos seus bolsos uma lata de mentos e no seu interior constatado que havia duas buchas de cocaína, uma delas pesando 4,10 gramas e a outra 13,2 gramas. Também foram localizados R$ 1.707 em dinheiro e um aparelho celular. Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão aos acusados, que depois de efetuados os

PC encaminha investigação de morte de cão

Daniel Schmidt

A Corregedoria Geral da Polícia Civil do Rio Grande do Sul instaurou um termo circunstanciado para apurar o envolvimento de um delegado da Polícia Civil na morte de um cachorro, que ocorreu no dia 22 de junho, no Centro de São Luiz Gonzaga. O delegado regional de São Luiz Gonzaga, Afonso Stangherlin, atirou no cão quando passeava com um cachorro da raça shih tzu quando percebeu a aproximação do outro animal. Ele alegou legítima defesa. A proprietária do cachorro morto registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia. O corregedor Daniel Schmidt

disse ontem que o termo circunstanciado foi concluído e encaminhado para o Judiciário de São Luiz Gonzaga. “Fizemos uma apuração detalhada, não muito usual com um fato neste nível de gravidade, mas não significa que não seja de se lamentar, mas há crimes com mais penas, que demanda uma apuração maior, mesmo assim fizemos uma apuração acerca do fato e encaminhamos as conclusões para o Fórum de São Luiz Gonzaga. Não há condições de enquadrar o fato num crime ambiental pela morte do cachorro”, disse. A Justiça poderá solicitar novas diligências à Polícia Civil.

Corpo de homem é encontrado em lixão O corpo de um homem foi encontrado na manhã de ontem no aterro sanitário de Carazinho. Catadores do local encontraram e acionaram a Brigada Militar que compareceu ao aterro juntamente com a Polícia Civil. . O corpo provavelmente chegou ao local através de um contêiner que teria sido despejado na noite de quarta-feira no aterro. As investigações irão apontar se o corpo foi jogado em um contêiner já sem vida ou se a vítima teria ido se abrigar no local em razão do frio e da chuva.

Polícia suspeita que corpo tenha sido jogado em um contêiner de lixo

Drogas e dinheiro foram apreendidos durante ação da Brigada Militar

procedimentos de praxe foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Polícia, juntamente com o material apreendido, onde a autoridade policial determinou a lavratura do flagrante do acusado por tráfico de entorpecentes. A última prisão ocorreu após a Sala de Operações receber diversas ligações anônimas informando que um indivíduo, conhecido como “Plets” estaria traficando nas proximidades do canal, na Rua Pinheiro Machado, Centro. O Pelotão de Operações Especiais do 29º BPM, efetuou patrulhamento nas imediações, quando localizou o indivíduo, fazendo a abordagem

do suspeito. Ao ser submetido à revista pessoal, os policiais localizaram com Plets”, de 26 anos, cinco embalagens com cocaína, pesando três gramas; três aparelhos celulares; R$ 650 e dinheiro e duas folhas de cheque. Diante flagrante, os policiais deram voz de prisão ao acusado, que, após efetuados os procedimentos de praxe, foi conduzido e apresentado na Delegacia de Polícia, juntamente com o entorpecente, o dinheiro e os cheques, onde a autoridade policial determinou a lavratura do flagrante delito por tráfico de entorpecentes.

Plantão

APREENSÃO

MANDADO

Agentes da 2ª Delegacia da Polícia Civil de Ijuí cumpriram mandado de busca e apreensão e apreenderam três celulares na residência de um homem na Rua Tobias Barreto, bairro Alvorada, na manhã de ontem. Na Delegacia, o homem, que estava acompanhado do advogado, teve os aparelhos devolvidos.

A Polícia Civil de Ijuí cumpriu na quarta-feira um mandado de busca e apreensão em uma casa num assentamento de Jóia. No local foram apreendidos munições, uma luneta, um pote com balins, um estojo vazio de calibre 24, duas espingardas. Um homem foi conduzido à Delegacia, onde foi lavrado o flagrante.

POSSE DE DROGAS

TRÁFICO

Em Santa Bárbara do Sul, a Brigada Militar, durante patrulhamento, abordou condutor de veículo Chevette, de cor verde, de Panambi. Em revista no veículo foi encontrado dentro do cinzeiro dois tabletes de maconha, aproximadamente quatro gramas. O condutor relatou que é usuário e faz uso deste entorpecente.

Na manhã de ontem, a Polícia Civil deflagrou a Operação Sistema Fase 2, cumprindo oito mandados de busca e apreensão nos bairros Sagrada Família e Vera Cruz,em Santo Ângelo, e que resultaram na apreensão de crack, cocaína e maconha, celulares, cadernos. Duas mulheres foram presas.

PRISÃO

OPERAÇÃO

Policiais Rodoviários Federais realizaram a prisão de três homens que estavam transportando agrotóxicos contrabandeados do Uruguai, na BR -472, em São Borja, na quartafeira. No veículo foi localizado uma grande quantidade de agrotóxicos no porta-malas e no banco traseiro. Acredita-se que os agrotóxicos seriam comercializados em Bossoroca.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul cumpriu, na manhã de ontem, 11 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em operação contra um grupo suspeito de extorsão mediante sequestro de funcionários de bancos no Estado. A quadrilha também é investigada por tentativa de homicídio de policiais.


12

Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2019

Esportes

FUTSAL DE BOZANO I

FUTSAL DE BOZANO II

O Campeonato Municipal de Futsal de Bozano tem andamento hoje a partir das 19h15 no Ginásio de Esportes. Serão realizados estes jogos: veteranos, Riograndense A x Riograndense B; livre, Saltinho x 15 de Novembro; Boa Esperança x Juventude; e Riograndense B x É Os Guri da Linha 11.

A competição salonista teve a disputa destes jogos na última quarta-feira: categoria livre, Riograndense B 9 x 2 E.C.Linha 11; 15 de Novembro 3 x 6 Huber Jardinagem e Saltinho 0 x 3 Riograndense A. Um bom público acompanha os jogos.

Gestão tecnológica em debate A Mesa Diretora do Conselho Deliberativo do Esporte Clube São Luiz esteve reunida nesta semana para debater questões relativas à infraestrutura do clube. Desta vez, os conselheiros se reuniram com a intenção de conhecer melhor os serviços de tecnologia operados nas dependências do Estádio 19 de Outubro, caso do sistema de catracas eletrônicas e a gestão do banco de dados de associados. Para isso, participou do encontro o professor Diogo Andreatta Mendes, especialista em tecnologia da informação e responsável por prestar assessoria técnica ao Rubro nos últimos anos.Segundo ele, o clube tem à disposição diversos mecanismos de gestão informacional, que vão desde dados detalhados do quadro associativo até o controle de entrada de torcedores em dias de jogos. Por outro lado, a avaliação é de que o São Luiz tem subutilizado essa ferramenta, que poderia ser utilizada para manter uma relação mais próxima com seus sócios. Há, ainda, questões a serem melhoradas. Uma delas é a disponibilização de internet wi-fi de qualidade em todos os setores do 19 de Outubro, estimulando que os torcedores utilizem a rede oficial do São Luiz e, dessa forma, contribuam para uma maior visibilidade do clube nas redes sociais. Conforme o presidente da Mesa Diretora, Bira Teixeira, é importante que os conselheiros tenham o maior nível

IJUÍ FUTSAL

Conselheiros debateram nesta semana a gestão tecnológica no Esporte Clube São Luiz

de detalhamento possível sobre o que ocorre no clube. “A partir desse encontro esclarecedor que tivemos, vamos dialogar com a diretoria no sentido de tentar utilizar melhor as ferramentas tecnológicas que já estão disponíveis. Melhorar esse aspecto da gestão trará imensos benefícios ao clube, que será mais transparente em suas atividades e terá um contato mais direto e dinâmico com seus associados que, afinal de contas, são nosso maior patrimônio”. Ainda segundo ele, o tema será levado aos demais conselheiros que, de forma ampla e democrática, também terão acesso às informações e poderão

dar suas sugestões. Bira diz que as atividades do Conselho Deliberativo neste ano serão pautadas pela busca de alternativas que possam tornar o São Luiz um clube mais moderno, com uma gestão mais eficiente. “Queremos, como Conselho, conversar com profissionais de diversas áreas que possam nos auxiliar de forma técnica a entender detalhadamente as questões que ocorrem dentro do São Luiz. Acreditamos que somente com esse conhecimento técnico e uma gestão de qualidade é que conseguiremos preparar o Rubro para um novo momento no futuro”, finalizou.

CBF garante que pretende manter Tite

A Associação Esportiva Ijuiense de Futsal (AEIF) tem amanhã às 20h no Ginásio Wilson Mânica diante do Serade de São Borja o jogo mais importante até agora na temporada. Precisa vencer o adversário que atualmente é o vice-líder com 15 pontos para conquistar a classificação na segunda fase. Quarto colocado da chave B com 12 pontos, o Ijuí Futsal neste momento está na zona dos times classificados. Na próxima etapa da Liga estaria na chave ao lado do Cerro Largo, ANBF de Novo Barreiro e AVF de Vacaria. Os ingressos antecipados custam R$ 5,00 e estão sendo comercializados nas Lojas Deltasul e Baterias Goi. Na hora o valor é R$ 10,00.

GRÊMIO O técnico Renato Portaluppi comandou um treino de finalização na tarde de ontem n CT Luiz Carvalho sem esboço de time. O Grêmio enfrenta o Criciúma hoje às 15h em jogo-treino. Nos dois esboços de time durante a pré-temporada, dois testes visando o Bahia na Copa do Brasil. O primeiro teve Jean Pyerre e Luan juntos no time e o segundo Luan e Diego Tardelli, com André e Vizeu em ambos começando na reserva.

INTERNACIONAL

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu se manifestar de maneira oficial após a imprensa noticiar ontem uma possível insatisfação com a saída de integrantes da comissão técnica da Seleção Brasileira, o que poderia levar Tite a deixar o cargo ao fim da Copa América. “A Confederação Brasileira de Futebol manifesta sua confiança no trabalho da Comissão Técnica da Seleção Brasileira Principal. E reafirma que ela será mantida em caráter permanente”, diz a nota. Sylvinho, ex-auxiliar de Tite e agora técnico do Lyon-FRA, deixou a Seleção antes mesmo do torneio continental. Os próximos devem ser Edu Gaspar e Fernando Lázaro. Coordenador de Seleções, Edu tem proposta do Arsenal. Já o analista de desempenho deve acompanhar Sylvinho no time francês. O atual treinador do Brasil teria recebido uma proposta do futebol chinês. Os nomes de Renato Portaluppi e de Mano Menezes, surgem como opções caso Tite deixe a Seleção. O árbitro chileno Roberto Tobar,de 41 anos apitará a final da competição

O técnico Odair Hellmann comandou na manhã de ontem no CT Parque Gigante mais um treinamento do Inter visando a preparação para o confronto da próxima semana pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Colorado visita no dia 10 de julho, quarta, o Palmeiras, às 21h30, no Allianz Parque.Mais uma vez Patrick permaneceu no time titular, enquanto D´Alessandro treinou entre os reservas.

JUVENIL Tite estaria insatisfeito com a saída de integrantes da comissão técnica da Seleção Brasileira

entre Brasil e Peru, domingo, às 17h, no Maracanã. A Conmebol anunciou ontem a arbitragem para a decisão. Os assistentes serão os compatriotas Christian Schiemann e Claudio Ríos. O também chileno Julio Bascuñan vai ficar como responsável pelo VAR, junto com os colombianos Nicolás Gallo e Alexander Guzmán. Tobar apitará o terceiro jogo na competição. Ele apitou na vitória de 2 a 0 da Colômbia sobre a Argentina e o confronto entre Brasil e Paraguai pelas quartas de final, na Arena do Grêmio. Neste jogo, ele marcou um pênalti para a Seleção Brasileira, mas voltou atrás ao revisar no VAR

o lance e ver que a falta de Balbuena em Roberto Firmino havia sido fora da área. O zagueiro paraguaio acabou recebendo o cartão vermelho pela infração. O goleiro Alisson foi poupado ontem no primeiro treino da Seleção Brasileira visando a final da Copa América. Ele sentiu dores nas costas depois de uma queda numa saída de bola no primeiro tempo do jogo contra a Argentina. O jogador do Liverpool ficou aos cuidados dos fisioterapeutas na Granja Comary. Os médicos acreditam que ele possa treinar nesta sexta-feira. Com desconforto na panturrilha direita o lateral Filipe Luís realizou trabalhos especiais na academia.

O técnico Marcelo Galvão(Guiné) orientou ontem à tarde no campo do bairro Lambarí mais um treino do São Luiz visando o jogo de domingo às14h no Estádio 19 de Outubro contra a Associação Rosário de Esportes, pela segunda rodada da segunda fase do Estadual Juvenil. A palavra de ordem é reabilitação após a derrota no jogo do último domingo para o Ypiranga de Erechim. Quem não treinou foi o lateral Ernestina, que sentiu o tornozelo na atividade de terça-feira e faz tratamento intensivo com o massagista José Gräber. Ele deve ser liberado para as atividades desta sexta-feira. O jogador ainda não consta no Boletim Informativo Diário(BID) da Confederação Brasileira de Futebol(CBF). Guiné deu ênfase aos trabalhos táticos e no treino de hoje no Estádio 19 de Outubro irá priorizar a bola parada e finalizações, com cobranças de faltas e pênaltis.


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 5 dE JULHO dE 2019

13

Design Fashion Day movimenta o Campus Na noite de terça-feira, no Auditório do DCEEng, os estudantes de Design da Unijuí realizaram uma nova edição do Design Fashion Day, apresentando os projetos desenvolvidos nas disciplinas de Vestuário e Editorial. Durante a programação também aconteceu uma palestra com o estilista Lauro Lohmann. Desenvolvido em disciplinas do curso, os trabalhos culminaram nesse desfile público, com o objetivo de mostrar tendências e avaliar o trabalho de um semestre inteiro. Divididos em grupos, os estudantes são desafiados a utilizar os conceitos apresentados em sala de aula de maneira criativa. “Uma atividade como esta faz com que os estudantes trabalhem com profissionais de outras áreas, enriquecendo o trabalho”, observa a professora do curso, Diane Meri Weiller Johann. A professora salienta que, a partir do desfile, os estudantes têm se envolvido mais com os trabalhos e projetos, visto que constituem um portfólio importante para a vida profissional. “Eles pensam e buscam referências para enriquecer os trabalhos. Já é o quarto ano que realizamos esta atividade neste formato e tem dado muito certo”, comenta. Também foi produzido um catálogo de moda em parceria com o curso de Estética e Cosmética da Unijuí.

Chá de INVERNO

Criatividade dos alunos foi exibida no desfile dos modelos, com looks criados por eles, nas disciplinas de Vestuário e Editorial

A tarde de sol agradável da última quarta-feira levou centenas de pessoas ao Centro de Eventos São Geraldo, para prestigiar o Chá de Inverno da Paróquia São Geraldo. Teve desfile de modas, apresentações teatrais e muitas delícias à mesa.

NOITE BENEFICENTE

A Associação dos Funcionários do Hospital de Caridade promove no dia 20 o Jantar Baile Beneficente em prol do Cacon. Será no Chaleira Preta, às 20h30, com show de Pedro Ortaça e Família e baile com Marca Gaúcha. No cardápio matambre, galeto, arroz, maionese, mix de legumes e saladas diversas. Os convites custam R$ 40.

ARRAIAL DA RECREATIVA

A Sociedade Recreativa e as turmas de hidroginástica promovem amanhã o 6º Arraial da Recre, a partir das 15h, na sede social do clube. Os ingressos custam R$ 20 para adulto e R$ 12 para crianças de 7 a 12 anos. A direção solicita levar um prato de doce ou salgado para compartilhar.

JANTAR DAS ETNIAS

Gema Inês, Aldair Ana e Loreni Rosa da Silva

Suzana Taquariano e Solange Grüber Velasques Ana Tereza Droppa, Julhete Miotti e Geni Stragliotto

No próximo dia 13 acontece o 8º Jantar da Etnias, no Clube Cará, em Jóia, a partir das 20h. No cardápio massa com galinha, fortaia, feijoada, farofa, cuca com linguiça, carreteiro com charque, pão, saladas diversas e sobremesa. A animação será da banda Balanço do Som. Os convites custam R$ 30 e as reservas podem ser feitas pelo fone 99683-7088.

CLUBE IJUÍ

O Clube Ijuí está preparando mais uma noite especial para os associados e a comunidade. Será um jantar e baile no dia 3 de agosto, a partir das 20h. Convites estão disponíveis na secretaria do Clube.

CASA DE DANÇA

Catarina Canal e Eucládia Cembranel

Hoje, dia 5, a banda Califórnia anima a festa. Boa música, dança, vinho e lareira acessa é uma ótima dica para estes dias frios. Quem chegar até as 23h45, o ingresso é promocional com 50% de desconto. Após, ingresso normal. Informações e reserva de mesa pelos telefones 3332-4378 e 99118-0348.


Jornal da Manhã

SEXTA-FEIRA, 5 DE JULHO DE 2019

NOVELAS

Instituto da Aeronáutica (sigla) Pare aí! 15 h, na liturgia católica

Técnico que emite pareceres específicos (?) Party, facção política dos EUA Únicas abelhas férteis nas colmeias

Inspirar Fundeado (o navio) Intervalo mínimo entre dois réveillons

Propagase no ar a cerca de 340 m/s Região do sertão cearense Você (pop.) Gostam muito de

Diz-se da dança da minoria étnica

Nicolau (?): o último czar

Orixá identificado com São Jorge Título honorífico português

Terrenos "roubados" ao mar, rio ou lago (?) de estômago: as cirurgias bariátricas A sétima maior tribo indígena do Brasil, ocupa áreas de Roraima e Amazonas

Horrendo, em inglês

56

Solução

O

N

O

C

BANCO

Andy Garcia, ator cubanoamericano

S U L

Roma revela a Amadeu que Régis abandonou sua filha Liliana. Vivi pede para se encontrar com Chiclete. Agno conta a Rock sobre o assalto que sofreu. Chiclete atira contra Kim, mas acerta um funcionário da confeitaria. Camilo investiga o atentado e fala com Márcio, que decide ajudar Kim. Chiclete marca um encontro com Vivi. Sabrina leva Dorotéia para fazer compras. Fabiana convence Téo a espionar Otávio. Márcio e Kim se beijam. Téo fotografa Sabrina e Otávio juntos. Vivi se encontra com Chiclete e tem um mau pressentimento. Adão avisa a Evelina que mandará Mão Santa fazer o trabalho de Chiclete.

Mestre-(?), parceiro da portabandeira

T

Chiclete atira contra Kim

Partida

Motor a (?): base da indústria pesada

E S

A Dona do Pedaço

Aparelho em posição oposta à tela, dentro do cinema (pl.)

R D E E M P

Álamo dá dinheiro para Andreas Moana é sonsa com Manu e não conta para João que a namorada apareceu no apartamento. Lidiane tem medo que Manu não a perdoe. Mercedes pede Andreas que administre todo o seu patrimônio. Manu perdoa Lidiane e se despede da mãe antes de embarcar. Álamo tem a impressão que já conhece Andreas quando Mercedes o apresenta ao falso investidor. Álamo dá dinheiro para Andreas. Tobé se confunde na hora de etiquetar os chás de Diana. Jofre procura João para tentar convencê-lo a procurar Manu antes da viagem. Diana dá um chá para Moana. João e Jofre ficam presos no engarrafamento e não chegam a tempo do embarque de Manu.

Presta auxílio a gestores privados

Significado do "T" na sigla TOC

R

Verão 90

A bola rara na cobrança do escanteio Tom, em Indicar; inglês mostrar

Título dos antigos príncipes da Índia

T P R I B A U T A R T I S A T A

Samir ouve Paul intimidar Fauze Jamil fica indignado com as acusações de Rania, e Laila desconfia do marido. Cibele e Benjamin decidem contar o que descobriram para Laila. Samir ouve Paul intimidar Fauze. Com a ajuda de uma camareira, Camila invade o quarto de Dalila/Basma. Jamil não acredita nas acusações de Cibele contra Dalila/Basma. Muna enfrenta Omar, e Mamede se preocupa. Paul provoca Dalila. Camila encontra uma bolsa com documentos de Dalila/Basma. Jamil conversa com Ali. Dalila ouve quando Camila tenta sair de seu quarto.

© Revistas COQUETEL

O advogado que elabora propostas de planejamento É formada fiscal para uma ao som do entidade jurídica berimbau

3/tea. 4/dire — tone. 9/ianomamis. 11/rasteirinha.

Órfãos da Terra

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

S

er empático, assertivo, saber expressar desagrado, insatisfação, aceitar críticas sem desmoronar, ter capacidade de dizer não e agir com civilidade, são características de quem possui habilidade social. Todos certamente desejamos agir assim na maioria das vezes, mas infelizmente, nem sempre conseguimos. São habilidades que podemos desenvolver ao

A

S

T O R O R E N V E S E A L N AL A O R A S O C A M A S R D I T O R A M I

COISAS DA VIDA

R R A A N S J E T A E D I I T O R A I A N I N H I C A O R R O A G E D U N O M

Psicóloga Esp. em Gestão de Pessoas Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental

para conseguir o que querem. Possuem o hábito horroroso, diga-se de passagem, de xingar, ameaçar, depreciar e rebaixar os outros para obter o que querem. Estão sempre confrontando e olham fixo para intimidar ou amedrontar as pessoas. Aposto que já visualizou alguém que se comporta assim ... seja de forma passiva ou agressiva. E o assertivo, como se comporta? Essa adorável criatura sabe se expressar abertamente, sem fazer enrolação. Também, sabe pedir ajuda respeitosamente, toma decisões sempre que necessário, respeita decisões contrárias a sua, e, de lambuja, consegue expressar desagrado e insatisfação àquilo que realmente é necessário e relevante. Não para por aí, pois essa incrível pessoa respeita suas necessidades e a dos outros, além de conseguir dizer não quando necessário, não entram em crise quando alguém discorda dos seus pontos de vista, respeitando sentimentos, valores e ética. A pergunta que fica é: Qual desses comportamentos você se vê? Depende a ocasião não é mesmo? Com toda honestidade...jura que nunca se comportou das três formas?

R O D A D E C A P O E I R A

Sônia Arriens Cassel

longo de nossa vida, nas diferentes situações vivenciadas. Caballo define três estilos de comportamento: assertivo, passivo e agressivo. Afinal, quando nos comportamos em cada um desses estilos? Vamos começar pelo comportamento passivo: O sujeito têm dificuldade de dizer não para as pessoas, cedendo facilmente aos desejos alheios, em detrimento dos seus próprios desejos e necessidades. Evidencia dificuldades na tomada de decisões, permitindo aos outros tomarem as decisões por ele (a). Evita confrontos ou mesmo expressar desagrado ou qualquer tipo de insatisfação. É o que costumamos chamar de “engolidor (a) de sapos”. Ainda, apresenta pouco ou nenhum contato visual ao se comunicar, sendo muitas vezes interpretado como alguém que não é confiável. Já, no comportamento agressivo, observamos nessas “tensas criaturas”que perdem a razão com grande facilidade e “estouram” por qualquer coisa...são os famosos “pavio curto”. Eles (as) costumam tomar decisões pelos outros, mesmo que não lhes seja solicitado; preocupam-se somente com “seu umbigo” e elevam o tom de voz ou gritam

I

14

Horóscopo Áries Quando demonstramos afeto, fortalecemos os nossos encontros e deixamos as pessoas mais seguras em relação aos nossos sentimentos. Abra o coração para quem você ama. É tempo de ser sincero. Touro Por mais que o momento de grande sensibilidade deva ser vivido plenamente, é preciso evitar que as oscilações emocionais comprometam o andamento dos planos. É tempo de restaurar o seu equilíbrio. Gêmeos Este é um ciclo em que, profissionalmente, você tende a se sentir bastante estimulado. Por isso, não se surpreenda caso deseje elaborar novas metas e objetivos. É tempo de superar os seus limites. Câncer Para que o seu novo ciclo seja vivido plenamente, é fundamental ter em mente as suas próximas metas e objetivos. Assim você faz um uso assertivo da sua energia. É tempo de viver grandes realizações. Leão Aquilo que você deixou para trás agora pertence ao passado, permitase então seguir em frente com mais positividade, confiando nas oportunidades que estão por vir. É tempo de honrar suas transformações. Virgem A impulsividade pode comprometer as suas escolhas, e por isso é fundamental usar a razão quando você se vê diante de um problema ou imprevisto. É tempo de refletir para avaliar as condições do caminho. Libra Essa é uma fase em que a sua realidade profissional está em foco. Logo, aproveite para perceber os detalhes que deseja aprimorar no seu sistema produtivo. É tempo de investir na qualidade do seu trabalho. Escorpião Hoje é um dia favorável para repensar seus planos e estratégias, permitindo assim que sua jornada se dê com mais eficiência. O importante é aumentar a produtividade. É tempo de colher melhores frutos. Sagitário As melhores orientações que você pode receber hoje devem chegar através da alma. Porém, para aproveitar as mensagens, é preciso confiar no que sente. É tempo de pôr suas intuições em prática. Capricórnio Se permitir olhar para trás, repensando suas atitudes e decisões, pode ser muito bom para que se sinta preparado para agir com mais sabedoria daqui em diante. É tempo de refletir sobre o que passou. Aquário O momento é de ponderar e questionar aquilo que você deseja compreender, evitando comportamentos impulsivos que possam vir a lhe causar arrependimentos. É tempo de fazer escolhas maduras e sensatas. Peixes A coragem para realizar as mudanças que se fazem necessárias está ao seu dispor, basta que você acolha o movimento renovador que chega para atualizar a vida. É tempo de confiar no que está por vir.


Jornal da Manhã

sexta-FeIRa, 5 de julho de 2019

15

BOM ABRIGO

A cura pela mudança de hábitos Vejo pessoas obesas relatando diferentes dores na coluna e outros problemas de saúde e penso que poderiam ter uma vida melhor se mudassem os hábitos alimentares e exercícios. Ouço pessoas relatando dificuldades financeiras pessoais, com consequencias para suas famílias, desesperançosas sobre o futuro e ao conhecê-las melhor, entendo que teriam menos dificuldades se tivessem outros hábitos de consumo, mais cuidados com o patrimônio, atitudes mais firmes e mais disciplina com suas economias. Ouço estudantes relatando dificuldades de desempenho em determinadas disciplinas, e avalio que poderiam ter resultados diferentes, se tivessem hábitos de estudos mais frequentes, abrissem mão de algumas atividades de lazer durante o período mais importante de estudos. Percebo empresários com diversas dificuldades em seus negócios e penso que se estivessem dispostos a mudar alguns hábitos pessoais, profissionais, práticas de sua família e equipe, mudariam de forma positiva o próprio negócio e os resultados seriam melhores. É irracional esperar ou querer resultados diferentes para a sua vida e seus negócios, incluindo finanças, saúde, profissão e relacionamentos, fazendo sempre a mesma coisa e do mesmo jeito. A excelência vem da repetição, dizia Aristóteles. Todavia, para aquelas coisas que não estamos satisfeitos, é preciso parar de repetir, mudar de hábitos, tentar coisas novas, para então obtermos resultados e consequencias diferentes. Reflita: o que você está fazendo agora para ter resultados diferentes naqueles pontos que não gosta na sua vida? É preciso uma maior reflexão tirando um tempo todo o dia para analisar o porquê fazemos o que fazemos na vida e nos negócios. Formação e transformação de hábitos é uma ferramenta de construção e desenvolvimento pessoal ao alcance de cada um de nós independente do nível de escolaridade, renda ou status. Como é que algumas pessoas conseguem mudar rapidamente sua vida, sua empresa, enquanto outras sucumbem diante das próprias dificuldades? A resposta está no quanto cada pessoa está disposta a mudar seus hábitos para colher melhores resultados. A chave para se exercitar regularmente, ter uma vida mais saudável, perder peso, educar bem os filhos, ser uma pessoa mais produtiva, mais bem relacionada, criar negócios revolucionários, ter sucesso, dentre outros desejos, é entender como os hábitos funcionam. Transformar hábitos pode gerar toda a satisfação que você espera da vida e é a diferença entre o fracasso e o sucesso nos seus objetivos de longo prazo. Observe seus hábitos! Procure analisar criticamente cada um deles, do ponto de vista de como eles estão contribuindo ou até atrapalhando o que você deseja da vida. Incorpore novos hábitos positivos e terá uma vida melhor! Um abraço e até a próxima!

Voluntária presta serviços de costura ao Lar semanalmente Em Ijuí existem diferentes formas de ações voluntárias. Trabalhos nas instituições sociais e beneficentes, festas comunitárias, grupos de jovens e adultos e muitas outras iniciativas funcionam apenas com a participação de voluntários. A atividade não é remunerada, mas traz mais prazer a algumas pessoas do que se recebessem pagamento para isso. São altruístas que visam o bem-estar do próximo, principalmente quando este se encontra em situação de vulnerabilidade. Um exemplo é a costureira Rosane Schimanoski Rodrigues, que seu tempo para trabalhar como voluntária no Lar Bom Abrigo. Ela realiza reformas em roupas, confecciona panos de prato, bolsas, capas de almofadas e travesseiros, almofadas de descanso para Pets, entre outros itens.

Todas as confecções são realizadas por meio do aproveitamento de roupas e tecidos que são doados pela comunidade. Em entrevista ao Grupo JM, Rosane conta que a ação foi uma iniciativa pessoal, e que por anseio de ajudar, foi até o Lar se ofereceu para prestar serviço de costura. Rosane faz o voluntariado no Lar nas quartas e quintas à tarde, há um ano, e diz que o principal objetivo da ação é ensinar valores e sustentabilidade através da reutilização de materiais, para desenvolver a criatividade e gerar alternativa de renda para os acolhidos. “Me sinto muito feliz, é gratificante, pois, é um trabalho que traz muita alegria por saber que posso fazer alguma coisa por essas crianças. E temos uma troca de carinho muito grande. A gente

Rosane é voluntária no Lar Bom Abrigo e oferece serviços de costura

ganha mais do que eles. Peço que mais voluntários venham ajudar, e doar um pouco de seu tempo para quem precisa”, diz. Além disso, por enquanto, Rosane realiza as atividades sozinha,

mas futuramente haverá oficina de costura para os acolhidos. As peças confeccionadas são vendidas nas feiras beneficentes, promovidas a cada dois meses pela equipe de voluntárias Mãos à Obra.

Acata poderá fechar as portas por falta de recursos A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Ijuí (Acata) está enfrentando dificuldades. Em entrevista ao Grupo JM, o presidente da Acata, Luiz Veriato, diz que a falta de apoio do poder público pode acarretar no fechamento da associação. Além disso, conta que o material reciclável está escasso na coleta seletiva, e que nota-se que esse material está indo para a usina de depósito de lixo, e que no galpão de triagem tem chegado muito lixo orgânico. “Não tem a quem culpar, na verdade. Vai culpar a população? Nem sempre é culpa dela. Ao meu ver, o maior problema é essa firma terceirizada de recolhimento de lixo que trabalha incorretamente. Quando eles vêm aqui coletar orgânico, vemos materiais recicláveis no caminhão. Digamos que 10% do material reciclável esteja entrando para as associações e 90% indo para a usina em Giruá, o material está sendo colocado

fora, e as associações não têm como trabalhar, e isso é o que gera renda para nós. A prefeitura está pagando para levar material para Giruá, que deveria ser destinado às associações”, relata Veriato. Veriato conta ainda que a Acata tinha o apoio de 21 colaboradores, mas com a queda do trabalho por falta de material, alguns acabaram desistindo. “As famílias que trabalham aqui dependem da associação, elas não têm outra renda, é daqui que vivemos”, desabafa. Segundo o presidente da associação, a principal reivindicação dos trabalhadores é pelo apoio da prefeitura, que não fornece recursos para a execução do trabalho. Veriato diz que eles realizam a coleta seletiva, mas com recursos próprios, o que tem inviabilizado a atividade. “Trabalhamos de segunda a sexta. No final da semana, o montante arrecadado gira em torno de dois a três mil reais. Desse valor

A reciclagem é a única forma de renda dos trabalhadores da Acata

temos que tirar as despesas com o caminhão, água e luz, e o que sobra, dividimos entre os sócios.

Às vezes dá 100 reais para cada um. Como um pai de família vai viver com 100 reais?”, declara.

EDITAL DE LOTEAMENTO Lenisa Butignol, Oficial do Registro de Imóveis desta Comarca de Ijuí, Estado do Rio Grande do Sul. FAZ SABER aos que o presente edital virem, que a empresa COLINA URBANISMO LTDA., depositou neste Serviço Registral a documentação de que trata o art. 18, da Lei 6.766 de 19 de novembro de 1979, para o registro do Loteamento de uma gleba com os seguintes característicos e confrontações: uma fração de terras urbanas, com a área de cinqüenta e nove mil, quatrocentos e vinte e nove metros quadrados e dezessete decímetros quadrados (59.429,17m²), situada à rua Carlos Zimpel, nesta cidade, confrontando ao norte, em três (3) segmentos, na extensão de cento e nove metros e trezentos e setenta e cinco milímetros (109,375m), com terras de Elvira Ketcher, na extensão de trezentos e cinqüenta metros e trezentos e cinco milímetros (350,305m), com terras de Almiro Dallavechia e na extensão de quarenta metros e sessenta e seis centímetros (40,66m), com terreno de Alécson Thomas, distando esta confrontação novecentos e vinte e quatro metros e noventa e nove centímetros (924,99m), da rua do Comércio; ao sul, em dois (2) segmentos, na extensão de quatrocentos e cinqüenta e oito metros e cinqüenta e dois centímetros (458,52m), com terras de Luciana Bergel e na extensão de quarenta metros e oitenta e cinco centímetros (40,85m), com terreno de Alécson Thomas; ao leste, em quatro (4) segmentos, na extensão de cento e sessenta metros (160m), com terras de Almiro Dallavechia, na extensão de vinte e seis metros e cinco centímetros (26,05m), com terrenos de Alécson Thomas, na extensão de quinze metros (15m), com a rua Carlos Zimpel e na extensão de quarenta e nove metros (49m), com terrenos de Alécson Thomas; e ao oeste, na extensão de duzentos e cinqüenta metros (250m), com terras de Hélio Arnold, matriculada sob nº 55.317. FAZ SABER, outrossim, que os interessados terão o prazo de quinze (15) dias, contados da última publicação deste, para apresentarem suas impugnações, sendo-lhes facultado o exame da documentação em cartório (Rua Benjamin Constant, 265, esquina com a Rua Quatorze de Julho). Decorrido o prazo, sem impugnações, o registro será efetuado na forma da Lei.

Ijuí, 1º, julho de 2019. Lenisa Butignol Oficial


www.clicjm.com

DESCASO COM RECICLADORES

TRÁFICO DE DROGAS Acata não consegue mais se manter por falta de materiais e recursos | 15

Noite da Criatividade movimenta o CSCJ

Brigada Militar deteve homem suspeito de tráfico e apreendeu drogas, dinheiro e celulares em Ijuí | 11

Presidente da Amatra 4 afirma que nova lei amordaça magistrados Juíza Carolina Gralha critica mudança no PL do Abuso de Autoridade. | 5

Conselheiros debatem gestão tecnológica no Esporte Clube São Luiz Colégio Sagrado promoveu evento na noite de quarta-feira | 7

Mesa Diretora discute questões da infraestrutura. | 12

EDITORIAL | 6 Agora está aberto o caminho para a adesão plena ao RRF, e que o Estado fique livre de pagar, pelos próximos seis anos, a dívida com a União.

Profile for clicjm

Jornal da Manhã - sexta-feira 5.7.2019  

Jornal da Manhã - sexta-feira 5.7.2019  

Profile for clicjm
Advertisement